SlideShare uma empresa Scribd logo
PRODUÇÃO DE SEMENTES CRIOULAS
E VARIETAIS EM SANTA CATARINA

Anderson Munarini
Coordenador Estadual do MPA
Movimento dos Pequenos Agricultores - MPA
• MPA é um movimento camponês, de massa, autônomo
• É um movimento jovem (16 anos) e de caráter nacional
• Possui um projeto para agricultura camponesa “PLANO
CAMPONÊS”
• Eixo da Soberania - Soberania Genética.
• Três níveis:
–
–
–

Bancos Familiares de sementes
Bancos Comunitários de Sementes. Estruturas pequenas
armazenamento)
Unidades Regionais de Beneficiamento de Sementes. UBS.

(debulha-classificação-
FESTA DAS SEMENTES CRIOULAS
2000, 2002, 2004, 2007 e 2012
III Seminário de Formação Camponesa
18 á 20 de Abril de 2012
Apresentaçao  Anderson Munarini  CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao  Anderson Munarini  CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao  Anderson Munarini  CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao  Anderson Munarini  CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao  Anderson Munarini  CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao  Anderson Munarini  CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao  Anderson Munarini  CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao  Anderson Munarini  CBA-Agroecologia 2013
V Festa Nacional das Sementes Crioulas
21 e 22 de Abril de 2012
Apresentaçao  Anderson Munarini  CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao  Anderson Munarini  CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao  Anderson Munarini  CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao  Anderson Munarini  CBA-Agroecologia 2013
Fluxograma Conservação de Sementes Crioulas
Estudo
Sistematização
Qualificação

GUARDIÔES
Teste OGM

Novas
Variedades

Semente
Básica

Semente
Genética

Seleção Massal

50 % Plantio
50 % Estoque

Programa de
Melhoramento
Casa das
Sementes

UBS – Unidade de
Beneficiamento

Conservação
ex situ

Camponeses
Epagri
Embrapa
Iapar

VPAs Básica
e C1

MULTIPLICADORES

UBS – Unidade de
Beneficiamento

Programa de qualidade de
sementes

Comércio Conab
Camponeses ou suas entidades

Produtos e
Mercados

A
T
E
R
NÍVEL 01: Bancos Familiares de Sementes
NÍVEL 02: Banco Comunitários de Sementes
Atores Principais
GUARDIÕES
São camponeses (as) que por muitos anos mantém uma ou mais
variedades crioulas em sua propriedade, motivado por um forte
vinculo dessas sementes com a alimentação ou pelo gosto e prazer
de cultivar as mesmas, podendo representar ou não valor econômico
para a família.
Mapeadas 70 famílias.
NÍVEL 03: Unidade Territorial de
Beneficiamento de Sementes
Atores Principais
MULTIPLICADORES
Famílias com áreas de plantio com finalidade exclusiva para
reprodução de sementes – fins comerciais.
Milho: 11 cultivares
Feijão: 12 cultivares
Pastagem: 6 cultivares
1300 Famílias multiplicadoras
Organização de Grupos de Produção de Sementes para garantir
escala.
Escolha da área para garantir pureza varietal
Assistência técnica em todo o processo de produção
realizada por técnicos do MPA.
A semente para plantio nos campos de multiplicação vem
dos mantenedores.
Uso de adubação orgânica para fertilização dos solos e adoção de
práticas agroecológicas para diminuir o uso de agrotóxicos nos campos.
Transição Agroecológica
LAVOURAS DE MULTIPLICAÇÃO DE FEIJÃO
Número de plantas por hectare em lavouras de milho
PRIMEIRO LAUDO DE VISTORIA
É descartado o campo quando não são seguidas as orientações
técnicas ou quando há risco de contaminação.
Colheita manual e uso de Batedeira para debulha da produção. É
permitida a colheita mecanizada somente com acompanhamento
técnico
ÁREA DE ABRANGÊNCIA
Cooperativa Oestebio
•
•
•

Criada em 30/06/07
Área de abrangência
(PR, SC,RS)

•
•

OBJETIVOS
Produção
– Assistência Técnica
Industrialização
– Unidades de Armazenamento
– Unidades de Beneficiamento
Comercialização
– Logística
– Projetos
– Compra

•
•

•

ALIMENTOS

•

SEMENTES CRIOULAS
Gestão cooperativa em todo o processo
Número de associados da Oestebio

442

287

314

157

34

35

41

2007

2008

2009

2010

2011

2012

2013
Produção de sementes de Cultivares
Registradas
ASSISTÊNCIA TÉCNICA
3 – Técnico Nível Superior – Eng. Agrônomo
3 - Técnico Nível Superior – Gestão ambiental
3 - Técnico Nível Superior – Tecnólogo em Agroecologia
9 - Técnico de Nível Médio – Técnico em Agropecuária
Áreas de experimentos:
BENEFICIAMENTO DA PRODUÇÃO
SEMENTE PRONTA PARA COMERCIALIZAÇÃO
CONTROLE DE QUALIDADE
COMERCIALIZAÇÃO

