SlideShare uma empresa Scribd logo
CONCEITO
Adolescência, é um período marcado por mudanças
Adolescência, é um período marcado por mudanças
no crescimento e desenvolvimento físico, alterações
no crescimento e desenvolvimento físico, alterações
emocionais, hormonais e sociais. É durante a adolescência
emocionais, hormonais e sociais. É durante a adolescência
que o indivíduo elabora sua identidade pessoal e sexual,
que o indivíduo elabora sua identidade pessoal e sexual,
cria independência familiar, desenvolve valores éticos e
cria independência familiar, desenvolve valores éticos e
morais próprios.
morais próprios.
Caracterizada por:
Caracterizada por:
 Busca de si mesmo e da
Busca de si mesmo e da
identidade.
identidade.
 A tendência grupal.
A tendência grupal.
 Necessidade de fantasiar e
Necessidade de fantasiar e
intelectualizar.
intelectualizar.
 Contradições sucessivas em
Contradições sucessivas em
todas as manifestações da
todas as manifestações da
conduta.
conduta.
 Separação progressiva dos
Separação progressiva dos
pais.
pais.
 Constantes flutuações do
Constantes flutuações do
humor e do estado de
humor e do estado de
ânimo.
ânimo.
 Atitude social
Atitude social
reivindicatória
reivindicatória.
.
 As crises religiosas
As crises religiosas.
.
FASES DA
ADOLESCENCIA
Pré-adolescencia
Adolescência
Intermediária
Adolescência
Tardia.
Pré-adolescência 11 a 14 anos
Seu marco principal é o
Seu marco principal é o
aparecimento da
aparecimento da
puberdade.
puberdade.
Desenvolvimento das
Desenvolvimento das
características sexuais
características sexuais
primárias e secundárias .
primárias e secundárias .
e secundárias
e secundárias
(desenvolvimento de seios,
(desenvolvimento de seios,
alargamento nos quadris,
alargamento nos quadris,
crescimento de pêlos
crescimento de pêlos
faciais, mudança no tom
faciais, mudança no tom
de voz).
de voz).
Puberdade
Nos meninos as
mudanças ocorrem
por volta dos 12 ou 13
anos..
Conhecendo as principais mudanças no Menino!
Crescimento dos pelos pubianos;
O pênis cresce em diâmetro e comprimento;
cresceros pelos do rosto (barba), nas axilas e por todo
o corpo;
Mais ou menos entre os 13 e 14 anos ocorre a primeira
ejaculação; (lembrando que cada adolescente tem o
seu próprio tempo para que isto acontecer, podendo
ser antes ou depois dessa idade);
Crescimento da laringe;
A voz começa a engrossar
Conhecendo as principais mudanças no Menina!
As mamas começam a crescer e desenvolverem
A cintura começa a ficar mais fina;
O quadril se desenvolve;
Começa a crescer os pelos das axilas e da região
pubiana;
O crescimento em altura se acelera;
Entre os 12 e 13 anos acontece a primeira
menstruação, chamada de "menarca" (lembrando que
isto pode ocorrer antes ou depois dessa idade, pois a
menarca varia de adolescente para adolescente);
Desenvolvimento dos órgãos genitais: A vagina fica
com a parede mais espessa; O útero aumenta de
tamanho; Aumenta a irrigação sanguínea do clitóris;
A bacia óssea se desenvolve;
Desta forma essas mudanças marcam a passagem de
criança para adolescente, e que mais tarde passará por
mais algumas mudanças chegando à idade adulta.
Agora é IMPORTANTE lembrarmos que essas
mudanças não ocorrem de forma igual ou como uma
regra, pois cada adolescente tem seu próprio processo
e tempo para que ocorra o desenvolvimento de seu
corpo.

