SlideShare uma empresa Scribd logo
Dr. João Santos Caio Jr
- CRM 20.611
Neuro-Endocrinologista Clínico
Dra. Henriqueta V Caio
- CRM 28.960
Endocrinologista Clínico
A PARTIR DE 1985 COM ADVENTO GH-POR DNA
RECOMBINANTE. A DEFICIÊNCIA DE HORMÔNIO DE
CRESCIMENTO (1985)-DGH PODE RESULTAR DE UMA
PERTURBAÇÃO NO EIXO DE GH PELA GLÂNDULA PITUITÁRIA OU
HIPOTÁLAMO. ESTA ETIOLOGIA DA DISFUNÇÃO PODE SER
CONGÊNITA OU ADQUIRIDA NA ETIOLOGIA. A APRESENTAÇÃO
CLÁSSICA DA DGH GRAVE É CARACTERIZADA POR BAIXA
ESTATURA, CRESCIMENTO LENTO E MATURAÇÃO ESQUELÉTICA
ATRASADA, COM REDUÇÃO DA SECREÇÃO DE GH EM RESPOSTA
AO ESTÍMULO PROVOCANTE. FISIOLOGIA–ENDOCRINOLOGIA–
NEUROENDOCRINOLOGIA–GENÉTICA–ENDÓCRINO-PEDIATRIA
(SUBDIVISÃO DA ENDOCRINOLOGIA): DR. JOÃO SANTOS CAIO
JR. ET DRA. HENRIQUETA VERLANGIERI CAIO.
Apesar desta lista expansiva de etiologias, a causa do DGH na maioria das
crianças, infantil ou juvenil é
idiopática. O tratamento com GH
de crianças com DGH é, em certa
medida, normalizado em todo o
mundo, o que o torna uma
substância eficiente para
correção de diversos tipos de
males, mais um em especial que
possui um fator quase
imponderável de estigmatização
que é a baixa estatura
longitudinal ou linear que
acomete crianças, infantil,
juvenis e adolescentes. rhGH é
utilizado individualmente de
acordo com indicações precisas
baseadas no IMC, por via subcutânea, normalmente à noite para simular a
fisiologia normal. Embora a importância da glândula pituitária para o
crescimento foi reconhecida no final do século IXX, a terapia de hormônio
de crescimento (GH) foi disponibilizada para crianças e adolescentes com
Dr. João Santos Caio Jr
- CRM 20.611
Neuro-Endocrinologista Clínico
Dra. Henriqueta V Caio
- CRM 28.960
Endocrinologista Clínico
deficiência severa de GH apenas no final dos anos 1950. O uso de GH para
outras condições era limitado por causa da oferta limitada de hormônio
derivado de pituitária humana, além dos possíveis efeitos indesejáveis que
naquela época podiam ocorrer com o uso do GH obtido de humanos. Com
a disponibilidade ilimitada de GH humano DNA-recombinante (rhGH) em
1985, o cenário de tratamento com GH foi alterado enormemente,
trazendo resultados brilhantes e com efeito secundários desprezíveis
quando aplicado corretamente. Atualmente há lista cada vez maior de
indicações de tratamento com GH em crianças, adolescentes e adultos. A
deficiência do hormônio de crescimento é tratada através da reposição de
GH. Todo o GH prescrito nas Américas, Europa, e na maioria do resto do
mundo é HGH humano, produzido por tecnologia de DNA recombinante.
Como o GH é uma grande molécula de peptídeos, que tem de ser injetado
em tecido muscular ou subcutâneo para tê-lo na circulação sanguínea.
Quase indolor, seringas com aplicadores especializados muito finos,
tornam isso menos penoso do que normalmente é esperado, mas o
desconforto percebido
é um valor subjetivo e
psicológico. Quando
tratados com GH, uma
criança deficiente vai
começar a crescer
mais rapidamente nos
próximos meses.
Outros benefícios
podem ser notados,
como o aumento da
força, o progresso em
desenvolvimento
motor, redução de
gordura corporal e melhora da cognição. Os efeitos colaterais desse tipo
de substituição fisiológica são bastante raros ou desprezíveis.
A Endocrine Society recomendou que pacientes adultos com diagnóstico
de deficiência de hormônio de crescimento (DGH), este deve ser
administrado num regime de tratamento individualizado com GH. No que
dizem respeito ao diagnóstico, suas diretrizes afirmam que "pacientes
adultos com hipotálamo estrutural/doença da hipófise, cirurgia ou
Dr. João Santos Caio Jr
- CRM 20.611
Neuro-Endocrinologista Clínico
Dra. Henriqueta V Caio
- CRM 28.960
Endocrinologista Clínico
irradiação, e outras patologias com indicações precisas que possam
melhorar a qualidade de vida do adulto que tenha indicação”.
DESPITE GROWING CHILD OR CHILDREN YOUTH BE AXIOMATIC WAS
ONLY POSSIBLE TRH SINCE 1985 WITH ADVENT BY GH-rDNA.
THE GROWTH HORMONE DEFICIENCY (1985)-GHD MAY RESULT OF A
DISTURBANCE IN SHAFT BY GH PITUITARY GLAND OR HYPOTHALAMUS.
THIS ETIOLOGY OF DYSFUNCTION CAN BE CONGENITAL OR ACQUIRED IN
THE ETIOLOGY. CLASSIC PRESENTATION OF SEVERE GHD IS
CHARACTERIZED BY SHORT STATURE, SLOW GROWTH SKELETAL
MATURITY AND LATE WITH REDUCTION OF GH SECRETION IN RESPONSE
TO STIMULUS PROVOCATIVE. PHYSIOLOGY-ENDOCRINOLOGY-
NEUROENDOCRINOLOGY-GENETICS-ENDOCRINE-PEDIATRICS
(SUBDIVISION OF ENDOCRINOLOGY): DR. JOÃO SANTOS CAIO JR. ET
DRA. HENRIQUETA VERLANGIERI CAIO.
Despite this expansive list of etiologies, the cause of GHD in most children
is child or juvenile idiopathic. GH treatment in children with GHD is to
some extent standardized worldwide , which makes an efficient substance
for correction of
various types of
ailments, more
particularly one which
has an almost
unthinkable that
stigmatization factor is
low longitudinal or
linear height affect
children, children,
youth and adolescents .
rhGH is used
individually in
accordance with specific recommendations based on BMI, subcutaneous,
usually at night to simulate normal physiology of GH. Although the
importance of the pituitary gland to growth was recognized in the late IXX
century, the therapy of growth hormone (GH) is available for children and
adolescents with severe GH deficiency only in the late 1950s. Use of GH
Dr. João Santos Caio Jr
- CRM 20.611
Neuro-Endocrinologista Clínico
Dra. Henriqueta V Caio
- CRM 28.960
Endocrinologista Clínico
for other conditions was limited because of the limited amount of
hormone derived from human pituitary, in addition to the possible
undesirable effects at that time offer.
With the unlimited availability of human GH (rhGH) recombinant in 1985,
the scenario of GH treatment has changed enormously, bringing bright
with negligible side effect results when applied correctly. Currently there
are increasing indications of GH treatment in children, adolescents and
adults list. Growth hormone deficiency is treated by replacing GH. All GH
prescribed in the Americas, Europe, and most of the rest of the world is
human GH, manufactured by recombinant DNA technology. As GH is a
large molecule peptide, which has to be injected into subcutaneous tissue
or muscle to get it into the blood circulation. Almost painless syringes with
very fine specialized applicators, making it less painful than is usually
expected, but the perceived discomfort is a subjective and psychological
value. When treated with GH, a deficient child will begin to grow faster in
the coming months. Other benefits can be observed, such as increased
strength, progress in motor development and body fat reduction improves
cognition. The side effects of this type of physiologic replacement are
quite rare or negligible. The Endocrine Society recommended that adult
patients diagnosed with adult hormone deficiency (GHD) should receive
an individualized treatment regimen of GH. With respect to diagnosis,
their guidelines state that “adult patients with structural hypothalamus/
pituitary gland disease, surgery or irradiation, and other pathologies with
precise indication which can improve the quality of life of adults who has
indicated”.
Dr. João Santos Caio Jr.
Endocrinologia – Neuroendocrinologista
CRM 20611
Dra. Henriqueta V. Caio
Endocrinologista – Medicina Interna
CRM 28930
Como saber mais:
1. Uma unidade de massa atômica é aproximadamente a massa de um
núcleo (ou um único próton ou de nêutrons e é equivalente a 1g/mol...
http://hormoniocrescimentoadultos.blogspot.com
Dr. João Santos Caio Jr
- CRM 20.611
Neuro-Endocrinologista Clínico
Dra. Henriqueta V Caio
- CRM 28.960
Endocrinologista Clínico
2. Ele é definido como um doze avos da massa de um átomo neutro não
ligado de carbono-12 em seu estado fundamental nuclear e eletrônico)...
http://longevidadefutura.blogspot.com
3. Uma variante de 20 kDa do GH-hormônio de crescimento hipofisário é
responsável por 5 a 10% do GH-hormônio de crescimento circulante e é
derivado do mesmo gene, o GHN, mas é resultante de uma divisão
alternativa...
http://imcobesidade.blogspot.com
AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.
Referências Bibliográficas:
Caio Jr, João Santos, Dr.; Endocrinologista, Neuroendocrinologista, Caio,H. V., Dra. Endocrinologista,
Medicina Interna – Van Der Häägen Brazil, São Paulo, Brasil; Conselho Nacional de Pesquisa, pesticidas
na dieta de Bebês e Crianças , Washington DC: National Academy Press, 1993; Programa Internacional
de Segurança Química, Princípios para Avaliação de Riscos para a Saúde de produtos químicos Durante a
Infância e Primeira Infância: A Necessidade de uma abordagem especial , Critérios de Saúde Ambiental
59, a Organização Mundial de Saúde, 1986; Wiles, R. e C. Campbell, pesticidas nos alimentos para
crianças , Environmental Working Group, 1993; Wiles e Campbell, pesticidas nos alimentos para crianças
; Plunkett, L. et al, "Diferenças entre adultos e crianças que afetam a avaliação da exposição,".
Semelhanças e Diferenças entre crianças e adultos: implicações para a Avaliação de Risco , Instituto de
Ciências Life International, 1992, pp 79-94; Princípios para Avaliação de Riscos para a Saúde de produtos
químicos durante a infância ea primeira infância; Princípios para Avaliação de Riscos para a Saúde de
produtos químicos durante a infância ea primeira infância; Princípios para Avaliação de Riscos para a
Saúde de produtos químicos durante a infância ea primeira infância; EUA EPA, Exposição Residencial
Avaliação Work Group, Draft - Procedimentos Operacionais Padrão para as avaliações de exposição
residencial , 18 de julho de 1997; implicações para a política e Futuro Research," Environmental Health
Perspectives , vol. 102, n. 8, 1994, pp.676-679. YL Guo et al., "Anormalidades crescimento da população
exposta in utero e pós-natal precoce de bifenilos policlorados e Dibenzrofurans,"Environmental Health
Perspectives , vol. 105, suppl. 6, Setembro de 1995, pp.117-122.
Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
www.clinicascaio.com.br
www.crescimentoinfoco.com
www.obesidadeinfoco.com.br
http://drcaiojr.site.med.br
http://dracaio.site.med.br
Joao Santos Caio Jr
Dr. João Santos Caio Jr
- CRM 20.611
Neuro-Endocrinologista Clínico
Dra. Henriqueta V Caio
- CRM 28.960
Endocrinologista Clínico
http://google.com/+JoaoSantosCaioJr
Video
http://youtu.be/woonaiFJQwY
Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=V
an+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-
23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-
23.575591,-46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Quero Crescer Linear; Crianças Desenvolvimento Infantil, Juvenil
Quero Crescer Linear; Crianças Desenvolvimento Infantil, JuvenilQuero Crescer Linear; Crianças Desenvolvimento Infantil, Juvenil
Quero Crescer Linear; Crianças Desenvolvimento Infantil, Juvenil
Van Der Häägen Brazil
 
