SlideShare uma empresa Scribd logo
…  n ão  te queremos mais! Adeus Crucifixo
A Corte de “justiça” europeia condenou a It á lia por ter consentido a exposiç ão  do s í mbolo religioso nas salas de aula das escolas;  A Corte deu o veredicto de que h á  uma violaç ão  do artigo 2 do Protocolo 1 junto com o artigo 9 da Convenç ão ».
Caro Jesus, me entristece, mas devo iniciar a tua remoç ão . Mesmo que eu seja uma pessoa crist ã  devo adequar-me a uma sentença da Corte de “justiça” europeia. Mais uma vez a tua sorte foi decidida por um tribunal. Outra vez foste condenado injustamente.
 
 
Novembro 2009:  uma sentença te remove das escolas, mas n ão  do cor ação  dos verdadeiros crist ãos .
Dois mil anos atr ás   vendido por 30 moedas,  Hoje vendido por  5.000 euros
Para n ão  ofender quem passeia nos centros hist ó ricos, fora tamb ém  dos campan ários !!!!!!
 
 
O que fazes sobre os montes?
 
 
 
Obrigado, Jesus, por ser o Ressuscitado.
O que faremos com a Colina das Cruzes?
Derrubemos esta colina …  atrapalha!
Atrapalha sobretudo o fato de que ela nos recorda  o sofrimento humano.
M ã e Sant í ssima, ajude-nos a entender que n ão  devemos ter medo do Crucifixo, mas dos crucificadores.
“ N ão é o  poder que redime, mas o amor!  O Deus, que  se tornou  cordeiro, diz-nos que o mundo foi salvo pelo Crucificado e n ão  por quem crucifica. O mundo  é  redimido pela plenitude de Deus e destru íd o pela impaci ê ncia dos homens”.  (Bento XVI)
Que estranho!
Tu incomodas nas salas de aula, mas te levaremos no peito!
Vamos te admirar nas vitrines!
Ajude-me a ser um crist ão  verdadeiro, que n ão  tenha vergonha de mostrar ao mundo intero a Cruz; ajude-me a dar um testemunho corajoso como Jo ão  Paulo II.
 
 
 
Nunca escondeu a Cruz, antes…  nos momentos de prova, se apoiou nela.
…  quando as forças n ão  o ajudavam mais, outros irm ãos  no sacerd óc io o ajudavam a erguer a Cruz de Jesus.
Car í ss imos  amigos, se somos crist ãos,  n ão  vamos renunciar  as nossas  origens.
Da Cruz para n ós  nasceu a Vida. Texto escrito e elaborado por  Anna  Lollo Publicado em  www . ppsmeditazionipreghiere .org  Traduç ão do italiano: Wilmar Santin
Símbolos religiosos podem permanecer em órgãos públicos Fonte: JFSP Data: 21/8/2009 Símbolos religiosos (crucifixos, imagens, entre outros) poderão permanecer nos órgãos públicos. A decisão liminar, do dia 18/8, é da juíza federal Maria Lúcia Lencastre Ursaia, da 3ª Vara Cível Federal de São Paulo. Ela indeferiu o pedido do Ministério Público Federal (MPF) para a retirada dos símbolos dos prédios públicos. A ação civil pública teve início com a representação do cidadão Daniel Sottomaior Pereira, que teria se sentido ofendido com a presença de um “crucifixo” num órgão público. O MPF entendeu que a foto do crucifixo apresentada pelo autor representava desrespeito ao princípio da laicidade do Estado, da liberdade de crença, da isonomia, bem como ao princípio da impessoalidade da Administração Pública e ao princípio processual da imparcialidade do Poder Judiciário. No Brasil j á tentaram tirar a Cruz, mas há uma sentença para que permaneça
Para Maria Lúcia Ursaia, o Estado laico não deve ser entendido como uma instituição anti-religiosa ou anti-clerical. “O Estado laico foi a primeira organização política que garantiu a liberdade religiosa. A liberdade de crença, de culto e a tolerância religiosa foram aceitas graças ao Estado laico e não como oposição a ele. Assim sendo, a laicidade não pode se expressar na eliminação dos símbolos religiosos, mas na tolerância aos mesmos”. Para a juíza, num país como o Brasil, que teve formação histórico-cultural cristã, a presença de símbolos religiosos em espaços públicos é natural, “sem qualquer ofensa à liberdade de crença, garantia constitucional, eis que para os agnósticos ou que professam crença diferenciada, aquele símbolo nada representa assemelhando-se a um quadro ou escultura, adereços decorativos”. Maria Lúcia entendeu que não ocorreram as alegadas ofensas à liberdade de escolha de religião, de adesão ou não a qualquer seita religiosa, nem à liberdade de culto e à liberdade de organização religiosa, pois são garantias previstas na Constituição Federal. “A laicidade prevista na Constituição veda à União, Estados, Distrito Federal e Municípios estabelecerem cultos ou igrejas, subvencioná-las, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com elas ou seus representantes relação de dependência ou aliança, previsões que não implicam em vedação à presença de símbolos religiosos em órgão público”. Por fim, em exame preliminar, a juíza negou o pedido do MPF. (VPA) Ação Civil Pública nº 2009.61.00.017604-0

