SlideShare uma empresa Scribd logo
Nº 00001
AUTORIZAÇÃO PARA TRABALHO DE RISCO DATA / /
(ATR) ___ via:_____________________
NÚMERO DO CONTRATO:
RESPONSÁVEL PELA OBRA:
SOLICITAÇÃO
1. SERVIÇO A SER EXECUTADO
2. TRABALHO A SER REALIZADO E LOCAL: 3. NOME EXECUTOR DO SERVIÇO E EMPRESA:
___________________________________________________ _____________________________________________________________
___________________________________________________ _____________________________________________________________
4. VALIDADE DA ATR 5. RISCOS
DE____/____/____ A ____/____/____ (a)____________ INCÊNDIO VAZAMENTO QUEDA ALTURA
DE____/____/____ A ____/____/____ (a)____________ ASFIXIA EXPLOSÃO TEMPERATURA
DE____/____/____ A ____/____/____ (a)____________ INFLAMÁVEL TÓXICO CHOQUE ELÉTRICO
DE____/____/____ A ____/____/____ (a)____________ CORROSIVO ÁCIDO
PROVIDÊNCIAS PARA...
6. PREPARAÇÕES 7. SEGURANÇA CONTRA FOGO
VARRER PISO ISNPEC. VAZAMENTOS MANGUEIRA DE ÁGUA EXTINTOR PQS
LAVAR MÁQUINA OU EQTO REMOVER DEPÓSITOS EXTINTOR ÁGUA EXTINTOR CO2
VAPORIZAR NEUTRALIZAR MANTER ÁREA ÚMIDA SENTINELA DE EMERGÊNCIA
DRENAR VENTILAR COBRIR EQUIPAMENTO SPRINKLER
DESPRESSURIZAR ANCORAR GAIOLA PROTEGER PAREDES OU EQUIPAMENTOS
8. SEGURANÇA PESSOAL 9. FERRAMENTAS E EQUIPAMENTOS
VERIFICAR ESTADO
ÓCULOS DE SEG. LUVA DE COURO VENTILAR AMBIENTE COMPONENTES ELÉTRICOS
PROTETOR AURICULAR ESCADA CHUVEIRO SEGURANÇA PINOS, TOMADAS, ISOLAMENTO ETC
AVENTAL ___________ TRAVA QUEDA PRESENÇA DO GUIA VÁLVULA CORTA CHAMA
ROUPA ANTI-ÁCIDA CABO GUIA PERNEIRA DE COURO VÁLVULA SECA
CALÇADO DE SEGURANÇA CINTO DE SEGURANÇA LUVAS IMPERMEÁVEIS MANGUEIRA SEM EMENDAS
BLUSÃO C/ CAPUZ MÁSCARA P/ SOLDA LAVA OLHOS CABOS FERRAMENTAS, ETC
CAPACETE DE SEGURANÇA MÁSCARA ________________ ESTADO CORDAS
10. ISOLAMENTO DO EQUIPAMENTO 11. SEGURANÇA ELÉTRICA
BLOQUEAR A LINHA CADEADO DE SEGURANÇA DESLIGAR CHAVES ELÉTRICAS
SINALIZAR A ÁREA EVACUAR ÁREA ATERRAR
SINALIZAR O EQUIPAMENTO DETECTOR DE TENSÃO
CERCAR COM CORDA CADEADO DE SEGURANÇA
COLOCAR BARREIRAS TAPETE DE BORRACHA
12. TESTES A REALIZAR LIMITE TESTE HORA VISTO
TEOR OXIGÊNIO 20%
EXPLOSIVIDADE 0%
TOXIDADE
LIGAÇÃO TERRA ---------
13. NOME DO RESPONSÁVEL PELA AUTORIZAÇÃO: MATRÍCULA:
14. OBSERVAÇÕES:
SÓ LIBERAR TRABALHO APÓS O ATENDIMENTO DAS PROVIDÊNCIAS INDICADAS
O LOCAL DE TRABALHO FOI INSPECIONADO HAVENDO CONCORDÂNCIA QUANTO AS CONDIÇÕES ACIMA
_________________ _________________ _________________ _______/______/______
REQUISITANTE EXECUTANTE RESPONSÁVEL DATA
www.cpsol.com.br
TRABALHO A QUENTE LOCAL CONFINADO
ESTA ATR SOMENTE PODERÁ SER LIBERADA PELO SETOR DE SEGURANÇA DO TRABALHO OU RESPONSÁVEL
serviço em altura

