SlideShare uma empresa Scribd logo
Bossa Nova 
Bossa Nova é um movimento da música popular brasileira do 
final dos anos 50 lançado por João Gilberto, Tom 
Jobim, Vinícius de Moraes e jovens cantores e/ou 
compositores de classe média da zona sul carioca, derivado 
do samba e com forte influência do jazz. De início, o termo 
era apenas relativo a um novo modo de cantar e tocar samba 
naquela época, ou seja, a uma reformulação estética dentro 
do moderno samba carioca urbano. Com o passar dos anos, 
a Bossa Nova tornou-se um dos movimentos mais influentes 
da história damúsica popular brasileira, conhecido em todo o 
mundo, um grande exemplo disso é a música Garota de 
Ipanema composta em 1962 por Vinícius de Moraes e 
Antônio Carlos Jobim. 
Origens 
A palavra bossa apareceu pela primeira vez na década de 
1930, em Coisas Nossas, samba do popular cantorNoel 
Rosa: O samba, a prontidão/e outras bossas,/são nossas 
Origens 
estilísticas 
Samba, jazz 
Contexto 
cultural 
1957, (Zona Sul do Rio de Janeiro, Brasil - 
Fim: 1963 
Instrumentos 
típicos 
violão, piano, contrabaixo ebateria 
Popularidade Amplamente conhecido noBrasil, também 
significativo nos Estados Unidos, Europa 
Ocidental, Japão. 
Formas 
derivadas 
MPB, Sambalanço,Tropicalismo 
coisas(...). A expressão bossa nova passou a ser utilizada também na década seguinte para aqueles sambas de 
breque, baseado no talento de improvisar paradas súbitas durante a música para encaixar falas. 
Alguns críticos musicais destacam uma certa influência que a cultura americana do Pós-Guerra, de músicos como Stan 
Kenton, combinada ao impressionismo erudito, de Debussy e Ravel, teve na bossa nova, especialmente do cool 
jazz e bebop. Embora tenha pouca influência de música estrangeira como o Jazz, a Bossa Nova possui elementos 
de samba sincopado.1 Além disso, havia um fundamental inconformismo com o formato musical de época. Os 
cantores Dick Farney e Lúcio Alves, que fizeram sucesso nos anos da década de 1950 com um jeito suave e 
minimalista (em oposição a cantores de grande potência sonora) também são considerados influências positivas sobre 
os garotos que fizeram a Bossa Nova. 
Um embrião do movimento, já na década de 1950, eram as reuniões casuais, frutos de encontros de um grupo de 
músicos da classe média carioca em apartamentos da zona sul, como o de Nara Leão, na Avenida Atlântica, 
emCopacabana. Nestes encontros, cada vez mais frequentes, a partir de 1957, um grupo se reunia para fazer e ouvir 
música. Dentre os participantes estavam novos compositores da música brasileira, como Billy Blanco,Carlos 
Lyra, Roberto Menescal e Sérgio Ricardo, entre outros. O grupo foi aumentando, abraçando também Chico 
Feitosa, João Gilberto, Luiz Carlos Vinhas, Ronaldo Bôscoli, entre outros. 
Primeiro movimento musical brasileiro egresso das faculdades, já que os primeiros concertos foram realizados em 
âmbito universitário, pouco a pouco aquilo que se tornaria a bossa nova foi ocupando bares do circuito de Copacabana, 
no chamado Beco das Garrafas. 
No final de 1957, numa destas apresentações, no Colégio Israelita-Brasileiro, teria havido a ideia de chamar o novo 
gênero - então apenas denominado de samba sessions, numa alusão à fusão entre samba e jazz -,devido a um recado 
escrito num quadro-negro, provavelmente escrito por uma secretária do colégio, chamando as pessoas para uma 
apresentação de samba-sessions por uma turma "bossa-nova". No evento participaram Carlos Lyra, Ronaldo 
Bôscoli, Sylvia Telles, Roberto Menescal e Luiz Eça, onde foram anunciados como "(...)grupo bossa nova 
apresentando sambas modernos".2 
Início oficial 
Vinicius de Moraes, principal letrista de canções da bossa nova a partir de "Chega de 
Saudade", composição feita com Tom Jobim em 1958 e que consagrou o estilo. 
Movimento que ficou associado ao crescimento urbano brasileiro - impulsionado pela fase desenvolvimentista da 
presidência de Juscelino Kubitschek (1955-1960) -, a bossa nova iniciou-se para muitos críticos quando foi lançado, em 
Agosto de 1958, umcompacto simples do violonista baiano João Gilberto (considerado o papa do movimento), 
contendo as canções Chega de Saudade(Tom Jobim e Vinicius de Moraes) e Bim Bom (do próprio cantor). 
Meses antes, João participara de Canção do Amor Demais, um álbum lançado em Maio daquele mesmo ano e 
exclusivamente dedicado às canções da iniciante dupla Tom/Vinicius, interpretado pela cantora carioca Elizeth 
Cardoso. De acordo com o escritor Ruy Castro (em seu livro Chega de saudade, de1990), este LP não foi um sucesso 
imediato ao ser lançado, mas o disco pode ser considerado um dos marcos da bossa nova, não só por ter trazido 
algumas das mais clássicas composições do gênero - entre as quais,Luciana, Estrada Branca, Outra Vez e Chega de 
Saudade-, como também pela célebre batida do violão de João Gilberto, com seus acordes dissonantes e inspirados 
