SlideShare uma empresa Scribd logo
Instituto Federal do Maranhão
Campus Buriticupu
Lic. Biologia – 4º p. - Ecologia I
Bioma Mata Atlântica
Discentes: Amália Beims, Denise Rodrigues,
Franciane Alencar
Docente: Msc. Reinaldo Cajaíba
Mata Atlântica
Fauna e flora
Vegetais
Mais de 20.000 mil (cerca de 35% das espécies
existentes em todo território nacional)
Animais
Mamíferos 270 espécies
Aves 992 espécies
Répteis 197 espécies
Anfíbios 372 espécies
Peixes 350 espécies
Total 2.181 espécies
Ministério do Meio Ambiente, 2014
• Abriga sete das nove bacias hidrográficas
brasileiras;
• Presença de árvores de grande e médio
porte, formando uma floresta fechada e
densa;
Flora
• Palmeiras
• Bromélias, begônias,
orquídeas, cipós, e
briófitas
• Pau-Brasil, jacarandá,
peroba, jequitibá-rosa,
cedro Jabuticabeira
Erva-mate
Fauna
• Tamanduá
bandeira (risco de
extinção)
• Tatu-canastra
(risco de extinção)
• Anta
• Onça-pintada
(risco de extinção)
• Jaguatirica
• Capivara
Muriqui
Mico-leão-dourado
Arara-azul
Mutum-de-Alagoas
(somente em
cativeiro)
Distribuição do bioma
• Ocupava originalmente 130.973.638 ha.
(38% do território Nacional)
• Atualmente conta com apenas 19.676.120
ha.
• 8% de sua extensão original.
• Brasil, Paraguai, Argentina
• Distribuído em 17 estados brasileiros
• Minas Gerais lidera o desmatamento.
(SOS Mata Atlântica, 2014)
IMPACTOS AMBIENTAIS
LARANJEIRA, Débora; REICHERT, Luiza Maria; SILVA, Daiana Rech da. Avaliação de
impacto ambiental no bioma Mata Atlântica. 10º Simpósio Internacional de Qualidade
Ambiental. 2016. Porto Alegre, RS.
Fragmentação de áreas Extração de madeira
• Ocorre em função da
redução de vegetação.
• Perda de biodiversidade
e dos serviços
ecológicos prestados
pela floresta, como
manutenção do clima e
do ciclo hidrológico.
Extração de madeira
Fragmentação de áreas
Industrialização e
poluição
Esgotamento de
nascentes
• Poluição do ar, água e
solo, produção de renda,
diminuição de custos de
produção.
• Esgotamento de
recursos naturais, perda
de biodiversidade,
diminuição na oferta de
pescado para as
populações ribeirinhas.
Bioma Mata Atlântica - Ecologia
Comércio ilegal de
plantas e animais
• Diminuição da
biodiversidade, extinção
de espécies.
Palmito
juçara
Bioma Mata Atlântica - Ecologia
REFERÊNCIAS
• LARANJEIRA, Débora; REICHERT, Luiza Maria; SILVA, Daiana
Rech da. Avaliação de impacto ambiental no bioma Mata
Atlântica. 10º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental.
2016. Porto Alegre, RS.
• SANTOS, Rodolfo Cristiano Martins. Mata Atlântica: -
características, biodiversidade e a história de um dos biomas
de maior prioridade para conservação e preservação de seus
ecossistemas. Centro Universitário Metodista. 2010
• Espécies da Fauna ameaçadas de extinção. Ministério do Meio
Ambiente.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cerrado
CerradoCerrado
Cerrado
Edmar Souza
 
Bioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - CompletoBioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - Completo
Bruno Djvan Ramos Barbosa
 
O Bioma Caatinga
O Bioma Caatinga O Bioma Caatinga
O Bioma Caatinga
trabalhosconta
 
Mata de araucarias
Mata de araucarias Mata de araucarias
Mata de araucarias
Hávila Said
 
Floresta amazônica
Floresta amazônicaFloresta amazônica
Floresta amazônica
KELSON DA LUZ OLIVEIRA
 
Os biomas brasileiros.ppt
Os biomas brasileiros.pptOs biomas brasileiros.ppt
Os biomas brasileiros.ppt
Jones Godinho
 
