SlideShare uma empresa Scribd logo
ANÁLISE
Gente Mais Consultoria e Treinamento
R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP
Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680
Site: www.gentemais.com.br
Benefícios da Análise SWOT
 Faz parte do planejamento estratégico de uma organização.
 Usa-se o SWOT apenas após a determinação da missão,
das metas & objetivos da organização.
 Pode ser feita por indivíduos ou por equipes.
 Inicia-se a partir dos dados da análise ambiental
Simplicidade:
- Pode ser conduzida sem treinamento especificos ou habilidades técnicas extensivas.
Custos Menores:
-Suasimplicidadefazcomquequalquerindividuoconsigadesenvolversuamatrizemcimadepressupostos
simples.
Flexibilidade:
- Pode ser desempenhada com ou sem sistema de informações.
- Integração: Habilidade de integrar e sintetizar tipos diversos de informações, quantitativas e qualitativas,
de várias áreas da empresa.
Colaboração:
-Temahabilidadedeestimularacolaboraçãoentreasáreasfuncionaisdaempresaquesãointerdependentes,
mas que possuem contato entre si.
A ANÁLISE SWOT
Gente Mais Consultoria e Treinamento
R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP
Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680
Site: www.gentemais.com.br
AS 4 CATEGORIAS
DA ANÁLISE SWOT
Baseadas em dois conceitos:
Interno X Externo
Positivo X Negativo
Forças e Fraquezas
- Existem dentro da empresa ou em seus principais relacionamentos com participantes de sua cadeia de
valor, fornecedores ou clientes.
- São significativas apenas quando facilitam ou impedem a organização de satisfazer a uma necessidade
do cliente.
- Devem focar os processos gerenciais ou as soluções que sejam importantes para atender às necessidades
do cliente.
Gente Mais Consultoria e Treinamento
R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP
Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680
Site: www.gentemais.com.br
AS 4 CATEGORIAS
DA ANÁLISE SWOT
Baseadas em dois conceitos:
Interno X Externo
Positivo X Negativo
Oportunidades e Ameaças
- Envolvem os assuntos que ocorrem nos ambientes externos da empresa/organização.
- Não devem ser ignoradas, à medida que a empresa/organização se envolve no desenvolvimento das
forças e das capacidades por receio de criar uma organização eficiente, mas ineficaz.
- Podem decorrer de mudanças nos ambientes competitivo, sociocultural, político/legal, ou interno da
organização.
Gente Mais Consultoria e Treinamento
R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP
Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680
Site: www.gentemais.com.br
FORÇAS E FRAQUEZAS POTENCIAIS
Forças Potenciais Internas
- Recursos financeiros;
- Competência distintiva;
- Tecnologia;
- Processos;
- Custos mais baixos;
- Boa imagem;
- Talento gerencial;
- Habilidades;
- Qualidade;
- Relacionamento;
- Experiência;
- Compromisso...
Fraquezas Potenciais Internas
- Falta de direção;
- Competências;
- Custos mais altos;
- Problemas operacionais internos;
- Imagem;
- Experiência;
- Funcionários mal treinados;
- Comunicação;
- Engajamento...
Gente Mais Consultoria e Treinamento
R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP
Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680
Site: www.gentemais.com.br
Oportunidades Potenciais Externas
- Crescimento de mercado;
- Mudanças;
- Abertas de novos mercados;
- Mercado de mão de obra;
- Boom econômico;
- Nova tecnologia;
- Mudanças demográficas;
- Relacionamentos;
- Novos métodos...
Ameaças Potenciais Externas
- Concorrentes;
- Mudanças das necessidades/gostos dos clientes;
- Aumento da regulamentação;
- Recessão ;
- Nova tecnologia;
- Mudanças demográficas;
- Barreiras entre Departamentos;
- Mal desempenho dos Departamentos...
OPORTUNIDADES E
AMEAÇAS POTENCIAIS
Gente Mais Consultoria e Treinamento
R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP
Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680
Site: www.gentemais.com.br
TÉCNICA SWOT
 As informações devem ser recentes e isentas.
 As fontes devem ser idôneas e desprovidas de viés.
 Todos os participantes devem conhecer os conceitos envolvidos.
 Pode ser desejável incluir as visões de pessoas de fora da situação.
 Pode-se utilizar brainstorming, focus groups, entrevistas, pesquisas, etc.
 Deve estar baseado nas percepções dos clientes (Internos ou Externos), não apenas nas
percepções dos gerentes/gestores.
 Deve servir como catalisador para estruturar a geração das estratégias que produzirão os
resultados desejados.
 Os conceitos do SWOT não devem ser considerados em termos absolutos (tudo depende do
ambiente):
	 - Uma oportunidade também pode ser uma ameaça.
	 - Um ponto forte pode ser um ponto fraco em outro contexto.
Gente Mais Consultoria e Treinamento
R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP
Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680
Site: www.gentemais.com.br
TÉCNICA SWOT
 Quatro Tarefas Principais
Tarefa 1:
- Avaliação de Forças e Fraquezas
Tarefa 2:
- Equiparação de Forças e Oportunidades
Tarefa 3:
- Conversão de Fraquezas em Forças e de Ameaças em Oportunidades
Tarefa 4:
- Desqualificação das Fraquezas e ameaças que não podem ser transformadas
Tarefa 1: Análise da Matriz SWOT
FORÇA
FRAQUEZA
Minimizar / Evitar Minimizar / Evitar
OPORTUNIDADE
AMEAÇA
Conversão
CombinaçãoCombinação
