SlideShare uma empresa Scribd logo
PROJETO ARTICULAÇÃO SOCIOCULTURAL
Atendimento a 1.535 pessoas
Fev/2015 – Fev/2016
Valor total R$ 181.513,75
PROAC 11.574
APOIADO VIA DEDUÇÃO DO ICMS-SP
Ação Comunitária
As atividades são realizadas por meio de três frentes de atuação: o Centro de Desenvolvimento Integral, o
Centro de Desenvolvimento Comunitário e o Centro de Orientação para o Trabalho, de forma ampla e
integrada, que desenvolvem programas e projetos guiados com o objetivo de desenvolver o potencial do
público atendido, capacitando-os para fortalecer suas competências e criar suas próprias oportunidades.
Fundada em 1967, a Ação Comunitária é uma organização sem fins lucrativos, criada e gerida por
empresários, que luta contra a exclusão social.
+ de 8.400
atendimentos
em 2013
Região de Abrangência
A Ação Comunitária atua em rede com o envolvimento de mais 29 organizações sociais localizadas na
Zona Sul de São Paulo e em dois municípios vizinhos:
→ Campo Limpo
→ M’Boi Mirim
→ Cidade Ademar
→ Capela do Socorro
Características da região:
Em 2013, Ação Comunitária atendeu 3756
crianças e adolescentes. Desse total, 12% vivem
em favelas ou ocupações. 19% dos atendidos não
possuem acesso a esgoto. 49% das crianças e
adolescentes conviviam com mais de 4 pessoas
na casa. 37% não viviam com os pais. Tal
situação aponta a vulnerabilidade dos atendidos.
Subprefeituras
→ São Paulo
→ Itapecerica da Serra
→ Embu-Guaçu
Cidades
Centro de Desenvolvimento Integral
Mensuração
de
Resultados
• Sistema de
Avaliação de
Mudanças e
Impactos Sociais
Programas
• Primeiras Letras
• Crê-Ser
• Preparação para o
Trabalho
Projetos
• Conexão Jovem
• Famílias que Educam
• Som, Ritmo e
Movimento
• Articulação
Sociocultural
Capacitação
• Formação
Continuada de
Educadores
Tem como objetivo
melhorar a qualidade dos
serviços socioeducativos
por meio do desenvolvimento
de tecnologias sociais no
âmbito da assistência
social, da cultura da
educação integral.
Centro de Desenvolvimento Integral
Projeto Articulação Sociocultural
O projeto Articulação Sociocultural faz parte da proposta da Ação
Comunitária de integrar educação, arte e cultura, impactando na
ampliação do universo cultural do público atendido e colaborando
para seu desenvolvimento cognitivo e criativo.
As atividades e ações são desenvolvidas com base na
experiência e na vivência cultural do próprio atendido,
estimulando-o a se tornar um agente ativo na produção da arte
e impulsionando a democratização da cultura na comunidade.
Eixos Estratégicos
Ampliação do
repertório cultural
Circulação de bens
e saberes culturais
+ 1.500 atendidos em 4 ONGs conveniadas
Localizadas na Zona Sul de São Paulo
→ Apenas 1% do orçamento de SP é dedicado à cultura, índice inferior ao recomendado pela
UNESCO – Munic, 2006
→ A média de satisfação com atividades culturais em São Paulo recebeu a nota 4,5 em uma escala
de 0 a 10 – IRBEM 2014
→ 19% dos paulistanos não considera a cultura um fator importante para sua qualidade de vida –
IRBEM 2014
→ As subprefeituras localizadas na periferia de São Paulo são as mais prejudicadas com a falta de
acesso a cultura. – Rede Nossa São Paulo 2012
→ As ofertas de espaços e centros culturais estão concentradas nas regiões centrais do município de
São Paulo.
Cenário
Ações
A iniciativa promove a ampliação do repertório cultural do público atendido por meio de cinco
atividades que resultam em um evento que ocorrerá nas organizações conveniadas.
OFICINAS
CULTURAIS
Promovem
acesso à
cultura
ARTICULAÇÃO
