SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
20/02/2024, 16:11 Unicesumar - Ensino a Distância
about:blank 1/7
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA I - 51/2023
Período:19/02/2024 08:00 a 21/04/2024 23:59 (Horário de Brasília)
Status:ABERTO
Nota máxima:2,00
Gabarito:Gabarito será liberado no dia 22/04/2024 00:00 (Horário de Brasília)
Nota obtida:
1ª QUESTÃO
Considere a seguinte situação fictícia:
A política constitui uma questão fundamental de debate na perspectiva da pós-modernidade, tanto que o
jovem Miguel, que tem a profissão contemporânea de cientista político, está sempre sanando as dúvidas de
seus pais, familiares e amigos sobre o sistema eleitoral, os candidatos e suas propostas. Na última conversa
que tiveram entre si, ele explicou sobre a diferença existente entre as funções de chefe de Estado e de
governo e quem exerce cada uma delas.
A respeito desses conceitos e de termos correlatos, leia a unidade I do Livro Digital e assinale a opção
correta.
ALTERNATIVAS
Em sucinta diferenciação, o chefe de governo executa e administra as ações da nação enquanto o chefe de Estado
representa o país diplomaticamente.
A figura do Presidente da República centraliza a sua atenção na organização do parlamento e na harmônica
separação entre os poderes legislativo e judiciário.
Obrigatoriamente o chefe de Estado e de Governo devem ser a mesma pessoa, no caso, o Presidente da República,
uma vez que é ele quem cria e executa o poder judiciário.
A atividade legal do Parlamentarismo é dupla: criar leis para o Estado ao mesmo tempo em que fiscaliza as ações
propostas por prefeitos e vereadores na bancada do Congresso Nacional.
Na época em que a profissão de cientista político passava a ser vista como ciência, a obra magna de Maquiavel,
intitulada O príncipe, propôs a divisão tripartida entre os três poderes, a citar Legislativo, Executivo e Judiciário.
2ª QUESTÃO
Considere a seguinte situação fictícia:
Uma escola estadual do interior de São Paulo promove a escolha de líderes de sala para serem os
interlocutores da turma junto à comunidade escolar, bem como articuladores e propositores de melhorias
para o ambiente na unidade de ensino. A proposta desenvolvida pela escola permite a participação de
qualquer aluno como candidato, e tem o intuito de contribuir para uma gestão democrática e participativa
na qual haja a escolha do líder por meio da votação. Entre as atividades do Plano de Ação do líder estão:
manter contato com os demais líderes de classe, buscar a opinião dos integrantes da sala, troca de
experiências com os demais líderes, propor e participar de reuniões, apresentar debates sobre questões
sociais que provoquem a reflexão e contribuam para a diminuição do preconceito, além de demonstrar
persistência e proatividade.
Com base na relação da situação hipotética com os conhecimentos abordados na Unidade 1 do livro da
disciplina, assinale a alternativa correta:
ALTERNATIVAS
20/02/2024, 16:11 Unicesumar - Ensino a Distância
about:blank 2/7
O caso explicita que somente o aluno mais inteligente de cada turma pode concorrer a líder de sala.
Na situação fictícia, a gestão democrática e participativa é uma questão excluída, pois apresenta pontos
insignificantes na escolha de um líder.
O caso deixa evidente que a escolha do líder de classe na escola municipal ocorre por meio da imposição, negando o
direito de escolha aos estudantes.
O líder deve ser autossuficiente, manipulador, desenvolver seu trabalho a partir de sua opinião e conhecimento,
desconsiderando sugestões dos demais.
Dentre as ações de um líder de classe está a promoção de debates sobre questões sociais, com o intuito de diminuir
as diversas formas de preconceito na unidade escolar.
3ª QUESTÃO
Considere a seguinte situação fictícia.
Os candidatos aos cargos públicos podem se valer do horário político obrigatório na televisão e no rádio
para expor suas propostas. O casal Carlos e Helena acompanhou, diariamente, a fala dos candidatos e
questões discutidas, tais como presidencialismo, parlamentarismo e semipresidencialismo, suscitaram
inúmeros questionamentos em D. Helena. Para sanar algumas dessas dúvidas, seu esposo, Sr. Carlos, fez
uma pesquisa séria e apresentou a ela, que com muita atenção, anotou todas as informações.
A respeito desses conceitos, de termos correlatos e temática abordada na Unidade 1 do Livro Digital,
assinale a opção correta.
ALTERNATIVAS
O presidente é uma figura que centra a sua atenção na organização do parlamento e na harmônica separação entre
os poderes legislativo e judiciário.
Em sucinta diferenciação, o chefe do Estado representa o país diplomaticamente, enquanto o chefe de governo
executa e administra as ações da nação.
O chefe de Estado e de Governo devem ser, obrigatoriamente, a mesma pessoa, neste caso, o Presidente, uma vez
que é ele quem cria e executa as políticas públicas.
O parlamentarismo possui um Congresso Nacional cuja atividade legal é dupla: criar leis para o Estado ao mesmo
tempo em que fiscaliza as ações propostas por prefeitos e vereadores.
A divisão tripartida entre os três poderes, a citar Legislativo, Executivo e Judiciário, foi proposta por Maquiavel em
sua obra magna O Príncipe, leitura obrigatória àqueles que enveredam pela carreira política.
4ª QUESTÃO
20/02/2024, 16:11 Unicesumar - Ensino a Distância
about:blank 3/7
A divisão do poder é um conceito geral do Direito Constitucional, um campo do conhecimento destinado a
estudar e desenvolver teorias voltadas às constituições dos países, aprimorando cada vez mais estas que são
