SlideShare uma empresa Scribd logo
Arremessos: 
Arremesso de peso 
Arremesso de dardo 
Arremesso de martelo 
Arremesso de disco
Arremesso de peso: 
O arremesso de peso é uma modalidade 
olímpica de atletismo, onde os atletas 
competem para arremessar uma bola de metal 
o mais longe possível. As qualidades principais 
do atleta campeão são a força e a aceleração. 
A bola oficial masculina tem massa de 7,26 kg 
e é geralmente feita de bronze ou ferro fundido 
e chumbo, possui cerca de 12 cm de diâmetro. 
Na categoria feminina tem massa de 4 kg 
exatos, sendo esta um pouco menor.
• O arremessador tem uma área restrita circular de 
diâmetro 2,135 m (7 pés) para se locomover; no 
início do lançamento, o peso deve estar colocado 
entre o ombro e o pescoço do atleta, o peso deve 
ser lançado com as pontas dos dedos, e não com a 
palma da mão. Durante o lançamento, o atleta 
deve rodar sobre si mesmo e lançar (técnica com 
giro). 
• A marca obtida em cada lançamento é medida a 
partir do primeiro lugar onde o peso bater no chão; 
em competições oficiais, se houver até oito 
competidores participando, cada atleta tem direito 
a seis lançamentos. Quando há mais de oito, cada
Arremesso de dardo: 
Lançamento de dardo é uma modalidade do 
atletismo na qual o atleta lança um dardo tentando 
alcançar a maior distância possível. Esse dardo tem 
forma de lança, e pode ser feito de fibra de vidro, de 
metal ou fibra de carbono. O peso e o comprimento do 
dardo pode ser: 
Homem - dardo de 2,7 m, com peso 800 gramas. 
Mulher - dardo de 2,3 m, com peso de 600 gramas. 
O lançamento acontece após algumas ações como a 
corrida de aproximação do atleta, na qual a aceleração 
deve ser progressiva e retilínea, alcançando dessa 
forma, uma velocidade considerável. Esse percurso 
varia entre 7 a 13 passos. Até então, o dardo é 
carregado à altura da testa.
O atleta corre para tomar impulso e lança o dardo 
numa pista de lançamento com 34,9 metros de 
comprimento e 4 metros de largura. O lançador faz 
um giro rápido com o corpo e lança. O dardo 
costuma sair das mãos do atleta com uma 
velocidade de 100 km/h. Após o voo, o dardo aterra 
numa zona relvada que costuma ocupar a zona 
central dos estádios de atletismo. A marca obtida 
pelo atleta é medida pelos oficiais, desde a zona de 
lançamento até ao primeiro ponto onde o dardo 
tocou no chão. 
O lançador é desclassificado se sair da zona de 
lançamento antes, durante ou depois do 
lançamento, ou se o dardo tocar no solo sem ser 
pela ponta dianteira dele. As competições de 
lançamento de dardo iniciam-se com três rondas de
Arremesso de martelo: 
O lançamento do martelo é uma modalidade 
olímpica de atletismo. O desporto é baseado no 
lançamento de martelos propriamente ditos, que 
foram entretanto trocados por bolas de metal 
presas por um cabo de arame pesado que 
termina numa pega ou alça. 
O martelo pesa 7,26 kg na prova dos homens e 
4 kg nos eventos femininos. 
O conjunto bola, arame e alça, formam uma 
unidade de comprimento máximo de 1,2 m.
• A base de lançamento da prova é um círculo de 
2,1 m de diâmetro, geralmente rodeado por uma 
rede que protege a audiência. 
• Segurando a alça com as duas mãos e 
mantendo os pés imóveis, o atleta faz a bola 
girar três ou quatro vezes, num círculo que 
passa por cima e por baixo da sua cabeça. 
• Quando o martelo alcança velocidade, o atleta 
gira sobre si próprio duas ou três vezes para 
acelerar mais a bola e logo a solta para cima e 
para frente. 
• Se o martelo cai no terreno dentro de um ângulo
Lançamento de disco: 
O lançamento de disco é uma das várias 
modalidades do atletismo. O objetivo é que o disco 
seja lançado o mais distante possível. Para isso o 
atleta conta com três tentativas. Apenas os oito 
melhores lançadores tem possibilidade de lançar 
outras três vezes. 
O disco tem medidas e pesos diferentes para 
homens e mulheres. Pode ser de metal ou outro 
material adequado, oco ou não, e deve ter as 
bordas arredondadas. As medidas dos discos são: 
Homens - pesa 2 kg, mede entre 219 e 221 mm de 
diâmetro e tem de 44 a 46 mm de espessura.
• O atleta segura o disco plano contra os dedos 
da mão e o antebraço do lado do lançamento, 
logo gira sobre si mesmo rapidamente e lança o 
disco ao ar estendendo o braço. Todo o material 
deve ser fornecido pela organização da 
competição. 
• Para melhorar a pegada é permitido o uso de 
uma substância adequada nas mãos. Pode ser 
usado um cinturão para proteger a coluna.
Componentes: 
Kairo Michel 
Lara Eviane 
Alice 
Jonas 
Francilane 
Emerson Pereira 
Isabele 
Lara Beatriz