CULTURAL
Mapeia e
identifica as
potências da
comunidade
FORMAÇÃO DE
EDUCADORES
Capacita os
profissionais
para a
compreensão
da realidade
local
FORMAÇAO DE
PÚBLICO
Realização de
atividades
constantes na
comunidade
CONSOLIDAÇÃO
DA
TECNOLOGIA
Análise das
práticas para
constante
avaliação,
melhorias e
maior
disseminação
MOSTRAS CULTURAIS
Mostras Culturais
Os participantes terão a oportunidade de apresentar o resultado das atividades desenvolvidas
durante o ano em quatro Mostras Culturais realizadas em cada organização e abertas ao público.
Artes Plásticas Artes Cênicas
Hip-hop
Artes do Corpo
Música
Manifestações
Populares
Práticas
Metas
→ Educadores culturais capazes de criar situações de aprendizagem que possibilitem o desenvolvimento integral
de crianças e adolescentes de 06 a 18 anos;
→ Aumento do nível de participação das famílias na comunidade;
→ Organizações sociais mais fortalecidas na comunidade;
→ Maior acesso das famílias a atividades culturais da organização e a outros espaços culturais da cidade.
→ Crianças e adolescentes com 30% a mais de competências desenvolvidas nas áreas de comunicação oral,
leitura, arte e escrita;
→ Evolução de 50 % no nível de participação dos adolescentes em ações de interesse coletivo.
As ações realizadas no projeto transformam a realidade dos atendidos e geram impactos positivos
comprovados na comunidade.
Resultados Comprovados
O sistema avalia em que medida os objetivos estabelecidos
são atingidos junto ao público alvo, baseando-se nos Quatro
Pilares da Educação do relatório para a UNESCO da
Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI:
Aprender a Ser, Aprender a Conviver, Aprender a Conhecer
e Aprender a Fazer.
Avaliação no início
das aulas
Avaliação no
término das aulas
GRAU DE MELHORIA
EM %
Criado em 2000, o SAMIS - Sistema de Avaliação de Mudanças e Impactos Sociais, é aplicado
anualmente para 100% dos atendidos pelos programas.
Como Funciona
Benefícios Parceiro em Ação
Logomarca tamanho 100% no site da Ação Comunitária
Logomarca tamanho 100% no Relatório Anual de Atividades da Ação Comunitária
Logomarca em placa de divulgação na entrada da Ação Comunitária
Selo “Parceiro em Ação” – categoria Ouro
Homenagem em evento de parceiros
Convite para eventos da Ação Comunitária
Desconto na compra de brindes do catálogo da Ação Comunitária
Desconto em cotas de patrocínio do Torneio de Golfe da Ação Comunitária
Logomarca em placa de divulgação na entrada da entidade apoiada
Apoio/ fornecimento em materiais de comunicação (fotos, imagens, etc.)
Logomarca em folder institucional da Ação Comunitária
Banner para o site do parceiro
E-mail marketing para divulgação da parceria
Como Parceiro em Ação Ouro, a empresa tem direito a:
+R$350.000,00
+R$150.000,00
+R$15.000,00
Categorias 2014
*Consulte para contrapartidas adicionais
Contato
Paulo KatahiraCelso Freitas Maurício Guimarães
Superintendente
11 5843 2902 | 9 7605 4477
celso@acomunitaria.org.br
Gerente de Relacionamento
e Mobilização de Recursos
11 5843 2911 | 9 7605 4309
mauricio@acomunitaria.org.br
Coordenador de Mobilização
de Recursos
11 5843 2913 | 9 9526 8047
paulo@acomunitaria.org.br
Ação Comunitária do Brasil - São Paulo • Rua Amacás, 243 • Campo Limpo • 05792 030 • São Paulo / SP • Telefone: 11 5843 2900
CNPJ: 61.750.246/0001-75 | Inscrição Estadual: 108.589.342.119 | Inscrição Municipal: 1.231.575-3
www.acomunitaria.org.br | info@acomunitaria.org.br | www.facebook.com/acaocomunitaria
Para patrocinar, basta entrar em contato:

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Família: Participação Cidadã
Família: Participação CidadãFamília: Participação Cidadã
Família: Participação Cidadã
Vocação
 
20191213 DW Debate: As Acções do Voluntariado em Angola
20191213 DW Debate: As Acções do Voluntariado em Angola20191213 DW Debate: As Acções do Voluntariado em Angola
20191213 DW Debate: As Acções do Voluntariado em Angola
Development Workshop Angola
 
Apresentação Instituto Agires
Apresentação Instituto AgiresApresentação Instituto Agires
Apresentação Instituto Agires
Instituto Agires
 
Apresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SP
Apresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SPApresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SP
Apresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SP
Secretaria de Assistência
 
Regulamento frua 2017
Regulamento frua 2017Regulamento frua 2017
Regulamento frua 2017
cidmaisjovem
 
Portfolio Rede Pintadas - Cooperação e Articulação
Portfolio Rede Pintadas - Cooperação e ArticulaçãoPortfolio Rede Pintadas - Cooperação e Articulação
Portfolio Rede Pintadas - Cooperação e Articulação
Fernando Fischer
 
Regulamento Torneio Nacional de Futebol de Rua 2018
Regulamento Torneio Nacional de Futebol de Rua 2018 Regulamento Torneio Nacional de Futebol de Rua 2018
Regulamento Torneio Nacional de Futebol de Rua 2018
cidmaisjovem
 
Apresentação smed
Apresentação smedApresentação smed
Apresentação smed
Wesley Camilo
 
Faça parte da Fundação Semear!
Faça parte da Fundação Semear!Faça parte da Fundação Semear!
Faça parte da Fundação Semear!
Fundação Semear
 
16 secretaria municipal de inclusão social
16 secretaria municipal de inclusão social16 secretaria municipal de inclusão social
16 secretaria municipal de inclusão social
Edinho Silva
 
PROJETO AMIGO É...
PROJETO AMIGO É...PROJETO AMIGO É...
PROJETO AMIGO É...
Ana Pereira
 
Relatório gestão fbtm 2014
Relatório gestão fbtm 2014Relatório gestão fbtm 2014
Relatório gestão fbtm 2014
Paulo Carneiro
 
O Programa
O ProgramaO Programa
Projeto futebol soçayte molde
Projeto futebol soçayte moldeProjeto futebol soçayte molde
Projeto Escolinha de Futebol FM
Projeto Escolinha de Futebol FM Projeto Escolinha de Futebol FM
Projeto Escolinha de Futebol FM
FM Supply Multi IT Services
 
7. apresentação cras hipica e sul scfv idoso artesanato
7. apresentação cras hipica e sul scfv idoso artesanato7. apresentação cras hipica e sul scfv idoso artesanato
7. apresentação cras hipica e sul scfv idoso artesanato
NandaTome
 
04 fundo social de solidariedade
04 fundo social de solidariedade04 fundo social de solidariedade
04 fundo social de solidariedade
Edinho Silva
 
Apresentação najla sustentar 2011
Apresentação najla sustentar 2011Apresentação najla sustentar 2011
Apresentação najla sustentar 2011
forumsustentar
 

Mais procurados (18)

Família: Participação Cidadã
Família: Participação CidadãFamília: Participação Cidadã
Família: Participação Cidadã
 
20191213 DW Debate: As Acções do Voluntariado em Angola
20191213 DW Debate: As Acções do Voluntariado em Angola20191213 DW Debate: As Acções do Voluntariado em Angola
20191213 DW Debate: As Acções do Voluntariado em Angola
 
Apresentação Instituto Agires
Apresentação Instituto AgiresApresentação Instituto Agires
Apresentação Instituto Agires
 
Apresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SP
Apresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SPApresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SP
Apresentação Institucional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social SP
 
Regulamento frua 2017
Regulamento frua 2017Regulamento frua 2017
Regulamento frua 2017
 
Portfolio Rede Pintadas - Cooperação e Articulação
Portfolio Rede Pintadas - Cooperação e ArticulaçãoPortfolio Rede Pintadas - Cooperação e Articulação
Portfolio Rede Pintadas - Cooperação e Articulação
 
Regulamento Torneio Nacional de Futebol de Rua 2018
Regulamento Torneio Nacional de Futebol de Rua 2018 Regulamento Torneio Nacional de Futebol de Rua 2018
Regulamento Torneio Nacional de Futebol de Rua 2018
 
Apresentação smed
Apresentação smedApresentação smed
Apresentação smed
 
Faça parte da Fundação Semear!
Faça parte da Fundação Semear!Faça parte da Fundação Semear!
Faça parte da Fundação Semear!
 
16 secretaria municipal de inclusão social
16 secretaria municipal de inclusão social16 secretaria municipal de inclusão social
16 secretaria municipal de inclusão social
 
PROJETO AMIGO É...
PROJETO AMIGO É...PROJETO AMIGO É...
PROJETO AMIGO É...
 
