SlideShare uma empresa Scribd logo
A discussão da antiga polêmica sobre a sujeição ou não das Sociedades de Economia
Mista à Lei 8.666 /93 - a Lei de Licitações.

Conforme exposto no aludido parágrafo único do artigo primeiro da Lei de Licitações, as
sociedades de economia mista subordinam-se às normas gerais sobre licitações.

   •   Com observância dos principios constitucionais da legalidade, impessoalidade,
       moralidade, publicidade e eficiência devem ser seguidos tanto pela administração
       pública direta quanto indireta.

   •   A sociedade de economia mis explora uma atividade econômica, e por isso deve
       sujeitar-se a um regime jurídico próprio, respeitando-se as suas particularidades e
       complexidades.

   •   E que o parágrafo único do artigo 1º da Lei 8.666 /93 não se aplica às sociedades
       de economia mista que exploram atividade econômica, especialmente para a
       contratação de serviços vinculados à atividade-fim, com base no artigo 173 ,
       parágrafo 1º da Carta Magna.

Quadro da Legislação Atual

O atual sistema de licitação existente no país surge com a Constituição Federal de 1988,
onde o termo é visto pela primeira vez no inciso XXVII, do artigo 22 que trata de assuntos
a serem legislados exclusivamente pela União. Este inciso estabelece ainda que as
normas de licitações, seja qual for a sua modalidade de execução, atingem a
administração pública direta, autárquica e fundacional da União, Estados, Distrito Federal
e Municípios e também empresas públicas e sociedades de economia mista. Já o inciso
XXI do artigo 37 da Constituição de 1988 trata da obrigatoriedade da licitação pública para
toda a administração pública direta e indireta seguindo os princípios da legalidade,
impessoalidade, moralidade, publicidade, eficiência, igualdade, dentre outros.

Hoje a Lei nº. 8.666 de 21 de junho de 1993, regulamenta o artigo 37, inciso XXI da
Constituição Federal, onde “institui normas para licitações e contratos da Administração
Pública e dá outras providências”. Esta lei regulamenta o processo licitatório não só dos
órgãos da administração pública, mas também dos fundos especiais (entendidos como
sendo uma forma de gestão de recursos públicos), autarquias, fundações públicas,
empresas públicas, sociedades de economia mista e outras entidades que sejam, quer de
forma direta ou indireta, controladas pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios.

A licitação é obrigatória para toda a Administração Pública, excetuando-se os casos
previstos na legislação própria, onde trata-se da dispensa e inexigibilidade da mesma.
Segundo MEIRELLES (2005; p.268) “a licitação é o antecedente necessário do contrato
administrativo; o contrato é o conseqüente lógico da licitação”, ou seja, para que exista
um contrato firmado entre um ente da administração pública e outra instituição, seja esse
contrato para aquisição de quaisquer obras ou serviços, far-se-á necessário que ocorra
uma licitação, embora sendo a mesma realizada, isso não significa dizer que tal contrato
deverá ser firmado, mas caso seja, deverá ser com o vencedor do processo licitatório. A
Lei nº. 8.666/93 não só regulamenta, mas também estabelece as normas gerais de
licitação que atingem além da própria União, os demais entes, Estados, Distrito Federal e
Municípios, o que não quer dizer que tais entes não possam estabelecer normas
particulares para si, mas tais normas particulares não podem estar em desacordo com as
normas gerais estabelecidas pela legislação federal.

Regime diferenciado – Proposta para o debate nacional

Faz parte de um movimento nacional para colocar em debate a necessidade de um
regime diferenciado para as sociedades de economia mista. A agilidade necessária e a
intensa concorrência das empresas que atuam no mercado é incompatível com o atual
sistema de licitação.

O objetivo do movimento é levar para uma ampla discussão, interpretação e análise do
disposto no artigo 173 da Carta Magna, como uma previsão constitucional da
necessidade de um regime diferenciado para as sociedades de economia mista, em razão
da intensa concorrência das empresas que atuam no mercado ser incompatível com o
moroso sistema de licitação. Ressalte-se que, a razão de ser da sociedade de economia
mista está em pertencer à Administração indireta, porém ostentando a estrutura e
funcionamento da empresa particular, por isso não faz sentido burocratizá-la com os
métodos estatais a ponto de emperrar-lhe os movimentos e a flexibilidade mercantil.

Procedimento Licitatório Simplificado – Saída para as Empresas Públicas

O Procedimento Licitatório Simplificado vem atender à dinâmica do setor, caracterizado
por um ambiente de livre competição com outras empresas, onde agilidade é fundamental
para o desenvolvimento das atividades operacionais com economicidade e rentabilidade.
Na avaliação dos legisladores, a adoção do sistema de licitação imposto pela Lei 8.666/93
é inadequada e incompatível com o ambiente de livre concorrência e também com o
princípio constitucional de eficiência.

Passando a haver a livre concorrência na produção de medicamentos, principalmente
com empresas internacionais de grande porte, não seria adequado forçar os Laboratórios
Oficiais às amarras mais apertadas impostas pela Lei 8.666. O objetivo é dar alguma
flexibilidade às empresas nos seus atos de contratação de bens e serviços.

Desta forma, os contratos das Sociedades de Economia Mista são regidos por normas de
direito privado e pelo princípio de autonomia, aliás, a lei 8.666/93, prevê, em
determinados casos, a dispensa de licitação.

Para facilitar o acesso do mercado fornecedor nas compras de insumos, materiais e
contratações de serviços, bem como proporcionar confiança às Empresas Públicas
quanto à qualidade e competência de seus fornecedores, de forma que os mesmos
atendam às necessidades empresariais e aos requisitos específicos das suas atividades
fins, criando um cadastro corporativo de fornecedores de bens e serviços.

O Cadastro Corporativo estaria disponível nos sites das Empresas na internet, por meio
do Portal de Cadastro, sistema que permite a qualquer empresa, nacional ou estrangeira,
requerer sua inscrição. Este portal ficaria permanentemente aberto e, além do processo
de inscrição de empresas, permitiria às mesmas a renovação anual ou, a qualquer
momento, uma ampliação de seu escopo de cadastramento, aumentando os itens de
serviço ou de bens fornecidos.
Com a enorme sofisticação técnica dos bens e serviços adquiridos, e a elevada
diversidade de itens para compras, contratações e serviços o Cadastro Corporativo de
fornecedores teria requisitos abrangendo os aspectos legais, de regularidade fiscal,
capacidade econômica e capacidade técnica, bem como exigências complementares de
Gestão e Segurança, Meio Ambiente e Saúde, em conformidade com padrões
internacionais.

As empresas candidatas fariam suas inscrições no cadastro. O segundo passo seria o
processo de qualificação dessas empresas quando as Empresas Estatais comprovariam a
veracidade das informações fornecidas pelas candidatas. A partir desta etapa elas teriam
seus nomes inscritos no cadastro de fornecedores. Este cadastro seria renovado
anualmente.

