SlideShare uma empresa Scribd logo
Saúde da Criança




        Enfª Juliana
   07:00 – Dra. Rosimeri
   09:00 – Dr. Ricardo
   08:00 – Nutricionista Silvia
   Acompanhamento Infantil Enf. Juliana



Observação: As consultas são previamente
agendadas, exceto para as crianças do Programa
Viva Criança.
   O que você faz pelo seu filho hoje, vale por
    toda a vida.
   Criança com peso de nascimento menor de 2,5
    kg;
   Prematuros;
   Mães Adolescentes;
   Mães com mais de 35 anos;
   Baixa escolaridade;
   Aborto;
   Crianças com mais de duas hospitalizações.
   Na Santa Casa contamos com uma estagiária,
    que identifica quais crianças deveram ser
    encaminhadas para a Puericultura ou
    Programa Viva Criança, agendando para estas
    o teste do pezinho e a primeira consulta de
    acompanhamento.
TESTE DO PEZINHO

   Realizar após 48h de vida do bebê para não
sofrer influências do metabolismo da mãe;
   É obrigatório em todo Brasil;
   A simples atitude de fazer o exame, faz com
que doenças causadoras de sequelas
irreparáveis no desenvolvimento mental e
físico da criança, sejam detectadas e tratadas
mesmo antes do aparecimento dos sintomas;
   Prevenir deficiência auditiva, detectando
    perdas precoces que possam influenciar no
    aprendizado da linguagem
   Suplementação de sulfato ferroso para crianças
    de 6 a 18 meses, visando prevenção de anemia
    ferropriva
   A possibilidade de acompanhar a familias ao
    longo do tempo mantém os profissionais de
    saúde em situação privilegiada no
    reconhecimento de situações de necessitam ser
    acompanhadas
   O nascimento de um bebê é um momento de
    transição na vida da familia, e o surgimento de
    dúvidas, inseguranças e questionamentos são
    comuns.
   Ser atento as suas necessidades e suas
    carências;
   Não é julgar, nem moralizar, ter o cuidado de
    conhecê-la, de compreendê-la para ajudá-la a
    crescer e progredir.
   É um processo dinâmico e contínuo, expresso
    pelo número do tamanho corporal;
   É influenciado por fatores genéticos e
    ambientais, dentre o quais destacam-se:
    alimentação, saúde, higiene, habitação e os
    cuidados gerais com a criança, que atuam
    acelerando ou retardando esse processo.
   É amplo e refere-se a uma transformação
    complexa, que inclui além do crescimento,
    maturação, aprendizagem e aspectos psíquicos
    e sociais;
   Na atenção primária objetiva sua promoção,
    proteção e detecção precoce de alterações
    passíveis de modificações de possam repecurtir
    em sua vida futura. Isso ocorre principalmente
    por meio de ações educativas e
    acompanhamento integral da saúde da criança.
   Alimentação no primeiro ano de vida;
   Cuidados básicos;
   Imunizações;
   Saúde da mulher;
   Prevenção de lesões não intencionais: as
    orientações de proteção propiciam ações que
    estimulam a modificação dos determinantes de
    risco a lesões nos âmbitos da moradia de
    transporte, do lazer, da educação e outros;
    proporcionando qualidade de vida para todos.
   Prevenir violência significa antecipar, intervir
    precocemente, evitar ou tornar possível que o
    fenômeno não se repita. Para lidar com isto e
    promoção da saúde, é preciso acreditar que
    prevenir é possível e crer no potencial de
    TRANSFORMAÇÃO. É necessário ter uma
    abordagem empática ao lidar como o problema
    sem ferir a cultura familiar, desenvolver
    habilidades de resolução de problemas e
    utilizar situações de violência como ponto de
    partida para mudanças.
   “Atitude é uma pequena palavra que faz uma
    grande diferença”!



