SlideShare uma empresa Scribd logo
O Jardim de Infância é um momento e um tempo de socialização para a criança que se diferencia daqueles que ela viveu até essa altura por acontecer num espaço novo, com muitas pessoas novas e longe das figuras parentais e/ou outras significativas.  Por este motivo,  é importante que este momento decorra com a maior serenidade e afecto possíveis, mas também sem hesitações, para que a criança sinta esta nova etapa como uma situação segura e acolhedora – um caminho por onde se pode aventurar sem receio.  Se a mãe e o pai estão felizes por eu estar aqui é porque este é um sítio bom para eu estar. É claro que eu vou estrebuchar quando eles disserem que vão trabalhar e que mais logo voltam para me buscar. Eu gosto deles e quero que eles fiquem aqui enquanto eu brinco. Era bom eu poder explorar todo este mundo novo e eles aqui maravilhados a olhar para mim; e mais importante que isso, sempre a jeito para um abracinho de apoio ou de protecção.  Mas chega um momento em que as crianças percebem que o mundo é algo mais que uma mera continuidade de si próprios e, nesta linha de ideias, têm de aprender que aquelas duas pessoas, para além de serem os pais que o adoram, são também duas pessoas com outras coisas suas para ser e fazer. Assim sendo…  Quando eu perceber que os meus pais, voltam sempre para me vir buscar, eu aprenderei que posso brincar e divertir-me descansado enquanto eles aqui não estão. Porque eles adoram sempre ver-me de novo. Porque me beijam e me abraçam.  E, desta forma, eu estou a crescer certo do seu amor.   SETEMBRO DE 2010  Adaptação das crianças ao Jardim de Infância

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

143 as coisas que aprendo na vida
143  as coisas que aprendo na vida143  as coisas que aprendo na vida
143 as coisas que aprendo na vida
Ana Maria Rodrigues
 
Ilustracao15
Ilustracao15Ilustracao15
A Gravidez Da Amizade E Amor
A Gravidez Da Amizade E AmorA Gravidez Da Amizade E Amor
A Gravidez Da Amizade E Amor
guest818ab33
 
Slide ideologia dos noticiários
Slide ideologia dos noticiáriosSlide ideologia dos noticiários
Slide ideologia dos noticiários
Neena Gomes
 
Reencarnação; esperança de uma nova vida
Reencarnação; esperança de uma nova vidaReencarnação; esperança de uma nova vida
Reencarnação; esperança de uma nova vida
Associação Espirita Lagos
 
Geração dois mil e pouco
Geração dois mil e poucoGeração dois mil e pouco
Geração dois mil e pouco
miefrancine
 
Apresentação gabriella
Apresentação gabriellaApresentação gabriella
Apresentação gabriella
Levi da Cunha
 
Pedido de uma criança
Pedido de uma criançaPedido de uma criança
Pedido de uma criança
Maria Leonor
 
70339 ped[1]
70339 ped[1]70339 ped[1]
70339 ped[1]
Andre Lenz
 
Viver Em Plenitude
Viver Em PlenitudeViver Em Plenitude
Viver Em Plenitude
Sandro Moretty
 
Familia um rol de expectativas
Familia   um rol de expectativas Familia   um rol de expectativas
Familia um rol de expectativas
Rubens de Mello
 
Apresentação Como Nascemos? Parto humanizado para crianças
Apresentação Como Nascemos? Parto humanizado para criançasApresentação Como Nascemos? Parto humanizado para crianças
Apresentação Como Nascemos? Parto humanizado para crianças
Adriana Tanese Nogueira
 
70339 ped[1]
70339 ped[1]70339 ped[1]
70339 ped[1]
Paulo Bachur
 
NãO+Te+Metas Na Minha Vida
NãO+Te+Metas Na Minha VidaNãO+Te+Metas Na Minha Vida
NãO+Te+Metas Na Minha Vida
Ivone Lage
 
Apresentação para 1º reunião de pais
Apresentação para 1º reunião de paisApresentação para 1º reunião de pais
Apresentação para 1º reunião de pais
Gustavo Blank
 
Uma Flor Chamada Mamae L[1]. Thompson
Uma Flor Chamada Mamae   L[1]. ThompsonUma Flor Chamada Mamae   L[1]. Thompson
Uma Flor Chamada Mamae L[1]. Thompson
Mensagens Poemas
 

Mais procurados (16)

143 as coisas que aprendo na vida
143  as coisas que aprendo na vida143  as coisas que aprendo na vida
143 as coisas que aprendo na vida
 