Puberdade
Nas meninas por volta de 10 ou 11 anos de idade, o corpo
passa por mudanças.
É pelo crescimento das mamas que os médicos
acompanham o desenvolvimento das meninas. Para isso,
eles seguem a classificação de Tanner. São cinco estágios.
Estágios.
No M1, as mamas ainda são infantis.
No M2, há o desenvolvimento dessas
glândulas — é o broto mamário.
No M3, tem-se um maior crescimento
da mama e da aréola, mas sem
separação de seus contornos, que só
acontece no M4.
No M5, as mamas têm aspecto adulto
e o contorno areolar é incorporado ao
da mama. A menstruação costuma
ocorrer entre os estágios M3 e M4.
Puberdade
 Nas meninas inicia-se o amadurecimento dos
óvulos, os quadris se alargam e ocorre a
menarca, primeira menstruação, que é um
fluxo sanguíneo eliminado por meio da
vagina. A menstruação pode durar de 3 a 7
dias, num ciclo que se repete, em geral, a cada
28 dias, embora esse período possa ter
algumas variações.
 Nos meninos, começa a produção dos
espermatozóides, que são liberados na
ejaculação com o líquido seminal por meio da
uretra. A primeira ejaculação é conhecida
como polução noturna.
Desenvolvimento Psicossexual
Desenvolvimento Psicossexual
A libido, que estava latente nos anos anteriores, é revivida. O
A libido, que estava latente nos anos anteriores, é revivida. O
impulso sexual é desencadeado por andrógenos (especialmente a
impulso sexual é desencadeado por andrógenos (especialmente a
testosterona), que nessa fase estão em níveis mais altos do que em
testosterona), que nessa fase estão em níveis mais altos do que em
qualquer outra fase da vida
qualquer outra fase da vida.
.
Desenvolvimento Cognitivo
Desenvolvimento Cognitivo
Segundo Jean Piaget, no início da adolescência, o pensamento
Segundo Jean Piaget, no início da adolescência, o pensamento
da criança torna-se mais abstrato, conceitual, lógico e orientado para
da criança torna-se mais abstrato, conceitual, lógico e orientado para
o futuro.
o futuro.
Adolescência intermediária dos 14 aos 17 anos.
Adolescência intermediária dos 14 aos 17 anos.
Nessa fase ocorrem dois
Nessa fase ocorrem dois
importantes eventos
importantes eventos
psicológicos:
psicológicos:
(1) os meninos alcançam e
(1) os meninos alcançam e
ultrapassam o tamanho e
ultrapassam o tamanho e
peso das meninas
peso das meninas
(2) a menarca já
(2) a menarca já
ocorreu na
ocorreu na
maioria das
maioria das
meninas
meninas
Alguns temas opressivos dos adolescentes desse estágio.
Alguns temas opressivos dos adolescentes desse estágio.
sexualidade
sexualidade
 Imagem corporal
Imagem corporal
 gravidez
gravidez
popularidade e identidade.
popularidade e identidade.
Nessa fase ocorrem tentativas de separação AMOR x ÓDIO, e
atitudes contraditórias que revelam ambivalência, como:
Egoísmo Altruísmo
Mesquinhez Generosidade
Sociabilidade Solidão
Jocosidade Seriedade
Submissão Rebeldia
Materialismo Idealismo
Grosseria Ternura
Desenvolvimento Psicossexual
É comum o comportamento e experimentação
sexual com uma variedade de papéis sexuais.
como paixonites heterossexuais com pessoas
inatingíveis.
também experiências homossexuais, geralmente
transitórias.
Adolescência tardia - dos 17 aos 20 anos.
É caracterizada por fortes sentimentos e emoções, com
intensos relacionamentos de oposição. Existem duas
importantes tarefas nesse período:
transforma-se de uma pessoa dependente em uma
independente.
estabelece-se uma identidade.
Desenvolvimento Cognitivo
O evento cognitivo mais importante é o
desenvolvimento da capacidade para o pensamento lógico
abstrato (operações formais).
O pensamento não mais se limita ao ambiente
concreto e imediato, mas envolve-se com um mundo mais
amplo.
DESENVOLVIMENTO PSICOLÓGICO
A adolescência é um período de mudança de estilo e
personalidade, a busca por uma identidade adulta e
independência são os principais objetivos.
O indivíduo tem que passar por três lutos fundamentais:
(1) Perda do corpo infantil
(2) Perda dos pais da infância
(3)Perda da identidade e do papel infantil
Puberdade e problemas na adolescência:
A adolescência é o momento da vida em que se
manifestam certos quadros psiquiátricos, como a
depressão e outras perturbações do estado de espírito,
o que aumenta consideravelmente o risco de suicídio.
As doenças alimentares, como a anorexia nervosa e a
bulimia nervosa, são especialmente frequentes nos
adolescentes.
Calcula-se, de fato, que a prevalência desses
transtornos oscila entre o 0,5 e o 4% (Carbajo et. al,
1995). Concretamente, o DSM-IV assinala a
prevalência da Anorexia Nervosa na população
adolescente e juvenil feminina entre o 0,5 e o 1%, e a
da Bulimia Nervosa entre o 1 e o 3% (DSM.IV).
O tema tem sido predominantemente tratado em
assuntos da adolescência por que se estima que 50%
dos casos de Bulimia Nervosa ocorra antes dos 18
anos, porém como seu diagnóstico não tem sido fácil
nessa faixa etária, tem-se a impressão de sua
incidência ser maior acima dessa idade.
A média de idade do início da Bulimia Nervosa foi de
16,3 anos, variando de 13 a 19 anos (Herzog et al, 1991).
Sua principal característica são os episódios de comer-
compulsivo (binge-eating) e esse comportamento é
caracterizado por ingestão de alimentos muito
calóricos, de forma compulsiva até o limite da
capacidade gástrica e num espaço de tempo inferior a
duas horas.
A violência tornou-se a causa principal de doença e
morte na adolescência. a inserção em grupos, o
consumo de drogas e a pobreza, contribuem para
aumentar o risco de violência entre adolescentes. Os
acidentes, principalmente os de automóvel e de moto,
são as principais causas de morte. As queimaduras, as
fraturas múltiplas e outros acidentes são a origem da
elevada percentagem de lesões graves nos
adolescentes.
O final da adolescência ocorre quando o adolescente
adquire todos os direitos e privilégios de um adulto, o que
pode variar dependendo da sociedade em questão.
Poesia da Adolescência Idade primaveril,
as emoções afloram a mil.
O coração está sempre em festa,
mas o adolescente, às vezes, contesta.
É espinha no rosto.
É atração pelo sexo oposto.
É a voz se alterando.
É a paixão iniciando.
Ganha mais atenção a aparência.
Viver tem mais urgência.
Não é adulto, não é criança,
mas é evidente a mudança.
É a necessidade de responsabilidade.
É a busca da felicidade.
É a ciência da consciência.
É efervescência, é adolescência.
Josete Maria Vichineski
FIM!

