SlideShare uma empresa Scribd logo
O APAIXONADO
João Baptista da Silva Leitão de Almeida nasceu no dia 4 de Fevereiro de 1799, no número 37 da Rua do Dr. Barbosa de Castro.  Viveu nesta casa até 1804, ano em que foi viver, com seus pais, para Vila Nova de Gaia.
Em 1809  parte para a Ilha Terceira, nos Açores  por causa das invasões francesas.  Aí recebe uma educação  muito rigorosa dada por um tio, bispo de Angra do Heroísmo, que desejava que o jovem  também seguisse  a vida eclesiástica.
A avó paterna chamava-se Antónia Margarida Garrett pelo que o homem apaixonado passou a ser conhecido por: Almeida Garrett
Era um homem vaidoso que ditava as modas nos salões mais elegantes.  Aos 23 anos editou um jornal dedicado a assuntos que só interessariam às senhoras: moda, beleza e economia doméstica. Não se falava de política.
“  Almeida Garrett estudava, lia muito, cedo percebeu que se sentia à vontade no reino das palavras. Aos 13 anos escreveu a primeira peça de teatro sobre um herói grego Xerxes”.  (Na crista da onda,2004) Também era conhecido pela sua  forma de falar em público. Os seus discursos encantavam quem o ouvia.
Apaixonado pelos estudos
Almeida Garrett era muito bom aluno.  Com 17 anos foi estudar para Coimbra, onde se destacou pelos discursos que fazia. Tirou o curso de Direito e  inscreveu-se no partido dos liberais.
Neste tempo havia dois partidos políticos: Os liberais e os absolutistas. Os liberais não queriam que o país fosse governado por reis, os absolutistas defendiam que só o rei deveria mandar no país, sem consultar ninguém. Quando os absolutistas tomaram o poder, Almeida Garrett exilou-se em Inglaterra . Lá escreveu um diário onde manifestou as saudades da família e do país.
Apaixonado pela política
No reinado de D. Maria II, Garrett dedicou-se à política e exerceu altos cargos.  Coordenou e elaborou um Plano Geral para a Educação. Foi diplomata, deputado e Ministro dos Negócios Estrangeiros. Uma das decisões mais importantes foi a construção do teatro D. Maria II em Lisboa e o Conservatório Nacional.
Em 1851 recebe o tão desejado título de Visconde.
Apaixonado pelas palavras
Durante os 3 anos que esteve exilado em Inglaterra conheceu outros escritores, que  estavam a criar um tipo de escrita diferente . Estava a nascer o  ROMANTISMO .  Esta corrente defendia que  cada homem era livre de pensar e de sentir. Também eram livres de se expressar de forma diferente, seguindo a sua inspiração e quebrando as regras. Nesta época criaram-se muitos romances históricos porque permitiam falar de histórias de amor de pessoas verdadeiras, misturando-as com lendas e tradições do país.
As suas obras mais importantes,  mais conhecidas e estudadas são: Viagens na minha terra  – é um livro em que o autor conta uma história de amor entre Carlos e Joaninha, durante uma viagem de combóio de Lisboa e Santarém. Fala também das lindas paisagens que se podem admirar ao longo dessa viagem.
Folhas Caídas  é uma das obras de poesia mais importantes da Literatura Portuguesa. Aqui o autor mostra a sua paixão pela vida e pela  beleza feminina.
(…) “ Era a noite da loucura, da sedução do prazer, Que em sua mantilha escura,  costuma tanta ventura,  tantas glórias esconder (…) À festa hei-de ir também eu! E fui e a noite era bela, mas não vi a minha estrela Que eu sempre via no céu: (…) “ Vale a pena vir à festa e vale a pena viver” (…)  (Aquela noite, 1853) http://www.estondela.pt/biblioteca/livros/poesia/folhas_caidas.pdf
Garrett escreveu muito teatro. Uma das mais importantes é a peça “Frei Luís de Sousa” que é muito representada. É uma história de amor cujos personagens principais são inspirados em figuras e acontecimentos históricos como D. Sebastião que se julgava ter morrido na batalha de Alcácer Quibir, mas que no final da obra aparece disfarçado de mendigo.
Garrett foi também jornalista.  Era uma das formas de divulgar as suas opiniões e críticas políticas.
Faleceu em Lisboa em 1854,  mas continua vivo através da sua obra, sempre que lemos os seus livros.
Há outras formas de não o esquecer. Estátua em frente ao edifício da Câmara Municipal do Porto Nome de uma praça na cidade do Porto,  (junto à estação de S. Bento) Avião da TAP
 