Baixa Altura; Juvenil,Adolescente GHD tratados com rDNA não devem ter interru...
Baixa Altura; Juvenil,Adolescente GHD tratados com rDNA não devem ter interru...Baixa Altura; Juvenil,Adolescente GHD tratados com rDNA não devem ter interru...
Baixa Altura; Juvenil,Adolescente GHD tratados com rDNA não devem ter interru...
Van Der Häägen Brazil
 
NÍVEL DE DEFEITOS NO CRESCIMENTO LINEAR OU LONGITUDINAL DE CRIANÇA/INFANTIL/J...
NÍVEL DE DEFEITOS NO CRESCIMENTO LINEAR OU LONGITUDINAL DE CRIANÇA/INFANTIL/J...NÍVEL DE DEFEITOS NO CRESCIMENTO LINEAR OU LONGITUDINAL DE CRIANÇA/INFANTIL/J...
NÍVEL DE DEFEITOS NO CRESCIMENTO LINEAR OU LONGITUDINAL DE CRIANÇA/INFANTIL/J...
Van Der Häägen Brazil
 
Diagnóstico de Deficiência de GH–em crianças infantil e juvenil;importância l...
Diagnóstico de Deficiência de GH–em crianças infantil e juvenil;importância l...Diagnóstico de Deficiência de GH–em crianças infantil e juvenil;importância l...
Diagnóstico de Deficiência de GH–em crianças infantil e juvenil;importância l...
Van Der Häägen Brazil
 
Baixa Estatura RCCP: Retardo Constitucional do Crescimento e da Puberdade
Baixa Estatura RCCP: Retardo Constitucional do Crescimento e da PuberdadeBaixa Estatura RCCP: Retardo Constitucional do Crescimento e da Puberdade
Baixa Estatura RCCP: Retardo Constitucional do Crescimento e da Puberdade
Van Der Häägen Brazil
 
Confirmando a diferença positiva de criança, infantil,juvenil tratadas e não ...
Confirmando a diferença positiva de criança, infantil,juvenil tratadas e não ...Confirmando a diferença positiva de criança, infantil,juvenil tratadas e não ...
Confirmando a diferença positiva de criança, infantil,juvenil tratadas e não ...
Van Der Häägen Brazil
 
