SlideShare uma empresa Scribd logo
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
Na minha opinião,
No meu entender,
Para mim,
Concordo com
Discordo com
Discordo de
Tais coisas
Cenas
Os diversos problemas que existem
Pois…
[…], isto porque
[…], porque
herói, herói esse que
herói, que
as ações dele
as suas ações
fala que
diz-nos que
refere
um Herói
um herói
um Homem
um homem
No último verso: «lkiutfrdeswxc», o sujeito
poético…
No último verso — «lkiutfrdeswxc» —, o
sujeito poético…
No último verso, «lkiutfrdeswxc», o sujeito
poético…
«klifgletoid». Na poesia de…
tal e tal, («rtfgtrujlo»)
tal e tal («rtfgtrujlo»),
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
sphyngico
esfíngico
1. relativo a «esfinge».
2. enigmático; impenetrável;
misterioso.
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
• «jazer»
• «fitar»
1.1
A Europa é descrita no poema como
se de uma figura feminina se tratasse.
Assim, na descrição do continente
europeu, corpo cujos braços são a
Inglaterra e a Itália, sobressai a cabeça
«cujo rosto é Portugal».
Nessa cabeça, os cabelos são
“românticos”, sonhadores, toldam o
rosto, adensando o mistério que
envolve a figura. Os olhos são
“gregos”, marca da herança clássica e
civilizacional que este atributo conota,
e o olhar que deles se desprende é
“esfíngico”, indagador do
desconhecido, e “fatal”, pois a procura
desse desconhecido é motivada pelo
destino.
1.2
A Europa «jaz», estática e
contemplativa, como se estivesse
parada, morta, à espera do novo impulso
vital que o seu olhar procura na
distância. A expressão verbal «jaz»
traduz essa imobilidade de quem espera.
1.3
Portugal é o rosto da Europa que
contempla o desconhecido. Ora, esse
desconhecido é o Ocidente, o mar a
desvendar para tornar possível o
paradoxo de construir o «futuro do
passado». É a Portugal que cabe, pois, a
missão predestinada de construção do
futuro.
2.
«O dos castelos» é Portugal, definido
no poema como o rosto da Europa, o
olhar e guia da Europa, Portugal cujo
brasão ostenta os castelos, referenciais
do passado, mas cuja missão é a
construção do futuro. Lembremos que
este é o primeiro poema da primeira
parte de Mensagem que remete para a
fundação da nacionalidade inscrita no
brasão.
«Reino Lusitano» = ‘Portugal’
«Phebo» = ‘Apolo, deus do Sol, da música e da
poesia’, ‘Sol’
«o torpe Mauritano» = ‘os torpes mouros’
«deitando-o de si fora» = ‘expulsando-o do país’.
«ditosa» = ‘afortunada, feliz’
«torne» = ‘regresse’
«foi Lusitânia» = ‘chamou-se Lusitânia’
«dirivado de Luso ou Lysa» = ‘[nome] derivado de
Luso ou Lisa’
«antão» = ‘então’
«os íncolas primeiros» = ‘os primeiros habitantes’
1.1
Tal como no poema «O dos castelos»,
de Mensagem, a estrofe 20 do Canto III
de Os Lusíadas referencia Portugal
como a cabeça da Europa — «quási
cume da cabeça / De Europa toda» —,
atribuindo-lhe uma missão predestinada.
N’Os Lusíadas, essa predestinação é
ditada pelo «Céu», que quis que
Portugal vencesse na luta contra os
Mouros.
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
A morte é a curva da estrada,
Morrer é só não ser visto.
Se escuto, eu te oiço a passada
Existir como eu existo.
A morte é a curva da estrada,
Morrer é só não ser visto.
Se escuto, eu te oiço a passada
Existir como eu existo.
A terra é feita de céu.
A mentira não tem ninho.
Nunca ninguém se perdeu.
Tudo é verdade e caminho.
Fernando Pessoa
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
Cansa sentir quando se pensa
(Fernando Pessoa/Samuel Lopes)
Cansa sentir quando se pensa.
No ar da noite a madrugar
Há uma solidão imensa
Que tem por corpo o frio do ar.
Neste momento insone e triste
Em que não sei quem hei-de ser,
Pesa-me o informe real que existe
Na noite antes de amanhecer.
Cansa sentir quando se pensa.
No ar da noite a madrugar
Há uma solidão imensa
Que tem por corpo o frio do ar.
Tudo isto me parece tudo.
E é uma noite a ter um fim
Um negro astral silêncio surdo
E não poder viver assim.
(Tudo isto me parece tudo.
Mas noite, frio, negror sem fim,
Mundo mudo, silêncio mudo
— Ah, nada é isto, nada é assim!)
Cansa sentir quando se pensa.
No ar da noite a madrugar
Há uma solidão imensa
Que tem por corpo o frio do ar.
(Tudo isto me parece tudo.
Mas noite, frio, negror sem fim,
Mundo mudo, silêncio mudo —
Ah, nada é isto, nada é assim!)
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12
Escreve um comentário ao poema de
Pessoa. Usa algumas citações do próprio
poema.
Faz aparecer, pelo menos uma vez, as
expressões «sujeito poético»,
«ortónimo/a», «estrofe», «quarteto» ou
«quadra», «verso», «dicotomia
sentir/pensar».
TPC — Lê «Camões e Pessoa:
cantores do Império» (p. 197); «Pessoa e o
novo sonho português» (199) e «A
organização simbólica de Mensagem»
(203).
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 35
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 35Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 35
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 35
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 43-44
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 43-44Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 43-44
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 43-44
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 84-85
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 84-85Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 84-85
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 84-85
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 16-17
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 16-17Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 16-17
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 16-17
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 75-76
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 75-76Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 75-76
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 75-76
luisprista
 
