SlideShare uma empresa Scribd logo
Segunda
Vinda de Cristo
Com base na Declaração de Fé
das Assembleias de Deus
"Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem
os anjos dos céus, nem o Filho, senão
somente o Pai. Como foi nos dias de Noé,
assim também será na vinda do Filho do
homem. Pois nos dias anteriores ao Dilúvio,
o povo vivia comendo e bebendo, casando-se
e dando-se em casamento, até o dia em que
Noé entrou na arca; e eles nada perceberam,
até que veio o Dilúvio e os levou a todos.
Assim acontecerá na vinda do Filho do
homem”. (Mateus 24:36-39)
LEITURA BÍBLICA
"Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem
os anjos dos céus, nem o Filho, senão
somente o Pai. Como foi nos dias de Noé,
assim também será na vinda do Filho do
homem. Pois nos dias anteriores ao Dilúvio,
o povo vivia comendo e bebendo, casando-se
e dando-se em casamento, até o dia em que
Noé entrou na arca; e eles nada perceberam,
até que veio o Dilúvio e os levou a todos.
Assim acontecerá na vinda do Filho do
homem”. (Mateus 24:36-39)
LEITURA BÍBLICA
• Com quem tenta prever a volta de Jesus;
• Com escatologias aterrorizadoras;
• Com um “evangelho” permissivo e liberal.
• 19 de outubro de 1533 – o matemático Michael Stifel calculou que o
Juízo Final começaria às 8h deste dia.
• 1892-1911 – o piramidologista Charles Piazzi Smyth concluiu, a partir
dos estudos das dimensões da Pirâmide de Gizé, que Cristo voltaria
entre 1892 e 1911.
• 1901 – a Igreja Católica Apostólica, fundada em 1831, avisou que Jesus
voltaria quando seus 12 fundadores estivessem mortos. O último
morreu em 1901.
• 1982 – O fundador da Coalizão Cristã, Pat Robertson, informou seus
seguidores que o Juízo Final aconteceria até o final de 1982.
A segunda vinda de Cristo.pptx
A volta de Jesus é considerada o cumprimento da
promessa da vida eterna e um aviso para aqueles que
vivem de forma contrária à sua vontade. Isso é visto
como um incentivo para a fé e para a vida virtuosa,
bem como um motivo de consolo para aqueles que
sofrem neste mundo.
2 Pe 3:9-13
DINÂMICA
É um evento a ser realizado em duas fases.
A primeira é o arrebatamento da Igreja antes da
Grande Tribulação, momento este em que “nós, os
que ficarmos vivos, seremos arrebatados” (1 Ts
4.17);
O QUE É A SEGUNDA VINDA DE CRISTO?
A segunda vinda de Cristo.pptx
A segunda fase é a sua vinda em glória depois da
Grande Tribulação e visível aos olhos humanos:
“Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até
os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da
terra se lamentarão sobre ele. Sim! Amém!” (Ap
1.7).
Nessa vinda gloriosa, Jesus retornará com os santos
arrebatados da terra: “na vinda de nosso Senhor
Jesus Cristo, com todos os seus santos” (1 Ts 3.13).
O QUE É A SEGUNDA VINDA DE CRISTO?
A segunda vinda de Cristo.pptx
a) Será como um relâmpago (Mt 24.27) - dimensão;
b) Num abrir e fechar de olhos (I Co 15.52) - velocidade;
c) O Senhor descerá do céu. Mas não até a terra. (Nos
Ares).
Gn 24:62-65: Assim como Isaque saiu da sua tenda para
se encontrar com Rebeca.
Eliézer, tipo do Espírito Santo, estava trazendo a noiva;
Rebeca, tipo da igreja entregue a Isaque.
COMO SERÁ O ARREBATAMENTO?
a) Porque na segunda vinda de Cristo, para vencer a
batalha do Armagedom, a igreja virá junto com Ele. A
expressão do profeta Zacarias dizendo que os
“santos” estão com Ele, se refere à igreja. (Zc 14:5).
b) Porque a grande tribulação não é da vontade do
anticristo, mas sim de Deus. A igreja não está
destinada à ira: I Ts 5:2-4,9.
Os profetas falaram muitas vezes do dia do Senhor, se
referindo a destruição de Israel e Jerusalém e também a
grande tribulação. (Joel 1:15. Am 5:18. Sf 1:14. Is 13:6. Jr
46:10. Is 2:12-21)
Por que cremos que o arrebatamento será
antes da grande tribulação?
TRIBUNAL DE CRISTO
