SlideShare uma empresa Scribd logo
1º DE MAIO – DIA DO TRABALHADOR


                              Segundo         vários     documentos
                              pesquisados sobre o 1º de Maio, Dia
                              Do     Trabalhador      é    celebrado
                              anualmente no 1º de Maio em vários
                              Países do Mundo, sendo considerado
                              em alguns países Feriado Nacional. No
                              ano de 1886 nas Ruas de Chicago e
                              Estados      Unidos,    houve     uma
manifestação, aonde de concentraram milhares de pessoas, que tinha
como finalidade a reivindicação das jornadas de trabalho para as 8
horas diárias. No dia 3 de Maio nos Estados Unidos houve inicio a
uma greve geral, seguida depois uma manifestação acabando por ser
dispersa a bastonada pelas forças policiais. Desses confrontos houve
a morte de alguns manifestantes. No dia seguinte 4 de Maio houve
uma nova manifestação em protestos pelos acontecimentos
anteriores, havendo novamente uma carga policial e o rebentamento
de uma bomba por desconhecidos tendo morto sete agentes policiais.
Após estes confrontos as forças policiais abriram fogo matando 12
pessoas e ferindo uma dezenas de manifestantes, ficando esta
revolta como conhecida Revolta de Haymarket. A 20 de Junho de
1889, a Segunda Internacional Socialista reunida e Paris decidiu por
proposta de Raymond Lavingne, reunir anualmente no dia 1 de
Maio com objectivo de lutar pelas 8 horas diárias. A Data escolhida
após essa reunião ficou sempre o 1 DE MAIO, homenageando as lutas
sindicais em Chicago. No norte de França em 1 de Maio de 1891
houve uma grande manifestação sindical em comemoração ao 1º de
Maio, mas foi dispersada pela forças policiais ode houve centenas de
feridos e 12 mortos. Derivado a esse drama que marcou
negativamente as manifestações do 1º de Maio, a Internacional
Socialista de Bruxelas       proclama esse dia COMO O DIA
INTERNACIONAL DAS REIVINDICAÇÕES DE CONDIÇÕES
LABORAIS. No ano de 23 de Abril de 1919, o Senado Francês,
ratifica o dia 8 de Maio e proclama o dia 1 DE MAIO COMO - DIA
FERIADO NACIONAL. Esse exemplo foi seguido felizmente por vários
países. Em Portugal só partir do fim da ditadura (25 Abril 1974) se
realizou o 1º Maio de 1974 que foi comemorado livremente e passou
a ser a partir dessa data “ FERIADO NACIONAL “. No tempo da
ditadura o 1º dia Maio era reprimido pela PIDE. FELIZMENTE O 1º
DE MAIO AGORA É COMEMORADO EM TODO O MUNDO COMO O
DIA O DIA MUNDIAL DOS TRABALHADORES,



Filatelicamente esta data é homenageada em vários Países do Mundo
e em Portugal foi emitida uma Emissão de Selos no ano de 1981
intitulada :

          1981 – 1º DE MAIO – DIA DO TRABALHADOR

Desenho: Armando Alves

Impressão: Offset na INCM

Folhas: De 50 selos (5 x 10)

Circulação: de 30 de ABEL de 1981 a 31 de AGO 1989

Papel: Esmalte “ F “

Denteado: 12 X 12 ½




Bibliografias Consultadas:

  •   Catálogo da Afinsa – 2010 – 26 Edição
  •   Enciclopédia; Portugal Contemporâneo das Selecções de
      Readers Digest
  •   Dicionário: Mais das Palavras e das Ideias – Lisboa Editora
  •   Moderno Dicionário da Língua Portuguesa – Circulo de Leitores
  •   Diversos jornais e revistas da época a seguir ao 12 de Abril
      1975
                                                 Elaborado por: Américo Rebelo
                                                                   Maio 2010

Mais conteúdo relacionado

Destaque

1º de maio
1º de maio1º de maio
1º de maio
Ana Cristina F
 
Dia Do Trabalhador
Dia Do TrabalhadorDia Do Trabalhador
Dia Do Trabalhador
Marilia Teixeira
 
03. Direitos e Garantias Fundamentais
03. Direitos e Garantias Fundamentais03. Direitos e Garantias Fundamentais
03. Direitos e Garantias Fundamentais
Cláudio Colnago
 
