SlideShare uma empresa Scribd logo
UEMG 2018
FÍSICA
QUESTÃO 13
Biker é um jovem que passa diariamente com sua bicicleta sobre uma grande lombada de perfil
circular e raio R, contida em um plano vertical, como representa o esquema abaixo, em que o
ponto A é o mais alto dessa lombada.
A intensidade da aceleração da gravidade local é g e a massa do rapaz juntamente com sua
bicicleta é igual a M.
Qual o valor da diferença entre as intensidades da força de contato bicicleta-solo supondo-se,
primeiramente, o veículo em repouso no ponto A e, em seguida, a bicicleta passando por esse
local com velocidade de módulo V?
a) Mg -
M V2
R
b)
M V2
R
- Mg
c) Mg
d)
M V2
R
para o centro da trajetória, perpendicular à
trajetória e à velocidade.
Força Centrípeta.
v
Fcp
2
.
.
CP CP
CP
F m a
V
F m
R


R
SITUAÇÃO I: REPOUSO 
SITUAÇÃO II: VELOCIDADE V 
1N P
2 2C CF P N N P F    
1 2 ( )CN N P P F   
1 2
1 2
( )C
C
N N P P F
N N F
   
 
1 2
1 2
2
1 2
( )
.
(Resp.: )
C
C
N N P P F
N N F
M V
N N d
R
   
 
 
QUESTÃO 14
Worker é um operário que tem a incumbência de elevar uma carga de peso com módulo P à
mesma altura h em duas situações distintas, I e II, com velocidade constante.
Na situação I é utilizada apenas uma polia fixa e uma corda. Já na situação II, além da polia fixa
e da corda, é também utilizada uma polia móvel.
As massas das polias são desprezíveis, bem como suas dimensões. A corda é ideal e não sofre
interações de atrito com as polias.
Sendo FI e FII as intensidades das forças aplicadas pelo trabalhador na corda e τI e 𝜏II os trabalhos
de FI e FII, respectivamente nas situações I e II, é correto que:
a) FII=
FI
2
e τII=
τI
2
b) FII=
FI
2
e τII= τI
c) FII= FI e τII= τI
d) FII= FI e τII=
τI
2
VANTAGEM MECÂNICA
1
1
2
2
2.
/ 2
/ 2
2
T P
T P
F P
VM
P
VM
F





2
NÚMERO
DE POLIAS
MÓVEIS.
N
VM
N


Trabalho:w;;.
www.fisicarildo.blogspot.com
Quando uma Força transfere ou transforma
energia.
.
( . )
F d
Joule Newton metro
 

Resp.: b.
QUESTÃO 15
Um estudante dispõe de dois espelhos, um plano e outro espelho esférico côncavo, nas
condições de aproximação de Gauss. Ele então montou o sistema, conforme mostrado no
diagrama. Os pontos C, F e V são, respectivamente, o centro de curvatura, o foco principal e o
vértice do espelho esférico. A distância focal do espelho esférico é f.
O objeto O, representado por uma seta está posicionado sobre o foco F.
f
As características da imagem que se obtém por duas reflexões sucessivas da luz, a primeira no
espelho plano e a segunda no espelho esférico, são:
a) real, invertida e maior que o objeto O.
b) virtual, direita e de mesmo comprimento que o objeto O.
c) real, invertida e de mesmo comprimento que o objeto O.
d) virtual, direita e menor que o objeto O.
Objeto
Imagem
Reversa
C F V
Objeto
Imagem
Imagem: Real, Invertida e Igual
Resp.: c.
QUESTÃO 16
Cansado de tomar banhos frios no inverno, Olavo resolveu cortar o resistor em forma de mola
de seu chuveiro elétrico em duas partes iguais, reinstalando no dispositivo apenas uma dessas
partes. Admitindo-se que a tensão de alimentação se manteve constante, a redução à metade
da resistência elétrica do chuveiro disponibilizou a Olavo, por segundo:
a) a mesma quantidade de energia anterior.
b) uma quantidade de energia igual ao dobro da anterior.
c) uma quantidade de energia igual ao triplo da anterior.
d) uma quantidade de energia igual ao quádruplo da anterior.
Potência
Rapidez(velocidade
) com que a Energia
é transformada ou
transferida.
el
Energia
Pot
Tempo
Joule
Watt
segundo
Q
Pot
t t t
 


