SlideShare uma empresa Scribd logo
Técnico em Informática
Manutenção e Configuração de Hardware
Aula 2 – Noções Básicas de Eletricidade
Prof. Vitor Hugo Melo Araújo
ÁTOMO E MATÉRIA
Matéria é TUDO que constitui o universo.
A matéria não pode ser criada nem destruída, somente
modificada.
ÁTOMO E MATÉRIA
Todas as substâncias são formadas de pequenas partículas
chamadas átomos.
Os gregos antigos foram os primeiros, a saber, que a
matéria é formada por tais partículas, as quais chamaram
átomo, que significa indivisível. Os átomos, porém são
compostos de partículas menores: os prótons, os nêutrons
e os elétrons. No átomo, os elétrons orbitam no núcleo,
que contém prótons e nêutrons.
ÁTOMO E MATÉRIA
- Núcleo
Prótons: Cargas Positivas
Nêutrons: Cargas Neutras
- Camada de Valência
Elétrons: Cargas Negativas
HISTÓRIA DA ELETRICIDADE
Elétrons são minúsculas partículas que vagueiam
aleatoriamente ao redor do núcleo central do átomo.
A corrente elétrica que abastece com energia as nossas
casas é proveniente de elétrons em movimento.
HISTÓRIA DA ELETRICIDADE
Foi descoberta por um filosofo grego chamado Tales de
Mileto que, ao esfregar um âmbar a um pedaço de pele de
carneiro, observou que pedaços de palhas e fragmentos de
madeira começaram a ser atraídas pelo próprio âmbar.
Do âmbar (gr. élektron) surgiu o nome eletricidade.
O conhecimento da eletricidade foi o impulso para a
invenção de motores, geradores, telefones, radio e
televisão, raios-X, computadores e sistemas de energia
nuclear. A eletricidade é uma necessidade para a civilização
moderna.
TENSÃO ELÉTRICA
Tensão elétrica é a Diferença De Potencial
Elétrico(DDP), entre dois pontos.
A tensão elétrica também pode ser
explicada como a quantidade de energia
gerada para movimentar um elétron para
um único sentido.
Unidade de Medida: Volts (V)
+ -
DDP
Alessandro Volta
1745-1827
CORRENTE ELÉTRICA
É o fluxo ordenador de elétrons livres em
um condutor.
Unidades de Medida: Ampère (A)
André-Marie Ampère
1775 - 1836
RESISTÊNCIA ELÉTRICA
É a oposição a passagem de corrente
elétrica.
Unidades de Medida: Ohm(Ω)
Georg Simon Ohm
1789 – 1854
LEI DE OHM
Georg Simon Ohm
1789 – 1854
“Em um Bipolo ôhmico, a tensão aplicada
aos seus terminais é diretamente
proporcional à intensidade de corrente que
o atravessa.” A partir dessa definição,
podemos escrever a Lei de Ohm:
LEI DE OHM
POTÊNCIA ELÉTRICA
É a capacidade de realizar trabalho em
um certo tempo, a partir da energia
elétrica.
Unidades de Medida: Watt (W)
James Watt
1736 - 1819
POTÊNCIA ELÉTRICA EM CC
Essa potencia depende da tensão aplicada e da
corrente que circula em seus terminais.
Sendo assim:
P = V x I
Outras fórmulas
P= R x I² P= V²
R
POTÊNCIA ELÉTRICA EM CC
AC / DC
POTÊNCIA ELÉTRICA EM AC
James Watt
1736 - 1819
Os efeitos da potência que percebemos
em casa como já vimos, é o produto da
tensão pela corrente sua unidade de
medida é o VA.
Além disso ela é resultante de outras
duas potências:
 Potência Ativa
 Potência Reativa
POTÊNCIA ELÉTRICA EM AC
 Potencia Ativa
A potência ativa é a parcela
efetivamente transformada em:
A unidade de medida é o Volt-Ampère (VA).
POTÊNCIA ELÉTRICA EM AC
Potência reativa
A potência reativa é a parcela
transformada em campo magnético.
Necessário para o funcionamento
A unidade de medida é o Volt-Ampère reativo (Var).
CONDUTORES E ISOLANTES
Condutores
Ouro
Prata
Cobre
Alumínio
Constantan
Níquel-Cromo
Isolantes
Borracha
Madeira
Plástico
Cerâmica
Vidro
EXERCÍCIOS
Técnico em Informática
Manutenção e Configuração de Hardware
Aula 2 – Noções Básicas de Eletricidade
Prof. Vitor Hugo Melo Araújo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Circuitos de corrente continua
Circuitos de corrente continuaCircuitos de corrente continua
Circuitos de corrente continua
Ualasse Fernando Santos Silva
 