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Adeus Crucifixo

Questões
QuestõesQuestões
Questões
ricardo ruiz
 
Scena Crítica, n. 01, ano 1.pdf
Scena Crítica, n. 01, ano 1.pdfScena Crítica, n. 01, ano 1.pdf
Scena Crítica, n. 01, ano 1.pdf
Revista Scena Crítica
 
O Uso De Crucifixos E Bblias Em PréDios PúBlicos à Luz Da ConstituiçãO Federal
O Uso De Crucifixos E Bblias Em PréDios PúBlicos à  Luz Da ConstituiçãO FederalO Uso De Crucifixos E Bblias Em PréDios PúBlicos à  Luz Da ConstituiçãO Federal
O Uso De Crucifixos E Bblias Em PréDios PúBlicos à Luz Da ConstituiçãO Federal
rowalino
 
Adeus ao-crucifixo
Adeus ao-crucifixoAdeus ao-crucifixo
Adeus ao-crucifixo
Eugenia silva
 
Adeus ao Crucifixo
Adeus ao CrucifixoAdeus ao Crucifixo
Adeus ao Crucifixo
Carmen María Pérez
 
Adeus ao crucifixo
Adeus ao crucifixoAdeus ao crucifixo
Adeus ao crucifixo
Padrao333
 
Por que considere o papa francisco um anticristo
Por que considere o papa francisco um anticristoPor que considere o papa francisco um anticristo
Por que considere o papa francisco um anticristo
Isabel Silva
 
Codigo Da Vinci Anjos E Demonios
Codigo Da Vinci Anjos E DemoniosCodigo Da Vinci Anjos E Demonios
Codigo Da Vinci Anjos E Demonios
Flor Martha S. Ferreira
 
Acao social crista
Acao social cristaAcao social crista
Acao social crista
Marcos Lino
 
Salvação
SalvaçãoSalvação
Salvação
Vinicio Pacifico
 
Salvação
SalvaçãoSalvação
Salvação
Vinicio Pacifico
 
Jornal outubro 2015
Jornal outubro 2015Jornal outubro 2015
Jornal outubro 2015
saojosepascom
 
Declarações do papa francisco - Reflexão
Declarações do papa francisco - ReflexãoDeclarações do papa francisco - Reflexão
Declarações do papa francisco - Reflexão
Marcelo Lima
 
Jornal novemb ro (2)
Jornal novemb ro (2)Jornal novemb ro (2)
Jornal novemb ro (2)
saojosepascom
 
D. Lefebvre - O golpe de mestre de satanás
D. Lefebvre - O golpe de mestre de satanásD. Lefebvre - O golpe de mestre de satanás
D. Lefebvre - O golpe de mestre de satanás
Tradição Católica no Brasil
 
ANTICRISTOS
ANTICRISTOSANTICRISTOS
ANTICRISTOS
Nelson Pereira
 
LIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOS
LIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOSLIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOS
LIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOS
Lourinaldo Serafim
 