  
  
.elE P t 
.elE P t 
2
.
U
P U i
R
 
2
.
.
/ 2 2 2
el
el
el
E P t
U
P U i
R
R P E
R P E
 
 
  
 
Resp.: b.
QUESTÃO 17
Foi instalada uma máquina a vapor entre duas fontes térmicas, uma quente e outra fria, para
funcionar segundo o Ciclo de Carnot. Sabe-se que a temperatura da fonte fria é de 27 ℃, que o
trabalho útil realizado em cada ciclo é igual 480 J e que o rendimento da máquina é de 40%.
Em ordem, qual a temperatura da fonte quente e quanto de calor é rejeitado para a fonte fria?
a) 27 ℃ e 240 J c) 127 ℃ e 480 J
b) 177 ℃ e 600 J d) 227 ℃ e 720 J
Máquinas térmicas: operando
em ciclos, retiram calor de uma fonte
quente, convertem parte deste calor
em trabalho e rejeitam o restante para
uma fonte fria. Ex: máquinas a vapor,
motor a combustão
η=Rendimento= ;
1 1
100%
Útil
FQ FF
Total
FQ FF
FQ FQ
FQ FF FF FF
FQ FQ FQ FQ
Q Q
Q Q
Q Q
Q Q Q T
Q Q Q T
e




 
  

 

  
       

1 FF
FQ
T
T
  
(27 )
1 0,4 1
300
0,
273
6 273 500
( 2 )
2 º
7
7
3
2
FF
FQ FQ
T
T T
C





     
   

 
FQQ

 
480
0,4
1200
FQ FQ
FQ
Q Q
Q J

   
 
480 1200
720
FQ FF
FF
FF
Q Q
Q
Q J
  
 

Resp.: d.
QUESTÃO 18
O aumento da população mundial e o grande avanço tecnológico tem exigido a produção cada
vez maior de energia, principalmente de energia elétrica. A obtenção dessa energia provoca
poluição, devastação da flora terrestre e contaminação do solo e da atmosfera. São utilizadas
usinas hidroelétricas, painéis fotovoltaicos, usinas eólicas, usinas termoelétricas e baterias cada
vez mais sofisticadas, com rendimentos que melhoram com tempo. Das fontes citadas as que
menos provocam a degradação do meio ambiente são:
a) Usinas hidroelétricas e painéis fotovoltaicos.
b) Usinas eólicas e usinas termoelétricas.
c) Painéis fotovoltaicos e usinas eólicas.
d) Usinas hidroelétricas e baterias.
Resp.: c.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revisão ENEM-FÍSICA
Revisão ENEM-FÍSICARevisão ENEM-FÍSICA
atividade de física 1º ano - optica geometrica
atividade de física 1º ano - optica geometricaatividade de física 1º ano - optica geometrica
atividade de física 1º ano - optica geometrica
Luiz Saturno de Lima Saturno
 
Eletromagnetismo
EletromagnetismoEletromagnetismo
Eletromagnetismo
Vlamir Gama Rocha
 
Estudo dos receptores
Estudo dos receptoresEstudo dos receptores
Estudo dos receptores
Marco Antonio Sanches
 
Eletrodinâmica exercícios
Eletrodinâmica exercíciosEletrodinâmica exercícios
Eletrodinâmica exercícios
Professorfranciscosimao
 
Óptica Geométrica - Estudo das lentes esféricas
Óptica Geométrica - Estudo das lentes esféricasÓptica Geométrica - Estudo das lentes esféricas
Óptica Geométrica - Estudo das lentes esféricas
Marco Antonio Sanches
 
Lei de coulomb
Lei de coulombLei de coulomb
Lei de coulomb
Betine Rost
 
Questões Corrigidas, em Word: Potencial Elétrico - Conteúdo vinculado ao bl...
Questões Corrigidas, em Word:  Potencial Elétrico  - Conteúdo vinculado ao bl...Questões Corrigidas, em Word:  Potencial Elétrico  - Conteúdo vinculado ao bl...
Questões Corrigidas, em Word: Potencial Elétrico - Conteúdo vinculado ao bl...
Rodrigo Penna
 
