SlideShare uma empresa Scribd logo
Decupando palestra de
@adrianosilva29
(The Factory/Draft)
A Revolução Digital e o
Futuro da Indústria da
Mídia
Carlos Nepomuceno
15/12/15
V 1.0.0
Veja o vídeo completo aqui:
https://youtu.be/LiCgIBiBfsw
Veja meus comentários sobre a palestra aqui:
https://goo.gl/MIdveU
Faço adaptações para que as
frases ditas na palestra sirvam de
inspiração para mudanças.
“Ao montar equipes na indústria
criativa, cometa acertos, monte um
time brilhante, contratando apenas
pessoas melhores que você.” (
@adrianosilva29 )
CONTRATAÇÃO
“Ao montar equipes
brilhantes, você como
chefe trabalha menos.”
( @adrianosilva29 )
CONTRATAÇÃO
“Quando você trabalha com time
ruim, você acaba tendo que fazer o
trabalho do teu subordinado. A
vida dele e a tua viram um
inferno.” ( @adrianosilva29 )
CONTRATAÇÃO
“Um gestor é apenas
reflexo do time que ele
montou.” (
@adrianosilva29 )
CONTRATAÇÃO
“A blogosfera era uma
internet dentro dela
própria.” (
@adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“Imaginem o que era a
vida sem o Facebook há 5
anos atrás.” (
@adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“A blogosfera prepara o
terreno para o Facebook.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“A blogosfera tira o
microfone dos emissores
de comunicação.” (
@adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“A blogosfera tira o nosso
conforto, nosso poder,
nosso protagonismo.” (
@adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“A blogosfera coloca o
microfone na plateia, nos
consumidores, nas pessoas,
nos cidadãos.” (
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“O microfone na mão do
consumidor é uma quebra
importantíssima para o negócio da
comunicação.” ( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“O mundo (depois da
Internet) nunca mais vai ser
aquele.” ( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“Nunca mais vamos resolver um
problema para um cliente
colocando um outdoor no caminho
da casa do presidente da firma
anunciante.” ( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“No mundo atual o problema da
publicidade começa quando
colocamos a campanha no ar.” (
@adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“No mundo atual muda-se os
talentos e as competências que
temos que ter para gerir a
comunicação de uma marca.” (
@adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“A velha velocidade dos ciclos
de carreira, negócios, empresas
também não vai voltar.” (
@adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
CARACTERÍSTICA
“Empresas são feitas para serem
espetaculares e durarem 10 e
não mais 100 anos.” (
@adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
FUTURO DAS EMPRESAS
“As redes sociais obrigaram as
empresas a criarem seu próprio
conteúdo (brand content).” (
@adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
CONTEÚDO
DAS MARCAS
“Fiat Mio foi o maior case de
inovação aberta do mundo.” (
@adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO ABERTA
“A antiga forma de fazer
Inovação era feita com 2 ou 3
engenheiros que ficavam numa
sala trancando pensando.” (
@adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO ABERTA
“Na antiga Inovação o protótipo
só era revelado quando subia o
pano vermelho, era um segredo
de estado.” ( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO ABERTA
“A Inovação na nova economia
é toda feita de forma aberta e
não fechada.” ( @adrianosilva29
)
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO ABERTA
“A Inovação na nova economia
é toda feita de forma aberta e
não fechada, junto com o
cliente.” ( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO ABERTA
“Se você abrir as empresas, as
paredes, as janelas, as portas,
você vai ter muito mais gente
pensando junto com você.” (
@adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO ABERTA
“Empresas que isolam a
criatividade em poucas pessoas,
impedem todas as outras de
pensar.” ( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO ABERTA
“Como seria uma campanha de
uma marca se nós convidássemos
os consumidores para pensar junto
conosco? Não só o produto, mas a
comunicação?” ( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO ABERTA
“A crise que vivemos na mídia
hoje é de modelo de negócios,
não é uma crise de demanda!”(
@adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO ABERTA
“Temos que reaprender a
cobrar, entregar, repensar
periodicidade, custos, preço,
tudo.”( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
REAPRENDENDO
“Bons curadores, bons editores,
estes terão cada vez mais
demanda pela sua inteligência e
seu talento.”( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
DIAGNÓSTICO
Discordo do slide anterior. A
nova curadoria será feita via
Algoritmos Sociais Inteligentes,
não mais por gestão de
conteúdo, mas o que podemos
chamar de curadoria de
conteúdo.
CRÍTICA:
A curadoria de conteúdo tanto
vale para a produção, que passa
a ganhar a reputação (você fala
disso mais adiante) como para o
modelo do anúncio que procura
juntar oferta e demanda.
CRÍTICA:
Na Gestoria, misto de gestão
com curadoria, faz sentido ir aos
nichos, mas isso vai esbarrar
mais adiante em receita.
A Curadoria de conteúdo já
seria uma aposta mais direta.
CRÍTICA:
Você percebe muito bem os
sintomas, mas o diagnóstico
mais adequado só é possível
com um embasamento maior da
história das Revoluções
Cognitivas.
CRÍTICA:
O conteúdo que cada um
precisa só será possível, através
de um algoritmo de
personalização que opera junto
com um consumidor ativo.
CRÍTICA:
Não se trata de um novo
Modelo de Negócio, mas de
uma nova Topologia de
Administração, chamada
Curadoria, que só funciona em
Plataformas Digitais
Participativas.
CRÍTICA:
A reinvenção do paradigma
precisa de uma abordagem
dedutiva, indo para a história e
não indutiva, a partir do
mercado.
CRÍTICA:
Os estrategistas digitais serão
estudiosos da Escola Canadense
de Comunicação, especializada
em rupturas de mídia, desde a
Grécia.
CRÍTICA:
“É assustador os riscos que a
gente está correndo.”(
@adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
DIAGNÓSTICO
“Vivemos um grande momento,
de troca de placa tectônica, de
troca de software, de
paradigma.”( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
DIAGNÓSTICO
Sim, é isso mesmo, mas é muito
maior que apenas mudar a
comunicação.
É a comunicação que define o
DNA administrativo das
organizações e não o contrário.
CRÍTICA:
“Você pode se atachar na era
que vem, ao invés de se agarrar
e soçobrar junto à era que está
acabando.”( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
DIAGNÓSTICO
“A mídia tradicional não está
fazendo este movimento junto
com o consumidor, na mesma
velocidade.” ( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
CRISE DA MÍDIA
“Bom conteúdo continua sendo
valorizado, mas tem que ser entregue
na velocidade, no formato, na
periodicidade e no jeito e preço que o
consumidor quer.” ( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
CRISE DA MÍDIA
“A velha mídia tem problema
para inovar, pois tem 40 a 50
anos num modelo que
funcionava.” ( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
CRISE DA MÍDIA
“O dilema do inovador: é
muito difícil você matar a sua
“vaca leiteira”.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
CRISE DA MÍDIA
“Hoje, abre-se grande
oportunidades para quem não tem
uma “vaca leiteira”. Entrar e fazer
diferente.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
BARREIRAS À INOVAÇÃO
“Os públicos estão todos aí,
sedentos de informação,
sedentos de uma referência.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
CRISE DA MÍDIA
Concordo e discordo.
A grande mudança, entretanto,
é que a referência não é mais
sólida e nem centralizada. É
algo líquido que só pode ser
feito com ajuda de reputação +
algoritmo.
CRÍTICA:
“Tem muita comunidade
desatendida!”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
CRISE DA MÍDIA
“A sociedade é formada por grupos
de pessoas que se organizam ao
redor de um interesse em comum.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
CRISE DA MÍDIA
“E sustentam um conjunto de
pessoas para que façam a seleção e
apresentação deste conteúdo.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
CRISE DA MÍDIA
Concordo e discordo.
Sim, há demandas pelas
comunidades, mas a eficácia
dessa entrega de conteúdo é
impossível pelo antigo publisher
de carne e osso.
CRÍTICA:
Concordo e discordo.
Adriano consegue ver muito
bem os sintomas, mas ainda
está intoxicado pela gestão. O
Publisher passa a ser um
operador de algoritmos e aí a
coisa anda com escala.
CRÍTICA:
“A cada fenecimento no território da
velha mídia, você tem uma
oportunidade na nova.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
CRISE DA MÍDIA
“As pessoas querem entender como
fazer mais, melhor, mais barato e
mais conveniente.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO
“Life hacker é aquele cara que
hackeia a própria vida.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO
Quando se usa o termo Global
Shapers, seriam os moldadores
do novo mundo, e isso é bem
legal em termos de
pensamento, pois quando se
pivota, na verdade, se está
fazendo uma relação entre
projeto e fatos.
REFLEXÃO:
O que molda o mundo são
fatores que estão acima das
pessoas, tal como a
complexidade demográfica e as
novas tecnologias. Um
moldador de mundo é aquele
que pivota para encontrar
saídas culturais nesse cenário.
REFLEXÃO:
O que molda o mundo são
fatores que estão acima das
pessoas, tal como a
complexidade demográfica e as
novas tecnologias. Um
moldador de mundo é aquele
que pivota para encontrar
saídas culturais nesse cenário.
CONCEITO SOLTOS:
“De 95 (início da internet comercial)
a 2005 (estouro da bolha) é o que
chamo de Internet 1.0.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
Algo fundamental para entender
essa passagem é a chegada da
banda larga, isso muda a Internet,
pois permite mais com menos. Isso
ocorre na evolução das Revoluções
Cognitivas na história, o
barateamento do uso da nova
mídia.
COMENTÁRIO:
“De 95 (início da internet comercial)
a 2005 (estouro da bolha) é o que
chamo de Internet 1.0.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“A grande genialidade do Steve Jobs
não foi criar o Ipod, mas a coragem
que teve de matar o Ipod.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“O dilema do inovador é isso, pouca
gente tem coragem de matar a
galinha dos ovos de ouro.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO
Justamente por isso que cheguei a
conclusão que é preciso criar algo
paralelo, mantendo a galinha
colocando ovos de ouro, de prata,
de bronze e, ao mesmo tempo,
criando startups.
COMENTÁRIO:
Porém, vejo hoje com clareza que é
muito mais fácil o diálogo com
empreendedores e investidores de
risco, do que tentar convencer o
pessoal do antigo modelo. O
segmento capaz de ouvir e agir é
muito pequeno.
COMENTÁRIO:
“O dilema do inovador é isso, pouca
gente tem coragem de matar a
galinha dos ovos de ouro.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO
“O MSN acabou por acreditar que
era uma ferramenta apenas de
Desktop.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO
“O WhatsApp matou o MSN, que
parecia “imorrível” .”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO
Imorrível é uma palavra muito bem
sacada para esse mundo da
inovação digital
COMENTÁRIO:
“A última coisa que você pensa com
o seu celular hoje é falar ao
telefone.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“O WhatsApp matou o MSN, que
parecia “imorrível” .”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“O Google é tudo, quer tudo, tem
apetite para tudo.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“Pega mal hoje você estar com a sua
namorada e abrir o Internet
Explorer.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
HISTÓRIA
“As marcas têm que estar aberta o
tempo todo para conversar com o
cliente.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO
O problema é que a conversa parte
da ideia de que há uma vontade de
mudar, a partir da mesma.
Assim, a organização tem que sair
de um modelo de gestão sólida e
passar uma curadoria líquida.
COMENTÁRIO:
O grande problema dessa conversa
entre organizações e clientes é
administrativa.
As organizações são moldadas pelo
poder de mídia que cada indivíduo
tem e não o contrário.
COMENTÁRIO:
As organizações querem manter o
mesmo modelo administrativo (a
topologia da gestão) que tem uma
hierarquia que não permite que
definições estratégicas venham de
baixo (do consumidor) para o topo.
COMENTÁRIO:
O modelo administrativo (a
topologia da gestão) é estruturado
por um centro que define para a
sociedade os serviços e produtos,
com uma margem de diálogo
honesto (que implica mudanças)
muito pequena.
COMENTÁRIO:
O modelo administrativo da
Curadoria, via Algoritmos Sociais
Inteligentes, permite que esse
diálogo entre organização e
consumidor seja possível,
fragmentando os fornecedores, nos
modelos tipo Uber, Estante Virtual
e Mercado Livre.
COMENTÁRIO:
O modelo administrativo da
Curadoria inicia o fim também da
relação trabalhista organização-
empregado e inaugura a da
organização curadora,
fornecedores curadores.
COMENTÁRIO:
“Os problemas das marcas hoje não
são mais de comunicação.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO
Na verdade, o conceito de
comunicação está intoxicado pelo
século passado: hoje entendemos
comunicação como comunicação
vertical do centro para as pontas.
Comunicação corporativa significa
– eu falo e você escuta.
COMENTÁRIO:
Ao falarmos em comunicação, de
duas mãos, entramos na
possibilidade da Comunicação de
Massa, via Algoritmos.
Quando as organizações pensam
comunicação elas nunca pensam
em mudança interna, a partir da
interação.
COMENTÁRIO:
Repetindo.
Elas não pensam em mudança
interna, a partir da interação, pois
elas não podem mudar, a partir do
consumidor, pois o modelo
administrativo da gestão é feito do
centro para as pontas.
COMENTÁRIO:
O grande salto de qualidade da
nova comunicação Organização –
Consumidor, a partir da Curadoria
Digital é que se permite uma nova
conversa com as pontas, na qual
mudanças efetivamente passam a
ser possíveis.
COMENTÁRIO:
“Imagem é o que eu digo de mim
mesmo, reputação é o que os outros
dizem de mim.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
“Por que gastar dinheiro dizendo o
quanto sou legal, se eu posso fazer
coisas que me tornam legal?”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
