SlideShare uma empresa Scribd logo
 
Equipe CTI CEO Interno –  JULHO/2011 Análise de MAIO/JUNHO
Índice de satisfação do cliente Meta: Muito Bom (≥ 1,70)
Taxa de Ocupação Meta: ≥96%
Tempo médio de Permanência Meta: 3-4
Mortalidade
Úlceras novas por pressão Meta:  < 0,5
Taxas de infecção – PAV  CTI 1º ANDAR Meta 2010: (19,1 CASOS/1000)  Meta 2011: (17,9 CASOS/1000)
Taxas de infecção – ICS CTI 1º ANDAR Meta 2010: (12,3 CASOS/1000) Meta 2011:  (10,8 CASOS/1000)
Taxas de infecção – CVD  CTI 1ºANDAR Meta: 8,3 CASOS/1000) Meta: 2,7 CASOS/1000)
CTI 2º ANDAR  NENHUM CASO DE INFECÇÃO REGISTRADO EM MAIO
Taxas de infecção – PAV  CTI 2º ANDAR Meta 2010: (26,4 CASOS/1000) Meta 2011:( 27,2 CASOS/1000)
Taxas de infecção – ICS CTI 2º ANDAR Meta 2010: 8,3 CASOS/1000) Meta 2011: 0 CASOS/1000)
Taxas de infecção – CVD  CTI 2º ANDAR Meta 2010: 6,6 CASOS/1000) Meta: 2011: 3,5 CASOS/100)
Taxas de infecção – PAV  CTI 4º ANDAR Meta 2010: 17,8CASOS/1000) Meta 2011: 12,4 CASOS/1000)
Taxas de infecção – ICS CTI 4º ANDAR Meta 2010: 13,6CASOS/1000)  Meta 2011: 13,1 CASOS/1000)
Taxas de infecção – CVD 4º ANDAR Meta 2010: 11,8 CASOS/1000) Meta2011: ZERO
Taxas de infecção – PAV  CTI 5º ANDAR Meta 2010: 21,9CASOS/1000) Meta 2011: 14,0 CASOS/1000)
Taxas de infecção – ICS CTI 5º ANDAR Meta 2010: 16,9 CASOS/1000 Meta 2011: 14,2 CASOS/1000
Taxas de infecção – CVD 5º ANDAR Meta 2010: 3,8 CASOS/1000) Meta 2011: 4,1 CASOS/1000)
Eventos Adversos Meta: Zero MAIO 25 NOTIFICAÇÕES Eventos adversos:  18 Eventos sentinelas: 0 Anomalias: 7 JUNHO 81 NOTIFICAÇÕES Eventos adversos: 41 Eventos sentinelas: 0 Anomalias: 40
Fonte: O Globo, 21 de Julho de 2011. “ Milhões de pessoas morrem todo ano vítimas de erros médicos e infecções contraídas durante tratamentos, o que faz com que ir para o hospital seja mais arriscado que voar de avião, (...), as chances de morrer devido a erros enquanto está aos cuidados de uma instituição hospitalar é de uma em 300. Já as fatalidades em acidentes aéreos são de uma em cada 10 milhões de passageiros.” “ De acordo come ele, mais de 50 % das centenas de milhões de infecções hospitalares registrados todos anos poderiam ser prevenidas se os profissionais de saúde apenas lavassem as mãos com água e sabão ou álcool antes de lidar com os pacientes. Além disso, de cada cem pessoas hospitalizadas, sete nos países desenvolvidos e dez nos em desenvolvimento contrairão pelo menos uma infecção associada ao ambiente hospitalar.”
“ - E, quanto mais tempo o paciente ficar em um centro de terapia intensiva, maior é esse risco – destaca Donaldson. – Os hospitais são um negócio arriscado porque inevitavelmente as pessoas estão doentes e os tratamentos modernos são feitos em um ritmo acelerado, num ambiente de alta pressão, envolvendo muitas tecnologias complexas e muitos profissionais.” “ - As infecções são um grande problema, ferimentos após quedas nos hospitais são um grande problema e também há problemas em menos escala que resultam em mortes que poderiam ser prevenidas – enumera Donaldson. – Francamente, se fosse sofrer uma operação amanhã, nunca iria para um hospital que não seguisse  padrões básicos nos procedimentos, por não considerá-lo seguro.” Fonte: O Globo, 21 de Julho de 2011.
Riscos Assistenciais Ação:iniciado trabalho de grupo para  análise de causa  e efeito e tratamento.  Reunião semanal 2ª feiras  a tarde  e 4ª feiras noite..
Vamos falar de comunicação?
 
