SlideShare uma empresa Scribd logo
Aula 00 - Algoritmos
Introdução
Ênio Prates Vasconcelos Filho
Faculdades Alfa
I
n
t
r
o
d
u
ç
ã
o
ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO
Tópicos
Δ Apresentação
• Background Técnico
Δ Estilo de Ensino
• Como serão as Aulas
Δ Plano de Aulas
Δ Laboratórios
Δ Avaliações
Δ Bibliografia
Δ Dúvidas
I
n
t
r
o
d
u
ç
ã
o
ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO
Apresentação
Δ Ênio Filho
Δ Formação:
• Graduação: Engenharia Mecatrônica, UnB (2006):
o UMA PLATAFORMA PARA SIMULAÇÃO DE FUTEBOL DE ROBÔS USANDO ARQUITETURAS
RECONFIGURÁVEIS EM UMA PLACA FPGA-PCI.
• Mestrado: Sistemas Mecatrônicos, UnB (2012):
o DESENVOLVIMENTO DO PLANEJADOR DE TRAJETÓRIA E DO SISTEMA DE CONTROLE EM MALHA
ABERTA DE UM MANIPULADOR ROBÓTICO DE GEOMETRIA ESFÉRICA, EMBARCADOS EM UMA
PLATAFORMA FPGA;
I
n
t
r
o
d
u
ç
ã
o
ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO
Apresentação
Δ Experiência Profissional:
• AmBev – 2006 (Estágio);
• TCS – 2006 (Estágio);
• Innovix
o2008/9 (Engenheiro de Controle e Automação);
o2009/14 (Gerente de P&D);
o2015 (Gerente de Operações).
• Uniceub
oControle e Servomecanismos;
oLógica Digital
oMedidas Elétricas;
I
n
t
r
o
d
u
ç
ã
o
ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO
Background
Δ Áreas de Conhecimento:
• FPGAs;
• Microcontroladores;
• Controle e Automação;
• Robótica;
• RFID;
Δ Principais desenvolvimentos
• Monitoramento Remoto
oDesenvolvimento de hardware de coleta de dados;
oIntegração de sensores de terceiros a plataformas próprias;
oDesenvolvimento de sensores;
oSoftware para leitura de dados;
I
n
t
r
o
d
u
ç
ã
o
ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO
Quem são Vocês?
I
n
t
r
o
d
u
ç
ã
o
ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO
Estilo de Ensino
Δ Como vão funcionar as Aulas?
• Processo que será construído ao longo do semestre;
• Processo de diálogo todo o tempo, com perguntas e respostas, com desafios...
• Questões lançadas ao longo das aulas que terão participação na N1 e N2;
• Relacionar questões de sala de aula com exemplos de mercado, tentando
tornar situações mais “palpáveis”;
Δ Participação em Sala de aula é bastante importante e conta para a nota
final
Δ Cobrarei Presença?
• Sim!
I
n
t
r
o
d
u
ç
ã
o
ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO
Aulas – Visão Geral
Δ Aula padrão:
• Expositivas, com exemplos e abertura para perguntas;
• Listas de Exercícios para casa;
• Perguntas a serem respondidas em Sala;
Δ Laboratório
• 5 a 8 visitas ao laboratório (testes e execução de algoritmos em linguagem de
programação);
• Serão solicitadas algumas atividades nos laboratórios que farão parte das
provas N1 e N2;
• Atenção para datas e cumprimento de horários:
oAtrasos maiores que 15 minutos em laboratórios acarretarão em não
participação da atividade!
Δ Dúvidas por e-mail, Skype, sala de aula, sinal de fumaça...
I
n
t
r
o
d
u
ç
ã
o
ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO
Plano de Ensino
Δ Ementa da Disciplina
• Breve história da computação.
• Algoritmos: caracterização, notação, estruturas básicas.
• Computadores: unidades básicas, instruções, programa armazenado,
endereçamento, programas em linguagem de máquina.
• Conceitos de linguagens algorítmicas: expressões, comandos sequenciais,
seletivos e repetitivos; entrada/saída; variáveis estruturadas, funções.
Desenvolvimento e documentação de programas.
• Exemplos de processamento não-numérico.
• Laboratório: Extensa prática de programação e depuração de programas
utilizando uma das linguagens de programação.
I
n
t
r
o
d
u
ç
ã
o
ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO
Plano de Ensino
Δ Objetivos:
• Apresentar princípios de programação de computadores, como uma
metodologia do raciocínio construtivo aplicável a problemas passíveis de uma
solução algorítmica.
• Capacitar os alunos a solucioná-los de modo sistemático e representar a
solução numa linguagem de programação.
I
n
t
r
o
d
u
ç
ã
o
ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO
Plano de Ensino
Δ Introdução a Algoritmos
• Funcionamento do Computador; Conceituação e Definição de Algoritmos;
