SlideShare uma empresa Scribd logo
A história da PropagandaA história da Propaganda
A história da PropagandaA história da Propaganda
 Contexto histórico e comercial.Contexto histórico e comercial.
A propaganda e a guerra.A propaganda e a guerra.
 Principais países e principais clientes.Principais países e principais clientes.
 Estilos e mídias mais famosos.Estilos e mídias mais famosos.
 Uso da tecnologia e da criatividade comoUso da tecnologia e da criatividade como
diferencial culturaldiferencial cultural
"Propaganda""Propaganda"
 Do latim moderno, propaganda querDo latim moderno, propaganda quer
dizer "para ser espalhado". Emdizer "para ser espalhado". Em
1622, no início da Guerra dos Trinta1622, no início da Guerra dos Trinta
anos, o Papa Gregório XV fundou oanos, o Papa Gregório XV fundou o
Congregatio Propaganda FideCongregatio Propaganda Fide
"Congregação para a Propagação"Congregação para a Propagação
da Fé", um comitê de Cardeais parada Fé", um comitê de Cardeais para
supervisionar a propagação dosupervisionar a propagação do
Cristianismo pelos missionáriosCristianismo pelos missionários
enviados para países não-cristãos.enviados para países não-cristãos.
 Originalmente o termo não eraOriginalmente o termo não era
usado para se referir a informaçãousado para se referir a informação
enganosa. O sentido político atualenganosa. O sentido político atual
data da Primeira Guerra Mundial e,data da Primeira Guerra Mundial e,
originalmente, não era pejorativo.originalmente, não era pejorativo.
"Propaganda""Propaganda"
Mensagens comerciais e campanhas
políticas foram encontradas em ruínas da
antiga Arábia.
Egípcios usavam papiros para criar
mensagens de venda e cartazes, enquanto
o conhecido volante (flyer) de hoje podia
ser facilmente encontrado na antiga Grécia
e Roma.
Pinturas em muros ou rochas utilizadas
como propagandas eram outras formas
encontradas no tempo antigo e é utilizada
até hoje em várias partes da Ásia, África e
alguns países da América do Sul, incluindo
o Brasil.
Propaganda no MundoPropaganda no Mundo
 A tradicional pintura nas paredesA tradicional pintura nas paredes
pode ser encontrada desdepode ser encontrada desde
expressões artísticas em rochasexpressões artísticas em rochas
feitas por populações indígenas quefeitas por populações indígenas que
datam de 4.000 AC até pinturasdatam de 4.000 AC até pinturas
desenvolvidas nos séculos 15 e 16desenvolvidas nos séculos 15 e 16
que auxiliavam a divulgação deque auxiliavam a divulgação de
volantes na época.volantes na época.
 No século 17 as propagandasNo século 17 as propagandas
começaram a aparecer em jornaiscomeçaram a aparecer em jornais
semanais na Inglaterra. Essessemanais na Inglaterra. Esses
anúncios eram utilizados paraanúncios eram utilizados para
promover livros e jornais, quepromover livros e jornais, que
patrocinavam a imprensa, epatrocinavam a imprensa, e
medicamentos, que se tornarammedicamentos, que se tornaram
muito procurados após algumasmuito procurados após algumas
doenças terem devastado a Europa.doenças terem devastado a Europa.
No entanto, falsas propagandas,No entanto, falsas propagandas,
também conhecidas como quacktambém conhecidas como quack
(termo da época para designar uma(termo da época para designar uma
pessoa que dizia terpessoa que dizia ter
profissionalmente habilidades,profissionalmente habilidades,
conhecimentos ou qualificações queconhecimentos ou qualificações que
não tinha), tornaram-se umnão tinha), tornaram-se um
problema, que culminou naproblema, que culminou na
regulamentação dos conteúdosregulamentação dos conteúdos
publicados nas propagandaspublicados nas propagandas..
Propaganda no MundoPropaganda no Mundo
 Com a economia expandindoCom a economia expandindo
durante o século 19, asdurante o século 19, as
propagandas cresceram. Nospropagandas cresceram. Nos
Estados Unidos, os classificadosEstados Unidos, os classificados
tornaram-se bem popularestornaram-se bem populares
preenchendo muitas páginas depreenchendo muitas páginas de
jornais com pequenos anúnciosjornais com pequenos anúncios
de itens variados. O sucessode itens variados. O sucesso
desse formato de propagandadesse formato de propaganda
eventualmente levou aoeventualmente levou ao
aparecimento e crescimento daaparecimento e crescimento da
mala-direta.mala-direta.
 Em 1841 a primeira Agência deEm 1841 a primeira Agência de
Publicidade e Propaganda foiPublicidade e Propaganda foi
criada por Volney Palmer emcriada por Volney Palmer em
Boston. A agência criada porBoston. A agência criada por
Palmer também foi a primeira aPalmer também foi a primeira a
cobrar a taxa de 25% decobrar a taxa de 25% de
comissão dos jornais paracomissão dos jornais para
vender espaço publicitário, o quevender espaço publicitário, o que
antes era feito apenas porantes era feito apenas por
corretores de propaganda. Acorretores de propaganda. A
N.W. Ayer & Son foi a primeiraN.W. Ayer & Son foi a primeira
Agência a oferecer todos osAgência a oferecer todos os
serviços de publicidade eserviços de publicidade e
assumir responsabilidade peloassumir responsabilidade pelo
conteúdo das propagandas. Elaconteúdo das propagandas. Ela
foi fundada em 1875 na cidadefoi fundada em 1875 na cidade
de Filadélfia nos Estadosde Filadélfia nos Estados
Unidos.Unidos.
Propaganda no MundoPropaganda no Mundo
 Na virada do século, haviam poucasNa virada do século, haviam poucas
escolhas de carreira para mulheres noescolhas de carreira para mulheres no
mercado, no entanto a publicidade emercado, no entanto a publicidade e
propaganda foi uma das poucas a abrirpropaganda foi uma das poucas a abrir
esse mercado. Desde que as mulheresesse mercado. Desde que as mulheres
eram responsáveis pela maioria daseram responsáveis pela maioria das
compras feitas em casa, anunciantes ecompras feitas em casa, anunciantes e
agências reconheceram o valoragências reconheceram o valor
introspectivo que a mulher tinha duranteintrospectivo que a mulher tinha durante
os processos criativos, por curiosidade, aos processos criativos, por curiosidade, a
primeira propaganda norte-americanaprimeira propaganda norte-americana
com apelo sexual foi criada por umacom apelo sexual foi criada por uma
mulher, Helen Lansdowne Resor, paramulher, Helen Lansdowne Resor, para
anunciar o Woodbury’s Facial Soap.anunciar o Woodbury’s Facial Soap.
Embora simplória para os dias atuais, aEmbora simplória para os dias atuais, a
propaganda mostrava um casal com apropaganda mostrava um casal com a
mensagem: “The skin you love to touch”mensagem: “The skin you love to touch”
(A pele que você adora tocar).(A pele que você adora tocar).
Propaganda no MundoPropaganda no Mundo
 Quando as estações de rádio iniciaram suas transmissões emQuando as estações de rádio iniciaram suas transmissões em
meados de 1920, os programas não continham propagandas.meados de 1920, os programas não continham propagandas.
Isso acontecia porque as primeiras estações de rádio foramIsso acontecia porque as primeiras estações de rádio foram
estabelecidas com equipamentos feitos manualmente eestabelecidas com equipamentos feitos manualmente e
varejistas que ofereceram programas em busca de vendervarejistas que ofereceram programas em busca de vender
mais aparelhos de rádio para os consumidores.mais aparelhos de rádio para os consumidores.
Com o passar do tempo, muitas organizações sem fins lucrativos, como escolas,
clubes e organizações populares, começaram a construir suas próprias estações
de rádio. Quando a prática de patrocinar programas foi popularizada, cada
programa era patrocinado por um anunciante pela troca da simples menção de seu
nome no início e no fim dos programas.
No entanto, os donos de estações logo viram que poderiam ganhar mais dinheiro
vendendo pequenos espaços de tempo para vários anunciantes durante toda a
programação da rádio e não só no início e fim de cada programa para apenas um
patrocinador.
Essa prática foi herdada pela televisão posteriormente nos meados de 1940 a
1950.
Durante a guerraDurante a guerra
 Durante a 1ª Guerra Mundial, as técnicas de propaganda foramDurante a 1ª Guerra Mundial, as técnicas de propaganda foram
cientificamente organizadas e aplicadas para influenciar acientificamente organizadas e aplicadas para influenciar a
opinião pública a entrar na guerra ao lado da Inglaterra.opinião pública a entrar na guerra ao lado da Inglaterra.
 Hitler interessava-se e admirava os modelos de propagandaHitler interessava-se e admirava os modelos de propaganda
utilizados pelos ingleses. Na guerra, o objetivo da propaganda éutilizados pelos ingleses. Na guerra, o objetivo da propaganda é
sempre provocar o ódio. “A propaganda consiste em forçar umasempre provocar o ódio. “A propaganda consiste em forçar uma
doutrina nos povos inteiros.doutrina nos povos inteiros.
 A propaganda atua na sociedade, no ponto de vista de umaA propaganda atua na sociedade, no ponto de vista de uma
ideia e fá-las maduras para a vitória desta ideia.” – palavras deideia e fá-las maduras para a vitória desta ideia.” – palavras de
Hitler no seu livro Mein Kampf. Quando subiu ao poder emHitler no seu livro Mein Kampf. Quando subiu ao poder em
1933, Hitler estabeleceu um ministério da propaganda dirigido1933, Hitler estabeleceu um ministério da propaganda dirigido
por Joseph Goebbles.por Joseph Goebbles.
 Em Berlim, Goebbles torna-se o editor do jornal “Der Angrif”Em Berlim, Goebbles torna-se o editor do jornal “Der Angrif”
(O Ataque), que publicava constantemente difamações anti-(O Ataque), que publicava constantemente difamações anti-
semitas.semitas.
 Os objectivos do ministério eram assegurar que a mensagemOs objectivos do ministério eram assegurar que a mensagem
nazi fosse espalhada através da arte, música, teatro, filmes,nazi fosse espalhada através da arte, música, teatro, filmes,
livros, rádio, material educacional e imprensa.livros, rádio, material educacional e imprensa.
GoebbelsGoebbels
 O ministro da propaganda, Goebbles, tinha duas tarefas principais:O ministro da propaganda, Goebbles, tinha duas tarefas principais:
assegurar que ninguém na Alemanha lia ou via ideias contrárias aoassegurar que ninguém na Alemanha lia ou via ideias contrárias ao
partido Nazi e assegurar que as ideias Nazis fossem expostas dapartido Nazi e assegurar que as ideias Nazis fossem expostas da
maneira mais persuasiva possível.maneira mais persuasiva possível.
 Paul Joseph Goebbels (Mönchengladbach, 29 de outubro de 1897Paul Joseph Goebbels (Mönchengladbach, 29 de outubro de 1897
— Berlim, 1 de maio de 1945) foi o ministro da Propaganda de— Berlim, 1 de maio de 1945) foi o ministro da Propaganda de
Adolf Hitler (Adolf Hitler (PropagandaministeriumPropagandaministerium) na Alemanha Nazista.) na Alemanha Nazista.
 Goebbels é enviado por Hitler para dirigir a propaganda em BerlimGoebbels é enviado por Hitler para dirigir a propaganda em Berlim
 Já na sua primeira ação em Berlim se denotam em Goebbels osJá na sua primeira ação em Berlim se denotam em Goebbels os
métodos de inspiração comunista. No bairro proletário de Wedding,métodos de inspiração comunista. No bairro proletário de Wedding,
ele alugou uma larga sala de audiências que costumava serele alugou uma larga sala de audiências que costumava ser
utilizada pelos comunistas. Os placares anunciando o eventoutilizada pelos comunistas. Os placares anunciando o evento
imitavam o estilo e as palavras usadas pelos comunistas.imitavam o estilo e as palavras usadas pelos comunistas.
 Em Berlim, Goebbels, que tinha sido nomeado Gauleiter por Hitler,Em Berlim, Goebbels, que tinha sido nomeado Gauleiter por Hitler,
vai tornar-se o editor do jornal Der Angriff (o Ataque), um jornalvai tornar-se o editor do jornal Der Angriff (o Ataque), um jornal
propagandista nazista, publicando constantemente difamações anti-propagandista nazista, publicando constantemente difamações anti-
semitas.semitas.
DDBDDB
 Doyle Dane BernbachDoyle Dane Bernbach mais conhecida pormais conhecida por DDBDDB, é, é
umauma agência de publicidadeagência de publicidade estado-unidenseestado-unidense fundadafundada
porpor Maxwell (Mac) DaneMaxwell (Mac) Dane,, James "Ned" DoyleJames "Ned" Doyle, e, e
William BernbachWilliam Bernbach emem 19491949..
 Se tornou famosa nosSe tornou famosa nos anos 50anos 50 ee 6060 por suaspor suas
campanhas inovadoras para acampanhas inovadoras para a VolkswagenVolkswagen ("Think("Think
Small"), Avis Rent A Car System Inc. ("We Try Harder"),Small"), Avis Rent A Car System Inc. ("We Try Harder"),
e outras companhias.e outras companhias.
 Ela foi também responsável pelaEla foi também responsável pela campanha publicitáriacampanha publicitária
que ajudouque ajudou Lyndon B. JohnsonLyndon B. Johnson a ganhar a presidênciaa ganhar a presidência
dosdos Estados Unidos da AméricaEstados Unidos da América emem 19641964..
 NoNo BrasilBrasil, é sócia da agência, é sócia da agência DM9DDBDM9DDB - o outro sócio é- o outro sócio é
o brasileiro Grupo Ypy de Comunicação, deo brasileiro Grupo Ypy de Comunicação, de
Nizan GuanaesNizan Guanaes e Guga Valente.e Guga Valente.
Grupo OmnicomGrupo Omnicom
 OO Grupo OmnicomGrupo Omnicom é uma das maioresé uma das maiores
agências de publicidadeagências de publicidade dede
sociedade gestora de participações sociaissociedade gestora de participações sociais
do mundo.do mundo.
 Grupo OmnicomGrupo Omnicom, com trezentos e, com trezentos e
quarenta e cinco escritórios espalhadosquarenta e cinco escritórios espalhados
por setenta e seis países, que trocampor setenta e seis países, que trocam
informações, tecnologias e técnicas deinformações, tecnologias e técnicas de
pesquisa.pesquisa.
Saatchi & SaatchiSaatchi & Saatchi
 Charles Saatchi nasceu em 9 de Junho de 1943Charles Saatchi nasceu em 9 de Junho de 1943
em Bagdad (Iraque) e foi o fundador da agenciaem Bagdad (Iraque) e foi o fundador da agencia
Saatchi & Saatchi. Era a maior agência doSaatchi & Saatchi. Era a maior agência do
mundo antes quando ele e o seu irmão Mauricemundo antes quando ele e o seu irmão Maurice
foram forçados a deixar a empresa e fundaramforam forçados a deixar a empresa e fundaram
a agencia “M&C Saatchi”. Com o grandea agencia “M&C Saatchi”. Com o grande
números de clientes potenciais foramnúmeros de clientes potenciais foram
rapidamente uma agência nos Britain´s top ten.rapidamente uma agência nos Britain´s top ten.
Foi então conhecido pelo “art collector” eFoi então conhecido pelo “art collector” e
proprietário da “Saatchi Gallery” e em particularproprietário da “Saatchi Gallery” e em particular
o patrocinador da “Young British Artists”o patrocinador da “Young British Artists”
incluindo Damien Hirst.incluindo Damien Hirst.
OgilvyOgilvy
 David MacKenzie OgilvyDavid MacKenzie Ogilvy ((23 de junho23 de junho
dede 19111911 –– 21 de julho21 de julho dede 19991999) foi um) foi um
publicitáriopublicitário e fundador da Ogilvy & Mather.e fundador da Ogilvy & Mather.
 David fez sucesso com campanhas para aDavid fez sucesso com campanhas para a
Rolls RoyceRolls Royce,, SchweppesSchweppes,, ShellShell, além de, além de
campanhas para desenvolver o turismocampanhas para desenvolver o turismo
nosnos Estados UnidosEstados Unidos,, InglaterraInglaterra ee
Porto RicoPorto Rico..
Grupo PublicisGrupo Publicis
 Qual a relação entre uma garrafa de Coca-Cola,Qual a relação entre uma garrafa de Coca-Cola,
um cartão Visa, um produto do laboratórioum cartão Visa, um produto do laboratório
Pfizer, o supermercado Carrefour, um filme dePfizer, o supermercado Carrefour, um filme de
Walt Disney, uma campanha publicitária paraWalt Disney, uma campanha publicitária para
recrutar soldados para o exército americano erecrutar soldados para o exército americano e
uma estratégia para a implantação da Philipuma estratégia para a implantação da Philip
Morris na China? A resposta é: Publicis, oMorris na China? A resposta é: Publicis, o
quarto maior grupo de comunicação do mundo,quarto maior grupo de comunicação do mundo,
com 35 166 empregados, 32,1 bilhões de euroscom 35 166 empregados, 32,1 bilhões de euros
em cifras de negócios, 3,8 bilhões de euros deem cifras de negócios, 3,8 bilhões de euros de
renda e 150 milhões de lucro.renda e 150 milhões de lucro.
Y&R - Young & RubicamY&R - Young & Rubicam
 AA Y&RY&R é hoje a maior agência do mercado publicitário brasileiro emé hoje a maior agência do mercado publicitário brasileiro em
volume de investimentos em mídia, segundo o ranking publicadovolume de investimentos em mídia, segundo o ranking publicado
pelo Instituto Ibope-Monitor. Foi também eleita, de acordo com apelo Instituto Ibope-Monitor. Foi também eleita, de acordo com a
edição brasileira do Great Place to Work, uma das 100 melhoresedição brasileira do Great Place to Work, uma das 100 melhores
empresas do país para trabalhar. É o resultado da fusão daempresas do país para trabalhar. É o resultado da fusão da YoungYoung
& Rubicam& Rubicam ee Bates BrasilBates Brasil ocorrido em janeiro de 2004.ocorrido em janeiro de 2004.
 Atualmente a Y&R conta com clientes comoAtualmente a Y&R conta com clientes como BacardiBacardi,, BradescoBradesco,,
Bradesco Cartão, AMEX,Bradesco Cartão, AMEX, Casas BahiaCasas Bahia,, ChryslerChrysler,, Colgate-PalmoliveColgate-Palmolive
,, DanoneDanone,, GoodyearGoodyear, Goodyear Internacional, Nova Schin,, Goodyear Internacional, Nova Schin,
Mercedes-BenzMercedes-Benz,, NovartisNovartis,, PalmolivePalmolive,, PerdigãoPerdigão, Perdigão, Perdigão
Internacional,Internacional, PfizerPfizer, [Santa Casa de Misericórdia]],, [Santa Casa de Misericórdia]],
TAM Linhas AéreasTAM Linhas Aéreas,, TelefônicaTelefônica,, TexacoTexaco,, VivoVivo,,
[ Laboratórios[Wyeth] e[ Laboratórios[Wyeth] e UOLUOL (Universo On-line).(Universo On-line).
J. W. ThompsonJ. W. Thompson
 JWTJWT (ou J. W. Thompson) agência de publicidade multinacional,(ou J. W. Thompson) agência de publicidade multinacional,