os princípios gerais de cada Estado. Como dito, os Estados são personalidades jurídicas e a lei que dá a
“cara do Estado” é a constituição. No Brasil a última promulgada é de 1988, com diversas pequenas
reformas ao longo dos anos, mas que não muda seu jeito de ser. Esta divisão “partida” do poder foi
proposta por alguns autores, como Aristóteles, John Locke e Jacques Rousseau. Contudo, o consagrado com
o conceito foi Montesquieu (1689-1755), que era defensor da ideia de separar as atribuições do poder em
três funções.
Fonte: VALENCIANO, T. A política e seu campo próprio: como entendê-la? Maringá: UniCesumar, 2023.
Com base no fragmento exposto e na leitura da Unidade 1 do livro da disciplina, assinale a alternativa
correta:
ALTERNATIVAS
A função típica do poder judiciário é legislar.
A função atípica do poder executivo é executar.
O poder legislativo tem sua função típica de legislar.
O poder legislativo é destinado à revisão das normas jurídicas, no intuito de garantir a justiça, analisando disputas
entre as pessoas, por exemplo.
O poder judiciário é destinado à elaboração de leis que vão regular a vida em sociedade, além da fiscalização sobre
atos praticados pelo poder executivo.
5ª QUESTÃO
O horário político obrigatório suscitou inúmeros questionamentos em D. Matilde, 70 anos. Ela acompanhou,
diariamente, o pronunciamento dos candidatos e questões discutidas, tais como presidencialismo e
parlamentarismo, lhe chamaram a atenção. Para solucionar algumas dessas dúvidas, seu neto, Gustavo, 18
anos, fez uma pesquisa séria e apresentou à avó que, com muita atenção, anotou todas as informações.
A respeito desses conceitos e de termos correlatos, leia a Unidade 1, do Material Digital, e assinale a opção
correta.
ALTERNATIVAS
Em sucinta diferenciação, o chefe do Estado representa o país diplomaticamente, enquanto o chefe de governo
executa e administra as ações da nação.
O presidente é uma figura que centra a sua atenção na organização do parlamento e na harmônica separação entre
os poderes legislativo e judiciário.
O chefe de Estado e de Governo devem ser, obrigatoriamente, a mesma pessoa, neste caso, o Presidente, uma vez
que é ele quem cria e executa as políticas públicas.
O parlamentarismo possui um Congresso Nacional cuja atividade legal é dupla: criar leis para o Estado ao mesmo
tempo em que fiscaliza as ações propostas por prefeitos e vereadores.
A divisão tripartida entre os três poderes, a citar Legislativo, Executivo e Judiciário, foi proposta por Maquiavel em
sua obra magna O príncipe, leitura obrigatória àqueles que enveredam pela carreira política.
6ª QUESTÃO
20/02/2024, 16:11 Unicesumar - Ensino a Distância
about:blank 4/7
A política é tratada como ciência, isto é, um campo específico do conhecimento direcionado à pesquisa e ao
ensino sobre as maneiras de como a política se consolidou ao longo dos anos. Segundo o epistemólogo
(aquele que estuda como o conhecimento é produzido) Gilles Gaston Granger, a ciência é “uma fonte
sistematicamente organizada do pensamento objetivo”.
VALENCIANO, Tiago. A política e seu campo próprio: como entendê-la? Formação Sociocultural e Ética I.
Unicesumar: Maringá, 2024.
Com base no estudo da Unidade 1, do Livro Digital, avalie as afirmações a seguir.
I. Para a realização da política é necessário pensar e agir, dessa forma, pensamento e razão são importantes
à ação política para alcançar os resultados esperados.
II. Um cientista político realiza muitos estudos por meio de pesquisas e leitura de diversos materiais,
fortalecendo seu pensamento para que possa pôr em prática a ciência política.
III. A ciência política tenta explicar, sem sucesso, como a política acontece nos mais diversos espaços da
sociedade, no entanto, é impossibilitada devido a sua característica extremamente complexa.
É correto o que se afirma em
ALTERNATIVAS
I, apenas.
II, apenas.
I e II, apenas.
II, III, apenas.
I, II e III.
7ª QUESTÃO
Na unidade I, Valenciano (2024) cita três lições para a melhor compreensão da política: palavra, história e
desconfiança. Na primeira lição (palavra) o autor afirma que “Um dos textos mais evocados ao se tratar de
política (e que busca chamar a atenção sobre a necessidade da política) é O analfabeto político, do
teatrólogo alemão Bertolt Brecht (1898-1956)”. Na segunda lição, a história, outro autor que é muito citado
ao se tratar da política é o filósofo italiano Nicolau Maquiavel (1469-1527), principalmente o seu livro O
príncipe, que “parece muito mais um livro de história do que dos famosos conselhos para os governantes,
igual comumente é citado”. E na terceira lição a desconfiança: “Aprender política envolve muito mais que
decifrar palavras, muito mais que recitar fatos históricos e suas datas. Falamos, aqui, da necessidade do
homem refletir sobre os rumos de sua vida em sociedade, e não apenas confiar no que lhe é dito”.
VALENCIANO, Tiago. A política e seu campo próprio: como entendê-la? Formação Sociocultural e Ética I.
Unicesumar: Maringá, 2024.
A partir do estudo da Unidade 1 – Política, do livro digital, leia as alternativas a seguir e assinale a opção
correta.
ALTERNATIVAS
20/02/2024, 16:11 Unicesumar - Ensino a Distância
about:blank 5/7
Na unidade I, Valenciano (2024) cita que o radical da palavra política é provinda do latim politikos, que significa
assuntos relacionados ao poder da palavra.
A política pode ser resumida como formada, somente, por grupos que possuem maior força para decisões aos
interesses da população, por isso, é preciso confiar nesses grupos.