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 113-114
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 113-114Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 113-114
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 113-114
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 8-9
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 8-9Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 8-9
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 8-9
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 86 (e 86 r)
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 86 (e 86 r)Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 86 (e 86 r)
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 86 (e 86 r)
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 36-37
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 36-37Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 36-37
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 36-37
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 74-75
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 74-75Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 74-75
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 74-75
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 38-39
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 38-39Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 38-39
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 38-39
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 11-12Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 11-12
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 28-29
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 28-29Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 28-29
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 28-29
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 62-63
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 62-63Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 62-63
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 62-63
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 8-9
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 8-9Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 8-9
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 8-9
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 63-64
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 63-64Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 63-64
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 63-64
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27
luisprista
 
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 97-98
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 97-98Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 97-98
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 97-98
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
luisprista
 

Mais procurados (20)

Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 35
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 35Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 35
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 35
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 43-44
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 43-44Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 43-44
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 43-44
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 84-85
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 84-85Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 84-85
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 84-85
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 16-17
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 16-17Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 16-17
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 16-17
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 75-76
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 75-76Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 75-76
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 75-76
 
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 113-114
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 113-114Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 113-114
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 113-114
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 8-9
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 8-9Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 8-9
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 8-9
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 86 (e 86 r)
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 86 (e 86 r)Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 86 (e 86 r)
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 86 (e 86 r)
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 36-37
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 36-37Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 36-37
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 36-37
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 60-61
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 74-75
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 74-75Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 74-75
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 74-75
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 38-39
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 38-39Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 38-39
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 38-39
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 11-12Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 11-12
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 11-12
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 28-29
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 28-29Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 28-29
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 28-29
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 62-63
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 62-63Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 62-63
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 62-63
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 8-9
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 8-9Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 8-9
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 8-9
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 63-64
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 63-64Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 63-64
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 63-64
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 26-27
 
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 97-98
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 97-98Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 97-98
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 97-98
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
 

