SlideShare uma empresa Scribd logo
Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Escola Superior de Desenho Industrial
PONTILHÃO CULTURAL DA MARÉ:
UMA PROPOSTA DE REATIVAÇÃO
DO ESPAÇO POR MEIO DO DESIGN
Pedro Henrique Alexandre dos Santos
Orientado pela Profa
Dra Barbara Peccei Szaniecki
Desenvolvimento de um projeto para reativar um espaço na Maré.
Introdução
Justicativa
•	 Incômodo com espaços urbanos abandonados.
•	 Necessidade de mais atividades culturais e de lazer na Maré.
•	 O potencial de certos espaços da Maré.
•	 O que os grupos e coletivos culturais da Maré podem fazer.
Objetivos
Objetivos Especificos
•	 Ocupar o espaço com atividades culturais de mobilização
•	 Criar opções de lazer para a Maré
•	 Ajudar o comércio da Maré, com geração de renda
•	 Dar visibilidade para os grupos participantes do evento
Objetivos
Objetivos Gerais
•	 Chamar a atenção do poder público para ter melhorias no local
•	 Criar conexões entre os coletivos, as escolas, as ONGs da Maré
•	 Valorizar a cultura popular da favela e a criatividade local
•	 Atrair pessoas de fora da comunidade
•	 Apresentar o Design à Maré e como ele pode contribuir
Metodologias
•	 Entrevistas
•	 Observação “shadowing”
•	 Jornada do Usuário
•	 Blueprints de Serviços
Experiências
Pré-vestibular
Ações de contruções coletivas.
•	 Pré-vestibular CEASM
•	 ESDI
•	 Espaços Verdes
•	 Projeto “Sementes Urbanas”
•	 ESDI Aberta
Pesquisa teórica
“Micro Planejamento Práticas Urbanas Criativas”
Práticas que organizam os lugares para os encontros, para a resistência diante do
abandono e do esvaziamento de espaços coletivos.
“Handmade Urbanism” de Marcos Rosa.
As oportunidades para os cidadãos melhorarem seu próprio ambiente, por iniciativas
comunitárias
Projeto Beija-Flor Garrido Box Praça Sou da Paz
Pesquisa de campo
O Contexto - A Maré
Comunidade com topografia plana, característica facilita as opções de lazer.
Forte presença de crianças e adolescentes brincando nas ruas.
O Espaço Pontilhão Cultural
Área de lazer localizada no meio da Maré.
O Espaço Pontilhão Cultural
A potencialidade local
O espaço é um bom lugar para atividades abertas aos moradores, projetos culturais, por
isso o nome Pontilhão Cultural
Quem faz o Pontilhão Cultural acontecer
Coletivo Skate Maré
O coletivo tem o objetivo de desenvolver o skate na comunidade, também realizando uma
série de eventos no local. Uma das iniciativas foi de fazer uma escolinha de skate.
Mapeamento dos projetos da Maré
O Projeto
Projeto de ativação do espaço Pontilhão, por meio da organização de um evento com base
em metodologias de design, reunindo projetos da Maré.
EVENTO
PÓS-EVENTO
PRÉ-EVENTO
ESPAÇO
PONTILHÃO
CULTURAL
Envolve todo um processo, incluindo o pré e o pós evento.
O Projeto
Visa promover conexões
entre coletivos, escolas e
ONGs, entre outros agentes
da Maré.
Proposta aos grupos
Pretendo apresentar a proposta do projeto e mostrar os benefícios que eles teriam com
essa participação tais como ganhar mais visibilidade e apoios.
Design Mediador Divulgação
Apoio
Metodologia da organização
O Co-Design
Participação e co-criação dos usuários como “especialistas” de sua própria experiência
que se torna contribuição para o processo.
Tempestade de ideias
O Pré-evento
Fase que abrange
todas os passos que
devem ser concluídos
antes do evento.
Trabalho de engaja-
mento e de mobilização
coletiva para o evento e
com atividades de
ocupação do Pontilhão.
Dividir Funções
Planejamento
Criação da
Marca
Divulgação
Roda de Conversa
Preparativos
Dinâmicas de grupo
$
Oficina
Mutirão
Reunião com
os coletivos
Busca por
apoios
Busca voluntários
para organização
Criação coletiva
Criação do nome do evento e marca, de forma coletiva, com geração de ideias, gerando
