SlideShare uma empresa Scribd logo
REGÊNCIA VERBAL II
PROFESSOR VICTOR ALAN
Aula 23
PORTUGUÊS 4:
GRAMÁTICA
Prof. VICTOR ALAN
PORTUGUÊS 4 – Regência
verbal II
O verbo é transitivo direto e indireto, assim ele exige um
complemento sem e outro com preposição:
Informei o acontecimento aos professores.
10. Informar
Prof. VICTOR ALAN
PORTUGUÊS 4 – Regência
verbal II
O verbo ir é regido pela preposição “a”:
Vou à biblioteca.
11. Ir
PORTUGUÊS 4 – Regência
verbal II
a) com o sentido de consequência, o verbo implicar é transitivo direto,
logo não exige preposição:
O seu pedido implicará um novo orçamento.
b) com o sentido de embirrar, é transitivo indireto, logo exige
preposição:
Implica com tudo!
12. Implicar
PORTUGUÊS 4 – Regência
verbal II
O verbo morar é regido pela preposição “em”:
Mora no fim da rua.
13. Morar
PORTUGUÊS 4 – Regência
verbal II
O verbo namorar é transitivo direto, apesar de as pessoas o usarem
sempre seguido de preposição:
Namorou Maria durante anos.
"Namorou com Maria durante anos" não é gramaticalmente aceito.
14. Namorar
PORTUGUÊS 4 – Regência
verbal II
O verbo preferir é transitivo direto e indireto. Assim:
Prefiro carne a peixe.
15. Preferir
PORTUGUÊS 4 – Regência
verbal II
O verbo simpatizar é transitivo indireto e exige a preposição "com":
Simpatiza com os mais velhinhos.
16. Simpatizar
PORTUGUÊS 4 – Regência
verbal II
a) com o sentido de convocar não exige complemento com preposição:
Chama o Pedro!
b) com o sentido de apelidar exige complementos com e sem preposição:
Chamou ao João de Mauricinho.
Chamou João de Mauricinho.
Chamou ao João Mauricinho.
Chamou João Mauricinho.
17. Chamar
PORTUGUÊS 4 – Regência
verbal II
a) quando informamos o que pagamos o complemento não tem
preposição:
Paga o sorvete?
b) quando informamos a quem pagamos o complemento exige
preposição:
Paga o sorvete ao dono do bar.
18. Pagar

Mais conteúdo relacionado

Mais de Caroline Assis

INTERJEIÇÃO.pptx
INTERJEIÇÃO.pptxINTERJEIÇÃO.pptx
INTERJEIÇÃO.pptx
Caroline Assis
 
Diferentes formas de tratar uma informação.pptx
Diferentes formas de tratar uma informação.pptxDiferentes formas de tratar uma informação.pptx
Diferentes formas de tratar uma informação.pptx
Caroline Assis
 
Gênero Charge e Cartum.pptx
Gênero Charge e Cartum.pptxGênero Charge e Cartum.pptx
Gênero Charge e Cartum.pptx
Caroline Assis
 
Finalidade discursiva dos textos.pptx
Finalidade discursiva dos textos.pptxFinalidade discursiva dos textos.pptx
Finalidade discursiva dos textos.pptx
Caroline Assis
 
ARTIGO.pptx
ARTIGO.pptxARTIGO.pptx
ARTIGO.pptx
Caroline Assis
 
AULA 24- EMPREGO DA CRASE I.ppt
AULA 24- EMPREGO DA CRASE I.pptAULA 24- EMPREGO DA CRASE I.ppt
AULA 24- EMPREGO DA CRASE I.ppt
Caroline Assis
 
AULA 18- CONCORDÂNCIA VERBAL I - Sujeito simples.ppt
AULA 18- CONCORDÂNCIA VERBAL I - Sujeito simples.pptAULA 18- CONCORDÂNCIA VERBAL I - Sujeito simples.ppt
AULA 18- CONCORDÂNCIA VERBAL I - Sujeito simples.ppt
Caroline Assis
 
AULA 22- REGÊNCIA VERBAL I.ppt
AULA 22- REGÊNCIA VERBAL I.pptAULA 22- REGÊNCIA VERBAL I.ppt
AULA 22- REGÊNCIA VERBAL I.ppt
Caroline Assis
 
AULA 21- Funções do SE.ppt
AULA 21- Funções do SE.pptAULA 21- Funções do SE.ppt
AULA 21- Funções do SE.ppt
Caroline Assis
 
AULA 19- CONCORDÂNCIA VERBAL II - Sujeito composto.ppt
AULA 19- CONCORDÂNCIA VERBAL II - Sujeito composto.pptAULA 19- CONCORDÂNCIA VERBAL II - Sujeito composto.ppt
AULA 19- CONCORDÂNCIA VERBAL II - Sujeito composto.ppt
Caroline Assis
 
