SlideShare uma empresa Scribd logo
A Princesa e a Ervilha
Era uma vez um príncipe que queria se casar com uma princesa, mas uma princesa de verdade, de
sangue real mesmo. Viajou pelo mundo inteiro, à procura da princesa dos seus sonhos, mas todas as que
encontrava tinham algum defeito. Não é que faltassem princesas, não: havia de sobra, mas a dificuldade
era saber se realmente eram de sangue real. E o príncipe retornou ao seu castelo, muito triste e
desiludido, pois queria muito casar com uma princesa de verdade.
Uma noite desabou uma tempestade medonha. Chovia desabaladamente, com trovoadas, raios,
relâmpagos. Um espetáculo tremendo!
De repente bateram à porta do castelo, e o rei em pessoa foi atender, pois os criados estavam ocupados
enxugando as salas cujas janelas foram abertas pela tempestade.
Era uma moça, que dizia ser uma princesa. Mas estava encharcada de tal maneira, os cabelos
escorrendo, as roupas grudadas ao corpo, os sapatos quase desmanchando... que era difícil acreditar que
fosse realmente uma princesa real.
A moça tanto afirmou que era uma princesa que a rainha pensou numa forma de provar se o que ela
dizia era verdade.
Ordenou que sua criada de confiança empilhasse vinte colchões no quarto de hóspedes e colocou sob
eles uma ervilha. Aquela seria a cama da “princesa”.
A moça estranhou a altura da cama, mas conseguiu, com a ajuda e uma escada, se deitar.
No dia seguinte, a rainha perguntou como ela havia dormido.
— Oh! Não consegui dormir — respondeu a moça,
— havia algo duro na minha cama, e me deixou até manchas roxas no corpo!
O rei, a rainha e o príncipe se olharam com surpresa. A moça era realmente uma princesa! Só mesmo
uma princesa verdadeira teria pele tão sensível para sentir um grão de ervilha sob vinte colchões!!!
O príncipe casou com a princesa, feliz da vida, e a ervilha foi enviada para um museu, e ainda deve
estar por lá...
Acredite se quiser, mas esta história realmente aconteceu!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A princesa e a ervilha teatro
A princesa e a ervilha teatroA princesa e a ervilha teatro
A princesa e a ervilha teatro
Constantino Alves
 
A PRINCESA E A ERVILHA
A PRINCESA E A ERVILHAA PRINCESA E A ERVILHA
A PRINCESA E A ERVILHA
JulioAtlas
 
Dial5cp pg14 15
Dial5cp pg14 15Dial5cp pg14 15
Dial5cp pg14 15
Paula Rebelo
 
3ºA- A PRINCESA E A ERVILHA
3ºA- A PRINCESA E A ERVILHA3ºA- A PRINCESA E A ERVILHA
3ºA- A PRINCESA E A ERVILHA
JulioAtlas
 
Ficha a princesa e a ervilha pdf
Ficha a princesa e a ervilha pdfFicha a princesa e a ervilha pdf
Ficha a princesa e a ervilha pdf
lasalete marques
 
A princesa e a ervilha descritores
A princesa e a ervilha descritoresA princesa e a ervilha descritores
A princesa e a ervilha descritores
pipatcleopoldina
 
Explorando o texto a princesa e a ervilha
 Explorando o texto a princesa e a ervilha Explorando o texto a princesa e a ervilha
Explorando o texto a princesa e a ervilha
pipatcleopoldina
 
Resumo sobre conto e lenda ...
Resumo sobre conto e lenda ...Resumo sobre conto e lenda ...
Resumo sobre conto e lenda ...
Patrícia Tobias Aluna especial 2011
 
1.conto, características
1.conto, características1.conto, características
1.conto, características
Helena Coutinho
 
Adormecida
AdormecidaAdormecida
Adormecida
Marina Carvalho
 
Livro 2 b
Livro 2 bLivro 2 b
Livro 2 b
labneusa
 
Conto
ContoConto
Sequência didática
Sequência didáticaSequência didática
Sequência didática
MEROLAY MARIA MICHELS
 
