SlideShare uma empresa Scribd logo
O Reino Plantae
Resumo Reino
Plantae
Resumo Reino Plantae
Aristóteles (384 a 322 a. c.); Haeckel (1834); Copeland (1956); Whitaker
(1969)
Árvore filogenética dos cinco reinos
Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)
Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)
Reino Plantae
• Composto por organismos eucariontes, pluricelulares
e autotróficos por meio da fotossíntese
• É o reino das plantas: briófitas, pteridófitas,
gimnospermas e angiospermas

Briófitas

Pteridófitas Gimnospermas Angiospermas
Reino Plantae
 Seres autotróficos: capazes de produzir seu próprio alimento
(auto = próprio trófico = alimento)
 Fotossíntese: gás carbônico + água + luz solar + clorofila  glicose + oxigênio
 parede celular formada por celulose: mantém a forma da
célula e confere resistência à ela
Principais órgãos de uma planta
(Nem todas possuem todos estes órgãos)

 Raízes: fixam a planta no solo e absorvem
água e nutrientes (sais minerais);
 Caule: dá sustentação e participa do
transporte de substâncias entre as raízes e as
folhas;
 Folhas: principais responsáveis pela
realização da fotossíntese, pela troca gasosa
entre a planta e o ambiente e pela eliminação
de água na forma de vapor (transpiração);
 Sementes: contém o embrião e as reservas
nutritivas para o seu desenvolvimento;
 Flores: estruturas reprodutivas que produzem
as células reprodutivas (gametas) e onde ocorre
a fecundação (união dos gametas);
 Frutos: protegem as sementes, atraem
animais para que eles as dispersem, permitindo
que cresçam em outros locais.
Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)
Cloroplastos

 Organelas presentes nas células vegetais (nas folhas) que armazenam
clorofila, permitindo que a planta absorva a luz solar e realize a fotossíntese

Imagem de célula vegetal. Cloroplastos
em verde.
Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)
Fotossíntese
Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)
Biomas do Brasil
(conjunto de diferentes ecossistemas que possuem certo nível de homogeneidade,
apresentando uma vegetação predominante e um clima típico)
Floresta Amazônica
Mata Atlântica
Cerrado
Cerrado
Caatinga
Campos Sulinos ou Pampas
Pantanal
Restinga
Manguezal
Mata das Araucárias ou Mata dos Cocais
Que característica surgiu antes nas
plantas: as sementes ou as flores?
Fonte: Livro “A grande história da Evolução”,
de Richard Dawkins, página 585

Angiospermas
Pteridófitas

Gimnospermas
Pteridófitas

Briófitas
Algas verdes que são as
parentes mais próximas das
plantas terrestres
Que característica surgiu antes nas
plantas: as sementes ou as flores?
Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)
Adaptações das plantas para viver no ambiente terrestre
Qual destas plantas abaixo
vive em um ambiente seco?
Explique.
Observando as células vegetais

Cloroplasto: armazena clorofila
Estômato: controla a entrada e a saída de água e gás carbônico
Cutícula: impermeabiliza a folha e dificulta a perda de água da planta pro meio
Vasos condutores: conduzem água + sais minerais (seiva bruta) da raiz até as folhas e
água + açúcares (seiva elaborada) das folhas até a raiz
Estômato fechado (quando está quente
e seco): impede saída de água e CO2

Estômato aberto (quando está frio e úmido):
entra gás carbônico (CO2) e água (H2O)
Estômato aberto (muita água no ambiente)
Vasos condutores
Reino Plantae

 É dividido nos seguintes grupos:

 Briófitas: plantas de pequeno porte que vivem em ambientes úmidos e
sombreados, com órgãos semelhantes à raiz, caule e folhas (rizóides,
caulóides e filóides), mas sem vasos condutores, sementes, frutos e
flores. Exemplos: musgos, hepáticas e antóceros.
 Pteridófitas: a maioria é de pequeno ou médio porte (algumas atingem
muitos metros de altura), possuem raízes, caule, folhas e vasos
condutores, mas não produzem sementes, flores e frutos. Exemplos:
samambaias, avencas, cavalinhas e licopódios.
 Gimnospermas: plantas de médio e grande porte, possuem raízes, caule,
folhas, vasos condutores e sementes, mas não apresentam frutos e
flores. Exemplos: pinheiros, sequoias, ciprestes, cicas e tuias.
 Angiospermas: plantas de médio e grande porte, apresentam todos os
órgãos (raízes, caule, folhas, vasos condutores, sementes, frutos e flores).
Exemplos: pé de milho, arroz, feijão, cana-de-açúcar, pé de café, laranjeira,
macieira, etc.
Briófitas
(do grego bryon = musgo + phyton = planta)
Briófitas
Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)
Desenho do gameta masculino flagelado das briófitas
Pteridófitas

