SlideShare uma empresa Scribd logo
A Igreja e os eventos
após o arrebatamento
Tribunal
de Cristo
As Bodas do
Cordeiro
Este julgamento não foi estabelecido para
determinar se as pessoas que diante dEle
comparecerem são culpadas ou inocentes,
isto é, salvas ou perdidas, uma vez que já
foram arrebatadas. Agora trata-se da
questão de recompensa.
A salvação ofertada ao crente em Cristo livrou-o perfeitamente
de todo o julgamento (Rm 8.1; Jo 5.24; l Jo 4.17).
Trazer o crente para o julgamento do pecado é negar a
eficácia da morte de Cristo.
O TRIBUNAL DE CRISTO
Porque é necessário
que todos nós
sejamos manifestos
diante do tribunal de
Cristo, para que cada
um receba o que fez
por meio do corpo,
segundo o que
praticou, o bem ou o
mal.2 Coríntios 5:10
Portanto, agora nenhuma condenação
há para os que estão em Cristo Jesus.
Romanos 8:1
Em verdade, em verdade vos digo que
quem ouve a minha palavra, e crê
naquele que me enviou, tem a vida
eterna e não entra em juízo, mas já
passou da morte para a vida. Jo 5:24
Nisto é aperfeiçoado em nós o amor,
para que no dia do juízo tenhamos
confiança; porque, qual ele é, somos
também nós neste mundo. 1 Jo 4:17
Com respeito à palavra mal
(phaulos), devemos observar
que Paulo não usa as palavras
comuns correspondentes a mal
(kakos ou ponêras), que
significam o que é ética ou
moralmente maléfico, mas, sim,
a palavra que significa:
... maldade sob outro aspecto,
não o de maldade ativa ou
passiva, mas de inutilidade, de
impossibilidade de gerar
qualquer bem [...] Essa noção de
inutilidade ou desvalor é a noção
central.
Segundo a graça de Deus que me foi dada, lancei eu como sábio construtor, o
fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele.
Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é
Jesus Cristo.
E, se alguém sobre este fundamento levanta um edifício de ouro, prata, pedras
preciosas, madeira, feno, palha, a obra de cada um se manifestará; pois aquele dia a
demonstrará, porque será revelada no fogo, e o fogo provará qual seja a obra de cada
um.
Se permanecer a obra que alguém sobre ele edificou, esse receberá galardão.
Se a obra de alguém se queimar, sofrerá ele prejuízo; mas o tal será salvo todavia como
que pelo fogo. 1 Coríntios 3:10-15
VEJAMOS ALGUNS TIPOS DE OBRAS
Ouro - Justiça , Pureza, Santidade
Prata - Perdão
Pedras preciosas - solidez
Madeira - Humanidade
Feno - Alimento fraco
Palha - Muito volume
"Como estamos construindo o nosso edifício espiritual ?"
Cristo irá galardoar os seus
Apoc. 22 : 12 ... e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.
As obras serão provadas
I Cor. 3 : 13 A obra de cada uma se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo
fogo será descoberta, e o fogo provará qual seja a obra de cada um.
Temos uma relação entre galardão e as obras
Haverá um galardão pela obra
demonstrada indestrutível pela
prova de fogo.
No Novo Testamento existem cinco
áreas em relação às quais se
mencionam especificamente o
galardão:
1) uma coroa incorruptível para os
que obtiveram vitória sobre o velho
homem (1 Co 9.25);
E todo aquele que luta de
tudo se abstém; eles o fazem
para alcançar uma coroa
corruptível; nós, porém, uma
incorruptível.
1 Coríntios 9:25
1) uma coroa incorruptível para os
que obtiveram vitória sobre o velho
homem (1 Co 9.25);
2) uma coroa de alegria para os
ganhadores de almas (l Ts 2.19);
Porque, qual é a nossa
esperança, ou gozo, ou coroa
de glória, diante de nosso
Senhor Jesus na sua vinda?
Porventura não o sois vós?
1 Tessalonicenses 2:19
1) uma coroa incorruptível para os
que obtiveram vitória sobre o velho
homem (1 Co 9.25);
2) uma coroa de alegria para os
ganhadores de almas (l Ts 2.19);
3) uma coroa de vida para os que
suportaram a provação (Tg 1.12);
Bem-aventurado o homem
que suporta a provação;
porque, depois de aprovado,
receberá a coroa da vida, que
o Senhor prometeu aos que o
amam. Tiago 1:12
1) uma coroa incorruptível para os
que obtiveram vitória sobre o velho
homem (1 Co 9.25);
2) uma coroa de alegria para os
ganhadores de almas (l Ts 2.19);
3) uma coroa de vida para os que
suportaram a provação (Tg 1.12);
4) uma coroa de justiça para os que
amam a Sua vinda (2Tm 4.8)
Desde agora, a coroa da
justiça me está guardada, a
qual o Senhor, justo juiz, me
dará naquele dia; e não
somente a mim, mas também
a todos os que amarem a sua
vinda. 2 Tim 4:8
5) uma coroa de glória para os que
se dispuseram a apascentar o
rebanho de Deus (l Pe 5.4).
1) uma coroa incorruptível para os
que obtiveram vitória sobre o velho
homem (1 Co 9.25);
2) uma coroa de alegria para os
ganhadores de almas (l Ts 2.19);
3) uma coroa de vida para os que
suportaram a provação (Tg 1.12);
4) uma coroa de justiça para os que
amam a Sua vinda (2Tm 4.8)
E, quando se manifestar o
sumo Pastor, recebereis a
imarcescível coroa da glória.
1 Pedro 5:4
As coroas são
para a glória do
crente?
Os vinte e quatro anciãos prostravam-se diante do
que estava assentado sobre o trono, e adoravam o
que vive para todo o sempre; e lançavam as suas
coroas diante do trono, dizendo:
Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder;
porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade
são e foram criadas. Apocalipse 4:10,11
AS BODAS DO CORDEIRO
Na translação da igreja, Cristo aparece como o noivo que leva a noiva
conSigo, para que o relacionamento que foi prometido seja consumado e os
dois se tornem um.
Bodas é o casamento, ainda não é a festa.
A. A hora das bodas.
É revelada nas Escrituras como algo que
ocorre entre a translação da igreja e a
segunda vinda de Cristo.
B. O local das bodas.
Só pode ser o céu. Visto que se segue ao
tribunal de Cristo, demonstrado como acontecimento
celestial, e visto que, quando o Senhor retornar, a igreja
virá nos ares (Ap 19.14), as bodas devem ocorrer no céu.
C. Os participantes das bodas.
As bodas do Cordeiro constituem um
acontecimento que, evidentemente, inclui
Cristo e a igreja
Esse casamento parece seguir os acontecimentos do bema
de Cristo, visto que, quando surge, a igreja aparece adornada
com "os atos de justiça dos santos" (Ap 19.8), que só podem
referir-se às coisas que foram aceitas no tribunal de Cristo.
Desse modo, as bodas devem ocorrer entre o tribunal de
Cristo e a segunda vinda.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Novo nascimento
Novo nascimentoNovo nascimento
Novo nascimento
Eid Marques
 
