SlideShare uma empresa Scribd logo
INSTITUTO FEDERAL
ESPIRITO SANTO
Campus Colatina
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
"Para saber se o bolo de chocolate está bom,
basta comer uma fatia."
 O que é?
Exemplos:
 Sondagens de opinião pública
 Inspeção de Mercado
AMOSTRAGEM
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Grade
 Técnicas de Amostragens
 Amostragem Probabilística
 Amostragem Não Probabilística
PROCESSO DE
AMOSTRAGEM
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Todos elementos tem a chance de participar
da amostra
 Difícil Aplicação
 Maior confiabilidade nos dados
 Possibilidade da a aplicação de técnicas
estatísticas e inferência
AMOSTRAGEM
PROBABILÍSTICA
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Todos os elementos tem chances iguais de
participar da amostra
 Método sem reposição
 Método com reposição
 Tabela de números aleatórios
AMOSTRAGEM CASUAL
SIMPLES
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Todos os elementos tem chances iguais de
participar da amostra
 Certificar-se de que não há nenhum padrão
presente na grade
 Grupos com quantidade de elementos iguais
 Seleção de elementos para a amostra
AMOSTRAGEM SISTEMÁTICA
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Todos os elementos tem chances iguais de
participar da amostra
 Divisão de grupos que ocorrem naturalmente
 Grupos podem ser de quantidades de
elementos diferentes
 Seleção de elementos para amostra
 Elementos da amostra em curtas distâncias
AMOSTRAGEM POR
CONCLOMERADOS
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Estratos
 Subconjuntos baseados em características
comuns
 Em cada conjunto é aplicado a amostra
casual simples
AMOSTRAGEM
ESTRATIFICADA
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Combinação de dois ou mais tipos de
amostragens probabilísticos em duas ou
mais etapas
AMOSTRAGEM POR
MÚLTIPLOS ESTÁGIOS
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Amostragens em que o pesquisador escolhe
diretamente os elementos inclusos na
amostra.
 Não é possível estender os resultados da
pesquisa a toda a população
AMOSTRAGEM NÃO-
PROBABILÍSTICA
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Por vezes não temos acesso a toda a
população
INACESSIBILIADE DA
POPULAÇÃO
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Simplifica o processo
 Procura ser aleatório sem, no entanto,
realizar propriamente o sorteio usando algum
dispositivo aleatório confiável
AMOSTRAGEM A ESMO OU
SEM NORMA
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Impossível realizar amostragem
probabilística
 Enquartação
POPULAÇÃO FORMADA POR
MATERIAL CONTÍNUO
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Coleta de opiniões de peritos pré-
selecionados
 É considerado um processo arriscado
 Comumente utilizado em pesquisas
qualitativas
 Amostragem por cotas
AMOSTRAGENS
INTENCIONAIS OU POR
JULGAMENTO
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Quando os próprios componentes da
população se voluntariam para participar da
pesquisa
 Muito comum para saber a opinião de
leitores sobre certo conteúdo.
AMOSTRAGENS POR
VOLUNTÁRIOS
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Foram utilizados duas amostragens, ambas
utilizando o método de amostragem
intencional por cotas.
 Empresas e seus respectivos escolhidas
para análise dos dados:
1. OGX Petróleo – Petróleo, gás e
combustíveis;
2. Banco do Brasil – Financeiro;
3. MRV Engenharia – Construção e
transporte;
4. Positivo Informática – Tecnologia da
Informação;
MÉTODO DE AMOTRAGEM
UTILIZADO
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 Ser empresa de capital aberto;
 Constar na BM&F Bovespa;
 Ter tempo o suficiente na BM&F Bovespa,
para ser retirado de seus dados uma
amostra robusta (mais de 1000 dados);
 Cada empresa deve pertencer a um setor
diferente;
 Constar na amostra, obrigatoriamente, a
empresa OGX Petróleo.
COTAS – PRIMEIRA
AMOSTRAGEM
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
 De cada empresa tem que ser retirado um
período capaz de fornecer uma quantidade
de dados robusta (mais de 1000 dados);
 O fim do período selecionado deve estar
próximo à atual.
COTAS – SEGUNDA
AMOSTRAGEM
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
Gráfico OGX
0
5
10
15
20
25
Cotação
Tempo
OGX Petróleo
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
Gráfico Banco do Brasil
0
5
10
15
20
25
30
35
40
Cotação
Tempo
Banco do Brasil AS
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
Gráfico MRV Engenharia
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
Cotação
Tempo
MRV Engenharia
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
Gráfico Positivo Informática
0
5
10
15
20
25
Cotação
Tempo
Positivo Informática
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
Gráfico Vale do Rio Doce
0
10
20
30
40
50
60
70
Cotação
Tempo
Vale do Rio Doce
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
ESTATÍSTICA DESCRITIVA
Estatística Descritiva
OGX BBA MRV POSITIVO VALE
Mínimo 0,13 18,2 6,09 2,2 28,39
Máximo 23,27 34,98 18,3 21,85 60,92
Moda 0,24 28 13,4 5,02 37,4
Amplitude 23,14 16,78 12,21 19,65 32,53
Média 10,60 26,03 11,67 8,11 42,98
Mediana 12,89 26,02 11,75 5,69 42,16
Variância 55,23 12,33 7,01 28,30 65,88
Desvio Padrão 7,43 3,51 2,65 5,32 8,12
Coef. de Variação 70,14 13,50 22,69 65,59 18,89
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
Comparação dos Gráficos
0
10
20
30
40
50
60
70
1/7/2010 1/7/2011 1/7/2012 1/7/2013 1/7/2014
Cotação
Comparação das Empresas
Banco do Brasil
OGX Petróleo
MRV Engenharia
Positivo Informática
Vale do Rio Doce
 Mínimo na tabela corresponde ao menor
valor de cada empresa que foi apresentado
no período referente ao período de 07/01/10
a 11/04/2013
 Máximo corresponde ao maior valor nesse
mesmo período
 É a diferença entre o maior e o menor dos
valores da série.
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
Mínimo, máximo e amplitude
 Moda é o valor que ocorre com maior
frequência em um conjunto de dados.
 O valor da mediana encontra-se no centro da
série estatística organizada.
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
Moda e mediana
 Quociente da divisão da soma dos valores
da variável pelo número deles
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
Média
 A variância leva em consideração os valores
extremos e os valores intermediários, isto é,
expressa melhor os resultados obtidos
 A variância é usada para calcular o desvio
padrão, que, na prática, é sua maior utilidade
 O desvio padrão é a medida mais usada na
comparação de diferenças entre conjuntos
de dados, por ter grande precisão.
 O desvio padrão traz informações
reveladoras em relação à oscilação do valor
das ações das empresas
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
Variância e desvio padrão
 Coeficiente da variação, trata-se de uma
medida relativa de dispersão útil para a
comparação em termos relativos do grau de
concentração
 Baixa dispersão: CV ≤ 15%
 Média dispersão: 15%< CV<30%
 Alta dispersão: CV ≥ 30%
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
Coeficiente de variação
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
CONCLUSÃO
Amostragem
Processo de
Amostragem
Amostragem
probabilística
Amostragem
não-
probabilística
Método de
Amostragem
Estatística
Descritiva
Conclusão
PERGUNTAS
INSTITUTO FEDERAL
ESPIRITO SANTO
Campus Colatina