Cp 1 Codigo Trabalho Luis Costa 4944
Cp 1 Codigo Trabalho Luis Costa 4944Cp 1 Codigo Trabalho Luis Costa 4944
Cp 1 Codigo Trabalho Luis Costa 4944
Luís Costa
 
Direitos dos trabalhadores
Direitos dos trabalhadoresDireitos dos trabalhadores
Direitos dos trabalhadores
Vanessa Henriques
 
Direitos e Deveres
Direitos e DeveresDireitos e Deveres
Direitos e Deveres
Sergio Lagoa
 
Aula 06 - Direitos e Garantias Fundamentais
Aula 06 - Direitos e Garantias FundamentaisAula 06 - Direitos e Garantias Fundamentais
Aula 06 - Direitos e Garantias Fundamentais
Tércio De Santana
 
Direito e Garantias Fundamentais
Direito e Garantias FundamentaisDireito e Garantias Fundamentais
Direito e Garantias Fundamentais
Alex Mendes
 
Reflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFEReflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFE
mega
 
Noções de Direito do Trabalho
Noções de Direito do TrabalhoNoções de Direito do Trabalho
Noções de Direito do Trabalho
Wandick Rocha de Aquino
 
Dir trabalho resumo-resumido
Dir trabalho resumo-resumidoDir trabalho resumo-resumido
Dir trabalho resumo-resumido
duartejn
 
C.P. 1 - Direitos Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
C.P. 1 - Direitos  Liberdades e Garantias dos Trabalhadores C.P. 1 - Direitos  Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
C.P. 1 - Direitos Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
I.Braz Slideshares
 
Direitos e deveres laborais
Direitos e deveres laboraisDireitos e deveres laborais
Direitos e deveres laborais
cattonia
 
Reflexão - CP1
Reflexão - CP1Reflexão - CP1
Reflexão - CP1
Sizes & Patterns
 
Direitos e deveres do trabalhador
Direitos e deveres do trabalhadorDireitos e deveres do trabalhador
Direitos e deveres do trabalhador
Fillipe Lobo
 
Direitos trabalhistas
Direitos trabalhistasDireitos trabalhistas
Direitos trabalhistas
bia139
 
Direito Do Trabalho
Direito Do TrabalhoDireito Do Trabalho
Direito Do Trabalho
jonatas avila
 
Direitos e deveres
Direitos e deveresDireitos e deveres
Direitos e deveres
figo
 
Direitos e deveres
Direitos e deveresDireitos e deveres
Direitos e deveres
Orcilene
 
A Cidadania
A CidadaniaA Cidadania
A Cidadania
guest5a2946
 

Destaque (20)

1º de maio
1º de maio1º de maio
1º de maio
 
Dia Do Trabalhador
Dia Do TrabalhadorDia Do Trabalhador
Dia Do Trabalhador
 
03. Direitos e Garantias Fundamentais
03. Direitos e Garantias Fundamentais03. Direitos e Garantias Fundamentais
03. Direitos e Garantias Fundamentais
 
Cp 1 Codigo Trabalho Luis Costa 4944
Cp 1 Codigo Trabalho Luis Costa 4944Cp 1 Codigo Trabalho Luis Costa 4944
Cp 1 Codigo Trabalho Luis Costa 4944
 
Direitos dos trabalhadores
Direitos dos trabalhadoresDireitos dos trabalhadores
Direitos dos trabalhadores
 
Direitos e Deveres
Direitos e DeveresDireitos e Deveres
Direitos e Deveres
 
Aula 06 - Direitos e Garantias Fundamentais
Aula 06 - Direitos e Garantias FundamentaisAula 06 - Direitos e Garantias Fundamentais
Aula 06 - Direitos e Garantias Fundamentais
 
Direito e Garantias Fundamentais
Direito e Garantias FundamentaisDireito e Garantias Fundamentais
Direito e Garantias Fundamentais
 
Reflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFEReflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFE
 
Noções de Direito do Trabalho
Noções de Direito do TrabalhoNoções de Direito do Trabalho
Noções de Direito do Trabalho
 
Dir trabalho resumo-resumido
Dir trabalho resumo-resumidoDir trabalho resumo-resumido
Dir trabalho resumo-resumido
 
C.P. 1 - Direitos Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
C.P. 1 - Direitos  Liberdades e Garantias dos Trabalhadores C.P. 1 - Direitos  Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
C.P. 1 - Direitos Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
 
Direitos e deveres laborais
Direitos e deveres laboraisDireitos e deveres laborais
Direitos e deveres laborais
 