Nascer de novo
Nascer de novoNascer de novo
Nascer de novo
Lucas Guerreiro
 
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 10 Justificação
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 10 JustificaçãoCURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 10 Justificação
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 10 Justificação
Dr. Paulo Lis
 
Lição 5 - O Arrebatamento da Igreja
Lição 5 - O Arrebatamento da IgrejaLição 5 - O Arrebatamento da Igreja
Lição 5 - O Arrebatamento da Igreja
Andrew Guimarães
 
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravação
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravaçãoCURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravação
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravação
Dr. Paulo Lis
 
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Arrebatamento Secreto o que é?
Arrebatamento Secreto o que é?Arrebatamento Secreto o que é?
Arrebatamento Secreto o que é?
Agnaldo Souza
 
Jesus - Com Ele é Possível Encontrar Reconciliação
Jesus - Com Ele é Possível Encontrar ReconciliaçãoJesus - Com Ele é Possível Encontrar Reconciliação
Jesus - Com Ele é Possível Encontrar Reconciliação
Igreja Batista Memorial em Jardim Catarina
 
8. tribunal de cristo
8. tribunal de cristo8. tribunal de cristo
8. tribunal de cristo
Moisés Sampaio
 
O nascer de novo
O nascer de novoO nascer de novo
O nascer de novo
Eder L. Souza
 
O Maior Presente de Todos
O Maior Presente de TodosO Maior Presente de Todos
O Maior Presente de Todos
IBMemorialJC
 