www.ctisaolucascopacabana.blogspot.com Blog do CTI (Blog do Pedrinho)
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
“ (...) Na Grécia antiga, Sócrates lamentou a popularização da escrita. Ele defendia a tese de que a substituição do conhecimento acumulado no cérebro pela palavra escrita tornaria a mente preguiçosa e prejudicaria a memória. O advento da imprensa de Guttenberg no século XV, suscitou prognósticos de que a facilidade de acesso aos livros promoveria a preguiça intelectual.(...)” Fonte: Veja 20 de Julho, 2011
Fonte: Veja 20 de Julho, 2011
“ CAUSA E EFEITO:  A  sede do Google, na Califórnia, e a neurocientista Maryanne Wolf: para ela, a informação instantânea faz com que hoje se leia ‘sem análise e sem crítica, o que dificulta a concentração quando ela é exigida’” Fonte: Veja 20 de Julho, 2011
“ (...) Em ato inédito, o governo do estado de Indiana desobrigou as escolas de ensinar a escrita cursiva (aquelas em que as letras são emendadas umas nas outras) e recomendou que elas passassem a dedicar-se mais à digitação em teclados de computador – (...)” “ (...) a escrita de próprio punho provoca uma atividade significativamente mais intensa que a da digitação na região dedicada ao processamento das informações armazenadas na memória (o córtex pré-frontal), o que tem a conexão direta com a elaboração e a expressão de idéias. (...)”  Fonte: Veja 27 de Julho, 2011
 
[object Object],[object Object]
Uma pessoa ( emissor ) tem uma idéia ( significado ) que pretende comunicar. Para tanto se vale de seu mecanismo vocal ( codificador ), que expressa sua mensagem em palavras. Essa mensagem, veiculada pelo ar ( canal ) é interpretada pela pessoa a quem se comunica ( receptor ), após sua decifração por seu mecanismo auditivo ( descodificador ). O receptor, após constatar que entendeu a mensagem ( compreensão ), esclarece a fonte acerca de seu entendimento ( regulamentação ).
  CUIDADO !!!    PNL (Programação Neurolinguística):  é a ciência que estuda a estrutura da experiência subjetiva. Por estrutura quero dizer  imagens, sons ou diálogo interno e sensações com que a pessoa cria com suas experiências internas e influencia seu comportamento externo.
[object Object],[object Object]
 

Mais conteúdo relacionado

Destaque

17 transporte e levantamento da vítima
17   transporte e levantamento da vítima17   transporte e levantamento da vítima
17 transporte e levantamento da vítima
jospa1960
 
Tecnicas de Bandagem - Socorro de Urgência
Tecnicas de Bandagem - Socorro de UrgênciaTecnicas de Bandagem - Socorro de Urgência
Tecnicas de Bandagem - Socorro de Urgência
Gizele Lopes
 
Cuidados De Enfermagem Em Uti Pediátrica
Cuidados De Enfermagem Em Uti PediátricaCuidados De Enfermagem Em Uti Pediátrica
Cuidados De Enfermagem Em Uti Pediátrica
Renato Bach
 
Aula CCIH/CTI
Aula CCIH/CTIAula CCIH/CTI
Aula CCIH/CTI
Rodrigo Biondi
 
Movimentação e transporte de vítimas de trauma
Movimentação e transporte  de vítimas de traumaMovimentação e transporte  de vítimas de trauma
Movimentação e transporte de vítimas de trauma
Denis Fernando Martins
 
Oxigenioterapia2
Oxigenioterapia2Oxigenioterapia2
Oxigenioterapia2
Alexandre Donha
 
