SlideShare uma empresa Scribd logo
1
ANEXO XI
PROJETO DE LEI QUE INSTITUI O BILHETE ÚNICO MUNICIPAL
ENCAMINHADO PELO PODER EXECUTIVO À CÂMARA DE VEREADORES
2
MENSAGEM N.º 97 DE 11 DE junho DE 2010
Excelentíssimo Senhor Vereador Presidente
Excelentíssimos Senhores Vereadores da Câmara Municipal do Rio de Janeiro,
Dirijo-me a Vossas Excelências para encaminhar, em anexo, Projeto de
Lei, que “Institui o Bilhete Único Municipal”.
Nas grandes cidades brasileiras, o transporte coletivo é um serviço
público absolutamente essencial para o bem estar das camadas mais humildes
da população, sendo que o acesso a esse serviço é, para milhões de
brasileiros, o único meio de locomover-se em busca do sustento, do trabalho,
da educação ou do lazer.
As longas distâncias impostas pelo ambiente urbano das grandes
cidades impõem a muitos a necessidade de utilização de diferentes linhas e,
por vezes, diferentes modais de transporte coletivo (ônibus, vans, metrô, trens,
entre outros), com vistas à realização de uma única viagem, por exemplo, de
casa ao trabalho, ou do trabalho à escola.
Esse fato acaba por distanciar o transporte coletivo do ideal da
modicidade tarifária, tornando-o inacessível, para muitos, dispendioso para
outros ou, simplesmente, pouco atrativo.
De outra parte, é notório que, nas grandes cidades, somente o incentivo
à utilização do transporte coletivo pode resolver os problemas ambientais fruto
das emissões gasosas relacionadas ao intenso uso do automóvel, bem como
desagravar a lentidão do trânsito.
Todos esses fatos têm levado os maiores municípios brasileiros a
implantar políticas públicas que promovem a integração de suas redes de
transporte coletivo por meio do chamado bilhete único.
Ao Exmo. Sr. Vereador
JORGE FELIPPE
Presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro
GABINETE DO PREFEITO
3
Com algumas variantes, fruto das peculiaridades de cada local, a política
do bilhete único visa a possibilitar que o usuário do transporte coletivo pague
uma única tarifa nas principais viagens que faz (de casa ao trabalho, por
exemplo) independentemente do número de linhas de ônibus ou dos diferentes
modais de transporte coletivo que utilize.
Assim, em face do exposto, solicito a aprovação deste novo Projeto de
Lei, em regime de urgência, na forma do art. 73 da Lei Orgânica Municipal,
considerando o relevante interesse público envolvido na modicidade tarifária,
com benefício direto para as camadas mais humildes da população, no
incentivo do transporte coletivo e na preservação do meio ambiente.
Aproveito para renovar os protestos de minha alta estima e distinta
consideração.
EDUARDO PAES
GABINETE DO PREFEITO
4
PROJETO DE LEI Nº
Institui o Bilhete Único
Municipal.
Autor: Poder Executivo
A CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO
DECRETA:
Art. 1º Fica instituído o Bilhete Único Municipal no Município do Rio de
Janeiro.
§1º O Bilhete Único Municipal poderá ser utilizado pelos usuários de
linhas municipais do Município do Rio de Janeiro, ficando assegurado o
benefício tarifário em questão exclusivamente nos ônibus urbanos, sem ar
condicionado, regidos pela Norma ABNT - Associação Brasileira de Normas
Técnicas - NBR 15570:2009.
§2º O Poder Executivo poderá estender o benefício tarifário de que trata
a presente Lei a outros tipos de veículos integrantes do sistema municipal de
transporte coletivo de passageiros.
§3º A utilização do Bilhete Único Municipal no Serviço de Transporte
Público Urbano Local - STPL e demais modalidades de transportes coletivos
existentes ou a serem criadas no Município dependerá de regulamentação
específica do Poder Executivo.
Art. 2º A implantação e execução do Bilhete Único Municipal observarão
os seguintes princípios:
I – modicidade tarifária;
II – acessibilidade aos serviços públicos;
III – universalidade dos serviços públicos;
IV – atualidade quanto ao emprego de tecnologias;
V – transparência;
VI - interoperabilidade;
GABINETE DO PREFEITO
5
VII – preservação do equilíbrio econômico-financeiro;
VIII – eficiência;
IX – controle público.
Art. 3º A tarifa a ser cobrada do usuário pelo direito de uma viagem, nas
condições previstas na presente Lei e em sua regulamentação, corresponderá
a R$ 2,40 (dois Reais e quarenta centavos).
Parágrafo único. A tarifa de que trata o caput deste artigo poderá ser
reajustada ou revista de acordo com os critérios que vierem a ser estabelecidos
pelo Poder Executivo ou fixados contratualmente.
Art. 4º Compete ao Poder Executivo fixar a data de implantação do
Bilhete Único Municipal, sendo que esta não poderá ultrapassar o dia 31 de
dezembro de 2010.
Art. 5º O pagamento da tarifa de que trata o art. 3º desta Lei confere ao
usuário do Bilhete Único Municipal o direito a uma viagem.
Parágrafo único. Entende-se por viagem o deslocamento unidirecional
entre uma origem e um destino, não sendo incluído o retorno, que é
considerada uma outra viagem.
Art. 6º O direito a uma viagem possibilita ao usuário a utilização dos
ônibus integrantes do sistema municipal de transporte coletivo de passageiros
do Município, de um ou mais operadores, permissionário ou concessionário,
para até um transbordo em duas horas.
Parágrafo único. O Poder Executivo poderá ampliar o número de
transbordos e estender o tempo de duração, entre o primeiro embarque e a
última integração, respeitado o equilíbrio econômico-financeiro da tarifa a que
alude o artigo 3º desta Lei.
Art. 7º A integração do Bilhete Único Municipal com outros modos de
transporte que operem no Município do Rio de Janeiro será estabelecida por
regulamento próprio.
Art. 8º O Bilhete Único Municipal poderá ser utilizado para viagens, nas
seguintes modalidades:
GABINETE DO PREFEITO
6
I - comum: cujos créditos sejam adquiridos diretamente pelo usuário, nos
termos da legislação vigente;
II – vale-transporte: cujos créditos sejam adquiridos diretamente pelos
empregadores, para utilização por seus empregados, ou diretamente pelo
usuário, nos termos da legislação vigente;
III – gratuidades, nos casos previstos na legislação.
Art. 9º O Poder Executivo, através de regulamento próprio, estabelecerá
as formas de eventuais contrapartidas às gratuidades previstas em Lei para o
serviço de transporte coletivo de passageiros por ônibus.
Art. 10 Esta Lei entra em vigor na data da sua publicação.
GABINETE DO PREFEITO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Presentación de IPEA
Presentación de IPEAPresentación de IPEA
Presentación de IPEA
Fagner Glinski
 