As cidades da Grécia e as cidades do Brasil possuem elementos díspares para conceituar o que é a política e seus
resultados: religião, o indivíduo e disputas em torno do poder do governo.
A contribuição de Maquiavel para o entendimento de política foi de suma importância e ocorreu por meio de sua obra
O Príncipe. O autor examinou o Estado moderno pelas práticas adotadas pela classe política.
É considerado o "artista da política" aquele que possui a habilidade de utilizar a palavra a seu favor: prometer
benefícios à população como se fosse cumpri-los, manipular situações que, de alguma forma, contribua para
privilégios e seu enriquecimento.
8ª QUESTÃO
Leia o texto.
O presidencialismo é mais comum no Brasil – seja no governo ou nas instituições, as pessoas procuram o
presidente, no sentido de que ele resolva os problemas. É comum que a política nacional seja discutida em
torno do Presidente da República. A mesma situação acontece nas instituições: o cargo de Presidente é o
mais cobiçado e sob ele recai a representação do organismo. Contudo, no que consiste o presidencialismo?
Ora, a resposta praticamente foi dada: é um sistema de governo em que há uma pessoa exercendo o poder,
por tempo determinado, exercendo as funções de chefe de Estado e de governo.
VALENCIANO, Tiago. A política e seu campo próprio: como entendê-la? Formação Sociocultural e Ética I.
Unicesumar: Maringá, 2024.
A partir da leitura do texto acima, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas.
I. As pessoas procuram o presidente com o objetivo de que ele impeça a solução dos problemas.
PORQUE
II. No Brasil, a política nacional e institucional gira em torno do presidente da República, o cargo de
presidente é muito cobiçado, pois representa o organismo como um todo.
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.
ALTERNATIVAS
As asserções I e II são verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
As asserções I e II são verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.
A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa.
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são falsas.
9ª QUESTÃO
20/02/2024, 16:11 Unicesumar - Ensino a Distância
about:blank 6/7
Leia o texto.
No Brasil, o voto é uma obrigação legal atribuída àqueles com idade superior a 18 anos, sendo facultativo
aos analfabetos e às pessoas com idade entre 16 e 18 anos ou superior a 70 anos.
A taxa de abstenção corresponde ao número de eleitores que, tendo o direito ao voto, não comparecem às
zonas eleitorais. É importante lembrar, aqui, que votos brancos e nulos não são contabilizados como
abstenção, já que, para escolher uma dessas opções, deve-se comparecer à urna.
O voto é a forma mais popular de participação política em um país democrático. É por meio dele que os
cidadãos legitimam aqueles que os representam em um governo e, por isso, uma alta taxa de abstenção é
fator preocupante que deve ser analisado com afinco.
Politize. Abstenção nas eleições. Disponível em: https://www.politize.com.br/abstencao-nas-eleicoes/.
Acesso em: 29 jan. 2024 (adaptado).
A partir da leitura do texto sobre o voto e sua importância na participação política, avalie as asserções a
seguir e a relação proposta entre elas.
I. O voto é uma obrigação legal para os cidadãos com idade superior a 18 anos no Brasil, mas é facultativo
para os analfabetos, bem como para pessoas com idade entre 16 e 18 anos ou superior a 70 anos.
PORQUE
II. A abstenção eleitoral, que corresponde ao número de eleitores que não comparecem às zonas eleitorais,
é um fator preocupante, pois demonstra uma possível falta de engajamento político e participação
democrática.
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.
ALTERNATIVAS
As asserções I e II são verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
As asserções I e II são verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.
A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa.
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são falsas.
10ª QUESTÃO
20/02/2024, 16:11 Unicesumar - Ensino a Distância
about:blank 7/7
Comumente, o cidadão tem dificuldade para compreender o cotidiano da política, isto é, quais são as ações
rotineiras que vão influenciar a vida das pessoas, como o valor dos impostos, a contrapartida do Estado em
realizar obras e aperfeiçoamentos na administração pública, o preço do combustível, do arroz, do feijão, da
água, entre outros. Tudo isto fica ainda mais complicado quando falamos de corrupção, desvios de verbas
públicas e a possível “mordomia” que os políticos brasileiros, em geral, têm.
VALENCIANO, T. A política e seu campo próprio: como entendê-la? Maringá: UniCesumar, 2024.
A partir da leitura do excerto e dos conhecimentos apresentados no Livro Digital, avalie as asserções a
seguir e a relação proposta entre elas.
I. A questão da "mordomia" dos políticos pode colocar em evidência a corrupção, que assola o Brasil e o
mundo, esse mal aumenta o desencanto de muitos cidadãos com a política.
PORQUE
II. A política é um fenômeno cujo único objetivo é promover a correta destinação dos recursos privados com
a finalidade de colocar todos os cidadãos em nível de igualdade.
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.
ALTERNATIVAS
As asserções I e II são verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
As asserções I e II são verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.
A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa.
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são falsas.