   Obrigada!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Orgulho de pai: cartilha educativa para a promoção do envolvimento paterno
Orgulho de pai: cartilha educativa para a promoção do envolvimento paternoOrgulho de pai: cartilha educativa para a promoção do envolvimento paterno
Orgulho de pai: cartilha educativa para a promoção do envolvimento paterno
Aline Melo de Aguiar
 
Crescimento e desenvolvimento - Chile
Crescimento e desenvolvimento - ChileCrescimento e desenvolvimento - Chile
Crescimento e desenvolvimento - Chile
Sofía Leal Fuentes
 
3534 14464-1-pb
3534 14464-1-pb3534 14464-1-pb
3534 14464-1-pb
Patrícia Lopes
 
A saúde de adolescentes e jovens imprimir
A saúde de adolescentes e jovens    imprimirA saúde de adolescentes e jovens    imprimir
A saúde de adolescentes e jovens imprimir
Gleidiane Resende
 
Workshop Formacao Obesidade Infantil 2010
Workshop Formacao Obesidade Infantil 2010Workshop Formacao Obesidade Infantil 2010
Workshop Formacao Obesidade Infantil 2010
Dianova
 
1357-L - A saúde de adolescentes e jovens - Módulo avançado
1357-L - A saúde de adolescentes e jovens - Módulo avançado1357-L - A saúde de adolescentes e jovens - Módulo avançado
1357-L - A saúde de adolescentes e jovens - Módulo avançado
bibliotecasaude
 
Planeamento familiar
Planeamento familiarPlaneamento familiar
Planeamento familiar
joaopmcc3
 
Rgo 2007-134
Rgo 2007-134Rgo 2007-134
Rgo 2007-134
Adilson Xavier
 
Desenvolvimento Estatura-Ponderal da Criança
Desenvolvimento Estatura-Ponderal da CriançaDesenvolvimento Estatura-Ponderal da Criança
Desenvolvimento Estatura-Ponderal da Criança
Rui Alves
 
Trabalho blog
Trabalho blogTrabalho blog
Trabalho blog
Nathana Collelo
 
Celebrando a vida
Celebrando a vidaCelebrando a vida
Celebrando a vida
meridam
 
As principais alterações bucais atribuíveis à gravidez relacionam se
As principais alterações bucais atribuíveis à gravidez relacionam seAs principais alterações bucais atribuíveis à gravidez relacionam se
As principais alterações bucais atribuíveis à gravidez relacionam se
Juliane Stivanin da Silva
 
2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II
2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II
2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II
bibliotecasaude
 
Encontro ppt antigo
Encontro ppt antigoEncontro ppt antigo
Encontro ppt antigo
PET - Odontologia UFPR
 
Dez passos para_familia
Dez passos para_familiaDez passos para_familia
Dez passos para_familia
saudefieb
 
Trabalho obesidade esmeralda
Trabalho obesidade esmeraldaTrabalho obesidade esmeralda
Trabalho obesidade esmeralda
LeandroMarques2009
 
Fundamentos do desenvolvimento infantil
Fundamentos do desenvolvimento infantilFundamentos do desenvolvimento infantil
Fundamentos do desenvolvimento infantil
Aline Melo de Aguiar
 
Alimentação infantil 11-11-12
Alimentação infantil 11-11-12Alimentação infantil 11-11-12
Alimentação infantil 11-11-12
delma_neves
 

Mais procurados (18)

Orgulho de pai: cartilha educativa para a promoção do envolvimento paterno
Orgulho de pai: cartilha educativa para a promoção do envolvimento paternoOrgulho de pai: cartilha educativa para a promoção do envolvimento paterno
Orgulho de pai: cartilha educativa para a promoção do envolvimento paterno
 
Crescimento e desenvolvimento - Chile
Crescimento e desenvolvimento - ChileCrescimento e desenvolvimento - Chile
Crescimento e desenvolvimento - Chile
 
3534 14464-1-pb
3534 14464-1-pb3534 14464-1-pb
3534 14464-1-pb
 
A saúde de adolescentes e jovens imprimir
A saúde de adolescentes e jovens    imprimirA saúde de adolescentes e jovens    imprimir
A saúde de adolescentes e jovens imprimir
 
Workshop Formacao Obesidade Infantil 2010
Workshop Formacao Obesidade Infantil 2010Workshop Formacao Obesidade Infantil 2010
Workshop Formacao Obesidade Infantil 2010
 
1357-L - A saúde de adolescentes e jovens - Módulo avançado
1357-L - A saúde de adolescentes e jovens - Módulo avançado1357-L - A saúde de adolescentes e jovens - Módulo avançado
1357-L - A saúde de adolescentes e jovens - Módulo avançado
 
Planeamento familiar
Planeamento familiarPlaneamento familiar
Planeamento familiar
 
Rgo 2007-134
Rgo 2007-134Rgo 2007-134
Rgo 2007-134
 
Desenvolvimento Estatura-Ponderal da Criança
Desenvolvimento Estatura-Ponderal da CriançaDesenvolvimento Estatura-Ponderal da Criança
Desenvolvimento Estatura-Ponderal da Criança
 