Famílias Beneficiadas

Número de Famílias

68.638
52.148

9.914
2010

2011

Período

2012
SEMENTES:
“PATRIMÔNIO DOS POVOS A
SERVIÇO DA HUMANIDADE”
OBRIGADO PELA ATENÇÃO!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Emater rs alencar_rugeri
Emater rs alencar_rugeriEmater rs alencar_rugeri
Emater rs alencar_rugeri
Embrapa Milho e Sorgo
 
Cebolas híbridas exigem fertilização diferenciada
Cebolas híbridas exigem fertilização diferenciadaCebolas híbridas exigem fertilização diferenciada
Cebolas híbridas exigem fertilização diferenciada
Agricultura Sao Paulo
 
Cadeia de valor da mandioca reunião nacional
Cadeia de valor da mandioca   reunião nacionalCadeia de valor da mandioca   reunião nacional
Cadeia de valor da mandioca reunião nacional
Sostino Mocumbe
 
Economia do Umbu nas Pequenas Comunidades do Nordeste Brasileiro
Economia do Umbu nas Pequenas Comunidades do Nordeste BrasileiroEconomia do Umbu nas Pequenas Comunidades do Nordeste Brasileiro
Economia do Umbu nas Pequenas Comunidades do Nordeste Brasileiro
Vitor Morais
 
Melhoramento genético feijao
Melhoramento genético feijaoMelhoramento genético feijao
Melhoramento genético feijao
Helton medeiros taveira siqueira
 
Umbuzeiro (spondias tuberosa) ednei
Umbuzeiro (spondias tuberosa)   edneiUmbuzeiro (spondias tuberosa)   ednei
Umbuzeiro (spondias tuberosa) ednei
CETEP, FTC, FASA..
 
Melhoramento genético para todos
Melhoramento genético para todosMelhoramento genético para todos
Melhoramento genético para todos
Agricultura Sao Paulo
 
Enfraquecimento e perda de colônias de abelhas no brasil há casos de ccd
Enfraquecimento e perda de colônias de abelhas no brasil há casos de ccd Enfraquecimento e perda de colônias de abelhas no brasil há casos de ccd
Enfraquecimento e perda de colônias de abelhas no brasil há casos de ccd
Cristiane Assis
 
Palestra potencial da cultura do morango
Palestra   potencial da cultura do morangoPalestra   potencial da cultura do morango
Palestra potencial da cultura do morango
CETEP, FTC, FASA..
 
Mesa 2 conservação renato jundiaí2012
Mesa 2   conservação renato jundiaí2012Mesa 2   conservação renato jundiaí2012
Mesa 2 conservação renato jundiaí2012
Renato Ferraz de Arruda Veiga
 
Cultivo orgânico de milho verde consorciado com Leguminosas
Cultivo orgânico de milho verde consorciado com LeguminosasCultivo orgânico de milho verde consorciado com Leguminosas
Cultivo orgânico de milho verde consorciado com Leguminosas
Rural Pecuária
 
Cultivo agroecologico de Plantas Medicinais
Cultivo agroecologico de Plantas MedicinaisCultivo agroecologico de Plantas Medicinais
Cultivo agroecologico de Plantas Medicinais
Diogo Silva
 
apostila-de-olericultura-nad-pdf
apostila-de-olericultura-nad-pdfapostila-de-olericultura-nad-pdf
apostila-de-olericultura-nad-pdf
Saul Ramos
 
Informativo Centro de Citricultura
Informativo Centro de CitriculturaInformativo Centro de Citricultura
Informativo Centro de Citricultura
Agricultura Sao Paulo
 
Coleta de Dados Sobre a Soja
Coleta de Dados Sobre a SojaColeta de Dados Sobre a Soja
Coleta de Dados Sobre a Soja
equipetabemono
 
Cartilha de Agricultura Ecológica - Ecovida
Cartilha de Agricultura Ecológica - EcovidaCartilha de Agricultura Ecológica - Ecovida
Cartilha de Agricultura Ecológica - Ecovida
Maria Rê
 
Degradação de pastagens em Goiás
Degradação de pastagens em GoiásDegradação de pastagens em Goiás
Degradação de pastagens em Goiás
Marília Gomes
 
Planejamento Forrageiro: Técnicas para Aumento da Produção Ovina
Planejamento Forrageiro: Técnicas para Aumento da Produção OvinaPlanejamento Forrageiro: Técnicas para Aumento da Produção Ovina
Planejamento Forrageiro: Técnicas para Aumento da Produção Ovina
Rural Pecuária
 
Manual de Hortalicas não convencionais
Manual de Hortalicas não convencionaisManual de Hortalicas não convencionais
Manual de Hortalicas não convencionais
Rodrigo Fumes
 

Mais procurados (19)

Emater rs alencar_rugeri
Emater rs alencar_rugeriEmater rs alencar_rugeri
Emater rs alencar_rugeri
 
Cebolas híbridas exigem fertilização diferenciada
Cebolas híbridas exigem fertilização diferenciadaCebolas híbridas exigem fertilização diferenciada
Cebolas híbridas exigem fertilização diferenciada
 
Cadeia de valor da mandioca reunião nacional
Cadeia de valor da mandioca   reunião nacionalCadeia de valor da mandioca   reunião nacional
Cadeia de valor da mandioca reunião nacional
 
Economia do Umbu nas Pequenas Comunidades do Nordeste Brasileiro
Economia do Umbu nas Pequenas Comunidades do Nordeste BrasileiroEconomia do Umbu nas Pequenas Comunidades do Nordeste Brasileiro
Economia do Umbu nas Pequenas Comunidades do Nordeste Brasileiro
 