 Avaliação das forças e
fraquezas da empresa envolve
perceber além do cenario atual.
 Deve-se também avaliar os
processos da empresa que são
importantes para atender às
necessidades dos clientes.
 Isso envolve oferecer soluções
para os problemas dos clientes,
em vez de produtos específicos.
Gente Mais Consultoria e Treinamento
R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP
Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680
Site: www.gentemais.com.br
Tarefa 2: Força + Oportunidade = Vantagem Competitiva
Relacionar Fatores Internos a Fatores Externos
 A chave para o sucesso no cumprimento das metas e objetivos da empresa depende de
sua habilidade em transformar forças importantes em capacidades, que são equiparadas às
oportunidades do ambiente.
 As capacidades podem tornar-se vantagens competitivas, se proporcionarem maior valor para
os clientes.
 O desafio é administrar as percepções: Capacidades Reais versus Capacidades Percebidas.
 Análise quantitativa da Matriz
	 - Cada item pode ser classificado:
		 M = Magnitude
		 I = Intensidade
	 - Magnitude:
		 Importância do item aos olhos dos clientes
		 Valor positivo
	 - Intensidade:
		 A classificação da companhia em relação àquele item
		 Pode ser positiva ou negativa
	 - Escala:
		 A quantidade de pontos da escala de medição da magnitude e da intensidade
depende da capacidade do analista em avaliar os itens
 Avaliação final do item = M x I
 Fatores A: deve-se verificar sua aplicação e sustentabilidade ao longo do planejamento
 Fatores B: devem contribuir no controle de ameaças, devem ser operacionais
 Fatores C: devem ser corrigidos ou eliminados
 Fatores D: devem ser corrigidos ou eliminados
Oportunidades
(A) (A) (B) (B)
(C) (C) (D) (D)
Ameaças
Pontos
Fortes
Oportunidade
1 1n n
Oportunidade Ameaça Ameaça
Pontos
Fracos
Gente Mais Consultoria e Treinamento
R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP
Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680
Site: www.gentemais.com.br
Tarefa 3: Fraquezas → Forças | Ameaças → Oportunidades
Tarefa 4:Desqualificar FraquezaseAmeaças não transformadas
 É possivel converter fraquezas em forças, e mesmo em capacidades, ao investir
estrategicamente em áreas-chaves e ao vincular áreas-chaves mais efetivamente.
 Da mesma forma, ameaças podem, frequentemente, ser transformadas em oportunidades, se
os recursos corretos estiverem disponíveis.
 Devemos identificar passivos importantes
	 - Um passivo ocorre quando uma fraqueza reforça uma ameaça
	 - Transformação de passivos é prioritária
 As principais fraquezas que não são transformadas em forças tornam-se limitações.
 Essas limitações se tornarão óbvias e significativas para o cliente e outros grupos que
interagem com a empresa.
	 - As limitações ocorrem mais frequentemente quando a fraqueza ou ameaça coincide com
uma das oportunidades
 As limitações devem ser minimizadas ou evitadas
	 - Uma forma clássica de lidar com limitações é treinamento.
Gente Mais Consultoria e Treinamento
R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP
Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680
Site: www.gentemais.com.br
DIRETIVAS DA ANÁLISE SWOT
 Fique Focado:
	 - Uma análise única e ampla leva à generalizações significativas. Análises separadas para
cada combinação são recomendadas;
	 - Para facilitar a análise, uma organização pode realizar diversos SWOT´s menores, como
forma a reduzir a complexidade do problema.
 Pesquise extensivamente os concorrente:
	 - Pode-se realizar uma análise completa da concorrência (uma matriz SWOT por
concorrente), pois é sempre indicado olhar o que os concorrentes estao fazendo paa que
possamos nos diferenciar do mercado;
	 - Embora os concorrentes das principais marcas sejam os mais importantes, a
concorrência genérica relativa a regionalização não deve ser subestimada.
 Colabore com outras áreas funcionais:
	 - A análise SWOT promove o compartilhamento de informações e as perspectivas
interdepartamentais. Esse cruzamento de ideias permite soluções mais criativas e inovadoras
para os problemas do dia a dia.
 Examine os assuntos com base na perspectiva dos clientes:
	 - As crenças dos clientes sobre a empresa, seus produtos e atividades são criticamente
importantes na análise SWOT. O termo clientes deve ser amplamente definido para incluir
funcionários, acionistas e outros públicos relevantes;
	 - Impressões e expectativas da alta administração podem afetar o SWOT, alterando as
percepções dos analistas frente ao ambiente real, resultando em análise mais conservadoras ou
mais ousadas.
 Separe os assuntos internos dos externos:
	 - Se um assunto existe, independentemente da empresa, deve ser classificado como
externo. As estratégias e as táticas não são os mesmo que oportunidades de mercado.
 A recomendação é mais importante do que a análise:
	 - A análise SWOT pode propor soluções, mas por si só não resolve qualquer problema.
Para tal, uma estratégia deve ser sugerida e implementada.
/gentemaisconsultoriaetreinamento
@gentemaisconsultoria
/ Gente Mais Consultoria & Treinamento
/ Gente Mais - Consultoria e Treinamento
www.gentemais.com.br
gentemais@gentemais.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cultura organizacional
Cultura organizacionalCultura organizacional
Cultura organizacional
Michael Silva
 