Aula 3 corrente contínua e corrente alternada
Aula 3 corrente contínua e corrente alternadaAula 3 corrente contínua e corrente alternada
Aula 3 corrente contínua e corrente alternada
Vander Bernardi
 
Aterramento
AterramentoAterramento
Aterramento
FRANCESCO GALGANO
 
Corrente elétrica Fisica
Corrente elétrica FisicaCorrente elétrica Fisica
Corrente elétrica Fisica
Lucas Pinheiro
 
Resistores
ResistoresResistores
Resistores
jessica Nogueira
 
Geração, transmissão e distribuição de energia
Geração, transmissão e distribuição de energiaGeração, transmissão e distribuição de energia
Geração, transmissão e distribuição de energia
DiegoAugusto86
 
A resistência elétrica
A resistência elétricaA resistência elétrica
A resistência elétrica
Gabriela Vasconcelos
 
07 potencia elétrica
07  potencia elétrica07  potencia elétrica
07 potencia elétrica
Bruno De Siqueira Costa
 
Circuito em séria, paralelo e misto
Circuito em séria, paralelo e mistoCircuito em séria, paralelo e misto
Circuito em séria, paralelo e misto
John Marcos Souza
 
Circuitos elétricos
Circuitos elétricosCircuitos elétricos
Circuitos elétricos
fisicaatual
 
Eletrostatica
EletrostaticaEletrostatica
Conceitos de aterramento
Conceitos de aterramentoConceitos de aterramento
Conceitos de aterramento
Paulo H Bueno
 
Sistema de Aterramento e SPDA
Sistema de Aterramento e SPDASistema de Aterramento e SPDA
Sistema de Aterramento e SPDA
Rodrigo Campos
 
Esquemas de aterramento
Esquemas de aterramentoEsquemas de aterramento
Esquemas de aterramento
Ellen Albuquerque
 
Energia e Potência Eléctrica
Energia e Potência EléctricaEnergia e Potência Eléctrica
Energia e Potência Eléctrica
Belchior Duarte
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
O mundo da FÍSICA
 
Circuitos Eletricos
Circuitos EletricosCircuitos Eletricos
Circuitos Eletricos
guest003822
 
Relatório de Física - Atuação Eletrostática
Relatório de Física - Atuação EletrostáticaRelatório de Física - Atuação Eletrostática
Relatório de Física - Atuação Eletrostática
Victor Said
 
Carga elétrica e eletrização
Carga elétrica e eletrizaçãoCarga elétrica e eletrização
Carga elétrica e eletrização
Prof. JC
 
Guia do eletricista
Guia do eletricistaGuia do eletricista
Guia do eletricista
Dulciney Figueiredo
 

Mais procurados (20)

Circuitos de corrente continua
Circuitos de corrente continuaCircuitos de corrente continua
Circuitos de corrente continua
 
Aula 3 corrente contínua e corrente alternada
Aula 3 corrente contínua e corrente alternadaAula 3 corrente contínua e corrente alternada
Aula 3 corrente contínua e corrente alternada
 
Aterramento
AterramentoAterramento
Aterramento
 
Corrente elétrica Fisica
Corrente elétrica FisicaCorrente elétrica Fisica
Corrente elétrica Fisica
 