fundada emfundada em 18641864 por William James Carlton, e modificada por Johnpor William James Carlton, e modificada por John
Walter Thompson emWalter Thompson em 18771877 para J. Walter Thompson Company.para J. Walter Thompson Company.
Uma das maiores agências do mundo, inclui em sua cartela deUma das maiores agências do mundo, inclui em sua cartela de
clientes as empresas HSBC, DTC. Ford, Nestle, Shell, Pfizer eclientes as empresas HSBC, DTC. Ford, Nestle, Shell, Pfizer e
Vodafone, entre outras.Vodafone, entre outras.
 Em 1929, chega ao Brasil como a primeira agência de publicidadeEm 1929, chega ao Brasil como a primeira agência de publicidade
internacional. De origem americana, a JWT foi pioneira nainternacional. De origem americana, a JWT foi pioneira na
introdução da fotografia nos anúncios, na realização da primeiraintrodução da fotografia nos anúncios, na realização da primeira
pesquisa de mercado, e em várias atividades na jovem televisãopesquisa de mercado, e em várias atividades na jovem televisão
brasileira. E não parou por aí. Desde a sua fundação, tem sidobrasileira. E não parou por aí. Desde a sua fundação, tem sido
responsável pelo atendimento de marcas líderes de mercado. Entreresponsável pelo atendimento de marcas líderes de mercado. Entre
elas, estão parcerias de longa data com empresas como a Unileverelas, estão parcerias de longa data com empresas como a Unilever
(desde 1967), a Nestlè (desde 1957) e a Warner Lambert (desde(desde 1967), a Nestlè (desde 1957) e a Warner Lambert (desde
1973).1973).
 Liderada no Brasil por Stefano Zunino e com Ricardo Chester comoLiderada no Brasil por Stefano Zunino e com Ricardo Chester como
chief creative office, a agência vai além: integra as áreas dechief creative office, a agência vai além: integra as áreas de
criação, planejamento, mídia e atendimento para criar campanhascriação, planejamento, mídia e atendimento para criar campanhas
sólidas, comprometidas com os negócios das empesas clientes.sólidas, comprometidas com os negócios das empesas clientes.
Euro RSCG WorldwideEuro RSCG Worldwide
 A Euro RSCG Worldwide é a maior agência de publicidade globalA Euro RSCG Worldwide é a maior agência de publicidade global
pelo segundo ano consecutivo, como medido pelo número total depelo segundo ano consecutivo, como medido pelo número total de
contas globais, segundo o 2007 Advertising Age Global Marketerscontas globais, segundo o 2007 Advertising Age Global Marketers
Report (Relatório das Empresas Globais Especializadas emReport (Relatório das Empresas Globais Especializadas em
Marketing de 2007). Classificada como #1 no relatório de 2006, aMarketing de 2007). Classificada como #1 no relatório de 2006, a
Euro RSCG Worldwide continuou no topo do ranking no relatórioEuro RSCG Worldwide continuou no topo do ranking no relatório
deste ano devido ao crescimento em todas as regiões e umadeste ano devido ao crescimento em todas as regiões e uma
performance muito forte em novos negócios que contaram com aperformance muito forte em novos negócios que contaram com a
adição dos negócios globais da Reckitt Bencksier no total de US$adição dos negócios globais da Reckitt Bencksier no total de US$
1,5 bilhão, juntamente com grandes contratos da sanofi-aventis,1,5 bilhão, juntamente com grandes contratos da sanofi-aventis,
Kraft, ExxonMobil, Danone Group, Alcatel Lucent, Dell, Novartis eKraft, ExxonMobil, Danone Group, Alcatel Lucent, Dell, Novartis e
Areva entre muitos outros. A Euro RSCG Worldwide ficou no topoAreva entre muitos outros. A Euro RSCG Worldwide ficou no topo
do ranking com 42 clientes globais e 1.167 serviços, ultrapassandodo ranking com 42 clientes globais e 1.167 serviços, ultrapassando
as agências Ogilvy & Mather e McCann Erickson Worldwide, queas agências Ogilvy & Mather e McCann Erickson Worldwide, que
juntas ficaram entre as três maiores agências, segundo os valoresjuntas ficaram entre as três maiores agências, segundo os valores
divulgados pela Advertising Age nesta semana.divulgados pela Advertising Age nesta semana.
Grupo NewcommGrupo Newcomm
 OO Grupo NewcommGrupo Newcomm nasceu em janeiro de 2004, danasceu em janeiro de 2004, da
associação entreassociação entre Roberto JustusRoberto Justus e o grupo WPP, quee o grupo WPP, que
deu origem à primeiradeu origem à primeira holdingholding mista da história damista da história da
propaganda brasileira em regime de gestãopropaganda brasileira em regime de gestão
compartilhada e um modelo inédito no país.compartilhada e um modelo inédito no país.
 Roberto Justus éRoberto Justus é CEOCEO do Grupo Newcomm, holdingdo Grupo Newcomm, holding
prestadora de serviços de back office tais como jurídico,prestadora de serviços de back office tais como jurídico,
RH, finanças, administração e relações internacionais,RH, finanças, administração e relações internacionais,
entre outros. Sob o controle do Grupo Newcomm estãoentre outros. Sob o controle do Grupo Newcomm estão
as agências Y&R, Dez Brasil, Wunderman, Açãoas agências Y&R, Dez Brasil, Wunderman, Ação
Produções Gráficas, Maestro e LongPlay ComunicaçãoProduções Gráficas, Maestro e LongPlay Comunicação
360º.360º.
Imperialismo culturalImperialismo cultural
 É o nome dado a um conjunto de políticasÉ o nome dado a um conjunto de políticas
que têm por objetivo ampliar a esfera deque têm por objetivo ampliar a esfera de
influência geopolítica de um país sobreinfluência geopolítica de um país sobre
outro (ou outros), impondo-lhe(s) a suaoutro (ou outros), impondo-lhe(s) a sua
cultura.cultura.
 O imperialismo não pode ser visto apenas como um processo deO imperialismo não pode ser visto apenas como um processo de
dominação política e econômica de uma nação mais rica e poderosadominação política e econômica de uma nação mais rica e poderosa
sobre uma região ou um país mais pobre.sobre uma região ou um país mais pobre.
 Há também outra forma de dominação: o imperialismo cultural, ou seja, aHá também outra forma de dominação: o imperialismo cultural, ou seja, a
imposição de valores, hábitos de consumo e influências culturais que seimposição de valores, hábitos de consumo e influências culturais que se
tornam uma espécie de padrão cultural a ser seguido pelo paístornam uma espécie de padrão cultural a ser seguido pelo país
dominado.dominado.
 Muitas vezes, o imperialismo cultural assume a forma de injetar a culturaMuitas vezes, o imperialismo cultural assume a forma de injetar a cultura
ou a língua natural de uma nação em outra. Geralmente a primeira é umaou a língua natural de uma nação em outra. Geralmente a primeira é uma
grande potência militar ou economicamente poderosa nação.grande potência militar ou economicamente poderosa nação.
 Imperialismo cultural pode se referir a uma política ativa e formal ou deImperialismo cultural pode se referir a uma política ativa e formal ou de
uma atitude geral. O termo é geralmente usado em um sentido pejorativo,uma atitude geral. O termo é geralmente usado em um sentido pejorativo,
juntamente com uma chamada de rejeição à influência estrangeira.juntamente com uma chamada de rejeição à influência estrangeira.
 Os impérios durante toda a história foram estabelecidos usando a guerraOs impérios durante toda a história foram estabelecidos usando a guerra
e o imperialismo militar. As populações conquistadas tenderam a sere o imperialismo militar. As populações conquistadas tenderam a ser
absorvidas pela cultura dominante, ou adquirir seus atributosabsorvidas pela cultura dominante, ou adquirir seus atributos
indiretamente.indiretamente.
Imperialismo culturalImperialismo cultural
 O imperialismo cultural é uma forma de influência culturalO imperialismo cultural é uma forma de influência cultural
distinguida de outras pelo uso de força, tal como a militar oudistinguida de outras pelo uso de força, tal como a militar ou
econômica.econômica.
 A influência cultural é um processo que sempre ocorre entre todasA influência cultural é um processo que sempre ocorre entre todas
as culturas que têm contato uma com a outra.as culturas que têm contato uma com a outra.
 Por exemplo, as tradições musicais africanas influenciaram aPor exemplo, as tradições musicais africanas influenciaram a
música afro-americana, que por sua vez influenciou a músicamúsica afro-americana, que por sua vez influenciou a música
popular americana - mas o imperialismo cultural não tem nada a verpopular americana - mas o imperialismo cultural não tem nada a ver
com essa transmissão.com essa transmissão.
 Similarmente, a ascensão da popularidade do Yoga (da Índia) emSimilarmente, a ascensão da popularidade do Yoga (da Índia) em
nações ocidentais nunca dependeu em qualquer tipo da força. Donações ocidentais nunca dependeu em qualquer tipo da força. Do
mesmo modo, os povos de estados, nações e culturas mais pobresmesmo modo, os povos de estados, nações e culturas mais pobres
ou menos poderosos adaptam frequentemente e livrementeou menos poderosos adaptam frequentemente e livremente
práticas e artefatos culturais de sociedades mais poderosas e maispráticas e artefatos culturais de sociedades mais poderosas e mais
ricas sem nenhuma força estar sendo necessariamente aplicada.ricas sem nenhuma força estar sendo necessariamente aplicada.
Imperialismo culturalImperialismo cultural
 Quando os povos adotam livremente as práticasQuando os povos adotam livremente as práticas
culturais de outros, o uso da frase pejorativaculturais de outros, o uso da frase pejorativa
“imperialismo cultural” se torna problemático.“imperialismo cultural” se torna problemático.
 Quando força é ausente da influência cultural, oQuando força é ausente da influência cultural, o
uso do termo “imperialismo cultural” podeuso do termo “imperialismo cultural” pode
facilmente transformar-se uma tática de debatefacilmente transformar-se uma tática de debate
que envolve radicalismo, o xenofobia e oque envolve radicalismo, o xenofobia e o
nacionalismo latentes - as respostas emocionaisnacionalismo latentes - as respostas emocionais
à influência cultural que é presente em todas asà influência cultural que é presente em todas as
culturas que já tiveram contato com outras emculturas que já tiveram contato com outras em
algum período da história.algum período da história.
Imperialismo culturalImperialismo cultural
 O imperialismo cultural dos EUA atuaO imperialismo cultural dos EUA atua
sobre o mundo inteiro, mas é melhorsobre o mundo inteiro, mas é melhor
observado nos países menosobservado nos países menos
desenvolvidos, como o Brasil. Filmes,desenvolvidos, como o Brasil. Filmes,
alimentos, expressões, termos e roupasalimentos, expressões, termos e roupas
são exemplos da influência exercida pelossão exemplos da influência exercida pelos
norte-americanos no país. A indústrianorte-americanos no país. A indústria
cultural traz muitos lucros para os EUA ecultural traz muitos lucros para os EUA e
outros países "produtores de cultura".outros países "produtores de cultura".
Coca ColaCoca Cola
 A Coca-Cola bebida, foi desenvolvida aA Coca-Cola bebida, foi desenvolvida a
partir da fórmula de um remédio, calmantepartir da fórmula de um remédio, calmante
para tosse, dosado pelo farmacêuticopara tosse, dosado pelo farmacêutico
John Styth Pemberton em 1886 emJohn Styth Pemberton em 1886 em
Columbus, no estado da Geórgia, EUA.Columbus, no estado da Geórgia, EUA.
Recebeu originalmente o nome deRecebeu originalmente o nome de
Pemberton's French Wine Coca. Ele foiPemberton's French Wine Coca. Ele foi
inspirado pelo sucesso formidável de uminspirado pelo sucesso formidável de um
produto similar europeu de Angelo Marianiproduto similar europeu de Angelo Mariani
chamado Vin Mariani.chamado Vin Mariani.
Coca-ColaCoca-Cola
 A bebida recebeu o nome de Coca-Cola porque originalmenteA bebida recebeu o nome de Coca-Cola porque originalmente
o estimulante misturado na bebida era cocaína, que vem daso estimulante misturado na bebida era cocaína, que vem das
folhas de coca da América do Sul. A bebida também recebeufolhas de coca da América do Sul. A bebida também recebeu
seu sabor de noz de cola. Hoje, o estimulante foi alteradoseu sabor de noz de cola. Hoje, o estimulante foi alterado
para cafeína, mas o sabor ainda é feito através de noz depara cafeína, mas o sabor ainda é feito através de noz de
cola e folha de coca. A cocaína foi removida das folhas e acola e folha de coca. A cocaína foi removida das folhas e a
bebida não contém traços da droga. Era vendidabebida não contém traços da droga. Era vendida
originalmente como remédio por cinco cents o copo. Depoisoriginalmente como remédio por cinco cents o copo. Depois
foi relançada como bebida leve. As primeiras vendas foramfoi relançada como bebida leve. As primeiras vendas foram
feitas na Farmácia de Jacob na cidade de Atlanta, em 8 defeitas na Farmácia de Jacob na cidade de Atlanta, em 8 de
maio de 1886, e pelos primeiros oito meses apenas novemaio de 1886, e pelos primeiros oito meses apenas nove
bebidas eram vendidas durante o dia todo. Pembertonbebidas eram vendidas durante o dia todo. Pemberton
anunciou a bebida pela primeira vez em 29 de maio doanunciou a bebida pela primeira vez em 29 de maio do
mesmo ano nomesmo ano no AtlantaJournalAtlantaJournal..
 A princípio, o concentrado era embalado em pequenos barrisA princípio, o concentrado era embalado em pequenos barris
de madeira, na cor vermelha. Por isso, o vermelho foide madeira, na cor vermelha. Por isso, o vermelho foi
adotado como cor oficial da bebida. Até 1915, uma pequenaadotado como cor oficial da bebida. Até 1915, uma pequena
quantidade de cocaína estava entre os ingredientes doquantidade de cocaína estava entre os ingredientes do
refrigerante.refrigerante.
Coca ColaCoca Cola
 Asa Griggs CandlerAsa Griggs Candler comprou Pemberton ecomprou Pemberton e
seus parceiros emseus parceiros em 18871887 e começou ae começou a
realizar uma campanha agressiva derealizar uma campanha agressiva de
marketing do produto. A eficiência destesmarketing do produto. A eficiência destes
anúncios não seria percebida até muitoanúncios não seria percebida até muito
tempo depois. Pela época de seu 50ºtempo depois. Pela época de seu 50º
aniversário, a bebida já tinha alcançadoaniversário, a bebida já tinha alcançado
statusstatus de ícone nacional americano.de ícone nacional americano.
Coca ColaCoca Cola
 Quando os Estados Unidos entraram naQuando os Estados Unidos entraram na Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial, os, os
soldados americanos enviaram cartas para a Coca-Cola Company, pedindosoldados americanos enviaram cartas para a Coca-Cola Company, pedindo
que a bebida lhes fosse fornecida. Motivada com as cartas, a Coca-Colaque a bebida lhes fosse fornecida. Motivada com as cartas, a Coca-Cola
desenvolveu "fábricas" móveis que foram enviadas para as frentes dedesenvolveu "fábricas" móveis que foram enviadas para as frentes de
batalha junto com técnicos da empresa, que garantiam a produção e abatalha junto com técnicos da empresa, que garantiam a produção e a
distribuição da bebida para os soldados. Apesar dos custos de produção nadistribuição da bebida para os soldados. Apesar dos custos de produção na
frente de batalha serem elevados, a companhia decidiu arcar com osfrente de batalha serem elevados, a companhia decidiu arcar com os
mesmos, numa tática de marketing, vendendo o refrigerante pelo mesmomesmos, numa tática de marketing, vendendo o refrigerante pelo mesmo
preço praticado nos EUA. Tendo em vista a sua associação com ospreço praticado nos EUA. Tendo em vista a sua associação com os
produtos americanos e os Estados Unidos, ela acabou exercendo o papelprodutos americanos e os Estados Unidos, ela acabou exercendo o papel
de um símbolo patriótico. A popularidade da bebida aumentou bastantede um símbolo patriótico. A popularidade da bebida aumentou bastante
após a guerra, quando os soldados voltaram fazendo propaganda doapós a guerra, quando os soldados voltaram fazendo propaganda do
refrigerante. Então foi lançado um tipo de embalagem que vendia 6refrigerante. Então foi lançado um tipo de embalagem que vendia 6
garrafas de coca-cola (sixposts), a qual se tornou preferida das donas degarrafas de coca-cola (sixposts), a qual se tornou preferida das donas de
casa americanas.casa americanas.
 Hoje em dia, são vendidas cerca de 40 mil latinhas e garrafas de Coca-ColaHoje em dia, são vendidas cerca de 40 mil latinhas e garrafas de Coca-Cola
por segundo nos Estados Unidos. O produto é vendido em mais de 140por segundo nos Estados Unidos. O produto é vendido em mais de 140
países.países.
Coca ColaCoca Cola
 Os anúncios da Coca foram sempre muito penetrantes eOs anúncios da Coca foram sempre muito penetrantes e
influentes, já que um dos objetivos de Woodruff erainfluentes, já que um dos objetivos de Woodruff era
assegurar que todo mundo na Terra bebesse Coca-Colaassegurar que todo mundo na Terra bebesse Coca-Cola
como sua bebida preferida. Em alguns lugares, anúncioscomo sua bebida preferida. Em alguns lugares, anúncios
da Coca-Cola são quase onipresentes, especialmenteda Coca-Cola são quase onipresentes, especialmente
em áreas mais ao sul daem áreas mais ao sul da América do NorteAmérica do Norte, como em, como em
AtlantaAtlanta, onde a Coca surgiu. Os, onde a Coca surgiu. Os
Jogos Olímpicos de Verão de 1996Jogos Olímpicos de Verão de 1996 foram em Atlanta, eforam em Atlanta, e
como resultado, a Coca-Cola recebeu publicidadecomo resultado, a Coca-Cola recebeu publicidade
gratuita. A Coca-Cola também foi a primeiragratuita. A Coca-Cola também foi a primeira
patrocinadora dos Jogos Olímpicos, nos Jogos depatrocinadora dos Jogos Olímpicos, nos Jogos de 19281928
emem AmsterdãAmsterdã..
A controvérsiaA controvérsia
 Apesar de a Coca-Cola Company negar há muito tempo, a agência anti-drogasApesar de a Coca-Cola Company negar há muito tempo, a agência anti-drogas
peruana, DEVIDA, disse que a companhia compra 115 toneladas de folha de cocaperuana, DEVIDA, disse que a companhia compra 115 toneladas de folha de coca
