SlideShare uma empresa Scribd logo
EMEF GUILHERME DE ALMEIDA
AVALIAÇÃO SEMESTRAL UNIFICADA
2o
SEMESTRE - 2016
6 ° ano ___
NOME _____________________________ no
___
ORIENTAÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA
1. Verifique se este caderno corresponde à sua turma e se contém
questões numeradas de 1 a 80
2. Coloque seu nome e número no caderno de questões e na folha
do gabarito.
3. Você terá três horas para realizar esta avaliação, com
permanência obrigatória de uma hora.
4. Leia com atenção todas as questões e assinale apenas uma
das alternativas. Passe a seguir, as respostas para o gabarito.
5. Utilize caneta esferográfica azul ou preta ao passar as
respostas para o gabarito.
6. O gabarito não poderá conter emendas ou rasuras.
PORTUGUÊS
Leia, atentamente, o seguinte texto e responda as questões 1, 2, 3, 4 e 5.
O CEGO E O DINHEIRO ENTERRADO
Um cego muito econômico guardava suas moedas em casa e, temendo os ladrões, resolveu esconder seu tesouro
no quintal. Cavou um buraco ao pé de uma árvore, debaixo da raiz, e deixou seu dinheiro bem disfarçado.
Sucedeu que um seu vizinho, vendo-o ir tão cedo para o fundo do quintal, acompanhou-o, descobrindo o segredo.
Quando anoiteceu, voltou à árvore e furtou todo o dinheiro que o cego enterrara.
Pela manhã, o dono veio, tateando, verificou ter sido roubado. Como não resolvia chorar ou queixar-se, fingiu não
ter sido visitado pelo ladrão e começou a pensar em uma forma de readquirir seu dinheiro sem barulhos.
Foi procurar seu vizinho e lhe falou, por aqui assim: “vizinho, nesse tempo ninguém pode ter confiança senão em
si mesmo, apesar dos dentes morderem a língua e ambos viverem juntos. Juntei minhas economias e escondi num pé de
árvore no meu quintal, pensando ser lugar bem seguro. Acabo de receber um dinheiro que emprestara e vim pedir
conselho a você. Guardo tudo junto ou levo esse dinheiro para a cidade?”
O vizinho pensou logo em pegar todo o dinheiro do cego e aconselhou-o que deixasse tudo junto, no mesmo canto
já antigo.
E logo que escureceu, correu e foi levar o que tirara na noite anterior, para o cego não desconfiar. Cobriu tudo de
areia, alisou, e retirou-se. Mais tarde, o cego procurou o cantinho velho tomou posse do seu dinheiro ali restituído pelo
vizinho que sonhava ficar com tudo.
E quando o ladrão voltou, encontrou apenas um buraco oco, sem um níquel sequer.
(LUÍS DA CÂMARA CASCUDO. Contos Tradicionais do Brasil.)
01. O vizinho suspeitou do segredo porque o cego:
a) era muito econômico e por isso devia ter muito dinheiro.
b) não conseguiu eliminar, ao pé da árvore, os sinais de escavação.
c) foi ao fundo do quintal muito cedo, em horário não costumeiro.
d) não deixou o dinheiro escondido bem disfarçado.
02. Dizendo que recebera mais dinheiro, o cego queria despertar no vizinho:
a) ambição b) inveja c) caridade d) esperança
03. A história conta que um cego:
a) não se deixou furtar porque escondeu seu tesouro ao pé de uma árvore.
b) recobrou seu tesouro, furtado pelo vizinho, graças à ingenuidade deste.
c) recobrou seu dinheiro, furtado pelo vizinho, graças à solidariedade deste.
d) juntou um dinheiro que emprestara e suas economias e foi pedir um conselho ao vizinho.
04. Qual destes provérbios melhor se aplica ao ladrão do texto?
a) “Tristezas não pagam dívidas.”
b) “Dinheiro não traz felicidade para ninguém.”
c) “Quem muito quer, tudo perde.”
d) “O pior cego é aquele que não quer enxergar.”
05. No texto, NÍQUEL significa:
a) dinheiro, moeda
b) elemento químico (metal)
c) pequena pá utilizada para fazer buracos
d) um pé de árvore
06. Assinale a única alternativa CORRETA quanto ao DIMINUTIVO PLURAL dos seguintes substantivos: ladrão –
caminhão – cão – pão
a) ladrãozinhos – caminhõezinhos – cãozinhos – pãezinhos
b) ladrõezinhos – caminhãozinhos – cãezinhos – pãozinhos
c) ladrõezinhos – caminhãozinho – cãezinhos – pãozinho
d) ladrõezinhos – caminhõezinhos – cãezinhos – pãezinhos
07. Qual das alternativas preenche corretamente as lacunas das frases com o FEMININO dos substantivos vindos entre
parênteses.
“Minha _____________ (genro) é uma famosa ____________ (ator) de novela, e sua irmã é uma
excelente_____________ (poeta).”
a) genra – atora – poeta b) nora – atora – poeta
c) nora – atriz – poetiza d) nora – atriz – poetisa
08. Assinale a única alternativa onde todos os substantivos são FEMININOS:
a) champanha – guaraná – dó – telefonema
b) cal – dinamite – faringe – comichão
c) ferrugem – eclipse – champanha – ênfase
d) dó – grama – cataplasma – moral
09. O FEMININO de elefante é:
a) elefanta b) elefoa c) mamuta d) aliá
10. Leia este poema:
Plim-plim
Cheguei em casa com a cabeça
Cheia de grilos.
Mas não deu no jornal nacional
E a família não ficou sabendo.
(Ulisses Tavares)
Agora assinale a alternativa CORRETA. Nesse poema, os grupos de letras: -EI, -EU, -IA, -OU são denominados:
a) hiatos b) encontros consonantais c) ditongos d) tritongos
ARTES
11. A arte é fiel testemunha da história construída pelo ser humano. Ao esculpir, pintar e desenhar, um artista retrata a sua
realidade. Os acontecimentos políticos, econômicos e sociais influenciam a sua criação. Atualmente também podem criar
uma obra expressando seus sentimentos e ideias.
Muitos artistas fazem uma arte que chamamos de abstrata, arte que não tem compromisso de retratar a realidade, para
este tipo de arte o que importa:
a) são os retratos de pessoas c) é apenas ocupar o espaço
b) é mostrar seus pensamentos livremente d) usar formas geométricas sem qualquer sentido
12.Observe a imagem e responda
a) a obra é uma gravura
b) é um mosaico
c) é uma pintura
d) é um desenho
13. Assinale a alternativa incorreta:
a) As pinturas abstratas não narram necessariamente uma cena histórica, literária, mitológica ou religiosa.
b) A pintura abstrata representa a realidade.
c) O mosaico pode ser figurativo, abstrato, geométrico.
d) Uma escultura, assim como qualquer objeto tridimensional, pode ser simétrica ou assimétrica.
14. Na linguagem das histórias em quadrinhos encontramos vários recursos gráficos que nos fazem compreender melhor
os sentimentos, sensações das personagens. O recurso que encontramos nessa tirinha:
a) Narrativas e explicações de cada fala
b) Numeração para compreender a sequência
dos quadrinhos
c) Balão de fala
d) onomatopeias
15. Técnica que consiste na colocação de pequenos fragmentos de pedras, como mármore, ou granito, pedras, pastilhas
de vidro e outros materiais, sobre qualquer superfície, formando uma determinada figura. A esta técnica damos o nome de:
a) gravura c) escultura
b) pintura com relevo d) mosaico
16. Sobre o artista Rubem Valentim e suas obras é correto afirmar que:
I. suas obras são inspiradas na música brasileira
II. é simétrica e com inspiração na cultura e religião afro-brasileira
III. é figurativa e assimétrica
IV. é formada por linhas retas e formas geométricas
a) I e II b) II e IV c) III e I d) IV e I
17. A palavra perspectiva tem muitos significados, pode ser uma sensação esperançosa, uma expetativa, aquilo que se
percebe externamente, um modo como se concebe ou se analisa uma situação especifica, mas em arte perspectiva quer
dizer:
a) um espaço arquitetônico
b) a reprodução de um desenho
c) a representação de algo tridimensional
d) a interpretação de uma obra de arte
18. Quando escrevemos detalhadamente tudo que vemos em uma obra de arte estamos fazendo:
a) uma releitura c) descrevendo a obra
b) uma interação com a obra d) interpretando uma obra de arte
19. As cores transmitem sensações e emoções. As cores que dão a ideia de frio e solidão são:
a) azul, roxo e lilás c) verde claro, verde escuro e preto
b) roxo, lilás e preto d) roxo, azul e verde
20. Esta obra figurativa é:
a) paisagem
b) pintura histórica
c) natureza morta
d) retrato
EDUCAÇÃO FÍSICA
21. Em nossas aulas, por diversas vezes, tratamos o esporte com variações de
práticas esportivas. Com o Handebol, temos a possibilidade de
experimentarmos novos desafios e sensações, além de proporcionar a
participação:
a) de um número de jogadores para cada lado.
b) coletiva e solucionarmos os conflitos gerados no coletivo
c) coletiva e solucionarmos os conflitos gerados nas habilidades motoras.
d) individual e solucionarmos os conflitos gerados no coletivo.
22. De acordo com as práticas do handebol, vimos que para ocorrer o jogo precisamos no espaço de uma quadra nos
deslocarmos para formar:
a) defesa e barreira c) defesa, passes e ataque
b) barreira e arremesso d) passes e ataque
23. Leia as afirmações e assinale a alternativa que complete corretamente as lacunas.
I - _________ é um jogo pré – desportivo onde só podemos marcar gols utilizando a cabeça.
II - ________ é um jogo onde quem for queimado deverá sentar-se no mesmo local da quadra em que foi atingido pela
bola.
III - ________ é jogado com os pés e o jogador se desloca conduzindo ou tocando a bola com qualquer parte do corpo,
exceto com as mãos.
IV - ________ é um jogo de duas equipes sendo que para pontuar, é necessário atravessar o campo adversário sem ser
pego e “roubar” a bandeira retornando para o seu campo também sem ser pego.
a) futsal, “ameba”, “cabeçobol”, “rouba – bandeira”
b) “ameba”, “cabeçobol”, futsal e “rouba – bandeira”
c) “cabeçobol”, “ameba”, futsal e “rouba – bandeira”
d) “birabol”, futsal, “ameba” e “rouba – bandeira
24. De acordo com as orientações dadas pelo professor, assinale a alternativa que descreva a importância da roupa e do
calçado adequado para as aulas.
a) A roupa leve facilita o movimento e o calçado poderá ajudar no controle da temperatura do corpo.
b) A roupa adequada facilita o movimento, contribui para o controle da temperatura do corpo e o caçado para não
escorregar.
c) A roupa leve dificulta o salto e o calçado poderá ser que ajude no controle da temperatura do corpo.
d) A roupa adequada serve para termos boa aparência nas atividades.
REFLEXÃO...
“A função da escola é adequar as pessoas às convenções sociais conservadoras, inclusive aos seus preconceitos, ou para
dar a elas condições de participar das transformações necessárias? Defender a ideia de que meninos e meninas podem
participar das mesmas atividades não quer dizer que não reconheçamos as diferenças entre um e outro sexo. Claro que
elas existem, especialmente biológicas. Porém, essas, como outras que possam existir, como as psicológicas, não devem
impedir atividades ou serem discriminativas.
25. De acordo com nossas aulas de brincadeiras populares, podemos afirmar:
a) Meninos e meninas devem praticar esportes específicos para cada gênero.
b) Não existem esportes específicos para cada gênero, cada indivíduo tem o direito de participar do que mais lhe agrada.
c) Dentro da quadra, o esporte é masculino e fora será com corda, uma brincadeira de meninas.
d) Meninos praticam brincadeiras de meninos e meninas ficam sem participar.
IMPORTANTE LEMBRAR...
“Não basta aprender a técnica dos movimentos ou só as habilidades físicas, é preciso ir além, é preciso saber por que
realizar este ou aquele movimento, quais atitudes devemos ter nas atividades corporais, aprender quais os benefícios de
tais práticas e quais valores sociais estão por trás de tais práticas.”
26. Diante do exposto, assinale a alternativa que corresponda aos objetivos da Educação Física.
a) Integra o aluno na cultura corporal em benefício da cidadania e da melhoria da qualidade de vida.
b) Ensina somente as quatro modalidades principais (voleibol, basquete, handebol e futebol).
c) Deve desenvolver somente a parte social e cultural, não necessitando trabalhar o desenvolvimento motor.
d) Deve desenvolver somente as capacidades físicas dos alunos, como força, flexibilidade, velocidade, entre outras.
27. Hoje a maioria das pessoas sabe da importância de fazer alongamentos antes e depois das atividades físicas. Os
alongamentos aumentam ou mantêm a flexibilidade dos músculos, preparando-os e "aquecendo-os" antes da atividade
física e eliminam a tensão, depois dos exercícios. São especialmente importantes no caso de pessoas que correm, andam
de bicicleta, nadam, jogam tênis ou fazem outros exercícios desgastantes, pois atividades como estas promovem tensões e
inflexibilidade. Além disso, os alongamentos evitam muitas lesões, como distensões, inflamações etc.
Podemos portanto, concluir que os benefícios do alongamento são:
a) a prevenção de lesões.
b) a ativação a circulação.
c) o auxílio no aquecimento, à medida que eleva a temperatura do corpo.
d) a diminuição da flexibilidade muscular evitando distensões.
O Atletismo conta a história esportiva no homem no Planeta. É chamado de esporte-base,
porque sua prática corresponde a movimentos naturais (correr, lançar e saltar) do ser
humano. Não por acaso, a primeira competição esportiva de que se tem notícia foi uma
corrida, nos Jogos de 776 A.C., na cidade de Olímpia, na Grécia, que deram origem às
Olimpíadas. A prova, chamada pelos gregos de "stadium", tinha cerca de 200 metros e o
vencedor, Coroebus, é considerado o primeiro campeão olímpico da história.
Na moderna definição, o Atletismo é um esporte com provas de pista, de campo, provas
combinadas, como decatlo e heptatlo, o pedestrianismo, corridas em campo, corridas em
montanha, e marcha atlética.
28. De acordo com o texto, o Atletismo é chamado de esporte base, porque é o esporte que corresponde aos movimentos
naturais do homem, que são:
a) saltar, lançar e correr. c) saltar, lançar e caminhar.
b) saltar, lançar e pular. d) saltar, correr e jogar.
Em 1948, Ludwig Guttman organizou uma competição esportiva que envolvia veteranos
da Segunda Guerra Mundial com lesão na medula espinhal. O evento foi realizado em
Stoke Mandeville, na Inglaterra. Quatro anos mais tarde, competidores da Holanda
uniram-se aos jogos e, assim, nasceu um movimento internacional. Este fez com que
jogos no estilo olímpico, para atletas deficientes, fossem organizados pela primeira vez
em Roma, em 1960.
Em Toronto, 16 anos depois, foram adicionados na competição outros grupos de
pessoas com deficiência. A partir daí, surgiu a ideia de fundir estes diferentes atletas
