SlideShare uma empresa Scribd logo
ABCdaAgriculturaFamiliar
O feijão do Sertão
Caupi
Caupi
O feijão do Sertão
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Embrapa Informação Tecnológica
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Embrapa Informação Tecnológica
Brasília, DF
2006
Exemplares desta publicação podem ser adquiridos na:
Embrapa Informação Tecnológica
Parque Estação Biológica (PqEB), Av. W3 Norte (final)
CEP 70770-901 Brasília, DF
Fone: (61) 3340-9999
Fax: (61) 3340-2753
vendas@sct.embrapa.br
www.sct.embrapa.br
Coordenação geral
Fernando do Amaral Pereira
Coordenação editorial
Lillian Alvares
Lucilene Maria de Andrade
Compilação e edição
CW Produções Ltda.
Revisão técnica
Marisa de Goes
Revisão de texto
Wesley José da Rocha
Caupi: o feijão do sertão. – Brasília, DF : Embrapa Informação Tecnológica, 2006.
17 p. : il. – (ABC da Agricultura Familiar, 5).
Compilação e edição, CW Produções Ltda.
ISBN 85-7383-342-4
1. Adubação. 2. Colheita. 3. Doença. 4. Feijão de corda. 5. Plantio. 6. Praga.
Todos os direitos reservados.
A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em
parte, constitui violação dos direitos autorais (Lei no
. 9.610).
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação – CIP
Embrapa Informação Tecnológica
CDD 633.33
1ª edição
1ª impressão (2006): 1.000 exemplares
Editoração eletrônica
Mário César Moura de Aguiar
Capa
Carlos Eduardo Felice Barbeiro
Ilustração da capa
CW Produções Ltda.
(Eloi Neves Gameleira
Paulo Sérgio Soares)
©Embrapa2006
Apresentação
Empenhada em auxiliar o pequeno produtor, a
Embrapa lança o ABC da Agricultura Familiar, que
oferece valiosas instruções sobre o trabalho no campo.
Elaboradas em linguagem simples e objetiva,
as publicações abordam temas relacionados à
agropecuária e mostram como otimizar a atividade
rural. A criação de animais, técnicas de plantio,
práticas de controle de pragas e doenças, adubação
alternativa e fabricação de conservas de frutas são
alguns dos assuntos tratados.
De forma independente ou reunidas em
associações, as famílias poderão beneficiar-se
dessas informações e, com isso, diminuir custos,
aumentar a produção de alimentos, criar outras fontes
de renda e agregar valor a seus produtos.
Assim, a Embrapa cumpre o propósito adicional
de ajudar a fixar o homem no campo, pois coloca a
pesquisa a seu alcance e oferece alternativas de
melhoria na qualidade de vida.
Fernando do Amaral Pereira
Gerente-Geral
Embrapa InformaçãoTecnológica
Sumário
Feijão-caupi .............................................. 7
Que variedades plantar? ............................ 7
Quando e como plantar .............................. 8
Adubação ............................................... 11
Como controlar o mato ............................ 11
Como controlar pragas e doenças............ 12
Colheita .................................................. 13
6
7
Feijão-caupi
O feijão-caupi, também chamado de
feijão-de-corda, feijão-vigna ou feijão-de-
macáçar, é uma cultura muito importante
para o Sertão, porque produz bem no clima
seco.
É um ótimo alimento, pois fornece
muitos nutrientes, especialmente as proteí-
nas, que são substâncias muito importantes
para a saúde humana.
Este texto traz algumas informações
sobre como plantar bem o feijão-caupi.
Que variedades plantar?
Existem muitas variedades recomen-
dadas, pois algumas se adaptam em certos
locais, outras não. Converse com um
técnico para saber quais são as que
produzem melhor na sua região.
Se não for possível encontrar semen-
tes das variedades recomendadas, procure
8
sementes de boa qualidade, que tenham sido
produzidasemplantaçõessadiasequederam
bons grãos. Verifique se existe em sua
comunidade ou município um banco de
sementes. Lá você poderá obter boas
sementes.
As variedades podem ser do tipo
ramador ou de moita.
Quando e como plantar
A melhor época para plantar o feijão-
caupi é o início das chuvas, geralmente nos
meses de janeiro e fevereiro no Sertão do
Nordeste.
Pode-se plantar o feijão-caupi sozinho
(sistemasolteiro)ouassociado(emconsórcio)
com milho, com mandioca, com sorgo ou com
outras plantas.
Emqualquercaso,deixetrêsplantaspor
cova e semeie a uma profundidade de dois a
três dedos (quatro a seis centímetros).
9
Distância entre as plantas
no sistema solteiro
Plante com o seguinte espaçamento:
Variedades do tipo ramador – Um
metro entre as linhas e três palmos e meio (75
centímetros,aproximadamente)entreascovas
nalinha.
Variedades de moita – Três palmos e
meio entre as linhas e dois palmos (45