Destaque

Quadras ao gosto popular de Fernando Pessoa Ativ. 5 e 6 , Apresentação Prof. ...
Quadras ao gosto popular de Fernando Pessoa Ativ. 5 e 6 , Apresentação Prof. ...Quadras ao gosto popular de Fernando Pessoa Ativ. 5 e 6 , Apresentação Prof. ...
Quadras ao gosto popular de Fernando Pessoa Ativ. 5 e 6 , Apresentação Prof. ...
Antônia de Fátima Codonho
 
Cancioneiro - Fernando Pessoa -
Cancioneiro - Fernando Pessoa -Cancioneiro - Fernando Pessoa -
Cancioneiro - Fernando Pessoa -
frodemandacaru
 
Nao sei quantas almas tenho - Análise ao poema
Nao sei quantas almas tenho - Análise ao poemaNao sei quantas almas tenho - Análise ao poema
Nao sei quantas almas tenho - Análise ao poema
João Teles
 
Análise de poemas de Fernando Pessoa
Análise de poemas de Fernando PessoaAnálise de poemas de Fernando Pessoa
Análise de poemas de Fernando Pessoa
Margarida Rodrigues
 
Análise do poema Nao sei quantas almas tenho
Análise do poema Nao sei quantas almas tenhoAnálise do poema Nao sei quantas almas tenho
Análise do poema Nao sei quantas almas tenho
Ricardo Santos
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 110
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 110Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 110
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 110
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 15
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 15Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 15
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 15
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 58-59
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 58-59Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 58-59
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 58-59
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 33-34
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 33-34Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 33-34
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 33-34
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 83-84
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 83-84Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 83-84
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 83-84
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 28-29
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 28-29Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 28-29
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 28-29
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 1-2
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 1-2Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 1-2
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 1-2
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 13-14
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 13-14Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 13-14
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 13-14
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 92
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 92Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 92
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 92
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 93-94
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 93-94Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 93-94
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 93-94
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 85-86
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 85-86Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 85-86
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 85-86
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 98-99
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 98-99Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 98-99
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 98-99
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 5
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 5Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 5
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 5
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 16-17
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 16-17Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 16-17
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 16-17
luisprista
 

Destaque (20)

Quadras ao gosto popular de Fernando Pessoa Ativ. 5 e 6 , Apresentação Prof. ...
Quadras ao gosto popular de Fernando Pessoa Ativ. 5 e 6 , Apresentação Prof. ...Quadras ao gosto popular de Fernando Pessoa Ativ. 5 e 6 , Apresentação Prof. ...
Quadras ao gosto popular de Fernando Pessoa Ativ. 5 e 6 , Apresentação Prof. ...
 
Cancioneiro - Fernando Pessoa -
Cancioneiro - Fernando Pessoa -Cancioneiro - Fernando Pessoa -
Cancioneiro - Fernando Pessoa -
 
Nao sei quantas almas tenho - Análise ao poema
Nao sei quantas almas tenho - Análise ao poemaNao sei quantas almas tenho - Análise ao poema
Nao sei quantas almas tenho - Análise ao poema
 
Análise de poemas de Fernando Pessoa
Análise de poemas de Fernando PessoaAnálise de poemas de Fernando Pessoa
Análise de poemas de Fernando Pessoa
 
Análise do poema Nao sei quantas almas tenho
Análise do poema Nao sei quantas almas tenhoAnálise do poema Nao sei quantas almas tenho
Análise do poema Nao sei quantas almas tenho
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 110
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 110Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 110
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 110
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 15
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 15Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 15
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 15
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 58-59
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 58-59Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 58-59
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 58-59
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 33-34
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 33-34Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 33-34
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 33-34
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 82
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 83-84
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 83-84Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 83-84
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 83-84
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 28-29
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 28-29Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 28-29
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 28-29
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 1-2
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 1-2Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 1-2
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 1-2
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 13-14
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 13-14Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 13-14
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 13-14
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 92
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 92Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 92
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 92
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 93-94
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 93-94Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 93-94
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 93-94
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 85-86
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 85-86Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 85-86
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 85-86
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 98-99
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 98-99Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 98-99
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 98-99
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 5
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 5Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 5
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 5
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 16-17
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 16-17Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 16-17
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 16-17
 