A SATÂNICA BABILÔNIA MODERNA AVANÇA .pdf
A SATÂNICA BABILÔNIA MODERNA AVANÇA .pdfA SATÂNICA BABILÔNIA MODERNA AVANÇA .pdf
A SATÂNICA BABILÔNIA MODERNA AVANÇA .pdf
Nelson Pereira
 
Vigilanti Cura (sobre o cinema) - Pio XI
Vigilanti Cura (sobre o cinema) - Pio XIVigilanti Cura (sobre o cinema) - Pio XI
Vigilanti Cura (sobre o cinema) - Pio XI
Rodrigo Catini Flaibam
 
Tu és Pedro
Tu és PedroTu és Pedro
Tu és Pedro
pr_afsalbergaria
 

Semelhante a Adeus Crucifixo (20)

Questões
QuestõesQuestões
Questões
 
Scena Crítica, n. 01, ano 1.pdf
Scena Crítica, n. 01, ano 1.pdfScena Crítica, n. 01, ano 1.pdf
Scena Crítica, n. 01, ano 1.pdf
 
O Uso De Crucifixos E Bblias Em PréDios PúBlicos à Luz Da ConstituiçãO Federal
O Uso De Crucifixos E Bblias Em PréDios PúBlicos à  Luz Da ConstituiçãO FederalO Uso De Crucifixos E Bblias Em PréDios PúBlicos à  Luz Da ConstituiçãO Federal
O Uso De Crucifixos E Bblias Em PréDios PúBlicos à Luz Da ConstituiçãO Federal
 
Adeus ao-crucifixo
Adeus ao-crucifixoAdeus ao-crucifixo
Adeus ao-crucifixo
 
Adeus ao Crucifixo
Adeus ao CrucifixoAdeus ao Crucifixo
Adeus ao Crucifixo
 
Adeus ao crucifixo
Adeus ao crucifixoAdeus ao crucifixo
Adeus ao crucifixo
 
Por que considere o papa francisco um anticristo
Por que considere o papa francisco um anticristoPor que considere o papa francisco um anticristo
Por que considere o papa francisco um anticristo
 
Codigo Da Vinci Anjos E Demonios
Codigo Da Vinci Anjos E DemoniosCodigo Da Vinci Anjos E Demonios
Codigo Da Vinci Anjos E Demonios
 
Acao social crista
Acao social cristaAcao social crista
Acao social crista
 
Salvação
SalvaçãoSalvação
Salvação
 
Salvação
SalvaçãoSalvação
Salvação
 
Jornal outubro 2015
Jornal outubro 2015Jornal outubro 2015
Jornal outubro 2015
 
Declarações do papa francisco - Reflexão
Declarações do papa francisco - ReflexãoDeclarações do papa francisco - Reflexão
Declarações do papa francisco - Reflexão
 
Jornal novemb ro (2)
Jornal novemb ro (2)Jornal novemb ro (2)
Jornal novemb ro (2)
 
D. Lefebvre - O golpe de mestre de satanás
D. Lefebvre - O golpe de mestre de satanásD. Lefebvre - O golpe de mestre de satanás
D. Lefebvre - O golpe de mestre de satanás
 
ANTICRISTOS
ANTICRISTOSANTICRISTOS
ANTICRISTOS
 
LIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOS
LIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOSLIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOS
LIÇÃO 8 - A EVANGELIZAÇÃO DOS GRUPOS RELIGIOSOS
 
A SATÂNICA BABILÔNIA MODERNA AVANÇA .pdf
A SATÂNICA BABILÔNIA MODERNA AVANÇA .pdfA SATÂNICA BABILÔNIA MODERNA AVANÇA .pdf
A SATÂNICA BABILÔNIA MODERNA AVANÇA .pdf
 
Vigilanti Cura (sobre o cinema) - Pio XI
Vigilanti Cura (sobre o cinema) - Pio XIVigilanti Cura (sobre o cinema) - Pio XI
Vigilanti Cura (sobre o cinema) - Pio XI
 