centímetros, aproximadamente) entre as
covas na linha.
Distância entre as plantas
no consórcio de feijão-caupi
com milho
Variedades ramadoras – Plantar
alternadamente duas linhas de feijão-caupi e
duas linhas de milho.
• Milho – Quatro palmos entre as linhas
e dois palmos entre as covas.
• Feijão-caupi – Quatro palmos entre
as linhas e três palmos entre as covas.
10
• Separaçãode4palmosentreaslinhas
de milho e as de feijão-caupi.
Variedades de moita – Plantar
alternadamente duas linhas de feijão-caupi e
duas linhas de milho.
• Milho – Quatro palmos entre as linhas
e dois palmos entre as covas.
• Feijão-caupi – Três palmos entre as
linhas e dois palmos entre as covas.
• Separação de três palmos entre as
linhas de milho e as de feijão-caupi.
Distância entre as plantas
no consórcio de feijão-caupi
com mandioca
• Mandioca – Sete palmos (1,50 m)
entre as linhas e três palmos (65 cm)
entre as covas.
• Feijão-caupi – Dois palmos entre as
linhas e dois palmos entre as covas.
• Separação de dois palmos e meio
entre as fileiras de mandioca e as de
feijão-caupi.
11
Adubação
Toda cultura, para produzir melhor,
precisa de adubação. Normalmente, os
técnicos recomendam o uso de adubos
químicos ou orgânicos.
A recomendação de adubação deve ser
feita de acordo com o resultado da análise de
solos em laboratório. Porém, existem formas
de adubação que usam materiais facilmente
encontrados na roça, e algumas delas estão
explicadas no título Adubação alternativa do
ABC da Agricultura Familiar.
Como controlar o mato
Paracontrolaromato,vocêdeverealizar
de três a quatro capinas, fazendo a amontoa
quando as plantas começarem a crescer.
12
Como controlar
pragas e doenças
Existem muitas pragas e doenças que
atacam as plantas cultivadas.
Aaplicaçãodeagrotóxicosparacontrole
das pragas e das doenças requer a ajuda de
um técnico, porque tais produtos são muito
venenosos e bastante caros. Podem,
portanto, fazer mal para nossa saúde e para
nosso bolso.
Paravocêqueplantaumapequenaroça
– um pequeno pomar, uma pequena horta –,
geralmente não vale a pena usar produtos
químicos comerciais para controlar as pragas
e as doenças.
Sobre esse assunto, consulte o título
Controle alternativo de pragas e doenças das
plantas do ABC da Agricultura Familiar.
13
Colheita
A colheita do feijão-caupi deve ser feita
em duas etapas, a primeira quando 60 por
centodasvagensestiveremsecas,asegunda
quando o restante estiver seco.
• Armazenar os grãos quando estive-
rem bem secos, ou seja, quando o
grão se quebra ao ser mordido.
• Os grãos poderão ser armazenados
em tambores de plástico ou em latas
de vinte litros. Em qualquer caso,
esses recipientes devem ser bem
tampados e vedados.
14
15
Atenção!
Para mais informações e esclarecimentos,
procure um técnico da extensão rural, da
Embrapa, da prefeitura ou de alguma
organização de assistência aos agricultores.
16
17
Forme uma associação
com seus vizinhos
Quando você se associa com outros
membros de sua comunidade, as vantagens
são muitas, pois:
• Fica mais fácil procurar as autoridades
e pedir apoio para os projetos.
• Os associados podem comprar
máquinas e aparelhos em conjunto.
• Fica mais fácil obter crédito.
• Juntos, os associados podem vender
melhor sua produção.
• Os associados podem organizar
mutirões.
A união faz a força!
18
19
Títulos lançados
• Como organizar uma associação
• Como plantar abacaxi
• Como plantar hortaliças
• Controle alternativo de pragas e
doenças das plantas
• Caupi: o feijão do Sertão
• Como cultivar a bananeira
• Adubação alternativa
• Cultivo de peixes
• Como produzir melancia
• Alimentação das criações na seca
• Conservas caseiras de frutas
Impressão e acabamento
Embrapa Informação Tecnológica
Informação Tecnológica
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
CGPE:5844
ISBN85-7383-342-4
Com o lançamento do ,
a Embrapa coloca à disposição do pequeno produtor
valiosas instruções sobre as atividades do campo.
Numa linguagem simples e objetiva, os títulos abordam
a criação de animais, técnicas de plantio, práticas
de controle de pragas e doenças, adubação alternativa
e fabricação de conservas de frutas, dentre outros
assuntos que exemplificam como otimizar o trabalho rural.
Inicialmente produzidas para atender demandas por
informação do Semi-Árido nordestino, as recomendações
apresentadas são de aplicabilidade prática também
em outras regiões do País.
Com o a Embrapa
demonstra o compromisso assumido com
o sucesso da agricultura familiar.
ABC da Agricultura Familiar
ABC da Agricultura Familiar,
9788573833423