(do grego pteridon = feto + phyton = planta)
Pteridófitas
Pteridófitas
Soros e
esporângios
Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)
Gimnospermas
(do grego gymnos = nu + sperma = semente)
Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)
Gimnospermas

Nuvem de pólen
Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)
Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)
Zoom no pólen de gimnosperma
Angiospermas
(do grego angeos = bolsa + sperma = semente)
 São o único grupo de plantas que possui flores e frutos.
 No interior das flores, formam-se os óvulos (gametas femininos) e os grãos de pólen
(gametas masculinos) e ocorre a fecundação (união dos gametas).
 As flores possuem características que atraem animais, como cores chamativas,
perfume e néctar. Os animais coletam o néctar e o pólen, que são utilizados como
alimento, e colaboram para o transporte de grãos de pólen de uma flor para outra
(polinização). Animais como as abelhas e o beija-flor atuam como polinizadores, assim
como o vento.
Angiospermas
Angiospermas
Partes de uma flor
GINECEU –
ÓRGÃO
REPRODUTOR
FEMININO
ANDROCEU –
ÓRGÃO
REPRODUTOR
MASCULINO
PÉTALAS
Flores e frutos de Angiospermas

Pé de melancia
Laranjeira

Pé de maracujá
Flores e frutos de Angiospermas

Cacto

Bananeira
Flores e frutos em Angiospermas

Abricó-de-macaco

Roseira
Da Flor ao Fruto

FLORES DA MACIEIRA

FRUTOS DA MACIEIRA
Da Flor ao Fruto
Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)
Feijão carioca
SEMENTES

FRUTO
Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)
Dispersão feita por animais
Dispersão feita por animais
Dispersão feita por animais
Sementes Aladas
Sementes Aladas
Sementes Aladas
Germinação
Germinação
Angiospermas
Dicas de como aprender mais e melhor
e ir melhor nas provas
 1- Aula dada é aula estudada.
 2- Nunca falte às aulas.
 3- Sempre faça anotações nas aulas.
 4- Converse sempre com o seu professor (tire suas
dúvidas).
 5- Não converse durante a aula.
 6- Estude pouco, mas estude todo dia.
 7- Estude em locais adequados para estudar.
 8- Nunca vire a noite estudando na véspera da prova.
 9- Alimente-se bem antes da prova (nem demais, nem de
menos).
 10- Resolva as questões mais fáceis primeiro.
Dicas de como aprender mais e melhor
e ir melhor nas provas
 1- Aula dada é aula estudada.

Assistir à aula não garante o aprendizado. Estudando
depois, sozinho, você sabe o quanto entendeu do conteúdo e quais são suas dúvidas.

 2- Nunca falte às aulas. Assistir à aula economiza tempo de estudo em casa.
 3- Sempre faça anotações nas aulas. Não apenas do que o professor

escreve no
quadro. Faça os seus próprios resumos do que você está entendendo. Qual é o tema central da aula? O
que é importante eu saber? (Veja aquilo que o professor mais falou, pois provavelmente isso será
cobrado.)

 4- Converse sempre com o seu professor (tire suas dúvidas).
 5- Não converse durante a aula. O professor está ali para te ajudar a aprender, mas isso
também depende de você. Não perca o foco na aula. Concentração total durante o momento da aula.
Existem os intervalos e recreios para conversas e brincadeiras.

 6- Estude pouco, mas estude todo dia.
de estudar toda a matéria.

Nunca acumule matéria. Talvez não dê tempo

 7- Estude em locais adequados para estudar.

Não estude em locais barulhentos e
que distraiam a sua atenção (TV, internet, mãe, etc). Ideal: bibliotecas.

 8- Nunca vire a noite estudando na véspera da prova. Isso vai te deixar com
sono, com o cérebro cansado na hora da prova (as informações ficam numa área do cérebro que
armazena as memórias curtas, mais recentes, por isso são mais facilmente esquecidas). Por isso, durma
cedo e bem nas vésperas de prova.