em um grande torneio esportivo internacional. Naquele mesmo ano, 1976, a Suécia
organizou os primeiros Jogos Paralímpicos de Inverno.
Hoje, os Jogos Paralímpicos são um evento de esporte de alto rendimento para atletas
deficientes. Apesar disso, os Jogos enfatizam mais as conquistas do que as
deficiências dos participantes. O movimento tem crescido de maneira significante desde
os primeiros dias. Quatrocentos atletas participaram dos Jogos Paralímpicos de Verão
de Roma, em 1960. Nos Jogos de Pequim, em 2008, foram 3.951 atletas, de 146
países.
Os Jogos Paralímpicos têm sido sempre realizados no mesmo ano dos Jogos Olímpicos. Desde os Jogos de Seul, em
1988, também têm sido sediados no mesmo local. Em 19 de junho de 2001, foi assinado um acordo entre o Comitê
Olímpico Internacional (COI) e o Comitê Paralímpico Internacional (IPC) que assegura esta prática para o futuro.
Desde o processo de escolha para os Jogos de 2012, a cidade-sede escolhida também é obrigada a acolher os Jogos
Paralímpicos. Londres, no Reino Unido, sediou os últimos Jogos Paralímpicos de Verão, em 2012.
De acordo com o texto acima, responda as questões (29 e 30)
29. Assinale a alternativa que corresponda ao ano em que foram organizados os
primeiros Jogos Paralímpicos.
a) 1984 c) 1960
b) 1948 d) 1976
30.os Jogos Paraolímpicos, passaram a ser sediados no mesmo local desde:
a) 1948 c) 1988
b) 1984 d) 1888
HISTÓRIA
31. No Antigo Testamento, o episódio do Êxodos conta que os judeus, escravizados no Egito, teriam conseguido fugir da
terra estrangeira, retornando à sua terra de origem, Canaã, sob a liderança de:
a) Jesus b) Moisés c) Jeová d) Maria
32. Qual é a principal fonte histórica para os estudos do povo hebreu?
a) O Alcorão b) O livro dos gregos c) a Bíblia Sagrada d) Torá
33. Os judeus tem algumas tradições que assemelham-se a dos cristãos, como a celebração da Páscoa. Por outro lado,
eles mantiveram rituais próprios, como aquele no qual o rapaz passa para a idade adulta. Qual o nome da festa que celebra
este momento?
a) Carnaval b) Pentecostes c) Bar Mitzvah d) Crisma
34. A bandeira abaixo representa a atual terra dos judeus, que foi estabelecida como um estado após a Segunda Guerra
Mundial. Este território chama-se:
a) Síria
b) Marrocos
c) EUA
d) Israel
35. “Os fenícios foram a primeira sociedade a fazer uso extenso, a nível estatal, do _________. Este era tido como o
ancestral de todos os ____________ modernos, embora não representasse as vogais (que foram adicionadas mais tarde
pelos gregos).
A palavra que preenche corretamente as lacunas é:
a) prato(s) b) vestuário(s) c) alfabeto(s) d) religião(ões)
36. “Os barcos eram equipados com velas e proas de madeira onde, geralmente, havia a representação da cabeça de um
cavalo. As mercadorias negociadas eram todas estocadas no porão dos navios e protegidas em grandes vasos de argila
preenchidos com areia. Dessa maneira, os fenícios conseguiam preservar as mercadoria e minimizar as perdas materiais
ocorridas durante o transporte.”
O trecho acima mostra qual importante característica do comércio fenício?
a) Baixa produção agrícola
b) Organização militar frágil
c) Forte presença marítima
d) Sociedade liderada por mulheres
37. Segundo o mapa, qual dos mares abaixo NÃO tem ligação com a história fenícia?
a) Adriático b) Mediterrâneo c) Morto d) Egeu
38. O primeiro rei que destacou-se entre os persas permaneceu mais de vinte anos no poder, tempo em que promoveu a
expansão do Império e começou uma espécie de “política ecumênica” e tolerante que se caracterizava pelo respeito às
culturas dos povos conquistados, sem imposição de crenças ou de hábitos. Este rei era:
a) Cambises b) Nabucodonosor c) Ciro d) Nero
Observe o mapa e responda as questões 9 e 10:
39. Além de Pasárgada, quais cidades faziam parte da Pérsia Primitiva?
a) Persépolis b) Nínive c) Damasco c) Tiro
40. A estrada real construída por Dario I NÃO passava por:
a) Persépolis b) Nínive c) Damasco c) Tiro
GEOGRAFIA
41. O homem consegue viajar pelo espaço de fora da Terra, mas ainda não conseguiu viajar para o interior da Terra,
devido às altas temperaturas. Mas já descobriu, através de diversas análises geológicas, o seu interior.
Comparando a forma de um pêssego com a da Terra, quais são as camadas do interior da Terra, imaginando o caroço, a
polpa e a casca do pêssego.
a) caroço – litosfera; polpa – manto; casca – núcleo
b) caroço – núcleo; polpa – manto; casca – litosfera
c) caroço – manto; polpa – hidrosfera; casca – litosfera
d) caroço – manto; polpa – núcleo; casca – litosfera
42. “As ______________, também conhecidas como rochas magmáticas, são formadas pela solidificação (cristalização) de
um magma, que é um líquido com alta temperatura, em torno de 700 a 1200ºC, proveniente do interior da Terra. Podem
conter jazidas de vários metais (p. ex. ouro, platina, cobre, estanho) e trazem à superfície do planeta importantes
informações sobre as regiões profundas da crosta e do manto terrestre”.
Assinale a alternativa que completa a lacuna do texto acima:
a) rochas Sedimentares
b) rochas Metamórficas
c) rochas Ígneas
d) cadeias de Montanhas
43. O processo de transformação das rochas preexistentes formou as chamadas Rochas Metamórficas. Sobre esse
processo, também chamado de metamorfização, é correto afirmar que:
a) É oriundo exclusivamente de regiões oceânicas.
b) Só atua em rochas magmáticas.
c) Só pode ocorrer após o processo de sedimentação das rochas.
d) Ocorre somente em locais de alta pressão e com temperaturas elevadas.
44. O intemperismo é um tipo de agente de transformação de relevo caracterizado por atuar através de processos
químicos, físicos e biológicos, transformando as rochas. O tipo de rocha formada pela ação do intemperismo é a:
a) ígnea b) sedimentar c) metamórfica d) intrusiva
45. Sobre as rochas que compõem a crosta terrestre, assinale a alternativa correta.
a) As rochas sedimentares formaram-se pelo resfriamento e pela solidificação de minerais da crosta terrestre, isto é, o
magma.
b) As rochas metamórficas formaram-se a partir das transformações sofridas pelas rochas magmáticas e sedimentares
quando submetidas ao calor e à pressão do interior da Terra.
c) As rochas magmáticas formaram-se a partir da compactação de sedimentos de outras rochas.
d) O arenito e o calcário são exemplos de rochas metamórficas.
46. Sobre a falha Geológica de San Andreas, localizada na Califórnia (EUA),
podemos afirmar que:
a) Ela é resultado dos intensos terremotos que assolam a região.
b) Sua origem está relacionada ao movimento de colisão e soerguimento entre duas
placas tectônicas.
c) Sua formação não possui relação com a tectônica de placas, uma vez que ela se manifesta apenas na superfície
terrestre.
d) Ela se formou graças ao movimento de deslocamento entre duas placas tectônicas.
47. Sobre as rochas que compõem a crosta terrestre, assinale a alternativa correta.
a) As rochas sedimentares formaram-se pelo resfriamento e pela solidificação de minerais da crosta terrestre, isto é, o
magma.
b) As rochas metamórficas formaram-se a partir da compactação de sedimentos de outras rochas.
c) As rochas magmáticas formaram-se a partir da compactação de sedimentos de outras rochas.
d) As rochas magmáticas formam-se a partir da solidificação do magma.
Observe a imagem:
Visão aérea de um curso d'água em uma floresta equatorial
48. A fisionomia retratada na foto acima é naturalmente típica de:
a) Regiões de planície, por estar em um relevo aplainado que não
propicia o escoamento em velocidade dos cursos d'água, resultando
na formação de meandros.
b) Regiões de planalto, pois se manifesta em superfícies onduladas
geralmente delimitadas por escarpas (penhascos), o que se percebe
pelas oscilações existentes no leito do rio.
c) Regiões de planície, por se tratar de uma bacia de drenagem
composta por uma floresta densa, o que só acontece nesse tipo de
relevo.
d) Regiões de planalto, uma vez que os processos erosivos são
favorecidos pela velocidade de vazão do rio.
49. O relevo é definido como a forma da superfície terrestre, podendo ser classificado de acordo com a variação de nível.
Entre os fatores responsáveis por dar forma (modelar) ao relevo estão os vulcões, terremotos, clima, chuvas, geleiras,
ventos, a ação do homem, entre outros. As principais formas de relevo existentes na Terra são
a) serras, rios, morros e baixadas
b) planalto, planície, depressões e montanhas
c) planalto, serras, e acidentes
d) planícies, depressões, acidentes e morros
50. Os principais biomas brasileiros são:
a) Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica, Pampas, Caatinga e Pantanal
b) Mata de Galeria, Cerrado, Amazônia, Pantanal e Igapó
c) Biomas costeiros, Campos, Pampas, Pradarias e Mata Atlântica
d) Manguezal, Pradarias, Amazônia, Caatinga, Cerradão e Campo sujo
CIÊNCIAS
51. O gás mais abundante na atmosfera é:
a) oxigênio b) carbônico c) nitrogênio d) ozônio
52. A figura representa três cidades do
estado de São Paulo situadas em diferentes
altitudes. Comparando-as, pode-se dizer que:
a) a maior pressão atmosférica é a de
Santos.
b) a menor pressão atmosférica é a de São
Paulo.
c) as pressões atmosféricas são iguais nas
três cidades.
d) Santos e Campos de Jordão têm pressões
atmosféricas iguais.
53. Leia e responda. Médicos de uma cidade observaram um aumento no número de casos de câncer de pele nas
pessoas. A doença tem relação com o maior índice de radiação ultravioleta que atinge a superfície terrestre. Qual
fenômeno deve ser o mais diretamente responsável pelo aumento do número de doentes com câncer de pele?
a) Chuva ácida. c) Efeito estufa.
b) Destruição da camada de ozônio. d) Inversão térmica.
54. Assinale a correta:
a) Solo é a camada mais superficial e mais fina da crosta terrestre, popularmente chamado de Terra.
b) Os líquens (organismos formados pela associação entre fungos e algas) liberam substâncias que intensificam o
intemperismo físico.
c) O principal agente do intemperismo químico é a água da chuva.
d) Silte é material mineral do solo com tamanho maior que areia.
55. Os principais elementos que constituem os nutrientes encontrados no
solo são:
a) cálcio, água e mineral.
b) oxigênio, fósforo e fogo.
c) hidrogênio, nitrogênio e potássio.
d) nitrogênio, fósforo e potássio.
56. Sobre os problemas causados pela degradação do solo, marque a alternativa INCORRETA.
a) Esgotamento dos solos.
b) Erosão.
c) Degradação por Contaminação.
d) Alta fertilidade no solo.
57. O ser humano tem a responsabilidade de utilizar adequadamente o solo, com a finalidade de conservá-lo, mantendo
sua produtividade. O método que visa evitar o esgotamento dos nutrientes do solo é:
a) plantio direto. c) adubação
b) plantio em nível. d) rotação de culturas.
58. O desmatamento pode trazer diversas consequências para a sociedade e ambiente, EXCETO:
a) Aumento do processo de erosão dos solos.
b) Modificações climáticas com elevação da temperatura.
c) Provocar a desertificação em extensas áreas.
d) Diminuição do processo de erosão dos solos.
59. Doença provocada por um tipo de bactéria que penetra no organismo por meio de ferimentos na pele.
a) Tétano c) Amarelão
b) Oxiuríase d) Anemia
60. Para ser usada como adubo, a matéria orgânica pode ser adequadamente preparada, por exemplo, com o uso:
a) da mata ciliar. c) da cobertura de vegetação.
b) da compostagem. d) do quebra-vento.
MATEMÁTICA
61. Em qual sequência o 10° termo é 54?
a) 1, 3, 5, 7, 9, ... b) 0, 2, 4, 6, 8, .... c) 0, 6, 12, 18, 24, ... d) 0, 10, 20, 30, 40, ....
62. SARESP. O gráfico abaixo mostra o consumo de energia elétrica de uma casa durante os últimos seis meses de 2008.
De acordo com o gráfico, os meses em que o consumo foi maior que 300 quilowatts hora foram:
a) novembro e dezembro. b) julho e agosto. c) agosto e novembro. d) agosto e dezembro.
63. A expressão 35 – 10 – 8 – 2, terá o maior valor possível com parênteses colocados na forma:
a) 35 – 10 – (8 – 2) b) (35 – 10) – (8 – 2) c) 35 – (10 – 8 – 2) d) 35 – (10 – 8) – 2
64. O valor da expressão (381 – 70) ÷ (6 – 5) é igual a:
a) 10 b) 310 c) 0 d) 1
65. (SARESP) Dois terços da população de um município correspondem a 36 000 habitantes. Pode-se afirmar que esse
município tem:
a) 18 000 habitantes. b) 36 000 habitantes. c) 48 000 habitantes. d) 54 000 habitantes.
66. O preço de um skate é R$ 248, 00 e pode ser pago nas seguintes condições: 1/4 de entrada e 3 parcelas iguais de:
a) R$ 62,00 b) R$ 73,00 c) R$ 82,00 d) R$ 93,00
67. Em um teste de Matemática, de 64 questões Camila acertou 3/4 delas. O número de questões que ela acertou foi:
a) 16. b) 32. c) 48. d) 64.
68. No mesmo teste de Matemática que Camila fez, sua amiga Beatriz acertou apenas 25% das 64 questões. Quantas
questões Beatriz acertou?
a) 64 b) 48 c) 32 d) 16
69. Adicionando-se a 3/5 a 2/3 obtemos a fração:
a) 13/15 b) 19/15 c) 16/15 d) 5/8
70. Sabendo que 104 alunos correspondem a 1/5 do total de alunos, quantos alunos tem a escola?
a) 620 alunos. b) 580 alunos. c) 550 alunos d) 520 alunos.
INGLÊS
Leia o cartão postal a seguir para responder as questões 71, 72, 73 e 74.
71. O cartão postal foi escrito por uma estudante brasileira da cidade de:
a) São Paulo c) Lages
b) Rio de Janeiro d) Salvador
72. O cartão postal foi enviado para:
a) Inglaterra c) Canadá
b) Estados Unidos d) Israel
73. Este cartão foi enviado para esse país pela:
a) segunda vez c) terceira vez
b) primeira vez d) quarta vez
74. Hazon Yakov é o nome de:
a) uma cidade c) uma escola
b) uma igreja d) um museu
Leia a carta a seguir e responda as questões 75, 76, 77, e 78.
75. Sarah está estudando no:
a) 5º ano b) 7º ano
c) 6º ano d) 8º ano
76. Sua matéria favorita é:
a) História b) Ciências
c) Inglês d) Matemática
77. Seu animal de estimação é:
a) um gato b) um papagaio
c) um cachorro d) uma tartaruga
78. Ela foi a uma exposição de Ciências:
a) na quarta-feira b) na sexta-feira
c) na quinta-feira d) na terça-feira
Leia o texto a seguir para responder as questões 79 e 80.
79. O gênero textual é:
a) pôster b) carta c) folheto de propaganda d) boletim
80. O produto com o menor preço é:
a) apontador b) tesoura c) pasta d) caneta