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides ginástica
Slides ginásticaSlides ginástica
Slides ginástica
Ana Lucia Costa
 
Treinamento Desportivo Criança e Adolescente
Treinamento Desportivo Criança e AdolescenteTreinamento Desportivo Criança e Adolescente
Treinamento Desportivo Criança e Adolescente
felipethoaldo
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
Neusa Soares
 
Atletismo Paralímpico
Atletismo ParalímpicoAtletismo Paralímpico
Atletismo Paralímpico
UME JOÃO PAPA SOBRINHO
 
Atividade física adaptada
Atividade física adaptadaAtividade física adaptada
Atividade física adaptada
Annalethycia Siqueira
 
Lançamento de disco
Lançamento de discoLançamento de disco
Lançamento de disco
Luan Victor
 
Atletismo (corrida)
Atletismo (corrida)Atletismo (corrida)
Atletismo (corrida)
VanessaGPita16
 
Apresentação de educaçao ficica
Apresentação de educaçao ficicaApresentação de educaçao ficica
Apresentação de educaçao ficica
crishmuler
 
Diferença de atividade física para Exercício físico!
Diferença de atividade física para Exercício físico!Diferença de atividade física para Exercício físico!
Diferença de atividade física para Exercício físico!
Joemille Leal
 
Ginástica rítmica na escola
Ginástica rítmica na escolaGinástica rítmica na escola
Ginástica rítmica na escola
evandrolhp
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Medidas e Avaliação - Velocidade e Agilidade
Medidas e Avaliação - Velocidade e AgilidadeMedidas e Avaliação - Velocidade e Agilidade
Medidas e Avaliação - Velocidade e Agilidade
marcelosilveirazero1
 
PARKOUR APRESENTAÇÃO
PARKOUR APRESENTAÇÃO PARKOUR APRESENTAÇÃO
PARKOUR APRESENTAÇÃO
Fernando Marlon Pilger Gradaschi
 
Ginastica rítmica
Ginastica rítmicaGinastica rítmica
Ginastica rítmica
Morais Neto
 
Esportes de aventura e radicais 2º A
Esportes de aventura e radicais 2º AEsportes de aventura e radicais 2º A
Esportes de aventura e radicais 2º A
Abmael Rocha Junior
 
História do Atletismo
História do AtletismoHistória do Atletismo
História do Atletismo
Alessandragf
 
Ginástica
GinásticaGinástica
Ginástica
ana pinho
 
Atletismo I (Salto com Vara)
Atletismo I (Salto com Vara)Atletismo I (Salto com Vara)
Atletismo I (Salto com Vara)
Hiderson Marciano
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
Fatima Costa
 
Ginástica rítmica 1. parte
Ginástica rítmica 1. parteGinástica rítmica 1. parte
Ginástica rítmica 1. parte
Universidade Norte do Paraná
 

Mais procurados (20)

Slides ginástica
Slides ginásticaSlides ginástica
Slides ginástica
 
Treinamento Desportivo Criança e Adolescente
Treinamento Desportivo Criança e AdolescenteTreinamento Desportivo Criança e Adolescente
Treinamento Desportivo Criança e Adolescente
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Atletismo Paralímpico
Atletismo ParalímpicoAtletismo Paralímpico
Atletismo Paralímpico
 
Atividade física adaptada
Atividade física adaptadaAtividade física adaptada
Atividade física adaptada
 
Lançamento de disco
Lançamento de discoLançamento de disco
Lançamento de disco
 
Atletismo (corrida)
Atletismo (corrida)Atletismo (corrida)
Atletismo (corrida)
 
Apresentação de educaçao ficica
Apresentação de educaçao ficicaApresentação de educaçao ficica
Apresentação de educaçao ficica
 
Diferença de atividade física para Exercício físico!
Diferença de atividade física para Exercício físico!Diferença de atividade física para Exercício físico!
Diferença de atividade física para Exercício físico!
 