engajamento e pertencimento.
Briefing Apresentação Brainstorming
Definição
Cores
Forma
Fonte
Aplicação
Escolher
3 melhores
Criação da Identidade Visual
Criação do nome
do evento
Analise dos
Resultados
Teste com o público
Escolher a melhor
Aa
Roda de conversa
A roda cultural pretende chamar a atenção e convidar coletivos da Maré, iniciativas
populares e demais interessados para participar do evento no Pontilhão.
Apresentação
dos coletivos
Debate
Dinâmica de
grupo
Confraternização
Falar sobre o
evento
Roda de conversa
Mutirão
Articular e conectar os moradores e interessados em revitalizar o espaço, criando uma
relação de pertencimento com o Pontilhão.
Partipantes escolhem
o que fazer.
Todos participam dos processos sem uma hierarquia, tendo apenas o designer como
mediador e facilitador, característica que aproxima do Co-Design.
Mutirão chama a atenção
de quem passa pelo local
Mostra que tem gente
cuidando do espaço
Oficinas
Com o objetivo de criar artefatos e promover o evento no Pontilhão. Além de fazer os
participantes se sentirem mais próximos do espaço.
Organização
das oficinas
Artistas
Designers
Coletivos
Marceneiros
Oficina de Produtos Oficinas Artisticas
Oficina de cartaz
Oficina Stencil
Totem de Sinalização Placas de conscientização
Dinâmicas de grupo
O co-design ajuda a organizar essas atividades, a coletar informações e a visualizar os
desejos e as intenções de engajamento dos participantes com relação ao evento e ao
espaço do pontilhão.
•	 Mural dos Desejos com perguntas
como:
“O que você quer para o Pontilhão?”
“O que você quer para o evento?”
•	 Gincanas de interação e socialização
O Evento
Terá atividades de natureza cultural e eventualmente com objetivo comercial.
O Evento
PROGRAMAÇÃO
QUADRA PRAÇA ÁREA DE GINASTICA PARQUINHO
13h as 14h
Apresentação de Skate
com o Coletivo Skate
Maré
Oficina de pintura para as
crianças.
Oficina de plantio com o
Muda Maré Gincana
14h as 15h
Competição de Skate
com o Coletivo Skate
Maré
Oficina de artesanato Roda de capoeira
Oficina de Stencil
com o Maré Crew
15h as 16h Batalha de rima e poesia
Oficina de estetica negra
com Maré de Crespinhos
Oficina de Percussão
com o Percussão Maré Oficina de Grafite
16h as 17h
Apresentação de Hip-
Hop Dance
Roda de conversa com
diversos coletivos
17h as 18h
Teatro com o o grupo
Entre Lugares Exibições de curtas
18h as 19h Show
20h Encerramento
As atividades serão divididas em horários e lugares.
O Pós-Evento
Fase para calcular o nível de sucesso que teve o evento, continuar mantendo um relacio-
namento com os participantes e parceiros, e também organizar as próximas atividades.
Agradecimentos
Público
Apoiadores
Feedback
Balanço do Evento
Análise do Evento
Dinamica com os
organizadores sobre
a experiência
Organizar as próximas
atividades
Comunicação
Colheta dos
feedbacks
Planejamento para
os próximos eventos
- Aprendizados
- Expectativas
Divulgar o trabalho
dos coletivos e apoiadores
Buscar mais apoio
Organização para o
próximo grande evento
$
Divulga como foi
o evento
O Pós-Evento
Será avaliado o legado do evento e seu processo. Vamos avaliar quais das atividades fei-
tas no pré evento deram certo e podem ser permanentes no local.
Pequenos Eventos
Feiras
Roda de Conversas
Oficinas
Exibições
Mutirões
Conclusão
Aprendizagem
•	 Conhecer uma série de metodologias de diferentes áreas do design
•	 Entender a importância do design no meu cotidiano
•	 Conhecimento que pretendo utilizar na minha vida profissional
Perspectivas Futuras
•	 A etapa de Pré-Evento é um projeto em si, pode ser feito
•	 Oficinas articulando os coletivos da Maré com a ESDI também são possibilidades
•	 Retornar para os os projetos que observei e mostrar o que eu posso fazer
Obrigado

