SlideShare uma empresa Scribd logo
Análise de experiências de criação de negócios
Contato com diferentes experiencias de
empreendedorismo
Por negócio
http://www.tvi24.iol.pt/503/economia---emprego/empreendedorismo-dossie-empreendedorismo-
empreendedores-reportagens-trabalho-casos-de-sucesso/1416809-6374.html
• De assessor do Governo a cozinheiro, com todo o gosto
• Esta Horta é uma agência de criatividade
• Uma rede social para dois, um negócio para o mundo
• A padaria de bairro que respira portugalidade
• Ponto por ponto, a costurar pelos animais
• Do amargo desemprego a doces desafios
• Guesthouse Sweet Lisbon River: trabalhar só das 9 às 5 ou ser feliz?
• NATA Lisboa, o franchising já estava no forno antes do ministro falar
• A «febre» de ideias que contagiou 9 amigos
• http://www.tvi24.iol.pt/fotos/economia/1/299584
Análise de experiências de criação de negócios
Contato com diferentes experiencias de
empreendedorismo
Por setor de atividade:
• Setor Primário
• Setor Secundário
• Setor Terciário
Modelos de negócio
Benchmarking
• Benchmarking é um processo sistemático e contínuo de avaliação dos
produtos, serviços e processos de trabalho das organizações que são
reconhecidas como representantes das melhores práticas com a
finalidade de comparar desempenhos e identificar oportunidades de
melhoria na organização que está realizando o benchmarking.
• http://www.pmelink.pt/article/pmelink_public/EC/0,1655,1005_2409
6-3_41097--View_429,00.html
Benchmark Nacional & Internacional
Criação /inovação de produto/serviço
• O conceito de Inovação baseia-se no princípio de criação de valor, a
partir da identificação e exploração de oportunidades de mudança:
• “A Inovação corresponde à implementação de uma nova ou
significativamente melhorada solução para a empresa, novo
produto, processo, método organizacional ou de marketing, com o
objetivo de reforçar a sua posição competitiva, aumentar a
performance, ou o conhecimento.”
Fonte: Manual COTEC (2009)
http://www.cotecportugal.pt/index.php?lang=pt
Exemplo de Inovação Produto / Serviço:
Exemplo de Inovação de Processo:
Exemplo de Inovação de Organização:
Exemplo de Inovação de Marketing:
Marca
Análise de experiências de criação de negócios
Funções da marca
1. Identificação
2. Diferenciação
3. Memorização
4. Fidelização
Análise de experiências de criação de negócios
Análise de experiências de criação de negócios
Segmentação de clientes
Porquê Segmentar?
• Melhor análise de clientes
- Melhor compreensão das caraterísticas dos clientes
- Melhor resposta a alterações nas necessidades e desejos dos clientes
• Melhor análise da concorrência
• Melhor alocação de recursos
Cada segmento de mercado deve ser:
• Homogéneo
• Mensurável
• Acessível
• Substancial
Análise de experiências de criação de negócios
Segmentação: exemplos
Modelos de negócio
Franchising
Modelos de negócio
Franchising
Modelos de negócio
Franchising
Modelos de negócio
Tipos de franchising
Franchising de distribuição
O franqueado comercializa um produto fabricado pelo franqueador,
sob a marca do qual é titular o último, beneficiando-se de assistência
técnica e comercial.
Franchising de serviços
O franqueado presta um serviço, através de uma marca ou nome
comercial licenciados pelo franqueador, com base nas diretrizes
estipuladas pelo último.
Franchising de indústria
O franqueado fabrica, ele próprio, o produto a comercializar, sob uma
marca ou nome comercial, segundo as indicações do franqueador.
Modelos de negócio
Franchising
• http://www.bestfranchising.pt/
• http://www.infofranchising.pt/channel.aspx?menuid=45
• http://www.mcdonalds.pt/mcdonalds/franchising/
• http://share.pdfonline.com/131290b7cbf643cdad037474e870778b/b
rochure.htm
Modelos de negócio
Outras modalidades: Comércio eletrónico
Modelos de negócio
Outras modalidades: Comércio eletrónico
Modelos de negócio
Outras modalidades: Comércio eletrónico
Modelos de negócio
Outras modalidades
http://www.e-commerce.org.br/modelo_de_negocio.php
Abril, 2013
BUSINESS MODEL CANVAS
| Empreendedorismo
Business Model Canvas
30
| Empreendedorismo
Mapa resumo dos pontos chave do
Relatório do Projeto de Negócios
Deve ser revisto ao longo do tempo
BUSINESS MODEL CANVAS
32
1
4
3
7 2
59
8
6
| Empreendedorismo
Metodologia
Business Model Canvas | Blocos
Segmentos de clientes