Parecer_PGE_Rodoviários
Parecer_PGE_RodoviáriosParecer_PGE_Rodoviários
Parecer_PGE_Rodoviários
Roberta Soares
 
Proposicao 062.00073.2011 (3)
Proposicao 062.00073.2011 (3)Proposicao 062.00073.2011 (3)
Proposicao 062.00073.2011 (3)
Professora Josete
 
Mobilidade urbana pdf
 Mobilidade urbana pdf Mobilidade urbana pdf
Mobilidade urbana pdf
Alfredo Moreira
 
PL dupla funcao motorista PE
PL dupla funcao motorista PEPL dupla funcao motorista PE
PL dupla funcao motorista PE
Roberta Soares
 
Viral mobilidade urbana
Viral mobilidade urbana Viral mobilidade urbana
Viral mobilidade urbana
Frantunes
 
Projeto de lei liberato - rodízio
Projeto de lei   liberato - rodízioProjeto de lei   liberato - rodízio
Projeto de lei liberato - rodízio
Jamildo Melo
 
Cartilha transporte
Cartilha transporteCartilha transporte
Cartilha transporte
CARLOS HENRIQUE Caca
 
Pl dispõe sobre a aplicação de multa ao cidadão que for flagrado jogando lixo...
Pl dispõe sobre a aplicação de multa ao cidadão que for flagrado jogando lixo...Pl dispõe sobre a aplicação de multa ao cidadão que for flagrado jogando lixo...
Pl dispõe sobre a aplicação de multa ao cidadão que for flagrado jogando lixo...
drtaylorjr
 
Lei nº 2.473, de 23 de janeiro de 2013
Lei nº 2.473, de 23 de janeiro de 2013Lei nº 2.473, de 23 de janeiro de 2013
Lei nº 2.473, de 23 de janeiro de 2013
drtaylorjr
 
Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbano
Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbanoSistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbano
Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbano
Andre Dantas
 
Prl 1 cvt = pl 131-2011
Prl 1 cvt =  pl 131-2011Prl 1 cvt =  pl 131-2011
Prl 1 cvt = pl 131-2011
poponapolitica
 
PLANO DE MOBILIDADE URBANA - Potisystems
PLANO DE MOBILIDADE URBANA - PotisystemsPLANO DE MOBILIDADE URBANA - Potisystems
PLANO DE MOBILIDADE URBANA - Potisystems
pbjunior
 
Projeto de lei nº 012 11 dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos ...
Projeto de lei nº 012 11 dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos ...Projeto de lei nº 012 11 dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos ...
Projeto de lei nº 012 11 dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos ...
cairo maia
 