Trabalho blog
Trabalho blogTrabalho blog
Trabalho blog
 
Celebrando a vida
Celebrando a vidaCelebrando a vida
Celebrando a vida
 
As principais alterações bucais atribuíveis à gravidez relacionam se
As principais alterações bucais atribuíveis à gravidez relacionam seAs principais alterações bucais atribuíveis à gravidez relacionam se
As principais alterações bucais atribuíveis à gravidez relacionam se
 
2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II
2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II
2626-L - Normas de atenção à saúde integral do adolescente - Vol. II
 
Encontro ppt antigo
Encontro ppt antigoEncontro ppt antigo
Encontro ppt antigo
 
Dez passos para_familia
Dez passos para_familiaDez passos para_familia
Dez passos para_familia
 
Trabalho obesidade esmeralda
Trabalho obesidade esmeraldaTrabalho obesidade esmeralda
Trabalho obesidade esmeralda
 
Fundamentos do desenvolvimento infantil
Fundamentos do desenvolvimento infantilFundamentos do desenvolvimento infantil
Fundamentos do desenvolvimento infantil
 
Alimentação infantil 11-11-12
Alimentação infantil 11-11-12Alimentação infantil 11-11-12
Alimentação infantil 11-11-12
 

Destaque

Ppt sobre os fósseis
Ppt sobre os fósseisPpt sobre os fósseis
Ppt sobre os fósseis
Ana Rita Bryan Bryan
 
Fósseis e História da Terra
Fósseis e História da TerraFósseis e História da Terra
Fósseis e História da Terra
Eduardo1
 
Influência dos desenhos animados para crianças
Influência dos desenhos animados para criançasInfluência dos desenhos animados para crianças
Influência dos desenhos animados para crianças
Rafael Nassif
 
Teste Verificação Sismos
Teste Verificação SismosTeste Verificação Sismos
Teste Verificação Sismos
Lucca
 
A Ideologia Dos Desenhos Animados
A Ideologia Dos Desenhos AnimadosA Ideologia Dos Desenhos Animados
A Ideologia Dos Desenhos Animados
Moonchosen
 
Intervenção do fonoaudiológo em Perdas auditivas unilaterais-em-crianças
Intervenção do fonoaudiológo em Perdas auditivas unilaterais-em-criançasIntervenção do fonoaudiológo em Perdas auditivas unilaterais-em-crianças
Intervenção do fonoaudiológo em Perdas auditivas unilaterais-em-crianças
Nayara Querino
 
Fosseis
FosseisFosseis
Fosseis
cpfss
 
Fósseis
FósseisFósseis
Fósseis
Catir
 
fósseis - 7º ano
fósseis - 7º anofósseis - 7º ano
fósseis - 7º ano
olgacacao
 
Etapas da História da Vida - Mesozóico
Etapas da História da Vida - MesozóicoEtapas da História da Vida - Mesozóico
Etapas da História da Vida - Mesozóico
Catir
 
Narrative writing
Narrative writingNarrative writing
Narrative writing
Chiara Ojeda
 

Destaque (11)

Ppt sobre os fósseis
Ppt sobre os fósseisPpt sobre os fósseis
Ppt sobre os fósseis
 
Fósseis e História da Terra
Fósseis e História da TerraFósseis e História da Terra
Fósseis e História da Terra
 
Influência dos desenhos animados para crianças
Influência dos desenhos animados para criançasInfluência dos desenhos animados para crianças
Influência dos desenhos animados para crianças
 
Teste Verificação Sismos
Teste Verificação SismosTeste Verificação Sismos
Teste Verificação Sismos
 
A Ideologia Dos Desenhos Animados
A Ideologia Dos Desenhos AnimadosA Ideologia Dos Desenhos Animados
A Ideologia Dos Desenhos Animados
 
Intervenção do fonoaudiológo em Perdas auditivas unilaterais-em-crianças
Intervenção do fonoaudiológo em Perdas auditivas unilaterais-em-criançasIntervenção do fonoaudiológo em Perdas auditivas unilaterais-em-crianças
Intervenção do fonoaudiológo em Perdas auditivas unilaterais-em-crianças
 
