SlideShare uma empresa Scribd logo
Água x Recurso Hídrico
A água como substância
está presente em toda a
parte, mas o recurso
hídrico, entendido como o
um bem econômico e que
pode ser aproveitado pelo
ser humano dentro de
custos financeiros
razoáveis, é relativamente
mais escasso.
Água no mundo
• 75% da superfície terrestre é coberta de água (71% oceanos).
• 97,5% de toda água existente na terra é salgada.
• 2,5% do total é de água doce (68,9% nas Calotas Polares e
Geleiras, 29,9% nas reservas subterrâneas, 0,3% nos rios e lagos e
0,9% nos pântanos e outros)
• De 1950 para cá, triplicou o consumo de água doce no planeta.
• Há escassez hídrica em 23 países – 230 milhões de habitantes.
• 1,2 bilhões de habitantes tem menos água potável que o necessário.
• Áreas de conflito pelo uso dos recursos hídricos:
• Principalmente África e Oriente Médio
• Egito e Etiópia – rio Nilo
• Síria, Iraque e Turquia – rio Eufrates
• Jordânia e Israel – rio Jordão.
Principais problemas no mundo
• Demanda crescente nos diferentes tipos de utilização:
necessidades hídricas da população, industrialização,
produção hidroenergética e atividades agropecuárias.
• Poluição das águas superficiais e subsuperficiais.
• Erosão dos solos e assoreamento dos cursos d’água.
• Enchentes de cursos fluviais e ambientes lacustres
(ocupação indevida)
• Escassez em algumas regiões e desperdício em outras.
Aula 01: Água x Recursos Hídricos
Recursos Hídricos - Brasil
• Brasil possui 12% das reservas hídricas de água doce do
planeta.
• 80% estão na Bacia Amazônica para atender apenas 5%
da população brasileira
• 20% são para atender o restante do país, onde se
distribuem 95% da população.
• 40% da demanda nacional são efetuadas por captação
subterrânea.
• Calcula-se que 10 mil poços são perfurados por ano no
país.
Tempo médio de permanência (residência)
nos reservatórios naturais
Reservatórios Volume de
água (1000 k3)
Volume de água
(%)
Tempo de
permanência
Oceanos 1370000 94,2 Cerca de 3.000 anos
Águas
subterrâneas
60000 4,1 2 semanas a 10.000
anos
Calotas polares 24000 1,7 10 a 10.000 anos
Lagos/água doce 125 0,008 Cerca de 10 anos
Lagos/água
salgada
155 0,01 Cerca de 10 anos
Umidade do solo 80 0,005 2 semanas a 1 ano
Atmosfera 14 0,001 Cerca de 10 dias
Rios 2 0,0007 Cerca de 2 semanas
Distribuição e consumo de água doce
no mundo
Principais problemas no Brasil
Mentalidade de consumo hídrico que considera nossos
recursos inesgotáveis.
• Desmatamento das cabeceiras e margens dos rios.
• Assoreamento e erosão
• 50% da pop. Brasileira não tem suas casas ligadas a
redes de esgotos.
• 90% dos esgotos são despejados sem nenhum
tratamento nos rios
• 50% das águas nas grandes cidades são desperdiçadas,
tanto pelo uso perdulário como em vazamentos.
• Escassez nas grandes metrópoles. Ex. São Paulo, Belo
Horizonte, Rio de Janeiro, Recife.
Desperdício e Poluição
FECHAMENTO DO POÇO VIOLETA/PI
Uso dos recursos hídricos
• Em função de suas qualidades a água propicia
vários tipos de uso, isto é “múltiplos usos”, que
se classificam em dois: consultivos e não-
consultivos.
• Usos consultivos: quando há perdas entre o
que é retirado e o que retorna ao curso natural.
– abastecimento humano e animal;
– irrigação;
– abastecimento industrial.
• Usos não-consultivos: quando não há
perdas entre o que é retirado e o que
retorna ao curso natural.
– geração de energia;
– navegação;
– pesca;
– piscicultura;
– recreação e esportes;
– assimilação de esgotos urbanos e industriais
Quantos litros de água o homem vem
gastando ao longo da história:
• Homem 100 anos a. C. – 12 L/dia
•Homem Romano – 20 L/dia
•Homem século XIX – 40 à 60 L/dia
•Homem século XX – 800 L/dia
• Fonte: Revista Superinteressante, 1995
Aula 01: Água x Recursos Hídricos
PEGADA HÍDRICA
http://www.pegadahidrica.org/
http://www.pegadahidrica.org/
Categorias para analise dos recursos
hídricos
Fatores que influenciam a
disponibilidade dos recursos hídricos
- Quantidade e distribuição das precipitações
- Balanço de energia (determina a evapotranspiração)
- Morfologia do relevo (comanda a dinâmica dos fluxos de
água)
- Natureza e dimensão das formações geológicas
- Recobrimento vegetal natural
- Interação das espécies (participando na ciclagem dos
nutrientes)
- História paleogeográfica da região
- Uso e ocupação dos solos
Águas Superficiais
Aula 01: Água x Recursos Hídricos
Recursos Hídricos no Nordeste
Disponibilidade e demanda no Ceará
Aula 01: Água x Recursos Hídricos
• Instrumentos de Gestão dos Recursos
Hídricos estabelecidos pela Lei nº 9.433,
de 8 de janeiro de 1997; Capítulo IV;
Artigo 5º.
Plano de Recursos Hídricos
Enquadramento dos corpos de água em classes,
segundo os usos preponderantes da água
Outorga dos direitos de uso de recursos hídricos
Cobrança pelo uso de recursos hídricos
Sistema de Informações sobre recursos hídricos
Alternativas para armazenar água no semi-
árido