 9- Alimente-se bem antes da prova (nem demais, nem de menos).
 10- Resolva as questões mais fáceis primeiro. Perder tempo com as mais difíceis
cansa o seu cérebro no início da prova e pode errar questões fáceis por conta do cansaço. Faça a prova
com muita atenção às pegadinhas para não cair nelas. Use todo o tempo da prova! A pressa é inimiga da
perfeição.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Briofitas E Pteridofitas
Briofitas E PteridofitasBriofitas E Pteridofitas
Briofitas E Pteridofitas
Andrea Barreto
 
7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas
crisbassanimedeiros
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
profatatiana
 
Aula 8º ano - O sistema endócrino
Aula 8º ano - O sistema endócrinoAula 8º ano - O sistema endócrino
Aula 8º ano - O sistema endócrino
Leonardo Kaplan
 
Aula relações ecológicas
Aula relações ecológicasAula relações ecológicas
Aula relações ecológicas
Gabriela de Lima
 
Aula 07 núcleo e cromossomos
Aula 07   núcleo e cromossomosAula 07   núcleo e cromossomos
Aula 07 núcleo e cromossomos
Hamilton Nobrega
 
Reino Animal
Reino AnimalReino Animal
Reino animal
Reino animalReino animal
Gimnospermas e Angiospermas
Gimnospermas e AngiospermasGimnospermas e Angiospermas
Gimnospermas e Angiospermas
Elisa Margarita Orlandi
 
I.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivosI.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivos
Rebeca Vale
 
Zoologia geral aulas 1
Zoologia geral aulas 1Zoologia geral aulas 1
Zoologia geral aulas 1
Henrique Zini
 
Os Vertebrados
Os VertebradosOs Vertebrados
Os Vertebrados
empaul_harris
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
SEMED de Santarém/PA
 
Gimnospermas e angiosperma
Gimnospermas e angiospermaGimnospermas e angiosperma
Gimnospermas e angiosperma
Alpha Colégio e Vestibulares
 
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e NematelmintosIII.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
Rebeca Vale
 
Reprodução Animal
Reprodução AnimalReprodução Animal
Reprodução Animal
César Milani
 
Reino protista algas
Reino protista   algasReino protista   algas
Reino protista algas
Adrianne Mendonça
 
Reprodução assexuada e sexuada
Reprodução assexuada  e sexuadaReprodução assexuada  e sexuada
Reprodução assexuada e sexuada
Matheus Faria do Valle
 
Pirâmides ecológicas
Pirâmides ecológicasPirâmides ecológicas
Pirâmides ecológicas
URCA
 
Reprodução sexuada e assexuada
Reprodução sexuada e assexuadaReprodução sexuada e assexuada
Reprodução sexuada e assexuada
Jocimar Araujo
 

Mais procurados (20)

Briofitas E Pteridofitas
Briofitas E PteridofitasBriofitas E Pteridofitas
Briofitas E Pteridofitas
 
7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas7 ano classificação das plantas
7 ano classificação das plantas
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
 
Aula 8º ano - O sistema endócrino
Aula 8º ano - O sistema endócrinoAula 8º ano - O sistema endócrino
Aula 8º ano - O sistema endócrino
 
Aula relações ecológicas
Aula relações ecológicasAula relações ecológicas
Aula relações ecológicas
 
Aula 07 núcleo e cromossomos
Aula 07   núcleo e cromossomosAula 07   núcleo e cromossomos
Aula 07 núcleo e cromossomos
 
Reino Animal
Reino AnimalReino Animal
Reino Animal
 
Reino animal
Reino animalReino animal
Reino animal
 
Gimnospermas e Angiospermas
Gimnospermas e AngiospermasGimnospermas e Angiospermas
Gimnospermas e Angiospermas
 
I.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivosI.2 características dos seres vivos
I.2 características dos seres vivos
 
Zoologia geral aulas 1
Zoologia geral aulas 1Zoologia geral aulas 1
Zoologia geral aulas 1
 
Os Vertebrados
Os VertebradosOs Vertebrados
Os Vertebrados
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Gimnospermas e angiosperma
Gimnospermas e angiospermaGimnospermas e angiosperma
Gimnospermas e angiosperma
 
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e NematelmintosIII.2 Platelmintos e Nematelmintos
III.2 Platelmintos e Nematelmintos
 
Reprodução Animal
Reprodução AnimalReprodução Animal
Reprodução Animal
 
Reino protista algas
Reino protista   algasReino protista   algas
Reino protista algas
 
Reprodução assexuada e sexuada
Reprodução assexuada  e sexuadaReprodução assexuada  e sexuada
Reprodução assexuada e sexuada
 
Pirâmides ecológicas
Pirâmides ecológicasPirâmides ecológicas
Pirâmides ecológicas
 
Reprodução sexuada e assexuada
Reprodução sexuada e assexuadaReprodução sexuada e assexuada
Reprodução sexuada e assexuada
 

Destaque

www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...
Annalu Jannuzzi
 
Aula 4 09 abril
Aula 4   09 abrilAula 4   09 abril
Aula 4 09 abril
Natália Hilgert de Souza
 
Trabalho biologia - reino vegetal
Trabalho   biologia - reino vegetalTrabalho   biologia - reino vegetal
Trabalho biologia - reino vegetal
eld09
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
Roberto Bagatini
 