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Permissão de Trabalho - PT 0001
Permissão de Trabalho - PT 0001Permissão de Trabalho - PT 0001
Permissão de Trabalho - PT 0001
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)
Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)
Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)
Ane Costa
 
Trabalho a Quente Modulo I
Trabalho a Quente   Modulo ITrabalho a Quente   Modulo I
Trabalho a Quente Modulo I
emanueltstegeon
 
Treinamento NR 12
Treinamento NR 12Treinamento NR 12
Treinamento NR 12
Mauro Sergio Vales de Souza
 
Planejamento das atividades de sms
Planejamento das atividades de smsPlanejamento das atividades de sms
Planejamento das atividades de sms
Universidade Federal Fluminense
 
Analise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldasAnalise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldas
Jose Fernandes
 
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circularProcedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Adams David
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
RogrioTorresTorres
 
Integração
IntegraçãoIntegração
Integração
Ythia Karla
 
Ordem de Seviço Almoxarife
Ordem de Seviço AlmoxarifeOrdem de Seviço Almoxarife
Ordem de Seviço Almoxarife
Deizi Azevedo
 
Ordem de-servico
Ordem de-servicoOrdem de-servico
Ordem de-servico
Wíndila Santana
 
PT ou ATR novo Modelo
PT ou ATR novo ModeloPT ou ATR novo Modelo
PT ou ATR novo Modelo
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Check list segurança no trabalho rural
Check list segurança no trabalho ruralCheck list segurança no trabalho rural
Check list segurança no trabalho rural
Raul Cristino
 
Permissao para-trabalho-a-quente
Permissao para-trabalho-a-quentePermissao para-trabalho-a-quente
Permissao para-trabalho-a-quente
Jose Fernandes
 
PT - Permissão de Trabalho - Trabalho em Altura
PT - Permissão de Trabalho - Trabalho em AlturaPT - Permissão de Trabalho - Trabalho em Altura
PT - Permissão de Trabalho - Trabalho em Altura
proftstsergioetm
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
Alexandre Bastos
 
DDS - Dialogo Diario de Segurança
DDS - Dialogo Diario de SegurançaDDS - Dialogo Diario de Segurança
DDS - Dialogo Diario de Segurança
Tuany Caldas
 
232107594 treinamento-serra bancada
232107594 treinamento-serra bancada232107594 treinamento-serra bancada
232107594 treinamento-serra bancada
ssuser3dd51f
 
Arvore de causas
Arvore de causasArvore de causas
Arvore de causas
Edilson Azevedo
 
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
Gaby Gonzaga
 

Mais procurados (20)

Permissão de Trabalho - PT 0001
Permissão de Trabalho - PT 0001Permissão de Trabalho - PT 0001
Permissão de Trabalho - PT 0001
 
Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)
Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)
Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)
 
Trabalho a Quente Modulo I
Trabalho a Quente   Modulo ITrabalho a Quente   Modulo I
Trabalho a Quente Modulo I
 
Treinamento NR 12
Treinamento NR 12Treinamento NR 12
Treinamento NR 12
 
Planejamento das atividades de sms
Planejamento das atividades de smsPlanejamento das atividades de sms
Planejamento das atividades de sms
 
Analise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldasAnalise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldas
 
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circularProcedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circular
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
 
Integração
IntegraçãoIntegração
Integração
 
Ordem de Seviço Almoxarife
Ordem de Seviço AlmoxarifeOrdem de Seviço Almoxarife
Ordem de Seviço Almoxarife
 
Ordem de-servico
Ordem de-servicoOrdem de-servico
Ordem de-servico
 
PT ou ATR novo Modelo
PT ou ATR novo ModeloPT ou ATR novo Modelo
PT ou ATR novo Modelo
 
Check list segurança no trabalho rural
Check list segurança no trabalho ruralCheck list segurança no trabalho rural
Check list segurança no trabalho rural
 
Permissao para-trabalho-a-quente
Permissao para-trabalho-a-quentePermissao para-trabalho-a-quente
Permissao para-trabalho-a-quente
 
PT - Permissão de Trabalho - Trabalho em Altura
PT - Permissão de Trabalho - Trabalho em AlturaPT - Permissão de Trabalho - Trabalho em Altura
PT - Permissão de Trabalho - Trabalho em Altura
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
 