Melhoramento genético feijao
Melhoramento genético feijaoMelhoramento genético feijao
Melhoramento genético feijao
 
Umbuzeiro (spondias tuberosa) ednei
Umbuzeiro (spondias tuberosa)   edneiUmbuzeiro (spondias tuberosa)   ednei
Umbuzeiro (spondias tuberosa) ednei
 
Melhoramento genético para todos
Melhoramento genético para todosMelhoramento genético para todos
Melhoramento genético para todos
 
Enfraquecimento e perda de colônias de abelhas no brasil há casos de ccd
Enfraquecimento e perda de colônias de abelhas no brasil há casos de ccd Enfraquecimento e perda de colônias de abelhas no brasil há casos de ccd
Enfraquecimento e perda de colônias de abelhas no brasil há casos de ccd
 
Palestra potencial da cultura do morango
Palestra   potencial da cultura do morangoPalestra   potencial da cultura do morango
Palestra potencial da cultura do morango
 
Mesa 2 conservação renato jundiaí2012
Mesa 2   conservação renato jundiaí2012Mesa 2   conservação renato jundiaí2012
Mesa 2 conservação renato jundiaí2012
 
Cultivo orgânico de milho verde consorciado com Leguminosas
Cultivo orgânico de milho verde consorciado com LeguminosasCultivo orgânico de milho verde consorciado com Leguminosas
Cultivo orgânico de milho verde consorciado com Leguminosas
 
Cultivo agroecologico de Plantas Medicinais
Cultivo agroecologico de Plantas MedicinaisCultivo agroecologico de Plantas Medicinais
Cultivo agroecologico de Plantas Medicinais
 
apostila-de-olericultura-nad-pdf
apostila-de-olericultura-nad-pdfapostila-de-olericultura-nad-pdf
apostila-de-olericultura-nad-pdf
 
Informativo Centro de Citricultura
Informativo Centro de CitriculturaInformativo Centro de Citricultura
Informativo Centro de Citricultura
 
Coleta de Dados Sobre a Soja
Coleta de Dados Sobre a SojaColeta de Dados Sobre a Soja
Coleta de Dados Sobre a Soja
 
Cartilha de Agricultura Ecológica - Ecovida
Cartilha de Agricultura Ecológica - EcovidaCartilha de Agricultura Ecológica - Ecovida
Cartilha de Agricultura Ecológica - Ecovida
 
Degradação de pastagens em Goiás
Degradação de pastagens em GoiásDegradação de pastagens em Goiás
Degradação de pastagens em Goiás
 
Planejamento Forrageiro: Técnicas para Aumento da Produção Ovina
Planejamento Forrageiro: Técnicas para Aumento da Produção OvinaPlanejamento Forrageiro: Técnicas para Aumento da Produção Ovina
Planejamento Forrageiro: Técnicas para Aumento da Produção Ovina
 
Manual de Hortalicas não convencionais
Manual de Hortalicas não convencionaisManual de Hortalicas não convencionais
Manual de Hortalicas não convencionais
 

Destaque

5º Seminário Estadual de Agroecologia
5º Seminário Estadual de Agroecologia5º Seminário Estadual de Agroecologia
5º Seminário Estadual de Agroecologia
Dinho
 
Banco de sementes.. apresentaçao
Banco de sementes.. apresentaçaoBanco de sementes.. apresentaçao
Banco de sementes.. apresentaçao
Fernando Sarmento
 
Perspectiva Para a Soberania Alimentar Brasileira
Perspectiva Para a Soberania Alimentar BrasileiraPerspectiva Para a Soberania Alimentar Brasileira
Perspectiva Para a Soberania Alimentar Brasileira
Larissa Brasileiro
 
Agronegócio x agroecologia (06 10-15)
Agronegócio x agroecologia (06 10-15)Agronegócio x agroecologia (06 10-15)
Agronegócio x agroecologia (06 10-15)
redeeco
 
Banner moinho 2013
Banner moinho  2013Banner moinho  2013
Banner moinho 2013
grupo1unb
 
Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela
Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e PelaCampanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela
Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela
alantygel
 
Regras analise _sementes
Regras analise _sementesRegras analise _sementes
Regras analise _sementes
Nadia Krohn
 
Apresentação Inês Rugani CBA-Agroecologia2013
Apresentação Inês Rugani CBA-Agroecologia2013Apresentação Inês Rugani CBA-Agroecologia2013
Apresentação Inês Rugani CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Cartografia de Conceicão das Crioulas
Cartografia de Conceicão das  CrioulasCartografia de Conceicão das  Crioulas
Cartografia de Conceicão das Crioulas
Rosangela Nascimento
 
Saberes da terra
Saberes da terraSaberes da terra
Saberes da terra
Gisiane1
 
Inovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiar
Inovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiarInovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiar
Inovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiar
Denise Dhiira Mazeto
 
Planejamento integrado
Planejamento integradoPlanejamento integrado
Planejamento integrado
Leidiana Oliveira
 
Orientações e sugestões para elaboração de planejamento integrado. novo
Orientações e sugestões para   elaboração de planejamento integrado.   novoOrientações e sugestões para   elaboração de planejamento integrado.   novo
Orientações e sugestões para elaboração de planejamento integrado. novo
João Francisca
 