Bioma amazônico
Bioma amazônicoBioma amazônico
Bioma amazônico
Leonaci Rios
 
Bioma Mata Atlantica
Bioma Mata AtlanticaBioma Mata Atlantica
Bioma Mata Atlantica
Jean Leão
 
Mata Atlantica
Mata AtlanticaMata Atlantica
Mata Atlantica
RAFAELA BARBOSA
 
Floresta amazônica
Floresta amazônicaFloresta amazônica
Floresta amazônica
taffila
 
Apresentação amazônia
Apresentação   amazôniaApresentação   amazônia
Apresentação amazônia
Victor Ygor
 
BIOMA: MATA ATLÂNTICA
BIOMA: MATA ATLÂNTICA BIOMA: MATA ATLÂNTICA
BIOMA: MATA ATLÂNTICA
Hávila Said
 
Palestra cerrado brasileiro
Palestra cerrado brasileiroPalestra cerrado brasileiro
Palestra cerrado brasileiro
rogercamomilalopes
 
Bioma: Cerrado
Bioma: CerradoBioma: Cerrado
Bioma: Cerrado
Malu Anacleto
 
mata atlântica
mata atlânticamata atlântica
mata atlântica
Jade
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
rdbtava
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
Andre Luiz Nascimento
 
Mata dos Cocais
Mata dos CocaisMata dos Cocais
Mata dos Cocais
Maria Olandina Machado
 
Mata Atlântica
Mata AtlânticaMata Atlântica
Mata Atlântica
Ana Cristina de Jesus
 
Bioma pampa
Bioma pampaBioma pampa
Bioma pampa
Ted Fernandes
 

Mais procurados (20)

Cerrado
CerradoCerrado
Cerrado
 
Bioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - CompletoBioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - Completo
 
O Bioma Caatinga
O Bioma Caatinga O Bioma Caatinga
O Bioma Caatinga
 
Mata de araucarias
Mata de araucarias Mata de araucarias
Mata de araucarias
 
Floresta amazônica
Floresta amazônicaFloresta amazônica
Floresta amazônica
 
Os biomas brasileiros.ppt
Os biomas brasileiros.pptOs biomas brasileiros.ppt
Os biomas brasileiros.ppt
 
Bioma amazônico
Bioma amazônicoBioma amazônico
Bioma amazônico
 
Bioma Mata Atlantica
Bioma Mata AtlanticaBioma Mata Atlantica
Bioma Mata Atlantica
 
Mata Atlantica
Mata AtlanticaMata Atlantica
Mata Atlantica
 
Floresta amazônica
Floresta amazônicaFloresta amazônica
Floresta amazônica
 
Apresentação amazônia
Apresentação   amazôniaApresentação   amazônia
Apresentação amazônia
 
BIOMA: MATA ATLÂNTICA
BIOMA: MATA ATLÂNTICA BIOMA: MATA ATLÂNTICA
BIOMA: MATA ATLÂNTICA
 
Palestra cerrado brasileiro
Palestra cerrado brasileiroPalestra cerrado brasileiro
Palestra cerrado brasileiro
 
Bioma: Cerrado
Bioma: CerradoBioma: Cerrado
Bioma: Cerrado
 
mata atlântica
mata atlânticamata atlântica
mata atlântica
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 
Mata dos Cocais
Mata dos CocaisMata dos Cocais
Mata dos Cocais
 
Mata Atlântica
Mata AtlânticaMata Atlântica
Mata Atlântica
 
Bioma pampa
Bioma pampaBioma pampa
Bioma pampa
 

Semelhante a Bioma Mata Atlântica - Ecologia

Ecossistemas Brasileiros
Ecossistemas BrasileirosEcossistemas Brasileiros
Ecossistemas Brasileiros
pradomarcio
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
Vanessa Cristina
 
Ecossistemas florestais enquanto fornecedores de valor
Ecossistemas florestais enquanto fornecedores de valorEcossistemas florestais enquanto fornecedores de valor
Ecossistemas florestais enquanto fornecedores de valor
AmBioDiv - Valor Natural
 
Biodiversidade na Moita
Biodiversidade na MoitaBiodiversidade na Moita
Biodiversidade na Moita
Paula Lopes da Silva
 