Revisão de eletrostática e campo elétrico
Revisão de eletrostática e campo elétricoRevisão de eletrostática e campo elétrico
Revisão de eletrostática e campo elétrico
Cleiton Rosa
 
Lista 1 2013 escalas termométricas
Lista 1 2013   escalas termométricasLista 1 2013   escalas termométricas
Lista 1 2013 escalas termométricas
Péricles Penuel
 
Estudo dos resistores
Estudo dos resistoresEstudo dos resistores
Estudo dos resistores
Marco Antonio Sanches
 
Atividades física 2 ano prof. waldir montenegro
Atividades física 2  ano prof. waldir montenegroAtividades física 2  ano prof. waldir montenegro
Atividades física 2 ano prof. waldir montenegro
Waldir Montenegro
 
Exercícios de Aprendizagem - Velocidade média e escalar média.
Exercícios de Aprendizagem - Velocidade média e escalar média.Exercícios de Aprendizagem - Velocidade média e escalar média.
Exercícios de Aprendizagem - Velocidade média e escalar média.
UFPB
 
Exercicios propostos sobre electrostatica
Exercicios propostos sobre electrostaticaExercicios propostos sobre electrostatica
Exercicios propostos sobre electrostatica
Lucamariop
 
Aulão pré prova enem física ciências da natureza
Aulão pré prova enem física ciências da naturezaAulão pré prova enem física ciências da natureza
Aulão pré prova enem física ciências da natureza
Fabricio Scheffer
 
Movimento Uniformemente Variado - Equação de Torricelli
Movimento Uniformemente Variado - Equação de TorricelliMovimento Uniformemente Variado - Equação de Torricelli
Movimento Uniformemente Variado - Equação de Torricelli
Marco Antonio Sanches
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Estudo dos Gases ...
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Estudo dos Gases ...www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Estudo dos Gases ...
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Estudo dos Gases ...
Videoaulas De Física Apoio
 
Velocidade Escalar Média
Velocidade Escalar MédiaVelocidade Escalar Média
Velocidade Escalar Média
Miky Mine
 
Lista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica totalLista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica total
Polivalente (Ubá) - E. E. Deputado Carlos Peixoto Filho
 
Fisica cn2 parte6 maquinas simples
Fisica cn2 parte6 maquinas simplesFisica cn2 parte6 maquinas simples
Fisica cn2 parte6 maquinas simples
cavip
 

Mais procurados (20)

Revisão ENEM-FÍSICA
Revisão ENEM-FÍSICARevisão ENEM-FÍSICA
Revisão ENEM-FÍSICA
 
atividade de física 1º ano - optica geometrica
atividade de física 1º ano - optica geometricaatividade de física 1º ano - optica geometrica
atividade de física 1º ano - optica geometrica
 
Eletromagnetismo
EletromagnetismoEletromagnetismo
Eletromagnetismo
 
Estudo dos receptores
Estudo dos receptoresEstudo dos receptores
Estudo dos receptores
 
Eletrodinâmica exercícios
Eletrodinâmica exercíciosEletrodinâmica exercícios
Eletrodinâmica exercícios
 
Óptica Geométrica - Estudo das lentes esféricas
Óptica Geométrica - Estudo das lentes esféricasÓptica Geométrica - Estudo das lentes esféricas
Óptica Geométrica - Estudo das lentes esféricas
 
Lei de coulomb
Lei de coulombLei de coulomb
Lei de coulomb
 
Questões Corrigidas, em Word: Potencial Elétrico - Conteúdo vinculado ao bl...
Questões Corrigidas, em Word:  Potencial Elétrico  - Conteúdo vinculado ao bl...Questões Corrigidas, em Word:  Potencial Elétrico  - Conteúdo vinculado ao bl...
Questões Corrigidas, em Word: Potencial Elétrico - Conteúdo vinculado ao bl...
 