Lição 3 esperando a volta de jesus
Lição 3   esperando a volta de jesusLição 3   esperando a volta de jesus
Lição 3 esperando a volta de jesus
Andrew Guimarães
 
O Arrebatamento Da Igreja
O Arrebatamento Da Igreja   O Arrebatamento Da Igreja
O Arrebatamento Da Igreja
lcsmbr
 
Lição 7 - Jesus, o Salvador do mundo
Lição 7 - Jesus, o Salvador do mundoLição 7 - Jesus, o Salvador do mundo
Lição 7 - Jesus, o Salvador do mundo
Éder Tomé
 
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 lição 6 O tribunal e Cristo e os...
EBD CPAD Lições bíblicas  1° trimestre  2016 lição 6 O tribunal e Cristo e os...EBD CPAD Lições bíblicas  1° trimestre  2016 lição 6 O tribunal e Cristo e os...
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 lição 6 O tribunal e Cristo e os...
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
O Arrebatamento
O ArrebatamentoO Arrebatamento
O Arrebatamento
Fabiano Medeiros
 
Licao 2 2 trim - 2020 a sublimidade das bencaos espirituais em cristo
Licao 2   2 trim - 2020 a sublimidade das bencaos espirituais em cristoLicao 2   2 trim - 2020 a sublimidade das bencaos espirituais em cristo
Licao 2 2 trim - 2020 a sublimidade das bencaos espirituais em cristo
Vilma Longuini
 
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristoLição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
Erberson Pinheiro
 
Cateq pt 01
Cateq pt 01Cateq pt 01
Cateq pt 01
Cursos Católicos
 
U.XIII - A Vitoria Final
U.XIII - A Vitoria FinalU.XIII - A Vitoria Final
U.XIII - A Vitoria Final
Ramón Zazatt
 

Mais procurados (20)

Novo nascimento
Novo nascimentoNovo nascimento
Novo nascimento
 
Nascer de novo
Nascer de novoNascer de novo
Nascer de novo
 
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 10 Justificação
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 10 JustificaçãoCURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 10 Justificação
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 10 Justificação
 
Lição 5 - O Arrebatamento da Igreja
Lição 5 - O Arrebatamento da IgrejaLição 5 - O Arrebatamento da Igreja
Lição 5 - O Arrebatamento da Igreja
 
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravação
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravaçãoCURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravação
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravação
 
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 Lição 5 O arrebatamento da Igreja.
 
Arrebatamento Secreto o que é?
Arrebatamento Secreto o que é?Arrebatamento Secreto o que é?
Arrebatamento Secreto o que é?
 
Jesus - Com Ele é Possível Encontrar Reconciliação
Jesus - Com Ele é Possível Encontrar ReconciliaçãoJesus - Com Ele é Possível Encontrar Reconciliação
Jesus - Com Ele é Possível Encontrar Reconciliação
 
8. tribunal de cristo
8. tribunal de cristo8. tribunal de cristo
8. tribunal de cristo
 
O nascer de novo
O nascer de novoO nascer de novo
O nascer de novo
 
O Maior Presente de Todos
O Maior Presente de TodosO Maior Presente de Todos
O Maior Presente de Todos
 
Lição 3 esperando a volta de jesus
Lição 3   esperando a volta de jesusLição 3   esperando a volta de jesus
Lição 3 esperando a volta de jesus
 
O Arrebatamento Da Igreja
O Arrebatamento Da Igreja   O Arrebatamento Da Igreja
O Arrebatamento Da Igreja
 
Lição 7 - Jesus, o Salvador do mundo
Lição 7 - Jesus, o Salvador do mundoLição 7 - Jesus, o Salvador do mundo
Lição 7 - Jesus, o Salvador do mundo
 
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 lição 6 O tribunal e Cristo e os...
EBD CPAD Lições bíblicas  1° trimestre  2016 lição 6 O tribunal e Cristo e os...EBD CPAD Lições bíblicas  1° trimestre  2016 lição 6 O tribunal e Cristo e os...
EBD CPAD Lições bíblicas 1° trimestre 2016 lição 6 O tribunal e Cristo e os...
 
