SlideShare uma empresa Scribd logo
54o Fórum Nacional de Secretarias Municipais de Administração das Capitais Brasileiras: Planejamento Estratégico e Acordo de Resultados na Prefeitura do Rio de Janeiro 12 de Maio de 2010
Agenda –  Planejamento Estratégico –  Acordo de Resultados e Monitoramento –  Aprendizados / Desafios Futuros
Visão: Rio, a melhor cidade para se viver e trabalhar em todo hemisfério sul Essa ambição é sustentada por 4 aspirações: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],A Prefeitura ouviu o carioca para entender qual a sua ambição para a cidade
Planejamento Estratégico Plano estratégico:  plano de vôo do nosso governo para ajudar a cidade a trilhar esse caminho até 2012
10 •  Saúde •  Educação •  Ordem Pública •  Emprego e Renda •  Infraestrutura Urbana •  Meio ambiente •  Transportes •  Cultura, Esporte e Lazer •  Assistência Social •  Gestão e Finanças Públicas ÁREAS DE RESULTADO Planejamento Estratégico
  BREVE DIAGNÓSTICO  DIRETRIZES SETORIAIS METAS SETORIAIS INICIATIVAS ESTRATÉGICAS Planejamento Estratégico
46 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],ENTRE ELAS: METAS SETORIAIS Planejamento Estratégico
37 ENTRE ELAS: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],INICIATIVAS ESTRATÉGICAS Planejamento Estratégico
  Planejamento Estratégico ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],EXEMPLO NA SAÚDE
  Planejamento Estratégico EXEMPLO NA EDUCAÇÃO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Planejamento Estratégico 2 estruturas foram criadas na Casa Civil para garantir o sucesso na execução do plano Acompanhamento do cronograma físico-financeiro e dos resultados das iniciativas estratégicas Desenvolvimento de Acordos de Resultados e Monitoramento do cumprimento das metas setoriais ESCRITÓRIO DE  GERENCIAMENTO DE PROJETOS SUBSECRETARIA DE MONITORAMENTO DE RESULTADOS
Agenda –  Planejamento Estratégico –  Acordo de Resultados e Monitoramento –  Aprendizados / Desafios Futuros
Acordo de Resultados e Monitoramento Estes 39 órgãos representam  82,2 %  dos servidores da Prefeitura ( 93.272  servidores) 39 ÓRGÃOS  estão assinando ou repactuando acordos em 2011, com um total de mais de 150 metas Órgãos acordos em 2010  Órgãos sem  acordos em 2010 O custo estimado total é de R$ 132,5 Mi ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Estes 19 órgãos representam 73,3% dos servidores da Prefeitura (82.918 servidores) 19 órgãos assinaram  acordos em 2010 com um total de 77 metas O custo total foi estimado em R$  111,5 Mi  para  2010
  FONTE: Análise do time Descrição ,[object Object],Exemplo de meta:  Promover até o final de 2012, a construção de 50 mil novas unidades de habitação de interesse social, sendo 20 mil em 2010 Valor a ser atingido Racional 35 mil unidades habitacionais Meta previamente estabelecida para 2011 20 mil unidades habitacionais Meta estabelecida para 2010 13 mil unidades habitacionais Aproximadamente 2/3 do valor da meta estabelecida 7 mil unidades habitacionais Aproximadamente 1/3 do valor da meta estabelecida 0 unidades habitacionais Situação de partida 5 –  Superado Acordo de Resultados e Monitoramento Avaliação de metas 3 – Cumprido com poucas ressalvas ,[object Object],1 - Descumprido ,[object Object],2 – Cumprido com ressalvas ,[object Object],4 – Cumprido ,[object Object]
  Acordo de Resultados e Monitoramento Financeiros  Não financeiros  Recompensas em caso de cumprimento dos acordos ,[object Object],[object Object],[object Object],FONTE: Análise da equipe ,[object Object],Investimento 1 Considerando remuneração total mensal ,[object Object],[object Object],Remuneração variável Verba de treinamento Evento de reconheci-mento Reversão de custeio
  Secretaria 2 Unidades administrativas Prefeito Secretaria  1 Secretaria 3 1ª etapa: Acordo Prefeito - Secretario 2ª etapa: Desdobramento Secretario - equipes Unidades administrativas Unidades administrativas Unidades administrativas Equipes das unidades vinculadas e subordinadas Equipes das unidades vinculadas e subordinadas Equipes das unidades vinculadas e subordinadas Equipes das unidades vinculadas e subordinadas Prêmio Pago de acordo com o desempenho de cada equipe Acordo de Resultados e Monitoramento Foram estabelecidos Acordos entre o prefeito e Secretários, em seguida é preciso desdobrar as metas dentro de cada órgão
EM 2010, DAS 48 METAS ESTRATÉGICAS, 46 FORAM AVALIADAS E 67% (31) FORAM CUMPRIDAS. Metas Avaliadas 2 Total Não  possuem informações suficientes* Tiveram chance de cumprimento em 2010 - avaliadas Não cumpridas Nota ≤ 3,9 Cumpridas Nota ≥ 8 Parcialmente cumpridas Nota entre 6 e 7,9 Balanço de Metas Parcialmente cumpridas Nota entre 4 e 5,9 * Meta de redução de gases do efeito estufa (apurada em 2012) e meta de redução da população abaixo da linha de indigência (avaliação feita com o resultado da PNAD, a ser divulgado em 2011). 48 46
EM 2010, DAS 37 INICIATIVAS ESTRATÉGICAS, 34 FORAM AVALIADAS E 70% (24) APRESENTARAM AVALIAÇÃO POSITIVA Iniciativas avaliadas 37 Total Tiveram  andamento avaliado Bom Regular Andamento de Iniciativas Problemático 3 Não  possuem informações suficientes* 34 * Modernização da guarda municipal; Rio capital da energia e Morar Carioca Altamente problemático
Agenda –  Planejamento Estratégico –  Acordo de Resultados e Monitoramento –  Aprendizados / Desafios Futuros
Aprendizados / Desafios Futuros ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Aprendizados / Desafios Futuros ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Backup
  Secre-taria cumpriu metas? 1 Impacto da meta cumprir orçamento de custeio Impacto da meta executar valor integral reservado para investimento Sim Não Reverte 80% da economia de custeio para investimento Cumpriu custeio? Cumpriu custeio? Recompensas são reduzidas pelo mesmo % que estourou orçamento Nenhum impacto Penalidades são aumentadas por pelo mesmo % que estourou orçamento Sim Não Sim Não Impacto sobre as recom-pensas/ penalidades Secre-taria cumpriu metas? 1 Sim Não Nenhum impacto Executou 90-100% do reservado  Executou 90-100% do reservado   Recompensas são reduzidas em % igual à diferença entre 90% e o % executado Nenhum impacto Penalidades são aumentadas em % igual à diferença entre 90% e o % executado Sim Não Sim Não Impacto sobre as recom-pensas/ penalidades 1 Cumprimento de metas ocorre quando nota é maior ou igual a 4 FONTE: Análise da equipe Acordo de Resultados e Monitoramento