Tomada de decisão
Tomada de decisãoTomada de decisão
Tomada de decisão
Leila Oliva
 
Inovação & Criatividade
Inovação & CriatividadeInovação & Criatividade
Inovação & Criatividade
Augusto Pinto
 
Marca e Identidade: Como começar
Marca e Identidade: Como começarMarca e Identidade: Como começar
Marca e Identidade: Como começar
Renato Melo
 
Capítulo 1 evolução na gestão de pessoas
Capítulo 1   evolução na gestão de pessoasCapítulo 1   evolução na gestão de pessoas
Capítulo 1 evolução na gestão de pessoas
mvaf_rj
 
Plano de carreira
Plano de carreiraPlano de carreira
Plano de carreira
Nome Sobrenome
 
Aula 1 planejamento estratégico
Aula 1   planejamento estratégicoAula 1   planejamento estratégico
Aula 1 planejamento estratégico
Kesia Rozzett Oliveira
 
Avaliação de desempenho ppt
Avaliação de desempenho pptAvaliação de desempenho ppt
Avaliação de desempenho ppt
Estevam Pires
 
Gestão e Liderança_Prof. Randes
Gestão e Liderança_Prof. RandesGestão e Liderança_Prof. Randes
Gestão e Liderança_Prof. Randes
Prof. Randes Enes, M.Sc.
 
Analise SWOT
Analise SWOTAnalise SWOT
Analise SWOT
Giulia Pizzignacco
 
Treinamento e Desenvolvimento
Treinamento e DesenvolvimentoTreinamento e Desenvolvimento
Treinamento e Desenvolvimento
Jean Israel B. Feijó
 
Teoria geral da administração
Teoria geral da administraçãoTeoria geral da administração
Teoria geral da administração
Denis Carlos Sodré
 
Planejamento Estratégico: Conceitos, Ferramentas e Aplicações
Planejamento Estratégico: Conceitos, Ferramentas e AplicaçõesPlanejamento Estratégico: Conceitos, Ferramentas e Aplicações
Planejamento Estratégico: Conceitos, Ferramentas e Aplicações
Assessoria de Relações Internacionais da Prefeitura Municipal do Salvador
 
Organizaçao pessoal e gestao de tempo
Organizaçao pessoal e gestao de tempoOrganizaçao pessoal e gestao de tempo
Organizaçao pessoal e gestao de tempo
Millor Machado
 
Aula 11 Criatividade e Inovação
Aula 11 Criatividade e InovaçãoAula 11 Criatividade e Inovação
Aula 11 Criatividade e Inovação
Carlos Alves
 
Avaliação de Desempenho
Avaliação de DesempenhoAvaliação de Desempenho
Avaliação de Desempenho
Fabio Aguiar
 
