SlideShare uma empresa Scribd logo
A sala de informática
deve ser
exclusivamente
utilizada para fins
pedagógicos e
científicos, no âmbito
das atividades
acadêmicas da Escola.
O não cumprimento das
normas de utilização, ou a
utilização indevida dos
equipamentos podem levar
ao cancelamento da
permissão de acesso à sala.
Todos os utilizadores devem
usar a sala de informática com
civismo, sentido de
organização e disciplina, e
devem ajudar, a preservar os
equipamentos, a sala e um
bom ambiente de trabalho.
Não é permitido
fumar ou utilizar
comidas e bebidas
na sala de
informática.
É obrigatório respeitar
o direito de trabalho
dos outros
utilizadores, evitando
fazer barulho.
Deve manter a
sala limpa e
arrumada.
Não deixar lixo
em cima das
mesas ou no
chão.
Não colocar o
caderno na
mesinha do
teclado.
Não é permitido alterar
ou tentar alterar a
configuração de
hardware ou de software
dos equipamentos
informáticos.
Não é permitido instalar
qualquer tipo de software nos
computadores.
A instalação de software deve
ser sempre feita por alguém
responsável pelo Laboratório.
Só é permitido acessar
a páginas da Internet que
estejam diretamente
relacionadas com a
matéria da aula.
NÃO É PERMITIDO
UTILIZAR SITE
SOCIAIS COMO:
MSN, FACEBOOK, ORKUT e
etc.).
O utilizador deve ter o
cuidado de desligar o
respectivo computador e
monitor no final de cada
sessão.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Bem vindos!
Bem vindos!Bem vindos!
Bem vindos!
Cristati
 
Normas de uso Laboratório de Informática
Normas de uso Laboratório de Informática Normas de uso Laboratório de Informática
Normas de uso Laboratório de Informática
EMEF ODL
 
Regras Para Uso Do LaboratóRio
Regras Para Uso Do LaboratóRioRegras Para Uso Do LaboratóRio
Regras Para Uso Do LaboratóRio
guest4ec91e
 
Regras do laboratório de informática
Regras do laboratório de informáticaRegras do laboratório de informática
Regras do laboratório de informática
ynaraidina
 
Regras Para Uso Do LaboratóRio
Regras Para Uso Do LaboratóRioRegras Para Uso Do LaboratóRio
Regras Para Uso Do LaboratóRio
guest2e64aa
 
Normas do lei
Normas do lei Normas do lei
Normas do lei
ananiasdoamaral
 
Regras do laboratório deinformática
Regras do laboratório deinformáticaRegras do laboratório deinformática
Regras do laboratório deinformática
Alexandre Lemos
 
Regras do laboratório deinformática
Regras do laboratório deinformáticaRegras do laboratório deinformática
Regras do laboratório deinformática
Alexandre Lemos
 
Regras da informática
Regras da informáticaRegras da informática
Regras da informática
Ana Luiza Souza
 
Regras do laboratório de informática
Regras do laboratório de informáticaRegras do laboratório de informática
Regras do laboratório de informática
thiagoamericano
 
Regras do laboratorio de
Regras do laboratorio deRegras do laboratorio de
Regras do laboratorio de
Edson Ventura Ribeiro
 
Normas do LEI
Normas do LEINormas do LEI
Normas do LEI
klauddia
 
Regras
RegrasRegras
Regras
anapatricio
 
Laboratório
LaboratórioLaboratório
Laboratório
Glaudson Assunção
 
Laboratório de Informática
Laboratório de InformáticaLaboratório de Informática
Laboratório de Informática
Misael Gomes
 
A internet como uma caverna em nossas vidas
A internet como uma caverna em nossas vidasA internet como uma caverna em nossas vidas
A internet como uma caverna em nossas vidas
Davi Teixeira
 
Projeto alcance deveres do aluno
Projeto alcance   deveres do alunoProjeto alcance   deveres do aluno
Projeto alcance deveres do aluno
Alcance Enem
 

Mais procurados (17)

Bem vindos!
Bem vindos!Bem vindos!
Bem vindos!
 
