SlideShare uma empresa Scribd logo
Disciplina
Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
Professora: Arquiteta Dra. Monica Kofler
Ano: 2016
Revestimento e Patologias
Produtos
Impermeabilizantes
para alvenaria
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
Este material não divulga marca de produto.
Produtos:
1. Hidrofugante para fachadas a base de silicone
 Aplicação: Tijolo a vista, cerâmica porosa, concreto aparente,
fachada de pedra rejuntada, telha cerâmica.
 Evita: eflurescência, manchas e escurecimento do rejunte.
2. Super plastificante para concreto
 Aplicação: concretagem de edifícios, pavimentos, pontes,
reservatórios e silos. Concreto bombeado, moldado e
protendido, concretagem para armaduras densas. Concreto de
alto desempenho com sílica ativa.
 Proporciona alta resistência e impermeabilidade.
3. Adesivo de alto desempenho para Argamassa e
Chapisco
 Aplicação: chapisco, reparo em espessura em concreto e
alvenaria, execução de piso e rejuntamento, fixador de caiação,
assentamento de azulejo e cerâmica, plastificante para gesso.
SISTEMA DE
IMPERMEABILIZAÇÃO RÍGIDO
 Reparo e fixação
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
4. Plastificante, redutor de água para concreto
 Aplicação: concreto com alta resistência, concretos
bombeados, concretos aparentes.
 Efeito: Reduz a água do concreto deixando homogêneo e
coeso com mais impermeabilidade.
5. Aditivo Plastificante Polifuncional
 Aplicação: concreto de alto desempenho, concreto
bombeado, concreto aparente, concreto impermeável.
 Efeito: redução de água sem alterar o tempo de pega.
6. Tinta Asfáltica para concreto, alvenaria, metais e
madeira
 Aplicação: Caixas d´água e tanques, concreto e alvenarias em
contato com o solo (alicerces, muro de arrimo, baldrames e
revestimentos, estruturas metálicas, primer na aplicação de
mástique e mantas.
 Efeito: Protege o concreto contra umidade e águas agressivas.
SISTEMA RÍGIDOProdutos:
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
7. Tinta Asfáltica a base de emulsão para concretos e
argamassas
 Aplicação: pintura de fundações, baldrames, muros de arrimo
e revestimento em contato com o solo.
 Efeito: Película impermeável resistente a água.
8. Aditivo Impermeabilizante para concretos e
Argamassas
 Aplicação: reservatórios e canalizações de água, revestimentos
externos, pisos e paredes em contato com a umidade do solo,
assentamento de tijolos nos alicerces, concreto impermeável.
 Efeito: Hidrofugação do sistema capilar.
9. Impermeabilizante de pega muito rápida
 Aplicação: Estanqueamento de água sob pressão,
concretagem em presença de água, chumbamentos urgentes,
revestimento de superfície úmida.
 Efeito: Acelera o endurecimento e cristalização do cimento de
forma ultrarápida.
SISTEMA RÍGIDO
Produtos:
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
10. Cristalizante Ultrarrápido para Tamponamentos
 Aplicação: caixa d´água, muros de arrimo, poços de visita,
inspeção, redes de água e esgoto.
 Efeito: Estaqueamento de água.
11. Revestimento Impermeável contra Infiltrações
 Aplicação: reservatórios e caixa d´água, poços de elevadores,
piscinas, paredes internas e externas, rodapés, áreas frias,
subsolos, fundações.
 Efeito: Revestimento impermeável de alta aderência.
12. Revestimento Impermeabilizante de base acrílica
contra infiltrações
 Aplicação: reservatórios e caixa d´água, poços de elevadores,
piscinas, paredes internas e externas, rodapés, áreas frias,
subsolos, fundações.
 Efeito: Alta aderência nos materiais.
SISTEMA RÍGIDO
Produtos:
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
13. Cristalizante Ultrarrápido para Tamponamentos
 Aplicação: caixa d´água, muros de arrimo, poços de visita,
inspeção, redes de água e esgoto.
 Efeito: Estaqueamento de água.
14. Revestimento Impermeável contra Infiltrações
 Aplicação: reservatórios e caixa d´água, poços de elevadores,
piscinas, paredes internas e externas, rodapés, áreas frias,
subsolos, fundações.
 Efeito: Revestimento impermeável de alta aderência.
15. Revestimento Impermeabilizante de base acrílica
contra infiltrações
 Aplicação: reservatórios e caixa d´água, poços de elevadores,
piscinas, paredes internas e externas, rodapés, áreas frias,
subsolos, fundações.
 Efeito: Alta aderência nos materiais.
SISTEMA DE IMPERMEABILIZAÇÃO
FLEXÍVELProdutos:
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
16. SISTEMA FLEXÍVEL MOLDADO NO LOCAL e
SISTEMA FLEXÍVEL PRÉ FABRICADO
 Para Aplicação Quando: Movimentação, forte exposição solar,
variações térmica e vibrações, lajes de cobertura, terraço,
calhas de concreto, áreas frias, abóbodas, reservatórios
elevados.
 Efeito: Revestimento impermeável de alta aderência.
SISTEMA FLEXÍVEL
SISTEMA FLEXÍVEL MOLDADO NO LOCAL
Aplicações:
 Impermeabilização de lajes
 Impermeabilizações de boxes e áreas frias
 Impermeabilização de jardineiras
 Impermeabilização de reservatórios elevados
 Impermeabilização de gesso acartonado (DryWall)
SISTEMA FLEXÍVEL PRÉ FABRICADO
 Aplicação com Mantas asfálticas
Produtos:
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
17. Massa betuminosa para Impermeabilização
 Aplicação: Impermeabilização de pequenas coberturas,
terraços, banheiros, jardineiras e calhas, colagens de placas
termo acústicas, argamassa antiácida com areia.
 Efeito: camada plástica.
18. Manta Asfáltica Pré moldada de alumínio
 Aplicação: lajes não transitáveis plana ou inclinada, telhados
em geral, calhas e canaletas, marquises, juntas de dilatação.
 Efeito: isolante térmico e acústico.
19. Manta Asfáltica Pré-moldada Poliéster
 Aplicação: lajes transitáveis planas ou inclináveis, jardineiras e
floreiras, muros, caixa d´água, piscina, piso de
estacionamento, áreas frias.
 Efeito: a base de asfalto com resistência a tração e ao
puncionamento, total impermeabilidade.
SISTEMA FLEXÍVEL
Produtos:
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
20. Manta Asfáltica Pré moldada Polietileno
 Aplicação: lajes transitáveis planas ou inclinadas, pisos de
cozinha.
 Efeito: Polietileno antiaderente.
21. Manta Asfáltica Transitável com Revestimento de
Poliéster
 Aplicação: lajes transitáveis planas e inclinadas, telhados em
geral, calhas e canaletas, marquises, juntas de dilatação.
 Efeito: alta resistência mecânica e transitabilidade, estética e
durabilidade.
22. Primer para todos os tipos de mantas asfálticas
 Aplicação: Colagem de manta asfáltica, reservatórios de água,
lajes e tanques.
 Efeito: Imprimação de alta aderância.
SISTEMA FLEXÍVEL
Produtos:
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
23. Membrana para impermeabilização de coberturas
e áreas frias
 Aplicação: lajes de cobertura, terraço, calhas de concreto,
áreas frias, em drywall .
 Efeito: membrana impermeável e elástica.
24. Membrana acrílica para impermeabilização de
coberturas expostas
 Aplicação: áreas não sujeitas a tráfego de veiculo ou pedestre,
como lajes, marquises, coberturas inclinadas, pintura de
parede externa sujeita a batidas de chuva.
 Efeito: elasticidade e durabilidade, resistente a intempéries.
25. Manta liquida de secagem ultrarápida para
impermeabilização de coberturas expostas
 Aplicação: lajes de concreto, prémoldadas, calhas, canaletas e
telhas, mantas asfálticas recoberta com geotêxtil para transito
de pessoas.
 Efeito: ecologicamente correto, com ação fúngica, proteção
contra raios solares.
SISTEMA FLEXÍVELProdutos:
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
26. Pintura impermeável contra batidas de chuva
 Aplicação: paredes externas e alvenaria de bloco, sobre
reboco, concreto, fibrocimento e massa acrílica.
 Efeito: pintura elástica, acrílica de alta aderência.
27. Tela de Poliéster Estruturante para
Impermeabilização
 Aplicação: estruturante moldada no local para tratamento de
fissuras e trincas.
 Efeito: aumento da resistência a tração.
28. Revestimento Impermeabilizante Flexível
 Aplicação: caixas d´água, reservatórios, piscinas, áreas
molhadas.
 Efeito: flexível de alta aderência e impermeabilidade.
SISTEMA FLEXÍVELProdutos:
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
Exercício – fora da sala de aula:
 -Pesquisar 2 problemas sobre patologia na alvenaria, tirar
foto registrando o problema, descrição do problema e
pesquisar sobre possíveis soluções.
Apresentar na sala.
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
 Um modelo de relatório será enviado para email da sala.
PESQUISE NA BIBLIOTECA:
 LIVRO: Ercio, T. (2001) - Tecnologia, Gerenciamento e Qualidade
na Construção. Editora PINI.
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
 NBR 9575 – Impermeabilização – Seleção e Projeto
 Texto complementação entregue em sala de aula para o aluno cópia
no xerox.
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
As Normas Técnicas referente a argamassa:
Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
Material de uso exclusivo didático do professor da disciplina