Seminario beneficiamento de sementes
Seminario beneficiamento de sementesSeminario beneficiamento de sementes
Seminario beneficiamento de sementes
Djeison Oliveira
 
Planejamento
PlanejamentoPlanejamento
Planejamento
projovemcampoufc
 
Apresentação Saberes da Terra MEC
Apresentação Saberes da Terra MECApresentação Saberes da Terra MEC
Apresentação Saberes da Terra MEC
projovemcampoufc
 
Atividade de planejamento pa cleide
Atividade de planejamento pa cleideAtividade de planejamento pa cleide
Atividade de planejamento pa cleide
Cleideteofilo Paulino
 
21 PatrimóNio Genetico
21 PatrimóNio Genetico21 PatrimóNio Genetico
21 PatrimóNio Genetico
Leonor Vaz Pereira
 
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIAAPRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA
INSTITUTO VOZ POPULAR
 
GERMINAÇÃO E DORMÊNCIA DE SEMENTES
GERMINAÇÃO E DORMÊNCIA DE SEMENTESGERMINAÇÃO E DORMÊNCIA DE SEMENTES
GERMINAÇÃO E DORMÊNCIA DE SEMENTES
carlinhosmatos
 

Destaque (20)

5º Seminário Estadual de Agroecologia
5º Seminário Estadual de Agroecologia5º Seminário Estadual de Agroecologia
5º Seminário Estadual de Agroecologia
 
Banco de sementes.. apresentaçao
Banco de sementes.. apresentaçaoBanco de sementes.. apresentaçao
Banco de sementes.. apresentaçao
 
Perspectiva Para a Soberania Alimentar Brasileira
Perspectiva Para a Soberania Alimentar BrasileiraPerspectiva Para a Soberania Alimentar Brasileira
Perspectiva Para a Soberania Alimentar Brasileira
 
Agronegócio x agroecologia (06 10-15)
Agronegócio x agroecologia (06 10-15)Agronegócio x agroecologia (06 10-15)
Agronegócio x agroecologia (06 10-15)
 
Banner moinho 2013
Banner moinho  2013Banner moinho  2013
Banner moinho 2013
 
Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela
Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e PelaCampanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela
Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela
 
Regras analise _sementes
Regras analise _sementesRegras analise _sementes
Regras analise _sementes
 
Apresentação Inês Rugani CBA-Agroecologia2013
Apresentação Inês Rugani CBA-Agroecologia2013Apresentação Inês Rugani CBA-Agroecologia2013
Apresentação Inês Rugani CBA-Agroecologia2013
 
Cartografia de Conceicão das Crioulas
Cartografia de Conceicão das  CrioulasCartografia de Conceicão das  Crioulas
Cartografia de Conceicão das Crioulas
 
Saberes da terra
Saberes da terraSaberes da terra
Saberes da terra
 
Inovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiar
Inovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiarInovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiar
Inovando em-agroecologia-cartilha-agroecológica-de-produção-familiar
 
Planejamento integrado
Planejamento integradoPlanejamento integrado
Planejamento integrado
 
Orientações e sugestões para elaboração de planejamento integrado. novo
Orientações e sugestões para   elaboração de planejamento integrado.   novoOrientações e sugestões para   elaboração de planejamento integrado.   novo
Orientações e sugestões para elaboração de planejamento integrado. novo
 
Seminario beneficiamento de sementes
Seminario beneficiamento de sementesSeminario beneficiamento de sementes
Seminario beneficiamento de sementes
 
Planejamento
PlanejamentoPlanejamento
Planejamento
 
Apresentação Saberes da Terra MEC
Apresentação Saberes da Terra MECApresentação Saberes da Terra MEC
Apresentação Saberes da Terra MEC
 
Atividade de planejamento pa cleide
Atividade de planejamento pa cleideAtividade de planejamento pa cleide
Atividade de planejamento pa cleide
 
21 PatrimóNio Genetico
21 PatrimóNio Genetico21 PatrimóNio Genetico
21 PatrimóNio Genetico
 
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIAAPRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA
 
GERMINAÇÃO E DORMÊNCIA DE SEMENTES
GERMINAÇÃO E DORMÊNCIA DE SEMENTESGERMINAÇÃO E DORMÊNCIA DE SEMENTES
GERMINAÇÃO E DORMÊNCIA DE SEMENTES
 

Semelhante a Apresentaçao Anderson Munarini CBA-Agroecologia 2013

Guia para produção de Café Sustentável na Amazônia, por Vinícius Figueiredo
Guia para produção de Café Sustentável na Amazônia, por Vinícius FigueiredoGuia para produção de Café Sustentável na Amazônia, por Vinícius Figueiredo
Guia para produção de Café Sustentável na Amazônia, por Vinícius Figueiredo
Idesam
 
Apresentação Tom Prado - Itaueira Agropecuária
Apresentação Tom Prado - Itaueira AgropecuáriaApresentação Tom Prado - Itaueira Agropecuária
Apresentação Tom Prado - Itaueira Agropecuária
Oxya Agro e Biociências
 
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.pptTecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
jeffersonbarros39
 
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.pptTecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
MichellinePoncianoSi
 