Bio01
Bio01Bio01
Bio01
jfquirino
 
Revisão de Química
Revisão de QuímicaRevisão de Química
Revisão de Química - enem 2009
Revisão de Química - enem 2009Revisão de Química - enem 2009
Revisão de Química - enem 2009
Vestibular Seriado
 
Reino plantae introdução
Reino plantae introduçãoReino plantae introdução
Reino plantae introdução
Andrea Barreto
 
Revisão puc inverno2015
Revisão puc inverno2015Revisão puc inverno2015
Revisão puc inverno2015
Carlos Priante
 
Reino plantae
Reino plantae Reino plantae
Reino plantae
Fernando Naranjo
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
Julianalfaria
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
Pedr457
 
Cursinho COC - Franca - Modelos Atômicos 2012
Cursinho COC - Franca - Modelos  Atômicos 2012Cursinho COC - Franca - Modelos  Atômicos 2012
Cursinho COC - Franca - Modelos Atômicos 2012
José Marcelo Cangemi
 
Correção Química ENEM 2014
Correção Química ENEM 2014Correção Química ENEM 2014
Correção Química ENEM 2014
Carlos Priante
 
Factores Bioticos
Factores BioticosFactores Bioticos
Factores Bioticos
guest43f37cf
 
Sandrogreco Aula 1 Estrutura E Reatividade QuíMica OrgâNica 2007
Sandrogreco Aula 1   Estrutura E Reatividade   QuíMica OrgâNica 2007Sandrogreco Aula 1   Estrutura E Reatividade   QuíMica OrgâNica 2007
Sandrogreco Aula 1 Estrutura E Reatividade QuíMica OrgâNica 2007
Profª Cristiana Passinato
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
Marcos Mororó
 
Origem das espécies
Origem das espéciesOrigem das espécies
Origem das espécies
Enio Silva De Lima
 
Slide de termoquímica
Slide de termoquímicaSlide de termoquímica
Slide de termoquímica
Fábio Garcia Ferreira
 
Nomenclatura botânica
Nomenclatura botânicaNomenclatura botânica
Nomenclatura botânica
Wenderson Ferreira
 

Destaque (20)

www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Reino Plantae - Briófitas e Pter...
 
Aula 4 09 abril
Aula 4   09 abrilAula 4   09 abril
Aula 4 09 abril
 
Trabalho biologia - reino vegetal
Trabalho   biologia - reino vegetalTrabalho   biologia - reino vegetal
Trabalho biologia - reino vegetal
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
 
Bio01
Bio01Bio01
Bio01
 
Revisão de Química
Revisão de QuímicaRevisão de Química
Revisão de Química
 
Revisão de Química - enem 2009
Revisão de Química - enem 2009Revisão de Química - enem 2009
Revisão de Química - enem 2009
 
Reino plantae introdução
Reino plantae introduçãoReino plantae introdução
Reino plantae introdução
 
Revisão puc inverno2015
Revisão puc inverno2015Revisão puc inverno2015
Revisão puc inverno2015
 
Reino plantae
Reino plantae Reino plantae
Reino plantae
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
 
Cursinho COC - Franca - Modelos Atômicos 2012
Cursinho COC - Franca - Modelos  Atômicos 2012Cursinho COC - Franca - Modelos  Atômicos 2012
Cursinho COC - Franca - Modelos Atômicos 2012
 
Correção Química ENEM 2014
Correção Química ENEM 2014Correção Química ENEM 2014
Correção Química ENEM 2014
 
Factores Bioticos
Factores BioticosFactores Bioticos
Factores Bioticos
 
Sandrogreco Aula 1 Estrutura E Reatividade QuíMica OrgâNica 2007
Sandrogreco Aula 1   Estrutura E Reatividade   QuíMica OrgâNica 2007Sandrogreco Aula 1   Estrutura E Reatividade   QuíMica OrgâNica 2007
Sandrogreco Aula 1 Estrutura E Reatividade QuíMica OrgâNica 2007
 
Reino plantae
Reino plantaeReino plantae
Reino plantae
 
Origem das espécies
Origem das espéciesOrigem das espécies
Origem das espécies
 
Slide de termoquímica
Slide de termoquímicaSlide de termoquímica
Slide de termoquímica
 
Nomenclatura botânica
Nomenclatura botânicaNomenclatura botânica
Nomenclatura botânica
 

Semelhante a Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)

Aula 7º ano - Reino Plantae
Aula 7º ano - Reino PlantaeAula 7º ano - Reino Plantae
Aula 7º ano - Reino Plantae
Leonardo Kaplan
 
