SlideShare uma empresa Scribd logo
FEMAF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO MEMORIAL ADELAIDE FRANCO
POLO: IGARAPÉ GRANDE – MA
DISCIPLINA: Farmacologia Aplicada ao Exercício Físico
Acadêmicos: Alessandro do Nascimento, Mylena Oliveira
Araújo e Wanderson Macedo da Silva
Prof. Esp. Fernando Scoth
Diferenças entre Andropausa e Menopausa
Diferenças entre Andropausa e Menopausa.
Atualmente, a expectativa de vida da população brasileira atinge a
média de 77 anos. No entanto, a junção desta variável com a
qualidade de vida pode proporcionar muitas mudanças durante a meia
idade, quando é possível perceber que algumas limitações começam a
surgir.
Assim como a menopausa ocorre nos corpos femininos, a
“andropausa” costuma afetar a vida de homens com mais de 40 anos.
Suas consequências são múltiplas, podendo incluir osteoporose,
aumento da massa gorda e até mesmo o surgimento de quadros como
a Disfunção Erétil. Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre
a andropausa e o que a diferencia da menopausa.
Andropausa – O Que É
• Durante a meia idade, muitos homens experimentam um período
de considerável declínio na Produção de Testosterona, o principal
hormônio sexual masculino. Essa mudança ocorre gradualmente e,
na maioria dos casos, vem acompanhada de sintomas como
mudanças de humor, perda de energia, fadiga, Diminuição da
libido e agilidade física.
• A maioria dos homens com 50 anos já possuem cerca de 35% a
menos de hormônios sendo produzidos pelo corpo. Isso significa
que a balança entre Testosterona e Estrogênio pode estar em níveis
prejudiciais. O aumento do estrogênio pode ser extremamente
nocivo à saúde masculina, provocando diversas doenças atreladas
ao processo de envelhecimento, incluindo a disfunção sexual.
Andropausa e Menopausa
• A DAEM – Deficiência androgênica do envelhecimento masculino,
mais conhecida como “andropausa” para o homem é semelhante à
menopausa para a mulher. Em ambas as ocasiões, há uma redução
natural na produção hormonal responsável pelo Desejo Sexual, que
apresenta os primeiros sinais a partir dos 40 anos de idade. Porém, em
alguns aspectos elas se diferem.
• A principal discordância é em relação à capacidade reprodutiva neste
período de alterações hormonais. Enquanto a menopausa determina o
fim da capacidade fértil da mulher, a “andropausa” geralmente não
bloqueia a fertilidade do homem.
• Além disso, enquanto todas as mulheres irão passar pela fase da
menopausa no processo do envelhecimento, não são todos os homens
que sofrem de andropausa; alguns homens não enfrentam essa queda
hormonal.
Sintomas
• Os sintomas da andropausa podem surgir gradualmente ou todos de
uma vez. Em sua ampla gama, estão inclusos:
• Diminuição da Libido. Perda de massa muscular. Irritabilidade.
• Disfunção Erétil. Depressão. Fadiga. Dificuldade de Concentração.
Comportamento Anti-Social. Diminuição da Memória. Alterações
na Rotina do Sono.
• Nem todos os Homens que estão na Andropausa experimentam
todos esses sintomas.
Alguns apresentam um ou dois, como há também aqueles que não
apresentam sintomas.
Andropausa Tem Tratamento?
• Sim, a andropausa tem tratamento e este deve ser realizado após uma
consulta com seu médico urologista de confiança. É preciso estar
sempre atento, pois a queda de testosterona e a elevação de estrogênio
no organismo masculino estão associadas a um aumento de doenças e
também uma piora importante na qualidade de vida.
• Existem muitas formas de tratamento da Andropausa. A escolha varia de
acordo com as especificidades do paciente, mas geralmente são feitas
por meio da reposição hormonal, seja ela endógena (vinda da própria
pessoa) ou bioidêntica (substância injetável ou de absorção cutânea).
• O melhor tipo de tratamento para o seu caso deve ser discutido
previamente com o médico de sua confiança e responsável pelo
diagnóstico, sendo fundamental a realização de avaliações completas e
criteriosas, com base em exames sanguíneos, para adequar o equilíbrio
hormonal. Não tratar a andropausa pode afetar sua qualidade de vida.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Apresentação1.pptx

