SlideShare uma empresa Scribd logo
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Justifica o título «Carta».
Apesar de o texto não apresentar a
forma de uma carta, em termos
temáticos e linguísticos justifica-se
essa classificação, uma vez que
encontramos emissor («eu») que se
dirige a um interlocutor ausente («tu»)
para lhe dar conta de circunstâncias e
sentimentos específicos da sua vida e
da sua relação.
Embora os Toranja nada tivessem
que ver com literatura medieval, neste
poema, «Carta», podemos encontrar
características aproximáveis das das
cantigas de amigo, das das cantigas de
amor, das das cantigas de escárnio e
maldizer.
Desenvolve esta tese (que podes
também contraditar), num comentário com
cerca de cento e cinquenta palavras.
A caneta.
O poema da canção «Carta» aproxima-se de
características das cantigas de amigo:
•realismo nos sentimentos amorosos (saudade)
•proximidade entre os dois namorados (sem
«mesura» — «jardins do teu beijo»)
•certa sensualidade — «te pinto nua» (que vai
contra o amor cortês das cantigas de amor)
•presença de espécie de confidente («montes
vales»)?
O poema da canção «Carta» aproxima-se de
características das cantigas de amor:
•«eu» é homem e dirige-se a um «tu» mulher
•dirige-se à amada (mais do que a confidentes)
•alusões a certa distância (superioridade) por
parte da mulher — «escudo que és»; «pedir
autorização por escrito ao sindicato dos Deuses»
O poema da canção «Carta» aproxima-se
de características das cantigas de escárnio e
maldizer:
•críticas (à mulher) — «gesto mimado»,
«magoas»
•linguagem irónica (cfr., por exemplo,
«planeamento estratégico de sincronização»)
Note-se que
o género é cantiga de escárnio e maldizer
(não se usa, hoje em dia, a distinção
maldizer / escárnio);
há cantigas de escárnio e maldizer que não
tratam do amor.
música
«A Carta»
A «Carta»
canção
letra
poema
«Carta»
O cantor
Os Toranja
O autor
O eu
O sujeito poético
O sujeito lírico
O sujeito
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
T E M A
radical vogal temática
cant a
cantávamos
tema sufixos
tma pessoa
Conjugações
1.ª — verbos em -ar (vogal temática -a)
2.ª — verbos em -er (vogal temática -e)
3.ª — verbos em -ir (vogal temática -i)
• Verbo regular — respeita o modelo da
conjugação a que pertence
• Verbo irregular — o seu tema verbal
sofre modificações ao longo da
conjugação
• verbo defetivo — não possui algumas
formas (conjugação é incompleta)
abolir
falir
• verbo impessoal — só se flexiona na
3.ª pessoa do singular e no infinitivo
chover
nevar
gear
• verbo unipessoal — só se flexiona no
infinitivo e na 3.ª pessoa (singular e
plural)
ladrar
miar
zurrar
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Um verbo é regular quando segue o
modelo da sua conjugação (a primeira,
de tema em a; a segunda, em e; a
terceira, em i). Se o verbo apresentar
modificações no radical (exemplo:
«ouço», apesar de «ouvir») ou na flexão
das pessoas («estou» [cfr. «canto»];
«estás» [cfr. «cantas»]), é irregular.
Verbos defetivos são os que, na sua
flexão, não se apresentam em algumas
pessoas ou tempos (por exemplo, os
verbos «abolir» e «falir» não têm 1.ª
pessoa do singular do Presente do
Indicativo).
Há também verbos impessoais —
exemplo: «chover», «haver»,
«amanhecer» —, que são os que não
têm sujeito.
Há ainda os verbos unipessoais, os
que, dado o seu sentido, só se
costumam usar na 3.ª pessoa
(exemplo: «cacarejar», «grasnar»).
Por fim, pode igualmente aparecer
o termo «verbo abundante», que
designa os verbos que têm mais que
uma forma possível (em geral, duas
formas no particípio passado —
«pago» / «pagado»; «aceite» /
«aceitado» —, ou, mais raramente, em
outros tempos: «ele constrói» / «ele
construi»; «comprazesse» / «com-
prouvesse»; «requere» / «requer»;
«diz» / «dize»).
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Em «Debate sobre malbaratar», a
estranheza de certas formas verbais não
se deve apenas aos seus sons — como
diz o comentador que, a dada altura,
intervém —, antes se pode atribuir ao
facto de se tratar de verbos que, na
língua actual, se fossilizaram em poucas
expressões idiomáticas, em fórmulas
circunscritas a registos e contextos
específicos («alijar responsabilidades»;
«colmatar falhas»; «enveredar por
(maus) caminhos ou por uma carreira»;
«untar as mãos»).
Acabamos por estranhar a flexão
desses verbos, sempre que surjam fora
daquelas frases feitas e, ainda por cima,
em diálogo (em registo literário, seria
diferente). Sem as palavras que os
costumam acompanhar, esses verbos
parecem-nos quase agramaticais.
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Em «Não faleci nada», o caso é
parecido. O verbo «falecer» não é
defetivo (tem as várias pessoas e
tempos), mas, utilizado como verbo
intransitivo e em situação de conversa
banal, a sua flexão na 1.ª e na 2.ª pessoas
do Pretérito Perfeito do Indicativo
(«faleci», «faleceste») torna-se
inverosímil.
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
Há vantagens em conhecer os três
tempos primitivos, uma vez que estes
nos permitem chegar à flexão dos
tempos derivados.
Presente do Conjuntivo
Colmatar / Colmato / Colmat-/ Colmate
Malbaratar / Malbarato / Malbarat- / Malbarate
Intuir / Intuo / Intu- / Intua
Falecer / Faleço / Faleç- / Faleça
