SlideShare uma empresa Scribd logo
Cidades
10 ATRIBUNA VITÓRIA, ES, QUINTA-FEIRA, 06 DE NOVEMBRO DE 2014
DENÚNCIA DE RACISMO
ProfessordaUfeséafastadoManoel Malagutti está
impedido de dar aulas
para turma que o acusa
de racismo. Reitor diz
que punição pode
chegar à exoneração
ANTONIO COSME - 04/11/2014
O PROFESSOR MANOEL MALAGUTTI foi afastado das aulas da turma de Ciências Sociais após denúncia
Daniel Figueredo
Keyla Cezini
O
professor do Departamen-
to de Economia da Univer-
sidade Federal do Espírito
Santo (Ufes) Manoel Malagutti foi
afastado das aulas de Economia
Política do segundo período de
CiênciasSociais.Eleéacusadopor
alunos de dar declarações racistas
em sala de aula, o que causou re-
volta nas redes sociais.
SegundooreitordaUfes,Reinal-
doCentoducatte,adecisãodeafas-
tá-lodasaulasparaaturmaaconte-
ceu por falta de clima, depois das
declarações que ele teria feito em
saladeaula.Segundoalunos,elete-
riaditoque“detestariaseratendido
por um médico negro.”
A Ufes também vai instaurar in-
quérito administrativo, que pode
levar até à exoneração do profes-
sor. “Durante a reunião do Cepe
(Conselho Superior de Ensino,
Pesquisa e Extensão), foi pedido
que ele fosse afastado de todas as
aulas, mas isso ainda vai ser anali-
sado”, disse Centoducatte.
Uma sindicância foi instaurada
para apurar o caso e tem prazo de
30 dias para ser encerrada. Segun-
do o reitor, porém, a conclusão de-
ve ser antecipada.
“Ele admite que houve os fatos.
Então, acredito que a sindicância
deve se encerrar rapidamente.
Após isso, temos 90 dias para con-
cluir o inquérito administrativo. O
professorpodeserpunidoatécom
exoneração”, explicou o reitor.
Ele classificou como constran-
gedora a fala do professor. “Cons-
trange e traz perplexidade.”
Uminquéritocriminalfoiaberto
também pelo Ministério Público
Federal. Segundo o órgão, foi soli-
citado à Ufes o nome do professor,
alistadepresençadaturmaondeo
fatoteriaocorridoequaisasprovi-
dências adotadas até o momento.
A Ufes vai ter de responder aos
questionamentos em 48 horas.
ASSISTÊNCIA
Em relação às cotas, Centodu-
catte afirmou que a Ufes pratica a
política de cotas sociais desde
2007. Ele também relembrou das
políticas de assistência estudantil,
que atendem 4.132 estudantes,
sendo que 555 são negros.
“As nossas pesquisas indicam
que, na média, cotistas e não-cotis-
tas possuem as mesmas notas. Te-
mosdemelhorar,masjáinvestimos
mais de R$ 20 milhões por ano em
assistência estudantil para dar ga-
rantias aos alunos que precisam.”
“Souafavordosnegros”
O professor Manoel Malagutti,
do Departamento de Economia da
Universidade Federal do Espírito
Santo (Ufes), defendeu-se no fim
datardedeontemdasacusaçõesde
racismo que motivaram investiga-
ções na universidade e no Ministé-
rio Público Federal.
Segundo ele, todos os trabalhos
já realizados durante sua vida co-
mo pesquisador foram em defesa
dospobresepelareduçãodasdesi-
gualdades sociais.
Malagutti afirmou que não foi
racista quando disse, em entrevista
ao jornal A Tribuna, que as condi-
ções sociais apresentadas por alu-
nos negros e cotistas fazem com
queoníveldasaulasnauniversida-