O Arrebatamento
O ArrebatamentoO Arrebatamento
O Arrebatamento
 
Licao 2 2 trim - 2020 a sublimidade das bencaos espirituais em cristo
Licao 2   2 trim - 2020 a sublimidade das bencaos espirituais em cristoLicao 2   2 trim - 2020 a sublimidade das bencaos espirituais em cristo
Licao 2 2 trim - 2020 a sublimidade das bencaos espirituais em cristo
 
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristoLição 11 - A segunda vinda de cristo
Lição 11 - A segunda vinda de cristo
 
Cateq pt 01
Cateq pt 01Cateq pt 01
Cateq pt 01
 
U.XIII - A Vitoria Final
U.XIII - A Vitoria FinalU.XIII - A Vitoria Final
U.XIII - A Vitoria Final
 

Destaque

Instants photos
Instants photosInstants photos
Instants photosminne
 
Bb Fiona 11pm
Bb Fiona 11pmBb Fiona 11pm
Bb Fiona 11pm
guest350a08
 
Jessica Garcia Resume
Jessica Garcia ResumeJessica Garcia Resume
Jessica Garcia Resume
Jessica Garcia
 
Instants photos
Instants photosInstants photos
Instants photosminne
 
TRINATH NAIK UPDATE RESUME
TRINATH NAIK UPDATE RESUMETRINATH NAIK UPDATE RESUME
TRINATH NAIK UPDATE RESUME
Trinad naik Daravathu
 
Universidad de panamá
Universidad de panamáUniversidad de panamá
Universidad de panamá
thu morenita consentihda
 
WORKING-KURAR VILLAGE MPS ENGLISH SCHOOL PPT
WORKING-KURAR VILLAGE MPS ENGLISH SCHOOL PPTWORKING-KURAR VILLAGE MPS ENGLISH SCHOOL PPT
WORKING-KURAR VILLAGE MPS ENGLISH SCHOOL PPT
shilpi srivastava
 
Novos Rurais E Novos Urbanos
Novos Rurais E Novos UrbanosNovos Rurais E Novos Urbanos
Novos Rurais E Novos Urbanos
João Soares
 
Ibd 2010 brazil_certificate
Ibd 2010 brazil_certificateIbd 2010 brazil_certificate
Ibd 2010 brazil_certificate
Sudhir Modi
 
software y hardware del computador
software y hardware del computadorsoftware y hardware del computador
software y hardware del computador
tatiana sanchez
 
Livre blanc Rubedo - Plateforme digitale open-source
Livre blanc Rubedo - Plateforme digitale open-sourceLivre blanc Rubedo - Plateforme digitale open-source
Livre blanc Rubedo - Plateforme digitale open-source
Rubedo, a WebTales solution
 
Personnalisez l'expérience utilisateur - AgoraCMS
Personnalisez l'expérience utilisateur - AgoraCMSPersonnalisez l'expérience utilisateur - AgoraCMS
Personnalisez l'expérience utilisateur - AgoraCMS
Rubedo, a WebTales solution
 
Mulheres e agroecologia- transformando o campo, as florestas e as pessoas
Mulheres e agroecologia- transformando o campo, as florestas e as pessoasMulheres e agroecologia- transformando o campo, as florestas e as pessoas
Mulheres e agroecologia- transformando o campo, as florestas e as pessoas
João Soares
 

Destaque (14)

Instants photos
Instants photosInstants photos
Instants photos
 
Bb Fiona 11pm
Bb Fiona 11pmBb Fiona 11pm
Bb Fiona 11pm
 
Jessica Garcia Resume
Jessica Garcia ResumeJessica Garcia Resume
Jessica Garcia Resume
 
Instants photos
Instants photosInstants photos
Instants photos
 
TRINATH NAIK UPDATE RESUME
TRINATH NAIK UPDATE RESUMETRINATH NAIK UPDATE RESUME
TRINATH NAIK UPDATE RESUME
 
BROCHURE_NIYO&CO
BROCHURE_NIYO&COBROCHURE_NIYO&CO
BROCHURE_NIYO&CO
 
Universidad de panamá
Universidad de panamáUniversidad de panamá
Universidad de panamá
 
WORKING-KURAR VILLAGE MPS ENGLISH SCHOOL PPT
WORKING-KURAR VILLAGE MPS ENGLISH SCHOOL PPTWORKING-KURAR VILLAGE MPS ENGLISH SCHOOL PPT
WORKING-KURAR VILLAGE MPS ENGLISH SCHOOL PPT
 