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Apresentacao evento de adm

Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas Gerais
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas GeraisAdriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas Gerais
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas Gerais
EloGroup
 
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) – O Modelo de Gestão de Minas Gerais
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) – O Modelo de Gestão de Minas GeraisAdriane Ricieri Brito (SEPLAG) – O Modelo de Gestão de Minas Gerais
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) – O Modelo de Gestão de Minas Gerais
EloGroup
 
Apresentação do resultado do 1º trimestre de 2013 - Rossi Residencial
Apresentação do resultado do 1º trimestre de 2013 - Rossi ResidencialApresentação do resultado do 1º trimestre de 2013 - Rossi Residencial
Apresentação do resultado do 1º trimestre de 2013 - Rossi Residencial
souzabia
 
Apresentação 1T13
Apresentação 1T13Apresentação 1T13
Apresentação 1T13
RiRossi
 
Gestão para resultados. Como fazer?
Gestão para resultados. Como fazer?Gestão para resultados. Como fazer?
Gestão para resultados. Como fazer?
Macroplan
 
POWER CONSULTANCY_PJ14_RECIFE
POWER CONSULTANCY_PJ14_RECIFEPOWER CONSULTANCY_PJ14_RECIFE
POWER CONSULTANCY_PJ14_RECIFE
Marco Coghi
 
PRA FRENTE LISARB
PRA FRENTE LISARBPRA FRENTE LISARB
PRA FRENTE LISARB
Marco Coghi
 
PMO em Lisarb pela PMO Consult
PMO em Lisarb pela PMO ConsultPMO em Lisarb pela PMO Consult
PMO em Lisarb pela PMO Consult
Marco Coghi
 
PMO em Lisarb - GPC Consult
PMO em Lisarb - GPC ConsultPMO em Lisarb - GPC Consult
PMO em Lisarb - GPC Consult
Marco Coghi
 