de caia, porque eles não conse-
guem entender termos complexos.
“Euentendoqueaquestãodora-
cismo passa pela cabeça das pes-
soas,masminhaposturasemprefoi
de fortalecer os cotistas. Eu sou
contra as cotas, mas já que elas
existem,quesefortaleçamoscotis-
tas”, disse o professor.
Segundo ele, os depoimentos
afirmando que os cotistas e negros
possuem condições inferiores de
aprendizado foram para tentar
melhorar a situação deles. “Sou a
favor dos negros, das mulheres e
dos trabalhadores pobres, e todos
os meus trabalhos ressaltam essa
desigualdade que existe no País.”
Mas ele reafirmou sua posição
contraascotas.“Tenhoamigosne-
gros, namorada negra e não acre-
dito que sejam inferiores. Mas, se
uma pessoa entra pelo sistema de
cotas, ela entra com notas inferio-
resecondiçõesmenoresdeapren-
dizado. É preciso resolver a desi-
gualdade.”
FERNANDO RIBEIRO - 10/12/2013
O REITOR DA
UFES, Reinaldo
Centoducatte,
disse que a fala
do professor foi
constrangedora:
“Constrange
e traz
perplexidade”,
afirmou
EstudantesfazemprotestoUmprotestofoirealizadonatar-
de de ontem, na Universidade Fe-
deral do Espírito Santo (Ufes), pa-
ra pedir a demissão do professor
de Economia Manoel Malagutti.
Os manifestantes gritaram pala-
vras de ordem, renegaram o racis-
mo e cobraram providências na
sede da reitoria da universidade.
Cerca de 200 manifestantes saí-
ram do Centro de Ciências Huma-
nas e Naturais (CCHN) da Ufes,
por volta das 16 horas. Depois de
circularem pelo campus, foram em
direção à reitoria.
Cantando “vai cair, vai cair, Ma-
laguttivaicair”,pediramapresen-
çademembrosdareitoriaparaco-
brar a adoção de medidas.
Avice-reitoraEthelMacielfoiao
encontro dos estudantes e expli-
cou como seria montado o proce-
dimentoparaapuraçãodocasoem
que o professor teria dito, dentre
outras coisas, que “detestaria ser
atendido por um médico negro.”
Depois disso, foram ao Departa-
mento de Economia da Ufes, onde
foram recebidos pela chefe do de-
partamento, Carolina Giuberti,
que afirmou que ela e outros pro-
fessores repudiam as declarações
de Malagutti.
No fim da manifestação, os estu-
dantes foram à avenida Fernando
Ferrari, que ficou fechada por cer-
ca de 10 minutos nos dois sentidos.
A manifestação terminou por volta
das 18 horas, com um abraço cole-
tivo e gritos de palavras de ordem
em frente ao Teatro Universitário.
O estudante de Geografia Josi-
mar Nunes, de 22 anos, entrou na
universidade por meio das cotas
sociaiseachaqueoprofessordeve
ser punido exemplarmente.
“Para ele, é necessário adotar
uma punição exemplar. A impuni-
dade é o combustível perfeito para
qualquer tipo de discriminação.
Mas também é necessário repen-
sar e rever práticas usadas na so-
ciedade”, afirmou.
CENAS DO PROTESTO
AO FIM DO PROTESTO, manifestantes
fizeram um abraço coletivo e gritaram
palavras de ordem.
MANIFESTANTES OCUPARAM o pátio
da reitoria e exigiram a exoneração do
professor acusado de racismo.
AS DUAS PISTAS da avenida Fernando
Ferrari foram fechadas em frente à
Ufes por cerca de 10 minutos.
FOTOS: ADEMIR RIBEIRO/AT
PROTESTO
contra
declarações
de professor
terminou em
frente ao Teatro
Universitário