No fundo esta frase anterior marca
muito a mudança da taxa de
hipocrisia da sociedade.
Um cidadão mais empoderado e
uma sociedade mais transparente
reduz o espaço entre o que eu digo
e faço.
COMENTÁRIO:
Não é que a hipocrisia vai acabar,
mas ela passa a viver uma nova
taxa, na qual organizações não
podem mais esconder a sua
prática.
COMENTÁRIO:
Foi citado o caso do Itaú e suas
bicicletas, que é um lance de
marketing legal, mas note que o
banco continua sendo o mesmo
banco, sem alterar nada, que
esbarra nos novos processos de
curadoria, como o Biva.
COMENTÁRIO:
O Biva (https://biva.com.br/) cria
uma curadoria, na qual vizinho
pode emprestar dinheiro para
vizinho, baseado na reputação, o
que é algo muito mais legal do que
faz o Itaú, com todas as suas
bicicletas, pois tem uma taxa de
juro bem menor.
COMENTÁRIO:
“A marca só tem interesse de
conversar com os consumidores que
têm a sua causa.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
Na frase anterior temos algo
interessante que é a passagem de
organizações “topo qualquer coisa
pelo dinheiro” para organizações
conceituais. Preciso ganhar
dinheiro, mas tenho alguns
conceitos que balizam esse
objetivo.
COMENTÁRIO:
A ideia de que “tenho alguns
conceitos que balizam esse
objetivo” são obrigações que as
organizações passam a ter por
causa de um consumidor mais
empoderado.
COMENTÁRIO:
O que inverte bem a lógica de
como as organizações operam e se
estruturam.
A base do DNA das organizações
tem duas linhas.
COMENTÁRIO:
A base do DNA das organizações
tem duas linhas:
Conjuntural – o poder de mídia da
sociedade, que estabelece a taxa
de hipocrisia;
Estrutural – as tecnologias de
mediação das trocas entre oferta e
demanda.
COMENTÁRIO:
Ou seja, o DNA das organizações se
altera profundamente com o
empoderamento de mídia do
consumidor e com novos modelos
que permitem que organizações
possam de forma mais ágil
responder por mudanças nos
hábitos e desejos de consumo.
COMENTÁRIO:
As organizações atuais, da
topologia da gestão, foram
estruturadas para uma baixa taxa
de comunicação, alta de hipocrisia
e um ciclo muito lento para
mudanças entre a sua oferta atual,
avaliação de uso e mudança de
nova oferta futura.
COMENTÁRIO:
“Os gestores de marca foram
obrigados a aprender a ouvir.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
“Os gestores de marca sempre foram
bons em falar.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
“Estamos vivendo a morte dos
intermediários, dos gatekeppers.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
“A grande sacada do Google é
aproximar as pontas.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
Durante um bom tempo tive
também essa ideia da
desintermediação, quando, na
verdade estamos sendo (Re)
intermediados por intermediadores
mais sofisticados.
COMENTÁRIO:
Há uma certa invisibilidade, mas
quando estou no Facebook e não
estou vendo a TV Globo eu estou
sendo RE intermediado pelo
Facebook, que me permite coisas
que a TV não permite, mas me cria
também limites que não estão
ainda evidentes, mas vão ficar.
COMENTÁRIO:
“As pessoas são a nova mídia.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
Na verdade, há um aumento da
taxa de poder de mídia de cada
um, mas há um mix de mídias.
O poder das pessoas é um novo
fenômeno de mídia, mas não a
nova mídia.
COMENTÁRIO:
A nova mídia, do ponto de vista
coletivo, de fato, é a Curadoria, que
se torna emergente em todas as
áreas.
O Facebook, Youtube, Twitter nada
mais são do que canais de
Curadoria, no qual cada indivíduo
ter sua micro-mídia.
COMENTÁRIO:
“Vivemos a era da reputação.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
A Era da Reputação é um conceito
que eu acho pouco eficaz.
Na verdade, é apenas um aumento
da taxa de reputação que sempre
existiu, mas que usava outras
mídias. Estamos saindo de uma
fase em dois níveis.
COMENTÁRIO:
As organizações criavam a
reputação na mídia de massa, de
forma vertical.
Os indivíduos criavam reputação na
mídia de missa, via oral, via
reputação do boca a boca,
incluindo banco de dados tipo
Serasa.
COMENTÁRIO:
As organizações organizam
Plataformas de Curadoria para
permitir que a reputação possa ser
uma ferramenta de decisão de
mudanças de oferta.
COMENTÁRIO:
E dentro destas Plataformas de
Curadoria fornecedores e
consumidores passam a ter um
upgrade de reputação, como se
fossem micro-marcas, regulados
por algoritmos.
COMENTÁRIO:
“Estamos entrando na era do
relacionamento.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
A Era da Relacionamento é um
também um conceito que eu acho
pouco eficaz.
Na verdade, é apenas um aumento
da taxa de conversação entre as
pessoas, que estavam isoladas pelo
aumento demográfico e unidas por
uma mídia vertical de massa.
COMENTÁRIO:
Há um aumento na taxa de
conversação da sociedade, que
resgata relacionamentos mais
horizontais, mas que isso já
ocorreu no passado, com a chegada
da prensa, via livros e, com a
alfabetização, via cartas
manuscritas, o WhatsApp da
época.
COMENTÁRIO:
A afirmação de Era disso, Era
daquilo é uma das características
de uma abordagem da micro
história, que pega algo que
aumenta de taxa e considera que
aquilo caracteriza uma Era.
COMENTÁRIO:
Uma Era é marcada por algo que é
novo, completamente novo, e não
que houve um aumento de taxa de
algo que já existia.
Tal como a furada da Era do
Conhecimento ou da Informação.
COMENTÁRIO:
Analisar a nova Era só é possível
quando se trabalha com a macro
histórica.
Assim, podemos dizer que é a Era
Digital, dos 7 bilhões de habitantes,
que vai nos levar a mudanças
culturais profundas.
COMENTÁRIO:
Estas mudanças culturais
profundas trarão mudanças de
todos os tipos em direção à
descentralização, empoderamento
dos indivíduos. As taxas de
comunicação e relacionamento
aumentam. Cai a da hipocrisia. E
cria-se novas formas de se
estabelecer reputação.
COMENTÁRIO:
“É preciso ouvir, decodificar e
dialogar com o novo consumidor.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
Volto a dizer, este é o impasse
atual, pois isso esbarra nos limites
da gestão, que definiu um modelo
de comunicação cada vez mais
vertical, conforme a Complexidade
Demográfica foi aumentando a
taxa.
COMENTÁRIO:
Falta ao gestor tecnologias de
processamento de sugestões e,
depois de feitas, de tornar estas
sugestões ações concretas para
modificação dos processos de
oferta.
Este é o nó do gargalo, que só a
Curadoria consegue resolver.
COMENTÁRIO:
“Os haters, consumidores que
achincalham são lovers que
precisam de um pouco de carinho.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
“O começo da história do novo
posicionamento de marca é: estou te
ouvindo e quero te entender.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
Só que o consumidor digital não
quer ser entendido. Ele quer que
mudanças sejam feitas na oferta,
da qual ele não está satisfeito.
O que esbarra no modelo de
comunicação corporativa atual, que
é inerente ao DNA da Gestão.
COMENTÁRIO:
“É preciso falar com o consumidor
face-to-face e não mais de uma
forma mediada”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
Isso é a base da curadoria,
colocando a cultura Uber como
exemplo, no qual cada motorista
está diante de seu avaliador.
COMENTÁRIO:
“O branding atual é feito a nossa
revelia”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
“O microfone não
está mais na nossa mão”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
“Nós não regulamos mais o que se
diz a respeito das nossas marcas”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
Este descontrole de mídia é a maior
característica de uma Revolução
Cognitiva, que abre um novo ciclo
na taxa de hipocrisia na sociedade.
Organizações começam a ter que
sair de um corporativismo tóxico.
COMENTÁRIO:
“As escolas de comunicação vão
passar a falar de produtores de
conteúdo”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
Diria que falarão de curadores de
conteúdo, através da organização
de algoritmos, de quem organiza a
plataforma.
E os que estão dentro da
plataforma produzindo conteúdo
serão curadores da sua
micro-reputação.
COMENTÁRIO:
“Quem é meu cliente? A marca ou o
cliente da marca?”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
Na verdade, se olharmos para a
emergência da Cultura Uber
estamos criando o conceito de
micro-marcas, na qual haverá
autonomia dos indivíduos para
cada um construir a sua própria
marca. A ideia de uma marca
central tende a desaparecer.
COMENTÁRIO:
“Tem uma coisa que nós não
podemos fazer. Que é não fazer
nada.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
“Tem uma coisa que nós não
podemos fazer. Achar que as
mudanças estruturais são
conjunturais.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
“Tem uma coisa que nós não
podemos fazer. Achar o ano que vem
as coisas não serão mais desse jeito
e vão voltar.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
“Há perdas conjunturais, mas há
algumas questões que são
estruturais.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
“Modelos que estão baseados na
mídia vão sofrer.”
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
Na verdade, o conceito mídia aqui
é sinônimo de mídia vertical.
Mídia tem que ser visto como
canais de interação. É preciso ser
específico no conceito. Mídia de
massa vertical é o que se diz aqui
no slide anterior.
COMENTÁRIO:
“Não sei se é uma troca de pessoas,
mas muito mais de competências, de
atributos e de talentos”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVAS AGÊNCIAS
“Só há uma constante daqui para
frente é a mudança”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVAS AGÊNCIAS
Este momento de Revolução
Cultural exige um novo modelo de
ego mais líquido e menos sólido, o
que implica em uma mudança
profunda no modelo da escola.
COMENTÁRIO:
O indivíduo tem que ser
estimulado a desconfiar da
percepção de seu ego num mundo
muito mais líquido e mutante.
COMENTÁRIO:
“Se a gente ficar esperando a
tempestade passar, a gente vai ser
levado”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVAS AGÊNCIAS
“As mudanças atuais são inevitáveis,
pois são um movimento dos
consumdores”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
“Temos que aprender a responder
de forma diferente a novos
desafios”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
NOVA MÍDIA
“As faculdades de Comunicação são
muito fracas”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
FORMAÇÃO
Existe ainda, e muito, a demanda
por produtos massificados, que
atende a um consumidor de baixa
autonomia e personalização.
As organizações tradicionais vão
apostar cada vez mais nesse
segmento.
COMENTÁRIO:
O novo consumidor, entretanto, de
maior autonomia e
descentralização está migrando,
cada vez mais, para modelos de
Curadoria.
COMENTÁRIO:
“O risco é continuar fazendo as
mesmas coisas para um mundo que
não existe mais”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
FUTURO
Vou colocar um outro slide que fala
sobre isso, sobre “um mundo que
não existe mais”.
COMENTÁRIO:
“O futuro não é temporal, mas regional”.
(Naisbitt).
(nepo.com.br)
Na verdade, vivemos realidades
paralelas, de estágio de sociedades
e segmentos em cada uma delas,
que já estão com uma dada
autonomia.
A medida é essa autonomia que
leva a uma liquidez maior do ego.
COMENTÁRIO:
Uma autonomia que leva a uma
demanda por personalização e uma
baixa aceitação de uma taxa de
hipocrisia organizacional do
passado que não é mais aceita por
um indivíduo com mais poder de
mídia.
COMENTÁRIO:
O mundo da organização 1.0
continua aí, mas cada vez menor.
Digo sempre que a TV Globo está,
por exemplo, praticando mais e
mais antropologia e não inovando,
procurando um consumidor cada
vez mais em extinção.
COMENTÁRIO:
São organizações que eram
locomotivas e viraram vagão.
COMENTÁRIO:
“É menos arriscado testar hipóteses,
do que a se agarrar a coisas que
sabidamente já te oferecem um
retorno muito menor”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
FUTURO
“O mundo seguro não existe mais”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
FUTURO
“Acabou aquela lógica do
“rebanho”que você acessava
facilmente de um jeito só”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
FUTURO
“O custo de acessar aquele
“rebanho” dá retorno? ”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
FUTURO
“Num mundo muito volátil, ainda
trabalhamos com estruturas muito
fixas”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
FUTURO
“Estamos operando ainda com um
raciocínio para dirigir um carro 1.0, e
estamos lidando com um
consumidor com um motor 3.8”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
FUTURO
“Como se vai para o novo garantindo
o seu feijão com arroz?”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO CORPORATIVA
“Tem que criar laboratórios, criar
momentos, espaços, aonde você
possa testar e errar”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO CORPORATIVA
Sim, a ideia de laboratórios
separados foi a minha chegada
também, que baseou a parte
metodológica do meu livro Gestão
3.0 e deu depois na metodologia de
Inovação Participativa.
COMENTÁRIO:
Hoje, vejo que a base do
laboratório, depois de algumas
tentativas práticas, é o
engajamento total do gestor, com
forte patrocínio e a clareza, desde o
início, da migração para o modelo
de Curadoria, evitando a armadilha
da Gestoria.
COMENTÁRIO:
É possível passar pela fase da
Gestoria, desde que esteja dentro
de um planejamento estratégico,
em que a Gestoria é uma tática
dentro de uma estratégia maior em
direção à Curadoria.
COMENTÁRIO:
“Não existe mais trabalhar para
alguém, mas trabalhar com alguém”.
( @adrianosilva29 )
MUNDO DIGITAL
INOVAÇÃO CORPORATIVA
DICAS DE LIVROS
O Que a Google
Faria?
Jeff Jarvis.
M
Mais sobre Nepomuceno:
O livro de Carlos Nepomuceno
propõe interessante análise
para os líderes
contemporâneos. Quem quer
compreender
a internet para reinventar
o processo de tomada de
decisão encontrará aqui as
respostas. Pierre Levy.
“
CAPACITAÇÃO
Formação de analista estratégico
para inovação participativa
CONSULTORIA
Criação de Projetos de
Inovação Participativa
cnepomu@gmail.com
http://www.youtube.com/cnepomuceno
http://pt.slideshare.net/cnepomuceno/
www.nepo.com.br
https://www.facebook.com/carlos.nepomuceno
cnepomu@gmail.com
@cnepomuceno
Portfólio de consultoria/capacitação
Onde tenho dado aulas
CRIE UM NÚCLEO
DE INOVAÇÃO
PARTICIPATIVA
EM SUA CIDADE
cnepomu@gmail.com
A Revolução Digital e o Futuro da Indústria da Mídia - decupando palestra de adriano silva

