SlideShare uma empresa Scribd logo
Telessaúde Redes do
Município de São Paulo
Comitê Municipal de Telessaúde
Profa. Dra. Ana Estela Haddad
Telessaúde Redes do
Município de São Paulo
OBJETIVO:
Art. 1º Fica instituído o Programa Telessaúde São Paulo Redes, no âmbito
municipal, sob a coordenação da Secretaria Municipal da Saúde.
Parágrafo único. O Programa Telessaúde São Paulo Redes tem por objetivo
apoiar a consolidação das Redes de Atenção à Saúde ordenadas pela
Atenção Básica no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) no município
de São Paulo.
WHO - Resolution WHA58.28 eHealth
 Em 2005 a Organização Mundial da Saúde aprovou
uma resolução recomendando aos seu 192 estados-
membro que investissem em ações para fortalecer seus
sistemas de saúde utilizando as tecnologias de
informação e comunicação. Resolution WHA58.28
eHealth
 A partir de 2006 o Ministério da Saúde do Brasil,
identificando experiências locais e regionais bem
sucedidas, articulou um grupo de pesquisadores,
docentes e gestores da área da saúde, formulou e
implementou o Programa Telessaúde Brasil.
Três períodos evolutivos, acompanhados
por diferente normatização:
• Portaria MS n .35/2007: estabelece o Projeto Piloto, com
critérios de implementação do programa preferencialmente
em áreas remotas, selecionadas nas 5 regiões do país.
• Portaria MS n. 402/2010: Institui o Programa Nacional de
Telessaúde e sua estrutura nos estados.
• Portaria MS n. 2546/2011: conceito de teleconsultoria e da
Segunda Opinião Formativa, incorporação da telessaúde na
lista de serviços do SUS e expansão do Telessaúde para os
demais níveis de atenção, na perspectiva de fortalecimento
da rede – Programa Telessaúde Brasil Redes.
Teleassistência + Teleducação – suporte aos
profissionais e trabalhadores do SUS
Pergunta
Resposta
Núcleo
Técnico-
Científico
de
Telessaúde
Pontos de
Telessaúde
Serviços de Saúde
Rede Social para compartilhamento de
conhecimento e experiências com impacto positivo
na atenção à saúde da comunidade
Universidades
Centros de Referência
Serviços de Saúde
Teleconsultorias
Teleconsultorias
 Resolver de forma direta a curto
prazo, a demanda do solicitante
 De forma indireta, a médio e longo
prazo, função formativa das
informações complementares
Padrões das Teleconsultorias
• Síncrona – discussão de caso clínico,
multiprofisisonal
• Assíncrona – resposta por texto, prazo de 72 hs,
para situações mais genéricas, indicação de
materiais e conteúdos complementares.
A resposta à teleconsultoria é formatada para ser lida em até 15
min. no contexto da demanda de atendimento (1pg em média) e
a síncrona dura até 30 min.
Boas solicitações geram boas
respostas
8
Estudo Analítico das Teleconsultorias
Castro Filho, 2011 - UFRGS
 Na grande maioria dos casos a dúvida foi esclarecida
 É alto o nível de satisfação dos profissionais que usam o
serviço
 O transporte ou referência do paciente para atendimento
em outro serviço foi evitado em cada 2 teleconsultorias
oferecidas
 O desafio é como ampliar o uso da ferramenta
 Estudos com grupo controle poderão produzir melhores
evidências
Governança no Telessaúde Redes
do Município de São Paulo
Coordenação Municipal do Telessaúde Redes SP
Secretaria Municipal de Saúde
Comitê Municipal do
Telessaúde Redes SP
NTCT
Ponto
Ponto
Ponto
Ponto
Ponto
Ponto
NTCT
NTCT
NTCTPonto
Ponto
Núcleo de Telessaúde do Amazonas
Universidade Estadual do Amazonas
Apresentação do Comitê Municipal Telessaúde Redes São Paulo
Apresentação do Comitê Municipal Telessaúde Redes São Paulo
http://www.telessaudebrasil.org.br/
Telessaúde Redes do
Município de São Paulo
 I Seminário de Telessaúde do município de São Paulo
(nov/2013)
 6º Congresso Brasileiro de Telemedicina e Telessaúde
(nov/2013)
 Seminário Hospitalar Digital Health (maio/2014)Comitê
 Publicação da Portaria que cria o Programa Telessaude Redes
do município de São Paulo e instalação do Comitê Municipal
de Telessaúde (set /2014)
I Seminário de Telessaúde do município de São Paulo
Relatos de Experiências - Telessaúde em São Paulo
• Hospital Albert Einstein
Dr. Milton Steinman
• FIDI
Dr. Armin Spirgatis
• SMS - SP
Dr. Amaury Zattore
• INCOR
Dr. Múcio Tavares
• HCOR
Dr. Hélio Penna Guimarães
• Técnico de Telessaúde de Tocantis
Prof. Itamar Magalhães Gonçalves
• Núcleo Estadual de Telessaúde São
Paulo: 2007 – 2013
Prof. Dr. Chao Lung Wen
•Santa Marcelina
Dr. Paulo Fontão
•UNIFESP
Dra. Claudia Barsottini
I Seminário de Telessaúde do município de São Paulo
Relatos de Experiências - Telessaúde em São Paulo
Telessaúde na Secretaria Municipal da Saúde
Rede São Paulo Saudável
Laura Santucci
Alo Mãe
Dr. Celso Terra
Dr. Mario Gomes
A implantação do Telessaúde Redes do município de São Paulo
Dr. Paulo de Tarso Puccini
Apresentação do Comitê Municipal Telessaúde Redes São Paulo
I Curso de Atualização em Teleodontologia:
Capacitação Docente e suporte aos cursos de Odontologia
para a criação de Redes de Aprendizagem e Trabalhos
Colaborativos em Saúde
 36 IES em todo o Brasil
 3 Secretarias de Saúde (MS, MT, SP)
 Colombia – Universidad del Bosque)
 México - Facultad de Odontología de la Universidad Autónoma de
Nuevo León
 OLFEDO UDUAL – Organización de Facultades y Escuelas de
Odontología de America Latina y el Caribe.
Telessaúde
São Paulo Redes

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão Clínica
Gestão ClínicaGestão Clínica
Gestão Clínica
HealthMinds Academy
 
7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB
7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB
7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
Apresentação natal 20_03_2014
Apresentação natal 20_03_2014Apresentação natal 20_03_2014
Atenção Especializada no Paraná
Atenção Especializada no ParanáAtenção Especializada no Paraná
Atenção Especializada no Paraná
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
Implantação de Protocolos de Enfermagem para ampliação do acesso na Atenção...
Implantação de Protocolos de  Enfermagem para ampliação do  acesso na Atenção...Implantação de Protocolos de  Enfermagem para ampliação do  acesso na Atenção...
Implantação de Protocolos de Enfermagem para ampliação do acesso na Atenção...
Portal da Inovação em Saúde
 
APOIO MATRICIAL DE ENFERMAGEM NO CUIDADO À PESSOA COM FERIDA: Inovando e For...
APOIO MATRICIAL DE ENFERMAGEM NO  CUIDADO À PESSOA COM FERIDA: Inovando e For...APOIO MATRICIAL DE ENFERMAGEM NO  CUIDADO À PESSOA COM FERIDA: Inovando e For...
APOIO MATRICIAL DE ENFERMAGEM NO CUIDADO À PESSOA COM FERIDA: Inovando e For...
Portal da Inovação em Saúde
 
Ações prioritárias para a saúde brasileira - Ministro Ricardo Barros
Ações prioritárias para a saúde brasileira - Ministro Ricardo BarrosAções prioritárias para a saúde brasileira - Ministro Ricardo Barros
Ações prioritárias para a saúde brasileira - Ministro Ricardo Barros
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
Plano de governo muda sombrio
Plano de governo muda sombrioPlano de governo muda sombrio
Plano de governo muda sombrio
Brenner Cardoso
 
O papel dos Protocolos de Enfermagem no município de Jaraguá do Sul (SC) co...
O papel dos Protocolos de  Enfermagem no município de  Jaraguá do Sul (SC) co...O papel dos Protocolos de  Enfermagem no município de  Jaraguá do Sul (SC) co...
O papel dos Protocolos de Enfermagem no município de Jaraguá do Sul (SC) co...
Portal da Inovação em Saúde
 
8ª Assembleia do CONASS – Plano Diretor dos Hospitais - Programa de Apoio ao ...
8ª Assembleia do CONASS – Plano Diretor dos Hospitais - Programa de Apoio ao ...8ª Assembleia do CONASS – Plano Diretor dos Hospitais - Programa de Apoio ao ...
8ª Assembleia do CONASS – Plano Diretor dos Hospitais - Programa de Apoio ao ...
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
MFC na Graduação e pos graduação
MFC na Graduação e pos graduaçãoMFC na Graduação e pos graduação
MFC na Graduação e pos graduação
Leonardo Savassi
 
Informática em saúde na uniplac
Informática em saúde na uniplacInformática em saúde na uniplac
Informática em saúde na uniplac
eduardo guagliardi
 
Experiência de organização da Atenção Ambulatorial Especializada em Santo Ant...
Experiência de organização da Atenção Ambulatorial Especializada em Santo Ant...Experiência de organização da Atenção Ambulatorial Especializada em Santo Ant...
Experiência de organização da Atenção Ambulatorial Especializada em Santo Ant...
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
CONASS Debate – Uma Agenda de Eiciência para o SUS – Proposta de Planificação...
CONASS Debate – Uma Agenda de Eiciência para o SUS – Proposta de Planificação...CONASS Debate – Uma Agenda de Eiciência para o SUS – Proposta de Planificação...
CONASS Debate – Uma Agenda de Eiciência para o SUS – Proposta de Planificação...
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
Telemedicina
TelemedicinaTelemedicina
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúdePlanificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
Atenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DAB
Atenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DABAtenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DAB
Atenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DAB
comunidadedepraticas
 
CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...
CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...
CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...
Portal da Inovação em Saúde
 
8ª Assembleia do CONASS – ESTRATÉGIA DE e-SAÚDE PARA O BRASIL E CONJUNTO MÍN...
8ª Assembleia do CONASS –  ESTRATÉGIA DE e-SAÚDE PARA O BRASIL E CONJUNTO MÍN...8ª Assembleia do CONASS –  ESTRATÉGIA DE e-SAÚDE PARA O BRASIL E CONJUNTO MÍN...
8ª Assembleia do CONASS – ESTRATÉGIA DE e-SAÚDE PARA O BRASIL E CONJUNTO MÍN...
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 

Mais procurados (20)

Gestão Clínica
Gestão ClínicaGestão Clínica
Gestão Clínica
 
7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB
7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB
7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB
 
Apresentação natal 20_03_2014
Apresentação natal 20_03_2014Apresentação natal 20_03_2014
Apresentação natal 20_03_2014
 
Atenção Especializada no Paraná
Atenção Especializada no ParanáAtenção Especializada no Paraná
Atenção Especializada no Paraná
 
Implantação de Protocolos de Enfermagem para ampliação do acesso na Atenção...
Implantação de Protocolos de  Enfermagem para ampliação do  acesso na Atenção...Implantação de Protocolos de  Enfermagem para ampliação do  acesso na Atenção...
Implantação de Protocolos de Enfermagem para ampliação do acesso na Atenção...
 
APOIO MATRICIAL DE ENFERMAGEM NO CUIDADO À PESSOA COM FERIDA: Inovando e For...
APOIO MATRICIAL DE ENFERMAGEM NO  CUIDADO À PESSOA COM FERIDA: Inovando e For...APOIO MATRICIAL DE ENFERMAGEM NO  CUIDADO À PESSOA COM FERIDA: Inovando e For...
APOIO MATRICIAL DE ENFERMAGEM NO CUIDADO À PESSOA COM FERIDA: Inovando e For...
 
Ações prioritárias para a saúde brasileira - Ministro Ricardo Barros
Ações prioritárias para a saúde brasileira - Ministro Ricardo BarrosAções prioritárias para a saúde brasileira - Ministro Ricardo Barros
Ações prioritárias para a saúde brasileira - Ministro Ricardo Barros
 
Plano de governo muda sombrio
Plano de governo muda sombrioPlano de governo muda sombrio
Plano de governo muda sombrio
 
O papel dos Protocolos de Enfermagem no município de Jaraguá do Sul (SC) co...
O papel dos Protocolos de  Enfermagem no município de  Jaraguá do Sul (SC) co...O papel dos Protocolos de  Enfermagem no município de  Jaraguá do Sul (SC) co...
O papel dos Protocolos de Enfermagem no município de Jaraguá do Sul (SC) co...
 
8ª Assembleia do CONASS – Plano Diretor dos Hospitais - Programa de Apoio ao ...
8ª Assembleia do CONASS – Plano Diretor dos Hospitais - Programa de Apoio ao ...8ª Assembleia do CONASS – Plano Diretor dos Hospitais - Programa de Apoio ao ...
8ª Assembleia do CONASS – Plano Diretor dos Hospitais - Programa de Apoio ao ...
 
MFC na Graduação e pos graduação
MFC na Graduação e pos graduaçãoMFC na Graduação e pos graduação
MFC na Graduação e pos graduação
 
Informática em saúde na uniplac
Informática em saúde na uniplacInformática em saúde na uniplac
Informática em saúde na uniplac
 
Experiência de organização da Atenção Ambulatorial Especializada em Santo Ant...
Experiência de organização da Atenção Ambulatorial Especializada em Santo Ant...Experiência de organização da Atenção Ambulatorial Especializada em Santo Ant...
Experiência de organização da Atenção Ambulatorial Especializada em Santo Ant...
 
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
 
CONASS Debate – Uma Agenda de Eiciência para o SUS – Proposta de Planificação...
CONASS Debate – Uma Agenda de Eiciência para o SUS – Proposta de Planificação...CONASS Debate – Uma Agenda de Eiciência para o SUS – Proposta de Planificação...
CONASS Debate – Uma Agenda de Eiciência para o SUS – Proposta de Planificação...
 
Telemedicina
TelemedicinaTelemedicina
Telemedicina
 
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúdePlanificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
 
Atenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DAB
Atenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DABAtenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DAB
Atenção Básica em rede, acessível, resolutiva e cuidadora - DAB
 
CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...
CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...
CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...
 
8ª Assembleia do CONASS – ESTRATÉGIA DE e-SAÚDE PARA O BRASIL E CONJUNTO MÍN...
8ª Assembleia do CONASS –  ESTRATÉGIA DE e-SAÚDE PARA O BRASIL E CONJUNTO MÍN...8ª Assembleia do CONASS –  ESTRATÉGIA DE e-SAÚDE PARA O BRASIL E CONJUNTO MÍN...
8ª Assembleia do CONASS – ESTRATÉGIA DE e-SAÚDE PARA O BRASIL E CONJUNTO MÍN...
 

Semelhante a Apresentação do Comitê Municipal Telessaúde Redes São Paulo

Anvisa
AnvisaAnvisa
Tarefa 12
Tarefa 12Tarefa 12
Tarefa 12
Cesar Benfatti
 
Auditoria, Controle e Programação dos Serviços de Saúde
Auditoria, Controle e Programação dos Serviços de SaúdeAuditoria, Controle e Programação dos Serviços de Saúde
Auditoria, Controle e Programação dos Serviços de Saúde
Helenice Alexandrino
 
Pns2012 2015 07jun
Pns2012 2015 07junPns2012 2015 07jun
Pns2012 2015 07jun
tccardoso
 
Iniciativas de Educação à Distância da Escola Municipal d…
Iniciativas de Educação à Distância da Escola Municipal d…Iniciativas de Educação à Distância da Escola Municipal d…
Iniciativas de Educação à Distância da Escola Municipal d…
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Qualidade na gestão local de serviços e ações de saude
Qualidade na gestão local de serviços e ações de saudeQualidade na gestão local de serviços e ações de saude
Qualidade na gestão local de serviços e ações de saude
Jose Vilton
 
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalaresGerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
Elias Figueiredo
 
Saude cidadania volume11
Saude cidadania volume11Saude cidadania volume11
Saude cidadania volume11
Claudio da Costa
 
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
RAFAEL DE OLIVEIRA AMANCIO
 
Apostila planejamento em saude
Apostila planejamento em saudeApostila planejamento em saude
Apostila planejamento em saude
DudaMendesS
 
Rede Universitária de Telemedicina - RUTE
Rede Universitária de Telemedicina - RUTERede Universitária de Telemedicina - RUTE
Rede Universitária de Telemedicina - RUTE
Paulo Lopes
 
Plano de Governo Délbio Teruel
Plano de Governo Délbio TeruelPlano de Governo Délbio Teruel
Plano de Governo Délbio Teruel
Sueli Actum
 
projeto clinica.ppt
projeto clinica.pptprojeto clinica.ppt
projeto clinica.ppt
FellipeMedeiros8
 
SAUDE DIREITO DE TODOS.pdf
SAUDE DIREITO DE TODOS.pdfSAUDE DIREITO DE TODOS.pdf
SAUDE DIREITO DE TODOS.pdf
NorivalRaulinoSilva
 
Sistema ZELOUS de Gestão On-Line de Diabetes Tipo 1
Sistema ZELOUS de Gestão On-Line de Diabetes Tipo 1Sistema ZELOUS de Gestão On-Line de Diabetes Tipo 1
Sistema ZELOUS de Gestão On-Line de Diabetes Tipo 1
Renato Sabbatini
 
27154604-oficina-ampliacao-do-acesso-na-aps-e-programa-saude-na-hora.ppt
27154604-oficina-ampliacao-do-acesso-na-aps-e-programa-saude-na-hora.ppt27154604-oficina-ampliacao-do-acesso-na-aps-e-programa-saude-na-hora.ppt
27154604-oficina-ampliacao-do-acesso-na-aps-e-programa-saude-na-hora.ppt
EloisaMariaAlvesLope
 
PPP 005 3414.pdf
PPP 005   3414.pdfPPP 005   3414.pdf
PPP 005 3414.pdf
EmersonLeite20
 
8274 agosto
8274 agosto8274 agosto
8274 agosto
Vagner Machado
 
Balanço da Emergência de Saúde Pública: avanços e desafios atuais para a vigi...
Balanço da Emergência de Saúde Pública: avanços e desafios atuais para a vigi...Balanço da Emergência de Saúde Pública: avanços e desafios atuais para a vigi...
Balanço da Emergência de Saúde Pública: avanços e desafios atuais para a vigi...
Portal da Inovação em Saúde
 
e-SUS: um novo momento na organização da atenção básica - e-SUS: a new moment...
e-SUS: um novo momento na organização da atenção básica - e-SUS: a new moment...e-SUS: um novo momento na organização da atenção básica - e-SUS: a new moment...
e-SUS: um novo momento na organização da atenção básica - e-SUS: a new moment...
Jamessonjr Leite Junior
 

Semelhante a Apresentação do Comitê Municipal Telessaúde Redes São Paulo (20)

Anvisa
AnvisaAnvisa
Anvisa
 
Tarefa 12
Tarefa 12Tarefa 12
Tarefa 12
 
Auditoria, Controle e Programação dos Serviços de Saúde
Auditoria, Controle e Programação dos Serviços de SaúdeAuditoria, Controle e Programação dos Serviços de Saúde
Auditoria, Controle e Programação dos Serviços de Saúde
 
Pns2012 2015 07jun
Pns2012 2015 07junPns2012 2015 07jun
Pns2012 2015 07jun
 
Iniciativas de Educação à Distância da Escola Municipal d…
Iniciativas de Educação à Distância da Escola Municipal d…Iniciativas de Educação à Distância da Escola Municipal d…
Iniciativas de Educação à Distância da Escola Municipal d…
 
Qualidade na gestão local de serviços e ações de saude
Qualidade na gestão local de serviços e ações de saudeQualidade na gestão local de serviços e ações de saude
Qualidade na gestão local de serviços e ações de saude
 
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalaresGerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
 
Saude cidadania volume11
Saude cidadania volume11Saude cidadania volume11
Saude cidadania volume11
 
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
 
Apostila planejamento em saude
Apostila planejamento em saudeApostila planejamento em saude
Apostila planejamento em saude
 
Rede Universitária de Telemedicina - RUTE
Rede Universitária de Telemedicina - RUTERede Universitária de Telemedicina - RUTE
Rede Universitária de Telemedicina - RUTE
 
Plano de Governo Délbio Teruel
Plano de Governo Délbio TeruelPlano de Governo Délbio Teruel
Plano de Governo Délbio Teruel
 
projeto clinica.ppt
projeto clinica.pptprojeto clinica.ppt
projeto clinica.ppt
 
SAUDE DIREITO DE TODOS.pdf
SAUDE DIREITO DE TODOS.pdfSAUDE DIREITO DE TODOS.pdf
SAUDE DIREITO DE TODOS.pdf
 
Sistema ZELOUS de Gestão On-Line de Diabetes Tipo 1
Sistema ZELOUS de Gestão On-Line de Diabetes Tipo 1Sistema ZELOUS de Gestão On-Line de Diabetes Tipo 1
Sistema ZELOUS de Gestão On-Line de Diabetes Tipo 1
 
27154604-oficina-ampliacao-do-acesso-na-aps-e-programa-saude-na-hora.ppt
27154604-oficina-ampliacao-do-acesso-na-aps-e-programa-saude-na-hora.ppt27154604-oficina-ampliacao-do-acesso-na-aps-e-programa-saude-na-hora.ppt
27154604-oficina-ampliacao-do-acesso-na-aps-e-programa-saude-na-hora.ppt
 
PPP 005 3414.pdf
PPP 005   3414.pdfPPP 005   3414.pdf
PPP 005 3414.pdf
 
8274 agosto
8274 agosto8274 agosto
8274 agosto
 
Balanço da Emergência de Saúde Pública: avanços e desafios atuais para a vigi...
Balanço da Emergência de Saúde Pública: avanços e desafios atuais para a vigi...Balanço da Emergência de Saúde Pública: avanços e desafios atuais para a vigi...
Balanço da Emergência de Saúde Pública: avanços e desafios atuais para a vigi...
 
e-SUS: um novo momento na organização da atenção básica - e-SUS: a new moment...
e-SUS: um novo momento na organização da atenção básica - e-SUS: a new moment...e-SUS: um novo momento na organização da atenção básica - e-SUS: a new moment...
e-SUS: um novo momento na organização da atenção básica - e-SUS: a new moment...
 

Mais de Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS

Procedimentos em atenção primária a saúde
Procedimentos em atenção primária a saúdeProcedimentos em atenção primária a saúde
Procedimentos em atenção primária a saúde
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC
Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC
Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis CongênitaOficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Saúde da Mulher na APS
Saúde da Mulher na APSSaúde da Mulher na APS
Nomes Populares de Doenças e Sintomas
Nomes Populares de Doenças e SintomasNomes Populares de Doenças e Sintomas
Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa
Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa
Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Registro em APS
Registro em APSRegistro em APS
Atenção Primária à Saúde
Atenção Primária à SaúdeAtenção Primária à Saúde
SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva
SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva
SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Prevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
Prevenção Quaternária - SobrediagnósticoPrevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
Prevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Método Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAP
Método Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAPMétodo Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAP
Método Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAP
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFCMedicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Comunicação e Interação Médico-Paciente
Comunicação e Interação Médico-PacienteComunicação e Interação Médico-Paciente
Comunicação e Interação Médico-Paciente
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...
Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...
Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Impactos da Violência no Município de São Paulo
Impactos da Violência no Município de São PauloImpactos da Violência no Município de São Paulo
Impactos da Violência no Município de São Paulo
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca Aí
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca AíDESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca Aí
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca Aí
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...
Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...
Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Apresentação - Aedes aegypti: Desafios, estratégias e experiências de uma UBS...
Apresentação - Aedes aegypti: Desafios, estratégias e experiências de uma UBS...Apresentação - Aedes aegypti: Desafios, estratégias e experiências de uma UBS...
Apresentação - Aedes aegypti: Desafios, estratégias e experiências de uma UBS...
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 

Mais de Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS (20)

Procedimentos em atenção primária a saúde
Procedimentos em atenção primária a saúdeProcedimentos em atenção primária a saúde
Procedimentos em atenção primária a saúde
 
Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC
Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC
Urgências e Emergências na Atenção Básica - SCA e AVC
 
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis CongênitaOficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
 
Saúde da Mulher na APS
Saúde da Mulher na APSSaúde da Mulher na APS
Saúde da Mulher na APS
 
Nomes Populares de Doenças e Sintomas
Nomes Populares de Doenças e SintomasNomes Populares de Doenças e Sintomas
Nomes Populares de Doenças e Sintomas
 
Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa
Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa
Módulo de Acolhimento e Avaliação - Língua Portuguesa
 
Registro em APS
Registro em APSRegistro em APS
Registro em APS
 
Projeto Terapêutico Singular
Projeto Terapêutico SingularProjeto Terapêutico Singular
Projeto Terapêutico Singular
 
Atenção Primária à Saúde
Atenção Primária à SaúdeAtenção Primária à Saúde
Atenção Primária à Saúde
 
SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva
SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva
SUS e Políticas de Saúde - Medicina de Família e Comunidade e Saúde Coletiva
 
Prevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
Prevenção Quaternária - SobrediagnósticoPrevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
Prevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
 
Método Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAP
Método Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAPMétodo Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAP
Método Clínico Centrado na Pessoa Registro Clínico – RCOP SOAP - CIAP
 
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFCMedicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
 
Comunicação e Interação Médico-Paciente
Comunicação e Interação Médico-PacienteComunicação e Interação Médico-Paciente
Comunicação e Interação Médico-Paciente
 
Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...
Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...
Regionalização, Pactos Interfederativos e regulação das redes de atenção à sa...
 
Impactos da Violência no Município de São Paulo
Impactos da Violência no Município de São PauloImpactos da Violência no Município de São Paulo
Impactos da Violência no Município de São Paulo
 
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca Aí
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca AíDESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca Aí
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Projeto Toca Aí
 
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...
DESAFIO Mais Saúde na Cidade - Desenvolvimento do Protagonismo Juvenil como M...
 
Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...
Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...
Apresentação - "MelhorAndo" na UBS: Utilização do Número de Passos como Estra...
 
Apresentação - Aedes aegypti: Desafios, estratégias e experiências de uma UBS...
Apresentação - Aedes aegypti: Desafios, estratégias e experiências de uma UBS...Apresentação - Aedes aegypti: Desafios, estratégias e experiências de uma UBS...
Apresentação - Aedes aegypti: Desafios, estratégias e experiências de uma UBS...
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 

Apresentação do Comitê Municipal Telessaúde Redes São Paulo

  • 1. Telessaúde Redes do Município de São Paulo Comitê Municipal de Telessaúde Profa. Dra. Ana Estela Haddad
  • 2. Telessaúde Redes do Município de São Paulo OBJETIVO: Art. 1º Fica instituído o Programa Telessaúde São Paulo Redes, no âmbito municipal, sob a coordenação da Secretaria Municipal da Saúde. Parágrafo único. O Programa Telessaúde São Paulo Redes tem por objetivo apoiar a consolidação das Redes de Atenção à Saúde ordenadas pela Atenção Básica no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) no município de São Paulo.
  • 3. WHO - Resolution WHA58.28 eHealth  Em 2005 a Organização Mundial da Saúde aprovou uma resolução recomendando aos seu 192 estados- membro que investissem em ações para fortalecer seus sistemas de saúde utilizando as tecnologias de informação e comunicação. Resolution WHA58.28 eHealth  A partir de 2006 o Ministério da Saúde do Brasil, identificando experiências locais e regionais bem sucedidas, articulou um grupo de pesquisadores, docentes e gestores da área da saúde, formulou e implementou o Programa Telessaúde Brasil.
  • 4. Três períodos evolutivos, acompanhados por diferente normatização: • Portaria MS n .35/2007: estabelece o Projeto Piloto, com critérios de implementação do programa preferencialmente em áreas remotas, selecionadas nas 5 regiões do país. • Portaria MS n. 402/2010: Institui o Programa Nacional de Telessaúde e sua estrutura nos estados. • Portaria MS n. 2546/2011: conceito de teleconsultoria e da Segunda Opinião Formativa, incorporação da telessaúde na lista de serviços do SUS e expansão do Telessaúde para os demais níveis de atenção, na perspectiva de fortalecimento da rede – Programa Telessaúde Brasil Redes.
  • 5. Teleassistência + Teleducação – suporte aos profissionais e trabalhadores do SUS Pergunta Resposta Núcleo Técnico- Científico de Telessaúde Pontos de Telessaúde Serviços de Saúde Rede Social para compartilhamento de conhecimento e experiências com impacto positivo na atenção à saúde da comunidade Universidades Centros de Referência Serviços de Saúde Teleconsultorias
  • 6. Teleconsultorias  Resolver de forma direta a curto prazo, a demanda do solicitante  De forma indireta, a médio e longo prazo, função formativa das informações complementares
  • 7. Padrões das Teleconsultorias • Síncrona – discussão de caso clínico, multiprofisisonal • Assíncrona – resposta por texto, prazo de 72 hs, para situações mais genéricas, indicação de materiais e conteúdos complementares. A resposta à teleconsultoria é formatada para ser lida em até 15 min. no contexto da demanda de atendimento (1pg em média) e a síncrona dura até 30 min. Boas solicitações geram boas respostas
  • 8. 8 Estudo Analítico das Teleconsultorias Castro Filho, 2011 - UFRGS  Na grande maioria dos casos a dúvida foi esclarecida  É alto o nível de satisfação dos profissionais que usam o serviço  O transporte ou referência do paciente para atendimento em outro serviço foi evitado em cada 2 teleconsultorias oferecidas  O desafio é como ampliar o uso da ferramenta  Estudos com grupo controle poderão produzir melhores evidências
  • 9. Governança no Telessaúde Redes do Município de São Paulo Coordenação Municipal do Telessaúde Redes SP Secretaria Municipal de Saúde Comitê Municipal do Telessaúde Redes SP NTCT Ponto Ponto Ponto Ponto Ponto Ponto NTCT NTCT NTCTPonto Ponto
  • 10. Núcleo de Telessaúde do Amazonas Universidade Estadual do Amazonas
  • 14. Telessaúde Redes do Município de São Paulo  I Seminário de Telessaúde do município de São Paulo (nov/2013)  6º Congresso Brasileiro de Telemedicina e Telessaúde (nov/2013)  Seminário Hospitalar Digital Health (maio/2014)Comitê  Publicação da Portaria que cria o Programa Telessaude Redes do município de São Paulo e instalação do Comitê Municipal de Telessaúde (set /2014)
  • 15. I Seminário de Telessaúde do município de São Paulo Relatos de Experiências - Telessaúde em São Paulo • Hospital Albert Einstein Dr. Milton Steinman • FIDI Dr. Armin Spirgatis • SMS - SP Dr. Amaury Zattore • INCOR Dr. Múcio Tavares • HCOR Dr. Hélio Penna Guimarães • Técnico de Telessaúde de Tocantis Prof. Itamar Magalhães Gonçalves • Núcleo Estadual de Telessaúde São Paulo: 2007 – 2013 Prof. Dr. Chao Lung Wen •Santa Marcelina Dr. Paulo Fontão •UNIFESP Dra. Claudia Barsottini
  • 16. I Seminário de Telessaúde do município de São Paulo Relatos de Experiências - Telessaúde em São Paulo Telessaúde na Secretaria Municipal da Saúde Rede São Paulo Saudável Laura Santucci Alo Mãe Dr. Celso Terra Dr. Mario Gomes A implantação do Telessaúde Redes do município de São Paulo Dr. Paulo de Tarso Puccini
  • 18. I Curso de Atualização em Teleodontologia: Capacitação Docente e suporte aos cursos de Odontologia para a criação de Redes de Aprendizagem e Trabalhos Colaborativos em Saúde  36 IES em todo o Brasil  3 Secretarias de Saúde (MS, MT, SP)  Colombia – Universidad del Bosque)  México - Facultad de Odontología de la Universidad Autónoma de Nuevo León  OLFEDO UDUAL – Organización de Facultades y Escuelas de Odontología de America Latina y el Caribe.