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 1 - Bioestatística
Aula 1 - BioestatísticaAula 1 - Bioestatística
Aula 1 - Bioestatística
Caroline Godoy
 
Cálculo Amostral
Cálculo AmostralCálculo Amostral
Cálculo Amostral
César William
 
Teste de Wilcoxon
Teste de WilcoxonTeste de Wilcoxon
Teste de Wilcoxon
Charles Lima
 
Estatística Descritiva
Estatística DescritivaEstatística Descritiva
Regressao linear
Regressao linearRegressao linear
Regressao linear
Mitsubishi Motors Brasil
 
Aula1: Introdução á Bioestatística
Aula1: Introdução á BioestatísticaAula1: Introdução á Bioestatística
Aula1: Introdução á Bioestatística
ansansil
 
Metanálise
MetanáliseMetanálise
Correlacao
CorrelacaoCorrelacao
Correlacao
jon024
 
Tipos de estudo
Tipos de estudoTipos de estudo
Tipos de estudo
Flavio Salomao-Miranda
 
Prática de Regressão no SPSS
Prática de Regressão no SPSSPrática de Regressão no SPSS
Prática de Regressão no SPSS
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Amostragem inferencial
Amostragem inferencialAmostragem inferencial
Amostragem inferencial
JooVictorTupinamb
 
Testes de hipóteses
Testes de hipótesesTestes de hipóteses
Testes de hipóteses
CLT Valuebased Services
 