Resistores
ResistoresResistores
Resistores
 
Geração, transmissão e distribuição de energia
Geração, transmissão e distribuição de energiaGeração, transmissão e distribuição de energia
Geração, transmissão e distribuição de energia
 
A resistência elétrica
A resistência elétricaA resistência elétrica
A resistência elétrica
 
07 potencia elétrica
07  potencia elétrica07  potencia elétrica
07 potencia elétrica
 
Circuito em séria, paralelo e misto
Circuito em séria, paralelo e mistoCircuito em séria, paralelo e misto
Circuito em séria, paralelo e misto
 
Circuitos elétricos
Circuitos elétricosCircuitos elétricos
Circuitos elétricos
 
Eletrostatica
EletrostaticaEletrostatica
Eletrostatica
 
Conceitos de aterramento
Conceitos de aterramentoConceitos de aterramento
Conceitos de aterramento
 
Sistema de Aterramento e SPDA
Sistema de Aterramento e SPDASistema de Aterramento e SPDA
Sistema de Aterramento e SPDA
 
Esquemas de aterramento
Esquemas de aterramentoEsquemas de aterramento
Esquemas de aterramento
 
Energia e Potência Eléctrica
Energia e Potência EléctricaEnergia e Potência Eléctrica
Energia e Potência Eléctrica
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
 
Circuitos Eletricos
Circuitos EletricosCircuitos Eletricos
Circuitos Eletricos
 
Relatório de Física - Atuação Eletrostática
Relatório de Física - Atuação EletrostáticaRelatório de Física - Atuação Eletrostática
Relatório de Física - Atuação Eletrostática
 
Carga elétrica e eletrização
Carga elétrica e eletrizaçãoCarga elétrica e eletrização
Carga elétrica e eletrização
 
Guia do eletricista
Guia do eletricistaGuia do eletricista
Guia do eletricista
 

Destaque

Aula 5 - Modelo de Entidade e Relacionamento - MER
Aula 5 - Modelo de Entidade e Relacionamento - MER Aula 5 - Modelo de Entidade e Relacionamento - MER
Aula 5 - Modelo de Entidade e Relacionamento - MER
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 14 – Portas lógicas e suas funções
Aula 14 – Portas lógicas e suas funçõesAula 14 – Portas lógicas e suas funções
Aula 14 – Portas lógicas e suas funções
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 4 - História e evolução dos Computadores
Aula 4 - História e evolução dos ComputadoresAula 4 - História e evolução dos Computadores
Aula 4 - História e evolução dos Computadores
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 3 - Sistemas e Modelos de Dados
Aula 3 - Sistemas e Modelos de DadosAula 3 - Sistemas e Modelos de Dados
Aula 3 - Sistemas e Modelos de Dados
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 3 sistema computacional (hardware e software)
Aula 3   sistema computacional (hardware e software)Aula 3   sistema computacional (hardware e software)
Aula 3 sistema computacional (hardware e software)
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 6 - Montagem Básica de Microcomputadores II
Aula 6 - Montagem Básica de Microcomputadores II Aula 6 - Montagem Básica de Microcomputadores II
Aula 6 - Montagem Básica de Microcomputadores II
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 5 - Montagem Básica de Microcomputadores I
Aula 5 - Montagem Básica de Microcomputadores IAula 5 - Montagem Básica de Microcomputadores I
Aula 5 - Montagem Básica de Microcomputadores I
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados
Aula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de DadosAula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados
Aula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 2 - Introdução aos conceitos básicos
Aula 2 - Introdução aos conceitos básicosAula 2 - Introdução aos conceitos básicos
Aula 2 - Introdução aos conceitos básicos
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 8 – Componentes de um computador
Aula 8 – Componentes de um computadorAula 8 – Componentes de um computador
Aula 8 – Componentes de um computador
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 6 - Cardinalidade
Aula 6 - CardinalidadeAula 6 - Cardinalidade
Aula 6 - Cardinalidade
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 4 - Noções Básicas de Eletricidade (continuação)
Aula 4 - Noções Básicas de Eletricidade (continuação)Aula 4 - Noções Básicas de Eletricidade (continuação)
Aula 4 - Noções Básicas de Eletricidade (continuação)
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 7 - Montagem Básica de Microcomputadores III
Aula 7 - Montagem Básica de Microcomputadores IIIAula 7 - Montagem Básica de Microcomputadores III
Aula 7 - Montagem Básica de Microcomputadores III
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 12 – Sistema de Numeração (Conversão de Bases)
Aula 12 – Sistema de Numeração (Conversão de Bases)Aula 12 – Sistema de Numeração (Conversão de Bases)
Aula 12 – Sistema de Numeração (Conversão de Bases)
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 2 - Introdução a Banco de Dados
Aula 2 - Introdução a Banco de DadosAula 2 - Introdução a Banco de Dados
Aula 2 - Introdução a Banco de Dados
Vitor Hugo Melo Araújo
 