Oficina de Municipalização dos Objetivos do Milênio
Oficina de Municipalização dos Objetivos do MilênioOficina de Municipalização dos Objetivos do Milênio
Oficina de Municipalização dos Objetivos do Milênio
Sergio Andrade
 
Gof
GofGof
PPP SUMMIT 2013_Andre Marques
PPP SUMMIT 2013_Andre MarquesPPP SUMMIT 2013_Andre Marques
PPP SUMMIT 2013_Andre Marques
FIA Business School
 
Implantação de um PMO em LISARB
Implantação de um PMO em LISARBImplantação de um PMO em LISARB
Implantação de um PMO em LISARB
Marco Coghi
 
Implantação de um PMO em LISARB
Implantação de um PMO em LISARBImplantação de um PMO em LISARB
Implantação de um PMO em LISARB
Marco Coghi
 
PMO em Lisarb - Tcherbedo Consulting
PMO em Lisarb - Tcherbedo ConsultingPMO em Lisarb - Tcherbedo Consulting
PMO em Lisarb - Tcherbedo Consulting
Marco Coghi
 
Como obter melhores resultados com os recursos atuais - fazer mais com menos
Como obter melhores resultados com os recursos atuais - fazer mais com menosComo obter melhores resultados com os recursos atuais - fazer mais com menos
Como obter melhores resultados com os recursos atuais - fazer mais com menos
ILGC - Instituto Latino Americano de Gestão Competitiva
 
Aldair lima cv_abril 2015
Aldair lima cv_abril 2015Aldair lima cv_abril 2015
Aldair lima cv_abril 2015
Aldair Vicente
 
Novos governos
Novos governosNovos governos
Novos governos
Macroplan
 
PMO EM LISARB
PMO EM LISARBPMO EM LISARB
PMO EM LISARB
Marco Coghi
 
Apresentação Institucional 1T20
Apresentação Institucional 1T20Apresentação Institucional 1T20
Apresentação Institucional 1T20
TIM RI
 

Semelhante a Apresentacao evento de adm (20)

Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas Gerais
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas GeraisAdriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas Gerais
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) - O Modelo de Gestão de Minas Gerais
 
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) – O Modelo de Gestão de Minas Gerais
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) – O Modelo de Gestão de Minas GeraisAdriane Ricieri Brito (SEPLAG) – O Modelo de Gestão de Minas Gerais
Adriane Ricieri Brito (SEPLAG) – O Modelo de Gestão de Minas Gerais
 
Apresentação do resultado do 1º trimestre de 2013 - Rossi Residencial
Apresentação do resultado do 1º trimestre de 2013 - Rossi ResidencialApresentação do resultado do 1º trimestre de 2013 - Rossi Residencial
Apresentação do resultado do 1º trimestre de 2013 - Rossi Residencial
 
Apresentação 1T13
Apresentação 1T13Apresentação 1T13
Apresentação 1T13
 
Gestão para resultados. Como fazer?
Gestão para resultados. Como fazer?Gestão para resultados. Como fazer?
Gestão para resultados. Como fazer?
 
POWER CONSULTANCY_PJ14_RECIFE
POWER CONSULTANCY_PJ14_RECIFEPOWER CONSULTANCY_PJ14_RECIFE
POWER CONSULTANCY_PJ14_RECIFE
 
PRA FRENTE LISARB
PRA FRENTE LISARBPRA FRENTE LISARB
PRA FRENTE LISARB
 
PMO em Lisarb pela PMO Consult
PMO em Lisarb pela PMO ConsultPMO em Lisarb pela PMO Consult
PMO em Lisarb pela PMO Consult
 
PMO em Lisarb - GPC Consult
PMO em Lisarb - GPC ConsultPMO em Lisarb - GPC Consult
PMO em Lisarb - GPC Consult
 
Oficina de Municipalização dos Objetivos do Milênio
Oficina de Municipalização dos Objetivos do MilênioOficina de Municipalização dos Objetivos do Milênio
Oficina de Municipalização dos Objetivos do Milênio
 
Gof
GofGof
Gof
 
PPP SUMMIT 2013_Andre Marques
PPP SUMMIT 2013_Andre MarquesPPP SUMMIT 2013_Andre Marques
PPP SUMMIT 2013_Andre Marques
 
Implantação de um PMO em LISARB
Implantação de um PMO em LISARBImplantação de um PMO em LISARB
Implantação de um PMO em LISARB
 
Implantação de um PMO em LISARB
Implantação de um PMO em LISARBImplantação de um PMO em LISARB
Implantação de um PMO em LISARB
 