BAIXA ESTATURA: GESTÃO DA AVALIAÇÃO E DO GERENCIAMENTO DA BAIXA ESTATURA
BAIXA ESTATURA: GESTÃO DA AVALIAÇÃO E DO GERENCIAMENTO DA BAIXA ESTATURABAIXA ESTATURA: GESTÃO DA AVALIAÇÃO E DO GERENCIAMENTO DA BAIXA ESTATURA
BAIXA ESTATURA: GESTÃO DA AVALIAÇÃO E DO GERENCIAMENTO DA BAIXA ESTATURA
Van Der Häägen Brazil
 
CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL/ADOLESCENTE/ADULTO FDA APROVOU USO “OFF-LABEL” GH EM...
CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL/ADOLESCENTE/ADULTO FDA APROVOU USO “OFF-LABEL” GH EM...CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL/ADOLESCENTE/ADULTO FDA APROVOU USO “OFF-LABEL” GH EM...
CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL/ADOLESCENTE/ADULTO FDA APROVOU USO “OFF-LABEL” GH EM...
Van Der Häägen Brazil
 
Distúrbio por Baixa Estatura Linear pode ser mais sério que estar Abaixo da M...
Distúrbio por Baixa Estatura Linear pode ser mais sério que estar Abaixo da M...Distúrbio por Baixa Estatura Linear pode ser mais sério que estar Abaixo da M...
Distúrbio por Baixa Estatura Linear pode ser mais sério que estar Abaixo da M...
Van Der Häägen Brazil
 
Crescer estatural linear e proporções corpo identificam dismorfismos.
Crescer estatural linear e proporções corpo identificam dismorfismos.Crescer estatural linear e proporções corpo identificam dismorfismos.
Crescer estatural linear e proporções corpo identificam dismorfismos.
Van Der Häägen Brazil
 
Regulação da secreção de GH Hormônio do Crescimento Humano e seus Distúrbios,...
Regulação da secreção de GH Hormônio do Crescimento Humano e seus Distúrbios,...Regulação da secreção de GH Hormônio do Crescimento Humano e seus Distúrbios,...
Regulação da secreção de GH Hormônio do Crescimento Humano e seus Distúrbios,...
Van Der Häägen Brazil
 
SÍNDROMES DE BAIXA ESTATURA; UM COMPROMETIMENTO SÉRIO DE CRESCIMENTO EM CRIAN...
SÍNDROMES DE BAIXA ESTATURA; UM COMPROMETIMENTO SÉRIO DE CRESCIMENTO EM CRIAN...SÍNDROMES DE BAIXA ESTATURA; UM COMPROMETIMENTO SÉRIO DE CRESCIMENTO EM CRIAN...
SÍNDROMES DE BAIXA ESTATURA; UM COMPROMETIMENTO SÉRIO DE CRESCIMENTO EM CRIAN...
Van Der Häägen Brazil
 
IGF1 não é infalível para o Diagnóstico da Deficiência de GH em Criança,Infan...
IGF1 não é infalível para o Diagnóstico da Deficiência de GH em Criança,Infan...IGF1 não é infalível para o Diagnóstico da Deficiência de GH em Criança,Infan...
IGF1 não é infalível para o Diagnóstico da Deficiência de GH em Criança,Infan...
Van Der Häägen Brazil
 
O GH E O IGF-I NO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO CONGÊNITO (PRIMÁRIO)
O GH E O IGF-I NO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO CONGÊNITO (PRIMÁRIO)O GH E O IGF-I NO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO CONGÊNITO (PRIMÁRIO)
O GH E O IGF-I NO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO CONGÊNITO (PRIMÁRIO)
Van Der Häägen Brazil
 
Baixa estatura familial pode ocorrer segundo um padrão familiar; chama se bai...
Baixa estatura familial pode ocorrer segundo um padrão familiar; chama se bai...Baixa estatura familial pode ocorrer segundo um padrão familiar; chama se bai...
Baixa estatura familial pode ocorrer segundo um padrão familiar; chama se bai...
Van Der Häägen Brazil
 
Crescer: O GH aumenta a Imunidade o GH demonstrou ser potencialmente Benéfico
Crescer: O GH aumenta a Imunidade o GH demonstrou ser potencialmente BenéficoCrescer: O GH aumenta a Imunidade o GH demonstrou ser potencialmente Benéfico
Crescer: O GH aumenta a Imunidade o GH demonstrou ser potencialmente Benéfico
Van Der Häägen Brazil
 
Estatura Crescer;Diagnóstico de Baixa Estatura Patológica não Deve ser Basead...
Estatura Crescer;Diagnóstico de Baixa Estatura Patológica não Deve ser Basead...Estatura Crescer;Diagnóstico de Baixa Estatura Patológica não Deve ser Basead...
Estatura Crescer;Diagnóstico de Baixa Estatura Patológica não Deve ser Basead...
Van Der Häägen Brazil
 
Igf 1 não é infalível para o diagnóstico da deficiência de gh em criança,infa...
Igf 1 não é infalível para o diagnóstico da deficiência de gh em criança,infa...Igf 1 não é infalível para o diagnóstico da deficiência de gh em criança,infa...
Igf 1 não é infalível para o diagnóstico da deficiência de gh em criança,infa...
Van Der Häägen Brazil
 
Estatura Estimada de Criança, de Acordo com Genero Relação com Estatura Média...
Estatura Estimada de Criança, de Acordo com Genero Relação com Estatura Média...Estatura Estimada de Criança, de Acordo com Genero Relação com Estatura Média...
Estatura Estimada de Criança, de Acordo com Genero Relação com Estatura Média...
Van Der Häägen Brazil
 
CRESCER CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL:INTERFERÊNCIA DO GH E DO TSH
CRESCER CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL:INTERFERÊNCIA DO GH E DO TSHCRESCER CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL:INTERFERÊNCIA DO GH E DO TSH
CRESCER CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL:INTERFERÊNCIA DO GH E DO TSH
Van Der Häägen Brazil
 

Mais procurados (20)

Quero Crescer Linear; Crianças Desenvolvimento Infantil, Juvenil
Quero Crescer Linear; Crianças Desenvolvimento Infantil, JuvenilQuero Crescer Linear; Crianças Desenvolvimento Infantil, Juvenil
Quero Crescer Linear; Crianças Desenvolvimento Infantil, Juvenil
 
Baixa Altura; Juvenil,Adolescente GHD tratados com rDNA não devem ter interru...
Baixa Altura; Juvenil,Adolescente GHD tratados com rDNA não devem ter interru...Baixa Altura; Juvenil,Adolescente GHD tratados com rDNA não devem ter interru...
Baixa Altura; Juvenil,Adolescente GHD tratados com rDNA não devem ter interru...
 
NÍVEL DE DEFEITOS NO CRESCIMENTO LINEAR OU LONGITUDINAL DE CRIANÇA/INFANTIL/J...
NÍVEL DE DEFEITOS NO CRESCIMENTO LINEAR OU LONGITUDINAL DE CRIANÇA/INFANTIL/J...NÍVEL DE DEFEITOS NO CRESCIMENTO LINEAR OU LONGITUDINAL DE CRIANÇA/INFANTIL/J...
NÍVEL DE DEFEITOS NO CRESCIMENTO LINEAR OU LONGITUDINAL DE CRIANÇA/INFANTIL/J...
 
Diagnóstico de Deficiência de GH–em crianças infantil e juvenil;importância l...
Diagnóstico de Deficiência de GH–em crianças infantil e juvenil;importância l...Diagnóstico de Deficiência de GH–em crianças infantil e juvenil;importância l...
Diagnóstico de Deficiência de GH–em crianças infantil e juvenil;importância l...
 