1 Aula (UC 1) Introdução.pptx
1 Aula (UC 1) Introdução.pptx1 Aula (UC 1) Introdução.pptx
1 Aula (UC 1) Introdução.pptx
ElianeGuerra11
 
Ferramentas de Gestão
Ferramentas de GestãoFerramentas de Gestão
Ferramentas de Gestão
Adeildo Caboclo
 
PDCA - Treinamento completo
PDCA - Treinamento completoPDCA - Treinamento completo
PDCA - Treinamento completo
Vinícius Toledo França de Nader
 
Fundamentos de Marketing
Fundamentos de MarketingFundamentos de Marketing
Fundamentos de Marketing
Flávia Camargo Bernardi
 

Mais procurados (20)

Cultura organizacional
Cultura organizacionalCultura organizacional
Cultura organizacional
 
Tomada de decisão
Tomada de decisãoTomada de decisão
Tomada de decisão
 
Inovação & Criatividade
Inovação & CriatividadeInovação & Criatividade
Inovação & Criatividade
 
Marca e Identidade: Como começar
Marca e Identidade: Como começarMarca e Identidade: Como começar
Marca e Identidade: Como começar
 
Capítulo 1 evolução na gestão de pessoas
Capítulo 1   evolução na gestão de pessoasCapítulo 1   evolução na gestão de pessoas
Capítulo 1 evolução na gestão de pessoas
 
Plano de carreira
Plano de carreiraPlano de carreira
Plano de carreira
 
Aula 1 planejamento estratégico
Aula 1   planejamento estratégicoAula 1   planejamento estratégico
Aula 1 planejamento estratégico
 
Avaliação de desempenho ppt
Avaliação de desempenho pptAvaliação de desempenho ppt
Avaliação de desempenho ppt
 
Gestão e Liderança_Prof. Randes
Gestão e Liderança_Prof. RandesGestão e Liderança_Prof. Randes
Gestão e Liderança_Prof. Randes
 
Analise SWOT
Analise SWOTAnalise SWOT
Analise SWOT
 
Treinamento e Desenvolvimento
Treinamento e DesenvolvimentoTreinamento e Desenvolvimento
Treinamento e Desenvolvimento
 
Teoria geral da administração
Teoria geral da administraçãoTeoria geral da administração
Teoria geral da administração
 
Planejamento Estratégico: Conceitos, Ferramentas e Aplicações
Planejamento Estratégico: Conceitos, Ferramentas e AplicaçõesPlanejamento Estratégico: Conceitos, Ferramentas e Aplicações
Planejamento Estratégico: Conceitos, Ferramentas e Aplicações
 
Organizaçao pessoal e gestao de tempo
Organizaçao pessoal e gestao de tempoOrganizaçao pessoal e gestao de tempo
Organizaçao pessoal e gestao de tempo
 
Aula 11 Criatividade e Inovação
Aula 11 Criatividade e InovaçãoAula 11 Criatividade e Inovação
Aula 11 Criatividade e Inovação
 
Avaliação de Desempenho
Avaliação de DesempenhoAvaliação de Desempenho
Avaliação de Desempenho
 
1 Aula (UC 1) Introdução.pptx
1 Aula (UC 1) Introdução.pptx1 Aula (UC 1) Introdução.pptx
1 Aula (UC 1) Introdução.pptx
 
Ferramentas de Gestão
Ferramentas de GestãoFerramentas de Gestão
Ferramentas de Gestão
 
PDCA - Treinamento completo
PDCA - Treinamento completoPDCA - Treinamento completo
PDCA - Treinamento completo
 
Fundamentos de Marketing
Fundamentos de MarketingFundamentos de Marketing
Fundamentos de Marketing
 

Mais de Tatiane Souza

103 DINÂMICAS PARA TREINAMENTO PRESENCIAL E ONLINE.pdf
103 DINÂMICAS PARA TREINAMENTO PRESENCIAL E ONLINE.pdf103 DINÂMICAS PARA TREINAMENTO PRESENCIAL E ONLINE.pdf
103 DINÂMICAS PARA TREINAMENTO PRESENCIAL E ONLINE.pdf
Tatiane Souza
 
MELHORES PRÁTICAS PARA GERENCIAR EQUIPES
MELHORES PRÁTICAS PARA GERENCIAR EQUIPESMELHORES PRÁTICAS PARA GERENCIAR EQUIPES
MELHORES PRÁTICAS PARA GERENCIAR EQUIPES
Tatiane Souza
 