Tu és Pedro
Tu és PedroTu és Pedro
Tu és Pedro
 

Mais de Wilmar Santin

Dom Alberto Foerst - sua vida em imagens
Dom Alberto Foerst  - sua vida em imagensDom Alberto Foerst  - sua vida em imagens
Dom Alberto Foerst - sua vida em imagens
Wilmar Santin
 
História da rã
História da rãHistória da rã
História da rã
Wilmar Santin
 
Contradições humanas
Contradições humanasContradições humanas
Contradições humanas
Wilmar Santin
 
30 surpreendentes imagens aéreas
30 surpreendentes imagens aéreas30 surpreendentes imagens aéreas
30 surpreendentes imagens aéreas
Wilmar Santin
 
Sonhar
SonharSonhar
Campanha da fraternidade 2014
Campanha da fraternidade 2014Campanha da fraternidade 2014
Campanha da fraternidade 2014
Wilmar Santin
 
Carta aos gálatas
Carta aos gálatasCarta aos gálatas
Carta aos gálatas
Wilmar Santin
 
Campanha da Fraternidade 2013 apresentação - 3ª parte = AGIR
Campanha da Fraternidade 2013 apresentação - 3ª parte = AGIRCampanha da Fraternidade 2013 apresentação - 3ª parte = AGIR
Campanha da Fraternidade 2013 apresentação - 3ª parte = AGIR
Wilmar Santin
 
Campanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGAR
Campanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGARCampanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGAR
Campanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGAR
Wilmar Santin
 
Campanha da Fraternidade 2013 apresentação - 1ª parte = VER
Campanha da Fraternidade 2013 apresentação - 1ª parte = VERCampanha da Fraternidade 2013 apresentação - 1ª parte = VER
Campanha da Fraternidade 2013 apresentação - 1ª parte = VER
Wilmar Santin
 
Rally Santarém-Cuiabá
Rally   Santarém-CuiabáRally   Santarém-Cuiabá
Rally Santarém-Cuiabá
Wilmar Santin
 
Festa de Corpus Christi na Italia - tapete de flores
Festa de Corpus Christi na Italia - tapete de floresFesta de Corpus Christi na Italia - tapete de flores
Festa de Corpus Christi na Italia - tapete de flores
Wilmar Santin
 
As mais lindas aves
As mais lindas avesAs mais lindas aves
As mais lindas aves
Wilmar Santin
 
O trofeu de gaio
O trofeu de gaioO trofeu de gaio
O trofeu de gaio
Wilmar Santin
 
Bom dia pra você - Pavarotti
Bom dia pra você - PavarottiBom dia pra você - Pavarotti
Bom dia pra você - Pavarotti
Wilmar Santin
 
Santa Terezinha: Retornar ao Evangelho
Santa Terezinha: Retornar ao EvangelhoSanta Terezinha: Retornar ao Evangelho
Santa Terezinha: Retornar ao Evangelho
Wilmar Santin
 
Realismo Espiritual de Santa Teresinha de Lisieux
Realismo Espiritual de Santa Teresinha de LisieuxRealismo Espiritual de Santa Teresinha de Lisieux
Realismo Espiritual de Santa Teresinha de Lisieux
Wilmar Santin
 
Fotos históricas do Metrô de São Paulo
Fotos históricas do Metrô de São PauloFotos históricas do Metrô de São Paulo
Fotos históricas do Metrô de São Paulo
Wilmar Santin
 
Migração de Arraias
Migração de ArraiasMigração de Arraias
Migração de Arraias
Wilmar Santin
 
Lisboa e arredores
Lisboa e arredoresLisboa e arredores
Lisboa e arredores
Wilmar Santin
 

Mais de Wilmar Santin (20)

Dom Alberto Foerst - sua vida em imagens
Dom Alberto Foerst  - sua vida em imagensDom Alberto Foerst  - sua vida em imagens
Dom Alberto Foerst - sua vida em imagens
 
História da rã
História da rãHistória da rã
História da rã
 
Contradições humanas
Contradições humanasContradições humanas
Contradições humanas
 
30 surpreendentes imagens aéreas
30 surpreendentes imagens aéreas30 surpreendentes imagens aéreas
30 surpreendentes imagens aéreas
 
