SlideShare uma empresa Scribd logo
Guerra Fria
Bálcãs
Bálcãs ou Península Balcânica.
o Situa-se no leste europeu
o Engloba a Albânia, a Bósnia e Herzegovina, a Bulgária, a
Grécia, a República da Macedónia, o Montenegro, a Sérvia, o
autoproclamado independente Kosovo, a porção da Turquia
no continente europeu (a Trácia), bem como, algumas vezes, a
Croácia, a Romênia e a Eslovênia.
o Habitado por várias etnias diferentes, como os
eslavos, albaneses, turcos, tchecos, persas, gregos, romanos, biz
antinos. Os sérvios, búlgaros e magiares também
estabeleceram pequenos impérios na região.
Bálcãs
Marechal Tito
Josip Broz Tito
Marechal Josip Broz Tito foi um
militar croata, revolucionário comunista e estadista iugoslavo, líder
dos guerrilheiros da resistência iugoslava, durante a Segunda Guerra
Mundial, sendo o maior responsável pela resistência armada às
forças do Eixo e aos nazi-fascistas croatas e sérvios.
Posteriormente, Tito se tornou presidente da Iugoslávia. Foi uma figura
importante e controversa da Guerra Fria. Tito fora criticado e
elogiado por ambos os lados do globo.
Símbolo de união entre os povos da Iugoslávia por ter mantido a paz
entre as diferentes etnias dos Balcãs, palco de históricos
conflitos separatistas, Tito também é considerado um ditador cruel
e autoritário, que sufocou os anseios de independência e liberdade
dos diferentes povos de seu país, apesar de seu carisma
característico, que lhe rendeu o apoio do povo iugoslavo, fazendo
dele uma das figuras mais populares de seu tempo. Pelo resto do
mundo, Tito é respeitado e admirado pela sua luta contra os
nazistas, e principalmente por ter sido um líder com a força, coragem
e capacidade de manter seu país livre de influências estrangeiras
durante a Guerra Fria,
O Titoísmo
Tito foi o arquiteto da nova Iugoslávia, a
república socialista que existiu entre
a Segunda Guerra Mundial e 1991.
Defensor de uma rota independente em
direção ao socialismo, ideologia que
ganhou o nome de Titoísmo.
O titoísmo, conhecido internamente
como socialismo autogestionário, foi a
tendência do comunismo aplicada por
Tito na Iugoslávia durante seu regime. O
titoísmo ficou conhecido por ser uma
forma muito mais "branda" de regime
socialista, combinando a economia
estatizada com diversas liberdades civis.
Quando ocorreu o rompimento entre a URSS e a
Iugoslávia, em 1948, o rótulo de "titoísta" foi aplicado a opositores
internos do regime soviético, que passaram a sofrer perseguição.
Por outro lado, dissidentes iugoslavos também foram tachados de
stalinistas pelo governo de Tito e igualmente reprimidos, o titoísmo
exerceu grande admiração e liderança
internacional, principalmente por conseguir conciliar justiça social
com certo grau de democracia. Tito procurou manter a Iugoslávia
como um país "socialista mas independente" e criou o princípio
da autogestão, segundo a qual toda a sociedade deveria ser
auto-suficiente pelo próprio trabalho, em todos os níveis: desde
uma fábrica até o país inteiro. A Teoria do Trabalho Associado
levou a políticas oficiais de fábricas pertencentes aos próprios
operários (não apenas gerenciadas por eles) e repartição de
lucros entre trabalhadores.
Ruptura Tito-Stalin