Exceções: ser, dar, estar, haver, ir,
querer, saber (cujas primeiras pessoas
do singular do Presente do Conjuntivo
são: «seja», «dê», «esteja», «haja»,
«vá», «queira», «saiba»).
Imperativo
Alijar / Alijas / Alija
Untar / Untas / Unta
Enveredar / Enveredais / Enveredai
Esbanjar / Esbanjais / Esbanjai
Mais-que-Perfeito
Fazer / Fizemos / Fize- / Fizera
Ir / Fomos / Fo- / Fora
Colmatar / Colmatámos / Colmata- / Colmatara
Imperfeito do Conjuntivo
Trazer / Trouxemos / Trouxe- / Trouxesse
Vir / Viemos / Vie- / Viesse
Ver / Vimos / Vi- / Visse
Futuro do Conjuntivo
Poder / Pudemos / Pude- / Puder
Caber / Coubemos / Coube- / Couber
Vislumbrar / Vislumbrámos / Vislumbra- /
Vislumbrar
Futuro [do Indicativo]
Untar / Untar / Untarei
Vislumbrar / Vislumbrar / Vislumbrarei
Condicional (ou Futuro do Pretérito)
Intuir / Intuir / Intuiria
Almejar / Almejar / Almejaria
Imperfeito do Indicativo
Almejar / Almejar / Almej- / Almejava
Falecer / Falecer / Falec- / Falecia
Intuir / Intuir / Intu- / Intuía
Exceções: ser, ter, vir, pôr (cujas
1.ªs pessoas do Imperfeito são: «era»,
«tinha», «vinha», «punha»).
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
A CRONOLOGIA a seguir usa a
estrutura da relativa a Fernão Lopes e ao
seu contexto, na p. 78. As datas
correspondem a exatos seiscentos anos
depois (1381>1981).
O protagonista deixará de ser Fernão
Lopes e será o autor (tu). O contexto será o
desse novo foco.
Em termos de estilo, a abordagem será
semelhante à usada na cronologia do
manual (mas, como já fui fazendo, um pouco
mais elaborada). Mantém-se o uso da 3.ª
pessoa, é claro.
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36
TPC — Sobre ‘Verbo’ vê o que ficará
destacado em Gaveta de Nuvens. Também
deves relancear a ficha 7 do Caderno de
atividades (pp. 13-15; soluções na p. 94),
que reproduzirei para o caso de não terem
o Caderno.
Completa a cronologia iniciada em
aula.
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 75-76
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 75-76Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 75-76
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 75-76
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 1-2
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 1-2Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 1-2
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 1-2
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 27-28
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 27-28Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 27-28
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 27-28
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 101-102
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 101-102Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 101-102
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 101-102
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 37-38
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 37-38Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 37-38
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 37-38
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 27-28
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 27-28Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 27-28
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 27-28
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 45-46
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 45-46Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 45-46
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 45-46
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 3-4
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 3-4Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 3-4
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 3-4
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 15-16
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 15-16Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 15-16
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 15-16
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 1-2
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 1-2Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 1-2
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 1-2
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 39-40
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 39-40Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 39-40
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 39-40
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 15
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 15Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 15
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 15
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 10
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 10Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 10
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 10
luisprista
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 67-68
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 67-68Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 67-68
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 67-68
luisprista
 