Miriam Belchior apresenta dados sobre mobilidade urbana
Miriam Belchior apresenta dados sobre mobilidade urbanaMiriam Belchior apresenta dados sobre mobilidade urbana
Miriam Belchior apresenta dados sobre mobilidade urbana
Palácio do Planalto
 
PMUS - Documento 1 - Os Planos de Mobilidade Urbana Sustentável
PMUS - Documento 1 - Os Planos de Mobilidade Urbana SustentávelPMUS - Documento 1 - Os Planos de Mobilidade Urbana Sustentável
PMUS - Documento 1 - Os Planos de Mobilidade Urbana Sustentável
Pedro Geaquinto
 
2012 pl dispõe sobre o acesso à informação de itinerários e horários das li...
2012 pl   dispõe sobre o acesso à informação de itinerários e horários das li...2012 pl   dispõe sobre o acesso à informação de itinerários e horários das li...
2012 pl dispõe sobre o acesso à informação de itinerários e horários das li...
drtaylorjr
 
Vereador Rezende - Projeto Lei 05
Vereador Rezende - Projeto Lei 05Vereador Rezende - Projeto Lei 05
Vereador Rezende - Projeto Lei 05
Prestone
 
Debate Automóvel e Consumo - João Alencar
Debate Automóvel e Consumo - João AlencarDebate Automóvel e Consumo - João Alencar
Debate Automóvel e Consumo - João Alencar
IDEC - Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor
 
P L_09_15
P L_09_15P L_09_15
P L_09_15
Marcelo Celloto
 

Mais procurados (20)

Presentación de IPEA
Presentación de IPEAPresentación de IPEA
Presentación de IPEA
 
Parecer_PGE_Rodoviários
Parecer_PGE_RodoviáriosParecer_PGE_Rodoviários
Parecer_PGE_Rodoviários
 
Proposicao 062.00073.2011 (3)
Proposicao 062.00073.2011 (3)Proposicao 062.00073.2011 (3)
Proposicao 062.00073.2011 (3)
 
Mobilidade urbana pdf
 Mobilidade urbana pdf Mobilidade urbana pdf
Mobilidade urbana pdf
 
PL dupla funcao motorista PE
PL dupla funcao motorista PEPL dupla funcao motorista PE
PL dupla funcao motorista PE
 
Viral mobilidade urbana
Viral mobilidade urbana Viral mobilidade urbana
Viral mobilidade urbana
 
Projeto de lei liberato - rodízio
Projeto de lei   liberato - rodízioProjeto de lei   liberato - rodízio
Projeto de lei liberato - rodízio
 
Cartilha transporte
Cartilha transporteCartilha transporte
Cartilha transporte
 
Pl dispõe sobre a aplicação de multa ao cidadão que for flagrado jogando lixo...
Pl dispõe sobre a aplicação de multa ao cidadão que for flagrado jogando lixo...Pl dispõe sobre a aplicação de multa ao cidadão que for flagrado jogando lixo...
Pl dispõe sobre a aplicação de multa ao cidadão que for flagrado jogando lixo...
 
Lei nº 2.473, de 23 de janeiro de 2013
Lei nº 2.473, de 23 de janeiro de 2013Lei nº 2.473, de 23 de janeiro de 2013
Lei nº 2.473, de 23 de janeiro de 2013
 
Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbano
Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbanoSistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbano
Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbano
 
Prl 1 cvt = pl 131-2011
Prl 1 cvt =  pl 131-2011Prl 1 cvt =  pl 131-2011
Prl 1 cvt = pl 131-2011
 
PLANO DE MOBILIDADE URBANA - Potisystems
PLANO DE MOBILIDADE URBANA - PotisystemsPLANO DE MOBILIDADE URBANA - Potisystems
PLANO DE MOBILIDADE URBANA - Potisystems
 
Projeto de lei nº 012 11 dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos ...
Projeto de lei nº 012 11 dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos ...Projeto de lei nº 012 11 dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos ...
Projeto de lei nº 012 11 dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos ...
 
Miriam Belchior apresenta dados sobre mobilidade urbana
Miriam Belchior apresenta dados sobre mobilidade urbanaMiriam Belchior apresenta dados sobre mobilidade urbana
Miriam Belchior apresenta dados sobre mobilidade urbana
 
PMUS - Documento 1 - Os Planos de Mobilidade Urbana Sustentável
PMUS - Documento 1 - Os Planos de Mobilidade Urbana SustentávelPMUS - Documento 1 - Os Planos de Mobilidade Urbana Sustentável
PMUS - Documento 1 - Os Planos de Mobilidade Urbana Sustentável
 
2012 pl dispõe sobre o acesso à informação de itinerários e horários das li...
2012 pl   dispõe sobre o acesso à informação de itinerários e horários das li...2012 pl   dispõe sobre o acesso à informação de itinerários e horários das li...
2012 pl dispõe sobre o acesso à informação de itinerários e horários das li...
 