Grupos vegetais ensino médio
Grupos vegetais ensino médioGrupos vegetais ensino médio
Grupos vegetais ensino médio
Pedro Alberto Machado
 
reinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.ppt
reinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.pptreinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.ppt
reinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.ppt
isispatriciagomes
 
Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)
Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)
Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Biologia dos Organismos_hfbsdfsffsdffd.pdf
Biologia dos Organismos_hfbsdfsffsdffd.pdfBiologia dos Organismos_hfbsdfsffsdffd.pdf
Biologia dos Organismos_hfbsdfsffsdffd.pdf
felixmeloeu
 
Reino Plantae
Reino PlantaeReino Plantae
Reino Plantae
Katia Valeria
 
REINO PLANTAE características dos grupos.pptx
REINO PLANTAE características dos grupos.pptxREINO PLANTAE características dos grupos.pptx
REINO PLANTAE características dos grupos.pptx
JosAlmeida331367
 
REINO PLANTAE.pdf
REINO PLANTAE.pdfREINO PLANTAE.pdf
REINO PLANTAE.pdf
ProfessorDiogoZaninM
 
Unidade I capítulo I
Unidade I capítulo IUnidade I capítulo I
Unidade I capítulo I
Cássio Resende de Morais
 
8_Cap_2_Os Vegetais.pdf
8_Cap_2_Os Vegetais.pdf8_Cap_2_Os Vegetais.pdf
8_Cap_2_Os Vegetais.pdf
FernandaSantos525514
 
Reino Metaphyta
Reino MetaphytaReino Metaphyta
Reino Metaphyta
Kamila Joyce
 
Diversidade das plantas - Fabio Rolim
Diversidade das plantas - Fabio RolimDiversidade das plantas - Fabio Rolim
Diversidade das plantas - Fabio Rolim
Fabio Rolim
 
REINO PLANTAE (1).pptx
REINO PLANTAE (1).pptxREINO PLANTAE (1).pptx
REINO PLANTAE (1).pptx
GilbertoAguiarJos1
 
Classificacao e reproducao das plantas
Classificacao e reproducao das plantasClassificacao e reproducao das plantas
Classificacao e reproducao das plantas
biroskaa
 
Reino Plantae Total
Reino Plantae TotalReino Plantae Total
Reino Plantae Total
NAPNE
 
Aula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth BergerAula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth Berger
Matheus Yuri
 
Sistematica vegetal
Sistematica vegetal  Sistematica vegetal
Sistematica vegetal
Carlos Priante
 
3 - morfologia e fisiologia vegetal
3 - morfologia e fisiologia vegetal3 - morfologia e fisiologia vegetal
3 - morfologia e fisiologia vegetal
Marcus Magarinho
 
Botânica
BotânicaBotânica
Botânica
familiaestagio
 
Botânica
Botânica Botânica
Botânica
NICKSON ♥
 

Semelhante a Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final) (20)

Aula 7º ano - Reino Plantae
Aula 7º ano - Reino PlantaeAula 7º ano - Reino Plantae
Aula 7º ano - Reino Plantae
 
Grupos vegetais ensino médio
Grupos vegetais ensino médioGrupos vegetais ensino médio
Grupos vegetais ensino médio
 
reinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.ppt
reinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.pptreinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.ppt
reinoplantae-powerpoint-090726184322-phpapp02.ppt
 
Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)
Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)
Reinoplantae powerpoint-090726184322-phpapp02 (2)
 
Biologia dos Organismos_hfbsdfsffsdffd.pdf
Biologia dos Organismos_hfbsdfsffsdffd.pdfBiologia dos Organismos_hfbsdfsffsdffd.pdf
Biologia dos Organismos_hfbsdfsffsdffd.pdf
 
Reino Plantae
Reino PlantaeReino Plantae
Reino Plantae
 
REINO PLANTAE características dos grupos.pptx
REINO PLANTAE características dos grupos.pptxREINO PLANTAE características dos grupos.pptx
REINO PLANTAE características dos grupos.pptx
 
REINO PLANTAE.pdf
REINO PLANTAE.pdfREINO PLANTAE.pdf
REINO PLANTAE.pdf
 
Unidade I capítulo I
Unidade I capítulo IUnidade I capítulo I
Unidade I capítulo I
 
8_Cap_2_Os Vegetais.pdf
8_Cap_2_Os Vegetais.pdf8_Cap_2_Os Vegetais.pdf
8_Cap_2_Os Vegetais.pdf
 
Reino Metaphyta
Reino MetaphytaReino Metaphyta
Reino Metaphyta
 
Diversidade das plantas - Fabio Rolim
Diversidade das plantas - Fabio RolimDiversidade das plantas - Fabio Rolim
Diversidade das plantas - Fabio Rolim
 