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto "Bullying: Somos todos iguais nas próprias diferenças"
Projeto "Bullying: Somos todos iguais nas próprias diferenças"Projeto "Bullying: Somos todos iguais nas próprias diferenças"
Projeto "Bullying: Somos todos iguais nas próprias diferenças"
Viviane De Carvalho Teixeira
 
Conhecendo a escola
Conhecendo a escolaConhecendo a escola
Conhecendo a escola
Dário Reis
 
Classes Gramaticais - Revisão
Classes Gramaticais - RevisãoClasses Gramaticais - Revisão
Classes Gramaticais - Revisão
Mary Alvarenga
 
PDF: Atividade de português: Questões sobre verbos de ligação – 8º ano – Pron...
PDF: Atividade de português: Questões sobre verbos de ligação – 8º ano – Pron...PDF: Atividade de português: Questões sobre verbos de ligação – 8º ano – Pron...
PDF: Atividade de português: Questões sobre verbos de ligação – 8º ano – Pron...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Atividades para silabicos
Atividades para silabicosAtividades para silabicos
Atividades para silabicos
Josi Cotrim
 
Ii simulado da prova saego-saeb-9ºano - alunos
Ii   simulado da prova saego-saeb-9ºano - alunosIi   simulado da prova saego-saeb-9ºano - alunos
Ii simulado da prova saego-saeb-9ºano - alunos
Hilton Cézar Rezende
 