 
Temos estes livros na nossa biblioteca

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Almeida garrett
Almeida garrettAlmeida garrett
Almeida garrett
Lima
 
Almeida garrett
Almeida garrettAlmeida garrett
Almeida garrett
barbaraluiza
 
Almeida garrett
Almeida garrettAlmeida garrett
Almeida garrett
Maria Góis
 
Falar Verdade A Mentir
Falar Verdade A MentirFalar Verdade A Mentir
Falar Verdade A Mentir
MARIA NOGUE
 
Contextualização histórico literária - Almeida Garrett
Contextualização histórico literária - Almeida GarrettContextualização histórico literária - Almeida Garrett
Contextualização histórico literária - Almeida Garrett
Catarina Castro
 
Viagens na Minha Terra - Slides
Viagens na Minha Terra - SlidesViagens na Minha Terra - Slides
Viagens na Minha Terra - Slides
Gustavo Cardozo
 
Teatro romântico um auto de gil vicente
Teatro romântico  um auto de gil vicenteTeatro romântico  um auto de gil vicente
Teatro romântico um auto de gil vicente
Helena Coutinho
 
Falar Verdade a Mentir, de Almeida Garrett
Falar Verdade a Mentir, de Almeida GarrettFalar Verdade a Mentir, de Almeida Garrett
Falar Verdade a Mentir, de Almeida Garrett
Lurdes Augusto
 
Falar verdade a mentir
Falar verdade a mentirFalar verdade a mentir
Falar verdade a mentir
António Matias
 
António Feliciano de Castilho
António Feliciano de CastilhoAntónio Feliciano de Castilho
António Feliciano de Castilho
Maiina
 
Romantismo
Romantismo Romantismo
Antonio castilho
Antonio castilhoAntonio castilho
Antonio castilho
Hadoock Ezequiel
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Dona branca
Sistema de Bibliotecas UCS - Dona brancaSistema de Bibliotecas UCS - Dona branca
Sistema de Bibliotecas UCS - Dona branca
Biblioteca UCS
 
Contraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus Heterónimos
Contraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus HeterónimosContraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus Heterónimos
Contraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus Heterónimos
Ana Oliveira
 
José Lins Do Rego
José Lins Do RegoJosé Lins Do Rego
José Lins Do Rego
valdeniDinamizador
 
Biografia de almeida garett portugues
Biografia de almeida garett portuguesBiografia de almeida garett portugues
Biografia de almeida garett portugues
Migvip
 
Amor de perdicao_1
Amor de perdicao_1Amor de perdicao_1
Amor de perdicao_1
paulomartinsesma
 
O Tempo e o Vento - Érico Veríssimo
O Tempo e o Vento - Érico VeríssimoO Tempo e o Vento - Érico Veríssimo
O Tempo e o Vento - Érico Veríssimo
Anderson Rockenbach
 
Romantismo no Brasil
Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil
Romantismo no Brasil
Paula Meyer Piagentini
 
Sistema de Bibliotecas UCS - O suicida salvo pelo amor e pela amisade
Sistema de Bibliotecas UCS - O suicida salvo pelo amor e pela amisadeSistema de Bibliotecas UCS - O suicida salvo pelo amor e pela amisade
Sistema de Bibliotecas UCS - O suicida salvo pelo amor e pela amisade
Biblioteca UCS
 

Mais procurados (20)

Almeida garrett
Almeida garrettAlmeida garrett
Almeida garrett
 
Almeida garrett
Almeida garrettAlmeida garrett
Almeida garrett
 
Almeida garrett
Almeida garrettAlmeida garrett
Almeida garrett
 
Falar Verdade A Mentir
Falar Verdade A MentirFalar Verdade A Mentir
Falar Verdade A Mentir
 