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Abc da agricultura como capturar enxames com caixais
Abc da agricultura como capturar enxames com caixaisAbc da agricultura como capturar enxames com caixais
Abc da agricultura como capturar enxames com caixais
Lenildo Araujo
 
ABC Preservação e uso da caatinga
ABC Preservação e uso da caatingaABC Preservação e uso da caatinga
ABC Preservação e uso da caatinga
Lenildo Araujo
 
ABC Como produzir melancia
ABC Como produzir melanciaABC Como produzir melancia
ABC Como produzir melancia
Lenildo Araujo
 
Abc da agricultura como capturar enxames em voo
Abc da agricultura como capturar enxames em vooAbc da agricultura como capturar enxames em voo
Abc da agricultura como capturar enxames em voo
Lenildo Araujo
 
ABC Adubação alternativa
ABC Adubação alternativaABC Adubação alternativa
ABC Adubação alternativa
Lenildo Araujo
 
ABC Como cultivar a banaeira
ABC Como cultivar a banaeiraABC Como cultivar a banaeira
ABC Como cultivar a banaeira
Lenildo Araujo
 
Controle alternativo de pragas e doenças nas plantas
Controle alternativo de pragas e doenças nas  plantasControle alternativo de pragas e doenças nas  plantas
Controle alternativo de pragas e doenças nas plantas
João Siqueira da Mata
 
ABC Alimentação das criações na seca
ABC Alimentação das criações na secaABC Alimentação das criações na seca
ABC Alimentação das criações na seca
Lenildo Araujo
 
Abc da agricultura como instalar colmeias
Abc da agricultura como instalar colmeiasAbc da agricultura como instalar colmeias
Abc da agricultura como instalar colmeias
Lenildo Araujo
 
Abc da agricultura minhocultura
Abc da agricultura minhoculturaAbc da agricultura minhocultura
Abc da agricultura minhocultura
Lenildo Araujo
 
Abc criação de caprinos e ovinos
Abc criação de caprinos e ovinosAbc criação de caprinos e ovinos
Abc criação de caprinos e ovinos
Lenildo Araujo
 
Abc da agricultura como alimentar enxames
Abc da agricultura como alimentar enxamesAbc da agricultura como alimentar enxames
Abc da agricultura como alimentar enxames
Lenildo Araujo
 
Abelhas sem-ferrao
Abelhas sem-ferraoAbelhas sem-ferrao
Abelhas sem-ferrao
Lenildo Araujo
 
ABC Como plantar abacaxi
ABC Como plantar abacaxiABC Como plantar abacaxi
ABC Como plantar abacaxi
Lenildo Araujo
 
Peixes
PeixesPeixes
Cartilha alternativas agricultura familiar
Cartilha alternativas agricultura familiarCartilha alternativas agricultura familiar
Cartilha alternativas agricultura familiar
Polpas
 
Ovinos
OvinosOvinos
Catalago brasileiro de hortaliças
Catalago brasileiro de hortaliçasCatalago brasileiro de hortaliças
Catalago brasileiro de hortaliças
Fazenda Constância Orgânicos
 
Abc da agricultura preservação e uso da caatinga 2
Abc da agricultura preservação e uso da caatinga 2Abc da agricultura preservação e uso da caatinga 2
Abc da agricultura preservação e uso da caatinga 2
Lenildo Araujo
 
Como Implantar e Conduzir uma Horta de Pequeno Porte
Como Implantar e Conduzir uma Horta de Pequeno PorteComo Implantar e Conduzir uma Horta de Pequeno Porte
Como Implantar e Conduzir uma Horta de Pequeno Porte
João Siqueira da Mata
 

Mais procurados (20)

Abc da agricultura como capturar enxames com caixais
Abc da agricultura como capturar enxames com caixaisAbc da agricultura como capturar enxames com caixais
Abc da agricultura como capturar enxames com caixais
 
ABC Preservação e uso da caatinga
ABC Preservação e uso da caatingaABC Preservação e uso da caatinga
ABC Preservação e uso da caatinga
 
ABC Como produzir melancia
ABC Como produzir melanciaABC Como produzir melancia
ABC Como produzir melancia
 