Ex.: julgamento da ADI 3273 , quando o STF reconheceu que a Petrobras explora
atividade econômica em sentido estrito, e deve se sujeitar ao regime previsto para
empresas privadas. No caso não se tratou de ausência de licitação, e sim de um
procedimento simplificado. Esse processo simplificado atende exatamente a sociedades
de economia mista que atuam no mercado, para que possam ter chance no mundo
globalizado, altamente competitivo.

O artigo 173 , parágrafo 1º da Constituição prevê o estabelecimento de um estatuto
jurídico para as empresas de economia mista que explorem atividade econômica. No
mesmo dispositivo, no inciso II, a norma prevê que essas empresas devem se sujeitar ao
regime jurídico próprio das empresas privadas. Mas logo no inciso III, a Lei Maior destaca
que o regime jurídico não se aplica em matéria de licitação.


Lei 8.666 /93 - a Lei de Licitações .

Nos termos do parágrafo único do artigo primeiro da Lei de Licitações, abaixo transcrito,
as sociedades de economia mista subordinam-se às normas gerais sobre licitações.

Art. 1o Esta Lei estabelece normas gerais sobre licitações e contratos administrativos
pertinentes a obras, serviços, inclusive de publicidade, compras, alienações e locações no
âmbito dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

Parágrafo único. Subordinam-se ao regime desta Lei , além dos órgãos da
administração direta, os fundos especiais, as autarquias, as fundações públicas, as
empresas públicas, as sociedades de economia mista e demais entidades controladas
direta ou indiretamente pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios.

Por sua vez, sociedade de economia mista são pessoas jurídicas de Direito Privado,
constituídas por capital misto, pois conta com a participação do Poder Público e de
particulares, organizadas sob a forma de Sociedades Anônimas, e podem prestar serviço
público, outorgado pelo Estado, ou explorar a atividade econômica.

Apesar das sociedades de economia mista revestirem a forma das empresas particulares,
são entidades que integram a Administração indireta do Estado, como instrumento de
descentralização de seus serviços. Segundo Hely Lopes Meirelles "o objetivo dessa
descentralização administrativa é o de utilizar o modelo empresarial privado, seja para
melhor atendimento aos usuários do serviço público, ou para maior rendimento na
exploração da atividade econômica. Conciliam-se, deste modo, a estrutura das empresas
privadas com os objetivos de interesse público. Vivem, portanto, em simbiose o
empreendimento particular com o amparo estatal".

É justamente essa duplicidade que põe em discussão a aplicação ou não da Lei de
Licitações às sociedades de economia mista, afinal o artigo 173, parágrafo 1º da prevê a
possibilidade dessas sociedades serem regidas por estatuto próprio, que inclusive poderá
dispor sobre regras da licitação.

O dispositivo constitucional:

Art. 173. Ressalvados os casos previstos nesta Constituição , a exploração direta de
atividade econômica pelo Estado só será permitida quando necessária aos imperativos da
segurança nacional ou a relevante interesse coletivo, conforme definidos em lei.

§ 1º A lei estabelecerá o estatuto jurídico da empresa pública, da sociedade de
economia mista e de suas subsidiárias que explorem atividade econômica de
produção ou comercialização de bens ou de prestação de serviços, dispondo sobre :
(Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19 , de 1998)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Direito Público Económico - Regulação e Concorrência, Prof. Doutor Rui Teixei...
Direito Público Económico - Regulação e Concorrência, Prof. Doutor Rui Teixei...Direito Público Económico - Regulação e Concorrência, Prof. Doutor Rui Teixei...
Direito Público Económico - Regulação e Concorrência, Prof. Doutor Rui Teixei...
A. Rui Teixeira Santos
 
Direito da Concorrência (Parte I), Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (ISG, 2013)
Direito da Concorrência (Parte I), Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (ISG, 2013)Direito da Concorrência (Parte I), Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (ISG, 2013)
Direito da Concorrência (Parte I), Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (ISG, 2013)
A. Rui Teixeira Santos
 
INTRODUÇÃO AO DIREITO PÚBLICO ECONÓMICO PROFESSOR DOUTOR RUI TEIXEIRA SANTOS,
INTRODUÇÃO AO DIREITO PÚBLICO ECONÓMICO PROFESSOR DOUTOR RUI TEIXEIRA SANTOS,INTRODUÇÃO AO DIREITO PÚBLICO ECONÓMICO PROFESSOR DOUTOR RUI TEIXEIRA SANTOS,
INTRODUÇÃO AO DIREITO PÚBLICO ECONÓMICO PROFESSOR DOUTOR RUI TEIXEIRA SANTOS,
A. Rui Teixeira Santos
 
Apostila licitações
Apostila licitaçõesApostila licitações
Apostila licitações
Ana Bezerra
 
12 licita%80%a0%a6%e7%f5es
12 licita%80%a0%a6%e7%f5es12 licita%80%a0%a6%e7%f5es
12 licita%80%a0%a6%e7%f5es
vitor campos
 
Direito dos Mercados 2015 - Prof. Doutor Rui Teixeira Santos
Direito dos Mercados 2015 - Prof. Doutor Rui Teixeira SantosDireito dos Mercados 2015 - Prof. Doutor Rui Teixeira Santos
Direito dos Mercados 2015 - Prof. Doutor Rui Teixeira Santos
A. Rui Teixeira Santos
 
Regulação e agências reguladoras
Regulação e agências reguladorasRegulação e agências reguladoras
Regulação e agências reguladoras
Débora Barreto dos Santos
 
Direito Empresarial - Apostila 04
Direito Empresarial - Apostila 04Direito Empresarial - Apostila 04
Direito Empresarial - Apostila 04
Tércio De Santana
 
Gestao de contratos_modalidades_de_licitacao
Gestao de contratos_modalidades_de_licitacaoGestao de contratos_modalidades_de_licitacao
Gestao de contratos_modalidades_de_licitacao
Katiuscia Novais
 
Limites da função reguladora das agências diante do Princípio da Legalidade
Limites da função reguladora das agências diante do Princípio da LegalidadeLimites da função reguladora das agências diante do Princípio da Legalidade
Limites da função reguladora das agências diante do Princípio da Legalidade
Agatha Brandão
 
Apostila da lei nº 8666 93 comentada
Apostila da lei nº 8666 93 comentadaApostila da lei nº 8666 93 comentada
Apostila da lei nº 8666 93 comentada
Calebe Oliveira
 
Gestão e Transparência para Propaganda Institucional na Bahia
Gestão e Transparência para Propaganda Institucional na BahiaGestão e Transparência para Propaganda Institucional na Bahia
Gestão e Transparência para Propaganda Institucional na Bahia
Heber Santana
 
Legislação Empresarial - Micro Empresas, Empreendedor, Tributos,Simples Naci...
 Legislação Empresarial - Micro Empresas, Empreendedor, Tributos,Simples Naci... Legislação Empresarial - Micro Empresas, Empreendedor, Tributos,Simples Naci...
Legislação Empresarial - Micro Empresas, Empreendedor, Tributos,Simples Naci...
Andréia Lima
 
Direito administrativo aula data show
Direito administrativo   aula data showDireito administrativo   aula data show
Direito administrativo aula data show
PrismaTocantins
 
Comercial 1
Comercial 1Comercial 1
Comercial 1
Marilia Reganha
 
Aula tf 6 contribuições
Aula tf 6   contribuiçõesAula tf 6   contribuições
Aula tf 6 contribuições
Fernandinhaparisi
 
Lei 86666 -_comentada
Lei 86666 -_comentadaLei 86666 -_comentada
Lei 86666 -_comentada
Não Interessa, Cuida Da Sua Vida!
 
Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações
Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações
Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações
Daniel Oliveira
 
Aula04atualizada 130821134358-phpapp01
Aula04atualizada 130821134358-phpapp01Aula04atualizada 130821134358-phpapp01
Aula04atualizada 130821134358-phpapp01
Margaret Gonçalves
 
Fashion Law - propriedade industrial e direito da publicidade, prof doutor Ru...
Fashion Law - propriedade industrial e direito da publicidade, prof doutor Ru...Fashion Law - propriedade industrial e direito da publicidade, prof doutor Ru...
Fashion Law - propriedade industrial e direito da publicidade, prof doutor Ru...
A. Rui Teixeira Santos
 

Mais procurados (20)

Direito Público Económico - Regulação e Concorrência, Prof. Doutor Rui Teixei...
Direito Público Económico - Regulação e Concorrência, Prof. Doutor Rui Teixei...Direito Público Económico - Regulação e Concorrência, Prof. Doutor Rui Teixei...
Direito Público Económico - Regulação e Concorrência, Prof. Doutor Rui Teixei...
 
Direito da Concorrência (Parte I), Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (ISG, 2013)
Direito da Concorrência (Parte I), Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (ISG, 2013)Direito da Concorrência (Parte I), Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (ISG, 2013)
Direito da Concorrência (Parte I), Prof. Doutor Rui Teixeira Santos (ISG, 2013)
 
INTRODUÇÃO AO DIREITO PÚBLICO ECONÓMICO PROFESSOR DOUTOR RUI TEIXEIRA SANTOS,
INTRODUÇÃO AO DIREITO PÚBLICO ECONÓMICO PROFESSOR DOUTOR RUI TEIXEIRA SANTOS,INTRODUÇÃO AO DIREITO PÚBLICO ECONÓMICO PROFESSOR DOUTOR RUI TEIXEIRA SANTOS,
INTRODUÇÃO AO DIREITO PÚBLICO ECONÓMICO PROFESSOR DOUTOR RUI TEIXEIRA SANTOS,
 
Apostila licitações
Apostila licitaçõesApostila licitações
Apostila licitações
 
12 licita%80%a0%a6%e7%f5es
12 licita%80%a0%a6%e7%f5es12 licita%80%a0%a6%e7%f5es
12 licita%80%a0%a6%e7%f5es
 
Direito dos Mercados 2015 - Prof. Doutor Rui Teixeira Santos
Direito dos Mercados 2015 - Prof. Doutor Rui Teixeira SantosDireito dos Mercados 2015 - Prof. Doutor Rui Teixeira Santos
Direito dos Mercados 2015 - Prof. Doutor Rui Teixeira Santos
 
Regulação e agências reguladoras
Regulação e agências reguladorasRegulação e agências reguladoras
Regulação e agências reguladoras
 
Direito Empresarial - Apostila 04
Direito Empresarial - Apostila 04Direito Empresarial - Apostila 04
Direito Empresarial - Apostila 04
 
Gestao de contratos_modalidades_de_licitacao
Gestao de contratos_modalidades_de_licitacaoGestao de contratos_modalidades_de_licitacao
Gestao de contratos_modalidades_de_licitacao
 
Limites da função reguladora das agências diante do Princípio da Legalidade
Limites da função reguladora das agências diante do Princípio da LegalidadeLimites da função reguladora das agências diante do Princípio da Legalidade
Limites da função reguladora das agências diante do Princípio da Legalidade
 
Apostila da lei nº 8666 93 comentada
Apostila da lei nº 8666 93 comentadaApostila da lei nº 8666 93 comentada
Apostila da lei nº 8666 93 comentada
 
Gestão e Transparência para Propaganda Institucional na Bahia
Gestão e Transparência para Propaganda Institucional na BahiaGestão e Transparência para Propaganda Institucional na Bahia
Gestão e Transparência para Propaganda Institucional na Bahia
 
Legislação Empresarial - Micro Empresas, Empreendedor, Tributos,Simples Naci...
 Legislação Empresarial - Micro Empresas, Empreendedor, Tributos,Simples Naci... Legislação Empresarial - Micro Empresas, Empreendedor, Tributos,Simples Naci...
Legislação Empresarial - Micro Empresas, Empreendedor, Tributos,Simples Naci...
 
Direito administrativo aula data show
Direito administrativo   aula data showDireito administrativo   aula data show
Direito administrativo aula data show
 
Comercial 1
Comercial 1Comercial 1
Comercial 1
 
Aula tf 6 contribuições
Aula tf 6   contribuiçõesAula tf 6   contribuições
Aula tf 6 contribuições
 
Lei 86666 -_comentada
Lei 86666 -_comentadaLei 86666 -_comentada
Lei 86666 -_comentada
 
Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações
Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações
Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações
 
Aula04atualizada 130821134358-phpapp01
Aula04atualizada 130821134358-phpapp01Aula04atualizada 130821134358-phpapp01
Aula04atualizada 130821134358-phpapp01
 
Fashion Law - propriedade industrial e direito da publicidade, prof doutor Ru...
Fashion Law - propriedade industrial e direito da publicidade, prof doutor Ru...Fashion Law - propriedade industrial e direito da publicidade, prof doutor Ru...
Fashion Law - propriedade industrial e direito da publicidade, prof doutor Ru...
 