do Peru e 105 toneladas da Bolívia por ano, para usar como ingrediente em suado Peru e 105 toneladas da Bolívia por ano, para usar como ingrediente em sua
fórmula secreta. Recentemente, na Bolívia, o presidente Evo Morales afirmou que afórmula secreta. Recentemente, na Bolívia, o presidente Evo Morales afirmou que a
Coca-Cola usa a produção de coca na fabricação do refrigerante.Coca-Cola usa a produção de coca na fabricação do refrigerante.
 No Brasil, já há alguns anos a fabricante de refrigerantes Dolly vem brigando naNo Brasil, já há alguns anos a fabricante de refrigerantes Dolly vem brigando na
justiça pela cassação do registro da Coca-Cola junto ao Ministério da Agricultura ejustiça pela cassação do registro da Coca-Cola junto ao Ministério da Agricultura e
recentemente um laudo do Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federalrecentemente um laudo do Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal
concluiu que a Coca-Cola usa folhas de coca como matéria-prima na fabricação doconcluiu que a Coca-Cola usa folhas de coca como matéria-prima na fabricação do
extrato vegetal (também chamado de mercadoria nº 05).extrato vegetal (também chamado de mercadoria nº 05).
 O referido laudo diz o seguinte:O referido laudo diz o seguinte: ...segundo os dados publicados na literatura...segundo os dados publicados na literatura
científica [...] as folhas de coca provenientes do vegetal cientificamente denominadocientífica [...] as folhas de coca provenientes do vegetal cientificamente denominado
Erytroxylum novagranatenseErytroxylum novagranatense, variedade, variedade truxillensitruxillensi, cultivada no Peru são utilizadas, cultivada no Peru são utilizadas
como matéria-prima na fabricação do extrato vegetal a partir do qual é fabricado ocomo matéria-prima na fabricação do extrato vegetal a partir do qual é fabricado o
refrigerante Coca-Colarefrigerante Coca-Cola..
 Em sua defesa, a empresa alega que as folhas de coca não poderiam serEm sua defesa, a empresa alega que as folhas de coca não poderiam ser
comercializadas por uma empresa que vende quase 1 bilhão de copos docomercializadas por uma empresa que vende quase 1 bilhão de copos do
refrigerante por dia no mundo, e que, sendo assim, teria de reexportar essas folhasrefrigerante por dia no mundo, e que, sendo assim, teria de reexportar essas folhas
de coca para mais de 150 paises no mundo, a um custo que seria "astronômico" ede coca para mais de 150 paises no mundo, a um custo que seria "astronômico" e
que considera "teoricamente impossível", uma vez que o preço de uma lata de Coca-que considera "teoricamente impossível", uma vez que o preço de uma lata de Coca-
Cola, por exemplo no Brasil, gira em torno de pouco mais de 1 real nosCola, por exemplo no Brasil, gira em torno de pouco mais de 1 real nos
supermercados.supermercados.
Youtube - BrasilYoutube - Brasil
 http://www.youtube.com/watch?v=NIqJ9cVTT9Mhttp://www.youtube.com/watch?v=NIqJ9cVTT9M - 1º- 1º
veiculada no Brasilveiculada no Brasil
 http://www.youtube.com/watch?v=yjUEBnOetGIhttp://www.youtube.com/watch?v=yjUEBnOetGI
 http://www.youtube.com/watch?v=O4pYhAqPpIIhttp://www.youtube.com/watch?v=O4pYhAqPpII
 http://www.youtube.com/watch?v=PmC85bpkHtUhttp://www.youtube.com/watch?v=PmC85bpkHtU
 http://www.youtube.com/watch?v=3OlSlGtElHYhttp://www.youtube.com/watch?v=3OlSlGtElHY
 http://www.youtube.com/watch?v=eOYsVkKWUd8http://www.youtube.com/watch?v=eOYsVkKWUd8
 http://www.youtube.com/watch?v=MPMVsBDQ6m8http://www.youtube.com/watch?v=MPMVsBDQ6m8
 http://www.youtube.com/watch?v=VJ9ZtuXeOf8http://www.youtube.com/watch?v=VJ9ZtuXeOf8
 http://www.youtube.com/watch?v=X_JsOrH5cOMhttp://www.youtube.com/watch?v=X_JsOrH5cOM
 http://www.youtube.com/watch?v=vKGw_KYH63khttp://www.youtube.com/watch?v=vKGw_KYH63k
 http://www.youtube.com/watch?v=KHva_8jlMk8http://www.youtube.com/watch?v=KHva_8jlMk8
Coca-Cola vs. Papai NoelCoca-Cola vs. Papai Noel
 A publicidade da Coca-Cola tem tido um impacto significativo naA publicidade da Coca-Cola tem tido um impacto significativo na
divulgação da cultura norte-americana, sendo freqüentementedivulgação da cultura norte-americana, sendo freqüentemente
creditada à bebida a "invenção" da imagem moderna docreditada à bebida a "invenção" da imagem moderna do Papai NoelPapai Noel
como um homem idoso em roupas vermelhas e brancas,como um homem idoso em roupas vermelhas e brancas,
justamente as cores da Coca-Cola.justamente as cores da Coca-Cola.
 Apesar disso, a companhia começou a promover esta imagem deApesar disso, a companhia começou a promover esta imagem de
Papai Noel somente naPapai Noel somente na década de 1930década de 1930, nas suas campanhas de, nas suas campanhas de
inverno; mas usar esta imagem de Papai Noel já era comum antesinverno; mas usar esta imagem de Papai Noel já era comum antes
dissodisso [4][4]. Na. Na década de 1970década de 1970, uma canção de um comercial da, uma canção de um comercial da
Coca-Cola chamado "Coca-Cola chamado "I'd Like to Teach the World to SingI'd Like to Teach the World to Sing (eu(eu
gostaria de ensinar o mundo a cantar)", produzida porgostaria de ensinar o mundo a cantar)", produzida por Billy DavisBilly Davis,,
tornou-se uma música popular de sucesso, mas não há evidênciastornou-se uma música popular de sucesso, mas não há evidências
de que tenha, de fato, ajudado a aumentar as vendas do produto.de que tenha, de fato, ajudado a aumentar as vendas do produto.
Colonização Coca-ColaColonização Coca-Cola
 É um termo utilizado para definir a erosãoÉ um termo utilizado para definir a erosão
dasdas culturasculturas dos países e sua troca pelados países e sua troca pela
cultura de massacultura de massa, globalizada,, globalizada,
usualmente atribuída ao domíniousualmente atribuída ao domínio
norte-americanonorte-americano. Grande exemplo disso é. Grande exemplo disso é
o Papai Noel usar roupa vermelha, efeitoo Papai Noel usar roupa vermelha, efeito
iniciado com propaganda da Coca-Cola.iniciado com propaganda da Coca-Cola.
Coca x PepsiCoca x Pepsi
 Durante aDurante a década de 1980década de 1980, a, a Pepsi-ColaPepsi-Cola realizou uma série derealizou uma série de
anúncios televisivos mostrando pessoas que participaram em testesanúncios televisivos mostrando pessoas que participaram em testes
de gosto na qual expressaram sua preferência pela Pepsi emde gosto na qual expressaram sua preferência pela Pepsi em
relação à Coca. A Coca-Cola também exibiu anúncios pararelação à Coca. A Coca-Cola também exibiu anúncios para
combater os da Pepsi, num incidente às vezes chamado, no meiocombater os da Pepsi, num incidente às vezes chamado, no meio
publicitário, de "a guerra da cola". Um dos anúncios da Cocapublicitário, de "a guerra da cola". Um dos anúncios da Coca
comparou o então chamado "desafio Pepsi" a doiscomparou o então chamado "desafio Pepsi" a dois chimpanzéschimpanzés
decidindo quedecidindo que bola de tênisbola de tênis tinha mais tecido. Após isso, a Coca-tinha mais tecido. Após isso, a Coca-
Cola manteve sua liderança no mercado global de refrigerantes,Cola manteve sua liderança no mercado global de refrigerantes,
embora a Pepsi seja a líder em alguns mercados regionais, soembora a Pepsi seja a líder em alguns mercados regionais, so
conseguiu devido a uma estrategia de vendas aceitando o casco daconseguiu devido a uma estrategia de vendas aceitando o casco da
concorrente para depois quebrar, como ocorreu noconcorrente para depois quebrar, como ocorreu no
Rio Grande do SulRio Grande do Sul (Brasil) na cidade de Porto Alegre, que serviu de(Brasil) na cidade de Porto Alegre, que serviu de
palco para a famosapalco para a famosa batalha das garrafasbatalha das garrafas promovida pela equipe depromovida pela equipe de
vendas da Pepsi na qual foi a vitoriosa.vendas da Pepsi na qual foi a vitoriosa.
No YoutubeNo Youtube
 http://www.youtube.com/watch?v=T0VBNNZnAIwhttp://www.youtube.com/watch?v=T0VBNNZnAIw
 http://www.youtube.com/watch?v=os7lmKAB4Pwhttp://www.youtube.com/watch?v=os7lmKAB4Pw
 http://www.youtube.com/watch?v=EMo6o0BtFG8http://www.youtube.com/watch?v=EMo6o0BtFG8
 http://www.youtube.com/watch?v=IzxHDqUz8Skhttp://www.youtube.com/watch?v=IzxHDqUz8Sk
 http://www.youtube.com/watch?v=bMz71ffl1r8http://www.youtube.com/watch?v=bMz71ffl1r8
Slogans no BrasilSlogans no Brasil
 1942: "A pausa que refresca"1942: "A pausa que refresca"
 1952: "Isto faz um bem"1952: "Isto faz um bem"
 1964: "Tudo vai melhor com Coca-Cola"1964: "Tudo vai melhor com Coca-Cola"
 1970: "Isso é que é"1970: "Isso é que é"
 1976: "Coca-Cola dá mais vida"1976: "Coca-Cola dá mais vida"
 2000: "Curta"2000: "Curta"
 2001: "Gostoso é viver"2001: "Gostoso é viver"
 2003: "Essa é a real"2003: "Essa é a real"
 2004: "Viva o que é bom"2004: "Viva o que é bom"
 2006: "Viva o lado Coca-Cola da vida"2006: "Viva o lado Coca-Cola da vida"
LinksLinks
 http://www.omnicomgroup.comhttp://www.omnicomgroup.com
 http://www.ddb.comhttp://www.ddb.com
 http://www.datamidia.com.brhttp://www.datamidia.com.br
 http://www.yrbrasil.com.brhttp://www.yrbrasil.com.br
 http://www.jwt.com.brhttp://www.jwt.com.br
 http://www.mccann.com.brhttp://www.mccann.com.br
 http://www.fischeramerica.com.brhttp://www.fischeramerica.com.br
 http://www.gruponewcomm.com.brhttp://www.gruponewcomm.com.br
 http://www.saatchi.comhttp://www.saatchi.com
 http://www.thecoca-colacompany.comhttp://www.thecoca-colacompany.com
Links de agências pelo mundoLinks de agências pelo mundo
 África do SulÁfrica do Sul
 Berry Bush BBDOBerry Bush BBDO
The GateThe Gate
Saatchi & Saatchi Cape TownSaatchi & Saatchi Cape Town
TBWAHuntLascarisTBWAHuntLascaris
Y&R GitamY&R Gitam
 AlemanhaAlemanha
 Bates GermanyBates Germany
BBDO CampaignBBDO Campaign
Conrad Gley ThiemConrad Gley Thiem
Heller & Partner CommunicationHeller & Partner Communication
Jung von Matt/ElbeJung von Matt/Elbe
JWTJWT
Lowe HamburgLowe Hamburg
McCann-Erickson GermanyMcCann-Erickson Germany
MultimediahausMultimediahaus
Publicis ErlangenPublicis Erlangen
Springer & Jacoby WerbungSpringer & Jacoby Werbung
Stöehr DDBStöehr DDB
TBWABerlinTBWABerlin
Weiss KommunikationWeiss Kommunikation
Y&R FrankfurtY&R Frankfurt
 ArgentinaArgentina
 Agulla & Baccetti / LoweAgulla & Baccetti / Lowe
BBDO ArgentinaBBDO Argentina
CraveroLanis Euro RSCGCraveroLanis Euro RSCG
Fire/DDBFire/DDB
Foote Cone & BeldingFoote Cone & Belding
Industria ComunicaciónIndustria Comunicación
JWT ArgentinaJWT Argentina
Ogilvy & Mather ArgentinaOgilvy & Mather Argentina
Publicis ArgentinaPublicis ArgentinaSavaglioTBWASavaglioTBWA
WM/Red CellWM/Red CellY&R ArgentinaY&R Argentina
 CColômbiaolômbia
 AvanceAvance
Austrália
Clemenger BBDO Melbourne
DDB Needham Worldwide
FNL Communications
Grey Worldwide AustraliaJWT Sydney
Leo Burnett Sydney
Lowe Hunt
McCann-Erickson Advertising
McNabb Advertising
Publicis Communication
Vivachi International
Whybin TBWA & Partners – WTBWA
Bélgica
DDB Group Belgium
GreyLDV / One for One
McCann Erickson Belgium
Ogilvy & MatherPublicis Belgium
Bulgária
KRES
Canadá
BBDO Canada
Calexis
Cossette Comunication-Marketing
Diesel Marketing Group
Grey Communications Canada
High-Touch Communications
JWT Toronto
Leo Burnett
Limelight Advertising & Design
M5 Marketing Communications
MacLaren McCann Canada
MEiC+ViLLENEUVE
McMillan
Quarry Integrated Communications
WE Agence CréativeY&R Toronto
 ChileChile
 Azocar & Luco ComunicaciónAzocar & Luco Comunicación
ComercialComercial
BBDO ChileBBDO ChileFrederick/TBWAFrederick/TBWA
JWT Chilena SACJWT Chilena SAC
Prolam Young&RubicamProlam Young&Rubicam
Publiart Euro RSCG SantiagoPubliart Euro RSCG Santiago
Zegers DDBZegers DDB
 ChinaChina
 Citigate Albert Frank WindowCitigate Albert Frank Window
CreativeCreative
FCB Asia PacificFCB Asia Pacific
Leo Burnett Asia PacificLeo Burnett Asia Pacific
Publicis.Hong KongPublicis.Hong Kong
Saatchi & Saatchi Asia Pacific & AustralasiaSaatchi & Saatchi Asia Pacific & Australasia
TBWAShanghaiTBWAShanghai
 DinamarcaDinamarca
 CA - ForsideCA - Forside
DDB DanmarkDDB Danmark
Den Kreative AFDELINGDen Kreative AFDELING
Young & RubicamYoung & Rubicam
 EspanhaEspanha
 Àtic ComunicaciónÀtic Comunicación
Bassat, Ogilvy & Mather Advertising - BOMMBassat, Ogilvy & Mather Advertising - BOMM
Bit ComunicacionBit Comunicacion
DDB MadridDDB MadridDis-Art PublicitatDis-Art Publicitat
Euro RSCG MadridEuro RSCG Madrid
FABB CrealogyFABB Crealogy
FCB/TapsaFCB/Tapsa
Grupo Ruiz Nicoli LineasGrupo Ruiz Nicoli Lineas
JWT IberiaJWT Iberia
McCann-EricksonMcCann-Erickson
Publicis Casadevall Pedreño & PrgPublicis Casadevall Pedreño & Prg
Tiempo BBDOTiempo BBDOY&R MadridY&R Madrid
Links de agências pelo mundoLinks de agências pelo mundo
 Estados UnidosEstados Unidos
 Ackerman McQueenAckerman McQueen
Agent 16Agent 16
Allen & Gerritsen.Allen & Gerritsen.
Al Paul Lefton CompanyAl Paul Lefton Company
Ayzenberg GroupAyzenberg Group
Bandy, Carroll, HelligeBandy, Carroll, Hellige
BBDOBBDOBenton NewtonBenton NewtonBiggs-Gilmore CommunicationsBiggs-Gilmore Communications
BozellBozell
Buck & Pulleyn.Buck & Pulleyn.
Colle & McVoyColle & McVoy
Creative ConnetionCreative Connetion
DDBDDB
DireggioDireggio
DMA - Drone & Mueller and AssociatesDMA - Drone & Mueller and Associates
Doe AndersonDoe Anderson
Duffy & ShanleyDuffy & Shanley
E.B. LaneE.B. Lane
Euro RSCGEuro RSCG
E.W. Bullock AssociatesE.W. Bullock Associates
FallonFallon
Farago + Partners.Farago + Partners.G WhizG Whiz
The Hughes GroupThe Hughes Group
The Integer GroupThe Integer Group
Interpublic GroupInterpublic Group
Jacobson RostJacobson Rost
JWTJWT
Kilgannon McReynoldsKilgannon McReynolds
Kirshenbaum, Bond & PartnersKirshenbaum, Bond & Partners
Larry Smith & Associates.Larry Smith & Associates.
Leo Burnett CompanyLeo Burnett CompanyLindsay, Stone & BriggsLindsay, Stone & Briggs
Lowe & PartnersLowe & Partners
MARC USAMARC USA
Martin Williams.Martin Williams.
Mering & AssociatesMering & Associates
MF+PMF+P
Nicholson Kovac.Nicholson Kovac.
PacificoPacifico
Pawluk CaliforniaPawluk California
Roberts CommunicationsRoberts Communications
 JapãoJapão
 AOI Advertising PromotionAOI Advertising Promotion
Asatsu - DKAsatsu - DK
Beacon Communications k.k.Beacon Communications k.k.
Dentsu Y&RDentsu Y&REuro RSCG TokyoEuro RSCG Tokyo
Foote Cone & Belding JapanFoote Cone & Belding Japan
Hypu. JapanHypu. JapanJWT JapanJWT Japan
K&L Inc.K&L Inc.
Lowe & Partners/StandardLowe & Partners/Standard
McCann-Erickson JapanMcCann-Erickson Japan
Nitten AltiNitten AltiPublicis JapanPublicis Japan
Saatchi & Saatchi JapanSaatchi & Saatchi Japan
TBWAJapanTBWAJapan
 MéxicoMéxico
 BBDO MexicoBBDO Mexico
JWT de MexicoJWT de Mexico
Leo BurnettLeo Burnett
Lowe MexicoLowe Mexico
TeranTBWATeranTBWA
 NoruegaNoruega
 Bates Red CellBates Red Cell
Leo BurnettLeo Burnett
Nustad & PartnersNustad & Partners
 Nova ZelândiaNova Zelândia
 Clemenger BBDOClemenger BBDO
Colenso BBDOColenso BBDO
JWT Australia / NZJWT Australia / NZ
Y&R New ZealandY&R New Zealand
 PortugalPortugal
 BBDO PortugalBBDO Portugal
Euro RSCG PortugalEuro RSCG Portugal
JWT LisbonJWT LisbonLowe & PartnersLowe & Partners
McCann EricksonMcCann Erickson
PublicisPublicis
Red Cell PortugalRed Cell PortugalTBWAEPGTBWAEPG
Tux & Gill PublicidadeTux & Gill Publicidade
Y&R PortugalY&R Portugal
Links de agências pelo mundoLinks de agências pelo mundo
 RússiaRússia
 ContactContact
Creative Marketing GroupCreative Marketing GroupDDB RussiaDDB RussiaFoote Cone & Belding RussiaFoote Cone & Belding RussiaInter Advertising AgencyInter Advertising AgencyLeo Burnett MoscowLeo Burnett MoscowMagic BoxMagic BoxTBWARussiaTBWARussia
 SuéciaSuécia
 Ehrenstrahle BBDOEhrenstrahle BBDO
Elfwendahl & Co.Elfwendahl & Co.
HavetHavet
JerlovJerlov
Lowe BrindforsLowe Brindfors
Lowe PeopleLowe People
McCann SverigeMcCann Sverige
Sandberg & Co, GoteborgSandberg & Co, Goteborg
Sexton 87 OgilvySexton 87 Ogilvy
 SuíçaSuíça
 Advico Y&R ZurichAdvico Y&R Zurich
Arnold Design Visuelle KommunikationArnold Design Visuelle Kommunikation
McCann-Erickson SwitzerlandMcCann-Erickson Switzerland
MegapublicMegapublic
Publicis Werbeagentur AG, BSWPublicis Werbeagentur AG, BSW
SyntheseSynthese
Vert Pomme S.A.Vert Pomme S.A.
Werbal Advertising AgencyWerbal Advertising Agency
Wirz Werbung AGWirz Werbung AG
Y&R Business CommunicationsY&R Business Communications
Zogg Kettiger Gasser - ZKGZogg Kettiger Gasser - ZKG
Vamos criar um Blog sobre oVamos criar um Blog sobre o
Mundo Coca-cola!Mundo Coca-cola!
 - passo 1: em grupo, criar 1 blog no blogspot.com- passo 1: em grupo, criar 1 blog no blogspot.com
 - Passo 2: iniciar as postagens contando a História da Coca-cola, suas- Passo 2: iniciar as postagens contando a História da Coca-cola, suas
campanhas e seus vídeos.campanhas e seus vídeos.
 - passo 3: separem década a década e organizem as postagens por ordem- passo 3: separem década a década e organizem as postagens por ordem
de acontecimentos...de acontecimentos...
 Vocês tem 1 semana para organizarem e postarem tudo sobre o clienteVocês tem 1 semana para organizarem e postarem tudo sobre o cliente
Coca-cola. Percebam, trata-se de um super material contendo fatosCoca-cola. Percebam, trata-se de um super material contendo fatos
históricos, campanhas, as rixas dos seu principal concorrente, a Pepsi ehistóricos, campanhas, as rixas dos seu principal concorrente, a Pepsi e
apresentá-lo em sala de aula. Este material servirá de exemplo tantosapresentá-lo em sala de aula. Este material servirá de exemplo tantos
outros estudantes de comunicação que se interessarem por essa história,outros estudantes de comunicação que se interessarem por essa história,
ok!ok!
 Vamos aos trabalhos!Vamos aos trabalhos!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O passo a passo da mídia com Letícia Herrmann
O passo a passo da mídia com Letícia HerrmannO passo a passo da mídia com Letícia Herrmann
O passo a passo da mídia com Letícia Herrmann
Ponto Pasta UFPR
 