Normas de uso Laboratório de Informática
Normas de uso Laboratório de Informática Normas de uso Laboratório de Informática
Normas de uso Laboratório de Informática
 
Regras Para Uso Do LaboratóRio
Regras Para Uso Do LaboratóRioRegras Para Uso Do LaboratóRio
Regras Para Uso Do LaboratóRio
 
Regras do laboratório de informática
Regras do laboratório de informáticaRegras do laboratório de informática
Regras do laboratório de informática
 
Regras Para Uso Do LaboratóRio
Regras Para Uso Do LaboratóRioRegras Para Uso Do LaboratóRio
Regras Para Uso Do LaboratóRio
 
Normas do lei
Normas do lei Normas do lei
Normas do lei
 
Regras do laboratório deinformática
Regras do laboratório deinformáticaRegras do laboratório deinformática
Regras do laboratório deinformática
 
Regras do laboratório deinformática
Regras do laboratório deinformáticaRegras do laboratório deinformática
Regras do laboratório deinformática
 
Regras da informática
Regras da informáticaRegras da informática
Regras da informática
 
Regras do laboratório de informática
Regras do laboratório de informáticaRegras do laboratório de informática
Regras do laboratório de informática
 
Regras do laboratorio de
Regras do laboratorio deRegras do laboratorio de
Regras do laboratorio de
 
Normas do LEI
Normas do LEINormas do LEI
Normas do LEI
 
Regras
RegrasRegras
Regras
 
Laboratório
LaboratórioLaboratório
Laboratório
 
Laboratório de Informática
Laboratório de InformáticaLaboratório de Informática
Laboratório de Informática
 
A internet como uma caverna em nossas vidas
A internet como uma caverna em nossas vidasA internet como uma caverna em nossas vidas
A internet como uma caverna em nossas vidas
 
Projeto alcance deveres do aluno
Projeto alcance   deveres do alunoProjeto alcance   deveres do aluno
Projeto alcance deveres do aluno
 

Semelhante a A sala de informática

Manual do estagiario
Manual do estagiarioManual do estagiario
Manual do estagiario
sonmart35
 
Laboratorios de informatica
Laboratorios de informaticaLaboratorios de informatica
Laboratorios de informatica
Andreia Pereira
 
Informática Aplicada à Educação
Informática Aplicada à EducaçãoInformática Aplicada à Educação
Informática Aplicada à Educação
Rafael Delmonego
 
Utilizando O LaboratóRio De InformáTica
Utilizando O LaboratóRio De InformáTicaUtilizando O LaboratóRio De InformáTica
Utilizando O LaboratóRio De InformáTica
guestcecbb4
 
Utilizando O LaboratóRio De InformáTica
Utilizando O LaboratóRio De InformáTicaUtilizando O LaboratóRio De InformáTica
Utilizando O LaboratóRio De InformáTica
dilailendj
 
Normas do labin slide
Normas do labin   slideNormas do labin   slide
Normas do labin slide
Jucimara Carvalho Dos Anjos
 
Oficina Meta-habilidade - Manual De Procedimentos Destaques
Oficina Meta-habilidade - Manual De Procedimentos DestaquesOficina Meta-habilidade - Manual De Procedimentos Destaques
Oficina Meta-habilidade - Manual De Procedimentos Destaques
Acessa Escola
 
Apresentação do 4 a 5 ano
Apresentação do 4 a 5 anoApresentação do 4 a 5 ano
Apresentação do 4 a 5 ano
Ellen Cardoso
 
Apresentacao tic profissionais
Apresentacao tic profissionaisApresentacao tic profissionais
Apresentacao tic profissionais
Vanda Pereira
 
Normas de uso dos laboratrios 2017
Normas de uso dos laboratrios 2017Normas de uso dos laboratrios 2017
Normas de uso dos laboratrios 2017
Francisco Serpa
 
Normas de uso dos laboratrios 2017
Normas de uso dos laboratrios 2017Normas de uso dos laboratrios 2017
Normas de uso dos laboratrios 2017
Francisco Serpa
 
Aula1
Aula1Aula1
Aula1
marleneves
 
Regras
RegrasRegras
Regras
mcarvalhinha
 

Semelhante a A sala de informática (13)

Manual do estagiario
Manual do estagiarioManual do estagiario
Manual do estagiario
 
Laboratorios de informatica
Laboratorios de informaticaLaboratorios de informatica
Laboratorios de informatica
 
Informática Aplicada à Educação
Informática Aplicada à EducaçãoInformática Aplicada à Educação
Informática Aplicada à Educação
 
Utilizando O LaboratóRio De InformáTica
Utilizando O LaboratóRio De InformáTicaUtilizando O LaboratóRio De InformáTica
Utilizando O LaboratóRio De InformáTica
 
Utilizando O LaboratóRio De InformáTica
Utilizando O LaboratóRio De InformáTicaUtilizando O LaboratóRio De InformáTica
Utilizando O LaboratóRio De InformáTica
 
Normas do labin slide
Normas do labin   slideNormas do labin   slide
Normas do labin slide
 
Oficina Meta-habilidade - Manual De Procedimentos Destaques
Oficina Meta-habilidade - Manual De Procedimentos DestaquesOficina Meta-habilidade - Manual De Procedimentos Destaques
Oficina Meta-habilidade - Manual De Procedimentos Destaques
 
Apresentação do 4 a 5 ano
Apresentação do 4 a 5 anoApresentação do 4 a 5 ano
Apresentação do 4 a 5 ano
 
