SlideShare uma empresa Scribd logo
ROTEIRO
- OBJETIVO DO EVENTO.
- A WP CURSOS DF.
- PARCEIROS.
- PROGRAMAÇÃO DO EVENTO.
- PALESTRANTES.
- ENCERRAMENTO.
OBJETIVO DO EVENTO
OBJETIVO DO EVENTO
Divulgar o projeto “Ação Empreendedora” da WP
Cursos.
Finalidade reciclar o conhecimento de empresários
formalizados quanto aos fatores de sucesso de
empresas, base do sucesso empresarial:
HABILIDADES GERENCIAIS (conhecimento de mercado e
estratégia de vendas);
CAPACIDADE EMPREENDEDORA (Técnicas de liderança e
gestão); e
LOGÍSTICA OPERACIONAL (Acesso à novas tecnologias).
Fonte: VII Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia.
A WP CURSOS DF
Walber idealizador do projeto Ação
Empreendedora.
Ajuda empresas formalizadas e profissionais,
por meio de treinamentos, a entenderem os
fatores de sucesso das empresas e o
comportamento do consumidor da Era Digital,
aumentando sua receita e lucros utilizando o
ambiente digital para posicionar sua Marca,
segmentar seu cliente e superar suas metas.
Com o crescimento do número das redes
sociais e dos recursos da internet, cada vez
mais o marketing digital está fazendo parte do
planejamento das empresas.
Pela internet, as instituições são capazes de
traçar um perfil dos seus produtos e de clientes
e, dessa maneira, criar estratégias para atuar
dentro e fora das redes.
Além do poder de disseminação rápida e eficaz
da notícia, o Marketing Digital é mais barato do
que os outros meios de propaganda de uma
marca.
Novos canais de comunicação surgem e
tornam-se febre em poucos meses.
Desta maneira, os modelos tradicionais são
questionados e as empresas precisam se
atualizar quase que diariamente.
O controle que as marcas tinham de sua
imagem e das ações que realizavam a favor
dela diminuiu ou desapareceu.
Hoje, é quase impossível prever o que todos os
clientes e usuários pensam do seu produto, já
que pela internet a notícia se espalha para
todos os públicos de forma sinérgica e rápida.
As estratégias de marketing são direcionadas
aos internautas, que acessam a Internet
regularmente.
Segundo dados do instituto Ibope Nielsen
Online, o número de usuários ativos, no
Brasil, atingiu a quantia de 51,8 milhões.
Ainda de acordo com a pesquisa, atualizada em
3 de dezembro último, 87% dos usuários
brasileiros estão conectados semanalmente.
38% das pessoas acessam à web diariamente;
10% de quatro a seis vezes por semana; 21% de
duas a três vezes por semana; 18% uma vez por
semana.
79% das empresas possuem perfil nas redes
sociais, aparentemente é um número grande, no
entanto, os recursos da presença online não
estão sendo usados corretamente.
Para a empresa ter uma boa atuação em todas
as redes sociais, é fundamental ter uma equipe
bem estruturada para colocar as estratégias em
prática e evitar, desta maneira, que a empresa
pareça abandonada ou incoerente na internet.
A WP CURSOS DF
Nosso negócio ---- Proporcionar às pessoas a oportunidades de
crescimento profissional.
Nossa Missão ---- Contribuir para o aperfeiçoamento das pessoas, por meio
de cursos, treinamentos, palestras e Workshop.
Nossos valores ---- Ética nos relacionamentos.
Valorização dos Recursos Humanos.
Inovação no ensino.
Gestão de Resultado.
EMPRESAS NO BRASIL
6.000.000 (seis) milhões de
empresas.
Região Sudeste, com mais da
metade (51%).
Sul fica em segundo lugar (22%).
Nordeste (15%).
Centro--oeste (9%).
Norte (4%).
Fonte: Pesquisa Endeavor, Empreendedores Brasileiros, Perfis e percepções 2013.
PROBLEMA
48% das empresas brasileiras fecham
as portas depois de três anos
Das 6.000.000 (seis)
milhões de empresas
existentes.
Apenas 32.000 (trinta e
duas) mil conseguem
crescer mais de 20% ao
ano.
Fonte: Pesquisa Endeavor, Empreendedores Brasileiros, Perfis e percepções 2013.
O QUE FALTA PARA CRESCER
Para crescer, precisaria de NETWORKING, AJUDA SOFISTICADA com
especialistas para resolver problemas de CONHECIMENTO EMPRESARIAL,
OBSTÁCULOS FINANCEIROS, MARKETING DIGITAL e GESTÃO DE
PESSOAS.
Fonte: Pesquisa Endeavor, Empreendedores Brasileiros, Perfis e percepções 2013.
PERSONA
- Empresário de Brasília e Regiões Administrativas.
- Ele já está formalizado e procura soluções para superar as
metas de venda de sua empresa.
- Trabalha na linha de frente do negócio e tem entre 10 e 50
colaboradores.
- Quer ser reconhecido como um empresário de sucesso dentre amigos e
familiares.
- Há diversos influenciadores que não entendem nada de internet.
SOLUÇÃO DO
PROBLEMA
Conectamos empreendedores e
empresários a uma rede de crescimento de
negócios, constituída de profissionais
especialistas em gestão de negócios, gestão
financeira, gestão de pessoas e marketing
digital, com a finalidade de criar condições para
empresas e empreendedores superarem suas
metas, por meio de consultoria permanente,
presencial, criando um círculo de influência e
aumentando o poder de networking.
PARCEIROS.
PROGRAMAÇÃO
14:30h – Recepção dos participantes e ambientação.
15:00h – abertura Dr Marcelo Dourado Diretor Superintendente da SUDECO - " Fundo
Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste Empresarial". Destinado a
financiar projetos do setores industrial, agroindustrial, mineral, de infraestrutura
econômica, turística, comercial e de serviços.
16:00 - Palestra 1: Walber Pinheiro “Marketing 3.0, como aplicar na sua empresa.
Como as empresas TECNISA, Casas Bahia e Loja do Mecânico superaram suas metas
aplicando estratégias de marketing digital
.
17:00h - Apresentação individual dos empresários participantes do evento. Os
participantes praticarão as técnicas dos 5 (cinco) segredos do Networking.
17:50h – Coffee break.
18:25h - Palestra 2: Walber Pinheiro: Fatores determinantes para o sucesso do seu
negócio. Motivação, Capacidade empreendedora, Habilidade Gerencial e Logística
Operacional. Conheça como uma empresa cresceu ao incorporar na prática esses
fatores na sua rotina.
19:10h – Roda de conversa: Cleber Pires, Presidente da ACDF, Walber Pinheiro e
Erik vão colocar em pauta o tema "como conquistar o consumidor da Era Digital“
21:00h - Encerramento.
ABERTURA
Dr Marcelo Dourado Diretor
Superintendente da SUDECO
" Fundo Constitucional de Financiamento
do Centro-Oeste Empresarial".
Destinado a financiar projetos do setores
industrial, agroindustrial, mineral, de
infraestrutura econômica, turística,
comercial e de serviços.
Fundos e Programas
Apoio ao Desenvolvimento Econômico e Social da RIDE/DF
Brasília (DF), 20 de junho de 2013
Área de atuação:
 Distrito Federal e Estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul
SUDECO
 promover o desenvolvimento regional, de forma includente e
sustentável, e a integração competitiva da base produtiva regional na
economia nacional e internacional
Criação e instalação:
 criada pela Lei Complementar n.° 129, de 08.01.2009, e
regulamentada pelo Decreto n.° 7.471, de 04.02.2011
Finalidade:
SUDECO
Instrumentos de ação:
Plano Regional de Desenvolvimento do Centro-Oeste
Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO)
Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO)
Programas de incentivos e benefícios fiscais e financeiros
Outros instrumentos definidos em lei
FCO
Fundo Constitucional de Financiamento
do Centro-Oeste
Ministério da
Integração Nacional
Conselho Deliberativo
da Sudeco
Banco do Brasil S.A.
 art. 159, inciso I, alínea “c”, da CF/88 e Lei n.° 7.827, de 27.09.1989
Origem dos recursos:
 0,6% da arrecadação do IR e IPI
Criação:
FCO
Administração:
Área de atuação:
 para fins de aplicação dos recursos,
entende-se por Centro-Oeste a
região de abrangência dos Estados
de MT, MS e GO e do DF
FCO
Objetivo:
 contribuir para o desenvolvimento econômico e social da Região
Centro-Oeste, mediante a execução de programas de financiamento
aos setores produtivos
projetos de apoio aos
tomadores de menor
porte
projetos com alto
grau de geração de
emprego e renda
projetos que
utilizem tecnologias
inovadoras e/ou
contribuam para a
geração e difusão de
novas tecnologias
projetos do setor de
turismo
projetos voltados
para a preservação
e recuperação do
meio ambiente
projetos que
contribuam para a
redução de
desigualdades
regionais em
espaços prioritários
FCO
Prioridades:
FCO
agropecuário
industrial, agroindu
strial e mineral
de infraestrutura
econômica
comercial e de
serviços
turístico cultural
de
ciência, tecnologia
e inovação
 empresas e produtores rurais, pessoas físicas e jurídicas, que
desenvolvam atividades produtivas nos setores:
Beneficiários:
 financiar:
FCO
investimentos fixos e semifixos