REINO PLANTAE (1).pptx
REINO PLANTAE (1).pptxREINO PLANTAE (1).pptx
REINO PLANTAE (1).pptx
 
Classificacao e reproducao das plantas
Classificacao e reproducao das plantasClassificacao e reproducao das plantas
Classificacao e reproducao das plantas
 
Reino Plantae Total
Reino Plantae TotalReino Plantae Total
Reino Plantae Total
 
Aula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth BergerAula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth Berger
 
Sistematica vegetal
Sistematica vegetal  Sistematica vegetal
Sistematica vegetal
 
3 - morfologia e fisiologia vegetal
3 - morfologia e fisiologia vegetal3 - morfologia e fisiologia vegetal
3 - morfologia e fisiologia vegetal
 
Botânica
BotânicaBotânica
Botânica
 
Botânica
Botânica Botânica
Botânica
 

Mais de Leonardo Kaplan

Aula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médio
Aula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médioAula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médio
Aula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médio
Leonardo Kaplan
 
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmasAula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
Leonardo Kaplan
 
Aula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências SociaisAula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências Sociais
Leonardo Kaplan
 
A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...
A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...
A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...
Leonardo Kaplan
 
Aula a constituição da disciplina escolar ciências
Aula a constituição da disciplina escolar ciênciasAula a constituição da disciplina escolar ciências
Aula a constituição da disciplina escolar ciências
Leonardo Kaplan
 
Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3
Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3
Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3
Leonardo Kaplan
 
Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...
Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...
Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...
Leonardo Kaplan
 
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2
Leonardo Kaplan
 
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1
Leonardo Kaplan
 
Ciência natural: os pressupostos filosóficos
Ciência natural: os pressupostos filosóficosCiência natural: os pressupostos filosóficos
Ciência natural: os pressupostos filosóficos
Leonardo Kaplan
 
Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...
Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...
Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...
Leonardo Kaplan
 
Aula 7º ano revisão do 6º ano-introdução ao 7º ano
Aula 7º ano   revisão do 6º ano-introdução ao 7º anoAula 7º ano   revisão do 6º ano-introdução ao 7º ano
Aula 7º ano revisão do 6º ano-introdução ao 7º ano
Leonardo Kaplan
 
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileiraAs macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
Leonardo Kaplan
 
Aula 7º ano - Reino Monera
Aula 7º ano - Reino MoneraAula 7º ano - Reino Monera
Aula 7º ano - Reino Monera
Leonardo Kaplan
 
Aula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solos
Aula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solosAula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solos
Aula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solos
Leonardo Kaplan
 
Aula 7º ano - Origem da vida na Terra
Aula 7º ano - Origem da vida na TerraAula 7º ano - Origem da vida na Terra
Aula 7º ano - Origem da vida na Terra
Leonardo Kaplan
 
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema SolarAula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Leonardo Kaplan
 
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comumAula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Leonardo Kaplan
 
Aula 8º ano - O sistema nervoso
Aula 8º ano - O sistema nervosoAula 8º ano - O sistema nervoso
Aula 8º ano - O sistema nervoso
Leonardo Kaplan
 
Aula 8º ano - Saúde mental e drogas
Aula 8º ano - Saúde mental e drogasAula 8º ano - Saúde mental e drogas
Aula 8º ano - Saúde mental e drogas
Leonardo Kaplan
 

Mais de Leonardo Kaplan (20)

Aula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médio
Aula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médioAula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médio
Aula Visões de ciências e sobre cientista entre estudantes do ensino médio
 
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmasAula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
Aula O debate contemporâneo sobre os paradigmas
 
Aula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências SociaisAula O método nas Ciências Sociais
Aula O método nas Ciências Sociais
 
A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...
A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...
A "sociedade" no enfoque CTS - ressignificações sobre as atividades científic...
 
Aula a constituição da disciplina escolar ciências
Aula a constituição da disciplina escolar ciênciasAula a constituição da disciplina escolar ciências
Aula a constituição da disciplina escolar ciências
 
Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3
Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3
Apresentação CESPEB Ensino de Ciências 2016 - Educação Ambiental Aula 3
 
Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...
Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...
Apresentação cespeb 2016 - A inserção da EA nas escolas e a tensão público-pr...
 
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 2
 
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1
Ciência e conhecimento cotidiano - parte 1
 
Ciência natural: os pressupostos filosóficos
Ciência natural: os pressupostos filosóficosCiência natural: os pressupostos filosóficos
Ciência natural: os pressupostos filosóficos
 
Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...
Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...
Aula 1 CESPEB 2016 - As macrotendências político-pedagógicas da educação ambi...
 