Curso UTI adulto
Curso UTI adulto Curso UTI adulto
Curso UTI adulto
Quézia Barcelar
 
Praticas de imobilizações
Praticas de imobilizaçõesPraticas de imobilizações
Praticas de imobilizações
foconavida
 
MonitorizaçãO HemodinâMica
MonitorizaçãO HemodinâMicaMonitorizaçãO HemodinâMica
MonitorizaçãO HemodinâMica
galegoo
 
SedaçãO, Analgesia E SequêNcia RáPida De IntubaçãO Reduzido
SedaçãO, Analgesia E SequêNcia RáPida De IntubaçãO ReduzidoSedaçãO, Analgesia E SequêNcia RáPida De IntubaçãO Reduzido
SedaçãO, Analgesia E SequêNcia RáPida De IntubaçãO Reduzido
galegoo
 
Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências
 Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências
Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências
jaddy xavier
 
Relatórios de enfermegem
Relatórios de enfermegemRelatórios de enfermegem
Relatórios de enfermegem
joselene beatriz
 
Drogas vasoativas
Drogas vasoativasDrogas vasoativas
Drogas vasoativas
RLCR
 
Apostila completa uti
Apostila completa   utiApostila completa   uti
Apostila completa uti
Elisama Cruz
 
Evolução de UTI
Evolução de UTIEvolução de UTI
Evolução de UTI
Daniel Valente
 
4ª e 5ª aula imobiização
4ª e 5ª aula   imobiização4ª e 5ª aula   imobiização
4ª e 5ª aula imobiização
Prof Silvio Rosa
 
Exame fisico abdome
Exame fisico abdomeExame fisico abdome
Exame fisico abdome
Wesley Lima de Oliveira
 
Semiologia e Semiotécnica em Enfermagem
Semiologia e Semiotécnica em EnfermagemSemiologia e Semiotécnica em Enfermagem
Semiologia e Semiotécnica em Enfermagem
Marco Antonio
 
Aula Imobilizações
Aula ImobilizaçõesAula Imobilizações
Aula Imobilizações
Carlos Andrade
 

Destaque (19)

17 transporte e levantamento da vítima
17   transporte e levantamento da vítima17   transporte e levantamento da vítima
17 transporte e levantamento da vítima
 
Tecnicas de Bandagem - Socorro de Urgência
Tecnicas de Bandagem - Socorro de UrgênciaTecnicas de Bandagem - Socorro de Urgência
Tecnicas de Bandagem - Socorro de Urgência
 
Cuidados De Enfermagem Em Uti Pediátrica
Cuidados De Enfermagem Em Uti PediátricaCuidados De Enfermagem Em Uti Pediátrica
Cuidados De Enfermagem Em Uti Pediátrica
 
Aula CCIH/CTI
Aula CCIH/CTIAula CCIH/CTI
Aula CCIH/CTI
 
Movimentação e transporte de vítimas de trauma
Movimentação e transporte  de vítimas de traumaMovimentação e transporte  de vítimas de trauma
Movimentação e transporte de vítimas de trauma
 
Oxigenioterapia2
Oxigenioterapia2Oxigenioterapia2
Oxigenioterapia2
 
Curso UTI adulto
Curso UTI adulto Curso UTI adulto
Curso UTI adulto
 
Praticas de imobilizações
Praticas de imobilizaçõesPraticas de imobilizações
Praticas de imobilizações
 
MonitorizaçãO HemodinâMica
MonitorizaçãO HemodinâMicaMonitorizaçãO HemodinâMica
MonitorizaçãO HemodinâMica
 
SedaçãO, Analgesia E SequêNcia RáPida De IntubaçãO Reduzido
SedaçãO, Analgesia E SequêNcia RáPida De IntubaçãO ReduzidoSedaçãO, Analgesia E SequêNcia RáPida De IntubaçãO Reduzido
SedaçãO, Analgesia E SequêNcia RáPida De IntubaçãO Reduzido
 
Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências
 Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências
Medicamentos Utilizados em Urgências e Emergências
 
Relatórios de enfermegem
Relatórios de enfermegemRelatórios de enfermegem
Relatórios de enfermegem
 