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Bncc.pdf

Adolescência
AdolescênciaAdolescência
Adolescência
Kátia Martins
 
Infância...
Infância...Infância...
Infância...
Guima2011
 
A adolescência
A adolescênciaA adolescência
A adolescência
Roberto Nobre
 
Trabalho portugues
Trabalho portuguesTrabalho portugues
Trabalho portugues
Fabio Farias
 
Sexualidade powerpoint
Sexualidade  powerpointSexualidade  powerpoint
Sexualidade powerpoint
escola 2/3 Bernardino Machado
 
Desenvolvimento fisico e psíquico na adolescencia
Desenvolvimento fisico e psíquico na adolescenciaDesenvolvimento fisico e psíquico na adolescencia
Desenvolvimento fisico e psíquico na adolescencia
Mari Oldoni
 
Crescer linear criança e desenvolvimento, criança não é apenas versão do adulto
Crescer linear criança e desenvolvimento, criança não é apenas versão do adultoCrescer linear criança e desenvolvimento, criança não é apenas versão do adulto
Crescer linear criança e desenvolvimento, criança não é apenas versão do adulto
Van Der Häägen Brazil
 
Adolescer
AdolescerAdolescer
Adolescer
Eliana Graça
 
Resumo sobre Psi_D.H_-_Adolescencia.pptx
Resumo sobre Psi_D.H_-_Adolescencia.pptxResumo sobre Psi_D.H_-_Adolescencia.pptx
Resumo sobre Psi_D.H_-_Adolescencia.pptx
BeatrizVieira226546
 
Sexualidade
SexualidadeSexualidade
Sexualidade
Aluisio Èvora
 
Sexualidade na adolescência
Sexualidade na adolescênciaSexualidade na adolescência
Sexualidade na adolescência
grupo5AP
 
Sexualidade na adolescencia
Sexualidade na adolescenciaSexualidade na adolescencia
Sexualidade na adolescencia
Lasianny
 
Adolescência
AdolescênciaAdolescência
Adolescência
UFC
 
As etapas do desenvolvimento de uma pessoa
As etapas do desenvolvimento de uma pessoaAs etapas do desenvolvimento de uma pessoa
As etapas do desenvolvimento de uma pessoa
jt7_9
 
Educação Sexual - Aula1
Educação Sexual - Aula1Educação Sexual - Aula1
Educação Sexual - Aula1
RASC EAD
 
Adolescência -> 15-16 anos
Adolescência -> 15-16 anosAdolescência -> 15-16 anos
Adolescência -> 15-16 anos
Kleverson Gomes
 
Sexualidade powerpoint
Sexualidade powerpointSexualidade powerpoint
Sexualidade powerpoint
georgiamfc
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
Stefania Feliz
 
Adolescencia
Adolescencia Adolescencia
Adolescencia
Carla Estevens
 
Sexualidade Na Terceira Idade
Sexualidade Na Terceira IdadeSexualidade Na Terceira Idade
Sexualidade Na Terceira Idade
a20061577
 

Semelhante a Bncc.pdf (20)

Adolescência
AdolescênciaAdolescência
Adolescência
 
Infância...
Infância...Infância...
Infância...
 