capital de giro e custeio associados a projeto de
investimento
aquisição de insumos e matéria-prima e formação de
estoques para vendas
custeios agrícola e pecuário
Finalidade:
 todos os bens e serviços necessários ao empreendimento, exceto os
itens e atividades não financiáveis, listados na Programação do FCO,
tais como:
FCO
encargos
financeiros e
tributos
gastos gerais de
administração
recuperação de
capitais já
investidos
intermediação
financeira
jogos eletrônicos
ou de azar de
qualquer espécie
produção e
comercialização
de armas
comercialização
de bebidas
alcoólicas, fumo e
combustível
Itens e atividades financiáveis:
FCO
para Empreendedores
Individuais – EI
de Desenvolvimento
Industrial
de Infraestrutura
Econômica
de Desenvolvimento do
Turismo Regional
de Desenvolvimento dos
Setores Comercial e de
Serviços
de Ciência, Tecnologia e
Inovação
Linhas de financiamento para o setor empresarial:
FCO
de Desenvolvimento Rural
à Agropecuária Irrigada
de Desenvolvimento de Sistema de Integração Rural (Convir)
para Redução da Emissão de Gases de Efeito Estufa na Agropecuária (Programa ABC)
de Retenção de Matrizes na Planície Pantaneira
de Apoio ao Desenvolvimento da Aquicultura e da Pesca
para Adequação do Sistema de Produção Pecuário na Região de Fronteira (LEC)
Pronaf (inclusive Reforma Agrária)
Linhas de financiamento para o setor rural:
FCO
Porte
Faturamento bruto anual/renda bruta
agropecuária anual
EI(1) até R$ 60 mil
Micro/Mini até R$ 360 mil
Pequeno acima de R$ 360 mil até R$ 3,6 milhões
Pequeno-Médio acima de R$ 3,6 milhões até R$ 16 milhões
Médio acima de R$ 16 milhões até R$ 90 milhões
Grande acima de R$ 90 milhões
(1) Empreendedor Individual.
Classificação quanto ao porte:
taxas de juros
diferenciadas por setor, por espaço de localização do empreendimento, por finalidade e
por porte de tomador
limites financiáveis
diferenciados por porte de tomador e por espaço de localização do empreendimento
prazos de pagamento e de carência
diferenciados por setor, por linha e por finalidade
FCO
Principais vantagens para o tomador:
 condições de financiamento favorecidas ou diferenciadas, tais como:
Taxa de juros – investimento, inclusive com capital de giro
ou custeio associado:
FCO
Porte
Empresarial (% a.a.) Rural (% a.a.)
sem bônus com bônus sem bônus com bônus
EI/Micro/Mini operações
contratadas no 1°
Sem/2013:
3,5300 %
operações
contratadas no 2°
Sem/2013:
4,1200 %
operações
contratadas no 1°
Sem/2013:
3,0005 %
operações
contratadas no 2°
Sem/2013:
3,5020 %
operações
contratadas no 1°
Sem/2013:
3,5300 %
operações
contratadas no 2°
Sem/2013:
4,1200 %
operações
contratadas no 1°
Sem/2013:
3,0005 %
operações
contratadas no 2°
Sem/2013:
3,5020 %
Pequeno
Pequeno-Médio
Médio
Grande
Taxa de juros – custeio, aquisição de insumos e matéria-
prima e formação de estoques para vendas:
FCO
Porte
Empresarial (% a.a.) Rural (% a.a.)
sem bônus com bônus sem bônus com bônus
EI/Micro/Mini 6,7500 5,7375 5,0000 4,2500
Pequeno 8,2500 7,0125 6,7500 5,7375
Pequeno-Médio 9,5000 8,0750 7,2500 6,1625
Médio 9,5000 8,0750 7,2500 6,1625
Grande 10,0000 8,5000 8,5000 7,2250
 investimento:
 capital de giro e custeio associados: até 35% do valor financiado para investimento
para MPE e até 30% do valor financiado para investimento para MGE e produtores rurais
 aquisição de insumos e matéria-prima e formação de estoques para
vendas: até R$ 5 mil para EI, até R$ 90 mil para micro, até R$ 270 mil para pequenas, até R$
400 mil para pequena-médias e até R$ 800 mil para médias e grandes empresas
 custeios agrícola e pecuário: os limites
são os estabelecidos pelo MCR do Bacen
FCO
Limite financiável:
Região/
Tipologia
Porte
Mesorregião de Águas Emendadas e
Faixa de Fronteira
Demais Municípios e DF
Estagnada
Até
Dinâmica
Até
Alta Renda
Até
Estagnada
Até
Dinâmica
Até
Alta Renda
Até
EI/Micro/Mini/Peq. 100% 100% 100% 100% 100% 100%
Pequeno-Médio 100% 100% 100% 95% 95% 90%
Médio 95% 95% 95% 90% 90% 85%
Grande 90% 90% 90% 80% 80% 70%
FCO
Prazo:
 investimentos fixos e semifixos: até 12 anos, incluído o período de
carência de até 3 anos
 capital de giro e custeio associados a projeto de investimento: até 3
anos, incluído o período de carência de até 1 ano
 aquisição de insumos e matéria-prima e formação de estoques para
vendas: até 24 meses, incluído o período de carência de até 6 meses
 custeios agrícola e pecuário: até 2 anos e até 1 ano, respectivamente
 regra geral: R$ 20 milhões
 exceções:
 até R$ 15 mil por empreendedor individual (EI)
 até R$ 200 milhões, para projetos estruturantes e considerados
de alta relevância, se houver anuência do Conselho de
Desenvolvimento do Estado
FCO
Assistência Máxima:
Instituições operadoras
 Banco do Brasil (BB), em toda a Região Centro-Oeste
 Banco de Brasília (BRB), no DF e nos municípios do entorno, exceto
MG
 Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob), em toda a Região Centro-
Oeste
 Agência de Fomento do Estado de Goiás (Goiás Fomento), em GO,
inclusive nos municípios do entorno do DF
 Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso (MT Fomento), em
MT
 Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi), em GO (exceto nos
municípios do entorno do DF), MT e MS
 Banco Regional do Extremo Sul (BRDE), em MS
Onde obter mais informações?
 www.integracao.gov.br e www.sudeco.gov.br
 www.bb.com.br
 www.brb.com.br
 www.bancoob.com.br
 www.fomento.goias.gov.br
 www.mtfomento.mt.gov.br
 www.sicredi.com.br
 www.brde.com.br
 www.portaldoempreendedor.gov.br
 www.sebrae.com.br
Onde obter mais informações?
Ouvidoria da Sudeco:
 Telefone 0800 61 0021, de 2ª a 6ª, das 08h00 as 17h30
 Formulário eletrônico no endereço www.sudeco.gov.br/ouvidoria
 E-mail: ouvidoria@sudeco.gov.br
Previsão Orçamentária do FCO para a RIDE (DF e Entorno)
R$ Mil
Setor/Linha 2012 2013
% de
Incremento
Empresarial 756.055 836.664 10,7
Industrial 162.114 99.996 (38,3)
Infraestrutura 181.420 99.996 (44,9)
Turismo 162.114 99.996 (38,3)
Comércio e Serviços /C,T&I 250.408 536.676 114,3
Rural 189.014 209.166 10,7
Pronaf-RA e Pronaf Demais 94.507 104.583 10,7
Demais Rurais 94.507 104.583 10,7
Total 945.069 1.045.830 10,7
FDCO
Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste
FDCO
Finalidade:
 apoiar investimentos em projetos de infraestrutura e serviços
públicos e em empreendimentos produtivos com grande capacidade
germinativa de novos negócios e novas atividades produtivas na
Região
 projetos: implantação, ampliação, diversificação e modernização de
empreendimentos
 orçamento para 2013: R$ 1,4 bilhão
INVESTIMENTO
TOTAL DO
PROJETO
OUTRAS
FONTES
PRÓPRIOS
Mínimo de 20%
FDCO
Até 60% do
Investimento
Total
GIRO
INVESTIMENTO
FIXO
Limitado a 80% do
Investimento Fixo
FDCO
Participação de Recursos:
Outras ações
da Sudeco
Trem Brasília-Goiânia (passageiros/carga)
Trem Brasília-Goiânia (passageiros/carga)
Ações em andamento:
 linha regular mista para transporte de passageiros e cargas
 contratação do consórcio vencedor para a execução dos Estudos de
Viabilidade Técnica, Econômica e Socioambiental (EVTEA), que irá
nortear a implantação de serviços de transporte de passageiros e de
cargas
 prazo de 15 meses para concluir o trabalho
 investimento de R$ 3,2 milhões
Trem Brasília-Luziânia (passageiros/carga)
 linha regular mista para transporte de passageiros e cargas
 beneficiará cerca de 500 mil moradores do Entorno Sul do DF
 Acordo de Cooperação Técnica entre a SUDECO, ANTT, DNIT e os
Governos do Distrito Federal e Goiás
 elaboração dos Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e
Socioambiental (EVTEA) para outorga da exploração do serviço
público de transporte regular de trem de média velocidade de
passageiros e carga
 lançamento da Chamada Pública para o EVTEA com investimento de
R$ 1,8 milhões
Ações em andamento:
Trem Brasília-Luziânia (passageiros/carga)
Marcelo Dourado
Diretor-Superintendente
Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste
Ministério da Integração Nacional
Telefone: (61) 2034-5123
E-mail: marcelo.dourado@sudeco.gov.br
DEBATES
Walber Pinheiro
“Marketing 3.0, como aplicar na
sua empresa”.
“Fatores determinantes para o
sucesso do seu negócio”.
RODA DE CONVERSA
Sr Cleber Pires, Presidente da
ACDF
"como conquistar o consumidor da
Era Digital”
RODA DE CONVERSA
Erik Alvarenga
"como conquistar o consumidor da
Era Digital”
ENCERRAMENTO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão de Agências Digitais
Gestão de Agências DigitaisGestão de Agências Digitais
Gestão de Agências Digitais
Danila Dourado
 