no jazz norte-americano - influência esta que daria argumentos aos críticos da bossa nova. 
Outras das características do movimento eram suas letras que, contrastando com os sucessos de até então, 
abordavam temáticas leves e descompromissadas - exemplo disto, Meditação, de Tom Jobim e Newton Mendonça. A 
forma de cantar também se diferenciava da que se tinha na época. Segundo o maestro Júlio Medaglia, "desenvolver-se- 
ia a prática do canto-falado ou do cantar baixinho, do texto bem pronunciado, do tomcoloquial da narrativa musical, 
do acompanhamento e canto integrando-se mutuamente, em lugar da valorização da 'grande voz'".3 
Em 1959, era lançado o primeiro LP de João Gilberto, Chega de saudade, contendo a faixa-título - canção com cerca 
de 100 regravações feitas por artistas brasileiros e estrangeiros. A partir dali, a bossa nova era uma realidade. Além de
João, parte do repertório clássico do movimento deve-se as parcerias de Tom Jobim e Vinícius de Moraes. Consta-se, 
segundo muitos afirmam, que o espírito bossa-novista já se encontrava na música que Jobim e Moraes fizeram, em 
1956, para a peça Orfeu da Conceição, primeira parceria da dupla, que esteve perto de não acontecer, uma vez que 
Vinícius primeiro entrou em contato com Vadico, o famoso parceiro de Noel Rosa e ex-membro do Bando da Lua, para 
fazer a trilha sonora. É dessa peça, baseada na tragédia Grega Orfeu, uma das belas composições de Tom e Vinícius, 
"Se todos fossem iguais a você", já prenunciando os elementos melódicos da Bossa Nova. 
Além de Chega de saudade, os dois compuseram Garota de Ipanema, outra representativa canção da bossa nova, que 
se tornou a canção brasileira mais conhecida em todo o mundo, depois de Aquarela do Brasil (Ary Barroso), com mais 
de 169 gravações, entre as quais de Sarah Vaughan, Stan Getz, Frank Sinatra (com Tom Jobim), Ella Fitzgerald entre 
outros. É de Tom Jobim também, junto com Newton Mendonça, as cançõesDesafinado e Samba de uma Nota Só, dois 
dos primeiros clássicos do novo gênero musical brasileiro a serem gravados no mercado norte-americano a partir 
de 1960. 
Mudanças 
Em meados da década de 1960, o movimento apresentaria uma espécie de cisão ideológica, formada porMarcos 
Valle, Dori Caymmi, Edu Lobo e Francis Hime e estimulada pelo Centro Popular de Cultura da UNE. Inspirada em uma 
visão popular e nacionalista, este grupo fez uma crítica das influências do jazz norte-americano na bossa nova e 
propôs sua reaproximação com compositores de morro, como o sambista Zé Ketti. Um dos pilares da bossa, Carlos 
Lyra, aderiu a esta corrente, assim como Nara Leão, que promoveu parcerias com artistas do samba 
como Cartola e Nelson Cavaquinho e baião e xote nordestinos como João do Vale. Nesta fase de releituras da bossa 
nova, foi lançado em 1966 o antológico LP "Os Afro-sambas", de Vinicius de Moraes eBaden Powell. 
Entre os artistas que se destacaram nesta segunda geração (1962-1966) da bossa nova estão Paulo Sérgio Valle, Edu 
Lobo, Marcos Vasconcelos, Dori Caymmi, Nelson Motta, Francis Hime, Wilson Simonal, entre outros... 
Fim do movimento, da bossa à MPB 
Um dos maiores expoentes da bossa nova comporia um dos marcos do fim do movimento. Em 1965, Vinícius de 
Moraes compôs, com Edu Lobo, Arrastão. A canção seria defendida por Elis Regina no I Festival de Música Popular 
Brasileira (da extinta TV Excelsior), realizado no Guarujá naquele mesmo ano. Era o fim da bossa nova e o início do 
que se rotularia MPB, gênero difuso que abarcaria diversas tendências da música brasileira até o início da década de 
1980 - época em que surgiu um pop rock nacional renovado. 
A MPB nascia com artistas novatos, da segunda geração da bossa nova, como Geraldo Vandré, Edu Lobo eChico 
Buarque de Holanda, que apareciam com frequência em festivais de música popular. Bem-sucedidos como artistas, 
eles tinham pouco ou quase nada de bossa nova. Vencedoras do II Festival de Música Popular Brasileira, realizado 
em São Paulo em 1966, Disparada, de Geraldo, e A Banda, de Chico, podem ser consideradas marcos desta ruptura e 
mutação da bossa em MPB. 
Legado 
O fim cronológico da bossa não significou a extinção estética do estilo. O movimento foi uma grande referência para 
gerações posteriores de artistas, do jazz (a partir do sucesso estrondoso da versão instrumental deDesafinado pela 
dupla Stan Getz e Charlie Byrd) a uma corrente pós punk britânica (de artistas como Style Council, Matt 
Bianco e Everything but the Girl). 
No rock brasileiro, há de se destacar tanto a regravação da composição de Lobão, Me chama, pelo músico bossa-novista 
João Gilberto, em 1986, além da famosa música do cantor Cazuza composta por ele e outros músicos, Faz 
parte do meu show, gravada em 1988, com arranjos fortemente inspirados na Bossa Nova. 
Seu legado é valioso, deixando várias joias da música nacional, dentre as quais Chega de Saudade, Garota de 