Reflexão - CP1
Reflexão - CP1Reflexão - CP1
Reflexão - CP1
 
Direitos e deveres do trabalhador
Direitos e deveres do trabalhadorDireitos e deveres do trabalhador
Direitos e deveres do trabalhador
 
Direitos trabalhistas
Direitos trabalhistasDireitos trabalhistas
Direitos trabalhistas
 
Direito Do Trabalho
Direito Do TrabalhoDireito Do Trabalho
Direito Do Trabalho
 
Direitos e deveres
Direitos e deveresDireitos e deveres
Direitos e deveres
 
Direitos e deveres
Direitos e deveresDireitos e deveres
Direitos e deveres
 
A Cidadania
A CidadaniaA Cidadania
A Cidadania
 

Semelhante a Artigo sobre o 1º de maio

1º de maio
1º de maio1º de maio
1º de maio
tomascm1
 
1 de maio
1 de maio1 de maio
1 de maio
tomascm1
 
1 de maio
1 de maio1 de maio
1 de maio
tomascm1
 
1 de maio
1 de maio1 de maio
1 de maio
tomascm1
 
1 de maio
1 de maio1 de maio
1 de maio
tomascm1
 
Dia do Trabalhador
Dia do TrabalhadorDia do Trabalhador
Dia do Trabalhador
Ana Sêco
 
As origens do 1º de maio
As origens do 1º de maioAs origens do 1º de maio
As origens do 1º de maio
guest90178c
 
As origens do 1º de Maio
As origens do 1º de MaioAs origens do 1º de Maio
As origens do 1º de Maio
guest90178c
 
Dia do Trabalhador
Dia do TrabalhadorDia do Trabalhador
Dia do Trabalhador
Catarinasls
 
O dia do trabalho é comemorado em 1º de maio
O dia do trabalho é comemorado em 1º de maioO dia do trabalho é comemorado em 1º de maio
O dia do trabalho é comemorado em 1º de maio
EEF Luiz Delfino
 
1241873348 1demaio
1241873348 1demaio1241873348 1demaio
1241873348 1demaio
Daniela Anjos
 
Dia do trabalho atividade interdisciplinar portugues, historia, geografia, so...
Dia do trabalho atividade interdisciplinar portugues, historia, geografia, so...Dia do trabalho atividade interdisciplinar portugues, historia, geografia, so...
Dia do trabalho atividade interdisciplinar portugues, historia, geografia, so...
Atividades Diversas Cláudia
 
Dia do trabalho
Dia do trabalhoDia do trabalho
Dia do trabalho
julliana brito
 
Dia do trabalho
Dia do trabalhoDia do trabalho
Dia do trabalho
cebpaulofreire
 
Dia do trabalho
Dia do trabalhoDia do trabalho
Dia do trabalho
folhasemanal
 
Jb news informativo nr. 2033
Jb news   informativo nr. 2033Jb news   informativo nr. 2033
Jb news informativo nr. 2033
JB News
 
Trabalhando com documentos-1republica-no-brasil.pptx
Trabalhando com documentos-1republica-no-brasil.pptxTrabalhando com documentos-1republica-no-brasil.pptx
Trabalhando com documentos-1republica-no-brasil.pptx
Daniel Luis da Silva
 
1.º de Maio
1.º de Maio1.º de Maio
Historia do movimento_anarquista_no_brasil
Historia do movimento_anarquista_no_brasilHistoria do movimento_anarquista_no_brasil
Historia do movimento_anarquista_no_brasil
moratonoise
 
Trabalho de hugo soeiro & filipe pires
Trabalho de hugo soeiro & filipe piresTrabalho de hugo soeiro & filipe pires
Trabalho de hugo soeiro & filipe pires
eb23ja
 

Semelhante a Artigo sobre o 1º de maio (20)

1º de maio
1º de maio1º de maio
1º de maio
 
1 de maio
1 de maio1 de maio
1 de maio
 
1 de maio
1 de maio1 de maio
1 de maio
 
1 de maio
1 de maio1 de maio
1 de maio
 
1 de maio
1 de maio1 de maio
1 de maio
 
Dia do Trabalhador
Dia do TrabalhadorDia do Trabalhador
Dia do Trabalhador
 
As origens do 1º de maio
As origens do 1º de maioAs origens do 1º de maio
As origens do 1º de maio
 
As origens do 1º de Maio
As origens do 1º de MaioAs origens do 1º de Maio
As origens do 1º de Maio
 