• Para quem estamos a criar valor?
• Quem são os nossos clientes mais
importantes?
Mercado de Massas
Nicho de Mercado
Segmentado
Diversificado
Plataformas multiculturais
2 Proposta de Valor
• Que valor entregamos ao cliente?
• De entre os problemas dos nossos
clientes, qual é o que estamos a ajudar a
resolver?
• Que necessidades dos clientes estamos a
satisfazer?
• Que pacote de produtos e serviços estamos a
oferecer a cada Segmento de Clientes?
Novidade
Desempenho
Adaptação ao Cliente (customization)
“Fazer o trabalho”
Design
Marca / estatuto social
Preço
Redução de Custos
Redução do Risco
Acessibilidade/Conveniência / facilidade de uso
1
Análise de Mercado
Ideia
Modelo de Negócios
34
Business Model Canvas | Blocos
Canais
• Através de que Canais é que os nossos Segmentos de Clientes querem ser
contactados?
• Como é que os clientes estão sendo contactados agora?
• Como é que os nossos Canais serão inovadores?
• Quais são os que funcionam melhor?
• Quais são os mais eficientes do ponto de vista dos custos?
• Como é que estamos a integrar com as rotinas do clientes?
Cinco fases:
1) Consciência – Como aumentar a consciência sobre os produtos e serviços da nossa empresa?
2) Avaliação – Como é que ajudamos os clientes a avaliar a Proposta de Valor da nossa
organização?
3) Aquisição – Como é que permitimos aos clientes a aquisição de produtos e serviços específicos?
4) Entrega – Como é que entregamos uma Proposta de Valor aos Clientes?
5) Pós-Venda – Como é que proporcionam o apoio pós-venda aos clientes?
Canais Diretos vs Canais Indiretos
Canais Próprios vs Canais de Parceiros
3
Análise de Mercado
35
Business Model Canvas | Blocos
Relações com os clientes
• Que tipo de relação é que cada um
dos nossos Segmentos de Clientes
espera que estabeleçamos e
mantenhamos com eles?
• Quais é que nós estabelecemos?
• São muito onerosas?
• Como é que se integram com o
resto do nossos modelo de
negócio?
Assistência Pessoal
Assistência Pessoal Dedicada
Auto serviço (self-service)
Serviços automatizados
Comunidades
Co-criação
4 5 Fluxos de Rendimento
• Por que valor estão os nossos clientes
realmente dispostos a pagar?
• Estão a pagar pelo quê agora?
• Como é que estão a pagar?
• Como é que preferiram pagar?
• Quanto é que cada Fluxo de Rendimento
contribui para o rendimento global?
Venda de Ativos
Taxas de utilização
Assinaturas
Empréstimo / arrendamento / Leasing
Licenciamento
Comissões de Intermediação
Publicidade
Preços Fixos vs Fixação Dinâmica dos Preços
Análise de Mercado Análise Económico-Financeira
Business Model Canvas | Blocos
Recursos Chave
• De que Recursos chave é que as
nossas Propostas de Valor
necessitam?
Físicos
Intelectuais
Humanos
Finanaceiros
6 7 Atividades Chave
• Que Atividades Chave são exigidas pela
nossa Proposta de Valor?
• Quais os Canais de Distribuição?
• Quais as Relações com os Clientes?
• Quais os Fluxos de Rendimento?
Produção
Resolução de problemas
Plataforma / Rede
Equipa
Implementação do Projeto
Ideia
Implementação do Projeto
37
Business Model Canvas | Blocos
Rede de Parceiros
• Quem são os nossos parceiros
chave?
• Quem são os nossos fornecedores
chave?
• Que recursos chave estamos a
adquirir aos nossos parceiros?
• Que atividades chave é que os
parceiros levam a cabo?
Optimização e economias de escala
Redução do risco e da incerteza
Aquisição de recursos e atividades
específicas
8 9 Estrutura de Custos
• Quais são os custos mais importantes
inerentes ao nosso modelo de negócio?
• Quais são os recursos chave mais caros?
• Quais são as atividades chave mais
caras?
Movidos pelos custos (minimização de custos)
Movidos pelo valor
Custos fixos
Custos variáveis
Economias de escala
Economias de âmbito
Análise Económico-FinanceiraModelo de Negócio
Exemplo
38
iPod /iTunes da Apple
Exemplo
39
Fornecedores
dos sistemas de
pagamento
Parceiros na
distribuição
Parceiros nas
telecomunicações
PC AC
RC
EC
CD
RCPV
FR
SC
Desenvolvimento
de software
Programadores
Software
Desenvolvimento de software
Gestão de reclamações
Chamadas de
som e vídeo via
internet
gratuitas
Chamadas
baratas para
telefones
(skypeout)
Adaptação a
utilização de
massas
Skype.com
Parcerias para
auscultadores
Utilizadores da
web a nível
global
Pessoas que
querem ligar
para telefones
Vendas de hardware
Grátis
Skypeout pré-pago e por assinatura
Skype