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Patologias causadas por agentes ambientais, climáticos e biológicos
Patologias causadas por agentes ambientais, climáticos e biológicosPatologias causadas por agentes ambientais, climáticos e biológicos
Patologias causadas por agentes ambientais, climáticos e biológicos
diegoccb
 
Patologias do concreto 2
Patologias  do concreto 2Patologias  do concreto 2
Patologias do concreto 2
profNICODEMOS
 
Apostila avaliacao de_risco_estrutural
Apostila avaliacao de_risco_estruturalApostila avaliacao de_risco_estrutural
Apostila avaliacao de_risco_estrutural
Cristianne Silva
 
Impermeabilização na Construção Civil
Impermeabilização na Construção CivilImpermeabilização na Construção Civil
Impermeabilização na Construção Civil
Brehmer R. de Sá
 
Impermeabilizacao E Patologias Trabalho Storte
Impermeabilizacao E Patologias Trabalho StorteImpermeabilizacao E Patologias Trabalho Storte
Impermeabilizacao E Patologias Trabalho Storte
ELKA PORCIÚNCULA
 
2 pat e acidentes
2  pat e acidentes2  pat e acidentes
2 pat e acidentes
Jho05
 
Impermeabilizantes
ImpermeabilizantesImpermeabilizantes
Impermeabilizantes
Carlos Elson Cunha
 
Aula durabilidade das estruturas de concreto e concretos especiais
Aula  durabilidade das estruturas de concreto e concretos especiaisAula  durabilidade das estruturas de concreto e concretos especiais
Aula durabilidade das estruturas de concreto e concretos especiais
Andrea Chociay
 
Patologia das Estruturas de Betão
Patologia das Estruturas de BetãoPatologia das Estruturas de Betão
Patologia das Estruturas de Betão
engenhariacivil91
 
15935446 aula-impermeabilizacao
15935446 aula-impermeabilizacao15935446 aula-impermeabilizacao
15935446 aula-impermeabilizacao
zuiltonguima
 
Patologia
Patologia Patologia
Patologia
Gabriele Lacerda
 
Aula subsistema estrutural cimento concreto
Aula  subsistema estrutural cimento concretoAula  subsistema estrutural cimento concreto
Aula subsistema estrutural cimento concreto
UNAERP
 
Sistemas impermeabilizantes
Sistemas impermeabilizantesSistemas impermeabilizantes
Sistemas impermeabilizantes
Orlando Diniz
 
Trabalho sobre porcelanato e cerâmica
Trabalho sobre porcelanato e cerâmicaTrabalho sobre porcelanato e cerâmica
Trabalho sobre porcelanato e cerâmica
Rosa Karina Carvalho Cavalcante
 
Cerâmica,
Cerâmica, Cerâmica,
Cerâmica,
Az. O.
 