DDS - Dialogo Diario de Segurança
DDS - Dialogo Diario de SegurançaDDS - Dialogo Diario de Segurança
DDS - Dialogo Diario de Segurança
 
232107594 treinamento-serra bancada
232107594 treinamento-serra bancada232107594 treinamento-serra bancada
232107594 treinamento-serra bancada
 
Arvore de causas
Arvore de causasArvore de causas
Arvore de causas
 
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
 

Destaque

Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras SubterrâneasSegurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Seminário Construção em Aço Leve-Euronit-CICCOPN
Seminário Construção em Aço Leve-Euronit-CICCOPNSeminário Construção em Aço Leve-Euronit-CICCOPN
construção-Aço-Leve-CM-26 fev2015
construção-Aço-Leve-CM-26 fev2015construção-Aço-Leve-CM-26 fev2015
Mini apresentacao empreendedorismo
Mini apresentacao empreendedorismoMini apresentacao empreendedorismo
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras SubterrâneasSegurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Apresentacao jornadas tecnicas_qualidade_3 edicao - ricardo barbosa
Apresentacao jornadas tecnicas_qualidade_3 edicao - ricardo barbosaApresentacao jornadas tecnicas_qualidade_3 edicao - ricardo barbosa
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras SubterrâneasSegurança e Saúde em Obras Subterrâneas
CICCOPN 26 03 2015
CICCOPN 26 03 2015CICCOPN 26 03 2015
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras SubterrâneasSegurança e Saúde em Obras Subterrâneas
11919225 principios
11919225 principios11919225 principios
11919225 principios
Pelo Siro
 
Apresentacao jornadas tecnicas_qualidade_3 edicao_benedita machado
Apresentacao jornadas tecnicas_qualidade_3 edicao_benedita machadoApresentacao jornadas tecnicas_qualidade_3 edicao_benedita machado
Consignações definições
Consignações   definiçõesConsignações   definições
Consignações definições
João Pedro
 
Seminário Construção em Aço Leve -Rockwool-CICCOPN
Seminário Construção em Aço Leve -Rockwool-CICCOPNSeminário Construção em Aço Leve -Rockwool-CICCOPN
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras SubterrâneasSegurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Controlar company presentation junho 2016 - vera figueiredo
Controlar   company presentation junho 2016 - vera figueiredoControlar   company presentation junho 2016 - vera figueiredo
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras SubterrâneasSegurança e Saúde em Obras Subterrâneas
30 jul2016 kaizen presentation ciccopn
30 jul2016 kaizen presentation ciccopn30 jul2016 kaizen presentation ciccopn
Seminário Construção em Aço Leve-Gyptec-CICCOPN
Seminário Construção em Aço Leve-Gyptec-CICCOPNSeminário Construção em Aço Leve-Gyptec-CICCOPN
Regulamento de Segurança
Regulamento de SegurançaRegulamento de Segurança
Regulamento de Segurança
Jonas Abilio Sestrem Jr
 
Treinamento Espaço confinados
Treinamento Espaço confinados Treinamento Espaço confinados
Treinamento Espaço confinados
Ane Costa
 

Destaque (20)

Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras SubterrâneasSegurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
 
Seminário Construção em Aço Leve-Euronit-CICCOPN
Seminário Construção em Aço Leve-Euronit-CICCOPNSeminário Construção em Aço Leve-Euronit-CICCOPN
Seminário Construção em Aço Leve-Euronit-CICCOPN
 
construção-Aço-Leve-CM-26 fev2015
construção-Aço-Leve-CM-26 fev2015construção-Aço-Leve-CM-26 fev2015
construção-Aço-Leve-CM-26 fev2015
 
Mini apresentacao empreendedorismo
Mini apresentacao empreendedorismoMini apresentacao empreendedorismo
Mini apresentacao empreendedorismo
 
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras SubterrâneasSegurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
 
Apresentacao jornadas tecnicas_qualidade_3 edicao - ricardo barbosa
Apresentacao jornadas tecnicas_qualidade_3 edicao - ricardo barbosaApresentacao jornadas tecnicas_qualidade_3 edicao - ricardo barbosa
Apresentacao jornadas tecnicas_qualidade_3 edicao - ricardo barbosa
 
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras SubterrâneasSegurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
 
CICCOPN 26 03 2015
CICCOPN 26 03 2015CICCOPN 26 03 2015
CICCOPN 26 03 2015
 
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras SubterrâneasSegurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
 