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

MODELO DE NEGÓCIOS
MODELO DE NEGÓCIOSMODELO DE NEGÓCIOS
MODELO DE NEGÓCIOS
Prof. Leonardo Rocha
 
Fundamentos de Marketing
Fundamentos de MarketingFundamentos de Marketing
Fundamentos de Marketing
Flávia Camargo Bernardi
 
Dr1 val. étic.e cultu.
Dr1 val. étic.e cultu.Dr1 val. étic.e cultu.
Dr1 val. étic.e cultu.
ruigalvao
 
GESTÃO E TRATAMENTO DE RECLAMAÇÕES-1.pdf
GESTÃO E TRATAMENTO DE RECLAMAÇÕES-1.pdfGESTÃO E TRATAMENTO DE RECLAMAÇÕES-1.pdf
GESTÃO E TRATAMENTO DE RECLAMAÇÕES-1.pdf
silvia759609
 
Plano De Marketing Modelo
Plano De Marketing ModeloPlano De Marketing Modelo
Plano De Marketing Modelo
Stevan Spiandorim
 
Marketing - Teorias Explicativas Comportamento Consumidores 2011 2012
Marketing - Teorias Explicativas Comportamento Consumidores 2011 2012Marketing - Teorias Explicativas Comportamento Consumidores 2011 2012
Marketing - Teorias Explicativas Comportamento Consumidores 2011 2012
zbam
 
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 MigraçõesCLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
Fernando de Sá
 
Gestão de Serviços
Gestão de ServiçosGestão de Serviços
Gestão de Serviços
Wagner Gonsalez
 
Apresentação - Projecto Final- Plano de Marketing
Apresentação - Projecto Final- Plano de MarketingApresentação - Projecto Final- Plano de Marketing
Apresentação - Projecto Final- Plano de Marketing
Mª Luisa Pires
 
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4
mega
 
Cp_3
Cp_3Cp_3
Cp_3
J P
 
Curso Gestão de Conflitos
Curso Gestão de ConflitosCurso Gestão de Conflitos
Curso Gestão de Conflitos
Milton R. Almeida
 
Soft Skills
Soft SkillsSoft Skills
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
I.Braz Slideshares
 
Lae Comunicação Interna e Externa
Lae Comunicação Interna e ExternaLae Comunicação Interna e Externa
Lae Comunicação Interna e Externa
Frederico Marques
 
Planejamento Estratégico Comercial - Colocando em Prática
Planejamento Estratégico Comercial - Colocando em PráticaPlanejamento Estratégico Comercial - Colocando em Prática
Planejamento Estratégico Comercial - Colocando em Prática
Norberto Almeida De Andrade
 
evolução tecnologica dos mass media
evolução tecnologica dos mass mediaevolução tecnologica dos mass media
evolução tecnologica dos mass media
benficamateus
 
Pos Vendas
Pos VendasPos Vendas
Marketing de Serviços
Marketing de ServiçosMarketing de Serviços
Marketing de Serviços
Milton Henrique do Couto Neto
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
Ricardo F. Nantes
 

Mais procurados (20)

MODELO DE NEGÓCIOS
MODELO DE NEGÓCIOSMODELO DE NEGÓCIOS
MODELO DE NEGÓCIOS
 
Fundamentos de Marketing
Fundamentos de MarketingFundamentos de Marketing
Fundamentos de Marketing
 
Dr1 val. étic.e cultu.
Dr1 val. étic.e cultu.Dr1 val. étic.e cultu.
Dr1 val. étic.e cultu.
 