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

As três tendências que todo RH deve saber
As três tendências que todo RH deve saberAs três tendências que todo RH deve saber
As três tendências que todo RH deve saber
Camila Ghattas
 
Inovação e empreendedorismo na web
Inovação e empreendedorismo na webInovação e empreendedorismo na web
A reputacao
A reputacaoA reputacao
A reputacao
Nadege Lomando
 
Faculdades Integradas Rio Branco - MBA Branding Innovation - Mapas Mentais e ...
Faculdades Integradas Rio Branco - MBA Branding Innovation - Mapas Mentais e ...Faculdades Integradas Rio Branco - MBA Branding Innovation - Mapas Mentais e ...
Faculdades Integradas Rio Branco - MBA Branding Innovation - Mapas Mentais e ...
Ronaldo Porto
 
Futurewise the next 50 years
Futurewise the next 50 yearsFuturewise the next 50 years
Futurewise the next 50 years
Luis Rasquilha
 
IFV Indice de Future Vision: A Equação do Futuro
IFV Indice de Future Vision: A Equação do FuturoIFV Indice de Future Vision: A Equação do Futuro
IFV Indice de Future Vision: A Equação do Futuro
Luis Rasquilha
 
Revista Break. Dez 2015. Capitulo Tendencias.
Revista Break. Dez 2015. Capitulo Tendencias.Revista Break. Dez 2015. Capitulo Tendencias.
Revista Break. Dez 2015. Capitulo Tendencias.
Luis Rasquilha
 
Artigo: Tecnologia+Design+Empreendedorismo
Artigo: Tecnologia+Design+EmpreendedorismoArtigo: Tecnologia+Design+Empreendedorismo
Artigo: Tecnologia+Design+Empreendedorismo
Symnetics Business Transformation
 
Design estratégico a partir do futuro
Design estratégico a partir do futuroDesign estratégico a partir do futuro
Design estratégico a partir do futuro
Symnetics Business Transformation
 
Wikinomics como a colaboração em massa pode mudar o seu negocio anthony_d_wil...
Wikinomics como a colaboração em massa pode mudar o seu negocio anthony_d_wil...Wikinomics como a colaboração em massa pode mudar o seu negocio anthony_d_wil...
Wikinomics como a colaboração em massa pode mudar o seu negocio anthony_d_wil...
documentarios10
 
Folder Luis Rasquilha Palestrante
Folder Luis Rasquilha PalestranteFolder Luis Rasquilha Palestrante
Folder Luis Rasquilha Palestrante
Luis Rasquilha
 
A Nova Economia e Sociedade da Informação
A Nova Economia e Sociedade da InformaçãoA Nova Economia e Sociedade da Informação
A Nova Economia e Sociedade da Informação
Osmar Aleixo Rodrigues Filho
 
Wikinomics - Como a colaboração em massa pode mudar o seu negócio
Wikinomics - Como a colaboração em massa pode mudar o seu negócioWikinomics - Como a colaboração em massa pode mudar o seu negócio
Wikinomics - Como a colaboração em massa pode mudar o seu negócio
Guilherme Goes
 
O Futuro do Trabalho
O Futuro do TrabalhoO Futuro do Trabalho
O Futuro do Trabalho
Alegria Design
 
Gerenciamento de Projetos e Engenharia de Produção - Desafios do Século XXI
Gerenciamento de Projetos e Engenharia de Produção - Desafios do Século XXIGerenciamento de Projetos e Engenharia de Produção - Desafios do Século XXI
Gerenciamento de Projetos e Engenharia de Produção - Desafios do Século XXI
Alex Urbano, PMP
 
Gestão de Negócios na Complexidade
Gestão de Negócios na ComplexidadeGestão de Negócios na Complexidade
Gestão de Negócios na Complexidade
Luis Lobão
 
A reinvenção do jornalismo Projeto Draft
A reinvenção do jornalismo Projeto DraftA reinvenção do jornalismo Projeto Draft
A reinvenção do jornalismo Projeto Draft
Iranilton Marcolino
 
Tema: Consumo Consciente Revista: Consumidor Moderno Nº 184
Tema: Consumo Consciente Revista: Consumidor Moderno Nº 184Tema: Consumo Consciente Revista: Consumidor Moderno Nº 184
Tema: Consumo Consciente Revista: Consumidor Moderno Nº 184
Luis Rasquilha
 
Ebook profissionais do futuro
Ebook   profissionais do futuroEbook   profissionais do futuro
Ebook profissionais do futuro
Eliana Targino
 
Nepo frases dos artigos de julho slide share
Nepo frases dos artigos de julho slide shareNepo frases dos artigos de julho slide share
Nepo frases dos artigos de julho slide share
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 

Mais procurados (20)

As três tendências que todo RH deve saber
As três tendências que todo RH deve saberAs três tendências que todo RH deve saber
As três tendências que todo RH deve saber
 
Inovação e empreendedorismo na web
Inovação e empreendedorismo na webInovação e empreendedorismo na web
Inovação e empreendedorismo na web
 
A reputacao
A reputacaoA reputacao
A reputacao
 
Faculdades Integradas Rio Branco - MBA Branding Innovation - Mapas Mentais e ...
Faculdades Integradas Rio Branco - MBA Branding Innovation - Mapas Mentais e ...Faculdades Integradas Rio Branco - MBA Branding Innovation - Mapas Mentais e ...
Faculdades Integradas Rio Branco - MBA Branding Innovation - Mapas Mentais e ...
 