Ilustracao15
Ilustracao15Ilustracao15
Ilustracao15
 
A Gravidez Da Amizade E Amor
A Gravidez Da Amizade E AmorA Gravidez Da Amizade E Amor
A Gravidez Da Amizade E Amor
 
Slide ideologia dos noticiários
Slide ideologia dos noticiáriosSlide ideologia dos noticiários
Slide ideologia dos noticiários
 
Reencarnação; esperança de uma nova vida
Reencarnação; esperança de uma nova vidaReencarnação; esperança de uma nova vida
Reencarnação; esperança de uma nova vida
 
Geração dois mil e pouco
Geração dois mil e poucoGeração dois mil e pouco
Geração dois mil e pouco
 
Apresentação gabriella
Apresentação gabriellaApresentação gabriella
Apresentação gabriella
 
Pedido de uma criança
Pedido de uma criançaPedido de uma criança
Pedido de uma criança
 
70339 ped[1]
70339 ped[1]70339 ped[1]
70339 ped[1]
 
Viver Em Plenitude
Viver Em PlenitudeViver Em Plenitude
Viver Em Plenitude
 
Familia um rol de expectativas
Familia   um rol de expectativas Familia   um rol de expectativas
Familia um rol de expectativas
 
Apresentação Como Nascemos? Parto humanizado para crianças
Apresentação Como Nascemos? Parto humanizado para criançasApresentação Como Nascemos? Parto humanizado para crianças
Apresentação Como Nascemos? Parto humanizado para crianças
 
70339 ped[1]
70339 ped[1]70339 ped[1]
70339 ped[1]
 
NãO+Te+Metas Na Minha Vida
NãO+Te+Metas Na Minha VidaNãO+Te+Metas Na Minha Vida
NãO+Te+Metas Na Minha Vida
 
Apresentação para 1º reunião de pais
Apresentação para 1º reunião de paisApresentação para 1º reunião de pais
Apresentação para 1º reunião de pais
 
Uma Flor Chamada Mamae L[1]. Thompson
Uma Flor Chamada Mamae   L[1]. ThompsonUma Flor Chamada Mamae   L[1]. Thompson
Uma Flor Chamada Mamae L[1]. Thompson
 

Semelhante a Adaptaçao ao Jardim de Infância

Respostas sociais e educativas para crianças e jovens- A criança e o jovem no...
Respostas sociais e educativas para crianças e jovens- A criança e o jovem no...Respostas sociais e educativas para crianças e jovens- A criança e o jovem no...
Respostas sociais e educativas para crianças e jovens- A criança e o jovem no...
Susana Costa
 
Mensagens
MensagensMensagens
Paternidade
PaternidadePaternidade
Compreendendo o Aventureiro.pptx
Compreendendo o Aventureiro.pptxCompreendendo o Aventureiro.pptx
Compreendendo o Aventureiro.pptx
RosivaldoeEliete Santana
 
Filhos nao podem esperar
Filhos nao podem esperarFilhos nao podem esperar
Filhos nao podem esperar
Mensagens Virtuais
 
Pai adotivo
Pai adotivoPai adotivo
Pai adotivo
Maycon Freitas
 
Adaptação escolar
Adaptação escolarAdaptação escolar
Adaptação escolar
Oriana Melo
 
Mensagem para os pais
Mensagem para os paisMensagem para os pais
Mensagem para os pais
Auxiliadora Vasconcelos
 
Projeto integração família
Projeto integração famíliaProjeto integração família
Projeto integração família
Sandra Castro martins
 
Folder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAISFolder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAIS
QUEDMA SILVA
 
Mensagem para os pais
Mensagem para os paisMensagem para os pais
Mensagem para os pais
Auxiliadora Vasconcelos
 
Mensagem para os pais
Mensagem para os paisMensagem para os pais
Mensagem para os pais
Auxiliadora Vasconcelos
 
M U I T O M A I S F E L I Z
M U I T O  M A I S  F E L I ZM U I T O  M A I S  F E L I Z
M U I T O M A I S F E L I Z
guest2c857d
 
Meu Filho e as Manhãs
Meu Filho e as ManhãsMeu Filho e as Manhãs
Meu Filho e as Manhãs
-
 
Revista do Arco
Revista do ArcoRevista do Arco
Revista do Arco
TainFerrariJlio
 
Amar é acolher 1ª reunião
Amar é acolher 1ª reuniãoAmar é acolher 1ª reunião
Amar é acolher 1ª reunião
Simone Liberato CupcakeKids
 