ABC Caupi feijão do sertão
ABC Caupi feijão do sertãoABC Caupi feijão do sertão
ABC Caupi feijão do sertão
Lenildo Araujo
 
Do laboratório para a panela
Do laboratório para a panelaDo laboratório para a panela
Do laboratório para a panela
Agricultura Sao Paulo
 
Banco de Germoplasma ISOPlexis
Banco de Germoplasma ISOPlexisBanco de Germoplasma ISOPlexis
Banco de Germoplasma ISOPlexis
PTMacaronesia
 
Cultivo da Mamona - Autor & Consultor Eng. Gleidson Martins
Cultivo da Mamona - Autor & Consultor Eng. Gleidson MartinsCultivo da Mamona - Autor & Consultor Eng. Gleidson Martins
Cultivo da Mamona - Autor & Consultor Eng. Gleidson Martins
Gleidson Martins
 
5 producao-de-mudas-de-plantas-nativa-do-cerrado
5 producao-de-mudas-de-plantas-nativa-do-cerrado5 producao-de-mudas-de-plantas-nativa-do-cerrado
5 producao-de-mudas-de-plantas-nativa-do-cerrado
Bruno Rodrigues
 
Tinoco
TinocoTinoco
Discussão estratégica de investigação de frutas tropicais para AL e Caribe, E...
Discussão estratégica de investigação de frutas tropicais para AL e Caribe, E...Discussão estratégica de investigação de frutas tropicais para AL e Caribe, E...
Discussão estratégica de investigação de frutas tropicais para AL e Caribe, E...
CIAT
 
SAF da Floresta.pdf
SAF da Floresta.pdfSAF da Floresta.pdf
SAF da Floresta.pdf
AthinaTafnis
 
Abc feijão caupi
Abc feijão caupiAbc feijão caupi
Abc feijão caupi
pauloweimann
 
3 bases tecnológicas segunda aula 18 03
3 bases tecnológicas segunda aula 18 033 bases tecnológicas segunda aula 18 03
3 bases tecnológicas segunda aula 18 03
Agronegócios
 
Manual de Agricultura de Conservação para Técnicos e Agricultores
Manual de Agricultura de Conservação para Técnicos e AgricultoresManual de Agricultura de Conservação para Técnicos e Agricultores
Manual de Agricultura de Conservação para Técnicos e Agricultores
Sérgio Amaral
 
Ovinos
OvinosOvinos
SojaPlusMG_ApresentaçãoDoPrograma_Florestal
SojaPlusMG_ApresentaçãoDoPrograma_FlorestalSojaPlusMG_ApresentaçãoDoPrograma_Florestal
SojaPlusMG_ApresentaçãoDoPrograma_Florestal
equipeagroplus
 
01 manual sq apicultura - completo - 28-03-2008-final
01   manual sq apicultura - completo - 28-03-2008-final01   manual sq apicultura - completo - 28-03-2008-final
01 manual sq apicultura - completo - 28-03-2008-final
Federal University of Rio Grande do Norte
 
Senar produção de leite conforme in 62
Senar   produção de leite conforme in 62Senar   produção de leite conforme in 62
Senar produção de leite conforme in 62
Jane Domingues
 
TCC kátia Matoso
TCC kátia MatosoTCC kátia Matoso
TCC kátia Matoso
taquarucu
 

Semelhante a Apresentaçao Anderson Munarini CBA-Agroecologia 2013 (20)

Guia para produção de Café Sustentável na Amazônia, por Vinícius Figueiredo
Guia para produção de Café Sustentável na Amazônia, por Vinícius FigueiredoGuia para produção de Café Sustentável na Amazônia, por Vinícius Figueiredo
Guia para produção de Café Sustentável na Amazônia, por Vinícius Figueiredo
 
Apresentação Tom Prado - Itaueira Agropecuária
Apresentação Tom Prado - Itaueira AgropecuáriaApresentação Tom Prado - Itaueira Agropecuária
Apresentação Tom Prado - Itaueira Agropecuária
 
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.pptTecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
 
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.pptTecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
 
ABC Caupi feijão do sertão
ABC Caupi feijão do sertãoABC Caupi feijão do sertão
ABC Caupi feijão do sertão
 
Do laboratório para a panela
Do laboratório para a panelaDo laboratório para a panela
Do laboratório para a panela
 
Banco de Germoplasma ISOPlexis
Banco de Germoplasma ISOPlexisBanco de Germoplasma ISOPlexis
Banco de Germoplasma ISOPlexis
 
Cultivo da Mamona - Autor & Consultor Eng. Gleidson Martins
Cultivo da Mamona - Autor & Consultor Eng. Gleidson MartinsCultivo da Mamona - Autor & Consultor Eng. Gleidson Martins
Cultivo da Mamona - Autor & Consultor Eng. Gleidson Martins
 
5 producao-de-mudas-de-plantas-nativa-do-cerrado
5 producao-de-mudas-de-plantas-nativa-do-cerrado5 producao-de-mudas-de-plantas-nativa-do-cerrado
5 producao-de-mudas-de-plantas-nativa-do-cerrado
 
Tinoco
TinocoTinoco
Tinoco
 
Discussão estratégica de investigação de frutas tropicais para AL e Caribe, E...
Discussão estratégica de investigação de frutas tropicais para AL e Caribe, E...Discussão estratégica de investigação de frutas tropicais para AL e Caribe, E...
Discussão estratégica de investigação de frutas tropicais para AL e Caribe, E...
 