Vereador Rezende - Projeto Lei 05
Vereador Rezende - Projeto Lei 05Vereador Rezende - Projeto Lei 05
Vereador Rezende - Projeto Lei 05
 
Debate Automóvel e Consumo - João Alencar
Debate Automóvel e Consumo - João AlencarDebate Automóvel e Consumo - João Alencar
Debate Automóvel e Consumo - João Alencar
 
P L_09_15
P L_09_15P L_09_15
P L_09_15
 

Semelhante a Anexo 11

LF_12.587-2012_politica-nacional_de_mobilidade_urbana.pdf
LF_12.587-2012_politica-nacional_de_mobilidade_urbana.pdfLF_12.587-2012_politica-nacional_de_mobilidade_urbana.pdf
LF_12.587-2012_politica-nacional_de_mobilidade_urbana.pdf
Jackson920081
 
Lei ordinaria-3708-2012-amparo-sp (1) (1)
Lei ordinaria-3708-2012-amparo-sp (1) (1)Lei ordinaria-3708-2012-amparo-sp (1) (1)
Lei ordinaria-3708-2012-amparo-sp (1) (1)
Rogerio Catanese
 
Carta aberta aos prefeitos eleitos
Carta aberta aos prefeitos eleitosCarta aberta aos prefeitos eleitos
Carta aberta aos prefeitos eleitos
Roberta Soares
 
Projeto de lei gilberto alves - restrição de veículos
Projeto de lei   gilberto alves - restrição de veículosProjeto de lei   gilberto alves - restrição de veículos
Projeto de lei gilberto alves - restrição de veículos
Jamildo Melo
 
Sobre mobilidade em Fortaleza
Sobre mobilidade em FortalezaSobre mobilidade em Fortaleza
Sobre mobilidade em Fortaleza
João Alfredo Telles Melo
 
Projeto de lei passe livre
Projeto de lei passe livreProjeto de lei passe livre
Projeto de lei passe livre
Micael Carvalho
 
PL dupla funcao motorista PE
PL dupla funcao motorista PEPL dupla funcao motorista PE
PL dupla funcao motorista PE
Roberta Soares
 
PL 764_16 torna obrigatória audiência pública para aumentos de tarifas de pre...
PL 764_16 torna obrigatória audiência pública para aumentos de tarifas de pre...PL 764_16 torna obrigatória audiência pública para aumentos de tarifas de pre...
PL 764_16 torna obrigatória audiência pública para aumentos de tarifas de pre...
Claudio Figueiredo
 
Emenda Transporte Público à MP 936
Emenda Transporte Público à MP 936Emenda Transporte Público à MP 936
Emenda Transporte Público à MP 936
Roberta Soares
 
Projeto de Lei nº 7114/2015
Projeto de Lei nº 7114/2015Projeto de Lei nº 7114/2015
Projeto de Lei nº 7114/2015
vermtutty
 
parecer_restriçãoveiculos_recife_camara
parecer_restriçãoveiculos_recife_camaraparecer_restriçãoveiculos_recife_camara
parecer_restriçãoveiculos_recife_camara
Vinícius Sobreira
 
Parecer restrição de veículos
Parecer restrição de veículosParecer restrição de veículos
Parecer restrição de veículos
Jornal do Commercio
 
Câmara do Recife vota regulamentação do Uber
Câmara do Recife vota regulamentação do UberCâmara do Recife vota regulamentação do Uber
Câmara do Recife vota regulamentação do Uber
Portal NE10
 
Parecer de Reguffe sobre o PL do Uber
Parecer de Reguffe sobre o PL do UberParecer de Reguffe sobre o PL do Uber
Parecer de Reguffe sobre o PL do Uber
MetropolesDF
 
Agravo de Instrumento n. 2013.041971-1 - gratuidade transporte público idosos...
Agravo de Instrumento n. 2013.041971-1 - gratuidade transporte público idosos...Agravo de Instrumento n. 2013.041971-1 - gratuidade transporte público idosos...
Agravo de Instrumento n. 2013.041971-1 - gratuidade transporte público idosos...
Ministério Público de Santa Catarina
 
Manifestacao da-antp--a-cidadania-exige-um-tp-digno-economico-e-sustentavel-1-5
Manifestacao da-antp--a-cidadania-exige-um-tp-digno-economico-e-sustentavel-1-5Manifestacao da-antp--a-cidadania-exige-um-tp-digno-economico-e-sustentavel-1-5
Manifestacao da-antp--a-cidadania-exige-um-tp-digno-economico-e-sustentavel-1-5
Roberta Soares
 
Justiça determina 100% da frota de ônibus nas ruas, passageiros sentados e fi...
Justiça determina 100% da frota de ônibus nas ruas, passageiros sentados e fi...Justiça determina 100% da frota de ônibus nas ruas, passageiros sentados e fi...
Justiça determina 100% da frota de ônibus nas ruas, passageiros sentados e fi...
MatheusSantos699
 