Ginástica rítmica na escola
Ginástica rítmica na escolaGinástica rítmica na escola
Ginástica rítmica na escola
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Medidas e Avaliação - Velocidade e Agilidade
Medidas e Avaliação - Velocidade e AgilidadeMedidas e Avaliação - Velocidade e Agilidade
Medidas e Avaliação - Velocidade e Agilidade
 
PARKOUR APRESENTAÇÃO
PARKOUR APRESENTAÇÃO PARKOUR APRESENTAÇÃO
PARKOUR APRESENTAÇÃO
 
Ginastica rítmica
Ginastica rítmicaGinastica rítmica
Ginastica rítmica
 
Esportes de aventura e radicais 2º A
Esportes de aventura e radicais 2º AEsportes de aventura e radicais 2º A
Esportes de aventura e radicais 2º A
 
História do Atletismo
História do AtletismoHistória do Atletismo
História do Atletismo
 
Ginástica
GinásticaGinástica
Ginástica
 
Atletismo I (Salto com Vara)
Atletismo I (Salto com Vara)Atletismo I (Salto com Vara)
Atletismo I (Salto com Vara)
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Ginástica rítmica 1. parte
Ginástica rítmica 1. parteGinástica rítmica 1. parte
Ginástica rítmica 1. parte
 

Destaque

Prova arte grega
Prova arte gregaProva arte grega
Prova arte grega
Veridiana Rengel
 
Prova parcial agosto educação física
Prova parcial agosto educação físicaProva parcial agosto educação física
Prova parcial agosto educação física
Moesio Alves
 
Avaliação de recuperação de educação física brasilino 8 serie
Avaliação de recuperação de educação física brasilino 8 serieAvaliação de recuperação de educação física brasilino 8 serie
Avaliação de recuperação de educação física brasilino 8 serie
Josiane Leal
 
Atividade de diagnóstico ed. física 2012
Atividade de diagnóstico ed. física 2012Atividade de diagnóstico ed. física 2012
Atividade de diagnóstico ed. física 2012
josivaldopassos
 
Simulado de educação física
Simulado de educação física   Simulado de educação física
Simulado de educação física
Marcia Oliveira
 
Avaliação global de educação física 6º e 7º ano setembro
Avaliação global de educação física 6º e 7º ano setembroAvaliação global de educação física 6º e 7º ano setembro
Avaliação global de educação física 6º e 7º ano setembro
Moesio Alves
 
Ava ed fisica_7ano
Ava ed fisica_7anoAva ed fisica_7ano
Ava ed fisica_7ano
Atividades Diversas Cláudia
 

Destaque (7)

Prova arte grega
Prova arte gregaProva arte grega
Prova arte grega
 
Prova parcial agosto educação física
Prova parcial agosto educação físicaProva parcial agosto educação física
Prova parcial agosto educação física
 
Avaliação de recuperação de educação física brasilino 8 serie
Avaliação de recuperação de educação física brasilino 8 serieAvaliação de recuperação de educação física brasilino 8 serie
Avaliação de recuperação de educação física brasilino 8 serie
 
Atividade de diagnóstico ed. física 2012
Atividade de diagnóstico ed. física 2012Atividade de diagnóstico ed. física 2012
Atividade de diagnóstico ed. física 2012
 
Simulado de educação física
Simulado de educação física   Simulado de educação física
Simulado de educação física
 
Avaliação global de educação física 6º e 7º ano setembro
Avaliação global de educação física 6º e 7º ano setembroAvaliação global de educação física 6º e 7º ano setembro
Avaliação global de educação física 6º e 7º ano setembro
 
Ava ed fisica_7ano
Ava ed fisica_7anoAva ed fisica_7ano
Ava ed fisica_7ano
 

Semelhante a Arremessos

Atletismo
AtletismoAtletismo
Trabalho educação fisica
Trabalho educação fisicaTrabalho educação fisica
Trabalho educação fisica
Fui_kilado
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
André Campos
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
Ana Rita Barbosa
 
atletismo-170405002818.pptx
atletismo-170405002818.pptxatletismo-170405002818.pptx
atletismo-170405002818.pptx
JosileneFagundes
 
atletismo.pptx
atletismo.pptxatletismo.pptx
atletismo.pptx
sayonara39
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
Jorge Fernandes
 