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Boletim 88
Boletim 88Boletim 88
Boletim 88
prsergioipb
 
Uma boa cabeca e um bom coracao
Uma boa cabeca e um bom coracaoUma boa cabeca e um bom coracao
Uma boa cabeca e um bom coracao
Fer Nanda
 
Semlex Biocard
Semlex Biocard Semlex Biocard
Semlex Biocard
Albert Karaziwan
 
Personal Learning Environment
Personal Learning EnvironmentPersonal Learning Environment
Personal Learning Environment
macavech
 
4 propagación, reflexión, difracción y refracción
4 propagación, reflexión, difracción y refracción4 propagación, reflexión, difracción y refracción
4 propagación, reflexión, difracción y refracción
aquimonio
 
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOSO PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
Joyce Fettermann
 
Conselhos para melhorar os seus anuncios online
Conselhos para melhorar os seus anuncios onlineConselhos para melhorar os seus anuncios online
Conselhos para melhorar os seus anuncios online
Vasco Marques
 
Catalogo lamparas-1
Catalogo lamparas-1Catalogo lamparas-1
Catalogo lamparas-1
LIQUISTOCKS LOTES Y STOCKS
 
Semlex Biocard
Semlex BiocardSemlex Biocard
Semlex Biocard
Semlex Moçambique
 
4.7.2 organigrama
4.7.2 organigrama 4.7.2 organigrama
4.7.2 organigrama
ロリーナ オカンポ
 
Projeto sie emef mauricio cardoso
Projeto sie emef mauricio cardosoProjeto sie emef mauricio cardoso
Projeto sie emef mauricio cardoso
SMEC PANAMBI-RS
 
膽大無畏(優化後簡報)
膽大無畏(優化後簡報)膽大無畏(優化後簡報)
膽大無畏(優化後簡報)
Lu Chris
 
Aecid - MC Project Memoirs
Aecid - MC Project MemoirsAecid - MC Project Memoirs
Aecid - MC Project Memoirs
Pablo Villalva
 
Facebook
FacebookFacebook
Facebook
erickdh98
 
Simulado1ºano.março
Simulado1ºano.marçoSimulado1ºano.março
Simulado1ºano.março
Raimundo Nonato Sousa
 
Meu vocabulário neológico 1.ª edição
Meu vocabulário neológico 1.ª ediçãoMeu vocabulário neológico 1.ª edição
Meu vocabulário neológico 1.ª edição
Gramática Normativa
 
Ouçam com atenção2
Ouçam com atenção2Ouçam com atenção2
Ouçam com atenção2
Celia Maria Simoes Santos
 
Latinxs In Tech PNG format (1)
Latinxs In Tech PNG format (1)Latinxs In Tech PNG format (1)
Latinxs In Tech PNG format (1)
Mariella Paulino
 
Qual o director de RH que mais gostaria de ter?
Qual o director de RH que mais gostaria de ter?Qual o director de RH que mais gostaria de ter?
Qual o director de RH que mais gostaria de ter?
Randstad_PT
 
Carta convocatória era amazônico
Carta convocatória   era amazônicoCarta convocatória   era amazônico
Carta convocatória era amazônico
Tiago Jansen
 

Destaque (20)

Boletim 88
Boletim 88Boletim 88
Boletim 88
 
Uma boa cabeca e um bom coracao
Uma boa cabeca e um bom coracaoUma boa cabeca e um bom coracao
Uma boa cabeca e um bom coracao
 
Semlex Biocard
Semlex Biocard Semlex Biocard
Semlex Biocard
 
Personal Learning Environment
Personal Learning EnvironmentPersonal Learning Environment
Personal Learning Environment
 
4 propagación, reflexión, difracción y refracción
4 propagación, reflexión, difracción y refracción4 propagación, reflexión, difracción y refracción
4 propagación, reflexión, difracción y refracción
 
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOSO PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
 
Conselhos para melhorar os seus anuncios online
Conselhos para melhorar os seus anuncios onlineConselhos para melhorar os seus anuncios online
Conselhos para melhorar os seus anuncios online
 
Catalogo lamparas-1
Catalogo lamparas-1Catalogo lamparas-1
Catalogo lamparas-1
 
Semlex Biocard
Semlex BiocardSemlex Biocard
Semlex Biocard
 
4.7.2 organigrama
4.7.2 organigrama 4.7.2 organigrama
4.7.2 organigrama
 
Projeto sie emef mauricio cardoso
Projeto sie emef mauricio cardosoProjeto sie emef mauricio cardoso
Projeto sie emef mauricio cardoso
 