Conceitos Básicos Mídia
Conceitos Básicos MídiaConceitos Básicos Mídia
Conceitos Básicos Mídia
Rede Globo
 
Planejamento de Mídia
Planejamento de MídiaPlanejamento de Mídia
Planejamento de Mídia
Rafael. Firmi
 
Midia - Aula 07
Midia - Aula 07Midia - Aula 07
Midia - Aula 07
Fernando Alves
 
Aula Planejamento de Mídia
Aula Planejamento de MídiaAula Planejamento de Mídia
Aula Planejamento de Mídia
Lucas Pelaez
 
Convergência de mídias e narrativa transmídia
Convergência de mídias e narrativa transmídiaConvergência de mídias e narrativa transmídia
Convergência de mídias e narrativa transmídia
Alysson Lisboa
 
Propaganda
PropagandaPropaganda
Propaganda
Douglas Gregorio
 
Redação Publicitária
Redação PublicitáriaRedação Publicitária
Redação Publicitária
hodcomunicacao
 
O texto publicitario_2015
O texto publicitario_2015O texto publicitario_2015
O texto publicitario_2015
André Bomfim
 
Criação publicitária - Aula 02 - Brainstorm
Criação publicitária - Aula 02  - BrainstormCriação publicitária - Aula 02  - Brainstorm
Criação publicitária - Aula 02 - Brainstorm
Thiago Ianatoni
 
Introdução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Introdução à Publicidade - Aula 06 - CriaçãoIntrodução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Introdução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Thiago Ianatoni
 
Redação Publicitária - Associação de ideias na publicidade: criatividade
Redação Publicitária - Associação de ideias na publicidade: criatividadeRedação Publicitária - Associação de ideias na publicidade: criatividade
Redação Publicitária - Associação de ideias na publicidade: criatividade
VOZ Comunica
 
Aula : Planejamento de Comunicação Integrada na prática
Aula : Planejamento de Comunicação Integrada na práticaAula : Planejamento de Comunicação Integrada na prática
Aula : Planejamento de Comunicação Integrada na prática
Comunicação Integrada - Cursos e Soluções (Isabela Pimentel)
 
Estrategias de midia_ii
Estrategias de midia_iiEstrategias de midia_ii
Estrategias de midia_ii
Kauê Krischnegg
 
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 03 - atendimento
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 03   - atendimentoIntrodução à Publicidade e Propaganda - Aula 03   - atendimento
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 03 - atendimento
Thiago Ianatoni
 
Introdução à Publicidade
Introdução à PublicidadeIntrodução à Publicidade
Introdução à Publicidade
Giorgia Barreto Lima Parrião
 
Propaganda e publicidade conceito
Propaganda e publicidade conceitoPropaganda e publicidade conceito
Propaganda e publicidade conceito
Maninho Walker
 
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 05 - Mídia
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 05 - MídiaIntrodução à Publicidade e Propaganda - Aula 05 - Mídia
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 05 - Mídia
Thiago Ianatoni
 
História da publicidade brasileira
História da publicidade brasileiraHistória da publicidade brasileira
História da publicidade brasileira
Alysson Rodrigues
 
Planejamento de Mídia - Estratégia e Tática
Planejamento de Mídia - Estratégia e TáticaPlanejamento de Mídia - Estratégia e Tática
Planejamento de Mídia - Estratégia e Tática
Martins & Marcon
 

Mais procurados (20)

O passo a passo da mídia com Letícia Herrmann
O passo a passo da mídia com Letícia HerrmannO passo a passo da mídia com Letícia Herrmann
O passo a passo da mídia com Letícia Herrmann
 
Conceitos Básicos Mídia
Conceitos Básicos MídiaConceitos Básicos Mídia
Conceitos Básicos Mídia
 
Planejamento de Mídia
Planejamento de MídiaPlanejamento de Mídia
Planejamento de Mídia
 
Midia - Aula 07
Midia - Aula 07Midia - Aula 07
Midia - Aula 07
 
Aula Planejamento de Mídia
Aula Planejamento de MídiaAula Planejamento de Mídia
Aula Planejamento de Mídia
 
Convergência de mídias e narrativa transmídia
Convergência de mídias e narrativa transmídiaConvergência de mídias e narrativa transmídia
Convergência de mídias e narrativa transmídia
 
Propaganda
PropagandaPropaganda
Propaganda
 
Redação Publicitária
Redação PublicitáriaRedação Publicitária
Redação Publicitária
 
O texto publicitario_2015
O texto publicitario_2015O texto publicitario_2015
O texto publicitario_2015
 
Criação publicitária - Aula 02 - Brainstorm
Criação publicitária - Aula 02  - BrainstormCriação publicitária - Aula 02  - Brainstorm
Criação publicitária - Aula 02 - Brainstorm
 
Introdução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Introdução à Publicidade - Aula 06 - CriaçãoIntrodução à Publicidade - Aula 06 - Criação
Introdução à Publicidade - Aula 06 - Criação
 
Redação Publicitária - Associação de ideias na publicidade: criatividade
Redação Publicitária - Associação de ideias na publicidade: criatividadeRedação Publicitária - Associação de ideias na publicidade: criatividade
Redação Publicitária - Associação de ideias na publicidade: criatividade
 
Aula : Planejamento de Comunicação Integrada na prática
Aula : Planejamento de Comunicação Integrada na práticaAula : Planejamento de Comunicação Integrada na prática
Aula : Planejamento de Comunicação Integrada na prática
 
Estrategias de midia_ii
Estrategias de midia_iiEstrategias de midia_ii
Estrategias de midia_ii
 
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 03 - atendimento
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 03   - atendimentoIntrodução à Publicidade e Propaganda - Aula 03   - atendimento
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 03 - atendimento
 
Introdução à Publicidade
Introdução à PublicidadeIntrodução à Publicidade
Introdução à Publicidade
 
Propaganda e publicidade conceito
Propaganda e publicidade conceitoPropaganda e publicidade conceito
Propaganda e publicidade conceito
 
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 05 - Mídia
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 05 - MídiaIntrodução à Publicidade e Propaganda - Aula 05 - Mídia
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 05 - Mídia
 
História da publicidade brasileira
História da publicidade brasileiraHistória da publicidade brasileira
História da publicidade brasileira
 
Planejamento de Mídia - Estratégia e Tática
Planejamento de Mídia - Estratégia e TáticaPlanejamento de Mídia - Estratégia e Tática
Planejamento de Mídia - Estratégia e Tática
 

Destaque

Aula 04 história da publicidade e propaganda
Aula 04   história da publicidade e propagandaAula 04   história da publicidade e propaganda
Aula 04 história da publicidade e propaganda
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 05 história da publicidade e propaganda
Aula 05   história da publicidade e propagandaAula 05   história da publicidade e propaganda
Aula 05 história da publicidade e propaganda
Elizeu Nascimento Silva
 
A Evolução da Publicidade
A Evolução da PublicidadeA Evolução da Publicidade
A Evolução da Publicidade
Hamlet B2B
 
Aula 03 - Fórmula Editorial
Aula 03 - Fórmula EditorialAula 03 - Fórmula Editorial
Aula 03 - Fórmula Editorial
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 07 teorias do jornalismo jornalismo de dados
Aula 07   teorias do jornalismo jornalismo de dadosAula 07   teorias do jornalismo jornalismo de dados
Aula 07 teorias do jornalismo jornalismo de dados
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 02 infodesign
Aula 02   infodesignAula 02   infodesign
Aula 02 infodesign
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 02 impressão de dados variáveis
Aula 02   impressão de dados variáveisAula 02   impressão de dados variáveis
Aula 02 impressão de dados variáveis
Elizeu Nascimento Silva
 
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01 - Conceitos
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01  - ConceitosIntrodução à Publicidade e Propaganda - Aula 01  - Conceitos
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01 - Conceitos
Thiago Ianatoni
 
Anuncios e propagandas engraçadas
Anuncios e propagandas engraçadasAnuncios e propagandas engraçadas
Anuncios e propagandas engraçadas
Sergio Vasconcelos Araujo
 
Introdução à PP | Aula 03
Introdução à PP | Aula 03Introdução à PP | Aula 03
Introdução à PP | Aula 03
Pablo Caldas
 
Propagandas Banidas
Propagandas BanidasPropagandas Banidas
Propagandas Banidas
Leonardo Santos
 
Apresentação marca e conceito Agencia Oboé
Apresentação marca e conceito Agencia OboéApresentação marca e conceito Agencia Oboé
Apresentação marca e conceito Agencia Oboé
Elidio Santos de Oliveira
 
Trabalho de Educação Física
Trabalho de Educação Física Trabalho de Educação Física
Trabalho de Educação Física
Abmael Rocha Junior
 
Propagandas[1].Inteligentes[Pc]
Propagandas[1].Inteligentes[Pc]Propagandas[1].Inteligentes[Pc]
Propagandas[1].Inteligentes[Pc]
taniamaciel
 
Surgimento da Publicidade
Surgimento da PublicidadeSurgimento da Publicidade
Surgimento da Publicidade
Rafael. Firmi
 
