SlideShare uma empresa Scribd logo
Arte Pré-Histórica




      Ten Tatiana
Paleolítico – Idade da pedra lascada – surgimento do ser humano até
                          12 mil anos atrás




   Neolítico – Idade da pedra polida – 12 mil anos até 6 mil anos atrás




Idade dos metais – de 6 mil anos atrás até o desenvolvimento da escrita
Paleolítico - Naturalismo
• Idade da pedra lascada - instrumentos feitos de pedras
  lascadas para adquirir bordas cortantes;
• Primeiras expressões muitos simples – consistiam em traços
  feitos nas paredes das cavernas ;
• Primeiros desenhos, mãos em negativo.
Características e técnicas de
coloração dos desenhos.
• Arte rupestre – rupes em latim rocha.

• Pó colorido obtido a partir da trituração das rochas;

• Por um canudo eles sopravam o pó sobre as mão que estavam
  na parede.

• Características naturalistas – representava os seres humanos
  como os via. Reproduzia a natureza tal qual sua visão captava.

• Pintor caçador, acreditava que pintando esses animais nas
  paredes aprisionavam a imagem e obtiva poder sobre eles.
• Capacidade do artistas em interpretar a natureza;

• Carregava de traços fortes que expressam a ideia de vigor;

• Ossos carbonizados, carvão, vegetais e sangue de animais.

• Elementos sólidos esmagados e dissolvidos na gordura dos
  animais.

• Utilizavam os dedos como pincel.

• Pincéis feitos com pelos de animais
Escultura no paleolítico

• Predomínio de figuras femininas e ausência das
  masculinas;

• Vênus de Willendorf escultura em pedra, encontrada
  pelo arqueólogo Josef Szombathy em 1908;

• Perto da cidade de Willendorf, Áustria , com data
  aproximada de 24 mil anos atrás.
Vênus de Willendorf
Neolítico – Idade da pedra
polída.
• Se desenvolveu a técnica de produzir armas e instrumentos
  com pedra polidas por atrito, se tornando bem afiadas;

• Revolução neolítica, início da agricultura; domesticação de
  animais – substituição de uma vida nômade por uma vida
  mais estável.

• Rápido aumento populacional e desenvolvimento dos
  primeiros núcleos familiares.

• Divisão dos trabalhos nas comunidades.
• Criação de técnicas – tecelagem, cerâmica;

• Construção das primeiras moradias;

• Produção do fogo com o atrito, mais tarde derretendo metais .

• Atividade mental e reflexiva;

• Estilo naturalismo foi substituído por um estilo mais simples e
  geométrico que sugerem seres;

• Seres humanos representados em suas atividades cotidianos e
  coletivas.
Arte pré histórica
Arte na Idade dos Metais
• Domínio da produção do fogo;

• O artista passou a trabalhar com o metal, utilizando forma de
  barro para produzir suas peças;

• Esculturas em metais , encontradas na Escandinávia e
  Sardenha, com representação de guerreiros;

• Representando guerreiros e mulheres, ricas em mulheres;

• Serve de documento dos períodos dos costumes.
Arte pré histórica
Arte pré histórica
Arte pré histórica
Suas pinturas rupestres, que
foram consideradas
patrimônio histórico da
humanidade pela UNESCO,
aliadas a uma paisagem
exótica, são atrativos para
todos os que buscam um
pouco de aventura e de
contato com a natureza.
O Sítio Arqueológico da
Serra da Capivara localiza-se
no município de São
Raimundo Nonato, no Piauí,
tem 6.000 a 12.000 anos de
idade, foi descoberta em
1970 pela francesa Niède
Guidon, e mostram
pequenas figuras de
homens e animais
Arte pré histórica
Arte pré histórica
Arte pré histórica
Proposta de atividade
    Desenhar com traços
   simples, uma cena do
cotidiano. Utilize cores mais
 próximas das extraídas da
         natureza.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Arte na Pré História
Arte na Pré HistóriaArte na Pré História
Arte na Pré História
Arnaldo Szlachta
 
Arte rupestre
Arte rupestreArte rupestre
Arte rupestre
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Arte Rupestre
Arte RupestreArte Rupestre
Arte Rupestre
Antonio Pinto Pereira
 