Contextualização histórico literária - Almeida Garrett
Contextualização histórico literária - Almeida GarrettContextualização histórico literária - Almeida Garrett
Contextualização histórico literária - Almeida Garrett
 
Viagens na Minha Terra - Slides
Viagens na Minha Terra - SlidesViagens na Minha Terra - Slides
Viagens na Minha Terra - Slides
 
Teatro romântico um auto de gil vicente
Teatro romântico  um auto de gil vicenteTeatro romântico  um auto de gil vicente
Teatro romântico um auto de gil vicente
 
Falar Verdade a Mentir, de Almeida Garrett
Falar Verdade a Mentir, de Almeida GarrettFalar Verdade a Mentir, de Almeida Garrett
Falar Verdade a Mentir, de Almeida Garrett
 
Falar verdade a mentir
Falar verdade a mentirFalar verdade a mentir
Falar verdade a mentir
 
António Feliciano de Castilho
António Feliciano de CastilhoAntónio Feliciano de Castilho
António Feliciano de Castilho
 
Romantismo
Romantismo Romantismo
Romantismo
 
Antonio castilho
Antonio castilhoAntonio castilho
Antonio castilho
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Dona branca
Sistema de Bibliotecas UCS - Dona brancaSistema de Bibliotecas UCS - Dona branca
Sistema de Bibliotecas UCS - Dona branca
 
Contraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus Heterónimos
Contraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus HeterónimosContraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus Heterónimos
Contraste Cidade Campo Focando Fernando Pessoa E Seus Heterónimos
 
José Lins Do Rego
José Lins Do RegoJosé Lins Do Rego
José Lins Do Rego
 
Biografia de almeida garett portugues
Biografia de almeida garett portuguesBiografia de almeida garett portugues
Biografia de almeida garett portugues
 
Amor de perdicao_1
Amor de perdicao_1Amor de perdicao_1
Amor de perdicao_1
 
O Tempo e o Vento - Érico Veríssimo
O Tempo e o Vento - Érico VeríssimoO Tempo e o Vento - Érico Veríssimo
O Tempo e o Vento - Érico Veríssimo
 
Romantismo no Brasil
Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil
Romantismo no Brasil
 
Sistema de Bibliotecas UCS - O suicida salvo pelo amor e pela amisade
Sistema de Bibliotecas UCS - O suicida salvo pelo amor e pela amisadeSistema de Bibliotecas UCS - O suicida salvo pelo amor e pela amisade
Sistema de Bibliotecas UCS - O suicida salvo pelo amor e pela amisade
 

Semelhante a Almeida Garrett o apaixonado

Almeida Garrett Biografia
Almeida Garrett BiografiaAlmeida Garrett Biografia
Almeida Garrett Biografia
Helena Coutinho
 
Trabalho de história g.p.
Trabalho de história g.p.Trabalho de história g.p.
Trabalho de história g.p.
maria.antonia
 
Almeida Garrett
Almeida Garrett Almeida Garrett
Almeida Garrett
andreaires
 
..
....
Almeida garette -area de pro
Almeida garette -area de proAlmeida garette -area de pro
Almeida garette -area de pro
tyaguinho26
 
Viagens na minha terra - Almeida Garret - 3ª A - 2013
Viagens na minha terra - Almeida Garret - 3ª A -  2013Viagens na minha terra - Almeida Garret - 3ª A -  2013
Viagens na minha terra - Almeida Garret - 3ª A - 2013
Maria Inês de Souza Vitorino Justino
 
Viagens na minha Terra - 3ª A - 2013
Viagens na minha Terra - 3ª A -  2013Viagens na minha Terra - 3ª A -  2013
Viagens na minha Terra - 3ª A - 2013
Maria Inês de Souza Vitorino Justino
 
Alexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenário
Alexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenárioAlexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenário
Alexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenário
Domingos Boieiro
 
Alexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenário
Alexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenárioAlexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenário
Alexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenário
Domingos Boieiro
 