Drogas vasoativas
Drogas vasoativasDrogas vasoativas
Drogas vasoativas
 
Apostila completa uti
Apostila completa   utiApostila completa   uti
Apostila completa uti
 
Evolução de UTI
Evolução de UTIEvolução de UTI
Evolução de UTI
 
4ª e 5ª aula imobiização
4ª e 5ª aula   imobiização4ª e 5ª aula   imobiização
4ª e 5ª aula imobiização
 
Exame fisico abdome
Exame fisico abdomeExame fisico abdome
Exame fisico abdome
 
Semiologia e Semiotécnica em Enfermagem
Semiologia e Semiotécnica em EnfermagemSemiologia e Semiotécnica em Enfermagem
Semiologia e Semiotécnica em Enfermagem
 
Aula Imobilizações
Aula ImobilizaçõesAula Imobilizações
Aula Imobilizações
 

Semelhante a Bate papo cti julho 2011

Guia practica sobre a utilizacao de antissepticos no cuidado das feridas
Guia practica sobre a utilizacao de antissepticos no cuidado das feridasGuia practica sobre a utilizacao de antissepticos no cuidado das feridas
Guia practica sobre a utilizacao de antissepticos no cuidado das feridas
GNEAUPP.
 
136 576-1-pb
136 576-1-pb136 576-1-pb
136 576-1-pb
Júlia Silva
 
Pythonbr6
Pythonbr6Pythonbr6
Pythonbr6
Pythonbr6Pythonbr6
EPIDEMIOLOGIA - Copia.pdf
EPIDEMIOLOGIA - Copia.pdfEPIDEMIOLOGIA - Copia.pdf
EPIDEMIOLOGIA - Copia.pdf
JooMarceloFerreiraBr
 
Apresentação Monografia
Apresentação MonografiaApresentação Monografia
Apresentação Monografia
Joélcio Pinto
 
Monografia: Iatrogenias em Unidade de Terapia Intencia
Monografia: Iatrogenias em Unidade de Terapia Intencia Monografia: Iatrogenias em Unidade de Terapia Intencia
Monografia: Iatrogenias em Unidade de Terapia Intencia
Eli Paula
 
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
Proqualis
 
Higienização das mãos
Higienização das mãosHigienização das mãos
Higienização das mãos
Luiz Jorge Mendonça
 
comunicando_noticias_dificeis
comunicando_noticias_dificeiscomunicando_noticias_dificeis
comunicando_noticias_dificeis
estrategiabrasileirinhos
 
A relação médico paciente na era da informatização (1)
A relação médico paciente na era da informatização (1)A relação médico paciente na era da informatização (1)
A relação médico paciente na era da informatização (1)
Carlos Frederico Almeida Rodrigues
 
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundialCoronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
Fernando Alcoforado
 
Gestao luvas
Gestao luvasGestao luvas
Gestao luvas
Lurdesmartins17
 
SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
SEGURANÇA DO PACIENTE.pptxSEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
simonezunega
 
Diz Jornal 218
Diz Jornal 218Diz Jornal 218
Diz Jornal 218
dizjornal jornal
 
Manual pediatria; Normas da ANVISA para controle de infecção hospitalar em Pe...
Manual pediatria; Normas da ANVISA para controle de infecção hospitalar em Pe...Manual pediatria; Normas da ANVISA para controle de infecção hospitalar em Pe...
Manual pediatria; Normas da ANVISA para controle de infecção hospitalar em Pe...
João Antônio Granzotti
 
O moderno movimento de segurança do paciente e o direito da saúde.
O moderno movimento de segurança do paciente e o direito da saúde.O moderno movimento de segurança do paciente e o direito da saúde.
O moderno movimento de segurança do paciente e o direito da saúde.
Guilherme Barcellos
 
XI Fórum Nacional Oncoguia - Folha de S.Paulo
XI Fórum Nacional Oncoguia - Folha de S.PauloXI Fórum Nacional Oncoguia - Folha de S.Paulo
XI Fórum Nacional Oncoguia - Folha de S.Paulo
Oncoguia
 