Futurewise the next 50 years
Futurewise the next 50 yearsFuturewise the next 50 years
Futurewise the next 50 years
 
IFV Indice de Future Vision: A Equação do Futuro
IFV Indice de Future Vision: A Equação do FuturoIFV Indice de Future Vision: A Equação do Futuro
IFV Indice de Future Vision: A Equação do Futuro
 
Revista Break. Dez 2015. Capitulo Tendencias.
Revista Break. Dez 2015. Capitulo Tendencias.Revista Break. Dez 2015. Capitulo Tendencias.
Revista Break. Dez 2015. Capitulo Tendencias.
 
Artigo: Tecnologia+Design+Empreendedorismo
Artigo: Tecnologia+Design+EmpreendedorismoArtigo: Tecnologia+Design+Empreendedorismo
Artigo: Tecnologia+Design+Empreendedorismo
 
Design estratégico a partir do futuro
Design estratégico a partir do futuroDesign estratégico a partir do futuro
Design estratégico a partir do futuro
 
Wikinomics como a colaboração em massa pode mudar o seu negocio anthony_d_wil...
Wikinomics como a colaboração em massa pode mudar o seu negocio anthony_d_wil...Wikinomics como a colaboração em massa pode mudar o seu negocio anthony_d_wil...
Wikinomics como a colaboração em massa pode mudar o seu negocio anthony_d_wil...
 
Folder Luis Rasquilha Palestrante
Folder Luis Rasquilha PalestranteFolder Luis Rasquilha Palestrante
Folder Luis Rasquilha Palestrante
 
A Nova Economia e Sociedade da Informação
A Nova Economia e Sociedade da InformaçãoA Nova Economia e Sociedade da Informação
A Nova Economia e Sociedade da Informação
 
Wikinomics - Como a colaboração em massa pode mudar o seu negócio
Wikinomics - Como a colaboração em massa pode mudar o seu negócioWikinomics - Como a colaboração em massa pode mudar o seu negócio
Wikinomics - Como a colaboração em massa pode mudar o seu negócio
 
O Futuro do Trabalho
O Futuro do TrabalhoO Futuro do Trabalho
O Futuro do Trabalho
 
Gerenciamento de Projetos e Engenharia de Produção - Desafios do Século XXI
Gerenciamento de Projetos e Engenharia de Produção - Desafios do Século XXIGerenciamento de Projetos e Engenharia de Produção - Desafios do Século XXI
Gerenciamento de Projetos e Engenharia de Produção - Desafios do Século XXI
 
Gestão de Negócios na Complexidade
Gestão de Negócios na ComplexidadeGestão de Negócios na Complexidade
Gestão de Negócios na Complexidade
 
A reinvenção do jornalismo Projeto Draft
A reinvenção do jornalismo Projeto DraftA reinvenção do jornalismo Projeto Draft
A reinvenção do jornalismo Projeto Draft
 
Tema: Consumo Consciente Revista: Consumidor Moderno Nº 184
Tema: Consumo Consciente Revista: Consumidor Moderno Nº 184Tema: Consumo Consciente Revista: Consumidor Moderno Nº 184
Tema: Consumo Consciente Revista: Consumidor Moderno Nº 184
 
Ebook profissionais do futuro
Ebook   profissionais do futuroEbook   profissionais do futuro
Ebook profissionais do futuro
 
Nepo frases dos artigos de julho slide share
Nepo frases dos artigos de julho slide shareNepo frases dos artigos de julho slide share
Nepo frases dos artigos de julho slide share
 

Destaque

2015 dot net ieee projects list
2015 dot net ieee projects list2015 dot net ieee projects list
2015 dot net ieee projects list
Aditya Undralla
 
Post test
Post testPost test
Post test
Abir Hossain
 
Digital Marketing: Comenzando con el Pie Derecho
Digital Marketing: Comenzando con el Pie DerechoDigital Marketing: Comenzando con el Pie Derecho
Digital Marketing: Comenzando con el Pie Derecho
EpiphyCorp
 
International PR
International PRInternational PR
International PR
Catherine Streng
 
Ruthless Self-Promotion for Creative Artists
Ruthless Self-Promotion for Creative ArtistsRuthless Self-Promotion for Creative Artists
Ruthless Self-Promotion for Creative Artists
Jeffrey Fisher
 
Content providers
Content providersContent providers
Content providers
Rustem Saitkulov
 
Retinopatia diabética sociedad
Retinopatia diabética sociedadRetinopatia diabética sociedad
Retinopatia diabética sociedad
Antonio Lopez
 
Presentación sobre ergonomía
Presentación sobre ergonomíaPresentación sobre ergonomía
Presentación sobre ergonomía
Yese Rivas
 
Neotel
Neotel Neotel
POWER SYSTEM PROJECTS 2015 list
POWER SYSTEM PROJECTS  2015 listPOWER SYSTEM PROJECTS  2015 list
POWER SYSTEM PROJECTS 2015 list
GLOBAL E SMART TECHN Hyderabad
 
Balistica forense
Balistica forenseBalistica forense
Balistica forense
Marina Alejandra Gonzalez
 
Movileros acuerdo escalas actualizadas octubre 2011 a septiembre 2012
Movileros acuerdo escalas actualizadas octubre 2011 a septiembre 2012Movileros acuerdo escalas actualizadas octubre 2011 a septiembre 2012
Movileros acuerdo escalas actualizadas octubre 2011 a septiembre 2012
satmdq
 

Destaque (13)

2015 dot net ieee projects list
2015 dot net ieee projects list2015 dot net ieee projects list
2015 dot net ieee projects list
 
Presentasi kombis
Presentasi kombisPresentasi kombis
Presentasi kombis
 
Post test
Post testPost test
Post test
 
Digital Marketing: Comenzando con el Pie Derecho
Digital Marketing: Comenzando con el Pie DerechoDigital Marketing: Comenzando con el Pie Derecho
Digital Marketing: Comenzando con el Pie Derecho
 
International PR
International PRInternational PR
International PR
 
Ruthless Self-Promotion for Creative Artists
Ruthless Self-Promotion for Creative ArtistsRuthless Self-Promotion for Creative Artists
Ruthless Self-Promotion for Creative Artists
 
Content providers
Content providersContent providers
Content providers
 
Retinopatia diabética sociedad
Retinopatia diabética sociedadRetinopatia diabética sociedad
Retinopatia diabética sociedad
 
Presentación sobre ergonomía
Presentación sobre ergonomíaPresentación sobre ergonomía
Presentación sobre ergonomía
 
Neotel
Neotel Neotel
Neotel
 
POWER SYSTEM PROJECTS 2015 list
POWER SYSTEM PROJECTS  2015 listPOWER SYSTEM PROJECTS  2015 list
POWER SYSTEM PROJECTS 2015 list
 
Balistica forense
Balistica forenseBalistica forense
Balistica forense
 
Movileros acuerdo escalas actualizadas octubre 2011 a septiembre 2012
Movileros acuerdo escalas actualizadas octubre 2011 a septiembre 2012Movileros acuerdo escalas actualizadas octubre 2011 a septiembre 2012
Movileros acuerdo escalas actualizadas octubre 2011 a septiembre 2012
 

Semelhante a A Revolução Digital e o Futuro da Indústria da Mídia - decupando palestra de adriano silva

Fsb Trocas Silvio Meira
Fsb Trocas Silvio Meira Fsb Trocas Silvio Meira
Fsb Trocas Silvio Meira
Marcos Trindade
 
Fsb interna-fsbtrocas-silviomeira1-200701225351
Fsb interna-fsbtrocas-silviomeira1-200701225351Fsb interna-fsbtrocas-silviomeira1-200701225351
Fsb interna-fsbtrocas-silviomeira1-200701225351
Marcella Brum
 
FSB Trocas - Hakeamos silvio meira
FSB Trocas - Hakeamos silvio meira FSB Trocas - Hakeamos silvio meira
FSB Trocas - Hakeamos silvio meira
Rizzo Miranda
 
Nepô - melhores frases de junho as 30 melhores
Nepô -  melhores frases de junho as 30 melhoresNepô -  melhores frases de junho as 30 melhores
Nepô - melhores frases de junho as 30 melhores
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Nepô: melhores frases dos artigos de setembro
Nepô: melhores frases dos artigos de setembroNepô: melhores frases dos artigos de setembro
Nepô: melhores frases dos artigos de setembro
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Inovação Participativa - o que e como ajudar às organizações tradicionais a s...
Inovação Participativa - o que e como ajudar às organizações tradicionais a s...Inovação Participativa - o que e como ajudar às organizações tradicionais a s...
Inovação Participativa - o que e como ajudar às organizações tradicionais a s...
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Repensando a Comunicação no mundo em transe
Repensando a Comunicação no mundo em transeRepensando a Comunicação no mundo em transe
Repensando a Comunicação no mundo em transe
Grupo TV1
 
Aula gest corp 1104-final
Aula gest corp 1104-finalAula gest corp 1104-final
Aula gest corp 1104-final
selmasantacruz
 
Midia de massa: presente e futuro
Midia de massa: presente e futuroMidia de massa: presente e futuro
Midia de massa: presente e futuro
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
O fim das organizações tradicionais
O fim das organizações tradicionais O fim das organizações tradicionais
O fim das organizações tradicionais
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
071208 12 Ewd Sp
071208 12 Ewd Sp071208 12 Ewd Sp
071208 12 Ewd Sp
Michel Lent Schwartzman
 
Nepo melhores frases de junho
Nepo melhores frases de junhoNepo melhores frases de junho
Nepo melhores frases de junho
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
ScrumRio: Transformação Digital e o Futuro do Trabalho: como se preparar?
ScrumRio: Transformação Digital e o Futuro do Trabalho: como se preparar?ScrumRio: Transformação Digital e o Futuro do Trabalho: como se preparar?
ScrumRio: Transformação Digital e o Futuro do Trabalho: como se preparar?
João Paulo Coutinho
 
4ª Revolução Industrial alinhada ao modelo Ágil de Trabalho
4ª Revolução Industrial alinhada ao modelo Ágil de Trabalho        4ª Revolução Industrial alinhada ao modelo Ágil de Trabalho
4ª Revolução Industrial alinhada ao modelo Ágil de Trabalho
inovaDay .
 