Correlação Estatística
Correlação EstatísticaCorrelação Estatística
Correlação Estatística
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Aula de distribuição de probabilidade[1] cópia
Aula de distribuição de probabilidade[1]   cópiaAula de distribuição de probabilidade[1]   cópia
Aula de distribuição de probabilidade[1] cópia
Tuane Paixão
 
Bioestatística
 Bioestatística Bioestatística
Bioestatística
felipethoaldo
 
Aula 02 população amostra e dados
Aula 02   população amostra e dadosAula 02   população amostra e dados
Sistemas de apoio para tomada de decisão
Sistemas de apoio para tomada de decisãoSistemas de apoio para tomada de decisão
Sistemas de apoio para tomada de decisão
Anderson A. Rezende
 
Medidas de Tendência Central e Dispersão
Medidas de Tendência Central e DispersãoMedidas de Tendência Central e Dispersão
Medidas de Tendência Central e Dispersão
Wanderson Oliveira
 
Aula 01: Conceitos básicos de Estatística
Aula 01: Conceitos básicos de EstatísticaAula 01: Conceitos básicos de Estatística
Aula 01: Conceitos básicos de Estatística
Josimar M. Rocha
 
Bioestatistica
BioestatisticaBioestatistica
Bioestatistica
Bruno Gomes
 

Mais procurados (20)

Aula 1 - Bioestatística
Aula 1 - BioestatísticaAula 1 - Bioestatística
Aula 1 - Bioestatística
 
Cálculo Amostral
Cálculo AmostralCálculo Amostral
Cálculo Amostral
 
Teste de Wilcoxon
Teste de WilcoxonTeste de Wilcoxon
Teste de Wilcoxon
 
Estatística Descritiva
Estatística DescritivaEstatística Descritiva
Estatística Descritiva
 
Regressao linear
Regressao linearRegressao linear
Regressao linear
 
Aula1: Introdução á Bioestatística
Aula1: Introdução á BioestatísticaAula1: Introdução á Bioestatística
Aula1: Introdução á Bioestatística
 
Metanálise
MetanáliseMetanálise
Metanálise
 
Correlacao
CorrelacaoCorrelacao
Correlacao
 
Tipos de estudo
Tipos de estudoTipos de estudo
Tipos de estudo
 
Prática de Regressão no SPSS
Prática de Regressão no SPSSPrática de Regressão no SPSS
Prática de Regressão no SPSS
 
Amostragem inferencial
Amostragem inferencialAmostragem inferencial
Amostragem inferencial
 
Testes de hipóteses
Testes de hipótesesTestes de hipóteses
Testes de hipóteses
 
Correlação Estatística
Correlação EstatísticaCorrelação Estatística
Correlação Estatística
 
Aula de distribuição de probabilidade[1] cópia
Aula de distribuição de probabilidade[1]   cópiaAula de distribuição de probabilidade[1]   cópia
Aula de distribuição de probabilidade[1] cópia
 
Bioestatística
 Bioestatística Bioestatística
Bioestatística
 
Aula 02 população amostra e dados
Aula 02   população amostra e dadosAula 02   população amostra e dados
Aula 02 população amostra e dados
 
Sistemas de apoio para tomada de decisão
Sistemas de apoio para tomada de decisãoSistemas de apoio para tomada de decisão
Sistemas de apoio para tomada de decisão
 
Medidas de Tendência Central e Dispersão
Medidas de Tendência Central e DispersãoMedidas de Tendência Central e Dispersão
Medidas de Tendência Central e Dispersão
 
Aula 01: Conceitos básicos de Estatística
Aula 01: Conceitos básicos de EstatísticaAula 01: Conceitos básicos de Estatística
Aula 01: Conceitos básicos de Estatística
 
Bioestatistica
BioestatisticaBioestatistica
Bioestatistica
 

Destaque

Estatistica descritiva
Estatistica descritiva Estatistica descritiva
Estatistica descritiva
Geisla Maia Gomes
 
Noções de estatística 3º ano
Noções de estatística 3º anoNoções de estatística 3º ano
Noções de estatística 3º ano
Anna Nery Lima Santana Moura
 
Pesquisa de marketing online - Aula 2 - Aula de 26/03/2011
Pesquisa de marketing online - Aula 2 - Aula de 26/03/2011Pesquisa de marketing online - Aula 2 - Aula de 26/03/2011
Pesquisa de marketing online - Aula 2 - Aula de 26/03/2011
MBA em Marketing Digital e Gestão de Projetos Web
 