Novos Rurais E Novos Urbanos
Novos Rurais E Novos UrbanosNovos Rurais E Novos Urbanos
Novos Rurais E Novos Urbanos
 
Ibd 2010 brazil_certificate
Ibd 2010 brazil_certificateIbd 2010 brazil_certificate
Ibd 2010 brazil_certificate
 
software y hardware del computador
software y hardware del computadorsoftware y hardware del computador
software y hardware del computador
 
Livre blanc Rubedo - Plateforme digitale open-source
Livre blanc Rubedo - Plateforme digitale open-sourceLivre blanc Rubedo - Plateforme digitale open-source
Livre blanc Rubedo - Plateforme digitale open-source
 
Personnalisez l'expérience utilisateur - AgoraCMS
Personnalisez l'expérience utilisateur - AgoraCMSPersonnalisez l'expérience utilisateur - AgoraCMS
Personnalisez l'expérience utilisateur - AgoraCMS
 
Mulheres e agroecologia- transformando o campo, as florestas e as pessoas
Mulheres e agroecologia- transformando o campo, as florestas e as pessoasMulheres e agroecologia- transformando o campo, as florestas e as pessoas
Mulheres e agroecologia- transformando o campo, as florestas e as pessoas
 

Semelhante a Arrebatados

Arrebatados
ArrebatadosArrebatados
Arrebatados
Ellen Mafra
 
Arrebatados
ArrebatadosArrebatados
Arrebatados
Welem C Lourenço
 
Estudo Breve de Escatologia, parte 2
Estudo Breve de Escatologia, parte 2Estudo Breve de Escatologia, parte 2
Estudo Breve de Escatologia, parte 2
Welem C Lourenço
 
Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...
Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...
Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...
RODRIGO FERREIRA
 
Igreja nova vida edb
Igreja nova vida edbIgreja nova vida edb
Igreja nova vida edb
Charles Serenado Rita
 
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptx
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptxTribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptx
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptx
LucianoSerrano8
 
Lição 6 - O Tribunal de Cristo e os Galardões
Lição 6 - O Tribunal de Cristo e os GalardõesLição 6 - O Tribunal de Cristo e os Galardões
Lição 6 - O Tribunal de Cristo e os Galardões
Andrew Guimarães
 
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
Pr. Andre Luiz
 
Tribunal de cristo
Tribunal de cristoTribunal de cristo
Tribunal de cristo
Cleidijane Lopes
 
otribunaldecristoeosgalardes-160114001623.pdf
otribunaldecristoeosgalardes-160114001623.pdfotribunaldecristoeosgalardes-160114001623.pdf
otribunaldecristoeosgalardes-160114001623.pdf
Tiago Silva
 
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
Gerson G. Ramos
 
O tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardõesO tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardões
Márcio Martins
 
O grande tribunal de cristo 5
O grande tribunal de cristo 5O grande tribunal de cristo 5
O grande tribunal de cristo 5
Fabio Renato Ventura Pinto
 
E S C A T O L O G I A
E S C A T O L O G I AE S C A T O L O G I A
E S C A T O L O G I A
Feitosa Lima
 
ebd-3o-trimestre-2020-licao-6 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-6 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptxebd-3o-trimestre-2020-licao-6 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-6 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
KARINEVONEYVIEIRABAR
 
arrebatamento-131201194357-phpapp02.pdf
arrebatamento-131201194357-phpapp02.pdfarrebatamento-131201194357-phpapp02.pdf
arrebatamento-131201194357-phpapp02.pdf
Tiago Silva
 
4ª Aula - O Tribunal de Cristo
4ª Aula - O Tribunal de Cristo4ª Aula - O Tribunal de Cristo
4ª Aula - O Tribunal de Cristo
RODRIGO FERREIRA
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
Márcio Martins
 
oarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptx
oarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptxoarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptx
oarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptx
sheylarocha10
 
oarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptx
oarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptxoarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptx
oarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptx
Tiago Silva
 

Semelhante a Arrebatados (20)

Arrebatados
ArrebatadosArrebatados
Arrebatados
 
Arrebatados
ArrebatadosArrebatados
Arrebatados
 
Estudo Breve de Escatologia, parte 2
Estudo Breve de Escatologia, parte 2Estudo Breve de Escatologia, parte 2
Estudo Breve de Escatologia, parte 2
 
Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...
Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...
Escatologia - Arrebatamento, Tribunal de Cristo, Bodas do Cordeiro, Ceia das ...
 