GESTÃO E TRATAMENTO DE RECLAMAÇÕES-1.pdf
GESTÃO E TRATAMENTO DE RECLAMAÇÕES-1.pdfGESTÃO E TRATAMENTO DE RECLAMAÇÕES-1.pdf
GESTÃO E TRATAMENTO DE RECLAMAÇÕES-1.pdf
 
Plano De Marketing Modelo
Plano De Marketing ModeloPlano De Marketing Modelo
Plano De Marketing Modelo
 
Marketing - Teorias Explicativas Comportamento Consumidores 2011 2012
Marketing - Teorias Explicativas Comportamento Consumidores 2011 2012Marketing - Teorias Explicativas Comportamento Consumidores 2011 2012
Marketing - Teorias Explicativas Comportamento Consumidores 2011 2012
 
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 MigraçõesCLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
 
Gestão de Serviços
Gestão de ServiçosGestão de Serviços
Gestão de Serviços
 
Apresentação - Projecto Final- Plano de Marketing
Apresentação - Projecto Final- Plano de MarketingApresentação - Projecto Final- Plano de Marketing
Apresentação - Projecto Final- Plano de Marketing
 
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4
 
Cp_3
Cp_3Cp_3
Cp_3
 
Curso Gestão de Conflitos
Curso Gestão de ConflitosCurso Gestão de Conflitos
Curso Gestão de Conflitos
 
Soft Skills
Soft SkillsSoft Skills
Soft Skills
 
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
 
Lae Comunicação Interna e Externa
Lae Comunicação Interna e ExternaLae Comunicação Interna e Externa
Lae Comunicação Interna e Externa
 
Planejamento Estratégico Comercial - Colocando em Prática
Planejamento Estratégico Comercial - Colocando em PráticaPlanejamento Estratégico Comercial - Colocando em Prática
Planejamento Estratégico Comercial - Colocando em Prática
 
evolução tecnologica dos mass media
evolução tecnologica dos mass mediaevolução tecnologica dos mass media
evolução tecnologica dos mass media
 
Pos Vendas
Pos VendasPos Vendas
Pos Vendas
 
Marketing de Serviços
Marketing de ServiçosMarketing de Serviços
Marketing de Serviços
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 

Semelhante a Análise de experiências de criação de negócios

MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11
MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11
MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11
Rafael . Vieira
 
Fundamentos da Técnica Business Model Generation
Fundamentos da Técnica Business Model GenerationFundamentos da Técnica Business Model Generation
Fundamentos da Técnica Business Model Generation
auspin
 
Canvas aula 02
Canvas aula 02Canvas aula 02
Canvas aula 02
NJS Consultoria
 
Como desenvolver seu negocio digital pedro-quintanilha-palestra
Como desenvolver seu negocio digital pedro-quintanilha-palestraComo desenvolver seu negocio digital pedro-quintanilha-palestra
Como desenvolver seu negocio digital pedro-quintanilha-palestra
Pedro Quintanilha
 
[Workshops RoadShow ECBR - Edição Belo Horizonte 2019] Estratégias simples e ...
[Workshops RoadShow ECBR - Edição Belo Horizonte 2019] Estratégias simples e ...[Workshops RoadShow ECBR - Edição Belo Horizonte 2019] Estratégias simples e ...
[Workshops RoadShow ECBR - Edição Belo Horizonte 2019] Estratégias simples e ...
E-Commerce Brasil
 
Workshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no Insper
Workshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no InsperWorkshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no Insper
Workshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no Insper
Nei Grando
 
BMG Canvas palestra na Incubadora
BMG Canvas palestra na IncubadoraBMG Canvas palestra na Incubadora
BMG Canvas palestra na Incubadora
NJS Consultoria
 
4o CINDIEncontro - Games to Business - Planejamento de Negócios
4o CINDIEncontro - Games to Business - Planejamento de Negócios4o CINDIEncontro - Games to Business - Planejamento de Negócios
4o CINDIEncontro - Games to Business - Planejamento de Negócios
Fabio Lima
 
Wscais plano de negócios 26042012 v2
Wscais plano de negócios 26042012 v2Wscais plano de negócios 26042012 v2
Wscais plano de negócios 26042012 v2
Ugor Silva
 
CapU NABU-504.63 - Business Model Canvas Introduction
CapU NABU-504.63 - Business Model Canvas IntroductionCapU NABU-504.63 - Business Model Canvas Introduction
CapU NABU-504.63 - Business Model Canvas Introduction
Fabio Lima
 
Explicando o Modelo de Negócios (canvas) - Virada Empreendedora 2013
Explicando o Modelo de Negócios (canvas) - Virada Empreendedora 2013Explicando o Modelo de Negócios (canvas) - Virada Empreendedora 2013
Explicando o Modelo de Negócios (canvas) - Virada Empreendedora 2013
Nei Grando
 
[Workshops RoadShow ECBR - Edição Porto Alegre 2019] Estratégias simples e or...
[Workshops RoadShow ECBR - Edição Porto Alegre 2019] Estratégias simples e or...[Workshops RoadShow ECBR - Edição Porto Alegre 2019] Estratégias simples e or...
[Workshops RoadShow ECBR - Edição Porto Alegre 2019] Estratégias simples e or...
E-Commerce Brasil
 