Aula 7º ano revisão do 6º ano-introdução ao 7º ano
Aula 7º ano   revisão do 6º ano-introdução ao 7º anoAula 7º ano   revisão do 6º ano-introdução ao 7º ano
Aula 7º ano revisão do 6º ano-introdução ao 7º ano
 
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileiraAs macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
As macrotendências político pedagógicas da educação ambiental brasileira
 
Aula 7º ano - Reino Monera
Aula 7º ano - Reino MoneraAula 7º ano - Reino Monera
Aula 7º ano - Reino Monera
 
Aula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solos
Aula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solosAula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solos
Aula 6º ano - Estrutura do planeta Terra, rochas e solos
 
Aula 7º ano - Origem da vida na Terra
Aula 7º ano - Origem da vida na TerraAula 7º ano - Origem da vida na Terra
Aula 7º ano - Origem da vida na Terra
 
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema SolarAula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
 
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comumAula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
 
Aula 8º ano - O sistema nervoso
Aula 8º ano - O sistema nervosoAula 8º ano - O sistema nervoso
Aula 8º ano - O sistema nervoso
 
Aula 8º ano - Saúde mental e drogas
Aula 8º ano - Saúde mental e drogasAula 8º ano - Saúde mental e drogas
Aula 8º ano - Saúde mental e drogas
 

Aula 7º ano - Reino Plantae (versão final)