Defensoria Pública entra com ação na Justiça contra ônibus lotados no Grande ...
Defensoria Pública entra com ação na Justiça contra ônibus lotados no Grande ...Defensoria Pública entra com ação na Justiça contra ônibus lotados no Grande ...
Defensoria Pública entra com ação na Justiça contra ônibus lotados no Grande ...
MatheusSantos699
 
Lei orgânica do municipio de manaus sobre transporte coletivo de passageiros
Lei orgânica do municipio de manaus sobre transporte coletivo de passageirosLei orgânica do municipio de manaus sobre transporte coletivo de passageiros
Lei orgânica do municipio de manaus sobre transporte coletivo de passageiros
Cristina Trindade
 
Parecer dos apps de transporte Recife
Parecer dos apps de transporte RecifeParecer dos apps de transporte Recife
Parecer dos apps de transporte Recife
Roberta Soares
 

Semelhante a Anexo 11 (20)

LF_12.587-2012_politica-nacional_de_mobilidade_urbana.pdf
LF_12.587-2012_politica-nacional_de_mobilidade_urbana.pdfLF_12.587-2012_politica-nacional_de_mobilidade_urbana.pdf
LF_12.587-2012_politica-nacional_de_mobilidade_urbana.pdf
 
Lei ordinaria-3708-2012-amparo-sp (1) (1)
Lei ordinaria-3708-2012-amparo-sp (1) (1)Lei ordinaria-3708-2012-amparo-sp (1) (1)
Lei ordinaria-3708-2012-amparo-sp (1) (1)
 
Carta aberta aos prefeitos eleitos
Carta aberta aos prefeitos eleitosCarta aberta aos prefeitos eleitos
Carta aberta aos prefeitos eleitos
 
Projeto de lei gilberto alves - restrição de veículos
Projeto de lei   gilberto alves - restrição de veículosProjeto de lei   gilberto alves - restrição de veículos
Projeto de lei gilberto alves - restrição de veículos
 
Sobre mobilidade em Fortaleza
Sobre mobilidade em FortalezaSobre mobilidade em Fortaleza
Sobre mobilidade em Fortaleza
 
Projeto de lei passe livre
Projeto de lei passe livreProjeto de lei passe livre
Projeto de lei passe livre
 
PL dupla funcao motorista PE
PL dupla funcao motorista PEPL dupla funcao motorista PE
PL dupla funcao motorista PE
 
PL 764_16 torna obrigatória audiência pública para aumentos de tarifas de pre...
PL 764_16 torna obrigatória audiência pública para aumentos de tarifas de pre...PL 764_16 torna obrigatória audiência pública para aumentos de tarifas de pre...
PL 764_16 torna obrigatória audiência pública para aumentos de tarifas de pre...
 
Emenda Transporte Público à MP 936
Emenda Transporte Público à MP 936Emenda Transporte Público à MP 936
Emenda Transporte Público à MP 936
 
Projeto de Lei nº 7114/2015
Projeto de Lei nº 7114/2015Projeto de Lei nº 7114/2015
Projeto de Lei nº 7114/2015
 
parecer_restriçãoveiculos_recife_camara
parecer_restriçãoveiculos_recife_camaraparecer_restriçãoveiculos_recife_camara
parecer_restriçãoveiculos_recife_camara
 
Parecer restrição de veículos
Parecer restrição de veículosParecer restrição de veículos
Parecer restrição de veículos
 
Câmara do Recife vota regulamentação do Uber
Câmara do Recife vota regulamentação do UberCâmara do Recife vota regulamentação do Uber
Câmara do Recife vota regulamentação do Uber
 
Parecer de Reguffe sobre o PL do Uber
Parecer de Reguffe sobre o PL do UberParecer de Reguffe sobre o PL do Uber
Parecer de Reguffe sobre o PL do Uber
 
Agravo de Instrumento n. 2013.041971-1 - gratuidade transporte público idosos...
Agravo de Instrumento n. 2013.041971-1 - gratuidade transporte público idosos...Agravo de Instrumento n. 2013.041971-1 - gratuidade transporte público idosos...
Agravo de Instrumento n. 2013.041971-1 - gratuidade transporte público idosos...
 
Manifestacao da-antp--a-cidadania-exige-um-tp-digno-economico-e-sustentavel-1-5
Manifestacao da-antp--a-cidadania-exige-um-tp-digno-economico-e-sustentavel-1-5Manifestacao da-antp--a-cidadania-exige-um-tp-digno-economico-e-sustentavel-1-5
Manifestacao da-antp--a-cidadania-exige-um-tp-digno-economico-e-sustentavel-1-5
 
Justiça determina 100% da frota de ônibus nas ruas, passageiros sentados e fi...
Justiça determina 100% da frota de ônibus nas ruas, passageiros sentados e fi...Justiça determina 100% da frota de ônibus nas ruas, passageiros sentados e fi...
Justiça determina 100% da frota de ônibus nas ruas, passageiros sentados e fi...
 