Fosseis
FosseisFosseis
Fosseis
 
Fósseis
FósseisFósseis
Fósseis
 
fósseis - 7º ano
fósseis - 7º anofósseis - 7º ano
fósseis - 7º ano
 
Etapas da História da Vida - Mesozóico
Etapas da História da Vida - MesozóicoEtapas da História da Vida - Mesozóico
Etapas da História da Vida - Mesozóico
 
Narrative writing
Narrative writingNarrative writing
Narrative writing
 

Semelhante a Apresentação policlínica infantil 2012

Atuação do fisioterapeuta na saúde da criança
Atuação do fisioterapeuta na saúde da criançaAtuação do fisioterapeuta na saúde da criança
Atuação do fisioterapeuta na saúde da criança
Breno Costa
 
Nutrição Infantil - Leito Materno e Complementação alimentar
Nutrição Infantil - Leito Materno e Complementação alimentarNutrição Infantil - Leito Materno e Complementação alimentar
Nutrição Infantil - Leito Materno e Complementação alimentar
Erly Batista Neto
 
Nutrição Infantil - Alimento Materno e nutrição complementar
Nutrição Infantil - Alimento Materno e nutrição complementarNutrição Infantil - Alimento Materno e nutrição complementar
Nutrição Infantil - Alimento Materno e nutrição complementar
Erly Batista Neto
 
alimentação na lactação e primeira infancia
alimentação na lactação e primeira infanciaalimentação na lactação e primeira infancia
alimentação na lactação e primeira infancia
jhordana1
 
SAÚDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE AULA 2.pptx
SAÚDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE AULA 2.pptxSAÚDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE AULA 2.pptx
SAÚDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE AULA 2.pptx
WellingtonTeixeira24
 
Atencao a saude_infantil
Atencao a saude_infantilAtencao a saude_infantil
Atencao a saude_infantil
4444444444ada
 
programas de saude.pptx
programas de saude.pptxprogramas de saude.pptx
programas de saude.pptx
Alice Costa
 
Projeto puericultura
Projeto  puericulturaProjeto  puericultura
Projeto puericultura
Ingrid Faria
 
Programa de saúde da criança no brasil
Programa de saúde da criança no brasilPrograma de saúde da criança no brasil
Programa de saúde da criança no brasil
Leandro Silva
 
Reunião sobre Primeira Infância: Pastoral da Criança
Reunião sobre Primeira Infância: Pastoral da CriançaReunião sobre Primeira Infância: Pastoral da Criança
Reunião sobre Primeira Infância: Pastoral da Criança
SAE - Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República
 
aula AIDP 2020.docx
aula AIDP  2020.docxaula AIDP  2020.docx
aula AIDP 2020.docx
KarenFeitosa5
 
1965-L - Aleitamento materno e orientação alimentar para o desmame
1965-L - Aleitamento materno e orientação alimentar para o desmame1965-L - Aleitamento materno e orientação alimentar para o desmame
1965-L - Aleitamento materno e orientação alimentar para o desmame
bibliotecasaude
 
Adolescência & Aleitamento Materno - doc científico da SBP
Adolescência & Aleitamento Materno - doc científico da SBP Adolescência & Aleitamento Materno - doc científico da SBP
Adolescência & Aleitamento Materno - doc científico da SBP
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Intervenção precoce na infância
Intervenção precoce na infânciaIntervenção precoce na infância
Intervenção precoce na infância
ipifaro
 
CCS.pptx
CCS.pptxCCS.pptx
CCS.pptx
Láurio Simbine
 
Pediatria
PediatriaPediatria
Pediatria
Flash Faces
 
Fatores que influenciam o Desenvolvimento Infantil
Fatores que influenciam o Desenvolvimento InfantilFatores que influenciam o Desenvolvimento Infantil
Gravidez na Adolescencia
Gravidez  na AdolescenciaGravidez  na Adolescencia
Gravidez na Adolescencia
Larissa Averna
 
CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.ppt
CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.pptCRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.ppt
CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.ppt
fabzfab476
 
CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.ppt
CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.pptCRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.ppt
CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.ppt
fabzfab476
 

Semelhante a Apresentação policlínica infantil 2012 (20)

Atuação do fisioterapeuta na saúde da criança
Atuação do fisioterapeuta na saúde da criançaAtuação do fisioterapeuta na saúde da criança
Atuação do fisioterapeuta na saúde da criança
 
