SlideShare uma empresa Scribd logo
As redes sociais e as bibliotecasAs redes sociais e as bibliotecas
na Espanha. A biblioteca 2.0na Espanha. A biblioteca 2.0
Conferência.Conferência. As redes sociais e asAs redes sociais e as
bibliotecas: novos paradigmas, novosbibliotecas: novos paradigmas, novos
leitores?leitores?
Batalha, 22 de Outubro de 2010Batalha, 22 de Outubro de 2010
Roberto Soto ArranzRoberto Soto Arranz
EspanhaEspanha e Internete Internet
• 29.000.000 usuários da Internet.
• 12 º país no uso da Internet
• 65% dos lares têm um computador
• dos quais 45% têm uma ligação à
Internet
Fuente: Tatum. Informe de Internet en España y en el Mundo
EspanhaEspanha e as redes sociaise as redes sociais
•70% lêem um blog pelo menos
uma vez por mês (2009).
•41,4% é o autor de um blog, dos
quais 64% deles usaram pelo
menos uma vez por semana
(2009)
•35,4% dos usuários compartilham
fotos na Internet pelo menos uma
vez por mês (2009)
•24,9% compartilhar vídeos pelo
menos uma vez por mês (2009)
Fuente: 101. Estrategia y marketing de las redes sociales
EspanhaEspanha e as redes sociaise as redes sociais
• Espanha é o 7 º país no mundo no uso de redes
sociais (2010)
• 80% dos usuários de Internet pertencem a uma rede
(2010)
• 60% consultam diariamente (2010)
• Facebook é o líder da rede, com 37% dos utilizadores
da Internet (2010)
• Os usuários Tuenti dedicar 80 minutos por dia, tem 7
milhões de usuários e ao tráfego 35% maior do que o
Google (2010)
• Os usuários do Twitter, 69 minutos por dia (2010) -A
Espanha é o terceiro país do tráfego Twitter-
• O Facebook, 55 minutos (2010)
• Membro do YouTube, a 15 minutos (2010)
Fuente: Tatum. Informe Universal McCann para 2010
As bibliotecas emAs bibliotecas em EspanhaEspanha
•6.601 bibliotecas: uma biblioteca/5.518 habitantes
•62% bibliotecas públicas, 29% especializadas, 5%
universitárias, 4% para usuários específicos
•81,6% de capitais públicos (83% do poder local e
provincial), 18,4% de propriedade privada
•204,36 millones de visitas (4,48 vezes per capita)
•16,30 milhões de membros
•Emprestado per capita 1,63
Fuente: Instituto Nacional de Estadística. Datos de 2008
As bibliotecas e InternetAs bibliotecas e Internet
•24% das bibliotecas têm Web sites
•Destes, 41% oferecem consultar o seu
catálogo na Internet
•88% das bibliotecas oferecem acesso à
Internet a usuários
Fuente: Instituto Nacional de Estadística. Datos de 2008
Rumo a Biblioteca 2.0. IntroduçãoRumo a Biblioteca 2.0. Introdução
teóricateórica
• 20032003:: Weblogs: un recurso para los profesionales de laWeblogs: un recurso para los profesionales de la
informacióninformación. J.A. Merlo y Ángela Sorli. Revista Española. J.A. Merlo y Ángela Sorli. Revista Española
de Documentación Científica (oct.-dic.)de Documentación Científica (oct.-dic.)
• Maio, 2006Maio, 2006:: Web 2.0 en las bibliotecas: el conceptoWeb 2.0 en las bibliotecas: el concepto
Library 2.0Library 2.0. Jorge Serrano. ThinkEPI. Jorge Serrano. ThinkEPI
• Abril, 2007Abril, 2007: Monográfico de: Monográfico de El Profesional de laEl Profesional de la
informacióninformación (vol. 16, n. 2).(vol. 16, n. 2).
• Outubro, 2007Outubro, 2007: “Bibliotecas y web social”, dossier de: “Bibliotecas y web social”, dossier de
Educación y bibliotecaEducación y biblioteca (n.161).(n.161).
• Outubro, 2007Outubro, 2007: monográfico de: monográfico de Clip, boletín de SEDICClip, boletín de SEDIC
(n. 48) ((n. 48) (Associação Espanhola de Documentação eAssociação Espanhola de Documentação e
InformaçãoInformação))
Rumo a Biblioteca 2.0. Os primeirosRumo a Biblioteca 2.0. Os primeiros
exemplosexemplos..
• Biblioteca Municipal de MuskizBiblioteca Municipal de Muskiz
• Bibliotecas Escolares de GaliciaBibliotecas Escolares de Galicia
• Biblioteca da Universidade de SevillaBiblioteca da Universidade de Sevilla
Biblioteca Municipal de MuskizBiblioteca Municipal de Muskiz
• Serviços da biblioteca 2.0Serviços da biblioteca 2.0: blogs,: blogs,
sindicação de conteúdos, serviços desindicação de conteúdos, serviços de
integração do desktop ...integração do desktop ...
• Liburutegien hariaLiburutegien haria: agregador fechado: agregador fechado
cobrindo notícias sobre os blogs de váriascobrindo notícias sobre os blogs de várias
bibliotecas.bibliotecas.
• BateginikBateginik: web recolhe novos registros a: web recolhe novos registros a