A Lenda De Coimbra.
A Lenda De Coimbra.A Lenda De Coimbra.
A Lenda De Coimbra.
turma6G
 
O PRINCÍPE DESENCANTADO
O PRINCÍPE DESENCANTADOO PRINCÍPE DESENCANTADO
O PRINCÍPE DESENCANTADO
drialex
 
Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação
Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação
Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação
Lorena Lopes
 
Prova portuguess principe desencantado
Prova portuguess principe desencantadoProva portuguess principe desencantado
Prova portuguess principe desencantado
Atividades Diversas Cláudia
 
Interpretaçao o sapo portugues
Interpretaçao o sapo portuguesInterpretaçao o sapo portugues
Interpretaçao o sapo portugues
Atividades Diversas Cláudia
 
Ficha de avaliação diagnóstica Lp - Príncipe com Orelhas de Burro
Ficha de avaliação diagnóstica Lp  - Príncipe com Orelhas de BurroFicha de avaliação diagnóstica Lp  - Príncipe com Orelhas de Burro
Ficha de avaliação diagnóstica Lp - Príncipe com Orelhas de Burro
Central Didática
 
O outro sapo regina
O outro sapo reginaO outro sapo regina
O outro sapo regina
Atividades Diversas Cláudia
 

Mais procurados (20)

A princesa e a ervilha teatro
A princesa e a ervilha teatroA princesa e a ervilha teatro
A princesa e a ervilha teatro
 
A PRINCESA E A ERVILHA
A PRINCESA E A ERVILHAA PRINCESA E A ERVILHA
A PRINCESA E A ERVILHA
 
Dial5cp pg14 15
Dial5cp pg14 15Dial5cp pg14 15
Dial5cp pg14 15
 
3ºA- A PRINCESA E A ERVILHA
3ºA- A PRINCESA E A ERVILHA3ºA- A PRINCESA E A ERVILHA
3ºA- A PRINCESA E A ERVILHA
 
Ficha a princesa e a ervilha pdf
Ficha a princesa e a ervilha pdfFicha a princesa e a ervilha pdf
Ficha a princesa e a ervilha pdf
 
A princesa e a ervilha descritores
A princesa e a ervilha descritoresA princesa e a ervilha descritores
A princesa e a ervilha descritores
 
Explorando o texto a princesa e a ervilha
 Explorando o texto a princesa e a ervilha Explorando o texto a princesa e a ervilha
Explorando o texto a princesa e a ervilha
 
Resumo sobre conto e lenda ...
Resumo sobre conto e lenda ...Resumo sobre conto e lenda ...
Resumo sobre conto e lenda ...
 
1.conto, características
1.conto, características1.conto, características
1.conto, características
 
Adormecida
AdormecidaAdormecida
Adormecida
 
Livro 2 b
Livro 2 bLivro 2 b
Livro 2 b
 
Conto
ContoConto
Conto
 
Sequência didática
Sequência didáticaSequência didática
Sequência didática
 
A Lenda De Coimbra.
A Lenda De Coimbra.A Lenda De Coimbra.
A Lenda De Coimbra.
 
O PRINCÍPE DESENCANTADO
O PRINCÍPE DESENCANTADOO PRINCÍPE DESENCANTADO
O PRINCÍPE DESENCANTADO
 
Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação
Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação
Conto: A princesa e o sapo Leitura e interpretação
 
Prova portuguess principe desencantado
Prova portuguess principe desencantadoProva portuguess principe desencantado
Prova portuguess principe desencantado
 
Interpretaçao o sapo portugues
Interpretaçao o sapo portuguesInterpretaçao o sapo portugues
Interpretaçao o sapo portugues
 
Ficha de avaliação diagnóstica Lp - Príncipe com Orelhas de Burro
Ficha de avaliação diagnóstica Lp  - Príncipe com Orelhas de BurroFicha de avaliação diagnóstica Lp  - Príncipe com Orelhas de Burro
Ficha de avaliação diagnóstica Lp - Príncipe com Orelhas de Burro
 