Inclusão escolar o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...
Inclusão escolar  o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...Inclusão escolar  o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...
Inclusão escolar o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...
SimoneHelenDrumond
 
Problemas de 2º ano
Problemas de 2º anoProblemas de 2º ano
Problemas de 2º ano
Crescendo EAprendendo
 
Aberturas 3 bimestre
Aberturas 3 bimestreAberturas 3 bimestre
Aberturas 3 bimestre
Rose Tavares
 
Era uma Vez - Kell Smith - Análise e entendimento da música
Era uma Vez - Kell Smith - Análise e entendimento da músicaEra uma Vez - Kell Smith - Análise e entendimento da música
Era uma Vez - Kell Smith - Análise e entendimento da música
Mary Alvarenga
 
Multiplicação adição de parcelas iguais
Multiplicação   adição de parcelas iguaisMultiplicação   adição de parcelas iguais
Multiplicação adição de parcelas iguais
Crescendo EAprendendo
 
Atividades rotulos
Atividades rotulosAtividades rotulos
Atividades rotulos
CNSR
 
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANOCOLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
Mara Sueli
 
Atividades com numerais até o 20 vizinhos
Atividades com numerais até o 20   vizinhosAtividades com numerais até o 20   vizinhos
Atividades com numerais até o 20 vizinhos
lyzandra de camargo
 
Texto " A amizade"
Texto " A amizade"Texto " A amizade"
Texto " A amizade"
Ana Paula Santos
 
Loteria m antes de p e b
Loteria m antes de p e bLoteria m antes de p e b
Loteria m antes de p e b
Mary Alvarenga
 
Avaliação de ciências
Avaliação de ciênciasAvaliação de ciências
Avaliação de ciências
Romildo Da Cruz
 
Oxitona paroxitona ... trabalho
Oxitona paroxitona ... trabalhoOxitona paroxitona ... trabalho
Oxitona paroxitona ... trabalho
Daíze Gusso
 
Coletânea de Poemas
Coletânea de PoemasColetânea de Poemas
Coletânea de Poemas
MariGiopato
 
Matemática - Dados da Dengue
Matemática -  Dados da DengueMatemática -  Dados da Dengue
Matemática - Dados da Dengue
Mary Alvarenga
 

Mais procurados (20)

Projeto "Bullying: Somos todos iguais nas próprias diferenças"
Projeto "Bullying: Somos todos iguais nas próprias diferenças"Projeto "Bullying: Somos todos iguais nas próprias diferenças"
Projeto "Bullying: Somos todos iguais nas próprias diferenças"
 
Conhecendo a escola
Conhecendo a escolaConhecendo a escola
Conhecendo a escola
 
Classes Gramaticais - Revisão
Classes Gramaticais - RevisãoClasses Gramaticais - Revisão
Classes Gramaticais - Revisão
 
PDF: Atividade de português: Questões sobre verbos de ligação – 8º ano – Pron...
PDF: Atividade de português: Questões sobre verbos de ligação – 8º ano – Pron...PDF: Atividade de português: Questões sobre verbos de ligação – 8º ano – Pron...
PDF: Atividade de português: Questões sobre verbos de ligação – 8º ano – Pron...
 
Atividades para silabicos
Atividades para silabicosAtividades para silabicos
Atividades para silabicos
 
Ii simulado da prova saego-saeb-9ºano - alunos
Ii   simulado da prova saego-saeb-9ºano - alunosIi   simulado da prova saego-saeb-9ºano - alunos
Ii simulado da prova saego-saeb-9ºano - alunos
 
Inclusão escolar o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...
Inclusão escolar  o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...Inclusão escolar  o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...
Inclusão escolar o planejamento das aulas tem de prever atividades para todo...
 
Problemas de 2º ano
Problemas de 2º anoProblemas de 2º ano
Problemas de 2º ano
 
Aberturas 3 bimestre
Aberturas 3 bimestreAberturas 3 bimestre
Aberturas 3 bimestre
 
Era uma Vez - Kell Smith - Análise e entendimento da música
Era uma Vez - Kell Smith - Análise e entendimento da músicaEra uma Vez - Kell Smith - Análise e entendimento da música
Era uma Vez - Kell Smith - Análise e entendimento da música
 
Multiplicação adição de parcelas iguais
Multiplicação   adição de parcelas iguaisMultiplicação   adição de parcelas iguais
Multiplicação adição de parcelas iguais
 
Atividades rotulos
Atividades rotulosAtividades rotulos
Atividades rotulos
 
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANOCOLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
 
Atividades com numerais até o 20 vizinhos
Atividades com numerais até o 20   vizinhosAtividades com numerais até o 20   vizinhos
Atividades com numerais até o 20 vizinhos
 
Texto " A amizade"
Texto " A amizade"Texto " A amizade"
Texto " A amizade"
 
Loteria m antes de p e b
Loteria m antes de p e bLoteria m antes de p e b
Loteria m antes de p e b
 
Avaliação de ciências
Avaliação de ciênciasAvaliação de ciências
Avaliação de ciências
 
Oxitona paroxitona ... trabalho
Oxitona paroxitona ... trabalhoOxitona paroxitona ... trabalho
Oxitona paroxitona ... trabalho
 
Coletânea de Poemas
Coletânea de PoemasColetânea de Poemas
Coletânea de Poemas
 
Matemática - Dados da Dengue
Matemática -  Dados da DengueMatemática -  Dados da Dengue
Matemática - Dados da Dengue
 

Destaque

Gabarito
Gabarito Gabarito
Gabarito
guilaboratorio
 
Avaliação Semestral Unificada 5ºAno - 2º semestre 2016
Avaliação Semestral Unificada 5ºAno - 2º semestre 2016Avaliação Semestral Unificada 5ºAno - 2º semestre 2016
Avaliação Semestral Unificada 5ºAno - 2º semestre 2016
guilaboratorio
 
Avaliação Semestral Unificada 9ºAno - 2º semestre 2019
Avaliação Semestral Unificada 9ºAno - 2º semestre 2019Avaliação Semestral Unificada 9ºAno - 2º semestre 2019
Avaliação Semestral Unificada 9ºAno - 2º semestre 2019
guilaboratorio
 
Avaliação Semestral Unificada 8ºAno - 2º semestre 2016
Avaliação Semestral Unificada 8ºAno - 2º semestre 2016Avaliação Semestral Unificada 8ºAno - 2º semestre 2016
Avaliação Semestral Unificada 8ºAno - 2º semestre 2016
guilaboratorio
 
Avaliação Semestral Unificada 7ºAno - 2º semestre 2016
Avaliação Semestral Unificada 7ºAno - 2º semestre 2016Avaliação Semestral Unificada 7ºAno - 2º semestre 2016
Avaliação Semestral Unificada 7ºAno - 2º semestre 2016
guilaboratorio
 
Provão 6° ano 1ºsem2016
Provão 6° ano 1ºsem2016Provão 6° ano 1ºsem2016
Provão 6° ano 1ºsem2016
EMEF Guilherme de Almeida
 
Provão 5º ano 1ºsem2016
Provão 5º ano 1ºsem2016Provão 5º ano 1ºsem2016
Provão 5º ano 1ºsem2016
EMEF Guilherme de Almeida
 
Provão 9° ano 1ºsem2016
Provão 9° ano 1ºsem2016Provão 9° ano 1ºsem2016
Provão 9° ano 1ºsem2016
EMEF Guilherme de Almeida
 
Provão 8° ano 1ºsem2016
Provão 8° ano 1ºsem2016Provão 8° ano 1ºsem2016
Provão 8° ano 1ºsem2016
EMEF Guilherme de Almeida
 
Gabarito para o site 1º sem 2016
Gabarito para o site 1º sem 2016Gabarito para o site 1º sem 2016
Gabarito para o site 1º sem 2016
EMEF Guilherme de Almeida
 
Ar atmosférico 2 6ano
Ar atmosférico 2  6anoAr atmosférico 2  6ano
Ar atmosférico 2 6ano
Milena Coenga Catanante Razuk
 
Provão 7° ano 1ºsem2016
Provão 7° ano 1ºsem2016Provão 7° ano 1ºsem2016
Provão 7° ano 1ºsem2016
EMEF Guilherme de Almeida
 
Atividade de-lingua-portuguesa-tipos-de-frases-5º ano
Atividade de-lingua-portuguesa-tipos-de-frases-5º anoAtividade de-lingua-portuguesa-tipos-de-frases-5º ano
Atividade de-lingua-portuguesa-tipos-de-frases-5º ano
Aurinete Araujo Araujo
 
Simuladão 2013 ciencias
Simuladão 2013   cienciasSimuladão 2013   ciencias
Simuladão 2013 ciencias
smece4e5
 
Avaliaçao de ciencias biomas
Avaliaçao de ciencias biomasAvaliaçao de ciencias biomas
Avaliaçao de ciencias biomas
Atividades Diversas Cláudia
 
Avaliação 8º Ano - Fonte: Projeto Radix
Avaliação 8º Ano  - Fonte: Projeto RadixAvaliação 8º Ano  - Fonte: Projeto Radix
Avaliação 8º Ano - Fonte: Projeto Radix
maritese
 
Avaliação diagnóstica 7º ano
Avaliação diagnóstica   7º anoAvaliação diagnóstica   7º ano
Avaliação diagnóstica 7º ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]
Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]
Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]
Marco Aurélio Gondim
 
Exercicios extra 6 ano artigos e numerais
Exercicios extra 6 ano artigos e numeraisExercicios extra 6 ano artigos e numerais
Exercicios extra 6 ano artigos e numerais
Elaine Rabelo
 
UE5 - 6S - EF - Biomas Brasilieros
UE5 - 6S - EF - Biomas BrasilierosUE5 - 6S - EF - Biomas Brasilieros
UE5 - 6S - EF - Biomas Brasilieros
Silvio Araujo de Sousa
 

Destaque (20)

Gabarito
Gabarito Gabarito
Gabarito
 
Avaliação Semestral Unificada 5ºAno - 2º semestre 2016
Avaliação Semestral Unificada 5ºAno - 2º semestre 2016Avaliação Semestral Unificada 5ºAno - 2º semestre 2016
Avaliação Semestral Unificada 5ºAno - 2º semestre 2016
 
Avaliação Semestral Unificada 9ºAno - 2º semestre 2019
Avaliação Semestral Unificada 9ºAno - 2º semestre 2019Avaliação Semestral Unificada 9ºAno - 2º semestre 2019
Avaliação Semestral Unificada 9ºAno - 2º semestre 2019
 