Ipanema, Desafinado, O barquinho, Eu Sei Que Vou Te Amar, Se Todos Fossem Iguais A Você, Águas de 
março, Outra Vez, Coisa mais linda, Corcovado, Insensatez, Maria Ninguém, Samba de uma nota só, O pato,Lobo 
Bobo, Saudade fez um Samba 
Moda de viola 
A palavra moda é de origem portuguesa 
significando canto, melodia ou música. No Brasil tomou a 
significação de um tipo de canção rural. Na região centro-oeste 
e sudeste, as modas de viola são previamente escritas e 
decoradas. Já no Nordeste, os cantadores cantam de 
improviso. 
A temática dominante nas modas prende-se a três aspectos 
básicos: a saga dos boiadeiros e lavradores, o anedotário 
caipira e as histórias trágicas de amor e morte. A moda de viola 
é uma narração feita em ritmo recitativo, onde o cantador tem 
que contar uma história. A melodia é solta, como se fosse 
umapoesia falada com acompanhamento musical. É 
caracterizada pela, 
viola solada acompanhando a melodia das vozes. A música O 
Rei do Gado é um bom exemplo. Há descrição de costumes 
caipiras, sátiras de costumes e histórias de bichos e mais 
Contexto 
cultural 
Interior das 
regiões Sudeste,Centro-oeste 
e Sul do Brasil. 
Instrumentos 
típicos 
viola 
guitarra, sanfona eacordeão 
Formas Música sertaneja 
raramente uma narrativa meio surrealista chamada de moda-de-patacoada, sem qualquer ligação com a inteligibilidade
lógica. As modas de viola são normalmente cantadas em duas vozes, com um intervalo musical de terça e 
acompanhamento de viola. A métrica geralmente é de sete sílabas (redondilha maior), aparecendo por vezes a de 
cinco sílabas (redondilha menor). As formas estróficas mais utilizadas são a sextilha, a oitava e a quadra e, de forma 
mais rara, a décima. Em São Paulo, os modistas, como também são conhecidos os cantadores nesse estado, 
chamam, segundo nos diz o pesquisador Cornélio Pires, a quadra de verso-de-dois-pés; a sextilha é chamada de 
verso-de-três-pés e a oitava é conhecida como versos dobrados ou moda-dobrada. A palavra pé, muito utilizada no 
Brasil para designar verso, recebe portanto em São Paulo a designação de dístico ou número de rimas. Em São Paulo 
as rimas são em geral fixas, com as modas cantadas em carreira. O cantador, para chamar a atenção para si, canta 
uma quadra qualquer, o que se chama levante ou encabeçar a moda. Ao final canta-se o "arto" ou alto ou baixão, que 
também recebe o nome de suspender a moda. Com a chegada da música rural ao mundo das gravações, as modas de 
viola foram incorporando novas temáticas, retratando mais o cotidiano das grandes cidades. No Nordeste, os 
cantadores lançam mão de sextilhas, moirão, martelo, quadrão e galope. Com grande capacidade de improvisação, os 
cantadores nordestinos utilizam-se da redondilha maior, de sete sílabas. Na região nordestina, os cantadores 
apresentam-se em pares, realizando desafios que terminam quando um dos cantadores consegue derrotar o 
adversário. Já os cantadores do Centro-oeste e Sudeste, limitam-se a apresentar suas modas sem que haja este 
aspecto de desafio. As primeiras modas de viola foram gravadas a partir do início dos anos 30, após o pioneiro trabalho 
de [[Cornélio Pires[[, com destaque para as duplas Mandi e Sorocabinha, Zico Dias e Ferrinho, Caçula e Marinheiro, 
Laureano e Soares, e mais tarde Tonico e Tinoco, Torres e Florêncio e muitas outras duplas cultoras do gênero, e que 
gravaram modas de viola como "A filha do fazendeiro", com Zico Dias e Ferrinho, "Casamento" com Laureano e 
Soares, "A guerra da Espanha", com Mandi e Sorocabinha, "Apelido dos jogadores", com Torres e Florêncio, e 
"Cuiabana" com Tonico e Tinoco, entre dezenas de outras. 
Ainda me lembro 
Daquele beijo 
Spank punk violento 
Iluminando o céu cinzento 
Eu quero você inteira 
Gosto muito do seu jeito 
Qualquer nota bossa nova 
Bossa nova qualquer nota 
Eu quero você na veia 
A vida passa na tv 
E o meu caso é com você 
Fico louco sem saber 
O por quê 
Sim pro sol, sim pra lua 
Eu quero você toda nua 
Sim pra tudo que você quiser 
Gosto muito do seu jeito 
Rock'n roll meio nonsense 
Rock'n roll meio nonsense 
Pra acabar com essa inocência 
E o complexo de decência 
No meio do salão 
Hoje é festa 
Na floresta 
Toda tribo ateia som 
Toda a taba ateia sol 
Só tomando água de coco 
Infeliz de quem tá triste 
No meio dessa confusão 
Você lembra, lembra 
Daquele tempo 
Eu tinha estrelas nos olhos 
Um jeito de herói 
Era mais forte e veloz 
Que qualquer mocinho 
De Cowboy 
Você lembra, lembra! 
Eu costumava andar 
Bem mais de mil léguas 
Pra poder buscar 
Flores-de-maio azuis 
E os seus cabelos enfeitar 
Água da fonte 
Cansei de beber 
Pra não envelhecer 
Como quisesse 
Roubar da manhã 
Um lindo pôr-de-sol 
Hoje não colho mais 
As flores-de-maio 
Nem sou mais veloz 
Como os heróis 
É! Talvez eu seja 
Simplesmente 
Como um sapato velho 
Mas ainda sirvo 
Se você quiser 
Basta você me calçar 
Que eu aqueço o frio 
Dos seus pés
Bossa nova