AULA 20- Funções da palavra QUE.ppt
AULA 20- Funções da palavra QUE.pptAULA 20- Funções da palavra QUE.ppt
AULA 20- Funções da palavra QUE.ppt
Caroline Assis
 
AULA 17- CONCORDÂNCIA NOMINAL - Casos especiais.ppt
AULA 17- CONCORDÂNCIA NOMINAL - Casos especiais.pptAULA 17- CONCORDÂNCIA NOMINAL - Casos especiais.ppt
AULA 17- CONCORDÂNCIA NOMINAL - Casos especiais.ppt
Caroline Assis
 
Gêneros Textuais.ppt
Gêneros Textuais.pptGêneros Textuais.ppt
Gêneros Textuais.ppt
Caroline Assis
 
LINGUAGEM VERBAL NÃO VERBAL E MISTA - 2 ANO.pptx
LINGUAGEM VERBAL NÃO VERBAL E MISTA - 2 ANO.pptxLINGUAGEM VERBAL NÃO VERBAL E MISTA - 2 ANO.pptx
LINGUAGEM VERBAL NÃO VERBAL E MISTA - 2 ANO.pptx
Caroline Assis
 
Inferência e subentendido.ppt
Inferência e subentendido.pptInferência e subentendido.ppt
Inferência e subentendido.ppt
Caroline Assis
 
PREPOSIÇÃO.pptx
PREPOSIÇÃO.pptxPREPOSIÇÃO.pptx
PREPOSIÇÃO.pptx
Caroline Assis
 
AMBIGUIDADE - 2 ANO.ppt
AMBIGUIDADE - 2 ANO.pptAMBIGUIDADE - 2 ANO.ppt
AMBIGUIDADE - 2 ANO.ppt
Caroline Assis
 
ADJETIVO NA CONSTRUÇÃO DOS SENTIDOS.ppt
ADJETIVO NA CONSTRUÇÃO DOS SENTIDOS.pptADJETIVO NA CONSTRUÇÃO DOS SENTIDOS.ppt
ADJETIVO NA CONSTRUÇÃO DOS SENTIDOS.ppt
Caroline Assis
 
A construção dos sentidos - Denotação e Conotação.ppt
A construção dos sentidos - Denotação e Conotação.pptA construção dos sentidos - Denotação e Conotação.ppt
A construção dos sentidos - Denotação e Conotação.ppt
Caroline Assis
 
DENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO - 1 ANO.pptx
DENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO - 1 ANO.pptxDENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO - 1 ANO.pptx
DENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO - 1 ANO.pptx
Caroline Assis
 

Mais de Caroline Assis (20)

INTERJEIÇÃO.pptx
INTERJEIÇÃO.pptxINTERJEIÇÃO.pptx
INTERJEIÇÃO.pptx
 
Diferentes formas de tratar uma informação.pptx
Diferentes formas de tratar uma informação.pptxDiferentes formas de tratar uma informação.pptx
Diferentes formas de tratar uma informação.pptx
 
Gênero Charge e Cartum.pptx
Gênero Charge e Cartum.pptxGênero Charge e Cartum.pptx
Gênero Charge e Cartum.pptx
 
Finalidade discursiva dos textos.pptx
Finalidade discursiva dos textos.pptxFinalidade discursiva dos textos.pptx
Finalidade discursiva dos textos.pptx
 
ARTIGO.pptx
ARTIGO.pptxARTIGO.pptx
ARTIGO.pptx
 
AULA 24- EMPREGO DA CRASE I.ppt
AULA 24- EMPREGO DA CRASE I.pptAULA 24- EMPREGO DA CRASE I.ppt
AULA 24- EMPREGO DA CRASE I.ppt
 
AULA 18- CONCORDÂNCIA VERBAL I - Sujeito simples.ppt
AULA 18- CONCORDÂNCIA VERBAL I - Sujeito simples.pptAULA 18- CONCORDÂNCIA VERBAL I - Sujeito simples.ppt
AULA 18- CONCORDÂNCIA VERBAL I - Sujeito simples.ppt
 
AULA 22- REGÊNCIA VERBAL I.ppt
AULA 22- REGÊNCIA VERBAL I.pptAULA 22- REGÊNCIA VERBAL I.ppt
AULA 22- REGÊNCIA VERBAL I.ppt
 
AULA 21- Funções do SE.ppt
AULA 21- Funções do SE.pptAULA 21- Funções do SE.ppt
AULA 21- Funções do SE.ppt
 
AULA 19- CONCORDÂNCIA VERBAL II - Sujeito composto.ppt
AULA 19- CONCORDÂNCIA VERBAL II - Sujeito composto.pptAULA 19- CONCORDÂNCIA VERBAL II - Sujeito composto.ppt
AULA 19- CONCORDÂNCIA VERBAL II - Sujeito composto.ppt
 