50 INDICADORES PARA VOCÊ INVESTIR EM TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO
50 INDICADORES PARA VOCÊ INVESTIR EM TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO50 INDICADORES PARA VOCÊ INVESTIR EM TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO
50 INDICADORES PARA VOCÊ INVESTIR EM TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO
Tatiane Souza
 
Gestão de Talentos
Gestão de TalentosGestão de Talentos
Gestão de Talentos
Tatiane Souza
 
COACHING PARA RH EXERCÍCIOS
COACHING PARA RH EXERCÍCIOSCOACHING PARA RH EXERCÍCIOS
COACHING PARA RH EXERCÍCIOS
Tatiane Souza
 
Avaliação de Resultados e Eficácia de Treinamento
Avaliação de Resultados e Eficácia de TreinamentoAvaliação de Resultados e Eficácia de Treinamento
Avaliação de Resultados e Eficácia de Treinamento
Tatiane Souza
 
PDI (Plano de Desenvolvimento Individual)
PDI (Plano de Desenvolvimento Individual)PDI (Plano de Desenvolvimento Individual)
PDI (Plano de Desenvolvimento Individual)
Tatiane Souza
 
Perguntas Poderosas
Perguntas PoderosasPerguntas Poderosas
Perguntas Poderosas
Tatiane Souza
 
LÍDER INOVADOR
LÍDER INOVADORLÍDER INOVADOR
LÍDER INOVADOR
Tatiane Souza
 
O que você entende por Liderança?
O que você entende por Liderança?O que você entende por Liderança?
O que você entende por Liderança?
Tatiane Souza
 
Perguntas para Rodear-se de Grandes Pessoas
Perguntas para Rodear-se de Grandes PessoasPerguntas para Rodear-se de Grandes Pessoas
Perguntas para Rodear-se de Grandes Pessoas
Tatiane Souza
 
15 DICAS DE LIDERANÇA
15 DICAS DE LIDERANÇA15 DICAS DE LIDERANÇA
15 DICAS DE LIDERANÇA
Tatiane Souza
 
DICAS 5 DICAS DE UM REGENTE DE ORQUESTRA PARA SER UM ÓTIMO LÍDER
DICAS 5 DICAS DE UM REGENTE DE ORQUESTRA PARA SER UM ÓTIMO LÍDERDICAS 5 DICAS DE UM REGENTE DE ORQUESTRA PARA SER UM ÓTIMO LÍDER
DICAS 5 DICAS DE UM REGENTE DE ORQUESTRA PARA SER UM ÓTIMO LÍDER
Tatiane Souza
 
VOCÊ ESTÁ SE AUTODESENVOLVENDO CORRETAMENTE?
VOCÊ ESTÁ SE AUTODESENVOLVENDO CORRETAMENTE?VOCÊ ESTÁ SE AUTODESENVOLVENDO CORRETAMENTE?
VOCÊ ESTÁ SE AUTODESENVOLVENDO CORRETAMENTE?
Tatiane Souza
 
Será que você é ansioso?
Será que você é ansioso?Será que você é ansioso?
Será que você é ansioso?
Tatiane Souza
 
Redes sociais
Redes sociaisRedes sociais
Redes sociais
Tatiane Souza
 
Perfil de Habilidades
Perfil de HabilidadesPerfil de Habilidades
Perfil de Habilidades
Tatiane Souza
 
Perfil Biográfico
Perfil BiográficoPerfil Biográfico
Perfil Biográfico
Tatiane Souza
 
Modelo TOTS
Modelo TOTSModelo TOTS
Modelo TOTS
Tatiane Souza
 
Meta "Esperta"
Meta "Esperta"Meta "Esperta"
Meta "Esperta"
Tatiane Souza
 

Mais de Tatiane Souza (20)

103 DINÂMICAS PARA TREINAMENTO PRESENCIAL E ONLINE.pdf
103 DINÂMICAS PARA TREINAMENTO PRESENCIAL E ONLINE.pdf103 DINÂMICAS PARA TREINAMENTO PRESENCIAL E ONLINE.pdf
103 DINÂMICAS PARA TREINAMENTO PRESENCIAL E ONLINE.pdf
 
MELHORES PRÁTICAS PARA GERENCIAR EQUIPES
MELHORES PRÁTICAS PARA GERENCIAR EQUIPESMELHORES PRÁTICAS PARA GERENCIAR EQUIPES
MELHORES PRÁTICAS PARA GERENCIAR EQUIPES
 