膽大無畏(優化後簡報)
膽大無畏(優化後簡報)膽大無畏(優化後簡報)
膽大無畏(優化後簡報)
 
Aecid - MC Project Memoirs
Aecid - MC Project MemoirsAecid - MC Project Memoirs
Aecid - MC Project Memoirs
 
Facebook
FacebookFacebook
Facebook
 
Simulado1ºano.março
Simulado1ºano.marçoSimulado1ºano.março
Simulado1ºano.março
 
Meu vocabulário neológico 1.ª edição
Meu vocabulário neológico 1.ª ediçãoMeu vocabulário neológico 1.ª edição
Meu vocabulário neológico 1.ª edição
 
Ouçam com atenção2
Ouçam com atenção2Ouçam com atenção2
Ouçam com atenção2
 
Latinxs In Tech PNG format (1)
Latinxs In Tech PNG format (1)Latinxs In Tech PNG format (1)
Latinxs In Tech PNG format (1)
 
Qual o director de RH que mais gostaria de ter?
Qual o director de RH que mais gostaria de ter?Qual o director de RH que mais gostaria de ter?
Qual o director de RH que mais gostaria de ter?
 
Carta convocatória era amazônico
Carta convocatória   era amazônicoCarta convocatória   era amazônico
Carta convocatória era amazônico
 

Semelhante a Professor da UFES é afastado

Informe junho 2011
Informe junho 2011Informe junho 2011
Informe junho 2011
neepssuerj
 
Dissertação de pablo almada na universidade de coimbra 2009
Dissertação de pablo almada na universidade de coimbra 2009Dissertação de pablo almada na universidade de coimbra 2009
Dissertação de pablo almada na universidade de coimbra 2009
citacoesdosprojetosdeotavioluizmachado
 
Serviço social
Serviço socialServiço social
Serviço social
Douglas Gonçalves
 
Contribuição para o debate sobre o edital de seleção de brasileiros no proces...
Contribuição para o debate sobre o edital de seleção de brasileiros no proces...Contribuição para o debate sobre o edital de seleção de brasileiros no proces...
Contribuição para o debate sobre o edital de seleção de brasileiros no proces...
Erecssul
 
Guia calouro 1_2019
Guia calouro 1_2019Guia calouro 1_2019
Guia calouro 1_2019
João Pimenta
 
Inform andes na ufrgs 80
Inform andes na ufrgs 80  Inform andes na ufrgs 80
Inform andes na ufrgs 80
AndesUFRGS
 
Inform andes na ufrgs 74
Inform andes na ufrgs 74  Inform andes na ufrgs 74
Inform andes na ufrgs 74
AndesUFRGS
 
Boletim julho 2012
Boletim julho 2012Boletim julho 2012
Boletim julho 2012
Vicente
 
Seminário Internacional de Economia Alternativa - Compartilhar e Trocar
Seminário Internacional de Economia Alternativa - Compartilhar e TrocarSeminário Internacional de Economia Alternativa - Compartilhar e Trocar
Seminário Internacional de Economia Alternativa - Compartilhar e Trocar
vilaflores
 
Jornal do sintuperj nº 33
Jornal do sintuperj nº 33Jornal do sintuperj nº 33
Universo Uninorte #8
Universo Uninorte #8Universo Uninorte #8
Universo Uninorte #8
Centro Universitário do Norte
 
Boletim março 2013
Boletim março 2013Boletim março 2013
Boletim março 2013
Vicente
 
Trote_parte 1
Trote_parte 1Trote_parte 1
Trote_parte 1
Rebeka Figueiredo
 
Cidade constitucional IX augusto amaddo
Cidade constitucional IX augusto amaddoCidade constitucional IX augusto amaddo
Cidade constitucional IX augusto amaddo
Augusto Amado
 
BOLETIM DE JULHO 2015
BOLETIM DE JULHO 2015BOLETIM DE JULHO 2015
BOLETIM DE JULHO 2015
Espaço Pethistória
 