Nutrição Infantil - Leito Materno e Complementação alimentar
Nutrição Infantil - Leito Materno e Complementação alimentarNutrição Infantil - Leito Materno e Complementação alimentar
Nutrição Infantil - Leito Materno e Complementação alimentar
 
Nutrição Infantil - Alimento Materno e nutrição complementar
Nutrição Infantil - Alimento Materno e nutrição complementarNutrição Infantil - Alimento Materno e nutrição complementar
Nutrição Infantil - Alimento Materno e nutrição complementar
 
alimentação na lactação e primeira infancia
alimentação na lactação e primeira infanciaalimentação na lactação e primeira infancia
alimentação na lactação e primeira infancia
 
SAÚDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE AULA 2.pptx
SAÚDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE AULA 2.pptxSAÚDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE AULA 2.pptx
SAÚDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE AULA 2.pptx
 
Atencao a saude_infantil
Atencao a saude_infantilAtencao a saude_infantil
Atencao a saude_infantil
 
programas de saude.pptx
programas de saude.pptxprogramas de saude.pptx
programas de saude.pptx
 
Projeto puericultura
Projeto  puericulturaProjeto  puericultura
Projeto puericultura
 
Programa de saúde da criança no brasil
Programa de saúde da criança no brasilPrograma de saúde da criança no brasil
Programa de saúde da criança no brasil
 
Reunião sobre Primeira Infância: Pastoral da Criança
Reunião sobre Primeira Infância: Pastoral da CriançaReunião sobre Primeira Infância: Pastoral da Criança
Reunião sobre Primeira Infância: Pastoral da Criança
 
aula AIDP 2020.docx
aula AIDP  2020.docxaula AIDP  2020.docx
aula AIDP 2020.docx
 
1965-L - Aleitamento materno e orientação alimentar para o desmame
1965-L - Aleitamento materno e orientação alimentar para o desmame1965-L - Aleitamento materno e orientação alimentar para o desmame
1965-L - Aleitamento materno e orientação alimentar para o desmame
 
Adolescência & Aleitamento Materno - doc científico da SBP
Adolescência & Aleitamento Materno - doc científico da SBP Adolescência & Aleitamento Materno - doc científico da SBP
Adolescência & Aleitamento Materno - doc científico da SBP
 
Intervenção precoce na infância
Intervenção precoce na infânciaIntervenção precoce na infância
Intervenção precoce na infância
 
CCS.pptx
CCS.pptxCCS.pptx
CCS.pptx
 
Pediatria
PediatriaPediatria
Pediatria
 
Fatores que influenciam o Desenvolvimento Infantil
Fatores que influenciam o Desenvolvimento InfantilFatores que influenciam o Desenvolvimento Infantil
Fatores que influenciam o Desenvolvimento Infantil
 
Gravidez na Adolescencia
Gravidez  na AdolescenciaGravidez  na Adolescencia
Gravidez na Adolescencia
 
CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.ppt
CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.pptCRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.ppt
CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.ppt
 
CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.ppt
CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.pptCRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.ppt
CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO_032326.ppt
 

Mais de Liene Campos

Vigilância sanitária e embelezamento
Vigilância sanitária e embelezamentoVigilância sanitária e embelezamento
Vigilância sanitária e embelezamento
Liene Campos
 
A mulher trabalhadora no contexto das relações de
A mulher trabalhadora no contexto das relações deA mulher trabalhadora no contexto das relações de
A mulher trabalhadora no contexto das relações de
Liene Campos
 
Programa saude e bem estar seminario para slide share
Programa saude e bem estar seminario  para slide sharePrograma saude e bem estar seminario  para slide share
Programa saude e bem estar seminario para slide share
Liene Campos
 
Programa saude e bem estar seminario
Programa saude e bem estar seminarioPrograma saude e bem estar seminario
Programa saude e bem estar seminario
Liene Campos
 
A importancia da auto estima na mulher graça
A importancia da auto estima na mulher  graçaA importancia da auto estima na mulher  graça
A importancia da auto estima na mulher graça
Liene Campos
 
A mulher trabalhadora no contexto das relações de
A mulher trabalhadora no contexto das relações deA mulher trabalhadora no contexto das relações de
A mulher trabalhadora no contexto das relações de
Liene Campos
 
Apresentação seminário
Apresentação seminárioApresentação seminário
Apresentação seminário
Liene Campos
 
Renato correa controle social
Renato correa   controle socialRenato correa   controle social
Renato correa controle social
Liene Campos
 