Relatório gestão fbtm 2014
Relatório gestão fbtm 2014Relatório gestão fbtm 2014
Relatório gestão fbtm 2014
 
O Programa
O ProgramaO Programa
O Programa
 
Projeto futebol soçayte molde
Projeto futebol soçayte moldeProjeto futebol soçayte molde
Projeto futebol soçayte molde
 
Projeto Escolinha de Futebol FM
Projeto Escolinha de Futebol FM Projeto Escolinha de Futebol FM
Projeto Escolinha de Futebol FM
 
7. apresentação cras hipica e sul scfv idoso artesanato
7. apresentação cras hipica e sul scfv idoso artesanato7. apresentação cras hipica e sul scfv idoso artesanato
7. apresentação cras hipica e sul scfv idoso artesanato
 
04 fundo social de solidariedade
04 fundo social de solidariedade04 fundo social de solidariedade
04 fundo social de solidariedade
 
Apresentação najla sustentar 2011
Apresentação najla sustentar 2011Apresentação najla sustentar 2011
Apresentação najla sustentar 2011
 

Destaque

A identidade e a sua construção
A identidade e a sua construção A identidade e a sua construção
A identidade e a sua construção
Luis De Sousa Rodrigues
 
Salas de leitura e o trabalho do analista sociocultural
Salas de leitura e o trabalho do analista socioculturalSalas de leitura e o trabalho do analista sociocultural
Salas de leitura e o trabalho do analista sociocultural
InclusaoDigitalSocial
 
Variedade sociocultural paulista davi
Variedade sociocultural paulista  daviVariedade sociocultural paulista  davi
Variedade sociocultural paulista davi
Christiane Queiroz
 
Desafio da Sustentabilidade Sociocultural
Desafio da Sustentabilidade SocioculturalDesafio da Sustentabilidade Sociocultural
Desafio da Sustentabilidade Sociocultural
André Martinez
 
Ensino mediado por computador e a perspectiva sociocultural
Ensino mediado por computador e a perspectiva socioculturalEnsino mediado por computador e a perspectiva sociocultural
Ensino mediado por computador e a perspectiva sociocultural
Ana Cypriano
 
Mapeamento Versão Para ApresentaçãO Aldaiza
Mapeamento Versão Para ApresentaçãO AldaizaMapeamento Versão Para ApresentaçãO Aldaiza
Mapeamento Versão Para ApresentaçãO Aldaiza
efnaristo
 
UFCD_6665_O homem e o ambiente_Mundo atual_Cursos de aprendizagem
UFCD_6665_O homem e o ambiente_Mundo atual_Cursos de aprendizagemUFCD_6665_O homem e o ambiente_Mundo atual_Cursos de aprendizagem
UFCD_6665_O homem e o ambiente_Mundo atual_Cursos de aprendizagem
Manuais Formação
 
Apresentação domínio sociocultural leila e clarice
Apresentação domínio sociocultural leila e clariceApresentação domínio sociocultural leila e clarice
Apresentação domínio sociocultural leila e clarice
lallesb
 
Questoes críticas na investigacao qualitativa sob um ponto de vista sociocult...
Questoes críticas na investigacao qualitativa sob um ponto de vista sociocult...Questoes críticas na investigacao qualitativa sob um ponto de vista sociocult...
Questoes críticas na investigacao qualitativa sob um ponto de vista sociocult...
João Matos
 
Apresentação Teoria Sociocultural
Apresentação Teoria SocioculturalApresentação Teoria Sociocultural
Técnicas do imaginário
Técnicas do imaginárioTécnicas do imaginário
Técnicas do imaginário
Suzaana
 
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTEA DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
Vitor Manuel de Carvalho
 
UFCD_4259_Intervenção sociocultural e representação social da diferença_índice
UFCD_4259_Intervenção sociocultural e representação social da diferença_índiceUFCD_4259_Intervenção sociocultural e representação social da diferença_índice
UFCD_4259_Intervenção sociocultural e representação social da diferença_índice
Manuais Formação
 
Corpo, Cultura e Sociedade
Corpo, Cultura e SociedadeCorpo, Cultura e Sociedade
Corpo, Cultura e Sociedade
Luís Fernando Tófoli
 
Aula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
Aula 01 - Saúde, Cultura e SociedadeAula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
Aula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
Ghiordanno Bruno
 
Educação como processo sociocultural e pedagogico
Educação como processo sociocultural  e pedagogicoEducação como processo sociocultural  e pedagogico
Educação como processo sociocultural e pedagogico
SimoneHelenDrumond
 
Educação para a diversidade
Educação para a diversidadeEducação para a diversidade
Educação para a diversidade
Francilene Duarte
 
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
Amanda Moura
 

Destaque (18)

A identidade e a sua construção
A identidade e a sua construção A identidade e a sua construção
A identidade e a sua construção
 
Salas de leitura e o trabalho do analista sociocultural
Salas de leitura e o trabalho do analista socioculturalSalas de leitura e o trabalho do analista sociocultural
Salas de leitura e o trabalho do analista sociocultural
 
Variedade sociocultural paulista davi
Variedade sociocultural paulista  daviVariedade sociocultural paulista  davi
Variedade sociocultural paulista davi
 