XI Fórum Nacional - Folha de S.Paulo
XI Fórum Nacional - Folha de S.PauloXI Fórum Nacional - Folha de S.Paulo
XI Fórum Nacional - Folha de S.Paulo
Francielle Oliveira
 
Câncer fatores de risco inca_ziraldo
Câncer fatores de risco inca_ziraldoCâncer fatores de risco inca_ziraldo
Câncer fatores de risco inca_ziraldo
Fernanda Luiza
 

Semelhante a Bate papo cti julho 2011 (20)

Guia practica sobre a utilizacao de antissepticos no cuidado das feridas
Guia practica sobre a utilizacao de antissepticos no cuidado das feridasGuia practica sobre a utilizacao de antissepticos no cuidado das feridas
Guia practica sobre a utilizacao de antissepticos no cuidado das feridas
 
136 576-1-pb
136 576-1-pb136 576-1-pb
136 576-1-pb
 
Pythonbr6
Pythonbr6Pythonbr6
Pythonbr6
 
Pythonbr6
Pythonbr6Pythonbr6
Pythonbr6
 
EPIDEMIOLOGIA - Copia.pdf
EPIDEMIOLOGIA - Copia.pdfEPIDEMIOLOGIA - Copia.pdf
EPIDEMIOLOGIA - Copia.pdf
 
Apresentação Monografia
Apresentação MonografiaApresentação Monografia
Apresentação Monografia
 
Monografia: Iatrogenias em Unidade de Terapia Intencia
Monografia: Iatrogenias em Unidade de Terapia Intencia Monografia: Iatrogenias em Unidade de Terapia Intencia
Monografia: Iatrogenias em Unidade de Terapia Intencia
 
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
Aula - A comunicação no contexto da pandemia de Covid-19
 
Higienização das mãos
Higienização das mãosHigienização das mãos
Higienização das mãos
 
comunicando_noticias_dificeis
comunicando_noticias_dificeiscomunicando_noticias_dificeis
comunicando_noticias_dificeis
 
A relação médico paciente na era da informatização (1)
A relação médico paciente na era da informatização (1)A relação médico paciente na era da informatização (1)
A relação médico paciente na era da informatização (1)
 
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundialCoronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
 
Gestao luvas
Gestao luvasGestao luvas
Gestao luvas
 
SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
SEGURANÇA DO PACIENTE.pptxSEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
 
Diz Jornal 218
Diz Jornal 218Diz Jornal 218
Diz Jornal 218
 
Manual pediatria; Normas da ANVISA para controle de infecção hospitalar em Pe...
Manual pediatria; Normas da ANVISA para controle de infecção hospitalar em Pe...Manual pediatria; Normas da ANVISA para controle de infecção hospitalar em Pe...
Manual pediatria; Normas da ANVISA para controle de infecção hospitalar em Pe...
 
O moderno movimento de segurança do paciente e o direito da saúde.
O moderno movimento de segurança do paciente e o direito da saúde.O moderno movimento de segurança do paciente e o direito da saúde.
O moderno movimento de segurança do paciente e o direito da saúde.
 
XI Fórum Nacional Oncoguia - Folha de S.Paulo
XI Fórum Nacional Oncoguia - Folha de S.PauloXI Fórum Nacional Oncoguia - Folha de S.Paulo
XI Fórum Nacional Oncoguia - Folha de S.Paulo
 
XI Fórum Nacional - Folha de S.Paulo
XI Fórum Nacional - Folha de S.PauloXI Fórum Nacional - Folha de S.Paulo
XI Fórum Nacional - Folha de S.Paulo
 
Câncer fatores de risco inca_ziraldo
Câncer fatores de risco inca_ziraldoCâncer fatores de risco inca_ziraldo
Câncer fatores de risco inca_ziraldo
 

Mais de ctisaolucascopacabana

Mercredi intensif 27 fevereiro 2013
Mercredi intensif 27 fevereiro 2013Mercredi intensif 27 fevereiro 2013
Mercredi intensif 27 fevereiro 2013
ctisaolucascopacabana
 