Apresentacao tic profissionais
Apresentacao tic profissionaisApresentacao tic profissionais
Apresentacao tic profissionais
 
Normas de uso dos laboratrios 2017
Normas de uso dos laboratrios 2017Normas de uso dos laboratrios 2017
Normas de uso dos laboratrios 2017
 
Normas de uso dos laboratrios 2017
Normas de uso dos laboratrios 2017Normas de uso dos laboratrios 2017
Normas de uso dos laboratrios 2017
 
Aula1
Aula1Aula1
Aula1
 
Regras
RegrasRegras
Regras
 

Mais de ananiasdoamaral

Proposta 10 de redação enem 2017
Proposta 10 de redação enem 2017Proposta 10 de redação enem 2017
Proposta 10 de redação enem 2017
ananiasdoamaral
 
Proposta 9 de redação enem 2017
Proposta 9 de redação enem 2017Proposta 9 de redação enem 2017
Proposta 9 de redação enem 2017
ananiasdoamaral
 
Proposta 8 de redação enem 2017
Proposta 8 de redação enem 2017Proposta 8 de redação enem 2017
Proposta 8 de redação enem 2017
ananiasdoamaral
 
Proposta 7 de redação enem 2017
Proposta 7 de redação enem 2017Proposta 7 de redação enem 2017
Proposta 7 de redação enem 2017
ananiasdoamaral
 
Proposta 6 de redação enem 2017
Proposta 6 de redação enem 2017Proposta 6 de redação enem 2017
Proposta 6 de redação enem 2017
ananiasdoamaral
 
Proposta 5 de redação enem 2017
Proposta 5 de redação enem 2017Proposta 5 de redação enem 2017
Proposta 5 de redação enem 2017
ananiasdoamaral
 
Proposta 4 de redação enem 2017
Proposta 4 de redação enem 2017Proposta 4 de redação enem 2017
Proposta 4 de redação enem 2017
ananiasdoamaral
 
Proposta 3 de redação enem 2017
Proposta 3 de redação enem 2017Proposta 3 de redação enem 2017
Proposta 3 de redação enem 2017
ananiasdoamaral
 
Proposta 2 de redação enem 2017
Proposta 2 de redação enem 2017Proposta 2 de redação enem 2017
Proposta 2 de redação enem 2017
ananiasdoamaral
 
Proposta 1 de redação enem 2017
Proposta 1 de redação enem 2017Proposta 1 de redação enem 2017
Proposta 1 de redação enem 2017
ananiasdoamaral
 
Locais de provas do ENEM 2016 ESCOLA ANANIAS.
Locais de provas do ENEM 2016 ESCOLA ANANIAS.Locais de provas do ENEM 2016 ESCOLA ANANIAS.
Locais de provas do ENEM 2016 ESCOLA ANANIAS.
ananiasdoamaral
 
Criar um blog
Criar um blog Criar um blog
Criar um blog
ananiasdoamaral
 
Memórias secundarias 2
Memórias secundarias 2Memórias secundarias 2
Memórias secundarias 2
ananiasdoamaral
 
Memorias secundárias
Memorias secundárias Memorias secundárias
Memorias secundárias
ananiasdoamaral
 
Modelo cabeçalho de avaliação escola ananias
Modelo cabeçalho de avaliação escola ananiasModelo cabeçalho de avaliação escola ananias
Modelo cabeçalho de avaliação escola ananias
ananiasdoamaral
 
Anorexia e bulimia atualizado
Anorexia e bulimia atualizadoAnorexia e bulimia atualizado
Anorexia e bulimia atualizado
ananiasdoamaral
 
Anatomia
AnatomiaAnatomia
Anatomia
ananiasdoamaral
 
Controle do data show
Controle do data showControle do data show
Controle do data show
ananiasdoamaral
 
LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA ESCOLA Ananias
LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA ESCOLA AnaniasLABORATÓRIO DE INFORMÁTICA ESCOLA Ananias
LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA ESCOLA Ananias
ananiasdoamaral
 
AULÃO DE MATEMÁTICA Spaece 2° dia
AULÃO DE MATEMÁTICA Spaece 2° diaAULÃO DE MATEMÁTICA Spaece 2° dia
AULÃO DE MATEMÁTICA Spaece 2° dia
ananiasdoamaral
 

Mais de ananiasdoamaral (20)

Proposta 10 de redação enem 2017
Proposta 10 de redação enem 2017Proposta 10 de redação enem 2017
Proposta 10 de redação enem 2017
 
Proposta 9 de redação enem 2017
Proposta 9 de redação enem 2017Proposta 9 de redação enem 2017
Proposta 9 de redação enem 2017
 