Introdução PP | Aula 01
Introdução PP | Aula 01Introdução PP | Aula 01
Introdução PP | Aula 01
Pablo Caldas
 
HISTÓRIA DA PROPAGANDA NA PUBLICIDADE
HISTÓRIA DA PROPAGANDA NA PUBLICIDADEHISTÓRIA DA PROPAGANDA NA PUBLICIDADE
HISTÓRIA DA PROPAGANDA NA PUBLICIDADE
Equipemundi2014
 
ETO! [Futuro do Trabalho]
ETO! [Futuro do Trabalho]ETO! [Futuro do Trabalho]
ETO! [Futuro do Trabalho]
Alysson Rodrigues
 
"Puculando"
"Puculando""Puculando"
"Puculando"
Blogueiro Errante
 
Adivinhas de natal
Adivinhas de natalAdivinhas de natal
Adivinhas de natal
dinaflopes
 

Destaque (20)

Aula 04 história da publicidade e propaganda
Aula 04   história da publicidade e propagandaAula 04   história da publicidade e propaganda
Aula 04 história da publicidade e propaganda
 
Aula 05 história da publicidade e propaganda
Aula 05   história da publicidade e propagandaAula 05   história da publicidade e propaganda
Aula 05 história da publicidade e propaganda
 
A Evolução da Publicidade
A Evolução da PublicidadeA Evolução da Publicidade
A Evolução da Publicidade
 
Aula 03 - Fórmula Editorial
Aula 03 - Fórmula EditorialAula 03 - Fórmula Editorial
Aula 03 - Fórmula Editorial
 
Aula 07 teorias do jornalismo jornalismo de dados
Aula 07   teorias do jornalismo jornalismo de dadosAula 07   teorias do jornalismo jornalismo de dados
Aula 07 teorias do jornalismo jornalismo de dados
 
Aula 02 infodesign
Aula 02   infodesignAula 02   infodesign
Aula 02 infodesign
 
Aula 02 impressão de dados variáveis
Aula 02   impressão de dados variáveisAula 02   impressão de dados variáveis
Aula 02 impressão de dados variáveis
 
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01 - Conceitos
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01  - ConceitosIntrodução à Publicidade e Propaganda - Aula 01  - Conceitos
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01 - Conceitos
 
Anuncios e propagandas engraçadas
Anuncios e propagandas engraçadasAnuncios e propagandas engraçadas
Anuncios e propagandas engraçadas
 
Introdução à PP | Aula 03
Introdução à PP | Aula 03Introdução à PP | Aula 03
Introdução à PP | Aula 03
 
Propagandas Banidas
Propagandas BanidasPropagandas Banidas
Propagandas Banidas
 
Apresentação marca e conceito Agencia Oboé
Apresentação marca e conceito Agencia OboéApresentação marca e conceito Agencia Oboé
Apresentação marca e conceito Agencia Oboé
 
Trabalho de Educação Física
Trabalho de Educação Física Trabalho de Educação Física
Trabalho de Educação Física
 
Propagandas[1].Inteligentes[Pc]
Propagandas[1].Inteligentes[Pc]Propagandas[1].Inteligentes[Pc]
Propagandas[1].Inteligentes[Pc]
 
Surgimento da Publicidade
Surgimento da PublicidadeSurgimento da Publicidade
Surgimento da Publicidade
 
Introdução PP | Aula 01
Introdução PP | Aula 01Introdução PP | Aula 01
Introdução PP | Aula 01
 
HISTÓRIA DA PROPAGANDA NA PUBLICIDADE
HISTÓRIA DA PROPAGANDA NA PUBLICIDADEHISTÓRIA DA PROPAGANDA NA PUBLICIDADE
HISTÓRIA DA PROPAGANDA NA PUBLICIDADE
 
ETO! [Futuro do Trabalho]
ETO! [Futuro do Trabalho]ETO! [Futuro do Trabalho]
ETO! [Futuro do Trabalho]
 
"Puculando"
"Puculando""Puculando"
"Puculando"
 
Adivinhas de natal
Adivinhas de natalAdivinhas de natal
Adivinhas de natal
 

Semelhante a Aula historia da Propaganda Brasileira

Publicidade Audiovisual Brasileira
Publicidade Audiovisual BrasileiraPublicidade Audiovisual Brasileira
Publicidade Audiovisual Brasileira
Ivo Filho
 
História propaganda, cinema e internet
História propaganda, cinema e internetHistória propaganda, cinema e internet
História propaganda, cinema e internet
Marketing Sem Gravata
 
Inovações na publicidade e Propaganda
Inovações na publicidade e PropagandaInovações na publicidade e Propaganda
Inovações na publicidade e Propaganda
Renata Fortes
 
Aula 2 Linguagem Publicitária em Espaços Educativos
Aula 2 Linguagem Publicitária em Espaços EducativosAula 2 Linguagem Publicitária em Espaços Educativos
Aula 2 Linguagem Publicitária em Espaços Educativos
UFCG
 
Seminário sobre Publicidade e Cidadania
Seminário sobre Publicidade e CidadaniaSeminário sobre Publicidade e Cidadania
Seminário sobre Publicidade e Cidadania
Vinicius Moreira
 
Introdução PP | Aula 02
Introdução PP | Aula 02Introdução PP | Aula 02
Introdução PP | Aula 02
Pablo Caldas
 
Introdução PP | Aula 02
Introdução PP | Aula 02Introdução PP | Aula 02
Introdução PP | Aula 02
Pablo de Caldas
 
Publicidade e Propaganda entre 1889 e 1910 - Síntese
Publicidade e Propaganda entre 1889 e 1910 - SíntesePublicidade e Propaganda entre 1889 e 1910 - Síntese
Publicidade e Propaganda entre 1889 e 1910 - Síntese
Felipe Marques
 
A Propaganda - antes de 1900
A Propaganda - antes de 1900A Propaganda - antes de 1900
A Propaganda - antes de 1900
Thaís Rodrigues
 
Industria Cultural.pptx
Industria Cultural.pptxIndustria Cultural.pptx
Industria Cultural.pptx
orlando343934
 
Publicidade e propaganda
Publicidade e propagandaPublicidade e propaganda
Publicidade e propaganda
Dragodragons
 
1188171156.pdf
1188171156.pdf1188171156.pdf
1188171156.pdf
alessandrasilvaarauj
 
Publicidade e propaganda origens históricas
Publicidade e propaganda origens históricasPublicidade e propaganda origens históricas
Publicidade e propaganda origens históricas
Atomy Brasil
 
Sociedade e Cultura
Sociedade e CulturaSociedade e Cultura
Sociedade e Cultura
Luis Mello Reis
 
Histórico agências PP-BR
Histórico agências PP-BRHistórico agências PP-BR
Histórico agências PP-BR
Cristian Cardozo
 
STC5
STC5STC5
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 1
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 1Laboratório de Comunicação Popular - Aula 1
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 1
Diedro Barros
 
Captains Of Consciousness
Captains Of ConsciousnessCaptains Of Consciousness
Captains Of Consciousness
tiago.carvalho
 
A Revanche da Cultura Popular
A Revanche da Cultura PopularA Revanche da Cultura Popular
A Revanche da Cultura Popular
Marco Santos
 
Em defesa da propaganda jerry kirkpatrick
Em defesa da propaganda   jerry kirkpatrickEm defesa da propaganda   jerry kirkpatrick
Em defesa da propaganda jerry kirkpatrick
Rosane Domingues
 

Semelhante a Aula historia da Propaganda Brasileira (20)

Publicidade Audiovisual Brasileira
Publicidade Audiovisual BrasileiraPublicidade Audiovisual Brasileira
Publicidade Audiovisual Brasileira
 
História propaganda, cinema e internet
História propaganda, cinema e internetHistória propaganda, cinema e internet
História propaganda, cinema e internet
 
Inovações na publicidade e Propaganda
Inovações na publicidade e PropagandaInovações na publicidade e Propaganda
Inovações na publicidade e Propaganda
 
Aula 2 Linguagem Publicitária em Espaços Educativos
Aula 2 Linguagem Publicitária em Espaços EducativosAula 2 Linguagem Publicitária em Espaços Educativos
Aula 2 Linguagem Publicitária em Espaços Educativos
 
Seminário sobre Publicidade e Cidadania
Seminário sobre Publicidade e CidadaniaSeminário sobre Publicidade e Cidadania
Seminário sobre Publicidade e Cidadania
 
Introdução PP | Aula 02
Introdução PP | Aula 02Introdução PP | Aula 02
Introdução PP | Aula 02
 
Introdução PP | Aula 02
Introdução PP | Aula 02Introdução PP | Aula 02
Introdução PP | Aula 02
 
Publicidade e Propaganda entre 1889 e 1910 - Síntese
Publicidade e Propaganda entre 1889 e 1910 - SíntesePublicidade e Propaganda entre 1889 e 1910 - Síntese
Publicidade e Propaganda entre 1889 e 1910 - Síntese
 
A Propaganda - antes de 1900
A Propaganda - antes de 1900A Propaganda - antes de 1900
A Propaganda - antes de 1900
 
Industria Cultural.pptx
Industria Cultural.pptxIndustria Cultural.pptx
Industria Cultural.pptx
 
Publicidade e propaganda
Publicidade e propagandaPublicidade e propaganda
Publicidade e propaganda
 
1188171156.pdf
1188171156.pdf1188171156.pdf
1188171156.pdf
 
Publicidade e propaganda origens históricas
Publicidade e propaganda origens históricasPublicidade e propaganda origens históricas
Publicidade e propaganda origens históricas
 
Sociedade e Cultura
Sociedade e CulturaSociedade e Cultura
Sociedade e Cultura
 
Histórico agências PP-BR
Histórico agências PP-BRHistórico agências PP-BR
Histórico agências PP-BR
 
STC5
STC5STC5
STC5
 
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 1
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 1Laboratório de Comunicação Popular - Aula 1
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 1
 
Captains Of Consciousness
Captains Of ConsciousnessCaptains Of Consciousness
Captains Of Consciousness
 
A Revanche da Cultura Popular
A Revanche da Cultura PopularA Revanche da Cultura Popular
A Revanche da Cultura Popular
 
Em defesa da propaganda jerry kirkpatrick
Em defesa da propaganda   jerry kirkpatrickEm defesa da propaganda   jerry kirkpatrick
Em defesa da propaganda jerry kirkpatrick
 