Figuras de linguagem exercícios
Figuras de linguagem   exercíciosFiguras de linguagem   exercícios
Figuras de linguagem exercícios
NAPNE
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 105-106
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 105-106Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 105-106
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 105-106
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47
luisprista
 

Mais procurados (20)

Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 75-76
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 75-76Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 75-76
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 75-76
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 1-2
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 1-2Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 1-2
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 1-2
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 27-28
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 27-28Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 27-28
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 27-28
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 101-102
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 101-102Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 101-102
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 101-102
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 37-38
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 37-38Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 37-38
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 37-38
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 27-28
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 27-28Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 27-28
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 27-28
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 45-46
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 45-46Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 45-46
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 45-46
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 33-34
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 3-4
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 3-4Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 3-4
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 3-4
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 15-16
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 15-16Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 15-16
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 15-16
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 1-2
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 1-2Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 1-2
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 1-2
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 39-40
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 39-40Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 39-40
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 39-40
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 15
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 15Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 15
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 15
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 68-69
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 10
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 10Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 10
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 10
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 6-7
 
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 67-68
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 67-68Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 67-68
Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 67-68
 
Figuras de linguagem exercícios
Figuras de linguagem   exercíciosFiguras de linguagem   exercícios
Figuras de linguagem exercícios
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 105-106
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 105-106Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 105-106
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 105-106
 
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 47
 

Semelhante a Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36

Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 12
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 12Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 12
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 12
luisprista
 
ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 19
ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 19ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 19
ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 19
luisprista
 
Resumão de português
Resumão de portuguêsResumão de português
Resumão de português
Camilla Gagliardi dos Santos
 
Lingua portuguesa teoria e testes
Lingua portuguesa teoria e testesLingua portuguesa teoria e testes
Lingua portuguesa teoria e testes
Daniele Costa
 
Estrutura das palavras
Estrutura das palavrasEstrutura das palavras
Estrutura das palavras
Seduc/AM
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
842720473
 
Resumo de preparação para o exame nacional-9º ano.docx
Resumo de preparação para o exame nacional-9º ano.docxResumo de preparação para o exame nacional-9º ano.docx
Resumo de preparação para o exame nacional-9º ano.docx
LeonorStassinopoulos
 
Morfologia
MorfologiaMorfologia
Morfologia
Alex Santos
 
Fonologia
FonologiaFonologia
Verbo: Estrutura, regular e irregular
Verbo: Estrutura, regular e irregularVerbo: Estrutura, regular e irregular
Verbo: Estrutura, regular e irregular
Elen Cristina
 
53980896 1-portugues
53980896 1-portugues53980896 1-portugues
53980896 1-portugues
Bruno Mothcy
 
1 em a_gramatica_da_frase_termos ligados
1 em a_gramatica_da_frase_termos ligados1 em a_gramatica_da_frase_termos ligados
1 em a_gramatica_da_frase_termos ligados
Darlene Silva
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
bellaleite_
 