Desafio da Sustentabilidade Sociocultural
Desafio da Sustentabilidade SocioculturalDesafio da Sustentabilidade Sociocultural
Desafio da Sustentabilidade Sociocultural
 
Ensino mediado por computador e a perspectiva sociocultural
Ensino mediado por computador e a perspectiva socioculturalEnsino mediado por computador e a perspectiva sociocultural
Ensino mediado por computador e a perspectiva sociocultural
 
Mapeamento Versão Para ApresentaçãO Aldaiza
Mapeamento Versão Para ApresentaçãO AldaizaMapeamento Versão Para ApresentaçãO Aldaiza
Mapeamento Versão Para ApresentaçãO Aldaiza
 
UFCD_6665_O homem e o ambiente_Mundo atual_Cursos de aprendizagem
UFCD_6665_O homem e o ambiente_Mundo atual_Cursos de aprendizagemUFCD_6665_O homem e o ambiente_Mundo atual_Cursos de aprendizagem
UFCD_6665_O homem e o ambiente_Mundo atual_Cursos de aprendizagem
 
Apresentação domínio sociocultural leila e clarice
Apresentação domínio sociocultural leila e clariceApresentação domínio sociocultural leila e clarice
Apresentação domínio sociocultural leila e clarice
 
Questoes críticas na investigacao qualitativa sob um ponto de vista sociocult...
Questoes críticas na investigacao qualitativa sob um ponto de vista sociocult...Questoes críticas na investigacao qualitativa sob um ponto de vista sociocult...
Questoes críticas na investigacao qualitativa sob um ponto de vista sociocult...
 
Apresentação Teoria Sociocultural
Apresentação Teoria SocioculturalApresentação Teoria Sociocultural
Apresentação Teoria Sociocultural
 
Técnicas do imaginário
Técnicas do imaginárioTécnicas do imaginário
Técnicas do imaginário
 
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTEA DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
 
UFCD_4259_Intervenção sociocultural e representação social da diferença_índice
UFCD_4259_Intervenção sociocultural e representação social da diferença_índiceUFCD_4259_Intervenção sociocultural e representação social da diferença_índice
UFCD_4259_Intervenção sociocultural e representação social da diferença_índice
 
Corpo, Cultura e Sociedade
Corpo, Cultura e SociedadeCorpo, Cultura e Sociedade
Corpo, Cultura e Sociedade
 
Aula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
Aula 01 - Saúde, Cultura e SociedadeAula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
Aula 01 - Saúde, Cultura e Sociedade
 
Educação como processo sociocultural e pedagogico
Educação como processo sociocultural  e pedagogicoEducação como processo sociocultural  e pedagogico
Educação como processo sociocultural e pedagogico
 
Educação para a diversidade
Educação para a diversidadeEducação para a diversidade
Educação para a diversidade
 
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE)
 

Semelhante a Articulação Sociocultural Proac 2015

Som, Ritmo e Movimento 2015
Som, Ritmo e Movimento 2015Som, Ritmo e Movimento 2015
Som, Ritmo e Movimento 2015
Gustavo Sousa
 
Família e Comunidade em Rede 2015
Família e Comunidade em Rede 2015Família e Comunidade em Rede 2015
Família e Comunidade em Rede 2015
Gustavo Sousa
 
Jovens de Ação 2015
Jovens de Ação 2015Jovens de Ação 2015
Jovens de Ação 2015
Gustavo Sousa
 
Jovens de Ação 2015 - FUMCAD
Jovens de Ação 2015 - FUMCADJovens de Ação 2015 - FUMCAD
Jovens de Ação 2015 - FUMCAD
Vocação
 
Música em Ação 2015 - FUMCAD
Música em Ação 2015 - FUMCADMúsica em Ação 2015 - FUMCAD
Música em Ação 2015 - FUMCAD
Vocação
 
Música em Ação 2015
Música em Ação 2015Música em Ação 2015
Música em Ação 2015
Gustavo Sousa
 
Plano Anual de Atividades - LEI ROUANET
Plano Anual de Atividades - LEI ROUANET Plano Anual de Atividades - LEI ROUANET
Plano Anual de Atividades - LEI ROUANET
Vocação
 
Projeto Vocação Sustentável | CONDECA
Projeto Vocação Sustentável | CONDECA Projeto Vocação Sustentável | CONDECA
Projeto Vocação Sustentável | CONDECA
Vocação
 
Familias que Educam 2014 - FUMCAD
Familias que Educam 2014 - FUMCADFamilias que Educam 2014 - FUMCAD
Familias que Educam 2014 - FUMCAD
Vocação
 