Renato correa controle social
Renato correa   controle socialRenato correa   controle social
Renato correa controle social
Liene Campos
 
Apresentação seminário
Apresentação seminárioApresentação seminário
Apresentação seminário
Liene Campos
 
Nutr. silvia aleitamento materno
Nutr. silvia   aleitamento maternoNutr. silvia   aleitamento materno
Nutr. silvia aleitamento materno
Liene Campos
 
Renato correa controle social
Renato correa   controle socialRenato correa   controle social
Renato correa controle social
Liene Campos
 
Apresentação multivacinação
Apresentação multivacinaçãoApresentação multivacinação
Apresentação multivacinação
Liene Campos
 
Polio inativada
Polio inativadaPolio inativada
Polio inativada
Liene Campos
 
Polio inativada
Polio inativadaPolio inativada
Polio inativada
Liene Campos
 
Reuniao vacaria 12 jul 2012 c. mamo robert
Reuniao vacaria 12 jul 2012 c. mamo robertReuniao vacaria 12 jul 2012 c. mamo robert
Reuniao vacaria 12 jul 2012 c. mamo robert
Liene Campos
 
Esquema de vacinacao adolescente (1)
Esquema de vacinacao adolescente (1)Esquema de vacinacao adolescente (1)
Esquema de vacinacao adolescente (1)Liene Campos
 
Atenção ao recém nascido prematuro de risco em uruguaiana versão3
Atenção ao recém nascido prematuro de risco em uruguaiana versão3Atenção ao recém nascido prematuro de risco em uruguaiana versão3
Atenção ao recém nascido prematuro de risco em uruguaiana versão3
Liene Campos
 
Polio inativada
Polio inativadaPolio inativada
Polio inativada
Liene Campos
 
Atendimento eficaz ao clente sec.saúde palestra
Atendimento eficaz ao clente sec.saúde palestraAtendimento eficaz ao clente sec.saúde palestra
Atendimento eficaz ao clente sec.saúde palestra
Liene Campos
 

Mais de Liene Campos (20)

Vigilância sanitária e embelezamento
Vigilância sanitária e embelezamentoVigilância sanitária e embelezamento
Vigilância sanitária e embelezamento
 
A mulher trabalhadora no contexto das relações de
A mulher trabalhadora no contexto das relações deA mulher trabalhadora no contexto das relações de
A mulher trabalhadora no contexto das relações de
 
Programa saude e bem estar seminario para slide share
Programa saude e bem estar seminario  para slide sharePrograma saude e bem estar seminario  para slide share
Programa saude e bem estar seminario para slide share
 
Programa saude e bem estar seminario
Programa saude e bem estar seminarioPrograma saude e bem estar seminario
Programa saude e bem estar seminario
 
A importancia da auto estima na mulher graça
A importancia da auto estima na mulher  graçaA importancia da auto estima na mulher  graça
A importancia da auto estima na mulher graça
 
A mulher trabalhadora no contexto das relações de
A mulher trabalhadora no contexto das relações deA mulher trabalhadora no contexto das relações de
A mulher trabalhadora no contexto das relações de
 
Apresentação seminário
Apresentação seminárioApresentação seminário
Apresentação seminário
 
Renato correa controle social
Renato correa   controle socialRenato correa   controle social
Renato correa controle social
 
Renato correa controle social
Renato correa   controle socialRenato correa   controle social
Renato correa controle social
 
Apresentação seminário
Apresentação seminárioApresentação seminário
Apresentação seminário
 
Nutr. silvia aleitamento materno
Nutr. silvia   aleitamento maternoNutr. silvia   aleitamento materno
Nutr. silvia aleitamento materno
 
Renato correa controle social
Renato correa   controle socialRenato correa   controle social
Renato correa controle social
 
Apresentação multivacinação
Apresentação multivacinaçãoApresentação multivacinação
Apresentação multivacinação
 
Polio inativada
Polio inativadaPolio inativada
Polio inativada
 
Polio inativada
Polio inativadaPolio inativada
Polio inativada
 
Reuniao vacaria 12 jul 2012 c. mamo robert
Reuniao vacaria 12 jul 2012 c. mamo robertReuniao vacaria 12 jul 2012 c. mamo robert
Reuniao vacaria 12 jul 2012 c. mamo robert
 
Esquema de vacinacao adolescente (1)
Esquema de vacinacao adolescente (1)Esquema de vacinacao adolescente (1)
Esquema de vacinacao adolescente (1)
 