partir dos catálogos de várias bibliotecas,partir dos catálogos de várias bibliotecas,
uma cooperativa e descentralizada.uma cooperativa e descentralizada.
Bibliotecas Escolares de GaliciaBibliotecas Escolares de Galicia
• Blog como ferramenta fundamentalBlog como ferramenta fundamental
com múltiplos usos, especialmente emcom múltiplos usos, especialmente em
apoio de clubes de leitura.apoio de clubes de leitura.
• Esforço paralelo da Xunta de GaliciaEsforço paralelo da Xunta de Galicia::
cursos, reuniões profissionais e os blogscursos, reuniões profissionais e os blogs
para divulgar a campanha do governo oupara divulgar a campanha do governo ou
do clube de leitura para professores.do clube de leitura para professores.
Biblioteca da Universidade deBiblioteca da Universidade de SevillaSevilla
• Integrado catálogo em navegadores e barra deIntegrado catálogo em navegadores e barra de
navegação.navegação.
• Genéricos Blogs (BibPolitec Blog), temáticosGenéricos Blogs (BibPolitec Blog), temáticos
(BiBling) e internos (Bibliotecarios 2.0)(BiBling) e internos (Bibliotecarios 2.0)
• Wikis: temáticos, de apoio o trabalho dosWikis: temáticos, de apoio o trabalho dos
professores, como espaço de trabalho comum.professores, como espaço de trabalho comum.
• Opac 2.0Opac 2.0
• Del.icio.usDel.icio.us como uma lista de referênciacomo uma lista de referência ..
• FlickrFlickr
• ““Pergunte ao Bibliotecário” no sistema de chat.Pergunte ao Bibliotecário” no sistema de chat.
• Serviços de integração do desktopServiços de integração do desktop..
As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010• Mapa deMapa de Bibliotecas 2.0 en EspañaBibliotecas 2.0 en España. Nieves González. Nieves González..
As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010• Experiencias bibliotecarias con las tecnologías socialesExperiencias bibliotecarias con las tecnologías sociales..
Biblioblog 3ª ed.Biblioblog 3ª ed.
As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010
Porcentual de bibliotecas espanholas com serviços 2.0
(2010)
93%
7%
Bibliotecas espanholas: 6.601
Bibliotecas 2.0 espanholas: 476
As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010
Porcentual de bibliotecas espanholas 2.0 dentro as bibliotecas con
web (2010)
77%
23%
Bibliotecas com web: 1,584
Bibliotecas con web 2.0: 476
As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010
Serviços em as bibliotecas 2.0 espanholas (2010):
476 bibliotecas
125
22
180
63
13
15
25
33
0 50 100 150 200
Blog
Wikis
Redes sociais
Compartilhamento de arquivos
Conversa
Recomendação
Desktops
Marcação semântica
38%
26%
13%
5%
5%
7%
3%
3%
Se han omitido los servicios RRS, que los tienen el 99% de la bibliotecas, para resaltar en el gráfico el
significado del resto
As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010
Serviços em as bibliotecas 2.0 espanholas (2010):
476 bibliotecas
125
22
180
63
13
15
25
33
0 50 100 150 200
Blog
Wikis
Redes sociais
Compartilhamento de arquivos
Conversa
Recomendação
Desktops
Marcação semântica
Redes sociais em bibliotecas espanholas (2010)
0
10
20
30
40
50
60
70
facebook twitter tuenti ning friendfeed
As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010
Sistemas de compartilhamento de arquivos nas bibliotecas
espanholas (2010)
0
5
10
15
20
25
30
35
Flickr Youtube Slideshare
Serviços em as bibliotecas 2.0 espanholas (2010):
476 bibliotecas
125
22
180
63
13
15
25
33
0 50 100 150 200
Blog
Wikis
Redes sociais
Compartilhamento de arquivos
Conversa
Recomendação
Desktops
Marcação semântica
As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010
Pobre penetração da BibliotecaPobre penetração da Biblioteca
2.0 em Espanha:2.0 em Espanha:
um problemaum problema
de atitude?de atitude?
AA Biblioteca Nacional de EspañaBiblioteca Nacional de España
Comunidad BNEComunidad BNE
AA Biblioteca Nacional de EspañaBiblioteca Nacional de España
BlogBlog
AA Biblioteca Nacional de EspañaBiblioteca Nacional de España
FacebookFacebook
Desde Novembro de 2008
Mais de 73.000 amigos
AA Biblioteca Nacional de EspañaBiblioteca Nacional de España
YoutubeYoutube
Desde Abril de 2009
Mais de 300 inscritos
Mais de 70.000 Plays
AA Biblioteca Nacional de EspañaBiblioteca Nacional de España
ForosForos
Muito obrigado!Muito obrigado!
Roberto Soto Arranz.
Presidente de ACLEBIM
aclebim@yahoo.es
roberto.soto@dipuleon.es