Revisão de eletrostática e campo elétrico
Revisão de eletrostática e campo elétricoRevisão de eletrostática e campo elétrico
Revisão de eletrostática e campo elétrico
 
Lista 1 2013 escalas termométricas
Lista 1 2013   escalas termométricasLista 1 2013   escalas termométricas
Lista 1 2013 escalas termométricas
 
Estudo dos resistores
Estudo dos resistoresEstudo dos resistores
Estudo dos resistores
 
Atividades física 2 ano prof. waldir montenegro
Atividades física 2  ano prof. waldir montenegroAtividades física 2  ano prof. waldir montenegro
Atividades física 2 ano prof. waldir montenegro
 
Exercícios de Aprendizagem - Velocidade média e escalar média.
Exercícios de Aprendizagem - Velocidade média e escalar média.Exercícios de Aprendizagem - Velocidade média e escalar média.
Exercícios de Aprendizagem - Velocidade média e escalar média.
 
Exercicios propostos sobre electrostatica
Exercicios propostos sobre electrostaticaExercicios propostos sobre electrostatica
Exercicios propostos sobre electrostatica
 
Aulão pré prova enem física ciências da natureza
Aulão pré prova enem física ciências da naturezaAulão pré prova enem física ciências da natureza
Aulão pré prova enem física ciências da natureza
 
Movimento Uniformemente Variado - Equação de Torricelli
Movimento Uniformemente Variado - Equação de TorricelliMovimento Uniformemente Variado - Equação de Torricelli
Movimento Uniformemente Variado - Equação de Torricelli
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Estudo dos Gases ...
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Estudo dos Gases ...www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Estudo dos Gases ...
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Estudo dos Gases ...
 
Velocidade Escalar Média
Velocidade Escalar MédiaVelocidade Escalar Média
Velocidade Escalar Média
 
Lista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica totalLista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica total
 
Fisica cn2 parte6 maquinas simples
Fisica cn2 parte6 maquinas simplesFisica cn2 parte6 maquinas simples
Fisica cn2 parte6 maquinas simples
 

Semelhante a Aulão Uemg 2018

Questao energia e_trabalho
Questao energia e_trabalhoQuestao energia e_trabalho
Questao energia e_trabalho
Betine Rost
 
Pré prova fisica ufrgs 2014 Aulão de dicas
Pré prova fisica  ufrgs 2014 Aulão de dicasPré prova fisica  ufrgs 2014 Aulão de dicas
Pré prova fisica ufrgs 2014 Aulão de dicas
Fabricio Scheffer
 
10052021141712Lista de Exercicios - Revisao Energia e Potência.pdf
10052021141712Lista de Exercicios - Revisao Energia e Potência.pdf10052021141712Lista de Exercicios - Revisao Energia e Potência.pdf
10052021141712Lista de Exercicios - Revisao Energia e Potência.pdf
Efraim Nobre Soares
 
Revisao fisica energia_qtd_mov_exercicios_resolucao-9
Revisao fisica energia_qtd_mov_exercicios_resolucao-9Revisao fisica energia_qtd_mov_exercicios_resolucao-9
Revisao fisica energia_qtd_mov_exercicios_resolucao-9
Kelly Denise Machado
 
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física - Exercícios de Energia e o Teorema
www.AulasDeFisicaApoio.com  - Física -  Exercícios de Energia e o Teoremawww.AulasDeFisicaApoio.com  - Física -  Exercícios de Energia e o Teorema
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física - Exercícios de Energia e o Teorema
Videoaulas De Física Apoio
 
Física – Exercícios sobre Energia e o Teorema
Física – Exercícios sobre Energia e o TeoremaFísica – Exercícios sobre Energia e o Teorema
Física – Exercícios sobre Energia e o Teorema
Joana Figueredo
 
www.TutoresNaWebCom.Br - Física - Exercícios Resolvido Energia e o Teorema
www.TutoresNaWebCom.Br - Física -  Exercícios Resolvido Energia e o Teoremawww.TutoresNaWebCom.Br - Física -  Exercícios Resolvido Energia e o Teorema
www.TutoresNaWebCom.Br - Física - Exercícios Resolvido Energia e o Teorema
Cris Santos Tutores
 