Inspeção visual e ensaios NDT Estruturas de concreto_ COTEQ 2019
Inspeção visual e ensaios NDT Estruturas de concreto_ COTEQ 2019Inspeção visual e ensaios NDT Estruturas de concreto_ COTEQ 2019
Inspeção visual e ensaios NDT Estruturas de concreto_ COTEQ 2019
Adriana de Araujo
 
Falhas em revestimentos
Falhas em revestimentosFalhas em revestimentos
Falhas em revestimentos
Ton Luis
 
Revestimentos ceramicos escopo bsico
Revestimentos ceramicos escopo bsicoRevestimentos ceramicos escopo bsico
Revestimentos ceramicos escopo bsico
Felipeforest
 

Mais procurados (18)

Patologias causadas por agentes ambientais, climáticos e biológicos
Patologias causadas por agentes ambientais, climáticos e biológicosPatologias causadas por agentes ambientais, climáticos e biológicos
Patologias causadas por agentes ambientais, climáticos e biológicos
 
Patologias do concreto 2
Patologias  do concreto 2Patologias  do concreto 2
Patologias do concreto 2
 
Apostila avaliacao de_risco_estrutural
Apostila avaliacao de_risco_estruturalApostila avaliacao de_risco_estrutural
Apostila avaliacao de_risco_estrutural
 
Impermeabilização na Construção Civil
Impermeabilização na Construção CivilImpermeabilização na Construção Civil
Impermeabilização na Construção Civil
 
Impermeabilizacao E Patologias Trabalho Storte
Impermeabilizacao E Patologias Trabalho StorteImpermeabilizacao E Patologias Trabalho Storte
Impermeabilizacao E Patologias Trabalho Storte
 
2 pat e acidentes
2  pat e acidentes2  pat e acidentes
2 pat e acidentes
 
Impermeabilizantes
ImpermeabilizantesImpermeabilizantes
Impermeabilizantes
 
Aula durabilidade das estruturas de concreto e concretos especiais
Aula  durabilidade das estruturas de concreto e concretos especiaisAula  durabilidade das estruturas de concreto e concretos especiais
Aula durabilidade das estruturas de concreto e concretos especiais
 
Patologia das Estruturas de Betão
Patologia das Estruturas de BetãoPatologia das Estruturas de Betão
Patologia das Estruturas de Betão
 
15935446 aula-impermeabilizacao
15935446 aula-impermeabilizacao15935446 aula-impermeabilizacao
15935446 aula-impermeabilizacao
 
Patologia
Patologia Patologia
Patologia
 
Aula subsistema estrutural cimento concreto
Aula  subsistema estrutural cimento concretoAula  subsistema estrutural cimento concreto
Aula subsistema estrutural cimento concreto
 
Sistemas impermeabilizantes
Sistemas impermeabilizantesSistemas impermeabilizantes
Sistemas impermeabilizantes
 
Trabalho sobre porcelanato e cerâmica
Trabalho sobre porcelanato e cerâmicaTrabalho sobre porcelanato e cerâmica
Trabalho sobre porcelanato e cerâmica
 
Cerâmica,
Cerâmica, Cerâmica,
Cerâmica,
 
Inspeção visual e ensaios NDT Estruturas de concreto_ COTEQ 2019
Inspeção visual e ensaios NDT Estruturas de concreto_ COTEQ 2019Inspeção visual e ensaios NDT Estruturas de concreto_ COTEQ 2019
Inspeção visual e ensaios NDT Estruturas de concreto_ COTEQ 2019
 
Falhas em revestimentos
Falhas em revestimentosFalhas em revestimentos
Falhas em revestimentos
 
Revestimentos ceramicos escopo bsico
Revestimentos ceramicos escopo bsicoRevestimentos ceramicos escopo bsico
Revestimentos ceramicos escopo bsico
 

Destaque

Aula patologias e revestimentos 2016
Aula patologias e revestimentos 2016Aula patologias e revestimentos 2016
Aula patologias e revestimentos 2016
UNAERP
 
Aula unidade 3
Aula unidade 3Aula unidade 3
Aula unidade 3
UNAERP
 
Soluções para defeitos de pintura com tintas liquidas iql
Soluções para defeitos de pintura com tintas liquidas   iqlSoluções para defeitos de pintura com tintas liquidas   iql
Soluções para defeitos de pintura com tintas liquidas iql
Guilherme Lyonn Logli Fantini
 
Aspectos Ambientais e Sociais na Construção da Cidade
Aspectos Ambientais e Sociais na Construção da CidadeAspectos Ambientais e Sociais na Construção da Cidade
Aspectos Ambientais e Sociais na Construção da Cidade
UNAERP
 
Aula metodos abnt
Aula   metodos abntAula   metodos abnt
Aula metodos abnt
UNAERP
 
Aula subsistema estrutural cimento concreto
Aula  subsistema estrutural cimento concretoAula  subsistema estrutural cimento concreto
Aula subsistema estrutural cimento concreto
UNAERP
 
Seminário de trabalho de campo unesp
Seminário de trabalho de campo unespSeminário de trabalho de campo unesp
Seminário de trabalho de campo unesp
UNAERP
 
Projeto de Pesquisa: Intervenção e o Desenho Urbano no Planejamento das Cidades
Projeto de Pesquisa: Intervenção e o Desenho Urbano no Planejamento das CidadesProjeto de Pesquisa: Intervenção e o Desenho Urbano no Planejamento das Cidades
Projeto de Pesquisa: Intervenção e o Desenho Urbano no Planejamento das Cidades
UNAERP
 