Site Leonor Arte mercado livre
Site Leonor Arte mercado livreSite Leonor Arte mercado livre
Site Leonor Arte mercado livre
k5ougud934
 
aumento peniano
aumento penianoaumento peniano
aumento peniano
m9kjnag379
 
Obesidade, menopausa e Andropausa
Obesidade, menopausa e AndropausaObesidade, menopausa e Andropausa
Obesidade, menopausa e Andropausa
Van Der Häägen Brazil
 
valor do Site Papelaria Alpha
valor do Site Papelaria Alphavalor do Site Papelaria Alpha
valor do Site Papelaria Alpha
m9kjnag379
 
Andropausa,menoupsa e climatério efeitos e sequelas
Andropausa,menoupsa e climatério efeitos e sequelasAndropausa,menoupsa e climatério efeitos e sequelas
Andropausa,menoupsa e climatério efeitos e sequelas
Vivianny Mundim
 
Libid Gel farmacia
Libid Gel farmaciaLibid Gel farmacia
Libid Gel farmacia
m7zjcvt601
 
Cartilha saude homem
Cartilha saude homemCartilha saude homem
Cartilha saude homem
Davidson Lins
 
Site Aduems composição
Site  Aduems composiçãoSite  Aduems composição
Site Aduems composição
k5ougud934
 
detox em capsulas
detox em capsulasdetox em capsulas
detox em capsulas
p9pirfz149
 
Receitas para Eliminar os Sintomas da Menopausa
Receitas para Eliminar os Sintomas da MenopausaReceitas para Eliminar os Sintomas da Menopausa
Receitas para Eliminar os Sintomas da Menopausa
contatoareademembro
 
Sexualidade ao longo da vida
Sexualidade ao longo da vidaSexualidade ao longo da vida
Sexualidade ao longo da vida
giaaesaof
 
EQUIPE 3.pptx
EQUIPE 3.pptxEQUIPE 3.pptx
EQUIPE 3.pptx
LuanaFernandes179873
 
Max Power como funciona
Max Power como funcionaMax Power como funciona
Max Power como funciona
v3qsjwa033
 
Genero 04
Genero 04Genero 04
Genero 04
Rodrigo Abreu
 
Educaosexual 110404184710-phpapp02
Educaosexual 110404184710-phpapp02Educaosexual 110404184710-phpapp02
Educaosexual 110404184710-phpapp02
Pelo Siro
 
Bioquimica do envelhecimento.
Bioquimica do envelhecimento. Bioquimica do envelhecimento.
Bioquimica do envelhecimento.
Nathália Diório
 
Bioquimica do envelhecimento.
Bioquimica do envelhecimento. Bioquimica do envelhecimento.
Bioquimica do envelhecimento.
Nathália Diório
 
Educação sexual
Educação sexualEducação sexual
Educação sexual
pdrpxt5
 
Doença terminal
Doença terminalDoença terminal
Doença terminal
Wagner Garcia
 
saude_do_homem.ppt
saude_do_homem.pptsaude_do_homem.ppt
saude_do_homem.ppt
Brunno Rosique
 

Semelhante a Apresentação1.pptx (20)

Site Leonor Arte mercado livre
Site Leonor Arte mercado livreSite Leonor Arte mercado livre
Site Leonor Arte mercado livre
 
aumento peniano
aumento penianoaumento peniano
aumento peniano
 
Obesidade, menopausa e Andropausa
Obesidade, menopausa e AndropausaObesidade, menopausa e Andropausa
Obesidade, menopausa e Andropausa
 
valor do Site Papelaria Alpha
valor do Site Papelaria Alphavalor do Site Papelaria Alpha
valor do Site Papelaria Alpha
 
Andropausa,menoupsa e climatério efeitos e sequelas
Andropausa,menoupsa e climatério efeitos e sequelasAndropausa,menoupsa e climatério efeitos e sequelas
Andropausa,menoupsa e climatério efeitos e sequelas
 