Fisica exercicios resolvidos 013
Fisica exercicios resolvidos  013Fisica exercicios resolvidos  013
Fisica exercicios resolvidos 013
comentada
 
Unicamp1998 2fase (1) parte_001
Unicamp1998 2fase (1) parte_001Unicamp1998 2fase (1) parte_001
Unicamp1998 2fase (1) parte_001
Thommas Kevin
 
Exercícios Física - Monitoria
Exercícios Física - MonitoriaExercícios Física - Monitoria
Exercícios Física - Monitoria
Rodrigo Moysés
 
Fisica enem
Fisica enemFisica enem
Fisica enem
Thommas Kevin
 
Enem2016
Enem2016Enem2016
Enem2016
ceadlfisica
 
Pucsp2007 1dia parte_001
Pucsp2007 1dia parte_001Pucsp2007 1dia parte_001
Pucsp2007 1dia parte_001
Thommas Kevin
 
Simulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicio
Simulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicioSimulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicio
Simulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicio
ROBSONVINAS
 
Lista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial ElétricoLista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial Elétrico
Gustavo Mendonça
 
9 potência elétrica em cc e ca
9 potência elétrica em cc e ca9 potência elétrica em cc e ca
9 potência elétrica em cc e ca
Pedro Barros Neto
 
AUDEF
AUDEFAUDEF
Prova do pism 2010
Prova do pism 2010Prova do pism 2010
Prova do pism 2010
Felipe Cesar
 
Questao termodinamica
Questao termodinamicaQuestao termodinamica
Questao termodinamica
Benjamin Batista
 
Trigonometria no Triângulo Retângulo (Eletrotécnica)
Trigonometria no Triângulo Retângulo (Eletrotécnica)Trigonometria no Triângulo Retângulo (Eletrotécnica)
Trigonometria no Triângulo Retângulo (Eletrotécnica)
Equipe_FAETEC
 

Semelhante a Aulão Uemg 2018 (20)

Questao energia e_trabalho
Questao energia e_trabalhoQuestao energia e_trabalho
Questao energia e_trabalho
 
Pré prova fisica ufrgs 2014 Aulão de dicas
Pré prova fisica  ufrgs 2014 Aulão de dicasPré prova fisica  ufrgs 2014 Aulão de dicas
Pré prova fisica ufrgs 2014 Aulão de dicas
 
10052021141712Lista de Exercicios - Revisao Energia e Potência.pdf
10052021141712Lista de Exercicios - Revisao Energia e Potência.pdf10052021141712Lista de Exercicios - Revisao Energia e Potência.pdf
10052021141712Lista de Exercicios - Revisao Energia e Potência.pdf
 
Revisao fisica energia_qtd_mov_exercicios_resolucao-9
Revisao fisica energia_qtd_mov_exercicios_resolucao-9Revisao fisica energia_qtd_mov_exercicios_resolucao-9
Revisao fisica energia_qtd_mov_exercicios_resolucao-9
 
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física - Exercícios de Energia e o Teorema
www.AulasDeFisicaApoio.com  - Física -  Exercícios de Energia e o Teoremawww.AulasDeFisicaApoio.com  - Física -  Exercícios de Energia e o Teorema
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física - Exercícios de Energia e o Teorema
 
Física – Exercícios sobre Energia e o Teorema
Física – Exercícios sobre Energia e o TeoremaFísica – Exercícios sobre Energia e o Teorema
Física – Exercícios sobre Energia e o Teorema
 
www.TutoresNaWebCom.Br - Física - Exercícios Resolvido Energia e o Teorema
www.TutoresNaWebCom.Br - Física -  Exercícios Resolvido Energia e o Teoremawww.TutoresNaWebCom.Br - Física -  Exercícios Resolvido Energia e o Teorema
www.TutoresNaWebCom.Br - Física - Exercícios Resolvido Energia e o Teorema
 
Fisica exercicios resolvidos 013
Fisica exercicios resolvidos  013Fisica exercicios resolvidos  013
Fisica exercicios resolvidos 013
 