Aula historia da Propaganda Brasileira

  • 1. A história da PropagandaA história da Propaganda
  • 2. A história da PropagandaA história da Propaganda  Contexto histórico e comercial.Contexto histórico e comercial. A propaganda e a guerra.A propaganda e a guerra.  Principais países e principais clientes.Principais países e principais clientes.  Estilos e mídias mais famosos.Estilos e mídias mais famosos.  Uso da tecnologia e da criatividade comoUso da tecnologia e da criatividade como diferencial culturaldiferencial cultural
  • 3. "Propaganda""Propaganda"  Do latim moderno, propaganda querDo latim moderno, propaganda quer dizer "para ser espalhado". Emdizer "para ser espalhado". Em 1622, no início da Guerra dos Trinta1622, no início da Guerra dos Trinta anos, o Papa Gregório XV fundou oanos, o Papa Gregório XV fundou o Congregatio Propaganda FideCongregatio Propaganda Fide "Congregação para a Propagação"Congregação para a Propagação da Fé", um comitê de Cardeais parada Fé", um comitê de Cardeais para supervisionar a propagação dosupervisionar a propagação do Cristianismo pelos missionáriosCristianismo pelos missionários enviados para países não-cristãos.enviados para países não-cristãos.  Originalmente o termo não eraOriginalmente o termo não era usado para se referir a informaçãousado para se referir a informação enganosa. O sentido político atualenganosa. O sentido político atual data da Primeira Guerra Mundial e,data da Primeira Guerra Mundial e, originalmente, não era pejorativo.originalmente, não era pejorativo.
  • 4. "Propaganda""Propaganda" Mensagens comerciais e campanhas políticas foram encontradas em ruínas da antiga Arábia. Egípcios usavam papiros para criar mensagens de venda e cartazes, enquanto o conhecido volante (flyer) de hoje podia ser facilmente encontrado na antiga Grécia e Roma. Pinturas em muros ou rochas utilizadas como propagandas eram outras formas encontradas no tempo antigo e é utilizada até hoje em várias partes da Ásia, África e alguns países da América do Sul, incluindo o Brasil.
  • 5. Propaganda no MundoPropaganda no Mundo  A tradicional pintura nas paredesA tradicional pintura nas paredes pode ser encontrada desdepode ser encontrada desde expressões artísticas em rochasexpressões artísticas em rochas feitas por populações indígenas quefeitas por populações indígenas que datam de 4.000 AC até pinturasdatam de 4.000 AC até pinturas desenvolvidas nos séculos 15 e 16desenvolvidas nos séculos 15 e 16 que auxiliavam a divulgação deque auxiliavam a divulgação de volantes na época.volantes na época.  No século 17 as propagandasNo século 17 as propagandas começaram a aparecer em jornaiscomeçaram a aparecer em jornais semanais na Inglaterra. Essessemanais na Inglaterra. Esses anúncios eram utilizados paraanúncios eram utilizados para promover livros e jornais, quepromover livros e jornais, que patrocinavam a imprensa, epatrocinavam a imprensa, e medicamentos, que se tornarammedicamentos, que se tornaram muito procurados após algumasmuito procurados após algumas doenças terem devastado a Europa.doenças terem devastado a Europa. No entanto, falsas propagandas,No entanto, falsas propagandas, também conhecidas como quacktambém conhecidas como quack (termo da época para designar uma(termo da época para designar uma pessoa que dizia terpessoa que dizia ter profissionalmente habilidades,profissionalmente habilidades, conhecimentos ou qualificações queconhecimentos ou qualificações que não tinha), tornaram-se umnão tinha), tornaram-se um problema, que culminou naproblema, que culminou na regulamentação dos conteúdosregulamentação dos conteúdos publicados nas propagandaspublicados nas propagandas..
  • 6. Propaganda no MundoPropaganda no Mundo  Com a economia expandindoCom a economia expandindo durante o século 19, asdurante o século 19, as propagandas cresceram. Nospropagandas cresceram. Nos Estados Unidos, os classificadosEstados Unidos, os classificados tornaram-se bem popularestornaram-se bem populares preenchendo muitas páginas depreenchendo muitas páginas de jornais com pequenos anúnciosjornais com pequenos anúncios de itens variados. O sucessode itens variados. O sucesso desse formato de propagandadesse formato de propaganda eventualmente levou aoeventualmente levou ao aparecimento e crescimento daaparecimento e crescimento da mala-direta.mala-direta.  Em 1841 a primeira Agência deEm 1841 a primeira Agência de Publicidade e Propaganda foiPublicidade e Propaganda foi criada por Volney Palmer emcriada por Volney Palmer em Boston. A agência criada porBoston. A agência criada por Palmer também foi a primeira aPalmer também foi a primeira a cobrar a taxa de 25% decobrar a taxa de 25% de comissão dos jornais paracomissão dos jornais para vender espaço publicitário, o quevender espaço publicitário, o que antes era feito apenas porantes era feito apenas por corretores de propaganda. Acorretores de propaganda. A N.W. Ayer & Son foi a primeiraN.W. Ayer & Son foi a primeira Agência a oferecer todos osAgência a oferecer todos os serviços de publicidade eserviços de publicidade e assumir responsabilidade peloassumir responsabilidade pelo conteúdo das propagandas. Elaconteúdo das propagandas. Ela foi fundada em 1875 na cidadefoi fundada em 1875 na cidade de Filadélfia nos Estadosde Filadélfia nos Estados Unidos.Unidos.
  • 7. Propaganda no MundoPropaganda no Mundo  Na virada do século, haviam poucasNa virada do século, haviam poucas escolhas de carreira para mulheres noescolhas de carreira para mulheres no mercado, no entanto a publicidade emercado, no entanto a publicidade e propaganda foi uma das poucas a abrirpropaganda foi uma das poucas a abrir esse mercado. Desde que as mulheresesse mercado. Desde que as mulheres eram responsáveis pela maioria daseram responsáveis pela maioria das compras feitas em casa, anunciantes ecompras feitas em casa, anunciantes e agências reconheceram o valoragências reconheceram o valor introspectivo que a mulher tinha duranteintrospectivo que a mulher tinha durante os processos criativos, por curiosidade, aos processos criativos, por curiosidade, a primeira propaganda norte-americanaprimeira propaganda norte-americana com apelo sexual foi criada por umacom apelo sexual foi criada por uma mulher, Helen Lansdowne Resor, paramulher, Helen Lansdowne Resor, para anunciar o Woodbury’s Facial Soap.anunciar o Woodbury’s Facial Soap. Embora simplória para os dias atuais, aEmbora simplória para os dias atuais, a propaganda mostrava um casal com apropaganda mostrava um casal com a mensagem: “The skin you love to touch”mensagem: “The skin you love to touch” (A pele que você adora tocar).(A pele que você adora tocar).
  • 8. Propaganda no MundoPropaganda no Mundo  Quando as estações de rádio iniciaram suas transmissões emQuando as estações de rádio iniciaram suas transmissões em meados de 1920, os programas não continham propagandas.meados de 1920, os programas não continham propagandas. Isso acontecia porque as primeiras estações de rádio foramIsso acontecia porque as primeiras estações de rádio foram estabelecidas com equipamentos feitos manualmente eestabelecidas com equipamentos feitos manualmente e varejistas que ofereceram programas em busca de vendervarejistas que ofereceram programas em busca de vender mais aparelhos de rádio para os consumidores.mais aparelhos de rádio para os consumidores. Com o passar do tempo, muitas organizações sem fins lucrativos, como escolas, clubes e organizações populares, começaram a construir suas próprias estações de rádio. Quando a prática de patrocinar programas foi popularizada, cada programa era patrocinado por um anunciante pela troca da simples menção de seu nome no início e no fim dos programas. No entanto, os donos de estações logo viram que poderiam ganhar mais dinheiro vendendo pequenos espaços de tempo para vários anunciantes durante toda a programação da rádio e não só no início e fim de cada programa para apenas um patrocinador. Essa prática foi herdada pela televisão posteriormente nos meados de 1940 a 1950.
  • 9. Durante a guerraDurante a guerra  Durante a 1ª Guerra Mundial, as técnicas de propaganda foramDurante a 1ª Guerra Mundial, as técnicas de propaganda foram cientificamente organizadas e aplicadas para influenciar acientificamente organizadas e aplicadas para influenciar a opinião pública a entrar na guerra ao lado da Inglaterra.opinião pública a entrar na guerra ao lado da Inglaterra.  Hitler interessava-se e admirava os modelos de propagandaHitler interessava-se e admirava os modelos de propaganda utilizados pelos ingleses. Na guerra, o objetivo da propaganda éutilizados pelos ingleses. Na guerra, o objetivo da propaganda é sempre provocar o ódio. “A propaganda consiste em forçar umasempre provocar o ódio. “A propaganda consiste em forçar uma doutrina nos povos inteiros.doutrina nos povos inteiros.  A propaganda atua na sociedade, no ponto de vista de umaA propaganda atua na sociedade, no ponto de vista de uma ideia e fá-las maduras para a vitória desta ideia.” – palavras deideia e fá-las maduras para a vitória desta ideia.” – palavras de Hitler no seu livro Mein Kampf. Quando subiu ao poder emHitler no seu livro Mein Kampf. Quando subiu ao poder em 1933, Hitler estabeleceu um ministério da propaganda dirigido1933, Hitler estabeleceu um ministério da propaganda dirigido por Joseph Goebbles.por Joseph Goebbles.  Em Berlim, Goebbles torna-se o editor do jornal “Der Angrif”Em Berlim, Goebbles torna-se o editor do jornal “Der Angrif” (O Ataque), que publicava constantemente difamações anti-(O Ataque), que publicava constantemente difamações anti- semitas.semitas.  Os objectivos do ministério eram assegurar que a mensagemOs objectivos do ministério eram assegurar que a mensagem nazi fosse espalhada através da arte, música, teatro, filmes,nazi fosse espalhada através da arte, música, teatro, filmes, livros, rádio, material educacional e imprensa.livros, rádio, material educacional e imprensa.
  • 10. GoebbelsGoebbels  O ministro da propaganda, Goebbles, tinha duas tarefas principais:O ministro da propaganda, Goebbles, tinha duas tarefas principais: assegurar que ninguém na Alemanha lia ou via ideias contrárias aoassegurar que ninguém na Alemanha lia ou via ideias contrárias ao partido Nazi e assegurar que as ideias Nazis fossem expostas dapartido Nazi e assegurar que as ideias Nazis fossem expostas da maneira mais persuasiva possível.maneira mais persuasiva possível.  Paul Joseph Goebbels (Mönchengladbach, 29 de outubro de 1897Paul Joseph Goebbels (Mönchengladbach, 29 de outubro de 1897 — Berlim, 1 de maio de 1945) foi o ministro da Propaganda de— Berlim, 1 de maio de 1945) foi o ministro da Propaganda de Adolf Hitler (Adolf Hitler (PropagandaministeriumPropagandaministerium) na Alemanha Nazista.) na Alemanha Nazista.  Goebbels é enviado por Hitler para dirigir a propaganda em BerlimGoebbels é enviado por Hitler para dirigir a propaganda em Berlim  Já na sua primeira ação em Berlim se denotam em Goebbels osJá na sua primeira ação em Berlim se denotam em Goebbels os métodos de inspiração comunista. No bairro proletário de Wedding,métodos de inspiração comunista. No bairro proletário de Wedding, ele alugou uma larga sala de audiências que costumava serele alugou uma larga sala de audiências que costumava ser utilizada pelos comunistas. Os placares anunciando o eventoutilizada pelos comunistas. Os placares anunciando o evento imitavam o estilo e as palavras usadas pelos comunistas.imitavam o estilo e as palavras usadas pelos comunistas.  Em Berlim, Goebbels, que tinha sido nomeado Gauleiter por Hitler,Em Berlim, Goebbels, que tinha sido nomeado Gauleiter por Hitler, vai tornar-se o editor do jornal Der Angriff (o Ataque), um jornalvai tornar-se o editor do jornal Der Angriff (o Ataque), um jornal propagandista nazista, publicando constantemente difamações anti-propagandista nazista, publicando constantemente difamações anti- semitas.semitas.
  • 11. DDBDDB  Doyle Dane BernbachDoyle Dane Bernbach mais conhecida pormais conhecida por DDBDDB, é, é umauma agência de publicidadeagência de publicidade estado-unidenseestado-unidense fundadafundada porpor Maxwell (Mac) DaneMaxwell (Mac) Dane,, James "Ned" DoyleJames "Ned" Doyle, e, e William BernbachWilliam Bernbach emem 19491949..  Se tornou famosa nosSe tornou famosa nos anos 50anos 50 ee 6060 por suaspor suas campanhas inovadoras para acampanhas inovadoras para a VolkswagenVolkswagen ("Think("Think Small"), Avis Rent A Car System Inc. ("We Try Harder"),Small"), Avis Rent A Car System Inc. ("We Try Harder"), e outras companhias.e outras companhias.  Ela foi também responsável pelaEla foi também responsável pela campanha publicitáriacampanha publicitária que ajudouque ajudou Lyndon B. JohnsonLyndon B. Johnson a ganhar a presidênciaa ganhar a presidência dosdos Estados Unidos da AméricaEstados Unidos da América emem 19641964..  NoNo BrasilBrasil, é sócia da agência, é sócia da agência DM9DDBDM9DDB - o outro sócio é- o outro sócio é o brasileiro Grupo Ypy de Comunicação, deo brasileiro Grupo Ypy de Comunicação, de Nizan GuanaesNizan Guanaes e Guga Valente.e Guga Valente.
  • 12. Grupo OmnicomGrupo Omnicom  OO Grupo OmnicomGrupo Omnicom é uma das maioresé uma das maiores agências de publicidadeagências de publicidade dede sociedade gestora de participações sociaissociedade gestora de participações sociais do mundo.do mundo.  Grupo OmnicomGrupo Omnicom, com trezentos e, com trezentos e quarenta e cinco escritórios espalhadosquarenta e cinco escritórios espalhados por setenta e seis países, que trocampor setenta e seis países, que trocam informações, tecnologias e técnicas deinformações, tecnologias e técnicas de pesquisa.pesquisa.
  • 13. Saatchi & SaatchiSaatchi & Saatchi  Charles Saatchi nasceu em 9 de Junho de 1943Charles Saatchi nasceu em 9 de Junho de 1943 em Bagdad (Iraque) e foi o fundador da agenciaem Bagdad (Iraque) e foi o fundador da agencia Saatchi & Saatchi. Era a maior agência doSaatchi & Saatchi. Era a maior agência do mundo antes quando ele e o seu irmão Mauricemundo antes quando ele e o seu irmão Maurice foram forçados a deixar a empresa e fundaramforam forçados a deixar a empresa e fundaram a agencia “M&C Saatchi”. Com o grandea agencia “M&C Saatchi”. Com o grande números de clientes potenciais foramnúmeros de clientes potenciais foram rapidamente uma agência nos Britain´s top ten.rapidamente uma agência nos Britain´s top ten. Foi então conhecido pelo “art collector” eFoi então conhecido pelo “art collector” e proprietário da “Saatchi Gallery” e em particularproprietário da “Saatchi Gallery” e em particular o patrocinador da “Young British Artists”o patrocinador da “Young British Artists” incluindo Damien Hirst.incluindo Damien Hirst.
  • 14. OgilvyOgilvy  David MacKenzie OgilvyDavid MacKenzie Ogilvy ((23 de junho23 de junho dede 19111911 –– 21 de julho21 de julho dede 19991999) foi um) foi um publicitáriopublicitário e fundador da Ogilvy & Mather.e fundador da Ogilvy & Mather.  David fez sucesso com campanhas para aDavid fez sucesso com campanhas para a Rolls RoyceRolls Royce,, SchweppesSchweppes,, ShellShell, além de, além de campanhas para desenvolver o turismocampanhas para desenvolver o turismo nosnos Estados UnidosEstados Unidos,, InglaterraInglaterra ee Porto RicoPorto Rico..
  • 15. Grupo PublicisGrupo Publicis  Qual a relação entre uma garrafa de Coca-Cola,Qual a relação entre uma garrafa de Coca-Cola, um cartão Visa, um produto do laboratórioum cartão Visa, um produto do laboratório Pfizer, o supermercado Carrefour, um filme dePfizer, o supermercado Carrefour, um filme de Walt Disney, uma campanha publicitária paraWalt Disney, uma campanha publicitária para recrutar soldados para o exército americano erecrutar soldados para o exército americano e uma estratégia para a implantação da Philipuma estratégia para a implantação da Philip Morris na China? A resposta é: Publicis, oMorris na China? A resposta é: Publicis, o quarto maior grupo de comunicação do mundo,quarto maior grupo de comunicação do mundo, com 35 166 empregados, 32,1 bilhões de euroscom 35 166 empregados, 32,1 bilhões de euros em cifras de negócios, 3,8 bilhões de euros deem cifras de negócios, 3,8 bilhões de euros de renda e 150 milhões de lucro.renda e 150 milhões de lucro.
  • 16. Y&R - Young & RubicamY&R - Young & Rubicam  AA Y&RY&R é hoje a maior agência do mercado publicitário brasileiro emé hoje a maior agência do mercado publicitário brasileiro em volume de investimentos em mídia, segundo o ranking publicadovolume de investimentos em mídia, segundo o ranking publicado pelo Instituto Ibope-Monitor. Foi também eleita, de acordo com apelo Instituto Ibope-Monitor. Foi também eleita, de acordo com a edição brasileira do Great Place to Work, uma das 100 melhoresedição brasileira do Great Place to Work, uma das 100 melhores empresas do país para trabalhar. É o resultado da fusão daempresas do país para trabalhar. É o resultado da fusão da YoungYoung & Rubicam& Rubicam ee Bates BrasilBates Brasil ocorrido em janeiro de 2004.ocorrido em janeiro de 2004.  Atualmente a Y&R conta com clientes comoAtualmente a Y&R conta com clientes como BacardiBacardi,, BradescoBradesco,, Bradesco Cartão, AMEX,Bradesco Cartão, AMEX, Casas BahiaCasas Bahia,, ChryslerChrysler,, Colgate-PalmoliveColgate-Palmolive ,, DanoneDanone,, GoodyearGoodyear, Goodyear Internacional, Nova Schin,, Goodyear Internacional, Nova Schin, Mercedes-BenzMercedes-Benz,, NovartisNovartis,, PalmolivePalmolive,, PerdigãoPerdigão, Perdigão, Perdigão Internacional,Internacional, PfizerPfizer, [Santa Casa de Misericórdia]],, [Santa Casa de Misericórdia]], TAM Linhas AéreasTAM Linhas Aéreas,, TelefônicaTelefônica,, TexacoTexaco,, VivoVivo,, [ Laboratórios[Wyeth] e[ Laboratórios[Wyeth] e UOLUOL (Universo On-line).(Universo On-line).