Marketing em Redes Sociais, Tendências e Inovação
Marketing em Redes Sociais, Tendências e InovaçãoMarketing em Redes Sociais, Tendências e Inovação
Marketing em Redes Sociais, Tendências e Inovação
Paulo Carmo
 
Conhecimento e Inovação em Gestão Pública CBTIM 2009
Conhecimento e Inovação em Gestão Pública CBTIM 2009Conhecimento e Inovação em Gestão Pública CBTIM 2009
Conhecimento e Inovação em Gestão Pública CBTIM 2009
Secretaria de Governo do Estado de São Paulo
 
Cannes Lion 2012 - Dicas de Programação
Cannes Lion 2012 - Dicas de ProgramaçãoCannes Lion 2012 - Dicas de Programação
Cannes Lion 2012 - Dicas de Programação
Giovanni+Draftfcb
 
Tudo sobre-inovacao
Tudo sobre-inovacaoTudo sobre-inovacao
Tudo sobre-inovacao
Fernando Godoy
 
Conhecimento e Inovação no Setor Público
Conhecimento e Inovação no Setor PúblicoConhecimento e Inovação no Setor Público
Conhecimento e Inovação no Setor Público
Secretaria de Governo do Estado de São Paulo
 
As 10 frases que mais gostei de ter escrito em junho
As 10 frases que mais gostei de ter escrito em junhoAs 10 frases que mais gostei de ter escrito em junho
As 10 frases que mais gostei de ter escrito em junho
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 

Semelhante a A Revolução Digital e o Futuro da Indústria da Mídia - decupando palestra de adriano silva (20)

Fsb Trocas Silvio Meira
Fsb Trocas Silvio Meira Fsb Trocas Silvio Meira
Fsb Trocas Silvio Meira
 
Fsb interna-fsbtrocas-silviomeira1-200701225351
Fsb interna-fsbtrocas-silviomeira1-200701225351Fsb interna-fsbtrocas-silviomeira1-200701225351
Fsb interna-fsbtrocas-silviomeira1-200701225351
 
FSB Trocas - Hakeamos silvio meira
FSB Trocas - Hakeamos silvio meira FSB Trocas - Hakeamos silvio meira
FSB Trocas - Hakeamos silvio meira
 
Nepô - melhores frases de junho as 30 melhores
Nepô -  melhores frases de junho as 30 melhoresNepô -  melhores frases de junho as 30 melhores
Nepô - melhores frases de junho as 30 melhores
 
Nepô: melhores frases dos artigos de setembro
Nepô: melhores frases dos artigos de setembroNepô: melhores frases dos artigos de setembro
Nepô: melhores frases dos artigos de setembro
 
Inovação Participativa - o que e como ajudar às organizações tradicionais a s...
Inovação Participativa - o que e como ajudar às organizações tradicionais a s...Inovação Participativa - o que e como ajudar às organizações tradicionais a s...
Inovação Participativa - o que e como ajudar às organizações tradicionais a s...
 
Repensando a Comunicação no mundo em transe
Repensando a Comunicação no mundo em transeRepensando a Comunicação no mundo em transe
Repensando a Comunicação no mundo em transe
 
Aula gest corp 1104-final
Aula gest corp 1104-finalAula gest corp 1104-final
Aula gest corp 1104-final
 
Midia de massa: presente e futuro
Midia de massa: presente e futuroMidia de massa: presente e futuro
Midia de massa: presente e futuro
 
O fim das organizações tradicionais
O fim das organizações tradicionais O fim das organizações tradicionais
O fim das organizações tradicionais
 
071208 12 Ewd Sp
071208 12 Ewd Sp071208 12 Ewd Sp
071208 12 Ewd Sp
 
Nepo melhores frases de junho
Nepo melhores frases de junhoNepo melhores frases de junho
Nepo melhores frases de junho
 
ScrumRio: Transformação Digital e o Futuro do Trabalho: como se preparar?
ScrumRio: Transformação Digital e o Futuro do Trabalho: como se preparar?ScrumRio: Transformação Digital e o Futuro do Trabalho: como se preparar?
ScrumRio: Transformação Digital e o Futuro do Trabalho: como se preparar?
 
4ª Revolução Industrial alinhada ao modelo Ágil de Trabalho
4ª Revolução Industrial alinhada ao modelo Ágil de Trabalho        4ª Revolução Industrial alinhada ao modelo Ágil de Trabalho
4ª Revolução Industrial alinhada ao modelo Ágil de Trabalho
 
Marketing em Redes Sociais, Tendências e Inovação
Marketing em Redes Sociais, Tendências e InovaçãoMarketing em Redes Sociais, Tendências e Inovação
Marketing em Redes Sociais, Tendências e Inovação
 
Conhecimento e Inovação em Gestão Pública CBTIM 2009
Conhecimento e Inovação em Gestão Pública CBTIM 2009Conhecimento e Inovação em Gestão Pública CBTIM 2009
Conhecimento e Inovação em Gestão Pública CBTIM 2009
 
Cannes Lion 2012 - Dicas de Programação
Cannes Lion 2012 - Dicas de ProgramaçãoCannes Lion 2012 - Dicas de Programação
Cannes Lion 2012 - Dicas de Programação
 
Tudo sobre-inovacao
Tudo sobre-inovacaoTudo sobre-inovacao
Tudo sobre-inovacao
 
Conhecimento e Inovação no Setor Público
Conhecimento e Inovação no Setor PúblicoConhecimento e Inovação no Setor Público
Conhecimento e Inovação no Setor Público
 
As 10 frases que mais gostei de ter escrito em junho
As 10 frases que mais gostei de ter escrito em junhoAs 10 frases que mais gostei de ter escrito em junho
As 10 frases que mais gostei de ter escrito em junho
 

Mais de Carlos Nepomuceno (Nepô)

Nepô - frases dos artigos de Outubro
Nepô -  frases dos artigos de OutubroNepô -  frases dos artigos de Outubro
Nepô - frases dos artigos de Outubro
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Nepo frases dos artigos de agosto
Nepo frases dos artigos de agostoNepo frases dos artigos de agosto
Nepo frases dos artigos de agosto
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Por que nao entendemos o novo seculo?
Por que nao entendemos o novo seculo?Por que nao entendemos o novo seculo?
Por que nao entendemos o novo seculo?
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
As melhores frases das minhas leituras compartilhadas sobre formação e transf...
As melhores frases das minhas leituras compartilhadas sobre formação e transf...As melhores frases das minhas leituras compartilhadas sobre formação e transf...
As melhores frases das minhas leituras compartilhadas sobre formação e transf...
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
07 dicas para anfitriões do airbnb
07 dicas para anfitriões do airbnb07 dicas para anfitriões do airbnb
07 dicas para anfitriões do airbnb
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Carlos Nepomuceno - Portfólio
Carlos Nepomuceno - PortfólioCarlos Nepomuceno - Portfólio
Carlos Nepomuceno - Portfólio
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
A arte da visão de longo prazo - Peter Schwartz - Frases escolhidas
A arte da visão de longo prazo - Peter Schwartz - Frases escolhidasA arte da visão de longo prazo - Peter Schwartz - Frases escolhidas
A arte da visão de longo prazo - Peter Schwartz - Frases escolhidas
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Portifolio
PortifolioPortifolio
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor imobiliário
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor imobiliárioA “uberização” da sociedade e os impactos no setor imobiliário
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor imobiliário
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor de saúde
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor de saúdeA “uberização” da sociedade e os impactos no setor de saúde
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor de saúde
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Inovação 3.0: Reflexões e práticas da Inovação Disruptiva!
Inovação 3.0:  Reflexões e práticas da Inovação Disruptiva! Inovação 3.0:  Reflexões e práticas da Inovação Disruptiva!
Inovação 3.0: Reflexões e práticas da Inovação Disruptiva!
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
McLuhan 3.0: revisitando o pensador canadense a partir do Digital.
McLuhan 3.0: revisitando o pensador canadense a partir do Digital.McLuhan 3.0: revisitando o pensador canadense a partir do Digital.
McLuhan 3.0: revisitando o pensador canadense a partir do Digital.
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Qualidade 3.0: os impactos do digital no conceito de qualidade.
Qualidade 3.0: os impactos do digital no conceito de qualidade.Qualidade 3.0: os impactos do digital no conceito de qualidade.
Qualidade 3.0: os impactos do digital no conceito de qualidade.
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Zeca Pagodinho 3.0: quando a vida não vai mais te levar!
Zeca Pagodinho 3.0: quando a vida não vai mais te levar!Zeca Pagodinho 3.0: quando a vida não vai mais te levar!
Zeca Pagodinho 3.0: quando a vida não vai mais te levar!
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Complexity 3.0: Reflections on changes in post-digital human thought
Complexity 3.0: Reflections on changes in post-digital human thoughtComplexity 3.0: Reflections on changes in post-digital human thought
Complexity 3.0: Reflections on changes in post-digital human thought
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Complexidade 3.0: reflexões sobre as mudanças de pensamento humano pós-digital
Complexidade 3.0: reflexões sobre as mudanças de pensamento humano pós-digital Complexidade 3.0: reflexões sobre as mudanças de pensamento humano pós-digital
Complexidade 3.0: reflexões sobre as mudanças de pensamento humano pós-digital
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Uberization: concepts, phrases and reflections
Uberization: concepts, phrases and reflectionsUberization: concepts, phrases and reflections
Uberization: concepts, phrases and reflections
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Educação 3.0 em países emergentes: paradoxo desvendado!
Educação 3.0 em países emergentes:paradoxo desvendado!Educação 3.0 em países emergentes:paradoxo desvendado!
Educação 3.0 em países emergentes: paradoxo desvendado!
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Uberize! Support for the migration of organizations to the Uber model.
Uberize! Support for the migration of organizations to the Uber model.Uberize! Support for the migration of organizations to the Uber model.
Uberize! Support for the migration of organizations to the Uber model.
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Uberize! apoio na migração de organizações para o modelo Uber.
Uberize! apoio na migração de organizações para o modelo Uber.Uberize! apoio na migração de organizações para o modelo Uber.
Uberize! apoio na migração de organizações para o modelo Uber.
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 

Mais de Carlos Nepomuceno (Nepô) (20)

Nepô - frases dos artigos de Outubro
Nepô -  frases dos artigos de OutubroNepô -  frases dos artigos de Outubro
Nepô - frases dos artigos de Outubro
 
Nepo frases dos artigos de agosto
Nepo frases dos artigos de agostoNepo frases dos artigos de agosto
Nepo frases dos artigos de agosto
 
Por que nao entendemos o novo seculo?
Por que nao entendemos o novo seculo?Por que nao entendemos o novo seculo?
Por que nao entendemos o novo seculo?
 