Relações de palavras e de sentido
Relações de palavras e de sentidoRelações de palavras e de sentido
Relações de palavras e de sentido
ma.no.el.ne.ves
 
[c7s] Estrutura das palavras
[c7s] Estrutura das palavras[c7s] Estrutura das palavras
[c7s] Estrutura das palavras
7 de Setembro
 
Aula Semântica.pdf
Aula Semântica.pdfAula Semântica.pdf
Aula Semântica.pdf
Natália Moura
 
Figuras Linguagem
Figuras LinguagemFiguras Linguagem
Figuras Linguagem
clemildapetrolina
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 55-56
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 55-56Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 55-56
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 55-56
luisprista
 
[Trabalho_de_Portoguês]
[Trabalho_de_Portoguês][Trabalho_de_Portoguês]
[Trabalho_de_Portoguês]
Danny_9
 
aula verbo
aula verboaula verbo

Semelhante a Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36 (20)

Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 12
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 12Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 12
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 12
 
ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 19
ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 19ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 19
ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 19
 
Resumão de português
Resumão de portuguêsResumão de português
Resumão de português
 
Lingua portuguesa teoria e testes
Lingua portuguesa teoria e testesLingua portuguesa teoria e testes
Lingua portuguesa teoria e testes
 
Estrutura das palavras
Estrutura das palavrasEstrutura das palavras
Estrutura das palavras
 
Substantivo
SubstantivoSubstantivo
Substantivo
 
Resumo de preparação para o exame nacional-9º ano.docx
Resumo de preparação para o exame nacional-9º ano.docxResumo de preparação para o exame nacional-9º ano.docx
Resumo de preparação para o exame nacional-9º ano.docx
 
Morfologia
MorfologiaMorfologia
Morfologia
 
Fonologia
FonologiaFonologia
Fonologia
 
Verbo: Estrutura, regular e irregular
Verbo: Estrutura, regular e irregularVerbo: Estrutura, regular e irregular
Verbo: Estrutura, regular e irregular
 
53980896 1-portugues
53980896 1-portugues53980896 1-portugues
53980896 1-portugues
 
1 em a_gramatica_da_frase_termos ligados
1 em a_gramatica_da_frase_termos ligados1 em a_gramatica_da_frase_termos ligados
1 em a_gramatica_da_frase_termos ligados
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Relações de palavras e de sentido
Relações de palavras e de sentidoRelações de palavras e de sentido
Relações de palavras e de sentido
 
[c7s] Estrutura das palavras
[c7s] Estrutura das palavras[c7s] Estrutura das palavras
[c7s] Estrutura das palavras
 
Aula Semântica.pdf
Aula Semântica.pdfAula Semântica.pdf
Aula Semântica.pdf
 
Figuras Linguagem
Figuras LinguagemFiguras Linguagem
Figuras Linguagem
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 55-56
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 55-56Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 55-56
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 55-56
 
[Trabalho_de_Portoguês]
[Trabalho_de_Portoguês][Trabalho_de_Portoguês]
[Trabalho_de_Portoguês]
 
aula verbo
aula verboaula verbo
aula verbo
 

Mais de luisprista

Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40
luisprista
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 29-30
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 29-30Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 29-30
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 29-30
luisprista
 

Mais de luisprista (20)

Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 73-74
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 71-72
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 69-70
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 67-68
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 65-66
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 61-62
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 63-64
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 57-58
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 59-60
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 55-56
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 53-54
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 49-50
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 51-52
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 47-48
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 45-46
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 41-42
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 43-44
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 37-38
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 39-40
 
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 29-30
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 29-30Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 29-30
Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 29-30
 