Dia do Trabalhador
Dia do TrabalhadorDia do Trabalhador
Dia do Trabalhador
 
O dia do trabalho é comemorado em 1º de maio
O dia do trabalho é comemorado em 1º de maioO dia do trabalho é comemorado em 1º de maio
O dia do trabalho é comemorado em 1º de maio
 
1241873348 1demaio
1241873348 1demaio1241873348 1demaio
1241873348 1demaio
 
Dia do trabalho atividade interdisciplinar portugues, historia, geografia, so...
Dia do trabalho atividade interdisciplinar portugues, historia, geografia, so...Dia do trabalho atividade interdisciplinar portugues, historia, geografia, so...
Dia do trabalho atividade interdisciplinar portugues, historia, geografia, so...
 
Dia do trabalho
Dia do trabalhoDia do trabalho
Dia do trabalho
 
Dia do trabalho
Dia do trabalhoDia do trabalho
Dia do trabalho
 
Dia do trabalho
Dia do trabalhoDia do trabalho
Dia do trabalho
 
Jb news informativo nr. 2033
Jb news   informativo nr. 2033Jb news   informativo nr. 2033
Jb news informativo nr. 2033
 
Trabalhando com documentos-1republica-no-brasil.pptx
Trabalhando com documentos-1republica-no-brasil.pptxTrabalhando com documentos-1republica-no-brasil.pptx
Trabalhando com documentos-1republica-no-brasil.pptx
 
1.º de Maio
1.º de Maio1.º de Maio
1.º de Maio
 
Historia do movimento_anarquista_no_brasil
Historia do movimento_anarquista_no_brasilHistoria do movimento_anarquista_no_brasil
Historia do movimento_anarquista_no_brasil
 
Trabalho de hugo soeiro & filipe pires
Trabalho de hugo soeiro & filipe piresTrabalho de hugo soeiro & filipe pires
Trabalho de hugo soeiro & filipe pires
 

Mais de Museu Filatelia Sérgio Pedro

From chaturanga to chess
From chaturanga to chessFrom chaturanga to chess
From chaturanga to chess
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
O dinheiro dos nossos Antepassados
O dinheiro dos nossos AntepassadosO dinheiro dos nossos Antepassados
O dinheiro dos nossos Antepassados
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...
Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...
Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Calendários de Bolso - Lotaria Espanhola
Calendários de Bolso - Lotaria EspanholaCalendários de Bolso - Lotaria Espanhola
Calendários de Bolso - Lotaria Espanhola
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
São Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidade
São Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidadeSão Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidade
São Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidade
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
A Vida nos Recifes
A Vida nos RecifesA Vida nos Recifes
A Vida nos Recifes
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
A Invenção do Alfabeto e da Escrita
A Invenção do Alfabeto e da EscritaA Invenção do Alfabeto e da Escrita
A Invenção do Alfabeto e da Escrita
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (8)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (8)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (8)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (8)
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (7)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (7)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (7)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (7)
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (6)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (6)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (6)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (6)
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (5)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (5)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (5)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (5)
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (4)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (4)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (4)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (4)
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (3)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (3)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (3)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (3)
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (2)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (2)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (2)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (2)
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (1)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (1)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (1)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (1)
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Fátima - 100 anos (Um caso de Marcofilia)
Fátima - 100 anos (Um caso de Marcofilia)Fátima - 100 anos (Um caso de Marcofilia)
Fátima - 100 anos (Um caso de Marcofilia)
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020
Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020
Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal
Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de PortugalColeção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal
Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...
Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...
Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...
Museu Filatelia Sérgio Pedro
 

Mais de Museu Filatelia Sérgio Pedro (20)

From chaturanga to chess
From chaturanga to chessFrom chaturanga to chess
From chaturanga to chess
 
O dinheiro dos nossos Antepassados
O dinheiro dos nossos AntepassadosO dinheiro dos nossos Antepassados
O dinheiro dos nossos Antepassados
 
Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...
Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...
Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...
 