Aula 11 – Informação e a sua Representação
Aula 11 – Informação e a sua RepresentaçãoAula 11 – Informação e a sua Representação
Aula 11 – Informação e a sua Representação
Vitor Hugo Melo Araújo
 

Destaque (16)

Aula 5 - Modelo de Entidade e Relacionamento - MER
Aula 5 - Modelo de Entidade e Relacionamento - MER Aula 5 - Modelo de Entidade e Relacionamento - MER
Aula 5 - Modelo de Entidade e Relacionamento - MER
 
Aula 14 – Portas lógicas e suas funções
Aula 14 – Portas lógicas e suas funçõesAula 14 – Portas lógicas e suas funções
Aula 14 – Portas lógicas e suas funções
 
Aula 4 - História e evolução dos Computadores
Aula 4 - História e evolução dos ComputadoresAula 4 - História e evolução dos Computadores
Aula 4 - História e evolução dos Computadores
 
Aula 3 - Sistemas e Modelos de Dados
Aula 3 - Sistemas e Modelos de DadosAula 3 - Sistemas e Modelos de Dados
Aula 3 - Sistemas e Modelos de Dados
 
Aula 3 sistema computacional (hardware e software)
Aula 3   sistema computacional (hardware e software)Aula 3   sistema computacional (hardware e software)
Aula 3 sistema computacional (hardware e software)
 
Aula 6 - Montagem Básica de Microcomputadores II
Aula 6 - Montagem Básica de Microcomputadores II Aula 6 - Montagem Básica de Microcomputadores II
Aula 6 - Montagem Básica de Microcomputadores II
 
Aula 5 - Montagem Básica de Microcomputadores I
Aula 5 - Montagem Básica de Microcomputadores IAula 5 - Montagem Básica de Microcomputadores I
Aula 5 - Montagem Básica de Microcomputadores I
 
Aula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados
Aula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de DadosAula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados
Aula 4 - Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados
 
Aula 2 - Introdução aos conceitos básicos
Aula 2 - Introdução aos conceitos básicosAula 2 - Introdução aos conceitos básicos
Aula 2 - Introdução aos conceitos básicos
 
Aula 8 – Componentes de um computador
Aula 8 – Componentes de um computadorAula 8 – Componentes de um computador
Aula 8 – Componentes de um computador
 
Aula 6 - Cardinalidade
Aula 6 - CardinalidadeAula 6 - Cardinalidade
Aula 6 - Cardinalidade
 
Aula 4 - Noções Básicas de Eletricidade (continuação)
Aula 4 - Noções Básicas de Eletricidade (continuação)Aula 4 - Noções Básicas de Eletricidade (continuação)
Aula 4 - Noções Básicas de Eletricidade (continuação)
 
Aula 7 - Montagem Básica de Microcomputadores III
Aula 7 - Montagem Básica de Microcomputadores IIIAula 7 - Montagem Básica de Microcomputadores III
Aula 7 - Montagem Básica de Microcomputadores III
 