Estatística Básica - Ensino médio, concursos, 6 Sigma, Qualidade
Estatística Básica - Ensino médio, concursos, 6 Sigma, QualidadeEstatística Básica - Ensino médio, concursos, 6 Sigma, Qualidade
Estatística Básica - Ensino médio, concursos, 6 Sigma, Qualidade
Horacimar Cotrim
 
Estatística - Aula 2 - Estatística descritiva
Estatística - Aula 2 - Estatística descritivaEstatística - Aula 2 - Estatística descritiva
Estatística - Aula 2 - Estatística descritiva
Helder Lopes
 
Aula estatística descritiva básica
Aula estatística descritiva básicaAula estatística descritiva básica
Aula estatística descritiva básica
Horacimar Cotrim
 
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formandoEstatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Antonio Mankumbani Chora
 
Estatística Descritiva
Estatística DescritivaEstatística Descritiva
Estatística Descritiva
Federal University of Bahia
 
Nocoes basicas de estatistica
Nocoes basicas de estatistica Nocoes basicas de estatistica
Nocoes basicas de estatistica
Helena Borralho
 
Estatística Descritiva
Estatística DescritivaEstatística Descritiva
Estatística Descritiva
Anderson Pinho
 
Gestão de água e de resíduos
Gestão de água e de resíduosGestão de água e de resíduos
Gestão de água e de resíduos
Kikinho Goncalves
 
Boas praticas agua
Boas praticas aguaBoas praticas agua
Boas praticas agua
Soraya Santos
 
Censo da Educação Superior (Censup) 2013
Censo da Educação Superior (Censup) 2013Censo da Educação Superior (Censup) 2013
Censo da Educação Superior (Censup) 2013
Palácio do Planalto
 
Métodos de Pesquisa
Métodos de PesquisaMétodos de Pesquisa
Métodos de Pesquisa
Alfredo Dutra
 
Samuel Barrêto
Samuel BarrêtoSamuel Barrêto
Samuel Barrêto
ambev
 
Qualidade da água
Qualidade da águaQualidade da água
Qualidade da água
Wanessa de Castro
 
Exercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enemExercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enem
Estude Mais
 
Estatística 3.º ano
Estatística 3.º anoEstatística 3.º ano
Estatística 3.º ano
mariajosemaia
 
Tratamento De ResíDuos SóLidos
Tratamento De ResíDuos SóLidosTratamento De ResíDuos SóLidos
Tratamento De ResíDuos SóLidos
Nuno Correia
 
Hidrostática
HidrostáticaHidrostática
Hidrostática
Juliocm Juliocm
 

Destaque (20)

Estatistica descritiva
Estatistica descritiva Estatistica descritiva
Estatistica descritiva
 
Noções de estatística 3º ano
Noções de estatística 3º anoNoções de estatística 3º ano
Noções de estatística 3º ano
 
Pesquisa de marketing online - Aula 2 - Aula de 26/03/2011
Pesquisa de marketing online - Aula 2 - Aula de 26/03/2011Pesquisa de marketing online - Aula 2 - Aula de 26/03/2011
Pesquisa de marketing online - Aula 2 - Aula de 26/03/2011
 
Estatística Básica - Ensino médio, concursos, 6 Sigma, Qualidade
Estatística Básica - Ensino médio, concursos, 6 Sigma, QualidadeEstatística Básica - Ensino médio, concursos, 6 Sigma, Qualidade
Estatística Básica - Ensino médio, concursos, 6 Sigma, Qualidade
 
Estatística - Aula 2 - Estatística descritiva
Estatística - Aula 2 - Estatística descritivaEstatística - Aula 2 - Estatística descritiva
Estatística - Aula 2 - Estatística descritiva
 
Aula estatística descritiva básica
Aula estatística descritiva básicaAula estatística descritiva básica
Aula estatística descritiva básica
 
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formandoEstatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
Estatistica aplicada exercicios resolvidos manual tecnico formando
 
Estatística Descritiva
Estatística DescritivaEstatística Descritiva
Estatística Descritiva
 
Nocoes basicas de estatistica
Nocoes basicas de estatistica Nocoes basicas de estatistica
Nocoes basicas de estatistica
 
Estatística Descritiva
Estatística DescritivaEstatística Descritiva
Estatística Descritiva
 
Gestão de água e de resíduos
Gestão de água e de resíduosGestão de água e de resíduos
Gestão de água e de resíduos
 