A adolescência
A adolescênciaA adolescência
A adolescência
 
Trabalho portugues
Trabalho portuguesTrabalho portugues
Trabalho portugues
 
Sexualidade powerpoint
Sexualidade  powerpointSexualidade  powerpoint
Sexualidade powerpoint
 
Desenvolvimento fisico e psíquico na adolescencia
Desenvolvimento fisico e psíquico na adolescenciaDesenvolvimento fisico e psíquico na adolescencia
Desenvolvimento fisico e psíquico na adolescencia
 
Crescer linear criança e desenvolvimento, criança não é apenas versão do adulto
Crescer linear criança e desenvolvimento, criança não é apenas versão do adultoCrescer linear criança e desenvolvimento, criança não é apenas versão do adulto
Crescer linear criança e desenvolvimento, criança não é apenas versão do adulto
 
Adolescer
AdolescerAdolescer
Adolescer
 
Resumo sobre Psi_D.H_-_Adolescencia.pptx
Resumo sobre Psi_D.H_-_Adolescencia.pptxResumo sobre Psi_D.H_-_Adolescencia.pptx
Resumo sobre Psi_D.H_-_Adolescencia.pptx
 
Sexualidade
SexualidadeSexualidade
Sexualidade
 
Sexualidade na adolescência
Sexualidade na adolescênciaSexualidade na adolescência
Sexualidade na adolescência
 
Sexualidade na adolescencia
Sexualidade na adolescenciaSexualidade na adolescencia
Sexualidade na adolescencia
 
Adolescência
AdolescênciaAdolescência
Adolescência
 
As etapas do desenvolvimento de uma pessoa
As etapas do desenvolvimento de uma pessoaAs etapas do desenvolvimento de uma pessoa
As etapas do desenvolvimento de uma pessoa
 
Educação Sexual - Aula1
Educação Sexual - Aula1Educação Sexual - Aula1
Educação Sexual - Aula1
 
Adolescência -> 15-16 anos
Adolescência -> 15-16 anosAdolescência -> 15-16 anos
Adolescência -> 15-16 anos
 
Sexualidade powerpoint
Sexualidade powerpointSexualidade powerpoint
Sexualidade powerpoint
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Adolescencia
Adolescencia Adolescencia
Adolescencia
 
Sexualidade Na Terceira Idade
Sexualidade Na Terceira IdadeSexualidade Na Terceira Idade
Sexualidade Na Terceira Idade
 

Último

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 

Último (20)