Mais conteúdo relacionado

Mais de dowak84168

Mais de dowak84168 (14)

ATIVIDADE 1 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INOVAÇÃO E PENSAMENTO CRIATI...
ATIVIDADE 1 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INOVAÇÃO E PENSAMENTO CRIATI...ATIVIDADE 1 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INOVAÇÃO E PENSAMENTO CRIATI...
ATIVIDADE 1 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INOVAÇÃO E PENSAMENTO CRIATI...
 
ATIVIDADE 1 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DI...
ATIVIDADE 1 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DI...ATIVIDADE 1 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DI...
ATIVIDADE 1 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇÃO DI...
 
ATIVIDADE 1 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDA...
ATIVIDADE 1 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDA...ATIVIDADE 1 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDA...
ATIVIDADE 1 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDA...
 
Alguns psicólogos adotaram uma visão mais ampla de inteligência, tentando rei...
Alguns psicólogos adotaram uma visão mais ampla de inteligência, tentando rei...Alguns psicólogos adotaram uma visão mais ampla de inteligência, tentando rei...
Alguns psicólogos adotaram uma visão mais ampla de inteligência, tentando rei...
 
A segunda Revolução Industrial traz um marco importantíssimo para a vida em s...
A segunda Revolução Industrial traz um marco importantíssimo para a vida em s...A segunda Revolução Industrial traz um marco importantíssimo para a vida em s...
A segunda Revolução Industrial traz um marco importantíssimo para a vida em s...
 
A quarta Revolução Industrial é o marco em que vivemos atualmente, presencian...
A quarta Revolução Industrial é o marco em que vivemos atualmente, presencian...A quarta Revolução Industrial é o marco em que vivemos atualmente, presencian...
A quarta Revolução Industrial é o marco em que vivemos atualmente, presencian...
 
A quantidade de água consumida depende de diversos fatores, como clima, cultu...
A quantidade de água consumida depende de diversos fatores, como clima, cultu...A quantidade de água consumida depende de diversos fatores, como clima, cultu...
A quantidade de água consumida depende de diversos fatores, como clima, cultu...
 