Abc da agricultura como capturar enxames em voo
Abc da agricultura como capturar enxames em vooAbc da agricultura como capturar enxames em voo
Abc da agricultura como capturar enxames em voo
 
ABC Adubação alternativa
ABC Adubação alternativaABC Adubação alternativa
ABC Adubação alternativa
 
ABC Como cultivar a banaeira
ABC Como cultivar a banaeiraABC Como cultivar a banaeira
ABC Como cultivar a banaeira
 
Controle alternativo de pragas e doenças nas plantas
Controle alternativo de pragas e doenças nas  plantasControle alternativo de pragas e doenças nas  plantas
Controle alternativo de pragas e doenças nas plantas
 
ABC Alimentação das criações na seca
ABC Alimentação das criações na secaABC Alimentação das criações na seca
ABC Alimentação das criações na seca
 
Abc da agricultura como instalar colmeias
Abc da agricultura como instalar colmeiasAbc da agricultura como instalar colmeias
Abc da agricultura como instalar colmeias
 
Abc da agricultura minhocultura
Abc da agricultura minhoculturaAbc da agricultura minhocultura
Abc da agricultura minhocultura
 
Abc criação de caprinos e ovinos
Abc criação de caprinos e ovinosAbc criação de caprinos e ovinos
Abc criação de caprinos e ovinos
 
Abc da agricultura como alimentar enxames
Abc da agricultura como alimentar enxamesAbc da agricultura como alimentar enxames
Abc da agricultura como alimentar enxames
 
Abelhas sem-ferrao
Abelhas sem-ferraoAbelhas sem-ferrao
Abelhas sem-ferrao
 
ABC Como plantar abacaxi
ABC Como plantar abacaxiABC Como plantar abacaxi
ABC Como plantar abacaxi
 
Peixes
PeixesPeixes
Peixes
 
Cartilha alternativas agricultura familiar
Cartilha alternativas agricultura familiarCartilha alternativas agricultura familiar
Cartilha alternativas agricultura familiar
 
Ovinos
OvinosOvinos
Ovinos
 
Catalago brasileiro de hortaliças
Catalago brasileiro de hortaliçasCatalago brasileiro de hortaliças
Catalago brasileiro de hortaliças
 
Abc da agricultura preservação e uso da caatinga 2
Abc da agricultura preservação e uso da caatinga 2Abc da agricultura preservação e uso da caatinga 2
Abc da agricultura preservação e uso da caatinga 2
 
Como Implantar e Conduzir uma Horta de Pequeno Porte
Como Implantar e Conduzir uma Horta de Pequeno PorteComo Implantar e Conduzir uma Horta de Pequeno Porte
Como Implantar e Conduzir uma Horta de Pequeno Porte
 

Semelhante a Abc feijão caupi

Abc melancia
Abc melanciaAbc melancia
Abc melancia
pauloweimann
 
Abc caju
Abc cajuAbc caju
Abc caju
pauloweimann
 
Abc hortaliças
Abc hortaliçasAbc hortaliças
Abc hortaliças
pauloweimann
 
Apostila Embrapa Como plantar hortaliça
Apostila Embrapa Como plantar hortaliçaApostila Embrapa Como plantar hortaliça
Apostila Embrapa Como plantar hortaliça
Evelyn Golin
 
21438184 como-plantar-hortalicas-131211194443-phpapp02
21438184 como-plantar-hortalicas-131211194443-phpapp0221438184 como-plantar-hortalicas-131211194443-phpapp02
21438184 como-plantar-hortalicas-131211194443-phpapp02
Ronildo Barros Pereira
 
Gergelim 500 Perguntas 500 Respostas EMBRAPA
Gergelim 500 Perguntas 500 Respostas EMBRAPAGergelim 500 Perguntas 500 Respostas EMBRAPA
Gergelim 500 Perguntas 500 Respostas EMBRAPA
josefontenelle
 
Gergelin
GergelinGergelin
Abc abacaxi
Abc abacaxiAbc abacaxi
Abc abacaxi
pauloweimann
 
Abc umbuzeiro
Abc umbuzeiroAbc umbuzeiro
Abc umbuzeiro
pauloweimann
 
Horta organica
Horta organicaHorta organica
Horta organica
Lindon Johnsons Lemos
 
Embrapa milho verde
Embrapa milho verdeEmbrapa milho verde
Embrapa milho verde
pauloweimann
 
Producao de-hortalicas-para-a-agricultura-familiar
Producao de-hortalicas-para-a-agricultura-familiarProducao de-hortalicas-para-a-agricultura-familiar
Producao de-hortalicas-para-a-agricultura-familiar
Rafaelly Lima
 