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a As redes sociais e as bibliotecas na Espanha

Catalogação Cooperativa (parte 2 - atualidade)
Catalogação Cooperativa (parte 2 - atualidade)Catalogação Cooperativa (parte 2 - atualidade)
Catalogação Cooperativa (parte 2 - atualidade)
UNESP
 
Catalogação Cooperativa
Catalogação CooperativaCatalogação Cooperativa
Catalogação Cooperativa
Re_Biblio
 
Bibliotecas, Web e Literacia: o apoio ao utilizador nas Bibliotecas da Univer...
Bibliotecas, Web e Literacia: o apoio ao utilizador nas Bibliotecas da Univer...Bibliotecas, Web e Literacia: o apoio ao utilizador nas Bibliotecas da Univer...
Bibliotecas, Web e Literacia: o apoio ao utilizador nas Bibliotecas da Univer...
Universidade de Aveiro
 
Rede Bibliodata
Rede BibliodataRede Bibliodata
Rede Bibliodata
Klicia Mendonca
 
Curadoria digital fcrb 2015_dia 1
Curadoria digital fcrb 2015_dia 1Curadoria digital fcrb 2015_dia 1
Curadoria digital fcrb 2015_dia 1
Aquiles Alencar Brayner
 
Seminário "Bibliotecas digitais e repositórios institucionais"
Seminário "Bibliotecas digitais e repositórios institucionais"Seminário "Bibliotecas digitais e repositórios institucionais"
Seminário "Bibliotecas digitais e repositórios institucionais"
Elis Gabriela
 
Apresentação seminário bibliotecas e repositórios completa 2
Apresentação seminário bibliotecas e repositórios   completa 2Apresentação seminário bibliotecas e repositórios   completa 2
Apresentação seminário bibliotecas e repositórios completa 2
Elis Gabriela
 
Congresso brasileiro bibliotecarios_22_julho_2015
Congresso brasileiro bibliotecarios_22_julho_2015Congresso brasileiro bibliotecarios_22_julho_2015
Congresso brasileiro bibliotecarios_22_julho_2015
Aquiles Alencar Brayner
 
A questão dos Periódicos no mundo digital
A questão dos Periódicos no mundo digitalA questão dos Periódicos no mundo digital
A questão dos Periódicos no mundo digital
UFSC
 
OCLC WorldCat- Reunião Redarte
OCLC WorldCat- Reunião RedarteOCLC WorldCat- Reunião Redarte
OCLC WorldCat- Reunião Redarte
OCLC LAC
 
Dispositivos móveis e Leitura digital: desafios e oportunidades para as bibli...
Dispositivos móveis e Leitura digital: desafios e oportunidades para as bibli...Dispositivos móveis e Leitura digital: desafios e oportunidades para as bibli...
Dispositivos móveis e Leitura digital: desafios e oportunidades para as bibli...
Pedro Príncipe
 
A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...
A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...
A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...
Luísa Alvim
 
Bibliotecas Digitais e Repositórios Institucionais
Bibliotecas Digitais e Repositórios Institucionais Bibliotecas Digitais e Repositórios Institucionais
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...
Pedro Príncipe
 
Videojogos e Web 2.0: desafios para a formação dos bibliotecários (programa e...
Videojogos e Web 2.0: desafios para a formação dos bibliotecários (programa e...Videojogos e Web 2.0: desafios para a formação dos bibliotecários (programa e...
Videojogos e Web 2.0: desafios para a formação dos bibliotecários (programa e...
Realidades Virtuais
 
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Luísa Alvim
 
Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...
Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...
Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...
Universidade Federal do Cariri
 
Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.
Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.
Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.
Marta C Correia
 
A BIBLIOTECA DIGITAL: novos meios para velhas práticas
A BIBLIOTECA DIGITAL:  novos meios para velhas práticas A BIBLIOTECA DIGITAL:  novos meios para velhas práticas
A BIBLIOTECA DIGITAL: novos meios para velhas práticas
Diana Carla Mendonça
 
WebConferência: Repositórios: como criar e gerenciar? Qual é o seu valor estr...
WebConferência: Repositórios: como criar e gerenciar? Qual é o seu valor estr...WebConferência: Repositórios: como criar e gerenciar? Qual é o seu valor estr...
WebConferência: Repositórios: como criar e gerenciar? Qual é o seu valor estr...
Suelybcs .
 