PMO em Lisarb - Tcherbedo Consulting
PMO em Lisarb - Tcherbedo ConsultingPMO em Lisarb - Tcherbedo Consulting
PMO em Lisarb - Tcherbedo Consulting
 
Como obter melhores resultados com os recursos atuais - fazer mais com menos
Como obter melhores resultados com os recursos atuais - fazer mais com menosComo obter melhores resultados com os recursos atuais - fazer mais com menos
Como obter melhores resultados com os recursos atuais - fazer mais com menos
 
Aldair lima cv_abril 2015
Aldair lima cv_abril 2015Aldair lima cv_abril 2015
Aldair lima cv_abril 2015
 
Novos governos
Novos governosNovos governos
Novos governos
 
PMO EM LISARB
PMO EM LISARBPMO EM LISARB
PMO EM LISARB
 
Apresentação Institucional 1T20
Apresentação Institucional 1T20Apresentação Institucional 1T20
Apresentação Institucional 1T20
 

Mais de fonacrj

Apresentação fonac
Apresentação fonacApresentação fonac
Apresentação fonac
fonacrj
 
11 05-13 - a visao do controle interno - fonac2
11 05-13 - a visao do controle interno - fonac211 05-13 - a visao do controle interno - fonac2
11 05-13 - a visao do controle interno - fonac2
fonacrj
 
Fonac seconserva 12.05
Fonac seconserva 12.05Fonac seconserva 12.05
Fonac seconserva 12.05
fonacrj
 
Apresentação para fórum nacional de sma 2011
Apresentação para fórum nacional de sma 2011Apresentação para fórum nacional de sma 2011
Apresentação para fórum nacional de sma 2011
fonacrj
 
Apresentacao anm
Apresentacao anmApresentacao anm
Apresentacao anm
fonacrj
 
Apresentacao fonac
Apresentacao fonacApresentacao fonac
Apresentacao fonac
fonacrj
 
Apresentacao evento de adm
Apresentacao evento de admApresentacao evento de adm
Apresentacao evento de adm
fonacrj
 
Paulo jobim npm
Paulo jobim   npmPaulo jobim   npm
Paulo jobim npm
fonacrj
 
Modelo de gestão 54o fona cv3
Modelo de gestão 54o fona cv3Modelo de gestão 54o fona cv3
Modelo de gestão 54o fona cv3
fonacrj
 
Desafios da gestao publica contemporanea
Desafios da gestao publica contemporaneaDesafios da gestao publica contemporanea
Desafios da gestao publica contemporanea
fonacrj
 
O empreendedor público
O empreendedor públicoO empreendedor público
O empreendedor público
fonacrj
 

Mais de fonacrj (11)

Apresentação fonac
Apresentação fonacApresentação fonac
Apresentação fonac
 
11 05-13 - a visao do controle interno - fonac2
11 05-13 - a visao do controle interno - fonac211 05-13 - a visao do controle interno - fonac2
11 05-13 - a visao do controle interno - fonac2
 
Fonac seconserva 12.05
Fonac seconserva 12.05Fonac seconserva 12.05
Fonac seconserva 12.05
 
Apresentação para fórum nacional de sma 2011
Apresentação para fórum nacional de sma 2011Apresentação para fórum nacional de sma 2011
Apresentação para fórum nacional de sma 2011
 
Apresentacao anm
Apresentacao anmApresentacao anm
Apresentacao anm
 
Apresentacao fonac
Apresentacao fonacApresentacao fonac
Apresentacao fonac
 
Apresentacao evento de adm
Apresentacao evento de admApresentacao evento de adm
Apresentacao evento de adm
 
Paulo jobim npm
Paulo jobim   npmPaulo jobim   npm
Paulo jobim npm
 
Modelo de gestão 54o fona cv3
Modelo de gestão 54o fona cv3Modelo de gestão 54o fona cv3
Modelo de gestão 54o fona cv3
 
Desafios da gestao publica contemporanea
Desafios da gestao publica contemporaneaDesafios da gestao publica contemporanea
Desafios da gestao publica contemporanea
 
O empreendedor público
O empreendedor públicoO empreendedor público
O empreendedor público
 

Último

aula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opcaula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
polianasenaces
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
E-Commerce Brasil
 
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdfPequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
MartesonCasteloBranc1
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
E-Commerce Brasil
 

Último (6)

aula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opcaula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
 
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
 
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdfPequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
 