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Apresentação TCC PONTILHÃO CULTURAL DA MARÉ: UMA PROPOSTA DE REATIVAÇÃO DO ESPAÇO POR MEIO DO DESIGN.pdf

Conclusao Grupos Discussao
Conclusao Grupos DiscussaoConclusao Grupos Discussao
Conclusao Grupos Discussao
idpm
 
ShareFest Porto Alegre - 15/04
ShareFest Porto Alegre - 15/04ShareFest Porto Alegre - 15/04
ShareFest Porto Alegre - 15/04
Ph Martins
 
Apresentação TCC Parte 1 - A pesquisa
Apresentação TCC Parte 1 - A pesquisaApresentação TCC Parte 1 - A pesquisa
Apresentação TCC Parte 1 - A pesquisa
Pedro Alexandre Dos Santos
 
Programa 1.ª conferência online urbanismo tático
Programa 1.ª conferência online urbanismo táticoPrograma 1.ª conferência online urbanismo tático
Programa 1.ª conferência online urbanismo tático
Mestrado em Planeamento Regional e Urbano (UA)
 
Guia do Sharefest[eiro]
Guia do Sharefest[eiro]Guia do Sharefest[eiro]
Guia do Sharefest[eiro]
Ph Martins
 
Mapeamento cultural no brasil
Mapeamento cultural no brasilMapeamento cultural no brasil
Mapeamento cultural no brasil
Felipe Cabral
 
311 - TMNR
311 - TMNR311 - TMNR
311 - TMNR
Gabriel Cal
 
Retrospectiva Coisas Boas
Retrospectiva Coisas BoasRetrospectiva Coisas Boas
Retrospectiva Coisas Boas
SONIA BERTOCCHI
 
Retrospectiva Coisas Boas Minha Terra
Retrospectiva Coisas Boas   Minha TerraRetrospectiva Coisas Boas   Minha Terra
Retrospectiva Coisas Boas Minha Terra
SONIA BERTOCCHI
 
Apresentação Rede de Projetos 2015
Apresentação Rede de Projetos 2015Apresentação Rede de Projetos 2015
Apresentação Rede de Projetos 2015
AcessaSP
 
Case completo Savannah/WGC
Case completo Savannah/WGCCase completo Savannah/WGC
Case completo Savannah/WGC
Savannah Ações em Comunicação
 
Tais cultural forum de comunic do ne v2
Tais   cultural forum de comunic do ne v2Tais   cultural forum de comunic do ne v2
Tais cultural forum de comunic do ne v2
Banco do Nordeste
 
Patrocínio como instrumento de comunicação
Patrocínio como instrumento de comunicaçãoPatrocínio como instrumento de comunicação
Patrocínio como instrumento de comunicação
Banco do Nordeste
 
MashUp_LivMundi_Colunistas 2016
MashUp_LivMundi_Colunistas 2016MashUp_LivMundi_Colunistas 2016
MashUp_LivMundi_Colunistas 2016
MashUpAgencia
 
MashUp_LivMundi_Colunistas 2016
MashUp_LivMundi_Colunistas 2016MashUp_LivMundi_Colunistas 2016
MashUp_LivMundi_Colunistas 2016
MashUpAgencia
 
Principais-topicos-de-projetos-culturais.pdf
Principais-topicos-de-projetos-culturais.pdfPrincipais-topicos-de-projetos-culturais.pdf
Principais-topicos-de-projetos-culturais.pdf
robertochavescstro
 
Projeto colorindo sua vida, projeto de Sylvia Nakadaira
Projeto colorindo sua vida, projeto de Sylvia NakadairaProjeto colorindo sua vida, projeto de Sylvia Nakadaira
Projeto colorindo sua vida, projeto de Sylvia Nakadaira
Raquel Marques
 
Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Design de Ambientes 2013
Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Design de Ambientes 2013Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Design de Ambientes 2013
Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Design de Ambientes 2013
Leticia Hilario
 
Música Colaborativa V3
Música Colaborativa V3Música Colaborativa V3
Música Colaborativa V3
Carlos Oliveira
 