A Ruptura Tito-Stalin foi um conflito
entre os líderes da República
Socialista Federativa da Iugoslávia e
da União Soviética, o que resultou na
expulsão da Iugoslávia comunista da
Cominform em 1948. Em primeiro
lugar, foi dito que foi causada pela
deslealdade da Iugoslávia à URSS e
do socialismo em geral, mas a maioria
das evidências sugere que tinha mais
a ver com o orgulho nacional
de Josip Broz Tito e a recusa de se
sujeitar totalmente à vontade
do Josef Stalin.
Tito usaria o distanciamento da URSS para conseguir o auxílio
dos EUA através do Plano Marshall, bem como para envolver a
Iugoslávia no Movimento Não-Alinhados, em que a Iugoslávia era
uma força principal. O evento foi importante não só para a
Iugoslávia e Tito, mas também para o desenvolvimento
do socialismo global, uma vez que foi a primeira grande divisão
entre estados comunistas, lançando dúvidas sobre as alegações
da Comintern para que o socialismo seja uma força unificadora
que controlasse eventualmente o mundo inteiro.
Na época de sua
morte, iniciou-se uma
profunda onda de
especulações sobre a sua
sucessão, e se seria
possível aos seus
sucessores manter a
unidade do país. O cargo
de presidente da
Iugoslávia passou a ser
rotativo entre as seis
repúblicas.
Divisões e conflitos étnicos cresceram rapidamente, e por volta
de 1989, o sistema encontrava-se em desordem e a unidade do
país começou a se desintegrar, em grande parte devido à
profunda crise econômica gerada pelo desmoronamento do
socialismo no Leste Europeu e, mais importante, pelo surgimento
de partidosultranacionalistas em todas as
repúblicas, principalmente na Croácia e na Sérvia. Estava formado
o cenário que mais tarde traria o caos ao país, que se envolveria
numa brutal e insana guerra civil, com ódios étnicos seculares
refletidos em atrocidades cometidas por todos os lados do conflito.
Slobodan Milošević
foi presidente da Sérvia de 1989 a
1997 e da República Federal da
Iugoslávia de 1997 a 2000. Também
foi o principal líder do Partido
Socialista da Sérvia desde a sua
fundação, em 1990.
Milošević renunciou à presidência iugoslava
entre manifestações que se seguiram à concorrida eleição
presidencial de 24 de setembro de 2000. Foi preso pelas
autoridades federais iugoslavas em 31 de março do ano
seguinte, sob suspeita de corrupção, abuso de
poder e apropriação indébita. Foi também preso pelo Tribunal
Penal Internacional para a antiga Iugosláviaum, comitê
das Nações Unidas, sob a acusação de crimes contra a
humanidade, de violar as leis e costumes de guerra, violações
graves às Convenções de Genebra e genocídio, por seu papel
durante as guerras na Croácia, Bósnia e Kosovo. A investigação
inicial a respeito de Milošević não foi adiante, por falta de
evidências concretas, o que motivou o primeiro-ministro
sérvio, Zoran Đinđić, a enviá-lo para Haia, Países Baixos, sede do
Tribunal Penal Internacional, para ser julgado pelos crimes de
guerra. Milošević foi responsável por sua própria defesa; o
julgamento terminou, no entanto, sem qualquer veredito, já que
ele acabou morrendo durante o seu decorrer.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O apartheid
O apartheidO apartheid
O apartheid
Evandir Araujo
 