Semelhante a As redes sociais e as bibliotecas na Espanha (20)

Catalogação Cooperativa (parte 2 - atualidade)
Catalogação Cooperativa (parte 2 - atualidade)Catalogação Cooperativa (parte 2 - atualidade)
Catalogação Cooperativa (parte 2 - atualidade)
 
Catalogação Cooperativa
Catalogação CooperativaCatalogação Cooperativa
Catalogação Cooperativa
 
Bibliotecas, Web e Literacia: o apoio ao utilizador nas Bibliotecas da Univer...
Bibliotecas, Web e Literacia: o apoio ao utilizador nas Bibliotecas da Univer...Bibliotecas, Web e Literacia: o apoio ao utilizador nas Bibliotecas da Univer...
Bibliotecas, Web e Literacia: o apoio ao utilizador nas Bibliotecas da Univer...
 
Rede Bibliodata
Rede BibliodataRede Bibliodata
Rede Bibliodata
 
Curadoria digital fcrb 2015_dia 1
Curadoria digital fcrb 2015_dia 1Curadoria digital fcrb 2015_dia 1
Curadoria digital fcrb 2015_dia 1
 
Seminário "Bibliotecas digitais e repositórios institucionais"
Seminário "Bibliotecas digitais e repositórios institucionais"Seminário "Bibliotecas digitais e repositórios institucionais"
Seminário "Bibliotecas digitais e repositórios institucionais"
 
Apresentação seminário bibliotecas e repositórios completa 2
Apresentação seminário bibliotecas e repositórios   completa 2Apresentação seminário bibliotecas e repositórios   completa 2
Apresentação seminário bibliotecas e repositórios completa 2
 
Congresso brasileiro bibliotecarios_22_julho_2015
Congresso brasileiro bibliotecarios_22_julho_2015Congresso brasileiro bibliotecarios_22_julho_2015
Congresso brasileiro bibliotecarios_22_julho_2015
 
A questão dos Periódicos no mundo digital
A questão dos Periódicos no mundo digitalA questão dos Periódicos no mundo digital
A questão dos Periódicos no mundo digital
 
OCLC WorldCat- Reunião Redarte
OCLC WorldCat- Reunião RedarteOCLC WorldCat- Reunião Redarte
OCLC WorldCat- Reunião Redarte
 
Dispositivos móveis e Leitura digital: desafios e oportunidades para as bibli...
Dispositivos móveis e Leitura digital: desafios e oportunidades para as bibli...Dispositivos móveis e Leitura digital: desafios e oportunidades para as bibli...
Dispositivos móveis e Leitura digital: desafios e oportunidades para as bibli...
 
A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...
A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...
A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...
 
Bibliotecas Digitais e Repositórios Institucionais
Bibliotecas Digitais e Repositórios Institucionais Bibliotecas Digitais e Repositórios Institucionais
Bibliotecas Digitais e Repositórios Institucionais
 
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...
 
Videojogos e Web 2.0: desafios para a formação dos bibliotecários (programa e...
Videojogos e Web 2.0: desafios para a formação dos bibliotecários (programa e...Videojogos e Web 2.0: desafios para a formação dos bibliotecários (programa e...
Videojogos e Web 2.0: desafios para a formação dos bibliotecários (programa e...
 
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
Aplicação do modelo de análise de conteúdo para leitura de facetas da missão ...
 
Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...
Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...
Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...
 
Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.
Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.
Literacia da Informação e Formação de Utilizadores.
 
A BIBLIOTECA DIGITAL: novos meios para velhas práticas
A BIBLIOTECA DIGITAL:  novos meios para velhas práticas A BIBLIOTECA DIGITAL:  novos meios para velhas práticas
A BIBLIOTECA DIGITAL: novos meios para velhas práticas
 
WebConferência: Repositórios: como criar e gerenciar? Qual é o seu valor estr...
WebConferência: Repositórios: como criar e gerenciar? Qual é o seu valor estr...WebConferência: Repositórios: como criar e gerenciar? Qual é o seu valor estr...
WebConferência: Repositórios: como criar e gerenciar? Qual é o seu valor estr...
 

Mais de Roberto Soto Arranz

Fuerza y potencia de la biblioteca rural
Fuerza y potencia de la biblioteca ruralFuerza y potencia de la biblioteca rural
Fuerza y potencia de la biblioteca rural
Roberto Soto Arranz
 
Spanish bookmobiles againts depopulation
Spanish bookmobiles againts depopulationSpanish bookmobiles againts depopulation
Spanish bookmobiles againts depopulation
Roberto Soto Arranz
 
Biblioguagua estudio viabilidad para la isla de Gran Canaria
Biblioguagua estudio viabilidad para la isla de Gran CanariaBiblioguagua estudio viabilidad para la isla de Gran Canaria
Biblioguagua estudio viabilidad para la isla de Gran Canaria
Roberto Soto Arranz
 
A biblioteca, a grande porta para o desenvolvimento
A biblioteca, a grande porta para o desenvolvimentoA biblioteca, a grande porta para o desenvolvimento
A biblioteca, a grande porta para o desenvolvimento
Roberto Soto Arranz
 