Caso clinico
Caso clinicoCaso clinico
Caso clinico
ctisaolucascopacabana
 
Qual é o seu diagnostico 2
Qual é o seu diagnostico 2Qual é o seu diagnostico 2
Qual é o seu diagnostico 2
ctisaolucascopacabana
 
Sessão clínica do cti hsl 2 06
Sessão clínica do  cti hsl   2 06Sessão clínica do  cti hsl   2 06
Sessão clínica do cti hsl 2 06
ctisaolucascopacabana
 
Emergências oncologias
Emergências oncologiasEmergências oncologias
Emergências oncologias
ctisaolucascopacabana
 
O que temos feito para prevenir e tratar[1]
O que temos feito para prevenir e tratar[1]O que temos feito para prevenir e tratar[1]
O que temos feito para prevenir e tratar[1]
ctisaolucascopacabana
 
Scr bild
Scr bildScr bild
Monitorização neurologica
Monitorização neurologicaMonitorização neurologica
Monitorização neurologica
ctisaolucascopacabana
 
Ultrassonografia na uti
Ultrassonografia na utiUltrassonografia na uti
Ultrassonografia na uti
ctisaolucascopacabana
 
Sessão clinica
Sessão clinicaSessão clinica
Sessão clinica
ctisaolucascopacabana
 
Emergências oncologias
Emergências oncologiasEmergências oncologias
Emergências oncologias
ctisaolucascopacabana
 
Iv curso teórico prático - monitorização neurológica avançada
Iv curso teórico prático - monitorização neurológica avançadaIv curso teórico prático - monitorização neurológica avançada
Iv curso teórico prático - monitorização neurológica avançada
ctisaolucascopacabana
 
Sessão trale
Sessão traleSessão trale
Sessão trale
ctisaolucascopacabana
 
Medicina transfusional _-_cti[1]
Medicina transfusional _-_cti[1]Medicina transfusional _-_cti[1]
Medicina transfusional _-_cti[1]
ctisaolucascopacabana
 
Ruptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectadoRuptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectado
ctisaolucascopacabana
 
Ruptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectadoRuptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectado
ctisaolucascopacabana
 
Ruptura de cisto hepático infectado para congresso
Ruptura de cisto hepático infectado para congressoRuptura de cisto hepático infectado para congresso
Ruptura de cisto hepático infectado para congresso
ctisaolucascopacabana
 
Sedação e analgesia e delirio
Sedação e analgesia e delirioSedação e analgesia e delirio
Sedação e analgesia e delirio
ctisaolucascopacabana
 
Ruptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectadoRuptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectado
ctisaolucascopacabana
 
Sedação e analgesia e delirio
Sedação e analgesia e delirioSedação e analgesia e delirio
Sedação e analgesia e delirio
ctisaolucascopacabana
 

Mais de ctisaolucascopacabana (20)

Mercredi intensif 27 fevereiro 2013
Mercredi intensif 27 fevereiro 2013Mercredi intensif 27 fevereiro 2013
Mercredi intensif 27 fevereiro 2013
 
Caso clinico
Caso clinicoCaso clinico
Caso clinico
 
Qual é o seu diagnostico 2
Qual é o seu diagnostico 2Qual é o seu diagnostico 2
Qual é o seu diagnostico 2
 
Sessão clínica do cti hsl 2 06
Sessão clínica do  cti hsl   2 06Sessão clínica do  cti hsl   2 06
Sessão clínica do cti hsl 2 06
 
Emergências oncologias
Emergências oncologiasEmergências oncologias
Emergências oncologias
 
O que temos feito para prevenir e tratar[1]
O que temos feito para prevenir e tratar[1]O que temos feito para prevenir e tratar[1]
O que temos feito para prevenir e tratar[1]
 
Scr bild
Scr bildScr bild
Scr bild
 
Monitorização neurologica
Monitorização neurologicaMonitorização neurologica
Monitorização neurologica
 
Ultrassonografia na uti
Ultrassonografia na utiUltrassonografia na uti
Ultrassonografia na uti
 
Sessão clinica
Sessão clinicaSessão clinica
Sessão clinica
 
Emergências oncologias
Emergências oncologiasEmergências oncologias
Emergências oncologias
 