Destaque

Adiestramientos para Empresas
Adiestramientos para EmpresasAdiestramientos para Empresas
Adiestramientos para Empresas
Carla Llovera
 
Jardins
JardinsJardins
Jardins
Domusnet
 
Relaxar
RelaxarRelaxar
Relaxar
Pam Pires
 
1ª Fencapri – Feira de Negócios da Pecuária e da Caprinovinocultura do Vale d...
1ª Fencapri – Feira de Negócios da Pecuária e da Caprinovinocultura do Vale d...1ª Fencapri – Feira de Negócios da Pecuária e da Caprinovinocultura do Vale d...
1ª Fencapri – Feira de Negócios da Pecuária e da Caprinovinocultura do Vale d...
mmaob
 
Educar para proteger
Educar para protegerEducar para proteger
Educar para proteger
maromef81
 
A água
A águaA água
A água
ISJ
 
Pg
PgPg
Pg
ISJ
 
Colecaoexplorandooensino vol13
Colecaoexplorandooensino vol13Colecaoexplorandooensino vol13
Colecaoexplorandooensino vol13
Silvana
 
Word 9 b_10
Word 9 b_10Word 9 b_10
Word 9 b_10
pedrofranciscotic
 
Projeto arquitetônico das UMEIS tipologia 3
Projeto arquitetônico das UMEIS tipologia 3Projeto arquitetônico das UMEIS tipologia 3
Projeto arquitetônico das UMEIS tipologia 3
Diário do Comércio - MG
 
David
DavidDavid
David
jhon
 
Problemilla
ProblemillaProblemilla
Problemilla
maribel
 
Immanuel Kant
Immanuel KantImmanuel Kant
Immanuel Kant
guest83c49a
 
Proyecto sexualidad
Proyecto sexualidadProyecto sexualidad
Süße Tierbabies
Süße TierbabiesSüße Tierbabies
Süße Tierbabies
HaPe HaPe
 
X Gripe A Grp4
X Gripe A Grp4X Gripe A Grp4
X Gripe A Grp4
ap8cgrp4
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
guestcec7aa
 
Cooperatitividad: una necesidad ¿imposible? en el mundo de las competencias e...
Cooperatitividad: una necesidad ¿imposible? en el mundo de las competencias e...Cooperatitividad: una necesidad ¿imposible? en el mundo de las competencias e...
Cooperatitividad: una necesidad ¿imposible? en el mundo de las competencias e...
AndoniCR
 
Schleswig-Holstein Wirtschaftsland - Der echte Norden.
Schleswig-Holstein Wirtschaftsland - Der echte Norden.Schleswig-Holstein Wirtschaftsland - Der echte Norden.
Schleswig-Holstein Wirtschaftsland - Der echte Norden.
WTSH
 
Presentación1
Presentación1Presentación1
Presentación1
kevi1122
 

Destaque (20)

Adiestramientos para Empresas
Adiestramientos para EmpresasAdiestramientos para Empresas
Adiestramientos para Empresas
 
Jardins
JardinsJardins
Jardins
 
Relaxar
RelaxarRelaxar
Relaxar
 
1ª Fencapri – Feira de Negócios da Pecuária e da Caprinovinocultura do Vale d...
1ª Fencapri – Feira de Negócios da Pecuária e da Caprinovinocultura do Vale d...1ª Fencapri – Feira de Negócios da Pecuária e da Caprinovinocultura do Vale d...
1ª Fencapri – Feira de Negócios da Pecuária e da Caprinovinocultura do Vale d...
 
Educar para proteger
Educar para protegerEducar para proteger
Educar para proteger
 
A água
A águaA água
A água
 
Pg
PgPg
Pg
 
Colecaoexplorandooensino vol13
Colecaoexplorandooensino vol13Colecaoexplorandooensino vol13
Colecaoexplorandooensino vol13
 
Word 9 b_10
Word 9 b_10Word 9 b_10
Word 9 b_10
 
Projeto arquitetônico das UMEIS tipologia 3
Projeto arquitetônico das UMEIS tipologia 3Projeto arquitetônico das UMEIS tipologia 3
Projeto arquitetônico das UMEIS tipologia 3
 
David
DavidDavid
David
 
Problemilla
ProblemillaProblemilla
Problemilla
 
Immanuel Kant
Immanuel KantImmanuel Kant
Immanuel Kant
 
Proyecto sexualidad
Proyecto sexualidadProyecto sexualidad
Proyecto sexualidad
 
Süße Tierbabies
Süße TierbabiesSüße Tierbabies
Süße Tierbabies
 
X Gripe A Grp4
X Gripe A Grp4X Gripe A Grp4
X Gripe A Grp4
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
 
Cooperatitividad: una necesidad ¿imposible? en el mundo de las competencias e...
Cooperatitividad: una necesidad ¿imposible? en el mundo de las competencias e...Cooperatitividad: una necesidad ¿imposible? en el mundo de las competencias e...
Cooperatitividad: una necesidad ¿imposible? en el mundo de las competencias e...
 
Schleswig-Holstein Wirtschaftsland - Der echte Norden.
Schleswig-Holstein Wirtschaftsland - Der echte Norden.Schleswig-Holstein Wirtschaftsland - Der echte Norden.
Schleswig-Holstein Wirtschaftsland - Der echte Norden.
 
Presentación1
Presentación1Presentación1
Presentación1
 

Semelhante a BLOG DE JAMILDO - Proposta de revisão da Lei de Licitação

Principais mudanças nas licitações - Lei 13303/16 e PL 6814/17
Principais mudanças nas licitações - Lei 13303/16 e PL 6814/17Principais mudanças nas licitações - Lei 13303/16 e PL 6814/17
Principais mudanças nas licitações - Lei 13303/16 e PL 6814/17
Andrea Heloisa da Silva Soares
 
Licitações com menos burocracia fecomércio por Jacoby Advogados
Licitações com menos burocracia fecomércio por Jacoby AdvogadosLicitações com menos burocracia fecomércio por Jacoby Advogados
Licitações com menos burocracia fecomércio por Jacoby Advogados
Jacoby Advogados
 
LICITAÇÃO MATERIAL.pdf
LICITAÇÃO MATERIAL.pdfLICITAÇÃO MATERIAL.pdf
LICITAÇÃO MATERIAL.pdf
Rafaella Cruz
 
8666 93 - comentada
8666 93 - comentada8666 93 - comentada
8666 93 - comentada
andrenato_nascimento
 
8666 comentada
8666 comentada8666 comentada
8666 comentada
ewertonhenrique06
 
Ss+licitacoes+comentada+lei+8666
Ss+licitacoes+comentada+lei+8666Ss+licitacoes+comentada+lei+8666
Ss+licitacoes+comentada+lei+8666
AlmerindoCardoso
 
Licitacoes comentada
Licitacoes comentadaLicitacoes comentada
Licitacoes comentada
Tainara Lagôa
 
Lei 8.666 comentada manual de licitações e contratos administrativos
Lei 8.666 comentada  manual de licitações e contratos administrativosLei 8.666 comentada  manual de licitações e contratos administrativos
Lei 8.666 comentada manual de licitações e contratos administrativos
Lidiane Mourão
 
Licitações | Prof. João Paulo
Licitações | Prof. João PauloLicitações | Prof. João Paulo
Licitações | Prof. João Paulo
Isabelly Sarmento
 