Almeida Garret |Frei Luís de sousa | Cena IV, Ato 2
Almeida Garret |Frei Luís de sousa | Cena IV, Ato 2Almeida Garret |Frei Luís de sousa | Cena IV, Ato 2
Almeida Garret |Frei Luís de sousa | Cena IV, Ato 2
José Mateus
 
Analise almeidagarret
Analise almeidagarretAnalise almeidagarret
Analise almeidagarret
Ilenice Trojahn
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Literatura
LiteraturaLiteratura
Eça de queiróz trabalho da universidade
Eça de queiróz trabalho da universidadeEça de queiróz trabalho da universidade
Eça de queiróz trabalho da universidade
marcos pereira
 
Aula 10 romantismo no brasil e em portugal
Aula 10   romantismo no brasil e em portugalAula 10   romantismo no brasil e em portugal
Aula 10 romantismo no brasil e em portugal
Jonatas Carlos
 
Manuel Teixeira Gomes descrito por Maria João Raminhos Duarte
Manuel Teixeira Gomes descrito por Maria João Raminhos DuarteManuel Teixeira Gomes descrito por Maria João Raminhos Duarte
Manuel Teixeira Gomes descrito por Maria João Raminhos Duarte
Loulet
 
Abraham lincoln
Abraham lincolnAbraham lincoln
Abraham lincoln
Diogo Guerreiro
 
Trabalho diana, eduardo, emanuel
Trabalho diana, eduardo, emanuelTrabalho diana, eduardo, emanuel
Trabalho diana, eduardo, emanuel
Filipa Alexandra Capa
 
Viagens na minha terra (Garrett)
Viagens na minha terra (Garrett)Viagens na minha terra (Garrett)
Viagens na minha terra (Garrett)
maariane27
 
Viagens na minha terra
Viagens na minha terra Viagens na minha terra
Viagens na minha terra
Biiboocks W.
 

Semelhante a Almeida Garrett o apaixonado (20)

Almeida Garrett Biografia
Almeida Garrett BiografiaAlmeida Garrett Biografia
Almeida Garrett Biografia
 
Trabalho de história g.p.
Trabalho de história g.p.Trabalho de história g.p.
Trabalho de história g.p.
 
Almeida Garrett
Almeida Garrett Almeida Garrett
Almeida Garrett
 
..
....
..
 
Almeida garette -area de pro
Almeida garette -area de proAlmeida garette -area de pro
Almeida garette -area de pro
 
Viagens na minha terra - Almeida Garret - 3ª A - 2013
Viagens na minha terra - Almeida Garret - 3ª A -  2013Viagens na minha terra - Almeida Garret - 3ª A -  2013
Viagens na minha terra - Almeida Garret - 3ª A - 2013
 
Viagens na minha Terra - 3ª A - 2013
Viagens na minha Terra - 3ª A -  2013Viagens na minha Terra - 3ª A -  2013
Viagens na minha Terra - 3ª A - 2013
 
Alexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenário
Alexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenárioAlexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenário
Alexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenário
 
Alexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenário
Alexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenárioAlexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenário
Alexandre herculano biobibliografia comemorativa do bicentenário
 
Almeida Garret |Frei Luís de sousa | Cena IV, Ato 2
Almeida Garret |Frei Luís de sousa | Cena IV, Ato 2Almeida Garret |Frei Luís de sousa | Cena IV, Ato 2
Almeida Garret |Frei Luís de sousa | Cena IV, Ato 2
 
Analise almeidagarret
Analise almeidagarretAnalise almeidagarret
Analise almeidagarret
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Literatura
LiteraturaLiteratura
Literatura
 
Eça de queiróz trabalho da universidade
Eça de queiróz trabalho da universidadeEça de queiróz trabalho da universidade
Eça de queiróz trabalho da universidade
 
Aula 10 romantismo no brasil e em portugal
Aula 10   romantismo no brasil e em portugalAula 10   romantismo no brasil e em portugal
Aula 10 romantismo no brasil e em portugal
 
Manuel Teixeira Gomes descrito por Maria João Raminhos Duarte
Manuel Teixeira Gomes descrito por Maria João Raminhos DuarteManuel Teixeira Gomes descrito por Maria João Raminhos Duarte
Manuel Teixeira Gomes descrito por Maria João Raminhos Duarte
 