Principais biomas brasileiros
Principais biomas brasileirosPrincipais biomas brasileiros
Principais biomas brasileiros
Luis Augusto
 
Bioma Mata atlântica
Bioma Mata atlânticaBioma Mata atlântica
Bioma Mata atlântica
Felipe Batista
 
Biomas do brasil
Biomas do brasilBiomas do brasil
Biomas do brasil
danielramosemirian
 
AULA - BIOMAS - PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
AULA - BIOMAS -  PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdfAULA - BIOMAS -  PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
AULA - BIOMAS - PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
ProfessorLucas2
 
AULA - BIOMAS - PARTE 1
AULA - BIOMAS -  PARTE 1AULA - BIOMAS -  PARTE 1
AULA - BIOMAS - PARTE 1
ProfessorLucas2
 
Fauna
Fauna Fauna
Fauna
Lis Brendha
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Mata atlântica
Mata atlânticaMata atlântica
Mata atlântica
Sandra Barros
 
BIODIVERSIDADE - 2ª SÉRIE - BIOLOGIA.pptx
BIODIVERSIDADE - 2ª SÉRIE - BIOLOGIA.pptxBIODIVERSIDADE - 2ª SÉRIE - BIOLOGIA.pptx
BIODIVERSIDADE - 2ª SÉRIE - BIOLOGIA.pptx
Frederico Marques Sodré
 
Pampas gauchos
Pampas gauchosPampas gauchos
Pampas gauchos
Vanessa Feitosa
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
Lilian Siqueira
 
Trabalho da mata atlântica
Trabalho da mata atlânticaTrabalho da mata atlântica
Trabalho da mata atlântica
professorjoseca
 
A conservação do cerrado com imagens
A conservação do cerrado com imagensA conservação do cerrado com imagens
A conservação do cerrado com imagens
Uelson E E
 
Slides grupo 4
Slides grupo 4Slides grupo 4
Slides grupo 4
nacirbertini
 
Caatinga, Mata Atlatica e Amazonia
Caatinga, Mata Atlatica e AmazoniaCaatinga, Mata Atlatica e Amazonia
Caatinga, Mata Atlatica e Amazonia
Ancelmo Furtado
 
Biologia da Conservação
Biologia da ConservaçãoBiologia da Conservação
Biologia da Conservação
Gabriel Lopes (Guma)
 

Semelhante a Bioma Mata Atlântica - Ecologia (20)

Ecossistemas Brasileiros
Ecossistemas BrasileirosEcossistemas Brasileiros
Ecossistemas Brasileiros
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Ecossistemas florestais enquanto fornecedores de valor
Ecossistemas florestais enquanto fornecedores de valorEcossistemas florestais enquanto fornecedores de valor
Ecossistemas florestais enquanto fornecedores de valor
 
Biodiversidade na Moita
Biodiversidade na MoitaBiodiversidade na Moita
Biodiversidade na Moita
 
Principais biomas brasileiros
Principais biomas brasileirosPrincipais biomas brasileiros
Principais biomas brasileiros
 
Bioma Mata atlântica
Bioma Mata atlânticaBioma Mata atlântica
Bioma Mata atlântica
 
Biomas do brasil
Biomas do brasilBiomas do brasil
Biomas do brasil
 
AULA - BIOMAS - PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
AULA - BIOMAS -  PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdfAULA - BIOMAS -  PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
AULA - BIOMAS - PARTE 1 - MATERIAL COMPLEMENTAR.pdf
 
AULA - BIOMAS - PARTE 1
AULA - BIOMAS -  PARTE 1AULA - BIOMAS -  PARTE 1
AULA - BIOMAS - PARTE 1
 
Fauna
Fauna Fauna
Fauna
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 
Mata atlântica
Mata atlânticaMata atlântica
Mata atlântica
 
BIODIVERSIDADE - 2ª SÉRIE - BIOLOGIA.pptx
BIODIVERSIDADE - 2ª SÉRIE - BIOLOGIA.pptxBIODIVERSIDADE - 2ª SÉRIE - BIOLOGIA.pptx
BIODIVERSIDADE - 2ª SÉRIE - BIOLOGIA.pptx
 
Pampas gauchos
Pampas gauchosPampas gauchos
Pampas gauchos
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Trabalho da mata atlântica
Trabalho da mata atlânticaTrabalho da mata atlântica
Trabalho da mata atlântica
 