História 9º ano slide Guerra Fria
História   9º ano slide Guerra FriaHistória   9º ano slide Guerra Fria
História 9º ano slide Guerra Fria
Janaína Bindá
 
Geopolítica dos conflitos EUROPA
Geopolítica dos conflitos EUROPAGeopolítica dos conflitos EUROPA
Geopolítica dos conflitos EUROPA
Professora Verônica Santos
 
Descolonização africana
Descolonização africanaDescolonização africana
Descolonização africana
Camila Brito
 
Descolonização
DescolonizaçãoDescolonização
Descolonização
Jorge Miklos
 
Fragmentação da Iugoslavia
Fragmentação da IugoslaviaFragmentação da Iugoslavia
Fragmentação da Iugoslavia
Deto - Geografia
 
Revolução islâmica
Revolução islâmicaRevolução islâmica
Revolução islâmica
Fernando Cesar Gouveia
 
CONFLITOS NOS BALCÃS
CONFLITOS NOS BALCÃSCONFLITOS NOS BALCÃS
CONFLITOS NOS BALCÃS
Wesley Germano Otávio
 
ÁFRICA - Apartheid
ÁFRICA - ApartheidÁFRICA - Apartheid
ÁFRICA - Apartheid
Henrique Pontes
 
Crimeia - Rússia X Ucrânia
Crimeia - Rússia X UcrâniaCrimeia - Rússia X Ucrânia
Crimeia - Rússia X Ucrânia
Artur Lara
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
marcosfm32
 
1 primeira guerra mundial
1   primeira guerra mundial 1   primeira guerra mundial
1 primeira guerra mundial
Marilia Pimentel
 
REINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOSREINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOS
ElvisJohnR
 
Guerra do Vietnã
Guerra do VietnãGuerra do Vietnã
Guerra do Vietnã
Vinicius Oliveira
 
Fim da Iugoslávia
Fim da IugosláviaFim da Iugoslávia
Fim da Iugoslávia
Valéria Shoujofan
 
O fim da guerra fria e o mundo final
O fim da guerra fria e o mundo finalO fim da guerra fria e o mundo final
O fim da guerra fria e o mundo final
Paulo Gomes
 
Conflitos no cáucaso
Conflitos no cáucasoConflitos no cáucaso
Conflitos no cáucaso
Fernando Weise
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
Joao Paulo
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
cattonia
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria

Mais procurados (20)

O apartheid
O apartheidO apartheid
O apartheid
 
História 9º ano slide Guerra Fria
História   9º ano slide Guerra FriaHistória   9º ano slide Guerra Fria
História 9º ano slide Guerra Fria
 
Geopolítica dos conflitos EUROPA
Geopolítica dos conflitos EUROPAGeopolítica dos conflitos EUROPA
Geopolítica dos conflitos EUROPA
 
Descolonização africana
Descolonização africanaDescolonização africana
Descolonização africana
 
Descolonização
DescolonizaçãoDescolonização
Descolonização
 
Fragmentação da Iugoslavia
Fragmentação da IugoslaviaFragmentação da Iugoslavia
Fragmentação da Iugoslavia
 
Revolução islâmica
Revolução islâmicaRevolução islâmica
Revolução islâmica
 
CONFLITOS NOS BALCÃS
CONFLITOS NOS BALCÃSCONFLITOS NOS BALCÃS
CONFLITOS NOS BALCÃS
 
ÁFRICA - Apartheid
ÁFRICA - ApartheidÁFRICA - Apartheid
ÁFRICA - Apartheid
 
Crimeia - Rússia X Ucrânia
Crimeia - Rússia X UcrâniaCrimeia - Rússia X Ucrânia
Crimeia - Rússia X Ucrânia
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
 
1 primeira guerra mundial
1   primeira guerra mundial 1   primeira guerra mundial
1 primeira guerra mundial
 
REINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOSREINOS AFRICANOS
REINOS AFRICANOS
 
Guerra do Vietnã
Guerra do VietnãGuerra do Vietnã
Guerra do Vietnã
 
Fim da Iugoslávia
Fim da IugosláviaFim da Iugoslávia
Fim da Iugoslávia
 
O fim da guerra fria e o mundo final
O fim da guerra fria e o mundo finalO fim da guerra fria e o mundo final
O fim da guerra fria e o mundo final
 
Conflitos no cáucaso
Conflitos no cáucasoConflitos no cáucaso
Conflitos no cáucaso
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 

Destaque

Guerra da Crimeia e Guerra dos Balcãs
Guerra da Crimeia e Guerra dos BalcãsGuerra da Crimeia e Guerra dos Balcãs
Guerra da Crimeia e Guerra dos Balcãs
Jorge Fernandes
 
