SlideShare uma empresa Scribd logo
Apresentação fluência revisado
Fluência de Leitura
• Materiais:
• O IAB oferece três coleções complementares que podem ser usadas de
maneira flexível, dependendo do nível de fluência dos alunos:
• Para Ler com Fluência: Jogos, Atividades e Desafios
– Há um livro para cada série, do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental.
– Os livros são descartáveis.
– Há um Manual de Orientação para o professor.
• Para Ler com Fluência: Atividades orais para Sala de Aula
– Este livro é um manual com sugestões concretas de atividades para o
professor fazer com os seus alunos. É particularmente recomendado para ser
usado juntamente com o Livro D da Coleção ABCD.
• Para Ler e Reler
– Este livro pode ser usado partir do 3º ano até o final do Ensino Fundamental.
Cada aluno deve ter um livro, que pode ser reutilizado.
– O Livro para Ler e Reler é acompanhado de um CD com leituras feitas por
profissionais e por alunos do ensino fundamental
Para Alunos:
Um Livro encantador
.São 142 textos de autores
consagrados,
em prosa e poesia.
Para ler com fluência:
jogos, atividades e
desafios(2° ao 5° ano)
Para Professores:
• O Professor encontrará neste manual a
metodologia de trabalho adequada para usar
o livro com maior proveito. Para ler com
fluência: atividades orais para a sala de aula.
Para ler com fluência Manual do professor
Para Professores:
O Professor encontrará neste manual a
metodologia de trabalho adequada para usar
o livro com maior proveito.
Para ler
com
fluência: atividades
orais para a sala de
aula.
Para ler com fluência
Manual do professor
O QUE É FLUÊNCIA?
• Fluência é a ponte que liga a capacidade de ler com a
capacidade de compreender.
• Uma leitura fluente é agradável de ouvir e demonstra que o
aluno entende o que lê. Um aluno fluente lê:
• com desembaraço;
• com entonação adequada;
– com ritmo e cadência;
– sem errar, gaguejar ou silabar.
• Ler com fluência é importante porque:
• Quem lê com fluência lê sem esforço e tende a ler mais.
• Quem lê mais tende a ler cada vez melhor e a aprender mais.
• O aluno que não tem fluência lê mal e, em consequência, tem
dificuldade para compreender o que lê.
Como desenvolver a fluência na sala
de aula?
Fluência de Leitura
• Como desenvolver a fluência na sala de aula?
• A evidência científica disponível sobre o desenvolvimento da fluência
sugere que:
• A base: para ter fluência, o aluno precisa saber decodificar e identificar
automaticamente as palavras.
• Os textos: determinados textos com características semânticas,
morfológicas e sintáticas são mais adequados para desenvolver fluência;
• As técnicas:
– Exercícios para treinar o aluno a identificar rapidamente pistas ortográficas,
morfológicas e sintáticas.
– Reler várias vezes o mesmo texto. Isso é muito mais eficaz do que ler muitos
textos diferentes.
– Modelagem e correção imediata pelo professor.
– Prática espaçada e constante, ou pouco a cada dia.
Fluência de Leitura
Como medir fluência?
• A fluência de leitura é a ponte entre a leitura e a
compreensão. A fluência refere-se à qualidade da leitura e é
avaliada por indicadores de
• Velocidade (palavras por minuto, num texto).
• Precisão (número de erros).
• Prosódia (cadência, entonação, ritmo).
• A fluência é medida a partir da leitura de textos
conectados. O leitor recém-alfabetizado precisa adquirir
fluência para poder ler sem dificuldade e concentrar sua
atenção e memória na compreensão do que lê.
• O quadro abaixo apresenta níveis de fluência
desejáveis e necessários para assegurar o
sucesso do aluno ao longo do Ensino
Fundamental:
ANO PALAVRAS POR MINUTO
2º 80 a 90
3º 90 a 110
4º 110 a 130
5º 130 a 140
A quem se destina:
• A todos os alunos do Ensino Fundamental, a
partir do 2º ano, isto é, depois que já
aprenderam a ler pelo menos 60 a 80 palavras
por minuto.
• A Coleção Fluência de leitura oferece uma variedade
de instrumentos, atividades e textos próprios,
desenvolvidos e escolhidos com base na evidência
científica de melhor resultado para proporcionar
fluência de leitura nas séries iniciais. As atividades são
interessantes, lúdicas, divertidas e curtas - a cada dia o
professor deve dedicar a elas de 8 a 10 minutos. Há
atividades individuais e coletivas, escritas e orais. Há
livros diferentes de acordo com a série escolar e nível
de fluência dos alunos. A Coleção pode ser usada tanto
nas atividades regulares quanto no contraturno.
TIPOS DE ATIVIDADES E SEUS
OBJETIVOS:
1. ANAGRAMA
• Objetivo: Identificar a posição exata dos grafemas nas palavras.
2. FORMAR PALAVRAS
• Objetivo:Gravar padrões visuais como prefixos e sufixos.
3. CRUZADINHA
• Objetivo: Gravar padrões ortográficos.
4. PSEUDOPALAVRAS E NOME DE CIDADES BRASILEIRAS
• Objetivo: Melhorar o desempenho na leitura de palavras desconhecidas.
5. O INTROMETIDO
• Objetivo: Discriminação visual de palavras.
6. CAÇA- PALAVRAS
• Objetivo: Identificação automática de palavras.
ATIVIDADE DE FLUÊNCIA
2º ANO
ATIVIDADE DE FLUÊNCIA
3º ANO
ATIVIDADE DE FLUÊNCIA
4º ANO
ATIVIDADE DE FLUÊNCIA
5º ANO
OFICINA SOBRE LEITURA:
• Consigna: Observe as dificuldades de leitura e
responda como superá-las:
 Dificuldades Típicas  Ações para superá-las
 O aluno não sabe ler, não identifica palavras.
 O aluno identifica palavras mas decodifica, silaba 
ou gagueja.
O aluno identifica palavras automaticamente, mas 
não lê com fluência.
 
O aluno lê sem entonação e sem ritmo.
 
 O aluno lê com erros ortográficos
Outras dificuldades
Como lidar com alunos com
dificuldade
• Dificuldades típicas e como superá-las:
• O aluno não sabe ler, não identifica palavras.
Nesse caso o aluno precisa ser alfabetizado, pois de outra forma terá muito
dificuldade em acompanhar as demais atividades do programa de ensino.
• O aluno identifica palavras mas decodifica ou gagueja.
Listar as palavras do texto. Ajudar o aluno a ler e reler as palavras várias
vezes, até que seja capaz de identificá-las automaticamente no texto.
• O aluno identifica palavras automaticamente, mas não lê com fluência.
Separar as frases do texto. Ajudar o aluno a ler uma frase de cada vez,
repetindo para adquirir maior segurança.
Superando dificuldades de leitura
• :: Quando um aluno estiver lendo com muita dificuldade o professor deverá:
• – Ajudá-lo com dicas, ou mesmo lendo o trecho mais difícil junto com o aluno, mas
• encorajando-o a ler por conta própria. Ou pode pedir a um colega para ler junto com
• ele.
• – Dar ao aluno segurança para ler em público e ir ficando mais desembaraçado. Para
• tanto o professor deve assegurar um clima de respeito e ajuda, e inibir qualquer tentativa
• de criar um clima de vexame.
• :: Após a leitura, o professor deverá:
• – Chamá-lo em outro momento para fazer uma leitura individual, quando o professor
• terá oportunidade de diagnosticar melhor suas dificuldades;
• – Fazer uma lista das palavras do texto, para o aluno ler antes de ler o texto;
• – Separar as frases do texto e pedir para o aluno ler cada frase;
• – Só depois pedir ao aluno para ler o texto em voz alta para a turma.
• :: Se a dificuldade persistir, o professor deve usar os textos anteriores mais simples.
• :: Se o aluno não estiver alfabetizado, caberá ao professor se orientar para alfabetizar o 
aluno.
AVALIAÇÃO
• O professor deve avaliar mensalmente o avanço dos
alunos em fluência de leitura.
• No Programa de Alfabetização são aplicados 4
(quatro) testes ao longo do ano letivo. Eles devem
ser aplicados ao final das lições 5,10,15 e 20.
OBJETIVOS DOS TESTES:
• Diagnosticar o aluno;
• Recuperar imediatamente;
• Prevenir a repetência;
• Acompanhar os progressos do aluno e da turma.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modelos relatorios
Modelos relatoriosModelos relatorios
Modelos relatorios
Edilania Batalha Batalha
 
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém  que precisa de limitesParecer de um bom aluno porém  que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
SimoneHelenDrumond
 
Modelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivoModelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivo
SimoneHelenDrumond
 
Planejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodoPlanejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodo
SimoneHelenDrumond
 
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano   1 trimestreFicha descritiva 1 ano   1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestre
Naysa Taboada
 
Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012
Professora Cida
 
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiroComo fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
Carilusa Branchi
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Araceli Kleemann
 
Plano de ação 2011
Plano de ação 2011Plano de ação 2011
Plano de ação 2011
GERALDOGOMESDEBARROS
 
Projeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreProjeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestre
heliane
 
Projeto semana da pátria
Projeto semana da pátriaProjeto semana da pátria
Projeto semana da pátria
Luana Maria Ferreira Fernandes
 
Sequência didática: O Leão e o Ratinho
Sequência didática: O Leão e o RatinhoSequência didática: O Leão e o Ratinho
Sequência didática: O Leão e o Ratinho
Shirley Lauria
 
Plano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógicaPlano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógica
Blog Amiga da Pedagogia By Nathália
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil
Luiza Carvalho
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
augustafranca7
 
Coletânea de Poemas
Coletânea de PoemasColetânea de Poemas
Coletânea de Poemas
MariGiopato
 
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º anoSEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
Iolanda Sá
 
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Mary Alvarenga
 
Apostila para trabalhar números até 50
Apostila para trabalhar números até 50Apostila para trabalhar números até 50
Apostila para trabalhar números até 50
Isa ...
 
Sequencia didática sistema monetario 3 ano a 2016
Sequencia didática sistema monetario  3 ano a   2016Sequencia didática sistema monetario  3 ano a   2016
Sequencia didática sistema monetario 3 ano a 2016
Prefeitura de Cianorte
 

Mais procurados (20)

Modelos relatorios
Modelos relatoriosModelos relatorios
Modelos relatorios
 
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém  que precisa de limitesParecer de um bom aluno porém  que precisa de limites
Parecer de um bom aluno porém que precisa de limites
 
Modelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivoModelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivo
 
Planejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodoPlanejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodo
 
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano   1 trimestreFicha descritiva 1 ano   1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestre
 
Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012
 
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiroComo fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestre
 
Plano de ação 2011
Plano de ação 2011Plano de ação 2011
Plano de ação 2011
 
Projeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreProjeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestre
 
Projeto semana da pátria
Projeto semana da pátriaProjeto semana da pátria
Projeto semana da pátria
 
Sequência didática: O Leão e o Ratinho
Sequência didática: O Leão e o RatinhoSequência didática: O Leão e o Ratinho
Sequência didática: O Leão e o Ratinho
 
Plano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógicaPlano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógica
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
 
Coletânea de Poemas
Coletânea de PoemasColetânea de Poemas
Coletânea de Poemas
 
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º anoSEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
 
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
 
Apostila para trabalhar números até 50
Apostila para trabalhar números até 50Apostila para trabalhar números até 50
Apostila para trabalhar números até 50
 
Sequencia didática sistema monetario 3 ano a 2016
Sequencia didática sistema monetario  3 ano a   2016Sequencia didática sistema monetario  3 ano a   2016
Sequencia didática sistema monetario 3 ano a 2016
 

Destaque

Ficha de observação para a leitura
Ficha de observação para a leituraFicha de observação para a leitura
Ficha de observação para a leitura
Evilane Alves
 
Texto para avaliar leitura 3º ano
Texto para avaliar leitura 3º anoTexto para avaliar leitura 3º ano
Texto para avaliar leitura 3º ano
Silvânia Silveira
 
Desenvolvendo competencia.leitora
Desenvolvendo competencia.leitoraDesenvolvendo competencia.leitora
Desenvolvendo competencia.leitora
Fatima Costa
 
Simulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º ano
Simulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º anoSimulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º ano
Simulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º ano
pedagogicosjdelrei
 
3 estratégias de leitura
3  estratégias de leitura3  estratégias de leitura
3 estratégias de leitura
cristianalopes
 
Instrumento de avaliação
Instrumento de avaliaçãoInstrumento de avaliação
Instrumento de avaliação
angelafreire
 
Como avaliar os níveis de leitura na alfabetização de crianças
Como avaliar os níveis de leitura na alfabetização de criançasComo avaliar os níveis de leitura na alfabetização de crianças
Como avaliar os níveis de leitura na alfabetização de crianças
Marcia Oliveira
 
LÍNGUA PORTUGUESA COLETÂNEA DE TEXTOS PAIC+ 5º ANO
LÍNGUA PORTUGUESA COLETÂNEA DE TEXTOS PAIC+ 5º ANOLÍNGUA PORTUGUESA COLETÂNEA DE TEXTOS PAIC+ 5º ANO
LÍNGUA PORTUGUESA COLETÂNEA DE TEXTOS PAIC+ 5º ANO
orientadoresdeestudopaic
 
PNAIC - Avaliação
PNAIC - AvaliaçãoPNAIC - Avaliação
PNAIC - Avaliação
ElieneDias
 
Plano Desenvolvimento Individual
Plano Desenvolvimento IndividualPlano Desenvolvimento Individual
Plano Desenvolvimento Individual
Diogo Santos
 
Estrategias de leitura 2
Estrategias de leitura 2Estrategias de leitura 2
Estrategias de leitura 2
alunosjdbritania
 
Ficha de avaliação
Ficha de avaliaçãoFicha de avaliação
Ficha de avaliação
Isa ...
 
Ficha de Análise de Aprendizagem do Aluno
Ficha de Análise de Aprendizagem do AlunoFicha de Análise de Aprendizagem do Aluno
Ficha de Análise de Aprendizagem do Aluno
Alekson Morais
 
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de textoPráticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Fernanda Tulio
 
Texto interpretação 2 ano
Texto interpretação 2 anoTexto interpretação 2 ano
Texto interpretação 2 ano
Teka Pitta
 
Minicurso falando de alfabetizacao e letramento
Minicurso falando de alfabetizacao e letramentoMinicurso falando de alfabetizacao e letramento
Minicurso falando de alfabetizacao e letramento
Eunice Mendes de Oliveira
 
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de CaxiasPnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Fabiana Esteves
 
Planejamento anual 2 ano fund
Planejamento anual 2 ano fundPlanejamento anual 2 ano fund
Planejamento anual 2 ano fund
Atividades Diversas Cláudia
 
Instrumento de avaliação apresentação
Instrumento de avaliação apresentaçãoInstrumento de avaliação apresentação
Instrumento de avaliação apresentação
Telecentros.BR-Polo Ceará !
 
Língua Portuguesa
Língua PortuguesaLíngua Portuguesa
Língua Portuguesa
Daniela Menezes
 

Destaque (20)

Ficha de observação para a leitura
Ficha de observação para a leituraFicha de observação para a leitura
Ficha de observação para a leitura
 
Texto para avaliar leitura 3º ano
Texto para avaliar leitura 3º anoTexto para avaliar leitura 3º ano
Texto para avaliar leitura 3º ano
 
Desenvolvendo competencia.leitora
Desenvolvendo competencia.leitoraDesenvolvendo competencia.leitora
Desenvolvendo competencia.leitora
 
Simulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º ano
Simulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º anoSimulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º ano
Simulado para os alunos com leitura fluente 3º e 4º ano
 
3 estratégias de leitura
3  estratégias de leitura3  estratégias de leitura
3 estratégias de leitura
 
Instrumento de avaliação
Instrumento de avaliaçãoInstrumento de avaliação
Instrumento de avaliação
 
Como avaliar os níveis de leitura na alfabetização de crianças
Como avaliar os níveis de leitura na alfabetização de criançasComo avaliar os níveis de leitura na alfabetização de crianças
Como avaliar os níveis de leitura na alfabetização de crianças
 
LÍNGUA PORTUGUESA COLETÂNEA DE TEXTOS PAIC+ 5º ANO
LÍNGUA PORTUGUESA COLETÂNEA DE TEXTOS PAIC+ 5º ANOLÍNGUA PORTUGUESA COLETÂNEA DE TEXTOS PAIC+ 5º ANO
LÍNGUA PORTUGUESA COLETÂNEA DE TEXTOS PAIC+ 5º ANO
 
PNAIC - Avaliação
PNAIC - AvaliaçãoPNAIC - Avaliação
PNAIC - Avaliação
 
Plano Desenvolvimento Individual
Plano Desenvolvimento IndividualPlano Desenvolvimento Individual
Plano Desenvolvimento Individual
 
Estrategias de leitura 2
Estrategias de leitura 2Estrategias de leitura 2
Estrategias de leitura 2
 
Ficha de avaliação
Ficha de avaliaçãoFicha de avaliação
Ficha de avaliação
 
Ficha de Análise de Aprendizagem do Aluno
Ficha de Análise de Aprendizagem do AlunoFicha de Análise de Aprendizagem do Aluno
Ficha de Análise de Aprendizagem do Aluno
 
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de textoPráticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
 
Texto interpretação 2 ano
Texto interpretação 2 anoTexto interpretação 2 ano
Texto interpretação 2 ano
 
Minicurso falando de alfabetizacao e letramento
Minicurso falando de alfabetizacao e letramentoMinicurso falando de alfabetizacao e letramento
Minicurso falando de alfabetizacao e letramento
 
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de CaxiasPnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
 
Planejamento anual 2 ano fund
Planejamento anual 2 ano fundPlanejamento anual 2 ano fund
Planejamento anual 2 ano fund
 
Instrumento de avaliação apresentação
Instrumento de avaliação apresentaçãoInstrumento de avaliação apresentação
Instrumento de avaliação apresentação
 
Língua Portuguesa
Língua PortuguesaLíngua Portuguesa
Língua Portuguesa
 

Semelhante a Apresentação fluência revisado

Fluencia leitora
Fluencia leitoraFluencia leitora
Fluencia leitora
Elisangela Santos
 
Fluencia leitora
Fluencia leitoraFluencia leitora
Fluencia leitora
Elisangela Santos
 
Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1
Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1
Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1
Diego Viana Melo Lima
 
Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1
Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1
Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1
Diego Viana Melo Lima
 
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagemLidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Merllin Buback
 
sabores da leitura
sabores da leiturasabores da leitura
sabores da leitura
Cesar Eduardo
 
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagemLidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Superar Psicopedagogia
 
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagemLidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Edneia Silva
 
Brochuracompleta 1ciclo
Brochuracompleta 1cicloBrochuracompleta 1ciclo
Brochuracompleta 1ciclo
MariaSouasa
 
Orientações para atividades de leitura 1º ciclo
Orientações para atividades de leitura 1º cicloOrientações para atividades de leitura 1º ciclo
Orientações para atividades de leitura 1º ciclo
Cátia Rosário
 
Pnl brochuracompleta 1ciclo (1) (1)
Pnl brochuracompleta 1ciclo (1) (1)Pnl brochuracompleta 1ciclo (1) (1)
Pnl brochuracompleta 1ciclo (1) (1)
Ministry of Education (Brazil)
 
Hábitos de estudos são joão
Hábitos de estudos  são joãoHábitos de estudos  são joão
Hábitos de estudos são joão
Joize Hirsch
 
Brochura 2ciclo
Brochura 2cicloBrochura 2ciclo
Brochura 2ciclo
MariaSouasa
 
INTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdf
INTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdfINTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdf
INTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdf
Dayvson Gomes
 
Apresentação do PNL para professores
Apresentação do PNL para professoresApresentação do PNL para professores
Apresentação do PNL para professores
Carlos Pinheiro
 
Os distúrbios da leitura para blog
Os distúrbios da leitura para blogOs distúrbios da leitura para blog
Os distúrbios da leitura para blog
Latife Frota
 
Material de apoio
Material de apoioMaterial de apoio
Material de apoio
Rosilene S.r.
 
Tecnicas de estudo_para_pessoas_irrequietas_1.6-libre
Tecnicas de estudo_para_pessoas_irrequietas_1.6-libreTecnicas de estudo_para_pessoas_irrequietas_1.6-libre
Tecnicas de estudo_para_pessoas_irrequietas_1.6-libre
Rute Almeida
 
Metodologia de estudo
Metodologia de estudoMetodologia de estudo
Metodologia de estudo
António Pires
 
Como estudar
Como estudar Como estudar
Como estudar
Bibliotecas Mortágua
 

Semelhante a Apresentação fluência revisado (20)

Fluencia leitora
Fluencia leitoraFluencia leitora
Fluencia leitora
 
Fluencia leitora
Fluencia leitoraFluencia leitora
Fluencia leitora
 
Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1
Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1
Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1
 
Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1
Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1
Treinando educadores para o ensino da palavra de Deus parte 1
 
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagemLidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
 
sabores da leitura
sabores da leiturasabores da leitura
sabores da leitura
 
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagemLidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
 
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagemLidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
Lidando com as_dificuldades_de_aprendizagem
 
Brochuracompleta 1ciclo
Brochuracompleta 1cicloBrochuracompleta 1ciclo
Brochuracompleta 1ciclo
 
Orientações para atividades de leitura 1º ciclo
Orientações para atividades de leitura 1º cicloOrientações para atividades de leitura 1º ciclo
Orientações para atividades de leitura 1º ciclo
 
Pnl brochuracompleta 1ciclo (1) (1)
Pnl brochuracompleta 1ciclo (1) (1)Pnl brochuracompleta 1ciclo (1) (1)
Pnl brochuracompleta 1ciclo (1) (1)
 
Hábitos de estudos são joão
Hábitos de estudos  são joãoHábitos de estudos  são joão
Hábitos de estudos são joão
 
Brochura 2ciclo
Brochura 2cicloBrochura 2ciclo
Brochura 2ciclo
 
INTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdf
INTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdfINTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdf
INTERVENÇÃO DO TDAH NA PRÁTICA.pdf
 
Apresentação do PNL para professores
Apresentação do PNL para professoresApresentação do PNL para professores
Apresentação do PNL para professores
 
Os distúrbios da leitura para blog
Os distúrbios da leitura para blogOs distúrbios da leitura para blog
Os distúrbios da leitura para blog
 
Material de apoio
Material de apoioMaterial de apoio
Material de apoio
 
Tecnicas de estudo_para_pessoas_irrequietas_1.6-libre
Tecnicas de estudo_para_pessoas_irrequietas_1.6-libreTecnicas de estudo_para_pessoas_irrequietas_1.6-libre
Tecnicas de estudo_para_pessoas_irrequietas_1.6-libre
 
Metodologia de estudo
Metodologia de estudoMetodologia de estudo
Metodologia de estudo
 
Como estudar
Como estudar Como estudar
Como estudar
 

Mais de angelafreire

Miolo infraestr
Miolo infraestrMiolo infraestr
Miolo infraestr
angelafreire
 
Miolo infraestr
Miolo infraestrMiolo infraestr
Miolo infraestr
angelafreire
 
Miolo infraestr
Miolo infraestrMiolo infraestr
Miolo infraestr
angelafreire
 
Oferta demanda educacao_ampo
Oferta demanda educacao_ampoOferta demanda educacao_ampo
Oferta demanda educacao_ampo
angelafreire
 
Miolo infraestr
Miolo infraestrMiolo infraestr
Miolo infraestr
angelafreire
 
Integra01 (1)
Integra01 (1)Integra01 (1)
Integra01 (1)
angelafreire
 
Indic qualit educ_infantil
Indic qualit educ_infantilIndic qualit educ_infantil
Indic qualit educ_infantil
angelafreire
 
Eduinfparqualvol2
Eduinfparqualvol2Eduinfparqualvol2
Eduinfparqualvol2
angelafreire
 
Eduinfparqualvol2
Eduinfparqualvol2Eduinfparqualvol2
Eduinfparqualvol2
angelafreire
 
Eduinfparqualvol2
Eduinfparqualvol2Eduinfparqualvol2
Eduinfparqualvol2
angelafreire
 
Eduinfparqualvol1
Eduinfparqualvol1Eduinfparqualvol1
Eduinfparqualvol1
angelafreire
 
Educacao infantil sitematica_avaliacao
Educacao infantil sitematica_avaliacaoEducacao infantil sitematica_avaliacao
Educacao infantil sitematica_avaliacao
angelafreire
 
Educa infantis conceituais_
Educa infantis conceituais_Educa infantis conceituais_
Educa infantis conceituais_
angelafreire
 
Duvidas mais frequentes_relacao_educacao_infantil
Duvidas mais frequentes_relacao_educacao_infantilDuvidas mais frequentes_relacao_educacao_infantil
Duvidas mais frequentes_relacao_educacao_infantil
angelafreire
 
Diretrizescurriculares 2012
Diretrizescurriculares 2012Diretrizescurriculares 2012
Diretrizescurriculares 2012
angelafreire
 
Direitosfundamentais
DireitosfundamentaisDireitosfundamentais
Direitosfundamentais
angelafreire
 
Deixa eu falar_novembro2011
Deixa eu falar_novembro2011Deixa eu falar_novembro2011
Deixa eu falar_novembro2011
angelafreire
 
Modelos pedagogicos
Modelos pedagogicosModelos pedagogicos
Modelos pedagogicos
angelafreire
 
Layout do título 2
Layout do título 2Layout do título 2
Layout do título 2
angelafreire
 
Modelo de plano de aula
Modelo de plano de aulaModelo de plano de aula
Modelo de plano de aula
angelafreire
 

Mais de angelafreire (20)

Miolo infraestr
Miolo infraestrMiolo infraestr
Miolo infraestr
 
Miolo infraestr
Miolo infraestrMiolo infraestr
Miolo infraestr
 
Miolo infraestr
Miolo infraestrMiolo infraestr
Miolo infraestr
 
Oferta demanda educacao_ampo
Oferta demanda educacao_ampoOferta demanda educacao_ampo
Oferta demanda educacao_ampo
 
Miolo infraestr
Miolo infraestrMiolo infraestr
Miolo infraestr
 
Integra01 (1)
Integra01 (1)Integra01 (1)
Integra01 (1)
 
Indic qualit educ_infantil
Indic qualit educ_infantilIndic qualit educ_infantil
Indic qualit educ_infantil
 
Eduinfparqualvol2
Eduinfparqualvol2Eduinfparqualvol2
Eduinfparqualvol2
 
Eduinfparqualvol2
Eduinfparqualvol2Eduinfparqualvol2
Eduinfparqualvol2
 
Eduinfparqualvol2
Eduinfparqualvol2Eduinfparqualvol2
Eduinfparqualvol2
 
Eduinfparqualvol1
Eduinfparqualvol1Eduinfparqualvol1
Eduinfparqualvol1
 
Educacao infantil sitematica_avaliacao
Educacao infantil sitematica_avaliacaoEducacao infantil sitematica_avaliacao
Educacao infantil sitematica_avaliacao
 
Educa infantis conceituais_
Educa infantis conceituais_Educa infantis conceituais_
Educa infantis conceituais_
 
Duvidas mais frequentes_relacao_educacao_infantil
Duvidas mais frequentes_relacao_educacao_infantilDuvidas mais frequentes_relacao_educacao_infantil
Duvidas mais frequentes_relacao_educacao_infantil
 
Diretrizescurriculares 2012
Diretrizescurriculares 2012Diretrizescurriculares 2012
Diretrizescurriculares 2012
 
Direitosfundamentais
DireitosfundamentaisDireitosfundamentais
Direitosfundamentais
 
Deixa eu falar_novembro2011
Deixa eu falar_novembro2011Deixa eu falar_novembro2011
Deixa eu falar_novembro2011
 
Modelos pedagogicos
Modelos pedagogicosModelos pedagogicos
Modelos pedagogicos
 
Layout do título 2
Layout do título 2Layout do título 2
Layout do título 2
 
Modelo de plano de aula
Modelo de plano de aulaModelo de plano de aula
Modelo de plano de aula
 

Apresentação fluência revisado

  • 2. Fluência de Leitura • Materiais: • O IAB oferece três coleções complementares que podem ser usadas de maneira flexível, dependendo do nível de fluência dos alunos: • Para Ler com Fluência: Jogos, Atividades e Desafios – Há um livro para cada série, do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental. – Os livros são descartáveis. – Há um Manual de Orientação para o professor. • Para Ler com Fluência: Atividades orais para Sala de Aula – Este livro é um manual com sugestões concretas de atividades para o professor fazer com os seus alunos. É particularmente recomendado para ser usado juntamente com o Livro D da Coleção ABCD. • Para Ler e Reler – Este livro pode ser usado partir do 3º ano até o final do Ensino Fundamental. Cada aluno deve ter um livro, que pode ser reutilizado. – O Livro para Ler e Reler é acompanhado de um CD com leituras feitas por profissionais e por alunos do ensino fundamental
  • 3. Para Alunos: Um Livro encantador .São 142 textos de autores consagrados, em prosa e poesia. Para ler com fluência: jogos, atividades e desafios(2° ao 5° ano)
  • 4. Para Professores: • O Professor encontrará neste manual a metodologia de trabalho adequada para usar o livro com maior proveito. Para ler com fluência: atividades orais para a sala de aula. Para ler com fluência Manual do professor
  • 5. Para Professores: O Professor encontrará neste manual a metodologia de trabalho adequada para usar o livro com maior proveito. Para ler com fluência: atividades orais para a sala de aula. Para ler com fluência Manual do professor
  • 6. O QUE É FLUÊNCIA? • Fluência é a ponte que liga a capacidade de ler com a capacidade de compreender. • Uma leitura fluente é agradável de ouvir e demonstra que o aluno entende o que lê. Um aluno fluente lê: • com desembaraço; • com entonação adequada; – com ritmo e cadência; – sem errar, gaguejar ou silabar. • Ler com fluência é importante porque: • Quem lê com fluência lê sem esforço e tende a ler mais. • Quem lê mais tende a ler cada vez melhor e a aprender mais. • O aluno que não tem fluência lê mal e, em consequência, tem dificuldade para compreender o que lê.
  • 7. Como desenvolver a fluência na sala de aula? Fluência de Leitura • Como desenvolver a fluência na sala de aula? • A evidência científica disponível sobre o desenvolvimento da fluência sugere que: • A base: para ter fluência, o aluno precisa saber decodificar e identificar automaticamente as palavras. • Os textos: determinados textos com características semânticas, morfológicas e sintáticas são mais adequados para desenvolver fluência; • As técnicas: – Exercícios para treinar o aluno a identificar rapidamente pistas ortográficas, morfológicas e sintáticas. – Reler várias vezes o mesmo texto. Isso é muito mais eficaz do que ler muitos textos diferentes. – Modelagem e correção imediata pelo professor. – Prática espaçada e constante, ou pouco a cada dia.
  • 8. Fluência de Leitura Como medir fluência? • A fluência de leitura é a ponte entre a leitura e a compreensão. A fluência refere-se à qualidade da leitura e é avaliada por indicadores de • Velocidade (palavras por minuto, num texto). • Precisão (número de erros). • Prosódia (cadência, entonação, ritmo). • A fluência é medida a partir da leitura de textos conectados. O leitor recém-alfabetizado precisa adquirir fluência para poder ler sem dificuldade e concentrar sua atenção e memória na compreensão do que lê.
  • 9. • O quadro abaixo apresenta níveis de fluência desejáveis e necessários para assegurar o sucesso do aluno ao longo do Ensino Fundamental: ANO PALAVRAS POR MINUTO 2º 80 a 90 3º 90 a 110 4º 110 a 130 5º 130 a 140
  • 10. A quem se destina: • A todos os alunos do Ensino Fundamental, a partir do 2º ano, isto é, depois que já aprenderam a ler pelo menos 60 a 80 palavras por minuto.
  • 11. • A Coleção Fluência de leitura oferece uma variedade de instrumentos, atividades e textos próprios, desenvolvidos e escolhidos com base na evidência científica de melhor resultado para proporcionar fluência de leitura nas séries iniciais. As atividades são interessantes, lúdicas, divertidas e curtas - a cada dia o professor deve dedicar a elas de 8 a 10 minutos. Há atividades individuais e coletivas, escritas e orais. Há livros diferentes de acordo com a série escolar e nível de fluência dos alunos. A Coleção pode ser usada tanto nas atividades regulares quanto no contraturno.
  • 12. TIPOS DE ATIVIDADES E SEUS OBJETIVOS: 1. ANAGRAMA • Objetivo: Identificar a posição exata dos grafemas nas palavras. 2. FORMAR PALAVRAS • Objetivo:Gravar padrões visuais como prefixos e sufixos. 3. CRUZADINHA • Objetivo: Gravar padrões ortográficos. 4. PSEUDOPALAVRAS E NOME DE CIDADES BRASILEIRAS • Objetivo: Melhorar o desempenho na leitura de palavras desconhecidas. 5. O INTROMETIDO • Objetivo: Discriminação visual de palavras. 6. CAÇA- PALAVRAS • Objetivo: Identificação automática de palavras.
  • 17. OFICINA SOBRE LEITURA: • Consigna: Observe as dificuldades de leitura e responda como superá-las:  Dificuldades Típicas  Ações para superá-las  O aluno não sabe ler, não identifica palavras.  O aluno identifica palavras mas decodifica, silaba  ou gagueja. O aluno identifica palavras automaticamente, mas  não lê com fluência.   O aluno lê sem entonação e sem ritmo.    O aluno lê com erros ortográficos Outras dificuldades
  • 18. Como lidar com alunos com dificuldade • Dificuldades típicas e como superá-las: • O aluno não sabe ler, não identifica palavras. Nesse caso o aluno precisa ser alfabetizado, pois de outra forma terá muito dificuldade em acompanhar as demais atividades do programa de ensino. • O aluno identifica palavras mas decodifica ou gagueja. Listar as palavras do texto. Ajudar o aluno a ler e reler as palavras várias vezes, até que seja capaz de identificá-las automaticamente no texto. • O aluno identifica palavras automaticamente, mas não lê com fluência. Separar as frases do texto. Ajudar o aluno a ler uma frase de cada vez, repetindo para adquirir maior segurança.
  • 19. Superando dificuldades de leitura • :: Quando um aluno estiver lendo com muita dificuldade o professor deverá: • – Ajudá-lo com dicas, ou mesmo lendo o trecho mais difícil junto com o aluno, mas • encorajando-o a ler por conta própria. Ou pode pedir a um colega para ler junto com • ele. • – Dar ao aluno segurança para ler em público e ir ficando mais desembaraçado. Para • tanto o professor deve assegurar um clima de respeito e ajuda, e inibir qualquer tentativa • de criar um clima de vexame. • :: Após a leitura, o professor deverá: • – Chamá-lo em outro momento para fazer uma leitura individual, quando o professor • terá oportunidade de diagnosticar melhor suas dificuldades; • – Fazer uma lista das palavras do texto, para o aluno ler antes de ler o texto; • – Separar as frases do texto e pedir para o aluno ler cada frase; • – Só depois pedir ao aluno para ler o texto em voz alta para a turma. • :: Se a dificuldade persistir, o professor deve usar os textos anteriores mais simples. • :: Se o aluno não estiver alfabetizado, caberá ao professor se orientar para alfabetizar o  aluno.
  • 20. AVALIAÇÃO • O professor deve avaliar mensalmente o avanço dos alunos em fluência de leitura. • No Programa de Alfabetização são aplicados 4 (quatro) testes ao longo do ano letivo. Eles devem ser aplicados ao final das lições 5,10,15 e 20. OBJETIVOS DOS TESTES: • Diagnosticar o aluno; • Recuperar imediatamente; • Prevenir a repetência; • Acompanhar os progressos do aluno e da turma.