  • 4. Aristóteles (384 a 322 a. c.); Haeckel (1834); Copeland (1956); Whitaker (1969)
  • 8. Reino Plantae • Composto por organismos eucariontes, pluricelulares e autotróficos por meio da fotossíntese • É o reino das plantas: briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas Briófitas Pteridófitas Gimnospermas Angiospermas
  • 9. Reino Plantae  Seres autotróficos: capazes de produzir seu próprio alimento (auto = próprio trófico = alimento)  Fotossíntese: gás carbônico + água + luz solar + clorofila  glicose + oxigênio  parede celular formada por celulose: mantém a forma da célula e confere resistência à ela
  • 10. Principais órgãos de uma planta (Nem todas possuem todos estes órgãos)  Raízes: fixam a planta no solo e absorvem água e nutrientes (sais minerais);  Caule: dá sustentação e participa do transporte de substâncias entre as raízes e as folhas;  Folhas: principais responsáveis pela realização da fotossíntese, pela troca gasosa entre a planta e o ambiente e pela eliminação de água na forma de vapor (transpiração);  Sementes: contém o embrião e as reservas nutritivas para o seu desenvolvimento;  Flores: estruturas reprodutivas que produzem as células reprodutivas (gametas) e onde ocorre a fecundação (união dos gametas);  Frutos: protegem as sementes, atraem animais para que eles as dispersem, permitindo que cresçam em outros locais.
  • 12. Cloroplastos  Organelas presentes nas células vegetais (nas folhas) que armazenam clorofila, permitindo que a planta absorva a luz solar e realize a fotossíntese Imagem de célula vegetal. Cloroplastos em verde.
  • 16. Biomas do Brasil (conjunto de diferentes ecossistemas que possuem certo nível de homogeneidade, apresentando uma vegetação predominante e um clima típico)
  • 26. Mata das Araucárias ou Mata dos Cocais
  • 27. Que característica surgiu antes nas plantas: as sementes ou as flores? Fonte: Livro “A grande história da Evolução”, de Richard Dawkins, página 585 Angiospermas Pteridófitas Gimnospermas Pteridófitas Briófitas Algas verdes que são as parentes mais próximas das plantas terrestres
  • 28. Que característica surgiu antes nas plantas: as sementes ou as flores?
  • 30. Adaptações das plantas para viver no ambiente terrestre
  • 31. Qual destas plantas abaixo vive em um ambiente seco? Explique.
  • 32. Observando as células vegetais Cloroplasto: armazena clorofila Estômato: controla a entrada e a saída de água e gás carbônico Cutícula: impermeabiliza a folha e dificulta a perda de água da planta pro meio Vasos condutores: conduzem água + sais minerais (seiva bruta) da raiz até as folhas e água + açúcares (seiva elaborada) das folhas até a raiz
  • 33. Estômato fechado (quando está quente e seco): impede saída de água e CO2 Estômato aberto (quando está frio e úmido): entra gás carbônico (CO2) e água (H2O)
  • 34. Estômato aberto (muita água no ambiente)
  • 36. Reino Plantae  É dividido nos seguintes grupos:  Briófitas: plantas de pequeno porte que vivem em ambientes úmidos e sombreados, com órgãos semelhantes à raiz, caule e folhas (rizóides, caulóides e filóides), mas sem vasos condutores, sementes, frutos e flores. Exemplos: musgos, hepáticas e antóceros.  Pteridófitas: a maioria é de pequeno ou médio porte (algumas atingem muitos metros de altura), possuem raízes, caule, folhas e vasos condutores, mas não produzem sementes, flores e frutos. Exemplos: samambaias, avencas, cavalinhas e licopódios.  Gimnospermas: plantas de médio e grande porte, possuem raízes, caule, folhas, vasos condutores e sementes, mas não apresentam frutos e flores. Exemplos: pinheiros, sequoias, ciprestes, cicas e tuias.  Angiospermas: plantas de médio e grande porte, apresentam todos os órgãos (raízes, caule, folhas, vasos condutores, sementes, frutos e flores). Exemplos: pé de milho, arroz, feijão, cana-de-açúcar, pé de café, laranjeira, macieira, etc.
  • 37. Briófitas (do grego bryon = musgo + phyton = planta)
  • 40. Desenho do gameta masculino flagelado das briófitas
  • 41. Pteridófitas (do grego pteridon = feto + phyton = planta)
  • 45. Gimnospermas (do grego gymnos = nu + sperma = semente)
  • 50. Zoom no pólen de gimnosperma
  • 51. Angiospermas (do grego angeos = bolsa + sperma = semente)  São o único grupo de plantas que possui flores e frutos.  No interior das flores, formam-se os óvulos (gametas femininos) e os grãos de pólen (gametas masculinos) e ocorre a fecundação (união dos gametas).  As flores possuem características que atraem animais, como cores chamativas, perfume e néctar. Os animais coletam o néctar e o pólen, que são utilizados como alimento, e colaboram para o transporte de grãos de pólen de uma flor para outra (polinização). Animais como as abelhas e o beija-flor atuam como polinizadores, assim como o vento.
  • 54. Partes de uma flor GINECEU – ÓRGÃO REPRODUTOR FEMININO ANDROCEU – ÓRGÃO REPRODUTOR MASCULINO PÉTALAS
  • 55. Flores e frutos de Angiospermas Pé de melancia Laranjeira Pé de maracujá
  • 56. Flores e frutos de Angiospermas Cacto Bananeira
  • 57. Flores e frutos em Angiospermas Abricó-de-macaco Roseira
  • 58. Da Flor ao Fruto FLORES DA MACIEIRA FRUTOS DA MACIEIRA
  • 59. Da Flor ao Fruto
  • 72. Dicas de como aprender mais e melhor e ir melhor nas provas  1- Aula dada é aula estudada.  2- Nunca falte às aulas.  3- Sempre faça anotações nas aulas.  4- Converse sempre com o seu professor (tire suas dúvidas).  5- Não converse durante a aula.  6- Estude pouco, mas estude todo dia.  7- Estude em locais adequados para estudar.  8- Nunca vire a noite estudando na véspera da prova.  9- Alimente-se bem antes da prova (nem demais, nem de menos).  10- Resolva as questões mais fáceis primeiro.
  • 73. Dicas de como aprender mais e melhor e ir melhor nas provas  1- Aula dada é aula estudada. Assistir à aula não garante o aprendizado. Estudando depois, sozinho, você sabe o quanto entendeu do conteúdo e quais são suas dúvidas.  2- Nunca falte às aulas. Assistir à aula economiza tempo de estudo em casa.  3- Sempre faça anotações nas aulas. Não apenas do que o professor escreve no quadro. Faça os seus próprios resumos do que você está entendendo. Qual é o tema central da aula? O que é importante eu saber? (Veja aquilo que o professor mais falou, pois provavelmente isso será cobrado.)  4- Converse sempre com o seu professor (tire suas dúvidas).  5- Não converse durante a aula. O professor está ali para te ajudar a aprender, mas isso também depende de você. Não perca o foco na aula. Concentração total durante o momento da aula. Existem os intervalos e recreios para conversas e brincadeiras.  6- Estude pouco, mas estude todo dia. de estudar toda a matéria. Nunca acumule matéria. Talvez não dê tempo  7- Estude em locais adequados para estudar. Não estude em locais barulhentos e que distraiam a sua atenção (TV, internet, mãe, etc). Ideal: bibliotecas.  8- Nunca vire a noite estudando na véspera da prova. Isso vai te deixar com sono, com o cérebro cansado na hora da prova (as informações ficam numa área do cérebro que armazena as memórias curtas, mais recentes, por isso são mais facilmente esquecidas). Por isso, durma cedo e bem nas vésperas de prova.  9- Alimente-se bem antes da prova (nem demais, nem de menos).  10- Resolva as questões mais fáceis primeiro. Perder tempo com as mais difíceis cansa o seu cérebro no início da prova e pode errar questões fáceis por conta do cansaço. Faça a prova com muita atenção às pegadinhas para não cair nelas. Use todo o tempo da prova! A pressa é inimiga da perfeição.