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80
CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80
CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80
Fabio Salvari
 
Bossa nova
Bossa novaBossa nova
Bossa nova
juliana fiebig
 
Música brasileira
Música brasileiraMúsica brasileira
Música brasileira
Di-Milhomem
 
Apresentação t3004
Apresentação t3004Apresentação t3004
Apresentação t3004
Manuel de Abreu
 
Bossa Nova
Bossa NovaBossa Nova
Bossa Nova
GuilhermeVillela4
 
Jovem guarda trabalho
Jovem guarda trabalhoJovem guarda trabalho
Jovem guarda trabalho
zabelle_
 
Jovem guarda
Jovem guardaJovem guarda
Musica Popular Brasileira
Musica Popular BrasileiraMusica Popular Brasileira
Musica Popular Brasileira
creaty
 
Música popular brasileira
Música popular brasileiraMúsica popular brasileira
Música popular brasileira
Taisson Wile
 
Mpb
MpbMpb
Mpb
MpbMpb
Mpb
marreca
 
Seminário sobre a historia da música brasileira
Seminário sobre a historia da música brasileiraSeminário sobre a historia da música brasileira
Seminário sobre a historia da música brasileira
Jaiza Nobre
 
Estudando a MPB
Estudando a MPBEstudando a MPB
Estudando a MPB
Walner Mamede
 
Mpb
MpbMpb
Mpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigidoMpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigido
Elô Ribeiro
 
A origem da bossa nova
A origem da bossa novaA origem da bossa nova
A origem da bossa nova
julia beatriz dos santos araujo
 
A história da mpb
A história da mpbA história da mpb
A história da mpb
rodrigolima13_
 
Compositores Famosos da MPB
Compositores Famosos da MPBCompositores Famosos da MPB
Compositores Famosos da MPB
momengtonoticia
 
Breve história da mpb 2012
Breve história da mpb 2012Breve história da mpb 2012
Breve história da mpb 2012
vivianccarvalho
 
Bossanova3
Bossanova3Bossanova3
Bossanova3
Elô Ribeiro
 

Mais procurados (20)

CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80
CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80
CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80
 
Bossa nova
Bossa novaBossa nova
Bossa nova
 
Música brasileira
Música brasileiraMúsica brasileira
Música brasileira
 
Apresentação t3004
Apresentação t3004Apresentação t3004
Apresentação t3004
 
Bossa Nova
Bossa NovaBossa Nova
Bossa Nova
 
Jovem guarda trabalho
Jovem guarda trabalhoJovem guarda trabalho
Jovem guarda trabalho
 
Jovem guarda
Jovem guardaJovem guarda
Jovem guarda
 
Musica Popular Brasileira
Musica Popular BrasileiraMusica Popular Brasileira
Musica Popular Brasileira
 
Música popular brasileira
Música popular brasileiraMúsica popular brasileira
Música popular brasileira
 
Mpb
MpbMpb
Mpb
 
Mpb
MpbMpb
Mpb
 
Seminário sobre a historia da música brasileira
Seminário sobre a historia da música brasileiraSeminário sobre a historia da música brasileira
Seminário sobre a historia da música brasileira
 
Estudando a MPB
Estudando a MPBEstudando a MPB
Estudando a MPB
 
Mpb
MpbMpb
Mpb
 
Mpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigidoMpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigido
 
A origem da bossa nova
A origem da bossa novaA origem da bossa nova
A origem da bossa nova
 
A história da mpb
A história da mpbA história da mpb
A história da mpb
 
Compositores Famosos da MPB
Compositores Famosos da MPBCompositores Famosos da MPB
Compositores Famosos da MPB
 
Breve história da mpb 2012
Breve história da mpb 2012Breve história da mpb 2012
Breve história da mpb 2012
 
Bossanova3
Bossanova3Bossanova3
Bossanova3
 

Destaque

Wix sll
Wix sllWix sll
Wix sll
johan_scr89
 
MEIG 07
MEIG 07MEIG 07
Recursos
RecursosRecursos
Recursos
Dania Torres
 
Olimpiada
OlimpiadaOlimpiada
Olimpiada
xiiomaraherrera
 
Psicologia uma nova introducao
Psicologia uma nova introducaoPsicologia uma nova introducao
Psicologia uma nova introducao
Lu Cassita
 
Comida
ComidaComida
Comida
nmsappelli
 
Disaster management in india
Disaster management in indiaDisaster management in india
Disaster management in india
Vinay Prateek Bansriyar
 
George van Houtem voor VEA
George van Houtem voor VEAGeorge van Houtem voor VEA
George van Houtem voor VEA
Hans Janssen
 
Computacion jose alberto
Computacion jose albertoComputacion jose alberto
Computacion jose alberto
Alberto Gonzalez
 
443. odred straha
443. odred straha443. odred straha
443. odred straha
Dino dino
 
Yo, mi region, mi cultura
Yo, mi region, mi culturaYo, mi region, mi cultura
Yo, mi region, mi cultura
casandra67
 
Ejer3 a
Ejer3 aEjer3 a
Ejer3 a
LMG286
 
Introduction to reverse osmosis
Introduction to reverse osmosisIntroduction to reverse osmosis
Introduction to reverse osmosis
Anggi Nurbana Wahyudi
 
การบันทึกสมุดรายวันรับคืนและส่วนลด
การบันทึกสมุดรายวันรับคืนและส่วนลดการบันทึกสมุดรายวันรับคืนและส่วนลด
การบันทึกสมุดรายวันรับคืนและส่วนลด
Wanida Ann
 
Liderazgo innovador avanzalis
Liderazgo innovador avanzalisLiderazgo innovador avanzalis
Liderazgo innovador avanzalis
Jose Carlos Ramos
 
研究支援のためのアカデミッククラウド(CloudWeek2013@Hokkaido University)
研究支援のためのアカデミッククラウド(CloudWeek2013@Hokkaido University)研究支援のためのアカデミッククラウド(CloudWeek2013@Hokkaido University)
研究支援のためのアカデミッククラウド(CloudWeek2013@Hokkaido University)
Masaharu Munetomo
 