Boas praticas agua
Boas praticas aguaBoas praticas agua
Boas praticas agua
 
Censo da Educação Superior (Censup) 2013
Censo da Educação Superior (Censup) 2013Censo da Educação Superior (Censup) 2013
Censo da Educação Superior (Censup) 2013
 
Métodos de Pesquisa
Métodos de PesquisaMétodos de Pesquisa
Métodos de Pesquisa
 
Samuel Barrêto
Samuel BarrêtoSamuel Barrêto
Samuel Barrêto
 
Qualidade da água
Qualidade da águaQualidade da água
Qualidade da água
 
Exercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enemExercicios de estatistica no enem
Exercicios de estatistica no enem
 
Estatística 3.º ano
Estatística 3.º anoEstatística 3.º ano
Estatística 3.º ano
 
Tratamento De ResíDuos SóLidos
Tratamento De ResíDuos SóLidosTratamento De ResíDuos SóLidos
Tratamento De ResíDuos SóLidos
 
Hidrostática
HidrostáticaHidrostática
Hidrostática
 

Semelhante a Amostragens e análise

Capitulo 11
Capitulo 11Capitulo 11
My arquivo Amostragem_slides alunos.ppt
My arquivo Amostragem_slides alunos.pptMy arquivo Amostragem_slides alunos.ppt
My arquivo Amostragem_slides alunos.ppt
ssuser9f513e
 
MI - Amostragem.pptx
MI - Amostragem.pptxMI - Amostragem.pptx
MI - Amostragem.pptx
RitaQuintela4
 
Formas de amostragem
Formas de amostragemFormas de amostragem
Formas de amostragem
Paulo Diniz
 
Formas de amostragem inspeções
Formas de amostragem inspeçõesFormas de amostragem inspeções
Formas de amostragem inspeções
Paulo Diniz
 
Amostragem pesq mktppt
Amostragem pesq mktpptAmostragem pesq mktppt
Amostragem pesq mktppt
César William
 
Ii. O Processo De InvestigaçãO
Ii. O Processo De InvestigaçãOIi. O Processo De InvestigaçãO
Ii. O Processo De InvestigaçãO
guest5b37db
 
formas-de-amostragem-metodologia-pesquisa
formas-de-amostragem-metodologia-pesquisaformas-de-amostragem-metodologia-pesquisa
formas-de-amostragem-metodologia-pesquisa
ssuser494bbd
 
Aula 2 Teoria Da Amostragem Daniel
Aula 2 Teoria Da Amostragem DanielAula 2 Teoria Da Amostragem Daniel
Aula 2 Teoria Da Amostragem Daniel
guest8af68839
 
referente a estatística
referente a estatísticareferente a estatística
referente a estatística
Delmo Sintracap Santos
 
Amostragem em auditoria
Amostragem em auditoriaAmostragem em auditoria
Amostragem em auditoria
Universidade Pedagogica
 
Amostragem em auditoria
Amostragem em auditoriaAmostragem em auditoria
Amostragem em auditoria
Universidade Pedagogica
 
Aulas 9 e 10 - 7 Fundamentos de Auditoria
Aulas 9 e 10 - 7 Fundamentos de AuditoriaAulas 9 e 10 - 7 Fundamentos de Auditoria
Aulas 9 e 10 - 7 Fundamentos de Auditoria
Secretaria de Estado da Tributação do RN
 
EST008_Amostragem_19092023.ppt
EST008_Amostragem_19092023.pptEST008_Amostragem_19092023.ppt
EST008_Amostragem_19092023.ppt
BolaoTavares
 
Procedimentos de auditoria amostragem 2016
Procedimentos de auditoria  amostragem 2016Procedimentos de auditoria  amostragem 2016
Procedimentos de auditoria amostragem 2016
Universidade Federal de Viçosa
 
Amostragem: O Que É E Como Utilizá-la Em Um Trabalho De Auditoria
Amostragem: O Que É E Como Utilizá-la Em Um Trabalho De AuditoriaAmostragem: O Que É E Como Utilizá-la Em Um Trabalho De Auditoria
Amostragem: O Que É E Como Utilizá-la Em Um Trabalho De Auditoria
Marlon de Freitas
 
Aula - Amostragem.pdf
Aula - Amostragem.pdfAula - Amostragem.pdf
Aula - Amostragem.pdf
Wadiley Nascimento
 
Capacitação em análise de dados quantitativos
Capacitação em análise de dados quantitativosCapacitação em análise de dados quantitativos
Capacitação em análise de dados quantitativos
Aliny Lima
 