8a. Edição - Projeto Som, Ritmo e Movimento 2014 - ROUANET
8a. Edição - Projeto Som, Ritmo e Movimento 2014 - ROUANET8a. Edição - Projeto Som, Ritmo e Movimento 2014 - ROUANET
8a. Edição - Projeto Som, Ritmo e Movimento 2014 - ROUANET
Vocação
 
Helena Thomé - Mobilização de Recursos
Helena Thomé - Mobilização de RecursosHelena Thomé - Mobilização de Recursos
Helena Thomé - Mobilização de Recursos
Portal Social
 
Projeto de-vida-caminhos (1)
Projeto de-vida-caminhos (1)Projeto de-vida-caminhos (1)
Projeto de-vida-caminhos (1)
Valcemi Ferreira
 
Projeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integral
Projeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integralProjeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integral
Projeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integral
Vocação
 
Fundação Gol de Letra - Apresentação Institucional
Fundação Gol de Letra - Apresentação InstitucionalFundação Gol de Letra - Apresentação Institucional
Fundação Gol de Letra - Apresentação Institucional
jacawajo
 
Projeto educação integral mensageiros x cne
Projeto educação integral mensageiros x cneProjeto educação integral mensageiros x cne
Projeto educação integral mensageiros x cne
ONGMensageiros
 
Apresentação CIEE
Apresentação CIEEApresentação CIEE
Apresentação CIEE
Fórum Habilis
 
O que é o selo social
O que é o selo socialO que é o selo social
O que é o selo social
Instituto Abaçaí
 
ILs_Programa_de_Voluntariado_2020.pdf apresentação
ILs_Programa_de_Voluntariado_2020.pdf apresentaçãoILs_Programa_de_Voluntariado_2020.pdf apresentação
ILs_Programa_de_Voluntariado_2020.pdf apresentação
RicardodeQueirozMach
 
Apresentaçãoflac
ApresentaçãoflacApresentaçãoflac
Apresentaçãoflac
Michel Freller
 
Projeto Conexão Jovem 2014 - FUMCAD
Projeto Conexão Jovem 2014 - FUMCADProjeto Conexão Jovem 2014 - FUMCAD
Projeto Conexão Jovem 2014 - FUMCAD
Vocação
 

Semelhante a Articulação Sociocultural Proac 2015 (20)

Som, Ritmo e Movimento 2015
Som, Ritmo e Movimento 2015Som, Ritmo e Movimento 2015
Som, Ritmo e Movimento 2015
 
Família e Comunidade em Rede 2015
Família e Comunidade em Rede 2015Família e Comunidade em Rede 2015
Família e Comunidade em Rede 2015
 
Jovens de Ação 2015
Jovens de Ação 2015Jovens de Ação 2015
Jovens de Ação 2015
 
Jovens de Ação 2015 - FUMCAD
Jovens de Ação 2015 - FUMCADJovens de Ação 2015 - FUMCAD
Jovens de Ação 2015 - FUMCAD
 
Música em Ação 2015 - FUMCAD
Música em Ação 2015 - FUMCADMúsica em Ação 2015 - FUMCAD
Música em Ação 2015 - FUMCAD
 
Música em Ação 2015
Música em Ação 2015Música em Ação 2015
Música em Ação 2015
 
Plano Anual de Atividades - LEI ROUANET
Plano Anual de Atividades - LEI ROUANET Plano Anual de Atividades - LEI ROUANET
Plano Anual de Atividades - LEI ROUANET
 
Projeto Vocação Sustentável | CONDECA
Projeto Vocação Sustentável | CONDECA Projeto Vocação Sustentável | CONDECA
Projeto Vocação Sustentável | CONDECA
 
Familias que Educam 2014 - FUMCAD
Familias que Educam 2014 - FUMCADFamilias que Educam 2014 - FUMCAD
Familias que Educam 2014 - FUMCAD
 
8a. Edição - Projeto Som, Ritmo e Movimento 2014 - ROUANET
8a. Edição - Projeto Som, Ritmo e Movimento 2014 - ROUANET8a. Edição - Projeto Som, Ritmo e Movimento 2014 - ROUANET
8a. Edição - Projeto Som, Ritmo e Movimento 2014 - ROUANET
 
Helena Thomé - Mobilização de Recursos
Helena Thomé - Mobilização de RecursosHelena Thomé - Mobilização de Recursos
Helena Thomé - Mobilização de Recursos
 