Atenção ao recém nascido prematuro de risco em uruguaiana versão3
Atenção ao recém nascido prematuro de risco em uruguaiana versão3Atenção ao recém nascido prematuro de risco em uruguaiana versão3
Atenção ao recém nascido prematuro de risco em uruguaiana versão3
 
Polio inativada
Polio inativadaPolio inativada
Polio inativada
 
Atendimento eficaz ao clente sec.saúde palestra
Atendimento eficaz ao clente sec.saúde palestraAtendimento eficaz ao clente sec.saúde palestra
Atendimento eficaz ao clente sec.saúde palestra
 

Apresentação policlínica infantil 2012

  • 1. Saúde da Criança Enfª Juliana
  • 2.
  • 3. 07:00 – Dra. Rosimeri  09:00 – Dr. Ricardo  08:00 – Nutricionista Silvia  Acompanhamento Infantil Enf. Juliana Observação: As consultas são previamente agendadas, exceto para as crianças do Programa Viva Criança.
  • 4.
  • 5. O que você faz pelo seu filho hoje, vale por toda a vida.
  • 6.
  • 7.
  • 8. Criança com peso de nascimento menor de 2,5 kg;  Prematuros;  Mães Adolescentes;  Mães com mais de 35 anos;  Baixa escolaridade;  Aborto;  Crianças com mais de duas hospitalizações.
  • 9. Na Santa Casa contamos com uma estagiária, que identifica quais crianças deveram ser encaminhadas para a Puericultura ou Programa Viva Criança, agendando para estas o teste do pezinho e a primeira consulta de acompanhamento.
  • 10. TESTE DO PEZINHO Realizar após 48h de vida do bebê para não sofrer influências do metabolismo da mãe; É obrigatório em todo Brasil; A simples atitude de fazer o exame, faz com que doenças causadoras de sequelas irreparáveis no desenvolvimento mental e físico da criança, sejam detectadas e tratadas mesmo antes do aparecimento dos sintomas;
  • 11. Prevenir deficiência auditiva, detectando perdas precoces que possam influenciar no aprendizado da linguagem
  • 12.
  • 13. Suplementação de sulfato ferroso para crianças de 6 a 18 meses, visando prevenção de anemia ferropriva
  • 14. A possibilidade de acompanhar a familias ao longo do tempo mantém os profissionais de saúde em situação privilegiada no reconhecimento de situações de necessitam ser acompanhadas  O nascimento de um bebê é um momento de transição na vida da familia, e o surgimento de dúvidas, inseguranças e questionamentos são comuns.
  • 15. Ser atento as suas necessidades e suas carências;  Não é julgar, nem moralizar, ter o cuidado de conhecê-la, de compreendê-la para ajudá-la a crescer e progredir.
  • 16. É um processo dinâmico e contínuo, expresso pelo número do tamanho corporal;  É influenciado por fatores genéticos e ambientais, dentre o quais destacam-se: alimentação, saúde, higiene, habitação e os cuidados gerais com a criança, que atuam acelerando ou retardando esse processo.
  • 17. É amplo e refere-se a uma transformação complexa, que inclui além do crescimento, maturação, aprendizagem e aspectos psíquicos e sociais;  Na atenção primária objetiva sua promoção, proteção e detecção precoce de alterações passíveis de modificações de possam repecurtir em sua vida futura. Isso ocorre principalmente por meio de ações educativas e acompanhamento integral da saúde da criança.
  • 18. Alimentação no primeiro ano de vida;  Cuidados básicos;  Imunizações;  Saúde da mulher;  Prevenção de lesões não intencionais: as orientações de proteção propiciam ações que estimulam a modificação dos determinantes de risco a lesões nos âmbitos da moradia de transporte, do lazer, da educação e outros; proporcionando qualidade de vida para todos.
  • 19. Prevenir violência significa antecipar, intervir precocemente, evitar ou tornar possível que o fenômeno não se repita. Para lidar com isto e promoção da saúde, é preciso acreditar que prevenir é possível e crer no potencial de TRANSFORMAÇÃO. É necessário ter uma abordagem empática ao lidar como o problema sem ferir a cultura familiar, desenvolver habilidades de resolução de problemas e utilizar situações de violência como ponto de partida para mudanças.
  • 20. “Atitude é uma pequena palavra que faz uma grande diferença”!  Obrigada!