Tcm e o densenvolvimento local 13.03.13
Tcm e o densenvolvimento local   13.03.13Tcm e o densenvolvimento local   13.03.13
Tcm e o densenvolvimento local 13.03.13
mk7comunicacao
 
Empresas estatais, pedaldas fiscais, impeachment
Empresas estatais, pedaldas fiscais, impeachmentEmpresas estatais, pedaldas fiscais, impeachment
Empresas estatais, pedaldas fiscais, impeachment
Fernando S. Marcato
 
Trabalho do carlao licitação
Trabalho do carlao   licitaçãoTrabalho do carlao   licitação
Trabalho do carlao licitação
JOANA OVIEDO
 
Direito administrativo licitação
Direito administrativo   licitaçãoDireito administrativo   licitação
Direito administrativo licitação
Dimensson Costa Santos
 
Licitacoes...novo
Licitacoes...novoLicitacoes...novo
Licitacoes...novo
Renata Siqueira Matta
 
Como fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São Pedro
Como fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São PedroComo fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São Pedro
Como fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São Pedro
Officina Digital
 
Lei das licitações comentada
Lei das licitações comentadaLei das licitações comentada
Lei das licitações comentada
Daniel Gadê
 
Lei 86666 comentada
Lei 86666   comentadaLei 86666   comentada
Lei 86666 comentada
Juliana Barros
 
Organização da sociedade civil de interesse público (oscip)
Organização da sociedade civil de interesse público (oscip)Organização da sociedade civil de interesse público (oscip)
Organização da sociedade civil de interesse público (oscip)
André Barreto
 
licitacao
licitacaolicitacao
licitacao
Litza Fontana
 
Apos licitacao
Apos licitacaoApos licitacao
Apos licitacao
Rogério Otoch
 

Semelhante a BLOG DE JAMILDO - Proposta de revisão da Lei de Licitação (20)

Principais mudanças nas licitações - Lei 13303/16 e PL 6814/17
Principais mudanças nas licitações - Lei 13303/16 e PL 6814/17Principais mudanças nas licitações - Lei 13303/16 e PL 6814/17
Principais mudanças nas licitações - Lei 13303/16 e PL 6814/17
 
Licitações com menos burocracia fecomércio por Jacoby Advogados
Licitações com menos burocracia fecomércio por Jacoby AdvogadosLicitações com menos burocracia fecomércio por Jacoby Advogados
Licitações com menos burocracia fecomércio por Jacoby Advogados
 
LICITAÇÃO MATERIAL.pdf
LICITAÇÃO MATERIAL.pdfLICITAÇÃO MATERIAL.pdf
LICITAÇÃO MATERIAL.pdf
 
8666 93 - comentada
8666 93 - comentada8666 93 - comentada
8666 93 - comentada
 
8666 comentada
8666 comentada8666 comentada
8666 comentada
 
Ss+licitacoes+comentada+lei+8666
Ss+licitacoes+comentada+lei+8666Ss+licitacoes+comentada+lei+8666
Ss+licitacoes+comentada+lei+8666
 
Licitacoes comentada
Licitacoes comentadaLicitacoes comentada
Licitacoes comentada
 
Lei 8.666 comentada manual de licitações e contratos administrativos
Lei 8.666 comentada  manual de licitações e contratos administrativosLei 8.666 comentada  manual de licitações e contratos administrativos
Lei 8.666 comentada manual de licitações e contratos administrativos
 
Licitações | Prof. João Paulo
Licitações | Prof. João PauloLicitações | Prof. João Paulo
Licitações | Prof. João Paulo
 
Tcm e o densenvolvimento local 13.03.13
Tcm e o densenvolvimento local   13.03.13Tcm e o densenvolvimento local   13.03.13
Tcm e o densenvolvimento local 13.03.13
 
Empresas estatais, pedaldas fiscais, impeachment
Empresas estatais, pedaldas fiscais, impeachmentEmpresas estatais, pedaldas fiscais, impeachment
Empresas estatais, pedaldas fiscais, impeachment
 
Trabalho do carlao licitação
Trabalho do carlao   licitaçãoTrabalho do carlao   licitação
Trabalho do carlao licitação
 
Direito administrativo licitação
Direito administrativo   licitaçãoDireito administrativo   licitação
Direito administrativo licitação
 
Licitacoes...novo
Licitacoes...novoLicitacoes...novo
Licitacoes...novo
 
Como fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São Pedro
Como fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São PedroComo fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São Pedro
Como fornecer produtos e serviços para a prefeitura de São Pedro
 
Lei das licitações comentada
Lei das licitações comentadaLei das licitações comentada
Lei das licitações comentada
 
Lei 86666 comentada
Lei 86666   comentadaLei 86666   comentada
Lei 86666 comentada
 
Organização da sociedade civil de interesse público (oscip)
Organização da sociedade civil de interesse público (oscip)Organização da sociedade civil de interesse público (oscip)
Organização da sociedade civil de interesse público (oscip)
 
licitacao
licitacaolicitacao
licitacao
 
Apos licitacao
Apos licitacaoApos licitacao
Apos licitacao
 

Mais de guest0739d3c

Blog de Jamildo - Nota da ACIAGAM
Blog de Jamildo - Nota da ACIAGAMBlog de Jamildo - Nota da ACIAGAM
Blog de Jamildo - Nota da ACIAGAM
guest0739d3c
 
Blog de Jamildo - Informações da juíza sobre desaforamento
Blog de Jamildo - Informações da juíza sobre desaforamentoBlog de Jamildo - Informações da juíza sobre desaforamento
Blog de Jamildo - Informações da juíza sobre desaforamento
guest0739d3c
 
Projeto de-lei-cargos-comissionados
Projeto de-lei-cargos-comissionadosProjeto de-lei-cargos-comissionados
Projeto de-lei-cargos-comissionados
guest0739d3c
 
Projeto de-lei-cargos-comissionados
Projeto de-lei-cargos-comissionadosProjeto de-lei-cargos-comissionados
Projeto de-lei-cargos-comissionados
guest0739d3c
 
BLOG DE JAMILDO - Veja os indicadores industriais de março de 2010
BLOG DE JAMILDO - Veja os indicadores industriais de março de 2010BLOG DE JAMILDO - Veja os indicadores industriais de março de 2010
BLOG DE JAMILDO - Veja os indicadores industriais de março de 2010
guest0739d3c
 
Saúde do recifense hábitos e escolhas saudáveis
Saúde do recifense   hábitos e escolhas saudáveisSaúde do recifense   hábitos e escolhas saudáveis
Saúde do recifense hábitos e escolhas saudáveis
guest0739d3c
 