Igreja nova vida edb
Igreja nova vida edbIgreja nova vida edb
Igreja nova vida edb
 
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptx
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptxTribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptx
Tribunal de Cristo SLIDES EBD 2023.pptx
 
Lição 6 - O Tribunal de Cristo e os Galardões
Lição 6 - O Tribunal de Cristo e os GalardõesLição 6 - O Tribunal de Cristo e os Galardões
Lição 6 - O Tribunal de Cristo e os Galardões
 
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
O tribunal de Cristo e os galardões - Lição 06 - 1ºTrimestre de 2016
 
Tribunal de cristo
Tribunal de cristoTribunal de cristo
Tribunal de cristo
 
otribunaldecristoeosgalardes-160114001623.pdf
otribunaldecristoeosgalardes-160114001623.pdfotribunaldecristoeosgalardes-160114001623.pdf
otribunaldecristoeosgalardes-160114001623.pdf
 
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
❉ Respostas_1012016_Paulo e a rebelião_GGR
 
O tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardõesO tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardões
 
O grande tribunal de cristo 5
O grande tribunal de cristo 5O grande tribunal de cristo 5
O grande tribunal de cristo 5
 
E S C A T O L O G I A
E S C A T O L O G I AE S C A T O L O G I A
E S C A T O L O G I A
 
ebd-3o-trimestre-2020-licao-6 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-6 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptxebd-3o-trimestre-2020-licao-6 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
ebd-3o-trimestre-2020-licao-6 O FIM DE TODAS AS COISAS.pptx
 
arrebatamento-131201194357-phpapp02.pdf
arrebatamento-131201194357-phpapp02.pdfarrebatamento-131201194357-phpapp02.pdf
arrebatamento-131201194357-phpapp02.pdf
 
4ª Aula - O Tribunal de Cristo
4ª Aula - O Tribunal de Cristo4ª Aula - O Tribunal de Cristo
4ª Aula - O Tribunal de Cristo
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
 
oarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptx
oarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptxoarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptx
oarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptx
 
oarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptx
oarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptxoarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptx
oarrebatamentodaigreja-160112145445 (1).pptx
 

Último

Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 

Último (16)

Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 

Arrebatados

  • 1. A Igreja e os eventos após o arrebatamento Tribunal de Cristo As Bodas do Cordeiro
  • 2. Este julgamento não foi estabelecido para determinar se as pessoas que diante dEle comparecerem são culpadas ou inocentes, isto é, salvas ou perdidas, uma vez que já foram arrebatadas. Agora trata-se da questão de recompensa. A salvação ofertada ao crente em Cristo livrou-o perfeitamente de todo o julgamento (Rm 8.1; Jo 5.24; l Jo 4.17). Trazer o crente para o julgamento do pecado é negar a eficácia da morte de Cristo. O TRIBUNAL DE CRISTO Porque é necessário que todos nós sejamos manifestos diante do tribunal de Cristo, para que cada um receba o que fez por meio do corpo, segundo o que praticou, o bem ou o mal.2 Coríntios 5:10 Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Romanos 8:1 Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não entra em juízo, mas já passou da morte para a vida. Jo 5:24 Nisto é aperfeiçoado em nós o amor, para que no dia do juízo tenhamos confiança; porque, qual ele é, somos também nós neste mundo. 1 Jo 4:17
  • 3. Com respeito à palavra mal (phaulos), devemos observar que Paulo não usa as palavras comuns correspondentes a mal (kakos ou ponêras), que significam o que é ética ou moralmente maléfico, mas, sim, a palavra que significa: ... maldade sob outro aspecto, não o de maldade ativa ou passiva, mas de inutilidade, de impossibilidade de gerar qualquer bem [...] Essa noção de inutilidade ou desvalor é a noção central.
  • 4. Segundo a graça de Deus que me foi dada, lancei eu como sábio construtor, o fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele. Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. E, se alguém sobre este fundamento levanta um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, a obra de cada um se manifestará; pois aquele dia a demonstrará, porque será revelada no fogo, e o fogo provará qual seja a obra de cada um. Se permanecer a obra que alguém sobre ele edificou, esse receberá galardão. Se a obra de alguém se queimar, sofrerá ele prejuízo; mas o tal será salvo todavia como que pelo fogo. 1 Coríntios 3:10-15 VEJAMOS ALGUNS TIPOS DE OBRAS Ouro - Justiça , Pureza, Santidade Prata - Perdão Pedras preciosas - solidez Madeira - Humanidade Feno - Alimento fraco Palha - Muito volume "Como estamos construindo o nosso edifício espiritual ?"
  • 5. Cristo irá galardoar os seus Apoc. 22 : 12 ... e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra. As obras serão provadas I Cor. 3 : 13 A obra de cada uma se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta, e o fogo provará qual seja a obra de cada um. Temos uma relação entre galardão e as obras Haverá um galardão pela obra demonstrada indestrutível pela prova de fogo. No Novo Testamento existem cinco áreas em relação às quais se mencionam especificamente o galardão:
  • 6. 1) uma coroa incorruptível para os que obtiveram vitória sobre o velho homem (1 Co 9.25); E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível. 1 Coríntios 9:25
  • 7. 1) uma coroa incorruptível para os que obtiveram vitória sobre o velho homem (1 Co 9.25); 2) uma coroa de alegria para os ganhadores de almas (l Ts 2.19); Porque, qual é a nossa esperança, ou gozo, ou coroa de glória, diante de nosso Senhor Jesus na sua vinda? Porventura não o sois vós? 1 Tessalonicenses 2:19
  • 8. 1) uma coroa incorruptível para os que obtiveram vitória sobre o velho homem (1 Co 9.25); 2) uma coroa de alegria para os ganhadores de almas (l Ts 2.19); 3) uma coroa de vida para os que suportaram a provação (Tg 1.12); Bem-aventurado o homem que suporta a provação; porque, depois de aprovado, receberá a coroa da vida, que o Senhor prometeu aos que o amam. Tiago 1:12
  • 9. 1) uma coroa incorruptível para os que obtiveram vitória sobre o velho homem (1 Co 9.25); 2) uma coroa de alegria para os ganhadores de almas (l Ts 2.19); 3) uma coroa de vida para os que suportaram a provação (Tg 1.12); 4) uma coroa de justiça para os que amam a Sua vinda (2Tm 4.8) Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda. 2 Tim 4:8
  • 10. 5) uma coroa de glória para os que se dispuseram a apascentar o rebanho de Deus (l Pe 5.4). 1) uma coroa incorruptível para os que obtiveram vitória sobre o velho homem (1 Co 9.25); 2) uma coroa de alegria para os ganhadores de almas (l Ts 2.19); 3) uma coroa de vida para os que suportaram a provação (Tg 1.12); 4) uma coroa de justiça para os que amam a Sua vinda (2Tm 4.8) E, quando se manifestar o sumo Pastor, recebereis a imarcescível coroa da glória. 1 Pedro 5:4
  • 11. As coroas são para a glória do crente? Os vinte e quatro anciãos prostravam-se diante do que estava assentado sobre o trono, e adoravam o que vive para todo o sempre; e lançavam as suas coroas diante do trono, dizendo: Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas. Apocalipse 4:10,11
  • 12. AS BODAS DO CORDEIRO Na translação da igreja, Cristo aparece como o noivo que leva a noiva conSigo, para que o relacionamento que foi prometido seja consumado e os dois se tornem um. Bodas é o casamento, ainda não é a festa. A. A hora das bodas. É revelada nas Escrituras como algo que ocorre entre a translação da igreja e a segunda vinda de Cristo. B. O local das bodas. Só pode ser o céu. Visto que se segue ao tribunal de Cristo, demonstrado como acontecimento celestial, e visto que, quando o Senhor retornar, a igreja virá nos ares (Ap 19.14), as bodas devem ocorrer no céu. C. Os participantes das bodas. As bodas do Cordeiro constituem um acontecimento que, evidentemente, inclui Cristo e a igreja
  • 13. Esse casamento parece seguir os acontecimentos do bema de Cristo, visto que, quando surge, a igreja aparece adornada com "os atos de justiça dos santos" (Ap 19.8), que só podem referir-se às coisas que foram aceitas no tribunal de Cristo. Desse modo, as bodas devem ocorrer entre o tribunal de Cristo e a segunda vinda.