11919225 principios
11919225 principios11919225 principios
11919225 principios
 
Apresentacao jornadas tecnicas_qualidade_3 edicao_benedita machado
Apresentacao jornadas tecnicas_qualidade_3 edicao_benedita machadoApresentacao jornadas tecnicas_qualidade_3 edicao_benedita machado
Apresentacao jornadas tecnicas_qualidade_3 edicao_benedita machado
 
Consignações definições
Consignações   definiçõesConsignações   definições
Consignações definições
 
Seminário Construção em Aço Leve -Rockwool-CICCOPN
Seminário Construção em Aço Leve -Rockwool-CICCOPNSeminário Construção em Aço Leve -Rockwool-CICCOPN
Seminário Construção em Aço Leve -Rockwool-CICCOPN
 
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras SubterrâneasSegurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
 
Controlar company presentation junho 2016 - vera figueiredo
Controlar   company presentation junho 2016 - vera figueiredoControlar   company presentation junho 2016 - vera figueiredo
Controlar company presentation junho 2016 - vera figueiredo
 
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras SubterrâneasSegurança e Saúde em Obras Subterrâneas
Segurança e Saúde em Obras Subterrâneas
 
30 jul2016 kaizen presentation ciccopn
30 jul2016 kaizen presentation ciccopn30 jul2016 kaizen presentation ciccopn
30 jul2016 kaizen presentation ciccopn
 
Seminário Construção em Aço Leve-Gyptec-CICCOPN
Seminário Construção em Aço Leve-Gyptec-CICCOPNSeminário Construção em Aço Leve-Gyptec-CICCOPN
Seminário Construção em Aço Leve-Gyptec-CICCOPN
 
Regulamento de Segurança
Regulamento de SegurançaRegulamento de Segurança
Regulamento de Segurança
 
Treinamento Espaço confinados
Treinamento Espaço confinados Treinamento Espaço confinados
Treinamento Espaço confinados
 

Semelhante a Atr autorizacao para trabalho de risco

Etiquetas atualizada
Etiquetas   atualizadaEtiquetas   atualizada
Etiquetas atualizada
Lidyanne Chaves
 
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2) (1) (1)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2) (1) (1)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2) (1) (1)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2) (1) (1)
rafaelrustiqueli
 
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
Luis Araujo
 
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
Edilson Muniz
 
Modelodeapr anlisepreliminarderisco-2-140403214025-phpapp01
Modelodeapr anlisepreliminarderisco-2-140403214025-phpapp01Modelodeapr anlisepreliminarderisco-2-140403214025-phpapp01
Modelodeapr anlisepreliminarderisco-2-140403214025-phpapp01
Tatiana Santos
 
Trabalho dos eletricistas manobreiros
Trabalho dos eletricistas manobreirosTrabalho dos eletricistas manobreiros
Trabalho dos eletricistas manobreiros
Luiz Fernando de Castro
 
Elaborei este controle de entrega de EPIs para facilitar o dia dia do Técnico.
Elaborei este controle de entrega de EPIs para facilitar o dia dia do Técnico.Elaborei este controle de entrega de EPIs para facilitar o dia dia do Técnico.
Elaborei este controle de entrega de EPIs para facilitar o dia dia do Técnico.
Revair Ferraresi
 
Check List Diversos.pdf
Check List Diversos.pdfCheck List Diversos.pdf
Check List Diversos.pdf
Nathan646606
 
Modelo de pcmat completo
Modelo de  pcmat completoModelo de  pcmat completo
Modelo de pcmat completo
Carlos Demétrius Rolim Figueiredo
 
plano-de-manutencao
 plano-de-manutencao plano-de-manutencao
plano-de-manutencao
Thais Vieira
 
Atr blog segurança do trabalho (1)
Atr   blog segurança do trabalho (1)Atr   blog segurança do trabalho (1)
Atr blog segurança do trabalho (1)
Nilson Cunha
 
Laudo da serra circular b 100
Laudo da serra circular b  100Laudo da serra circular b  100
Laudo da serra circular b 100
Eng. César Guimarães
 
Modelo de pcmat completo
Modelo de  pcmat completoModelo de  pcmat completo
Modelo de pcmat completo
Carlos Demétrius Rolim Figueiredo
 
FS - 0012 - APR - Operação de Serra Circular de Bancada.docx
FS - 0012 - APR -  Operação de Serra Circular de Bancada.docxFS - 0012 - APR -  Operação de Serra Circular de Bancada.docx
FS - 0012 - APR - Operação de Serra Circular de Bancada.docx
EronLima2
 
apresentação.pptx
apresentação.pptxapresentação.pptx
apresentação.pptx
elizanegoncalves1
 