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A distribuição da água no planeta
A distribuição da água no planetaA distribuição da água no planeta
A distribuição da água no planeta
Mariana Cerveira
 
Geografia continente africano
Geografia   continente africanoGeografia   continente africano
Geografia continente africano
André Luiz Marques
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
Blog do Prof. Elienai
 
Bacias hidrográficas do Brasil
Bacias hidrográficas do BrasilBacias hidrográficas do Brasil
Bacias hidrográficas do Brasil
André Luiz Marques
 
A sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação doA sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação do
Professor
 
Aula Tempo e clima (Geografia 6o ano)
Aula Tempo e clima (Geografia 6o ano)Aula Tempo e clima (Geografia 6o ano)
Aula Tempo e clima (Geografia 6o ano)
Yasmim Ribeiro
 
Relevo
RelevoRelevo
Questão agrária no brasil
Questão agrária no brasilQuestão agrária no brasil
Questão agrária no brasil
Artur Lara
 
A regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilA regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasil
Professor
 
Hidrosfera 6º ano
Hidrosfera 6º anoHidrosfera 6º ano
Hidrosfera 6º ano
Márcia Dutra
 
Urbanização brasileira
Urbanização brasileiraUrbanização brasileira
Urbanização brasileira
Abner de Paula
 
áGuas oceanicas e mares
áGuas oceanicas e maresáGuas oceanicas e mares
áGuas oceanicas e mares
Fatima Freitas
 
Recursos naturais na América Latina
Recursos naturais na América LatinaRecursos naturais na América Latina
Recursos naturais na América Latina
Isabela Espíndola
 
Os continentes
Os continentesOs continentes
Os continentes
Gustavo Silva de Souza
 
Região Sudeste
Região SudesteRegião Sudeste
Região Sudeste
Prof. Francesco Torres
 
Estrutura interna da terra
Estrutura interna da terraEstrutura interna da terra
Recursos Hidricos no Brasil
Recursos Hidricos no BrasilRecursos Hidricos no Brasil
Recursos Hidricos no Brasil
Rodrigo Mesquita
 
Hidrografia
HidrografiaHidrografia
Problemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanosProblemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanos
Fatima Freitas
 
Fenômenos Atmosféricos
Fenômenos AtmosféricosFenômenos Atmosféricos
Fenômenos Atmosféricos
7 de Setembro
 

Mais procurados (20)

A distribuição da água no planeta
A distribuição da água no planetaA distribuição da água no planeta
A distribuição da água no planeta
 
Geografia continente africano
Geografia   continente africanoGeografia   continente africano
Geografia continente africano
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
 
Bacias hidrográficas do Brasil
Bacias hidrográficas do BrasilBacias hidrográficas do Brasil
Bacias hidrográficas do Brasil
 
A sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação doA sociedade de consumo e a degradação do
A sociedade de consumo e a degradação do
 
Aula Tempo e clima (Geografia 6o ano)
Aula Tempo e clima (Geografia 6o ano)Aula Tempo e clima (Geografia 6o ano)
Aula Tempo e clima (Geografia 6o ano)
 