Libid Gel farmacia
Libid Gel farmaciaLibid Gel farmacia
Libid Gel farmacia
 
Cartilha saude homem
Cartilha saude homemCartilha saude homem
Cartilha saude homem
 
Site Aduems composição
Site  Aduems composiçãoSite  Aduems composição
Site Aduems composição
 
detox em capsulas
detox em capsulasdetox em capsulas
detox em capsulas
 
Receitas para Eliminar os Sintomas da Menopausa
Receitas para Eliminar os Sintomas da MenopausaReceitas para Eliminar os Sintomas da Menopausa
Receitas para Eliminar os Sintomas da Menopausa
 
Sexualidade ao longo da vida
Sexualidade ao longo da vidaSexualidade ao longo da vida
Sexualidade ao longo da vida
 
EQUIPE 3.pptx
EQUIPE 3.pptxEQUIPE 3.pptx
EQUIPE 3.pptx
 
Max Power como funciona
Max Power como funcionaMax Power como funciona
Max Power como funciona
 
Genero 04
Genero 04Genero 04
Genero 04
 
Educaosexual 110404184710-phpapp02
Educaosexual 110404184710-phpapp02Educaosexual 110404184710-phpapp02
Educaosexual 110404184710-phpapp02
 
Bioquimica do envelhecimento.
Bioquimica do envelhecimento. Bioquimica do envelhecimento.
Bioquimica do envelhecimento.
 
Bioquimica do envelhecimento.
Bioquimica do envelhecimento. Bioquimica do envelhecimento.
Bioquimica do envelhecimento.
 
Educação sexual
Educação sexualEducação sexual
Educação sexual
 
Doença terminal
Doença terminalDoença terminal
Doença terminal
 
saude_do_homem.ppt
saude_do_homem.pptsaude_do_homem.ppt
saude_do_homem.ppt
 

Mais de Fernando Naize

atendimento para pariental da faculdade ..pptx
atendimento para pariental da faculdade   ..pptxatendimento para pariental da faculdade   ..pptx
atendimento para pariental da faculdade ..pptx
Fernando Naize
 
Introdução a Microbiologia para aulas de microbiologia
Introdução a Microbiologia para aulas de microbiologiaIntrodução a Microbiologia para aulas de microbiologia
Introdução a Microbiologia para aulas de microbiologia
Fernando Naize
 
slides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdf
slides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdfslides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdf
slides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdf
Fernando Naize
 
aula-atendente-de-farmacia.pptx
aula-atendente-de-farmacia.pptxaula-atendente-de-farmacia.pptx
aula-atendente-de-farmacia.pptx
Fernando Naize
 
aula-atendente-de-farmacia.pdf
aula-atendente-de-farmacia.pdfaula-atendente-de-farmacia.pdf
aula-atendente-de-farmacia.pdf
Fernando Naize
 
Sinais Vitais.pdf
Sinais Vitais.pdfSinais Vitais.pdf
Sinais Vitais.pdf
Fernando Naize
 
Gestão e Organização de Sistemas Educacionais II.pdf
Gestão e Organização de Sistemas Educacionais II.pdfGestão e Organização de Sistemas Educacionais II.pdf
Gestão e Organização de Sistemas Educacionais II.pdf
Fernando Naize
 
Metodologias da Educação Infantil.pdf
Metodologias da Educação Infantil.pdfMetodologias da Educação Infantil.pdf
Metodologias da Educação Infantil.pdf
Fernando Naize
 
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptxAula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Fernando Naize
 
SA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptx
SA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptxSA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptx
SA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptx
Fernando Naize
 
Princípios de Contagem.pptx
Princípios de Contagem.pptxPrincípios de Contagem.pptx
Princípios de Contagem.pptx
Fernando Naize
 
CREATINA & INSULINA - FINALIZADA.pptx
CREATINA & INSULINA -  FINALIZADA.pptxCREATINA & INSULINA -  FINALIZADA.pptx
CREATINA & INSULINA - FINALIZADA.pptx
Fernando Naize
 