Business Model Canvas
Business Model CanvasBusiness Model Canvas
Business Model Canvas
Rogério Tadeu
 
Bootcamp canvas aedb
Bootcamp canvas aedbBootcamp canvas aedb
Bootcamp canvas aedb
Washington Lemos
 
Canvas
CanvasCanvas
Empreendedorismo Agil
Empreendedorismo AgilEmpreendedorismo Agil
Empreendedorismo Agil
Saulo Arruda
 
Como Criar Valor No Varejo de Moda Rev01
Como Criar Valor No Varejo de Moda Rev01Como Criar Valor No Varejo de Moda Rev01
Como Criar Valor No Varejo de Moda Rev01
Luiz Otavio Nascimento - "LON"
 
Aceleradora 1 Encontro
Aceleradora 1 Encontro Aceleradora 1 Encontro
Aceleradora 1 Encontro
Gustavo Stelczyk
 
Business Model Canvas at Fim de semana de empreendedorismo AEFEUP
Business Model Canvas at Fim de semana de empreendedorismo AEFEUPBusiness Model Canvas at Fim de semana de empreendedorismo AEFEUP
Business Model Canvas at Fim de semana de empreendedorismo AEFEUP
Rafael Pires
 
Modelo de Negocio Canvas_2015.pptx
Modelo de Negocio Canvas_2015.pptxModelo de Negocio Canvas_2015.pptx
Modelo de Negocio Canvas_2015.pptx
JOSELITOFELIXBARBOSA
 

Semelhante a Análise de experiências de criação de negócios (20)

MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11
MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11
MBA FUCAPE - Curso Empreendedorismo 04/11
 
Fundamentos da Técnica Business Model Generation
Fundamentos da Técnica Business Model GenerationFundamentos da Técnica Business Model Generation
Fundamentos da Técnica Business Model Generation
 
Canvas aula 02
Canvas aula 02Canvas aula 02
Canvas aula 02
 
Como desenvolver seu negocio digital pedro-quintanilha-palestra
Como desenvolver seu negocio digital pedro-quintanilha-palestraComo desenvolver seu negocio digital pedro-quintanilha-palestra
Como desenvolver seu negocio digital pedro-quintanilha-palestra
 
[Workshops RoadShow ECBR - Edição Belo Horizonte 2019] Estratégias simples e ...
[Workshops RoadShow ECBR - Edição Belo Horizonte 2019] Estratégias simples e ...[Workshops RoadShow ECBR - Edição Belo Horizonte 2019] Estratégias simples e ...
[Workshops RoadShow ECBR - Edição Belo Horizonte 2019] Estratégias simples e ...
 
Workshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no Insper
Workshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no InsperWorkshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no Insper
Workshop sobre modelos de negocio (canvas) Empreenda-2015 no Insper
 
BMG Canvas palestra na Incubadora
BMG Canvas palestra na IncubadoraBMG Canvas palestra na Incubadora
BMG Canvas palestra na Incubadora
 
4o CINDIEncontro - Games to Business - Planejamento de Negócios
4o CINDIEncontro - Games to Business - Planejamento de Negócios4o CINDIEncontro - Games to Business - Planejamento de Negócios
4o CINDIEncontro - Games to Business - Planejamento de Negócios
 
Wscais plano de negócios 26042012 v2
Wscais plano de negócios 26042012 v2Wscais plano de negócios 26042012 v2
Wscais plano de negócios 26042012 v2
 
CapU NABU-504.63 - Business Model Canvas Introduction
CapU NABU-504.63 - Business Model Canvas IntroductionCapU NABU-504.63 - Business Model Canvas Introduction
CapU NABU-504.63 - Business Model Canvas Introduction
 
Explicando o Modelo de Negócios (canvas) - Virada Empreendedora 2013
Explicando o Modelo de Negócios (canvas) - Virada Empreendedora 2013Explicando o Modelo de Negócios (canvas) - Virada Empreendedora 2013
Explicando o Modelo de Negócios (canvas) - Virada Empreendedora 2013
 
[Workshops RoadShow ECBR - Edição Porto Alegre 2019] Estratégias simples e or...
[Workshops RoadShow ECBR - Edição Porto Alegre 2019] Estratégias simples e or...[Workshops RoadShow ECBR - Edição Porto Alegre 2019] Estratégias simples e or...
[Workshops RoadShow ECBR - Edição Porto Alegre 2019] Estratégias simples e or...
 