Último

Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 

Apresentação para décimo ano de 2017 8, aula 35-36

  • 8. Justifica o título «Carta».
  • 9. Apesar de o texto não apresentar a forma de uma carta, em termos temáticos e linguísticos justifica-se essa classificação, uma vez que encontramos emissor («eu») que se dirige a um interlocutor ausente («tu») para lhe dar conta de circunstâncias e sentimentos específicos da sua vida e da sua relação.
  • 10. Embora os Toranja nada tivessem que ver com literatura medieval, neste poema, «Carta», podemos encontrar características aproximáveis das das cantigas de amigo, das das cantigas de amor, das das cantigas de escárnio e maldizer. Desenvolve esta tese (que podes também contraditar), num comentário com cerca de cento e cinquenta palavras. A caneta.
  • 11. O poema da canção «Carta» aproxima-se de características das cantigas de amigo: •realismo nos sentimentos amorosos (saudade) •proximidade entre os dois namorados (sem «mesura» — «jardins do teu beijo») •certa sensualidade — «te pinto nua» (que vai contra o amor cortês das cantigas de amor) •presença de espécie de confidente («montes vales»)?
  • 12. O poema da canção «Carta» aproxima-se de características das cantigas de amor: •«eu» é homem e dirige-se a um «tu» mulher •dirige-se à amada (mais do que a confidentes) •alusões a certa distância (superioridade) por parte da mulher — «escudo que és»; «pedir autorização por escrito ao sindicato dos Deuses»
  • 13. O poema da canção «Carta» aproxima-se de características das cantigas de escárnio e maldizer: •críticas (à mulher) — «gesto mimado», «magoas» •linguagem irónica (cfr., por exemplo, «planeamento estratégico de sincronização»)
  • 14. Note-se que o género é cantiga de escárnio e maldizer (não se usa, hoje em dia, a distinção maldizer / escárnio); há cantigas de escárnio e maldizer que não tratam do amor.
  • 16. O cantor Os Toranja O autor O eu O sujeito poético O sujeito lírico O sujeito
  • 18. T E M A radical vogal temática cant a
  • 20. Conjugações 1.ª — verbos em -ar (vogal temática -a) 2.ª — verbos em -er (vogal temática -e) 3.ª — verbos em -ir (vogal temática -i)
  • 21. • Verbo regular — respeita o modelo da conjugação a que pertence • Verbo irregular — o seu tema verbal sofre modificações ao longo da conjugação
  • 22. • verbo defetivo — não possui algumas formas (conjugação é incompleta) abolir falir
  • 23. • verbo impessoal — só se flexiona na 3.ª pessoa do singular e no infinitivo chover nevar gear
  • 24. • verbo unipessoal — só se flexiona no infinitivo e na 3.ª pessoa (singular e plural) ladrar miar zurrar
  • 26. Um verbo é regular quando segue o modelo da sua conjugação (a primeira, de tema em a; a segunda, em e; a terceira, em i). Se o verbo apresentar modificações no radical (exemplo: «ouço», apesar de «ouvir») ou na flexão das pessoas («estou» [cfr. «canto»]; «estás» [cfr. «cantas»]), é irregular.
  • 27. Verbos defetivos são os que, na sua flexão, não se apresentam em algumas pessoas ou tempos (por exemplo, os verbos «abolir» e «falir» não têm 1.ª pessoa do singular do Presente do Indicativo).
  • 28. Há também verbos impessoais — exemplo: «chover», «haver», «amanhecer» —, que são os que não têm sujeito.
  • 29. Há ainda os verbos unipessoais, os que, dado o seu sentido, só se costumam usar na 3.ª pessoa (exemplo: «cacarejar», «grasnar»).