BLOG DE JAMILDO - Saúde do recifense hábitos e escolhas saudáveis
BLOG DE JAMILDO - Saúde do recifense   hábitos e escolhas saudáveisBLOG DE JAMILDO - Saúde do recifense   hábitos e escolhas saudáveis
BLOG DE JAMILDO - Saúde do recifense hábitos e escolhas saudáveis
guest0739d3c
 
BLOG DE JAMILDO desembolsos pe por setor jan-mar 10
BLOG DE JAMILDO  desembolsos pe por setor jan-mar 10BLOG DE JAMILDO  desembolsos pe por setor jan-mar 10
BLOG DE JAMILDO desembolsos pe por setor jan-mar 10
guest0739d3c
 
Blog de Jamildo- desembolsos por região e uf jan-mar 10
Blog de Jamildo- desembolsos por região e uf jan-mar 10Blog de Jamildo- desembolsos por região e uf jan-mar 10
Blog de Jamildo- desembolsos por região e uf jan-mar 10
guest0739d3c
 
BLOG DE JAMILDO - Indicadores Industriais Fevereiro 2010
BLOG DE JAMILDO - Indicadores Industriais Fevereiro 2010BLOG DE JAMILDO - Indicadores Industriais Fevereiro 2010
BLOG DE JAMILDO - Indicadores Industriais Fevereiro 2010
guest0739d3c
 
BLOG DEJAMILDO - Futuro da Chesf já está decidido
BLOG DEJAMILDO - Futuro da Chesf já está decididoBLOG DEJAMILDO - Futuro da Chesf já está decidido
BLOG DEJAMILDO - Futuro da Chesf já está decidido
guest0739d3c
 
Nova Pesquisa (Vox Populi) Para Presidente 2010
Nova Pesquisa (Vox Populi) Para Presidente 2010Nova Pesquisa (Vox Populi) Para Presidente 2010
Nova Pesquisa (Vox Populi) Para Presidente 2010
guest0739d3c
 
BLOG DE JAMILDO - Apresentação de Jaboatão
BLOG DE JAMILDO - Apresentação de JaboatãoBLOG DE JAMILDO - Apresentação de Jaboatão
BLOG DE JAMILDO - Apresentação de Jaboatão
guest0739d3c
 
BLOG DE JAMILDO - Veja projeto milionário da copa
BLOG DE JAMILDO - Veja projeto milionário da copaBLOG DE JAMILDO - Veja projeto milionário da copa
BLOG DE JAMILDO - Veja projeto milionário da copa
guest0739d3c
 
BLOG DE JAMILDO -Proposta mais recente para os PMs
BLOG DE JAMILDO -Proposta mais recente para os PMsBLOG DE JAMILDO -Proposta mais recente para os PMs
BLOG DE JAMILDO -Proposta mais recente para os PMs
guest0739d3c
 
BLOG DE JAMILDO - Veja documento dos Coronéis
BLOG DE JAMILDO - Veja documento dos CoronéisBLOG DE JAMILDO - Veja documento dos Coronéis
BLOG DE JAMILDO - Veja documento dos Coronéis
guest0739d3c
 
BLOG DE JAMILDO - Prisão de Neguinho Teixeira
BLOG DE JAMILDO - Prisão de Neguinho TeixeiraBLOG DE JAMILDO - Prisão de Neguinho Teixeira
BLOG DE JAMILDO - Prisão de Neguinho Teixeira
guest0739d3c
 
BLOG DE JAMILDO - Chesfiano apresenta proposta Contra A UnificaçãO Da Eletrobras
BLOG DE JAMILDO - Chesfiano apresenta proposta Contra A UnificaçãO Da EletrobrasBLOG DE JAMILDO - Chesfiano apresenta proposta Contra A UnificaçãO Da Eletrobras
BLOG DE JAMILDO - Chesfiano apresenta proposta Contra A UnificaçãO Da Eletrobras
guest0739d3c
 
BLOG DE JAMILDO - Cordel sindifisco
BLOG DE JAMILDO - Cordel sindifiscoBLOG DE JAMILDO - Cordel sindifisco
BLOG DE JAMILDO - Cordel sindifisco
guest0739d3c
 
Verificabilidade e sigilo do voto
Verificabilidade e sigilo do votoVerificabilidade e sigilo do voto
Verificabilidade e sigilo do voto
guest0739d3c
 

Mais de guest0739d3c (20)

Blog de Jamildo - Nota da ACIAGAM
Blog de Jamildo - Nota da ACIAGAMBlog de Jamildo - Nota da ACIAGAM
Blog de Jamildo - Nota da ACIAGAM
 
Blog de Jamildo - Informações da juíza sobre desaforamento
Blog de Jamildo - Informações da juíza sobre desaforamentoBlog de Jamildo - Informações da juíza sobre desaforamento
Blog de Jamildo - Informações da juíza sobre desaforamento
 
Projeto de-lei-cargos-comissionados
Projeto de-lei-cargos-comissionadosProjeto de-lei-cargos-comissionados
Projeto de-lei-cargos-comissionados
 
Projeto de-lei-cargos-comissionados
Projeto de-lei-cargos-comissionadosProjeto de-lei-cargos-comissionados
Projeto de-lei-cargos-comissionados
 
BLOG DE JAMILDO - Veja os indicadores industriais de março de 2010
BLOG DE JAMILDO - Veja os indicadores industriais de março de 2010BLOG DE JAMILDO - Veja os indicadores industriais de março de 2010
BLOG DE JAMILDO - Veja os indicadores industriais de março de 2010
 
Saúde do recifense hábitos e escolhas saudáveis
Saúde do recifense   hábitos e escolhas saudáveisSaúde do recifense   hábitos e escolhas saudáveis
Saúde do recifense hábitos e escolhas saudáveis
 
BLOG DE JAMILDO - Saúde do recifense hábitos e escolhas saudáveis
BLOG DE JAMILDO - Saúde do recifense   hábitos e escolhas saudáveisBLOG DE JAMILDO - Saúde do recifense   hábitos e escolhas saudáveis
BLOG DE JAMILDO - Saúde do recifense hábitos e escolhas saudáveis
 
BLOG DE JAMILDO desembolsos pe por setor jan-mar 10
BLOG DE JAMILDO  desembolsos pe por setor jan-mar 10BLOG DE JAMILDO  desembolsos pe por setor jan-mar 10
BLOG DE JAMILDO desembolsos pe por setor jan-mar 10
 
Blog de Jamildo- desembolsos por região e uf jan-mar 10
Blog de Jamildo- desembolsos por região e uf jan-mar 10Blog de Jamildo- desembolsos por região e uf jan-mar 10
Blog de Jamildo- desembolsos por região e uf jan-mar 10
 
BLOG DE JAMILDO - Indicadores Industriais Fevereiro 2010
BLOG DE JAMILDO - Indicadores Industriais Fevereiro 2010BLOG DE JAMILDO - Indicadores Industriais Fevereiro 2010
BLOG DE JAMILDO - Indicadores Industriais Fevereiro 2010
 