Plano de marketing lual eventos
Plano de marketing lual eventosPlano de marketing lual eventos
Plano de marketing lual eventos
Rafael Pozzobon
 
Apresentação Lucia Faria Assessoria em Comunicação
Apresentação Lucia Faria Assessoria em ComunicaçãoApresentação Lucia Faria Assessoria em Comunicação
Apresentação Lucia Faria Assessoria em Comunicação
Kinho Nascimento
 
Portfólio Edilene Savi Goncalves
Portfólio Edilene Savi GoncalvesPortfólio Edilene Savi Goncalves
Portfólio Edilene Savi Goncalves
Edilene Savi Gonçalves
 
Portfolio Edilene Savi Goncalves 2022
Portfolio Edilene Savi Goncalves 2022Portfolio Edilene Savi Goncalves 2022
Portfolio Edilene Savi Goncalves 2022
Edilene Savi Gonçalves
 
Portfólio Edilene Savi Gonçalves - Profissional de Comunicação Corporativa
Portfólio Edilene Savi Gonçalves - Profissional de Comunicação CorporativaPortfólio Edilene Savi Gonçalves - Profissional de Comunicação Corporativa
Portfólio Edilene Savi Gonçalves - Profissional de Comunicação Corporativa
Edilene Savi Gonçalves
 
Grupo Gax Brasil - Conectando empresas, clientes e ideias.
Grupo Gax Brasil - Conectando empresas, clientes e ideias.Grupo Gax Brasil - Conectando empresas, clientes e ideias.
Grupo Gax Brasil - Conectando empresas, clientes e ideias.
Gax Brasil
 
Grupo Gax Brasil
Grupo Gax BrasilGrupo Gax Brasil
Grupo Gax Brasil
Grupo Gax Brasil
 