Semelhante a Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12

ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 23
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 23ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 23
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 23
luisprista
 
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 17
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 17ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 17
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 17
luisprista
 
Análise do poema ulisses
Análise do poema ulissesAnálise do poema ulisses
Análise do poema ulisses
EL Chenko
 
Navio Negreiro Castro Alves
Navio Negreiro   Castro AlvesNavio Negreiro   Castro Alves
Navio Negreiro Castro Alves
Maria Inês de Souza Vitorino Justino
 
Espumas flutuantes
Espumas flutuantesEspumas flutuantes
Espumas flutuantes
victoriaevangelista
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeias Vanguardas europeias
Vanguardas europeias
Renata Silva Nunes Ribeiro
 
Mensagem
MensagemMensagem
Mensagem
António Fraga
 
Regresso, Alda Lara
Regresso, Alda LaraRegresso, Alda Lara
Regresso, Alda Lara
catiasgs
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 111-112
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 111-112Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 111-112
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 111-112
luisprista
 
Crítica ao livro «Eutrapelia de João Ricardo Lopes» (2021)
Crítica ao livro «Eutrapelia de João Ricardo Lopes» (2021)Crítica ao livro «Eutrapelia de João Ricardo Lopes» (2021)
Crítica ao livro «Eutrapelia de João Ricardo Lopes» (2021)
Madga Silva
 
áLvaro de campos
áLvaro de camposáLvaro de campos
áLvaro de campos
Ualas Magalhães
 
01. intertextualidade pre
01. intertextualidade pre01. intertextualidade pre
01. intertextualidade pre
literatura_prefederal
 
Europa ulisses
Europa ulissesEuropa ulisses
Europa ulisses
Tiago Vieira
 
Fernando Pessoa
Fernando PessoaFernando Pessoa
Fernando Pessoa
ESVieira do Minho
 
Lira dos vinte anos andré,douglas, luis augusto
Lira dos vinte anos  andré,douglas, luis augustoLira dos vinte anos  andré,douglas, luis augusto
Lira dos vinte anos andré,douglas, luis augusto
teresakashino
 
Manuel Bandeira
Manuel BandeiraManuel Bandeira
Manuel Bandeira
Fernanda Cabral
 
"Claro Enigma", de Carlos Drummond de Andrade - estudo
"Claro Enigma", de Carlos Drummond de Andrade - estudo"Claro Enigma", de Carlos Drummond de Andrade - estudo
"Claro Enigma", de Carlos Drummond de Andrade - estudo
rafabebum
 
Herança portuguesa - resumo dos movimentos portugueses
Herança portuguesa - resumo dos movimentos portuguesesHerança portuguesa - resumo dos movimentos portugueses
Herança portuguesa - resumo dos movimentos portugueses
CiceroMarcosSantos1
 
Apresentação para décimo segundo ano, aula 62
Apresentação para décimo segundo ano, aula 62Apresentação para décimo segundo ano, aula 62
Apresentação para décimo segundo ano, aula 62
luisprista
 
Simbolismo[1]
Simbolismo[1]Simbolismo[1]
Simbolismo[1]
Renato Oliveira
 

Semelhante a Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12 (20)

ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 23
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 23ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 23
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 23
 
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 17
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 17ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 17
ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 17
 
Análise do poema ulisses
Análise do poema ulissesAnálise do poema ulisses
Análise do poema ulisses
 
Navio Negreiro Castro Alves
Navio Negreiro   Castro AlvesNavio Negreiro   Castro Alves
Navio Negreiro Castro Alves
 