ATR - SERVIÇO A QUENTE
ATR - SERVIÇO A QUENTEATR - SERVIÇO A QUENTE
ATR - SERVIÇO A QUENTE
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Manual at 12000
Manual at 12000 Manual at 12000
Manual at 12000
Cesar Luis Mendes Farias
 
336371 e confinado
336371 e confinado336371 e confinado
336371 e confinado
Ricardo Pires
 
ATR - ESPAÇO CONFINADO
ATR - ESPAÇO CONFINADOATR - ESPAÇO CONFINADO
ATR - ESPAÇO CONFINADO
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
LTCAT VERUM CORRIGIDO EM PDF.pdf
LTCAT VERUM CORRIGIDO EM PDF.pdfLTCAT VERUM CORRIGIDO EM PDF.pdf
LTCAT VERUM CORRIGIDO EM PDF.pdf
AlvaroSArruda
 

Semelhante a Atr autorizacao para trabalho de risco (20)

Etiquetas atualizada
Etiquetas   atualizadaEtiquetas   atualizada
Etiquetas atualizada
 
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2) (1) (1)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2) (1) (1)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2) (1) (1)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2) (1) (1)
 
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
 
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)(Modelo de apr   análise preliminar de risco - 2)
(Modelo de apr análise preliminar de risco - 2)
 
Modelodeapr anlisepreliminarderisco-2-140403214025-phpapp01
Modelodeapr anlisepreliminarderisco-2-140403214025-phpapp01Modelodeapr anlisepreliminarderisco-2-140403214025-phpapp01
Modelodeapr anlisepreliminarderisco-2-140403214025-phpapp01
 
Trabalho dos eletricistas manobreiros
Trabalho dos eletricistas manobreirosTrabalho dos eletricistas manobreiros
Trabalho dos eletricistas manobreiros
 
Elaborei este controle de entrega de EPIs para facilitar o dia dia do Técnico.
Elaborei este controle de entrega de EPIs para facilitar o dia dia do Técnico.Elaborei este controle de entrega de EPIs para facilitar o dia dia do Técnico.
Elaborei este controle de entrega de EPIs para facilitar o dia dia do Técnico.
 
Check List Diversos.pdf
Check List Diversos.pdfCheck List Diversos.pdf
Check List Diversos.pdf
 
Modelo de pcmat completo
Modelo de  pcmat completoModelo de  pcmat completo
Modelo de pcmat completo
 
plano-de-manutencao
 plano-de-manutencao plano-de-manutencao
plano-de-manutencao
 
Atr blog segurança do trabalho (1)
Atr   blog segurança do trabalho (1)Atr   blog segurança do trabalho (1)
Atr blog segurança do trabalho (1)
 
Laudo da serra circular b 100
Laudo da serra circular b  100Laudo da serra circular b  100
Laudo da serra circular b 100
 
Modelo de pcmat completo
Modelo de  pcmat completoModelo de  pcmat completo
Modelo de pcmat completo
 
FS - 0012 - APR - Operação de Serra Circular de Bancada.docx
FS - 0012 - APR -  Operação de Serra Circular de Bancada.docxFS - 0012 - APR -  Operação de Serra Circular de Bancada.docx
FS - 0012 - APR - Operação de Serra Circular de Bancada.docx
 
apresentação.pptx
apresentação.pptxapresentação.pptx
apresentação.pptx
 
ATR - SERVIÇO A QUENTE
ATR - SERVIÇO A QUENTEATR - SERVIÇO A QUENTE
ATR - SERVIÇO A QUENTE
 
Manual at 12000
Manual at 12000 Manual at 12000
Manual at 12000
 
336371 e confinado
336371 e confinado336371 e confinado
336371 e confinado
 
ATR - ESPAÇO CONFINADO
ATR - ESPAÇO CONFINADOATR - ESPAÇO CONFINADO
ATR - ESPAÇO CONFINADO
 
LTCAT VERUM CORRIGIDO EM PDF.pdf
LTCAT VERUM CORRIGIDO EM PDF.pdfLTCAT VERUM CORRIGIDO EM PDF.pdf
LTCAT VERUM CORRIGIDO EM PDF.pdf
 

Último

Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Falcão Brasil
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
Estuda.com
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 