Lectura, democracia, paz y transformación social
Lectura, democracia, paz y transformación socialLectura, democracia, paz y transformación social
Lectura, democracia, paz y transformación social
Roberto Soto Arranz
 
Bibliotecas itinerantes. Funcionalidades e indentidades
Bibliotecas itinerantes. Funcionalidades e indentidadesBibliotecas itinerantes. Funcionalidades e indentidades
Bibliotecas itinerantes. Funcionalidades e indentidades
Roberto Soto Arranz
 
App "bibliobuses de león"
App "bibliobuses de león"App "bibliobuses de león"
App "bibliobuses de león"
Roberto Soto Arranz
 
Relaciones entre los bibliobuses portugueses y españoles
Relaciones entre los bibliobuses portugueses y españolesRelaciones entre los bibliobuses portugueses y españoles
Relaciones entre los bibliobuses portugueses y españoles
Roberto Soto Arranz
 
Aproximación a los servicios bibliotecarios móviles
Aproximación a los servicios bibliotecarios móvilesAproximación a los servicios bibliotecarios móviles
Aproximación a los servicios bibliotecarios móviles
Roberto Soto Arranz
 
Bibliobuses de León 2014 (España)
Bibliobuses de León 2014 (España)Bibliobuses de León 2014 (España)
Bibliobuses de León 2014 (España)
Roberto Soto Arranz
 
El fomento de la lectura escolar. La colaboración de las Bibliotecas Móviles ...
El fomento de la lectura escolar. La colaboración de las Bibliotecas Móviles ...El fomento de la lectura escolar. La colaboración de las Bibliotecas Móviles ...
El fomento de la lectura escolar. La colaboración de las Bibliotecas Móviles ...
Roberto Soto Arranz
 
Ampliación de contenidos en los Bilbiobuses de León mediante códigos QR
Ampliación de contenidos en los Bilbiobuses de León mediante códigos QRAmpliación de contenidos en los Bilbiobuses de León mediante códigos QR
Ampliación de contenidos en los Bilbiobuses de León mediante códigos QR
Roberto Soto Arranz
 
La Biblioteca Móvil: prestaciones y funciones. La dinamización
La Biblioteca Móvil: prestaciones y funciones. La dinamizaciónLa Biblioteca Móvil: prestaciones y funciones. La dinamización
La Biblioteca Móvil: prestaciones y funciones. La dinamización
Roberto Soto Arranz
 
ACLEBIM, hacia la comunidad profesional en las bibliotecas móviles españolas.
ACLEBIM, hacia la comunidad profesional en las bibliotecas móviles españolas.ACLEBIM, hacia la comunidad profesional en las bibliotecas móviles españolas.
ACLEBIM, hacia la comunidad profesional en las bibliotecas móviles españolas.
Roberto Soto Arranz
 
Blog de aclebim
Blog de aclebimBlog de aclebim
Blog de aclebim
Roberto Soto Arranz
 
Blog ACLEBIM
Blog ACLEBIMBlog ACLEBIM
Blog ACLEBIM
Roberto Soto Arranz
 
La biblioteca replicante
La biblioteca replicanteLa biblioteca replicante
La biblioteca replicante
Roberto Soto Arranz
 
Biblioteca 2.0 en España, 2010
Biblioteca 2.0 en España, 2010Biblioteca 2.0 en España, 2010
Biblioteca 2.0 en España, 2010
Roberto Soto Arranz
 
Las bibliotecas itinerantes y la componente tecnológica
Las bibliotecas itinerantes y la componente tecnológicaLas bibliotecas itinerantes y la componente tecnológica
Las bibliotecas itinerantes y la componente tecnológica
Roberto Soto Arranz
 
Consejos prácticos para que un servicio de bibliobús funcione
Consejos prácticos para que un servicio de bibliobús funcioneConsejos prácticos para que un servicio de bibliobús funcione
Consejos prácticos para que un servicio de bibliobús funcione
Roberto Soto Arranz
 

Mais de Roberto Soto Arranz (20)

Fuerza y potencia de la biblioteca rural
Fuerza y potencia de la biblioteca ruralFuerza y potencia de la biblioteca rural
Fuerza y potencia de la biblioteca rural
 
Spanish bookmobiles againts depopulation
Spanish bookmobiles againts depopulationSpanish bookmobiles againts depopulation
Spanish bookmobiles againts depopulation
 
Biblioguagua estudio viabilidad para la isla de Gran Canaria
Biblioguagua estudio viabilidad para la isla de Gran CanariaBiblioguagua estudio viabilidad para la isla de Gran Canaria
Biblioguagua estudio viabilidad para la isla de Gran Canaria
 
A biblioteca, a grande porta para o desenvolvimento
A biblioteca, a grande porta para o desenvolvimentoA biblioteca, a grande porta para o desenvolvimento
A biblioteca, a grande porta para o desenvolvimento
 