Defensoria Pública entra com ação na Justiça contra ônibus lotados no Grande ...
Defensoria Pública entra com ação na Justiça contra ônibus lotados no Grande ...Defensoria Pública entra com ação na Justiça contra ônibus lotados no Grande ...
Defensoria Pública entra com ação na Justiça contra ônibus lotados no Grande ...
 
Lei orgânica do municipio de manaus sobre transporte coletivo de passageiros
Lei orgânica do municipio de manaus sobre transporte coletivo de passageirosLei orgânica do municipio de manaus sobre transporte coletivo de passageiros
Lei orgânica do municipio de manaus sobre transporte coletivo de passageiros
 
Parecer dos apps de transporte Recife
Parecer dos apps de transporte RecifeParecer dos apps de transporte Recife
Parecer dos apps de transporte Recife
 

Mais de Rio Ônibus Informa

Manual de tarifa e TIR
Manual de tarifa e TIRManual de tarifa e TIR
Manual de tarifa e TIR
Rio Ônibus Informa
 
Tarifa Municipal 2014
Tarifa Municipal 2014Tarifa Municipal 2014
Tarifa Municipal 2014
Rio Ônibus Informa
 
Convencao Coletiva 2014
Convencao Coletiva 2014Convencao Coletiva 2014
Convencao Coletiva 2014
Rio Ônibus Informa
 
Consulta Internorte
Consulta InternorteConsulta Internorte
Consulta Internorte
Rio Ônibus Informa
 
Parecer do professor Miguel Reale Júnior
Parecer do professor Miguel Reale Júnior Parecer do professor Miguel Reale Júnior
Parecer do professor Miguel Reale Júnior
Rio Ônibus Informa
 
Anexo E Intersul
Anexo E IntersulAnexo E Intersul
Anexo E Intersul
Rio Ônibus Informa
 
Anexo C Intersul
Anexo C IntersulAnexo C Intersul
Anexo C Intersul
Rio Ônibus Informa
 
Anexo B Intersul
Anexo B IntersulAnexo B Intersul
Anexo B Intersul
Rio Ônibus Informa
 
Anexo A Intersul
Anexo A IntersulAnexo A Intersul
Anexo A Intersul
Rio Ônibus Informa
 
Anexo D Intersul
Anexo D IntersulAnexo D Intersul
Anexo D Intersul
Rio Ônibus Informa
 
1 termoaditivoconsorciointersul
1 termoaditivoconsorciointersul1 termoaditivoconsorciointersul
1 termoaditivoconsorciointersul
Rio Ônibus Informa
 
Sistema de ônibus da cidade do Rio de Janeiro
Sistema de ônibus da cidade do Rio de JaneiroSistema de ônibus da cidade do Rio de Janeiro
Sistema de ônibus da cidade do Rio de Janeiro
Rio Ônibus Informa
 
Anexo E Transcarioca
Anexo E TranscariocaAnexo E Transcarioca
Anexo E Transcarioca
Rio Ônibus Informa
 
Anexo D Transcarioca
Anexo D TranscariocaAnexo D Transcarioca
Anexo D Transcarioca
Rio Ônibus Informa
 
Anexo C Transcarioca
Anexo C TranscariocaAnexo C Transcarioca
Anexo C Transcarioca
Rio Ônibus Informa
 
Anexo B Transcarioca
Anexo B TranscariocaAnexo B Transcarioca
Anexo B Transcarioca
Rio Ônibus Informa
 
Anexo A Transcarioca
Anexo A TranscariocaAnexo A Transcarioca
Anexo A Transcarioca
Rio Ônibus Informa
 
Segundo termo aditivo do contrato de concessão consórcio Transcarioca
Segundo termo aditivo do contrato de concessão consórcio TranscariocaSegundo termo aditivo do contrato de concessão consórcio Transcarioca
Segundo termo aditivo do contrato de concessão consórcio Transcarioca
Rio Ônibus Informa
 
Termo aditivo do contrato de concessão consórcio Transcarioca
Termo aditivo do contrato de concessão consórcio TranscariocaTermo aditivo do contrato de concessão consórcio Transcarioca
Termo aditivo do contrato de concessão consórcio Transcarioca
Rio Ônibus Informa
 
Termo aditivo do contrato de concessão consórcio Santa Cruz
Termo aditivo do contrato de concessão consórcio Santa CruzTermo aditivo do contrato de concessão consórcio Santa Cruz
Termo aditivo do contrato de concessão consórcio Santa Cruz
Rio Ônibus Informa
 