Arte Rupestre
Arte Rupestre Arte Rupestre
Arte Rupestre
Escola Silene de Andrade
 
A arte na Pré-História - aula 2
A arte na Pré-História - aula 2A arte na Pré-História - aula 2
A arte na Pré-História - aula 2
VIVIAN TROMBINI
 
História da arte - Pré História
História da arte -  Pré HistóriaHistória da arte -  Pré História
História da arte - Pré História
Ana Paula Tavares
 
11 pré história resumo [modo de compatibilidade]
11 pré história   resumo [modo de compatibilidade]11 pré história   resumo [modo de compatibilidade]
11 pré história resumo [modo de compatibilidade]
Denise Lugli
 
6º ano continuação arte na pré-história
6º ano  continuação arte na pré-história6º ano  continuação arte na pré-história
6º ano continuação arte na pré-história
ArtesElisa
 
Arte na pré história 1
Arte na pré história 1Arte na pré história 1
Arte na pré história 1
João Ernesto Arzamendia
 
Artes pre-historia-e-m
Artes pre-historia-e-mArtes pre-historia-e-m
Artes pre-historia-e-m
Elianebel
 
Arte Rupestre
Arte RupestreArte Rupestre
Arte Rupestre Brasileira
Arte Rupestre BrasileiraArte Rupestre Brasileira
Arte Rupestre Brasileira
Robson Ferraz
 
2014 cultura 1
2014 cultura 12014 cultura 1
2014 cultura 1
Jorge Marcos Oliveira
 
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila Arte 6 ano A e B 1ºB
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila Arte 6 ano A e B 1ºBEscola CEJAR - Aquidauana - Apostila Arte 6 ano A e B 1ºB
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila Arte 6 ano A e B 1ºB
Priscila Barbosa
 
A arte na pré história
A arte na pré históriaA arte na pré história
A arte na pré história
Marcioveras
 
Arte pré histórica no brasil
Arte pré histórica no brasilArte pré histórica no brasil
Arte pré histórica no brasil
Ed de Souza
 
Arte Rupestre
Arte RupestreArte Rupestre
Arte Rupestre
Mariinazorzi
 
Aula 1 art em
Aula 1   art emAula 1   art em
Aula 1 art em
Walney M.F
 
Arte rupestre 2019
Arte rupestre 2019Arte rupestre 2019
Arte rupestre 2019
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Arte Rupestre
Arte RupestreArte Rupestre
Arte Rupestre
Silmara Nogueira
 

Mais procurados (20)

Arte na Pré História
Arte na Pré HistóriaArte na Pré História
Arte na Pré História
 
Arte rupestre
Arte rupestreArte rupestre
Arte rupestre
 
Arte Rupestre
Arte RupestreArte Rupestre
Arte Rupestre
 
Arte Rupestre
Arte Rupestre Arte Rupestre
Arte Rupestre
 
A arte na Pré-História - aula 2
A arte na Pré-História - aula 2A arte na Pré-História - aula 2
A arte na Pré-História - aula 2
 
História da arte - Pré História
História da arte -  Pré HistóriaHistória da arte -  Pré História
História da arte - Pré História
 
11 pré história resumo [modo de compatibilidade]
11 pré história   resumo [modo de compatibilidade]11 pré história   resumo [modo de compatibilidade]
11 pré história resumo [modo de compatibilidade]
 
6º ano continuação arte na pré-história
6º ano  continuação arte na pré-história6º ano  continuação arte na pré-história
6º ano continuação arte na pré-história
 
Arte na pré história 1
Arte na pré história 1Arte na pré história 1
Arte na pré história 1
 
Artes pre-historia-e-m
Artes pre-historia-e-mArtes pre-historia-e-m
Artes pre-historia-e-m
 
Arte Rupestre
Arte RupestreArte Rupestre
Arte Rupestre
 
Arte Rupestre Brasileira
Arte Rupestre BrasileiraArte Rupestre Brasileira
Arte Rupestre Brasileira
 
2014 cultura 1
2014 cultura 12014 cultura 1
2014 cultura 1
 
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila Arte 6 ano A e B 1ºB
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila Arte 6 ano A e B 1ºBEscola CEJAR - Aquidauana - Apostila Arte 6 ano A e B 1ºB
Escola CEJAR - Aquidauana - Apostila Arte 6 ano A e B 1ºB
 