Artigo patologias e tratamento de fachadas
Artigo patologias e tratamento de fachadas Artigo patologias e tratamento de fachadas
Artigo patologias e tratamento de fachadas
joabi
 
Abordagem histórica do problema habitacional no brasil 1
Abordagem histórica do problema habitacional no brasil 1Abordagem histórica do problema habitacional no brasil 1
Abordagem histórica do problema habitacional no brasil 1
UNAERP
 
Metais na Arquitetura.
Metais na Arquitetura.Metais na Arquitetura.
Metais na Arquitetura.
Chawana Bastos
 
Aula sobre fundação 2016
Aula sobre fundação 2016Aula sobre fundação 2016
Aula sobre fundação 2016
UNAERP
 
Aula unidade 4
Aula  unidade 4Aula  unidade 4
Aula unidade 4
UNAERP
 
Aula projeto de arquitetura
Aula projeto de arquiteturaAula projeto de arquitetura
Aula projeto de arquitetura
UNAERP
 

Destaque (14)

Aula patologias e revestimentos 2016
Aula patologias e revestimentos 2016Aula patologias e revestimentos 2016
Aula patologias e revestimentos 2016
 
Aula unidade 3
Aula unidade 3Aula unidade 3
Aula unidade 3
 
Soluções para defeitos de pintura com tintas liquidas iql
Soluções para defeitos de pintura com tintas liquidas   iqlSoluções para defeitos de pintura com tintas liquidas   iql
Soluções para defeitos de pintura com tintas liquidas iql
 
Aspectos Ambientais e Sociais na Construção da Cidade
Aspectos Ambientais e Sociais na Construção da CidadeAspectos Ambientais e Sociais na Construção da Cidade
Aspectos Ambientais e Sociais na Construção da Cidade
 
Aula metodos abnt
Aula   metodos abntAula   metodos abnt
Aula metodos abnt
 
Aula subsistema estrutural cimento concreto
Aula  subsistema estrutural cimento concretoAula  subsistema estrutural cimento concreto
Aula subsistema estrutural cimento concreto
 
Seminário de trabalho de campo unesp
Seminário de trabalho de campo unespSeminário de trabalho de campo unesp
Seminário de trabalho de campo unesp
 
Projeto de Pesquisa: Intervenção e o Desenho Urbano no Planejamento das Cidades
Projeto de Pesquisa: Intervenção e o Desenho Urbano no Planejamento das CidadesProjeto de Pesquisa: Intervenção e o Desenho Urbano no Planejamento das Cidades
Projeto de Pesquisa: Intervenção e o Desenho Urbano no Planejamento das Cidades
 
Artigo patologias e tratamento de fachadas
Artigo patologias e tratamento de fachadas Artigo patologias e tratamento de fachadas
Artigo patologias e tratamento de fachadas
 
Abordagem histórica do problema habitacional no brasil 1
Abordagem histórica do problema habitacional no brasil 1Abordagem histórica do problema habitacional no brasil 1
Abordagem histórica do problema habitacional no brasil 1
 
Metais na Arquitetura.
Metais na Arquitetura.Metais na Arquitetura.
Metais na Arquitetura.
 
Aula sobre fundação 2016
Aula sobre fundação 2016Aula sobre fundação 2016
Aula sobre fundação 2016
 
Aula unidade 4
Aula  unidade 4Aula  unidade 4
Aula unidade 4
 
Aula projeto de arquitetura
Aula projeto de arquiteturaAula projeto de arquitetura
Aula projeto de arquitetura
 

Semelhante a Aula patologias e revestimentos material para exercício e relatório

Materiais projeto e
Materiais projeto eMateriais projeto e
Materiais projeto e
Nayra Reis
 
Muros de Arrimo ou Subsolos Argamassa
Muros de Arrimo ou Subsolos ArgamassaMuros de Arrimo ou Subsolos Argamassa
Muros de Arrimo ou Subsolos Argamassa
Dryko Impermeabilizantes
 
Aula 16 impermeabilizacao
Aula 16   impermeabilizacaoAula 16   impermeabilizacao
Aula 16 impermeabilizacao
Mayara Marques
 
Concregrama
ConcregramaConcregrama
Aula 16 impermeabilizacao
Aula 16   impermeabilizacaoAula 16   impermeabilizacao
Aula 16 impermeabilizacao
Joel Lima Castro Filho
 
1 aula16 impermeabilizacao-140908172920-phpapp02
1 aula16 impermeabilizacao-140908172920-phpapp021 aula16 impermeabilizacao-140908172920-phpapp02
1 aula16 impermeabilizacao-140908172920-phpapp02
Elaine Câmera
 
Kátia Romão - IMPERALUM
Kátia Romão - IMPERALUMKátia Romão - IMPERALUM
Kátia Romão - IMPERALUM
Construção Sustentável
 
apostila de dry wall
apostila de dry wallapostila de dry wall
apostila de dry wall
William Paula
 
Piscinas e Reservatórios Enterrados com Argamassa
Piscinas e Reservatórios Enterrados com ArgamassaPiscinas e Reservatórios Enterrados com Argamassa
Piscinas e Reservatórios Enterrados com Argamassa
Dryko Impermeabilizantes
 
Piscinas e Reservatórios Elevados com Argamassa
Piscinas e Reservatórios Elevados com ArgamassaPiscinas e Reservatórios Elevados com Argamassa
Piscinas e Reservatórios Elevados com Argamassa
Dryko Impermeabilizantes
 
Muros de Arrimo ou Subsolos Manta Asfáltica
Muros de Arrimo ou Subsolos Manta AsfálticaMuros de Arrimo ou Subsolos Manta Asfáltica
Muros de Arrimo ou Subsolos Manta Asfáltica
Dryko Impermeabilizantes
 