Avaliação Semestral Unificada 8ºAno - 2º semestre 2016
Avaliação Semestral Unificada 8ºAno - 2º semestre 2016Avaliação Semestral Unificada 8ºAno - 2º semestre 2016
Avaliação Semestral Unificada 8ºAno - 2º semestre 2016
 
Avaliação Semestral Unificada 7ºAno - 2º semestre 2016
Avaliação Semestral Unificada 7ºAno - 2º semestre 2016Avaliação Semestral Unificada 7ºAno - 2º semestre 2016
Avaliação Semestral Unificada 7ºAno - 2º semestre 2016
 
Provão 6° ano 1ºsem2016
Provão 6° ano 1ºsem2016Provão 6° ano 1ºsem2016
Provão 6° ano 1ºsem2016
 
Provão 5º ano 1ºsem2016
Provão 5º ano 1ºsem2016Provão 5º ano 1ºsem2016
Provão 5º ano 1ºsem2016
 
Provão 9° ano 1ºsem2016
Provão 9° ano 1ºsem2016Provão 9° ano 1ºsem2016
Provão 9° ano 1ºsem2016
 
Provão 8° ano 1ºsem2016
Provão 8° ano 1ºsem2016Provão 8° ano 1ºsem2016
Provão 8° ano 1ºsem2016
 
Gabarito para o site 1º sem 2016
Gabarito para o site 1º sem 2016Gabarito para o site 1º sem 2016
Gabarito para o site 1º sem 2016
 
Ar atmosférico 2 6ano
Ar atmosférico 2  6anoAr atmosférico 2  6ano
Ar atmosférico 2 6ano
 
Provão 7° ano 1ºsem2016
Provão 7° ano 1ºsem2016Provão 7° ano 1ºsem2016
Provão 7° ano 1ºsem2016
 
Atividade de-lingua-portuguesa-tipos-de-frases-5º ano
Atividade de-lingua-portuguesa-tipos-de-frases-5º anoAtividade de-lingua-portuguesa-tipos-de-frases-5º ano
Atividade de-lingua-portuguesa-tipos-de-frases-5º ano
 
Simuladão 2013 ciencias
Simuladão 2013   cienciasSimuladão 2013   ciencias
Simuladão 2013 ciencias
 
Avaliaçao de ciencias biomas
Avaliaçao de ciencias biomasAvaliaçao de ciencias biomas
Avaliaçao de ciencias biomas
 
Avaliação 8º Ano - Fonte: Projeto Radix
Avaliação 8º Ano  - Fonte: Projeto RadixAvaliação 8º Ano  - Fonte: Projeto Radix
Avaliação 8º Ano - Fonte: Projeto Radix
 
Avaliação diagnóstica 7º ano
Avaliação diagnóstica   7º anoAvaliação diagnóstica   7º ano
Avaliação diagnóstica 7º ano
 
Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]
Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]
Banco de questoes de Geografia Completo Prof. Marco Aurelio Gondim [gondim.net]
 
Exercicios extra 6 ano artigos e numerais
Exercicios extra 6 ano artigos e numeraisExercicios extra 6 ano artigos e numerais
Exercicios extra 6 ano artigos e numerais
 
UE5 - 6S - EF - Biomas Brasilieros
UE5 - 6S - EF - Biomas BrasilierosUE5 - 6S - EF - Biomas Brasilieros
UE5 - 6S - EF - Biomas Brasilieros
 

Semelhante a Avaliação Semestral Unificada 6ºAno - 2º semestre 2016

7ano 2bim_gramatica_
7ano 2bim_gramatica_7ano 2bim_gramatica_
7ano 2bim_gramatica_
Nivea Neves
 
Avaliações da 2ª unidade 4ºano 2016
Avaliações da 2ª unidade 4ºano 2016Avaliações da 2ª unidade 4ºano 2016
Avaliações da 2ª unidade 4ºano 2016
Mercia Morais
 
Cge 2089
Cge 2089Cge 2089
Cge 2089
MarcosFSX
 
Exercícios de crase
Exercícios de craseExercícios de crase
Exercícios de crase
janickinha
 
Avaliação bimestral de lingua portuguesa 3
Avaliação bimestral  de  lingua portuguesa 3Avaliação bimestral  de  lingua portuguesa 3
Avaliação bimestral de lingua portuguesa 3
Eliete Soares E Soares
 
Bom estudo
Bom estudoBom estudo
Bom estudo
Junior Vieira
 
1º dia 1º ano E.M.
1º dia 1º ano E.M.1º dia 1º ano E.M.
1º dia 1º ano E.M.
patrick_matematica
 
1ppportugues1ano (1)
1ppportugues1ano (1)1ppportugues1ano (1)
1ppportugues1ano (1)
Kênia Machado
 
Crônicas para o 5º ano
Crônicas para o 5º anoCrônicas para o 5º ano
Crônicas para o 5º ano
Crônicas para o 5º anoCrônicas para o 5º ano
Avaliação bimestral de artes 1º bimestre 2015
Avaliação bimestral de artes 1º bimestre 2015Avaliação bimestral de artes 1º bimestre 2015
Avaliação bimestral de artes 1º bimestre 2015
Denilson Parreira Dos Reis
 
2012 prova vestibulinho
2012   prova vestibulinho2012   prova vestibulinho
2012 prova vestibulinho
Duda Campos
 
Interpretação de textos fabulas
Interpretação de textos fabulasInterpretação de textos fabulas
Interpretação de textos fabulas
Atividades Diversas Cláudia
 
Bonequinha preta
Bonequinha pretaBonequinha preta
Bonequinha preta
NILDA Leite Leite
 
Prova-de-pronomes.doc
Prova-de-pronomes.docProva-de-pronomes.doc
Prova-de-pronomes.doc
SAMARASILVANOGUEIRAP
 
Prova tipo4
Prova tipo4Prova tipo4
Prova ta-tipo-004-120321153833-phpapp01
Prova ta-tipo-004-120321153833-phpapp01Prova ta-tipo-004-120321153833-phpapp01
Prova ta-tipo-004-120321153833-phpapp01
Glaucio Babo Lopes
 
8ª série 1º sem2013
8ª série 1º sem20138ª série 1º sem2013
8ª série 1º sem2013
guilaboratorio
 
2011 prova vestibulinho
2011   prova vestibulinho2011   prova vestibulinho
2011 prova vestibulinho
Duda Campos
 
Prova tipo3
Prova tipo3Prova tipo3

Semelhante a Avaliação Semestral Unificada 6ºAno - 2º semestre 2016 (20)

7ano 2bim_gramatica_
7ano 2bim_gramatica_7ano 2bim_gramatica_
7ano 2bim_gramatica_
 
Avaliações da 2ª unidade 4ºano 2016
Avaliações da 2ª unidade 4ºano 2016Avaliações da 2ª unidade 4ºano 2016
Avaliações da 2ª unidade 4ºano 2016
 
Cge 2089
Cge 2089Cge 2089
Cge 2089
 
Exercícios de crase
Exercícios de craseExercícios de crase
Exercícios de crase
 
Avaliação bimestral de lingua portuguesa 3
Avaliação bimestral  de  lingua portuguesa 3Avaliação bimestral  de  lingua portuguesa 3
Avaliação bimestral de lingua portuguesa 3
 
Bom estudo
Bom estudoBom estudo
Bom estudo
 
1º dia 1º ano E.M.
1º dia 1º ano E.M.1º dia 1º ano E.M.
1º dia 1º ano E.M.
 
1ppportugues1ano (1)
1ppportugues1ano (1)1ppportugues1ano (1)
1ppportugues1ano (1)
 
Crônicas para o 5º ano
Crônicas para o 5º anoCrônicas para o 5º ano
Crônicas para o 5º ano
 
Crônicas para o 5º ano
Crônicas para o 5º anoCrônicas para o 5º ano
Crônicas para o 5º ano
 
Avaliação bimestral de artes 1º bimestre 2015
Avaliação bimestral de artes 1º bimestre 2015Avaliação bimestral de artes 1º bimestre 2015
Avaliação bimestral de artes 1º bimestre 2015
 
2012 prova vestibulinho
2012   prova vestibulinho2012   prova vestibulinho
2012 prova vestibulinho
 
Interpretação de textos fabulas
Interpretação de textos fabulasInterpretação de textos fabulas
Interpretação de textos fabulas
 
Bonequinha preta
Bonequinha pretaBonequinha preta
Bonequinha preta
 
Prova-de-pronomes.doc
Prova-de-pronomes.docProva-de-pronomes.doc
Prova-de-pronomes.doc
 
Prova tipo4
Prova tipo4Prova tipo4
Prova tipo4
 
Prova ta-tipo-004-120321153833-phpapp01
Prova ta-tipo-004-120321153833-phpapp01Prova ta-tipo-004-120321153833-phpapp01
Prova ta-tipo-004-120321153833-phpapp01
 
8ª série 1º sem2013
8ª série 1º sem20138ª série 1º sem2013
8ª série 1º sem2013
 
2011 prova vestibulinho
2011   prova vestibulinho2011   prova vestibulinho
2011 prova vestibulinho
 
Prova tipo3
Prova tipo3Prova tipo3
Prova tipo3
 

Mais de guilaboratorio

Gabarito 1º sem2013 retificado
Gabarito 1º sem2013 retificadoGabarito 1º sem2013 retificado
Gabarito 1º sem2013 retificado
guilaboratorio
 
7ª série 1º sem2013
7ª série 1º sem20137ª série 1º sem2013
7ª série 1º sem2013
guilaboratorio
 
6ª série 1º sem2013
6ª série 1º sem20136ª série 1º sem2013
6ª série 1º sem2013
guilaboratorio
 
5ª série 1º sem2013
5ª série 1º sem20135ª série 1º sem2013
5ª série 1º sem2013
guilaboratorio
 
Conviver
ConviverConviver
Conviver
guilaboratorio
 
Turma da Mônica em: "A Cura da Magali"
Turma da Mônica em: "A Cura da Magali"Turma da Mônica em: "A Cura da Magali"
Turma da Mônica em: "A Cura da Magali"
guilaboratorio
 
Amigos em "A busca da Medula Óssea"
Amigos em "A busca da Medula Óssea"Amigos em "A busca da Medula Óssea"
Amigos em "A busca da Medula Óssea"
guilaboratorio
 
Patrícia e Fernando em: "À Procura de um Doador"
Patrícia e Fernando em: "À Procura de um Doador"Patrícia e Fernando em: "À Procura de um Doador"
Patrícia e Fernando em: "À Procura de um Doador"
guilaboratorio
 
O quarto 3ªsérie
O quarto 3ªsérieO quarto 3ªsérie
O quarto 3ªsérie
guilaboratorio
 
3ª série van gogh
3ª série   van gogh3ª série   van gogh
3ª série van gogh
guilaboratorio
 