Lectura, democracia, paz y transformación social
Lectura, democracia, paz y transformación socialLectura, democracia, paz y transformación social
Lectura, democracia, paz y transformación social
 
Bibliotecas itinerantes. Funcionalidades e indentidades
Bibliotecas itinerantes. Funcionalidades e indentidadesBibliotecas itinerantes. Funcionalidades e indentidades
Bibliotecas itinerantes. Funcionalidades e indentidades
 
App "bibliobuses de león"
App "bibliobuses de león"App "bibliobuses de león"
App "bibliobuses de león"
 
Relaciones entre los bibliobuses portugueses y españoles
Relaciones entre los bibliobuses portugueses y españolesRelaciones entre los bibliobuses portugueses y españoles
Relaciones entre los bibliobuses portugueses y españoles
 
Aproximación a los servicios bibliotecarios móviles
Aproximación a los servicios bibliotecarios móvilesAproximación a los servicios bibliotecarios móviles
Aproximación a los servicios bibliotecarios móviles
 
Bibliobuses de León 2014 (España)
Bibliobuses de León 2014 (España)Bibliobuses de León 2014 (España)
Bibliobuses de León 2014 (España)
 
El fomento de la lectura escolar. La colaboración de las Bibliotecas Móviles ...
El fomento de la lectura escolar. La colaboración de las Bibliotecas Móviles ...El fomento de la lectura escolar. La colaboración de las Bibliotecas Móviles ...
El fomento de la lectura escolar. La colaboración de las Bibliotecas Móviles ...
 
Ampliación de contenidos en los Bilbiobuses de León mediante códigos QR
Ampliación de contenidos en los Bilbiobuses de León mediante códigos QRAmpliación de contenidos en los Bilbiobuses de León mediante códigos QR
Ampliación de contenidos en los Bilbiobuses de León mediante códigos QR
 
La Biblioteca Móvil: prestaciones y funciones. La dinamización
La Biblioteca Móvil: prestaciones y funciones. La dinamizaciónLa Biblioteca Móvil: prestaciones y funciones. La dinamización
La Biblioteca Móvil: prestaciones y funciones. La dinamización
 
ACLEBIM, hacia la comunidad profesional en las bibliotecas móviles españolas.
ACLEBIM, hacia la comunidad profesional en las bibliotecas móviles españolas.ACLEBIM, hacia la comunidad profesional en las bibliotecas móviles españolas.
ACLEBIM, hacia la comunidad profesional en las bibliotecas móviles españolas.
 
Blog de aclebim
Blog de aclebimBlog de aclebim
Blog de aclebim
 
Blog ACLEBIM
Blog ACLEBIMBlog ACLEBIM
Blog ACLEBIM
 
La biblioteca replicante
La biblioteca replicanteLa biblioteca replicante
La biblioteca replicante
 
Biblioteca 2.0 en España, 2010
Biblioteca 2.0 en España, 2010Biblioteca 2.0 en España, 2010
Biblioteca 2.0 en España, 2010
 
Las bibliotecas itinerantes y la componente tecnológica
Las bibliotecas itinerantes y la componente tecnológicaLas bibliotecas itinerantes y la componente tecnológica
Las bibliotecas itinerantes y la componente tecnológica
 
Consejos prácticos para que un servicio de bibliobús funcione
Consejos prácticos para que un servicio de bibliobús funcioneConsejos prácticos para que un servicio de bibliobús funcione
Consejos prácticos para que un servicio de bibliobús funcione
 

Último

Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdfEletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
barbosajucy47
 
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWSSubindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Ismael Ash
 
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
Faga1939
 
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebuliçãoExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão
 
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoudFerramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ismael Ash
 
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptxSegurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Divina Vitorino
 
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docxse38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
ronaldos10
 

Último (7)

Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdfEletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
Eletiva_O-mundo-conectado-Ensino-Médio.docx.pdf
 
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWSSubindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
Subindo uma aplicação WordPress em docker na AWS
 
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL + COMPUTAÇÃO QUÂNTICA = MAIOR REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA D...
 
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebuliçãoExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
ExpoGestão 2024 - Desvendando um mundo em ebulição
 
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoudFerramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de   DevOps/CLoud
Ferramentas que irão te ajudar a entrar no mundo de DevOps/CLoud
 
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptxSegurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
Segurança da Informação - Onde estou e para onde eu vou.pptx
 
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docxse38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
se38_layout_erro_xxxxxxxxxxxxxxxxxx.docx
 