Iv curso teórico prático - monitorização neurológica avançada
Iv curso teórico prático - monitorização neurológica avançadaIv curso teórico prático - monitorização neurológica avançada
Iv curso teórico prático - monitorização neurológica avançada
 
Sessão trale
Sessão traleSessão trale
Sessão trale
 
Medicina transfusional _-_cti[1]
Medicina transfusional _-_cti[1]Medicina transfusional _-_cti[1]
Medicina transfusional _-_cti[1]
 
Ruptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectadoRuptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectado
 
Ruptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectadoRuptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectado
 
Ruptura de cisto hepático infectado para congresso
Ruptura de cisto hepático infectado para congressoRuptura de cisto hepático infectado para congresso
Ruptura de cisto hepático infectado para congresso
 
Sedação e analgesia e delirio
Sedação e analgesia e delirioSedação e analgesia e delirio
Sedação e analgesia e delirio
 
Ruptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectadoRuptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectado
 
Sedação e analgesia e delirio
Sedação e analgesia e delirioSedação e analgesia e delirio
Sedação e analgesia e delirio
 

Bate papo cti julho 2011

  • 1.  
  • 2. Equipe CTI CEO Interno – JULHO/2011 Análise de MAIO/JUNHO
  • 3. Índice de satisfação do cliente Meta: Muito Bom (≥ 1,70)
  • 4. Taxa de Ocupação Meta: ≥96%
  • 5. Tempo médio de Permanência Meta: 3-4
  • 7. Úlceras novas por pressão Meta: < 0,5
  • 8. Taxas de infecção – PAV CTI 1º ANDAR Meta 2010: (19,1 CASOS/1000) Meta 2011: (17,9 CASOS/1000)
  • 9. Taxas de infecção – ICS CTI 1º ANDAR Meta 2010: (12,3 CASOS/1000) Meta 2011: (10,8 CASOS/1000)
  • 10. Taxas de infecção – CVD CTI 1ºANDAR Meta: 8,3 CASOS/1000) Meta: 2,7 CASOS/1000)
  • 11. CTI 2º ANDAR NENHUM CASO DE INFECÇÃO REGISTRADO EM MAIO
  • 12. Taxas de infecção – PAV CTI 2º ANDAR Meta 2010: (26,4 CASOS/1000) Meta 2011:( 27,2 CASOS/1000)
  • 13. Taxas de infecção – ICS CTI 2º ANDAR Meta 2010: 8,3 CASOS/1000) Meta 2011: 0 CASOS/1000)
  • 14. Taxas de infecção – CVD CTI 2º ANDAR Meta 2010: 6,6 CASOS/1000) Meta: 2011: 3,5 CASOS/100)
  • 15. Taxas de infecção – PAV CTI 4º ANDAR Meta 2010: 17,8CASOS/1000) Meta 2011: 12,4 CASOS/1000)
  • 16. Taxas de infecção – ICS CTI 4º ANDAR Meta 2010: 13,6CASOS/1000) Meta 2011: 13,1 CASOS/1000)
  • 17. Taxas de infecção – CVD 4º ANDAR Meta 2010: 11,8 CASOS/1000) Meta2011: ZERO
  • 18. Taxas de infecção – PAV CTI 5º ANDAR Meta 2010: 21,9CASOS/1000) Meta 2011: 14,0 CASOS/1000)
  • 19. Taxas de infecção – ICS CTI 5º ANDAR Meta 2010: 16,9 CASOS/1000 Meta 2011: 14,2 CASOS/1000
  • 20. Taxas de infecção – CVD 5º ANDAR Meta 2010: 3,8 CASOS/1000) Meta 2011: 4,1 CASOS/1000)
  • 21. Eventos Adversos Meta: Zero MAIO 25 NOTIFICAÇÕES Eventos adversos: 18 Eventos sentinelas: 0 Anomalias: 7 JUNHO 81 NOTIFICAÇÕES Eventos adversos: 41 Eventos sentinelas: 0 Anomalias: 40
  • 22. Fonte: O Globo, 21 de Julho de 2011. “ Milhões de pessoas morrem todo ano vítimas de erros médicos e infecções contraídas durante tratamentos, o que faz com que ir para o hospital seja mais arriscado que voar de avião, (...), as chances de morrer devido a erros enquanto está aos cuidados de uma instituição hospitalar é de uma em 300. Já as fatalidades em acidentes aéreos são de uma em cada 10 milhões de passageiros.” “ De acordo come ele, mais de 50 % das centenas de milhões de infecções hospitalares registrados todos anos poderiam ser prevenidas se os profissionais de saúde apenas lavassem as mãos com água e sabão ou álcool antes de lidar com os pacientes. Além disso, de cada cem pessoas hospitalizadas, sete nos países desenvolvidos e dez nos em desenvolvimento contrairão pelo menos uma infecção associada ao ambiente hospitalar.”