Abraham lincoln
Abraham lincolnAbraham lincoln
Abraham lincoln
 
Trabalho diana, eduardo, emanuel
Trabalho diana, eduardo, emanuelTrabalho diana, eduardo, emanuel
Trabalho diana, eduardo, emanuel
 
Viagens na minha terra (Garrett)
Viagens na minha terra (Garrett)Viagens na minha terra (Garrett)
Viagens na minha terra (Garrett)
 
Viagens na minha terra
Viagens na minha terra Viagens na minha terra
Viagens na minha terra
 

Mais de Paula Andrade

CDU Tabela de Autoridade_Desbloqueado (1).pdf
CDU Tabela de Autoridade_Desbloqueado (1).pdfCDU Tabela de Autoridade_Desbloqueado (1).pdf
CDU Tabela de Autoridade_Desbloqueado (1).pdf
Paula Andrade
 
Palavras do mundo
Palavras do mundoPalavras do mundo
Palavras do mundo
Paula Andrade
 
Como se faz um trabalho escolar sobre animais
Como se faz um trabalho escolar sobre animaisComo se faz um trabalho escolar sobre animais
Como se faz um trabalho escolar sobre animais
Paula Andrade
 
Espalhem Esta Noticia
Espalhem Esta NoticiaEspalhem Esta Noticia
Espalhem Esta Noticia
Paula Andrade
 
A nossa dimensão Universal
A nossa dimensão UniversalA nossa dimensão Universal
A nossa dimensão Universal
Paula Andrade
 
Jornal júnior 4
Jornal júnior 4Jornal júnior 4
Jornal júnior 4
Paula Andrade
 
A internet 1º ciclo
A internet 1º cicloA internet 1º ciclo
A internet 1º ciclo
Paula Andrade
 
Ribeira e suas origens
Ribeira e suas origensRibeira e suas origens
Ribeira e suas origens
Paula Andrade
 
Porto sé catedral
Porto sé catedralPorto sé catedral
Porto sé catedral
Paula Andrade
 
Porto ontem e hoje bach
Porto ontem e hoje   bachPorto ontem e hoje   bach
Porto ontem e hoje bach
Paula Andrade
 
Porto e o eléctrico com tchaikovsky
Porto e o eléctrico com tchaikovskyPorto e o eléctrico com tchaikovsky
Porto e o eléctrico com tchaikovsky
Paula Andrade
 
Pontes do porto
Pontes do portoPontes do porto
Pontes do porto
Paula Andrade
 
Igrejas do porto convento e igreja de santa clara (1)
Igrejas do porto   convento e igreja de santa clara (1)Igrejas do porto   convento e igreja de santa clara (1)
Igrejas do porto convento e igreja de santa clara (1)
Paula Andrade
 
Cidade do porto roteiro 3
Cidade do porto roteiro 3Cidade do porto roteiro 3
Cidade do porto roteiro 3
Paula Andrade
 
Bairros do porto
Bairros do portoBairros do porto
Bairros do porto
Paula Andrade
 
Porto.ruas.bielas
Porto.ruas.bielas Porto.ruas.bielas
Porto.ruas.bielas
Paula Andrade
 
A menina que detestava livros manjusha pawagi
A menina que detestava livros   manjusha pawagiA menina que detestava livros   manjusha pawagi
A menina que detestava livros manjusha pawagi
Paula Andrade
 
O mistério do rio douro
O mistério do rio douroO mistério do rio douro
O mistério do rio douro
Paula Andrade
 
Fruxas e badas
Fruxas e badasFruxas e badas
Fruxas e badas
Paula Andrade
 
As mais belas bibliotecas do mundo
As mais belas bibliotecas do mundoAs mais belas bibliotecas do mundo
As mais belas bibliotecas do mundo
Paula Andrade
 

Mais de Paula Andrade (20)

CDU Tabela de Autoridade_Desbloqueado (1).pdf
CDU Tabela de Autoridade_Desbloqueado (1).pdfCDU Tabela de Autoridade_Desbloqueado (1).pdf
CDU Tabela de Autoridade_Desbloqueado (1).pdf
 