Último (20)

Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 

Atr autorizacao para trabalho de risco

  • 1. Nº 00001 AUTORIZAÇÃO PARA TRABALHO DE RISCO DATA / / (ATR) ___ via:_____________________ NÚMERO DO CONTRATO: RESPONSÁVEL PELA OBRA: SOLICITAÇÃO 1. SERVIÇO A SER EXECUTADO 2. TRABALHO A SER REALIZADO E LOCAL: 3. NOME EXECUTOR DO SERVIÇO E EMPRESA: ___________________________________________________ _____________________________________________________________ ___________________________________________________ _____________________________________________________________ 4. VALIDADE DA ATR 5. RISCOS DE____/____/____ A ____/____/____ (a)____________ INCÊNDIO VAZAMENTO QUEDA ALTURA DE____/____/____ A ____/____/____ (a)____________ ASFIXIA EXPLOSÃO TEMPERATURA DE____/____/____ A ____/____/____ (a)____________ INFLAMÁVEL TÓXICO CHOQUE ELÉTRICO DE____/____/____ A ____/____/____ (a)____________ CORROSIVO ÁCIDO PROVIDÊNCIAS PARA... 6. PREPARAÇÕES 7. SEGURANÇA CONTRA FOGO VARRER PISO ISNPEC. VAZAMENTOS MANGUEIRA DE ÁGUA EXTINTOR PQS LAVAR MÁQUINA OU EQTO REMOVER DEPÓSITOS EXTINTOR ÁGUA EXTINTOR CO2 VAPORIZAR NEUTRALIZAR MANTER ÁREA ÚMIDA SENTINELA DE EMERGÊNCIA DRENAR VENTILAR COBRIR EQUIPAMENTO SPRINKLER DESPRESSURIZAR ANCORAR GAIOLA PROTEGER PAREDES OU EQUIPAMENTOS 8. SEGURANÇA PESSOAL 9. FERRAMENTAS E EQUIPAMENTOS VERIFICAR ESTADO ÓCULOS DE SEG. LUVA DE COURO VENTILAR AMBIENTE COMPONENTES ELÉTRICOS PROTETOR AURICULAR ESCADA CHUVEIRO SEGURANÇA PINOS, TOMADAS, ISOLAMENTO ETC AVENTAL ___________ TRAVA QUEDA PRESENÇA DO GUIA VÁLVULA CORTA CHAMA ROUPA ANTI-ÁCIDA CABO GUIA PERNEIRA DE COURO VÁLVULA SECA CALÇADO DE SEGURANÇA CINTO DE SEGURANÇA LUVAS IMPERMEÁVEIS MANGUEIRA SEM EMENDAS BLUSÃO C/ CAPUZ MÁSCARA P/ SOLDA LAVA OLHOS CABOS FERRAMENTAS, ETC CAPACETE DE SEGURANÇA MÁSCARA ________________ ESTADO CORDAS 10. ISOLAMENTO DO EQUIPAMENTO 11. SEGURANÇA ELÉTRICA BLOQUEAR A LINHA CADEADO DE SEGURANÇA DESLIGAR CHAVES ELÉTRICAS SINALIZAR A ÁREA EVACUAR ÁREA ATERRAR SINALIZAR O EQUIPAMENTO DETECTOR DE TENSÃO CERCAR COM CORDA CADEADO DE SEGURANÇA COLOCAR BARREIRAS TAPETE DE BORRACHA 12. TESTES A REALIZAR LIMITE TESTE HORA VISTO TEOR OXIGÊNIO 20% EXPLOSIVIDADE 0% TOXIDADE LIGAÇÃO TERRA --------- 13. NOME DO RESPONSÁVEL PELA AUTORIZAÇÃO: MATRÍCULA: 14. OBSERVAÇÕES: SÓ LIBERAR TRABALHO APÓS O ATENDIMENTO DAS PROVIDÊNCIAS INDICADAS O LOCAL DE TRABALHO FOI INSPECIONADO HAVENDO CONCORDÂNCIA QUANTO AS CONDIÇÕES ACIMA _________________ _________________ _________________ _______/______/______ REQUISITANTE EXECUTANTE RESPONSÁVEL DATA www.cpsol.com.br TRABALHO A QUENTE LOCAL CONFINADO ESTA ATR SOMENTE PODERÁ SER LIBERADA PELO SETOR DE SEGURANÇA DO TRABALHO OU RESPONSÁVEL serviço em altura