SAF da Floresta.pdf
SAF da Floresta.pdfSAF da Floresta.pdf
SAF da Floresta.pdf
 
Abc feijão caupi
Abc feijão caupiAbc feijão caupi
Abc feijão caupi
 
3 bases tecnológicas segunda aula 18 03
3 bases tecnológicas segunda aula 18 033 bases tecnológicas segunda aula 18 03
3 bases tecnológicas segunda aula 18 03
 
Manual de Agricultura de Conservação para Técnicos e Agricultores
Manual de Agricultura de Conservação para Técnicos e AgricultoresManual de Agricultura de Conservação para Técnicos e Agricultores
Manual de Agricultura de Conservação para Técnicos e Agricultores
 
Ovinos
OvinosOvinos
Ovinos
 
SojaPlusMG_ApresentaçãoDoPrograma_Florestal
SojaPlusMG_ApresentaçãoDoPrograma_FlorestalSojaPlusMG_ApresentaçãoDoPrograma_Florestal
SojaPlusMG_ApresentaçãoDoPrograma_Florestal
 
01 manual sq apicultura - completo - 28-03-2008-final
01   manual sq apicultura - completo - 28-03-2008-final01   manual sq apicultura - completo - 28-03-2008-final
01 manual sq apicultura - completo - 28-03-2008-final
 
Senar produção de leite conforme in 62
Senar   produção de leite conforme in 62Senar   produção de leite conforme in 62
Senar produção de leite conforme in 62
 
TCC kátia Matoso
TCC kátia MatosoTCC kátia Matoso
TCC kátia Matoso
 

Mais de Agroecologia

Palestra Alan boccato viii cba agroecologia
Palestra Alan boccato viii cba agroecologiaPalestra Alan boccato viii cba agroecologia
Palestra Alan boccato viii cba agroecologia
Agroecologia
 
Caderno da Programação do VIII CBA-Agroecologia
Caderno da Programação do VIII CBA-AgroecologiaCaderno da Programação do VIII CBA-Agroecologia
Caderno da Programação do VIII CBA-Agroecologia
Agroecologia
 
Desde la aportación de José Antonio Costabeber por Guzmán CBA-Agroecologia2013
Desde la aportación de José Antonio Costabeber  por Guzmán CBA-Agroecologia2013Desde la aportación de José Antonio Costabeber  por Guzmán CBA-Agroecologia2013
Desde la aportación de José Antonio Costabeber por Guzmán CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Apresentaçao Stéphane Bellon CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Stéphane Bellon  CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Stéphane Bellon  CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Stéphane Bellon CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Apresentaçao Santiago j. Sarandón CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Santiago j. Sarandón  CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Santiago j. Sarandón  CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Santiago j. Sarandón CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Apresentaçao Pedro Urubatan Neto da Costa CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Pedro Urubatan Neto da Costa  CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Pedro Urubatan Neto da Costa  CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Pedro Urubatan Neto da Costa CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Apresentaçao Islandia Bezerra CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Islandia Bezerra  CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Islandia Bezerra  CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Islandia Bezerra CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Apresentaçao Eduardo Sevilla Guzmán CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Eduardo Sevilla Guzmán  CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Eduardo Sevilla Guzmán  CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Eduardo Sevilla Guzmán CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Apresentaçao Jaime Morales Hernández CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Jaime Morales Hernández   CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Jaime Morales Hernández   CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Jaime Morales Hernández CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Apresentaçao Clara Nicholls CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Clara Nicholls CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Clara Nicholls CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Clara Nicholls CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Apresentaçao Adriana Galvão CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Adriana Galvão CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Adriana Galvão CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Adriana Galvão CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Apresentaçao Abdalaziz de Moura CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Abdalaziz de Moura  CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Abdalaziz de Moura  CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Abdalaziz de Moura CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Apresentação Pedro Vieira CBA-Agroecologia2013
Apresentação Pedro Vieira  CBA-Agroecologia2013Apresentação Pedro Vieira  CBA-Agroecologia2013
Apresentação Pedro Vieira CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Apresentação Neus Monllor Rico CBA-Agroecologia2013
Apresentação Neus Monllor Rico   CBA-Agroecologia2013Apresentação Neus Monllor Rico   CBA-Agroecologia2013
Apresentação Neus Monllor Rico CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Apresentação Myriam Paredes CBA-Agroecologia2013
Apresentação Myriam Paredes   CBA-Agroecologia2013Apresentação Myriam Paredes   CBA-Agroecologia2013
Apresentação Myriam Paredes CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Apresentação Ingrid de Barros CBA-Agroecologia2013
Apresentação Ingrid de Barros   CBA-Agroecologia2013Apresentação Ingrid de Barros   CBA-Agroecologia2013
Apresentação Ingrid de Barros CBA-Agroecologia2013
Agroecologia
 
Apresentação Guilherme Radomsky CBA-Agroecologia 2013
Apresentação Guilherme Radomsky CBA-Agroecologia 2013Apresentação Guilherme Radomsky CBA-Agroecologia 2013
Apresentação Guilherme Radomsky CBA-Agroecologia 2013
Agroecologia
 
