SlideShare uma empresa Scribd logo
… Uma criança, uma educadora, um código muito especial …




  Rodrigo                          Beatriz
                                                                         Ema



                                    Laura
               Diogo
                                                               Inês




                        Inês        Lara        Mariana




                                                                       Lucas
                       Bianca                  Matilde      Diogo                Miguel
Francisco   Fabrício




                                                  Sara
                       Leonor       Dinis




              Laura               Francisco
                                                          Carolina




   Sofia                            Diogo                              Vicente
“Uma criança, uma educadora, um código muito especial... Os
nossos meninos não são os de antes... Trocaram os brinquedos de
madeira pelos sofisticados brinquedos de luzes e som, que só com
um simples toque numa tecla fazem aparecer o mundo fantástico da
eletrónica. As Educadoras não são as de antes...Colam papéis de
texturas maravilhosas, e reconstroem pegadas de animais pré-
históricos só com o simples ato de misturar água e gesso... Mas há
coisas que não mudam, que o tempo e os anos respeitam... o olhar
de uma criança de mão dada com a sua educadora e o contacto
silencioso, caloroso, são sinais entranhados de um código único, de
um sentimento profundo de amizade. Uma criança e a sua
educadora... são capazes de tudo.
Podem passar horas juntos a ouvir canções ou simplesmente a
brincar com a imaginação. Podem fazer as maiores invenções e
tentar salvar o mundo, plantando uma árvore.
Não são as crianças de antes...as educadoras não são as de
antes... o mundo não é o de antes... Mas há coisas que não
mudam, a capacidade de deslumbramento, a força da natureza, o
olhar de uma criança e o carinho de uma educadora que se entrega
sem condições, dia-a-dia, que sonham e trabalham juntos por um
mundo melhor, com um código
único, eterno, poderoso, indestrutível: o de uma profunda amizade.”
                                                 (João dos Santos)
A Beatriz é engraçada
A Bianca é vaidosa
A Carolina é querida
O Dinis é fixe
O Diogo é muito amigo
A Ema é brincalhona
O Fabrício é um peluche
O Francisco é artista
A Inês é fada
A Inês é inteligente
A Lara é princesa
A Laura é uma florzinha
A Laura é veloz
A Leonor é uma borboleta
O Lucas é fantástico
A Mariana é estilosa
A Matilde é artista
O Miguel é engraçado
O Rodrigo é inteligente
A Sara é uma flor
A Sofia é muito querida
O Vicente é muito amigo
O Diogo é campeão
O Diogo é meiguinho
O Francisco é fofinho
A Linda é uma borboleta que dá muitas
          coisas aos meninos
A Ana é fofinha
As flores do meu jardim têm coração; sentem, choram, riem.
 As suas pétalas podem não ser as mais coloridas, mas são as mais delicadas e sensíveis.
   São com estas flores e sua simplicidade que sinto que o carinho me rodeia em cada
  momento que partilhamos e que os momentos mais belos são feitos com as coisas mais
                                         simples.
 Todos os dias as vejo crescer, não só em tamanho, mas em todo o seu desenvolvimento
                           de uma forma alegre e harmoniosa.
Assim sinto-me também uma flor com coração e que pertenço a um jardim cheio de flores
       que se transformam e aprendem momento a momento o significado da vida.
   São flores de várias espécies, que todos os dias, regadas com alegria e entusiasmo,
regadas com persistência, alimentadas com carinho e afeto formarão o mais lindo jardim
                                        do mundo.
  São estas flores, que me fazem sonhar que o mundo ainda será um único jardim e que
        mesmo que as flores sejam colhidas apenas sirvam para formar ramos de:
                                          AMOR
                                        AMIZADE
                                         AFETO
                                        TERNURA
                                       IGUALDADE
                                      COMPRENSÃO
                                       VERACIDADE               (Autor desconhecido)
“…Se alguém ama uma flor da qual só existe um
               exemplar…
…em milhões e milhões de estrelas, isso basta para
               fazê-lo feliz…”
“O tempo que gastaste com a tua rosa…
…é que a fez ser tão importante.”
“Vai ver outra vez as rosas. Compreenderás que a tua é única no mundo.”
“As estrelas são belas por causa…
…de uma flor que não se vê…”
" Sois belas, mas vazias. Não se pode morrer por vós. Minha rosa, sem dúvida um transeunte qualquer pensaria que se parece
convosco. Ela sozinha é porém mais importante que vós todas, pois foi a ela que eu reguei. Foi a ela que pus a redoma. Foi a
ela que abriguei com o pára-vento. Foi dela que eu matei as larvas. Foi a ela que eu escutei queixar-se ou gabar-se, ou mesmo
                                                   calar-se algumas vezes.
                                                      É a minha rosa."
EB Dr. Sanches de Brito
      Sala Amarela
       2011/2012
     Sejam Felizes!!!
Educadora Ermelinda Mestre