Baixa Estatura RCCP: Retardo Constitucional do Crescimento e da Puberdade
Baixa Estatura RCCP: Retardo Constitucional do Crescimento e da PuberdadeBaixa Estatura RCCP: Retardo Constitucional do Crescimento e da Puberdade
Baixa Estatura RCCP: Retardo Constitucional do Crescimento e da Puberdade
 
Confirmando a diferença positiva de criança, infantil,juvenil tratadas e não ...
Confirmando a diferença positiva de criança, infantil,juvenil tratadas e não ...Confirmando a diferença positiva de criança, infantil,juvenil tratadas e não ...
Confirmando a diferença positiva de criança, infantil,juvenil tratadas e não ...
 
BAIXA ESTATURA: GESTÃO DA AVALIAÇÃO E DO GERENCIAMENTO DA BAIXA ESTATURA
BAIXA ESTATURA: GESTÃO DA AVALIAÇÃO E DO GERENCIAMENTO DA BAIXA ESTATURABAIXA ESTATURA: GESTÃO DA AVALIAÇÃO E DO GERENCIAMENTO DA BAIXA ESTATURA
BAIXA ESTATURA: GESTÃO DA AVALIAÇÃO E DO GERENCIAMENTO DA BAIXA ESTATURA
 
CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL/ADOLESCENTE/ADULTO FDA APROVOU USO “OFF-LABEL” GH EM...
CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL/ADOLESCENTE/ADULTO FDA APROVOU USO “OFF-LABEL” GH EM...CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL/ADOLESCENTE/ADULTO FDA APROVOU USO “OFF-LABEL” GH EM...
CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL/ADOLESCENTE/ADULTO FDA APROVOU USO “OFF-LABEL” GH EM...
 
Distúrbio por Baixa Estatura Linear pode ser mais sério que estar Abaixo da M...
Distúrbio por Baixa Estatura Linear pode ser mais sério que estar Abaixo da M...Distúrbio por Baixa Estatura Linear pode ser mais sério que estar Abaixo da M...
Distúrbio por Baixa Estatura Linear pode ser mais sério que estar Abaixo da M...
 
Crescer estatural linear e proporções corpo identificam dismorfismos.
Crescer estatural linear e proporções corpo identificam dismorfismos.Crescer estatural linear e proporções corpo identificam dismorfismos.
Crescer estatural linear e proporções corpo identificam dismorfismos.
 
Regulação da secreção de GH Hormônio do Crescimento Humano e seus Distúrbios,...
Regulação da secreção de GH Hormônio do Crescimento Humano e seus Distúrbios,...Regulação da secreção de GH Hormônio do Crescimento Humano e seus Distúrbios,...
Regulação da secreção de GH Hormônio do Crescimento Humano e seus Distúrbios,...
 
SÍNDROMES DE BAIXA ESTATURA; UM COMPROMETIMENTO SÉRIO DE CRESCIMENTO EM CRIAN...
SÍNDROMES DE BAIXA ESTATURA; UM COMPROMETIMENTO SÉRIO DE CRESCIMENTO EM CRIAN...SÍNDROMES DE BAIXA ESTATURA; UM COMPROMETIMENTO SÉRIO DE CRESCIMENTO EM CRIAN...
SÍNDROMES DE BAIXA ESTATURA; UM COMPROMETIMENTO SÉRIO DE CRESCIMENTO EM CRIAN...
 
IGF1 não é infalível para o Diagnóstico da Deficiência de GH em Criança,Infan...
IGF1 não é infalível para o Diagnóstico da Deficiência de GH em Criança,Infan...IGF1 não é infalível para o Diagnóstico da Deficiência de GH em Criança,Infan...
IGF1 não é infalível para o Diagnóstico da Deficiência de GH em Criança,Infan...
 
O GH E O IGF-I NO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO CONGÊNITO (PRIMÁRIO)
O GH E O IGF-I NO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO CONGÊNITO (PRIMÁRIO)O GH E O IGF-I NO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO CONGÊNITO (PRIMÁRIO)
O GH E O IGF-I NO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO CONGÊNITO (PRIMÁRIO)
 
Baixa estatura familial pode ocorrer segundo um padrão familiar; chama se bai...
Baixa estatura familial pode ocorrer segundo um padrão familiar; chama se bai...Baixa estatura familial pode ocorrer segundo um padrão familiar; chama se bai...
Baixa estatura familial pode ocorrer segundo um padrão familiar; chama se bai...
 
Crescer: O GH aumenta a Imunidade o GH demonstrou ser potencialmente Benéfico
Crescer: O GH aumenta a Imunidade o GH demonstrou ser potencialmente BenéficoCrescer: O GH aumenta a Imunidade o GH demonstrou ser potencialmente Benéfico
Crescer: O GH aumenta a Imunidade o GH demonstrou ser potencialmente Benéfico
 
Estatura Crescer;Diagnóstico de Baixa Estatura Patológica não Deve ser Basead...
Estatura Crescer;Diagnóstico de Baixa Estatura Patológica não Deve ser Basead...Estatura Crescer;Diagnóstico de Baixa Estatura Patológica não Deve ser Basead...
Estatura Crescer;Diagnóstico de Baixa Estatura Patológica não Deve ser Basead...
 
Igf 1 não é infalível para o diagnóstico da deficiência de gh em criança,infa...
Igf 1 não é infalível para o diagnóstico da deficiência de gh em criança,infa...Igf 1 não é infalível para o diagnóstico da deficiência de gh em criança,infa...
Igf 1 não é infalível para o diagnóstico da deficiência de gh em criança,infa...
 
Estatura Estimada de Criança, de Acordo com Genero Relação com Estatura Média...
Estatura Estimada de Criança, de Acordo com Genero Relação com Estatura Média...Estatura Estimada de Criança, de Acordo com Genero Relação com Estatura Média...
Estatura Estimada de Criança, de Acordo com Genero Relação com Estatura Média...
 
CRESCER CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL:INTERFERÊNCIA DO GH E DO TSH
CRESCER CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL:INTERFERÊNCIA DO GH E DO TSHCRESCER CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL:INTERFERÊNCIA DO GH E DO TSH
CRESCER CRIANÇA/INFANTIL/JUVENIL:INTERFERÊNCIA DO GH E DO TSH
 

Semelhante a Apesar do Crescimento Infantil, Juvenil ou de Crianças ser Axiomático só foi possível a TRH

Apesar do crescimento infantil, juvenil ou de crianças ser axiomático só foi ...
Apesar do crescimento infantil, juvenil ou de crianças ser axiomático só foi ...Apesar do crescimento infantil, juvenil ou de crianças ser axiomático só foi ...
Apesar do crescimento infantil, juvenil ou de crianças ser axiomático só foi ...
Van Der Häägen Brazil
 
EFICÁCIA E SEGURANÇA A LONGO PRAZO DA SOMATROPINA NA DEFICIÊNCIA OU DE HORMÔN...
EFICÁCIA E SEGURANÇA A LONGO PRAZO DA SOMATROPINA NA DEFICIÊNCIA OU DE HORMÔN...EFICÁCIA E SEGURANÇA A LONGO PRAZO DA SOMATROPINA NA DEFICIÊNCIA OU DE HORMÔN...
EFICÁCIA E SEGURANÇA A LONGO PRAZO DA SOMATROPINA NA DEFICIÊNCIA OU DE HORMÔN...
Van Der Häägen Brazil
 
