SlideShare uma empresa Scribd logo
Zona bioclimática 01
                                                             - Curitiba -



Universidade Federal de Juiz de Fora
Curso de Arquitetura e Urbanismo
Disciplina: Conforto Ambiental para Arquitetura I
Aluno: Steves Peixoto Rocha
Curitiba é uma cidade fria. Isso implica que as
estratégias para que se obtenha o conforto térmico
deverão ser voltadas para o aquecimento da
construção.
Fachada Leste:
As superfícies envidraçadas estão
orientadas ao sol para que ocorra o
armazenamento do calor solar
dentro das paredes da edificação.
Logo, nos horários mais frios,
geralmente à noite, esse calor será
distribuído no interior da casa.
Fachada Norte:
Partindo do mesmo princípio
aplicado na fachada leste,
observamos uma janela com grande
área envidraçada para permitir o
acesso da radiação solar, gerando
assim efeito estufa e aquecendo os
ambientes
Fachada Sul:
Com abertura reduzida,
permitindo apenas a
iluminação, evita a perda
de energia do interior da
edificação.
Fachada Oeste:
Poucas aberturas na
direção oeste, foi criado um
jardim de inverno com
fachada a norte, porém,
perde função quando a
abertura zenital é opaca,
impedindo a radiação.
Cobertura
A cobertura sem o
emprego de telhas,
apenas a laje
impermeabilizada
permite a incidência
direta da radiação,
fazendo com que esse
fechamento opaco mais
espesso, acumule o
calor recebido durante o
dia e devolva ao interior
à noite, pela inércia
térmica.
Como a ventilação não é uma estratégia favorável para essa região
as aberturas estão opostas ao sentido dos ventos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manual alvenaria estrutural
Manual alvenaria estruturalManual alvenaria estrutural
Manual alvenaria estrutural
Fernando Alves de Abreu
 
Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]
Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]
Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]
glauci coelho
 
Casa schoroeder
Casa schoroederCasa schoroeder
Casa schoroeder
KELLEFRANCISCAMOREIRA
 
Aula 7 arte e arquitetura mesopotâmia [revisado em 121013]
Aula 7 arte e arquitetura mesopotâmia [revisado em 121013]Aula 7 arte e arquitetura mesopotâmia [revisado em 121013]
Aula 7 arte e arquitetura mesopotâmia [revisado em 121013]
glauci coelho
 
Carta solar
Carta solarCarta solar
Topografia para arquitetos
Topografia para arquitetosTopografia para arquitetos
Topografia para arquitetos
Urban Acabamentos
 
Zoneamento bioclimático & estratégias de projeto
Zoneamento bioclimático & estratégias de projetoZoneamento bioclimático & estratégias de projeto
Zoneamento bioclimático & estratégias de projeto
chicorasia
 
Detalhamento - Escada
Detalhamento - EscadaDetalhamento - Escada
Detalhamento - Escada
danilosaccomori
 
Clima y arquitectura
Clima y arquitecturaClima y arquitectura
Clima y arquitectura
Diana Sosa
 
Oscar Niemeyer
Oscar Niemeyer Oscar Niemeyer
Oscar Niemeyer
Matheus Garcia
 
Ventilacao natural
Ventilacao naturalVentilacao natural
Ventilacao natural
Maria Lucia Rosa
 
Apostila brises
Apostila brisesApostila brises
Apostila brises
Carlos Elson Cunha
 
Conforto ambiental iluminção
Conforto ambiental iluminçãoConforto ambiental iluminção
Conforto ambiental iluminção
andersongguedes
 
Morfologia da arquitetura
Morfologia da arquiteturaMorfologia da arquitetura
Morfologia da arquitetura
Janaína Bandeira
 
Aula 3 pre historia na arte e na arquitetura [revisado em 060314]
Aula 3 pre historia na arte e na arquitetura [revisado em 060314]Aula 3 pre historia na arte e na arquitetura [revisado em 060314]
Aula 3 pre historia na arte e na arquitetura [revisado em 060314]
glauci coelho
 
conforto ambiental
conforto ambientalconforto ambiental
conforto ambiental
José Arimathea Pereira Jr
 
2. forças que atuam nas estruturas
2. forças que atuam nas estruturas2. forças que atuam nas estruturas
2. forças que atuam nas estruturas
Willian De Sá
 