TRIBUNAL DE CRISTO
Após o arrebatamento acontecerá o julgamento dos crentes,
esses receberão as recompensas, só que esse julgamento não
implicará em salvação ou em condenação, mas para ser
galardoado segundo as suas obras.
“Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo,
para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do
corpo, ou bem ou mal” (2 Co 5.10)
TRIBUNAL DE CRISTO
Quando acontecerá o tribunal de Cristo?
a) Após o arrebatamento da igreja (Rm 14.10b; II Co 5.10);
b) Antes da festa de casamento de Cristo com a Igreja, ou seja,
bodas do cordeiro.
A segunda vinda de Cristo.pptx
A segunda vinda de Cristo.pptx
A GRANDE TRIBULAÇÃO
A segunda vinda de Cristo.pptx
O ANTICRISTO
O Anticristo opõe-se, rejeita, renega e contesta a Cristo:
“o qual se opõe e se levanta contra tudo o que se chama
Deus ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus,
no templo de Deus, querendo parecer Deus” (2 Ts 2.4).
Suas características são as de um ditador mundial. É o
último grande governo mundial da história, identificado
em Apocalipse como “a besta”.
O ANTICRISTO
Conceito de Buda Maitreya
Nos textos budistas, afirma-se que em algum momento um novo Buda virá a este mundo. Trata-se de
um homem cujo nome é Maitreya, que em sânscrito significa "o amistoso". É alguém dotado de
grande sabedoria e profundamente bondoso. Esta crença se baseia em uma profecia realizada pelo
próprio Buda.
No budismo o futuro Buda vive atualmente no que chamam de "céu dos contentes". Maitreya
permanece nesse local aguardando o momento oportuno para apresentar-se diante dos homens.
Seguindo os textos que destacam esta profecia, Maitreya será bem acolhido pela humanidade, pois
suas propostas estão impregnadas de bondade espiritual.
Segundo a profecia, a vinda de Maitreya será acompanhada de um sinal: as águas dos oceanos
diminuirão. Assim que apareça entre os homens se formará uma nova ordem social baseada no amor
e na tolerância, já que o novo Buda conhece as preocupações que afligem os homens e por querer
ajudar. [...] de Conceitos.com https://conceitos.com/buda-maitreya/
A VINDA DE CRISTO EM
GLÓRIA
Esse acontecimento é anunciado desde o princípio do
mundo: “E destes profetizou também Enoque, o sétimo
depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com
milhares de seus santos” (Jd 14).
O MILÊNIO
É um termo teológico baseado nos mil anos mencionados em Apocalipse
20:2-7. Será um a época de bênçãos especiais, durante a qual Satanás estará
confinado, e o evangelho será propagado sem obstáculos.
Conforme Ef 1:9-10, Is 2:2, Mt 19:28, Ap 11:15, entendemos se tratar do
reinado terreno de Jesus Cristo no momento da sétima e última
dispensação da “plenitude dos tempos.
PFEIFFER, Charles F. et al. Dicionário Bíblico Wycliffe. 4ª edição. Rio de Janeiro: Casa Publicadora das
Assembleias de Deus, 2017. P. 1272.
OS SÚDITOS DO REINO
DE CRISTO
1. Quem participará do Milênio?
A Igreja e os Santos da Tribulação (ressuscitados): eles se sentarão em tronos e
reinarão com Jesus durante o Milênio, receberão autoridade para julgar o mundo (Ap 5:10; 20:4).
Os 144 mil, “o remanescente” dos israelitas, salvos por Cristo, na batalha do
Armagedom (Rm 9:27) e aqueles cristãos que sobreviverem ao período da
Tribulação (não ressuscitados, uma vez que ainda estarão vivos no início do Milênio).
DUCK, Daymond R. Guia Fácil para Entender Apocalipse. 1ª ed. Rio de Janeiro: Thomas Nelson
Brasil, 2014. pp. 312, 313.
.
CONCLUSÃO
Precisamos estar alertas quanto à importância da preparação para a volta de
Jesus, observando os sinais que se mostram mais evidentes, bem como viver
uma vida cristã consciente desse evento, sabendo de sua importância para a
fé cristã.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a A segunda vinda de Cristo.pptx

SERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdfSERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdf
DouglasDias358357
 
SERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdfSERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdf
DouglasDias358357
 
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de Cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de CristoLBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de Cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de Cristo
Natalino das Neves Neves
 
A segunda vinda de cristo.
A segunda vinda de cristo.A segunda vinda de cristo.
A segunda vinda de cristo.
Hamilton Souza
 
Parousia o arrebatamento da igreja
Parousia   o arrebatamento da igrejaParousia   o arrebatamento da igreja
Parousia o arrebatamento da igreja
jonasfreitasdejesus
 
A Segunda Vinda de Cristo.
A Segunda Vinda de Cristo.A Segunda Vinda de Cristo.
A Segunda Vinda de Cristo.
Márcio Martins
 
Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017
Antonio Filho
 
Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja
Sandra Dias
 
O Fim dos Tempos
O Fim dos TemposO Fim dos Tempos
O Fim dos Tempos
Christian Lepelletier
 
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp027 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
Esdras Santana Soares
 
Lição 8 - A Grande Tribulação
Lição 8 - A Grande TribulaçãoLição 8 - A Grande Tribulação
Lição 8 - A Grande Tribulação
Andrew Guimarães
 
Escatologia 4
Escatologia 4Escatologia 4
Escatologia 4
Jovens Do Caminho
 
O reino milenar
O reino milenarO reino milenar
O reino milenar
Franck Lenzi
 
09 o evangelho do reino
09   o evangelho do reino09   o evangelho do reino
09 o evangelho do reino
Diego Fortunatto
 
LIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS
LIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISASLIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS
LIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS
Lourinaldo Serafim
 
Futurismo fato ou fantasia
Futurismo   fato ou fantasiaFuturismo   fato ou fantasia
Futurismo fato ou fantasia
Diego Fortunatto
 
O Millennium Qual é o milênio. quais as correntes de interpretações sobre o f...
O Millennium Qual é o milênio. quais as correntes de interpretações sobre o f...O Millennium Qual é o milênio. quais as correntes de interpretações sobre o f...
O Millennium Qual é o milênio. quais as correntes de interpretações sobre o f...
BrunoCorrea53
 
2 introdução à escatologia ii
2 introdução à escatologia ii2 introdução à escatologia ii
2 introdução à escatologia ii
faculdadeteologica
 
Lições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisas
Lições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisasLições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisas
Lições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisas
Ravena B
 
Curso de Teologia Reformada - Módulo IV -Escatologia_O MilÊnio de Apocalipse
Curso de Teologia Reformada - Módulo IV -Escatologia_O MilÊnio de ApocalipseCurso de Teologia Reformada - Módulo IV -Escatologia_O MilÊnio de Apocalipse
Curso de Teologia Reformada - Módulo IV -Escatologia_O MilÊnio de Apocalipse
Secretaria de Estado da Tributação do RN
 

Semelhante a A segunda vinda de Cristo.pptx (20)

SERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdfSERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdf
 
SERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdfSERMÂO - a volta de jesus.pdf
SERMÂO - a volta de jesus.pdf
 
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de Cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de CristoLBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de Cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 11 - A segunda vinda de Cristo
 
A segunda vinda de cristo.
A segunda vinda de cristo.A segunda vinda de cristo.
A segunda vinda de cristo.
 
Parousia o arrebatamento da igreja
Parousia   o arrebatamento da igrejaParousia   o arrebatamento da igreja
Parousia o arrebatamento da igreja
 
A Segunda Vinda de Cristo.
A Segunda Vinda de Cristo.A Segunda Vinda de Cristo.
A Segunda Vinda de Cristo.
 
Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017Lição 12(o mundo vindouro)2017
Lição 12(o mundo vindouro)2017
 
Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja Arrebatamento de igreja
Arrebatamento de igreja
 
O Fim dos Tempos
O Fim dos TemposO Fim dos Tempos
O Fim dos Tempos
 
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp027 arrebatamento-120918154123-phpapp02
7 arrebatamento-120918154123-phpapp02
 
Lição 8 - A Grande Tribulação
Lição 8 - A Grande TribulaçãoLição 8 - A Grande Tribulação
Lição 8 - A Grande Tribulação
 
Escatologia 4
Escatologia 4Escatologia 4
Escatologia 4
 
O reino milenar
O reino milenarO reino milenar
O reino milenar
 
09 o evangelho do reino
09   o evangelho do reino09   o evangelho do reino
09 o evangelho do reino
 
LIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS
LIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISASLIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS
LIÇÃO 01 - ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS
 
Futurismo fato ou fantasia
Futurismo   fato ou fantasiaFuturismo   fato ou fantasia
Futurismo fato ou fantasia
 
O Millennium Qual é o milênio. quais as correntes de interpretações sobre o f...
O Millennium Qual é o milênio. quais as correntes de interpretações sobre o f...O Millennium Qual é o milênio. quais as correntes de interpretações sobre o f...
O Millennium Qual é o milênio. quais as correntes de interpretações sobre o f...
 