သမီးရည္းစား ၀တၱဳတိုမ်ား (ဆင္ျဖဴကၽြန္း ေအာင္သိန္း)
သမီးရည္းစား ၀တၱဳတိုမ်ား (ဆင္ျဖဴကၽြန္း ေအာင္သိန္း)သမီးရည္းစား ၀တၱဳတိုမ်ား (ဆင္ျဖဴကၽြန္း ေအာင္သိန္း)
သမီးရည္းစား ၀တၱဳတိုမ်ား (ဆင္ျဖဴကၽြန္း ေအာင္သိန္း)
san aye
 
Rio Jucar
Rio JucarRio Jucar

Destaque (20)

Wix sll
Wix sllWix sll
Wix sll
 
MEIG 07
MEIG 07MEIG 07
MEIG 07
 
Recursos
RecursosRecursos
Recursos
 
Olimpiada
OlimpiadaOlimpiada
Olimpiada
 
Psicologia uma nova introducao
Psicologia uma nova introducaoPsicologia uma nova introducao
Psicologia uma nova introducao
 
Comida
ComidaComida
Comida
 
Disaster management in india
Disaster management in indiaDisaster management in india
Disaster management in india
 
George van Houtem voor VEA
George van Houtem voor VEAGeorge van Houtem voor VEA
George van Houtem voor VEA
 
Computacion jose alberto
Computacion jose albertoComputacion jose alberto
Computacion jose alberto
 
443. odred straha
443. odred straha443. odred straha
443. odred straha
 
Slideshare
SlideshareSlideshare
Slideshare
 
Yo, mi region, mi cultura
Yo, mi region, mi culturaYo, mi region, mi cultura
Yo, mi region, mi cultura
 
Ejer3 a
Ejer3 aEjer3 a
Ejer3 a
 
Introduction to reverse osmosis
Introduction to reverse osmosisIntroduction to reverse osmosis
Introduction to reverse osmosis
 
การบันทึกสมุดรายวันรับคืนและส่วนลด
การบันทึกสมุดรายวันรับคืนและส่วนลดการบันทึกสมุดรายวันรับคืนและส่วนลด
การบันทึกสมุดรายวันรับคืนและส่วนลด
 
Liderazgo innovador avanzalis
Liderazgo innovador avanzalisLiderazgo innovador avanzalis
Liderazgo innovador avanzalis
 
研究支援のためのアカデミッククラウド(CloudWeek2013@Hokkaido University)
研究支援のためのアカデミッククラウド(CloudWeek2013@Hokkaido University)研究支援のためのアカデミッククラウド(CloudWeek2013@Hokkaido University)
研究支援のためのアカデミッククラウド(CloudWeek2013@Hokkaido University)
 
သမီးရည္းစား ၀တၱဳတိုမ်ား (ဆင္ျဖဴကၽြန္း ေအာင္သိန္း)
သမီးရည္းစား ၀တၱဳတိုမ်ား (ဆင္ျဖဴကၽြန္း ေအာင္သိန္း)သမီးရည္းစား ၀တၱဳတိုမ်ား (ဆင္ျဖဴကၽြန္း ေအာင္သိန္း)
သမီးရည္းစား ၀တၱဳတိုမ်ား (ဆင္ျဖဴကၽြန္း ေအာင္သိန္း)
 
Rio Jucar
Rio JucarRio Jucar
Rio Jucar
 
MCD
MCDMCD
MCD
 

Semelhante a Bossa nova

Apresentação bossa nova
Apresentação   bossa novaApresentação   bossa nova
Apresentação bossa nova
TinaCriis
 
Música brasileira
Música brasileiraMúsica brasileira
Música brasileira
Di-Milhomem
 
B ossa nova
B ossa novaB ossa nova
B ossa nova
telodkaslk
 
A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais
eercavalcanti
 
A Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de Souza
A Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de SouzaA Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de Souza
A Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de Souza
alfeuRIO
 
Cronos rock
Cronos rockCronos rock
Cronos rock
Elvis Live
 
Cronos rock-pop-mpb
Cronos rock-pop-mpbCronos rock-pop-mpb
Cronos rock-pop-mpb
Medusa Fabula
 
Música estilo musical
Música   estilo musicalMúsica   estilo musical
Música estilo musical
Jéssica Cristina
 
Origem dos generos musicais
Origem dos generos musicaisOrigem dos generos musicais
Origem dos generos musicais
Eralda Cruz
 
História da Música Brasileira
História da Música BrasileiraHistória da Música Brasileira
História da Música Brasileira
Carlos Zaranza
 
Cultura
CulturaCultura
Musica brasileira
Musica brasileiraMusica brasileira
Musica brasileira
VIVIAN TROMBINI
 
histmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptx
histmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptxhistmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptx
histmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptx
MariaMarques385773
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
Junior Ribeiro
 
SAMBA- TURMA 3003
SAMBA- TURMA 3003SAMBA- TURMA 3003
SAMBA- TURMA 3003
portomariana
 
Eglamour
EglamourEglamour
20.baiao
20.baiao20.baiao
Samba e a mpb
Samba e a mpbSamba e a mpb
Samba e a mpb
Italo Colares
 
Samba Da La Ela
Samba Da La ElaSamba Da La Ela
Samba Da La Ela
Tânia Mara
 
Musica urbana
Musica urbana Musica urbana
Musica urbana
Érica do Vale
 

Semelhante a Bossa nova (20)

Apresentação bossa nova
Apresentação   bossa novaApresentação   bossa nova
Apresentação bossa nova
 
Música brasileira
Música brasileiraMúsica brasileira
Música brasileira
 
B ossa nova
B ossa novaB ossa nova
B ossa nova
 
A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais A Evolução dos Ritmos Musicais
A Evolução dos Ritmos Musicais
 
A Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de Souza
A Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de SouzaA Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de Souza
A Bossa Dançante do Sambalanço - Tárik de Souza
 
Cronos rock
Cronos rockCronos rock
Cronos rock
 
Cronos rock-pop-mpb
Cronos rock-pop-mpbCronos rock-pop-mpb
Cronos rock-pop-mpb
 
Música estilo musical
Música   estilo musicalMúsica   estilo musical
Música estilo musical
 
Origem dos generos musicais
Origem dos generos musicaisOrigem dos generos musicais
Origem dos generos musicais
 
História da Música Brasileira
História da Música BrasileiraHistória da Música Brasileira
História da Música Brasileira
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
Musica brasileira
Musica brasileiraMusica brasileira
Musica brasileira
 
histmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptx
histmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptxhistmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptx
histmusicabras-21maio-140528150704-phpapp02.pptx
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
SAMBA- TURMA 3003
SAMBA- TURMA 3003SAMBA- TURMA 3003
SAMBA- TURMA 3003
 
Eglamour
EglamourEglamour
Eglamour
 
20.baiao
20.baiao20.baiao
20.baiao
 
Samba e a mpb
Samba e a mpbSamba e a mpb
Samba e a mpb
 
Samba Da La Ela
Samba Da La ElaSamba Da La Ela
Samba Da La Ela
 
Musica urbana
Musica urbana Musica urbana
Musica urbana
 

Último

Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
EsterGabriiela1
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 

Último (20)

Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 

Bossa nova

  • 1. Bossa Nova Bossa Nova é um movimento da música popular brasileira do final dos anos 50 lançado por João Gilberto, Tom Jobim, Vinícius de Moraes e jovens cantores e/ou compositores de classe média da zona sul carioca, derivado do samba e com forte influência do jazz. De início, o termo era apenas relativo a um novo modo de cantar e tocar samba naquela época, ou seja, a uma reformulação estética dentro do moderno samba carioca urbano. Com o passar dos anos, a Bossa Nova tornou-se um dos movimentos mais influentes da história damúsica popular brasileira, conhecido em todo o mundo, um grande exemplo disso é a música Garota de Ipanema composta em 1962 por Vinícius de Moraes e Antônio Carlos Jobim. Origens A palavra bossa apareceu pela primeira vez na década de 1930, em Coisas Nossas, samba do popular cantorNoel Rosa: O samba, a prontidão/e outras bossas,/são nossas Origens estilísticas Samba, jazz Contexto cultural 1957, (Zona Sul do Rio de Janeiro, Brasil - Fim: 1963 Instrumentos típicos violão, piano, contrabaixo ebateria Popularidade Amplamente conhecido noBrasil, também significativo nos Estados Unidos, Europa Ocidental, Japão. Formas derivadas MPB, Sambalanço,Tropicalismo coisas(...). A expressão bossa nova passou a ser utilizada também na década seguinte para aqueles sambas de breque, baseado no talento de improvisar paradas súbitas durante a música para encaixar falas. Alguns críticos musicais destacam uma certa influência que a cultura americana do Pós-Guerra, de músicos como Stan Kenton, combinada ao impressionismo erudito, de Debussy e Ravel, teve na bossa nova, especialmente do cool jazz e bebop. Embora tenha pouca influência de música estrangeira como o Jazz, a Bossa Nova possui elementos de samba sincopado.1 Além disso, havia um fundamental inconformismo com o formato musical de época. Os cantores Dick Farney e Lúcio Alves, que fizeram sucesso nos anos da década de 1950 com um jeito suave e minimalista (em oposição a cantores de grande potência sonora) também são considerados influências positivas sobre os garotos que fizeram a Bossa Nova. Um embrião do movimento, já na década de 1950, eram as reuniões casuais, frutos de encontros de um grupo de músicos da classe média carioca em apartamentos da zona sul, como o de Nara Leão, na Avenida Atlântica, emCopacabana. Nestes encontros, cada vez mais frequentes, a partir de 1957, um grupo se reunia para fazer e ouvir música. Dentre os participantes estavam novos compositores da música brasileira, como Billy Blanco,Carlos Lyra, Roberto Menescal e Sérgio Ricardo, entre outros. O grupo foi aumentando, abraçando também Chico Feitosa, João Gilberto, Luiz Carlos Vinhas, Ronaldo Bôscoli, entre outros. Primeiro movimento musical brasileiro egresso das faculdades, já que os primeiros concertos foram realizados em âmbito universitário, pouco a pouco aquilo que se tornaria a bossa nova foi ocupando bares do circuito de Copacabana, no chamado Beco das Garrafas. No final de 1957, numa destas apresentações, no Colégio Israelita-Brasileiro, teria havido a ideia de chamar o novo gênero - então apenas denominado de samba sessions, numa alusão à fusão entre samba e jazz -,devido a um recado escrito num quadro-negro, provavelmente escrito por uma secretária do colégio, chamando as pessoas para uma apresentação de samba-sessions por uma turma "bossa-nova". No evento participaram Carlos Lyra, Ronaldo Bôscoli, Sylvia Telles, Roberto Menescal e Luiz Eça, onde foram anunciados como "(...)grupo bossa nova apresentando sambas modernos".2 Início oficial Vinicius de Moraes, principal letrista de canções da bossa nova a partir de "Chega de Saudade", composição feita com Tom Jobim em 1958 e que consagrou o estilo. Movimento que ficou associado ao crescimento urbano brasileiro - impulsionado pela fase desenvolvimentista da presidência de Juscelino Kubitschek (1955-1960) -, a bossa nova iniciou-se para muitos críticos quando foi lançado, em Agosto de 1958, umcompacto simples do violonista baiano João Gilberto (considerado o papa do movimento), contendo as canções Chega de Saudade(Tom Jobim e Vinicius de Moraes) e Bim Bom (do próprio cantor). Meses antes, João participara de Canção do Amor Demais, um álbum lançado em Maio daquele mesmo ano e exclusivamente dedicado às canções da iniciante dupla Tom/Vinicius, interpretado pela cantora carioca Elizeth Cardoso. De acordo com o escritor Ruy Castro (em seu livro Chega de saudade, de1990), este LP não foi um sucesso imediato ao ser lançado, mas o disco pode ser considerado um dos marcos da bossa nova, não só por ter trazido algumas das mais clássicas composições do gênero - entre as quais,Luciana, Estrada Branca, Outra Vez e Chega de Saudade-, como também pela célebre batida do violão de João Gilberto, com seus acordes dissonantes e inspirados no jazz norte-americano - influência esta que daria argumentos aos críticos da bossa nova. Outras das características do movimento eram suas letras que, contrastando com os sucessos de até então, abordavam temáticas leves e descompromissadas - exemplo disto, Meditação, de Tom Jobim e Newton Mendonça. A forma de cantar também se diferenciava da que se tinha na época. Segundo o maestro Júlio Medaglia, "desenvolver-se- ia a prática do canto-falado ou do cantar baixinho, do texto bem pronunciado, do tomcoloquial da narrativa musical, do acompanhamento e canto integrando-se mutuamente, em lugar da valorização da 'grande voz'".3 Em 1959, era lançado o primeiro LP de João Gilberto, Chega de saudade, contendo a faixa-título - canção com cerca de 100 regravações feitas por artistas brasileiros e estrangeiros. A partir dali, a bossa nova era uma realidade. Além de
  • 2. João, parte do repertório clássico do movimento deve-se as parcerias de Tom Jobim e Vinícius de Moraes. Consta-se, segundo muitos afirmam, que o espírito bossa-novista já se encontrava na música que Jobim e Moraes fizeram, em 1956, para a peça Orfeu da Conceição, primeira parceria da dupla, que esteve perto de não acontecer, uma vez que Vinícius primeiro entrou em contato com Vadico, o famoso parceiro de Noel Rosa e ex-membro do Bando da Lua, para fazer a trilha sonora. É dessa peça, baseada na tragédia Grega Orfeu, uma das belas composições de Tom e Vinícius, "Se todos fossem iguais a você", já prenunciando os elementos melódicos da Bossa Nova. Além de Chega de saudade, os dois compuseram Garota de Ipanema, outra representativa canção da bossa nova, que se tornou a canção brasileira mais conhecida em todo o mundo, depois de Aquarela do Brasil (Ary Barroso), com mais de 169 gravações, entre as quais de Sarah Vaughan, Stan Getz, Frank Sinatra (com Tom Jobim), Ella Fitzgerald entre outros. É de Tom Jobim também, junto com Newton Mendonça, as cançõesDesafinado e Samba de uma Nota Só, dois dos primeiros clássicos do novo gênero musical brasileiro a serem gravados no mercado norte-americano a partir de 1960. Mudanças Em meados da década de 1960, o movimento apresentaria uma espécie de cisão ideológica, formada porMarcos Valle, Dori Caymmi, Edu Lobo e Francis Hime e estimulada pelo Centro Popular de Cultura da UNE. Inspirada em uma visão popular e nacionalista, este grupo fez uma crítica das influências do jazz