Confirmando a diferença positiva de criana juvenil Tratadas e não tratadas co...
Confirmando a diferença positiva de criana juvenil Tratadas e não tratadas co...Confirmando a diferença positiva de criana juvenil Tratadas e não tratadas co...
Confirmando a diferença positiva de criana juvenil Tratadas e não tratadas co...
Van Der Häägen Brazil
 
Criança Crescer Esperança
Criança Crescer EsperançaCriança Crescer Esperança
Criança Crescer Esperança
Van Der Häägen Brazil
 
PAPEL DO GH NA FISIOLOGIA DO OVÁRIO E INÍCIO DA PUBERDADE
PAPEL DO GH NA FISIOLOGIA DO OVÁRIO E INÍCIO DA PUBERDADEPAPEL DO GH NA FISIOLOGIA DO OVÁRIO E INÍCIO DA PUBERDADE
PAPEL DO GH NA FISIOLOGIA DO OVÁRIO E INÍCIO DA PUBERDADE
Van Der Häägen Brazil
 
Estatura pequena cortisona pode comprometer crescimento estatural com pouca p...
Estatura pequena cortisona pode comprometer crescimento estatural com pouca p...Estatura pequena cortisona pode comprometer crescimento estatural com pouca p...
Estatura pequena cortisona pode comprometer crescimento estatural com pouca p...
Van Der Häägen Brazil
 
Gh e estados catabólicos tanto em criança infantil juvenil adulto e seus bene...
Gh e estados catabólicos tanto em criança infantil juvenil adulto e seus bene...Gh e estados catabólicos tanto em criança infantil juvenil adulto e seus bene...
Gh e estados catabólicos tanto em criança infantil juvenil adulto e seus bene...
Van Der Häägen Brazil
 
BAIXA ESTATURA LINEAR: CRIANÇA, INFANTIL, JUVENIL RECEBERAM GRANDE PRESENTE E...
BAIXA ESTATURA LINEAR: CRIANÇA, INFANTIL, JUVENIL RECEBERAM GRANDE PRESENTE E...BAIXA ESTATURA LINEAR: CRIANÇA, INFANTIL, JUVENIL RECEBERAM GRANDE PRESENTE E...
BAIXA ESTATURA LINEAR: CRIANÇA, INFANTIL, JUVENIL RECEBERAM GRANDE PRESENTE E...
Van Der Häägen Brazil
 
O gh é produzido durante toda a vida de humanos benefícios esperados com trat...
O gh é produzido durante toda a vida de humanos benefícios esperados com trat...O gh é produzido durante toda a vida de humanos benefícios esperados com trat...
O gh é produzido durante toda a vida de humanos benefícios esperados com trat...
Van Der Häägen Brazil
 
Avanços no Uso do Hormônio do Crescimento Humano HGH
Avanços no Uso do Hormônio do Crescimento Humano HGHAvanços no Uso do Hormônio do Crescimento Humano HGH
Avanços no Uso do Hormônio do Crescimento Humano HGH
Van Der Häägen Brazil
 
AVANÇOS NO USO DO HORMÔNIO DO CRESCIMENTO HUMANO
AVANÇOS NO USO DO HORMÔNIO DO CRESCIMENTO HUMANO AVANÇOS NO USO DO HORMÔNIO DO CRESCIMENTO HUMANO
AVANÇOS NO USO DO HORMÔNIO DO CRESCIMENTO HUMANO
Van Der Häägen Brazil
 
Baixa estatura (altura) por dgh deficit de gh
Baixa estatura (altura) por dgh deficit de ghBaixa estatura (altura) por dgh deficit de gh
Baixa estatura (altura) por dgh deficit de gh
Van Der Häägen Brazil
 
Dgh Infantil, Juvenil; Estudo, Monocêntrico de 112 Pacientes com Início Infân...
Dgh Infantil, Juvenil; Estudo, Monocêntrico de 112 Pacientes com Início Infân...Dgh Infantil, Juvenil; Estudo, Monocêntrico de 112 Pacientes com Início Infân...
Dgh Infantil, Juvenil; Estudo, Monocêntrico de 112 Pacientes com Início Infân...
Van Der Häägen Brazil
 
Correlação de baixa estatura idiopática em criança – infantil – juvenil e ado...
Correlação de baixa estatura idiopática em criança – infantil – juvenil e ado...Correlação de baixa estatura idiopática em criança – infantil – juvenil e ado...
Correlação de baixa estatura idiopática em criança – infantil – juvenil e ado...
Van Der Häägen Brazil
 
Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...
Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...
Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...
Van Der Häägen Brazil
 
GH-rDNA É USADO COMO TERAPÊUTICA DE DGH DO CRESCER EM CRIANÇA,DGH ADULTO.
GH-rDNA É USADO COMO TERAPÊUTICA DE DGH DO CRESCER EM CRIANÇA,DGH ADULTO. GH-rDNA É USADO COMO TERAPÊUTICA DE DGH DO CRESCER EM CRIANÇA,DGH ADULTO.
GH-rDNA É USADO COMO TERAPÊUTICA DE DGH DO CRESCER EM CRIANÇA,DGH ADULTO.
Van Der Häägen Brazil
 
Crescer em estatura
Crescer em estaturaCrescer em estatura
Crescer em estatura
Van Der Häägen Brazil
 
Crescer mais infanto juvenil
Crescer mais infanto juvenilCrescer mais infanto juvenil
Crescer mais infanto juvenil
Van Der Häägen Brazil
 
SIM, CRESCER NORMAL É EXCELÊNCIA NA INDICAÇÃO QUALIDADE METABÓLICA.
SIM, CRESCER NORMAL É EXCELÊNCIA NA INDICAÇÃO QUALIDADE METABÓLICA. SIM, CRESCER NORMAL É EXCELÊNCIA NA INDICAÇÃO QUALIDADE METABÓLICA.
SIM, CRESCER NORMAL É EXCELÊNCIA NA INDICAÇÃO QUALIDADE METABÓLICA.
Van Der Häägen Brazil
 
AVANÇOS EXPONENCIAIS NO EIXO GH-HORMÔNIO DE CRESCIMENTO; CRESCER MAIS
AVANÇOS EXPONENCIAIS NO EIXO GH-HORMÔNIO DE CRESCIMENTO; CRESCER MAISAVANÇOS EXPONENCIAIS NO EIXO GH-HORMÔNIO DE CRESCIMENTO; CRESCER MAIS
AVANÇOS EXPONENCIAIS NO EIXO GH-HORMÔNIO DE CRESCIMENTO; CRESCER MAIS
Van Der Häägen Brazil
 

Semelhante a Apesar do Crescimento Infantil, Juvenil ou de Crianças ser Axiomático só foi possível a TRH (20)

Apesar do crescimento infantil, juvenil ou de crianças ser axiomático só foi ...
Apesar do crescimento infantil, juvenil ou de crianças ser axiomático só foi ...Apesar do crescimento infantil, juvenil ou de crianças ser axiomático só foi ...
Apesar do crescimento infantil, juvenil ou de crianças ser axiomático só foi ...
 