As redes sociais e as bibliotecas na Espanha

  • 1. As redes sociais e as bibliotecasAs redes sociais e as bibliotecas na Espanha. A biblioteca 2.0na Espanha. A biblioteca 2.0 Conferência.Conferência. As redes sociais e asAs redes sociais e as bibliotecas: novos paradigmas, novosbibliotecas: novos paradigmas, novos leitores?leitores? Batalha, 22 de Outubro de 2010Batalha, 22 de Outubro de 2010 Roberto Soto ArranzRoberto Soto Arranz
  • 2. EspanhaEspanha e Internete Internet • 29.000.000 usuários da Internet. • 12 º país no uso da Internet • 65% dos lares têm um computador • dos quais 45% têm uma ligação à Internet Fuente: Tatum. Informe de Internet en España y en el Mundo
  • 3. EspanhaEspanha e as redes sociaise as redes sociais •70% lêem um blog pelo menos uma vez por mês (2009). •41,4% é o autor de um blog, dos quais 64% deles usaram pelo menos uma vez por semana (2009) •35,4% dos usuários compartilham fotos na Internet pelo menos uma vez por mês (2009) •24,9% compartilhar vídeos pelo menos uma vez por mês (2009) Fuente: 101. Estrategia y marketing de las redes sociales
  • 4. EspanhaEspanha e as redes sociaise as redes sociais • Espanha é o 7 º país no mundo no uso de redes sociais (2010) • 80% dos usuários de Internet pertencem a uma rede (2010) • 60% consultam diariamente (2010) • Facebook é o líder da rede, com 37% dos utilizadores da Internet (2010) • Os usuários Tuenti dedicar 80 minutos por dia, tem 7 milhões de usuários e ao tráfego 35% maior do que o Google (2010) • Os usuários do Twitter, 69 minutos por dia (2010) -A Espanha é o terceiro país do tráfego Twitter- • O Facebook, 55 minutos (2010) • Membro do YouTube, a 15 minutos (2010) Fuente: Tatum. Informe Universal McCann para 2010
  • 5. As bibliotecas emAs bibliotecas em EspanhaEspanha •6.601 bibliotecas: uma biblioteca/5.518 habitantes •62% bibliotecas públicas, 29% especializadas, 5% universitárias, 4% para usuários específicos •81,6% de capitais públicos (83% do poder local e provincial), 18,4% de propriedade privada •204,36 millones de visitas (4,48 vezes per capita) •16,30 milhões de membros •Emprestado per capita 1,63 Fuente: Instituto Nacional de Estadística. Datos de 2008
  • 6. As bibliotecas e InternetAs bibliotecas e Internet •24% das bibliotecas têm Web sites •Destes, 41% oferecem consultar o seu catálogo na Internet •88% das bibliotecas oferecem acesso à Internet a usuários Fuente: Instituto Nacional de Estadística. Datos de 2008
  • 7. Rumo a Biblioteca 2.0. IntroduçãoRumo a Biblioteca 2.0. Introdução teóricateórica • 20032003:: Weblogs: un recurso para los profesionales de laWeblogs: un recurso para los profesionales de la informacióninformación. J.A. Merlo y Ángela Sorli. Revista Española. J.A. Merlo y Ángela Sorli. Revista Española de Documentación Científica (oct.-dic.)de Documentación Científica (oct.-dic.) • Maio, 2006Maio, 2006:: Web 2.0 en las bibliotecas: el conceptoWeb 2.0 en las bibliotecas: el concepto Library 2.0Library 2.0. Jorge Serrano. ThinkEPI. Jorge Serrano. ThinkEPI • Abril, 2007Abril, 2007: Monográfico de: Monográfico de El Profesional de laEl Profesional de la informacióninformación (vol. 16, n. 2).(vol. 16, n. 2). • Outubro, 2007Outubro, 2007: “Bibliotecas y web social”, dossier de: “Bibliotecas y web social”, dossier de Educación y bibliotecaEducación y biblioteca (n.161).(n.161). • Outubro, 2007Outubro, 2007: monográfico de: monográfico de Clip, boletín de SEDICClip, boletín de SEDIC (n. 48) ((n. 48) (Associação Espanhola de Documentação eAssociação Espanhola de Documentação e InformaçãoInformação))
  • 8. Rumo a Biblioteca 2.0. Os primeirosRumo a Biblioteca 2.0. Os primeiros exemplosexemplos.. • Biblioteca Municipal de MuskizBiblioteca Municipal de Muskiz • Bibliotecas Escolares de GaliciaBibliotecas Escolares de Galicia • Biblioteca da Universidade de SevillaBiblioteca da Universidade de Sevilla
  • 9. Biblioteca Municipal de MuskizBiblioteca Municipal de Muskiz • Serviços da biblioteca 2.0Serviços da biblioteca 2.0: blogs,: blogs, sindicação de conteúdos, serviços desindicação de conteúdos, serviços de integração do desktop ...integração do desktop ... • Liburutegien hariaLiburutegien haria: agregador fechado: agregador fechado cobrindo notícias sobre os blogs de váriascobrindo notícias sobre os blogs de várias bibliotecas.bibliotecas. • BateginikBateginik: web recolhe novos registros a: web recolhe novos registros a partir dos catálogos de várias bibliotecas,partir dos catálogos de várias bibliotecas, uma cooperativa e descentralizada.uma cooperativa e descentralizada.