Business Model Canvas
Business Model CanvasBusiness Model Canvas
Business Model Canvas
 
Bootcamp canvas aedb
Bootcamp canvas aedbBootcamp canvas aedb
Bootcamp canvas aedb
 
Canvas
CanvasCanvas
Canvas
 
Empreendedorismo Agil
Empreendedorismo AgilEmpreendedorismo Agil
Empreendedorismo Agil
 
Como Criar Valor No Varejo de Moda Rev01
Como Criar Valor No Varejo de Moda Rev01Como Criar Valor No Varejo de Moda Rev01
Como Criar Valor No Varejo de Moda Rev01
 
Aceleradora 1 Encontro
Aceleradora 1 Encontro Aceleradora 1 Encontro
Aceleradora 1 Encontro
 
Business Model Canvas at Fim de semana de empreendedorismo AEFEUP
Business Model Canvas at Fim de semana de empreendedorismo AEFEUPBusiness Model Canvas at Fim de semana de empreendedorismo AEFEUP
Business Model Canvas at Fim de semana de empreendedorismo AEFEUP
 
Modelo de Negocio Canvas_2015.pptx
Modelo de Negocio Canvas_2015.pptxModelo de Negocio Canvas_2015.pptx
Modelo de Negocio Canvas_2015.pptx
 

Mais de CRIST1976

Pmelink
PmelinkPmelink
Pmelink
CRIST1976
 
Cpn tipos de negócios
Cpn tipos de negóciosCpn tipos de negócios
Cpn tipos de negócios
CRIST1976
 
Manual capacidade jovemempreendedor (2)
Manual capacidade jovemempreendedor (2)Manual capacidade jovemempreendedor (2)
Manual capacidade jovemempreendedor (2)
CRIST1976
 
Formar 76 77
Formar 76 77Formar 76 77
Formar 76 77
CRIST1976
 
Dirigir 52
Dirigir 52Dirigir 52
Dirigir 52
CRIST1976
 
Bibliografia
BibliografiaBibliografia
Bibliografia
CRIST1976
 
Dirigir 53
Dirigir 53Dirigir 53
Dirigir 53
CRIST1976
 
Desenvolvimento e validação da ideia de negócio
Desenvolvimento e validação da ideia de negócioDesenvolvimento e validação da ideia de negócio
Desenvolvimento e validação da ideia de negócio
CRIST1976
 
Definição do negócio e do target
Definição do negócio e do targetDefinição do negócio e do target
Definição do negócio e do target
CRIST1976
 
Businessmodelgeneration preview
Businessmodelgeneration previewBusinessmodelgeneration preview
Businessmodelgeneration preview
CRIST1976
 
Cultura empreendedorismo e_oportunidades
Cultura empreendedorismo e_oportunidadesCultura empreendedorismo e_oportunidades
Cultura empreendedorismo e_oportunidades
CRIST1976
 
O diagnóstico de necessidades de competência
O diagnóstico de necessidades de competênciaO diagnóstico de necessidades de competência
O diagnóstico de necessidades de competência
CRIST1976
 

Mais de CRIST1976 (12)

Pmelink
PmelinkPmelink
Pmelink
 
Cpn tipos de negócios
Cpn tipos de negóciosCpn tipos de negócios
Cpn tipos de negócios
 
Manual capacidade jovemempreendedor (2)
Manual capacidade jovemempreendedor (2)Manual capacidade jovemempreendedor (2)
Manual capacidade jovemempreendedor (2)
 
Formar 76 77
Formar 76 77Formar 76 77
Formar 76 77
 
Dirigir 52
Dirigir 52Dirigir 52
Dirigir 52
 
Bibliografia
BibliografiaBibliografia
Bibliografia
 
Dirigir 53
Dirigir 53Dirigir 53
Dirigir 53
 
Desenvolvimento e validação da ideia de negócio
Desenvolvimento e validação da ideia de negócioDesenvolvimento e validação da ideia de negócio
Desenvolvimento e validação da ideia de negócio
 
Definição do negócio e do target
Definição do negócio e do targetDefinição do negócio e do target
Definição do negócio e do target
 
Businessmodelgeneration preview
Businessmodelgeneration previewBusinessmodelgeneration preview
Businessmodelgeneration preview
 
Cultura empreendedorismo e_oportunidades
Cultura empreendedorismo e_oportunidadesCultura empreendedorismo e_oportunidades
Cultura empreendedorismo e_oportunidades
 
O diagnóstico de necessidades de competência
O diagnóstico de necessidades de competênciaO diagnóstico de necessidades de competência
O diagnóstico de necessidades de competência
 