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a As flores do meu jardim

Dia Da Mae
Dia Da MaeDia Da Mae
Dia Da Mae
omundonumsolugar
 
PORTFÓLIO PROFª VANESSA DE OLIVEIRA - MATERNAL II A
PORTFÓLIO PROFª VANESSA DE OLIVEIRA - MATERNAL II APORTFÓLIO PROFª VANESSA DE OLIVEIRA - MATERNAL II A
PORTFÓLIO PROFª VANESSA DE OLIVEIRA - MATERNAL II A
cmeirosalina
 
Dia Da Mae Final
Dia Da Mae FinalDia Da Mae Final
Dia Da Mae Final
Biblioteca Mãe Soberana
 
LeilãO De Jardim
LeilãO De JardimLeilãO De Jardim
LeilãO De Jardim
gisle
 
Txt refelxiv
Txt refelxivTxt refelxiv
Txt refelxiv
Darlene Maria Araújo
 
As flores do meu jardim
As flores do meu jardim As flores do meu jardim
As flores do meu jardim
ermelinda mestre
 
Leilão De Jardim
Leilão De JardimLeilão De Jardim
Leilão De Jardim
guestbcc24f
 
LeilãO De Jardim
LeilãO De JardimLeilãO De Jardim
LeilãO De Jardim
guestbcc24f
 
Trabalho Sobre O Dia Da Mae 6 D
Trabalho Sobre O Dia Da Mae 6  DTrabalho Sobre O Dia Da Mae 6  D
Trabalho Sobre O Dia Da Mae 6 D
omundonumsolugar
 

Semelhante a As flores do meu jardim (9)

Dia Da Mae
Dia Da MaeDia Da Mae
Dia Da Mae
 
PORTFÓLIO PROFª VANESSA DE OLIVEIRA - MATERNAL II A
PORTFÓLIO PROFª VANESSA DE OLIVEIRA - MATERNAL II APORTFÓLIO PROFª VANESSA DE OLIVEIRA - MATERNAL II A
PORTFÓLIO PROFª VANESSA DE OLIVEIRA - MATERNAL II A
 
Dia Da Mae Final
Dia Da Mae FinalDia Da Mae Final
Dia Da Mae Final
 
LeilãO De Jardim
LeilãO De JardimLeilãO De Jardim
LeilãO De Jardim
 
Txt refelxiv
Txt refelxivTxt refelxiv
Txt refelxiv
 
As flores do meu jardim
As flores do meu jardim As flores do meu jardim
As flores do meu jardim
 
Leilão De Jardim
Leilão De JardimLeilão De Jardim
Leilão De Jardim
 
LeilãO De Jardim
LeilãO De JardimLeilãO De Jardim
LeilãO De Jardim
 
Trabalho Sobre O Dia Da Mae 6 D
Trabalho Sobre O Dia Da Mae 6  DTrabalho Sobre O Dia Da Mae 6  D
Trabalho Sobre O Dia Da Mae 6 D
 

Mais de ermelinda mestre

Planetas2
Planetas2Planetas2
Planetas2
ermelinda mestre
 
Ementa diferida novembro 2014
Ementa diferida novembro 2014Ementa diferida novembro 2014
Ementa diferida novembro 2014
ermelinda mestre
 
Ementa diferida outubro 2014
Ementa diferida outubro 2014Ementa diferida outubro 2014
Ementa diferida outubro 2014
ermelinda mestre
 
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
ermelinda mestre
 
4. Sessão Escola Pais
4. Sessão Escola Pais4. Sessão Escola Pais
4. Sessão Escola Pais
ermelinda mestre
 
Livro informativo
Livro informativoLivro informativo
Livro informativo
ermelinda mestre
 