Prof. Fernando Scoth.pptx
Prof. Fernando Scoth.pptxProf. Fernando Scoth.pptx
Prof. Fernando Scoth.pptx
Fernando Naize
 
Geografia.pptx
Geografia.pptxGeografia.pptx
Geografia.pptx
Fernando Naize
 
slide-farmacologia.pptx
slide-farmacologia.pptxslide-farmacologia.pptx
slide-farmacologia.pptx
Fernando Naize
 
Aula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptx
Aula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptxAula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptx
Aula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptx
Fernando Naize
 
SLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptx
SLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptxSLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptx
SLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptx
Fernando Naize
 
SLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptx
SLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptxSLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptx
SLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptx
Fernando Naize
 
ABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdf
ABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdfABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdf
ABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdf
Fernando Naize
 
Tecnologias_Digitais_na_Educacao.pdf
Tecnologias_Digitais_na_Educacao.pdfTecnologias_Digitais_na_Educacao.pdf
Tecnologias_Digitais_na_Educacao.pdf
Fernando Naize
 

Mais de Fernando Naize (20)

atendimento para pariental da faculdade ..pptx
atendimento para pariental da faculdade   ..pptxatendimento para pariental da faculdade   ..pptx
atendimento para pariental da faculdade ..pptx
 
Introdução a Microbiologia para aulas de microbiologia
Introdução a Microbiologia para aulas de microbiologiaIntrodução a Microbiologia para aulas de microbiologia
Introdução a Microbiologia para aulas de microbiologia
 
slides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdf
slides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdfslides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdf
slides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdf
 
aula-atendente-de-farmacia.pptx
aula-atendente-de-farmacia.pptxaula-atendente-de-farmacia.pptx
aula-atendente-de-farmacia.pptx
 
aula-atendente-de-farmacia.pdf
aula-atendente-de-farmacia.pdfaula-atendente-de-farmacia.pdf
aula-atendente-de-farmacia.pdf
 
Sinais Vitais.pdf
Sinais Vitais.pdfSinais Vitais.pdf
Sinais Vitais.pdf
 
Gestão e Organização de Sistemas Educacionais II.pdf
Gestão e Organização de Sistemas Educacionais II.pdfGestão e Organização de Sistemas Educacionais II.pdf
Gestão e Organização de Sistemas Educacionais II.pdf
 
Metodologias da Educação Infantil.pdf
Metodologias da Educação Infantil.pdfMetodologias da Educação Infantil.pdf
Metodologias da Educação Infantil.pdf
 
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptxAula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
 
SA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptx
SA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptxSA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptx
SA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptx
 
Princípios de Contagem.pptx
Princípios de Contagem.pptxPrincípios de Contagem.pptx
Princípios de Contagem.pptx
 
CREATINA & INSULINA - FINALIZADA.pptx
CREATINA & INSULINA -  FINALIZADA.pptxCREATINA & INSULINA -  FINALIZADA.pptx
CREATINA & INSULINA - FINALIZADA.pptx
 
Prof. Fernando Scoth.pptx
Prof. Fernando Scoth.pptxProf. Fernando Scoth.pptx
Prof. Fernando Scoth.pptx
 
Geografia.pptx
Geografia.pptxGeografia.pptx
Geografia.pptx
 
slide-farmacologia.pptx
slide-farmacologia.pptxslide-farmacologia.pptx
slide-farmacologia.pptx
 
Aula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptx
Aula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptxAula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptx
Aula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptx
 
SLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptx
SLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptxSLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptx
SLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptx
 
SLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptx
SLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptxSLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptx
SLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptx
 
ABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdf
ABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdfABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdf
ABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdf
 
Tecnologias_Digitais_na_Educacao.pdf
Tecnologias_Digitais_na_Educacao.pdfTecnologias_Digitais_na_Educacao.pdf
Tecnologias_Digitais_na_Educacao.pdf
 