BLOG DEJAMILDO - Futuro da Chesf já está decidido
BLOG DEJAMILDO - Futuro da Chesf já está decididoBLOG DEJAMILDO - Futuro da Chesf já está decidido
BLOG DEJAMILDO - Futuro da Chesf já está decidido
 
Nova Pesquisa (Vox Populi) Para Presidente 2010
Nova Pesquisa (Vox Populi) Para Presidente 2010Nova Pesquisa (Vox Populi) Para Presidente 2010
Nova Pesquisa (Vox Populi) Para Presidente 2010
 
BLOG DE JAMILDO - Apresentação de Jaboatão
BLOG DE JAMILDO - Apresentação de JaboatãoBLOG DE JAMILDO - Apresentação de Jaboatão
BLOG DE JAMILDO - Apresentação de Jaboatão
 
BLOG DE JAMILDO - Veja projeto milionário da copa
BLOG DE JAMILDO - Veja projeto milionário da copaBLOG DE JAMILDO - Veja projeto milionário da copa
BLOG DE JAMILDO - Veja projeto milionário da copa
 
BLOG DE JAMILDO -Proposta mais recente para os PMs
BLOG DE JAMILDO -Proposta mais recente para os PMsBLOG DE JAMILDO -Proposta mais recente para os PMs
BLOG DE JAMILDO -Proposta mais recente para os PMs
 
BLOG DE JAMILDO - Veja documento dos Coronéis
BLOG DE JAMILDO - Veja documento dos CoronéisBLOG DE JAMILDO - Veja documento dos Coronéis
BLOG DE JAMILDO - Veja documento dos Coronéis
 
BLOG DE JAMILDO - Prisão de Neguinho Teixeira
BLOG DE JAMILDO - Prisão de Neguinho TeixeiraBLOG DE JAMILDO - Prisão de Neguinho Teixeira
BLOG DE JAMILDO - Prisão de Neguinho Teixeira
 
BLOG DE JAMILDO - Chesfiano apresenta proposta Contra A UnificaçãO Da Eletrobras
BLOG DE JAMILDO - Chesfiano apresenta proposta Contra A UnificaçãO Da EletrobrasBLOG DE JAMILDO - Chesfiano apresenta proposta Contra A UnificaçãO Da Eletrobras
BLOG DE JAMILDO - Chesfiano apresenta proposta Contra A UnificaçãO Da Eletrobras
 
BLOG DE JAMILDO - Cordel sindifisco
BLOG DE JAMILDO - Cordel sindifiscoBLOG DE JAMILDO - Cordel sindifisco
BLOG DE JAMILDO - Cordel sindifisco
 
Verificabilidade e sigilo do voto
Verificabilidade e sigilo do votoVerificabilidade e sigilo do voto
Verificabilidade e sigilo do voto
 

Último

Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWSSubindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Ismael Ash
 
Aula combustiveis mais utilizados na indústria
Aula combustiveis mais utilizados na indústriaAula combustiveis mais utilizados na indústria
Aula combustiveis mais utilizados na indústria
zetec10
 
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
Faga1939
 
Apresentação sobre Deep Web e anonimização
Apresentação sobre Deep Web e anonimizaçãoApresentação sobre Deep Web e anonimização
Apresentação sobre Deep Web e anonimização
snerdct
 
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docxse38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
ronaldos10
 
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoudFerramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ismael Ash
 

Último (6)

Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWSSubindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
 
Aula combustiveis mais utilizados na indústria
Aula combustiveis mais utilizados na indústriaAula combustiveis mais utilizados na indústria
Aula combustiveis mais utilizados na indústria
 
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
 
Apresentação sobre Deep Web e anonimização
Apresentação sobre Deep Web e anonimizaçãoApresentação sobre Deep Web e anonimização
Apresentação sobre Deep Web e anonimização
 
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docxse38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
 
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoudFerramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
 