Pragas em-hortas
Pragas em-hortasPragas em-hortas
Pragas em-hortas
IPVC.ESTG
 
Abc controle de pragas
Abc controle de pragasAbc controle de pragas
Abc controle de pragas
pauloweimann
 
ABC Controle alternativo de pragas e doenças das plantas
ABC Controle alternativo de pragas e doenças das plantasABC Controle alternativo de pragas e doenças das plantas
ABC Controle alternativo de pragas e doenças das plantas
Lenildo Araujo
 
Abc guandu petrolina
Abc guandu petrolinaAbc guandu petrolina
Abc guandu petrolina
pauloweimann
 
Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2
Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2
Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2
Lenildo Araujo
 
Hortas: 500 perguntas, 500 respostas
Hortas: 500 perguntas, 500 respostasHortas: 500 perguntas, 500 respostas
Hortas: 500 perguntas, 500 respostas
Portal Canal Rural
 
Abc bananeira
Abc bananeiraAbc bananeira
Abc bananeira
pauloweimann
 
Cartilha apicultura
Cartilha apiculturaCartilha apicultura
Cartilha apicultura
Alexandre Panerai
 

Semelhante a Abc feijão caupi (20)

Abc melancia
Abc melanciaAbc melancia
Abc melancia
 
Abc caju
Abc cajuAbc caju
Abc caju
 
Abc hortaliças
Abc hortaliçasAbc hortaliças
Abc hortaliças
 
Apostila Embrapa Como plantar hortaliça
Apostila Embrapa Como plantar hortaliçaApostila Embrapa Como plantar hortaliça
Apostila Embrapa Como plantar hortaliça
 
21438184 como-plantar-hortalicas-131211194443-phpapp02
21438184 como-plantar-hortalicas-131211194443-phpapp0221438184 como-plantar-hortalicas-131211194443-phpapp02
21438184 como-plantar-hortalicas-131211194443-phpapp02
 
Gergelim 500 Perguntas 500 Respostas EMBRAPA
Gergelim 500 Perguntas 500 Respostas EMBRAPAGergelim 500 Perguntas 500 Respostas EMBRAPA
Gergelim 500 Perguntas 500 Respostas EMBRAPA
 
Gergelin
GergelinGergelin
Gergelin
 
Abc abacaxi
Abc abacaxiAbc abacaxi
Abc abacaxi
 
Abc umbuzeiro
Abc umbuzeiroAbc umbuzeiro
Abc umbuzeiro
 
Horta organica
Horta organicaHorta organica
Horta organica
 
Embrapa milho verde
Embrapa milho verdeEmbrapa milho verde
Embrapa milho verde
 
Producao de-hortalicas-para-a-agricultura-familiar
Producao de-hortalicas-para-a-agricultura-familiarProducao de-hortalicas-para-a-agricultura-familiar
Producao de-hortalicas-para-a-agricultura-familiar
 
Pragas em-hortas
Pragas em-hortasPragas em-hortas
Pragas em-hortas
 
Abc controle de pragas
Abc controle de pragasAbc controle de pragas
Abc controle de pragas
 
ABC Controle alternativo de pragas e doenças das plantas
ABC Controle alternativo de pragas e doenças das plantasABC Controle alternativo de pragas e doenças das plantas
ABC Controle alternativo de pragas e doenças das plantas
 
Abc guandu petrolina
Abc guandu petrolinaAbc guandu petrolina
Abc guandu petrolina
 
Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2
Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2
Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2
 
Hortas: 500 perguntas, 500 respostas
Hortas: 500 perguntas, 500 respostasHortas: 500 perguntas, 500 respostas
Hortas: 500 perguntas, 500 respostas
 
Abc bananeira
Abc bananeiraAbc bananeira
Abc bananeira
 
Cartilha apicultura
Cartilha apiculturaCartilha apicultura
Cartilha apicultura
 

Mais de pauloweimann

Mais e mais receitas
Mais e mais receitasMais e mais receitas
Mais e mais receitas
pauloweimann
 
Receitobas sorvetes e outras
Receitobas sorvetes e outrasReceitobas sorvetes e outras
Receitobas sorvetes e outras
pauloweimann
 
900 piadas
900 piadas900 piadas
900 piadas
pauloweimann
 
Rexetas
RexetasRexetas
Rexetas
pauloweimann
 
Muitas receitas
Muitas receitasMuitas receitas
Muitas receitas
pauloweimann
 
Ataque e defesa astral
Ataque e defesa astralAtaque e defesa astral
Ataque e defesa astral
pauloweimann
 
As ervas de a a z
As ervas de a a zAs ervas de a a z
As ervas de a a z
pauloweimann
 