Relevo
RelevoRelevo
Relevo
 
Questão agrária no brasil
Questão agrária no brasilQuestão agrária no brasil
Questão agrária no brasil
 
A regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilA regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasil
 
Hidrosfera 6º ano
Hidrosfera 6º anoHidrosfera 6º ano
Hidrosfera 6º ano
 
Urbanização brasileira
Urbanização brasileiraUrbanização brasileira
Urbanização brasileira
 
áGuas oceanicas e mares
áGuas oceanicas e maresáGuas oceanicas e mares
áGuas oceanicas e mares
 
Recursos naturais na América Latina
Recursos naturais na América LatinaRecursos naturais na América Latina
Recursos naturais na América Latina
 
Os continentes
Os continentesOs continentes
Os continentes
 
Região Sudeste
Região SudesteRegião Sudeste
Região Sudeste
 
Estrutura interna da terra
Estrutura interna da terraEstrutura interna da terra
Estrutura interna da terra
 
Recursos Hidricos no Brasil
Recursos Hidricos no BrasilRecursos Hidricos no Brasil
Recursos Hidricos no Brasil
 
Hidrografia
HidrografiaHidrografia
Hidrografia
 
Problemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanosProblemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanos
 
Fenômenos Atmosféricos
Fenômenos AtmosféricosFenômenos Atmosféricos
Fenômenos Atmosféricos
 

Destaque

Aula 02: Recursos Hídricos
Aula 02: Recursos HídricosAula 02: Recursos Hídricos
Aula 02: Recursos Hídricos
Lucas Soares
 
Recursos Hídricos
Recursos HídricosRecursos Hídricos
Recursos Hídricos
verasanches
 
Recursos hídricos
Recursos hídricosRecursos hídricos
Recursos hídricos
Ingrid Bispo
 
Recursos hidricos
Recursos hidricosRecursos hidricos
Recursos hidricos
Cristina Vitória
 
Bacias Hidrográficas - Parte I
Bacias Hidrográficas - Parte IBacias Hidrográficas - Parte I
Bacias Hidrográficas - Parte I
LCGRH UFC
 
Recursos Hídricos
Recursos HídricosRecursos Hídricos
Recursos Hídricos
Luiz Carlos
 
Introdução Águas Subterrâneas - Parte I
Introdução Águas Subterrâneas - Parte IIntrodução Águas Subterrâneas - Parte I
Introdução Águas Subterrâneas - Parte I
LCGRH UFC
 
Recursos hídricos
Recursos hídricosRecursos hídricos
Recursos hídricos
vidalalonsom
 
Recursos hídricos
Recursos hídricosRecursos hídricos
Recursos hídricos
Tânia Reis
 
Bacias Hidrográficas - Parte II
Bacias Hidrográficas - Parte IIBacias Hidrográficas - Parte II
Bacias Hidrográficas - Parte II
LCGRH UFC
 
Introdução Limnologia
Introdução LimnologiaIntrodução Limnologia
Introdução Limnologia
LCGRH UFC
 
Qualidade de água
Qualidade de água Qualidade de água
Qualidade de água
LCGRH UFC
 
Recursos Hídricos
Recursos HídricosRecursos Hídricos
Recursos Hídricos
GreenFacts
 
Gestão dos Recursos Hídricos
Gestão dos Recursos HídricosGestão dos Recursos Hídricos
Gestão dos Recursos Hídricos
Ana Daniela Castro do Nascimento
 
Águas Subterrâneas - Parte 2
Águas Subterrâneas - Parte 2Águas Subterrâneas - Parte 2
Águas Subterrâneas - Parte 2
LCGRH UFC
 
Gestao Recursos Hídricos
Gestao Recursos HídricosGestao Recursos Hídricos
Gestao Recursos Hídricos
Anabela Gonçalves
 
Powerpoint 1 Recursos HíDricos
Powerpoint 1   Recursos HíDricosPowerpoint 1   Recursos HíDricos
Powerpoint 1 Recursos HíDricos
Nuno Correia
 
Balanço Hídrico
Balanço Hídrico Balanço Hídrico
Balanço Hídrico
LCGRH UFC
 
Slides agua
Slides   aguaSlides   agua
Slides agua
marllacristtina
 
Recursos hídricos na amazônia
Recursos hídricos na amazôniaRecursos hídricos na amazônia
Recursos hídricos na amazônia
Rafaelle Luane
 

Destaque (20)

Aula 02: Recursos Hídricos
Aula 02: Recursos HídricosAula 02: Recursos Hídricos
Aula 02: Recursos Hídricos
 