Probabilidade e estat+¡stica
Probabilidade e estat+¡sticaProbabilidade e estat+¡stica
Probabilidade e estat+¡stica
Rafael Dos Santos
 
Sistema Imunológico Artificial para Predição de Fraudes e Furtos de Energia E...
Sistema Imunológico Artificial para Predição de Fraudes e Furtos de Energia E...Sistema Imunológico Artificial para Predição de Fraudes e Furtos de Energia E...
Sistema Imunológico Artificial para Predição de Fraudes e Furtos de Energia E...
Mauricio Volkweis Astiazara
 

Semelhante a Amostragens e análise (20)

Capitulo 11
Capitulo 11Capitulo 11
Capitulo 11
 
My arquivo Amostragem_slides alunos.ppt
My arquivo Amostragem_slides alunos.pptMy arquivo Amostragem_slides alunos.ppt
My arquivo Amostragem_slides alunos.ppt
 
MI - Amostragem.pptx
MI - Amostragem.pptxMI - Amostragem.pptx
MI - Amostragem.pptx
 
Formas de amostragem
Formas de amostragemFormas de amostragem
Formas de amostragem
 
Formas de amostragem inspeções
Formas de amostragem inspeçõesFormas de amostragem inspeções
Formas de amostragem inspeções
 
Amostragem pesq mktppt
Amostragem pesq mktpptAmostragem pesq mktppt
Amostragem pesq mktppt
 
Ii. O Processo De InvestigaçãO
Ii. O Processo De InvestigaçãOIi. O Processo De InvestigaçãO
Ii. O Processo De InvestigaçãO
 
formas-de-amostragem-metodologia-pesquisa
formas-de-amostragem-metodologia-pesquisaformas-de-amostragem-metodologia-pesquisa
formas-de-amostragem-metodologia-pesquisa
 
Aula 2 Teoria Da Amostragem Daniel
Aula 2 Teoria Da Amostragem DanielAula 2 Teoria Da Amostragem Daniel
Aula 2 Teoria Da Amostragem Daniel
 
referente a estatística
referente a estatísticareferente a estatística
referente a estatística
 
Amostragem em auditoria
Amostragem em auditoriaAmostragem em auditoria
Amostragem em auditoria
 
Amostragem em auditoria
Amostragem em auditoriaAmostragem em auditoria
Amostragem em auditoria
 
Aulas 9 e 10 - 7 Fundamentos de Auditoria
Aulas 9 e 10 - 7 Fundamentos de AuditoriaAulas 9 e 10 - 7 Fundamentos de Auditoria
Aulas 9 e 10 - 7 Fundamentos de Auditoria
 
EST008_Amostragem_19092023.ppt
EST008_Amostragem_19092023.pptEST008_Amostragem_19092023.ppt
EST008_Amostragem_19092023.ppt
 
Procedimentos de auditoria amostragem 2016
Procedimentos de auditoria  amostragem 2016Procedimentos de auditoria  amostragem 2016
Procedimentos de auditoria amostragem 2016
 
Amostragem: O Que É E Como Utilizá-la Em Um Trabalho De Auditoria
Amostragem: O Que É E Como Utilizá-la Em Um Trabalho De AuditoriaAmostragem: O Que É E Como Utilizá-la Em Um Trabalho De Auditoria
Amostragem: O Que É E Como Utilizá-la Em Um Trabalho De Auditoria
 
Aula - Amostragem.pdf
Aula - Amostragem.pdfAula - Amostragem.pdf
Aula - Amostragem.pdf
 
Capacitação em análise de dados quantitativos
Capacitação em análise de dados quantitativosCapacitação em análise de dados quantitativos
Capacitação em análise de dados quantitativos
 
Probabilidade e estat+¡stica
Probabilidade e estat+¡sticaProbabilidade e estat+¡stica
Probabilidade e estat+¡stica
 
Sistema Imunológico Artificial para Predição de Fraudes e Furtos de Energia E...
Sistema Imunológico Artificial para Predição de Fraudes e Furtos de Energia E...Sistema Imunológico Artificial para Predição de Fraudes e Furtos de Energia E...
Sistema Imunológico Artificial para Predição de Fraudes e Furtos de Energia E...
 

Último

Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdfSistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Falcão Brasil
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Falcão Brasil
 
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Falcão Brasil
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 

Último (20)

Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdfSistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
 
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 

Amostragens e análise