Apresentação Gema Galgani Esmeraldo CBA-Agroecologia 2013
Apresentação Gema Galgani Esmeraldo  CBA-Agroecologia 2013Apresentação Gema Galgani Esmeraldo  CBA-Agroecologia 2013
Apresentação Gema Galgani Esmeraldo CBA-Agroecologia 2013
Agroecologia
 
Apresentaçao Mariana Oliveira Ramos CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao Mariana Oliveira Ramos  CBA-Agroecologia 2013Apresentaçao Mariana Oliveira Ramos  CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao Mariana Oliveira Ramos CBA-Agroecologia 2013
Agroecologia
 
Apresentaçao Marcia Neves Guelber Sales CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao  Marcia Neves Guelber Sales   CBA-Agroecologia 2013Apresentaçao  Marcia Neves Guelber Sales   CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao Marcia Neves Guelber Sales CBA-Agroecologia 2013
Agroecologia
 

Mais de Agroecologia (20)

Palestra Alan boccato viii cba agroecologia
Palestra Alan boccato viii cba agroecologiaPalestra Alan boccato viii cba agroecologia
Palestra Alan boccato viii cba agroecologia
 
Caderno da Programação do VIII CBA-Agroecologia
Caderno da Programação do VIII CBA-AgroecologiaCaderno da Programação do VIII CBA-Agroecologia
Caderno da Programação do VIII CBA-Agroecologia
 
Desde la aportación de José Antonio Costabeber por Guzmán CBA-Agroecologia2013
Desde la aportación de José Antonio Costabeber  por Guzmán CBA-Agroecologia2013Desde la aportación de José Antonio Costabeber  por Guzmán CBA-Agroecologia2013
Desde la aportación de José Antonio Costabeber por Guzmán CBA-Agroecologia2013
 
Apresentaçao Stéphane Bellon CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Stéphane Bellon  CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Stéphane Bellon  CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Stéphane Bellon CBA-Agroecologia2013
 
Apresentaçao Santiago j. Sarandón CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Santiago j. Sarandón  CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Santiago j. Sarandón  CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Santiago j. Sarandón CBA-Agroecologia2013
 
Apresentaçao Pedro Urubatan Neto da Costa CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Pedro Urubatan Neto da Costa  CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Pedro Urubatan Neto da Costa  CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Pedro Urubatan Neto da Costa CBA-Agroecologia2013
 
Apresentaçao Islandia Bezerra CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Islandia Bezerra  CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Islandia Bezerra  CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Islandia Bezerra CBA-Agroecologia2013
 
Apresentaçao Eduardo Sevilla Guzmán CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Eduardo Sevilla Guzmán  CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Eduardo Sevilla Guzmán  CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Eduardo Sevilla Guzmán CBA-Agroecologia2013
 
Apresentaçao Jaime Morales Hernández CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Jaime Morales Hernández   CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Jaime Morales Hernández   CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Jaime Morales Hernández CBA-Agroecologia2013
 
Apresentaçao Clara Nicholls CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Clara Nicholls CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Clara Nicholls CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Clara Nicholls CBA-Agroecologia2013
 
Apresentaçao Adriana Galvão CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Adriana Galvão CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Adriana Galvão CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Adriana Galvão CBA-Agroecologia2013
 
Apresentaçao Abdalaziz de Moura CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Abdalaziz de Moura  CBA-Agroecologia2013Apresentaçao Abdalaziz de Moura  CBA-Agroecologia2013
Apresentaçao Abdalaziz de Moura CBA-Agroecologia2013
 
Apresentação Pedro Vieira CBA-Agroecologia2013
Apresentação Pedro Vieira  CBA-Agroecologia2013Apresentação Pedro Vieira  CBA-Agroecologia2013
Apresentação Pedro Vieira CBA-Agroecologia2013
 
Apresentação Neus Monllor Rico CBA-Agroecologia2013
Apresentação Neus Monllor Rico   CBA-Agroecologia2013Apresentação Neus Monllor Rico   CBA-Agroecologia2013
Apresentação Neus Monllor Rico CBA-Agroecologia2013
 
Apresentação Myriam Paredes CBA-Agroecologia2013
Apresentação Myriam Paredes   CBA-Agroecologia2013Apresentação Myriam Paredes   CBA-Agroecologia2013
Apresentação Myriam Paredes CBA-Agroecologia2013
 
Apresentação Ingrid de Barros CBA-Agroecologia2013
Apresentação Ingrid de Barros   CBA-Agroecologia2013Apresentação Ingrid de Barros   CBA-Agroecologia2013
Apresentação Ingrid de Barros CBA-Agroecologia2013
 
Apresentação Guilherme Radomsky CBA-Agroecologia 2013
Apresentação Guilherme Radomsky CBA-Agroecologia 2013Apresentação Guilherme Radomsky CBA-Agroecologia 2013
Apresentação Guilherme Radomsky CBA-Agroecologia 2013
 
Apresentação Gema Galgani Esmeraldo CBA-Agroecologia 2013
Apresentação Gema Galgani Esmeraldo  CBA-Agroecologia 2013Apresentação Gema Galgani Esmeraldo  CBA-Agroecologia 2013
Apresentação Gema Galgani Esmeraldo CBA-Agroecologia 2013
 