Aula 12 – Sistema de Numeração (Conversão de Bases)
Aula 12 – Sistema de Numeração (Conversão de Bases)Aula 12 – Sistema de Numeração (Conversão de Bases)
Aula 12 – Sistema de Numeração (Conversão de Bases)
 
Aula 2 - Introdução a Banco de Dados
Aula 2 - Introdução a Banco de DadosAula 2 - Introdução a Banco de Dados
Aula 2 - Introdução a Banco de Dados
 
Aula 11 – Informação e a sua Representação
Aula 11 – Informação e a sua RepresentaçãoAula 11 – Informação e a sua Representação
Aula 11 – Informação e a sua Representação
 

Semelhante a Aula 2 - Noções Básicas de Eletricidade

2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 20052 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
Santos de Castro
 
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 20052 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
Santos de Castro
 
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 20052 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
Santos de Castro
 
Nr 10 curso básico
Nr 10 curso básicoNr 10 curso básico
Nr 10 curso básico
Leo Monteiro
 
Estrutura da matéria prof Ivanise Meyer
Estrutura da matéria  prof Ivanise MeyerEstrutura da matéria  prof Ivanise Meyer
Estrutura da matéria prof Ivanise Meyer
Ivanise Meyer
 
Apostila de eletricidade básica para alunos fatec
Apostila de eletricidade básica para alunos fatecApostila de eletricidade básica para alunos fatec
Apostila de eletricidade básica para alunos fatec
redesinforma
 
Trabalho De F.Q Electricidade
Trabalho De F.Q ElectricidadeTrabalho De F.Q Electricidade
Trabalho De F.Q Electricidade
guestc44d79
 
Trabalho De F.Q Electricidade
Trabalho De F.Q ElectricidadeTrabalho De F.Q Electricidade
Trabalho De F.Q Electricidade
guestc44d79
 
Eletricidade.pptx
Eletricidade.pptxEletricidade.pptx
Eletricidade.pptx
MariaAuxiliadoraCamp3
 
ELETRODINÂMICA.ppt
ELETRODINÂMICA.pptELETRODINÂMICA.ppt
ELETRODINÂMICA.ppt
Elifabio Sobreira Pereira
 
Excel Básico Nova Apresentação Excel Básico.pptx
Excel Básico Nova Apresentação Excel Básico.pptxExcel Básico Nova Apresentação Excel Básico.pptx
Excel Básico Nova Apresentação Excel Básico.pptx
WagnerSantiago2
 
Apostila eletricidade - (ita)
Apostila   eletricidade - (ita)Apostila   eletricidade - (ita)
Apostila eletricidade - (ita)
lugu13
 
Aula de Física Aplicada - Conceitos de eletrodinâmica
Aula de Física Aplicada - Conceitos de eletrodinâmicaAula de Física Aplicada - Conceitos de eletrodinâmica
Aula de Física Aplicada - Conceitos de eletrodinâmica
debvieir
 
AULA-001---INTRODUCAO-A-ELETRICIDADE_0e1b4c3acede42b089824cabaae4d3ed.pdf
AULA-001---INTRODUCAO-A-ELETRICIDADE_0e1b4c3acede42b089824cabaae4d3ed.pdfAULA-001---INTRODUCAO-A-ELETRICIDADE_0e1b4c3acede42b089824cabaae4d3ed.pdf
AULA-001---INTRODUCAO-A-ELETRICIDADE_0e1b4c3acede42b089824cabaae4d3ed.pdf
RaykellyAlves
 
Apostila eletricidade vol 1
Apostila eletricidade vol 1Apostila eletricidade vol 1
Apostila eletricidade vol 1
erickfurtado
 
Apostila eletricidade vol 1
Apostila eletricidade vol 1Apostila eletricidade vol 1
Apostila eletricidade vol 1
secretaria da educação de PE
 
Fundamentos eletroeletronica
Fundamentos eletroeletronicaFundamentos eletroeletronica
Fundamentos eletroeletronica
luizmavinier
 