Projeto de Interiores Residenciais - Estúdio
Projeto de Interiores Residenciais - EstúdioProjeto de Interiores Residenciais - Estúdio
Projeto de Interiores Residenciais - Estúdio
danilosaccomori
 
Camillo sitte e a praça da estação
Camillo sitte e a praça da estaçãoCamillo sitte e a praça da estação
Camillo sitte e a praça da estação
Steves Rocha
 
[Livro] princípios bioclimáticos para o desenho urbano
[Livro] princípios bioclimáticos para o desenho urbano[Livro] princípios bioclimáticos para o desenho urbano
[Livro] princípios bioclimáticos para o desenho urbano
Nelson Amanthea
 

Mais procurados (20)

Manual alvenaria estrutural
Manual alvenaria estruturalManual alvenaria estrutural
Manual alvenaria estrutural
 
Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]
Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]
Aula 10 arte e arquitetura romana [revisado em 180514]
 
Casa schoroeder
Casa schoroederCasa schoroeder
Casa schoroeder
 
Aula 7 arte e arquitetura mesopotâmia [revisado em 121013]
Aula 7 arte e arquitetura mesopotâmia [revisado em 121013]Aula 7 arte e arquitetura mesopotâmia [revisado em 121013]
Aula 7 arte e arquitetura mesopotâmia [revisado em 121013]
 
Carta solar
Carta solarCarta solar
Carta solar
 
Topografia para arquitetos
Topografia para arquitetosTopografia para arquitetos
Topografia para arquitetos
 
Zoneamento bioclimático & estratégias de projeto
Zoneamento bioclimático & estratégias de projetoZoneamento bioclimático & estratégias de projeto
Zoneamento bioclimático & estratégias de projeto
 
Detalhamento - Escada
Detalhamento - EscadaDetalhamento - Escada
Detalhamento - Escada
 
Clima y arquitectura
Clima y arquitecturaClima y arquitectura
Clima y arquitectura
 
Oscar Niemeyer
Oscar Niemeyer Oscar Niemeyer
Oscar Niemeyer
 
Ventilacao natural
Ventilacao naturalVentilacao natural
Ventilacao natural
 
Apostila brises
Apostila brisesApostila brises
Apostila brises
 
Conforto ambiental iluminção
Conforto ambiental iluminçãoConforto ambiental iluminção
Conforto ambiental iluminção
 
Morfologia da arquitetura
Morfologia da arquiteturaMorfologia da arquitetura
Morfologia da arquitetura
 
Aula 3 pre historia na arte e na arquitetura [revisado em 060314]
Aula 3 pre historia na arte e na arquitetura [revisado em 060314]Aula 3 pre historia na arte e na arquitetura [revisado em 060314]
Aula 3 pre historia na arte e na arquitetura [revisado em 060314]
 
conforto ambiental
conforto ambientalconforto ambiental
conforto ambiental
 
2. forças que atuam nas estruturas
2. forças que atuam nas estruturas2. forças que atuam nas estruturas
2. forças que atuam nas estruturas
 
Projeto de Interiores Residenciais - Estúdio
Projeto de Interiores Residenciais - EstúdioProjeto de Interiores Residenciais - Estúdio
Projeto de Interiores Residenciais - Estúdio
 
Camillo sitte e a praça da estação
Camillo sitte e a praça da estaçãoCamillo sitte e a praça da estação
Camillo sitte e a praça da estação
 
[Livro] princípios bioclimáticos para o desenho urbano
[Livro] princípios bioclimáticos para o desenho urbano[Livro] princípios bioclimáticos para o desenho urbano
[Livro] princípios bioclimáticos para o desenho urbano
 

Mais de Steves Rocha

Seminário final de patrimônio II
Seminário final de patrimônio IISeminário final de patrimônio II
Seminário final de patrimônio II
Steves Rocha
 
Carta de washington eulices fabricio-marina-steves
Carta de washington eulices fabricio-marina-stevesCarta de washington eulices fabricio-marina-steves
Carta de washington eulices fabricio-marina-steves
Steves Rocha
 
Grupo 6 eulices,fabricio sacramento, steves e thais.
Grupo 6   eulices,fabricio sacramento, steves e thais.Grupo 6   eulices,fabricio sacramento, steves e thais.
Grupo 6 eulices,fabricio sacramento, steves e thais.
Steves Rocha
 