Calendários de Bolso - Lotaria Espanhola
Calendários de Bolso - Lotaria EspanholaCalendários de Bolso - Lotaria Espanhola
Calendários de Bolso - Lotaria Espanhola
 
São Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidade
São Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidadeSão Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidade
São Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidade
 
A Vida nos Recifes
A Vida nos RecifesA Vida nos Recifes
A Vida nos Recifes
 
A Invenção do Alfabeto e da Escrita
A Invenção do Alfabeto e da EscritaA Invenção do Alfabeto e da Escrita
A Invenção do Alfabeto e da Escrita
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (8)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (8)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (8)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (8)
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (7)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (7)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (7)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (7)
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (6)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (6)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (6)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (6)
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (5)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (5)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (5)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (5)
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (4)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (4)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (4)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (4)
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (3)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (3)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (3)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (3)
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (2)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (2)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (2)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (2)
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (1)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (1)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (1)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (1)
 
Fátima - 100 anos (Um caso de Marcofilia)
Fátima - 100 anos (Um caso de Marcofilia)Fátima - 100 anos (Um caso de Marcofilia)
Fátima - 100 anos (Um caso de Marcofilia)
 
Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020
Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020
Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020
 
Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal
Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de PortugalColeção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal
Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal
 
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)
 
Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...
Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...
Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...
 

Artigo sobre o 1º de maio

  • 1. 1º DE MAIO – DIA DO TRABALHADOR Segundo vários documentos pesquisados sobre o 1º de Maio, Dia Do Trabalhador é celebrado anualmente no 1º de Maio em vários Países do Mundo, sendo considerado em alguns países Feriado Nacional. No ano de 1886 nas Ruas de Chicago e Estados Unidos, houve uma manifestação, aonde de concentraram milhares de pessoas, que tinha como finalidade a reivindicação das jornadas de trabalho para as 8 horas diárias. No dia 3 de Maio nos Estados Unidos houve inicio a uma greve geral, seguida depois uma manifestação acabando por ser dispersa a bastonada pelas forças policiais. Desses confrontos houve a morte de alguns manifestantes. No dia seguinte 4 de Maio houve uma nova manifestação em protestos pelos acontecimentos anteriores, havendo novamente uma carga policial e o rebentamento de uma bomba por desconhecidos tendo morto sete agentes policiais. Após estes confrontos as forças policiais abriram fogo matando 12 pessoas e ferindo uma dezenas de manifestantes, ficando esta revolta como conhecida Revolta de Haymarket. A 20 de Junho de 1889, a Segunda Internacional Socialista reunida e Paris decidiu por proposta de Raymond Lavingne, reunir anualmente no dia 1 de Maio com objectivo de lutar pelas 8 horas diárias. A Data escolhida após essa reunião ficou sempre o 1 DE MAIO, homenageando as lutas sindicais em Chicago. No norte de França em 1 de Maio de 1891 houve uma grande manifestação sindical em comemoração ao 1º de Maio, mas foi dispersada pela forças policiais ode houve centenas de feridos e 12 mortos. Derivado a esse drama que marcou negativamente as manifestações do 1º de Maio, a Internacional Socialista de Bruxelas proclama esse dia COMO O DIA INTERNACIONAL DAS REIVINDICAÇÕES DE CONDIÇÕES LABORAIS. No ano de 23 de Abril de 1919, o Senado Francês, ratifica o dia 8 de Maio e proclama o dia 1 DE MAIO COMO - DIA FERIADO NACIONAL. Esse exemplo foi seguido felizmente por vários países. Em Portugal só partir do fim da ditadura (25 Abril 1974) se realizou o 1º Maio de 1974 que foi comemorado livremente e passou a ser a partir dessa data “ FERIADO NACIONAL “. No tempo da ditadura o 1º dia Maio era reprimido pela PIDE. FELIZMENTE O 1º
  • 2. DE MAIO AGORA É COMEMORADO EM TODO O MUNDO COMO O DIA O DIA MUNDIAL DOS TRABALHADORES, Filatelicamente esta data é homenageada em vários Países do Mundo e em Portugal foi emitida uma Emissão de Selos no ano de 1981 intitulada : 1981 – 1º DE MAIO – DIA DO TRABALHADOR Desenho: Armando Alves Impressão: Offset na INCM Folhas: De 50 selos (5 x 10) Circulação: de 30 de ABEL de 1981 a 31 de AGO 1989 Papel: Esmalte “ F “ Denteado: 12 X 12 ½ Bibliografias Consultadas: • Catálogo da Afinsa – 2010 – 26 Edição • Enciclopédia; Portugal Contemporâneo das Selecções de Readers Digest • Dicionário: Mais das Palavras e das Ideias – Lisboa Editora • Moderno Dicionário da Língua Portuguesa – Circulo de Leitores • Diversos jornais e revistas da época a seguir ao 12 de Abril 1975 Elaborado por: Américo Rebelo Maio 2010