Petição à assembleia municipal pela discussão do parque vfinalissima
Petição à assembleia municipal pela discussão do parque vfinalissimaPetição à assembleia municipal pela discussão do parque vfinalissima
Petição à assembleia municipal pela discussão do parque vfinalissima
Amigos d'Avenida
 

Semelhante a Apresentação TCC PONTILHÃO CULTURAL DA MARÉ: UMA PROPOSTA DE REATIVAÇÃO DO ESPAÇO POR MEIO DO DESIGN.pdf (20)

Conclusao Grupos Discussao
Conclusao Grupos DiscussaoConclusao Grupos Discussao
Conclusao Grupos Discussao
 
ShareFest Porto Alegre - 15/04
ShareFest Porto Alegre - 15/04ShareFest Porto Alegre - 15/04
ShareFest Porto Alegre - 15/04
 
Apresentação TCC Parte 1 - A pesquisa
Apresentação TCC Parte 1 - A pesquisaApresentação TCC Parte 1 - A pesquisa
Apresentação TCC Parte 1 - A pesquisa
 
Programa 1.ª conferência online urbanismo tático
Programa 1.ª conferência online urbanismo táticoPrograma 1.ª conferência online urbanismo tático
Programa 1.ª conferência online urbanismo tático
 
Guia do Sharefest[eiro]
Guia do Sharefest[eiro]Guia do Sharefest[eiro]
Guia do Sharefest[eiro]
 
Mapeamento cultural no brasil
Mapeamento cultural no brasilMapeamento cultural no brasil
Mapeamento cultural no brasil
 
311 - TMNR
311 - TMNR311 - TMNR
311 - TMNR
 
Retrospectiva Coisas Boas
Retrospectiva Coisas BoasRetrospectiva Coisas Boas
Retrospectiva Coisas Boas
 
Retrospectiva Coisas Boas Minha Terra
Retrospectiva Coisas Boas   Minha TerraRetrospectiva Coisas Boas   Minha Terra
Retrospectiva Coisas Boas Minha Terra
 
Apresentação Rede de Projetos 2015
Apresentação Rede de Projetos 2015Apresentação Rede de Projetos 2015
Apresentação Rede de Projetos 2015
 
Case completo Savannah/WGC
Case completo Savannah/WGCCase completo Savannah/WGC
Case completo Savannah/WGC
 
Tais cultural forum de comunic do ne v2
Tais   cultural forum de comunic do ne v2Tais   cultural forum de comunic do ne v2
Tais cultural forum de comunic do ne v2
 
Patrocínio como instrumento de comunicação
Patrocínio como instrumento de comunicaçãoPatrocínio como instrumento de comunicação
Patrocínio como instrumento de comunicação
 
MashUp_LivMundi_Colunistas 2016
MashUp_LivMundi_Colunistas 2016MashUp_LivMundi_Colunistas 2016
MashUp_LivMundi_Colunistas 2016
 
MashUp_LivMundi_Colunistas 2016
MashUp_LivMundi_Colunistas 2016MashUp_LivMundi_Colunistas 2016
MashUp_LivMundi_Colunistas 2016
 
Principais-topicos-de-projetos-culturais.pdf
Principais-topicos-de-projetos-culturais.pdfPrincipais-topicos-de-projetos-culturais.pdf
Principais-topicos-de-projetos-culturais.pdf
 
Projeto colorindo sua vida, projeto de Sylvia Nakadaira
Projeto colorindo sua vida, projeto de Sylvia NakadairaProjeto colorindo sua vida, projeto de Sylvia Nakadaira
Projeto colorindo sua vida, projeto de Sylvia Nakadaira
 
Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Design de Ambientes 2013
Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Design de Ambientes 2013Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Design de Ambientes 2013
Apresentação Trabalho de Conclusão de Curso - Design de Ambientes 2013
 
Música Colaborativa V3
Música Colaborativa V3Música Colaborativa V3
Música Colaborativa V3
 
Petição à assembleia municipal pela discussão do parque vfinalissima
Petição à assembleia municipal pela discussão do parque vfinalissimaPetição à assembleia municipal pela discussão do parque vfinalissima
Petição à assembleia municipal pela discussão do parque vfinalissima
 