O parque e a arquitetura
O parque e a arquiteturaO parque e a arquitetura
O parque e a arquitetura
Steves Rocha
 
Análise de dois conjuntos residenciais
Análise de dois conjuntos residenciaisAnálise de dois conjuntos residenciais
Análise de dois conjuntos residenciais
Steves Rocha
 
Apresentação art deco em juiz de fora
Apresentação art deco em juiz de foraApresentação art deco em juiz de fora
Apresentação art deco em juiz de fora
Steves Rocha
 
Apresentaçao diagnostico
Apresentaçao diagnosticoApresentaçao diagnostico
Apresentaçao diagnostico
Steves Rocha
 
Porto maravilha
Porto maravilhaPorto maravilha
Porto maravilha
Steves Rocha
 
Conjunto paisagístico da rua barão de sta helena
Conjunto paisagístico da rua barão de sta helenaConjunto paisagístico da rua barão de sta helena
Conjunto paisagístico da rua barão de sta helena
Steves Rocha
 

Mais de Steves Rocha (9)

Seminário final de patrimônio II
Seminário final de patrimônio IISeminário final de patrimônio II
Seminário final de patrimônio II
 
Carta de washington eulices fabricio-marina-steves
Carta de washington eulices fabricio-marina-stevesCarta de washington eulices fabricio-marina-steves
Carta de washington eulices fabricio-marina-steves
 
Grupo 6 eulices,fabricio sacramento, steves e thais.
Grupo 6   eulices,fabricio sacramento, steves e thais.Grupo 6   eulices,fabricio sacramento, steves e thais.
Grupo 6 eulices,fabricio sacramento, steves e thais.
 
O parque e a arquitetura
O parque e a arquiteturaO parque e a arquitetura
O parque e a arquitetura
 
Análise de dois conjuntos residenciais
Análise de dois conjuntos residenciaisAnálise de dois conjuntos residenciais
Análise de dois conjuntos residenciais
 
Apresentação art deco em juiz de fora
Apresentação art deco em juiz de foraApresentação art deco em juiz de fora
Apresentação art deco em juiz de fora
 
Apresentaçao diagnostico
Apresentaçao diagnosticoApresentaçao diagnostico
Apresentaçao diagnostico
 
Porto maravilha
Porto maravilhaPorto maravilha
Porto maravilha
 
Conjunto paisagístico da rua barão de sta helena
Conjunto paisagístico da rua barão de sta helenaConjunto paisagístico da rua barão de sta helena
Conjunto paisagístico da rua barão de sta helena
 

Análise de uma residência zona bioclimatica 01

  • 1. Zona bioclimática 01 - Curitiba - Universidade Federal de Juiz de Fora Curso de Arquitetura e Urbanismo Disciplina: Conforto Ambiental para Arquitetura I Aluno: Steves Peixoto Rocha
  • 2. Curitiba é uma cidade fria. Isso implica que as estratégias para que se obtenha o conforto térmico deverão ser voltadas para o aquecimento da construção.
  • 3. Fachada Leste: As superfícies envidraçadas estão orientadas ao sol para que ocorra o armazenamento do calor solar dentro das paredes da edificação. Logo, nos horários mais frios, geralmente à noite, esse calor será distribuído no interior da casa.
  • 4. Fachada Norte: Partindo do mesmo princípio aplicado na fachada leste, observamos uma janela com grande área envidraçada para permitir o acesso da radiação solar, gerando assim efeito estufa e aquecendo os ambientes
  • 5. Fachada Sul: Com abertura reduzida, permitindo apenas a iluminação, evita a perda de energia do interior da edificação.
  • 6. Fachada Oeste: Poucas aberturas na direção oeste, foi criado um jardim de inverno com fachada a norte, porém, perde função quando a abertura zenital é opaca, impedindo a radiação.
  • 7. Cobertura A cobertura sem o emprego de telhas, apenas a laje impermeabilizada permite a incidência direta da radiação, fazendo com que esse fechamento opaco mais espesso, acumule o calor recebido durante o dia e devolva ao interior à noite, pela inércia térmica.
  • 8. Como a ventilação não é uma estratégia favorável para essa região as aberturas estão opostas ao sentido dos ventos.