Saude do idoso_2edicao_revisada
Saude do idoso_2edicao_revisadaSaude do idoso_2edicao_revisada
Saude do idoso_2edicao_revisada
ivone guedes borges
 
saude-do-idoso-2edicao-revisada.pdf
saude-do-idoso-2edicao-revisada.pdfsaude-do-idoso-2edicao-revisada.pdf
saude-do-idoso-2edicao-revisada.pdf
shaiane2
 
Apresentacao ca
Apresentacao caApresentacao ca
Apresentacao ca
cadmufrj
 
Jornal do sintuperj nº 12
Jornal do sintuperj nº 12Jornal do sintuperj nº 12
2011 informe saude_abril_de_2011[1]
2011 informe saude_abril_de_2011[1]2011 informe saude_abril_de_2011[1]
2011 informe saude_abril_de_2011[1]
neepssuerj
 

Semelhante a Professor da UFES é afastado (20)

Informe junho 2011
Informe junho 2011Informe junho 2011
Informe junho 2011
 
Dissertação de pablo almada na universidade de coimbra 2009
Dissertação de pablo almada na universidade de coimbra 2009Dissertação de pablo almada na universidade de coimbra 2009
Dissertação de pablo almada na universidade de coimbra 2009
 
Serviço social
Serviço socialServiço social
Serviço social
 
Contribuição para o debate sobre o edital de seleção de brasileiros no proces...
Contribuição para o debate sobre o edital de seleção de brasileiros no proces...Contribuição para o debate sobre o edital de seleção de brasileiros no proces...
Contribuição para o debate sobre o edital de seleção de brasileiros no proces...
 
Guia calouro 1_2019
Guia calouro 1_2019Guia calouro 1_2019
Guia calouro 1_2019
 
Inform andes na ufrgs 80
Inform andes na ufrgs 80  Inform andes na ufrgs 80
Inform andes na ufrgs 80
 
Inform andes na ufrgs 74
Inform andes na ufrgs 74  Inform andes na ufrgs 74
Inform andes na ufrgs 74
 
Boletim julho 2012
Boletim julho 2012Boletim julho 2012
Boletim julho 2012
 
Seminário Internacional de Economia Alternativa - Compartilhar e Trocar
Seminário Internacional de Economia Alternativa - Compartilhar e TrocarSeminário Internacional de Economia Alternativa - Compartilhar e Trocar
Seminário Internacional de Economia Alternativa - Compartilhar e Trocar
 
Jornal do sintuperj nº 33
Jornal do sintuperj nº 33Jornal do sintuperj nº 33
Jornal do sintuperj nº 33
 
Universo Uninorte #8
Universo Uninorte #8Universo Uninorte #8
Universo Uninorte #8
 
Boletim março 2013
Boletim março 2013Boletim março 2013
Boletim março 2013
 
Trote_parte 1
Trote_parte 1Trote_parte 1
Trote_parte 1
 
Cidade constitucional IX augusto amaddo
Cidade constitucional IX augusto amaddoCidade constitucional IX augusto amaddo
Cidade constitucional IX augusto amaddo
 
BOLETIM DE JULHO 2015
BOLETIM DE JULHO 2015BOLETIM DE JULHO 2015
BOLETIM DE JULHO 2015
 
Saude do idoso_2edicao_revisada
Saude do idoso_2edicao_revisadaSaude do idoso_2edicao_revisada
Saude do idoso_2edicao_revisada
 
saude-do-idoso-2edicao-revisada.pdf
saude-do-idoso-2edicao-revisada.pdfsaude-do-idoso-2edicao-revisada.pdf
saude-do-idoso-2edicao-revisada.pdf
 
Apresentacao ca
Apresentacao caApresentacao ca
Apresentacao ca
 
Jornal do sintuperj nº 12
Jornal do sintuperj nº 12Jornal do sintuperj nº 12
Jornal do sintuperj nº 12
 
2011 informe saude_abril_de_2011[1]
2011 informe saude_abril_de_2011[1]2011 informe saude_abril_de_2011[1]
2011 informe saude_abril_de_2011[1]
 