  • 17. J. W. ThompsonJ. W. Thompson  JWTJWT (ou J. W. Thompson) agência de publicidade multinacional,(ou J. W. Thompson) agência de publicidade multinacional, fundada emfundada em 18641864 por William James Carlton, e modificada por Johnpor William James Carlton, e modificada por John Walter Thompson emWalter Thompson em 18771877 para J. Walter Thompson Company.para J. Walter Thompson Company. Uma das maiores agências do mundo, inclui em sua cartela deUma das maiores agências do mundo, inclui em sua cartela de clientes as empresas HSBC, DTC. Ford, Nestle, Shell, Pfizer eclientes as empresas HSBC, DTC. Ford, Nestle, Shell, Pfizer e Vodafone, entre outras.Vodafone, entre outras.  Em 1929, chega ao Brasil como a primeira agência de publicidadeEm 1929, chega ao Brasil como a primeira agência de publicidade internacional. De origem americana, a JWT foi pioneira nainternacional. De origem americana, a JWT foi pioneira na introdução da fotografia nos anúncios, na realização da primeiraintrodução da fotografia nos anúncios, na realização da primeira pesquisa de mercado, e em várias atividades na jovem televisãopesquisa de mercado, e em várias atividades na jovem televisão brasileira. E não parou por aí. Desde a sua fundação, tem sidobrasileira. E não parou por aí. Desde a sua fundação, tem sido responsável pelo atendimento de marcas líderes de mercado. Entreresponsável pelo atendimento de marcas líderes de mercado. Entre elas, estão parcerias de longa data com empresas como a Unileverelas, estão parcerias de longa data com empresas como a Unilever (desde 1967), a Nestlè (desde 1957) e a Warner Lambert (desde(desde 1967), a Nestlè (desde 1957) e a Warner Lambert (desde 1973).1973).  Liderada no Brasil por Stefano Zunino e com Ricardo Chester comoLiderada no Brasil por Stefano Zunino e com Ricardo Chester como chief creative office, a agência vai além: integra as áreas dechief creative office, a agência vai além: integra as áreas de criação, planejamento, mídia e atendimento para criar campanhascriação, planejamento, mídia e atendimento para criar campanhas sólidas, comprometidas com os negócios das empesas clientes.sólidas, comprometidas com os negócios das empesas clientes.
  • 18. Euro RSCG WorldwideEuro RSCG Worldwide  A Euro RSCG Worldwide é a maior agência de publicidade globalA Euro RSCG Worldwide é a maior agência de publicidade global pelo segundo ano consecutivo, como medido pelo número total depelo segundo ano consecutivo, como medido pelo número total de contas globais, segundo o 2007 Advertising Age Global Marketerscontas globais, segundo o 2007 Advertising Age Global Marketers Report (Relatório das Empresas Globais Especializadas emReport (Relatório das Empresas Globais Especializadas em Marketing de 2007). Classificada como #1 no relatório de 2006, aMarketing de 2007). Classificada como #1 no relatório de 2006, a Euro RSCG Worldwide continuou no topo do ranking no relatórioEuro RSCG Worldwide continuou no topo do ranking no relatório deste ano devido ao crescimento em todas as regiões e umadeste ano devido ao crescimento em todas as regiões e uma performance muito forte em novos negócios que contaram com aperformance muito forte em novos negócios que contaram com a adição dos negócios globais da Reckitt Bencksier no total de US$adição dos negócios globais da Reckitt Bencksier no total de US$ 1,5 bilhão, juntamente com grandes contratos da sanofi-aventis,1,5 bilhão, juntamente com grandes contratos da sanofi-aventis, Kraft, ExxonMobil, Danone Group, Alcatel Lucent, Dell, Novartis eKraft, ExxonMobil, Danone Group, Alcatel Lucent, Dell, Novartis e Areva entre muitos outros. A Euro RSCG Worldwide ficou no topoAreva entre muitos outros. A Euro RSCG Worldwide ficou no topo do ranking com 42 clientes globais e 1.167 serviços, ultrapassandodo ranking com 42 clientes globais e 1.167 serviços, ultrapassando as agências Ogilvy & Mather e McCann Erickson Worldwide, queas agências Ogilvy & Mather e McCann Erickson Worldwide, que juntas ficaram entre as três maiores agências, segundo os valoresjuntas ficaram entre as três maiores agências, segundo os valores divulgados pela Advertising Age nesta semana.divulgados pela Advertising Age nesta semana.
  • 19. Grupo NewcommGrupo Newcomm  OO Grupo NewcommGrupo Newcomm nasceu em janeiro de 2004, danasceu em janeiro de 2004, da associação entreassociação entre Roberto JustusRoberto Justus e o grupo WPP, quee o grupo WPP, que deu origem à primeiradeu origem à primeira holdingholding mista da história damista da história da propaganda brasileira em regime de gestãopropaganda brasileira em regime de gestão compartilhada e um modelo inédito no país.compartilhada e um modelo inédito no país.  Roberto Justus éRoberto Justus é CEOCEO do Grupo Newcomm, holdingdo Grupo Newcomm, holding prestadora de serviços de back office tais como jurídico,prestadora de serviços de back office tais como jurídico, RH, finanças, administração e relações internacionais,RH, finanças, administração e relações internacionais, entre outros. Sob o controle do Grupo Newcomm estãoentre outros. Sob o controle do Grupo Newcomm estão as agências Y&R, Dez Brasil, Wunderman, Açãoas agências Y&R, Dez Brasil, Wunderman, Ação Produções Gráficas, Maestro e LongPlay ComunicaçãoProduções Gráficas, Maestro e LongPlay Comunicação 360º.360º.
  • 20. Imperialismo culturalImperialismo cultural  É o nome dado a um conjunto de políticasÉ o nome dado a um conjunto de políticas que têm por objetivo ampliar a esfera deque têm por objetivo ampliar a esfera de influência geopolítica de um país sobreinfluência geopolítica de um país sobre outro (ou outros), impondo-lhe(s) a suaoutro (ou outros), impondo-lhe(s) a sua cultura.cultura.
  • 21.  O imperialismo não pode ser visto apenas como um processo deO imperialismo não pode ser visto apenas como um processo de dominação política e econômica de uma nação mais rica e poderosadominação política e econômica de uma nação mais rica e poderosa sobre uma região ou um país mais pobre.sobre uma região ou um país mais pobre.  Há também outra forma de dominação: o imperialismo cultural, ou seja, aHá também outra forma de dominação: o imperialismo cultural, ou seja, a imposição de valores, hábitos de consumo e influências culturais que seimposição de valores, hábitos de consumo e influências culturais que se tornam uma espécie de padrão cultural a ser seguido pelo paístornam uma espécie de padrão cultural a ser seguido pelo país dominado.dominado.  Muitas vezes, o imperialismo cultural assume a forma de injetar a culturaMuitas vezes, o imperialismo cultural assume a forma de injetar a cultura ou a língua natural de uma nação em outra. Geralmente a primeira é umaou a língua natural de uma nação em outra. Geralmente a primeira é uma grande potência militar ou economicamente poderosa nação.grande potência militar ou economicamente poderosa nação.  Imperialismo cultural pode se referir a uma política ativa e formal ou deImperialismo cultural pode se referir a uma política ativa e formal ou de uma atitude geral. O termo é geralmente usado em um sentido pejorativo,uma atitude geral. O termo é geralmente usado em um sentido pejorativo, juntamente com uma chamada de rejeição à influência estrangeira.juntamente com uma chamada de rejeição à influência estrangeira.  Os impérios durante toda a história foram estabelecidos usando a guerraOs impérios durante toda a história foram estabelecidos usando a guerra e o imperialismo militar. As populações conquistadas tenderam a sere o imperialismo militar. As populações conquistadas tenderam a ser absorvidas pela cultura dominante, ou adquirir seus atributosabsorvidas pela cultura dominante, ou adquirir seus atributos indiretamente.indiretamente.
  • 22. Imperialismo culturalImperialismo cultural  O imperialismo cultural é uma forma de influência culturalO imperialismo cultural é uma forma de influência cultural distinguida de outras pelo uso de força, tal como a militar oudistinguida de outras pelo uso de força, tal como a militar ou econômica.econômica.  A influência cultural é um processo que sempre ocorre entre todasA influência cultural é um processo que sempre ocorre entre todas as culturas que têm contato uma com a outra.as culturas que têm contato uma com a outra.  Por exemplo, as tradições musicais africanas influenciaram aPor exemplo, as tradições musicais africanas influenciaram a música afro-americana, que por sua vez influenciou a músicamúsica afro-americana, que por sua vez influenciou a música popular americana - mas o imperialismo cultural não tem nada a verpopular americana - mas o imperialismo cultural não tem nada a ver com essa transmissão.com essa transmissão.  Similarmente, a ascensão da popularidade do Yoga (da Índia) emSimilarmente, a ascensão da popularidade do Yoga (da Índia) em nações ocidentais nunca dependeu em qualquer tipo da força. Donações ocidentais nunca dependeu em qualquer tipo da força. Do mesmo modo, os povos de estados, nações e culturas mais pobresmesmo modo, os povos de estados, nações e culturas mais pobres ou menos poderosos adaptam frequentemente e livrementeou menos poderosos adaptam frequentemente e livremente práticas e artefatos culturais de sociedades mais poderosas e maispráticas e artefatos culturais de sociedades mais poderosas e mais ricas sem nenhuma força estar sendo necessariamente aplicada.ricas sem nenhuma força estar sendo necessariamente aplicada.
  • 23. Imperialismo culturalImperialismo cultural  Quando os povos adotam livremente as práticasQuando os povos adotam livremente as práticas culturais de outros, o uso da frase pejorativaculturais de outros, o uso da frase pejorativa “imperialismo cultural” se torna problemático.“imperialismo cultural” se torna problemático.  Quando força é ausente da influência cultural, oQuando força é ausente da influência cultural, o uso do termo “imperialismo cultural” podeuso do termo “imperialismo cultural” pode facilmente transformar-se uma tática de debatefacilmente transformar-se uma tática de debate que envolve radicalismo, o xenofobia e oque envolve radicalismo, o xenofobia e o nacionalismo latentes - as respostas emocionaisnacionalismo latentes - as respostas emocionais à influência cultural que é presente em todas asà influência cultural que é presente em todas as culturas que já tiveram contato com outras emculturas que já tiveram contato com outras em algum período da história.algum período da história.
  • 24. Imperialismo culturalImperialismo cultural  O imperialismo cultural dos EUA atuaO imperialismo cultural dos EUA atua sobre o mundo inteiro, mas é melhorsobre o mundo inteiro, mas é melhor observado nos países menosobservado nos países menos desenvolvidos, como o Brasil. Filmes,desenvolvidos, como o Brasil. Filmes, alimentos, expressões, termos e roupasalimentos, expressões, termos e roupas são exemplos da influência exercida pelossão exemplos da influência exercida pelos norte-americanos no país. A indústrianorte-americanos no país. A indústria cultural traz muitos lucros para os EUA ecultural traz muitos lucros para os EUA e outros países "produtores de cultura".outros países "produtores de cultura".
  • 25. Coca ColaCoca Cola  A Coca-Cola bebida, foi desenvolvida aA Coca-Cola bebida, foi desenvolvida a partir da fórmula de um remédio, calmantepartir da fórmula de um remédio, calmante para tosse, dosado pelo farmacêuticopara tosse, dosado pelo farmacêutico John Styth Pemberton em 1886 emJohn Styth Pemberton em 1886 em Columbus, no estado da Geórgia, EUA.Columbus, no estado da Geórgia, EUA. Recebeu originalmente o nome deRecebeu originalmente o nome de Pemberton's French Wine Coca. Ele foiPemberton's French Wine Coca. Ele foi inspirado pelo sucesso formidável de uminspirado pelo sucesso formidável de um produto similar europeu de Angelo Marianiproduto similar europeu de Angelo Mariani chamado Vin Mariani.chamado Vin Mariani.
  • 26. Coca-ColaCoca-Cola  A bebida recebeu o nome de Coca-Cola porque originalmenteA bebida recebeu o nome de Coca-Cola porque originalmente o estimulante misturado na bebida era cocaína, que vem daso estimulante misturado na bebida era cocaína, que vem das folhas de coca da América do Sul. A bebida também recebeufolhas de coca da América do Sul. A bebida também recebeu seu sabor de noz de cola. Hoje, o estimulante foi alteradoseu sabor de noz de cola. Hoje, o estimulante foi alterado para cafeína, mas o sabor ainda é feito através de noz depara cafeína, mas o sabor ainda é feito através de noz de cola e folha de coca. A cocaína foi removida das folhas e acola e folha de coca. A cocaína foi removida das folhas e a bebida não contém traços da droga. Era vendidabebida não contém traços da droga. Era vendida originalmente como remédio por cinco cents o copo. Depoisoriginalmente como remédio por cinco cents o copo. Depois foi relançada como bebida leve. As primeiras vendas foramfoi relançada como bebida leve. As primeiras vendas foram feitas na Farmácia de Jacob na cidade de Atlanta, em 8 defeitas na Farmácia de Jacob na cidade de Atlanta, em 8 de maio de 1886, e pelos primeiros oito meses apenas novemaio de 1886, e pelos primeiros oito meses apenas nove bebidas eram vendidas durante o dia todo. Pembertonbebidas eram vendidas durante o dia todo. Pemberton anunciou a bebida pela primeira vez em 29 de maio doanunciou a bebida pela primeira vez em 29 de maio do mesmo ano nomesmo ano no AtlantaJournalAtlantaJournal..  A princípio, o concentrado era embalado em pequenos barrisA princípio, o concentrado era embalado em pequenos barris de madeira, na cor vermelha. Por isso, o vermelho foide madeira, na cor vermelha. Por isso, o vermelho foi adotado como cor oficial da bebida. Até 1915, uma pequenaadotado como cor oficial da bebida. Até 1915, uma pequena quantidade de cocaína estava entre os ingredientes doquantidade de cocaína estava entre os ingredientes do refrigerante.refrigerante.
  • 27. Coca ColaCoca Cola  Asa Griggs CandlerAsa Griggs Candler comprou Pemberton ecomprou Pemberton e seus parceiros emseus parceiros em 18871887 e começou ae começou a realizar uma campanha agressiva derealizar uma campanha agressiva de marketing do produto. A eficiência destesmarketing do produto. A eficiência destes anúncios não seria percebida até muitoanúncios não seria percebida até muito tempo depois. Pela época de seu 50ºtempo depois. Pela época de seu 50º aniversário, a bebida já tinha alcançadoaniversário, a bebida já tinha alcançado statusstatus de ícone nacional americano.de ícone nacional americano.
  • 28. Coca ColaCoca Cola  Quando os Estados Unidos entraram naQuando os Estados Unidos entraram na Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial, os, os soldados americanos enviaram cartas para a Coca-Cola Company, pedindosoldados americanos enviaram cartas para a Coca-Cola Company, pedindo que a bebida lhes fosse fornecida. Motivada com as cartas, a Coca-Colaque a bebida lhes fosse fornecida. Motivada com as cartas, a Coca-Cola desenvolveu "fábricas" móveis que foram enviadas para as frentes dedesenvolveu "fábricas" móveis que foram enviadas para as frentes de batalha junto com técnicos da empresa, que garantiam a produção e abatalha junto com técnicos da empresa, que garantiam a produção e a distribuição da bebida para os soldados. Apesar dos custos de produção nadistribuição da bebida para os soldados. Apesar dos custos de produção na frente de batalha serem elevados, a companhia decidiu arcar com osfrente de batalha serem elevados, a companhia decidiu arcar com os mesmos, numa tática de marketing, vendendo o refrigerante pelo mesmomesmos, numa tática de marketing, vendendo o refrigerante pelo mesmo preço praticado nos EUA. Tendo em vista a sua associação com ospreço praticado nos EUA. Tendo em vista a sua associação com os produtos americanos e os Estados Unidos, ela acabou exercendo o papelprodutos americanos e os Estados Unidos, ela acabou exercendo o papel de um símbolo patriótico. A popularidade da bebida aumentou bastantede um símbolo patriótico. A popularidade da bebida aumentou bastante após a guerra, quando os soldados voltaram fazendo propaganda doapós a guerra, quando os soldados voltaram fazendo propaganda do refrigerante. Então foi lançado um tipo de embalagem que vendia 6refrigerante. Então foi lançado um tipo de embalagem que vendia 6 garrafas de coca-cola (sixposts), a qual se tornou preferida das donas degarrafas de coca-cola (sixposts), a qual se tornou preferida das donas de casa americanas.casa americanas.  Hoje em dia, são vendidas cerca de 40 mil latinhas e garrafas de Coca-ColaHoje em dia, são vendidas cerca de 40 mil latinhas e garrafas de Coca-Cola por segundo nos Estados Unidos. O produto é vendido em mais de 140por segundo nos Estados Unidos. O produto é vendido em mais de 140 países.países.
  • 29. Coca ColaCoca Cola  Os anúncios da Coca foram sempre muito penetrantes eOs anúncios da Coca foram sempre muito penetrantes e influentes, já que um dos objetivos de Woodruff erainfluentes, já que um dos objetivos de Woodruff era assegurar que todo mundo na Terra bebesse Coca-Colaassegurar que todo mundo na Terra bebesse Coca-Cola como sua bebida preferida. Em alguns lugares, anúncioscomo sua bebida preferida. Em alguns lugares, anúncios da Coca-Cola são quase onipresentes, especialmenteda Coca-Cola são quase onipresentes, especialmente em áreas mais ao sul daem áreas mais ao sul da América do NorteAmérica do Norte, como em, como em AtlantaAtlanta, onde a Coca surgiu. Os, onde a Coca surgiu. Os Jogos Olímpicos de Verão de 1996Jogos Olímpicos de Verão de 1996 foram em Atlanta, eforam em Atlanta, e como resultado, a Coca-Cola recebeu publicidadecomo resultado, a Coca-Cola recebeu publicidade gratuita. A Coca-Cola também foi a primeiragratuita. A Coca-Cola também foi a primeira patrocinadora dos Jogos Olímpicos, nos Jogos depatrocinadora dos Jogos Olímpicos, nos Jogos de 19281928 emem AmsterdãAmsterdã..