Projeto de-vida-caminhos (1)
Projeto de-vida-caminhos (1)Projeto de-vida-caminhos (1)
Projeto de-vida-caminhos (1)
 
Projeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integral
Projeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integralProjeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integral
Projeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integral
 
Fundação Gol de Letra - Apresentação Institucional
Fundação Gol de Letra - Apresentação InstitucionalFundação Gol de Letra - Apresentação Institucional
Fundação Gol de Letra - Apresentação Institucional
 
Projeto educação integral mensageiros x cne
Projeto educação integral mensageiros x cneProjeto educação integral mensageiros x cne
Projeto educação integral mensageiros x cne
 
Apresentação CIEE
Apresentação CIEEApresentação CIEE
Apresentação CIEE
 
O que é o selo social
O que é o selo socialO que é o selo social
O que é o selo social
 
ILs_Programa_de_Voluntariado_2020.pdf apresentação
ILs_Programa_de_Voluntariado_2020.pdf apresentaçãoILs_Programa_de_Voluntariado_2020.pdf apresentação
ILs_Programa_de_Voluntariado_2020.pdf apresentação
 
Apresentaçãoflac
ApresentaçãoflacApresentaçãoflac
Apresentaçãoflac
 
Projeto Conexão Jovem 2014 - FUMCAD
Projeto Conexão Jovem 2014 - FUMCADProjeto Conexão Jovem 2014 - FUMCAD
Projeto Conexão Jovem 2014 - FUMCAD
 