Mais de Josimar Nunes

Colonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina - Aníbal Quijano
Colonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina - Aníbal QuijanoColonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina - Aníbal Quijano
Colonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina - Aníbal Quijano
Josimar Nunes
 
DINÂMICAS DO RELEVO: AGENTES MODELADORES
DINÂMICAS DO RELEVO:  AGENTES MODELADORESDINÂMICAS DO RELEVO:  AGENTES MODELADORES
DINÂMICAS DO RELEVO: AGENTES MODELADORES
Josimar Nunes
 
Casos de Racismo no início da copa 2014
Casos de Racismo no início da copa 2014Casos de Racismo no início da copa 2014
Casos de Racismo no início da copa 2014
Josimar Nunes
 
Europa: Geopolitica, Geofísica e Geoeconomia
Europa: Geopolitica, Geofísica e GeoeconomiaEuropa: Geopolitica, Geofísica e Geoeconomia
Europa: Geopolitica, Geofísica e Geoeconomia
Josimar Nunes
 
Geografia no ensino básico: questões e propostas
Geografia no ensino básico: questões e propostasGeografia no ensino básico: questões e propostas
Geografia no ensino básico: questões e propostas
Josimar Nunes
 
GLobalização: O global e o regional, uma interação entre os meios
GLobalização: O global e o regional, uma interação entre os meiosGLobalização: O global e o regional, uma interação entre os meios
GLobalização: O global e o regional, uma interação entre os meios
Josimar Nunes
 
Politicas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociais
Politicas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociaisPoliticas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociais
Politicas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociais
Josimar Nunes
 
Apostila Básica de Word
Apostila Básica de WordApostila Básica de Word
Apostila Básica de Word
Josimar Nunes
 
Fases do trabalho estatístico
Fases do trabalho estatísticoFases do trabalho estatístico
Fases do trabalho estatístico
Josimar Nunes
 
Gabarito, edital e Prova Completa CESAN PC2005
 Gabarito, edital e Prova Completa CESAN PC2005 Gabarito, edital e Prova Completa CESAN PC2005
Gabarito, edital e Prova Completa CESAN PC2005
Josimar Nunes
 
Gestao de Petroleo e Gás - Amigos do Brasil
Gestao de Petroleo e Gás - Amigos do BrasilGestao de Petroleo e Gás - Amigos do Brasil
Gestao de Petroleo e Gás - Amigos do Brasil
Josimar Nunes
 
Petroleo
PetroleoPetroleo
Petroleo
Josimar Nunes
 

Mais de Josimar Nunes (12)

Colonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina - Aníbal Quijano
Colonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina - Aníbal QuijanoColonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina - Aníbal Quijano
Colonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina - Aníbal Quijano
 
DINÂMICAS DO RELEVO: AGENTES MODELADORES
DINÂMICAS DO RELEVO:  AGENTES MODELADORESDINÂMICAS DO RELEVO:  AGENTES MODELADORES
DINÂMICAS DO RELEVO: AGENTES MODELADORES
 
Casos de Racismo no início da copa 2014
Casos de Racismo no início da copa 2014Casos de Racismo no início da copa 2014
Casos de Racismo no início da copa 2014
 
Europa: Geopolitica, Geofísica e Geoeconomia
Europa: Geopolitica, Geofísica e GeoeconomiaEuropa: Geopolitica, Geofísica e Geoeconomia
Europa: Geopolitica, Geofísica e Geoeconomia
 
Geografia no ensino básico: questões e propostas
Geografia no ensino básico: questões e propostasGeografia no ensino básico: questões e propostas
Geografia no ensino básico: questões e propostas
 
GLobalização: O global e o regional, uma interação entre os meios
GLobalização: O global e o regional, uma interação entre os meiosGLobalização: O global e o regional, uma interação entre os meios
GLobalização: O global e o regional, uma interação entre os meios
 
Politicas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociais
Politicas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociaisPoliticas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociais
Politicas Populacionais: um grande desafio aos planejadores sociais
 
Apostila Básica de Word
Apostila Básica de WordApostila Básica de Word
Apostila Básica de Word
 