Impermeabilização para Steel Frame
Impermeabilização para Steel FrameImpermeabilização para Steel Frame
Impermeabilização para Steel Frame
Construcril
 
Lajes com Trânsito de até 50 m Manta Asfáltica
Lajes com Trânsito de até 50 m Manta AsfálticaLajes com Trânsito de até 50 m Manta Asfáltica
Lajes com Trânsito de até 50 m Manta Asfáltica
Dryko Impermeabilizantes
 
09 Revigres 230909
09 Revigres 23090909 Revigres 230909
09 Revigres 230909
Construção Sustentável
 
Lajes com Trânsito acima de 50m Manta Asfáltica
Lajes com Trânsito acima de 50m Manta AsfálticaLajes com Trânsito acima de 50m Manta Asfáltica
Lajes com Trânsito acima de 50m Manta Asfáltica
Dryko Impermeabilizantes
 
Muros de Arrimo ou Subsolos Membrana
Muros de Arrimo ou Subsolos MembranaMuros de Arrimo ou Subsolos Membrana
Muros de Arrimo ou Subsolos Membrana
Dryko Impermeabilizantes
 
Aula revestimentos
Aula   revestimentos Aula   revestimentos
Aula revestimentos
wendellnml
 
Cortartec acr- catalogo de bandas hidroflicas waterstop
Cortartec  acr- catalogo de bandas hidroflicas waterstopCortartec  acr- catalogo de bandas hidroflicas waterstop
Cortartec acr- catalogo de bandas hidroflicas waterstop
CORTARTEC
 
02 - Betão armado-patologia e inspecção - COR.pdf
02 - Betão armado-patologia e inspecção - COR.pdf02 - Betão armado-patologia e inspecção - COR.pdf
02 - Betão armado-patologia e inspecção - COR.pdf
AntnioJosMendesPedri
 
Jardins e Coberturas Verdes Manta Asfáltica
Jardins e Coberturas Verdes Manta AsfálticaJardins e Coberturas Verdes Manta Asfáltica
Jardins e Coberturas Verdes Manta Asfáltica
Dryko Impermeabilizantes
 

Semelhante a Aula patologias e revestimentos material para exercício e relatório (20)

Materiais projeto e
Materiais projeto eMateriais projeto e
Materiais projeto e
 
Muros de Arrimo ou Subsolos Argamassa
Muros de Arrimo ou Subsolos ArgamassaMuros de Arrimo ou Subsolos Argamassa
Muros de Arrimo ou Subsolos Argamassa
 
Aula 16 impermeabilizacao
Aula 16   impermeabilizacaoAula 16   impermeabilizacao
Aula 16 impermeabilizacao
 
Concregrama
ConcregramaConcregrama
Concregrama
 
Aula 16 impermeabilizacao
Aula 16   impermeabilizacaoAula 16   impermeabilizacao
Aula 16 impermeabilizacao
 
1 aula16 impermeabilizacao-140908172920-phpapp02
1 aula16 impermeabilizacao-140908172920-phpapp021 aula16 impermeabilizacao-140908172920-phpapp02
1 aula16 impermeabilizacao-140908172920-phpapp02
 
Kátia Romão - IMPERALUM
Kátia Romão - IMPERALUMKátia Romão - IMPERALUM
Kátia Romão - IMPERALUM
 
apostila de dry wall
apostila de dry wallapostila de dry wall
apostila de dry wall
 
Piscinas e Reservatórios Enterrados com Argamassa
Piscinas e Reservatórios Enterrados com ArgamassaPiscinas e Reservatórios Enterrados com Argamassa
Piscinas e Reservatórios Enterrados com Argamassa
 
Piscinas e Reservatórios Elevados com Argamassa
Piscinas e Reservatórios Elevados com ArgamassaPiscinas e Reservatórios Elevados com Argamassa
Piscinas e Reservatórios Elevados com Argamassa
 
Muros de Arrimo ou Subsolos Manta Asfáltica
Muros de Arrimo ou Subsolos Manta AsfálticaMuros de Arrimo ou Subsolos Manta Asfáltica
Muros de Arrimo ou Subsolos Manta Asfáltica
 
Impermeabilização para Steel Frame
Impermeabilização para Steel FrameImpermeabilização para Steel Frame
Impermeabilização para Steel Frame
 
Lajes com Trânsito de até 50 m Manta Asfáltica
Lajes com Trânsito de até 50 m Manta AsfálticaLajes com Trânsito de até 50 m Manta Asfáltica
Lajes com Trânsito de até 50 m Manta Asfáltica
 
09 Revigres 230909
09 Revigres 23090909 Revigres 230909
09 Revigres 230909
 
Lajes com Trânsito acima de 50m Manta Asfáltica
Lajes com Trânsito acima de 50m Manta AsfálticaLajes com Trânsito acima de 50m Manta Asfáltica
Lajes com Trânsito acima de 50m Manta Asfáltica
 
Muros de Arrimo ou Subsolos Membrana
Muros de Arrimo ou Subsolos MembranaMuros de Arrimo ou Subsolos Membrana
Muros de Arrimo ou Subsolos Membrana
 
Aula revestimentos
Aula   revestimentos Aula   revestimentos
Aula revestimentos
 
Cortartec acr- catalogo de bandas hidroflicas waterstop
Cortartec  acr- catalogo de bandas hidroflicas waterstopCortartec  acr- catalogo de bandas hidroflicas waterstop
Cortartec acr- catalogo de bandas hidroflicas waterstop
 
02 - Betão armado-patologia e inspecção - COR.pdf
02 - Betão armado-patologia e inspecção - COR.pdf02 - Betão armado-patologia e inspecção - COR.pdf
02 - Betão armado-patologia e inspecção - COR.pdf
 
Jardins e Coberturas Verdes Manta Asfáltica
Jardins e Coberturas Verdes Manta AsfálticaJardins e Coberturas Verdes Manta Asfáltica
Jardins e Coberturas Verdes Manta Asfáltica
 

Mais de UNAERP

Desarrollo de un Modelo de Red Neural Artificial para la Predicción de la Con...
Desarrollo de un Modelo de Red Neural Artificial para la Predicción de la Con...Desarrollo de un Modelo de Red Neural Artificial para la Predicción de la Con...
Desarrollo de un Modelo de Red Neural Artificial para la Predicción de la Con...
UNAERP
 
CLIMA URBANO E QUALIDADE AMBIENTAL NA CIDADE DE SÃO PAULO: UM ESTUDO DE CASO ...
CLIMA URBANO E QUALIDADE AMBIENTAL NA CIDADE DE SÃO PAULO: UM ESTUDO DE CASO ...CLIMA URBANO E QUALIDADE AMBIENTAL NA CIDADE DE SÃO PAULO: UM ESTUDO DE CASO ...
CLIMA URBANO E QUALIDADE AMBIENTAL NA CIDADE DE SÃO PAULO: UM ESTUDO DE CASO ...
UNAERP
 
material de aula projeto de prática iv
 material de aula projeto de prática iv material de aula projeto de prática iv
material de aula projeto de prática iv
UNAERP
 
Aula análise de projeto
Aula   análise de projetoAula   análise de projeto
Aula análise de projeto
UNAERP
 
Aula 3 metodos prescritivos
Aula 3   metodos prescritivosAula 3   metodos prescritivos
Aula 3 metodos prescritivos
UNAERP
 
Geoindicadores conforto ambiental pluris 2008
Geoindicadores conforto ambiental pluris 2008Geoindicadores conforto ambiental pluris 2008
Geoindicadores conforto ambiental pluris 2008
UNAERP
 
Indicadores qualidade ambiental na cidade de são paulo
Indicadores   qualidade ambiental na cidade de são pauloIndicadores   qualidade ambiental na cidade de são paulo
Indicadores qualidade ambiental na cidade de são paulo
UNAERP
 
Simpósio Universidade Federal de São Carlos
Simpósio Universidade Federal de São Carlos Simpósio Universidade Federal de São Carlos
Simpósio Universidade Federal de São Carlos
UNAERP
 
igu brisbane 2006
igu brisbane 2006igu brisbane 2006
igu brisbane 2006
UNAERP
 
Cap 8 - o uso de imagem termal gerada pelos satélites - issn 0100-7912 a2
Cap 8 - o uso de imagem termal gerada pelos satélites - issn 0100-7912 a2Cap 8 - o uso de imagem termal gerada pelos satélites - issn 0100-7912 a2
Cap 8 - o uso de imagem termal gerada pelos satélites - issn 0100-7912 a2
UNAERP
 
Saneas
SaneasSaneas
Saneas
UNAERP
 
Avaliação das condições de uso e qualidade do transporte coletivo
Avaliação das condições de uso e qualidade do transporte coletivoAvaliação das condições de uso e qualidade do transporte coletivo
Avaliação das condições de uso e qualidade do transporte coletivo
UNAERP
 
Produção habitacional no brasil politicas e programas
Produção habitacional no brasil   politicas e programasProdução habitacional no brasil   politicas e programas
Produção habitacional no brasil politicas e programas
UNAERP
 
Respira ribeirão preto
Respira ribeirão pretoRespira ribeirão preto
Respira ribeirão preto
UNAERP
 
Conferência produção limpa mônica k freitas
Conferência produção limpa mônica k freitasConferência produção limpa mônica k freitas
Conferência produção limpa mônica k freitas
UNAERP
 
Mudanças climáticas e as Politicas nos Municipios Brasileiros
Mudanças climáticas e as Politicas nos Municipios  BrasileirosMudanças climáticas e as Politicas nos Municipios  Brasileiros
Mudanças climáticas e as Politicas nos Municipios Brasileiros
UNAERP
 

Mais de UNAERP (16)

Desarrollo de un Modelo de Red Neural Artificial para la Predicción de la Con...
Desarrollo de un Modelo de Red Neural Artificial para la Predicción de la Con...Desarrollo de un Modelo de Red Neural Artificial para la Predicción de la Con...
Desarrollo de un Modelo de Red Neural Artificial para la Predicción de la Con...
 
CLIMA URBANO E QUALIDADE AMBIENTAL NA CIDADE DE SÃO PAULO: UM ESTUDO DE CASO ...
CLIMA URBANO E QUALIDADE AMBIENTAL NA CIDADE DE SÃO PAULO: UM ESTUDO DE CASO ...CLIMA URBANO E QUALIDADE AMBIENTAL NA CIDADE DE SÃO PAULO: UM ESTUDO DE CASO ...
CLIMA URBANO E QUALIDADE AMBIENTAL NA CIDADE DE SÃO PAULO: UM ESTUDO DE CASO ...
 
material de aula projeto de prática iv
 material de aula projeto de prática iv material de aula projeto de prática iv
material de aula projeto de prática iv
 
Aula análise de projeto
Aula   análise de projetoAula   análise de projeto
Aula análise de projeto
 
Aula 3 metodos prescritivos
Aula 3   metodos prescritivosAula 3   metodos prescritivos
Aula 3 metodos prescritivos
 
Geoindicadores conforto ambiental pluris 2008
Geoindicadores conforto ambiental pluris 2008Geoindicadores conforto ambiental pluris 2008
Geoindicadores conforto ambiental pluris 2008
 
Indicadores qualidade ambiental na cidade de são paulo
Indicadores   qualidade ambiental na cidade de são pauloIndicadores   qualidade ambiental na cidade de são paulo
Indicadores qualidade ambiental na cidade de são paulo
 
Simpósio Universidade Federal de São Carlos
Simpósio Universidade Federal de São Carlos Simpósio Universidade Federal de São Carlos
Simpósio Universidade Federal de São Carlos
 
igu brisbane 2006
igu brisbane 2006igu brisbane 2006
igu brisbane 2006
 
Cap 8 - o uso de imagem termal gerada pelos satélites - issn 0100-7912 a2
Cap 8 - o uso de imagem termal gerada pelos satélites - issn 0100-7912 a2Cap 8 - o uso de imagem termal gerada pelos satélites - issn 0100-7912 a2
Cap 8 - o uso de imagem termal gerada pelos satélites - issn 0100-7912 a2
 