O outro sapo regina
O outro sapo reginaO outro sapo regina
O outro sapo regina
 

Semelhante a A princesa e a ervilha

Branca de Neve
Branca de NeveBranca de Neve
Branca de Neve
ValderiVini
 
Bela
BelaBela
Bela
CJM
 
Branca de neve e os sete anões
Branca de neve e os sete anõesBranca de neve e os sete anões
Branca de neve e os sete anões
Filipa Cunha
 
A bela adormecida
A bela adormecidaA bela adormecida
A bela adormecida
Adilson P Motta Motta
 
Adivinhas, lengalengas...
Adivinhas, lengalengas...Adivinhas, lengalengas...
Adivinhas, lengalengas...
Nome Sobrenome
 
Brochura de Atividades Educativas
Brochura de Atividades EducativasBrochura de Atividades Educativas
Brochura de Atividades Educativas
Ana Pacheco
 
Historias etc
Historias etcHistorias etc
Historias etc
Carmen Miranda
 
A bela adormecida - Augusto, Evelim e Grecia cia
A bela adormecida - Augusto, Evelim e  Grecia ciaA bela adormecida - Augusto, Evelim e  Grecia cia
A bela adormecida - Augusto, Evelim e Grecia cia
Milena Sampaio
 
Branca de neve
Branca de neveBranca de neve
Branca de neve
Iris Silva
 
Histórias, Poesias...
Histórias, Poesias...Histórias, Poesias...
Histórias, Poesias...
Maria Pinto
 
Historias etc
Historias etcHistorias etc
Historias etc
Inês Gonçalves
 
Lengalenga
LengalengaLengalenga
Lengalenga
Elvis Live
 
Historias etc[1]
Historias etc[1]Historias etc[1]
Historias etc[1]
Carla Cristina
 
Branca+de+neve+e+os+sete+anões
Branca+de+neve+e+os+sete+anõesBranca+de+neve+e+os+sete+anões
Branca+de+neve+e+os+sete+anões
Vilma Amaral
 
Branca de neve e os sete anões
Branca de neve e os sete anões Branca de neve e os sete anões
Branca de neve e os sete anões
belanata
 
Era uma vez... Não foi bem assim!
Era uma vez... Não foi bem assim!Era uma vez... Não foi bem assim!
Era uma vez... Não foi bem assim!
LRede
 
HISTÓRIA COLETIVA
HISTÓRIA COLETIVAHISTÓRIA COLETIVA
HISTÓRIA COLETIVA
guest0691
 
HISTÓRIA COLETIVA
HISTÓRIA COLETIVAHISTÓRIA COLETIVA
HISTÓRIA COLETIVA
guestec1
 
Livro pronto
Livro prontoLivro pronto
Livro pronto
labneusa
 
Prin Serp
Prin SerpPrin Serp
Prin Serp
jotapimentel
 

Semelhante a A princesa e a ervilha (20)

Branca de Neve
Branca de NeveBranca de Neve
Branca de Neve
 
Bela
BelaBela
Bela
 
Branca de neve e os sete anões
Branca de neve e os sete anõesBranca de neve e os sete anões
Branca de neve e os sete anões
 
A bela adormecida
A bela adormecidaA bela adormecida
A bela adormecida
 
Adivinhas, lengalengas...
Adivinhas, lengalengas...Adivinhas, lengalengas...
Adivinhas, lengalengas...
 
Brochura de Atividades Educativas
Brochura de Atividades EducativasBrochura de Atividades Educativas
Brochura de Atividades Educativas
 
Historias etc
Historias etcHistorias etc
Historias etc
 
A bela adormecida - Augusto, Evelim e Grecia cia
A bela adormecida - Augusto, Evelim e  Grecia ciaA bela adormecida - Augusto, Evelim e  Grecia cia
A bela adormecida - Augusto, Evelim e Grecia cia
 
Branca de neve
Branca de neveBranca de neve
Branca de neve
 
Histórias, Poesias...
Histórias, Poesias...Histórias, Poesias...
Histórias, Poesias...
 