Apresentação TCC PONTILHÃO CULTURAL DA MARÉ: UMA PROPOSTA DE REATIVAÇÃO DO ESPAÇO POR MEIO DO DESIGN.pdf

  • 1. Universidade do Estado do Rio de Janeiro Escola Superior de Desenho Industrial PONTILHÃO CULTURAL DA MARÉ: UMA PROPOSTA DE REATIVAÇÃO DO ESPAÇO POR MEIO DO DESIGN Pedro Henrique Alexandre dos Santos Orientado pela Profa Dra Barbara Peccei Szaniecki
  • 2. Desenvolvimento de um projeto para reativar um espaço na Maré. Introdução
  • 3. Justicativa • Incômodo com espaços urbanos abandonados. • Necessidade de mais atividades culturais e de lazer na Maré. • O potencial de certos espaços da Maré. • O que os grupos e coletivos culturais da Maré podem fazer.
  • 4. Objetivos Objetivos Especificos • Ocupar o espaço com atividades culturais de mobilização • Criar opções de lazer para a Maré • Ajudar o comércio da Maré, com geração de renda • Dar visibilidade para os grupos participantes do evento
  • 5. Objetivos Objetivos Gerais • Chamar a atenção do poder público para ter melhorias no local • Criar conexões entre os coletivos, as escolas, as ONGs da Maré • Valorizar a cultura popular da favela e a criatividade local • Atrair pessoas de fora da comunidade • Apresentar o Design à Maré e como ele pode contribuir
  • 6. Metodologias • Entrevistas • Observação “shadowing” • Jornada do Usuário • Blueprints de Serviços
  • 7. Experiências Pré-vestibular Ações de contruções coletivas. • Pré-vestibular CEASM • ESDI • Espaços Verdes • Projeto “Sementes Urbanas” • ESDI Aberta
  • 8. Pesquisa teórica “Micro Planejamento Práticas Urbanas Criativas” Práticas que organizam os lugares para os encontros, para a resistência diante do abandono e do esvaziamento de espaços coletivos. “Handmade Urbanism” de Marcos Rosa. As oportunidades para os cidadãos melhorarem seu próprio ambiente, por iniciativas comunitárias Projeto Beija-Flor Garrido Box Praça Sou da Paz
  • 9. Pesquisa de campo O Contexto - A Maré Comunidade com topografia plana, característica facilita as opções de lazer. Forte presença de crianças e adolescentes brincando nas ruas.
  • 10. O Espaço Pontilhão Cultural Área de lazer localizada no meio da Maré.
  • 11. O Espaço Pontilhão Cultural A potencialidade local O espaço é um bom lugar para atividades abertas aos moradores, projetos culturais, por isso o nome Pontilhão Cultural
  • 12. Quem faz o Pontilhão Cultural acontecer Coletivo Skate Maré O coletivo tem o objetivo de desenvolver o skate na comunidade, também realizando uma série de eventos no local. Uma das iniciativas foi de fazer uma escolinha de skate.
  • 14. O Projeto Projeto de ativação do espaço Pontilhão, por meio da organização de um evento com base em metodologias de design, reunindo projetos da Maré. EVENTO PÓS-EVENTO PRÉ-EVENTO ESPAÇO PONTILHÃO CULTURAL Envolve todo um processo, incluindo o pré e o pós evento.
  • 15. O Projeto Visa promover conexões entre coletivos, escolas e ONGs, entre outros agentes da Maré.
  • 16. Proposta aos grupos Pretendo apresentar a proposta do projeto e mostrar os benefícios que eles teriam com essa participação tais como ganhar mais visibilidade e apoios. Design Mediador Divulgação Apoio
  • 17. Metodologia da organização O Co-Design Participação e co-criação dos usuários como “especialistas” de sua própria experiência que se torna contribuição para o processo. Tempestade de ideias
  • 18. O Pré-evento Fase que abrange todas os passos que devem ser concluídos antes do evento. Trabalho de engaja- mento e de mobilização coletiva para o evento e com atividades de ocupação do Pontilhão. Dividir Funções Planejamento Criação da Marca Divulgação Roda de Conversa Preparativos Dinâmicas de grupo $ Oficina Mutirão Reunião com os coletivos Busca por apoios Busca voluntários para organização