Mais de Rio Ônibus Informa (20)

Manual de tarifa e TIR
Manual de tarifa e TIRManual de tarifa e TIR
Manual de tarifa e TIR
 
Tarifa Municipal 2014
Tarifa Municipal 2014Tarifa Municipal 2014
Tarifa Municipal 2014
 
Convencao Coletiva 2014
Convencao Coletiva 2014Convencao Coletiva 2014
Convencao Coletiva 2014
 
Consulta Internorte
Consulta InternorteConsulta Internorte
Consulta Internorte
 
Parecer do professor Miguel Reale Júnior
Parecer do professor Miguel Reale Júnior Parecer do professor Miguel Reale Júnior
Parecer do professor Miguel Reale Júnior
 
Anexo E Intersul
Anexo E IntersulAnexo E Intersul
Anexo E Intersul
 
Anexo C Intersul
Anexo C IntersulAnexo C Intersul
Anexo C Intersul
 
Anexo B Intersul
Anexo B IntersulAnexo B Intersul
Anexo B Intersul
 
Anexo A Intersul
Anexo A IntersulAnexo A Intersul
Anexo A Intersul
 
Anexo D Intersul
Anexo D IntersulAnexo D Intersul
Anexo D Intersul
 
1 termoaditivoconsorciointersul
1 termoaditivoconsorciointersul1 termoaditivoconsorciointersul
1 termoaditivoconsorciointersul
 
Sistema de ônibus da cidade do Rio de Janeiro
Sistema de ônibus da cidade do Rio de JaneiroSistema de ônibus da cidade do Rio de Janeiro
Sistema de ônibus da cidade do Rio de Janeiro
 
Anexo E Transcarioca
Anexo E TranscariocaAnexo E Transcarioca
Anexo E Transcarioca
 
Anexo D Transcarioca
Anexo D TranscariocaAnexo D Transcarioca
Anexo D Transcarioca
 
Anexo C Transcarioca
Anexo C TranscariocaAnexo C Transcarioca
Anexo C Transcarioca
 
Anexo B Transcarioca
Anexo B TranscariocaAnexo B Transcarioca
Anexo B Transcarioca
 
Anexo A Transcarioca
Anexo A TranscariocaAnexo A Transcarioca
Anexo A Transcarioca
 
Segundo termo aditivo do contrato de concessão consórcio Transcarioca
Segundo termo aditivo do contrato de concessão consórcio TranscariocaSegundo termo aditivo do contrato de concessão consórcio Transcarioca
Segundo termo aditivo do contrato de concessão consórcio Transcarioca
 
Termo aditivo do contrato de concessão consórcio Transcarioca
Termo aditivo do contrato de concessão consórcio TranscariocaTermo aditivo do contrato de concessão consórcio Transcarioca
Termo aditivo do contrato de concessão consórcio Transcarioca
 
Termo aditivo do contrato de concessão consórcio Santa Cruz
Termo aditivo do contrato de concessão consórcio Santa CruzTermo aditivo do contrato de concessão consórcio Santa Cruz
Termo aditivo do contrato de concessão consórcio Santa Cruz
 