Fases do trabalho estatístico
Fases do trabalho estatísticoFases do trabalho estatístico
Fases do trabalho estatístico
 
Gabarito, edital e Prova Completa CESAN PC2005
 Gabarito, edital e Prova Completa CESAN PC2005 Gabarito, edital e Prova Completa CESAN PC2005
Gabarito, edital e Prova Completa CESAN PC2005
 
Gestao de Petroleo e Gás - Amigos do Brasil
Gestao de Petroleo e Gás - Amigos do BrasilGestao de Petroleo e Gás - Amigos do Brasil
Gestao de Petroleo e Gás - Amigos do Brasil
 
Petroleo
PetroleoPetroleo
Petroleo
 

Último

PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
Mary Alvarenga
 
Química orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptxQuímica orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptx
KeilianeOliveira3
 
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdfBiologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Ana Da Silva Ponce
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manualUFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
Manuais Formação
 
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptxAula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
kdn15710
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Luana Neres
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Acrópole - História & Educação
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
andressacastro36
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
WelidaFreitas1
 

Último (20)

PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
 
Química orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptxQuímica orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptx
 
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdfBiologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manualUFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
 
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptxAula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
 

Professor da UFES é afastado

  • 1. Cidades 10 ATRIBUNA VITÓRIA, ES, QUINTA-FEIRA, 06 DE NOVEMBRO DE 2014 DENÚNCIA DE RACISMO ProfessordaUfeséafastadoManoel Malagutti está impedido de dar aulas para turma que o acusa de racismo. Reitor diz que punição pode chegar à exoneração ANTONIO COSME - 04/11/2014 O PROFESSOR MANOEL MALAGUTTI foi afastado das aulas da turma de Ciências Sociais após denúncia Daniel Figueredo Keyla Cezini O professor do Departamen- to de Economia da Univer- sidade Federal do Espírito Santo (Ufes) Manoel Malagutti foi afastado das aulas de Economia Política do segundo período de CiênciasSociais.Eleéacusadopor alunos de dar declarações racistas em sala de aula, o que causou re- volta nas redes sociais. SegundooreitordaUfes,Reinal- doCentoducatte,adecisãodeafas- tá-lodasaulasparaaturmaaconte- ceu por falta de clima, depois das declarações que ele teria feito em saladeaula.Segundoalunos,elete- riaditoque“detestariaseratendido por um médico negro.” A Ufes também vai instaurar in- quérito administrativo, que pode levar até à exoneração do profes- sor. “Durante a reunião do Cepe (Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão), foi pedido que ele fosse afastado de todas as aulas, mas isso ainda vai ser anali- sado”, disse Centoducatte. Uma sindicância foi instaurada para apurar o caso e tem prazo de 30 dias para ser encerrada. Segun- do o reitor, porém, a conclusão de- ve ser antecipada. “Ele admite que houve os fatos. Então, acredito que a sindicância deve se encerrar rapidamente. Após isso, temos 90 dias para con- cluir o inquérito administrativo. O professorpodeserpunidoatécom exoneração”, explicou o reitor. Ele classificou como constran- gedora a fala do professor. “Cons- trange e traz perplexidade.” Uminquéritocriminalfoiaberto também pelo Ministério Público Federal. Segundo o órgão, foi soli- citado à Ufes o nome do professor, alistadepresençadaturmaondeo fatoteriaocorridoequaisasprovi- dências adotadas até o momento. A Ufes vai ter de responder aos questionamentos em 48 horas. ASSISTÊNCIA Em relação às cotas, Centodu- catte afirmou que a Ufes pratica a política de cotas sociais desde 