Historias etc
Historias etcHistorias etc
Historias etc
 
Lengalenga
LengalengaLengalenga
Lengalenga
 
Historias etc[1]
Historias etc[1]Historias etc[1]
Historias etc[1]
 
Branca+de+neve+e+os+sete+anões
Branca+de+neve+e+os+sete+anõesBranca+de+neve+e+os+sete+anões
Branca+de+neve+e+os+sete+anões
 
Branca de neve e os sete anões
Branca de neve e os sete anões Branca de neve e os sete anões
Branca de neve e os sete anões
 
Era uma vez... Não foi bem assim!
Era uma vez... Não foi bem assim!Era uma vez... Não foi bem assim!
Era uma vez... Não foi bem assim!
 
HISTÓRIA COLETIVA
HISTÓRIA COLETIVAHISTÓRIA COLETIVA
HISTÓRIA COLETIVA
 
HISTÓRIA COLETIVA
HISTÓRIA COLETIVAHISTÓRIA COLETIVA
HISTÓRIA COLETIVA
 
Livro pronto
Livro prontoLivro pronto
Livro pronto
 
Prin Serp
Prin SerpPrin Serp
Prin Serp
 

Mais de Suzy Santana

Sequencia a galinha do vizinho
Sequencia a galinha do vizinhoSequencia a galinha do vizinho
Sequencia a galinha do vizinho
Suzy Santana
 
Sequencia os sete cabritinhos
Sequencia os sete cabritinhosSequencia os sete cabritinhos
Sequencia os sete cabritinhos
Suzy Santana
 
Parlenda da fofoca feia
Parlenda da fofoca feiaParlenda da fofoca feia
Parlenda da fofoca feia
Suzy Santana
 
Parlenda do gato mia
Parlenda do gato miaParlenda do gato mia
Parlenda do gato mia
Suzy Santana
 
Serra serra Segmentar
Serra serra SegmentarSerra serra Segmentar
Serra serra Segmentar
Suzy Santana
 
Segmentar parlenda do gato
Segmentar   parlenda do gatoSegmentar   parlenda do gato
Segmentar parlenda do gato
Suzy Santana
 
Corujinha
CorujinhaCorujinha
Corujinha
Suzy Santana
 
Escrita espontanea regras de brincadeiras
Escrita espontanea regras de brincadeirasEscrita espontanea regras de brincadeiras
Escrita espontanea regras de brincadeiras
Suzy Santana
 
Corujinha segmentar
Corujinha segmentarCorujinha segmentar
Corujinha segmentar
Suzy Santana
 
Atividades com o filme frozen
Atividades com o filme frozenAtividades com o filme frozen
Atividades com o filme frozen
Suzy Santana
 
Apostila completa de travalínguas
Apostila completa de travalínguasApostila completa de travalínguas
Apostila completa de travalínguas
Suzy Santana
 
Ajude a reciclar
Ajude a reciclarAjude a reciclar
Ajude a reciclar
Suzy Santana
 
A velha contrabandista
A velha contrabandistaA velha contrabandista
A velha contrabandista
Suzy Santana
 
A tragédia do trânsito
A tragédia do trânsitoA tragédia do trânsito
A tragédia do trânsito
Suzy Santana
 
A princesa e o sapo
A princesa e o sapoA princesa e o sapo
A princesa e o sapo
Suzy Santana
 
A mudança de colméia
A mudança de colméiaA mudança de colméia
A mudança de colméia
Suzy Santana
 
A lenda do surgimento da fogueira de são joão
A lenda do surgimento da fogueira de são joãoA lenda do surgimento da fogueira de são joão
A lenda do surgimento da fogueira de são joão
Suzy Santana
 
A lenda do milho
A lenda do milhoA lenda do milho
A lenda do milho
Suzy Santana
 
A lenda do guaraná
A lenda do guaranáA lenda do guaraná
A lenda do guaraná
Suzy Santana
 
A lenda da mandioca
A lenda da mandiocaA lenda da mandioca
A lenda da mandioca
Suzy Santana
 

Mais de Suzy Santana (20)

Sequencia a galinha do vizinho
Sequencia a galinha do vizinhoSequencia a galinha do vizinho
Sequencia a galinha do vizinho
 
Sequencia os sete cabritinhos
Sequencia os sete cabritinhosSequencia os sete cabritinhos
Sequencia os sete cabritinhos
 