ATLETISMO.pptx
ATLETISMO.pptxATLETISMO.pptx
ATLETISMO.pptx
FlvioAnjos3
 
Pet 2 --6deg_ano_semana_2
Pet 2 --6deg_ano_semana_2Pet 2 --6deg_ano_semana_2
Pet 2 --6deg_ano_semana_2
luciene silva
 
ATLETISMO - Arremessos.pptx
ATLETISMO - Arremessos.pptxATLETISMO - Arremessos.pptx
ATLETISMO - Arremessos.pptx
efnelsonivo
 
Salto em distância
Salto em distânciaSalto em distância
Salto em distância
Aldrin Eldrin
 
Apresentação de educaçao ficica
Apresentação de educaçao ficicaApresentação de educaçao ficica
Apresentação de educaçao ficica
crishmuler
 
Qualidades Físicas do Corpo Humano
Qualidades Físicas do Corpo Humano Qualidades Físicas do Corpo Humano
Qualidades Físicas do Corpo Humano
Manuel de Abreu
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
Carla Domingos
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
laudecir alves
 
Atletismo
Atletismo Atletismo
Atletismo
cristina costa
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
Marinho Mota
 
Esportes das Olimpíadas Gregas
Esportes das Olimpíadas Gregas Esportes das Olimpíadas Gregas
Esportes das Olimpíadas Gregas
guiribeiro0210
 
Trabalho de Ed. Física karoline Alves- T3002
Trabalho de Ed. Física karoline Alves- T3002Trabalho de Ed. Física karoline Alves- T3002
Trabalho de Ed. Física karoline Alves- T3002
Manuel de Abreu
 
Atletismo
AtletismoAtletismo

Semelhante a Arremessos (20)

Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Trabalho educação fisica
Trabalho educação fisicaTrabalho educação fisica
Trabalho educação fisica
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
atletismo-170405002818.pptx
atletismo-170405002818.pptxatletismo-170405002818.pptx
atletismo-170405002818.pptx
 
atletismo.pptx
atletismo.pptxatletismo.pptx
atletismo.pptx
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
ATLETISMO.pptx
ATLETISMO.pptxATLETISMO.pptx
ATLETISMO.pptx
 
Pet 2 --6deg_ano_semana_2
Pet 2 --6deg_ano_semana_2Pet 2 --6deg_ano_semana_2
Pet 2 --6deg_ano_semana_2
 
ATLETISMO - Arremessos.pptx
ATLETISMO - Arremessos.pptxATLETISMO - Arremessos.pptx
ATLETISMO - Arremessos.pptx
 
Salto em distância
Salto em distânciaSalto em distância
Salto em distância
 
Apresentação de educaçao ficica
Apresentação de educaçao ficicaApresentação de educaçao ficica
Apresentação de educaçao ficica
 
Qualidades Físicas do Corpo Humano
Qualidades Físicas do Corpo Humano Qualidades Físicas do Corpo Humano
Qualidades Físicas do Corpo Humano
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Atletismo
Atletismo Atletismo
Atletismo
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Esportes das Olimpíadas Gregas
Esportes das Olimpíadas Gregas Esportes das Olimpíadas Gregas
Esportes das Olimpíadas Gregas
 
Trabalho de Ed. Física karoline Alves- T3002
Trabalho de Ed. Física karoline Alves- T3002Trabalho de Ed. Física karoline Alves- T3002
Trabalho de Ed. Física karoline Alves- T3002
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 

Último

FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
BiancaCristina75
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 

Último (20)

FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 

Arremessos

  • 1. Arremessos: Arremesso de peso Arremesso de dardo Arremesso de martelo Arremesso de disco
  • 2. Arremesso de peso: O arremesso de peso é uma modalidade olímpica de atletismo, onde os atletas competem para arremessar uma bola de metal o mais longe possível. As qualidades principais do atleta campeão são a força e a aceleração. A bola oficial masculina tem massa de 7,26 kg e é geralmente feita de bronze ou ferro fundido e chumbo, possui cerca de 12 cm de diâmetro. Na categoria feminina tem massa de 4 kg exatos, sendo esta um pouco menor.
  • 3. • O arremessador tem uma área restrita circular de diâmetro 2,135 m (7 pés) para se locomover; no início do lançamento, o peso deve estar colocado entre o ombro e o pescoço do atleta, o peso deve ser lançado com as pontas dos dedos, e não com a palma da mão. Durante o lançamento, o atleta deve rodar sobre si mesmo e lançar (técnica com giro). • A marca obtida em cada lançamento é medida a partir do primeiro lugar onde o peso bater no chão; em competições oficiais, se houver até oito competidores participando, cada atleta tem direito a seis lançamentos. Quando há mais de oito, cada
  • 4.
  • 5. Arremesso de dardo: Lançamento de dardo é uma modalidade do atletismo na qual o atleta lança um dardo tentando alcançar a maior distância possível. Esse dardo tem forma de lança, e pode ser feito de fibra de vidro, de metal ou fibra de carbono. O peso e o comprimento do dardo pode ser: Homem - dardo de 2,7 m, com peso 800 gramas. Mulher - dardo de 2,3 m, com peso de 600 gramas. O lançamento acontece após algumas ações como a corrida de aproximação do atleta, na qual a aceleração deve ser progressiva e retilínea, alcançando dessa forma, uma velocidade considerável. Esse percurso varia entre 7 a 13 passos. Até então, o dardo é carregado à altura da testa.
  • 6. O atleta corre para tomar impulso e lança o dardo numa pista de lançamento com 34,9 metros de comprimento e 4 metros de largura. O lançador faz um giro rápido com o corpo e lança. O dardo costuma sair das mãos do atleta com uma velocidade de 100 km/h. Após o voo, o dardo aterra numa zona relvada que costuma ocupar a zona central dos estádios de atletismo. A marca obtida pelo atleta é medida pelos oficiais, desde a zona de lançamento até ao primeiro ponto onde o dardo tocou no chão. O lançador é desclassificado se sair da zona de lançamento antes, durante ou depois do lançamento, ou se o dardo tocar no solo sem ser pela ponta dianteira dele. As competições de lançamento de dardo iniciam-se com três rondas de
  • 7.
  • 8. Arremesso de martelo: O lançamento do martelo é uma modalidade olímpica de atletismo. O desporto é baseado no lançamento de martelos propriamente ditos, que foram entretanto trocados por bolas de metal presas por um cabo de arame pesado que termina numa pega ou alça. O martelo pesa 7,26 kg na prova dos homens e 4 kg nos eventos femininos. O conjunto bola, arame e alça, formam uma unidade de comprimento máximo de 1,2 m.
  • 9. • A base de lançamento da prova é um círculo de 2,1 m de diâmetro, geralmente rodeado por uma rede que protege a audiência. • Segurando a alça com as duas mãos e mantendo os pés imóveis, o atleta faz a bola girar três ou quatro vezes, num círculo que passa por cima e por baixo da sua cabeça. • Quando o martelo alcança velocidade, o atleta gira sobre si próprio duas ou três vezes para acelerar mais a bola e logo a solta para cima e para frente. • Se o martelo cai no terreno dentro de um ângulo
  • 10.
  • 11. Lançamento de disco: O lançamento de disco é uma das várias modalidades do atletismo. O objetivo é que o disco seja lançado o mais distante possível. Para isso o atleta conta com três tentativas. Apenas os oito melhores lançadores tem possibilidade de lançar outras três vezes. O disco tem medidas e pesos diferentes para homens e mulheres. Pode ser de metal ou outro material adequado, oco ou não, e deve ter as bordas arredondadas. As medidas dos discos são: Homens - pesa 2 kg, mede entre 219 e 221 mm de diâmetro e tem de 44 a 46 mm de espessura.
  • 12. • O atleta segura o disco plano contra os dedos da mão e o antebraço do lado do lançamento, logo gira sobre si mesmo rapidamente e lança o disco ao ar estendendo o braço. Todo o material deve ser fornecido pela organização da competição. • Para melhorar a pegada é permitido o uso de uma substância adequada nas mãos. Pode ser usado um cinturão para proteger a coluna.
  • 13.
  • 14. Componentes: Kairo Michel Lara Eviane Alice Jonas Francilane Emerson Pereira Isabele Lara Beatriz