BLOG DE JAMILDO - Proposta de revisão da Lei de Licitação

  • 1. A discussão da antiga polêmica sobre a sujeição ou não das Sociedades de Economia Mista à Lei 8.666 /93 - a Lei de Licitações. Conforme exposto no aludido parágrafo único do artigo primeiro da Lei de Licitações, as sociedades de economia mista subordinam-se às normas gerais sobre licitações. • Com observância dos principios constitucionais da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência devem ser seguidos tanto pela administração pública direta quanto indireta. • A sociedade de economia mis explora uma atividade econômica, e por isso deve sujeitar-se a um regime jurídico próprio, respeitando-se as suas particularidades e complexidades. • E que o parágrafo único do artigo 1º da Lei 8.666 /93 não se aplica às sociedades de economia mista que exploram atividade econômica, especialmente para a contratação de serviços vinculados à atividade-fim, com base no artigo 173 , parágrafo 1º da Carta Magna. Quadro da Legislação Atual O atual sistema de licitação existente no país surge com a Constituição Federal de 1988, onde o termo é visto pela primeira vez no inciso XXVII, do artigo 22 que trata de assuntos a serem legislados exclusivamente pela União. Este inciso estabelece ainda que as normas de licitações, seja qual for a sua modalidade de execução, atingem a administração pública direta, autárquica e fundacional da União, Estados, Distrito Federal e Municípios e também empresas públicas e sociedades de economia mista. Já o inciso XXI do artigo 37 da Constituição de 1988 trata da obrigatoriedade da licitação pública para toda a administração pública direta e indireta seguindo os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, eficiência, igualdade, dentre outros. Hoje a Lei nº. 8.666 de 21 de junho de 1993, regulamenta o artigo 37, inciso XXI da Constituição Federal, onde “institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências”. Esta lei regulamenta o processo licitatório não só dos órgãos da administração pública, mas também dos fundos especiais (entendidos como sendo uma forma de gestão de recursos públicos), autarquias, fundações públicas, empresas públicas, sociedades de economia mista e outras entidades que sejam, quer de forma direta ou indireta, controladas pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios. A licitação é obrigatória para toda a Administração Pública, excetuando-se os casos previstos na legislação própria, onde trata-se da dispensa e inexigibilidade da mesma. Segundo MEIRELLES (2005; p.268) “a licitação é o antecedente necessário do contrato administrativo; o contrato é o conseqüente lógico da licitação”, ou seja, para que exista um contrato firmado entre um ente da administração pública e outra instituição, seja esse contrato para aquisição de quaisquer obras ou serviços, far-se-á necessário que ocorra uma licitação, embora sendo a mesma realizada, isso não significa dizer que tal contrato deverá ser firmado, mas caso seja, deverá ser com o vencedor do processo licitatório. A Lei nº. 8.666/93 não só regulamenta, mas também estabelece as normas gerais de licitação que atingem além da própria União, os demais entes, Estados, Distrito Federal e Municípios, o que não quer dizer que tais entes não possam estabelecer normas
  • 2. particulares para si, mas tais normas particulares não podem estar em desacordo com as normas gerais estabelecidas pela legislação federal. Regime diferenciado – Proposta para o debate nacional Faz parte de um movimento nacional para colocar em debate a necessidade de um regime diferenciado para as sociedades de economia mista. A agilidade necessária e a intensa concorrência das empresas que atuam no mercado é incompatível com o atual sistema de licitação. O objetivo do movimento é levar para uma ampla discussão, interpretação e análise do disposto no artigo 173 da Carta Magna, como uma previsão constitucional da necessidade de um regime diferenciado para as sociedades de economia mista, em razão da intensa concorrência das empresas que atuam no mercado ser incompatível com o moroso sistema de licitação. Ressalte-se que, a razão de ser da sociedade de economia mista está em pertencer à Administração indireta, porém ostentando a estrutura e funcionamento da empresa particular, por isso não faz sentido burocratizá-la com os métodos estatais a ponto de emperrar-lhe os movimentos e a flexibilidade mercantil. Procedimento Licitatório Simplificado – Saída para as Empresas Públicas O Procedimento Licitatório Simplificado vem atender à dinâmica do setor, caracterizado por um ambiente de livre competição com outras empresas, onde agilidade é fundamental para o desenvolvimento das atividades operacionais com economicidade e rentabilidade. Na avaliação dos legisladores, a adoção do sistema de licitação imposto pela Lei 8.666/93 é inadequada e incompatível com o ambiente de livre concorrência e também com o princípio constitucional de eficiência. Passando a haver a livre concorrência na produção de medicamentos, principalmente com empresas internacionais de grande porte, não seria adequado forçar os Laboratórios Oficiais às amarras mais apertadas impostas pela Lei 8.666. O objetivo é dar alguma flexibilidade às empresas nos seus atos de contratação de bens e serviços. Desta forma, os contratos das Sociedades de Economia Mista são regidos por normas de direito privado e pelo princípio de autonomia, aliás, a lei 8.666/93, prevê, em determinados casos, a dispensa de licitação. Para facilitar o acesso do mercado fornecedor nas compras de insumos, materiais e contratações de serviços, bem como proporcionar confiança às Empresas Públicas quanto à qualidade e competência de seus fornecedores, de forma que os mesmos atendam às necessidades empresariais e aos requisitos específicos das suas atividades fins, criando um cadastro corporativo de fornecedores de bens e serviços. O Cadastro Corporativo estaria disponível nos sites das Empresas na internet, por meio do Portal de Cadastro, sistema que permite a qualquer empresa, nacional ou estrangeira, requerer sua inscrição. Este portal ficaria permanentemente aberto e, além do processo de inscrição de empresas, permitiria às mesmas a renovação anual ou, a qualquer momento, uma ampliação de seu escopo de cadastramento, aumentando os itens de serviço ou de bens fornecidos.
  • 3. Com a enorme sofisticação técnica dos bens e serviços adquiridos, e a elevada diversidade de itens para compras, contratações e serviços o Cadastro Corporativo de fornecedores teria requisitos abrangendo os aspectos legais, de regularidade fiscal, capacidade econômica e capacidade técnica, bem como exigências complementares de Gestão e Segurança, Meio Ambiente e Saúde, em conformidade com padrões internacionais. As empresas candidatas fariam suas inscrições no cadastro. O segundo passo seria o processo de qualificação dessas empresas quando as Empresas Estatais comprovariam a veracidade das informações fornecidas pelas candidatas. A partir desta etapa elas teriam seus nomes inscritos no cadastro de fornecedores. Este cadastro seria renovado anualmente. Ex.: julgamento da ADI 3273 , quando o STF reconheceu que a Petrobras explora atividade econômica em sentido estrito, e deve se sujeitar ao regime previsto para empresas privadas. No caso não se tratou de ausência de licitação, e sim de um procedimento simplificado. Esse processo simplificado atende exatamente a sociedades de economia mista que atuam no mercado, para que possam ter chance no mundo globalizado, altamente competitivo. O artigo 173 , parágrafo 1º da Constituição prevê o estabelecimento de um estatuto jurídico para as empresas de economia mista que explorem atividade econômica. No mesmo dispositivo, no inciso II, a norma prevê que essas empresas devem se sujeitar ao regime jurídico próprio das empresas privadas. Mas logo no inciso III, a Lei Maior destaca que o regime jurídico não se aplica em matéria de licitação. Lei 8.666 /93 - a Lei de Licitações . Nos termos do parágrafo único do artigo primeiro da Lei de Licitações, abaixo transcrito, as sociedades de economia mista subordinam-se às normas gerais sobre licitações. Art. 1o Esta Lei estabelece normas gerais sobre licitações e contratos administrativos pertinentes a obras, serviços, inclusive de publicidade, compras, alienações e locações no âmbito dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Parágrafo único. Subordinam-se ao regime desta Lei , além dos órgãos da administração direta, os fundos especiais, as autarquias, as fundações públicas, as empresas públicas, as sociedades de economia mista e demais entidades controladas direta ou indiretamente pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios. Por sua vez, sociedade de economia mista são pessoas jurídicas de Direito Privado, constituídas por capital misto, pois conta com a participação do Poder Público e de particulares, organizadas sob a forma de Sociedades Anônimas, e podem prestar serviço público, outorgado pelo Estado, ou explorar a atividade econômica. Apesar das sociedades de economia mista revestirem a forma das empresas particulares, são entidades que integram a Administração indireta do Estado, como instrumento de descentralização de seus serviços. Segundo Hely Lopes Meirelles "o objetivo dessa descentralização administrativa é o de utilizar o modelo empresarial privado, seja para melhor atendimento aos usuários do serviço público, ou para maior rendimento na exploração da atividade econômica. Conciliam-se, deste modo, a estrutura das empresas
  • 4. privadas com os objetivos de interesse público. Vivem, portanto, em simbiose o empreendimento particular com o amparo estatal". É justamente essa duplicidade que põe em discussão a aplicação ou não da Lei de Licitações às sociedades de economia mista, afinal o artigo 173, parágrafo 1º da prevê a possibilidade dessas sociedades serem regidas por estatuto próprio, que inclusive poderá dispor sobre regras da licitação. O dispositivo constitucional: Art. 173. Ressalvados os casos previstos nesta Constituição , a exploração direta de atividade econômica pelo Estado só será permitida quando necessária aos imperativos da segurança nacional ou a relevante interesse coletivo, conforme definidos em lei. § 1º A lei estabelecerá o estatuto jurídico da empresa pública, da sociedade de economia mista e de suas subsidiárias que explorem atividade econômica de produção ou comercialização de bens ou de prestação de serviços, dispondo sobre : (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19 , de 1998)