Apocalipse para mosquitos moscas e afins
Apocalipse para mosquitos moscas e afinsApocalipse para mosquitos moscas e afins
Apocalipse para mosquitos moscas e afins
pauloweimann
 
Acessando o hemisfério direito do cérebro lidia peychaux
Acessando o hemisfério direito do cérebro   lidia peychauxAcessando o hemisfério direito do cérebro   lidia peychaux
Acessando o hemisfério direito do cérebro lidia peychaux
pauloweimann
 
A arca perdida da alianca tudor parfitt
A arca perdida da alianca   tudor parfittA arca perdida da alianca   tudor parfitt
A arca perdida da alianca tudor parfitt
pauloweimann
 
A abobada energetica k. h. scheer
A abobada energetica   k. h. scheerA abobada energetica   k. h. scheer
A abobada energetica k. h. scheer
pauloweimann
 
666 o limiar do inferno - jay anson
666   o limiar do inferno - jay anson666   o limiar do inferno - jay anson
666 o limiar do inferno - jay anson
pauloweimann
 
50 chás-e-seus-benefícios
50 chás-e-seus-benefícios50 chás-e-seus-benefícios
50 chás-e-seus-benefícios
pauloweimann
 
22 regras-de-ouro-para-adivinhos
22 regras-de-ouro-para-adivinhos22 regras-de-ouro-para-adivinhos
22 regras-de-ouro-para-adivinhos
pauloweimann
 
Receltas
ReceltasReceltas
Receltas
pauloweimann
 
Receituxas
ReceituxasReceituxas
Receituxas
pauloweimann
 
Receituxas variadas
Receituxas variadasReceituxas variadas
Receituxas variadas
pauloweimann
 
Receitouxas
ReceitouxasReceitouxas
Receitouxas
pauloweimann
 
Receitoukas
ReceitoukasReceitoukas
Receitoukas
pauloweimann
 
Receitolas
ReceitolasReceitolas
Receitolas
pauloweimann
 

Mais de pauloweimann (20)

Mais e mais receitas
Mais e mais receitasMais e mais receitas
Mais e mais receitas
 
Receitobas sorvetes e outras
Receitobas sorvetes e outrasReceitobas sorvetes e outras
Receitobas sorvetes e outras
 
900 piadas
900 piadas900 piadas
900 piadas
 
Rexetas
RexetasRexetas
Rexetas
 
Muitas receitas
Muitas receitasMuitas receitas
Muitas receitas
 
Ataque e defesa astral
Ataque e defesa astralAtaque e defesa astral
Ataque e defesa astral
 
As ervas de a a z
As ervas de a a zAs ervas de a a z
As ervas de a a z
 
Apocalipse para mosquitos moscas e afins
Apocalipse para mosquitos moscas e afinsApocalipse para mosquitos moscas e afins
Apocalipse para mosquitos moscas e afins
 
Acessando o hemisfério direito do cérebro lidia peychaux
Acessando o hemisfério direito do cérebro   lidia peychauxAcessando o hemisfério direito do cérebro   lidia peychaux
Acessando o hemisfério direito do cérebro lidia peychaux
 
A arca perdida da alianca tudor parfitt
A arca perdida da alianca   tudor parfittA arca perdida da alianca   tudor parfitt
A arca perdida da alianca tudor parfitt
 
A abobada energetica k. h. scheer
A abobada energetica   k. h. scheerA abobada energetica   k. h. scheer
A abobada energetica k. h. scheer
 
666 o limiar do inferno - jay anson
666   o limiar do inferno - jay anson666   o limiar do inferno - jay anson
666 o limiar do inferno - jay anson
 
50 chás-e-seus-benefícios
50 chás-e-seus-benefícios50 chás-e-seus-benefícios
50 chás-e-seus-benefícios
 
22 regras-de-ouro-para-adivinhos
22 regras-de-ouro-para-adivinhos22 regras-de-ouro-para-adivinhos
22 regras-de-ouro-para-adivinhos
 
Receltas
ReceltasReceltas
Receltas
 
Receituxas
ReceituxasReceituxas
Receituxas
 
Receituxas variadas
Receituxas variadasReceituxas variadas
Receituxas variadas
 
Receitouxas
ReceitouxasReceitouxas
Receitouxas
 
Receitoukas
ReceitoukasReceitoukas
Receitoukas
 
Receitolas
ReceitolasReceitolas
Receitolas
 

Último

Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
alphabarros2
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 