A política é tratada como ciência, isto é, um campo específico do conheciment...
A política é tratada como ciência, isto é, um campo específico do conheciment...A política é tratada como ciência, isto é, um campo específico do conheciment...
A política é tratada como ciência, isto é, um campo específico do conheciment...
 
A divisão do poder é um conceito geral do Direito Constitucional, um campo do...
A divisão do poder é um conceito geral do Direito Constitucional, um campo do...A divisão do poder é um conceito geral do Direito Constitucional, um campo do...
A divisão do poder é um conceito geral do Direito Constitucional, um campo do...
 
A demanda urbana de água corresponde à quantidade total de água necessária pa...
A demanda urbana de água corresponde à quantidade total de água necessária pa...A demanda urbana de água corresponde à quantidade total de água necessária pa...
A demanda urbana de água corresponde à quantidade total de água necessária pa...
 
A consciência de si apresenta-se como a consciência prática, que vive situaçõ...
A consciência de si apresenta-se como a consciência prática, que vive situaçõ...A consciência de si apresenta-se como a consciência prática, que vive situaçõ...
A consciência de si apresenta-se como a consciência prática, que vive situaçõ...
 
A Confederação Nacional da Indústria, CNI, realizou duas pesquisas no setor i...
A Confederação Nacional da Indústria, CNI, realizou duas pesquisas no setor i...A Confederação Nacional da Indústria, CNI, realizou duas pesquisas no setor i...
A Confederação Nacional da Indústria, CNI, realizou duas pesquisas no setor i...
 
A compreensão e análise de emoções (conhecimento emocional) incluem desde a c...
A compreensão e análise de emoções (conhecimento emocional) incluem desde a c...A compreensão e análise de emoções (conhecimento emocional) incluem desde a c...
A compreensão e análise de emoções (conhecimento emocional) incluem desde a c...
 
A água sempre foi sinônimo de vida, sendo os primeiros assentamentos humanos ...
A água sempre foi sinônimo de vida, sendo os primeiros assentamentos humanos ...A água sempre foi sinônimo de vida, sendo os primeiros assentamentos humanos ...
A água sempre foi sinônimo de vida, sendo os primeiros assentamentos humanos ...
 

A política é tratada como ciência, isto é, um campo específico do conhecimento direcionado à pesquisa e ao.pdf