O Pé do Pavão 2ª A
O Pé do Pavão 2ª AO Pé do Pavão 2ª A
O Pé do Pavão 2ª A
guilaboratorio
 

Mais de guilaboratorio (13)

Gabarito 1º sem2013 retificado
Gabarito 1º sem2013 retificadoGabarito 1º sem2013 retificado
Gabarito 1º sem2013 retificado
 
Gabarito 1º sem2013
Gabarito 1º sem2013Gabarito 1º sem2013
Gabarito 1º sem2013
 
Gabarito 1º sem2013
Gabarito 1º sem2013Gabarito 1º sem2013
Gabarito 1º sem2013
 
7ª série 1º sem2013
7ª série 1º sem20137ª série 1º sem2013
7ª série 1º sem2013
 
6ª série 1º sem2013
6ª série 1º sem20136ª série 1º sem2013
6ª série 1º sem2013
 
5ª série 1º sem2013
5ª série 1º sem20135ª série 1º sem2013
5ª série 1º sem2013
 
Conviver
ConviverConviver
Conviver
 
Turma da Mônica em: "A Cura da Magali"
Turma da Mônica em: "A Cura da Magali"Turma da Mônica em: "A Cura da Magali"
Turma da Mônica em: "A Cura da Magali"
 
Amigos em "A busca da Medula Óssea"
Amigos em "A busca da Medula Óssea"Amigos em "A busca da Medula Óssea"
Amigos em "A busca da Medula Óssea"
 
Patrícia e Fernando em: "À Procura de um Doador"
Patrícia e Fernando em: "À Procura de um Doador"Patrícia e Fernando em: "À Procura de um Doador"
Patrícia e Fernando em: "À Procura de um Doador"
 