A arte na pré história
A arte na pré históriaA arte na pré história
A arte na pré história
 
Arte pré histórica no brasil
Arte pré histórica no brasilArte pré histórica no brasil
Arte pré histórica no brasil
 
Arte Rupestre
Arte RupestreArte Rupestre
Arte Rupestre
 
Aula 1 art em
Aula 1   art emAula 1   art em
Aula 1 art em
 
Arte rupestre 2019
Arte rupestre 2019Arte rupestre 2019
Arte rupestre 2019
 
Arte Rupestre
Arte RupestreArte Rupestre
Arte Rupestre
 

Destaque

Entradas e bandeiras imagens tmp
Entradas e bandeiras imagens tmpEntradas e bandeiras imagens tmp
Entradas e bandeiras imagens tmp
Péricles Penuel
 
2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap cópia
2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap   cópia2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap   cópia
2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap cópia
Péricles Penuel
 
2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap cópia
2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap   cópia2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap   cópia
2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap cópia
Péricles Penuel
 
Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota  teoria i escansão poemas cecília meire s gabaNota  teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Péricles Penuel
 
Análise do poema cecília meireles
Análise do poema  cecília meirelesAnálise do poema  cecília meireles
Análise do poema cecília meireles
Paula Angelo
 
Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota  teoria i escansão poemas cecília meire s gabaNota  teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Péricles Penuel
 
Shall we play a game?
Shall we play a game?Shall we play a game?
Shall we play a game?
Maciej Lasyk
 

Destaque (7)

Entradas e bandeiras imagens tmp
Entradas e bandeiras imagens tmpEntradas e bandeiras imagens tmp
Entradas e bandeiras imagens tmp
 
2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap cópia
2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap   cópia2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap   cópia
2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap cópia
 
2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap cópia
2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap   cópia2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap   cópia
2 ilum, indep amer, rev franc, imp nap cópia
 
Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota  teoria i escansão poemas cecília meire s gabaNota  teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
 
Análise do poema cecília meireles
Análise do poema  cecília meirelesAnálise do poema  cecília meireles
Análise do poema cecília meireles
 
Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota  teoria i escansão poemas cecília meire s gabaNota  teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
Nota teoria i escansão poemas cecília meire s gaba
 
Shall we play a game?
Shall we play a game?Shall we play a game?
Shall we play a game?
 

Semelhante a Arte pré histórica

Arte-na-Pre-Historia arte s.pdf
Arte-na-Pre-Historia arte s.pdfArte-na-Pre-Historia arte s.pdf
Arte-na-Pre-Historia arte s.pdf
MnicaOliveira567571
 
Arte Pré Histórica
Arte Pré HistóricaArte Pré Histórica
Arte Pré Histórica
Prof Palmito Rocha
 
Arte pré histórica
Arte pré históricaArte pré histórica
Arte pré histórica
Graziih Gomes
 
Arte na linha_do_tempo
Arte na linha_do_tempoArte na linha_do_tempo
Arte na linha_do_tempo
Sor Sergio Flores
 
Apostila 6º ano Arte Pré-Histórica.pdf
Apostila 6º ano Arte Pré-Histórica.pdfApostila 6º ano Arte Pré-Histórica.pdf
Apostila 6º ano Arte Pré-Histórica.pdf
coralinecsa
 
Aula pré história
Aula pré históriaAula pré história
Aula pré história
professoramariaraquel
 
Apostila 1º bimestre 3º ano
Apostila 1º bimestre 3º anoApostila 1º bimestre 3º ano
Apostila 1º bimestre 3º ano
Alcir Costa
 
Arte pré histórica
Arte pré históricaArte pré histórica
Arte pré histórica
Rafael Lucas da Silva
 
Modos de Vida.pptx
Modos de Vida.pptxModos de Vida.pptx
Modos de Vida.pptx
JlioAlbuquerque5
 
aartenapr-histria-110317205222-phpapp02.pdf
aartenapr-histria-110317205222-phpapp02.pdfaartenapr-histria-110317205222-phpapp02.pdf
aartenapr-histria-110317205222-phpapp02.pdf
ReudsonMaiaMaia1
 