Espumas flutuantes
Espumas flutuantesEspumas flutuantes
Espumas flutuantes
 
Vanguardas europeias
Vanguardas europeias Vanguardas europeias
Vanguardas europeias
 
Mensagem
MensagemMensagem
Mensagem
 
Regresso, Alda Lara
Regresso, Alda LaraRegresso, Alda Lara
Regresso, Alda Lara
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 111-112
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 111-112Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 111-112
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 111-112
 
Crítica ao livro «Eutrapelia de João Ricardo Lopes» (2021)
Crítica ao livro «Eutrapelia de João Ricardo Lopes» (2021)Crítica ao livro «Eutrapelia de João Ricardo Lopes» (2021)
Crítica ao livro «Eutrapelia de João Ricardo Lopes» (2021)
 
áLvaro de campos
áLvaro de camposáLvaro de campos
áLvaro de campos
 
01. intertextualidade pre
01. intertextualidade pre01. intertextualidade pre
01. intertextualidade pre
 
Europa ulisses
Europa ulissesEuropa ulisses
Europa ulisses
 
Fernando Pessoa
Fernando PessoaFernando Pessoa
Fernando Pessoa
 
Lira dos vinte anos andré,douglas, luis augusto
Lira dos vinte anos  andré,douglas, luis augustoLira dos vinte anos  andré,douglas, luis augusto
Lira dos vinte anos andré,douglas, luis augusto
 
Manuel Bandeira
Manuel BandeiraManuel Bandeira
Manuel Bandeira
 
"Claro Enigma", de Carlos Drummond de Andrade - estudo
"Claro Enigma", de Carlos Drummond de Andrade - estudo"Claro Enigma", de Carlos Drummond de Andrade - estudo
"Claro Enigma", de Carlos Drummond de Andrade - estudo
 
Herança portuguesa - resumo dos movimentos portugueses
Herança portuguesa - resumo dos movimentos portuguesesHerança portuguesa - resumo dos movimentos portugueses
Herança portuguesa - resumo dos movimentos portugueses
 
Apresentação para décimo segundo ano, aula 62
Apresentação para décimo segundo ano, aula 62Apresentação para décimo segundo ano, aula 62
Apresentação para décimo segundo ano, aula 62
 
Simbolismo[1]
Simbolismo[1]Simbolismo[1]
Simbolismo[1]
 

Mais de luisprista

Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
luisprista
 

Mais de luisprista (20)

Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
 

Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 11-12

  • 2. Na minha opinião, No meu entender, Para mim,
  • 4. Tais coisas Cenas Os diversos problemas que existem
  • 6. […], isto porque […], porque herói, herói esse que herói, que
  • 7. as ações dele as suas ações
  • 9. um Herói um herói um Homem um homem
  • 10. No último verso: «lkiutfrdeswxc», o sujeito poético… No último verso — «lkiutfrdeswxc» —, o sujeito poético… No último verso, «lkiutfrdeswxc», o sujeito poético…
  • 12. tal e tal, («rtfgtrujlo») tal e tal («rtfgtrujlo»),
  • 22. esfíngico 1. relativo a «esfinge». 2. enigmático; impenetrável; misterioso.
  • 27. 1.1 A Europa é descrita no poema como se de uma figura feminina se tratasse. Assim, na descrição do continente europeu, corpo cujos braços são a Inglaterra e a Itália, sobressai a cabeça «cujo rosto é Portugal».
  • 28. Nessa cabeça, os cabelos são “românticos”, sonhadores, toldam o rosto, adensando o mistério que envolve a figura. Os olhos são “gregos”, marca da herança clássica e civilizacional que este atributo conota, e o olhar que deles se desprende é “esfíngico”, indagador do desconhecido, e “fatal”, pois a procura desse desconhecido é motivada pelo destino.
  • 29. 1.2 A Europa «jaz», estática e contemplativa, como se estivesse parada, morta, à espera do novo impulso vital que o seu olhar procura na distância. A expressão verbal «jaz» traduz essa imobilidade de quem espera.
  • 30. 1.3 Portugal é o rosto da Europa que contempla o desconhecido. Ora, esse desconhecido é o Ocidente, o mar a desvendar para tornar possível o paradoxo de construir o «futuro do passado». É a Portugal que cabe, pois, a missão predestinada de construção do futuro.
  • 31. 2. «O dos castelos» é Portugal, definido no poema como o rosto da Europa, o olhar e guia da Europa, Portugal cujo brasão ostenta os castelos, referenciais do passado, mas cuja missão é a construção do futuro. Lembremos que este é o primeiro poema da primeira parte de Mensagem que remete para a fundação da nacionalidade inscrita no brasão.
  • 32. «Reino Lusitano» = ‘Portugal’ «Phebo» = ‘Apolo, deus do Sol, da música e da poesia’, ‘Sol’ «o torpe Mauritano» = ‘os torpes mouros’ «deitando-o de si fora» = ‘expulsando-o do país’. «ditosa» = ‘afortunada, feliz’ «torne» = ‘regresse’ «foi Lusitânia» = ‘chamou-se Lusitânia’ «dirivado de Luso ou Lysa» = ‘[nome] derivado de Luso ou Lisa’ «antão» = ‘então’ «os íncolas primeiros» = ‘os primeiros habitantes’
  • 33. 1.1 Tal como no poema «O dos castelos», de Mensagem, a estrofe 20 do Canto III de Os Lusíadas referencia Portugal como a cabeça da Europa — «quási cume da cabeça / De Europa toda» —, atribuindo-lhe uma missão predestinada. N’Os Lusíadas, essa predestinação é ditada pelo «Céu», que quis que Portugal vencesse na luta contra os Mouros.
  • 36. A morte é a curva da estrada, Morrer é só não ser visto. Se escuto, eu te oiço a passada Existir como eu existo.
  • 37. A morte é a curva da estrada, Morrer é só não ser visto. Se escuto, eu te oiço a passada Existir como eu existo. A terra é feita de céu. A mentira não tem ninho. Nunca ninguém se perdeu. Tudo é verdade e caminho. Fernando Pessoa
  • 40. Cansa sentir quando se pensa (Fernando Pessoa/Samuel Lopes)
  • 41. Cansa sentir quando se pensa. No ar da noite a madrugar Há uma solidão imensa Que tem por corpo o frio do ar.
  • 42. Neste momento insone e triste Em que não sei quem hei-de ser, Pesa-me o informe real que existe Na noite antes de amanhecer.
  • 43. Cansa sentir quando se pensa. No ar da noite a madrugar Há uma solidão imensa Que tem por corpo o frio do ar.
  • 44. Tudo isto me parece tudo. E é uma noite a ter um fim Um negro astral silêncio surdo E não poder viver assim.
  • 45. (Tudo isto me parece tudo. Mas noite, frio, negror sem fim, Mundo mudo, silêncio mudo — Ah, nada é isto, nada é assim!)
  • 46. Cansa sentir quando se pensa. No ar da noite a madrugar Há uma solidão imensa Que tem por corpo o frio do ar.
  • 47. (Tudo isto me parece tudo. Mas noite, frio, negror sem fim, Mundo mudo, silêncio mudo — Ah, nada é isto, nada é assim!)
  • 49. Escreve um comentário ao poema de Pessoa. Usa algumas citações do próprio poema. Faz aparecer, pelo menos uma vez, as expressões «sujeito poético», «ortónimo/a», «estrofe», «quarteto» ou «quadra», «verso», «dicotomia sentir/pensar».
  • 50. TPC — Lê «Camões e Pessoa: cantores do Império» (p. 197); «Pessoa e o novo sonho português» (199) e «A organização simbólica de Mensagem» (203).