Análise de experiências de criação de negócios

  • 1. Análise de experiências de criação de negócios Contato com diferentes experiencias de empreendedorismo Por negócio http://www.tvi24.iol.pt/503/economia---emprego/empreendedorismo-dossie-empreendedorismo- empreendedores-reportagens-trabalho-casos-de-sucesso/1416809-6374.html • De assessor do Governo a cozinheiro, com todo o gosto • Esta Horta é uma agência de criatividade • Uma rede social para dois, um negócio para o mundo • A padaria de bairro que respira portugalidade • Ponto por ponto, a costurar pelos animais • Do amargo desemprego a doces desafios • Guesthouse Sweet Lisbon River: trabalhar só das 9 às 5 ou ser feliz? • NATA Lisboa, o franchising já estava no forno antes do ministro falar • A «febre» de ideias que contagiou 9 amigos
  • 3. Análise de experiências de criação de negócios Contato com diferentes experiencias de empreendedorismo Por setor de atividade: • Setor Primário • Setor Secundário • Setor Terciário
  • 4. Modelos de negócio Benchmarking • Benchmarking é um processo sistemático e contínuo de avaliação dos produtos, serviços e processos de trabalho das organizações que são reconhecidas como representantes das melhores práticas com a finalidade de comparar desempenhos e identificar oportunidades de melhoria na organização que está realizando o benchmarking. • http://www.pmelink.pt/article/pmelink_public/EC/0,1655,1005_2409 6-3_41097--View_429,00.html
  • 5. Benchmark Nacional & Internacional
  • 6. Criação /inovação de produto/serviço • O conceito de Inovação baseia-se no princípio de criação de valor, a partir da identificação e exploração de oportunidades de mudança: • “A Inovação corresponde à implementação de uma nova ou significativamente melhorada solução para a empresa, novo produto, processo, método organizacional ou de marketing, com o objetivo de reforçar a sua posição competitiva, aumentar a performance, ou o conhecimento.” Fonte: Manual COTEC (2009) http://www.cotecportugal.pt/index.php?lang=pt
  • 7. Exemplo de Inovação Produto / Serviço:
  • 8. Exemplo de Inovação de Processo:
  • 9. Exemplo de Inovação de Organização:
  • 10. Exemplo de Inovação de Marketing:
  • 11. Marca
  • 13. Funções da marca 1. Identificação 2. Diferenciação 3. Memorização 4. Fidelização
  • 16. Segmentação de clientes Porquê Segmentar? • Melhor análise de clientes - Melhor compreensão das caraterísticas dos clientes - Melhor resposta a alterações nas necessidades e desejos dos clientes • Melhor análise da concorrência • Melhor alocação de recursos
  • 17. Cada segmento de mercado deve ser: • Homogéneo • Mensurável • Acessível • Substancial
  • 23. Modelos de negócio Tipos de franchising Franchising de distribuição O franqueado comercializa um produto fabricado pelo franqueador, sob a marca do qual é titular o último, beneficiando-se de assistência técnica e comercial. Franchising de serviços O franqueado presta um serviço, através de uma marca ou nome comercial licenciados pelo franqueador, com base nas diretrizes estipuladas pelo último. Franchising de indústria O franqueado fabrica, ele próprio, o produto a comercializar, sob uma marca ou nome comercial, segundo as indicações do franqueador.
  • 24. Modelos de negócio Franchising • http://www.bestfranchising.pt/ • http://www.infofranchising.pt/channel.aspx?menuid=45 • http://www.mcdonalds.pt/mcdonalds/franchising/ • http://share.pdfonline.com/131290b7cbf643cdad037474e870778b/b rochure.htm
  • 25. Modelos de negócio Outras modalidades: Comércio eletrónico
  • 26. Modelos de negócio Outras modalidades: Comércio eletrónico
  • 27. Modelos de negócio Outras modalidades: Comércio eletrónico
  • 28. Modelos de negócio Outras modalidades http://www.e-commerce.org.br/modelo_de_negocio.php
  • 29. Abril, 2013 BUSINESS MODEL CANVAS | Empreendedorismo
  • 30. Business Model Canvas 30 | Empreendedorismo Mapa resumo dos pontos chave do Relatório do Projeto de Negócios Deve ser revisto ao longo do tempo