AULA 20- Funções da palavra QUE.ppt
AULA 20- Funções da palavra QUE.pptAULA 20- Funções da palavra QUE.ppt
AULA 20- Funções da palavra QUE.ppt
 
AULA 17- CONCORDÂNCIA NOMINAL - Casos especiais.ppt
AULA 17- CONCORDÂNCIA NOMINAL - Casos especiais.pptAULA 17- CONCORDÂNCIA NOMINAL - Casos especiais.ppt
AULA 17- CONCORDÂNCIA NOMINAL - Casos especiais.ppt
 
Gêneros Textuais.ppt
Gêneros Textuais.pptGêneros Textuais.ppt
Gêneros Textuais.ppt
 
LINGUAGEM VERBAL NÃO VERBAL E MISTA - 2 ANO.pptx
LINGUAGEM VERBAL NÃO VERBAL E MISTA - 2 ANO.pptxLINGUAGEM VERBAL NÃO VERBAL E MISTA - 2 ANO.pptx
LINGUAGEM VERBAL NÃO VERBAL E MISTA - 2 ANO.pptx
 
Inferência e subentendido.ppt
Inferência e subentendido.pptInferência e subentendido.ppt
Inferência e subentendido.ppt
 
PREPOSIÇÃO.pptx
PREPOSIÇÃO.pptxPREPOSIÇÃO.pptx
PREPOSIÇÃO.pptx
 
AMBIGUIDADE - 2 ANO.ppt
AMBIGUIDADE - 2 ANO.pptAMBIGUIDADE - 2 ANO.ppt
AMBIGUIDADE - 2 ANO.ppt
 
ADJETIVO NA CONSTRUÇÃO DOS SENTIDOS.ppt
ADJETIVO NA CONSTRUÇÃO DOS SENTIDOS.pptADJETIVO NA CONSTRUÇÃO DOS SENTIDOS.ppt
ADJETIVO NA CONSTRUÇÃO DOS SENTIDOS.ppt
 
A construção dos sentidos - Denotação e Conotação.ppt
A construção dos sentidos - Denotação e Conotação.pptA construção dos sentidos - Denotação e Conotação.ppt
A construção dos sentidos - Denotação e Conotação.ppt
 
DENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO - 1 ANO.pptx
DENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO - 1 ANO.pptxDENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO - 1 ANO.pptx
DENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO - 1 ANO.pptx
 

AULA 23- REGÊNCIA VERBAL II.ppt

  • 1. REGÊNCIA VERBAL II PROFESSOR VICTOR ALAN Aula 23 PORTUGUÊS 4: GRAMÁTICA
  • 2. Prof. VICTOR ALAN PORTUGUÊS 4 – Regência verbal II O verbo é transitivo direto e indireto, assim ele exige um complemento sem e outro com preposição: Informei o acontecimento aos professores. 10. Informar
  • 3. Prof. VICTOR ALAN PORTUGUÊS 4 – Regência verbal II O verbo ir é regido pela preposição “a”: Vou à biblioteca. 11. Ir
  • 4. PORTUGUÊS 4 – Regência verbal II a) com o sentido de consequência, o verbo implicar é transitivo direto, logo não exige preposição: O seu pedido implicará um novo orçamento. b) com o sentido de embirrar, é transitivo indireto, logo exige preposição: Implica com tudo! 12. Implicar
  • 5. PORTUGUÊS 4 – Regência verbal II O verbo morar é regido pela preposição “em”: Mora no fim da rua. 13. Morar
  • 6. PORTUGUÊS 4 – Regência verbal II O verbo namorar é transitivo direto, apesar de as pessoas o usarem sempre seguido de preposição: Namorou Maria durante anos. "Namorou com Maria durante anos" não é gramaticalmente aceito. 14. Namorar
  • 7. PORTUGUÊS 4 – Regência verbal II O verbo preferir é transitivo direto e indireto. Assim: Prefiro carne a peixe. 15. Preferir
  • 8. PORTUGUÊS 4 – Regência verbal II O verbo simpatizar é transitivo indireto e exige a preposição "com": Simpatiza com os mais velhinhos. 16. Simpatizar
  • 9. PORTUGUÊS 4 – Regência verbal II a) com o sentido de convocar não exige complemento com preposição: Chama o Pedro! b) com o sentido de apelidar exige complementos com e sem preposição: Chamou ao João de Mauricinho. Chamou João de Mauricinho. Chamou ao João Mauricinho. Chamou João Mauricinho. 17. Chamar
  • 10. PORTUGUÊS 4 – Regência verbal II a) quando informamos o que pagamos o complemento não tem preposição: Paga o sorvete? b) quando informamos a quem pagamos o complemento exige preposição: Paga o sorvete ao dono do bar. 18. Pagar