Dissolução da Iugoslávia
Dissolução da IugosláviaDissolução da Iugoslávia
Dissolução da Iugoslávia
João Oliveira
 
Iugoslávia
IugosláviaIugoslávia
CONFLITOS NA EUROPA
CONFLITOS NA EUROPACONFLITOS NA EUROPA
CONFLITOS NA EUROPA
Raimund M Souza
 
Slide conflitos mundiais
Slide  conflitos mundiaisSlide  conflitos mundiais
Slide conflitos mundiais
julio2012souto
 
Conflitos geopolíticos mundiais
Conflitos geopolíticos mundiaisConflitos geopolíticos mundiais
Conflitos geopolíticos mundiais
Wilson Her
 
1ª Gm
1ª Gm1ª Gm
A segunda guerra mundial 1940 - 1941 - urss
A segunda guerra mundial   1940 - 1941 - urssA segunda guerra mundial   1940 - 1941 - urss
A segunda guerra mundial 1940 - 1941 - urss
historiando
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
winterverno
 
IugosláVia Ii - Jw
IugosláVia Ii - JwIugosláVia Ii - Jw
IugosláVia Ii - Jw
Clayton Oliveira
 
Formação e desmembramento da urss
Formação e desmembramento da urssFormação e desmembramento da urss
Formação e desmembramento da urss
João José Ferreira Tojal
 
Escuta compassiva
Escuta compassivaEscuta compassiva
Escuta compassiva
Jorge Silva
 
Primavera árabe
Primavera árabePrimavera árabe
Primavera árabe
roberto mosca junior
 
Brasil república regime militar aos dias atuais
Brasil república   regime militar aos dias atuaisBrasil república   regime militar aos dias atuais
Brasil república regime militar aos dias atuais
Maria Do Carmo de Paula
 
Conflitos Étnicos na Ásia
Conflitos Étnicos na ÁsiaConflitos Étnicos na Ásia
Conflitos Étnicos na Ásia
Google
 
CEI - Comunidade dos Estados Independentes
CEI - Comunidade dos Estados IndependentesCEI - Comunidade dos Estados Independentes
CEI - Comunidade dos Estados Independentes
Asafe Salomao
 
União europeia
União europeiaUnião europeia
União europeia
Francisco Oliveira
 
Geografia - Os principais focos de tensão mundial
Geografia - Os principais focos de tensão mundialGeografia - Os principais focos de tensão mundial
Geografia - Os principais focos de tensão mundial
Carson Souza
 
CEI (Comunidade dos Estados Independentes)
CEI (Comunidade dos Estados Independentes)CEI (Comunidade dos Estados Independentes)
CEI (Comunidade dos Estados Independentes)
guested9f634
 

Destaque (20)

Guerra da Crimeia e Guerra dos Balcãs
Guerra da Crimeia e Guerra dos BalcãsGuerra da Crimeia e Guerra dos Balcãs
Guerra da Crimeia e Guerra dos Balcãs
 
Dissolução da Iugoslávia
Dissolução da IugosláviaDissolução da Iugoslávia
Dissolução da Iugoslávia
 
Iugoslávia
IugosláviaIugoslávia
Iugoslávia
 
CONFLITOS NA EUROPA
CONFLITOS NA EUROPACONFLITOS NA EUROPA
CONFLITOS NA EUROPA
 
Slide conflitos mundiais
Slide  conflitos mundiaisSlide  conflitos mundiais
Slide conflitos mundiais
 
Conflitos geopolíticos mundiais
Conflitos geopolíticos mundiaisConflitos geopolíticos mundiais
Conflitos geopolíticos mundiais
 
1ª Gm
1ª Gm1ª Gm
1ª Gm
 
A segunda guerra mundial 1940 - 1941 - urss
A segunda guerra mundial   1940 - 1941 - urssA segunda guerra mundial   1940 - 1941 - urss
A segunda guerra mundial 1940 - 1941 - urss
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
IugosláVia Ii - Jw
IugosláVia Ii - JwIugosláVia Ii - Jw
IugosláVia Ii - Jw
 