Δ Programas de computador
• O que é um programa; Codificação de um programa; Compilação de um programa; Execução um programa;
Linguagens de programação;
Δ Estrutura de um Algoritmo
• Linguagem Natural; Fluxograma; Pseudocódigo;
Δ Itens Fundamentais
• Tipos de Dados; Constantes; Variáveis; Comentários; Expressões Aritméticas ( + , - , / , * ); Expressões Lógicas (E,
OU, NÃO); Expressões Literais (|); Comandos de Entrada e Saída;
Δ Estruturas de controle
• Desvio Condicional Simples (SE); Operadores Relacionais; Desvio Condicional Composto (SE SENÃO); Desvios
Condicionais Encadeados; Operadores Lógicos (E, OU, NÃO);
Δ Estruturas de Repetição
• Teste lógico no início; Teste lógico no final; Variável de controle; Estruturas de controle encadeadas;
Δ Estrutura de Dados
• Vetores unidimensionais (Vetores); Vetores multidimensionais (Matrizes);
Δ Modularização
• Introdução; Sub-rotina; Função;
Δ Programação Estruturada em C
I
n
t
r
o
d
u
ç
ã
o
ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO
Avaliações
Δ De acordo com a Resolução 01/2008, de 15 de abril de 2008, ao longo do
semestre letivo, o aluno será avaliado pela sua frequência (mínimo de 75%)
e aproveitamento, expresso em notas de 0 a 10 (zero a dez);
Δ O aproveitamento do aluno será verificado por meio das avaliações
denominadas N1, N2, N3 e N4 (Prova de Recuperação);
Δ As notas N1 e N2 serão compostas por Avaliações Formais, de caráter
documental, realizadas individualmente e sem consulta, com notas de zero
a dez, valendo 80%;
Δ e Avaliações Processuais, também, com notas de zero a dez, valendo 20%;
Δ As notas de N3 e N4 serão compostas unicamente por prova individual
escrita e sem consulta, com notas de zero a dez;
Δ A Resolução 01/2008, pode ser consultada na íntegra no endereço:
www.alfa.br.
I
n
t
r
o
d
u
ç
ã
o
ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO
Avaliações
Δ Em sala de aula, teremos ainda:
• Questões surpresa, sobre o conteúdo dado na aula do dia e assuntos
anteriores.
• Serão uma ou duas questões de nível médio, que equivalerão a 1 ponto da N1
e 1 ponto da N2;
• Faremos ainda um Simulado (sem acréscimo de nota), em sala de aula, como
preparação para a N1;
I
n
t
r
o
d
u
ç
ã
o
ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO
Avaliações
Δ Laboratórios:
• Os laboratórios serão analisados como forma de implementação de
algoritmos;
• Atividades práticas que terão valor aplicado nas notas N1 e N2;
Δ Competição (opcional):
• Desenvolvimento de algoritmos implementados à batalha entre robôs em
ambiente virtual;
• Robocode;
• Atividade que depende do andamento da turma e será opcional aos alunos
que quiserem participar;
• Nota extra na avaliação N2;
I
n
t
r
o
d
u
ç
ã
o
ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO
Bibliografia
Δ BÁSICA
• MANZANO, José Augusto N. G.; OLIVEIRA, Jayr Figueiredo de. Algoritmos: lógica para
desenvolvimento de programação de computadores. 18ª. ed. São Paulo: Érica, 2006. 236 p. ISBN
857194718;
• FORBELLONE, André Luiz Villar; EBERSPACHER, Henri Frederico. Lógica de programação: a construção
de algoritmos e estruturas de dados. 3ª. ed. São Paulo (SP): Pearson Prentice Hall, 2005. 195 p. ISBN
9788576050247;
• GUIMARAES, Ângelo de Moura; LAGES, Newton Alberto de Castilho. Algoritmos e estruturas de
dados. Rio de Janeiro, RJ: LTC, c1994. xii, 216 p. ISBN 8521603789.
Δ COMPLEMENTAR
• VELOSO, Paulo. Estruturas de dados. Rio de Janeiro: Campus, 1983. 228 p. ISBN 8570013523;
• DEITEL, P. J.; DEITEL, H. M. Java: como programar. 8. ed. São Paulo (SP): Pearson Prentice Hall, 2010.
1386 p. ISBN 9788576055631;
• SZWARCFITER, Jayme Luiz; MARKENZON, Lilian. Estruturas de dados e seus algoritmos. 3. ed. Rio de
Janeiro (RJ): LTC, 2010. 302 p. ISBN 9788521617501;
• PUGA, Sandra; RISSETTI, Gerson. Lógica de programação e estrutura de dados: com aplicações em
Java. 2. ed. São Paulo: Pearson Education, 2009. xiv, 262 p. ISBN 9788576052074;
• Joubert Peixoto de Castro. Linguagem C na prática. Rio de Janeiro (RJ): Ciência Moderna, 2008. 153 p.
ISBN 9788573936636.
DÚVIDAS?
Contatos:
E-mail: enio.filho@alfa.br
Skype: eniopvf
Twitter: eniopvf
Bibliografia:

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Algoritmos e LP - Aula 00 - Introdução e Apresentação.pdf

Aula 1 pc - slides
Aula 1   pc - slidesAula 1   pc - slides
Aula 1 pc - slides
Elaine Cecília Gatto
 
Aula1 Apresentacao TEES
Aula1 Apresentacao TEESAula1 Apresentacao TEES
Aula1 Apresentacao TEES
Rogerio P C do Nascimento
 
UML - parte 1
UML - parte 1UML - parte 1
UML - parte 1
Rodrigo Reis
 
Plano de ensino desenho tecnico
Plano de ensino desenho tecnicoPlano de ensino desenho tecnico
Plano de ensino desenho tecnico
Arisa Arraz
 
Logica Programação. ...
Logica Programação. ...Logica Programação. ...
Logica Programação. ...
Miller Magalhaes
 
CV-MARCOS_LUCAS_RONCHI_MENDES__16a-v0.2
CV-MARCOS_LUCAS_RONCHI_MENDES__16a-v0.2CV-MARCOS_LUCAS_RONCHI_MENDES__16a-v0.2
CV-MARCOS_LUCAS_RONCHI_MENDES__16a-v0.2
Marcos Mendes
 
Sdac
SdacSdac
Apresentação sobre experiência curso à distância sobre NumPy e Proc. Imagens ...
Apresentação sobre experiência curso à distância sobre NumPy e Proc. Imagens ...Apresentação sobre experiência curso à distância sobre NumPy e Proc. Imagens ...
Apresentação sobre experiência curso à distância sobre NumPy e Proc. Imagens ...
Roberto Lotufo
 
1. apresentação
1. apresentação1. apresentação
1. apresentação
PAULO Moreira
 
aula_00_apresentacao_programacao_python.pdf
aula_00_apresentacao_programacao_python.pdfaula_00_apresentacao_programacao_python.pdf
aula_00_apresentacao_programacao_python.pdf
andersonsoares275191
 
Plano de aula po1 capitulo 1 programação aulas 2015 vrs 0001
Plano de aula po1 capitulo 1   programação aulas 2015 vrs 0001Plano de aula po1 capitulo 1   programação aulas 2015 vrs 0001
Plano de aula po1 capitulo 1 programação aulas 2015 vrs 0001
Luis Duncan
 
Planejamento 2014 1
Planejamento 2014 1Planejamento 2014 1
Planejamento 2014 1
Alan Floriano
 
Conceitos e técnicas de programação apresentação
Conceitos e técnicas de programação apresentaçãoConceitos e técnicas de programação apresentação
Conceitos e técnicas de programação apresentação
Robson Ferreira
 
Webinar: Explorando o SimulIDE - Simulador de Circuitos Eletrônicos Open Source
Webinar:  Explorando o SimulIDE - Simulador de Circuitos Eletrônicos Open SourceWebinar:  Explorando o SimulIDE - Simulador de Circuitos Eletrônicos Open Source
Webinar: Explorando o SimulIDE - Simulador de Circuitos Eletrônicos Open Source
Embarcados
 