Saneas
SaneasSaneas
Saneas
 
Avaliação das condições de uso e qualidade do transporte coletivo
Avaliação das condições de uso e qualidade do transporte coletivoAvaliação das condições de uso e qualidade do transporte coletivo
Avaliação das condições de uso e qualidade do transporte coletivo
 
Produção habitacional no brasil politicas e programas
Produção habitacional no brasil   politicas e programasProdução habitacional no brasil   politicas e programas
Produção habitacional no brasil politicas e programas
 
Respira ribeirão preto
Respira ribeirão pretoRespira ribeirão preto
Respira ribeirão preto
 
Conferência produção limpa mônica k freitas
Conferência produção limpa mônica k freitasConferência produção limpa mônica k freitas
Conferência produção limpa mônica k freitas
 
Mudanças climáticas e as Politicas nos Municipios Brasileiros
Mudanças climáticas e as Politicas nos Municipios  BrasileirosMudanças climáticas e as Politicas nos Municipios  Brasileiros
Mudanças climáticas e as Politicas nos Municipios Brasileiros
 

Último

AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
Consultoria Acadêmica
 
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de PosicionamentoIntrodução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
GeraldoGouveia2
 
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptxWorkshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
marcosmpereira
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
Consultoria Acadêmica
 
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
Consultoria Acadêmica
 
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdfDimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
RodrigoQuintilianode1
 
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptxMAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
Vilson Stollmeier
 
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
Consultoria Acadêmica
 

Último (8)

AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE UNIC...
 
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de PosicionamentoIntrodução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
Introdução ao GNSS Sistema Global de Posicionamento
 
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptxWorkshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
Workshop Gerdau 2023 - Soluções em Aço - Resumo.pptx
 
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
AE03 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ...
 
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
AE03 - MATERIAIS DA CONSTRUÇÃO MECÂNICA UNICESUMAR 52/2024
 
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdfDimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
Dimensionamento de eixo. estudo de caso.pdf
 
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptxMAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
MAQUINAS-EQUIPAMENTOS-E-FERRAMENTAS.pptx
 
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
AE02 - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II UNICESUMAR 52/2024
 