Pré história
Pré históriaPré história
Pré história
Cristiane Seibt
 
Arte na pré história - Pinturas Rupestres
Arte na pré história - Pinturas Rupestres Arte na pré história - Pinturas Rupestres
Arte na pré história - Pinturas Rupestres
TaiFilosofa
 
ELETIVA_ARTE_NA_HISTORIA_11.08.pptx
ELETIVA_ARTE_NA_HISTORIA_11.08.pptxELETIVA_ARTE_NA_HISTORIA_11.08.pptx
ELETIVA_ARTE_NA_HISTORIA_11.08.pptx
CRISTIANEALVESDESOUZ1
 
Powerpoint
PowerpointPowerpoint
Powerpoint
inesbatalha
 
Arte Rupestre às Sombras Chinesas
Arte Rupestre às Sombras ChinesasArte Rupestre às Sombras Chinesas
Arte Rupestre às Sombras Chinesas
inesbatalha
 
Arte Rupestre às Sombras Chinesas
Arte Rupestre às Sombras ChinesasArte Rupestre às Sombras Chinesas
Arte Rupestre às Sombras Chinesas
inesbatalha
 
A arte na pré história 6º ano
A arte na pré história 6º anoA arte na pré história 6º ano
A arte na pré história 6º ano
josivaldopassos
 
Pre-historia.pptx
Pre-historia.pptxPre-historia.pptx
Pre-historia.pptx
TiagoManuelMarques
 
6 ano arte rupestre. pdf
6 ano arte rupestre. pdf6 ano arte rupestre. pdf
6 ano arte rupestre. pdf
GiovaniDiasDias
 
Arte pre historia
Arte pre historiaArte pre historia
Arte pre historia
Aline Raposo
 

Semelhante a Arte pré histórica (20)

Arte-na-Pre-Historia arte s.pdf
Arte-na-Pre-Historia arte s.pdfArte-na-Pre-Historia arte s.pdf
Arte-na-Pre-Historia arte s.pdf
 
Arte Pré Histórica
Arte Pré HistóricaArte Pré Histórica
Arte Pré Histórica
 
Arte pré histórica
Arte pré históricaArte pré histórica
Arte pré histórica
 
Arte na linha_do_tempo
Arte na linha_do_tempoArte na linha_do_tempo
Arte na linha_do_tempo
 
Apostila 6º ano Arte Pré-Histórica.pdf
Apostila 6º ano Arte Pré-Histórica.pdfApostila 6º ano Arte Pré-Histórica.pdf
Apostila 6º ano Arte Pré-Histórica.pdf
 
Aula pré história
Aula pré históriaAula pré história
Aula pré história
 
Apostila 1º bimestre 3º ano
Apostila 1º bimestre 3º anoApostila 1º bimestre 3º ano
Apostila 1º bimestre 3º ano
 
Arte pré histórica
Arte pré históricaArte pré histórica
Arte pré histórica
 
Modos de Vida.pptx
Modos de Vida.pptxModos de Vida.pptx
Modos de Vida.pptx
 
aartenapr-histria-110317205222-phpapp02.pdf
aartenapr-histria-110317205222-phpapp02.pdfaartenapr-histria-110317205222-phpapp02.pdf
aartenapr-histria-110317205222-phpapp02.pdf
 
Pré história
Pré históriaPré história
Pré história
 
Arte na pré história - Pinturas Rupestres
Arte na pré história - Pinturas Rupestres Arte na pré história - Pinturas Rupestres
Arte na pré história - Pinturas Rupestres
 
ELETIVA_ARTE_NA_HISTORIA_11.08.pptx
ELETIVA_ARTE_NA_HISTORIA_11.08.pptxELETIVA_ARTE_NA_HISTORIA_11.08.pptx
ELETIVA_ARTE_NA_HISTORIA_11.08.pptx
 
Powerpoint
PowerpointPowerpoint
Powerpoint
 
Arte Rupestre às Sombras Chinesas
Arte Rupestre às Sombras ChinesasArte Rupestre às Sombras Chinesas
Arte Rupestre às Sombras Chinesas
 