A conservação do cerrado com imagens
A conservação do cerrado com imagensA conservação do cerrado com imagens
A conservação do cerrado com imagens
 
Slides grupo 4
Slides grupo 4Slides grupo 4
Slides grupo 4
 
Caatinga, Mata Atlatica e Amazonia
Caatinga, Mata Atlatica e AmazoniaCaatinga, Mata Atlatica e Amazonia
Caatinga, Mata Atlatica e Amazonia
 
Biologia da Conservação
Biologia da ConservaçãoBiologia da Conservação
Biologia da Conservação
 

Mais de Amália Beims

Etileno
EtilenoEtileno
Etileno
Amália Beims
 
Malária - Principais características
Malária - Principais característicasMalária - Principais características
Malária - Principais características
Amália Beims
 
6 Aplicativos que podem ser utilizados nas aulas de Ciências e Biologia
6 Aplicativos que podem ser utilizados nas aulas de Ciências e Biologia6 Aplicativos que podem ser utilizados nas aulas de Ciências e Biologia
6 Aplicativos que podem ser utilizados nas aulas de Ciências e Biologia
Amália Beims
 
Teoria de Albert Bandura
Teoria de Albert BanduraTeoria de Albert Bandura
Teoria de Albert Bandura
Amália Beims
 
Teoria de Antônio Gramsci
Teoria de Antônio GramsciTeoria de Antônio Gramsci
Teoria de Antônio Gramsci
Amália Beims
 
As reformas educacionais da década de 1932 a 1950
As reformas educacionais da década de 1932 a 1950As reformas educacionais da década de 1932 a 1950
As reformas educacionais da década de 1932 a 1950
Amália Beims
 
Sintaxe
SintaxeSintaxe
Sintaxe
Amália Beims
 
Câncer de próstata
Câncer de próstataCâncer de próstata
Câncer de próstata
Amália Beims
 
Infecção por agentes biológicos e os efeitos para o concepto
Infecção por agentes biológicos e os efeitos para o conceptoInfecção por agentes biológicos e os efeitos para o concepto
Infecção por agentes biológicos e os efeitos para o concepto
Amália Beims
 
Som e o Ultrassom
Som e o UltrassomSom e o Ultrassom
Som e o Ultrassom
Amália Beims
 
Principais características dos Néctons
Principais características dos NéctonsPrincipais características dos Néctons
Principais características dos Néctons
Amália Beims
 
Tecido ósseo
Tecido ósseoTecido ósseo
Tecido ósseo
Amália Beims
 
Óleo de cozinha - Sabão Ecológico
Óleo de cozinha - Sabão EcológicoÓleo de cozinha - Sabão Ecológico
Óleo de cozinha - Sabão Ecológico
Amália Beims
 
Circulação Atmosférica
Circulação AtmosféricaCirculação Atmosférica
Circulação Atmosférica
Amália Beims
 

Mais de Amália Beims (14)

Etileno
EtilenoEtileno
Etileno
 
Malária - Principais características
Malária - Principais característicasMalária - Principais características
Malária - Principais características
 
6 Aplicativos que podem ser utilizados nas aulas de Ciências e Biologia
6 Aplicativos que podem ser utilizados nas aulas de Ciências e Biologia6 Aplicativos que podem ser utilizados nas aulas de Ciências e Biologia
6 Aplicativos que podem ser utilizados nas aulas de Ciências e Biologia
 
Teoria de Albert Bandura
Teoria de Albert BanduraTeoria de Albert Bandura
Teoria de Albert Bandura
 
Teoria de Antônio Gramsci
Teoria de Antônio GramsciTeoria de Antônio Gramsci
Teoria de Antônio Gramsci
 
As reformas educacionais da década de 1932 a 1950
As reformas educacionais da década de 1932 a 1950As reformas educacionais da década de 1932 a 1950
As reformas educacionais da década de 1932 a 1950
 
Sintaxe
SintaxeSintaxe
Sintaxe
 
Câncer de próstata
Câncer de próstataCâncer de próstata
Câncer de próstata
 
Infecção por agentes biológicos e os efeitos para o concepto
Infecção por agentes biológicos e os efeitos para o conceptoInfecção por agentes biológicos e os efeitos para o concepto
Infecção por agentes biológicos e os efeitos para o concepto
 