O quarto 3ªsérie
O quarto 3ªsérieO quarto 3ªsérie
O quarto 3ªsérie
 
3ª série van gogh
3ª série   van gogh3ª série   van gogh
3ª série van gogh
 
O Pé do Pavão 2ª A
O Pé do Pavão 2ª AO Pé do Pavão 2ª A
O Pé do Pavão 2ª A
 

Último

Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 

Avaliação Semestral Unificada 6ºAno - 2º semestre 2016

  • 1. EMEF GUILHERME DE ALMEIDA AVALIAÇÃO SEMESTRAL UNIFICADA 2o SEMESTRE - 2016 6 ° ano ___ NOME _____________________________ no ___ ORIENTAÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA 1. Verifique se este caderno corresponde à sua turma e se contém questões numeradas de 1 a 80 2. Coloque seu nome e número no caderno de questões e na folha do gabarito. 3. Você terá três horas para realizar esta avaliação, com permanência obrigatória de uma hora. 4. Leia com atenção todas as questões e assinale apenas uma das alternativas. Passe a seguir, as respostas para o gabarito. 5. Utilize caneta esferográfica azul ou preta ao passar as respostas para o gabarito. 6. O gabarito não poderá conter emendas ou rasuras.
  • 2. PORTUGUÊS Leia, atentamente, o seguinte texto e responda as questões 1, 2, 3, 4 e 5. O CEGO E O DINHEIRO ENTERRADO Um cego muito econômico guardava suas moedas em casa e, temendo os ladrões, resolveu esconder seu tesouro no quintal. Cavou um buraco ao pé de uma árvore, debaixo da raiz, e deixou seu dinheiro bem disfarçado. Sucedeu que um seu vizinho, vendo-o ir tão cedo para o fundo do quintal, acompanhou-o, descobrindo o segredo. Quando anoiteceu, voltou à árvore e furtou todo o dinheiro que o cego enterrara. Pela manhã, o dono veio, tateando, verificou ter sido roubado. Como não resolvia chorar ou queixar-se, fingiu não ter sido visitado pelo ladrão e começou a pensar em uma forma de readquirir seu dinheiro sem barulhos. Foi procurar seu vizinho e lhe falou, por aqui assim: “vizinho, nesse tempo ninguém pode ter confiança senão em si mesmo, apesar dos dentes morderem a língua e ambos viverem juntos. Juntei minhas economias e escondi num pé de árvore no meu quintal, pensando ser lugar bem seguro. Acabo de receber um dinheiro que emprestara e vim pedir conselho a você. Guardo tudo junto ou levo esse dinheiro para a cidade?” O vizinho pensou logo em pegar todo o dinheiro do cego e aconselhou-o que deixasse tudo junto, no mesmo canto já antigo. E logo que escureceu, correu e foi levar o que tirara na noite anterior, para o cego não desconfiar. Cobriu tudo de areia, alisou, e retirou-se. Mais tarde, o cego procurou o cantinho velho tomou posse do seu dinheiro ali restituído pelo vizinho que sonhava ficar com tudo. E quando o ladrão voltou, encontrou apenas um buraco oco, sem um níquel sequer. (LUÍS DA CÂMARA CASCUDO. Contos Tradicionais do Brasil.) 01. O vizinho suspeitou do segredo porque o cego: a) era muito econômico e por isso devia ter muito dinheiro. b) não conseguiu eliminar, ao pé da árvore, os sinais de escavação. c) foi ao fundo do quintal muito cedo, em horário não costumeiro. d) não deixou o dinheiro escondido bem disfarçado. 02. Dizendo que recebera mais dinheiro, o cego queria despertar no vizinho: a) ambição b) inveja c) caridade d) esperança 03. A história conta que um cego: a) não se deixou furtar porque escondeu seu tesouro ao pé de uma árvore. b) recobrou seu tesouro, furtado pelo vizinho, graças à ingenuidade deste. c) recobrou seu dinheiro, furtado pelo vizinho, graças à solidariedade deste. d) juntou um dinheiro que emprestara e suas economias e foi pedir um conselho ao vizinho. 04. Qual destes provérbios melhor se aplica ao ladrão do texto? a) “Tristezas não pagam dívidas.” b) “Dinheiro não traz felicidade para ninguém.” c) “Quem muito quer, tudo perde.” d) “O pior cego é aquele que não quer enxergar.” 05. No texto, NÍQUEL significa: a) dinheiro, moeda b) elemento químico (metal) c) pequena pá utilizada para fazer buracos d) um pé de árvore 06. Assinale a única alternativa CORRETA quanto ao DIMINUTIVO PLURAL dos seguintes substantivos: ladrão – caminhão – cão – pão a) ladrãozinhos – caminhõezinhos – cãozinhos – pãezinhos b) ladrõezinhos – caminhãozinhos – cãezinhos – pãozinhos c) ladrõezinhos – caminhãozinho – cãezinhos – pãozinho d) ladrõezinhos – caminhõezinhos – cãezinhos – pãezinhos 07. Qual das alternativas preenche corretamente as lacunas das frases com o FEMININO dos substantivos vindos entre parênteses. “Minha _____________ (genro) é uma famosa ____________ (ator) de novela, e sua irmã é uma excelente_____________ (poeta).” a) genra – atora – poeta b) nora – atora – poeta c) nora – atriz – poetiza d) nora – atriz – poetisa 08. Assinale a única alternativa onde todos os substantivos são FEMININOS: a) champanha – guaraná – dó – telefonema b) cal – dinamite – faringe – comichão c) ferrugem – eclipse – champanha – ênfase d) dó – grama – cataplasma – moral 09. O FEMININO de elefante é: a) elefanta b) elefoa c) mamuta d) aliá
  • 3. 10. Leia este poema: Plim-plim Cheguei em casa com a cabeça Cheia de grilos. Mas não deu no jornal nacional E a família não ficou sabendo. (Ulisses Tavares) Agora assinale a alternativa CORRETA. Nesse poema, os grupos de letras: -EI, -EU, -IA, -OU são denominados: a) hiatos b) encontros consonantais c) ditongos d) tritongos ARTES 11. A arte é fiel testemunha da história construída pelo ser humano. Ao esculpir, pintar e desenhar, um artista retrata a sua realidade. Os acontecimentos políticos, econômicos e sociais influenciam a sua criação. Atualmente também podem criar uma obra expressando seus sentimentos e ideias. Muitos artistas fazem uma arte que chamamos de abstrata, arte que não tem compromisso de retratar a realidade, para este tipo de arte o que importa: a) são os retratos de pessoas c) é apenas ocupar o espaço b) é mostrar seus pensamentos livremente d) usar formas geométricas sem qualquer sentido 12.Observe a imagem e responda a) a obra é uma gravura b) é um mosaico c) é uma pintura d) é um desenho 13. Assinale a alternativa incorreta: a) As pinturas abstratas não narram necessariamente uma cena histórica, literária, mitológica ou religiosa. b) A pintura abstrata representa a realidade. c) O mosaico pode ser figurativo, abstrato, geométrico. d) Uma escultura, assim como qualquer objeto tridimensional, pode ser simétrica ou assimétrica. 14. Na linguagem das histórias em quadrinhos encontramos vários recursos gráficos que nos fazem compreender melhor os sentimentos, sensações das personagens. O recurso que encontramos nessa tirinha: a) Narrativas e explicações de cada fala b) Numeração para compreender a sequência dos quadrinhos c) Balão de fala d) onomatopeias 15. Técnica que consiste na colocação de pequenos fragmentos de pedras, como mármore, ou granito, pedras, pastilhas de vidro e outros materiais, sobre qualquer superfície, formando uma determinada figura. A esta técnica damos o nome de: a) gravura c) escultura b) pintura com relevo d) mosaico 16. Sobre o artista Rubem Valentim e suas obras é correto afirmar que: I. suas obras são inspiradas na música brasileira II. é simétrica e com inspiração na cultura e religião afro-brasileira III. é figurativa e assimétrica IV. é formada por linhas retas e formas geométricas a) I e II b) II e IV c) III e I d) IV e I 17. A palavra perspectiva tem muitos significados, pode ser uma sensação esperançosa, uma expetativa, aquilo que se percebe externamente, um modo como se concebe ou se analisa uma situação especifica, mas em arte perspectiva quer dizer: a) um espaço arquitetônico b) a reprodução de um desenho c) a representação de algo tridimensional d) a interpretação de uma obra de arte
  • 4. 18. Quando escrevemos detalhadamente tudo que vemos em uma obra de arte estamos fazendo: a) uma releitura c) descrevendo a obra b) uma interação com a obra d) interpretando uma obra de arte 19. As cores transmitem sensações e emoções. As cores que dão a ideia de frio e solidão são: a) azul, roxo e lilás c) verde claro, verde escuro e preto b) roxo, lilás e preto d) roxo, azul e verde 20. Esta obra figurativa é: a) paisagem b) pintura histórica c) natureza morta d) retrato EDUCAÇÃO FÍSICA 21. Em nossas aulas, por diversas vezes, tratamos o esporte com variações de práticas esportivas. Com o Handebol, temos a possibilidade de experimentarmos novos desafios e sensações, além de proporcionar a participação: a) de um número de jogadores para cada lado. b) coletiva e solucionarmos os conflitos gerados no coletivo c) coletiva e solucionarmos os conflitos gerados nas habilidades motoras. d) individual e solucionarmos os conflitos gerados no coletivo. 22. De acordo com as práticas do handebol, vimos que para ocorrer o jogo precisamos no espaço de uma quadra nos deslocarmos para formar: a) defesa e barreira c) defesa, passes e ataque b) barreira e arremesso d) passes e ataque 23. Leia as afirmações e assinale a alternativa que complete corretamente as lacunas. I - _________ é um jogo pré – desportivo onde só podemos marcar gols utilizando a cabeça. II - ________ é um jogo onde quem for queimado deverá sentar-se no mesmo local da quadra em que foi atingido pela bola. III - ________ é jogado com os pés e o jogador se desloca conduzindo ou tocando a bola com qualquer parte do corpo, exceto com as mãos. IV - ________ é um jogo de duas equipes sendo que para pontuar, é necessário atravessar o campo adversário sem ser pego e “roubar” a bandeira retornando para o seu campo também sem ser pego. a) futsal, “ameba”, “cabeçobol”, “rouba – bandeira” b) “ameba”, “cabeçobol”, futsal e “rouba – bandeira” c) “cabeçobol”, “ameba”, futsal e “rouba – bandeira” d) “birabol”, futsal, “ameba” e “rouba – bandeira 24. De acordo com as orientações dadas pelo professor, assinale a alternativa que descreva a importância da roupa e do calçado adequado para as aulas. a) A roupa leve facilita o movimento e o calçado poderá ajudar no controle da temperatura do corpo. b) A roupa adequada facilita o movimento, contribui para o controle da temperatura do corpo e o caçado para não escorregar. c) A roupa leve dificulta o salto e o calçado poderá ser que ajude no controle da temperatura do corpo. d) A roupa adequada serve para termos boa aparência nas atividades. REFLEXÃO... “A função da escola é adequar as pessoas às convenções sociais conservadoras, inclusive aos seus preconceitos, ou para dar a elas condições de participar das transformações necessárias? Defender a ideia de que meninos e meninas podem participar das mesmas atividades não quer dizer que não reconheçamos as diferenças entre um e outro sexo. Claro que elas existem, especialmente biológicas. Porém, essas, como outras que possam existir, como as psicológicas, não devem impedir atividades ou serem discriminativas. 25. De acordo com nossas aulas de brincadeiras populares, podemos afirmar: a) Meninos e meninas devem praticar esportes específicos para cada gênero. b) Não existem esportes específicos para cada gênero, cada indivíduo tem o direito de participar do que mais lhe agrada.
  • 5. c) Dentro da quadra, o esporte é masculino e fora será com corda, uma brincadeira de meninas. d) Meninos praticam brincadeiras de meninos e meninas ficam sem participar. IMPORTANTE LEMBRAR... “Não basta aprender a técnica dos movimentos ou só as habilidades físicas, é preciso ir além, é preciso saber por que realizar este ou aquele movimento, quais atitudes devemos ter nas atividades corporais, aprender quais os benefícios de tais práticas e quais valores sociais estão por trás de tais práticas.” 26. Diante do exposto, assinale a alternativa que corresponda aos objetivos da Educação Física. a) Integra o aluno na cultura corporal em benefício da cidadania e da melhoria da qualidade de vida. b) Ensina somente as quatro modalidades principais (voleibol, basquete, handebol e futebol). c) Deve desenvolver somente a parte social e cultural, não necessitando trabalhar o desenvolvimento motor. d) Deve desenvolver somente as capacidades físicas dos alunos, como força, flexibilidade, velocidade, entre outras. 27. Hoje a maioria das pessoas sabe da importância de fazer alongamentos antes e depois das atividades físicas. Os alongamentos aumentam ou mantêm a flexibilidade dos músculos, preparando-os e "aquecendo-os" antes da atividade física e eliminam a tensão, depois dos exercícios. São especialmente importantes no caso de pessoas que correm, andam de bicicleta, nadam, jogam tênis ou fazem outros exercícios desgastantes, pois atividades como estas promovem tensões e inflexibilidade. Além disso, os alongamentos evitam muitas lesões, como distensões, inflamações etc. Podemos portanto, concluir que os benefícios do alongamento são: a) a prevenção de lesões. b) a ativação a circulação. c) o auxílio no aquecimento, à medida que eleva a temperatura do corpo. d) a diminuição da flexibilidade muscular evitando distensões. O Atletismo conta a história esportiva no homem no Planeta. É chamado de esporte-base, porque sua prática corresponde a movimentos naturais (correr, lançar e saltar) do ser humano. Não por acaso, a primeira competição esportiva de que se tem notícia foi uma corrida, nos Jogos de 776 A.C., na cidade de Olímpia, na Grécia, que deram origem às Olimpíadas. A prova, chamada pelos gregos de "stadium", tinha cerca de 200 metros e o vencedor, Coroebus, é considerado o primeiro campeão olímpico da história. Na moderna definição, o Atletismo é um esporte com provas de pista, de campo, provas combinadas, como decatlo e heptatlo, o pedestrianismo, corridas em campo, corridas em montanha, e marcha atlética. 28. De acordo com o texto, o Atletismo é chamado de esporte base, porque é o esporte que corresponde aos movimentos naturais do homem, que são: a) saltar, lançar e correr. c) saltar, lançar e caminhar. b) saltar, lançar e pular. d) saltar, correr e jogar. Em 1948, Ludwig Guttman organizou uma competição esportiva que envolvia veteranos da Segunda Guerra Mundial com lesão na medula espinhal. O evento foi realizado em Stoke Mandeville, na Inglaterra. Quatro anos mais tarde, competidores da Holanda uniram-se aos jogos e, assim, nasceu um movimento internacional. Este fez com que jogos no estilo olímpico, para atletas deficientes, fossem organizados pela primeira vez em Roma, em 1960. Em Toronto, 16 anos depois, foram adicionados na competição outros grupos de pessoas com deficiência. A partir daí, surgiu a ideia de fundir estes diferentes atletas em um grande torneio esportivo internacional. Naquele mesmo ano, 1976, a Suécia organizou os primeiros Jogos Paralímpicos de Inverno. Hoje, os Jogos Paralímpicos são um evento de esporte de alto rendimento para atletas deficientes. Apesar disso, os Jogos enfatizam mais as conquistas do que as deficiências dos participantes. O movimento tem crescido de maneira significante desde os primeiros dias. Quatrocentos atletas participaram dos Jogos Paralímpicos de Verão de Roma, em 1960. Nos Jogos de Pequim, em 2008, foram 3.951 atletas, de 146 países. Os Jogos Paralímpicos têm sido sempre realizados no mesmo ano dos Jogos Olímpicos. Desde os Jogos de Seul, em 1988, também têm sido sediados no mesmo local. Em 19 de junho de 2001, foi assinado um acordo entre o Comitê Olímpico Internacional (COI) e o Comitê Paralímpico Internacional (IPC) que assegura esta prática para o futuro. Desde o processo de escolha para os Jogos de 2012, a cidade-sede escolhida também é obrigada a acolher os Jogos Paralímpicos. Londres, no Reino Unido, sediou os últimos Jogos Paralímpicos de Verão, em 2012. De acordo com o texto acima, responda as questões (29 e 30) 29. Assinale a alternativa que corresponda ao ano em que foram organizados os primeiros Jogos Paralímpicos. a) 1984 c) 1960 b) 1948 d) 1976 30.os Jogos Paraolímpicos, passaram a ser sediados no mesmo local desde: a) 1948 c) 1988 b) 1984 d) 1888