Palavras do mundo
Palavras do mundoPalavras do mundo
Palavras do mundo
 
Como se faz um trabalho escolar sobre animais
Como se faz um trabalho escolar sobre animaisComo se faz um trabalho escolar sobre animais
Como se faz um trabalho escolar sobre animais
 
Espalhem Esta Noticia
Espalhem Esta NoticiaEspalhem Esta Noticia
Espalhem Esta Noticia
 
A nossa dimensão Universal
A nossa dimensão UniversalA nossa dimensão Universal
A nossa dimensão Universal
 
Jornal júnior 4
Jornal júnior 4Jornal júnior 4
Jornal júnior 4
 
A internet 1º ciclo
A internet 1º cicloA internet 1º ciclo
A internet 1º ciclo
 
Ribeira e suas origens
Ribeira e suas origensRibeira e suas origens
Ribeira e suas origens
 
Porto sé catedral
Porto sé catedralPorto sé catedral
Porto sé catedral
 
Porto ontem e hoje bach
Porto ontem e hoje   bachPorto ontem e hoje   bach
Porto ontem e hoje bach
 
Porto e o eléctrico com tchaikovsky
Porto e o eléctrico com tchaikovskyPorto e o eléctrico com tchaikovsky
Porto e o eléctrico com tchaikovsky
 
Pontes do porto
Pontes do portoPontes do porto
Pontes do porto
 
Igrejas do porto convento e igreja de santa clara (1)
Igrejas do porto   convento e igreja de santa clara (1)Igrejas do porto   convento e igreja de santa clara (1)
Igrejas do porto convento e igreja de santa clara (1)
 
Cidade do porto roteiro 3
Cidade do porto roteiro 3Cidade do porto roteiro 3
Cidade do porto roteiro 3
 
Bairros do porto
Bairros do portoBairros do porto
Bairros do porto
 
Porto.ruas.bielas
Porto.ruas.bielas Porto.ruas.bielas
Porto.ruas.bielas
 
A menina que detestava livros manjusha pawagi
A menina que detestava livros   manjusha pawagiA menina que detestava livros   manjusha pawagi
A menina que detestava livros manjusha pawagi
 
O mistério do rio douro
O mistério do rio douroO mistério do rio douro
O mistério do rio douro
 
Fruxas e badas
Fruxas e badasFruxas e badas
Fruxas e badas
 
As mais belas bibliotecas do mundo
As mais belas bibliotecas do mundoAs mais belas bibliotecas do mundo
As mais belas bibliotecas do mundo
 

Último

Rejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e TratamentosRejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Werberth Ladislau Rodrigues da Silveira
 
anomalias dentárias imaginologia odontologia
anomalias dentárias imaginologia odontologiaanomalias dentárias imaginologia odontologia
anomalias dentárias imaginologia odontologia
SmeladeOliveira1
 
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional ChinesaDiagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Misael Rabelo de Martins Custódio
 
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptxNUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
RAILANELIMAGOMES
 
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docxCORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
bentosst
 
ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdfALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
DentiKi
 

Último (6)

Rejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e TratamentosRejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
 
anomalias dentárias imaginologia odontologia
anomalias dentárias imaginologia odontologiaanomalias dentárias imaginologia odontologia
anomalias dentárias imaginologia odontologia
 
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional ChinesaDiagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
 
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptxNUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
 
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docxCORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
 
ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdfALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
 