Apresentação1.pptx

  • 1. FEMAF - FACULDADE DE EDUCAÇÃO MEMORIAL ADELAIDE FRANCO POLO: IGARAPÉ GRANDE – MA DISCIPLINA: Farmacologia Aplicada ao Exercício Físico Acadêmicos: Alessandro do Nascimento, Mylena Oliveira Araújo e Wanderson Macedo da Silva Prof. Esp. Fernando Scoth
  • 2. Diferenças entre Andropausa e Menopausa Diferenças entre Andropausa e Menopausa. Atualmente, a expectativa de vida da população brasileira atinge a média de 77 anos. No entanto, a junção desta variável com a qualidade de vida pode proporcionar muitas mudanças durante a meia idade, quando é possível perceber que algumas limitações começam a surgir. Assim como a menopausa ocorre nos corpos femininos, a “andropausa” costuma afetar a vida de homens com mais de 40 anos. Suas consequências são múltiplas, podendo incluir osteoporose, aumento da massa gorda e até mesmo o surgimento de quadros como a Disfunção Erétil. Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre a andropausa e o que a diferencia da menopausa.
  • 3. Andropausa – O Que É • Durante a meia idade, muitos homens experimentam um período de considerável declínio na Produção de Testosterona, o principal hormônio sexual masculino. Essa mudança ocorre gradualmente e, na maioria dos casos, vem acompanhada de sintomas como mudanças de humor, perda de energia, fadiga, Diminuição da libido e agilidade física. • A maioria dos homens com 50 anos já possuem cerca de 35% a menos de hormônios sendo produzidos pelo corpo. Isso significa que a balança entre Testosterona e Estrogênio pode estar em níveis prejudiciais. O aumento do estrogênio pode ser extremamente nocivo à saúde masculina, provocando diversas doenças atreladas ao processo de envelhecimento, incluindo a disfunção sexual.
  • 4. Andropausa e Menopausa • A DAEM – Deficiência androgênica do envelhecimento masculino, mais conhecida como “andropausa” para o homem é semelhante à menopausa para a mulher. Em ambas as ocasiões, há uma redução natural na produção hormonal responsável pelo Desejo Sexual, que apresenta os primeiros sinais a partir dos 40 anos de idade. Porém, em alguns aspectos elas se diferem. • A principal discordância é em relação à capacidade reprodutiva neste período de alterações hormonais. Enquanto a menopausa determina o fim da capacidade fértil da mulher, a “andropausa” geralmente não bloqueia a fertilidade do homem. • Além disso, enquanto todas as mulheres irão passar pela fase da menopausa no processo do envelhecimento, não são todos os homens que sofrem de andropausa; alguns homens não enfrentam essa queda hormonal.
  • 5. Sintomas • Os sintomas da andropausa podem surgir gradualmente ou todos de uma vez. Em sua ampla gama, estão inclusos: • Diminuição da Libido. Perda de massa muscular. Irritabilidade. • Disfunção Erétil. Depressão. Fadiga. Dificuldade de Concentração. Comportamento Anti-Social. Diminuição da Memória. Alterações na Rotina do Sono. • Nem todos os Homens que estão na Andropausa experimentam todos esses sintomas. Alguns apresentam um ou dois, como há também aqueles que não apresentam sintomas.
  • 6. Andropausa Tem Tratamento? • Sim, a andropausa tem tratamento e este deve ser realizado após uma consulta com seu médico urologista de confiança. É preciso estar sempre atento, pois a queda de testosterona e a elevação de estrogênio no organismo masculino estão associadas a um aumento de doenças e também uma piora importante na qualidade de vida. • Existem muitas formas de tratamento da Andropausa. A escolha varia de acordo com as especificidades do paciente, mas geralmente são feitas por meio da reposição hormonal, seja ela endógena (vinda da própria pessoa) ou bioidêntica (substância injetável ou de absorção cutânea). • O melhor tipo de tratamento para o seu caso deve ser discutido previamente com o médico de sua confiança e responsável pelo diagnóstico, sendo fundamental a realização de avaliações completas e criteriosas, com base em exames sanguíneos, para adequar o equilíbrio hormonal. Não tratar a andropausa pode afetar sua qualidade de vida.