Educando geniosas 1cap
Educando geniosas 1capEducando geniosas 1cap
Educando geniosas 1cap
PamelaThaisA
 
Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 (2)
Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 (2)Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 (2)
Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 (2)
Simônica Salgado
 
Tempo dos filhos
Tempo dos filhosTempo dos filhos
Tempo dos filhos
-
 
Ser professor na educação infantil
Ser professor na educação infantilSer professor na educação infantil
Ser professor na educação infantil
VIROUCLIPTAQ
 

Semelhante a Adaptaçao ao Jardim de Infância (20)

Respostas sociais e educativas para crianças e jovens- A criança e o jovem no...
Respostas sociais e educativas para crianças e jovens- A criança e o jovem no...Respostas sociais e educativas para crianças e jovens- A criança e o jovem no...
Respostas sociais e educativas para crianças e jovens- A criança e o jovem no...
 
Mensagens
MensagensMensagens
Mensagens
 
Paternidade
PaternidadePaternidade
Paternidade
 
Compreendendo o Aventureiro.pptx
Compreendendo o Aventureiro.pptxCompreendendo o Aventureiro.pptx
Compreendendo o Aventureiro.pptx
 
Filhos nao podem esperar
Filhos nao podem esperarFilhos nao podem esperar
Filhos nao podem esperar
 
Pai adotivo
Pai adotivoPai adotivo
Pai adotivo
 
Adaptação escolar
Adaptação escolarAdaptação escolar
Adaptação escolar
 
Mensagem para os pais
Mensagem para os paisMensagem para os pais
Mensagem para os pais
 
Projeto integração família
Projeto integração famíliaProjeto integração família
Projeto integração família
 
Folder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAISFolder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAIS
 
Mensagem para os pais
Mensagem para os paisMensagem para os pais
Mensagem para os pais
 
Mensagem para os pais
Mensagem para os paisMensagem para os pais
Mensagem para os pais
 
M U I T O M A I S F E L I Z
M U I T O  M A I S  F E L I ZM U I T O  M A I S  F E L I Z
M U I T O M A I S F E L I Z
 
Meu Filho e as Manhãs
Meu Filho e as ManhãsMeu Filho e as Manhãs
Meu Filho e as Manhãs
 
Revista do Arco
Revista do ArcoRevista do Arco
Revista do Arco
 
Amar é acolher 1ª reunião
Amar é acolher 1ª reuniãoAmar é acolher 1ª reunião
Amar é acolher 1ª reunião
 
Educando geniosas 1cap
Educando geniosas 1capEducando geniosas 1cap
Educando geniosas 1cap
 
Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 (2)
Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 (2)Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 (2)
Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 (2)
 
Tempo dos filhos
Tempo dos filhosTempo dos filhos
Tempo dos filhos
 
Ser professor na educação infantil
Ser professor na educação infantilSer professor na educação infantil
Ser professor na educação infantil
 

Mais de ermelinda mestre

Planetas2
Planetas2Planetas2
Planetas2
ermelinda mestre
 
Ementa diferida novembro 2014
Ementa diferida novembro 2014Ementa diferida novembro 2014
Ementa diferida novembro 2014
ermelinda mestre
 
Ementa diferida outubro 2014
Ementa diferida outubro 2014Ementa diferida outubro 2014
Ementa diferida outubro 2014
ermelinda mestre
 
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
ermelinda mestre
 
4. Sessão Escola Pais
4. Sessão Escola Pais4. Sessão Escola Pais
4. Sessão Escola Pais
ermelinda mestre
 
Livro informativo
Livro informativoLivro informativo
Livro informativo
ermelinda mestre
 
Regimento interno dos Jardins de Infância
Regimento interno dos Jardins de InfânciaRegimento interno dos Jardins de Infância
Regimento interno dos Jardins de Infância
ermelinda mestre
 
Metas pré escolar
Metas pré escolarMetas pré escolar
Metas pré escolar
ermelinda mestre
 
Metas pré escolar (1)
Metas pré escolar (1)Metas pré escolar (1)
Metas pré escolar (1)
ermelinda mestre
 
Portefólio digital 2013
Portefólio digital 2013Portefólio digital 2013
Portefólio digital 2013
ermelinda mestre
 
Sindrome
SindromeSindrome
Portefólio digital 2012
Portefólio digital 2012Portefólio digital 2012
Portefólio digital 2012
ermelinda mestre
 