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 

Bncc.pdf

  • 1.
  • 2. CONCEITO Adolescência, é um período marcado por mudanças Adolescência, é um período marcado por mudanças no crescimento e desenvolvimento físico, alterações no crescimento e desenvolvimento físico, alterações emocionais, hormonais e sociais. É durante a adolescência emocionais, hormonais e sociais. É durante a adolescência que o indivíduo elabora sua identidade pessoal e sexual, que o indivíduo elabora sua identidade pessoal e sexual, cria independência familiar, desenvolve valores éticos e cria independência familiar, desenvolve valores éticos e morais próprios. morais próprios.
  • 3.
  • 4. Caracterizada por: Caracterizada por:  Busca de si mesmo e da Busca de si mesmo e da identidade. identidade.  A tendência grupal. A tendência grupal.  Necessidade de fantasiar e Necessidade de fantasiar e intelectualizar. intelectualizar.  Contradições sucessivas em Contradições sucessivas em todas as manifestações da todas as manifestações da conduta. conduta.  Separação progressiva dos Separação progressiva dos pais. pais.  Constantes flutuações do Constantes flutuações do humor e do estado de humor e do estado de ânimo. ânimo.  Atitude social Atitude social reivindicatória reivindicatória. .  As crises religiosas As crises religiosas. .
  • 6. Pré-adolescência 11 a 14 anos Seu marco principal é o Seu marco principal é o aparecimento da aparecimento da puberdade. puberdade. Desenvolvimento das Desenvolvimento das características sexuais características sexuais primárias e secundárias . primárias e secundárias . e secundárias e secundárias (desenvolvimento de seios, (desenvolvimento de seios, alargamento nos quadris, alargamento nos quadris, crescimento de pêlos crescimento de pêlos faciais, mudança no tom faciais, mudança no tom de voz). de voz).
  • 7. Puberdade Nos meninos as mudanças ocorrem por volta dos 12 ou 13 anos..
  • 8. Conhecendo as principais mudanças no Menino! Crescimento dos pelos pubianos; O pênis cresce em diâmetro e comprimento; cresceros pelos do rosto (barba), nas axilas e por todo o corpo; Mais ou menos entre os 13 e 14 anos ocorre a primeira ejaculação; (lembrando que cada adolescente tem o seu próprio tempo para que isto acontecer, podendo ser antes ou depois dessa idade); Crescimento da laringe; A voz começa a engrossar
  • 9. Conhecendo as principais mudanças no Menina! As mamas começam a crescer e desenvolverem A cintura começa a ficar mais fina; O quadril se desenvolve; Começa a crescer os pelos das axilas e da região pubiana; O crescimento em altura se acelera;
  • 10. Entre os 12 e 13 anos acontece a primeira menstruação, chamada de "menarca" (lembrando que isto pode ocorrer antes ou depois dessa idade, pois a menarca varia de adolescente para adolescente); Desenvolvimento dos órgãos genitais: A vagina fica com a parede mais espessa; O útero aumenta de tamanho; Aumenta a irrigação sanguínea do clitóris; A bacia óssea se desenvolve;
  • 11. Desta forma essas mudanças marcam a passagem de criança para adolescente, e que mais tarde passará por mais algumas mudanças chegando à idade adulta. Agora é IMPORTANTE lembrarmos que essas mudanças não ocorrem de forma igual ou como uma regra, pois cada adolescente tem seu próprio processo e tempo para que ocorra o desenvolvimento de seu corpo. 
  • 12. Puberdade Nas meninas por volta de 10 ou 11 anos de idade, o corpo passa por mudanças. É pelo crescimento das mamas que os médicos acompanham o desenvolvimento das meninas. Para isso, eles seguem a classificação de Tanner. São cinco estágios.
  • 13. Estágios. No M1, as mamas ainda são infantis. No M2, há o desenvolvimento dessas glândulas — é o broto mamário. No M3, tem-se um maior crescimento da mama e da aréola, mas sem separação de seus contornos, que só acontece no M4. No M5, as mamas têm aspecto adulto e o contorno areolar é incorporado ao da mama. A menstruação costuma ocorrer entre os estágios M3 e M4.
  • 14. Puberdade  Nas meninas inicia-se o amadurecimento dos óvulos, os quadris se alargam e ocorre a menarca, primeira menstruação, que é um fluxo sanguíneo eliminado por meio da vagina. A menstruação pode durar de 3 a 7 dias, num ciclo que se repete, em geral, a cada 28 dias, embora esse período possa ter algumas variações.  Nos meninos, começa a produção dos espermatozóides, que são liberados na ejaculação com o líquido seminal por meio da uretra. A primeira ejaculação é conhecida como polução noturna.
  • 15. Desenvolvimento Psicossexual Desenvolvimento Psicossexual A libido, que estava latente nos anos anteriores, é revivida. O A libido, que estava latente nos anos anteriores, é revivida. O impulso sexual é desencadeado por andrógenos (especialmente a impulso sexual é desencadeado por andrógenos (especialmente a testosterona), que nessa fase estão em níveis mais altos do que em testosterona), que nessa fase estão em níveis mais altos do que em qualquer outra fase da vida qualquer outra fase da vida. . Desenvolvimento Cognitivo Desenvolvimento Cognitivo Segundo Jean Piaget, no início da adolescência, o pensamento Segundo Jean Piaget, no início da adolescência, o pensamento da criança torna-se mais abstrato, conceitual, lógico e orientado para da criança torna-se mais abstrato, conceitual, lógico e orientado para o futuro. o futuro.