2 introdução à escatologia ii
2 introdução à escatologia ii2 introdução à escatologia ii
2 introdução à escatologia ii
 
Lições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisas
Lições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisasLições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisas
Lições bíblicas 1 trimestre 2016 Adultos - O final de todas as coisas
 
Curso de Teologia Reformada - Módulo IV -Escatologia_O MilÊnio de Apocalipse
Curso de Teologia Reformada - Módulo IV -Escatologia_O MilÊnio de ApocalipseCurso de Teologia Reformada - Módulo IV -Escatologia_O MilÊnio de Apocalipse
Curso de Teologia Reformada - Módulo IV -Escatologia_O MilÊnio de Apocalipse
 

Último

Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 

Último (14)

Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 

A segunda vinda de Cristo.pptx

  • 1. Segunda Vinda de Cristo Com base na Declaração de Fé das Assembleias de Deus
  • 2. "Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão somente o Pai. Como foi nos dias de Noé, assim também será na vinda do Filho do homem. Pois nos dias anteriores ao Dilúvio, o povo vivia comendo e bebendo, casando-se e dando-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca; e eles nada perceberam, até que veio o Dilúvio e os levou a todos. Assim acontecerá na vinda do Filho do homem”. (Mateus 24:36-39) LEITURA BÍBLICA
  • 3. "Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão somente o Pai. Como foi nos dias de Noé, assim também será na vinda do Filho do homem. Pois nos dias anteriores ao Dilúvio, o povo vivia comendo e bebendo, casando-se e dando-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca; e eles nada perceberam, até que veio o Dilúvio e os levou a todos. Assim acontecerá na vinda do Filho do homem”. (Mateus 24:36-39) LEITURA BÍBLICA
  • 4. • Com quem tenta prever a volta de Jesus; • Com escatologias aterrorizadoras; • Com um “evangelho” permissivo e liberal.
  • 5. • 19 de outubro de 1533 – o matemático Michael Stifel calculou que o Juízo Final começaria às 8h deste dia. • 1892-1911 – o piramidologista Charles Piazzi Smyth concluiu, a partir dos estudos das dimensões da Pirâmide de Gizé, que Cristo voltaria entre 1892 e 1911. • 1901 – a Igreja Católica Apostólica, fundada em 1831, avisou que Jesus voltaria quando seus 12 fundadores estivessem mortos. O último morreu em 1901. • 1982 – O fundador da Coalizão Cristã, Pat Robertson, informou seus seguidores que o Juízo Final aconteceria até o final de 1982.
  • 7. A volta de Jesus é considerada o cumprimento da promessa da vida eterna e um aviso para aqueles que vivem de forma contrária à sua vontade. Isso é visto como um incentivo para a fé e para a vida virtuosa, bem como um motivo de consolo para aqueles que sofrem neste mundo. 2 Pe 3:9-13
  • 9. É um evento a ser realizado em duas fases. A primeira é o arrebatamento da Igreja antes da Grande Tribulação, momento este em que “nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados” (1 Ts 4.17); O QUE É A SEGUNDA VINDA DE CRISTO?
  • 11. A segunda fase é a sua vinda em glória depois da Grande Tribulação e visível aos olhos humanos: “Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim! Amém!” (Ap 1.7). Nessa vinda gloriosa, Jesus retornará com os santos arrebatados da terra: “na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, com todos os seus santos” (1 Ts 3.13). O QUE É A SEGUNDA VINDA DE CRISTO?
  • 13. a) Será como um relâmpago (Mt 24.27) - dimensão; b) Num abrir e fechar de olhos (I Co 15.52) - velocidade; c) O Senhor descerá do céu. Mas não até a terra. (Nos Ares). Gn 24:62-65: Assim como Isaque saiu da sua tenda para se encontrar com Rebeca. Eliézer, tipo do Espírito Santo, estava trazendo a noiva; Rebeca, tipo da igreja entregue a Isaque. COMO SERÁ O ARREBATAMENTO?