Formação e desmembramento da urss
Formação e desmembramento da urssFormação e desmembramento da urss
Formação e desmembramento da urss
 
Escuta compassiva
Escuta compassivaEscuta compassiva
Escuta compassiva
 
Primavera árabe
Primavera árabePrimavera árabe
Primavera árabe
 
Brasil república regime militar aos dias atuais
Brasil república   regime militar aos dias atuaisBrasil república   regime militar aos dias atuais
Brasil república regime militar aos dias atuais
 
Conflitos Étnicos na Ásia
Conflitos Étnicos na ÁsiaConflitos Étnicos na Ásia
Conflitos Étnicos na Ásia
 
Relevo europeu
Relevo europeuRelevo europeu
Relevo europeu
 
CEI - Comunidade dos Estados Independentes
CEI - Comunidade dos Estados IndependentesCEI - Comunidade dos Estados Independentes
CEI - Comunidade dos Estados Independentes
 
União europeia
União europeiaUnião europeia
União europeia
 
Geografia - Os principais focos de tensão mundial
Geografia - Os principais focos de tensão mundialGeografia - Os principais focos de tensão mundial
Geografia - Os principais focos de tensão mundial
 
CEI (Comunidade dos Estados Independentes)
CEI (Comunidade dos Estados Independentes)CEI (Comunidade dos Estados Independentes)
CEI (Comunidade dos Estados Independentes)
 

Semelhante a Bálcãs

.
..
Josip broz tito
Josip broz titoJosip broz tito
Josip broz tito
Jose Fabio Melo Silva
 
Europa 1
Europa 1Europa 1
Europa 1
Débora Sales
 
AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...
AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...
AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...
Grupo de Economia Política IE-UFRJ
 
O fim da união soviética
O fim da união soviéticaO fim da união soviética
O fim da união soviética
Lenylson Carvalho
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Wendel Sousa
 
Conflitos Separatistas
Conflitos SeparatistasConflitos Separatistas
Conflitos Separatistas
Paticx
 
Rumos de um mundo global
Rumos de um mundo globalRumos de um mundo global
Rumos de um mundo global
Norma Almeida
 
Como nasceu e como morreu o marxismo ocidental
Como nasceu e como morreu o marxismo ocidentalComo nasceu e como morreu o marxismo ocidental
Como nasceu e como morreu o marxismo ocidental
César Pereira
 
Viva os 74 anos do fim da tirania nazifascista
Viva os 74 anos do fim da tirania nazifascistaViva os 74 anos do fim da tirania nazifascista
Viva os 74 anos do fim da tirania nazifascista
Fernando Alcoforado
 
União soviética URSS
União soviética  URSSUnião soviética  URSS
União soviética URSS
Raimund M Souza
 
1º a em mod 48
1º a em mod 481º a em mod 48
1º a em mod 48
VinciusChtero
 
Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50
dinicmax
 
O fim da urss e democratização.
O  fim da urss e democratização.O  fim da urss e democratização.
O fim da urss e democratização.
Camila Brito
 
Urss (União Soviética)
Urss (União Soviética)Urss (União Soviética)
Urss (União Soviética)
Luanna Oliveira
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Ramiro Bicca
 
4º Revolução Soviética a Construção da URSS
4º Revolução Soviética a Construção da URSS4º Revolução Soviética a Construção da URSS
4º Revolução Soviética a Construção da URSS
Básicas ou Secundárias
 
A desintegração da URSS
A desintegração da URSSA desintegração da URSS
A desintegração da URSS
Alice Barros
 
O fim da urss
O fim da urssO fim da urss
O fim da urss
Carlos Vieira
 
Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar
Elizangela Silva
 

Semelhante a Bálcãs (20)

.
..
.
 