Proposta de Assessoria de Imprensa - Toda Comunicação
Proposta de Assessoria de Imprensa - Toda ComunicaçãoProposta de Assessoria de Imprensa - Toda Comunicação
Proposta de Assessoria de Imprensa - Toda Comunicação
Caroline Ribeiro
 
Saiba como o marketing pode transformar a imagem da sua empresa, fale com a E...
Saiba como o marketing pode transformar a imagem da sua empresa, fale com a E...Saiba como o marketing pode transformar a imagem da sua empresa, fale com a E...
Saiba como o marketing pode transformar a imagem da sua empresa, fale com a E...
Eliane Bastos
 
Caderno negócios e soluções para comunicação
Caderno negócios e soluções para comunicaçãoCaderno negócios e soluções para comunicação
Caderno negócios e soluções para comunicação
Acontecendo Aqui
 
Apresentação D'Lippi
Apresentação D'LippiApresentação D'Lippi
Apresentação D'Lippi
Marco D'Lippi
 
Comoelaborarumplanodemarketing
ComoelaborarumplanodemarketingComoelaborarumplanodemarketing
ComoelaborarumplanodemarketingMarcelo Nascimento
 
O desafio da comunicação para startups
O desafio da comunicação para startupsO desafio da comunicação para startups
O desafio da comunicação para startups
Agência Polvora!
 
Mironga Digital - O grande segredo é o talento.
Mironga Digital - O grande segredo é o talento.Mironga Digital - O grande segredo é o talento.
Mironga Digital - O grande segredo é o talento.
Gax Brasil
 
Apresentação Literato Comunicação
Apresentação Literato ComunicaçãoApresentação Literato Comunicação
Apresentação Literato Comunicação
literatocomunicacao
 
Apresentação TCC Publicidade e Propaganda
Apresentação TCC Publicidade e PropagandaApresentação TCC Publicidade e Propaganda
Apresentação TCC Publicidade e Propaganda
Luis Alexandre
 
Assessoria de imprensa gera leads?
Assessoria de imprensa gera leads? Assessoria de imprensa gera leads?
Assessoria de imprensa gera leads?
Polvora! Comunicação
 
Conheçam a Brava Comunicação Inteligente!
Conheçam a Brava Comunicação Inteligente!Conheçam a Brava Comunicação Inteligente!
Conheçam a Brava Comunicação Inteligente!
Juliana Lopes
 
Live Marketing - Exemplos dos slides de aulas
Live Marketing - Exemplos dos slides de aulasLive Marketing - Exemplos dos slides de aulas
Live Marketing - Exemplos dos slides de aulas
Alexandre Mutran
 

Mais procurados (20)

Gestão de Agências Digitais
Gestão de Agências DigitaisGestão de Agências Digitais
Gestão de Agências Digitais
 
Plano de marketing lual eventos
Plano de marketing lual eventosPlano de marketing lual eventos
Plano de marketing lual eventos
 
Apresentação Lucia Faria Assessoria em Comunicação
Apresentação Lucia Faria Assessoria em ComunicaçãoApresentação Lucia Faria Assessoria em Comunicação
Apresentação Lucia Faria Assessoria em Comunicação
 
Portfólio Edilene Savi Goncalves
Portfólio Edilene Savi GoncalvesPortfólio Edilene Savi Goncalves
Portfólio Edilene Savi Goncalves
 
Portfolio Edilene Savi Goncalves 2022
Portfolio Edilene Savi Goncalves 2022Portfolio Edilene Savi Goncalves 2022
Portfolio Edilene Savi Goncalves 2022
 
Portfólio Edilene Savi Gonçalves - Profissional de Comunicação Corporativa
Portfólio Edilene Savi Gonçalves - Profissional de Comunicação CorporativaPortfólio Edilene Savi Gonçalves - Profissional de Comunicação Corporativa
Portfólio Edilene Savi Gonçalves - Profissional de Comunicação Corporativa
 
Grupo Gax Brasil - Conectando empresas, clientes e ideias.
Grupo Gax Brasil - Conectando empresas, clientes e ideias.Grupo Gax Brasil - Conectando empresas, clientes e ideias.
Grupo Gax Brasil - Conectando empresas, clientes e ideias.
 
Grupo Gax Brasil
Grupo Gax BrasilGrupo Gax Brasil
Grupo Gax Brasil
 
Proposta de Assessoria de Imprensa - Toda Comunicação
Proposta de Assessoria de Imprensa - Toda ComunicaçãoProposta de Assessoria de Imprensa - Toda Comunicação
Proposta de Assessoria de Imprensa - Toda Comunicação
 
Saiba como o marketing pode transformar a imagem da sua empresa, fale com a E...
Saiba como o marketing pode transformar a imagem da sua empresa, fale com a E...Saiba como o marketing pode transformar a imagem da sua empresa, fale com a E...
Saiba como o marketing pode transformar a imagem da sua empresa, fale com a E...
 
Caderno negócios e soluções para comunicação
Caderno negócios e soluções para comunicaçãoCaderno negócios e soluções para comunicação
Caderno negócios e soluções para comunicação
 
Apresentação D'Lippi
Apresentação D'LippiApresentação D'Lippi
Apresentação D'Lippi
 
Comoelaborarumplanodemarketing
ComoelaborarumplanodemarketingComoelaborarumplanodemarketing
Comoelaborarumplanodemarketing
 
O desafio da comunicação para startups
O desafio da comunicação para startupsO desafio da comunicação para startups
O desafio da comunicação para startups
 
Mironga Digital - O grande segredo é o talento.
Mironga Digital - O grande segredo é o talento.Mironga Digital - O grande segredo é o talento.
Mironga Digital - O grande segredo é o talento.
 
Apresentação Literato Comunicação
Apresentação Literato ComunicaçãoApresentação Literato Comunicação
Apresentação Literato Comunicação
 
Apresentação TCC Publicidade e Propaganda
Apresentação TCC Publicidade e PropagandaApresentação TCC Publicidade e Propaganda
Apresentação TCC Publicidade e Propaganda
 
Assessoria de imprensa gera leads?
Assessoria de imprensa gera leads? Assessoria de imprensa gera leads?
Assessoria de imprensa gera leads?
 
Conheçam a Brava Comunicação Inteligente!
Conheçam a Brava Comunicação Inteligente!Conheçam a Brava Comunicação Inteligente!
Conheçam a Brava Comunicação Inteligente!
 