Unicamp1998 2fase (1) parte_001
Unicamp1998 2fase (1) parte_001Unicamp1998 2fase (1) parte_001
Unicamp1998 2fase (1) parte_001
 
Exercícios Física - Monitoria
Exercícios Física - MonitoriaExercícios Física - Monitoria
Exercícios Física - Monitoria
 
Fisica enem
Fisica enemFisica enem
Fisica enem
 
Enem2016
Enem2016Enem2016
Enem2016
 
Pucsp2007 1dia parte_001
Pucsp2007 1dia parte_001Pucsp2007 1dia parte_001
Pucsp2007 1dia parte_001
 
Simulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicio
Simulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicioSimulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicio
Simulado 8 _enem__outubro1413990551_exercicio
 
Lista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial ElétricoLista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial Elétrico
 
9 potência elétrica em cc e ca
9 potência elétrica em cc e ca9 potência elétrica em cc e ca
9 potência elétrica em cc e ca
 
AUDEF
AUDEFAUDEF
AUDEF
 
Prova do pism 2010
Prova do pism 2010Prova do pism 2010
Prova do pism 2010
 
Questao termodinamica
Questao termodinamicaQuestao termodinamica
Questao termodinamica
 
Trigonometria no Triângulo Retângulo (Eletrotécnica)
Trigonometria no Triângulo Retângulo (Eletrotécnica)Trigonometria no Triângulo Retângulo (Eletrotécnica)
Trigonometria no Triângulo Retângulo (Eletrotécnica)
 

Mais de Rildo Borges

Função Afim e Linear.ppt
Função Afim e Linear.pptFunção Afim e Linear.ppt
Função Afim e Linear.ppt
Rildo Borges
 
EDUCAÇÂO FINANCEIRA-8º ANO-MÓDULO 01.pptx
EDUCAÇÂO FINANCEIRA-8º ANO-MÓDULO 01.pptxEDUCAÇÂO FINANCEIRA-8º ANO-MÓDULO 01.pptx
EDUCAÇÂO FINANCEIRA-8º ANO-MÓDULO 01.pptx
Rildo Borges
 
Aulão Piumhi
Aulão PiumhiAulão Piumhi
Aulão Piumhi
Rildo Borges
 
Sistema solar
Sistema solarSistema solar
Sistema solar
Rildo Borges
 
M5 teoria
M5 teoriaM5 teoria
M5 teoria
Rildo Borges
 
Lentes 2020
Lentes 2020Lentes 2020
Lentes 2020
Rildo Borges
 
Espelhos esféricos
Espelhos esféricosEspelhos esféricos
Espelhos esféricos
Rildo Borges
 
M4 teoria VF
M4 teoria VFM4 teoria VF
M4 teoria VF
Rildo Borges
 
M4 teoria
M4 teoriaM4 teoria
M4 teoria
Rildo Borges
 
Como nascem-estrelas
Como nascem-estrelasComo nascem-estrelas
Como nascem-estrelas
Rildo Borges
 
MHS Completo
MHS CompletoMHS Completo
MHS Completo
Rildo Borges
 
M3 gabarito
M3 gabaritoM3 gabarito
M3 gabarito
Rildo Borges
 
M3 teoria
M3 teoriaM3 teoria
M3 teoria
Rildo Borges
 
M2
M2M2
M2 teoria
M2 teoriaM2 teoria
M2 teoria
Rildo Borges
 
teoria
teoriateoria
teoria
Rildo Borges
 
Módulo 07
Módulo 07Módulo 07
Módulo 07
Rildo Borges
 
Módulo 06
Módulo 06Módulo 06
Módulo 06
Rildo Borges
 
Módulo 05
Módulo 05Módulo 05
Módulo 05
Rildo Borges
 
Módulo 04
Módulo 04Módulo 04
Módulo 04
Rildo Borges
 

Mais de Rildo Borges (20)

Função Afim e Linear.ppt
Função Afim e Linear.pptFunção Afim e Linear.ppt
Função Afim e Linear.ppt
 