Arte Rupestre às Sombras Chinesas
Arte Rupestre às Sombras ChinesasArte Rupestre às Sombras Chinesas
Arte Rupestre às Sombras Chinesas
 
A arte na pré história 6º ano
A arte na pré história 6º anoA arte na pré história 6º ano
A arte na pré história 6º ano
 
Pre-historia.pptx
Pre-historia.pptxPre-historia.pptx
Pre-historia.pptx
 
6 ano arte rupestre. pdf
6 ano arte rupestre. pdf6 ano arte rupestre. pdf
6 ano arte rupestre. pdf
 
Arte pre historia
Arte pre historiaArte pre historia
Arte pre historia
 

Mais de Péricles Penuel

Arte egípicia
Arte egípiciaArte egípicia
Arte egípicia
Péricles Penuel
 
éTica capitulo 6
éTica capitulo 6éTica capitulo 6
éTica capitulo 6
Péricles Penuel
 
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Péricles Penuel
 
3 revolução industrial 2013
3 revolução industrial 20133 revolução industrial 2013
3 revolução industrial 2013
Péricles Penuel
 
1 diversidade da vida
1 diversidade da vida1 diversidade da vida
1 diversidade da vida
Péricles Penuel
 
Lista 1 2013 escalas termométricas
Lista 1 2013   escalas termométricasLista 1 2013   escalas termométricas
Lista 1 2013 escalas termométricas
Péricles Penuel
 
Aula 2 população
Aula 2   populaçãoAula 2   população
Aula 2 população
Péricles Penuel
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
Péricles Penuel
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
Péricles Penuel
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
Péricles Penuel
 
1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico
Péricles Penuel
 
1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico
Péricles Penuel
 
Biologia 2º ano frente 2 - procariontes
Biologia 2º ano   frente 2 - procariontesBiologia 2º ano   frente 2 - procariontes
Biologia 2º ano frente 2 - procariontes
Péricles Penuel
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
Péricles Penuel
 
Aula 1 o brasil
Aula 1   o brasilAula 1   o brasil
Aula 1 o brasil
Péricles Penuel
 
Plano ins. pernambucana tmp
Plano ins. pernambucana tmpPlano ins. pernambucana tmp
Plano ins. pernambucana tmp
Péricles Penuel
 
Imagens invvasão holandesa tmp
Imagens invvasão holandesa tmpImagens invvasão holandesa tmp
Imagens invvasão holandesa tmp
Péricles Penuel
 
Expansão territorial e t. de limites tmp
Expansão territorial e t. de limites tmpExpansão territorial e t. de limites tmp
Expansão territorial e t. de limites tmp
Péricles Penuel
 
Cilindros (1)
Cilindros (1)Cilindros (1)
Cilindros (1)
Péricles Penuel
 
Brasil colonial 1 tmp
Brasil colonial 1 tmpBrasil colonial 1 tmp
Brasil colonial 1 tmp
Péricles Penuel
 

Mais de Péricles Penuel (20)

Arte egípicia
Arte egípiciaArte egípicia
Arte egípicia
 
éTica capitulo 6
éTica capitulo 6éTica capitulo 6
éTica capitulo 6
 
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
 
3 revolução industrial 2013
3 revolução industrial 20133 revolução industrial 2013
3 revolução industrial 2013
 
1 diversidade da vida
1 diversidade da vida1 diversidade da vida
1 diversidade da vida
 
Lista 1 2013 escalas termométricas
Lista 1 2013   escalas termométricasLista 1 2013   escalas termométricas
Lista 1 2013 escalas termométricas
 
Aula 2 população
Aula 2   populaçãoAula 2   população
Aula 2 população
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
 
1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico
 
1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico1absolutismo monárquico
1absolutismo monárquico
 
Biologia 2º ano frente 2 - procariontes
Biologia 2º ano   frente 2 - procariontesBiologia 2º ano   frente 2 - procariontes
Biologia 2º ano frente 2 - procariontes
 
Aula de matrizes
Aula de matrizesAula de matrizes
Aula de matrizes
 
Aula 1 o brasil
Aula 1   o brasilAula 1   o brasil
Aula 1 o brasil
 
Plano ins. pernambucana tmp
Plano ins. pernambucana tmpPlano ins. pernambucana tmp
Plano ins. pernambucana tmp
 