Josip broz tito
Josip broz titoJosip broz tito
Josip broz tito
 
Europa 1
Europa 1Europa 1
Europa 1
 
AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...
AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...
AS RELAÇÕES DA IUGOSLÁVIA COM A UNIÃO SOVIÉTICA E OS ESTADOS UNIDOS ENTRE 194...
 
O fim da união soviética
O fim da união soviéticaO fim da união soviética
O fim da união soviética
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Conflitos Separatistas
Conflitos SeparatistasConflitos Separatistas
Conflitos Separatistas
 
Rumos de um mundo global
Rumos de um mundo globalRumos de um mundo global
Rumos de um mundo global
 
Como nasceu e como morreu o marxismo ocidental
Como nasceu e como morreu o marxismo ocidentalComo nasceu e como morreu o marxismo ocidental
Como nasceu e como morreu o marxismo ocidental
 
Viva os 74 anos do fim da tirania nazifascista
Viva os 74 anos do fim da tirania nazifascistaViva os 74 anos do fim da tirania nazifascista
Viva os 74 anos do fim da tirania nazifascista
 
União soviética URSS
União soviética  URSSUnião soviética  URSS
União soviética URSS
 
1º a em mod 48
1º a em mod 481º a em mod 48
1º a em mod 48
 
Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50Movimentos políticos na década 50
Movimentos políticos na década 50
 
O fim da urss e democratização.
O  fim da urss e democratização.O  fim da urss e democratização.
O fim da urss e democratização.
 
Urss (União Soviética)
Urss (União Soviética)Urss (União Soviética)
Urss (União Soviética)
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
4º Revolução Soviética a Construção da URSS
4º Revolução Soviética a Construção da URSS4º Revolução Soviética a Construção da URSS
4º Revolução Soviética a Construção da URSS
 
A desintegração da URSS
A desintegração da URSSA desintegração da URSS
A desintegração da URSS
 
O fim da urss
O fim da urssO fim da urss
O fim da urss
 
Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar
 

Mais de GabrielaLimaPereira

Trabalho sobre a cidade de Ubatuba
Trabalho sobre a cidade de UbatubaTrabalho sobre a cidade de Ubatuba
Trabalho sobre a cidade de Ubatuba
GabrielaLimaPereira
 
Braztoa
Braztoa Braztoa
Operadora de Turismo Braztoa
Operadora de Turismo BraztoaOperadora de Turismo Braztoa
Operadora de Turismo Braztoa
GabrielaLimaPereira
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
GabrielaLimaPereira
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
GabrielaLimaPereira
 
Revolucao industrial
Revolucao industrialRevolucao industrial
Revolucao industrial
GabrielaLimaPereira
 
Revolucao industrial
Revolucao industrialRevolucao industrial
Revolucao industrial
GabrielaLimaPereira
 
Cobreagem
CobreagemCobreagem
Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992
GabrielaLimaPereira
 
Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992
GabrielaLimaPereira
 
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
GabrielaLimaPereira
 
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
GabrielaLimaPereira
 
Tabela de NCM
Tabela de NCMTabela de NCM
Tabela de NCM
GabrielaLimaPereira
 
3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil
GabrielaLimaPereira
 
Experiência da casca de ovo
Experiência da casca de ovoExperiência da casca de ovo
Experiência da casca de ovo
GabrielaLimaPereira
 
Guia ortografico
Guia ortograficoGuia ortografico
Guia ortografico
GabrielaLimaPereira
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
GabrielaLimaPereira
 
Mercosul
MercosulMercosul
Til
TilTil
Dalton trevisan
Dalton trevisanDalton trevisan
Dalton trevisan
GabrielaLimaPereira
 

Mais de GabrielaLimaPereira (20)

Trabalho sobre a cidade de Ubatuba
Trabalho sobre a cidade de UbatubaTrabalho sobre a cidade de Ubatuba
Trabalho sobre a cidade de Ubatuba
 