Apresentaçao Mariana Oliveira Ramos CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao Mariana Oliveira Ramos  CBA-Agroecologia 2013Apresentaçao Mariana Oliveira Ramos  CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao Mariana Oliveira Ramos CBA-Agroecologia 2013
 
Apresentaçao Marcia Neves Guelber Sales CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao  Marcia Neves Guelber Sales   CBA-Agroecologia 2013Apresentaçao  Marcia Neves Guelber Sales   CBA-Agroecologia 2013
Apresentaçao Marcia Neves Guelber Sales CBA-Agroecologia 2013
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 

Apresentaçao Anderson Munarini CBA-Agroecologia 2013

  • 1. PRODUÇÃO DE SEMENTES CRIOULAS E VARIETAIS EM SANTA CATARINA Anderson Munarini Coordenador Estadual do MPA
  • 2. Movimento dos Pequenos Agricultores - MPA • MPA é um movimento camponês, de massa, autônomo • É um movimento jovem (16 anos) e de caráter nacional • Possui um projeto para agricultura camponesa “PLANO CAMPONÊS” • Eixo da Soberania - Soberania Genética. • Três níveis: – – – Bancos Familiares de sementes Bancos Comunitários de Sementes. Estruturas pequenas armazenamento) Unidades Regionais de Beneficiamento de Sementes. UBS. (debulha-classificação-
  • 3. FESTA DAS SEMENTES CRIOULAS 2000, 2002, 2004, 2007 e 2012
  • 4. III Seminário de Formação Camponesa 18 á 20 de Abril de 2012
  • 13. V Festa Nacional das Sementes Crioulas 21 e 22 de Abril de 2012
  • 18. Fluxograma Conservação de Sementes Crioulas Estudo Sistematização Qualificação GUARDIÔES Teste OGM Novas Variedades Semente Básica Semente Genética Seleção Massal 50 % Plantio 50 % Estoque Programa de Melhoramento Casa das Sementes UBS – Unidade de Beneficiamento Conservação ex situ Camponeses Epagri Embrapa Iapar VPAs Básica e C1 MULTIPLICADORES UBS – Unidade de Beneficiamento Programa de qualidade de sementes Comércio Conab Camponeses ou suas entidades Produtos e Mercados A T E R
  • 19. NÍVEL 01: Bancos Familiares de Sementes
  • 20. NÍVEL 02: Banco Comunitários de Sementes
  • 21. Atores Principais GUARDIÕES São camponeses (as) que por muitos anos mantém uma ou mais variedades crioulas em sua propriedade, motivado por um forte vinculo dessas sementes com a alimentação ou pelo gosto e prazer de cultivar as mesmas, podendo representar ou não valor econômico para a família. Mapeadas 70 famílias.
  • 22. NÍVEL 03: Unidade Territorial de Beneficiamento de Sementes
  • 23. Atores Principais MULTIPLICADORES Famílias com áreas de plantio com finalidade exclusiva para reprodução de sementes – fins comerciais. Milho: 11 cultivares Feijão: 12 cultivares Pastagem: 6 cultivares 1300 Famílias multiplicadoras
  • 24. Organização de Grupos de Produção de Sementes para garantir escala.
  • 25. Escolha da área para garantir pureza varietal
  • 26. Assistência técnica em todo o processo de produção realizada por técnicos do MPA.
  • 27. A semente para plantio nos campos de multiplicação vem dos mantenedores.
  • 28. Uso de adubação orgânica para fertilização dos solos e adoção de práticas agroecológicas para diminuir o uso de agrotóxicos nos campos. Transição Agroecológica
  • 30. Número de plantas por hectare em lavouras de milho
  • 31. PRIMEIRO LAUDO DE VISTORIA É descartado o campo quando não são seguidas as orientações técnicas ou quando há risco de contaminação.
  • 32. Colheita manual e uso de Batedeira para debulha da produção. É permitida a colheita mecanizada somente com acompanhamento técnico
  • 34. Cooperativa Oestebio • • • Criada em 30/06/07 Área de abrangência (PR, SC,RS) • • OBJETIVOS Produção – Assistência Técnica Industrialização – Unidades de Armazenamento – Unidades de Beneficiamento Comercialização – Logística – Projetos – Compra • • • ALIMENTOS • SEMENTES CRIOULAS
  • 35. Gestão cooperativa em todo o processo
  • 36. Número de associados da Oestebio 442 287 314 157 34 35 41 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013
  • 37. Produção de sementes de Cultivares Registradas
  • 38. ASSISTÊNCIA TÉCNICA 3 – Técnico Nível Superior – Eng. Agrônomo 3 - Técnico Nível Superior – Gestão ambiental 3 - Técnico Nível Superior – Tecnólogo em Agroecologia 9 - Técnico de Nível Médio – Técnico em Agropecuária
  • 41. SEMENTE PRONTA PARA COMERCIALIZAÇÃO
  • 43. COMERCIALIZAÇÃO Famílias Beneficiadas Número de Famílias 68.638 52.148 9.914 2010 2011 Período 2012
  • 44. SEMENTES: “PATRIMÔNIO DOS POVOS A SERVIÇO DA HUMANIDADE” OBRIGADO PELA ATENÇÃO!