  • 30. Por fim, pode igualmente aparecer o termo «verbo abundante», que designa os verbos que têm mais que uma forma possível (em geral, duas formas no particípio passado — «pago» / «pagado»; «aceite» / «aceitado» —, ou, mais raramente, em outros tempos: «ele constrói» / «ele construi»; «comprazesse» / «com- prouvesse»; «requere» / «requer»; «diz» / «dize»).
  • 32. Em «Debate sobre malbaratar», a estranheza de certas formas verbais não se deve apenas aos seus sons — como diz o comentador que, a dada altura, intervém —, antes se pode atribuir ao facto de se tratar de verbos que, na língua actual, se fossilizaram em poucas expressões idiomáticas, em fórmulas circunscritas a registos e contextos específicos («alijar responsabilidades»; «colmatar falhas»; «enveredar por (maus) caminhos ou por uma carreira»; «untar as mãos»).
  • 33. Acabamos por estranhar a flexão desses verbos, sempre que surjam fora daquelas frases feitas e, ainda por cima, em diálogo (em registo literário, seria diferente). Sem as palavras que os costumam acompanhar, esses verbos parecem-nos quase agramaticais.
  • 35. Em «Não faleci nada», o caso é parecido. O verbo «falecer» não é defetivo (tem as várias pessoas e tempos), mas, utilizado como verbo intransitivo e em situação de conversa banal, a sua flexão na 1.ª e na 2.ª pessoas do Pretérito Perfeito do Indicativo («faleci», «faleceste») torna-se inverosímil.
  • 37. Há vantagens em conhecer os três tempos primitivos, uma vez que estes nos permitem chegar à flexão dos tempos derivados.
  • 38. Presente do Conjuntivo Colmatar / Colmato / Colmat-/ Colmate Malbaratar / Malbarato / Malbarat- / Malbarate Intuir / Intuo / Intu- / Intua Falecer / Faleço / Faleç- / Faleça
  • 39. Exceções: ser, dar, estar, haver, ir, querer, saber (cujas primeiras pessoas do singular do Presente do Conjuntivo são: «seja», «dê», «esteja», «haja», «vá», «queira», «saiba»).
  • 40. Imperativo Alijar / Alijas / Alija Untar / Untas / Unta Enveredar / Enveredais / Enveredai Esbanjar / Esbanjais / Esbanjai
  • 41. Mais-que-Perfeito Fazer / Fizemos / Fize- / Fizera Ir / Fomos / Fo- / Fora Colmatar / Colmatámos / Colmata- / Colmatara
  • 42. Imperfeito do Conjuntivo Trazer / Trouxemos / Trouxe- / Trouxesse Vir / Viemos / Vie- / Viesse Ver / Vimos / Vi- / Visse
  • 43. Futuro do Conjuntivo Poder / Pudemos / Pude- / Puder Caber / Coubemos / Coube- / Couber Vislumbrar / Vislumbrámos / Vislumbra- / Vislumbrar
  • 44. Futuro [do Indicativo] Untar / Untar / Untarei Vislumbrar / Vislumbrar / Vislumbrarei
  • 45. Condicional (ou Futuro do Pretérito) Intuir / Intuir / Intuiria Almejar / Almejar / Almejaria
  • 46. Imperfeito do Indicativo Almejar / Almejar / Almej- / Almejava Falecer / Falecer / Falec- / Falecia Intuir / Intuir / Intu- / Intuía
  • 47. Exceções: ser, ter, vir, pôr (cujas 1.ªs pessoas do Imperfeito são: «era», «tinha», «vinha», «punha»).
  • 49. A CRONOLOGIA a seguir usa a estrutura da relativa a Fernão Lopes e ao seu contexto, na p. 78. As datas correspondem a exatos seiscentos anos depois (1381>1981). O protagonista deixará de ser Fernão Lopes e será o autor (tu). O contexto será o desse novo foco. Em termos de estilo, a abordagem será semelhante à usada na cronologia do manual (mas, como já fui fazendo, um pouco mais elaborada). Mantém-se o uso da 3.ª pessoa, é claro.
  • 51. TPC — Sobre ‘Verbo’ vê o que ficará destacado em Gaveta de Nuvens. Também deves relancear a ficha 7 do Caderno de atividades (pp. 13-15; soluções na p. 94), que reproduzirei para o caso de não terem o Caderno. Completa a cronologia iniciada em aula.