Recursos Hídricos
Recursos HídricosRecursos Hídricos
Recursos Hídricos
 
Recursos hídricos
Recursos hídricosRecursos hídricos
Recursos hídricos
 
Recursos hidricos
Recursos hidricosRecursos hidricos
Recursos hidricos
 
Bacias Hidrográficas - Parte I
Bacias Hidrográficas - Parte IBacias Hidrográficas - Parte I
Bacias Hidrográficas - Parte I
 
Recursos Hídricos
Recursos HídricosRecursos Hídricos
Recursos Hídricos
 
Introdução Águas Subterrâneas - Parte I
Introdução Águas Subterrâneas - Parte IIntrodução Águas Subterrâneas - Parte I
Introdução Águas Subterrâneas - Parte I
 
Recursos hídricos
Recursos hídricosRecursos hídricos
Recursos hídricos
 
Recursos hídricos
Recursos hídricosRecursos hídricos
Recursos hídricos
 
Bacias Hidrográficas - Parte II
Bacias Hidrográficas - Parte IIBacias Hidrográficas - Parte II
Bacias Hidrográficas - Parte II
 
Introdução Limnologia
Introdução LimnologiaIntrodução Limnologia
Introdução Limnologia
 
Qualidade de água
Qualidade de água Qualidade de água
Qualidade de água
 
Recursos Hídricos
Recursos HídricosRecursos Hídricos
Recursos Hídricos
 
Gestão dos Recursos Hídricos
Gestão dos Recursos HídricosGestão dos Recursos Hídricos
Gestão dos Recursos Hídricos
 
Águas Subterrâneas - Parte 2
Águas Subterrâneas - Parte 2Águas Subterrâneas - Parte 2
Águas Subterrâneas - Parte 2
 
Gestao Recursos Hídricos
Gestao Recursos HídricosGestao Recursos Hídricos
Gestao Recursos Hídricos
 
Powerpoint 1 Recursos HíDricos
Powerpoint 1   Recursos HíDricosPowerpoint 1   Recursos HíDricos
Powerpoint 1 Recursos HíDricos
 
Balanço Hídrico
Balanço Hídrico Balanço Hídrico
Balanço Hídrico
 
Slides agua
Slides   aguaSlides   agua
Slides agua
 
Recursos hídricos na amazônia
Recursos hídricos na amazôniaRecursos hídricos na amazônia
Recursos hídricos na amazônia
 

Semelhante a Aula 01: Água x Recursos Hídricos

áGuas no brasil e no mundo
áGuas no brasil e no mundoáGuas no brasil e no mundo
áGuas no brasil e no mundo
Paulo Orlando
 
ESCASSEZ DE ÁGUA E OS CONFLITOS .
ESCASSEZ DE ÁGUA E OS CONFLITOS .ESCASSEZ DE ÁGUA E OS CONFLITOS .
ESCASSEZ DE ÁGUA E OS CONFLITOS .
Conceição Fontolan
 
3 agua no mundo, br e sc
3 agua no mundo, br e sc3 agua no mundo, br e sc
3 agua no mundo, br e sc
guest5b12783
 
Água Nosso Desafio
Água Nosso DesafioÁgua Nosso Desafio
Água Nosso Desafio
Guaraciara Lopes
 
Agua
AguaAgua
Hidrologia
HidrologiaHidrologia
Hidrologia
lipemodesto
 
Aula 1 -_p_hidrosanitarios
Aula 1 -_p_hidrosanitariosAula 1 -_p_hidrosanitarios
Aula 1 -_p_hidrosanitarios
Cainã Oliveira
 
Poluição e sobreexploração da água doce
Poluição e sobreexploração da água docePoluição e sobreexploração da água doce
Poluição e sobreexploração da água doce
Miguel Monteiro
 
Poluição e sobreexploração da água doce
Poluição e sobreexploração da água docePoluição e sobreexploração da água doce
Poluição e sobreexploração da água doce
Miguel Monteiro
 
A crise da água
A crise da águaA crise da água
Dinamica hidrografica
Dinamica hidrograficaDinamica hidrografica
Dinamica hidrografica
Débora Sales
 
1217257856 3968262
1217257856 39682621217257856 3968262
1217257856 3968262
Pelo Siro
 