EFICÁCIA E SEGURANÇA A LONGO PRAZO DA SOMATROPINA NA DEFICIÊNCIA OU DE HORMÔN...
EFICÁCIA E SEGURANÇA A LONGO PRAZO DA SOMATROPINA NA DEFICIÊNCIA OU DE HORMÔN...EFICÁCIA E SEGURANÇA A LONGO PRAZO DA SOMATROPINA NA DEFICIÊNCIA OU DE HORMÔN...
EFICÁCIA E SEGURANÇA A LONGO PRAZO DA SOMATROPINA NA DEFICIÊNCIA OU DE HORMÔN...
 
Confirmando a diferença positiva de criana juvenil Tratadas e não tratadas co...
Confirmando a diferença positiva de criana juvenil Tratadas e não tratadas co...Confirmando a diferença positiva de criana juvenil Tratadas e não tratadas co...
Confirmando a diferença positiva de criana juvenil Tratadas e não tratadas co...
 
Criança Crescer Esperança
Criança Crescer EsperançaCriança Crescer Esperança
Criança Crescer Esperança
 
PAPEL DO GH NA FISIOLOGIA DO OVÁRIO E INÍCIO DA PUBERDADE
PAPEL DO GH NA FISIOLOGIA DO OVÁRIO E INÍCIO DA PUBERDADEPAPEL DO GH NA FISIOLOGIA DO OVÁRIO E INÍCIO DA PUBERDADE
PAPEL DO GH NA FISIOLOGIA DO OVÁRIO E INÍCIO DA PUBERDADE
 
Estatura pequena cortisona pode comprometer crescimento estatural com pouca p...
Estatura pequena cortisona pode comprometer crescimento estatural com pouca p...Estatura pequena cortisona pode comprometer crescimento estatural com pouca p...
Estatura pequena cortisona pode comprometer crescimento estatural com pouca p...
 
Gh e estados catabólicos tanto em criança infantil juvenil adulto e seus bene...
Gh e estados catabólicos tanto em criança infantil juvenil adulto e seus bene...Gh e estados catabólicos tanto em criança infantil juvenil adulto e seus bene...
Gh e estados catabólicos tanto em criança infantil juvenil adulto e seus bene...
 
BAIXA ESTATURA LINEAR: CRIANÇA, INFANTIL, JUVENIL RECEBERAM GRANDE PRESENTE E...
BAIXA ESTATURA LINEAR: CRIANÇA, INFANTIL, JUVENIL RECEBERAM GRANDE PRESENTE E...BAIXA ESTATURA LINEAR: CRIANÇA, INFANTIL, JUVENIL RECEBERAM GRANDE PRESENTE E...
BAIXA ESTATURA LINEAR: CRIANÇA, INFANTIL, JUVENIL RECEBERAM GRANDE PRESENTE E...
 
O gh é produzido durante toda a vida de humanos benefícios esperados com trat...
O gh é produzido durante toda a vida de humanos benefícios esperados com trat...O gh é produzido durante toda a vida de humanos benefícios esperados com trat...
O gh é produzido durante toda a vida de humanos benefícios esperados com trat...
 
Avanços no Uso do Hormônio do Crescimento Humano HGH
Avanços no Uso do Hormônio do Crescimento Humano HGHAvanços no Uso do Hormônio do Crescimento Humano HGH
Avanços no Uso do Hormônio do Crescimento Humano HGH
 
AVANÇOS NO USO DO HORMÔNIO DO CRESCIMENTO HUMANO
AVANÇOS NO USO DO HORMÔNIO DO CRESCIMENTO HUMANO AVANÇOS NO USO DO HORMÔNIO DO CRESCIMENTO HUMANO
AVANÇOS NO USO DO HORMÔNIO DO CRESCIMENTO HUMANO
 
Baixa estatura (altura) por dgh deficit de gh
Baixa estatura (altura) por dgh deficit de ghBaixa estatura (altura) por dgh deficit de gh
Baixa estatura (altura) por dgh deficit de gh
 
Dgh Infantil, Juvenil; Estudo, Monocêntrico de 112 Pacientes com Início Infân...
Dgh Infantil, Juvenil; Estudo, Monocêntrico de 112 Pacientes com Início Infân...Dgh Infantil, Juvenil; Estudo, Monocêntrico de 112 Pacientes com Início Infân...
Dgh Infantil, Juvenil; Estudo, Monocêntrico de 112 Pacientes com Início Infân...
 
Correlação de baixa estatura idiopática em criança – infantil – juvenil e ado...
Correlação de baixa estatura idiopática em criança – infantil – juvenil e ado...Correlação de baixa estatura idiopática em criança – infantil – juvenil e ado...
Correlação de baixa estatura idiopática em criança – infantil – juvenil e ado...
 
Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...
Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...
Crescer indicação do gh em criança infantil juvenil adolescente deficientes d...
 
GH-rDNA É USADO COMO TERAPÊUTICA DE DGH DO CRESCER EM CRIANÇA,DGH ADULTO.
GH-rDNA É USADO COMO TERAPÊUTICA DE DGH DO CRESCER EM CRIANÇA,DGH ADULTO. GH-rDNA É USADO COMO TERAPÊUTICA DE DGH DO CRESCER EM CRIANÇA,DGH ADULTO.
GH-rDNA É USADO COMO TERAPÊUTICA DE DGH DO CRESCER EM CRIANÇA,DGH ADULTO.
 
Crescer em estatura
Crescer em estaturaCrescer em estatura
Crescer em estatura
 
Crescer mais infanto juvenil
Crescer mais infanto juvenilCrescer mais infanto juvenil
Crescer mais infanto juvenil
 
SIM, CRESCER NORMAL É EXCELÊNCIA NA INDICAÇÃO QUALIDADE METABÓLICA.
SIM, CRESCER NORMAL É EXCELÊNCIA NA INDICAÇÃO QUALIDADE METABÓLICA. SIM, CRESCER NORMAL É EXCELÊNCIA NA INDICAÇÃO QUALIDADE METABÓLICA.
SIM, CRESCER NORMAL É EXCELÊNCIA NA INDICAÇÃO QUALIDADE METABÓLICA.
 
AVANÇOS EXPONENCIAIS NO EIXO GH-HORMÔNIO DE CRESCIMENTO; CRESCER MAIS
AVANÇOS EXPONENCIAIS NO EIXO GH-HORMÔNIO DE CRESCIMENTO; CRESCER MAISAVANÇOS EXPONENCIAIS NO EIXO GH-HORMÔNIO DE CRESCIMENTO; CRESCER MAIS
AVANÇOS EXPONENCIAIS NO EIXO GH-HORMÔNIO DE CRESCIMENTO; CRESCER MAIS
 

Mais de Van Der Häägen Brazil

OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDEOBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
Van Der Häägen Brazil
 
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
Van Der Häägen Brazil
 
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
Van Der Häägen Brazil
 
GORDURA VISCERAL
GORDURA VISCERALGORDURA VISCERAL
GORDURA VISCERAL
Van Der Häägen Brazil
 
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
Van Der Häägen Brazil
 
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMOPODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
Van Der Häägen Brazil
 
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDEOBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
Van Der Häägen Brazil
 
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
Van Der Häägen Brazil
 
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESONOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
Van Der Häägen Brazil
 
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTILOBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
Van Der Häägen Brazil
 