Proposta 8 de redação enem 2017
Proposta 8 de redação enem 2017Proposta 8 de redação enem 2017
Proposta 8 de redação enem 2017
 
Proposta 7 de redação enem 2017
Proposta 7 de redação enem 2017Proposta 7 de redação enem 2017
Proposta 7 de redação enem 2017
 
Proposta 6 de redação enem 2017
Proposta 6 de redação enem 2017Proposta 6 de redação enem 2017
Proposta 6 de redação enem 2017
 
Proposta 5 de redação enem 2017
Proposta 5 de redação enem 2017Proposta 5 de redação enem 2017
Proposta 5 de redação enem 2017
 
Proposta 4 de redação enem 2017
Proposta 4 de redação enem 2017Proposta 4 de redação enem 2017
Proposta 4 de redação enem 2017
 
Proposta 3 de redação enem 2017
Proposta 3 de redação enem 2017Proposta 3 de redação enem 2017
Proposta 3 de redação enem 2017
 
Proposta 2 de redação enem 2017
Proposta 2 de redação enem 2017Proposta 2 de redação enem 2017
Proposta 2 de redação enem 2017
 
Proposta 1 de redação enem 2017
Proposta 1 de redação enem 2017Proposta 1 de redação enem 2017
Proposta 1 de redação enem 2017
 
Locais de provas do ENEM 2016 ESCOLA ANANIAS.
Locais de provas do ENEM 2016 ESCOLA ANANIAS.Locais de provas do ENEM 2016 ESCOLA ANANIAS.
Locais de provas do ENEM 2016 ESCOLA ANANIAS.
 
Criar um blog
Criar um blog Criar um blog
Criar um blog
 
Memórias secundarias 2
Memórias secundarias 2Memórias secundarias 2
Memórias secundarias 2
 
Memorias secundárias
Memorias secundárias Memorias secundárias
Memorias secundárias
 
Modelo cabeçalho de avaliação escola ananias
Modelo cabeçalho de avaliação escola ananiasModelo cabeçalho de avaliação escola ananias
Modelo cabeçalho de avaliação escola ananias
 
Anorexia e bulimia atualizado
Anorexia e bulimia atualizadoAnorexia e bulimia atualizado
Anorexia e bulimia atualizado
 
Anatomia
AnatomiaAnatomia
Anatomia
 
Controle do data show
Controle do data showControle do data show
Controle do data show
 
LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA ESCOLA Ananias
LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA ESCOLA AnaniasLABORATÓRIO DE INFORMÁTICA ESCOLA Ananias
LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA ESCOLA Ananias
 
AULÃO DE MATEMÁTICA Spaece 2° dia
AULÃO DE MATEMÁTICA Spaece 2° diaAULÃO DE MATEMÁTICA Spaece 2° dia
AULÃO DE MATEMÁTICA Spaece 2° dia
 

Último

Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Mary Alvarenga
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Química orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptxQuímica orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptx
KeilianeOliveira3
 
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
WelidaFreitas1
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Acrópole - História & Educação
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
GiselaAlves15
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Luana Neres
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 

Último (20)

Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Química orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptxQuímica orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptx
 
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
Aula 3- 6º HIS - As origens da humanidade, seus deslocamentos e os processos ...
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 

A sala de informática

  • 1. A sala de informática deve ser exclusivamente utilizada para fins pedagógicos e científicos, no âmbito das atividades acadêmicas da Escola.
  • 2. O não cumprimento das normas de utilização, ou a utilização indevida dos equipamentos podem levar ao cancelamento da permissão de acesso à sala.
  • 3. Todos os utilizadores devem usar a sala de informática com civismo, sentido de organização e disciplina, e devem ajudar, a preservar os equipamentos, a sala e um bom ambiente de trabalho.
  • 4. Não é permitido fumar ou utilizar comidas e bebidas na sala de informática.
  • 5. É obrigatório respeitar o direito de trabalho dos outros utilizadores, evitando fazer barulho.
  • 6. Deve manter a sala limpa e arrumada.
  • 7. Não deixar lixo em cima das mesas ou no chão.
  • 8. Não colocar o caderno na mesinha do teclado.
  • 9. Não é permitido alterar ou tentar alterar a configuração de hardware ou de software dos equipamentos informáticos.
  • 10. Não é permitido instalar qualquer tipo de software nos computadores. A instalação de software deve ser sempre feita por alguém responsável pelo Laboratório.
  • 11. Só é permitido acessar a páginas da Internet que estejam diretamente relacionadas com a matéria da aula.
  • 12. NÃO É PERMITIDO UTILIZAR SITE SOCIAIS COMO: MSN, FACEBOOK, ORKUT e etc.).
  • 13. O utilizador deve ter o cuidado de desligar o respectivo computador e monitor no final de cada sessão.