Live Marketing - Exemplos dos slides de aulas
Live Marketing - Exemplos dos slides de aulasLive Marketing - Exemplos dos slides de aulas
Live Marketing - Exemplos dos slides de aulas
 

Destaque

Administrando o tempo
Administrando o tempoAdministrando o tempo
Administrando o tempo
Walber Pinheiro
 
Tripé da gestão
Tripé da gestãoTripé da gestão
Tripé da gestão
Walber Pinheiro
 
Marketing 3.0 walber
Marketing 3.0 walberMarketing 3.0 walber
Marketing 3.0 walber
Walber Pinheiro
 
Planejamento digital walber pinheiro
Planejamento digital walber pinheiroPlanejamento digital walber pinheiro
Planejamento digital walber pinheiro
Walber Pinheiro
 
óBvio
óBvioóBvio
Gestão de Pessoas
Gestão de PessoasGestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
Walber Pinheiro
 
Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulherDia internacional da mulher
Dia internacional da mulher
Walber Pinheiro
 

Destaque (7)

Administrando o tempo
Administrando o tempoAdministrando o tempo
Administrando o tempo
 
Tripé da gestão
Tripé da gestãoTripé da gestão
Tripé da gestão
 
Marketing 3.0 walber
Marketing 3.0 walberMarketing 3.0 walber
Marketing 3.0 walber
 
Planejamento digital walber pinheiro
Planejamento digital walber pinheiroPlanejamento digital walber pinheiro
Planejamento digital walber pinheiro
 
óBvio
óBvioóBvio
óBvio
 
Gestão de Pessoas
Gestão de PessoasGestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
 
Dia internacional da mulher
Dia internacional da mulherDia internacional da mulher
Dia internacional da mulher
 

Semelhante a Ação empreendedora_Workshop Empresarial_Fatores de Sucesso das Empresas

O MARKETING DIGITAL NAS EMPRESAS
O MARKETING DIGITAL NAS EMPRESASO MARKETING DIGITAL NAS EMPRESAS
O MARKETING DIGITAL NAS EMPRESAS
Rodrigo de Oliveira
 
FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...
FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...
FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...
Adriano Alves de Aquino
 
Marketing e empreendedorismo digital
Marketing e empreendedorismo digitalMarketing e empreendedorismo digital
Marketing e empreendedorismo digital
Marcos Basilio
 
Grupo finis art - agro3w
Grupo finis art - agro3wGrupo finis art - agro3w
Grupo finis art - agro3w
Luciano Rêgo
 
Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016
Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016
Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016
João Gabriel Chebante
 
[The Future of E-Commerce] Menos tempo e mais trabalho: como a tecnologia vei...
[The Future of E-Commerce] Menos tempo e mais trabalho: como a tecnologia vei...[The Future of E-Commerce] Menos tempo e mais trabalho: como a tecnologia vei...
[The Future of E-Commerce] Menos tempo e mais trabalho: como a tecnologia vei...
E-Commerce Brasil
 
Marketing de Relacionamento Digital e Mídias Sociais
Marketing de Relacionamento Digital e Mídias SociaisMarketing de Relacionamento Digital e Mídias Sociais
Marketing de Relacionamento Digital e Mídias Sociais
rodrigotadashi
 
Treinamento em Mídias Sociais para o Mercado Imobiliário
Treinamento em Mídias Sociais para o Mercado ImobiliárioTreinamento em Mídias Sociais para o Mercado Imobiliário
Treinamento em Mídias Sociais para o Mercado Imobiliário
André Augusto Damasceno Mendes
 
Cartilha inovação para microempresa
Cartilha inovação para microempresaCartilha inovação para microempresa
Cartilha inovação para microempresa
Silvânia Mendes Moreschi
 
Aula PUC - Marketing digital x conteúdo
Aula PUC - Marketing digital x conteúdoAula PUC - Marketing digital x conteúdo
Aula PUC - Marketing digital x conteúdo
FilipeCarpes
 
GV-executivo VOLUME 17, NÚMERO 6 NOV/DEZ 2018
GV-executivo VOLUME 17, NÚMERO 6 NOV/DEZ 2018GV-executivo VOLUME 17, NÚMERO 6 NOV/DEZ 2018
GV-executivo VOLUME 17, NÚMERO 6 NOV/DEZ 2018
FGV | Fundação Getulio Vargas
 
A importância de um bom planejamento para iniciar e se manter no e-commerce. ...
A importância de um bom planejamento para iniciar e se manter no e-commerce. ...A importância de um bom planejamento para iniciar e se manter no e-commerce. ...
A importância de um bom planejamento para iniciar e se manter no e-commerce. ...
JET e-Commerce
 
Cruz e Ferreira 2013
Cruz e Ferreira 2013Cruz e Ferreira 2013
Cruz e Ferreira 2013
armindo ferreira
 
Palestra freemind.ruy
Palestra freemind.ruyPalestra freemind.ruy
Palestra freemind.ruy
oficinamkt
 
Bizmeet :: Estratégia :: Tecnologia e Inovação :: Resultados
Bizmeet :: Estratégia :: Tecnologia e Inovação :: ResultadosBizmeet :: Estratégia :: Tecnologia e Inovação :: Resultados
Bizmeet :: Estratégia :: Tecnologia e Inovação :: Resultados
Juliana Ribeiro
 
Apresentação BeWater 2015
Apresentação BeWater 2015Apresentação BeWater 2015
Apresentação BeWater 2015
Agência BeWater
 
Arq idvol 17-1339725441
Arq idvol 17-1339725441Arq idvol 17-1339725441
Arq idvol 17-1339725441
overlima
 
Marketing Jurídico Digital
Marketing Jurídico DigitalMarketing Jurídico Digital
Marketing Jurídico Digital
incompany
 
Apresentação - Planejamento Estratégico
Apresentação - Planejamento EstratégicoApresentação - Planejamento Estratégico
Apresentação - Planejamento Estratégico
marcoadetec
 
Palestra Planejamento e Estratégias Digitais (UNOESTE / FACOPP)
Palestra Planejamento e Estratégias Digitais (UNOESTE / FACOPP)Palestra Planejamento e Estratégias Digitais (UNOESTE / FACOPP)
Palestra Planejamento e Estratégias Digitais (UNOESTE / FACOPP)
Paulo Milreu
 

Semelhante a Ação empreendedora_Workshop Empresarial_Fatores de Sucesso das Empresas (20)

O MARKETING DIGITAL NAS EMPRESAS
O MARKETING DIGITAL NAS EMPRESASO MARKETING DIGITAL NAS EMPRESAS
O MARKETING DIGITAL NAS EMPRESAS
 
FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...
FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...
FATORES QUE CONTRIBUEM PARA O SUCESSOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO COMÉRC...
 
Marketing e empreendedorismo digital
Marketing e empreendedorismo digitalMarketing e empreendedorismo digital
Marketing e empreendedorismo digital
 
Grupo finis art - agro3w
Grupo finis art - agro3wGrupo finis art - agro3w
Grupo finis art - agro3w
 
Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016
Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016
Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016
 
[The Future of E-Commerce] Menos tempo e mais trabalho: como a tecnologia vei...
[The Future of E-Commerce] Menos tempo e mais trabalho: como a tecnologia vei...[The Future of E-Commerce] Menos tempo e mais trabalho: como a tecnologia vei...
[The Future of E-Commerce] Menos tempo e mais trabalho: como a tecnologia vei...
 