Almeida Garrett o apaixonado

  • 2. João Baptista da Silva Leitão de Almeida nasceu no dia 4 de Fevereiro de 1799, no número 37 da Rua do Dr. Barbosa de Castro. Viveu nesta casa até 1804, ano em que foi viver, com seus pais, para Vila Nova de Gaia.
  • 3. Em 1809 parte para a Ilha Terceira, nos Açores por causa das invasões francesas. Aí recebe uma educação muito rigorosa dada por um tio, bispo de Angra do Heroísmo, que desejava que o jovem também seguisse a vida eclesiástica.
  • 4. A avó paterna chamava-se Antónia Margarida Garrett pelo que o homem apaixonado passou a ser conhecido por: Almeida Garrett
  • 5. Era um homem vaidoso que ditava as modas nos salões mais elegantes. Aos 23 anos editou um jornal dedicado a assuntos que só interessariam às senhoras: moda, beleza e economia doméstica. Não se falava de política.
  • 6. “ Almeida Garrett estudava, lia muito, cedo percebeu que se sentia à vontade no reino das palavras. Aos 13 anos escreveu a primeira peça de teatro sobre um herói grego Xerxes”. (Na crista da onda,2004) Também era conhecido pela sua forma de falar em público. Os seus discursos encantavam quem o ouvia.
  • 8. Almeida Garrett era muito bom aluno. Com 17 anos foi estudar para Coimbra, onde se destacou pelos discursos que fazia. Tirou o curso de Direito e inscreveu-se no partido dos liberais.
  • 9. Neste tempo havia dois partidos políticos: Os liberais e os absolutistas. Os liberais não queriam que o país fosse governado por reis, os absolutistas defendiam que só o rei deveria mandar no país, sem consultar ninguém. Quando os absolutistas tomaram o poder, Almeida Garrett exilou-se em Inglaterra . Lá escreveu um diário onde manifestou as saudades da família e do país.
  • 11. No reinado de D. Maria II, Garrett dedicou-se à política e exerceu altos cargos. Coordenou e elaborou um Plano Geral para a Educação. Foi diplomata, deputado e Ministro dos Negócios Estrangeiros. Uma das decisões mais importantes foi a construção do teatro D. Maria II em Lisboa e o Conservatório Nacional.
  • 12. Em 1851 recebe o tão desejado título de Visconde.
  • 14. Durante os 3 anos que esteve exilado em Inglaterra conheceu outros escritores, que estavam a criar um tipo de escrita diferente . Estava a nascer o ROMANTISMO . Esta corrente defendia que cada homem era livre de pensar e de sentir. Também eram livres de se expressar de forma diferente, seguindo a sua inspiração e quebrando as regras. Nesta época criaram-se muitos romances históricos porque permitiam falar de histórias de amor de pessoas verdadeiras, misturando-as com lendas e tradições do país.
  • 15. As suas obras mais importantes, mais conhecidas e estudadas são: Viagens na minha terra – é um livro em que o autor conta uma história de amor entre Carlos e Joaninha, durante uma viagem de combóio de Lisboa e Santarém. Fala também das lindas paisagens que se podem admirar ao longo dessa viagem.
  • 16. Folhas Caídas é uma das obras de poesia mais importantes da Literatura Portuguesa. Aqui o autor mostra a sua paixão pela vida e pela beleza feminina.
  • 17. (…) “ Era a noite da loucura, da sedução do prazer, Que em sua mantilha escura, costuma tanta ventura, tantas glórias esconder (…) À festa hei-de ir também eu! E fui e a noite era bela, mas não vi a minha estrela Que eu sempre via no céu: (…) “ Vale a pena vir à festa e vale a pena viver” (…) (Aquela noite, 1853) http://www.estondela.pt/biblioteca/livros/poesia/folhas_caidas.pdf
  • 18. Garrett escreveu muito teatro. Uma das mais importantes é a peça “Frei Luís de Sousa” que é muito representada. É uma história de amor cujos personagens principais são inspirados em figuras e acontecimentos históricos como D. Sebastião que se julgava ter morrido na batalha de Alcácer Quibir, mas que no final da obra aparece disfarçado de mendigo.
  • 19. Garrett foi também jornalista. Era uma das formas de divulgar as suas opiniões e críticas políticas.
  • 20. Faleceu em Lisboa em 1854, mas continua vivo através da sua obra, sempre que lemos os seus livros.
  • 21. Há outras formas de não o esquecer. Estátua em frente ao edifício da Câmara Municipal do Porto Nome de uma praça na cidade do Porto, (junto à estação de S. Bento) Avião da TAP
  • 22.  
  • 23.  
  • 24. Temos estes livros na nossa biblioteca