50 INDICADORES PARA VOCÊ INVESTIR EM TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO
50 INDICADORES PARA VOCÊ INVESTIR EM TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO50 INDICADORES PARA VOCÊ INVESTIR EM TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO
50 INDICADORES PARA VOCÊ INVESTIR EM TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO
 
Gestão de Talentos
Gestão de TalentosGestão de Talentos
Gestão de Talentos
 
COACHING PARA RH EXERCÍCIOS
COACHING PARA RH EXERCÍCIOSCOACHING PARA RH EXERCÍCIOS
COACHING PARA RH EXERCÍCIOS
 
Avaliação de Resultados e Eficácia de Treinamento
Avaliação de Resultados e Eficácia de TreinamentoAvaliação de Resultados e Eficácia de Treinamento
Avaliação de Resultados e Eficácia de Treinamento
 
PDI (Plano de Desenvolvimento Individual)
PDI (Plano de Desenvolvimento Individual)PDI (Plano de Desenvolvimento Individual)
PDI (Plano de Desenvolvimento Individual)
 
Perguntas Poderosas
Perguntas PoderosasPerguntas Poderosas
Perguntas Poderosas
 
LÍDER INOVADOR
LÍDER INOVADORLÍDER INOVADOR
LÍDER INOVADOR
 
O que você entende por Liderança?
O que você entende por Liderança?O que você entende por Liderança?
O que você entende por Liderança?
 
Perguntas para Rodear-se de Grandes Pessoas
Perguntas para Rodear-se de Grandes PessoasPerguntas para Rodear-se de Grandes Pessoas
Perguntas para Rodear-se de Grandes Pessoas
 
15 DICAS DE LIDERANÇA
15 DICAS DE LIDERANÇA15 DICAS DE LIDERANÇA
15 DICAS DE LIDERANÇA
 
DICAS 5 DICAS DE UM REGENTE DE ORQUESTRA PARA SER UM ÓTIMO LÍDER
DICAS 5 DICAS DE UM REGENTE DE ORQUESTRA PARA SER UM ÓTIMO LÍDERDICAS 5 DICAS DE UM REGENTE DE ORQUESTRA PARA SER UM ÓTIMO LÍDER
DICAS 5 DICAS DE UM REGENTE DE ORQUESTRA PARA SER UM ÓTIMO LÍDER
 
VOCÊ ESTÁ SE AUTODESENVOLVENDO CORRETAMENTE?
VOCÊ ESTÁ SE AUTODESENVOLVENDO CORRETAMENTE?VOCÊ ESTÁ SE AUTODESENVOLVENDO CORRETAMENTE?
VOCÊ ESTÁ SE AUTODESENVOLVENDO CORRETAMENTE?
 
Será que você é ansioso?
Será que você é ansioso?Será que você é ansioso?
Será que você é ansioso?
 
Redes sociais
Redes sociaisRedes sociais
Redes sociais
 
Perfil de Habilidades
Perfil de HabilidadesPerfil de Habilidades
Perfil de Habilidades
 
Perfil Biográfico
Perfil BiográficoPerfil Biográfico
Perfil Biográfico
 
Modelo TOTS
Modelo TOTSModelo TOTS
Modelo TOTS
 
Meta "Esperta"
Meta "Esperta"Meta "Esperta"
Meta "Esperta"
 