OBESIDADE E SUAS CAUSAS
OBESIDADE E SUAS CAUSASOBESIDADE E SUAS CAUSAS
OBESIDADE E SUAS CAUSAS
Van Der Häägen Brazil
 
OBESITY AND GENETICS
OBESITY AND GENETICSOBESITY AND GENETICS
OBESITY AND GENETICS
Van Der Häägen Brazil
 
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICAINTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
Van Der Häägen Brazil
 
GORDURA (ADIPÓCITO)
GORDURA (ADIPÓCITO)GORDURA (ADIPÓCITO)
GORDURA (ADIPÓCITO)
Van Der Häägen Brazil
 
GENEALOGIA
GENEALOGIAGENEALOGIA
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
Van Der Häägen Brazil
 
OBESIDADE ABDOMINAL
OBESIDADE ABDOMINAL OBESIDADE ABDOMINAL
OBESIDADE ABDOMINAL
Van Der Häägen Brazil
 
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
Van Der Häägen Brazil
 
GORDURA EM EXCESSO
GORDURA EM EXCESSOGORDURA EM EXCESSO
GORDURA EM EXCESSO
Van Der Häägen Brazil
 
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
Van Der Häägen Brazil
 

Mais de Van Der Häägen Brazil (20)

OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDEOBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
 
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
 
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
 
GORDURA VISCERAL
GORDURA VISCERALGORDURA VISCERAL
GORDURA VISCERAL
 
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
 
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMOPODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
 
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDEOBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
 
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
 
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESONOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
 
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTILOBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
 
OBESIDADE E SUAS CAUSAS
OBESIDADE E SUAS CAUSASOBESIDADE E SUAS CAUSAS
OBESIDADE E SUAS CAUSAS
 
OBESITY AND GENETICS
OBESITY AND GENETICSOBESITY AND GENETICS
OBESITY AND GENETICS
 
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICAINTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
 
GORDURA (ADIPÓCITO)
GORDURA (ADIPÓCITO)GORDURA (ADIPÓCITO)
GORDURA (ADIPÓCITO)
 
GENEALOGIA
GENEALOGIAGENEALOGIA
GENEALOGIA
 
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
 
OBESIDADE ABDOMINAL
OBESIDADE ABDOMINAL OBESIDADE ABDOMINAL
OBESIDADE ABDOMINAL
 
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
 
GORDURA EM EXCESSO
GORDURA EM EXCESSOGORDURA EM EXCESSO
GORDURA EM EXCESSO
 
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
 

Último

9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
KauFelipo
 
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
OttomGonalvesDaSilva
 
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdfRelação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
maripinkmarianne
 
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RXPosicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
paathizinhya
 
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdfCirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
BrunaNeves80
 
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdfNR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
guilhermefontenele8
 
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das MãosTREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
Anderson1783
 

Último (7)

9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
9 - Nutrição e Longevidade - apóstila.pdf
 
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024mini curso de suturas para enfermeiros 2024
mini curso de suturas para enfermeiros 2024
 
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdfRelação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
Relação de Médicos e Prestadores 2023.pdf
 
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RXPosicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
Posicionamento dos ombros para avalizaçao por RX
 
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdfCirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
Cirurgia Bucomaxilofacial - Roberto Prado _ OCR.pdf
 
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdfNR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
NR 12 - OPERADOR DE CESTO AÉREO elet.pdf
 
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das MãosTREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
TREINAMENTO PROTEÇÃO DAS MÃOS.ppt Proteção das Mãos
 

Apesar do Crescimento Infantil, Juvenil ou de Crianças ser Axiomático só foi possível a TRH