  • 1.
  • 2. 20/02/2024, 16:11 Unicesumar - Ensino a Distância about:blank 1/7 ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA I - 51/2023 Período:19/02/2024 08:00 a 21/04/2024 23:59 (Horário de Brasília) Status:ABERTO Nota máxima:2,00 Gabarito:Gabarito será liberado no dia 22/04/2024 00:00 (Horário de Brasília) Nota obtida: 1ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia: A política constitui uma questão fundamental de debate na perspectiva da pós-modernidade, tanto que o jovem Miguel, que tem a profissão contemporânea de cientista político, está sempre sanando as dúvidas de seus pais, familiares e amigos sobre o sistema eleitoral, os candidatos e suas propostas. Na última conversa que tiveram entre si, ele explicou sobre a diferença existente entre as funções de chefe de Estado e de governo e quem exerce cada uma delas. A respeito desses conceitos e de termos correlatos, leia a unidade I do Livro Digital e assinale a opção correta. ALTERNATIVAS Em sucinta diferenciação, o chefe de governo executa e administra as ações da nação enquanto o chefe de Estado representa o país diplomaticamente. A figura do Presidente da República centraliza a sua atenção na organização do parlamento e na harmônica separação entre os poderes legislativo e judiciário. Obrigatoriamente o chefe de Estado e de Governo devem ser a mesma pessoa, no caso, o Presidente da República, uma vez que é ele quem cria e executa o poder judiciário. A atividade legal do Parlamentarismo é dupla: criar leis para o Estado ao mesmo tempo em que fiscaliza as ações propostas por prefeitos e vereadores na bancada do Congresso Nacional. Na época em que a profissão de cientista político passava a ser vista como ciência, a obra magna de Maquiavel, intitulada O príncipe, propôs a divisão tripartida entre os três poderes, a citar Legislativo, Executivo e Judiciário. 2ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia: Uma escola estadual do interior de São Paulo promove a escolha de líderes de sala para serem os interlocutores da turma junto à comunidade escolar, bem como articuladores e propositores de melhorias para o ambiente na unidade de ensino. A proposta desenvolvida pela escola permite a participação de qualquer aluno como candidato, e tem o intuito de contribuir para uma gestão democrática e participativa na qual haja a escolha do líder por meio da votação. Entre as atividades do Plano de Ação do líder estão: manter contato com os demais líderes de classe, buscar a opinião dos integrantes da sala, troca de experiências com os demais líderes, propor e participar de reuniões, apresentar debates sobre questões sociais que provoquem a reflexão e contribuam para a diminuição do preconceito, além de demonstrar persistência e proatividade. Com base na relação da situação hipotética com os conhecimentos abordados na Unidade 1 do livro da disciplina, assinale a alternativa correta: ALTERNATIVAS
  • 3. 20/02/2024, 16:11 Unicesumar - Ensino a Distância about:blank 2/7 O caso explicita que somente o aluno mais inteligente de cada turma pode concorrer a líder de sala. Na situação fictícia, a gestão democrática e participativa é uma questão excluída, pois apresenta pontos insignificantes na escolha de um líder. O caso deixa evidente que a escolha do líder de classe na escola municipal ocorre por meio da imposição, negando o direito de escolha aos estudantes. O líder deve ser autossuficiente, manipulador, desenvolver seu trabalho a partir de sua opinião e conhecimento, desconsiderando sugestões dos demais. Dentre as ações de um líder de classe está a promoção de debates sobre questões sociais, com o intuito de diminuir as diversas formas de preconceito na unidade escolar. 3ª QUESTÃO Considere a seguinte situação fictícia. Os candidatos aos cargos públicos podem se valer do horário político obrigatório na televisão e no rádio para expor suas propostas. O casal Carlos e Helena acompanhou, diariamente, a fala dos candidatos e questões discutidas, tais como presidencialismo, parlamentarismo e semipresidencialismo, suscitaram inúmeros questionamentos em D. Helena. Para sanar algumas dessas dúvidas, seu esposo, Sr. Carlos, fez uma pesquisa séria e apresentou a ela, que com muita atenção, anotou todas as informações. A respeito desses conceitos, de termos correlatos e temática abordada na Unidade 1 do Livro Digital, assinale a opção correta. ALTERNATIVAS O presidente é uma figura que centra a sua atenção na organização do parlamento e na harmônica separação entre os poderes legislativo e judiciário. Em sucinta diferenciação, o chefe do Estado representa o país diplomaticamente, enquanto o chefe de governo executa e administra as ações da nação. O chefe de Estado e de Governo devem ser, obrigatoriamente, a mesma pessoa, neste caso, o Presidente, uma vez que é ele quem cria e executa as políticas públicas. O parlamentarismo possui um Congresso Nacional cuja atividade legal é dupla: criar leis para o Estado ao mesmo tempo em que fiscaliza as ações propostas por prefeitos e vereadores. A divisão tripartida entre os três poderes, a citar Legislativo, Executivo e Judiciário, foi proposta por Maquiavel em sua obra magna O Príncipe, leitura obrigatória àqueles que enveredam pela carreira política. 4ª QUESTÃO