Abc feijão caupi

  • 2. Caupi O feijão do Sertão Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Informação Tecnológica Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Embrapa Informação Tecnológica Brasília, DF 2006
  • 3. Exemplares desta publicação podem ser adquiridos na: Embrapa Informação Tecnológica Parque Estação Biológica (PqEB), Av. W3 Norte (final) CEP 70770-901 Brasília, DF Fone: (61) 3340-9999 Fax: (61) 3340-2753 vendas@sct.embrapa.br www.sct.embrapa.br Coordenação geral Fernando do Amaral Pereira Coordenação editorial Lillian Alvares Lucilene Maria de Andrade Compilação e edição CW Produções Ltda. Revisão técnica Marisa de Goes Revisão de texto Wesley José da Rocha Caupi: o feijão do sertão. – Brasília, DF : Embrapa Informação Tecnológica, 2006. 17 p. : il. – (ABC da Agricultura Familiar, 5). Compilação e edição, CW Produções Ltda. ISBN 85-7383-342-4 1. Adubação. 2. Colheita. 3. Doença. 4. Feijão de corda. 5. Plantio. 6. Praga. Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte, constitui violação dos direitos autorais (Lei no . 9.610). Dados Internacionais de Catalogação na Publicação – CIP Embrapa Informação Tecnológica CDD 633.33 1ª edição 1ª impressão (2006): 1.000 exemplares Editoração eletrônica Mário César Moura de Aguiar Capa Carlos Eduardo Felice Barbeiro Ilustração da capa CW Produções Ltda. (Eloi Neves Gameleira Paulo Sérgio Soares) ©Embrapa2006
  • 4. Apresentação Empenhada em auxiliar o pequeno produtor, a Embrapa lança o ABC da Agricultura Familiar, que oferece valiosas instruções sobre o trabalho no campo. Elaboradas em linguagem simples e objetiva, as publicações abordam temas relacionados à agropecuária e mostram como otimizar a atividade rural. A criação de animais, técnicas de plantio, práticas de controle de pragas e doenças, adubação alternativa e fabricação de conservas de frutas são alguns dos assuntos tratados. De forma independente ou reunidas em associações, as famílias poderão beneficiar-se dessas informações e, com isso, diminuir custos, aumentar a produção de alimentos, criar outras fontes de renda e agregar valor a seus produtos. Assim, a Embrapa cumpre o propósito adicional de ajudar a fixar o homem no campo, pois coloca a pesquisa a seu alcance e oferece alternativas de melhoria na qualidade de vida. Fernando do Amaral Pereira Gerente-Geral Embrapa InformaçãoTecnológica
  • 5.
  • 6. Sumário Feijão-caupi .............................................. 7 Que variedades plantar? ............................ 7 Quando e como plantar .............................. 8 Adubação ............................................... 11 Como controlar o mato ............................ 11 Como controlar pragas e doenças............ 12 Colheita .................................................. 13
  • 7. 6
  • 8. 7 Feijão-caupi O feijão-caupi, também chamado de feijão-de-corda, feijão-vigna ou feijão-de- macáçar, é uma cultura muito importante para o Sertão, porque produz bem no clima seco. É um ótimo alimento, pois fornece muitos nutrientes, especialmente as proteí- nas, que são substâncias muito importantes para a saúde humana. Este texto traz algumas informações sobre como plantar bem o feijão-caupi. Que variedades plantar? Existem muitas variedades recomen- dadas, pois algumas se adaptam em certos locais, outras não. Converse com um técnico para saber quais são as que produzem melhor na sua região. Se não for possível encontrar semen- tes das variedades recomendadas, procure
  • 9. 8 sementes de boa qualidade, que tenham sido produzidasemplantaçõessadiasequederam bons grãos. Verifique se existe em sua comunidade ou município um banco de sementes. Lá você poderá obter boas sementes. As variedades podem ser do tipo ramador ou de moita. Quando e como plantar A melhor época para plantar o feijão- caupi é o início das chuvas, geralmente nos meses de janeiro e fevereiro no Sertão do Nordeste. Pode-se plantar o feijão-caupi sozinho (sistemasolteiro)ouassociado(emconsórcio) com milho, com mandioca, com sorgo ou com outras plantas. Emqualquercaso,deixetrêsplantaspor cova e semeie a uma profundidade de dois a três dedos (quatro a seis centímetros).
  • 10. 9 Distância entre as plantas no sistema solteiro Plante com o seguinte espaçamento: Variedades do tipo ramador – Um metro entre as linhas e três palmos e meio (75 centímetros,aproximadamente)entreascovas nalinha. Variedades de moita – Três palmos e meio entre as linhas e dois palmos (45 centímetros, aproximadamente) entre as covas na linha. Distância entre as plantas no consórcio de feijão-caupi com milho Variedades ramadoras – Plantar alternadamente duas linhas de feijão-caupi e duas linhas de milho. • Milho – Quatro palmos entre as linhas e dois palmos entre as covas. • Feijão-caupi – Quatro palmos entre as linhas e três palmos entre as covas.