Lógica de programação em ppt
Lógica de programação em pptLógica de programação em ppt
Lógica de programação em ppt
Andrei Bastos
 
Tópicos Especiais em Engenharia de Software
Tópicos Especiais em Engenharia de SoftwareTópicos Especiais em Engenharia de Software
Tópicos Especiais em Engenharia de Software
Rogerio P C do Nascimento
 
Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1
Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1
Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1
Lorena Caldas
 
1 5 programação didática das aulas de po1
1 5 programação didática das aulas de po11 5 programação didática das aulas de po1
1 5 programação didática das aulas de po1
luisadr
 
Aula 1 introdução à engenharia de software1 (1)
Aula 1   introdução à engenharia de software1 (1)Aula 1   introdução à engenharia de software1 (1)
Aula 1 introdução à engenharia de software1 (1)
Tiago Vizoto
 
BVCCoN-Tool - Uma Ferramenta para Apoiar uma Abordagem de Configuração de Pro...
BVCCoN-Tool - Uma Ferramenta para Apoiar uma Abordagem de Configuração de Pro...BVCCoN-Tool - Uma Ferramenta para Apoiar uma Abordagem de Configuração de Pro...
BVCCoN-Tool - Uma Ferramenta para Apoiar uma Abordagem de Configuração de Pro...
Tarcísio Couto
 

Semelhante a Algoritmos e LP - Aula 00 - Introdução e Apresentação.pdf (20)

Aula 1 pc - slides
Aula 1   pc - slidesAula 1   pc - slides
Aula 1 pc - slides
 
Aula1 Apresentacao TEES
Aula1 Apresentacao TEESAula1 Apresentacao TEES
Aula1 Apresentacao TEES
 
UML - parte 1
UML - parte 1UML - parte 1
UML - parte 1
 
Plano de ensino desenho tecnico
Plano de ensino desenho tecnicoPlano de ensino desenho tecnico
Plano de ensino desenho tecnico
 
Logica Programação. ...
Logica Programação. ...Logica Programação. ...
Logica Programação. ...
 
CV-MARCOS_LUCAS_RONCHI_MENDES__16a-v0.2
CV-MARCOS_LUCAS_RONCHI_MENDES__16a-v0.2CV-MARCOS_LUCAS_RONCHI_MENDES__16a-v0.2
CV-MARCOS_LUCAS_RONCHI_MENDES__16a-v0.2
 
Sdac
SdacSdac
Sdac
 
Apresentação sobre experiência curso à distância sobre NumPy e Proc. Imagens ...
Apresentação sobre experiência curso à distância sobre NumPy e Proc. Imagens ...Apresentação sobre experiência curso à distância sobre NumPy e Proc. Imagens ...
Apresentação sobre experiência curso à distância sobre NumPy e Proc. Imagens ...
 
1. apresentação
1. apresentação1. apresentação
1. apresentação
 
aula_00_apresentacao_programacao_python.pdf
aula_00_apresentacao_programacao_python.pdfaula_00_apresentacao_programacao_python.pdf
aula_00_apresentacao_programacao_python.pdf
 
Plano de aula po1 capitulo 1 programação aulas 2015 vrs 0001
Plano de aula po1 capitulo 1   programação aulas 2015 vrs 0001Plano de aula po1 capitulo 1   programação aulas 2015 vrs 0001
Plano de aula po1 capitulo 1 programação aulas 2015 vrs 0001
 
Planejamento 2014 1
Planejamento 2014 1Planejamento 2014 1
Planejamento 2014 1
 
Conceitos e técnicas de programação apresentação
Conceitos e técnicas de programação apresentaçãoConceitos e técnicas de programação apresentação
Conceitos e técnicas de programação apresentação
 
Webinar: Explorando o SimulIDE - Simulador de Circuitos Eletrônicos Open Source
Webinar:  Explorando o SimulIDE - Simulador de Circuitos Eletrônicos Open SourceWebinar:  Explorando o SimulIDE - Simulador de Circuitos Eletrônicos Open Source
Webinar: Explorando o SimulIDE - Simulador de Circuitos Eletrônicos Open Source
 
Lógica de programação em ppt
Lógica de programação em pptLógica de programação em ppt
Lógica de programação em ppt
 
Tópicos Especiais em Engenharia de Software
Tópicos Especiais em Engenharia de SoftwareTópicos Especiais em Engenharia de Software
Tópicos Especiais em Engenharia de Software
 
Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1
Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1
Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1
 
1 5 programação didática das aulas de po1
1 5 programação didática das aulas de po11 5 programação didática das aulas de po1
1 5 programação didática das aulas de po1
 
Aula 1 introdução à engenharia de software1 (1)
Aula 1   introdução à engenharia de software1 (1)Aula 1   introdução à engenharia de software1 (1)
Aula 1 introdução à engenharia de software1 (1)
 
BVCCoN-Tool - Uma Ferramenta para Apoiar uma Abordagem de Configuração de Pro...
BVCCoN-Tool - Uma Ferramenta para Apoiar uma Abordagem de Configuração de Pro...BVCCoN-Tool - Uma Ferramenta para Apoiar uma Abordagem de Configuração de Pro...
BVCCoN-Tool - Uma Ferramenta para Apoiar uma Abordagem de Configuração de Pro...
 

Mais de Enio Filho

Algoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdf
Algoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdfAlgoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdf
Algoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdf
Algoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdfAlgoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdf
Algoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdf
Algoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdfAlgoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdf
Algoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdfAlgoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdfAlgoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdf
Algoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdfAlgoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdf
Algoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdfAlgoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdfAlgoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdf
Enio Filho
 
Algoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdf
Algoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdfAlgoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdf
Algoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdf
Enio Filho
 
Eica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOT
Eica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOTEica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOT
Eica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOT
Enio Filho
 
Eica 2015.2 - Introdução ao IOT
Eica 2015.2 - Introdução ao IOTEica 2015.2 - Introdução ao IOT
Eica 2015.2 - Introdução ao IOT
Enio Filho
 
Eica 2016.2 - Industria 4.0
Eica 2016.2 - Industria 4.0Eica 2016.2 - Industria 4.0
Eica 2016.2 - Industria 4.0
Enio Filho
 
Iot - identificando e rastreando - PUC
Iot  - identificando e rastreando - PUCIot  - identificando e rastreando - PUC
Iot - identificando e rastreando - PUC
Enio Filho
 

Mais de Enio Filho (13)

Algoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdf
Algoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdfAlgoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdf
Algoritmos e LP - Aula 02 - Tipos de Dados.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdf
Algoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdfAlgoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdf
Algoritmos e LP - Aula 03 - Expressões Aritméticas.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdf
Algoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdfAlgoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdf
Algoritmos e LP - Aula 07 - Vetores e Introdução ao C.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdfAlgoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 08 - Linguagem C - p1.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdfAlgoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdf
Algoritmos e LP - Aula 04 - Estruturas de Repeticao - p1.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdf
Algoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdfAlgoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdf
Algoritmos e LP - Aula 01 - Introdução a Algoritmos.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdfAlgoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 09 - Linguagem C - p2.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdfAlgoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdf
Algoritmos e LP - Aula 05 - Estruturas de Repeticao - p2.pdf
 
Algoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdf
Algoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdfAlgoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdf
Algoritmos e LP - Aula 06 - Estruturas de Repeticao p3 e Vetores.pdf
 
Eica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOT
Eica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOTEica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOT
Eica 2016.1 - Identificando e rastreando itens na era do IOT
 
Eica 2015.2 - Introdução ao IOT
Eica 2015.2 - Introdução ao IOTEica 2015.2 - Introdução ao IOT
Eica 2015.2 - Introdução ao IOT
 
Eica 2016.2 - Industria 4.0
Eica 2016.2 - Industria 4.0Eica 2016.2 - Industria 4.0
Eica 2016.2 - Industria 4.0
 
Iot - identificando e rastreando - PUC
Iot  - identificando e rastreando - PUCIot  - identificando e rastreando - PUC
Iot - identificando e rastreando - PUC
 