As melhores frases das minhas leituras compartilhadas sobre formação e transf...
As melhores frases das minhas leituras compartilhadas sobre formação e transf...As melhores frases das minhas leituras compartilhadas sobre formação e transf...
As melhores frases das minhas leituras compartilhadas sobre formação e transf...
 
07 dicas para anfitriões do airbnb
07 dicas para anfitriões do airbnb07 dicas para anfitriões do airbnb
07 dicas para anfitriões do airbnb
 
Carlos Nepomuceno - Portfólio
Carlos Nepomuceno - PortfólioCarlos Nepomuceno - Portfólio
Carlos Nepomuceno - Portfólio
 
A arte da visão de longo prazo - Peter Schwartz - Frases escolhidas
A arte da visão de longo prazo - Peter Schwartz - Frases escolhidasA arte da visão de longo prazo - Peter Schwartz - Frases escolhidas
A arte da visão de longo prazo - Peter Schwartz - Frases escolhidas
 
Portifolio
PortifolioPortifolio
Portifolio
 
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor imobiliário
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor imobiliárioA “uberização” da sociedade e os impactos no setor imobiliário
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor imobiliário
 
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor de saúde
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor de saúdeA “uberização” da sociedade e os impactos no setor de saúde
A “uberização” da sociedade e os impactos no setor de saúde
 
Inovação 3.0: Reflexões e práticas da Inovação Disruptiva!
Inovação 3.0:  Reflexões e práticas da Inovação Disruptiva! Inovação 3.0:  Reflexões e práticas da Inovação Disruptiva!
Inovação 3.0: Reflexões e práticas da Inovação Disruptiva!
 
McLuhan 3.0: revisitando o pensador canadense a partir do Digital.
McLuhan 3.0: revisitando o pensador canadense a partir do Digital.McLuhan 3.0: revisitando o pensador canadense a partir do Digital.
McLuhan 3.0: revisitando o pensador canadense a partir do Digital.
 
Qualidade 3.0: os impactos do digital no conceito de qualidade.
Qualidade 3.0: os impactos do digital no conceito de qualidade.Qualidade 3.0: os impactos do digital no conceito de qualidade.
Qualidade 3.0: os impactos do digital no conceito de qualidade.
 
Zeca Pagodinho 3.0: quando a vida não vai mais te levar!
Zeca Pagodinho 3.0: quando a vida não vai mais te levar!Zeca Pagodinho 3.0: quando a vida não vai mais te levar!
Zeca Pagodinho 3.0: quando a vida não vai mais te levar!
 
Complexity 3.0: Reflections on changes in post-digital human thought
Complexity 3.0: Reflections on changes in post-digital human thoughtComplexity 3.0: Reflections on changes in post-digital human thought
Complexity 3.0: Reflections on changes in post-digital human thought
 
Complexidade 3.0: reflexões sobre as mudanças de pensamento humano pós-digital
Complexidade 3.0: reflexões sobre as mudanças de pensamento humano pós-digital Complexidade 3.0: reflexões sobre as mudanças de pensamento humano pós-digital
Complexidade 3.0: reflexões sobre as mudanças de pensamento humano pós-digital
 
Uberization: concepts, phrases and reflections
Uberization: concepts, phrases and reflectionsUberization: concepts, phrases and reflections
Uberization: concepts, phrases and reflections
 
Educação 3.0 em países emergentes: paradoxo desvendado!
Educação 3.0 em países emergentes:paradoxo desvendado!Educação 3.0 em países emergentes:paradoxo desvendado!
Educação 3.0 em países emergentes: paradoxo desvendado!
 
Uberize! Support for the migration of organizations to the Uber model.
Uberize! Support for the migration of organizations to the Uber model.Uberize! Support for the migration of organizations to the Uber model.
Uberize! Support for the migration of organizations to the Uber model.
 
Uberize! apoio na migração de organizações para o modelo Uber.
Uberize! apoio na migração de organizações para o modelo Uber.Uberize! apoio na migração de organizações para o modelo Uber.
Uberize! apoio na migração de organizações para o modelo Uber.
 

A Revolução Digital e o Futuro da Indústria da Mídia - decupando palestra de adriano silva