  • 19. Criação coletiva Criação do nome do evento e marca, de forma coletiva, com geração de ideias, gerando engajamento e pertencimento. Briefing Apresentação Brainstorming Definição Cores Forma Fonte Aplicação Escolher 3 melhores Criação da Identidade Visual Criação do nome do evento Analise dos Resultados Teste com o público Escolher a melhor Aa
  • 20. Roda de conversa A roda cultural pretende chamar a atenção e convidar coletivos da Maré, iniciativas populares e demais interessados para participar do evento no Pontilhão. Apresentação dos coletivos Debate Dinâmica de grupo Confraternização Falar sobre o evento Roda de conversa
  • 21. Mutirão Articular e conectar os moradores e interessados em revitalizar o espaço, criando uma relação de pertencimento com o Pontilhão. Partipantes escolhem o que fazer. Todos participam dos processos sem uma hierarquia, tendo apenas o designer como mediador e facilitador, característica que aproxima do Co-Design. Mutirão chama a atenção de quem passa pelo local Mostra que tem gente cuidando do espaço
  • 22. Oficinas Com o objetivo de criar artefatos e promover o evento no Pontilhão. Além de fazer os participantes se sentirem mais próximos do espaço. Organização das oficinas Artistas Designers Coletivos Marceneiros Oficina de Produtos Oficinas Artisticas Oficina de cartaz Oficina Stencil Totem de Sinalização Placas de conscientização
  • 23. Dinâmicas de grupo O co-design ajuda a organizar essas atividades, a coletar informações e a visualizar os desejos e as intenções de engajamento dos participantes com relação ao evento e ao espaço do pontilhão. • Mural dos Desejos com perguntas como: “O que você quer para o Pontilhão?” “O que você quer para o evento?” • Gincanas de interação e socialização
  • 24. O Evento Terá atividades de natureza cultural e eventualmente com objetivo comercial.
  • 25. O Evento PROGRAMAÇÃO QUADRA PRAÇA ÁREA DE GINASTICA PARQUINHO 13h as 14h Apresentação de Skate com o Coletivo Skate Maré Oficina de pintura para as crianças. Oficina de plantio com o Muda Maré Gincana 14h as 15h Competição de Skate com o Coletivo Skate Maré Oficina de artesanato Roda de capoeira Oficina de Stencil com o Maré Crew 15h as 16h Batalha de rima e poesia Oficina de estetica negra com Maré de Crespinhos Oficina de Percussão com o Percussão Maré Oficina de Grafite 16h as 17h Apresentação de Hip- Hop Dance Roda de conversa com diversos coletivos 17h as 18h Teatro com o o grupo Entre Lugares Exibições de curtas 18h as 19h Show 20h Encerramento As atividades serão divididas em horários e lugares.
  • 26. O Pós-Evento Fase para calcular o nível de sucesso que teve o evento, continuar mantendo um relacio- namento com os participantes e parceiros, e também organizar as próximas atividades. Agradecimentos Público Apoiadores Feedback Balanço do Evento Análise do Evento Dinamica com os organizadores sobre a experiência Organizar as próximas atividades Comunicação Colheta dos feedbacks Planejamento para os próximos eventos - Aprendizados - Expectativas Divulgar o trabalho dos coletivos e apoiadores Buscar mais apoio Organização para o próximo grande evento $ Divulga como foi o evento
  • 27. O Pós-Evento Será avaliado o legado do evento e seu processo. Vamos avaliar quais das atividades fei- tas no pré evento deram certo e podem ser permanentes no local. Pequenos Eventos Feiras Roda de Conversas Oficinas Exibições Mutirões
  • 28. Conclusão Aprendizagem • Conhecer uma série de metodologias de diferentes áreas do design • Entender a importância do design no meu cotidiano • Conhecimento que pretendo utilizar na minha vida profissional
  • 29. Perspectivas Futuras • A etapa de Pré-Evento é um projeto em si, pode ser feito • Oficinas articulando os coletivos da Maré com a ESDI também são possibilidades • Retornar para os os projetos que observei e mostrar o que eu posso fazer