  • 4. 20/02/2024, 16:11 Unicesumar - Ensino a Distância about:blank 3/7 A divisão do poder é um conceito geral do Direito Constitucional, um campo do conhecimento destinado a estudar e desenvolver teorias voltadas às constituições dos países, aprimorando cada vez mais estas que são os princípios gerais de cada Estado. Como dito, os Estados são personalidades jurídicas e a lei que dá a “cara do Estado” é a constituição. No Brasil a última promulgada é de 1988, com diversas pequenas reformas ao longo dos anos, mas que não muda seu jeito de ser. Esta divisão “partida” do poder foi proposta por alguns autores, como Aristóteles, John Locke e Jacques Rousseau. Contudo, o consagrado com o conceito foi Montesquieu (1689-1755), que era defensor da ideia de separar as atribuições do poder em três funções. Fonte: VALENCIANO, T. A política e seu campo próprio: como entendê-la? Maringá: UniCesumar, 2023. Com base no fragmento exposto e na leitura da Unidade 1 do livro da disciplina, assinale a alternativa correta: ALTERNATIVAS A função típica do poder judiciário é legislar. A função atípica do poder executivo é executar. O poder legislativo tem sua função típica de legislar. O poder legislativo é destinado à revisão das normas jurídicas, no intuito de garantir a justiça, analisando disputas entre as pessoas, por exemplo. O poder judiciário é destinado à elaboração de leis que vão regular a vida em sociedade, além da fiscalização sobre atos praticados pelo poder executivo. 5ª QUESTÃO O horário político obrigatório suscitou inúmeros questionamentos em D. Matilde, 70 anos. Ela acompanhou, diariamente, o pronunciamento dos candidatos e questões discutidas, tais como presidencialismo e parlamentarismo, lhe chamaram a atenção. Para solucionar algumas dessas dúvidas, seu neto, Gustavo, 18 anos, fez uma pesquisa séria e apresentou à avó que, com muita atenção, anotou todas as informações. A respeito desses conceitos e de termos correlatos, leia a Unidade 1, do Material Digital, e assinale a opção correta. ALTERNATIVAS Em sucinta diferenciação, o chefe do Estado representa o país diplomaticamente, enquanto o chefe de governo executa e administra as ações da nação. O presidente é uma figura que centra a sua atenção na organização do parlamento e na harmônica separação entre os poderes legislativo e judiciário. O chefe de Estado e de Governo devem ser, obrigatoriamente, a mesma pessoa, neste caso, o Presidente, uma vez que é ele quem cria e executa as políticas públicas. O parlamentarismo possui um Congresso Nacional cuja atividade legal é dupla: criar leis para o Estado ao mesmo tempo em que fiscaliza as ações propostas por prefeitos e vereadores. A divisão tripartida entre os três poderes, a citar Legislativo, Executivo e Judiciário, foi proposta por Maquiavel em sua obra magna O príncipe, leitura obrigatória àqueles que enveredam pela carreira política. 6ª QUESTÃO
  • 5. 20/02/2024, 16:11 Unicesumar - Ensino a Distância about:blank 4/7 A política é tratada como ciência, isto é, um campo específico do conhecimento direcionado à pesquisa e ao ensino sobre as maneiras de como a política se consolidou ao longo dos anos. Segundo o epistemólogo (aquele que estuda como o conhecimento é produzido) Gilles Gaston Granger, a ciência é “uma fonte sistematicamente organizada do pensamento objetivo”. VALENCIANO, Tiago. A política e seu campo próprio: como entendê-la? Formação Sociocultural e Ética I. Unicesumar: Maringá, 2024. Com base no estudo da Unidade 1, do Livro Digital, avalie as afirmações a seguir. I. Para a realização da política é necessário pensar e agir, dessa forma, pensamento e razão são importantes à ação política para alcançar os resultados esperados. II. Um cientista político realiza muitos estudos por meio de pesquisas e leitura de diversos materiais, fortalecendo seu pensamento para que possa pôr em prática a ciência política. III. A ciência política tenta explicar, sem sucesso, como a política acontece nos mais diversos espaços da sociedade, no entanto, é impossibilitada devido a sua característica extremamente complexa. É correto o que se afirma em ALTERNATIVAS I, apenas. II, apenas. I e II, apenas. II, III, apenas. I, II e III. 7ª QUESTÃO Na unidade I, Valenciano (2024) cita três lições para a melhor compreensão da política: palavra, história e desconfiança. Na primeira lição (palavra) o autor afirma que “Um dos textos mais evocados ao se tratar de política (e que busca chamar a atenção sobre a necessidade da política) é O analfabeto político, do teatrólogo alemão Bertolt Brecht (1898-1956)”. Na segunda lição, a história, outro autor que é muito citado ao se tratar da política é o filósofo italiano Nicolau Maquiavel (1469-1527), principalmente o seu livro O príncipe, que “parece muito mais um livro de história do que dos famosos conselhos para os governantes, igual comumente é citado”. E na terceira lição a desconfiança: “Aprender política envolve muito mais que decifrar palavras, muito mais que recitar fatos históricos e suas datas. Falamos, aqui, da necessidade do homem refletir sobre os rumos de sua vida em sociedade, e não apenas confiar no que lhe é dito”. VALENCIANO, Tiago. A política e seu campo próprio: como entendê-la? Formação Sociocultural e Ética I. Unicesumar: Maringá, 2024. A partir do estudo da Unidade 1 – Política, do livro digital, leia as alternativas a seguir e assinale a opção correta. ALTERNATIVAS