  • 1. Decupando palestra de @adrianosilva29 (The Factory/Draft) A Revolução Digital e o Futuro da Indústria da Mídia Carlos Nepomuceno 15/12/15 V 1.0.0
  • 2. Veja o vídeo completo aqui: https://youtu.be/LiCgIBiBfsw
  • 3. Veja meus comentários sobre a palestra aqui: https://goo.gl/MIdveU
  • 4. Faço adaptações para que as frases ditas na palestra sirvam de inspiração para mudanças.
  • 5. “Ao montar equipes na indústria criativa, cometa acertos, monte um time brilhante, contratando apenas pessoas melhores que você.” ( @adrianosilva29 ) CONTRATAÇÃO
  • 6. “Ao montar equipes brilhantes, você como chefe trabalha menos.” ( @adrianosilva29 ) CONTRATAÇÃO
  • 7. “Quando você trabalha com time ruim, você acaba tendo que fazer o trabalho do teu subordinado. A vida dele e a tua viram um inferno.” ( @adrianosilva29 ) CONTRATAÇÃO
  • 8. “Um gestor é apenas reflexo do time que ele montou.” ( @adrianosilva29 ) CONTRATAÇÃO
  • 9. “A blogosfera era uma internet dentro dela própria.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 10. “Imaginem o que era a vida sem o Facebook há 5 anos atrás.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 11. “A blogosfera prepara o terreno para o Facebook.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 12. “A blogosfera tira o microfone dos emissores de comunicação.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 13. “A blogosfera tira o nosso conforto, nosso poder, nosso protagonismo.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 14. “A blogosfera coloca o microfone na plateia, nos consumidores, nas pessoas, nos cidadãos.” ( MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 15. “O microfone na mão do consumidor é uma quebra importantíssima para o negócio da comunicação.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 16. “O mundo (depois da Internet) nunca mais vai ser aquele.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 17. “Nunca mais vamos resolver um problema para um cliente colocando um outdoor no caminho da casa do presidente da firma anunciante.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 18. “No mundo atual o problema da publicidade começa quando colocamos a campanha no ar.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 19. “No mundo atual muda-se os talentos e as competências que temos que ter para gerir a comunicação de uma marca.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 20. “A velha velocidade dos ciclos de carreira, negócios, empresas também não vai voltar.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL CARACTERÍSTICA
  • 21. “Empresas são feitas para serem espetaculares e durarem 10 e não mais 100 anos.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL FUTURO DAS EMPRESAS
  • 22. “As redes sociais obrigaram as empresas a criarem seu próprio conteúdo (brand content).” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL CONTEÚDO DAS MARCAS
  • 23. “Fiat Mio foi o maior case de inovação aberta do mundo.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO ABERTA
  • 24. “A antiga forma de fazer Inovação era feita com 2 ou 3 engenheiros que ficavam numa sala trancando pensando.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO ABERTA
  • 25. “Na antiga Inovação o protótipo só era revelado quando subia o pano vermelho, era um segredo de estado.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO ABERTA
  • 26. “A Inovação na nova economia é toda feita de forma aberta e não fechada.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO ABERTA
  • 27. “A Inovação na nova economia é toda feita de forma aberta e não fechada, junto com o cliente.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO ABERTA
  • 28. “Se você abrir as empresas, as paredes, as janelas, as portas, você vai ter muito mais gente pensando junto com você.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO ABERTA
  • 29. “Empresas que isolam a criatividade em poucas pessoas, impedem todas as outras de pensar.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO ABERTA
  • 30. “Como seria uma campanha de uma marca se nós convidássemos os consumidores para pensar junto conosco? Não só o produto, mas a comunicação?” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO ABERTA
  • 31. “A crise que vivemos na mídia hoje é de modelo de negócios, não é uma crise de demanda!”( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO ABERTA
  • 32. “Temos que reaprender a cobrar, entregar, repensar periodicidade, custos, preço, tudo.”( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL REAPRENDENDO
  • 33. “Bons curadores, bons editores, estes terão cada vez mais demanda pela sua inteligência e seu talento.”( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL DIAGNÓSTICO
  • 34. Discordo do slide anterior. A nova curadoria será feita via Algoritmos Sociais Inteligentes, não mais por gestão de conteúdo, mas o que podemos chamar de curadoria de conteúdo. CRÍTICA:
  • 35. A curadoria de conteúdo tanto vale para a produção, que passa a ganhar a reputação (você fala disso mais adiante) como para o modelo do anúncio que procura juntar oferta e demanda. CRÍTICA:
  • 36. Na Gestoria, misto de gestão com curadoria, faz sentido ir aos nichos, mas isso vai esbarrar mais adiante em receita. A Curadoria de conteúdo já seria uma aposta mais direta. CRÍTICA:
  • 37. Você percebe muito bem os sintomas, mas o diagnóstico mais adequado só é possível com um embasamento maior da história das Revoluções Cognitivas. CRÍTICA:
  • 38. O conteúdo que cada um precisa só será possível, através de um algoritmo de personalização que opera junto com um consumidor ativo. CRÍTICA:
  • 39. Não se trata de um novo Modelo de Negócio, mas de uma nova Topologia de Administração, chamada Curadoria, que só funciona em Plataformas Digitais Participativas. CRÍTICA:
  • 40. A reinvenção do paradigma precisa de uma abordagem dedutiva, indo para a história e não indutiva, a partir do mercado. CRÍTICA:
  • 41. Os estrategistas digitais serão estudiosos da Escola Canadense de Comunicação, especializada em rupturas de mídia, desde a Grécia. CRÍTICA:
  • 42. “É assustador os riscos que a gente está correndo.”( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL DIAGNÓSTICO
  • 43. “Vivemos um grande momento, de troca de placa tectônica, de troca de software, de paradigma.”( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL DIAGNÓSTICO
  • 44. Sim, é isso mesmo, mas é muito maior que apenas mudar a comunicação. É a comunicação que define o DNA administrativo das organizações e não o contrário. CRÍTICA:
  • 45. “Você pode se atachar na era que vem, ao invés de se agarrar e soçobrar junto à era que está acabando.”( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL DIAGNÓSTICO
  • 46. “A mídia tradicional não está fazendo este movimento junto com o consumidor, na mesma velocidade.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL CRISE DA MÍDIA
  • 47. “Bom conteúdo continua sendo valorizado, mas tem que ser entregue na velocidade, no formato, na periodicidade e no jeito e preço que o consumidor quer.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL CRISE DA MÍDIA
  • 48. “A velha mídia tem problema para inovar, pois tem 40 a 50 anos num modelo que funcionava.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL CRISE DA MÍDIA
  • 49. “O dilema do inovador: é muito difícil você matar a sua “vaca leiteira”.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL CRISE DA MÍDIA
  • 50. “Hoje, abre-se grande oportunidades para quem não tem uma “vaca leiteira”. Entrar e fazer diferente.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL BARREIRAS À INOVAÇÃO
  • 51. “Os públicos estão todos aí, sedentos de informação, sedentos de uma referência.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL CRISE DA MÍDIA
  • 52. Concordo e discordo. A grande mudança, entretanto, é que a referência não é mais sólida e nem centralizada. É algo líquido que só pode ser feito com ajuda de reputação + algoritmo. CRÍTICA:
  • 53. “Tem muita comunidade desatendida!” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL CRISE DA MÍDIA
  • 54. “A sociedade é formada por grupos de pessoas que se organizam ao redor de um interesse em comum.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL CRISE DA MÍDIA
  • 55. “E sustentam um conjunto de pessoas para que façam a seleção e apresentação deste conteúdo.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL CRISE DA MÍDIA
  • 56. Concordo e discordo. Sim, há demandas pelas comunidades, mas a eficácia dessa entrega de conteúdo é impossível pelo antigo publisher de carne e osso. CRÍTICA:
  • 57. Concordo e discordo. Adriano consegue ver muito bem os sintomas, mas ainda está intoxicado pela gestão. O Publisher passa a ser um operador de algoritmos e aí a coisa anda com escala. CRÍTICA:
  • 58. “A cada fenecimento no território da velha mídia, você tem uma oportunidade na nova.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL CRISE DA MÍDIA
  • 59. “As pessoas querem entender como fazer mais, melhor, mais barato e mais conveniente.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO
  • 60. “Life hacker é aquele cara que hackeia a própria vida.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO
  • 61. Quando se usa o termo Global Shapers, seriam os moldadores do novo mundo, e isso é bem legal em termos de pensamento, pois quando se pivota, na verdade, se está fazendo uma relação entre projeto e fatos. REFLEXÃO:
  • 62. O que molda o mundo são fatores que estão acima das pessoas, tal como a complexidade demográfica e as novas tecnologias. Um moldador de mundo é aquele que pivota para encontrar saídas culturais nesse cenário. REFLEXÃO:
  • 63. O que molda o mundo são fatores que estão acima das pessoas, tal como a complexidade demográfica e as novas tecnologias. Um moldador de mundo é aquele que pivota para encontrar saídas culturais nesse cenário. CONCEITO SOLTOS:
  • 64. “De 95 (início da internet comercial) a 2005 (estouro da bolha) é o que chamo de Internet 1.0.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 65. Algo fundamental para entender essa passagem é a chegada da banda larga, isso muda a Internet, pois permite mais com menos. Isso ocorre na evolução das Revoluções Cognitivas na história, o barateamento do uso da nova mídia. COMENTÁRIO:
  • 66. “De 95 (início da internet comercial) a 2005 (estouro da bolha) é o que chamo de Internet 1.0.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 67. “A grande genialidade do Steve Jobs não foi criar o Ipod, mas a coragem que teve de matar o Ipod.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 68. “O dilema do inovador é isso, pouca gente tem coragem de matar a galinha dos ovos de ouro.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO
  • 69. Justamente por isso que cheguei a conclusão que é preciso criar algo paralelo, mantendo a galinha colocando ovos de ouro, de prata, de bronze e, ao mesmo tempo, criando startups. COMENTÁRIO:
  • 70. Porém, vejo hoje com clareza que é muito mais fácil o diálogo com empreendedores e investidores de risco, do que tentar convencer o pessoal do antigo modelo. O segmento capaz de ouvir e agir é muito pequeno. COMENTÁRIO:
  • 71. “O dilema do inovador é isso, pouca gente tem coragem de matar a galinha dos ovos de ouro.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO
  • 72. “O MSN acabou por acreditar que era uma ferramenta apenas de Desktop.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO
  • 73. “O WhatsApp matou o MSN, que parecia “imorrível” .” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO
  • 74. Imorrível é uma palavra muito bem sacada para esse mundo da inovação digital COMENTÁRIO:
  • 75. “A última coisa que você pensa com o seu celular hoje é falar ao telefone.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 76. “O WhatsApp matou o MSN, que parecia “imorrível” .” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 77. “O Google é tudo, quer tudo, tem apetite para tudo.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 78. “Pega mal hoje você estar com a sua namorada e abrir o Internet Explorer.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL HISTÓRIA
  • 79. “As marcas têm que estar aberta o tempo todo para conversar com o cliente.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO
  • 80. O problema é que a conversa parte da ideia de que há uma vontade de mudar, a partir da mesma. Assim, a organização tem que sair de um modelo de gestão sólida e passar uma curadoria líquida. COMENTÁRIO:
  • 81. O grande problema dessa conversa entre organizações e clientes é administrativa. As organizações são moldadas pelo poder de mídia que cada indivíduo tem e não o contrário. COMENTÁRIO:
  • 82. As organizações querem manter o mesmo modelo administrativo (a topologia da gestão) que tem uma hierarquia que não permite que definições estratégicas venham de baixo (do consumidor) para o topo. COMENTÁRIO:
  • 83. O modelo administrativo (a topologia da gestão) é estruturado por um centro que define para a sociedade os serviços e produtos, com uma margem de diálogo honesto (que implica mudanças) muito pequena. COMENTÁRIO:
  • 84. O modelo administrativo da Curadoria, via Algoritmos Sociais Inteligentes, permite que esse diálogo entre organização e consumidor seja possível, fragmentando os fornecedores, nos modelos tipo Uber, Estante Virtual e Mercado Livre. COMENTÁRIO:
  • 85. O modelo administrativo da Curadoria inicia o fim também da relação trabalhista organização- empregado e inaugura a da organização curadora, fornecedores curadores. COMENTÁRIO:
  • 86. “Os problemas das marcas hoje não são mais de comunicação.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO
  • 87. Na verdade, o conceito de comunicação está intoxicado pelo século passado: hoje entendemos comunicação como comunicação vertical do centro para as pontas. Comunicação corporativa significa – eu falo e você escuta. COMENTÁRIO:
  • 88. Ao falarmos em comunicação, de duas mãos, entramos na possibilidade da Comunicação de Massa, via Algoritmos. Quando as organizações pensam comunicação elas nunca pensam em mudança interna, a partir da interação. COMENTÁRIO:
  • 89. Repetindo. Elas não pensam em mudança interna, a partir da interação, pois elas não podem mudar, a partir do consumidor, pois o modelo administrativo da gestão é feito do centro para as pontas. COMENTÁRIO:
  • 90. O grande salto de qualidade da nova comunicação Organização – Consumidor, a partir da Curadoria Digital é que se permite uma nova conversa com as pontas, na qual mudanças efetivamente passam a ser possíveis. COMENTÁRIO:
  • 91. “Imagem é o que eu digo de mim mesmo, reputação é o que os outros dizem de mim.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 92. “Por que gastar dinheiro dizendo o quanto sou legal, se eu posso fazer coisas que me tornam legal?” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 93. No fundo esta frase anterior marca muito a mudança da taxa de hipocrisia da sociedade. Um cidadão mais empoderado e uma sociedade mais transparente reduz o espaço entre o que eu digo e faço. COMENTÁRIO:
  • 94. Não é que a hipocrisia vai acabar, mas ela passa a viver uma nova taxa, na qual organizações não podem mais esconder a sua prática. COMENTÁRIO:
  • 95. Foi citado o caso do Itaú e suas bicicletas, que é um lance de marketing legal, mas note que o banco continua sendo o mesmo banco, sem alterar nada, que esbarra nos novos processos de curadoria, como o Biva. COMENTÁRIO:
  • 96. O Biva (https://biva.com.br/) cria uma curadoria, na qual vizinho pode emprestar dinheiro para vizinho, baseado na reputação, o que é algo muito mais legal do que faz o Itaú, com todas as suas bicicletas, pois tem uma taxa de juro bem menor. COMENTÁRIO:
  • 97. “A marca só tem interesse de conversar com os consumidores que têm a sua causa.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 98. Na frase anterior temos algo interessante que é a passagem de organizações “topo qualquer coisa pelo dinheiro” para organizações conceituais. Preciso ganhar dinheiro, mas tenho alguns conceitos que balizam esse objetivo. COMENTÁRIO:
  • 99. A ideia de que “tenho alguns conceitos que balizam esse objetivo” são obrigações que as organizações passam a ter por causa de um consumidor mais empoderado. COMENTÁRIO:
  • 100. O que inverte bem a lógica de como as organizações operam e se estruturam. A base do DNA das organizações tem duas linhas. COMENTÁRIO:
  • 101. A base do DNA das organizações tem duas linhas: Conjuntural – o poder de mídia da sociedade, que estabelece a taxa de hipocrisia; Estrutural – as tecnologias de mediação das trocas entre oferta e demanda. COMENTÁRIO:
  • 102. Ou seja, o DNA das organizações se altera profundamente com o empoderamento de mídia do consumidor e com novos modelos que permitem que organizações possam de forma mais ágil responder por mudanças nos hábitos e desejos de consumo. COMENTÁRIO:
  • 103. As organizações atuais, da topologia da gestão, foram estruturadas para uma baixa taxa de comunicação, alta de hipocrisia e um ciclo muito lento para mudanças entre a sua oferta atual, avaliação de uso e mudança de nova oferta futura. COMENTÁRIO:
  • 104. “Os gestores de marca foram obrigados a aprender a ouvir.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 105. “Os gestores de marca sempre foram bons em falar.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 106. “Estamos vivendo a morte dos intermediários, dos gatekeppers.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 107. “A grande sacada do Google é aproximar as pontas.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 108. Durante um bom tempo tive também essa ideia da desintermediação, quando, na verdade estamos sendo (Re) intermediados por intermediadores mais sofisticados. COMENTÁRIO:
  • 109. Há uma certa invisibilidade, mas quando estou no Facebook e não estou vendo a TV Globo eu estou sendo RE intermediado pelo Facebook, que me permite coisas que a TV não permite, mas me cria também limites que não estão ainda evidentes, mas vão ficar. COMENTÁRIO:
  • 110. “As pessoas são a nova mídia.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 111. Na verdade, há um aumento da taxa de poder de mídia de cada um, mas há um mix de mídias. O poder das pessoas é um novo fenômeno de mídia, mas não a nova mídia. COMENTÁRIO:
  • 112. A nova mídia, do ponto de vista coletivo, de fato, é a Curadoria, que se torna emergente em todas as áreas. O Facebook, Youtube, Twitter nada mais são do que canais de Curadoria, no qual cada indivíduo ter sua micro-mídia. COMENTÁRIO:
  • 113. “Vivemos a era da reputação.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 114. A Era da Reputação é um conceito que eu acho pouco eficaz. Na verdade, é apenas um aumento da taxa de reputação que sempre existiu, mas que usava outras mídias. Estamos saindo de uma fase em dois níveis. COMENTÁRIO:
  • 115. As organizações criavam a reputação na mídia de massa, de forma vertical. Os indivíduos criavam reputação na mídia de missa, via oral, via reputação do boca a boca, incluindo banco de dados tipo Serasa. COMENTÁRIO:
  • 116. As organizações organizam Plataformas de Curadoria para permitir que a reputação possa ser uma ferramenta de decisão de mudanças de oferta. COMENTÁRIO:
  • 117. E dentro destas Plataformas de Curadoria fornecedores e consumidores passam a ter um upgrade de reputação, como se fossem micro-marcas, regulados por algoritmos. COMENTÁRIO:
  • 118. “Estamos entrando na era do relacionamento.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 119. A Era da Relacionamento é um também um conceito que eu acho pouco eficaz. Na verdade, é apenas um aumento da taxa de conversação entre as pessoas, que estavam isoladas pelo aumento demográfico e unidas por uma mídia vertical de massa. COMENTÁRIO:
  • 120. Há um aumento na taxa de conversação da sociedade, que resgata relacionamentos mais horizontais, mas que isso já ocorreu no passado, com a chegada da prensa, via livros e, com a alfabetização, via cartas manuscritas, o WhatsApp da época. COMENTÁRIO:
  • 121. A afirmação de Era disso, Era daquilo é uma das características de uma abordagem da micro história, que pega algo que aumenta de taxa e considera que aquilo caracteriza uma Era. COMENTÁRIO:
  • 122. Uma Era é marcada por algo que é novo, completamente novo, e não que houve um aumento de taxa de algo que já existia. Tal como a furada da Era do Conhecimento ou da Informação. COMENTÁRIO:
  • 123. Analisar a nova Era só é possível quando se trabalha com a macro histórica. Assim, podemos dizer que é a Era Digital, dos 7 bilhões de habitantes, que vai nos levar a mudanças culturais profundas. COMENTÁRIO:
  • 124. Estas mudanças culturais profundas trarão mudanças de todos os tipos em direção à descentralização, empoderamento dos indivíduos. As taxas de comunicação e relacionamento aumentam. Cai a da hipocrisia. E cria-se novas formas de se estabelecer reputação. COMENTÁRIO:
  • 125. “É preciso ouvir, decodificar e dialogar com o novo consumidor.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 126. Volto a dizer, este é o impasse atual, pois isso esbarra nos limites da gestão, que definiu um modelo de comunicação cada vez mais vertical, conforme a Complexidade Demográfica foi aumentando a taxa. COMENTÁRIO:
  • 127. Falta ao gestor tecnologias de processamento de sugestões e, depois de feitas, de tornar estas sugestões ações concretas para modificação dos processos de oferta. Este é o nó do gargalo, que só a Curadoria consegue resolver. COMENTÁRIO:
  • 128. “Os haters, consumidores que achincalham são lovers que precisam de um pouco de carinho.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 129. “O começo da história do novo posicionamento de marca é: estou te ouvindo e quero te entender.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 130. Só que o consumidor digital não quer ser entendido. Ele quer que mudanças sejam feitas na oferta, da qual ele não está satisfeito. O que esbarra no modelo de comunicação corporativa atual, que é inerente ao DNA da Gestão. COMENTÁRIO:
  • 131. “É preciso falar com o consumidor face-to-face e não mais de uma forma mediada”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 132. Isso é a base da curadoria, colocando a cultura Uber como exemplo, no qual cada motorista está diante de seu avaliador. COMENTÁRIO:
  • 133. “O branding atual é feito a nossa revelia”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 134. “O microfone não está mais na nossa mão”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 135. “Nós não regulamos mais o que se diz a respeito das nossas marcas”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 136. Este descontrole de mídia é a maior característica de uma Revolução Cognitiva, que abre um novo ciclo na taxa de hipocrisia na sociedade. Organizações começam a ter que sair de um corporativismo tóxico. COMENTÁRIO:
  • 137. “As escolas de comunicação vão passar a falar de produtores de conteúdo”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 138. Diria que falarão de curadores de conteúdo, através da organização de algoritmos, de quem organiza a plataforma. E os que estão dentro da plataforma produzindo conteúdo serão curadores da sua micro-reputação. COMENTÁRIO:
  • 139. “Quem é meu cliente? A marca ou o cliente da marca?”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 140. Na verdade, se olharmos para a emergência da Cultura Uber estamos criando o conceito de micro-marcas, na qual haverá autonomia dos indivíduos para cada um construir a sua própria marca. A ideia de uma marca central tende a desaparecer. COMENTÁRIO:
  • 141. “Tem uma coisa que nós não podemos fazer. Que é não fazer nada.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 142. “Tem uma coisa que nós não podemos fazer. Achar que as mudanças estruturais são conjunturais.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 143. “Tem uma coisa que nós não podemos fazer. Achar o ano que vem as coisas não serão mais desse jeito e vão voltar.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 144. “Há perdas conjunturais, mas há algumas questões que são estruturais.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 145. “Modelos que estão baseados na mídia vão sofrer.” ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 146. Na verdade, o conceito mídia aqui é sinônimo de mídia vertical. Mídia tem que ser visto como canais de interação. É preciso ser específico no conceito. Mídia de massa vertical é o que se diz aqui no slide anterior. COMENTÁRIO:
  • 147. “Não sei se é uma troca de pessoas, mas muito mais de competências, de atributos e de talentos”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVAS AGÊNCIAS
  • 148. “Só há uma constante daqui para frente é a mudança”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVAS AGÊNCIAS
  • 149. Este momento de Revolução Cultural exige um novo modelo de ego mais líquido e menos sólido, o que implica em uma mudança profunda no modelo da escola. COMENTÁRIO:
  • 150. O indivíduo tem que ser estimulado a desconfiar da percepção de seu ego num mundo muito mais líquido e mutante. COMENTÁRIO:
  • 151. “Se a gente ficar esperando a tempestade passar, a gente vai ser levado”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVAS AGÊNCIAS
  • 152. “As mudanças atuais são inevitáveis, pois são um movimento dos consumdores”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 153. “Temos que aprender a responder de forma diferente a novos desafios”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL NOVA MÍDIA
  • 154. “As faculdades de Comunicação são muito fracas”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL FORMAÇÃO
  • 155. Existe ainda, e muito, a demanda por produtos massificados, que atende a um consumidor de baixa autonomia e personalização. As organizações tradicionais vão apostar cada vez mais nesse segmento. COMENTÁRIO:
  • 156. O novo consumidor, entretanto, de maior autonomia e descentralização está migrando, cada vez mais, para modelos de Curadoria. COMENTÁRIO:
  • 157. “O risco é continuar fazendo as mesmas coisas para um mundo que não existe mais”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL FUTURO
  • 158. Vou colocar um outro slide que fala sobre isso, sobre “um mundo que não existe mais”. COMENTÁRIO:
  • 159. “O futuro não é temporal, mas regional”. (Naisbitt). (nepo.com.br)
  • 160. Na verdade, vivemos realidades paralelas, de estágio de sociedades e segmentos em cada uma delas, que já estão com uma dada autonomia. A medida é essa autonomia que leva a uma liquidez maior do ego. COMENTÁRIO:
  • 161. Uma autonomia que leva a uma demanda por personalização e uma baixa aceitação de uma taxa de hipocrisia organizacional do passado que não é mais aceita por um indivíduo com mais poder de mídia. COMENTÁRIO:
  • 162. O mundo da organização 1.0 continua aí, mas cada vez menor. Digo sempre que a TV Globo está, por exemplo, praticando mais e mais antropologia e não inovando, procurando um consumidor cada vez mais em extinção. COMENTÁRIO:
  • 163. São organizações que eram locomotivas e viraram vagão. COMENTÁRIO:
  • 164. “É menos arriscado testar hipóteses, do que a se agarrar a coisas que sabidamente já te oferecem um retorno muito menor”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL FUTURO
  • 165. “O mundo seguro não existe mais”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL FUTURO
  • 166. “Acabou aquela lógica do “rebanho”que você acessava facilmente de um jeito só”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL FUTURO
  • 167. “O custo de acessar aquele “rebanho” dá retorno? ”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL FUTURO
  • 168. “Num mundo muito volátil, ainda trabalhamos com estruturas muito fixas”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL FUTURO
  • 169. “Estamos operando ainda com um raciocínio para dirigir um carro 1.0, e estamos lidando com um consumidor com um motor 3.8”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL FUTURO
  • 170. “Como se vai para o novo garantindo o seu feijão com arroz?”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO CORPORATIVA
  • 171. “Tem que criar laboratórios, criar momentos, espaços, aonde você possa testar e errar”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO CORPORATIVA
  • 172. Sim, a ideia de laboratórios separados foi a minha chegada também, que baseou a parte metodológica do meu livro Gestão 3.0 e deu depois na metodologia de Inovação Participativa. COMENTÁRIO:
  • 173. Hoje, vejo que a base do laboratório, depois de algumas tentativas práticas, é o engajamento total do gestor, com forte patrocínio e a clareza, desde o início, da migração para o modelo de Curadoria, evitando a armadilha da Gestoria. COMENTÁRIO:
  • 174. É possível passar pela fase da Gestoria, desde que esteja dentro de um planejamento estratégico, em que a Gestoria é uma tática dentro de uma estratégia maior em direção à Curadoria. COMENTÁRIO:
  • 175. “Não existe mais trabalhar para alguém, mas trabalhar com alguém”. ( @adrianosilva29 ) MUNDO DIGITAL INOVAÇÃO CORPORATIVA
  • 176. DICAS DE LIVROS O Que a Google Faria? Jeff Jarvis.
  • 178. O livro de Carlos Nepomuceno propõe interessante análise para os líderes contemporâneos. Quem quer compreender a internet para reinventar o processo de tomada de decisão encontrará aqui as respostas. Pierre Levy. “
  • 179. CAPACITAÇÃO Formação de analista estratégico para inovação participativa
  • 180. CONSULTORIA Criação de Projetos de Inovação Participativa cnepomu@gmail.com
  • 183. Onde tenho dado aulas
  • 184. CRIE UM NÚCLEO DE INOVAÇÃO PARTICIPATIVA EM SUA CIDADE cnepomu@gmail.com