EDUCAÇÂO FINANCEIRA-8º ANO-MÓDULO 01.pptx
EDUCAÇÂO FINANCEIRA-8º ANO-MÓDULO 01.pptxEDUCAÇÂO FINANCEIRA-8º ANO-MÓDULO 01.pptx
EDUCAÇÂO FINANCEIRA-8º ANO-MÓDULO 01.pptx
 
Aulão Piumhi
Aulão PiumhiAulão Piumhi
Aulão Piumhi
 
Sistema solar
Sistema solarSistema solar
Sistema solar
 
M5 teoria
M5 teoriaM5 teoria
M5 teoria
 
Lentes 2020
Lentes 2020Lentes 2020
Lentes 2020
 
Espelhos esféricos
Espelhos esféricosEspelhos esféricos
Espelhos esféricos
 
M4 teoria VF
M4 teoria VFM4 teoria VF
M4 teoria VF
 
M4 teoria
M4 teoriaM4 teoria
M4 teoria
 
Como nascem-estrelas
Como nascem-estrelasComo nascem-estrelas
Como nascem-estrelas
 
MHS Completo
MHS CompletoMHS Completo
MHS Completo
 
M3 gabarito
M3 gabaritoM3 gabarito
M3 gabarito
 
M3 teoria
M3 teoriaM3 teoria
M3 teoria
 
M2
M2M2
M2
 
M2 teoria
M2 teoriaM2 teoria
M2 teoria
 
teoria
teoriateoria
teoria
 
Módulo 07
Módulo 07Módulo 07
Módulo 07
 
Módulo 06
Módulo 06Módulo 06
Módulo 06
 
Módulo 05
Módulo 05Módulo 05
Módulo 05
 
Módulo 04
Módulo 04Módulo 04
Módulo 04
 

Último

Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 

Último (20)

Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 

Aulão Uemg 2018

  • 2. QUESTÃO 13 Biker é um jovem que passa diariamente com sua bicicleta sobre uma grande lombada de perfil circular e raio R, contida em um plano vertical, como representa o esquema abaixo, em que o ponto A é o mais alto dessa lombada.
  • 3. A intensidade da aceleração da gravidade local é g e a massa do rapaz juntamente com sua bicicleta é igual a M. Qual o valor da diferença entre as intensidades da força de contato bicicleta-solo supondo-se, primeiramente, o veículo em repouso no ponto A e, em seguida, a bicicleta passando por esse local com velocidade de módulo V? a) Mg - M V2 R b) M V2 R - Mg c) Mg d) M V2 R
  • 4. para o centro da trajetória, perpendicular à trajetória e à velocidade. Força Centrípeta. v Fcp 2 . . CP CP CP F m a V F m R   R
  • 5. SITUAÇÃO I: REPOUSO  SITUAÇÃO II: VELOCIDADE V  1N P 2 2C CF P N N P F    
  • 6. 1 2 ( )CN N P P F   
  • 7. 1 2 1 2 ( )C C N N P P F N N F      
  • 8. 1 2 1 2 2 1 2 ( ) . (Resp.: ) C C N N P P F N N F M V N N d R        
  • 9. QUESTÃO 14 Worker é um operário que tem a incumbência de elevar uma carga de peso com módulo P à mesma altura h em duas situações distintas, I e II, com velocidade constante. Na situação I é utilizada apenas uma polia fixa e uma corda. Já na situação II, além da polia fixa e da corda, é também utilizada uma polia móvel.
  • 10. As massas das polias são desprezíveis, bem como suas dimensões. A corda é ideal e não sofre interações de atrito com as polias. Sendo FI e FII as intensidades das forças aplicadas pelo trabalhador na corda e τI e 𝜏II os trabalhos de FI e FII, respectivamente nas situações I e II, é correto que: a) FII= FI 2 e τII= τI 2 b) FII= FI 2 e τII= τI c) FII= FI e τII= τI d) FII= FI e τII= τI 2
  • 11. VANTAGEM MECÂNICA 1 1 2 2 2. / 2 / 2 2 T P T P F P VM P VM F      2 NÚMERO DE POLIAS MÓVEIS. N VM N  
  • 13. Quando uma Força transfere ou transforma energia. . ( . ) F d Joule Newton metro   
  • 15. QUESTÃO 15 Um estudante dispõe de dois espelhos, um plano e outro espelho esférico côncavo, nas condições de aproximação de Gauss. Ele então montou o sistema, conforme mostrado no diagrama. Os pontos C, F e V são, respectivamente, o centro de curvatura, o foco principal e o vértice do espelho esférico. A distância focal do espelho esférico é f. O objeto O, representado por uma seta está posicionado sobre o foco F.
  • 16. f
  • 17. As características da imagem que se obtém por duas reflexões sucessivas da luz, a primeira no espelho plano e a segunda no espelho esférico, são: a) real, invertida e maior que o objeto O. b) virtual, direita e de mesmo comprimento que o objeto O. c) real, invertida e de mesmo comprimento que o objeto O. d) virtual, direita e menor que o objeto O.
  • 18.
  • 19.
  • 21. C F V Objeto Imagem Imagem: Real, Invertida e Igual
  • 23. QUESTÃO 16 Cansado de tomar banhos frios no inverno, Olavo resolveu cortar o resistor em forma de mola de seu chuveiro elétrico em duas partes iguais, reinstalando no dispositivo apenas uma dessas partes. Admitindo-se que a tensão de alimentação se manteve constante, a redução à metade da resistência elétrica do chuveiro disponibilizou a Olavo, por segundo: a) a mesma quantidade de energia anterior. b) uma quantidade de energia igual ao dobro da anterior. c) uma quantidade de energia igual ao triplo da anterior. d) uma quantidade de energia igual ao quádruplo da anterior.
  • 24. Potência Rapidez(velocidade ) com que a Energia é transformada ou transferida.
  • 25. el Energia Pot Tempo Joule Watt segundo Q Pot t t t          
  • 26. .elE P t
  • 27. .elE P t  2 . U P U i R  
  • 28. 2 . . / 2 2 2 el el el E P t U P U i R R P E R P E         
  • 30. QUESTÃO 17 Foi instalada uma máquina a vapor entre duas fontes térmicas, uma quente e outra fria, para funcionar segundo o Ciclo de Carnot. Sabe-se que a temperatura da fonte fria é de 27 ℃, que o trabalho útil realizado em cada ciclo é igual 480 J e que o rendimento da máquina é de 40%. Em ordem, qual a temperatura da fonte quente e quanto de calor é rejeitado para a fonte fria? a) 27 ℃ e 240 J c) 127 ℃ e 480 J b) 177 ℃ e 600 J d) 227 ℃ e 720 J
  • 31. Máquinas térmicas: operando em ciclos, retiram calor de uma fonte quente, convertem parte deste calor em trabalho e rejeitam o restante para uma fonte fria. Ex: máquinas a vapor, motor a combustão
  • 32. η=Rendimento= ; 1 1 100% Útil FQ FF Total FQ FF FQ FQ FQ FF FF FF FQ FQ FQ FQ Q Q Q Q Q Q Q Q Q T Q Q Q T e                         
  • 34. (27 ) 1 0,4 1 300 0, 273 6 273 500 ( 2 ) 2 º 7 7 3 2 FF FQ FQ T T T C                  
  • 36. 480 0,4 1200 FQ FQ FQ Q Q Q J       
  • 37. 480 1200 720 FQ FF FF FF Q Q Q Q J      
  • 39. QUESTÃO 18 O aumento da população mundial e o grande avanço tecnológico tem exigido a produção cada vez maior de energia, principalmente de energia elétrica. A obtenção dessa energia provoca poluição, devastação da flora terrestre e contaminação do solo e da atmosfera. São utilizadas usinas hidroelétricas, painéis fotovoltaicos, usinas eólicas, usinas termoelétricas e baterias cada vez mais sofisticadas, com rendimentos que melhoram com tempo. Das fontes citadas as que menos provocam a degradação do meio ambiente são: a) Usinas hidroelétricas e painéis fotovoltaicos. b) Usinas eólicas e usinas termoelétricas. c) Painéis fotovoltaicos e usinas eólicas. d) Usinas hidroelétricas e baterias.