Braztoa
Braztoa Braztoa
Braztoa
 
Operadora de Turismo Braztoa
Operadora de Turismo BraztoaOperadora de Turismo Braztoa
Operadora de Turismo Braztoa
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Revolucao industrial
Revolucao industrialRevolucao industrial
Revolucao industrial
 
Revolucao industrial
Revolucao industrialRevolucao industrial
Revolucao industrial
 
Cobreagem
CobreagemCobreagem
Cobreagem
 
Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992
 
Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992Semana da arte moderna 1992
Semana da arte moderna 1992
 
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
 
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
Pontos Negativos da Copa no Brasil 2014
 
Tabela de NCM
Tabela de NCMTabela de NCM
Tabela de NCM
 
3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil
 
Experiência da casca de ovo
Experiência da casca de ovoExperiência da casca de ovo
Experiência da casca de ovo
 
Guia ortografico
Guia ortograficoGuia ortografico
Guia ortografico
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Mercosul
MercosulMercosul
Mercosul
 
Til
TilTil
Til
 
Dalton trevisan
Dalton trevisanDalton trevisan
Dalton trevisan
 

Bálcãs

  • 2. Bálcãs ou Península Balcânica. o Situa-se no leste europeu o Engloba a Albânia, a Bósnia e Herzegovina, a Bulgária, a Grécia, a República da Macedónia, o Montenegro, a Sérvia, o autoproclamado independente Kosovo, a porção da Turquia no continente europeu (a Trácia), bem como, algumas vezes, a Croácia, a Romênia e a Eslovênia. o Habitado por várias etnias diferentes, como os eslavos, albaneses, turcos, tchecos, persas, gregos, romanos, biz antinos. Os sérvios, búlgaros e magiares também estabeleceram pequenos impérios na região.
  • 5. Marechal Josip Broz Tito foi um militar croata, revolucionário comunista e estadista iugoslavo, líder dos guerrilheiros da resistência iugoslava, durante a Segunda Guerra Mundial, sendo o maior responsável pela resistência armada às forças do Eixo e aos nazi-fascistas croatas e sérvios. Posteriormente, Tito se tornou presidente da Iugoslávia. Foi uma figura importante e controversa da Guerra Fria. Tito fora criticado e elogiado por ambos os lados do globo.
  • 6. Símbolo de união entre os povos da Iugoslávia por ter mantido a paz entre as diferentes etnias dos Balcãs, palco de históricos conflitos separatistas, Tito também é considerado um ditador cruel e autoritário, que sufocou os anseios de independência e liberdade dos diferentes povos de seu país, apesar de seu carisma característico, que lhe rendeu o apoio do povo iugoslavo, fazendo dele uma das figuras mais populares de seu tempo. Pelo resto do mundo, Tito é respeitado e admirado pela sua luta contra os nazistas, e principalmente por ter sido um líder com a força, coragem e capacidade de manter seu país livre de influências estrangeiras durante a Guerra Fria,
  • 7. O Titoísmo Tito foi o arquiteto da nova Iugoslávia, a república socialista que existiu entre a Segunda Guerra Mundial e 1991. Defensor de uma rota independente em direção ao socialismo, ideologia que ganhou o nome de Titoísmo. O titoísmo, conhecido internamente como socialismo autogestionário, foi a tendência do comunismo aplicada por Tito na Iugoslávia durante seu regime. O titoísmo ficou conhecido por ser uma forma muito mais "branda" de regime socialista, combinando a economia estatizada com diversas liberdades civis.