Análise SWOT

  • 2. Gente Mais Consultoria e Treinamento R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680 Site: www.gentemais.com.br Benefícios da Análise SWOT  Faz parte do planejamento estratégico de uma organização.  Usa-se o SWOT apenas após a determinação da missão, das metas & objetivos da organização.  Pode ser feita por indivíduos ou por equipes.  Inicia-se a partir dos dados da análise ambiental Simplicidade: - Pode ser conduzida sem treinamento especificos ou habilidades técnicas extensivas. Custos Menores: -Suasimplicidadefazcomquequalquerindividuoconsigadesenvolversuamatrizemcimadepressupostos simples. Flexibilidade: - Pode ser desempenhada com ou sem sistema de informações. - Integração: Habilidade de integrar e sintetizar tipos diversos de informações, quantitativas e qualitativas, de várias áreas da empresa. Colaboração: -Temahabilidadedeestimularacolaboraçãoentreasáreasfuncionaisdaempresaquesãointerdependentes, mas que possuem contato entre si. A ANÁLISE SWOT
  • 3. Gente Mais Consultoria e Treinamento R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680 Site: www.gentemais.com.br AS 4 CATEGORIAS DA ANÁLISE SWOT Baseadas em dois conceitos: Interno X Externo Positivo X Negativo Forças e Fraquezas - Existem dentro da empresa ou em seus principais relacionamentos com participantes de sua cadeia de valor, fornecedores ou clientes. - São significativas apenas quando facilitam ou impedem a organização de satisfazer a uma necessidade do cliente. - Devem focar os processos gerenciais ou as soluções que sejam importantes para atender às necessidades do cliente.
  • 4. Gente Mais Consultoria e Treinamento R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680 Site: www.gentemais.com.br AS 4 CATEGORIAS DA ANÁLISE SWOT Baseadas em dois conceitos: Interno X Externo Positivo X Negativo Oportunidades e Ameaças - Envolvem os assuntos que ocorrem nos ambientes externos da empresa/organização. - Não devem ser ignoradas, à medida que a empresa/organização se envolve no desenvolvimento das forças e das capacidades por receio de criar uma organização eficiente, mas ineficaz. - Podem decorrer de mudanças nos ambientes competitivo, sociocultural, político/legal, ou interno da organização.
  • 5. Gente Mais Consultoria e Treinamento R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680 Site: www.gentemais.com.br FORÇAS E FRAQUEZAS POTENCIAIS Forças Potenciais Internas - Recursos financeiros; - Competência distintiva; - Tecnologia; - Processos; - Custos mais baixos; - Boa imagem; - Talento gerencial; - Habilidades; - Qualidade; - Relacionamento; - Experiência; - Compromisso... Fraquezas Potenciais Internas - Falta de direção; - Competências; - Custos mais altos; - Problemas operacionais internos; - Imagem; - Experiência; - Funcionários mal treinados; - Comunicação; - Engajamento...
  • 6. Gente Mais Consultoria e Treinamento R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680 Site: www.gentemais.com.br Oportunidades Potenciais Externas - Crescimento de mercado; - Mudanças; - Abertas de novos mercados; - Mercado de mão de obra; - Boom econômico; - Nova tecnologia; - Mudanças demográficas; - Relacionamentos; - Novos métodos... Ameaças Potenciais Externas - Concorrentes; - Mudanças das necessidades/gostos dos clientes; - Aumento da regulamentação; - Recessão ; - Nova tecnologia; - Mudanças demográficas; - Barreiras entre Departamentos; - Mal desempenho dos Departamentos... OPORTUNIDADES E AMEAÇAS POTENCIAIS
  • 7. Gente Mais Consultoria e Treinamento R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680 Site: www.gentemais.com.br TÉCNICA SWOT  As informações devem ser recentes e isentas.  As fontes devem ser idôneas e desprovidas de viés.  Todos os participantes devem conhecer os conceitos envolvidos.  Pode ser desejável incluir as visões de pessoas de fora da situação.  Pode-se utilizar brainstorming, focus groups, entrevistas, pesquisas, etc.  Deve estar baseado nas percepções dos clientes (Internos ou Externos), não apenas nas percepções dos gerentes/gestores.  Deve servir como catalisador para estruturar a geração das estratégias que produzirão os resultados desejados.  Os conceitos do SWOT não devem ser considerados em termos absolutos (tudo depende do ambiente): - Uma oportunidade também pode ser uma ameaça. - Um ponto forte pode ser um ponto fraco em outro contexto.
  • 8. Gente Mais Consultoria e Treinamento R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680 Site: www.gentemais.com.br TÉCNICA SWOT  Quatro Tarefas Principais Tarefa 1: - Avaliação de Forças e Fraquezas Tarefa 2: - Equiparação de Forças e Oportunidades Tarefa 3: - Conversão de Fraquezas em Forças e de Ameaças em Oportunidades Tarefa 4: - Desqualificação das Fraquezas e ameaças que não podem ser transformadas Tarefa 1: Análise da Matriz SWOT FORÇA FRAQUEZA Minimizar / Evitar Minimizar / Evitar OPORTUNIDADE AMEAÇA Conversão CombinaçãoCombinação  Avaliação das forças e fraquezas da empresa envolve perceber além do cenario atual.  Deve-se também avaliar os processos da empresa que são importantes para atender às necessidades dos clientes.  Isso envolve oferecer soluções para os problemas dos clientes, em vez de produtos específicos.