Marketing de Relacionamento Digital e Mídias Sociais
Marketing de Relacionamento Digital e Mídias SociaisMarketing de Relacionamento Digital e Mídias Sociais
Marketing de Relacionamento Digital e Mídias Sociais
 
Treinamento em Mídias Sociais para o Mercado Imobiliário
Treinamento em Mídias Sociais para o Mercado ImobiliárioTreinamento em Mídias Sociais para o Mercado Imobiliário
Treinamento em Mídias Sociais para o Mercado Imobiliário
 
Cartilha inovação para microempresa
Cartilha inovação para microempresaCartilha inovação para microempresa
Cartilha inovação para microempresa
 
Aula PUC - Marketing digital x conteúdo
Aula PUC - Marketing digital x conteúdoAula PUC - Marketing digital x conteúdo
Aula PUC - Marketing digital x conteúdo
 
GV-executivo VOLUME 17, NÚMERO 6 NOV/DEZ 2018
GV-executivo VOLUME 17, NÚMERO 6 NOV/DEZ 2018GV-executivo VOLUME 17, NÚMERO 6 NOV/DEZ 2018
GV-executivo VOLUME 17, NÚMERO 6 NOV/DEZ 2018
 
A importância de um bom planejamento para iniciar e se manter no e-commerce. ...
A importância de um bom planejamento para iniciar e se manter no e-commerce. ...A importância de um bom planejamento para iniciar e se manter no e-commerce. ...
A importância de um bom planejamento para iniciar e se manter no e-commerce. ...
 
Cruz e Ferreira 2013
Cruz e Ferreira 2013Cruz e Ferreira 2013
Cruz e Ferreira 2013
 
Palestra freemind.ruy
Palestra freemind.ruyPalestra freemind.ruy
Palestra freemind.ruy
 
Bizmeet :: Estratégia :: Tecnologia e Inovação :: Resultados
Bizmeet :: Estratégia :: Tecnologia e Inovação :: ResultadosBizmeet :: Estratégia :: Tecnologia e Inovação :: Resultados
Bizmeet :: Estratégia :: Tecnologia e Inovação :: Resultados
 
Apresentação BeWater 2015
Apresentação BeWater 2015Apresentação BeWater 2015
Apresentação BeWater 2015
 
Arq idvol 17-1339725441
Arq idvol 17-1339725441Arq idvol 17-1339725441
Arq idvol 17-1339725441
 
Marketing Jurídico Digital
Marketing Jurídico DigitalMarketing Jurídico Digital
Marketing Jurídico Digital
 
Apresentação - Planejamento Estratégico
Apresentação - Planejamento EstratégicoApresentação - Planejamento Estratégico
Apresentação - Planejamento Estratégico
 
Palestra Planejamento e Estratégias Digitais (UNOESTE / FACOPP)
Palestra Planejamento e Estratégias Digitais (UNOESTE / FACOPP)Palestra Planejamento e Estratégias Digitais (UNOESTE / FACOPP)
Palestra Planejamento e Estratégias Digitais (UNOESTE / FACOPP)
 