  • 8. Quando ocorreu o rompimento entre a URSS e a Iugoslávia, em 1948, o rótulo de "titoísta" foi aplicado a opositores internos do regime soviético, que passaram a sofrer perseguição. Por outro lado, dissidentes iugoslavos também foram tachados de stalinistas pelo governo de Tito e igualmente reprimidos, o titoísmo exerceu grande admiração e liderança internacional, principalmente por conseguir conciliar justiça social com certo grau de democracia. Tito procurou manter a Iugoslávia como um país "socialista mas independente" e criou o princípio da autogestão, segundo a qual toda a sociedade deveria ser auto-suficiente pelo próprio trabalho, em todos os níveis: desde uma fábrica até o país inteiro. A Teoria do Trabalho Associado levou a políticas oficiais de fábricas pertencentes aos próprios operários (não apenas gerenciadas por eles) e repartição de lucros entre trabalhadores.
  • 9. Ruptura Tito-Stalin A Ruptura Tito-Stalin foi um conflito entre os líderes da República Socialista Federativa da Iugoslávia e da União Soviética, o que resultou na expulsão da Iugoslávia comunista da Cominform em 1948. Em primeiro lugar, foi dito que foi causada pela deslealdade da Iugoslávia à URSS e do socialismo em geral, mas a maioria das evidências sugere que tinha mais a ver com o orgulho nacional de Josip Broz Tito e a recusa de se sujeitar totalmente à vontade do Josef Stalin.
  • 10. Tito usaria o distanciamento da URSS para conseguir o auxílio dos EUA através do Plano Marshall, bem como para envolver a Iugoslávia no Movimento Não-Alinhados, em que a Iugoslávia era uma força principal. O evento foi importante não só para a Iugoslávia e Tito, mas também para o desenvolvimento do socialismo global, uma vez que foi a primeira grande divisão entre estados comunistas, lançando dúvidas sobre as alegações da Comintern para que o socialismo seja uma força unificadora que controlasse eventualmente o mundo inteiro.
  • 11. Na época de sua morte, iniciou-se uma profunda onda de especulações sobre a sua sucessão, e se seria possível aos seus sucessores manter a unidade do país. O cargo de presidente da Iugoslávia passou a ser rotativo entre as seis repúblicas.
  • 12. Divisões e conflitos étnicos cresceram rapidamente, e por volta de 1989, o sistema encontrava-se em desordem e a unidade do país começou a se desintegrar, em grande parte devido à profunda crise econômica gerada pelo desmoronamento do socialismo no Leste Europeu e, mais importante, pelo surgimento de partidosultranacionalistas em todas as repúblicas, principalmente na Croácia e na Sérvia. Estava formado o cenário que mais tarde traria o caos ao país, que se envolveria numa brutal e insana guerra civil, com ódios étnicos seculares refletidos em atrocidades cometidas por todos os lados do conflito.
  • 13. Slobodan Milošević foi presidente da Sérvia de 1989 a 1997 e da República Federal da Iugoslávia de 1997 a 2000. Também foi o principal líder do Partido Socialista da Sérvia desde a sua fundação, em 1990.
  • 14. Milošević renunciou à presidência iugoslava entre manifestações que se seguiram à concorrida eleição presidencial de 24 de setembro de 2000. Foi preso pelas autoridades federais iugoslavas em 31 de março do ano seguinte, sob suspeita de corrupção, abuso de poder e apropriação indébita. Foi também preso pelo Tribunal Penal Internacional para a antiga Iugosláviaum, comitê das Nações Unidas, sob a acusação de crimes contra a humanidade, de violar as leis e costumes de guerra, violações graves às Convenções de Genebra e genocídio, por seu papel durante as guerras na Croácia, Bósnia e Kosovo. A investigação inicial a respeito de Milošević não foi adiante, por falta de evidências concretas, o que motivou o primeiro-ministro sérvio, Zoran Đinđić, a enviá-lo para Haia, Países Baixos, sede do Tribunal Penal Internacional, para ser julgado pelos crimes de guerra. Milošević foi responsável por sua própria defesa; o julgamento terminou, no entanto, sem qualquer veredito, já que ele acabou morrendo durante o seu decorrer.