Sonhar
SonharSonhar
Sonhar
 
Campanha da fraternidade 2014
Campanha da fraternidade 2014Campanha da fraternidade 2014
Campanha da fraternidade 2014
 
Carta aos gálatas
Carta aos gálatasCarta aos gálatas
Carta aos gálatas
 
Campanha da Fraternidade 2013 apresentação - 3ª parte = AGIR
Campanha da Fraternidade 2013 apresentação - 3ª parte = AGIRCampanha da Fraternidade 2013 apresentação - 3ª parte = AGIR
Campanha da Fraternidade 2013 apresentação - 3ª parte = AGIR
 
Campanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGAR
Campanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGARCampanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGAR
Campanha da Fraternidade 2013 - apresentação 2ª parte - JULGAR
 
Campanha da Fraternidade 2013 apresentação - 1ª parte = VER
Campanha da Fraternidade 2013 apresentação - 1ª parte = VERCampanha da Fraternidade 2013 apresentação - 1ª parte = VER
Campanha da Fraternidade 2013 apresentação - 1ª parte = VER
 
Rally Santarém-Cuiabá
Rally   Santarém-CuiabáRally   Santarém-Cuiabá
Rally Santarém-Cuiabá
 
Festa de Corpus Christi na Italia - tapete de flores
Festa de Corpus Christi na Italia - tapete de floresFesta de Corpus Christi na Italia - tapete de flores
Festa de Corpus Christi na Italia - tapete de flores
 
As mais lindas aves
As mais lindas avesAs mais lindas aves
As mais lindas aves
 
O trofeu de gaio
O trofeu de gaioO trofeu de gaio
O trofeu de gaio
 
Bom dia pra você - Pavarotti
Bom dia pra você - PavarottiBom dia pra você - Pavarotti
Bom dia pra você - Pavarotti
 
Santa Terezinha: Retornar ao Evangelho
Santa Terezinha: Retornar ao EvangelhoSanta Terezinha: Retornar ao Evangelho
Santa Terezinha: Retornar ao Evangelho
 
Realismo Espiritual de Santa Teresinha de Lisieux
Realismo Espiritual de Santa Teresinha de LisieuxRealismo Espiritual de Santa Teresinha de Lisieux
Realismo Espiritual de Santa Teresinha de Lisieux
 
Fotos históricas do Metrô de São Paulo
Fotos históricas do Metrô de São PauloFotos históricas do Metrô de São Paulo
Fotos históricas do Metrô de São Paulo
 
Migração de Arraias
Migração de ArraiasMigração de Arraias
Migração de Arraias
 
Lisboa e arredores
Lisboa e arredoresLisboa e arredores
Lisboa e arredores
 

Último

O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 

Último (11)