Anexo 11

  • 1. 1 ANEXO XI PROJETO DE LEI QUE INSTITUI O BILHETE ÚNICO MUNICIPAL ENCAMINHADO PELO PODER EXECUTIVO À CÂMARA DE VEREADORES
  • 2. 2 MENSAGEM N.º 97 DE 11 DE junho DE 2010 Excelentíssimo Senhor Vereador Presidente Excelentíssimos Senhores Vereadores da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Dirijo-me a Vossas Excelências para encaminhar, em anexo, Projeto de Lei, que “Institui o Bilhete Único Municipal”. Nas grandes cidades brasileiras, o transporte coletivo é um serviço público absolutamente essencial para o bem estar das camadas mais humildes da população, sendo que o acesso a esse serviço é, para milhões de brasileiros, o único meio de locomover-se em busca do sustento, do trabalho, da educação ou do lazer. As longas distâncias impostas pelo ambiente urbano das grandes cidades impõem a muitos a necessidade de utilização de diferentes linhas e, por vezes, diferentes modais de transporte coletivo (ônibus, vans, metrô, trens, entre outros), com vistas à realização de uma única viagem, por exemplo, de casa ao trabalho, ou do trabalho à escola. Esse fato acaba por distanciar o transporte coletivo do ideal da modicidade tarifária, tornando-o inacessível, para muitos, dispendioso para outros ou, simplesmente, pouco atrativo. De outra parte, é notório que, nas grandes cidades, somente o incentivo à utilização do transporte coletivo pode resolver os problemas ambientais fruto das emissões gasosas relacionadas ao intenso uso do automóvel, bem como desagravar a lentidão do trânsito. Todos esses fatos têm levado os maiores municípios brasileiros a implantar políticas públicas que promovem a integração de suas redes de transporte coletivo por meio do chamado bilhete único. Ao Exmo. Sr. Vereador JORGE FELIPPE Presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro GABINETE DO PREFEITO
  • 3. 3 Com algumas variantes, fruto das peculiaridades de cada local, a política do bilhete único visa a possibilitar que o usuário do transporte coletivo pague uma única tarifa nas principais viagens que faz (de casa ao trabalho, por exemplo) independentemente do número de linhas de ônibus ou dos diferentes modais de transporte coletivo que utilize. Assim, em face do exposto, solicito a aprovação deste novo Projeto de Lei, em regime de urgência, na forma do art. 73 da Lei Orgânica Municipal, considerando o relevante interesse público envolvido na modicidade tarifária, com benefício direto para as camadas mais humildes da população, no incentivo do transporte coletivo e na preservação do meio ambiente. Aproveito para renovar os protestos de minha alta estima e distinta consideração. EDUARDO PAES GABINETE DO PREFEITO
  • 4. 4 PROJETO DE LEI Nº Institui o Bilhete Único Municipal. Autor: Poder Executivo A CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO DECRETA: Art. 1º Fica instituído o Bilhete Único Municipal no Município do Rio de Janeiro. §1º O Bilhete Único Municipal poderá ser utilizado pelos usuários de linhas municipais do Município do Rio de Janeiro, ficando assegurado o benefício tarifário em questão exclusivamente nos ônibus urbanos, sem ar condicionado, regidos pela Norma ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas - NBR 15570:2009. §2º O Poder Executivo poderá estender o benefício tarifário de que trata a presente Lei a outros tipos de veículos integrantes do sistema municipal de transporte coletivo de passageiros. §3º A utilização do Bilhete Único Municipal no Serviço de Transporte Público Urbano Local - STPL e demais modalidades de transportes coletivos existentes ou a serem criadas no Município dependerá de regulamentação específica do Poder Executivo. Art. 2º A implantação e execução do Bilhete Único Municipal observarão os seguintes princípios: I – modicidade tarifária; II – acessibilidade aos serviços públicos; III – universalidade dos serviços públicos; IV – atualidade quanto ao emprego de tecnologias; V – transparência; VI - interoperabilidade; GABINETE DO PREFEITO
  • 5. 5 VII – preservação do equilíbrio econômico-financeiro; VIII – eficiência; IX – controle público. Art. 3º A tarifa a ser cobrada do usuário pelo direito de uma viagem, nas condições previstas na presente Lei e em sua regulamentação, corresponderá a R$ 2,40 (dois Reais e quarenta centavos). Parágrafo único. A tarifa de que trata o caput deste artigo poderá ser reajustada ou revista de acordo com os critérios que vierem a ser estabelecidos pelo Poder Executivo ou fixados contratualmente. Art. 4º Compete ao Poder Executivo fixar a data de implantação do Bilhete Único Municipal, sendo que esta não poderá ultrapassar o dia 31 de dezembro de 2010. Art. 5º O pagamento da tarifa de que trata o art. 3º desta Lei confere ao usuário do Bilhete Único Municipal o direito a uma viagem. Parágrafo único. Entende-se por viagem o deslocamento unidirecional entre uma origem e um destino, não sendo incluído o retorno, que é considerada uma outra viagem. Art. 6º O direito a uma viagem possibilita ao usuário a utilização dos ônibus integrantes do sistema municipal de transporte coletivo de passageiros do Município, de um ou mais operadores, permissionário ou concessionário, para até um transbordo em duas horas. Parágrafo único. O Poder Executivo poderá ampliar o número de transbordos e estender o tempo de duração, entre o primeiro embarque e a última integração, respeitado o equilíbrio econômico-financeiro da tarifa a que alude o artigo 3º desta Lei. Art. 7º A integração do Bilhete Único Municipal com outros modos de transporte que operem no Município do Rio de Janeiro será estabelecida por regulamento próprio. Art. 8º O Bilhete Único Municipal poderá ser utilizado para viagens, nas seguintes modalidades: GABINETE DO PREFEITO
  • 6. 6 I - comum: cujos créditos sejam adquiridos diretamente pelo usuário, nos termos da legislação vigente; II – vale-transporte: cujos créditos sejam adquiridos diretamente pelos empregadores, para utilização por seus empregados, ou diretamente pelo usuário, nos termos da legislação vigente; III – gratuidades, nos casos previstos na legislação. Art. 9º O Poder Executivo, através de regulamento próprio, estabelecerá as formas de eventuais contrapartidas às gratuidades previstas em Lei para o serviço de transporte coletivo de passageiros por ônibus. Art. 10 Esta Lei entra em vigor na data da sua publicação. GABINETE DO PREFEITO