Aula patologias e revestimentos material para exercício e relatório

  • 1. Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III Professora: Arquiteta Dra. Monica Kofler Ano: 2016 Revestimento e Patologias
  • 2. Produtos Impermeabilizantes para alvenaria Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III Este material não divulga marca de produto.
  • 3. Produtos: 1. Hidrofugante para fachadas a base de silicone  Aplicação: Tijolo a vista, cerâmica porosa, concreto aparente, fachada de pedra rejuntada, telha cerâmica.  Evita: eflurescência, manchas e escurecimento do rejunte. 2. Super plastificante para concreto  Aplicação: concretagem de edifícios, pavimentos, pontes, reservatórios e silos. Concreto bombeado, moldado e protendido, concretagem para armaduras densas. Concreto de alto desempenho com sílica ativa.  Proporciona alta resistência e impermeabilidade. 3. Adesivo de alto desempenho para Argamassa e Chapisco  Aplicação: chapisco, reparo em espessura em concreto e alvenaria, execução de piso e rejuntamento, fixador de caiação, assentamento de azulejo e cerâmica, plastificante para gesso. SISTEMA DE IMPERMEABILIZAÇÃO RÍGIDO  Reparo e fixação Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
  • 4. 4. Plastificante, redutor de água para concreto  Aplicação: concreto com alta resistência, concretos bombeados, concretos aparentes.  Efeito: Reduz a água do concreto deixando homogêneo e coeso com mais impermeabilidade. 5. Aditivo Plastificante Polifuncional  Aplicação: concreto de alto desempenho, concreto bombeado, concreto aparente, concreto impermeável.  Efeito: redução de água sem alterar o tempo de pega. 6. Tinta Asfáltica para concreto, alvenaria, metais e madeira  Aplicação: Caixas d´água e tanques, concreto e alvenarias em contato com o solo (alicerces, muro de arrimo, baldrames e revestimentos, estruturas metálicas, primer na aplicação de mástique e mantas.  Efeito: Protege o concreto contra umidade e águas agressivas. SISTEMA RÍGIDOProdutos: Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
  • 5. 7. Tinta Asfáltica a base de emulsão para concretos e argamassas  Aplicação: pintura de fundações, baldrames, muros de arrimo e revestimento em contato com o solo.  Efeito: Película impermeável resistente a água. 8. Aditivo Impermeabilizante para concretos e Argamassas  Aplicação: reservatórios e canalizações de água, revestimentos externos, pisos e paredes em contato com a umidade do solo, assentamento de tijolos nos alicerces, concreto impermeável.  Efeito: Hidrofugação do sistema capilar. 9. Impermeabilizante de pega muito rápida  Aplicação: Estanqueamento de água sob pressão, concretagem em presença de água, chumbamentos urgentes, revestimento de superfície úmida.  Efeito: Acelera o endurecimento e cristalização do cimento de forma ultrarápida. SISTEMA RÍGIDO Produtos: Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
  • 6. 10. Cristalizante Ultrarrápido para Tamponamentos  Aplicação: caixa d´água, muros de arrimo, poços de visita, inspeção, redes de água e esgoto.  Efeito: Estaqueamento de água. 11. Revestimento Impermeável contra Infiltrações  Aplicação: reservatórios e caixa d´água, poços de elevadores, piscinas, paredes internas e externas, rodapés, áreas frias, subsolos, fundações.  Efeito: Revestimento impermeável de alta aderência. 12. Revestimento Impermeabilizante de base acrílica contra infiltrações  Aplicação: reservatórios e caixa d´água, poços de elevadores, piscinas, paredes internas e externas, rodapés, áreas frias, subsolos, fundações.  Efeito: Alta aderência nos materiais. SISTEMA RÍGIDO Produtos: Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
  • 7. 13. Cristalizante Ultrarrápido para Tamponamentos  Aplicação: caixa d´água, muros de arrimo, poços de visita, inspeção, redes de água e esgoto.  Efeito: Estaqueamento de água. 14. Revestimento Impermeável contra Infiltrações  Aplicação: reservatórios e caixa d´água, poços de elevadores, piscinas, paredes internas e externas, rodapés, áreas frias, subsolos, fundações.  Efeito: Revestimento impermeável de alta aderência. 15. Revestimento Impermeabilizante de base acrílica contra infiltrações  Aplicação: reservatórios e caixa d´água, poços de elevadores, piscinas, paredes internas e externas, rodapés, áreas frias, subsolos, fundações.  Efeito: Alta aderência nos materiais. SISTEMA DE IMPERMEABILIZAÇÃO FLEXÍVELProdutos: Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
  • 8. 16. SISTEMA FLEXÍVEL MOLDADO NO LOCAL e SISTEMA FLEXÍVEL PRÉ FABRICADO  Para Aplicação Quando: Movimentação, forte exposição solar, variações térmica e vibrações, lajes de cobertura, terraço, calhas de concreto, áreas frias, abóbodas, reservatórios elevados.  Efeito: Revestimento impermeável de alta aderência. SISTEMA FLEXÍVEL SISTEMA FLEXÍVEL MOLDADO NO LOCAL Aplicações:  Impermeabilização de lajes  Impermeabilizações de boxes e áreas frias  Impermeabilização de jardineiras  Impermeabilização de reservatórios elevados  Impermeabilização de gesso acartonado (DryWall) SISTEMA FLEXÍVEL PRÉ FABRICADO  Aplicação com Mantas asfálticas Produtos: Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
  • 9. 17. Massa betuminosa para Impermeabilização  Aplicação: Impermeabilização de pequenas coberturas, terraços, banheiros, jardineiras e calhas, colagens de placas termo acústicas, argamassa antiácida com areia.  Efeito: camada plástica. 18. Manta Asfáltica Pré moldada de alumínio  Aplicação: lajes não transitáveis plana ou inclinada, telhados em geral, calhas e canaletas, marquises, juntas de dilatação.  Efeito: isolante térmico e acústico. 19. Manta Asfáltica Pré-moldada Poliéster  Aplicação: lajes transitáveis planas ou inclináveis, jardineiras e floreiras, muros, caixa d´água, piscina, piso de estacionamento, áreas frias.  Efeito: a base de asfalto com resistência a tração e ao puncionamento, total impermeabilidade. SISTEMA FLEXÍVEL Produtos: Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
  • 10. 20. Manta Asfáltica Pré moldada Polietileno  Aplicação: lajes transitáveis planas ou inclinadas, pisos de cozinha.  Efeito: Polietileno antiaderente. 21. Manta Asfáltica Transitável com Revestimento de Poliéster  Aplicação: lajes transitáveis planas e inclinadas, telhados em geral, calhas e canaletas, marquises, juntas de dilatação.  Efeito: alta resistência mecânica e transitabilidade, estética e durabilidade. 22. Primer para todos os tipos de mantas asfálticas  Aplicação: Colagem de manta asfáltica, reservatórios de água, lajes e tanques.  Efeito: Imprimação de alta aderância. SISTEMA FLEXÍVEL Produtos: Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
  • 11. 23. Membrana para impermeabilização de coberturas e áreas frias  Aplicação: lajes de cobertura, terraço, calhas de concreto, áreas frias, em drywall .  Efeito: membrana impermeável e elástica. 24. Membrana acrílica para impermeabilização de coberturas expostas  Aplicação: áreas não sujeitas a tráfego de veiculo ou pedestre, como lajes, marquises, coberturas inclinadas, pintura de parede externa sujeita a batidas de chuva.  Efeito: elasticidade e durabilidade, resistente a intempéries. 25. Manta liquida de secagem ultrarápida para impermeabilização de coberturas expostas  Aplicação: lajes de concreto, prémoldadas, calhas, canaletas e telhas, mantas asfálticas recoberta com geotêxtil para transito de pessoas.  Efeito: ecologicamente correto, com ação fúngica, proteção contra raios solares. SISTEMA FLEXÍVELProdutos: Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
  • 12. 26. Pintura impermeável contra batidas de chuva  Aplicação: paredes externas e alvenaria de bloco, sobre reboco, concreto, fibrocimento e massa acrílica.  Efeito: pintura elástica, acrílica de alta aderência. 27. Tela de Poliéster Estruturante para Impermeabilização  Aplicação: estruturante moldada no local para tratamento de fissuras e trincas.  Efeito: aumento da resistência a tração. 28. Revestimento Impermeabilizante Flexível  Aplicação: caixas d´água, reservatórios, piscinas, áreas molhadas.  Efeito: flexível de alta aderência e impermeabilidade. SISTEMA FLEXÍVELProdutos: Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
  • 13. Exercício – fora da sala de aula:  -Pesquisar 2 problemas sobre patologia na alvenaria, tirar foto registrando o problema, descrição do problema e pesquisar sobre possíveis soluções. Apresentar na sala. Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III  Um modelo de relatório será enviado para email da sala.
  • 14. PESQUISE NA BIBLIOTECA:  LIVRO: Ercio, T. (2001) - Tecnologia, Gerenciamento e Qualidade na Construção. Editora PINI. Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III  NBR 9575 – Impermeabilização – Seleção e Projeto  Texto complementação entregue em sala de aula para o aluno cópia no xerox.
  • 15. Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
  • 16. As Normas Técnicas referente a argamassa: Disciplina Tecnologia da Construção e Canteiro de Obras III
  • 17. Material de uso exclusivo didático do professor da disciplina