A Água
A ÁguaA Água
A Água
Inês Mota
 
A água
A águaA água
A água
Inês Mota
 
Gestão da água - Seca em São Paulo
Gestão da água - Seca em São PauloGestão da água - Seca em São Paulo
Gestão da água - Seca em São Paulo
GUILHERME FRANÇA
 
Recursos hídricos patrícia , rute & susana
Recursos hídricos   patrícia , rute & susanaRecursos hídricos   patrícia , rute & susana
Recursos hídricos patrícia , rute & susana
Thepatriciamartins12
 
Fundamental 2
Fundamental 2Fundamental 2
Fundamental 2
Muni2015
 
ÁGUA. COM-VIDA ESCOLAR
ÁGUA. COM-VIDA ESCOLARÁGUA. COM-VIDA ESCOLAR
ÁGUA. COM-VIDA ESCOLAR
Paulo David
 
Degradação do Solo e Geopolítica das Águas
Degradação do Solo e Geopolítica das ÁguasDegradação do Solo e Geopolítica das Águas
Degradação do Solo e Geopolítica das Águas
Caio Sanches
 
A água
A  água A  água
A água
Beatriz Antunes
 

Semelhante a Aula 01: Água x Recursos Hídricos (20)

áGuas no brasil e no mundo
áGuas no brasil e no mundoáGuas no brasil e no mundo
áGuas no brasil e no mundo
 
ESCASSEZ DE ÁGUA E OS CONFLITOS .
ESCASSEZ DE ÁGUA E OS CONFLITOS .ESCASSEZ DE ÁGUA E OS CONFLITOS .
ESCASSEZ DE ÁGUA E OS CONFLITOS .
 
3 agua no mundo, br e sc
3 agua no mundo, br e sc3 agua no mundo, br e sc
3 agua no mundo, br e sc
 
Água Nosso Desafio
Água Nosso DesafioÁgua Nosso Desafio
Água Nosso Desafio
 
Agua
AguaAgua
Agua
 
Hidrologia
HidrologiaHidrologia
Hidrologia
 
Aula 1 -_p_hidrosanitarios
Aula 1 -_p_hidrosanitariosAula 1 -_p_hidrosanitarios
Aula 1 -_p_hidrosanitarios
 
Poluição e sobreexploração da água doce
Poluição e sobreexploração da água docePoluição e sobreexploração da água doce
Poluição e sobreexploração da água doce
 
Poluição e sobreexploração da água doce
Poluição e sobreexploração da água docePoluição e sobreexploração da água doce
Poluição e sobreexploração da água doce
 
A crise da água
A crise da águaA crise da água
A crise da água
 
Dinamica hidrografica
Dinamica hidrograficaDinamica hidrografica
Dinamica hidrografica
 
1217257856 3968262
1217257856 39682621217257856 3968262
1217257856 3968262
 
A Água
A ÁguaA Água
A Água
 
A água
A águaA água
A água
 
Gestão da água - Seca em São Paulo
Gestão da água - Seca em São PauloGestão da água - Seca em São Paulo
Gestão da água - Seca em São Paulo
 
Recursos hídricos patrícia , rute & susana
Recursos hídricos   patrícia , rute & susanaRecursos hídricos   patrícia , rute & susana
Recursos hídricos patrícia , rute & susana
 
Fundamental 2
Fundamental 2Fundamental 2
Fundamental 2
 
ÁGUA. COM-VIDA ESCOLAR
ÁGUA. COM-VIDA ESCOLARÁGUA. COM-VIDA ESCOLAR
ÁGUA. COM-VIDA ESCOLAR
 
Degradação do Solo e Geopolítica das Águas
Degradação do Solo e Geopolítica das ÁguasDegradação do Solo e Geopolítica das Águas
Degradação do Solo e Geopolítica das Águas
 
A água
A  água A  água
A água
 

Último

Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
tamirissousa11
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 

Último (20)

Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 

Aula 01: Água x Recursos Hídricos

  • 1. Água x Recurso Hídrico A água como substância está presente em toda a parte, mas o recurso hídrico, entendido como o um bem econômico e que pode ser aproveitado pelo ser humano dentro de custos financeiros razoáveis, é relativamente mais escasso.
  • 2. Água no mundo • 75% da superfície terrestre é coberta de água (71% oceanos). • 97,5% de toda água existente na terra é salgada. • 2,5% do total é de água doce (68,9% nas Calotas Polares e Geleiras, 29,9% nas reservas subterrâneas, 0,3% nos rios e lagos e 0,9% nos pântanos e outros) • De 1950 para cá, triplicou o consumo de água doce no planeta. • Há escassez hídrica em 23 países – 230 milhões de habitantes. • 1,2 bilhões de habitantes tem menos água potável que o necessário. • Áreas de conflito pelo uso dos recursos hídricos: • Principalmente África e Oriente Médio • Egito e Etiópia – rio Nilo • Síria, Iraque e Turquia – rio Eufrates • Jordânia e Israel – rio Jordão.
  • 3. Principais problemas no mundo • Demanda crescente nos diferentes tipos de utilização: necessidades hídricas da população, industrialização, produção hidroenergética e atividades agropecuárias. • Poluição das águas superficiais e subsuperficiais. • Erosão dos solos e assoreamento dos cursos d’água. • Enchentes de cursos fluviais e ambientes lacustres (ocupação indevida) • Escassez em algumas regiões e desperdício em outras.
  • 5. Recursos Hídricos - Brasil • Brasil possui 12% das reservas hídricas de água doce do planeta. • 80% estão na Bacia Amazônica para atender apenas 5% da população brasileira • 20% são para atender o restante do país, onde se distribuem 95% da população. • 40% da demanda nacional são efetuadas por captação subterrânea. • Calcula-se que 10 mil poços são perfurados por ano no país.
  • 6. Tempo médio de permanência (residência) nos reservatórios naturais Reservatórios Volume de água (1000 k3) Volume de água (%) Tempo de permanência Oceanos 1370000 94,2 Cerca de 3.000 anos Águas subterrâneas 60000 4,1 2 semanas a 10.000 anos Calotas polares 24000 1,7 10 a 10.000 anos Lagos/água doce 125 0,008 Cerca de 10 anos Lagos/água salgada 155 0,01 Cerca de 10 anos Umidade do solo 80 0,005 2 semanas a 1 ano Atmosfera 14 0,001 Cerca de 10 dias Rios 2 0,0007 Cerca de 2 semanas
  • 7. Distribuição e consumo de água doce no mundo
  • 8. Principais problemas no Brasil Mentalidade de consumo hídrico que considera nossos recursos inesgotáveis. • Desmatamento das cabeceiras e margens dos rios. • Assoreamento e erosão • 50% da pop. Brasileira não tem suas casas ligadas a redes de esgotos. • 90% dos esgotos são despejados sem nenhum tratamento nos rios • 50% das águas nas grandes cidades são desperdiçadas, tanto pelo uso perdulário como em vazamentos. • Escassez nas grandes metrópoles. Ex. São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Recife.
  • 10. FECHAMENTO DO POÇO VIOLETA/PI
  • 11. Uso dos recursos hídricos • Em função de suas qualidades a água propicia vários tipos de uso, isto é “múltiplos usos”, que se classificam em dois: consultivos e não- consultivos. • Usos consultivos: quando há perdas entre o que é retirado e o que retorna ao curso natural. – abastecimento humano e animal; – irrigação; – abastecimento industrial.
  • 12. • Usos não-consultivos: quando não há perdas entre o que é retirado e o que retorna ao curso natural. – geração de energia; – navegação; – pesca; – piscicultura; – recreação e esportes; – assimilação de esgotos urbanos e industriais
  • 13. Quantos litros de água o homem vem gastando ao longo da história: • Homem 100 anos a. C. – 12 L/dia •Homem Romano – 20 L/dia •Homem século XIX – 40 à 60 L/dia •Homem século XX – 800 L/dia • Fonte: Revista Superinteressante, 1995
  • 16. Categorias para analise dos recursos hídricos
  • 17. Fatores que influenciam a disponibilidade dos recursos hídricos - Quantidade e distribuição das precipitações - Balanço de energia (determina a evapotranspiração) - Morfologia do relevo (comanda a dinâmica dos fluxos de água) - Natureza e dimensão das formações geológicas - Recobrimento vegetal natural - Interação das espécies (participando na ciclagem dos nutrientes) - História paleogeográfica da região - Uso e ocupação dos solos
  • 23. • Instrumentos de Gestão dos Recursos Hídricos estabelecidos pela Lei nº 9.433, de 8 de janeiro de 1997; Capítulo IV; Artigo 5º. Plano de Recursos Hídricos Enquadramento dos corpos de água em classes, segundo os usos preponderantes da água Outorga dos direitos de uso de recursos hídricos Cobrança pelo uso de recursos hídricos Sistema de Informações sobre recursos hídricos
  • 24. Alternativas para armazenar água no semi- árido