Portefólio ,mafra
Portefólio ,mafraPortefólio ,mafra
Portefólio ,mafra
ermelinda mestre
 
1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido
ermelinda mestre
 
As flores do meu jardim
As flores do meu jardimAs flores do meu jardim
As flores do meu jardim
ermelinda mestre
 
Filhos do coração
Filhos do coraçãoFilhos do coração
Filhos do coração
ermelinda mestre
 
Livro da mae pdf
Livro da mae pdfLivro da mae pdf
Livro da mae pdf
ermelinda mestre
 
Mãe, querida Mãe
Mãe, querida MãeMãe, querida Mãe
Mãe, querida Mãe
ermelinda mestre
 
Sementinha
Sementinha   Sementinha
Sementinha
ermelinda mestre
 

Mais de ermelinda mestre (20)

Planetas2
Planetas2Planetas2
Planetas2
 
Ementa diferida novembro 2014
Ementa diferida novembro 2014Ementa diferida novembro 2014
Ementa diferida novembro 2014
 
Ementa diferida outubro 2014
Ementa diferida outubro 2014Ementa diferida outubro 2014
Ementa diferida outubro 2014
 
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
Condicoes de sucesso_no_final_da_epe (1)
 
4. Sessão Escola Pais
4. Sessão Escola Pais4. Sessão Escola Pais
4. Sessão Escola Pais
 
Mapa da história
Mapa da históriaMapa da história
Mapa da história
 
Livro informativo
Livro informativoLivro informativo
Livro informativo
 
Regimento interno dos Jardins de Infância
Regimento interno dos Jardins de InfânciaRegimento interno dos Jardins de Infância
Regimento interno dos Jardins de Infância
 
Metas pré escolar
Metas pré escolarMetas pré escolar
Metas pré escolar
 
Metas pré escolar (1)
Metas pré escolar (1)Metas pré escolar (1)
Metas pré escolar (1)
 
Portefólio digital 2013
Portefólio digital 2013Portefólio digital 2013
Portefólio digital 2013
 
Sindrome
SindromeSindrome
Sindrome
 
Portefólio digital 2012
Portefólio digital 2012Portefólio digital 2012
Portefólio digital 2012
 
Portefólio ,mafra
Portefólio ,mafraPortefólio ,mafra
Portefólio ,mafra
 
1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido1 planificação setembro convertido
1 planificação setembro convertido
 
As flores do meu jardim
As flores do meu jardimAs flores do meu jardim
As flores do meu jardim
 
Filhos do coração
Filhos do coraçãoFilhos do coração
Filhos do coração
 
Livro da mae pdf
Livro da mae pdfLivro da mae pdf
Livro da mae pdf
 
Mãe, querida Mãe
Mãe, querida MãeMãe, querida Mãe
Mãe, querida Mãe
 
Sementinha
Sementinha   Sementinha
Sementinha
 

Último

Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 

Adaptaçao ao Jardim de Infância

  • 1. O Jardim de Infância é um momento e um tempo de socialização para a criança que se diferencia daqueles que ela viveu até essa altura por acontecer num espaço novo, com muitas pessoas novas e longe das figuras parentais e/ou outras significativas. Por este motivo, é importante que este momento decorra com a maior serenidade e afecto possíveis, mas também sem hesitações, para que a criança sinta esta nova etapa como uma situação segura e acolhedora – um caminho por onde se pode aventurar sem receio. Se a mãe e o pai estão felizes por eu estar aqui é porque este é um sítio bom para eu estar. É claro que eu vou estrebuchar quando eles disserem que vão trabalhar e que mais logo voltam para me buscar. Eu gosto deles e quero que eles fiquem aqui enquanto eu brinco. Era bom eu poder explorar todo este mundo novo e eles aqui maravilhados a olhar para mim; e mais importante que isso, sempre a jeito para um abracinho de apoio ou de protecção. Mas chega um momento em que as crianças percebem que o mundo é algo mais que uma mera continuidade de si próprios e, nesta linha de ideias, têm de aprender que aquelas duas pessoas, para além de serem os pais que o adoram, são também duas pessoas com outras coisas suas para ser e fazer. Assim sendo… Quando eu perceber que os meus pais, voltam sempre para me vir buscar, eu aprenderei que posso brincar e divertir-me descansado enquanto eles aqui não estão. Porque eles adoram sempre ver-me de novo. Porque me beijam e me abraçam. E, desta forma, eu estou a crescer certo do seu amor. SETEMBRO DE 2010 Adaptação das crianças ao Jardim de Infância