  • 16. Adolescência intermediária dos 14 aos 17 anos. Adolescência intermediária dos 14 aos 17 anos. Nessa fase ocorrem dois Nessa fase ocorrem dois importantes eventos importantes eventos psicológicos: psicológicos: (1) os meninos alcançam e (1) os meninos alcançam e ultrapassam o tamanho e ultrapassam o tamanho e peso das meninas peso das meninas (2) a menarca já (2) a menarca já ocorreu na ocorreu na maioria das maioria das meninas meninas
  • 17. Alguns temas opressivos dos adolescentes desse estágio. Alguns temas opressivos dos adolescentes desse estágio. sexualidade sexualidade  Imagem corporal Imagem corporal  gravidez gravidez popularidade e identidade. popularidade e identidade.
  • 18. Nessa fase ocorrem tentativas de separação AMOR x ÓDIO, e atitudes contraditórias que revelam ambivalência, como: Egoísmo Altruísmo Mesquinhez Generosidade Sociabilidade Solidão Jocosidade Seriedade Submissão Rebeldia Materialismo Idealismo Grosseria Ternura
  • 19. Desenvolvimento Psicossexual É comum o comportamento e experimentação sexual com uma variedade de papéis sexuais. como paixonites heterossexuais com pessoas inatingíveis. também experiências homossexuais, geralmente transitórias.
  • 20. Adolescência tardia - dos 17 aos 20 anos. É caracterizada por fortes sentimentos e emoções, com intensos relacionamentos de oposição. Existem duas importantes tarefas nesse período: transforma-se de uma pessoa dependente em uma independente. estabelece-se uma identidade.
  • 21. Desenvolvimento Cognitivo O evento cognitivo mais importante é o desenvolvimento da capacidade para o pensamento lógico abstrato (operações formais). O pensamento não mais se limita ao ambiente concreto e imediato, mas envolve-se com um mundo mais amplo.
  • 22. DESENVOLVIMENTO PSICOLÓGICO A adolescência é um período de mudança de estilo e personalidade, a busca por uma identidade adulta e independência são os principais objetivos. O indivíduo tem que passar por três lutos fundamentais: (1) Perda do corpo infantil (2) Perda dos pais da infância (3)Perda da identidade e do papel infantil
  • 23. Puberdade e problemas na adolescência: A adolescência é o momento da vida em que se manifestam certos quadros psiquiátricos, como a depressão e outras perturbações do estado de espírito, o que aumenta consideravelmente o risco de suicídio.
  • 24. As doenças alimentares, como a anorexia nervosa e a bulimia nervosa, são especialmente frequentes nos adolescentes. Calcula-se, de fato, que a prevalência desses transtornos oscila entre o 0,5 e o 4% (Carbajo et. al, 1995). Concretamente, o DSM-IV assinala a prevalência da Anorexia Nervosa na população adolescente e juvenil feminina entre o 0,5 e o 1%, e a da Bulimia Nervosa entre o 1 e o 3% (DSM.IV).
  • 25. O tema tem sido predominantemente tratado em assuntos da adolescência por que se estima que 50% dos casos de Bulimia Nervosa ocorra antes dos 18 anos, porém como seu diagnóstico não tem sido fácil nessa faixa etária, tem-se a impressão de sua incidência ser maior acima dessa idade.
  • 26. A média de idade do início da Bulimia Nervosa foi de 16,3 anos, variando de 13 a 19 anos (Herzog et al, 1991). Sua principal característica são os episódios de comer- compulsivo (binge-eating) e esse comportamento é caracterizado por ingestão de alimentos muito calóricos, de forma compulsiva até o limite da capacidade gástrica e num espaço de tempo inferior a duas horas.
  • 27.
  • 28. A violência tornou-se a causa principal de doença e morte na adolescência. a inserção em grupos, o consumo de drogas e a pobreza, contribuem para aumentar o risco de violência entre adolescentes. Os acidentes, principalmente os de automóvel e de moto, são as principais causas de morte. As queimaduras, as fraturas múltiplas e outros acidentes são a origem da elevada percentagem de lesões graves nos adolescentes.
  • 29. O final da adolescência ocorre quando o adolescente adquire todos os direitos e privilégios de um adulto, o que pode variar dependendo da sociedade em questão.
  • 30. Poesia da Adolescência Idade primaveril, as emoções afloram a mil. O coração está sempre em festa, mas o adolescente, às vezes, contesta. É espinha no rosto. É atração pelo sexo oposto. É a voz se alterando. É a paixão iniciando. Ganha mais atenção a aparência. Viver tem mais urgência. Não é adulto, não é criança, mas é evidente a mudança. É a necessidade de responsabilidade. É a busca da felicidade. É a ciência da consciência. É efervescência, é adolescência. Josete Maria Vichineski
  • 31. FIM!