Eletricidade capítulo 01
Eletricidade capítulo 01Eletricidade capítulo 01
Eletricidade capítulo 01
Antonio Tadeu Segat
 
Física 3 ano.pdf
Física 3 ano.pdfFísica 3 ano.pdf
Física 3 ano.pdf
MayconMagri1
 
Eletricidade
EletricidadeEletricidade
Eletricidade
Saulo Costa
 

Semelhante a Aula 2 - Noções Básicas de Eletricidade (20)

2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 20052 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
 
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 20052 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
 
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 20052 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
2 C NoçõEs De Eletricidade 13 11 2005
 
Nr 10 curso básico
Nr 10 curso básicoNr 10 curso básico
Nr 10 curso básico
 
Estrutura da matéria prof Ivanise Meyer
Estrutura da matéria  prof Ivanise MeyerEstrutura da matéria  prof Ivanise Meyer
Estrutura da matéria prof Ivanise Meyer
 
Apostila de eletricidade básica para alunos fatec
Apostila de eletricidade básica para alunos fatecApostila de eletricidade básica para alunos fatec
Apostila de eletricidade básica para alunos fatec
 
Trabalho De F.Q Electricidade
Trabalho De F.Q ElectricidadeTrabalho De F.Q Electricidade
Trabalho De F.Q Electricidade
 
Trabalho De F.Q Electricidade
Trabalho De F.Q ElectricidadeTrabalho De F.Q Electricidade
Trabalho De F.Q Electricidade
 
Eletricidade.pptx
Eletricidade.pptxEletricidade.pptx
Eletricidade.pptx
 
ELETRODINÂMICA.ppt
ELETRODINÂMICA.pptELETRODINÂMICA.ppt
ELETRODINÂMICA.ppt
 
Excel Básico Nova Apresentação Excel Básico.pptx
Excel Básico Nova Apresentação Excel Básico.pptxExcel Básico Nova Apresentação Excel Básico.pptx
Excel Básico Nova Apresentação Excel Básico.pptx
 
Apostila eletricidade - (ita)
Apostila   eletricidade - (ita)Apostila   eletricidade - (ita)
Apostila eletricidade - (ita)
 
Aula de Física Aplicada - Conceitos de eletrodinâmica
Aula de Física Aplicada - Conceitos de eletrodinâmicaAula de Física Aplicada - Conceitos de eletrodinâmica
Aula de Física Aplicada - Conceitos de eletrodinâmica
 
AULA-001---INTRODUCAO-A-ELETRICIDADE_0e1b4c3acede42b089824cabaae4d3ed.pdf
AULA-001---INTRODUCAO-A-ELETRICIDADE_0e1b4c3acede42b089824cabaae4d3ed.pdfAULA-001---INTRODUCAO-A-ELETRICIDADE_0e1b4c3acede42b089824cabaae4d3ed.pdf
AULA-001---INTRODUCAO-A-ELETRICIDADE_0e1b4c3acede42b089824cabaae4d3ed.pdf
 
Apostila eletricidade vol 1
Apostila eletricidade vol 1Apostila eletricidade vol 1
Apostila eletricidade vol 1
 
Apostila eletricidade vol 1
Apostila eletricidade vol 1Apostila eletricidade vol 1
Apostila eletricidade vol 1
 
Fundamentos eletroeletronica
Fundamentos eletroeletronicaFundamentos eletroeletronica
Fundamentos eletroeletronica
 
Eletricidade capítulo 01
Eletricidade capítulo 01Eletricidade capítulo 01
Eletricidade capítulo 01
 
Física 3 ano.pdf
Física 3 ano.pdfFísica 3 ano.pdf
Física 3 ano.pdf
 
Eletricidade
EletricidadeEletricidade
Eletricidade
 

Último

Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 

Último (20)

Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 

Aula 2 - Noções Básicas de Eletricidade

  • 1. Técnico em Informática Manutenção e Configuração de Hardware Aula 2 – Noções Básicas de Eletricidade Prof. Vitor Hugo Melo Araújo
  • 2. ÁTOMO E MATÉRIA Matéria é TUDO que constitui o universo. A matéria não pode ser criada nem destruída, somente modificada.
  • 3. ÁTOMO E MATÉRIA Todas as substâncias são formadas de pequenas partículas chamadas átomos. Os gregos antigos foram os primeiros, a saber, que a matéria é formada por tais partículas, as quais chamaram átomo, que significa indivisível. Os átomos, porém são compostos de partículas menores: os prótons, os nêutrons e os elétrons. No átomo, os elétrons orbitam no núcleo, que contém prótons e nêutrons.
  • 4. ÁTOMO E MATÉRIA - Núcleo Prótons: Cargas Positivas Nêutrons: Cargas Neutras - Camada de Valência Elétrons: Cargas Negativas
  • 5. HISTÓRIA DA ELETRICIDADE Elétrons são minúsculas partículas que vagueiam aleatoriamente ao redor do núcleo central do átomo. A corrente elétrica que abastece com energia as nossas casas é proveniente de elétrons em movimento.
  • 6. HISTÓRIA DA ELETRICIDADE Foi descoberta por um filosofo grego chamado Tales de Mileto que, ao esfregar um âmbar a um pedaço de pele de carneiro, observou que pedaços de palhas e fragmentos de madeira começaram a ser atraídas pelo próprio âmbar. Do âmbar (gr. élektron) surgiu o nome eletricidade. O conhecimento da eletricidade foi o impulso para a invenção de motores, geradores, telefones, radio e televisão, raios-X, computadores e sistemas de energia nuclear. A eletricidade é uma necessidade para a civilização moderna.
  • 7. TENSÃO ELÉTRICA Tensão elétrica é a Diferença De Potencial Elétrico(DDP), entre dois pontos. A tensão elétrica também pode ser explicada como a quantidade de energia gerada para movimentar um elétron para um único sentido. Unidade de Medida: Volts (V) + - DDP Alessandro Volta 1745-1827
  • 8. CORRENTE ELÉTRICA É o fluxo ordenador de elétrons livres em um condutor. Unidades de Medida: Ampère (A) André-Marie Ampère 1775 - 1836
  • 9. RESISTÊNCIA ELÉTRICA É a oposição a passagem de corrente elétrica. Unidades de Medida: Ohm(Ω) Georg Simon Ohm 1789 – 1854
  • 10. LEI DE OHM Georg Simon Ohm 1789 – 1854 “Em um Bipolo ôhmico, a tensão aplicada aos seus terminais é diretamente proporcional à intensidade de corrente que o atravessa.” A partir dessa definição, podemos escrever a Lei de Ohm:
  • 12. POTÊNCIA ELÉTRICA É a capacidade de realizar trabalho em um certo tempo, a partir da energia elétrica. Unidades de Medida: Watt (W) James Watt 1736 - 1819
  • 13. POTÊNCIA ELÉTRICA EM CC Essa potencia depende da tensão aplicada e da corrente que circula em seus terminais. Sendo assim: P = V x I Outras fórmulas P= R x I² P= V² R
  • 16. POTÊNCIA ELÉTRICA EM AC James Watt 1736 - 1819 Os efeitos da potência que percebemos em casa como já vimos, é o produto da tensão pela corrente sua unidade de medida é o VA. Além disso ela é resultante de outras duas potências:  Potência Ativa  Potência Reativa
  • 17. POTÊNCIA ELÉTRICA EM AC  Potencia Ativa A potência ativa é a parcela efetivamente transformada em: A unidade de medida é o Volt-Ampère (VA).
  • 18. POTÊNCIA ELÉTRICA EM AC Potência reativa A potência reativa é a parcela transformada em campo magnético. Necessário para o funcionamento A unidade de medida é o Volt-Ampère reativo (Var).
  • 21. Técnico em Informática Manutenção e Configuração de Hardware Aula 2 – Noções Básicas de Eletricidade Prof. Vitor Hugo Melo Araújo