Som e o Ultrassom
Som e o UltrassomSom e o Ultrassom
Som e o Ultrassom
 
Principais características dos Néctons
Principais características dos NéctonsPrincipais características dos Néctons
Principais características dos Néctons
 
Tecido ósseo
Tecido ósseoTecido ósseo
Tecido ósseo
 
Óleo de cozinha - Sabão Ecológico
Óleo de cozinha - Sabão EcológicoÓleo de cozinha - Sabão Ecológico
Óleo de cozinha - Sabão Ecológico
 
Circulação Atmosférica
Circulação AtmosféricaCirculação Atmosférica
Circulação Atmosférica
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 

Bioma Mata Atlântica - Ecologia

  • 1. Instituto Federal do Maranhão Campus Buriticupu Lic. Biologia – 4º p. - Ecologia I Bioma Mata Atlântica Discentes: Amália Beims, Denise Rodrigues, Franciane Alencar Docente: Msc. Reinaldo Cajaíba
  • 2. Mata Atlântica Fauna e flora Vegetais Mais de 20.000 mil (cerca de 35% das espécies existentes em todo território nacional) Animais Mamíferos 270 espécies Aves 992 espécies Répteis 197 espécies Anfíbios 372 espécies Peixes 350 espécies Total 2.181 espécies Ministério do Meio Ambiente, 2014 • Abriga sete das nove bacias hidrográficas brasileiras; • Presença de árvores de grande e médio porte, formando uma floresta fechada e densa;
  • 3. Flora • Palmeiras • Bromélias, begônias, orquídeas, cipós, e briófitas • Pau-Brasil, jacarandá, peroba, jequitibá-rosa, cedro Jabuticabeira Erva-mate
  • 4. Fauna • Tamanduá bandeira (risco de extinção) • Tatu-canastra (risco de extinção) • Anta • Onça-pintada (risco de extinção) • Jaguatirica • Capivara Muriqui Mico-leão-dourado Arara-azul Mutum-de-Alagoas (somente em cativeiro)
  • 5. Distribuição do bioma • Ocupava originalmente 130.973.638 ha. (38% do território Nacional) • Atualmente conta com apenas 19.676.120 ha. • 8% de sua extensão original. • Brasil, Paraguai, Argentina • Distribuído em 17 estados brasileiros • Minas Gerais lidera o desmatamento. (SOS Mata Atlântica, 2014)
  • 6. IMPACTOS AMBIENTAIS LARANJEIRA, Débora; REICHERT, Luiza Maria; SILVA, Daiana Rech da. Avaliação de impacto ambiental no bioma Mata Atlântica. 10º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental. 2016. Porto Alegre, RS.
  • 7. Fragmentação de áreas Extração de madeira • Ocorre em função da redução de vegetação. • Perda de biodiversidade e dos serviços ecológicos prestados pela floresta, como manutenção do clima e do ciclo hidrológico.
  • 9. Industrialização e poluição Esgotamento de nascentes • Poluição do ar, água e solo, produção de renda, diminuição de custos de produção. • Esgotamento de recursos naturais, perda de biodiversidade, diminuição na oferta de pescado para as populações ribeirinhas.
  • 11. Comércio ilegal de plantas e animais • Diminuição da biodiversidade, extinção de espécies. Palmito juçara
  • 13. REFERÊNCIAS • LARANJEIRA, Débora; REICHERT, Luiza Maria; SILVA, Daiana Rech da. Avaliação de impacto ambiental no bioma Mata Atlântica. 10º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental. 2016. Porto Alegre, RS. • SANTOS, Rodolfo Cristiano Martins. Mata Atlântica: - características, biodiversidade e a história de um dos biomas de maior prioridade para conservação e preservação de seus ecossistemas. Centro Universitário Metodista. 2010 • Espécies da Fauna ameaçadas de extinção. Ministério do Meio Ambiente.

Notas do Editor

  1. Mata Atlântica possui a maior diversidade de árvores do mundo; plantas vasculares conhecidas, 50% são endêmicas Tráfico de animais silvestres que é o terceiro maior comércio ilegal do mundo;