Último

Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 

Articulação Sociocultural Proac 2015

  • 1. PROJETO ARTICULAÇÃO SOCIOCULTURAL Atendimento a 1.535 pessoas Fev/2015 – Fev/2016 Valor total R$ 181.513,75 PROAC 11.574 APOIADO VIA DEDUÇÃO DO ICMS-SP
  • 2. Ação Comunitária As atividades são realizadas por meio de três frentes de atuação: o Centro de Desenvolvimento Integral, o Centro de Desenvolvimento Comunitário e o Centro de Orientação para o Trabalho, de forma ampla e integrada, que desenvolvem programas e projetos guiados com o objetivo de desenvolver o potencial do público atendido, capacitando-os para fortalecer suas competências e criar suas próprias oportunidades. Fundada em 1967, a Ação Comunitária é uma organização sem fins lucrativos, criada e gerida por empresários, que luta contra a exclusão social. + de 8.400 atendimentos em 2013
  • 3. Região de Abrangência A Ação Comunitária atua em rede com o envolvimento de mais 29 organizações sociais localizadas na Zona Sul de São Paulo e em dois municípios vizinhos: → Campo Limpo → M’Boi Mirim → Cidade Ademar → Capela do Socorro Características da região: Em 2013, Ação Comunitária atendeu 3756 crianças e adolescentes. Desse total, 12% vivem em favelas ou ocupações. 19% dos atendidos não possuem acesso a esgoto. 49% das crianças e adolescentes conviviam com mais de 4 pessoas na casa. 37% não viviam com os pais. Tal situação aponta a vulnerabilidade dos atendidos. Subprefeituras → São Paulo → Itapecerica da Serra → Embu-Guaçu Cidades
  • 4. Centro de Desenvolvimento Integral Mensuração de Resultados • Sistema de Avaliação de Mudanças e Impactos Sociais Programas • Primeiras Letras • Crê-Ser • Preparação para o Trabalho Projetos • Conexão Jovem • Famílias que Educam • Som, Ritmo e Movimento • Articulação Sociocultural Capacitação • Formação Continuada de Educadores Tem como objetivo melhorar a qualidade dos serviços socioeducativos por meio do desenvolvimento de tecnologias sociais no âmbito da assistência social, da cultura da educação integral. Centro de Desenvolvimento Integral
  • 5. Projeto Articulação Sociocultural O projeto Articulação Sociocultural faz parte da proposta da Ação Comunitária de integrar educação, arte e cultura, impactando na ampliação do universo cultural do público atendido e colaborando para seu desenvolvimento cognitivo e criativo. As atividades e ações são desenvolvidas com base na experiência e na vivência cultural do próprio atendido, estimulando-o a se tornar um agente ativo na produção da arte e impulsionando a democratização da cultura na comunidade. Eixos Estratégicos Ampliação do repertório cultural Circulação de bens e saberes culturais + 1.500 atendidos em 4 ONGs conveniadas Localizadas na Zona Sul de São Paulo
  • 6. → Apenas 1% do orçamento de SP é dedicado à cultura, índice inferior ao recomendado pela UNESCO – Munic, 2006 → A média de satisfação com atividades culturais em São Paulo recebeu a nota 4,5 em uma escala de 0 a 10 – IRBEM 2014 → 19% dos paulistanos não considera a cultura um fator importante para sua qualidade de vida – IRBEM 2014 → As subprefeituras localizadas na periferia de São Paulo são as mais prejudicadas com a falta de acesso a cultura. – Rede Nossa São Paulo 2012 → As ofertas de espaços e centros culturais estão concentradas nas regiões centrais do município de São Paulo. Cenário
  • 7. Ações A iniciativa promove a ampliação do repertório cultural do público atendido por meio de cinco atividades que resultam em um evento que ocorrerá nas organizações conveniadas. OFICINAS CULTURAIS Promovem acesso à cultura ARTICULAÇÃO CULTURAL Mapeia e identifica as potências da comunidade FORMAÇÃO DE EDUCADORES Capacita os profissionais para a compreensão da realidade local FORMAÇAO DE PÚBLICO Realização de atividades constantes na comunidade CONSOLIDAÇÃO DA TECNOLOGIA Análise das práticas para constante avaliação, melhorias e maior disseminação MOSTRAS CULTURAIS
  • 8. Mostras Culturais Os participantes terão a oportunidade de apresentar o resultado das atividades desenvolvidas durante o ano em quatro Mostras Culturais realizadas em cada organização e abertas ao público. Artes Plásticas Artes Cênicas Hip-hop Artes do Corpo Música Manifestações Populares Práticas
  • 9. Metas → Educadores culturais capazes de criar situações de aprendizagem que possibilitem o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes de 06 a 18 anos; → Aumento do nível de participação das famílias na comunidade; → Organizações sociais mais fortalecidas na comunidade; → Maior acesso das famílias a atividades culturais da organização e a outros espaços culturais da cidade. → Crianças e adolescentes com 30% a mais de competências desenvolvidas nas áreas de comunicação oral, leitura, arte e escrita; → Evolução de 50 % no nível de participação dos adolescentes em ações de interesse coletivo. As ações realizadas no projeto transformam a realidade dos atendidos e geram impactos positivos comprovados na comunidade.
  • 10. Resultados Comprovados O sistema avalia em que medida os objetivos estabelecidos são atingidos junto ao público alvo, baseando-se nos Quatro Pilares da Educação do relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI: Aprender a Ser, Aprender a Conviver, Aprender a Conhecer e Aprender a Fazer. Avaliação no início das aulas Avaliação no término das aulas GRAU DE MELHORIA EM % Criado em 2000, o SAMIS - Sistema de Avaliação de Mudanças e Impactos Sociais, é aplicado anualmente para 100% dos atendidos pelos programas. Como Funciona
  • 11. Benefícios Parceiro em Ação Logomarca tamanho 100% no site da Ação Comunitária Logomarca tamanho 100% no Relatório Anual de Atividades da Ação Comunitária Logomarca em placa de divulgação na entrada da Ação Comunitária Selo “Parceiro em Ação” – categoria Ouro Homenagem em evento de parceiros Convite para eventos da Ação Comunitária Desconto na compra de brindes do catálogo da Ação Comunitária Desconto em cotas de patrocínio do Torneio de Golfe da Ação Comunitária Logomarca em placa de divulgação na entrada da entidade apoiada Apoio/ fornecimento em materiais de comunicação (fotos, imagens, etc.) Logomarca em folder institucional da Ação Comunitária Banner para o site do parceiro E-mail marketing para divulgação da parceria Como Parceiro em Ação Ouro, a empresa tem direito a: +R$350.000,00 +R$150.000,00 +R$15.000,00 Categorias 2014 *Consulte para contrapartidas adicionais
  • 12. Contato Paulo KatahiraCelso Freitas Maurício Guimarães Superintendente 11 5843 2902 | 9 7605 4477 celso@acomunitaria.org.br Gerente de Relacionamento e Mobilização de Recursos 11 5843 2911 | 9 7605 4309 mauricio@acomunitaria.org.br Coordenador de Mobilização de Recursos 11 5843 2913 | 9 9526 8047 paulo@acomunitaria.org.br Ação Comunitária do Brasil - São Paulo • Rua Amacás, 243 • Campo Limpo • 05792 030 • São Paulo / SP • Telefone: 11 5843 2900 CNPJ: 61.750.246/0001-75 | Inscrição Estadual: 108.589.342.119 | Inscrição Municipal: 1.231.575-3 www.acomunitaria.org.br | info@acomunitaria.org.br | www.facebook.com/acaocomunitaria Para patrocinar, basta entrar em contato: