SlideShare uma empresa Scribd logo
Siccar point - Escócia




                         10º ANO - GEOLOGIA
                         Princípios básicos do raciocínio geológico
Charles Lyell (1797 – 1975)
2




                   Nuno Correia 08/09
3




   A coexistência entre o catastrofismo e o Uniformitarismo
    não foi pacífica.
   Seria Charles Lyell, um discípulo de Hutton, na sua obra
    Princípios de Geologia, quem verdadeiramente lutou
    contra as ideias catastrofistas baseadas em
    acontecimentos excepcionais, tais como o dilúvio bíblico.


                              Nuno Correia 08/09
4



O estudo de determinados fenómenos geológicos (e.g.
 sismos) demonstraram que a Terra comporta
 acontecimentos graduais e catastróficos e que, para o
 mesmo fenómeno, podem coexistir aspectos graduais
 (como a acumulação lenta de energia – antes do sismo
 – e a ruptura superficial quasi-instantânea, originando
 a libertação de energia responsável pelos efeitos
 provocados).


                           Nuno Correia 08/09
5


       O Uniformitarismo e o Catastrofismo são teorias
        opostas que têm dois princípios que não
        compartilham, mas que seguem um outro: o do
        actualismo.




                              Nuno Correia 08/09
6


       Ao contrário do que Hutton e Lyell pensavam, e
        apesar dos muitos processos geológicos
        aparentarem decorrer de forma cíclica, a sua
        intensidade não é uma variável que se mantenha
        constante ao longo do tempo (e.g. a acumulação da
        energia nas falhas, a expansão dos fundos
        oceânicos, a erosão costeira, a actividade
        vulcânica).


                             Nuno Correia 08/09
7


       Integrando as duas componentes do tempo geológico,
        a ciclicidade e a direccionalidade, os ciclos geológicos
        não podem ser vistos como a roupa numa máquina de
        lavar em que se vê constantemente o mesmo andar à
        volta, como é frequentemente ilustrado o ciclo das
        rochas nos manuais escolares, mas como ciclos de
        matéria sujeitos a mudanças espaço-temporais,
        sujeitos a interrupções (e.g. riftes abortados), e
        integrados e interligados com outros ciclos através de
        fluxos de matéria e energia que perpassam os
        subsistemas do grande Sistema Dinâmico que é o
        planeta Terra.

                                 Nuno Correia 08/09
8


    Importância da obra de Lyell




                        Nuno Correia 08/09
9


       A teoria da evolução das
        espécies, publicada por
        Charles Darwin na obra A
        Evolução das Espécies, cujo
        pensamento foi fortemente
        influenciado pelas ideias
        de Lyell, foi confirmada
        através do estudo dos
        fósseis.

                               Nuno Correia 08/09
10


    Este estudo mostrou que
     as espécies animais e
     vegetais se sucederam,
     ao longo dos tempos
     geológicos, de modo
     tranquilo e gradual.
     Verifica-se, assim, a
     aplicação do
     Uniformitarismo a estudos
     biológico                           Biblioteca de Shrewsbury . UK




                                 Nuno Correia 08/09
11


     Importância de Darwin no pensamento
     Geológico




                        Nuno Correia 08/09
12


     O evolucionismo é o princípio orientador da
      construção do conhecimento geológico mais
      recente




                           Nuno Correia 08/09
13


        Hoje, na investigação geológica conjugam-se o
         princípio do evolucionismo com o princípio dos ciclos
         (baseado no princípio do Uniformitarismo em
         sentido lato), considerando que, apesar de os
         fenómenos geológicos não serem nem repetíveis
         nem reversíveis, os sistemas em que decorrem
         apesar de complexos mantêm algumas similitudes. E
         evoluem, sendo que essa evolução até pode não
         ser constante.

                                Nuno Correia 08/09
14


     A Geologia como área científica,
       face aos problemas que lhe são
       inerentes e às novas teorias
       unificadoras do conhecimento da
       Terra, adquiriu formas de
       raciocínio, métodos e princípios
       orientadores, que a tornam na
       disciplina sintética e fornecedora
       de uma visão global e particular
       do planeta Terra.


                                Nuno Correia 08/09

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A terra, um planeta em mudança
A terra, um planeta em mudançaA terra, um planeta em mudança
A terra, um planeta em mudança
Rita Pereira
 
Terra um planeta em mudança
Terra um planeta em mudançaTerra um planeta em mudança
Terra um planeta em mudança
Isabel Lopes
 
Geo 10 princípios geológicos
Geo 10   princípios geológicosGeo 10   princípios geológicos
Geo 10 princípios geológicos
Nuno Correia
 
geologia
 geologia geologia
geologia
vhnkxv
 
ApresentaçãO 1 PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (Parte 3)
ApresentaçãO 1   PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (Parte 3)ApresentaçãO 1   PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (Parte 3)
ApresentaçãO 1 PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (Parte 3)
Nuno Correia
 
Geo 10 deriva dos continentes
Geo 10   deriva dos continentesGeo 10   deriva dos continentes
Geo 10 deriva dos continentes
Nuno Correia
 
Geo 10 programa
Geo 10   programaGeo 10   programa
Geo 10 programa
Nuno Correia
 
Catastrofismo (4)
Catastrofismo (4)Catastrofismo (4)
Catastrofismo (4)
Ana Agostinho
 
Catastrofismo
CatastrofismoCatastrofismo
Catastrofismo
Ana Agostinho
 
1 princípios básicos do raciocínio geológico
1   princípios básicos do raciocínio geológico1   princípios básicos do raciocínio geológico
1 princípios básicos do raciocínio geológico
margaridabt
 
ApresentaçãO 1 PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (TectóNica De Pla...
ApresentaçãO 1   PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (TectóNica De Pla...ApresentaçãO 1   PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (TectóNica De Pla...
ApresentaçãO 1 PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (TectóNica De Pla...
Nuno Correia
 
G8 a terra, é um planeta em mudança
G8   a terra, é um planeta em mudançaG8   a terra, é um planeta em mudança
G8 a terra, é um planeta em mudança
Nuno Correia
 
Geologia e Uniformitarismo
Geologia e UniformitarismoGeologia e Uniformitarismo
Geologia e Uniformitarismo
guest57e587
 
TectóNica De Placas
TectóNica De PlacasTectóNica De Placas
TectóNica De Placas
Nuno Correia
 
Terra, um planeta em mudança
Terra, um planeta em mudançaTerra, um planeta em mudança
Terra, um planeta em mudança
joanabreu
 
Ciências naturais 7 história da terra - escala do tempo geológico
Ciências naturais 7   história da terra - escala do tempo geológicoCiências naturais 7   história da terra - escala do tempo geológico
Ciências naturais 7 história da terra - escala do tempo geológico
Nuno Correia
 
Fundamentosda geologia
Fundamentosda geologiaFundamentosda geologia
Fundamentosda geologia
Petroleoecologia
 
Ppt 7 A Terra, Um Planeta Em MudançA
Ppt 7   A Terra, Um Planeta Em MudançAPpt 7   A Terra, Um Planeta Em MudançA
Ppt 7 A Terra, Um Planeta Em MudançA
Nuno Correia
 
Antropoceno
AntropocenoAntropoceno
Antropoceno
Danislei Bertoni
 
A geologia
A geologiaA geologia
A geologia
Sofia Duborjal
 

Mais procurados (20)

A terra, um planeta em mudança
A terra, um planeta em mudançaA terra, um planeta em mudança
A terra, um planeta em mudança
 
Terra um planeta em mudança
Terra um planeta em mudançaTerra um planeta em mudança
Terra um planeta em mudança
 
Geo 10 princípios geológicos
Geo 10   princípios geológicosGeo 10   princípios geológicos
Geo 10 princípios geológicos
 
geologia
 geologia geologia
geologia
 
ApresentaçãO 1 PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (Parte 3)
ApresentaçãO 1   PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (Parte 3)ApresentaçãO 1   PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (Parte 3)
ApresentaçãO 1 PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (Parte 3)
 
Geo 10 deriva dos continentes
Geo 10   deriva dos continentesGeo 10   deriva dos continentes
Geo 10 deriva dos continentes
 
Geo 10 programa
Geo 10   programaGeo 10   programa
Geo 10 programa
 
Catastrofismo (4)
Catastrofismo (4)Catastrofismo (4)
Catastrofismo (4)
 
Catastrofismo
CatastrofismoCatastrofismo
Catastrofismo
 
1 princípios básicos do raciocínio geológico
1   princípios básicos do raciocínio geológico1   princípios básicos do raciocínio geológico
1 princípios básicos do raciocínio geológico
 
ApresentaçãO 1 PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (TectóNica De Pla...
ApresentaçãO 1   PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (TectóNica De Pla...ApresentaçãO 1   PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (TectóNica De Pla...
ApresentaçãO 1 PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (TectóNica De Pla...
 
G8 a terra, é um planeta em mudança
G8   a terra, é um planeta em mudançaG8   a terra, é um planeta em mudança
G8 a terra, é um planeta em mudança
 
Geologia e Uniformitarismo
Geologia e UniformitarismoGeologia e Uniformitarismo
Geologia e Uniformitarismo
 
TectóNica De Placas
TectóNica De PlacasTectóNica De Placas
TectóNica De Placas
 
Terra, um planeta em mudança
Terra, um planeta em mudançaTerra, um planeta em mudança
Terra, um planeta em mudança
 
Ciências naturais 7 história da terra - escala do tempo geológico
Ciências naturais 7   história da terra - escala do tempo geológicoCiências naturais 7   história da terra - escala do tempo geológico
Ciências naturais 7 história da terra - escala do tempo geológico
 
Fundamentosda geologia
Fundamentosda geologiaFundamentosda geologia
Fundamentosda geologia
 
Ppt 7 A Terra, Um Planeta Em MudançA
Ppt 7   A Terra, Um Planeta Em MudançAPpt 7   A Terra, Um Planeta Em MudançA
Ppt 7 A Terra, Um Planeta Em MudançA
 
Antropoceno
AntropocenoAntropoceno
Antropoceno
 
A geologia
A geologiaA geologia
A geologia
 

Semelhante a ApresentaçãO 1 PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (Parte 2)

Relevo semi árido
Relevo semi áridoRelevo semi árido
Relevo semi árido
Josi Leo
 
G8 - A Terra, é um planeta em mudança
G8 - A Terra, é um planeta em mudançaG8 - A Terra, é um planeta em mudança
G8 - A Terra, é um planeta em mudança
Isaura Mourão
 
Ppt 7 A Terra, Um Planeta Em MudançA
Ppt 7   A Terra, Um Planeta Em MudançAPpt 7   A Terra, Um Planeta Em MudançA
Ppt 7 A Terra, Um Planeta Em MudançA
Nuno Correia
 
Princ
PrincPrinc
Princ
fbruno69
 
Ajuda
Ajuda Ajuda
Geologia do Quaternário
Geologia do QuaternárioGeologia do Quaternário
Geologia do Quaternário
Ruana Viana
 
Planeta Terra (Gaia)
Planeta Terra (Gaia)Planeta Terra (Gaia)
Planeta Terra (Gaia)
ecsette
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Trabalho galileu galilei
Trabalho galileu galileiTrabalho galileu galilei
Trabalho galileu galilei
REYELTONCAMPELOSIQUE
 
Ensino medio livre_edicao_2012_unidade_01_geografia
Ensino medio livre_edicao_2012_unidade_01_geografiaEnsino medio livre_edicao_2012_unidade_01_geografia
Ensino medio livre_edicao_2012_unidade_01_geografia
newtonbonfim
 
Física 1º ano parte 1
Física 1º ano   parte 1Física 1º ano   parte 1
Física 1º ano parte 1
Fabiana Gonçalves
 
Periodo pré-Wegeneriano
Periodo pré-WegenerianoPeriodo pré-Wegeneriano
Periodo pré-Wegeneriano
geologia 12
 
Introd Período Pre Wegener
Introd Período Pre WegenerIntrod Período Pre Wegener
Introd Período Pre Wegener
ana mendes
 
Evolucionismo vs
Evolucionismo vsEvolucionismo vs
Evolucionismo vs
rppr20
 
P11. FÓSSEIS E A CRIAÇÃO
P11. FÓSSEIS E A CRIAÇÃOP11. FÓSSEIS E A CRIAÇÃO
P11. FÓSSEIS E A CRIAÇÃO
Ariel Roth
 
Estudo terça feira dia 1
Estudo terça feira dia 1Estudo terça feira dia 1
Estudo terça feira dia 1
Dirceu Lupiano Dias Lupiano
 
Estudo terça feira dia 1
Estudo terça feira dia 1Estudo terça feira dia 1
Estudo terça feira dia 1
Dirceu Lupiano Dias Lupiano
 
Estudo terça feira dia 1
Estudo terça feira dia 1Estudo terça feira dia 1
Estudo terça feira dia 1
Dirceu Lupiano Dias Lupiano
 
Cartilha Inércia e a Primeira Lei de Newton
Cartilha Inércia e a Primeira Lei de NewtonCartilha Inércia e a Primeira Lei de Newton
Cartilha Inércia e a Primeira Lei de Newton
Wellington Sampaio
 
Slides física cemtl 2013
Slides física cemtl 2013Slides física cemtl 2013
Slides física cemtl 2013
Cleres Novais Novais
 

Semelhante a ApresentaçãO 1 PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (Parte 2) (20)

Relevo semi árido
Relevo semi áridoRelevo semi árido
Relevo semi árido
 
G8 - A Terra, é um planeta em mudança
G8 - A Terra, é um planeta em mudançaG8 - A Terra, é um planeta em mudança
G8 - A Terra, é um planeta em mudança
 
Ppt 7 A Terra, Um Planeta Em MudançA
Ppt 7   A Terra, Um Planeta Em MudançAPpt 7   A Terra, Um Planeta Em MudançA
Ppt 7 A Terra, Um Planeta Em MudançA
 
Princ
PrincPrinc
Princ
 
Ajuda
Ajuda Ajuda
Ajuda
 
Geologia do Quaternário
Geologia do QuaternárioGeologia do Quaternário
Geologia do Quaternário
 
Planeta Terra (Gaia)
Planeta Terra (Gaia)Planeta Terra (Gaia)
Planeta Terra (Gaia)
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula 01
 
Trabalho galileu galilei
Trabalho galileu galileiTrabalho galileu galilei
Trabalho galileu galilei
 
Ensino medio livre_edicao_2012_unidade_01_geografia
Ensino medio livre_edicao_2012_unidade_01_geografiaEnsino medio livre_edicao_2012_unidade_01_geografia
Ensino medio livre_edicao_2012_unidade_01_geografia
 
Física 1º ano parte 1
Física 1º ano   parte 1Física 1º ano   parte 1
Física 1º ano parte 1
 
Periodo pré-Wegeneriano
Periodo pré-WegenerianoPeriodo pré-Wegeneriano
Periodo pré-Wegeneriano
 
Introd Período Pre Wegener
Introd Período Pre WegenerIntrod Período Pre Wegener
Introd Período Pre Wegener
 
Evolucionismo vs
Evolucionismo vsEvolucionismo vs
Evolucionismo vs
 
P11. FÓSSEIS E A CRIAÇÃO
P11. FÓSSEIS E A CRIAÇÃOP11. FÓSSEIS E A CRIAÇÃO
P11. FÓSSEIS E A CRIAÇÃO
 
Estudo terça feira dia 1
Estudo terça feira dia 1Estudo terça feira dia 1
Estudo terça feira dia 1
 
Estudo terça feira dia 1
Estudo terça feira dia 1Estudo terça feira dia 1
Estudo terça feira dia 1
 
Estudo terça feira dia 1
Estudo terça feira dia 1Estudo terça feira dia 1
Estudo terça feira dia 1
 
Cartilha Inércia e a Primeira Lei de Newton
Cartilha Inércia e a Primeira Lei de NewtonCartilha Inércia e a Primeira Lei de Newton
Cartilha Inércia e a Primeira Lei de Newton
 
Slides física cemtl 2013
Slides física cemtl 2013Slides física cemtl 2013
Slides física cemtl 2013
 

Mais de Nuno Correia

Sismologia parte 1
Sismologia   parte 1Sismologia   parte 1
Sismologia parte 1
Nuno Correia
 
Geologia - Variações Climáticas
Geologia   - Variações ClimáticasGeologia   - Variações Climáticas
Geologia - Variações Climáticas
Nuno Correia
 
Biologia 12 imunidade celular
Biologia 12   imunidade celularBiologia 12   imunidade celular
Biologia 12 imunidade celular
Nuno Correia
 
Biologia 12 imunidade humoral
Biologia 12   imunidade humoralBiologia 12   imunidade humoral
Biologia 12 imunidade humoral
Nuno Correia
 
Geologia 12 estratotipo
Geologia 12   estratotipoGeologia 12   estratotipo
Geologia 12 estratotipo
Nuno Correia
 
Geologia 12 biozonas
Geologia 12   biozonasGeologia 12   biozonas
Geologia 12 biozonas
Nuno Correia
 
Geologia 12 movimentos horizontais
Geologia 12   movimentos horizontaisGeologia 12   movimentos horizontais
Geologia 12 movimentos horizontais
Nuno Correia
 
Geologia 12 isostasia
Geologia 12   isostasiaGeologia 12   isostasia
Geologia 12 isostasia
Nuno Correia
 
Geologia 12 paleomagnetismo
Geologia 12   paleomagnetismoGeologia 12   paleomagnetismo
Geologia 12 paleomagnetismo
Nuno Correia
 
Geologia 12 deriva dos continentes
Geologia 12   deriva dos continentesGeologia 12   deriva dos continentes
Geologia 12 deriva dos continentes
Nuno Correia
 
Biologia 12 biologia e os desafios da atualidade
Biologia 12   biologia e os desafios da atualidadeBiologia 12   biologia e os desafios da atualidade
Biologia 12 biologia e os desafios da atualidade
Nuno Correia
 
Geologia 12 paleoclimas
Geologia 12   paleoclimasGeologia 12   paleoclimas
Geologia 12 paleoclimas
Nuno Correia
 
Geologia 12 arcos insulares
Geologia 12   arcos insularesGeologia 12   arcos insulares
Geologia 12 arcos insulares
Nuno Correia
 
Deriva dos continentes
Deriva dos continentesDeriva dos continentes
Deriva dos continentes
Nuno Correia
 
Zonas costeiras
Zonas costeirasZonas costeiras
Zonas costeiras
Nuno Correia
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
Nuno Correia
 
Genética (monobridismo)
Genética (monobridismo)Genética (monobridismo)
Genética (monobridismo)
Nuno Correia
 
Genética (monobridismo exercícios)
Genética (monobridismo   exercícios)Genética (monobridismo   exercícios)
Genética (monobridismo exercícios)
Nuno Correia
 
Genética (dominância incompleta)
Genética (dominância incompleta)Genética (dominância incompleta)
Genética (dominância incompleta)
Nuno Correia
 
Genética (diibridismo)
Genética (diibridismo)Genética (diibridismo)
Genética (diibridismo)
Nuno Correia
 

Mais de Nuno Correia (20)

Sismologia parte 1
Sismologia   parte 1Sismologia   parte 1
Sismologia parte 1
 
Geologia - Variações Climáticas
Geologia   - Variações ClimáticasGeologia   - Variações Climáticas
Geologia - Variações Climáticas
 
Biologia 12 imunidade celular
Biologia 12   imunidade celularBiologia 12   imunidade celular
Biologia 12 imunidade celular
 
Biologia 12 imunidade humoral
Biologia 12   imunidade humoralBiologia 12   imunidade humoral
Biologia 12 imunidade humoral
 
Geologia 12 estratotipo
Geologia 12   estratotipoGeologia 12   estratotipo
Geologia 12 estratotipo
 
Geologia 12 biozonas
Geologia 12   biozonasGeologia 12   biozonas
Geologia 12 biozonas
 
Geologia 12 movimentos horizontais
Geologia 12   movimentos horizontaisGeologia 12   movimentos horizontais
Geologia 12 movimentos horizontais
 
Geologia 12 isostasia
Geologia 12   isostasiaGeologia 12   isostasia
Geologia 12 isostasia
 
Geologia 12 paleomagnetismo
Geologia 12   paleomagnetismoGeologia 12   paleomagnetismo
Geologia 12 paleomagnetismo
 
Geologia 12 deriva dos continentes
Geologia 12   deriva dos continentesGeologia 12   deriva dos continentes
Geologia 12 deriva dos continentes
 
Biologia 12 biologia e os desafios da atualidade
Biologia 12   biologia e os desafios da atualidadeBiologia 12   biologia e os desafios da atualidade
Biologia 12 biologia e os desafios da atualidade
 
Geologia 12 paleoclimas
Geologia 12   paleoclimasGeologia 12   paleoclimas
Geologia 12 paleoclimas
 
Geologia 12 arcos insulares
Geologia 12   arcos insularesGeologia 12   arcos insulares
Geologia 12 arcos insulares
 
Deriva dos continentes
Deriva dos continentesDeriva dos continentes
Deriva dos continentes
 
Zonas costeiras
Zonas costeirasZonas costeiras
Zonas costeiras
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
 
Genética (monobridismo)
Genética (monobridismo)Genética (monobridismo)
Genética (monobridismo)
 
Genética (monobridismo exercícios)
Genética (monobridismo   exercícios)Genética (monobridismo   exercícios)
Genética (monobridismo exercícios)
 
Genética (dominância incompleta)
Genética (dominância incompleta)Genética (dominância incompleta)
Genética (dominância incompleta)
 
Genética (diibridismo)
Genética (diibridismo)Genética (diibridismo)
Genética (diibridismo)
 

Último

Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 

ApresentaçãO 1 PrincíPios BáSicos Do RaciocíNio GeolóGico (Parte 2)

  • 1. Siccar point - Escócia 10º ANO - GEOLOGIA Princípios básicos do raciocínio geológico
  • 2. Charles Lyell (1797 – 1975) 2 Nuno Correia 08/09
  • 3. 3  A coexistência entre o catastrofismo e o Uniformitarismo não foi pacífica.  Seria Charles Lyell, um discípulo de Hutton, na sua obra Princípios de Geologia, quem verdadeiramente lutou contra as ideias catastrofistas baseadas em acontecimentos excepcionais, tais como o dilúvio bíblico. Nuno Correia 08/09
  • 4. 4 O estudo de determinados fenómenos geológicos (e.g. sismos) demonstraram que a Terra comporta acontecimentos graduais e catastróficos e que, para o mesmo fenómeno, podem coexistir aspectos graduais (como a acumulação lenta de energia – antes do sismo – e a ruptura superficial quasi-instantânea, originando a libertação de energia responsável pelos efeitos provocados). Nuno Correia 08/09
  • 5. 5  O Uniformitarismo e o Catastrofismo são teorias opostas que têm dois princípios que não compartilham, mas que seguem um outro: o do actualismo. Nuno Correia 08/09
  • 6. 6  Ao contrário do que Hutton e Lyell pensavam, e apesar dos muitos processos geológicos aparentarem decorrer de forma cíclica, a sua intensidade não é uma variável que se mantenha constante ao longo do tempo (e.g. a acumulação da energia nas falhas, a expansão dos fundos oceânicos, a erosão costeira, a actividade vulcânica). Nuno Correia 08/09
  • 7. 7  Integrando as duas componentes do tempo geológico, a ciclicidade e a direccionalidade, os ciclos geológicos não podem ser vistos como a roupa numa máquina de lavar em que se vê constantemente o mesmo andar à volta, como é frequentemente ilustrado o ciclo das rochas nos manuais escolares, mas como ciclos de matéria sujeitos a mudanças espaço-temporais, sujeitos a interrupções (e.g. riftes abortados), e integrados e interligados com outros ciclos através de fluxos de matéria e energia que perpassam os subsistemas do grande Sistema Dinâmico que é o planeta Terra. Nuno Correia 08/09
  • 8. 8 Importância da obra de Lyell Nuno Correia 08/09
  • 9. 9  A teoria da evolução das espécies, publicada por Charles Darwin na obra A Evolução das Espécies, cujo pensamento foi fortemente influenciado pelas ideias de Lyell, foi confirmada através do estudo dos fósseis. Nuno Correia 08/09
  • 10. 10  Este estudo mostrou que as espécies animais e vegetais se sucederam, ao longo dos tempos geológicos, de modo tranquilo e gradual. Verifica-se, assim, a aplicação do Uniformitarismo a estudos biológico Biblioteca de Shrewsbury . UK Nuno Correia 08/09
  • 11. 11 Importância de Darwin no pensamento Geológico Nuno Correia 08/09
  • 12. 12 O evolucionismo é o princípio orientador da construção do conhecimento geológico mais recente Nuno Correia 08/09
  • 13. 13  Hoje, na investigação geológica conjugam-se o princípio do evolucionismo com o princípio dos ciclos (baseado no princípio do Uniformitarismo em sentido lato), considerando que, apesar de os fenómenos geológicos não serem nem repetíveis nem reversíveis, os sistemas em que decorrem apesar de complexos mantêm algumas similitudes. E evoluem, sendo que essa evolução até pode não ser constante. Nuno Correia 08/09
  • 14. 14 A Geologia como área científica, face aos problemas que lhe são inerentes e às novas teorias unificadoras do conhecimento da Terra, adquiriu formas de raciocínio, métodos e princípios orientadores, que a tornam na disciplina sintética e fornecedora de uma visão global e particular do planeta Terra. Nuno Correia 08/09