  • 6. HISTÓRIA 31. No Antigo Testamento, o episódio do Êxodos conta que os judeus, escravizados no Egito, teriam conseguido fugir da terra estrangeira, retornando à sua terra de origem, Canaã, sob a liderança de: a) Jesus b) Moisés c) Jeová d) Maria 32. Qual é a principal fonte histórica para os estudos do povo hebreu? a) O Alcorão b) O livro dos gregos c) a Bíblia Sagrada d) Torá 33. Os judeus tem algumas tradições que assemelham-se a dos cristãos, como a celebração da Páscoa. Por outro lado, eles mantiveram rituais próprios, como aquele no qual o rapaz passa para a idade adulta. Qual o nome da festa que celebra este momento? a) Carnaval b) Pentecostes c) Bar Mitzvah d) Crisma 34. A bandeira abaixo representa a atual terra dos judeus, que foi estabelecida como um estado após a Segunda Guerra Mundial. Este território chama-se: a) Síria b) Marrocos c) EUA d) Israel 35. “Os fenícios foram a primeira sociedade a fazer uso extenso, a nível estatal, do _________. Este era tido como o ancestral de todos os ____________ modernos, embora não representasse as vogais (que foram adicionadas mais tarde pelos gregos). A palavra que preenche corretamente as lacunas é: a) prato(s) b) vestuário(s) c) alfabeto(s) d) religião(ões) 36. “Os barcos eram equipados com velas e proas de madeira onde, geralmente, havia a representação da cabeça de um cavalo. As mercadorias negociadas eram todas estocadas no porão dos navios e protegidas em grandes vasos de argila preenchidos com areia. Dessa maneira, os fenícios conseguiam preservar as mercadoria e minimizar as perdas materiais ocorridas durante o transporte.” O trecho acima mostra qual importante característica do comércio fenício? a) Baixa produção agrícola b) Organização militar frágil c) Forte presença marítima d) Sociedade liderada por mulheres 37. Segundo o mapa, qual dos mares abaixo NÃO tem ligação com a história fenícia? a) Adriático b) Mediterrâneo c) Morto d) Egeu 38. O primeiro rei que destacou-se entre os persas permaneceu mais de vinte anos no poder, tempo em que promoveu a expansão do Império e começou uma espécie de “política ecumênica” e tolerante que se caracterizava pelo respeito às culturas dos povos conquistados, sem imposição de crenças ou de hábitos. Este rei era: a) Cambises b) Nabucodonosor c) Ciro d) Nero
  • 7. Observe o mapa e responda as questões 9 e 10: 39. Além de Pasárgada, quais cidades faziam parte da Pérsia Primitiva? a) Persépolis b) Nínive c) Damasco c) Tiro 40. A estrada real construída por Dario I NÃO passava por: a) Persépolis b) Nínive c) Damasco c) Tiro GEOGRAFIA 41. O homem consegue viajar pelo espaço de fora da Terra, mas ainda não conseguiu viajar para o interior da Terra, devido às altas temperaturas. Mas já descobriu, através de diversas análises geológicas, o seu interior. Comparando a forma de um pêssego com a da Terra, quais são as camadas do interior da Terra, imaginando o caroço, a polpa e a casca do pêssego. a) caroço – litosfera; polpa – manto; casca – núcleo b) caroço – núcleo; polpa – manto; casca – litosfera c) caroço – manto; polpa – hidrosfera; casca – litosfera d) caroço – manto; polpa – núcleo; casca – litosfera 42. “As ______________, também conhecidas como rochas magmáticas, são formadas pela solidificação (cristalização) de um magma, que é um líquido com alta temperatura, em torno de 700 a 1200ºC, proveniente do interior da Terra. Podem conter jazidas de vários metais (p. ex. ouro, platina, cobre, estanho) e trazem à superfície do planeta importantes informações sobre as regiões profundas da crosta e do manto terrestre”. Assinale a alternativa que completa a lacuna do texto acima: a) rochas Sedimentares b) rochas Metamórficas c) rochas Ígneas d) cadeias de Montanhas 43. O processo de transformação das rochas preexistentes formou as chamadas Rochas Metamórficas. Sobre esse processo, também chamado de metamorfização, é correto afirmar que: a) É oriundo exclusivamente de regiões oceânicas. b) Só atua em rochas magmáticas. c) Só pode ocorrer após o processo de sedimentação das rochas. d) Ocorre somente em locais de alta pressão e com temperaturas elevadas. 44. O intemperismo é um tipo de agente de transformação de relevo caracterizado por atuar através de processos químicos, físicos e biológicos, transformando as rochas. O tipo de rocha formada pela ação do intemperismo é a: a) ígnea b) sedimentar c) metamórfica d) intrusiva 45. Sobre as rochas que compõem a crosta terrestre, assinale a alternativa correta. a) As rochas sedimentares formaram-se pelo resfriamento e pela solidificação de minerais da crosta terrestre, isto é, o magma. b) As rochas metamórficas formaram-se a partir das transformações sofridas pelas rochas magmáticas e sedimentares quando submetidas ao calor e à pressão do interior da Terra. c) As rochas magmáticas formaram-se a partir da compactação de sedimentos de outras rochas. d) O arenito e o calcário são exemplos de rochas metamórficas. 46. Sobre a falha Geológica de San Andreas, localizada na Califórnia (EUA), podemos afirmar que: a) Ela é resultado dos intensos terremotos que assolam a região. b) Sua origem está relacionada ao movimento de colisão e soerguimento entre duas placas tectônicas.
  • 8. c) Sua formação não possui relação com a tectônica de placas, uma vez que ela se manifesta apenas na superfície terrestre. d) Ela se formou graças ao movimento de deslocamento entre duas placas tectônicas. 47. Sobre as rochas que compõem a crosta terrestre, assinale a alternativa correta. a) As rochas sedimentares formaram-se pelo resfriamento e pela solidificação de minerais da crosta terrestre, isto é, o magma. b) As rochas metamórficas formaram-se a partir da compactação de sedimentos de outras rochas. c) As rochas magmáticas formaram-se a partir da compactação de sedimentos de outras rochas. d) As rochas magmáticas formam-se a partir da solidificação do magma. Observe a imagem: Visão aérea de um curso d'água em uma floresta equatorial 48. A fisionomia retratada na foto acima é naturalmente típica de: a) Regiões de planície, por estar em um relevo aplainado que não propicia o escoamento em velocidade dos cursos d'água, resultando na formação de meandros. b) Regiões de planalto, pois se manifesta em superfícies onduladas geralmente delimitadas por escarpas (penhascos), o que se percebe pelas oscilações existentes no leito do rio. c) Regiões de planície, por se tratar de uma bacia de drenagem composta por uma floresta densa, o que só acontece nesse tipo de relevo. d) Regiões de planalto, uma vez que os processos erosivos são favorecidos pela velocidade de vazão do rio. 49. O relevo é definido como a forma da superfície terrestre, podendo ser classificado de acordo com a variação de nível. Entre os fatores responsáveis por dar forma (modelar) ao relevo estão os vulcões, terremotos, clima, chuvas, geleiras, ventos, a ação do homem, entre outros. As principais formas de relevo existentes na Terra são a) serras, rios, morros e baixadas b) planalto, planície, depressões e montanhas c) planalto, serras, e acidentes d) planícies, depressões, acidentes e morros 50. Os principais biomas brasileiros são: a) Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica, Pampas, Caatinga e Pantanal b) Mata de Galeria, Cerrado, Amazônia, Pantanal e Igapó c) Biomas costeiros, Campos, Pampas, Pradarias e Mata Atlântica d) Manguezal, Pradarias, Amazônia, Caatinga, Cerradão e Campo sujo CIÊNCIAS 51. O gás mais abundante na atmosfera é: a) oxigênio b) carbônico c) nitrogênio d) ozônio 52. A figura representa três cidades do estado de São Paulo situadas em diferentes altitudes. Comparando-as, pode-se dizer que: a) a maior pressão atmosférica é a de Santos. b) a menor pressão atmosférica é a de São Paulo. c) as pressões atmosféricas são iguais nas três cidades. d) Santos e Campos de Jordão têm pressões atmosféricas iguais. 53. Leia e responda. Médicos de uma cidade observaram um aumento no número de casos de câncer de pele nas pessoas. A doença tem relação com o maior índice de radiação ultravioleta que atinge a superfície terrestre. Qual fenômeno deve ser o mais diretamente responsável pelo aumento do número de doentes com câncer de pele? a) Chuva ácida. c) Efeito estufa. b) Destruição da camada de ozônio. d) Inversão térmica. 54. Assinale a correta: a) Solo é a camada mais superficial e mais fina da crosta terrestre, popularmente chamado de Terra. b) Os líquens (organismos formados pela associação entre fungos e algas) liberam substâncias que intensificam o intemperismo físico.
  • 9. c) O principal agente do intemperismo químico é a água da chuva. d) Silte é material mineral do solo com tamanho maior que areia. 55. Os principais elementos que constituem os nutrientes encontrados no solo são: a) cálcio, água e mineral. b) oxigênio, fósforo e fogo. c) hidrogênio, nitrogênio e potássio. d) nitrogênio, fósforo e potássio. 56. Sobre os problemas causados pela degradação do solo, marque a alternativa INCORRETA. a) Esgotamento dos solos. b) Erosão. c) Degradação por Contaminação. d) Alta fertilidade no solo. 57. O ser humano tem a responsabilidade de utilizar adequadamente o solo, com a finalidade de conservá-lo, mantendo sua produtividade. O método que visa evitar o esgotamento dos nutrientes do solo é: a) plantio direto. c) adubação b) plantio em nível. d) rotação de culturas. 58. O desmatamento pode trazer diversas consequências para a sociedade e ambiente, EXCETO: a) Aumento do processo de erosão dos solos. b) Modificações climáticas com elevação da temperatura. c) Provocar a desertificação em extensas áreas. d) Diminuição do processo de erosão dos solos. 59. Doença provocada por um tipo de bactéria que penetra no organismo por meio de ferimentos na pele. a) Tétano c) Amarelão b) Oxiuríase d) Anemia 60. Para ser usada como adubo, a matéria orgânica pode ser adequadamente preparada, por exemplo, com o uso: a) da mata ciliar. c) da cobertura de vegetação. b) da compostagem. d) do quebra-vento. MATEMÁTICA 61. Em qual sequência o 10° termo é 54? a) 1, 3, 5, 7, 9, ... b) 0, 2, 4, 6, 8, .... c) 0, 6, 12, 18, 24, ... d) 0, 10, 20, 30, 40, .... 62. SARESP. O gráfico abaixo mostra o consumo de energia elétrica de uma casa durante os últimos seis meses de 2008. De acordo com o gráfico, os meses em que o consumo foi maior que 300 quilowatts hora foram: a) novembro e dezembro. b) julho e agosto. c) agosto e novembro. d) agosto e dezembro.
  • 10. 63. A expressão 35 – 10 – 8 – 2, terá o maior valor possível com parênteses colocados na forma: a) 35 – 10 – (8 – 2) b) (35 – 10) – (8 – 2) c) 35 – (10 – 8 – 2) d) 35 – (10 – 8) – 2 64. O valor da expressão (381 – 70) ÷ (6 – 5) é igual a: a) 10 b) 310 c) 0 d) 1 65. (SARESP) Dois terços da população de um município correspondem a 36 000 habitantes. Pode-se afirmar que esse município tem: a) 18 000 habitantes. b) 36 000 habitantes. c) 48 000 habitantes. d) 54 000 habitantes. 66. O preço de um skate é R$ 248, 00 e pode ser pago nas seguintes condições: 1/4 de entrada e 3 parcelas iguais de: a) R$ 62,00 b) R$ 73,00 c) R$ 82,00 d) R$ 93,00 67. Em um teste de Matemática, de 64 questões Camila acertou 3/4 delas. O número de questões que ela acertou foi: a) 16. b) 32. c) 48. d) 64. 68. No mesmo teste de Matemática que Camila fez, sua amiga Beatriz acertou apenas 25% das 64 questões. Quantas questões Beatriz acertou? a) 64 b) 48 c) 32 d) 16 69. Adicionando-se a 3/5 a 2/3 obtemos a fração: a) 13/15 b) 19/15 c) 16/15 d) 5/8 70. Sabendo que 104 alunos correspondem a 1/5 do total de alunos, quantos alunos tem a escola? a) 620 alunos. b) 580 alunos. c) 550 alunos d) 520 alunos. INGLÊS Leia o cartão postal a seguir para responder as questões 71, 72, 73 e 74. 71. O cartão postal foi escrito por uma estudante brasileira da cidade de: a) São Paulo c) Lages b) Rio de Janeiro d) Salvador 72. O cartão postal foi enviado para: a) Inglaterra c) Canadá b) Estados Unidos d) Israel 73. Este cartão foi enviado para esse país pela: a) segunda vez c) terceira vez b) primeira vez d) quarta vez 74. Hazon Yakov é o nome de: a) uma cidade c) uma escola b) uma igreja d) um museu
  • 11. Leia a carta a seguir e responda as questões 75, 76, 77, e 78. 75. Sarah está estudando no: a) 5º ano b) 7º ano c) 6º ano d) 8º ano 76. Sua matéria favorita é: a) História b) Ciências c) Inglês d) Matemática 77. Seu animal de estimação é: a) um gato b) um papagaio c) um cachorro d) uma tartaruga 78. Ela foi a uma exposição de Ciências: a) na quarta-feira b) na sexta-feira c) na quinta-feira d) na terça-feira Leia o texto a seguir para responder as questões 79 e 80. 79. O gênero textual é: a) pôster b) carta c) folheto de propaganda d) boletim 80. O produto com o menor preço é: a) apontador b) tesoura c) pasta d) caneta