  • 10. Bibliotecas Escolares de GaliciaBibliotecas Escolares de Galicia • Blog como ferramenta fundamentalBlog como ferramenta fundamental com múltiplos usos, especialmente emcom múltiplos usos, especialmente em apoio de clubes de leitura.apoio de clubes de leitura. • Esforço paralelo da Xunta de GaliciaEsforço paralelo da Xunta de Galicia:: cursos, reuniões profissionais e os blogscursos, reuniões profissionais e os blogs para divulgar a campanha do governo oupara divulgar a campanha do governo ou do clube de leitura para professores.do clube de leitura para professores.
  • 11. Biblioteca da Universidade deBiblioteca da Universidade de SevillaSevilla • Integrado catálogo em navegadores e barra deIntegrado catálogo em navegadores e barra de navegação.navegação. • Genéricos Blogs (BibPolitec Blog), temáticosGenéricos Blogs (BibPolitec Blog), temáticos (BiBling) e internos (Bibliotecarios 2.0)(BiBling) e internos (Bibliotecarios 2.0) • Wikis: temáticos, de apoio o trabalho dosWikis: temáticos, de apoio o trabalho dos professores, como espaço de trabalho comum.professores, como espaço de trabalho comum. • Opac 2.0Opac 2.0 • Del.icio.usDel.icio.us como uma lista de referênciacomo uma lista de referência .. • FlickrFlickr • ““Pergunte ao Bibliotecário” no sistema de chat.Pergunte ao Bibliotecário” no sistema de chat. • Serviços de integração do desktopServiços de integração do desktop..
  • 12. As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010• Mapa deMapa de Bibliotecas 2.0 en EspañaBibliotecas 2.0 en España. Nieves González. Nieves González..
  • 13. As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010• Experiencias bibliotecarias con las tecnologías socialesExperiencias bibliotecarias con las tecnologías sociales.. Biblioblog 3ª ed.Biblioblog 3ª ed.
  • 14. As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010 Porcentual de bibliotecas espanholas com serviços 2.0 (2010) 93% 7% Bibliotecas espanholas: 6.601 Bibliotecas 2.0 espanholas: 476
  • 15. As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010 Porcentual de bibliotecas espanholas 2.0 dentro as bibliotecas con web (2010) 77% 23% Bibliotecas com web: 1,584 Bibliotecas con web 2.0: 476
  • 16. As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010 Serviços em as bibliotecas 2.0 espanholas (2010): 476 bibliotecas 125 22 180 63 13 15 25 33 0 50 100 150 200 Blog Wikis Redes sociais Compartilhamento de arquivos Conversa Recomendação Desktops Marcação semântica 38% 26% 13% 5% 5% 7% 3% 3% Se han omitido los servicios RRS, que los tienen el 99% de la bibliotecas, para resaltar en el gráfico el significado del resto
  • 17. As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010 Serviços em as bibliotecas 2.0 espanholas (2010): 476 bibliotecas 125 22 180 63 13 15 25 33 0 50 100 150 200 Blog Wikis Redes sociais Compartilhamento de arquivos Conversa Recomendação Desktops Marcação semântica Redes sociais em bibliotecas espanholas (2010) 0 10 20 30 40 50 60 70 facebook twitter tuenti ning friendfeed
  • 18. As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010 Sistemas de compartilhamento de arquivos nas bibliotecas espanholas (2010) 0 5 10 15 20 25 30 35 Flickr Youtube Slideshare Serviços em as bibliotecas 2.0 espanholas (2010): 476 bibliotecas 125 22 180 63 13 15 25 33 0 50 100 150 200 Blog Wikis Redes sociais Compartilhamento de arquivos Conversa Recomendação Desktops Marcação semântica
  • 19. As bibliotecas 2.0 emAs bibliotecas 2.0 em EspanhaEspanha, 2010, 2010 Pobre penetração da BibliotecaPobre penetração da Biblioteca 2.0 em Espanha:2.0 em Espanha: um problemaum problema de atitude?de atitude?
  • 20. AA Biblioteca Nacional de EspañaBiblioteca Nacional de España Comunidad BNEComunidad BNE
  • 21. AA Biblioteca Nacional de EspañaBiblioteca Nacional de España BlogBlog
  • 22. AA Biblioteca Nacional de EspañaBiblioteca Nacional de España FacebookFacebook Desde Novembro de 2008 Mais de 73.000 amigos
  • 23. AA Biblioteca Nacional de EspañaBiblioteca Nacional de España YoutubeYoutube Desde Abril de 2009 Mais de 300 inscritos Mais de 70.000 Plays
  • 24. AA Biblioteca Nacional de EspañaBiblioteca Nacional de España ForosForos
  • 25. Muito obrigado!Muito obrigado! Roberto Soto Arranz. Presidente de ACLEBIM aclebim@yahoo.es roberto.soto@dipuleon.es