O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 

Adeus Crucifixo

  • 1. … n ão te queremos mais! Adeus Crucifixo
  • 2. A Corte de “justiça” europeia condenou a It á lia por ter consentido a exposiç ão do s í mbolo religioso nas salas de aula das escolas; A Corte deu o veredicto de que h á uma violaç ão do artigo 2 do Protocolo 1 junto com o artigo 9 da Convenç ão ».
  • 3. Caro Jesus, me entristece, mas devo iniciar a tua remoç ão . Mesmo que eu seja uma pessoa crist ã devo adequar-me a uma sentença da Corte de “justiça” europeia. Mais uma vez a tua sorte foi decidida por um tribunal. Outra vez foste condenado injustamente.
  • 4.  
  • 5.  
  • 6. Novembro 2009: uma sentença te remove das escolas, mas n ão do cor ação dos verdadeiros crist ãos .
  • 7. Dois mil anos atr ás vendido por 30 moedas, Hoje vendido por 5.000 euros
  • 8. Para n ão ofender quem passeia nos centros hist ó ricos, fora tamb ém dos campan ários !!!!!!
  • 9.  
  • 10.  
  • 11. O que fazes sobre os montes?
  • 12.  
  • 13.  
  • 14.  
  • 15. Obrigado, Jesus, por ser o Ressuscitado.
  • 16. O que faremos com a Colina das Cruzes?
  • 17. Derrubemos esta colina … atrapalha!
  • 18. Atrapalha sobretudo o fato de que ela nos recorda o sofrimento humano.
  • 19. M ã e Sant í ssima, ajude-nos a entender que n ão devemos ter medo do Crucifixo, mas dos crucificadores.
  • 20. “ N ão é o poder que redime, mas o amor! O Deus, que se tornou cordeiro, diz-nos que o mundo foi salvo pelo Crucificado e n ão por quem crucifica. O mundo é redimido pela plenitude de Deus e destru íd o pela impaci ê ncia dos homens”. (Bento XVI)
  • 22. Tu incomodas nas salas de aula, mas te levaremos no peito!
  • 23. Vamos te admirar nas vitrines!
  • 24. Ajude-me a ser um crist ão verdadeiro, que n ão tenha vergonha de mostrar ao mundo intero a Cruz; ajude-me a dar um testemunho corajoso como Jo ão Paulo II.
  • 25.  
  • 26.  
  • 27.  
  • 28. Nunca escondeu a Cruz, antes… nos momentos de prova, se apoiou nela.
  • 29. … quando as forças n ão o ajudavam mais, outros irm ãos no sacerd óc io o ajudavam a erguer a Cruz de Jesus.
  • 30. Car í ss imos amigos, se somos crist ãos, n ão vamos renunciar as nossas origens.
  • 31. Da Cruz para n ós nasceu a Vida. Texto escrito e elaborado por Anna Lollo Publicado em www . ppsmeditazionipreghiere .org Traduç ão do italiano: Wilmar Santin
  • 32. Símbolos religiosos podem permanecer em órgãos públicos Fonte: JFSP Data: 21/8/2009 Símbolos religiosos (crucifixos, imagens, entre outros) poderão permanecer nos órgãos públicos. A decisão liminar, do dia 18/8, é da juíza federal Maria Lúcia Lencastre Ursaia, da 3ª Vara Cível Federal de São Paulo. Ela indeferiu o pedido do Ministério Público Federal (MPF) para a retirada dos símbolos dos prédios públicos. A ação civil pública teve início com a representação do cidadão Daniel Sottomaior Pereira, que teria se sentido ofendido com a presença de um “crucifixo” num órgão público. O MPF entendeu que a foto do crucifixo apresentada pelo autor representava desrespeito ao princípio da laicidade do Estado, da liberdade de crença, da isonomia, bem como ao princípio da impessoalidade da Administração Pública e ao princípio processual da imparcialidade do Poder Judiciário. No Brasil j á tentaram tirar a Cruz, mas há uma sentença para que permaneça
  • 33. Para Maria Lúcia Ursaia, o Estado laico não deve ser entendido como uma instituição anti-religiosa ou anti-clerical. “O Estado laico foi a primeira organização política que garantiu a liberdade religiosa. A liberdade de crença, de culto e a tolerância religiosa foram aceitas graças ao Estado laico e não como oposição a ele. Assim sendo, a laicidade não pode se expressar na eliminação dos símbolos religiosos, mas na tolerância aos mesmos”. Para a juíza, num país como o Brasil, que teve formação histórico-cultural cristã, a presença de símbolos religiosos em espaços públicos é natural, “sem qualquer ofensa à liberdade de crença, garantia constitucional, eis que para os agnósticos ou que professam crença diferenciada, aquele símbolo nada representa assemelhando-se a um quadro ou escultura, adereços decorativos”. Maria Lúcia entendeu que não ocorreram as alegadas ofensas à liberdade de escolha de religião, de adesão ou não a qualquer seita religiosa, nem à liberdade de culto e à liberdade de organização religiosa, pois são garantias previstas na Constituição Federal. “A laicidade prevista na Constituição veda à União, Estados, Distrito Federal e Municípios estabelecerem cultos ou igrejas, subvencioná-las, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com elas ou seus representantes relação de dependência ou aliança, previsões que não implicam em vedação à presença de símbolos religiosos em órgão público”. Por fim, em exame preliminar, a juíza negou o pedido do MPF. (VPA) Ação Civil Pública nº 2009.61.00.017604-0