Último

Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 

Algoritmos e LP - Aula 00 - Introdução e Apresentação.pdf

  • 1. Aula 00 - Algoritmos Introdução Ênio Prates Vasconcelos Filho Faculdades Alfa
  • 2. I n t r o d u ç ã o ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO Tópicos Δ Apresentação • Background Técnico Δ Estilo de Ensino • Como serão as Aulas Δ Plano de Aulas Δ Laboratórios Δ Avaliações Δ Bibliografia Δ Dúvidas
  • 3. I n t r o d u ç ã o ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO Apresentação Δ Ênio Filho Δ Formação: • Graduação: Engenharia Mecatrônica, UnB (2006): o UMA PLATAFORMA PARA SIMULAÇÃO DE FUTEBOL DE ROBÔS USANDO ARQUITETURAS RECONFIGURÁVEIS EM UMA PLACA FPGA-PCI. • Mestrado: Sistemas Mecatrônicos, UnB (2012): o DESENVOLVIMENTO DO PLANEJADOR DE TRAJETÓRIA E DO SISTEMA DE CONTROLE EM MALHA ABERTA DE UM MANIPULADOR ROBÓTICO DE GEOMETRIA ESFÉRICA, EMBARCADOS EM UMA PLATAFORMA FPGA;
  • 4. I n t r o d u ç ã o ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO Apresentação Δ Experiência Profissional: • AmBev – 2006 (Estágio); • TCS – 2006 (Estágio); • Innovix o2008/9 (Engenheiro de Controle e Automação); o2009/14 (Gerente de P&D); o2015 (Gerente de Operações). • Uniceub oControle e Servomecanismos; oLógica Digital oMedidas Elétricas;
  • 5. I n t r o d u ç ã o ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO Background Δ Áreas de Conhecimento: • FPGAs; • Microcontroladores; • Controle e Automação; • Robótica; • RFID; Δ Principais desenvolvimentos • Monitoramento Remoto oDesenvolvimento de hardware de coleta de dados; oIntegração de sensores de terceiros a plataformas próprias; oDesenvolvimento de sensores; oSoftware para leitura de dados;
  • 6. I n t r o d u ç ã o ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO Quem são Vocês?
  • 7. I n t r o d u ç ã o ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO Estilo de Ensino Δ Como vão funcionar as Aulas? • Processo que será construído ao longo do semestre; • Processo de diálogo todo o tempo, com perguntas e respostas, com desafios... • Questões lançadas ao longo das aulas que terão participação na N1 e N2; • Relacionar questões de sala de aula com exemplos de mercado, tentando tornar situações mais “palpáveis”; Δ Participação em Sala de aula é bastante importante e conta para a nota final Δ Cobrarei Presença? • Sim!
  • 8. I n t r o d u ç ã o ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO Aulas – Visão Geral Δ Aula padrão: • Expositivas, com exemplos e abertura para perguntas; • Listas de Exercícios para casa; • Perguntas a serem respondidas em Sala; Δ Laboratório • 5 a 8 visitas ao laboratório (testes e execução de algoritmos em linguagem de programação); • Serão solicitadas algumas atividades nos laboratórios que farão parte das provas N1 e N2; • Atenção para datas e cumprimento de horários: oAtrasos maiores que 15 minutos em laboratórios acarretarão em não participação da atividade! Δ Dúvidas por e-mail, Skype, sala de aula, sinal de fumaça...
  • 9. I n t r o d u ç ã o ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO Plano de Ensino Δ Ementa da Disciplina • Breve história da computação. • Algoritmos: caracterização, notação, estruturas básicas. • Computadores: unidades básicas, instruções, programa armazenado, endereçamento, programas em linguagem de máquina. • Conceitos de linguagens algorítmicas: expressões, comandos sequenciais, seletivos e repetitivos; entrada/saída; variáveis estruturadas, funções. Desenvolvimento e documentação de programas. • Exemplos de processamento não-numérico. • Laboratório: Extensa prática de programação e depuração de programas utilizando uma das linguagens de programação.
  • 10. I n t r o d u ç ã o ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO Plano de Ensino Δ Objetivos: • Apresentar princípios de programação de computadores, como uma metodologia do raciocínio construtivo aplicável a problemas passíveis de uma solução algorítmica. • Capacitar os alunos a solucioná-los de modo sistemático e representar a solução numa linguagem de programação.