  • 14. a) Porque na segunda vinda de Cristo, para vencer a batalha do Armagedom, a igreja virá junto com Ele. A expressão do profeta Zacarias dizendo que os “santos” estão com Ele, se refere à igreja. (Zc 14:5). b) Porque a grande tribulação não é da vontade do anticristo, mas sim de Deus. A igreja não está destinada à ira: I Ts 5:2-4,9. Os profetas falaram muitas vezes do dia do Senhor, se referindo a destruição de Israel e Jerusalém e também a grande tribulação. (Joel 1:15. Am 5:18. Sf 1:14. Is 13:6. Jr 46:10. Is 2:12-21) Por que cremos que o arrebatamento será antes da grande tribulação?
  • 16. TRIBUNAL DE CRISTO Após o arrebatamento acontecerá o julgamento dos crentes, esses receberão as recompensas, só que esse julgamento não implicará em salvação ou em condenação, mas para ser galardoado segundo as suas obras. “Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem ou mal” (2 Co 5.10)
  • 17. TRIBUNAL DE CRISTO Quando acontecerá o tribunal de Cristo? a) Após o arrebatamento da igreja (Rm 14.10b; II Co 5.10); b) Antes da festa de casamento de Cristo com a Igreja, ou seja, bodas do cordeiro.
  • 22. O ANTICRISTO O Anticristo opõe-se, rejeita, renega e contesta a Cristo: “o qual se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus” (2 Ts 2.4). Suas características são as de um ditador mundial. É o último grande governo mundial da história, identificado em Apocalipse como “a besta”.
  • 23. O ANTICRISTO Conceito de Buda Maitreya Nos textos budistas, afirma-se que em algum momento um novo Buda virá a este mundo. Trata-se de um homem cujo nome é Maitreya, que em sânscrito significa "o amistoso". É alguém dotado de grande sabedoria e profundamente bondoso. Esta crença se baseia em uma profecia realizada pelo próprio Buda. No budismo o futuro Buda vive atualmente no que chamam de "céu dos contentes". Maitreya permanece nesse local aguardando o momento oportuno para apresentar-se diante dos homens. Seguindo os textos que destacam esta profecia, Maitreya será bem acolhido pela humanidade, pois suas propostas estão impregnadas de bondade espiritual. Segundo a profecia, a vinda de Maitreya será acompanhada de um sinal: as águas dos oceanos diminuirão. Assim que apareça entre os homens se formará uma nova ordem social baseada no amor e na tolerância, já que o novo Buda conhece as preocupações que afligem os homens e por querer ajudar. [...] de Conceitos.com https://conceitos.com/buda-maitreya/
  • 24. A VINDA DE CRISTO EM GLÓRIA Esse acontecimento é anunciado desde o princípio do mundo: “E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos” (Jd 14).
  • 25. O MILÊNIO É um termo teológico baseado nos mil anos mencionados em Apocalipse 20:2-7. Será um a época de bênçãos especiais, durante a qual Satanás estará confinado, e o evangelho será propagado sem obstáculos. Conforme Ef 1:9-10, Is 2:2, Mt 19:28, Ap 11:15, entendemos se tratar do reinado terreno de Jesus Cristo no momento da sétima e última dispensação da “plenitude dos tempos. PFEIFFER, Charles F. et al. Dicionário Bíblico Wycliffe. 4ª edição. Rio de Janeiro: Casa Publicadora das Assembleias de Deus, 2017. P. 1272.
  • 26. OS SÚDITOS DO REINO DE CRISTO 1. Quem participará do Milênio? A Igreja e os Santos da Tribulação (ressuscitados): eles se sentarão em tronos e reinarão com Jesus durante o Milênio, receberão autoridade para julgar o mundo (Ap 5:10; 20:4). Os 144 mil, “o remanescente” dos israelitas, salvos por Cristo, na batalha do Armagedom (Rm 9:27) e aqueles cristãos que sobreviverem ao período da Tribulação (não ressuscitados, uma vez que ainda estarão vivos no início do Milênio). DUCK, Daymond R. Guia Fácil para Entender Apocalipse. 1ª ed. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2014. pp. 312, 313. .
  • 27. CONCLUSÃO Precisamos estar alertas quanto à importância da preparação para a volta de Jesus, observando os sinais que se mostram mais evidentes, bem como viver uma vida cristã consciente desse evento, sabendo de sua importância para a fé cristã.