Ação empreendedora_Workshop Empresarial_Fatores de Sucesso das Empresas

  • 1.
  • 2. ROTEIRO - OBJETIVO DO EVENTO. - A WP CURSOS DF. - PARCEIROS. - PROGRAMAÇÃO DO EVENTO. - PALESTRANTES. - ENCERRAMENTO.
  • 4. OBJETIVO DO EVENTO Divulgar o projeto “Ação Empreendedora” da WP Cursos. Finalidade reciclar o conhecimento de empresários formalizados quanto aos fatores de sucesso de empresas, base do sucesso empresarial: HABILIDADES GERENCIAIS (conhecimento de mercado e estratégia de vendas); CAPACIDADE EMPREENDEDORA (Técnicas de liderança e gestão); e LOGÍSTICA OPERACIONAL (Acesso à novas tecnologias). Fonte: VII Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia.
  • 6. Walber idealizador do projeto Ação Empreendedora. Ajuda empresas formalizadas e profissionais, por meio de treinamentos, a entenderem os fatores de sucesso das empresas e o comportamento do consumidor da Era Digital, aumentando sua receita e lucros utilizando o ambiente digital para posicionar sua Marca, segmentar seu cliente e superar suas metas.
  • 7. Com o crescimento do número das redes sociais e dos recursos da internet, cada vez mais o marketing digital está fazendo parte do planejamento das empresas. Pela internet, as instituições são capazes de traçar um perfil dos seus produtos e de clientes e, dessa maneira, criar estratégias para atuar dentro e fora das redes. Além do poder de disseminação rápida e eficaz da notícia, o Marketing Digital é mais barato do que os outros meios de propaganda de uma marca.
  • 8. Novos canais de comunicação surgem e tornam-se febre em poucos meses. Desta maneira, os modelos tradicionais são questionados e as empresas precisam se atualizar quase que diariamente. O controle que as marcas tinham de sua imagem e das ações que realizavam a favor dela diminuiu ou desapareceu. Hoje, é quase impossível prever o que todos os clientes e usuários pensam do seu produto, já que pela internet a notícia se espalha para todos os públicos de forma sinérgica e rápida.
  • 9. As estratégias de marketing são direcionadas aos internautas, que acessam a Internet regularmente. Segundo dados do instituto Ibope Nielsen Online, o número de usuários ativos, no Brasil, atingiu a quantia de 51,8 milhões. Ainda de acordo com a pesquisa, atualizada em 3 de dezembro último, 87% dos usuários brasileiros estão conectados semanalmente. 38% das pessoas acessam à web diariamente; 10% de quatro a seis vezes por semana; 21% de duas a três vezes por semana; 18% uma vez por semana.
  • 10. 79% das empresas possuem perfil nas redes sociais, aparentemente é um número grande, no entanto, os recursos da presença online não estão sendo usados corretamente. Para a empresa ter uma boa atuação em todas as redes sociais, é fundamental ter uma equipe bem estruturada para colocar as estratégias em prática e evitar, desta maneira, que a empresa pareça abandonada ou incoerente na internet.
  • 11. A WP CURSOS DF Nosso negócio ---- Proporcionar às pessoas a oportunidades de crescimento profissional. Nossa Missão ---- Contribuir para o aperfeiçoamento das pessoas, por meio de cursos, treinamentos, palestras e Workshop. Nossos valores ---- Ética nos relacionamentos. Valorização dos Recursos Humanos. Inovação no ensino. Gestão de Resultado.
  • 12. EMPRESAS NO BRASIL 6.000.000 (seis) milhões de empresas. Região Sudeste, com mais da metade (51%). Sul fica em segundo lugar (22%). Nordeste (15%). Centro--oeste (9%). Norte (4%). Fonte: Pesquisa Endeavor, Empreendedores Brasileiros, Perfis e percepções 2013.
  • 13. PROBLEMA 48% das empresas brasileiras fecham as portas depois de três anos Das 6.000.000 (seis) milhões de empresas existentes. Apenas 32.000 (trinta e duas) mil conseguem crescer mais de 20% ao ano. Fonte: Pesquisa Endeavor, Empreendedores Brasileiros, Perfis e percepções 2013.
  • 14. O QUE FALTA PARA CRESCER Para crescer, precisaria de NETWORKING, AJUDA SOFISTICADA com especialistas para resolver problemas de CONHECIMENTO EMPRESARIAL, OBSTÁCULOS FINANCEIROS, MARKETING DIGITAL e GESTÃO DE PESSOAS. Fonte: Pesquisa Endeavor, Empreendedores Brasileiros, Perfis e percepções 2013.
  • 15. PERSONA - Empresário de Brasília e Regiões Administrativas. - Ele já está formalizado e procura soluções para superar as metas de venda de sua empresa. - Trabalha na linha de frente do negócio e tem entre 10 e 50 colaboradores. - Quer ser reconhecido como um empresário de sucesso dentre amigos e familiares. - Há diversos influenciadores que não entendem nada de internet.
  • 16. SOLUÇÃO DO PROBLEMA Conectamos empreendedores e empresários a uma rede de crescimento de negócios, constituída de profissionais especialistas em gestão de negócios, gestão financeira, gestão de pessoas e marketing digital, com a finalidade de criar condições para empresas e empreendedores superarem suas metas, por meio de consultoria permanente, presencial, criando um círculo de influência e aumentando o poder de networking.
  • 18. PROGRAMAÇÃO 14:30h – Recepção dos participantes e ambientação. 15:00h – abertura Dr Marcelo Dourado Diretor Superintendente da SUDECO - " Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste Empresarial". Destinado a financiar projetos do setores industrial, agroindustrial, mineral, de infraestrutura econômica, turística, comercial e de serviços. 16:00 - Palestra 1: Walber Pinheiro “Marketing 3.0, como aplicar na sua empresa. Como as empresas TECNISA, Casas Bahia e Loja do Mecânico superaram suas metas aplicando estratégias de marketing digital . 17:00h - Apresentação individual dos empresários participantes do evento. Os participantes praticarão as técnicas dos 5 (cinco) segredos do Networking. 17:50h – Coffee break. 18:25h - Palestra 2: Walber Pinheiro: Fatores determinantes para o sucesso do seu negócio. Motivação, Capacidade empreendedora, Habilidade Gerencial e Logística Operacional. Conheça como uma empresa cresceu ao incorporar na prática esses fatores na sua rotina. 19:10h – Roda de conversa: Cleber Pires, Presidente da ACDF, Walber Pinheiro e Erik vão colocar em pauta o tema "como conquistar o consumidor da Era Digital“ 21:00h - Encerramento.
  • 19. ABERTURA Dr Marcelo Dourado Diretor Superintendente da SUDECO " Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste Empresarial". Destinado a financiar projetos do setores industrial, agroindustrial, mineral, de infraestrutura econômica, turística, comercial e de serviços.
  • 20.
  • 21. Fundos e Programas Apoio ao Desenvolvimento Econômico e Social da RIDE/DF Brasília (DF), 20 de junho de 2013
  • 22. Área de atuação:  Distrito Federal e Estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul SUDECO  promover o desenvolvimento regional, de forma includente e sustentável, e a integração competitiva da base produtiva regional na economia nacional e internacional Criação e instalação:  criada pela Lei Complementar n.° 129, de 08.01.2009, e regulamentada pelo Decreto n.° 7.471, de 04.02.2011 Finalidade:
  • 23. SUDECO Instrumentos de ação: Plano Regional de Desenvolvimento do Centro-Oeste Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO) Programas de incentivos e benefícios fiscais e financeiros Outros instrumentos definidos em lei
  • 24. FCO Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste
  • 25. Ministério da Integração Nacional Conselho Deliberativo da Sudeco Banco do Brasil S.A.  art. 159, inciso I, alínea “c”, da CF/88 e Lei n.° 7.827, de 27.09.1989 Origem dos recursos:  0,6% da arrecadação do IR e IPI Criação: FCO Administração:
  • 26. Área de atuação:  para fins de aplicação dos recursos, entende-se por Centro-Oeste a região de abrangência dos Estados de MT, MS e GO e do DF FCO Objetivo:  contribuir para o desenvolvimento econômico e social da Região Centro-Oeste, mediante a execução de programas de financiamento aos setores produtivos
  • 27. projetos de apoio aos tomadores de menor porte projetos com alto grau de geração de emprego e renda projetos que utilizem tecnologias inovadoras e/ou contribuam para a geração e difusão de novas tecnologias projetos do setor de turismo projetos voltados para a preservação e recuperação do meio ambiente projetos que contribuam para a redução de desigualdades regionais em espaços prioritários FCO Prioridades:
  • 28. FCO agropecuário industrial, agroindu strial e mineral de infraestrutura econômica comercial e de serviços turístico cultural de ciência, tecnologia e inovação  empresas e produtores rurais, pessoas físicas e jurídicas, que desenvolvam atividades produtivas nos setores: Beneficiários:
  • 29.  financiar: FCO investimentos fixos e semifixos capital de giro e custeio associados a projeto de investimento aquisição de insumos e matéria-prima e formação de estoques para vendas custeios agrícola e pecuário Finalidade:
  • 30.  todos os bens e serviços necessários ao empreendimento, exceto os itens e atividades não financiáveis, listados na Programação do FCO, tais como: FCO encargos financeiros e tributos gastos gerais de administração recuperação de capitais já investidos intermediação financeira jogos eletrônicos ou de azar de qualquer espécie produção e comercialização de armas comercialização de bebidas alcoólicas, fumo e combustível Itens e atividades financiáveis:
  • 31. FCO para Empreendedores Individuais – EI de Desenvolvimento Industrial de Infraestrutura Econômica de Desenvolvimento do Turismo Regional de Desenvolvimento dos Setores Comercial e de Serviços de Ciência, Tecnologia e Inovação Linhas de financiamento para o setor empresarial:
  • 32. FCO de Desenvolvimento Rural à Agropecuária Irrigada de Desenvolvimento de Sistema de Integração Rural (Convir) para Redução da Emissão de Gases de Efeito Estufa na Agropecuária (Programa ABC) de Retenção de Matrizes na Planície Pantaneira de Apoio ao Desenvolvimento da Aquicultura e da Pesca para Adequação do Sistema de Produção Pecuário na Região de Fronteira (LEC) Pronaf (inclusive Reforma Agrária) Linhas de financiamento para o setor rural:
  • 33. FCO Porte Faturamento bruto anual/renda bruta agropecuária anual EI(1) até R$ 60 mil Micro/Mini até R$ 360 mil Pequeno acima de R$ 360 mil até R$ 3,6 milhões Pequeno-Médio acima de R$ 3,6 milhões até R$ 16 milhões Médio acima de R$ 16 milhões até R$ 90 milhões Grande acima de R$ 90 milhões (1) Empreendedor Individual. Classificação quanto ao porte:
  • 34. taxas de juros diferenciadas por setor, por espaço de localização do empreendimento, por finalidade e por porte de tomador limites financiáveis diferenciados por porte de tomador e por espaço de localização do empreendimento prazos de pagamento e de carência diferenciados por setor, por linha e por finalidade FCO Principais vantagens para o tomador:  condições de financiamento favorecidas ou diferenciadas, tais como:
  • 35. Taxa de juros – investimento, inclusive com capital de giro ou custeio associado: FCO Porte Empresarial (% a.a.) Rural (% a.a.) sem bônus com bônus sem bônus com bônus EI/Micro/Mini operações contratadas no 1° Sem/2013: 3,5300 % operações contratadas no 2° Sem/2013: 4,1200 % operações contratadas no 1° Sem/2013: 3,0005 % operações contratadas no 2° Sem/2013: 3,5020 % operações contratadas no 1° Sem/2013: 3,5300 % operações contratadas no 2° Sem/2013: 4,1200 % operações contratadas no 1° Sem/2013: 3,0005 % operações contratadas no 2° Sem/2013: 3,5020 % Pequeno Pequeno-Médio Médio Grande
  • 36. Taxa de juros – custeio, aquisição de insumos e matéria- prima e formação de estoques para vendas: FCO Porte Empresarial (% a.a.) Rural (% a.a.) sem bônus com bônus sem bônus com bônus EI/Micro/Mini 6,7500 5,7375 5,0000 4,2500 Pequeno 8,2500 7,0125 6,7500 5,7375 Pequeno-Médio 9,5000 8,0750 7,2500 6,1625 Médio 9,5000 8,0750 7,2500 6,1625 Grande 10,0000 8,5000 8,5000 7,2250
  • 37.  investimento:  capital de giro e custeio associados: até 35% do valor financiado para investimento para MPE e até 30% do valor financiado para investimento para MGE e produtores rurais  aquisição de insumos e matéria-prima e formação de estoques para vendas: até R$ 5 mil para EI, até R$ 90 mil para micro, até R$ 270 mil para pequenas, até R$ 400 mil para pequena-médias e até R$ 800 mil para médias e grandes empresas  custeios agrícola e pecuário: os limites são os estabelecidos pelo MCR do Bacen FCO Limite financiável: Região/ Tipologia Porte Mesorregião de Águas Emendadas e Faixa de Fronteira Demais Municípios e DF Estagnada Até Dinâmica Até Alta Renda Até Estagnada Até Dinâmica Até Alta Renda Até EI/Micro/Mini/Peq. 100% 100% 100% 100% 100% 100% Pequeno-Médio 100% 100% 100% 95% 95% 90% Médio 95% 95% 95% 90% 90% 85% Grande 90% 90% 90% 80% 80% 70%
  • 38. FCO Prazo:  investimentos fixos e semifixos: até 12 anos, incluído o período de carência de até 3 anos  capital de giro e custeio associados a projeto de investimento: até 3 anos, incluído o período de carência de até 1 ano  aquisição de insumos e matéria-prima e formação de estoques para vendas: até 24 meses, incluído o período de carência de até 6 meses  custeios agrícola e pecuário: até 2 anos e até 1 ano, respectivamente
  • 39.  regra geral: R$ 20 milhões  exceções:  até R$ 15 mil por empreendedor individual (EI)  até R$ 200 milhões, para projetos estruturantes e considerados de alta relevância, se houver anuência do Conselho de Desenvolvimento do Estado FCO Assistência Máxima:
  • 40. Instituições operadoras  Banco do Brasil (BB), em toda a Região Centro-Oeste  Banco de Brasília (BRB), no DF e nos municípios do entorno, exceto MG  Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob), em toda a Região Centro- Oeste  Agência de Fomento do Estado de Goiás (Goiás Fomento), em GO, inclusive nos municípios do entorno do DF  Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso (MT Fomento), em MT  Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi), em GO (exceto nos municípios do entorno do DF), MT e MS  Banco Regional do Extremo Sul (BRDE), em MS
  • 41. Onde obter mais informações?  www.integracao.gov.br e www.sudeco.gov.br  www.bb.com.br  www.brb.com.br  www.bancoob.com.br  www.fomento.goias.gov.br  www.mtfomento.mt.gov.br  www.sicredi.com.br  www.brde.com.br  www.portaldoempreendedor.gov.br  www.sebrae.com.br
  • 42. Onde obter mais informações? Ouvidoria da Sudeco:  Telefone 0800 61 0021, de 2ª a 6ª, das 08h00 as 17h30  Formulário eletrônico no endereço www.sudeco.gov.br/ouvidoria  E-mail: ouvidoria@sudeco.gov.br
  • 43. Previsão Orçamentária do FCO para a RIDE (DF e Entorno) R$ Mil Setor/Linha 2012 2013 % de Incremento Empresarial 756.055 836.664 10,7 Industrial 162.114 99.996 (38,3) Infraestrutura 181.420 99.996 (44,9) Turismo 162.114 99.996 (38,3) Comércio e Serviços /C,T&I 250.408 536.676 114,3 Rural 189.014 209.166 10,7 Pronaf-RA e Pronaf Demais 94.507 104.583 10,7 Demais Rurais 94.507 104.583 10,7 Total 945.069 1.045.830 10,7
  • 44. FDCO Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste
  • 45. FDCO Finalidade:  apoiar investimentos em projetos de infraestrutura e serviços públicos e em empreendimentos produtivos com grande capacidade germinativa de novos negócios e novas atividades produtivas na Região  projetos: implantação, ampliação, diversificação e modernização de empreendimentos  orçamento para 2013: R$ 1,4 bilhão
  • 46. INVESTIMENTO TOTAL DO PROJETO OUTRAS FONTES PRÓPRIOS Mínimo de 20% FDCO Até 60% do Investimento Total GIRO INVESTIMENTO FIXO Limitado a 80% do Investimento Fixo FDCO Participação de Recursos:
  • 48.
  • 50. Trem Brasília-Goiânia (passageiros/carga) Ações em andamento:  linha regular mista para transporte de passageiros e cargas  contratação do consórcio vencedor para a execução dos Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Socioambiental (EVTEA), que irá nortear a implantação de serviços de transporte de passageiros e de cargas  prazo de 15 meses para concluir o trabalho  investimento de R$ 3,2 milhões
  • 52.  linha regular mista para transporte de passageiros e cargas  beneficiará cerca de 500 mil moradores do Entorno Sul do DF  Acordo de Cooperação Técnica entre a SUDECO, ANTT, DNIT e os Governos do Distrito Federal e Goiás  elaboração dos Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Socioambiental (EVTEA) para outorga da exploração do serviço público de transporte regular de trem de média velocidade de passageiros e carga  lançamento da Chamada Pública para o EVTEA com investimento de R$ 1,8 milhões Ações em andamento: Trem Brasília-Luziânia (passageiros/carga)
  • 53. Marcelo Dourado Diretor-Superintendente Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste Ministério da Integração Nacional Telefone: (61) 2034-5123 E-mail: marcelo.dourado@sudeco.gov.br
  • 54. DEBATES Walber Pinheiro “Marketing 3.0, como aplicar na sua empresa”. “Fatores determinantes para o sucesso do seu negócio”.
  • 55. RODA DE CONVERSA Sr Cleber Pires, Presidente da ACDF "como conquistar o consumidor da Era Digital”
  • 56. RODA DE CONVERSA Erik Alvarenga "como conquistar o consumidor da Era Digital”