  • 11. I n t r o d u ç ã o ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO Plano de Ensino Δ Introdução a Algoritmos • Funcionamento do Computador; Conceituação e Definição de Algoritmos; Δ Programas de computador • O que é um programa; Codificação de um programa; Compilação de um programa; Execução um programa; Linguagens de programação; Δ Estrutura de um Algoritmo • Linguagem Natural; Fluxograma; Pseudocódigo; Δ Itens Fundamentais • Tipos de Dados; Constantes; Variáveis; Comentários; Expressões Aritméticas ( + , - , / , * ); Expressões Lógicas (E, OU, NÃO); Expressões Literais (|); Comandos de Entrada e Saída; Δ Estruturas de controle • Desvio Condicional Simples (SE); Operadores Relacionais; Desvio Condicional Composto (SE SENÃO); Desvios Condicionais Encadeados; Operadores Lógicos (E, OU, NÃO); Δ Estruturas de Repetição • Teste lógico no início; Teste lógico no final; Variável de controle; Estruturas de controle encadeadas; Δ Estrutura de Dados • Vetores unidimensionais (Vetores); Vetores multidimensionais (Matrizes); Δ Modularização • Introdução; Sub-rotina; Função; Δ Programação Estruturada em C
  • 12. I n t r o d u ç ã o ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO Avaliações Δ De acordo com a Resolução 01/2008, de 15 de abril de 2008, ao longo do semestre letivo, o aluno será avaliado pela sua frequência (mínimo de 75%) e aproveitamento, expresso em notas de 0 a 10 (zero a dez); Δ O aproveitamento do aluno será verificado por meio das avaliações denominadas N1, N2, N3 e N4 (Prova de Recuperação); Δ As notas N1 e N2 serão compostas por Avaliações Formais, de caráter documental, realizadas individualmente e sem consulta, com notas de zero a dez, valendo 80%; Δ e Avaliações Processuais, também, com notas de zero a dez, valendo 20%; Δ As notas de N3 e N4 serão compostas unicamente por prova individual escrita e sem consulta, com notas de zero a dez; Δ A Resolução 01/2008, pode ser consultada na íntegra no endereço: www.alfa.br.
  • 13. I n t r o d u ç ã o ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO Avaliações Δ Em sala de aula, teremos ainda: • Questões surpresa, sobre o conteúdo dado na aula do dia e assuntos anteriores. • Serão uma ou duas questões de nível médio, que equivalerão a 1 ponto da N1 e 1 ponto da N2; • Faremos ainda um Simulado (sem acréscimo de nota), em sala de aula, como preparação para a N1;
  • 14. I n t r o d u ç ã o ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO Avaliações Δ Laboratórios: • Os laboratórios serão analisados como forma de implementação de algoritmos; • Atividades práticas que terão valor aplicado nas notas N1 e N2; Δ Competição (opcional): • Desenvolvimento de algoritmos implementados à batalha entre robôs em ambiente virtual; • Robocode; • Atividade que depende do andamento da turma e será opcional aos alunos que quiserem participar; • Nota extra na avaliação N2;
  • 15. I n t r o d u ç ã o ALGORITMOS - 02/2015 – ÊNIO FILHO Bibliografia Δ BÁSICA • MANZANO, José Augusto N. G.; OLIVEIRA, Jayr Figueiredo de. Algoritmos: lógica para desenvolvimento de programação de computadores. 18ª. ed. São Paulo: Érica, 2006. 236 p. ISBN 857194718; • FORBELLONE, André Luiz Villar; EBERSPACHER, Henri Frederico. Lógica de programação: a construção de algoritmos e estruturas de dados. 3ª. ed. São Paulo (SP): Pearson Prentice Hall, 2005. 195 p. ISBN 9788576050247; • GUIMARAES, Ângelo de Moura; LAGES, Newton Alberto de Castilho. Algoritmos e estruturas de dados. Rio de Janeiro, RJ: LTC, c1994. xii, 216 p. ISBN 8521603789. Δ COMPLEMENTAR • VELOSO, Paulo. Estruturas de dados. Rio de Janeiro: Campus, 1983. 228 p. ISBN 8570013523; • DEITEL, P. J.; DEITEL, H. M. Java: como programar. 8. ed. São Paulo (SP): Pearson Prentice Hall, 2010. 1386 p. ISBN 9788576055631; • SZWARCFITER, Jayme Luiz; MARKENZON, Lilian. Estruturas de dados e seus algoritmos. 3. ed. Rio de Janeiro (RJ): LTC, 2010. 302 p. ISBN 9788521617501; • PUGA, Sandra; RISSETTI, Gerson. Lógica de programação e estrutura de dados: com aplicações em Java. 2. ed. São Paulo: Pearson Education, 2009. xiv, 262 p. ISBN 9788576052074; • Joubert Peixoto de Castro. Linguagem C na prática. Rio de Janeiro (RJ): Ciência Moderna, 2008. 153 p. ISBN 9788573936636.