  • 33. Business Model Canvas | Blocos Segmentos de clientes • Para quem estamos a criar valor? • Quem são os nossos clientes mais importantes? Mercado de Massas Nicho de Mercado Segmentado Diversificado Plataformas multiculturais 2 Proposta de Valor • Que valor entregamos ao cliente? • De entre os problemas dos nossos clientes, qual é o que estamos a ajudar a resolver? • Que necessidades dos clientes estamos a satisfazer? • Que pacote de produtos e serviços estamos a oferecer a cada Segmento de Clientes? Novidade Desempenho Adaptação ao Cliente (customization) “Fazer o trabalho” Design Marca / estatuto social Preço Redução de Custos Redução do Risco Acessibilidade/Conveniência / facilidade de uso 1 Análise de Mercado Ideia Modelo de Negócios
  • 34. 34 Business Model Canvas | Blocos Canais • Através de que Canais é que os nossos Segmentos de Clientes querem ser contactados? • Como é que os clientes estão sendo contactados agora? • Como é que os nossos Canais serão inovadores? • Quais são os que funcionam melhor? • Quais são os mais eficientes do ponto de vista dos custos? • Como é que estamos a integrar com as rotinas do clientes? Cinco fases: 1) Consciência – Como aumentar a consciência sobre os produtos e serviços da nossa empresa? 2) Avaliação – Como é que ajudamos os clientes a avaliar a Proposta de Valor da nossa organização? 3) Aquisição – Como é que permitimos aos clientes a aquisição de produtos e serviços específicos? 4) Entrega – Como é que entregamos uma Proposta de Valor aos Clientes? 5) Pós-Venda – Como é que proporcionam o apoio pós-venda aos clientes? Canais Diretos vs Canais Indiretos Canais Próprios vs Canais de Parceiros 3 Análise de Mercado
  • 35. 35 Business Model Canvas | Blocos Relações com os clientes • Que tipo de relação é que cada um dos nossos Segmentos de Clientes espera que estabeleçamos e mantenhamos com eles? • Quais é que nós estabelecemos? • São muito onerosas? • Como é que se integram com o resto do nossos modelo de negócio? Assistência Pessoal Assistência Pessoal Dedicada Auto serviço (self-service) Serviços automatizados Comunidades Co-criação 4 5 Fluxos de Rendimento • Por que valor estão os nossos clientes realmente dispostos a pagar? • Estão a pagar pelo quê agora? • Como é que estão a pagar? • Como é que preferiram pagar? • Quanto é que cada Fluxo de Rendimento contribui para o rendimento global? Venda de Ativos Taxas de utilização Assinaturas Empréstimo / arrendamento / Leasing Licenciamento Comissões de Intermediação Publicidade Preços Fixos vs Fixação Dinâmica dos Preços Análise de Mercado Análise Económico-Financeira
  • 36. Business Model Canvas | Blocos Recursos Chave • De que Recursos chave é que as nossas Propostas de Valor necessitam? Físicos Intelectuais Humanos Finanaceiros 6 7 Atividades Chave • Que Atividades Chave são exigidas pela nossa Proposta de Valor? • Quais os Canais de Distribuição? • Quais as Relações com os Clientes? • Quais os Fluxos de Rendimento? Produção Resolução de problemas Plataforma / Rede Equipa Implementação do Projeto Ideia Implementação do Projeto
  • 37. 37 Business Model Canvas | Blocos Rede de Parceiros • Quem são os nossos parceiros chave? • Quem são os nossos fornecedores chave? • Que recursos chave estamos a adquirir aos nossos parceiros? • Que atividades chave é que os parceiros levam a cabo? Optimização e economias de escala Redução do risco e da incerteza Aquisição de recursos e atividades específicas 8 9 Estrutura de Custos • Quais são os custos mais importantes inerentes ao nosso modelo de negócio? • Quais são os recursos chave mais caros? • Quais são as atividades chave mais caras? Movidos pelos custos (minimização de custos) Movidos pelo valor Custos fixos Custos variáveis Economias de escala Economias de âmbito Análise Económico-FinanceiraModelo de Negócio
  • 39. Exemplo 39 Fornecedores dos sistemas de pagamento Parceiros na distribuição Parceiros nas telecomunicações PC AC RC EC CD RCPV FR SC Desenvolvimento de software Programadores Software Desenvolvimento de software Gestão de reclamações Chamadas de som e vídeo via internet gratuitas Chamadas baratas para telefones (skypeout) Adaptação a utilização de massas Skype.com Parcerias para auscultadores Utilizadores da web a nível global Pessoas que querem ligar para telefones Vendas de hardware Grátis Skypeout pré-pago e por assinatura Skype

Notas do Editor

  1. Describe the problem identified in this application Surface smoothness: damage to tissues crossed by the thread- Capillary effect: infectionsdue to microorganism invasion Knot strength: stitch may open Knot security: knot may unravel Memory effect: retention of package shape Handling: overall ease of use