Apresentacao evento de adm

  • 1. 54o Fórum Nacional de Secretarias Municipais de Administração das Capitais Brasileiras: Planejamento Estratégico e Acordo de Resultados na Prefeitura do Rio de Janeiro 12 de Maio de 2010
  • 2. Agenda – Planejamento Estratégico – Acordo de Resultados e Monitoramento – Aprendizados / Desafios Futuros
  • 3.
  • 4. Planejamento Estratégico Plano estratégico: plano de vôo do nosso governo para ajudar a cidade a trilhar esse caminho até 2012
  • 5. 10 • Saúde • Educação • Ordem Pública • Emprego e Renda • Infraestrutura Urbana • Meio ambiente • Transportes • Cultura, Esporte e Lazer • Assistência Social • Gestão e Finanças Públicas ÁREAS DE RESULTADO Planejamento Estratégico
  • 6. BREVE DIAGNÓSTICO DIRETRIZES SETORIAIS METAS SETORIAIS INICIATIVAS ESTRATÉGICAS Planejamento Estratégico
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. Planejamento Estratégico 2 estruturas foram criadas na Casa Civil para garantir o sucesso na execução do plano Acompanhamento do cronograma físico-financeiro e dos resultados das iniciativas estratégicas Desenvolvimento de Acordos de Resultados e Monitoramento do cumprimento das metas setoriais ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS SUBSECRETARIA DE MONITORAMENTO DE RESULTADOS
  • 12. Agenda – Planejamento Estratégico – Acordo de Resultados e Monitoramento – Aprendizados / Desafios Futuros
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16. Secretaria 2 Unidades administrativas Prefeito Secretaria 1 Secretaria 3 1ª etapa: Acordo Prefeito - Secretario 2ª etapa: Desdobramento Secretario - equipes Unidades administrativas Unidades administrativas Unidades administrativas Equipes das unidades vinculadas e subordinadas Equipes das unidades vinculadas e subordinadas Equipes das unidades vinculadas e subordinadas Equipes das unidades vinculadas e subordinadas Prêmio Pago de acordo com o desempenho de cada equipe Acordo de Resultados e Monitoramento Foram estabelecidos Acordos entre o prefeito e Secretários, em seguida é preciso desdobrar as metas dentro de cada órgão
  • 17. EM 2010, DAS 48 METAS ESTRATÉGICAS, 46 FORAM AVALIADAS E 67% (31) FORAM CUMPRIDAS. Metas Avaliadas 2 Total Não possuem informações suficientes* Tiveram chance de cumprimento em 2010 - avaliadas Não cumpridas Nota ≤ 3,9 Cumpridas Nota ≥ 8 Parcialmente cumpridas Nota entre 6 e 7,9 Balanço de Metas Parcialmente cumpridas Nota entre 4 e 5,9 * Meta de redução de gases do efeito estufa (apurada em 2012) e meta de redução da população abaixo da linha de indigência (avaliação feita com o resultado da PNAD, a ser divulgado em 2011). 48 46
  • 18. EM 2010, DAS 37 INICIATIVAS ESTRATÉGICAS, 34 FORAM AVALIADAS E 70% (24) APRESENTARAM AVALIAÇÃO POSITIVA Iniciativas avaliadas 37 Total Tiveram andamento avaliado Bom Regular Andamento de Iniciativas Problemático 3 Não possuem informações suficientes* 34 * Modernização da guarda municipal; Rio capital da energia e Morar Carioca Altamente problemático
  • 19. Agenda – Planejamento Estratégico – Acordo de Resultados e Monitoramento – Aprendizados / Desafios Futuros
  • 20.
  • 21.
  • 23. Secre-taria cumpriu metas? 1 Impacto da meta cumprir orçamento de custeio Impacto da meta executar valor integral reservado para investimento Sim Não Reverte 80% da economia de custeio para investimento Cumpriu custeio? Cumpriu custeio? Recompensas são reduzidas pelo mesmo % que estourou orçamento Nenhum impacto Penalidades são aumentadas por pelo mesmo % que estourou orçamento Sim Não Sim Não Impacto sobre as recom-pensas/ penalidades Secre-taria cumpriu metas? 1 Sim Não Nenhum impacto Executou 90-100% do reservado Executou 90-100% do reservado Recompensas são reduzidas em % igual à diferença entre 90% e o % executado Nenhum impacto Penalidades são aumentadas em % igual à diferença entre 90% e o % executado Sim Não Sim Não Impacto sobre as recom-pensas/ penalidades 1 Cumprimento de metas ocorre quando nota é maior ou igual a 4 FONTE: Análise da equipe Acordo de Resultados e Monitoramento