  • 9. Gente Mais Consultoria e Treinamento R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680 Site: www.gentemais.com.br Tarefa 2: Força + Oportunidade = Vantagem Competitiva Relacionar Fatores Internos a Fatores Externos  A chave para o sucesso no cumprimento das metas e objetivos da empresa depende de sua habilidade em transformar forças importantes em capacidades, que são equiparadas às oportunidades do ambiente.  As capacidades podem tornar-se vantagens competitivas, se proporcionarem maior valor para os clientes.  O desafio é administrar as percepções: Capacidades Reais versus Capacidades Percebidas.  Análise quantitativa da Matriz - Cada item pode ser classificado:  M = Magnitude  I = Intensidade - Magnitude:  Importância do item aos olhos dos clientes  Valor positivo - Intensidade:  A classificação da companhia em relação àquele item  Pode ser positiva ou negativa - Escala:  A quantidade de pontos da escala de medição da magnitude e da intensidade depende da capacidade do analista em avaliar os itens  Avaliação final do item = M x I  Fatores A: deve-se verificar sua aplicação e sustentabilidade ao longo do planejamento  Fatores B: devem contribuir no controle de ameaças, devem ser operacionais  Fatores C: devem ser corrigidos ou eliminados  Fatores D: devem ser corrigidos ou eliminados Oportunidades (A) (A) (B) (B) (C) (C) (D) (D) Ameaças Pontos Fortes Oportunidade 1 1n n Oportunidade Ameaça Ameaça Pontos Fracos
  • 10. Gente Mais Consultoria e Treinamento R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680 Site: www.gentemais.com.br Tarefa 3: Fraquezas → Forças | Ameaças → Oportunidades Tarefa 4:Desqualificar FraquezaseAmeaças não transformadas  É possivel converter fraquezas em forças, e mesmo em capacidades, ao investir estrategicamente em áreas-chaves e ao vincular áreas-chaves mais efetivamente.  Da mesma forma, ameaças podem, frequentemente, ser transformadas em oportunidades, se os recursos corretos estiverem disponíveis.  Devemos identificar passivos importantes - Um passivo ocorre quando uma fraqueza reforça uma ameaça - Transformação de passivos é prioritária  As principais fraquezas que não são transformadas em forças tornam-se limitações.  Essas limitações se tornarão óbvias e significativas para o cliente e outros grupos que interagem com a empresa. - As limitações ocorrem mais frequentemente quando a fraqueza ou ameaça coincide com uma das oportunidades  As limitações devem ser minimizadas ou evitadas - Uma forma clássica de lidar com limitações é treinamento.
  • 11. Gente Mais Consultoria e Treinamento R. Virgílio Malta, 17-76, Vila Mesquita, Bauru - SP Telefones: 14 3010-7681 / 14 3203-7680 Site: www.gentemais.com.br DIRETIVAS DA ANÁLISE SWOT  Fique Focado: - Uma análise única e ampla leva à generalizações significativas. Análises separadas para cada combinação são recomendadas; - Para facilitar a análise, uma organização pode realizar diversos SWOT´s menores, como forma a reduzir a complexidade do problema.  Pesquise extensivamente os concorrente: - Pode-se realizar uma análise completa da concorrência (uma matriz SWOT por concorrente), pois é sempre indicado olhar o que os concorrentes estao fazendo paa que possamos nos diferenciar do mercado; - Embora os concorrentes das principais marcas sejam os mais importantes, a concorrência genérica relativa a regionalização não deve ser subestimada.  Colabore com outras áreas funcionais: - A análise SWOT promove o compartilhamento de informações e as perspectivas interdepartamentais. Esse cruzamento de ideias permite soluções mais criativas e inovadoras para os problemas do dia a dia.  Examine os assuntos com base na perspectiva dos clientes: - As crenças dos clientes sobre a empresa, seus produtos e atividades são criticamente importantes na análise SWOT. O termo clientes deve ser amplamente definido para incluir funcionários, acionistas e outros públicos relevantes; - Impressões e expectativas da alta administração podem afetar o SWOT, alterando as percepções dos analistas frente ao ambiente real, resultando em análise mais conservadoras ou mais ousadas.  Separe os assuntos internos dos externos: - Se um assunto existe, independentemente da empresa, deve ser classificado como externo. As estratégias e as táticas não são os mesmo que oportunidades de mercado.  A recomendação é mais importante do que a análise: - A análise SWOT pode propor soluções, mas por si só não resolve qualquer problema. Para tal, uma estratégia deve ser sugerida e implementada.
  • 12. /gentemaisconsultoriaetreinamento @gentemaisconsultoria / Gente Mais Consultoria & Treinamento / Gente Mais - Consultoria e Treinamento www.gentemais.com.br gentemais@gentemais.com.br