Imagens invvasão holandesa tmp
Imagens invvasão holandesa tmpImagens invvasão holandesa tmp
Imagens invvasão holandesa tmp
 
Expansão territorial e t. de limites tmp
Expansão territorial e t. de limites tmpExpansão territorial e t. de limites tmp
Expansão territorial e t. de limites tmp
 
Cilindros (1)
Cilindros (1)Cilindros (1)
Cilindros (1)
 
Brasil colonial 1 tmp
Brasil colonial 1 tmpBrasil colonial 1 tmp
Brasil colonial 1 tmp
 

Arte pré histórica

  • 1. Arte Pré-Histórica Ten Tatiana
  • 2. Paleolítico – Idade da pedra lascada – surgimento do ser humano até 12 mil anos atrás Neolítico – Idade da pedra polida – 12 mil anos até 6 mil anos atrás Idade dos metais – de 6 mil anos atrás até o desenvolvimento da escrita
  • 3. Paleolítico - Naturalismo • Idade da pedra lascada - instrumentos feitos de pedras lascadas para adquirir bordas cortantes; • Primeiras expressões muitos simples – consistiam em traços feitos nas paredes das cavernas ; • Primeiros desenhos, mãos em negativo.
  • 4. Características e técnicas de coloração dos desenhos. • Arte rupestre – rupes em latim rocha. • Pó colorido obtido a partir da trituração das rochas; • Por um canudo eles sopravam o pó sobre as mão que estavam na parede. • Características naturalistas – representava os seres humanos como os via. Reproduzia a natureza tal qual sua visão captava. • Pintor caçador, acreditava que pintando esses animais nas paredes aprisionavam a imagem e obtiva poder sobre eles.
  • 5. • Capacidade do artistas em interpretar a natureza; • Carregava de traços fortes que expressam a ideia de vigor; • Ossos carbonizados, carvão, vegetais e sangue de animais. • Elementos sólidos esmagados e dissolvidos na gordura dos animais. • Utilizavam os dedos como pincel. • Pincéis feitos com pelos de animais
  • 6. Escultura no paleolítico • Predomínio de figuras femininas e ausência das masculinas; • Vênus de Willendorf escultura em pedra, encontrada pelo arqueólogo Josef Szombathy em 1908; • Perto da cidade de Willendorf, Áustria , com data aproximada de 24 mil anos atrás.
  • 8. Neolítico – Idade da pedra polída. • Se desenvolveu a técnica de produzir armas e instrumentos com pedra polidas por atrito, se tornando bem afiadas; • Revolução neolítica, início da agricultura; domesticação de animais – substituição de uma vida nômade por uma vida mais estável. • Rápido aumento populacional e desenvolvimento dos primeiros núcleos familiares. • Divisão dos trabalhos nas comunidades.
  • 9. • Criação de técnicas – tecelagem, cerâmica; • Construção das primeiras moradias; • Produção do fogo com o atrito, mais tarde derretendo metais . • Atividade mental e reflexiva; • Estilo naturalismo foi substituído por um estilo mais simples e geométrico que sugerem seres; • Seres humanos representados em suas atividades cotidianos e coletivas.
  • 11. Arte na Idade dos Metais • Domínio da produção do fogo; • O artista passou a trabalhar com o metal, utilizando forma de barro para produzir suas peças; • Esculturas em metais , encontradas na Escandinávia e Sardenha, com representação de guerreiros; • Representando guerreiros e mulheres, ricas em mulheres; • Serve de documento dos períodos dos costumes.
  • 15. Suas pinturas rupestres, que foram consideradas patrimônio histórico da humanidade pela UNESCO, aliadas a uma paisagem exótica, são atrativos para todos os que buscam um pouco de aventura e de contato com a natureza.
  • 16. O Sítio Arqueológico da Serra da Capivara localiza-se no município de São Raimundo Nonato, no Piauí, tem 6.000 a 12.000 anos de idade, foi descoberta em 1970 pela francesa Niède Guidon, e mostram pequenas figuras de homens e animais
  • 20. Proposta de atividade Desenhar com traços simples, uma cena do cotidiano. Utilize cores mais próximas das extraídas da natureza.