  • 1. Dr. João Santos Caio Jr - CRM 20.611 Neuro-Endocrinologista Clínico Dra. Henriqueta V Caio - CRM 28.960 Endocrinologista Clínico A PARTIR DE 1985 COM ADVENTO GH-POR DNA RECOMBINANTE. A DEFICIÊNCIA DE HORMÔNIO DE CRESCIMENTO (1985)-DGH PODE RESULTAR DE UMA PERTURBAÇÃO NO EIXO DE GH PELA GLÂNDULA PITUITÁRIA OU HIPOTÁLAMO. ESTA ETIOLOGIA DA DISFUNÇÃO PODE SER CONGÊNITA OU ADQUIRIDA NA ETIOLOGIA. A APRESENTAÇÃO CLÁSSICA DA DGH GRAVE É CARACTERIZADA POR BAIXA ESTATURA, CRESCIMENTO LENTO E MATURAÇÃO ESQUELÉTICA ATRASADA, COM REDUÇÃO DA SECREÇÃO DE GH EM RESPOSTA AO ESTÍMULO PROVOCANTE. FISIOLOGIA–ENDOCRINOLOGIA– NEUROENDOCRINOLOGIA–GENÉTICA–ENDÓCRINO-PEDIATRIA (SUBDIVISÃO DA ENDOCRINOLOGIA): DR. JOÃO SANTOS CAIO JR. ET DRA. HENRIQUETA VERLANGIERI CAIO. Apesar desta lista expansiva de etiologias, a causa do DGH na maioria das crianças, infantil ou juvenil é idiopática. O tratamento com GH de crianças com DGH é, em certa medida, normalizado em todo o mundo, o que o torna uma substância eficiente para correção de diversos tipos de males, mais um em especial que possui um fator quase imponderável de estigmatização que é a baixa estatura longitudinal ou linear que acomete crianças, infantil, juvenis e adolescentes. rhGH é utilizado individualmente de acordo com indicações precisas baseadas no IMC, por via subcutânea, normalmente à noite para simular a fisiologia normal. Embora a importância da glândula pituitária para o crescimento foi reconhecida no final do século IXX, a terapia de hormônio de crescimento (GH) foi disponibilizada para crianças e adolescentes com
  • 2. Dr. João Santos Caio Jr - CRM 20.611 Neuro-Endocrinologista Clínico Dra. Henriqueta V Caio - CRM 28.960 Endocrinologista Clínico deficiência severa de GH apenas no final dos anos 1950. O uso de GH para outras condições era limitado por causa da oferta limitada de hormônio derivado de pituitária humana, além dos possíveis efeitos indesejáveis que naquela época podiam ocorrer com o uso do GH obtido de humanos. Com a disponibilidade ilimitada de GH humano DNA-recombinante (rhGH) em 1985, o cenário de tratamento com GH foi alterado enormemente, trazendo resultados brilhantes e com efeito secundários desprezíveis quando aplicado corretamente. Atualmente há lista cada vez maior de indicações de tratamento com GH em crianças, adolescentes e adultos. A deficiência do hormônio de crescimento é tratada através da reposição de GH. Todo o GH prescrito nas Américas, Europa, e na maioria do resto do mundo é HGH humano, produzido por tecnologia de DNA recombinante. Como o GH é uma grande molécula de peptídeos, que tem de ser injetado em tecido muscular ou subcutâneo para tê-lo na circulação sanguínea. Quase indolor, seringas com aplicadores especializados muito finos, tornam isso menos penoso do que normalmente é esperado, mas o desconforto percebido é um valor subjetivo e psicológico. Quando tratados com GH, uma criança deficiente vai começar a crescer mais rapidamente nos próximos meses. Outros benefícios podem ser notados, como o aumento da força, o progresso em desenvolvimento motor, redução de gordura corporal e melhora da cognição. Os efeitos colaterais desse tipo de substituição fisiológica são bastante raros ou desprezíveis. A Endocrine Society recomendou que pacientes adultos com diagnóstico de deficiência de hormônio de crescimento (DGH), este deve ser administrado num regime de tratamento individualizado com GH. No que dizem respeito ao diagnóstico, suas diretrizes afirmam que "pacientes adultos com hipotálamo estrutural/doença da hipófise, cirurgia ou
  • 3. Dr. João Santos Caio Jr - CRM 20.611 Neuro-Endocrinologista Clínico Dra. Henriqueta V Caio - CRM 28.960 Endocrinologista Clínico irradiação, e outras patologias com indicações precisas que possam melhorar a qualidade de vida do adulto que tenha indicação”. DESPITE GROWING CHILD OR CHILDREN YOUTH BE AXIOMATIC WAS ONLY POSSIBLE TRH SINCE 1985 WITH ADVENT BY GH-rDNA. THE GROWTH HORMONE DEFICIENCY (1985)-GHD MAY RESULT OF A DISTURBANCE IN SHAFT BY GH PITUITARY GLAND OR HYPOTHALAMUS. THIS ETIOLOGY OF DYSFUNCTION CAN BE CONGENITAL OR ACQUIRED IN THE ETIOLOGY. CLASSIC PRESENTATION OF SEVERE GHD IS CHARACTERIZED BY SHORT STATURE, SLOW GROWTH SKELETAL MATURITY AND LATE WITH REDUCTION OF GH SECRETION IN RESPONSE TO STIMULUS PROVOCATIVE. PHYSIOLOGY-ENDOCRINOLOGY- NEUROENDOCRINOLOGY-GENETICS-ENDOCRINE-PEDIATRICS (SUBDIVISION OF ENDOCRINOLOGY): DR. JOÃO SANTOS CAIO JR. ET DRA. HENRIQUETA VERLANGIERI CAIO. Despite this expansive list of etiologies, the cause of GHD in most children is child or juvenile idiopathic. GH treatment in children with GHD is to some extent standardized worldwide , which makes an efficient substance for correction of various types of ailments, more particularly one which has an almost unthinkable that stigmatization factor is low longitudinal or linear height affect children, children, youth and adolescents . rhGH is used individually in accordance with specific recommendations based on BMI, subcutaneous, usually at night to simulate normal physiology of GH. Although the importance of the pituitary gland to growth was recognized in the late IXX century, the therapy of growth hormone (GH) is available for children and adolescents with severe GH deficiency only in the late 1950s. Use of GH
  • 4. Dr. João Santos Caio Jr - CRM 20.611 Neuro-Endocrinologista Clínico Dra. Henriqueta V Caio - CRM 28.960 Endocrinologista Clínico for other conditions was limited because of the limited amount of hormone derived from human pituitary, in addition to the possible undesirable effects at that time offer. With the unlimited availability of human GH (rhGH) recombinant in 1985, the scenario of GH treatment has changed enormously, bringing bright with negligible side effect results when applied correctly. Currently there are increasing indications of GH treatment in children, adolescents and adults list. Growth hormone deficiency is treated by replacing GH. All GH prescribed in the Americas, Europe, and most of the rest of the world is human GH, manufactured by recombinant DNA technology. As GH is a large molecule peptide, which has to be injected into subcutaneous tissue or muscle to get it into the blood circulation. Almost painless syringes with very fine specialized applicators, making it less painful than is usually expected, but the perceived discomfort is a subjective and psychological value. When treated with GH, a deficient child will begin to grow faster in the coming months. Other benefits can be observed, such as increased strength, progress in motor development and body fat reduction improves cognition. The side effects of this type of physiologic replacement are quite rare or negligible. The Endocrine Society recommended that adult patients diagnosed with adult hormone deficiency (GHD) should receive an individualized treatment regimen of GH. With respect to diagnosis, their guidelines state that “adult patients with structural hypothalamus/ pituitary gland disease, surgery or irradiation, and other pathologies with precise indication which can improve the quality of life of adults who has indicated”. Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologia – Neuroendocrinologista CRM 20611 Dra. Henriqueta V. Caio Endocrinologista – Medicina Interna CRM 28930 Como saber mais: 1. Uma unidade de massa atômica é aproximadamente a massa de um núcleo (ou um único próton ou de nêutrons e é equivalente a 1g/mol... http://hormoniocrescimentoadultos.blogspot.com
  • 5. Dr. João Santos Caio Jr - CRM 20.611 Neuro-Endocrinologista Clínico Dra. Henriqueta V Caio - CRM 28.960 Endocrinologista Clínico 2. Ele é definido como um doze avos da massa de um átomo neutro não ligado de carbono-12 em seu estado fundamental nuclear e eletrônico)... http://longevidadefutura.blogspot.com 3. Uma variante de 20 kDa do GH-hormônio de crescimento hipofisário é responsável por 5 a 10% do GH-hormônio de crescimento circulante e é derivado do mesmo gene, o GHN, mas é resultante de uma divisão alternativa... http://imcobesidade.blogspot.com AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. Referências Bibliográficas: Caio Jr, João Santos, Dr.; Endocrinologista, Neuroendocrinologista, Caio,H. V., Dra. Endocrinologista, Medicina Interna – Van Der Häägen Brazil, São Paulo, Brasil; Conselho Nacional de Pesquisa, pesticidas na dieta de Bebês e Crianças , Washington DC: National Academy Press, 1993; Programa Internacional de Segurança Química, Princípios para Avaliação de Riscos para a Saúde de produtos químicos Durante a Infância e Primeira Infância: A Necessidade de uma abordagem especial , Critérios de Saúde Ambiental 59, a Organização Mundial de Saúde, 1986; Wiles, R. e C. Campbell, pesticidas nos alimentos para crianças , Environmental Working Group, 1993; Wiles e Campbell, pesticidas nos alimentos para crianças ; Plunkett, L. et al, "Diferenças entre adultos e crianças que afetam a avaliação da exposição,". Semelhanças e Diferenças entre crianças e adultos: implicações para a Avaliação de Risco , Instituto de Ciências Life International, 1992, pp 79-94; Princípios para Avaliação de Riscos para a Saúde de produtos químicos durante a infância ea primeira infância; Princípios para Avaliação de Riscos para a Saúde de produtos químicos durante a infância ea primeira infância; Princípios para Avaliação de Riscos para a Saúde de produtos químicos durante a infância ea primeira infância; EUA EPA, Exposição Residencial Avaliação Work Group, Draft - Procedimentos Operacionais Padrão para as avaliações de exposição residencial , 18 de julho de 1997; implicações para a política e Futuro Research," Environmental Health Perspectives , vol. 102, n. 8, 1994, pp.676-679. YL Guo et al., "Anormalidades crescimento da população exposta in utero e pós-natal precoce de bifenilos policlorados e Dibenzrofurans,"Environmental Health Perspectives , vol. 105, suppl. 6, Setembro de 1995, pp.117-122. Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicascaio.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obesidadeinfoco.com.br http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr
  • 6. Dr. João Santos Caio Jr - CRM 20.611 Neuro-Endocrinologista Clínico Dra. Henriqueta V Caio - CRM 28.960 Endocrinologista Clínico http://google.com/+JoaoSantosCaioJr Video http://youtu.be/woonaiFJQwY Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=V an+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=- 23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=- 23.575591,-46.650481&spn=0,0&t = h&z=17