norte-americano na bossa nova e propôs sua reaproximação com compositores de morro, como o sambista Zé Ketti. Um dos pilares da bossa, Carlos Lyra, aderiu a esta corrente, assim como Nara Leão, que promoveu parcerias com artistas do samba como Cartola e Nelson Cavaquinho e baião e xote nordestinos como João do Vale. Nesta fase de releituras da bossa nova, foi lançado em 1966 o antológico LP "Os Afro-sambas", de Vinicius de Moraes eBaden Powell. Entre os artistas que se destacaram nesta segunda geração (1962-1966) da bossa nova estão Paulo Sérgio Valle, Edu Lobo, Marcos Vasconcelos, Dori Caymmi, Nelson Motta, Francis Hime, Wilson Simonal, entre outros... Fim do movimento, da bossa à MPB Um dos maiores expoentes da bossa nova comporia um dos marcos do fim do movimento. Em 1965, Vinícius de Moraes compôs, com Edu Lobo, Arrastão. A canção seria defendida por Elis Regina no I Festival de Música Popular Brasileira (da extinta TV Excelsior), realizado no Guarujá naquele mesmo ano. Era o fim da bossa nova e o início do que se rotularia MPB, gênero difuso que abarcaria diversas tendências da música brasileira até o início da década de 1980 - época em que surgiu um pop rock nacional renovado. A MPB nascia com artistas novatos, da segunda geração da bossa nova, como Geraldo Vandré, Edu Lobo eChico Buarque de Holanda, que apareciam com frequência em festivais de música popular. Bem-sucedidos como artistas, eles tinham pouco ou quase nada de bossa nova. Vencedoras do II Festival de Música Popular Brasileira, realizado em São Paulo em 1966, Disparada, de Geraldo, e A Banda, de Chico, podem ser consideradas marcos desta ruptura e mutação da bossa em MPB. Legado O fim cronológico da bossa não significou a extinção estética do estilo. O movimento foi uma grande referência para gerações posteriores de artistas, do jazz (a partir do sucesso estrondoso da versão instrumental deDesafinado pela dupla Stan Getz e Charlie Byrd) a uma corrente pós punk britânica (de artistas como Style Council, Matt Bianco e Everything but the Girl). No rock brasileiro, há de se destacar tanto a regravação da composição de Lobão, Me chama, pelo músico bossa-novista João Gilberto, em 1986, além da famosa música do cantor Cazuza composta por ele e outros músicos, Faz parte do meu show, gravada em 1988, com arranjos fortemente inspirados na Bossa Nova. Seu legado é valioso, deixando várias joias da música nacional, dentre as quais Chega de Saudade, Garota de Ipanema, Desafinado, O barquinho, Eu Sei Que Vou Te Amar, Se Todos Fossem Iguais A Você, Águas de março, Outra Vez, Coisa mais linda, Corcovado, Insensatez, Maria Ninguém, Samba de uma nota só, O pato,Lobo Bobo, Saudade fez um Samba Moda de viola A palavra moda é de origem portuguesa significando canto, melodia ou música. No Brasil tomou a significação de um tipo de canção rural. Na região centro-oeste e sudeste, as modas de viola são previamente escritas e decoradas. Já no Nordeste, os cantadores cantam de improviso. A temática dominante nas modas prende-se a três aspectos básicos: a saga dos boiadeiros e lavradores, o anedotário caipira e as histórias trágicas de amor e morte. A moda de viola é uma narração feita em ritmo recitativo, onde o cantador tem que contar uma história. A melodia é solta, como se fosse umapoesia falada com acompanhamento musical. É caracterizada pela, viola solada acompanhando a melodia das vozes. A música O Rei do Gado é um bom exemplo. Há descrição de costumes caipiras, sátiras de costumes e histórias de bichos e mais Contexto cultural Interior das regiões Sudeste,Centro-oeste e Sul do Brasil. Instrumentos típicos viola guitarra, sanfona eacordeão Formas Música sertaneja raramente uma narrativa meio surrealista chamada de moda-de-patacoada, sem qualquer ligação com a inteligibilidade
  • 3. lógica. As modas de viola são normalmente cantadas em duas vozes, com um intervalo musical de terça e acompanhamento de viola. A métrica geralmente é de sete sílabas (redondilha maior), aparecendo por vezes a de cinco sílabas (redondilha menor). As formas estróficas mais utilizadas são a sextilha, a oitava e a quadra e, de forma mais rara, a décima. Em São Paulo, os modistas, como também são conhecidos os cantadores nesse estado, chamam, segundo nos diz o pesquisador Cornélio Pires, a quadra de verso-de-dois-pés; a sextilha é chamada de verso-de-três-pés e a oitava é conhecida como versos dobrados ou moda-dobrada. A palavra pé, muito utilizada no Brasil para designar verso, recebe portanto em São Paulo a designação de dístico ou número de rimas. Em São Paulo as rimas são em geral fixas, com as modas cantadas em carreira. O cantador, para chamar a atenção para si, canta uma quadra qualquer, o que se chama levante ou encabeçar a moda. Ao final canta-se o "arto" ou alto ou baixão, que também recebe o nome de suspender a moda. Com a chegada da música rural ao mundo das gravações, as modas de viola foram incorporando novas temáticas, retratando mais o cotidiano das grandes cidades. No Nordeste, os cantadores lançam mão de sextilhas, moirão, martelo, quadrão e galope. Com grande capacidade de improvisação, os cantadores nordestinos utilizam-se da redondilha maior, de sete sílabas. Na região nordestina, os cantadores apresentam-se em pares, realizando desafios que terminam quando um dos cantadores consegue derrotar o adversário. Já os cantadores do Centro-oeste e Sudeste, limitam-se a apresentar suas modas sem que haja este aspecto de desafio. As primeiras modas de viola foram gravadas a partir do início dos anos 30, após o pioneiro trabalho de [[Cornélio Pires[[, com destaque para as duplas Mandi e Sorocabinha, Zico Dias e Ferrinho, Caçula e Marinheiro, Laureano e Soares, e mais tarde Tonico e Tinoco, Torres e Florêncio e muitas outras duplas cultoras do gênero, e que gravaram modas de viola como "A filha do fazendeiro", com Zico Dias e Ferrinho, "Casamento" com Laureano e Soares, "A guerra da Espanha", com Mandi e Sorocabinha, "Apelido dos jogadores", com Torres e Florêncio, e "Cuiabana" com Tonico e Tinoco, entre dezenas de outras. Ainda me lembro Daquele beijo Spank punk violento Iluminando o céu cinzento Eu quero você inteira Gosto muito do seu jeito Qualquer nota bossa nova Bossa nova qualquer nota Eu quero você na veia A vida passa na tv E o meu caso é com você Fico louco sem saber O por quê Sim pro sol, sim pra lua Eu quero você toda nua Sim pra tudo que você quiser Gosto muito do seu jeito Rock'n roll meio nonsense Rock'n roll meio nonsense Pra acabar com essa inocência E o complexo de decência No meio do salão Hoje é festa Na floresta Toda tribo ateia som Toda a taba ateia sol Só tomando água de coco Infeliz de quem tá triste No meio dessa confusão Você lembra, lembra Daquele tempo Eu tinha estrelas nos olhos Um jeito de herói Era mais forte e veloz Que qualquer mocinho De Cowboy Você lembra, lembra! Eu costumava andar Bem mais de mil léguas Pra poder buscar Flores-de-maio azuis E os seus cabelos enfeitar Água da fonte Cansei de beber Pra não envelhecer Como quisesse Roubar da manhã Um lindo pôr-de-sol Hoje não colho mais As flores-de-maio Nem sou mais veloz Como os heróis É! Talvez eu seja Simplesmente Como um sapato velho Mas ainda sirvo Se você quiser Basta você me calçar Que eu aqueço o frio Dos seus pés