  • 6. 20/02/2024, 16:11 Unicesumar - Ensino a Distância about:blank 5/7 Na unidade I, Valenciano (2024) cita que o radical da palavra política é provinda do latim politikos, que significa assuntos relacionados ao poder da palavra. A política pode ser resumida como formada, somente, por grupos que possuem maior força para decisões aos interesses da população, por isso, é preciso confiar nesses grupos. As cidades da Grécia e as cidades do Brasil possuem elementos díspares para conceituar o que é a política e seus resultados: religião, o indivíduo e disputas em torno do poder do governo. A contribuição de Maquiavel para o entendimento de política foi de suma importância e ocorreu por meio de sua obra O Príncipe. O autor examinou o Estado moderno pelas práticas adotadas pela classe política. É considerado o "artista da política" aquele que possui a habilidade de utilizar a palavra a seu favor: prometer benefícios à população como se fosse cumpri-los, manipular situações que, de alguma forma, contribua para privilégios e seu enriquecimento. 8ª QUESTÃO Leia o texto. O presidencialismo é mais comum no Brasil – seja no governo ou nas instituições, as pessoas procuram o presidente, no sentido de que ele resolva os problemas. É comum que a política nacional seja discutida em torno do Presidente da República. A mesma situação acontece nas instituições: o cargo de Presidente é o mais cobiçado e sob ele recai a representação do organismo. Contudo, no que consiste o presidencialismo? Ora, a resposta praticamente foi dada: é um sistema de governo em que há uma pessoa exercendo o poder, por tempo determinado, exercendo as funções de chefe de Estado e de governo. VALENCIANO, Tiago. A política e seu campo próprio: como entendê-la? Formação Sociocultural e Ética I. Unicesumar: Maringá, 2024. A partir da leitura do texto acima, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas. I. As pessoas procuram o presidente com o objetivo de que ele impeça a solução dos problemas. PORQUE II. No Brasil, a política nacional e institucional gira em torno do presidente da República, o cargo de presidente é muito cobiçado, pois representa o organismo como um todo. A respeito dessas asserções, assinale a opção correta. ALTERNATIVAS As asserções I e II são verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I. As asserções I e II são verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I. A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa. A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira. As asserções I e II são falsas. 9ª QUESTÃO
  • 7. 20/02/2024, 16:11 Unicesumar - Ensino a Distância about:blank 6/7 Leia o texto. No Brasil, o voto é uma obrigação legal atribuída àqueles com idade superior a 18 anos, sendo facultativo aos analfabetos e às pessoas com idade entre 16 e 18 anos ou superior a 70 anos. A taxa de abstenção corresponde ao número de eleitores que, tendo o direito ao voto, não comparecem às zonas eleitorais. É importante lembrar, aqui, que votos brancos e nulos não são contabilizados como abstenção, já que, para escolher uma dessas opções, deve-se comparecer à urna. O voto é a forma mais popular de participação política em um país democrático. É por meio dele que os cidadãos legitimam aqueles que os representam em um governo e, por isso, uma alta taxa de abstenção é fator preocupante que deve ser analisado com afinco. Politize. Abstenção nas eleições. Disponível em: https://www.politize.com.br/abstencao-nas-eleicoes/. Acesso em: 29 jan. 2024 (adaptado). A partir da leitura do texto sobre o voto e sua importância na participação política, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas. I. O voto é uma obrigação legal para os cidadãos com idade superior a 18 anos no Brasil, mas é facultativo para os analfabetos, bem como para pessoas com idade entre 16 e 18 anos ou superior a 70 anos. PORQUE II. A abstenção eleitoral, que corresponde ao número de eleitores que não comparecem às zonas eleitorais, é um fator preocupante, pois demonstra uma possível falta de engajamento político e participação democrática. A respeito dessas asserções, assinale a opção correta. ALTERNATIVAS As asserções I e II são verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I. As asserções I e II são verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I. A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa. A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira. As asserções I e II são falsas. 10ª QUESTÃO
  • 8. 20/02/2024, 16:11 Unicesumar - Ensino a Distância about:blank 7/7 Comumente, o cidadão tem dificuldade para compreender o cotidiano da política, isto é, quais são as ações rotineiras que vão influenciar a vida das pessoas, como o valor dos impostos, a contrapartida do Estado em realizar obras e aperfeiçoamentos na administração pública, o preço do combustível, do arroz, do feijão, da água, entre outros. Tudo isto fica ainda mais complicado quando falamos de corrupção, desvios de verbas públicas e a possível “mordomia” que os políticos brasileiros, em geral, têm. VALENCIANO, T. A política e seu campo próprio: como entendê-la? Maringá: UniCesumar, 2024. A partir da leitura do excerto e dos conhecimentos apresentados no Livro Digital, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas. I. A questão da "mordomia" dos políticos pode colocar em evidência a corrupção, que assola o Brasil e o mundo, esse mal aumenta o desencanto de muitos cidadãos com a política. PORQUE II. A política é um fenômeno cujo único objetivo é promover a correta destinação dos recursos privados com a finalidade de colocar todos os cidadãos em nível de igualdade. A respeito dessas asserções, assinale a opção correta. ALTERNATIVAS As asserções I e II são verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I. As asserções I e II são verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I. A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa. A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira. As asserções I e II são falsas.