  • 23. “ - E, quanto mais tempo o paciente ficar em um centro de terapia intensiva, maior é esse risco – destaca Donaldson. – Os hospitais são um negócio arriscado porque inevitavelmente as pessoas estão doentes e os tratamentos modernos são feitos em um ritmo acelerado, num ambiente de alta pressão, envolvendo muitas tecnologias complexas e muitos profissionais.” “ - As infecções são um grande problema, ferimentos após quedas nos hospitais são um grande problema e também há problemas em menos escala que resultam em mortes que poderiam ser prevenidas – enumera Donaldson. – Francamente, se fosse sofrer uma operação amanhã, nunca iria para um hospital que não seguisse padrões básicos nos procedimentos, por não considerá-lo seguro.” Fonte: O Globo, 21 de Julho de 2011.
  • 24. Riscos Assistenciais Ação:iniciado trabalho de grupo para análise de causa e efeito e tratamento. Reunião semanal 2ª feiras a tarde e 4ª feiras noite..
  • 25. Vamos falar de comunicação?
  • 26.  
  • 28.
  • 29. “ (...) Na Grécia antiga, Sócrates lamentou a popularização da escrita. Ele defendia a tese de que a substituição do conhecimento acumulado no cérebro pela palavra escrita tornaria a mente preguiçosa e prejudicaria a memória. O advento da imprensa de Guttenberg no século XV, suscitou prognósticos de que a facilidade de acesso aos livros promoveria a preguiça intelectual.(...)” Fonte: Veja 20 de Julho, 2011
  • 30. Fonte: Veja 20 de Julho, 2011
  • 31. “ CAUSA E EFEITO: A sede do Google, na Califórnia, e a neurocientista Maryanne Wolf: para ela, a informação instantânea faz com que hoje se leia ‘sem análise e sem crítica, o que dificulta a concentração quando ela é exigida’” Fonte: Veja 20 de Julho, 2011
  • 32. “ (...) Em ato inédito, o governo do estado de Indiana desobrigou as escolas de ensinar a escrita cursiva (aquelas em que as letras são emendadas umas nas outras) e recomendou que elas passassem a dedicar-se mais à digitação em teclados de computador – (...)” “ (...) a escrita de próprio punho provoca uma atividade significativamente mais intensa que a da digitação na região dedicada ao processamento das informações armazenadas na memória (o córtex pré-frontal), o que tem a conexão direta com a elaboração e a expressão de idéias. (...)” Fonte: Veja 27 de Julho, 2011
  • 33.  
  • 34.
  • 35. Uma pessoa ( emissor ) tem uma idéia ( significado ) que pretende comunicar. Para tanto se vale de seu mecanismo vocal ( codificador ), que expressa sua mensagem em palavras. Essa mensagem, veiculada pelo ar ( canal ) é interpretada pela pessoa a quem se comunica ( receptor ), após sua decifração por seu mecanismo auditivo ( descodificador ). O receptor, após constatar que entendeu a mensagem ( compreensão ), esclarece a fonte acerca de seu entendimento ( regulamentação ).
  • 36. CUIDADO !!! PNL (Programação Neurolinguística): é a ciência que estuda a estrutura da experiência subjetiva. Por estrutura quero dizer  imagens, sons ou diálogo interno e sensações com que a pessoa cria com suas experiências internas e influencia seu comportamento externo.
  • 37.
  • 38.