  • 30. A controvérsiaA controvérsia  Apesar de a Coca-Cola Company negar há muito tempo, a agência anti-drogasApesar de a Coca-Cola Company negar há muito tempo, a agência anti-drogas peruana, DEVIDA, disse que a companhia compra 115 toneladas de folha de cocaperuana, DEVIDA, disse que a companhia compra 115 toneladas de folha de coca do Peru e 105 toneladas da Bolívia por ano, para usar como ingrediente em suado Peru e 105 toneladas da Bolívia por ano, para usar como ingrediente em sua fórmula secreta. Recentemente, na Bolívia, o presidente Evo Morales afirmou que afórmula secreta. Recentemente, na Bolívia, o presidente Evo Morales afirmou que a Coca-Cola usa a produção de coca na fabricação do refrigerante.Coca-Cola usa a produção de coca na fabricação do refrigerante.  No Brasil, já há alguns anos a fabricante de refrigerantes Dolly vem brigando naNo Brasil, já há alguns anos a fabricante de refrigerantes Dolly vem brigando na justiça pela cassação do registro da Coca-Cola junto ao Ministério da Agricultura ejustiça pela cassação do registro da Coca-Cola junto ao Ministério da Agricultura e recentemente um laudo do Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federalrecentemente um laudo do Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal concluiu que a Coca-Cola usa folhas de coca como matéria-prima na fabricação doconcluiu que a Coca-Cola usa folhas de coca como matéria-prima na fabricação do extrato vegetal (também chamado de mercadoria nº 05).extrato vegetal (também chamado de mercadoria nº 05).  O referido laudo diz o seguinte:O referido laudo diz o seguinte: ...segundo os dados publicados na literatura...segundo os dados publicados na literatura científica [...] as folhas de coca provenientes do vegetal cientificamente denominadocientífica [...] as folhas de coca provenientes do vegetal cientificamente denominado Erytroxylum novagranatenseErytroxylum novagranatense, variedade, variedade truxillensitruxillensi, cultivada no Peru são utilizadas, cultivada no Peru são utilizadas como matéria-prima na fabricação do extrato vegetal a partir do qual é fabricado ocomo matéria-prima na fabricação do extrato vegetal a partir do qual é fabricado o refrigerante Coca-Colarefrigerante Coca-Cola..  Em sua defesa, a empresa alega que as folhas de coca não poderiam serEm sua defesa, a empresa alega que as folhas de coca não poderiam ser comercializadas por uma empresa que vende quase 1 bilhão de copos docomercializadas por uma empresa que vende quase 1 bilhão de copos do refrigerante por dia no mundo, e que, sendo assim, teria de reexportar essas folhasrefrigerante por dia no mundo, e que, sendo assim, teria de reexportar essas folhas de coca para mais de 150 paises no mundo, a um custo que seria "astronômico" ede coca para mais de 150 paises no mundo, a um custo que seria "astronômico" e que considera "teoricamente impossível", uma vez que o preço de uma lata de Coca-que considera "teoricamente impossível", uma vez que o preço de uma lata de Coca- Cola, por exemplo no Brasil, gira em torno de pouco mais de 1 real nosCola, por exemplo no Brasil, gira em torno de pouco mais de 1 real nos supermercados.supermercados.
  • 31. Youtube - BrasilYoutube - Brasil  http://www.youtube.com/watch?v=NIqJ9cVTT9Mhttp://www.youtube.com/watch?v=NIqJ9cVTT9M - 1º- 1º veiculada no Brasilveiculada no Brasil  http://www.youtube.com/watch?v=yjUEBnOetGIhttp://www.youtube.com/watch?v=yjUEBnOetGI  http://www.youtube.com/watch?v=O4pYhAqPpIIhttp://www.youtube.com/watch?v=O4pYhAqPpII  http://www.youtube.com/watch?v=PmC85bpkHtUhttp://www.youtube.com/watch?v=PmC85bpkHtU  http://www.youtube.com/watch?v=3OlSlGtElHYhttp://www.youtube.com/watch?v=3OlSlGtElHY  http://www.youtube.com/watch?v=eOYsVkKWUd8http://www.youtube.com/watch?v=eOYsVkKWUd8  http://www.youtube.com/watch?v=MPMVsBDQ6m8http://www.youtube.com/watch?v=MPMVsBDQ6m8  http://www.youtube.com/watch?v=VJ9ZtuXeOf8http://www.youtube.com/watch?v=VJ9ZtuXeOf8  http://www.youtube.com/watch?v=X_JsOrH5cOMhttp://www.youtube.com/watch?v=X_JsOrH5cOM  http://www.youtube.com/watch?v=vKGw_KYH63khttp://www.youtube.com/watch?v=vKGw_KYH63k  http://www.youtube.com/watch?v=KHva_8jlMk8http://www.youtube.com/watch?v=KHva_8jlMk8
  • 32. Coca-Cola vs. Papai NoelCoca-Cola vs. Papai Noel  A publicidade da Coca-Cola tem tido um impacto significativo naA publicidade da Coca-Cola tem tido um impacto significativo na divulgação da cultura norte-americana, sendo freqüentementedivulgação da cultura norte-americana, sendo freqüentemente creditada à bebida a "invenção" da imagem moderna docreditada à bebida a "invenção" da imagem moderna do Papai NoelPapai Noel como um homem idoso em roupas vermelhas e brancas,como um homem idoso em roupas vermelhas e brancas, justamente as cores da Coca-Cola.justamente as cores da Coca-Cola.  Apesar disso, a companhia começou a promover esta imagem deApesar disso, a companhia começou a promover esta imagem de Papai Noel somente naPapai Noel somente na década de 1930década de 1930, nas suas campanhas de, nas suas campanhas de inverno; mas usar esta imagem de Papai Noel já era comum antesinverno; mas usar esta imagem de Papai Noel já era comum antes dissodisso [4][4]. Na. Na década de 1970década de 1970, uma canção de um comercial da, uma canção de um comercial da Coca-Cola chamado "Coca-Cola chamado "I'd Like to Teach the World to SingI'd Like to Teach the World to Sing (eu(eu gostaria de ensinar o mundo a cantar)", produzida porgostaria de ensinar o mundo a cantar)", produzida por Billy DavisBilly Davis,, tornou-se uma música popular de sucesso, mas não há evidênciastornou-se uma música popular de sucesso, mas não há evidências de que tenha, de fato, ajudado a aumentar as vendas do produto.de que tenha, de fato, ajudado a aumentar as vendas do produto.
  • 33. Colonização Coca-ColaColonização Coca-Cola  É um termo utilizado para definir a erosãoÉ um termo utilizado para definir a erosão dasdas culturasculturas dos países e sua troca pelados países e sua troca pela cultura de massacultura de massa, globalizada,, globalizada, usualmente atribuída ao domíniousualmente atribuída ao domínio norte-americanonorte-americano. Grande exemplo disso é. Grande exemplo disso é o Papai Noel usar roupa vermelha, efeitoo Papai Noel usar roupa vermelha, efeito iniciado com propaganda da Coca-Cola.iniciado com propaganda da Coca-Cola.
  • 34.
  • 35.
  • 36. Coca x PepsiCoca x Pepsi  Durante aDurante a década de 1980década de 1980, a, a Pepsi-ColaPepsi-Cola realizou uma série derealizou uma série de anúncios televisivos mostrando pessoas que participaram em testesanúncios televisivos mostrando pessoas que participaram em testes de gosto na qual expressaram sua preferência pela Pepsi emde gosto na qual expressaram sua preferência pela Pepsi em relação à Coca. A Coca-Cola também exibiu anúncios pararelação à Coca. A Coca-Cola também exibiu anúncios para combater os da Pepsi, num incidente às vezes chamado, no meiocombater os da Pepsi, num incidente às vezes chamado, no meio publicitário, de "a guerra da cola". Um dos anúncios da Cocapublicitário, de "a guerra da cola". Um dos anúncios da Coca comparou o então chamado "desafio Pepsi" a doiscomparou o então chamado "desafio Pepsi" a dois chimpanzéschimpanzés decidindo quedecidindo que bola de tênisbola de tênis tinha mais tecido. Após isso, a Coca-tinha mais tecido. Após isso, a Coca- Cola manteve sua liderança no mercado global de refrigerantes,Cola manteve sua liderança no mercado global de refrigerantes, embora a Pepsi seja a líder em alguns mercados regionais, soembora a Pepsi seja a líder em alguns mercados regionais, so conseguiu devido a uma estrategia de vendas aceitando o casco daconseguiu devido a uma estrategia de vendas aceitando o casco da concorrente para depois quebrar, como ocorreu noconcorrente para depois quebrar, como ocorreu no Rio Grande do SulRio Grande do Sul (Brasil) na cidade de Porto Alegre, que serviu de(Brasil) na cidade de Porto Alegre, que serviu de palco para a famosapalco para a famosa batalha das garrafasbatalha das garrafas promovida pela equipe depromovida pela equipe de vendas da Pepsi na qual foi a vitoriosa.vendas da Pepsi na qual foi a vitoriosa.
  • 37. No YoutubeNo Youtube  http://www.youtube.com/watch?v=T0VBNNZnAIwhttp://www.youtube.com/watch?v=T0VBNNZnAIw  http://www.youtube.com/watch?v=os7lmKAB4Pwhttp://www.youtube.com/watch?v=os7lmKAB4Pw  http://www.youtube.com/watch?v=EMo6o0BtFG8http://www.youtube.com/watch?v=EMo6o0BtFG8  http://www.youtube.com/watch?v=IzxHDqUz8Skhttp://www.youtube.com/watch?v=IzxHDqUz8Sk  http://www.youtube.com/watch?v=bMz71ffl1r8http://www.youtube.com/watch?v=bMz71ffl1r8
  • 38. Slogans no BrasilSlogans no Brasil  1942: "A pausa que refresca"1942: "A pausa que refresca"  1952: "Isto faz um bem"1952: "Isto faz um bem"  1964: "Tudo vai melhor com Coca-Cola"1964: "Tudo vai melhor com Coca-Cola"  1970: "Isso é que é"1970: "Isso é que é"  1976: "Coca-Cola dá mais vida"1976: "Coca-Cola dá mais vida"  2000: "Curta"2000: "Curta"  2001: "Gostoso é viver"2001: "Gostoso é viver"  2003: "Essa é a real"2003: "Essa é a real"  2004: "Viva o que é bom"2004: "Viva o que é bom"  2006: "Viva o lado Coca-Cola da vida"2006: "Viva o lado Coca-Cola da vida"
  • 39. LinksLinks  http://www.omnicomgroup.comhttp://www.omnicomgroup.com  http://www.ddb.comhttp://www.ddb.com  http://www.datamidia.com.brhttp://www.datamidia.com.br  http://www.yrbrasil.com.brhttp://www.yrbrasil.com.br  http://www.jwt.com.brhttp://www.jwt.com.br  http://www.mccann.com.brhttp://www.mccann.com.br  http://www.fischeramerica.com.brhttp://www.fischeramerica.com.br  http://www.gruponewcomm.com.brhttp://www.gruponewcomm.com.br  http://www.saatchi.comhttp://www.saatchi.com  http://www.thecoca-colacompany.comhttp://www.thecoca-colacompany.com
  • 40. Links de agências pelo mundoLinks de agências pelo mundo  África do SulÁfrica do Sul  Berry Bush BBDOBerry Bush BBDO The GateThe Gate Saatchi & Saatchi Cape TownSaatchi & Saatchi Cape Town TBWAHuntLascarisTBWAHuntLascaris Y&R GitamY&R Gitam  AlemanhaAlemanha  Bates GermanyBates Germany BBDO CampaignBBDO Campaign Conrad Gley ThiemConrad Gley Thiem Heller & Partner CommunicationHeller & Partner Communication Jung von Matt/ElbeJung von Matt/Elbe JWTJWT Lowe HamburgLowe Hamburg McCann-Erickson GermanyMcCann-Erickson Germany MultimediahausMultimediahaus Publicis ErlangenPublicis Erlangen Springer & Jacoby WerbungSpringer & Jacoby Werbung Stöehr DDBStöehr DDB TBWABerlinTBWABerlin Weiss KommunikationWeiss Kommunikation Y&R FrankfurtY&R Frankfurt  ArgentinaArgentina  Agulla & Baccetti / LoweAgulla & Baccetti / Lowe BBDO ArgentinaBBDO Argentina CraveroLanis Euro RSCGCraveroLanis Euro RSCG Fire/DDBFire/DDB Foote Cone & BeldingFoote Cone & Belding Industria ComunicaciónIndustria Comunicación JWT ArgentinaJWT Argentina Ogilvy & Mather ArgentinaOgilvy & Mather Argentina Publicis ArgentinaPublicis ArgentinaSavaglioTBWASavaglioTBWA WM/Red CellWM/Red CellY&R ArgentinaY&R Argentina  CColômbiaolômbia  AvanceAvance Austrália Clemenger BBDO Melbourne DDB Needham Worldwide FNL Communications Grey Worldwide AustraliaJWT Sydney Leo Burnett Sydney Lowe Hunt McCann-Erickson Advertising McNabb Advertising Publicis Communication Vivachi International Whybin TBWA & Partners – WTBWA Bélgica DDB Group Belgium GreyLDV / One for One McCann Erickson Belgium Ogilvy & MatherPublicis Belgium Bulgária KRES Canadá BBDO Canada Calexis Cossette Comunication-Marketing Diesel Marketing Group Grey Communications Canada High-Touch Communications JWT Toronto Leo Burnett Limelight Advertising & Design M5 Marketing Communications MacLaren McCann Canada MEiC+ViLLENEUVE McMillan Quarry Integrated Communications WE Agence CréativeY&R Toronto  ChileChile  Azocar & Luco ComunicaciónAzocar & Luco Comunicación ComercialComercial BBDO ChileBBDO ChileFrederick/TBWAFrederick/TBWA JWT Chilena SACJWT Chilena SAC Prolam Young&RubicamProlam Young&Rubicam Publiart Euro RSCG SantiagoPubliart Euro RSCG Santiago Zegers DDBZegers DDB  ChinaChina  Citigate Albert Frank WindowCitigate Albert Frank Window CreativeCreative FCB Asia PacificFCB Asia Pacific Leo Burnett Asia PacificLeo Burnett Asia Pacific Publicis.Hong KongPublicis.Hong Kong Saatchi & Saatchi Asia Pacific & AustralasiaSaatchi & Saatchi Asia Pacific & Australasia TBWAShanghaiTBWAShanghai  DinamarcaDinamarca  CA - ForsideCA - Forside DDB DanmarkDDB Danmark Den Kreative AFDELINGDen Kreative AFDELING Young & RubicamYoung & Rubicam  EspanhaEspanha  Àtic ComunicaciónÀtic Comunicación Bassat, Ogilvy & Mather Advertising - BOMMBassat, Ogilvy & Mather Advertising - BOMM Bit ComunicacionBit Comunicacion DDB MadridDDB MadridDis-Art PublicitatDis-Art Publicitat Euro RSCG MadridEuro RSCG Madrid FABB CrealogyFABB Crealogy FCB/TapsaFCB/Tapsa Grupo Ruiz Nicoli LineasGrupo Ruiz Nicoli Lineas JWT IberiaJWT Iberia McCann-EricksonMcCann-Erickson Publicis Casadevall Pedreño & PrgPublicis Casadevall Pedreño & Prg Tiempo BBDOTiempo BBDOY&R MadridY&R Madrid
  • 41. Links de agências pelo mundoLinks de agências pelo mundo  Estados UnidosEstados Unidos  Ackerman McQueenAckerman McQueen Agent 16Agent 16 Allen & Gerritsen.Allen & Gerritsen. Al Paul Lefton CompanyAl Paul Lefton Company Ayzenberg GroupAyzenberg Group Bandy, Carroll, HelligeBandy, Carroll, Hellige BBDOBBDOBenton NewtonBenton NewtonBiggs-Gilmore CommunicationsBiggs-Gilmore Communications BozellBozell Buck & Pulleyn.Buck & Pulleyn. Colle & McVoyColle & McVoy Creative ConnetionCreative Connetion DDBDDB DireggioDireggio DMA - Drone & Mueller and AssociatesDMA - Drone & Mueller and Associates Doe AndersonDoe Anderson Duffy & ShanleyDuffy & Shanley E.B. LaneE.B. Lane Euro RSCGEuro RSCG E.W. Bullock AssociatesE.W. Bullock Associates FallonFallon Farago + Partners.Farago + Partners.G WhizG Whiz The Hughes GroupThe Hughes Group The Integer GroupThe Integer Group Interpublic GroupInterpublic Group Jacobson RostJacobson Rost JWTJWT Kilgannon McReynoldsKilgannon McReynolds Kirshenbaum, Bond & PartnersKirshenbaum, Bond & Partners Larry Smith & Associates.Larry Smith & Associates. Leo Burnett CompanyLeo Burnett CompanyLindsay, Stone & BriggsLindsay, Stone & Briggs Lowe & PartnersLowe & Partners MARC USAMARC USA Martin Williams.Martin Williams. Mering & AssociatesMering & Associates MF+PMF+P Nicholson Kovac.Nicholson Kovac. PacificoPacifico Pawluk CaliforniaPawluk California Roberts CommunicationsRoberts Communications  JapãoJapão  AOI Advertising PromotionAOI Advertising Promotion Asatsu - DKAsatsu - DK Beacon Communications k.k.Beacon Communications k.k. Dentsu Y&RDentsu Y&REuro RSCG TokyoEuro RSCG Tokyo Foote Cone & Belding JapanFoote Cone & Belding Japan Hypu. JapanHypu. JapanJWT JapanJWT Japan K&L Inc.K&L Inc. Lowe & Partners/StandardLowe & Partners/Standard McCann-Erickson JapanMcCann-Erickson Japan Nitten AltiNitten AltiPublicis JapanPublicis Japan Saatchi & Saatchi JapanSaatchi & Saatchi Japan TBWAJapanTBWAJapan  MéxicoMéxico  BBDO MexicoBBDO Mexico JWT de MexicoJWT de Mexico Leo BurnettLeo Burnett Lowe MexicoLowe Mexico TeranTBWATeranTBWA  NoruegaNoruega  Bates Red CellBates Red Cell Leo BurnettLeo Burnett Nustad & PartnersNustad & Partners  Nova ZelândiaNova Zelândia  Clemenger BBDOClemenger BBDO Colenso BBDOColenso BBDO JWT Australia / NZJWT Australia / NZ Y&R New ZealandY&R New Zealand  PortugalPortugal  BBDO PortugalBBDO Portugal Euro RSCG PortugalEuro RSCG Portugal JWT LisbonJWT LisbonLowe & PartnersLowe & Partners McCann EricksonMcCann Erickson PublicisPublicis Red Cell PortugalRed Cell PortugalTBWAEPGTBWAEPG Tux & Gill PublicidadeTux & Gill Publicidade Y&R PortugalY&R Portugal
  • 42. Links de agências pelo mundoLinks de agências pelo mundo  RússiaRússia  ContactContact Creative Marketing GroupCreative Marketing GroupDDB RussiaDDB RussiaFoote Cone & Belding RussiaFoote Cone & Belding RussiaInter Advertising AgencyInter Advertising AgencyLeo Burnett MoscowLeo Burnett MoscowMagic BoxMagic BoxTBWARussiaTBWARussia  SuéciaSuécia  Ehrenstrahle BBDOEhrenstrahle BBDO Elfwendahl & Co.Elfwendahl & Co. HavetHavet JerlovJerlov Lowe BrindforsLowe Brindfors Lowe PeopleLowe People McCann SverigeMcCann Sverige Sandberg & Co, GoteborgSandberg & Co, Goteborg Sexton 87 OgilvySexton 87 Ogilvy  SuíçaSuíça  Advico Y&R ZurichAdvico Y&R Zurich Arnold Design Visuelle KommunikationArnold Design Visuelle Kommunikation McCann-Erickson SwitzerlandMcCann-Erickson Switzerland MegapublicMegapublic Publicis Werbeagentur AG, BSWPublicis Werbeagentur AG, BSW SyntheseSynthese Vert Pomme S.A.Vert Pomme S.A. Werbal Advertising AgencyWerbal Advertising Agency Wirz Werbung AGWirz Werbung AG Y&R Business CommunicationsY&R Business Communications Zogg Kettiger Gasser - ZKGZogg Kettiger Gasser - ZKG
  • 43. Vamos criar um Blog sobre oVamos criar um Blog sobre o Mundo Coca-cola!Mundo Coca-cola!  - passo 1: em grupo, criar 1 blog no blogspot.com- passo 1: em grupo, criar 1 blog no blogspot.com  - Passo 2: iniciar as postagens contando a História da Coca-cola, suas- Passo 2: iniciar as postagens contando a História da Coca-cola, suas campanhas e seus vídeos.campanhas e seus vídeos.  - passo 3: separem década a década e organizem as postagens por ordem- passo 3: separem década a década e organizem as postagens por ordem de acontecimentos...de acontecimentos...  Vocês tem 1 semana para organizarem e postarem tudo sobre o clienteVocês tem 1 semana para organizarem e postarem tudo sobre o cliente Coca-cola. Percebam, trata-se de um super material contendo fatosCoca-cola. Percebam, trata-se de um super material contendo fatos históricos, campanhas, as rixas dos seu principal concorrente, a Pepsi ehistóricos, campanhas, as rixas dos seu principal concorrente, a Pepsi e apresentá-lo em sala de aula. Este material servirá de exemplo tantosapresentá-lo em sala de aula. Este material servirá de exemplo tantos outros estudantes de comunicação que se interessarem por essa história,outros estudantes de comunicação que se interessarem por essa história, ok!ok!  Vamos aos trabalhos!Vamos aos trabalhos!