Regimento interno dos Jardins de Infância
Regimento interno dos Jardins de InfânciaRegimento interno dos Jardins de Infância
Regimento interno dos Jardins de Infância
ermelinda mestre
 
Metas pré escolar
Metas pré escolarMetas pré escolar
Metas pré escolar
ermelinda mestre
 
Metas pré escolar (1)
Metas pré escolar (1)Metas pré escolar (1)
Metas pré escolar (1)
ermelinda mestre
 
Portefólio digital 2013
Portefólio digital 2013Portefólio digital 2013
Portefólio digital 2013
ermelinda mestre
 
Sindrome
SindromeSindrome
Portefólio digital 2012
Portefólio digital 2012Portefólio digital 2012
Portefólio digital 2012
ermelinda mestre
 
Portefólio ,mafra
Portefólio ,mafraPortefólio ,mafra
Portefólio ,mafra
ermelinda mestre
 
1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido
ermelinda mestre
 
Filhos do coração
Filhos do coraçãoFilhos do coração
Filhos do coração
ermelinda mestre
 
Livro da mae pdf
Livro da mae pdfLivro da mae pdf
Livro da mae pdf
ermelinda mestre
 
Mãe, querida Mãe
Mãe, querida MãeMãe, querida Mãe
Mãe, querida Mãe
ermelinda mestre
 
Sementinha
Sementinha   Sementinha
Sementinha
ermelinda mestre
 
Sementinha sala verde
Sementinha   sala verde Sementinha   sala verde
Sementinha sala verde
ermelinda mestre
 

Mais de ermelinda mestre (20)

Planetas2
Planetas2Planetas2
Planetas2
 
Ementa diferida novembro 2014
Ementa diferida novembro 2014Ementa diferida novembro 2014
Ementa diferida novembro 2014
 
Ementa diferida outubro 2014
Ementa diferida outubro 2014Ementa diferida outubro 2014
Ementa diferida outubro 2014
 
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
 
4. Sessão Escola Pais
4. Sessão Escola Pais4. Sessão Escola Pais
4. Sessão Escola Pais
 
Mapa da história
Mapa da históriaMapa da história
Mapa da história
 
Livro informativo
Livro informativoLivro informativo
Livro informativo
 
Regimento interno dos Jardins de Infância
Regimento interno dos Jardins de InfânciaRegimento interno dos Jardins de Infância
Regimento interno dos Jardins de Infância
 
Metas pré escolar
Metas pré escolarMetas pré escolar
Metas pré escolar
 
Metas pré escolar (1)
Metas pré escolar (1)Metas pré escolar (1)
Metas pré escolar (1)
 
Portefólio digital 2013
Portefólio digital 2013Portefólio digital 2013
Portefólio digital 2013
 
Sindrome
SindromeSindrome
Sindrome
 
Portefólio digital 2012
Portefólio digital 2012Portefólio digital 2012
Portefólio digital 2012
 
Portefólio ,mafra
Portefólio ,mafraPortefólio ,mafra
Portefólio ,mafra
 
1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido
 
Filhos do coração
Filhos do coraçãoFilhos do coração
Filhos do coração
 
Livro da mae pdf
Livro da mae pdfLivro da mae pdf
Livro da mae pdf
 
Mãe, querida Mãe
Mãe, querida MãeMãe, querida Mãe
Mãe, querida Mãe
 
Sementinha
Sementinha   Sementinha
Sementinha
 
Sementinha sala verde
Sementinha   sala verde Sementinha   sala verde
Sementinha sala verde
 

Último

PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 

Último (20)

PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 

As flores do meu jardim

  • 1. … Uma criança, uma educadora, um código muito especial … Rodrigo Beatriz Ema Laura Diogo Inês Inês Lara Mariana Lucas Bianca Matilde Diogo Miguel Francisco Fabrício Sara Leonor Dinis Laura Francisco Carolina Sofia Diogo Vicente
  • 2. “Uma criança, uma educadora, um código muito especial... Os nossos meninos não são os de antes... Trocaram os brinquedos de madeira pelos sofisticados brinquedos de luzes e som, que só com um simples toque numa tecla fazem aparecer o mundo fantástico da eletrónica. As Educadoras não são as de antes...Colam papéis de texturas maravilhosas, e reconstroem pegadas de animais pré- históricos só com o simples ato de misturar água e gesso... Mas há coisas que não mudam, que o tempo e os anos respeitam... o olhar de uma criança de mão dada com a sua educadora e o contacto silencioso, caloroso, são sinais entranhados de um código único, de um sentimento profundo de amizade. Uma criança e a sua educadora... são capazes de tudo. Podem passar horas juntos a ouvir canções ou simplesmente a brincar com a imaginação. Podem fazer as maiores invenções e tentar salvar o mundo, plantando uma árvore. Não são as crianças de antes...as educadoras não são as de antes... o mundo não é o de antes... Mas há coisas que não mudam, a capacidade de deslumbramento, a força da natureza, o olhar de uma criança e o carinho de uma educadora que se entrega sem condições, dia-a-dia, que sonham e trabalham juntos por um mundo melhor, com um código único, eterno, poderoso, indestrutível: o de uma profunda amizade.” (João dos Santos)
  • 3. A Beatriz é engraçada
  • 4. A Bianca é vaidosa
  • 5. A Carolina é querida
  • 6. O Dinis é fixe
  • 7. O Diogo é muito amigo
  • 8. A Ema é brincalhona
  • 9. O Fabrício é um peluche
  • 10. O Francisco é artista
  • 11. A Inês é fada
  • 12. A Inês é inteligente
  • 13. A Lara é princesa
  • 14. A Laura é uma florzinha
  • 15. A Laura é veloz
  • 16. A Leonor é uma borboleta
  • 17. O Lucas é fantástico
  • 18. A Mariana é estilosa
  • 19. A Matilde é artista
  • 20. O Miguel é engraçado
  • 21. O Rodrigo é inteligente
  • 22. A Sara é uma flor
  • 23. A Sofia é muito querida
  • 24. O Vicente é muito amigo
  • 25. O Diogo é campeão
  • 26. O Diogo é meiguinho
  • 27. O Francisco é fofinho
  • 28. A Linda é uma borboleta que dá muitas coisas aos meninos
  • 29. A Ana é fofinha
  • 30. As flores do meu jardim têm coração; sentem, choram, riem. As suas pétalas podem não ser as mais coloridas, mas são as mais delicadas e sensíveis. São com estas flores e sua simplicidade que sinto que o carinho me rodeia em cada momento que partilhamos e que os momentos mais belos são feitos com as coisas mais simples. Todos os dias as vejo crescer, não só em tamanho, mas em todo o seu desenvolvimento de uma forma alegre e harmoniosa. Assim sinto-me também uma flor com coração e que pertenço a um jardim cheio de flores que se transformam e aprendem momento a momento o significado da vida. São flores de várias espécies, que todos os dias, regadas com alegria e entusiasmo, regadas com persistência, alimentadas com carinho e afeto formarão o mais lindo jardim do mundo. São estas flores, que me fazem sonhar que o mundo ainda será um único jardim e que mesmo que as flores sejam colhidas apenas sirvam para formar ramos de: AMOR AMIZADE AFETO TERNURA IGUALDADE COMPRENSÃO VERACIDADE (Autor desconhecido)
  • 31. “…Se alguém ama uma flor da qual só existe um exemplar…
  • 32. …em milhões e milhões de estrelas, isso basta para fazê-lo feliz…”
  • 33. “O tempo que gastaste com a tua rosa…
  • 34. …é que a fez ser tão importante.”
  • 35. “Vai ver outra vez as rosas. Compreenderás que a tua é única no mundo.”
  • 36. “As estrelas são belas por causa…
  • 37. …de uma flor que não se vê…”
  • 38. " Sois belas, mas vazias. Não se pode morrer por vós. Minha rosa, sem dúvida um transeunte qualquer pensaria que se parece convosco. Ela sozinha é porém mais importante que vós todas, pois foi a ela que eu reguei. Foi a ela que pus a redoma. Foi a ela que abriguei com o pára-vento. Foi dela que eu matei as larvas. Foi a ela que eu escutei queixar-se ou gabar-se, ou mesmo calar-se algumas vezes. É a minha rosa."
  • 39. EB Dr. Sanches de Brito Sala Amarela 2011/2012 Sejam Felizes!!! Educadora Ermelinda Mestre