2007. Ele também relembrou das políticas de assistência estudantil, que atendem 4.132 estudantes, sendo que 555 são negros. “As nossas pesquisas indicam que, na média, cotistas e não-cotis- tas possuem as mesmas notas. Te- mosdemelhorar,masjáinvestimos mais de R$ 20 milhões por ano em assistência estudantil para dar ga- rantias aos alunos que precisam.” “Souafavordosnegros” O professor Manoel Malagutti, do Departamento de Economia da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), defendeu-se no fim datardedeontemdasacusaçõesde racismo que motivaram investiga- ções na universidade e no Ministé- rio Público Federal. Segundo ele, todos os trabalhos já realizados durante sua vida co- mo pesquisador foram em defesa dospobresepelareduçãodasdesi- gualdades sociais. Malagutti afirmou que não foi racista quando disse, em entrevista ao jornal A Tribuna, que as condi- ções sociais apresentadas por alu- nos negros e cotistas fazem com queoníveldasaulasnauniversida- de caia, porque eles não conse- guem entender termos complexos. “Euentendoqueaquestãodora- cismo passa pela cabeça das pes- soas,masminhaposturasemprefoi de fortalecer os cotistas. Eu sou contra as cotas, mas já que elas existem,quesefortaleçamoscotis- tas”, disse o professor. Segundo ele, os depoimentos afirmando que os cotistas e negros possuem condições inferiores de aprendizado foram para tentar melhorar a situação deles. “Sou a favor dos negros, das mulheres e dos trabalhadores pobres, e todos os meus trabalhos ressaltam essa desigualdade que existe no País.” Mas ele reafirmou sua posição contraascotas.“Tenhoamigosne- gros, namorada negra e não acre- dito que sejam inferiores. Mas, se uma pessoa entra pelo sistema de cotas, ela entra com notas inferio- resecondiçõesmenoresdeapren- dizado. É preciso resolver a desi- gualdade.” FERNANDO RIBEIRO - 10/12/2013 O REITOR DA UFES, Reinaldo Centoducatte, disse que a fala do professor foi constrangedora: “Constrange e traz perplexidade”, afirmou EstudantesfazemprotestoUmprotestofoirealizadonatar- de de ontem, na Universidade Fe- deral do Espírito Santo (Ufes), pa- ra pedir a demissão do professor de Economia Manoel Malagutti. Os manifestantes gritaram pala- vras de ordem, renegaram o racis- mo e cobraram providências na sede da reitoria da universidade. Cerca de 200 manifestantes saí- ram do Centro de Ciências Huma- nas e Naturais (CCHN) da Ufes, por volta das 16 horas. Depois de circularem pelo campus, foram em direção à reitoria. Cantando “vai cair, vai cair, Ma- laguttivaicair”,pediramapresen- çademembrosdareitoriaparaco- brar a adoção de medidas. Avice-reitoraEthelMacielfoiao encontro dos estudantes e expli- cou como seria montado o proce- dimentoparaapuraçãodocasoem que o professor teria dito, dentre outras coisas, que “detestaria ser atendido por um médico negro.” Depois disso, foram ao Departa- mento de Economia da Ufes, onde foram recebidos pela chefe do de- partamento, Carolina Giuberti, que afirmou que ela e outros pro- fessores repudiam as declarações de Malagutti. No fim da manifestação, os estu- dantes foram à avenida Fernando Ferrari, que ficou fechada por cer- ca de 10 minutos nos dois sentidos. A manifestação terminou por volta das 18 horas, com um abraço cole- tivo e gritos de palavras de ordem em frente ao Teatro Universitário. O estudante de Geografia Josi- mar Nunes, de 22 anos, entrou na universidade por meio das cotas sociaiseachaqueoprofessordeve ser punido exemplarmente. “Para ele, é necessário adotar uma punição exemplar. A impuni- dade é o combustível perfeito para qualquer tipo de discriminação. Mas também é necessário repen- sar e rever práticas usadas na so- ciedade”, afirmou. CENAS DO PROTESTO AO FIM DO PROTESTO, manifestantes fizeram um abraço coletivo e gritaram palavras de ordem. MANIFESTANTES OCUPARAM o pátio da reitoria e exigiram a exoneração do professor acusado de racismo. AS DUAS PISTAS da avenida Fernando Ferrari foram fechadas em frente à Ufes por cerca de 10 minutos. FOTOS: ADEMIR RIBEIRO/AT PROTESTO contra declarações de professor terminou em frente ao Teatro Universitário