Parlenda da fofoca feia
Parlenda da fofoca feiaParlenda da fofoca feia
Parlenda da fofoca feia
 
Parlenda do gato mia
Parlenda do gato miaParlenda do gato mia
Parlenda do gato mia
 
Serra serra Segmentar
Serra serra SegmentarSerra serra Segmentar
Serra serra Segmentar
 
Segmentar parlenda do gato
Segmentar   parlenda do gatoSegmentar   parlenda do gato
Segmentar parlenda do gato
 
Corujinha
CorujinhaCorujinha
Corujinha
 
Escrita espontanea regras de brincadeiras
Escrita espontanea regras de brincadeirasEscrita espontanea regras de brincadeiras
Escrita espontanea regras de brincadeiras
 
Corujinha segmentar
Corujinha segmentarCorujinha segmentar
Corujinha segmentar
 
Atividades com o filme frozen
Atividades com o filme frozenAtividades com o filme frozen
Atividades com o filme frozen
 
Apostila completa de travalínguas
Apostila completa de travalínguasApostila completa de travalínguas
Apostila completa de travalínguas
 
Ajude a reciclar
Ajude a reciclarAjude a reciclar
Ajude a reciclar
 
A velha contrabandista
A velha contrabandistaA velha contrabandista
A velha contrabandista
 
A tragédia do trânsito
A tragédia do trânsitoA tragédia do trânsito
A tragédia do trânsito
 
A princesa e o sapo
A princesa e o sapoA princesa e o sapo
A princesa e o sapo
 
A mudança de colméia
A mudança de colméiaA mudança de colméia
A mudança de colméia
 
A lenda do surgimento da fogueira de são joão
A lenda do surgimento da fogueira de são joãoA lenda do surgimento da fogueira de são joão
A lenda do surgimento da fogueira de são joão
 
A lenda do milho
A lenda do milhoA lenda do milho
A lenda do milho
 
A lenda do guaraná
A lenda do guaranáA lenda do guaraná
A lenda do guaraná
 
A lenda da mandioca
A lenda da mandiocaA lenda da mandioca
A lenda da mandioca
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 

A princesa e a ervilha

  • 1. A Princesa e a Ervilha Era uma vez um príncipe que queria se casar com uma princesa, mas uma princesa de verdade, de sangue real mesmo. Viajou pelo mundo inteiro, à procura da princesa dos seus sonhos, mas todas as que encontrava tinham algum defeito. Não é que faltassem princesas, não: havia de sobra, mas a dificuldade era saber se realmente eram de sangue real. E o príncipe retornou ao seu castelo, muito triste e desiludido, pois queria muito casar com uma princesa de verdade. Uma noite desabou uma tempestade medonha. Chovia desabaladamente, com trovoadas, raios, relâmpagos. Um espetáculo tremendo! De repente bateram à porta do castelo, e o rei em pessoa foi atender, pois os criados estavam ocupados enxugando as salas cujas janelas foram abertas pela tempestade. Era uma moça, que dizia ser uma princesa. Mas estava encharcada de tal maneira, os cabelos escorrendo, as roupas grudadas ao corpo, os sapatos quase desmanchando... que era difícil acreditar que fosse realmente uma princesa real. A moça tanto afirmou que era uma princesa que a rainha pensou numa forma de provar se o que ela dizia era verdade. Ordenou que sua criada de confiança empilhasse vinte colchões no quarto de hóspedes e colocou sob eles uma ervilha. Aquela seria a cama da “princesa”. A moça estranhou a altura da cama, mas conseguiu, com a ajuda e uma escada, se deitar. No dia seguinte, a rainha perguntou como ela havia dormido. — Oh! Não consegui dormir — respondeu a moça, — havia algo duro na minha cama, e me deixou até manchas roxas no corpo! O rei, a rainha e o príncipe se olharam com surpresa. A moça era realmente uma princesa! Só mesmo uma princesa verdadeira teria pele tão sensível para sentir um grão de ervilha sob vinte colchões!!! O príncipe casou com a princesa, feliz da vida, e a ervilha foi enviada para um museu, e ainda deve estar por lá... Acredite se quiser, mas esta história realmente aconteceu!