  • 11. 10 • Separaçãode4palmosentreaslinhas de milho e as de feijão-caupi. Variedades de moita – Plantar alternadamente duas linhas de feijão-caupi e duas linhas de milho. • Milho – Quatro palmos entre as linhas e dois palmos entre as covas. • Feijão-caupi – Três palmos entre as linhas e dois palmos entre as covas. • Separação de três palmos entre as linhas de milho e as de feijão-caupi. Distância entre as plantas no consórcio de feijão-caupi com mandioca • Mandioca – Sete palmos (1,50 m) entre as linhas e três palmos (65 cm) entre as covas. • Feijão-caupi – Dois palmos entre as linhas e dois palmos entre as covas. • Separação de dois palmos e meio entre as fileiras de mandioca e as de feijão-caupi.
  • 12. 11 Adubação Toda cultura, para produzir melhor, precisa de adubação. Normalmente, os técnicos recomendam o uso de adubos químicos ou orgânicos. A recomendação de adubação deve ser feita de acordo com o resultado da análise de solos em laboratório. Porém, existem formas de adubação que usam materiais facilmente encontrados na roça, e algumas delas estão explicadas no título Adubação alternativa do ABC da Agricultura Familiar. Como controlar o mato Paracontrolaromato,vocêdeverealizar de três a quatro capinas, fazendo a amontoa quando as plantas começarem a crescer.
  • 13. 12 Como controlar pragas e doenças Existem muitas pragas e doenças que atacam as plantas cultivadas. Aaplicaçãodeagrotóxicosparacontrole das pragas e das doenças requer a ajuda de um técnico, porque tais produtos são muito venenosos e bastante caros. Podem, portanto, fazer mal para nossa saúde e para nosso bolso. Paravocêqueplantaumapequenaroça – um pequeno pomar, uma pequena horta –, geralmente não vale a pena usar produtos químicos comerciais para controlar as pragas e as doenças. Sobre esse assunto, consulte o título Controle alternativo de pragas e doenças das plantas do ABC da Agricultura Familiar.
  • 14. 13 Colheita A colheita do feijão-caupi deve ser feita em duas etapas, a primeira quando 60 por centodasvagensestiveremsecas,asegunda quando o restante estiver seco. • Armazenar os grãos quando estive- rem bem secos, ou seja, quando o grão se quebra ao ser mordido. • Os grãos poderão ser armazenados em tambores de plástico ou em latas de vinte litros. Em qualquer caso, esses recipientes devem ser bem tampados e vedados.
  • 15. 14
  • 16. 15 Atenção! Para mais informações e esclarecimentos, procure um técnico da extensão rural, da Embrapa, da prefeitura ou de alguma organização de assistência aos agricultores.
  • 17. 16
  • 18. 17 Forme uma associação com seus vizinhos Quando você se associa com outros membros de sua comunidade, as vantagens são muitas, pois: • Fica mais fácil procurar as autoridades e pedir apoio para os projetos. • Os associados podem comprar máquinas e aparelhos em conjunto. • Fica mais fácil obter crédito. • Juntos, os associados podem vender melhor sua produção. • Os associados podem organizar mutirões. A união faz a força!
  • 19. 18
  • 20. 19 Títulos lançados • Como organizar uma associação • Como plantar abacaxi • Como plantar hortaliças • Controle alternativo de pragas e doenças das plantas • Caupi: o feijão do Sertão • Como cultivar a bananeira • Adubação alternativa • Cultivo de peixes • Como produzir melancia • Alimentação das criações na seca • Conservas caseiras de frutas
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25. Impressão e acabamento Embrapa Informação Tecnológica
  • 26. Informação Tecnológica Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento CGPE:5844 ISBN85-7383-342-4 Com o lançamento do , a Embrapa coloca à disposição do pequeno produtor valiosas instruções sobre as atividades do campo. Numa linguagem simples e objetiva, os títulos abordam a criação de animais, técnicas de plantio, práticas de controle de pragas e doenças, adubação alternativa e fabricação de conservas de frutas, dentre outros assuntos que exemplificam como otimizar o trabalho rural. Inicialmente produzidas para atender demandas por informação do Semi-Árido nordestino, as recomendações apresentadas são de aplicabilidade prática também em outras regiões do País. Com o a Embrapa demonstra o compromisso assumido com o sucesso da agricultura familiar. ABC da Agricultura Familiar ABC da Agricultura Familiar, 9788573833423